Você está na página 1de 5

Direito Civil IV- CONTRATOS

Exercício para fixação do conteúdo


Professora: Alessandra Marconatto

Assinale V ou F:

( ) A liberdade de forma é princípio contratual básico que não admite exceções, vez que assegurada
pela autonomia da vontade.
( ) Pelo princípio da liberdade contratual autoriza-se a celebração de qualquer tipo de contrato,
desde que sua escolha recaia sobre um dos tipos contratuais previstos no Código Civil.
( ) A boa-fé objetiva como cláusula geral, exige sua expressa sua expressa estipulação em contrato
para aplicação pelo Poder Judiciário.
( ) O princípio da autonomia privada, segundo o qual o sujeito de direito pode contratar com
liberdade, está limitado à ordem pública e à função social do contrato.
( ) Os contratos atípicos não exigem a observância rigorosa das normas gerais fixadas no Código
Civil, pois que nestes casos os contratantes possuem maior liberdade para contratar.
( ) É nulo o negócio jurídico quando: celebrado por pessoa absolutamente incapaz; for ilícito,
impossível ou indeterminável o seu objeto; o motivo determinante, comum a ambas as partes, for
ilícito; tiver por objeto fraudar a lei imperativa; derivar de erro, dolo, coação, estado de perigo, lesão
ou fraude contra credores. O negócio jurídico nulo não é suscetível de confirmação, nem convalesce
pelo decurso do tempo.
( ) Os contratos entre ausentes tornam-se perfeitos desde a expedição da aceitação, sem exceção.
( ) A aceitação da proposta de contrato fora do prazo, com adições, restrições ou modificações,
não importará nova proposta.
( ) Considera-se inexistente a aceitação da proposta de contrato se, antes dela ou com ela, chegar
ao proponente a retratação do aceitante.
( ) Como regra geral, a oferta ao público equivale à proposta quando encerra os requisitos
essenciais ao contrato.
( ) Ainda que o proponente tenha se comprometido a esperar resposta, tornar-se-á perfeito o
contrato ente ausentes desde a expedição da aceitação.

Assinale a alternativa correta.


A exceptio non adimpleti contractus pode ser aplicada:
A) Apenas nos contratos unilaterais. B) Apenas nos contratos bilaterais.
C) Nos contratos unilaterais e bilaterais. D) Somente nos contratos escritos.
E) Todas as alternativas anteriores estão incorretas.

Examine a classificação dos contratos abaixo.


I. Contratos comutativos são os de prestações certas e determinadas, que tenham equivalência ao
menos aproximada das prestações entre as partes.
II. Contratos de execução instantânea são os que se consumam num só ato, cumprindo-se
imediatamente após sua celebração.
III. Contratos de execução diferida são os que dependem de prévia aprovação formal das partes
contratantes.
IV. Contratos consensuais são os que se formam unicamente pelo acordo de vontades,
independentemente da entrega da coisa e da observância de forma determinada.
V. Contratos reais são os que dizem respeito aos direitos reais, como penhor ou hipoteca, e cuja
eficácia depende de seu registro no cartório próprio.
Está correto o que se afirma: A) I, II,IV. B) I, IV, V. C) II, III, IV, V. D) I, II, V. E) I, III, V.
No que diz respeito às regras sobre formação dos contratos no Código Civil, assinale a alternativa
que apresenta afirmação correta.
a) A proposta deixa de ser obrigatória se, feita sem prazo a pessoa ausente, não foi imediatamente
aceita.
b) A oferta ao público equivale a proposta quando encerra os requisitos essenciais ao contrato,
salvo se o contrário resultar das circunstâncias ou dos usos.
c) A aceitação da proposta fora do prazo, com adições, restrições, ou modificações, não tem efeito.
d) Os contratos entre ausentes, em regra, tornam-se perfeitos desde que a aceitação é recebida.
e) Reputa-se celebrado o contrato no lugar em que foi aceito.

Quando da formação do contrato:


I. Deixa de ser obrigatória a proposta se, feita sem prazo à pessoa presente, não foi imediatamente
aceita;
II. Os contratos entre ausentes deixam de ser perfeitos se, antes da aceitação, ou com ela, chegar
ao preponente a retratação do aceitante;
III. Os contratos entre ausentes tornam-se perfeitos desde que a aceitação é expedida, mesmo se
o preponente não houver ser comprometido a esperar a resposta;
IV. A proposta é obrigatória quando, feita com prazo à pessoa ausente, tiver decorrido tempo
suficiente para chegar a resposta ao conhecimento do preponente.
São verdadeiras as afirmativas:
A) I e II, somente. B) III e IV, somente. C) I, II e III, somente. D) II e III, somente.

Miguel telefona para Regina e faz a ela uma oferta de compra do seu veículo usado pela quantia
de R$ 45.000,00 sem estipular um prazo para aceitação da oferta. Neste caso, a proposta
A) não será obrigatória, pois formulada por telefone e, consequentemente, para pessoa ausente.
B) é obrigatória e vinculará o proponente até a resposta de Regina ou, então, o cancelamento da
oferta.
C) não será obrigatória, pois Miguel não estabeleceu um prazo para o aceite ou recusa de Regina.
D) deixará de ser obrigatória se Regina não aceitá-la imediatamente.
E) é obrigatória e vinculará o proponente pelo prazo de quinze dias.

Eduardo era empresário do setor têxtil e comprava, com habitualidade, tintas e corantes produzidos
por Henrique. Nesse contexto, Eduardo envia a Henrique correio eletrônico em que solicita a
remessa de sessenta litros de um determinado corante vermelho que ele costumava comprar de
Henrique, comprometendo-se a pagar o mesmo preço praticado na sua aquisição anterior, em trinta
dias a contar do recebimento do produto, como era comum na relação entre eles.
Henrique só viu o e-mail uma semana depois e respondeu a Eduardo afirmando só ter em estoque
vinte litros, que remetia imediatamente. Além disso, salientava que o preço do produto havia subido
8% desde a última operação realizada entre as partes. Emitia, assim, fatura para pagamento em
trinta dias, mas, com o valor reajustado do preço. A esse respeito, assinale a afirmativa correta.
A) Eduardo deve recusar-se a receber a encomenda e a pagar o preço estipulado por Henrique.
B) Eduardo pode recusar-se a pagar o preço estipulado por Henrique, mas não pode rejeitar o
produto, devendo pagar o valor praticado anteriormente pelas partes.
C) Eduardo pode recusar-se a receber a encomenda mas, se optar por ficar com o produto, deve
pagar o preço constante da fatura.
D) Eduardo pode recusar-se a receber a encomenda e, se optar por ficar com o produto, pode
pagar o preço praticado anteriormente pelas partes.
E) Eduardo não pode recusar-se a receber a encomenda ou a pagar o preço estipulado por
Henrique.
Sobre contratos, analise as afirmativas a seguir. I. Contrato compreende todo acordo de vontades
de fundo econômico, que tem por objetivo a aquisição, o resguardo, a transferência, a conservação
ou a extinção de direitos, recebendo o amparo do ordenamento legal. II. A função social preconiza
que as obrigações assumidas nos contratos valem não apenas porque as partes as assumiram
voluntariamente, mas, também, porque interessa à sociedade a tutela da situação advinda das suas
consequências econômicas e sociais. III. Antes da aceitação não há contrato, porque ainda não há
consenso. Somente quando o oblato se converte em aceitante, fazendo aderir sua vontade à do
proponente, a oferta se transforma em contrato. Estão corretas as afirmativas
A) I, II e III.
B) I e II, apenas.
C) I e III, apenas.
D) II e III, apenas.

Nos termos do Código Civil, com a redação dada pela Lei nº 13.874/2019, acerca dos contratos em
geral, é correto afirmar que:
A) A liberdade contratual será exercida nos limites da função social do contrato. Nas relações
contratuais privadas, prevalecerão o princípio da intervenção mínima e a excepcionalidade da
revisão contratual.
B) Nos contratos de adesão, são anuláveis as cláusulas que estipulem a renúncia antecipada do
aderente a direito resultante da natureza do negócio.
C) A herança de pessoa viva poderá ser objeto de contrato, nos casos previstos na legislação
especial.
D) É ilícito às partes estipular contratos atípicos.
E) Reputar-se-á celebrado o contrato no lugar de sua execução.

Assinale a opção que indica o princípio segundo o qual o que estiver estipulado entre as partes tem
força de lei, uma vez que o contrato vincula os envolvidos no seu devido cumprimento.
A) princípio da função social do contrato
B) princípio da força obrigatória do contrato
C) princípio da boa-fé subjetiva
D) princípio da proibição de comportamento contraditório
E) princípio da boa-fé objetiva

Os contratos em geral são tratados pelo Código Civil Brasileiro. Sobre o assunto, analise as
afirmativas abaixo e dê valores de Verdadeiro (V) ou Falso (F).
( ) Os princípios de probidade e boa-fé devem ser resguardados tão somente durante a execução
do contrato.
( ) Nos contratos de adesão, são nulas as cláusulas que estipulem a renúncia antecipada do
aderente a direito resultante da natureza do negócio.
( ) Não pode ser objeto de contrato a herança de pessoa viva.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.
A) V, V, V B) V, V, F C) F, F, V D) F, V, V
Natália, proprietária de edícula construída nos fundos de um posto de combustível, onde trabalha,
celebrou contrato de locação com Manoel, por prazo determinado. Neste contrato, constou como
obrigação ao locatário proceder à transferência da titularidade da conta de água para seu nome,
sem, no entanto, mencionar expressamente quem seria o responsável pelo seu pagamento.
Passados dois anos da celebração do contrato, Natália ajuizou ação de rescisão contratual c/c
cobrança, em razão do atraso no pagamento das contas de água e da prestação do aluguel. Manoel,
em sua defesa, alegou que a despesa é dívida propter rem e, portanto, de responsabilidade do
locador, que é o proprietário do imóvel, devendo repassar o valor ao locatário, por ocasião da
cobrança do aluguel.
No caso apresentado, é correto afirmar que:
A) a dívida é de natureza propter rem, e, por isso, somente o proprietário é por ela responsável.
B) o contrato de locação não foi prorrogado, e, portanto, não podem ser exigidos do locatário os
valores referentes ao consumo posterior ao prazo determinado para a locação.
C) o débito relativo ao fornecimento de água é de natureza pessoal, e, assim, pode ser exigido do
consumidor que utilizou o serviço.
D) proprietário nunca será responsável pelas dívidas do imóvel, enquanto este estiver alugado para
terceiros.
E) ao locatário incumbe realizar diretamente ao locador o pagamento dos valores de tarifas de
serviços prestados por concessionárias de serviço público, já que ele – locador − é o único
responsável por tal pagamento perante a concessionária.

Acerca das disposições gerais constantes do Código Civil a respeito dos contratos, assinale a
alternativa INCORRETA.
A) O contrato preliminar, exceto quanto à forma, deve conter todos os requisitos essenciais ao
contrato a ser celebrado.
B) Se o contrato for aleatório, por dizer respeito a coisas ou fatos futuros, cujo risco de não virem a
existir um dos contratantes assuma, terá o outro direito de receber integralmente o que lhe foi
prometido, desde que de sua parte não tenha havido dolo ou culpa, ainda que nada do avençado
venha a existir.
C) Podem as partes, por cláusula expressa, reforçar, diminuir ou excluir a responsabilidade pela
evicção.
D) A coisa recebida em virtude de contrato aleatório pode ser enjeitada por vícios ou defeitos
ocultos, que a tornem imprópria ao uso a que é destinada, ou lhe diminuam o valor.

Mario, por solicitação de João, apresentou a este uma proposta por escrito para pintura do
apartamento de João, no valor de R$ 6.000,00, parcelado em três pagamentos mensais, com
entrada, com prazo para aceitação da proposta de cinco dias úteis. Passados dez dias úteis, João
respondeu a Mario, também por escrito, aceitando o valor, mas solicitando, caso fosse possível,
efetuar o pagamento em quatro parcelas mensais, com entrada. Com base no que dispõe o Código
Civil Brasileiro, a resposta de João implica
A) o aceite da proposta de Mario, obrigando este a cumprir ainda que com o parcelamento em três
pagamentos mensais, com entrada.
B) uma resposta sem nenhum valor legal.
C) a contratação tácita do serviço.
D) uma nova proposta, agora feita por João.
Assinale a alternativa que está de acordo com as previsões do Código Civil sobre formação de
contratos.
A) pode revogar-se a oferta pública pela mesma via de sua divulgação, ainda que não haja previsão
a respeito na oferta realizada.
B) reputar-se-á celebrado o contrato no local de domicílio do aceitante.
C) a aceitação fora do prazo, com adições, restrições, ou modificações, importará nova proposta.
D) se o proponente se houver comprometido a esperar resposta, os contratos entre ausentes
tornam-se perfeitos desde que a aceitação à proposta é expedida.
E) considera-se inexistente a aceitação, se depois dela chegar ao proponente a retratação do
aceitante.

Você também pode gostar