Você está na página 1de 6

Exemplos

1) Um conjunto de componentes eletrônicos que dissipam calor é montado na parte inferior de uma
placa horizontal de liga de alumínio com 1,2 m por 1,2 m enquanto a parte superior é resfriada por
convecção natural com o ar ambiente a 300 K. A placa é suficientemente espessa para garantir uma
temperatura uniforme na superfície superior e é fixada em um invólucro termicamente isolado na parte
inferior. A temperatura da placa não deve exceder 77°C, assim, calcule a máxima dissipação de calor
permitida pelos componentes eletrônicos.
• Propriedades do ar a Tf = 325 K: ν = 18,4 x 10-6 m2/s; k = 0,028 W/m.K; α = 26,2 x 10-6 m2/s
• R: 446 W
2) Calcule a nova potência possível de ser dissipada se o dispositivo fosse colocado com a superfície de
troca de calor na vertical.
3)Uma tubulação horizontal por onde passa vapor d’água a alta pressão e que possui um diâmetro
externo de 0,1 m atravessa uma sala onde o ar estagnado se encontra a 23°C. A superfície externa da
tubulação está a uma temperatura de 165°C. Estime a perda térmica da tubulação por unidade de
comprimento do tubo.
• Propriedades do ar a Tf = 367 K: ν = 22,8 x 10-6 m2/s; k = 0,0313 W/m.K; α = 32,8 x 10-6 m2/s; Pr = 0,697
R: 318 W
Exemplos
1) Um conjunto de componentes eletrônicos que dissipam calor é montado na parte inferior de uma
placa horizontal de liga de alumínio com 1,2 m por 1,2 m enquanto a parte superior é resfriada por
convecção natural com o ar ambiente a 300 K. A placa é suficientemente espessa para garantir uma
temperatura uniforme na superfície superior e é fixada em um invólucro termicamente isolado na
parte inferior. A temperatura da placa não deve exceder 77°C, assim, calcule a máxima dissipação de
calor permitida pelos componentes eletrônicos.
• Propriedades do ar a Tf = 325 K: ν = 18,4 x 10-6 m2/s; k = 0,028 W/m.K; α = 26,2 x 10-6 m2/s
• R: 446 W
𝑞 = ℎ. 𝐴. (𝑇𝑠 − 𝑇∞)

𝑇𝑠 + 𝑇∞ 77 + 27
𝑇𝑓 = = = 52°𝐶 = 325𝐾
2 2

g (Tp  T ) x 3
Rax  Grx Pr 

g(Tp  T )Lc3
Ra x  Grx Pr 

1 1
𝛽= = = 0,003 𝐾 −1
𝑇𝑓 325𝐾

𝐴 1,2𝑥1,2
𝐿𝑐 = = = 0,3𝑚
𝑃 4𝑥1,2

𝑣
𝛼=
𝑃𝑟

9,8m / s 2 .(0,003)K 1 (77  27)K.(0,3m) 3


Ra x  Grx Pr  = 8,44𝑥107
(18,4 x 10 -6 m 2 /s)(26,2 x 10 -6 m 2 /s)

𝑁𝑢 = 0,15. 𝑅𝑎1/3 = 0,15. 8,44𝑥107 1/3


= 65,8
𝑘 65,8𝑥0,028 W/m.K 6,14𝑊
ℎ = 𝑁𝑢. = =
𝐿𝑐 0,3𝑚 𝑚2 𝐾

6,14𝑊
𝑞 = ℎ. 𝐴. 𝑇𝑠 − 𝑇∞ = 2 . 1,2𝑥1,2𝑚2 . 77 − 27 𝐾 = 442,2𝑊
𝑚 𝐾

2) Calcule a nova potência possível de ser dissipada se o dispositivo fosse colocado com a superfície de troca de
calor na vertical.

9,8m / s 2 .(0,003)K 1 (77  27)K.(1,2m) 3


Ra x 
(18,4 x 10 -6 m 2 /s)(26,2 x 10 -6 m 2 /s)

𝑅𝑎𝑥 = 5,4𝑥109
0,15Ra1L/ 3
Nu  Nu x  ( RaL  109 )
9 / 16 16 / 27
  0,492  
1    
  Pr  

𝑣 18,4 x 10−6 m2/s


𝑃𝑟 = = = 0,7023
𝛼 26,2 x 10−6 m2/s

0,15(5,4 x109 )1/ 3


Nu  Nu x  = 184,7
9 / 16 16 / 27
  0,492  
1    
  0,7023  
𝑁𝑢. 𝑘 184,7x0,028 W/m.K
ℎ= = = 4,309𝑊/𝑚2 𝐾
𝐿𝑐 1,2𝑚

4,309𝑊
𝑞 = ℎ. 𝐴. 𝑇𝑠 − 𝑇∞ = . 1,2𝑥1,2𝑚2 . 77 − 27 𝐾 = 310,3𝑊
𝑚2𝐾

Você também pode gostar