Você está na página 1de 2

LARANJEIRAS

Paciente: Sr(a). EDUARDO PONTES Atendimento:024- 0052906


CORREA DA SILVA Realizado em: 06/04/2021
Solicitante: Dr(a). THANGUY GOMES Liberado em:07/04/2021 08:22:03
FRICO
Convênio: SAMP
Unidade:

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DE COLUNA LOMBAR

TÉCNICA:
Foram adquiridas sequências ponderadas predominantemente em T1 e T2, em aquisições multiplanares.

RESULTADO:
Retificação da lordose lombar fisiológica no estudo em decúbito dorsal.
Corpos vertebrais com altura e alinhamento posterior preservado, apresentando esboços osteofitários marginais.
Corpo vertebral de S1 discretamente hipoplásico na sua porção posterior, determinando mínima retrolistese de L5.
Pedículos vertebrais constitucionalmente curtos (pedículos curtos congênitos).
Elementos que compõem os arcos posteriores íntegros.
Articulações interapofisárias conservadas.
Discopatia degenerativa L4-L5 e L5-S1 caracterizadas por desidratação e leve redução da altura.
Nível L3-L4: Mínimo abaulamento discal difuso, que toca a face ventral do saco dural e se insinua para as bases
foraminais, mantendo íntima relação com as raízes emergentes de L3 nos seus trajetos foraminais, sem comprimi-las.
Nível L4-L5: Abaulamento discal difuso, com fissura do ânulo fibroso e componente protruso póstero-mediano, que
comprime a face ventral do saco dural e se insinua para as bases foraminais, apresentando íntimo contato com as
raízes emergentes de L4 nos seus trajetos foraminais, notadamente à direita.
Nível L5-S1: Abaulamento discal difuso, com componente extruso paramediano esquerdo, que comprime a raiz
descendente esquerda de S1 no seu trajeto intra-canal, além de se insinuar para os forames e apresentar íntimo contato
com as raízes emergentes de L5 nos seus trajetos foraminais.
A associação dos abaulamentos discais acima descritos e pedículos curtos congênitos determina estenose leve do canal
vertebral nos níveis L4-L5 e L5-S1. O restante do canal vertebral e os demais forames intervertebrais mantêm boa
amplitude.
Cone medular com forma e sinal normais na transição toracolombar.
Raízes da cauda equina com distribuição anatômica no interior do saco dural.
Musculatura paravertebral com trofismo preservado.

CONCLUSÃO:
Alterações degenerativas leves da coluna lombar, associadas a pedículos curtos congênitos, notando-se estenose leve
do canal vertebral nos níveis L4-L5 e L5-S1.
Mínimo abaulamento discal difuso L3-L4, que apresenta íntima relação com as raízes de L3 nos seus trajetos
foraminais, sem comprimi-las.
Abaulamento discal difuso L4-L5, com fissura do ânulo fibroso e componente protruso póstero-mediano, que apresenta
íntimo contato com as raízes de L4 nos seus trajetos foraminais, notadamente à direita.
Abaulamento discal difuso L5-S1, com componente extruso paramediano esquerdo, que comprime a raiz esquerda de
S1 no seu trajeto intra-canal e apresenta íntimo contato com as raízes de L5 nos seus trajetos foraminais.

Obs.: Este é um exame complementar à consulta clínica e o seu resultado é dirigido ao médico. Descrições e hipóteses diagnósticas
aqui contidas não devem ser analisadas isoladamente, mas correlacionadas com as demais informações do paciente - anamnese,
exame físico e outros exames - pelo seu médico, a quem compete valorizar ou não os achados, concluir o diagnóstico e decidir a
conduta. O relator se coloca à disposição do médico para quaisquer esclarecimentos necessários.

1/2
LARANJEIRAS

Paciente: Sr(a). EDUARDO PONTES Atendimento:024- 0052906


CORREA DA SILVA Realizado em: 06/04/2021
Solicitante: Dr(a). THANGUY GOMES Liberado em:07/04/2021 08:22:03
FRICO
Convênio: SAMP
Unidade:

Obs.: Este é um exame complementar à consulta clínica e o seu resultado é dirigido ao médico. Descrições e hipóteses diagnósticas
aqui contidas não devem ser analisadas isoladamente, mas correlacionadas com as demais informações do paciente - anamnese,
exame físico e outros exames - pelo seu médico, a quem compete valorizar ou não os achados, concluir o diagnóstico e decidir a
conduta. O relator se coloca à disposição do médico para quaisquer esclarecimentos necessários.

2/2

Você também pode gostar