Você está na página 1de 3

Caules do tipo: Colmo

Os colmos são caules aéreos não-ramificados muito parecidos com os estipes, porém
apresentam gomos, formados a partir de nós e entrenós, sendo que esses gomos podem
ser ocos (bambu) ou maciços (milho ou cana-de-açúcar). Outro exemplo de planta com
caule do tipo colmo é o arroz, que além do colmo principal, tem ramificações, colmos
primários e secundários, chamados de perfilho.

https://www.sobiologia.com.br/conteudos/Morfofisiologia_vegetal/morfovegetal4.php

https://www.todamateria.com.br/tipos-de-caule/

https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/biologia/tipos-caule.htm

https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/arroz/arvore/CONT000fe75wint02wx5eo
07qw4xeclygdut

A importância sociológica da cana se da devido a grande credito para o Brasil, tendo


em vista que foi a fonte de sustento principal durante o Brasil colônia. Atualmente é
possível observar os reflexos dessa importância na nossa cultura pois a cana é
ingrediente de vários pratos, como por exemplo, no caso do bolo de melado. A cana nos
últimos anos vem sendo observada com uma forte expansão na produção de etanol, não
so na parte alimentícia, com a finalidade de diminuir a dependência dos combustíveis de
origem fóssil. A produção de cana vem apresentando um forte crescimento devido a
implantação do Proálcool. Devido a essa expansão da área da cana-de-açúcar ocorrem
alguns impactos sobre o preço dos alimentos, mas por outro lado, beneficia na geração
de empregos e de renda, tudo isso associado à expansão da agroindústria canavieira.

Fontes: www.scielo.br

www.sei-cesucol.edu.br

www.sober.org.br

A importância cultural é de origem colonial, Cristóvão Colombo levou melado em suas


viagens e dizia que era o melhor e mais saudável alimento da terra. Na Europa, ele era
vendido somente em farmácias, não como alimento e sim como medicamento. E por
cima há provas ainda de que o melado já era conhecido em meados dos anos 600 a.C na
Índia e na Pérsia. O mel de engenho, mais conhecido como melado, derivado da cana-
de-açúcar produz o próprio açúcar, álcool e em menor escala se produz a cachaça,
rapadura e o famigerado mel de engenho.

O mel de engenho, melado, é bastante conhecido no sul do brasil. É um xarope denso,


obtido do caldo da cana, produzido após a fervura e evaporação. É também um alimento
produzido artesanalmente e sem aditivos, muito consumido no nordeste. Atualmente o
melado está sendo resgatado pela gastronomia brasileira, com ênfase na região e
gastronomia pernambucana, no preparo de receitas dos mais variados tipos, ganhando
lugar na cozinha. Um exemplo é o bolo de cana-de-açúcar, que é feito com o melado da
cana.

Fontes: www.basilio.fundaj.gov.br

www.nutrisurya.com

BOLO DE CANA-DE-AÇÚCAR (MELADO)

INGREDIENTES

 1 xícara (chá) de leite

 3 colheres (sopa) de manteiga

 3 colheres (sopa) de açúcar

 2 ovos

 1 xícara (chá) de melado

 2 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo

 1 colher (sopa) de fermento em pó

MODO DE PREPARO

1. Pré-aqueça o forno em temperatura média (180º).

2. Coloque na tigela da batedeira 2 colheres (sopa) de manteiga e o açúcar. Bata por

3 minutos ou até a mistura ficar esbranquiçada. Reserve.

3. Em uma outra tigela da batedeira coloque as claras e bata por 2 minutos ou até

obter picos firmes. Junte as gemas, uma a uma, sem parar de bater. Despeje essa
mistura sobre a manteiga e o açúcar. Mexa até ficar homogêneo.

4. Acrescente o melado. Misture.

5. Em uma outra tigela peneire a farinha de trigo com o fermento. Aos poucos,

incorpore os ingredientes secos peneirados à massa alternando com o leite e

misture bem. Com o restante da manteiga unte uma forma com furo no meio e

polvilhe farinha de trigo.

6. Despeje a massa e leva ao forno por 30 minutos, ou até que, enfiando um palito,

ele saia limpo. Retire do forno, desenforme ainda morno e deixe esfriar.

Integrantes do grupo: Derick

Giovanna de Lima

Isabelle

Izabella

Ingrid

Você também pode gostar