Você está na página 1de 6

Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

CEFET-MG Unidade Curvelo


Curso de Engenharia Civil
Física Experimental II | 2021/1

ESCOAMENTO DE FLUIDOS
FÍSICA EXPERIMENTAL I

Discentes:
Diane de Almeida Costa
Liliane Maria de Freitas Menezes
Luiza Gabriela Batista Crivelaro
Rayane Pinto Alves
Suene Cristine da Rocha

CURVELO-MG
Junho/2021
INTRODUÇÃO DO TEMA E OBJETIVO DO EXPERIMENTO

A dinâmica dos fluidos estuda o efeito das forças em fluidos (líquido ou gás) em
diversas áreas e situações. O objetivo desse experimento é analisar o que ocorre quando
há uma pressão atuando sobre o líquido dentro da garrafa, fazendo com que este líquido
saia ou não, pela abertura localizada numa altura z da base. Estabelecendo assim, uma
relação entre o alcance do jato de água em relação à coluna d’água sobre a garrafa.

EXPERIMENTO

Experimento 1:

I) Com a garrafa destampada tire a fita e observe o fenômeno:

A água escorreu rápido pelos três furos e parou de escorrer quando chegou um pouco
antes do último furo.

Figuras 1 e 2: Garrafa PET para experimento. Fonte: Autoras.


Experimento 1
II) Com a garrafa tampada tire a fita e observe o fenômeno:
Escorreu um pouco de água no primeiro furo e saiu muita água nos demais. A água
parou de escorrer próxima ao último furo.

Página 2 de 6
Figuras 3 e 4: Garrafa PET para experimento. Fonte: Autoras.

EXPERIMENTO 2:

Figura 5: Garrafa PET para experimento 2. Fonte: Autoras.

Página 3 de 6
TABELA DE DADOS
ALCANCE (cm) COLUNA DE ÁGUA (cm)
INCERTEZA 1 0,5
23 22
21 20
20 19
18 17
17 16
16 15
15 14
14 13
13 12
10 11
9 10
5,5 9,5
5 9
2 8,5

Figura 6: Tabela de dados obtidos a partir do experimento 2. Fonte: Autoras.

Figura 7: Gráfico a partir dos dados experimentais fornecidos na tabela. Fonte:


SciDAVis

Página 4 de 6
EQUAÇÃO DE LINEARIZAÇÃO

Para que o gráfico tenha um comportamento linear, as grandezas do eixo x são


correspondentes aos dados coletados do nível de água, enquanto as grandezas do eixo y
serão os valores dos alcances coletados elevado ao quadrado.

𝐴 = 2 ∗ √ℎ. 𝑧

𝐴² = (2 ∗ √ℎ. 𝑧)²  𝐴² = 4 ∗ 𝑧 ∗ ℎ

GRÁFICO LINEARIZADO

Figura 8: Gráfico linearizado a partir dos dados experimentais fornecidos na tabela.


Fonte: SciDAVis

Página 5 de 6
A partir dos parâmetros encontrados pela regressão linear realizada anteriormente,
podemos determinar 𝑧𝑓𝑢𝑟𝑜 e o erro 𝜎𝑧 associado a este da seguinte forma:

Realizando a comparação entre as equações de linearização A² = 4z + 0 com a


equação linear y= ax+b, encontramos A= 4z, onde, “A” é o coeficiente angular gerado
pela linearização do gráfico.

A= 4𝑧𝑓𝑢𝑟𝑜
38
38 = 4 𝑧𝑓𝑢𝑟𝑜 -> 𝑧𝑓𝑢𝑟𝑜 = -> 𝑧𝑓𝑢𝑟𝑜 = 9,5.
4

O erro 𝜎𝑧 associado a este é dado por:

𝜕𝑧 2
∆𝑧 = √( ) (∆𝐴) = √(0,25)2 (0,8) = √0,8 = 0,2 𝑐𝑚
𝜕𝐴

Logo, 𝑍𝑓𝑢𝑟𝑜 = 9,5 ± 0,2 𝑐𝑚, onde podemos observar que o valor de 𝑍𝑓𝑢𝑟𝑜 não
corresponde ao experimental utilizado, ocasionando uma variação de 0,5 cm que pode
ocorrer por diversos fatores como, o atrito causado pelo fluído, a resistência do ar aplicada
ao líquido no momento de seu escoamento e a própria imprecisão no momento da
realização do experimento.

CONCLUSÃO

Com a garrafa tampada, a pressão atmosférica faz força de fora para dentro da garrafa
através dos orifícios, o que impede a saída da água.
Com a garrafa destampada, a força exercida pela pressão atmosférica através da boca da
garrafa acaba se anulando com as forças que agem de fora para dentro através dos
orifícios. A altura da coluna de líquido em relação à posição do furo determina se a água
será jorrada para perto ou mais distante da garrafa (quanto mais baixo estiver o furo, maior
será a pressão exercida pela coluna do líquido e, obviamente, mais distante será lançado
o líquido).

Página 6 de 6

Você também pode gostar