Você está na página 1de 2

SEMINÁRIO MAIOR “DOM JOSÉ ANDRÉ COIMBRA”

DIOCESE DE PATOS DE MINAS - MG

PLANO DE CURSO

CURSO
FILOSOFIA

ANO LETIVO PERÍODO CARGA HORÁRIA


2011 2º 60h/a

Identificação da disciplina: Língua Portuguesa II


Professora: Jordana Luisa Mota Silva

EMENTA:

Sintaxe do período simples. Sintaxe do período composto. Funções do QUE e do SE.

OBJETIVOS:

 Entender o objeto de estudo da sintaxe, bem como a sua relação com a morfologia.
 Estudar questões sintáticas inerentes ao português do Brasil, tanto no âmbito do período
simples quanto nos domínios do período composto.
 Conhecer as regras da sintaxe tradicional para compreender a intencionalidade estilística
de determinadas transgressões.
 Desenvolver a capacidade de ler e de produzir textos, a partir do estudo das regras de
combinação das palavras na frase.
 Identificar as funções morfológicas e sintáticas das partículas QUE e SE.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1 NOÇÕES BÁSICAS DE SINTAXE 2.4 Termos da oração relacionados ao verbo


1.1 Objeto de estudo da sintaxe 2.4.1 Transitividade verbal
1.2 Frase, oração e período 2.4.2 Complementos verbais
2.4.2.1 Objeto direto
2 SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES 2.4.2.2 Objeto indireto
2.1 Conceito de sujeito 2.4.3 Agente da passiva
2.2 Classificação do sujeito 2.4.4 Adjunto adverbial
2.2.1 Determinado 2.5 Termos ligados ao nome
2.2.1.1 Simples 2.5.1 Adjunto adnominal
2.2.1.2 Composto 2.5.2 Predicativo
2.2.1.3 Sujeito do infinitivo 2.5.3 Complemento nominal
2.2.1.4 Oracional 2.5.4 Aposto
2.2.1.5 Desinencial 2.6 Vocativo
2.2.2 Indeterminado
2.2.3 Oração sem sujeito 3 SINTAXE DO PERÍODO COMPOSTO
2.3. Classificação do predicado 3.1 Orações coordenadas
2.3.1 Verbal 3.1.1 Sindéticas
2.3.2 Nominal 3.1.2 Assindéticas
2.3.3 Verbo-nominal 3.2 Orações subordinadas
3.2.1 Substantivas 3.3 Período misto
3.2.2 Adjetivas
3.2.2.1 Funções sintáticas do pronome 4 FUNÇÕES DO QUE E DO SE
relativo 4.1 Estudo morfossintático do QUE
3.2.3 Adverbiais 4.2 Estudo morfossintático do SE

METODOLOGIA:

O conteúdo programático será desenvolvido mediante a utilização dos seguintes procedimentos:


aulas expositivas, trabalhos em grupo e individual, estudos dirigidos, exercícios de fixação, leitura e
interpretação de textos, produção de textos.

RECURSOS DIDÁTICOS: quadro, giz, livros e demais materiais que se fizerem necessários para
o desenvolvimento do conteúdo proposto.

AVALIAÇÃO:

No decorrer do semestre letivo, serão distribuídos 10 (dez) pontos, obedecendo-se o seguinte


critério, disposto pelo regimento de formação intelectual do Seminário Maior “Dom José André
Coimbra”: 60% em avaliações orais ou escritas; 20% em trabalhos de pesquisa e 20% em leituras
orientadas seguidas de debate ou qualquer outra atividade conveniente aos fins a que se propõe.

BIBLIOGRAFIA

AZEREDO, José Carlos de. Iniciação à sintaxe do português. 5 ed. Rio de Janeiro : Jorge Zahar Editor, 1999.

BECHARA, Evanildo. Moderna gramática portuguesa. 37. ed. rev. ampl. Rio de Janeiro : Lucerna, 1999.

BECHARA, Evanildo. Lições de português pela análise sintática. 16. ed. rev. e ampl. Rio de Janeiro: Lucerna,
2001.

CEREJA; William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Gramática reflexiva: texto, semântica e interação.
São Paulo : Atual, 1999.

CUNHA, Celso; LINDLEY CINTRA, Luís F. Nova gramática do português contemporâneo. Rio de Janeiro :
Nova Fronteira, 1985.

FERREIRA, Mauro. Aprender e praticar gramática. São Paulo : FTD, 2007.

INFANTE, Ulisses. Curso de gramática aplicada aos textos. São Paulo : Scipione, 1996.

KURY, Adriano da Gama. Novas Lições de Análise Sintática. São Paulo : Ática, 1990.

LIMA. Rocha. Gramática normativa da Língua Portuguesa. 37. ed. Rio de Janeiro : José Olympio, 1999.

NEVES, Maria Helena de Moura.Gramática de usos do português .São Paulo: Editora UNESP, 2000.

SOUZA E SILVA, Maria Cecília Pérez de. & INGEDORE, Villaça Koch. Lingüística Aplicada ao
português: sintaxe. 8. Ed. São Paulo : Cortez, 1998.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gramática e interação : uma proposta para o ensino de gramática no 1º e 2º
graus. São Paulo : Cortez, 1996.

VILELA, Mário; KOCK, Ingedore Villaça. Gramática da Língua Portuguesa. Coimbra – Portugal : Almedina,
2001.

Você também pode gostar