Você está na página 1de 2

PNAB 2017 - PORTARIA Nº 2.

436, DE 21 DE SETEMBRO DE 2017

● AB = APS;
● UBS como espaço de ensino-aprendizagem;
● RENAME: Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (Rename), um elemento
técnico-científico que oriente a oferta, a prescrição e a dispensação de
medicamentos nos serviços do SUS.
● Financiamento tripartite da Atenção Básica: Federal + Estadual + Municipal
● Atenção básica brasileira: Estratégia Saúde da Família - FOCO(que compõe a
Política Nacional de Atenção Básica), o Brasil Sorridente (Política Nacional de Saúde
Bucal); Política Nacional de Alimentação e Nutrição; Política Nacional de Práticas
Integrativas e Complementares; Programa de Requalificação das Unidades Básicas
de Saúde; Programa Nacional de Melhoria do Acesso e Qualidade na Atenção
Básica (PMAQ-AB); Programa Telessaúde Brasil Redes; Equipes de Consultórios na
Rua; Programa Saúde na Escola (PSE); Projeto de Expansão e Consolidação da
Estratégia Saúde da Família (PROESF), entre outros programas, ações e
estratégias.
● “Para um ambiente adequado em uma UBS, existem componentes que atuam como
modificadores e qualificadores do espaço, recomenda-se contemplar: recepção sem
grades (para não intimidar ou dificultar a comunicação e também garantir privacidade
à pessoa), identificação dos serviços existentes, escala dos profissionais, horários de
funcionamento e sinalização de fluxos, conforto térmico e acústico, e espaços
adaptados para as pessoas com deficiência em conformidade com as normativas
vigentes.”
● Composição mínima de equipe de Saúde da Família: médico, preferencialmente da
especialidade medicina de família e comunidade, enfermeiro, preferencialmente
especialista em saúde da família; auxiliar e/ou técnico de enfermagem e agente
comunitário de saúde (ACS). Podendo fazer parte da equipe o agente de combate às
endemias (ACE) e os profissionais de saúde bucal: cirurgião-dentista,
preferencialmente especialista em saúde da família, e auxiliar ou técnico em saúde
bucal.
● Equipe de Saúde da Família:40h/semanais // Equipe de Atenção Básica: distribuição
particular de CH, com mínimo de 10h/semanais.
● O NASF não é de livre acesso, é organizado por demanda.
● A equipe de saúde da família ribeirinha pode contar com microscopistas em áreas
endêmicas. Essas equipes precisam trabalhar por no mínimo 14 dias mensais com
carga horária de 8h/dia.
● Equipe de Consultório na Rua: equipe de profissionais variável, para atender
pessoas em situação de rua ou análoga.
● Equipe de Atenção Básica Prisional
● Destaque para o papel do enfermeiro na AB: coordenação dos ACS, consultas de
enfermagem com prescrição de medicamentos, delegar atribuições aos técnicos de
enfermagem, etc.
● A PNAB contempla o Gerente da Atenção Básica.
● ACS e ACE possuem algumas atribuições comuns.
● O ACS pode, em situação excepcional, após treinamento e com supervisão de
profissional de nível superior: realizar aferição de pressão arterial, medição da
glicemia capilar, aferição de temperatura axilar, curativo simples.

Você também pode gostar