Você está na página 1de 10

GEOGRAFIA

FRENTE A | CAPÍTULO 03

IMPACTOS AMBIENTAIS

e veículos de transporte (que utilizam combustíveis fósseis)


IMPACTOS produzem subprodutos que se agregam ao oxigênio da atmosfera
NA ATMOSFERA e que, ao serem dissolvidos na chuva, caem no solo sob a forma
de chuva ácida.

Nosso planeta tem uma atmosfera singular. A presença

GEOGRAFIA - FRENTE A - CAPÍTULO 03


de dióxido de carbono (gás carbônico, CO2), vapor d’água
e outros gases em sua composição contribui para que ela
funcione como uma capa protetora, impedindo que uma
parte do calor absorvido da irradiação solar escape para
o espaço exterior. Desse modo, é mantida uma situação de
equilíbrio térmico, tanto durante o dia como à noite. Essa
particularidade benéfica da camada de ar recebe o nome
de efeito estufa. Sem esse cobertor atmosférico, o Sol não
conseguiria aquecer a Terra o suficiente para que ela fosse
habitável, pois a temperatura média do planeta estaria em
torno de 17 ºC negativos e sua superfície permaneceria
coberta de gelo. Acontece que o delicado termostato do Devemos lembrar, contudo, que os poluentes, carregados
efeito estufa vem sendo perturbado pelo desmatamento e pelos ventos, podem viajar milhares de quilômetros, provocando
pela queima descontrolada de combustíveis fósseis como chuvas ácidas em locais muito distantes das fontes poluidoras.
o petróleo e o carvão. Com isso, aumenta o volume de A chuva ácida, ao atingir o solo, empobrece a vegetação
gás carbônico na atmosfera e o planeta fica mais quente. natural e as plantações. Também afeta a fauna e a flora de rios e
As consequências, segundo muitos pesquisadores, são lagoas, prejudicando a pesca.
invernos cada vez mais rigorosos, chuvas torrenciais e Algumas medidas podem atenuar a formação de chuva ácida:
outras perturbações meteorológicas. Outros cientistas economia de energia, uso de transporte coletivo, criação e uso de
atribuem ao aquecimento a menor espessura da camada fontes de energia menos poluentes, utilização de combustíveis
de gelo polar no verão. O resultado seria o aquecimento com baixo teor de enxofre, etc.
dos oceanos, com enorme impacto na cadeia da vida
marinha e outros desdobramentos. DESMATAMENTO
Outra área crítica na atmosfera é a camada de
ozônio, que protege contra o câncer de pele e outros
efeitos negativos da radiação ultravioleta emitida pelos
raios solares. As moléculas desse escudo atmosférico
passaram a ser destruídas pelo clorofluorcarbono (CFC),
um gás emitido pelos refrigeradores e outros produtos
industrializados. Surgiu desse modo, na camada de ozônio,
um gigantesco buraco que em certas ocasiões chega a
atingir 31 milhões de quilômetros quadrados.

O desmatamento é uma das intervenções humanas que


mais prejudicam o planeta. Pode causar sérios danos ao clima, à
biodiversidade e às pessoas. Desmatar prejudica os ecossistemas
e leva à extinção de centenas de espécies.
Árvores são grandes absorvedoras de dióxido de carbono,
um dos gases causadores do efeito estufa. Portanto, quando o
homem derruba florestas, também intensifica o problema do
aquecimento global.
Dentre outras consequências, o desmatamento provoca
degradação do solo, aumento da desertificação e erosões, muitas
CHUVA ÁCIDA vezes comprometendo os sistemas hidrográficos.
As políticas de reflorestamento, muito comentadas nos dias
A chuva ácida é provocada pela produção de gases lançados atuais, são apenas soluções parciais, pois, ainda que ajudem a
na atmosfera. Há agentes naturais que fazem isso, como, por conter o aquecimento global, dificilmente conseguirão recuperar
exemplo, os vulcões. A atividade humana, contudo, é a principal a biodiversidade das regiões afetadas.
causadora do fenômeno. Indústrias, usinas termoelétricas
181
GEOGRAFIA - FRENTE A - CAPÍTULO 03 IMPACTOS AMBIENTAIS

INVERSÃO TÉRMICA Ilhas de calor é o nome que se dá a um fenômeno climático


que ocorre principalmente nas cidades com elevado grau de
urbanização. Nestas cidades, a temperatura média costuma ser
mais elevada do que nas regiões rurais próximas.
A grande concentração de asfalto (ruas, avenidas) e concreto
(prédios, casas e outras construções) concentra mais calor,
fazendo com que a temperatura fique acima da média.
A formação e presença de ilhas de calor no mundo são
negativas para o meio ambiente, pois favorecem a intensificação
do fenômeno do aquecimento global.

REVISÃO NA PLATAFORMA

A camada de ar fria, por ser mais pesada, acaba descendo AULAS 06


e ficando numa região próxima à superfície terrestre, retendo
GEOGRAFIA - FRENTE A - CAPÍTULO 03

os poluentes. O ar quente, por ser mais leve, fica numa camada


3. FÍSICA
superior, impedindo a dispersão dos poluentes.
3.7. IMPACTOS AMBIENTAIS
Este fenômeno climático pode ocorrer em qualquer dia do
ano, porém é no inverno que ele é mais comum. Nesta época do
ano, as chuvas são raras, dificultando ainda mais a dispersão dos
APOSTILAS: 1 resumo + 10 questões
poluentes, sendo que o problema se agrava.
Nas grandes cidades, podemos observar no horizonte, a olho
nu, uma camada de cor cinza formada pelos poluentes. Estes são EXERCÍCIOS ONLINE: 30 questões
resultado da queima de combustíveis fósseis como os derivados CAIU NO ENEM: 64 questões
do petróleo utilizados pelos automóveis e caminhões.

Problemas de Saúde
SEÇÃO VESTIBULARES
Esse fenômeno afeta diretamente a saúde das pessoas,
principalmente das crianças, provocando doenças de ordem
respiratória, cansaço, entre outros problemas de saúde. Pessoas
afetadas por doenças como, por exemplo, bronquite e asma são QUESTÃO 01
as mais afetadas com esta situação.
(UEMA) Leia o texto:
Soluções
Um projeto de Lei em Curitiba (PR) pretende tornar obrigatórios
Soluções para estes problemas estão ligadas diretamente à os telhados verdes em prédios novos da cidade. O objetivo, de
adoção de politicas ambientais eficientes que visem diminuir acordo com o projeto, é reduzir a poluição ambiental, o consumo
o nível de poluição do ar nos grandes centros urbanos. A de energia e as ilhas de calor. Também prevê que a vegetação seja
substituição de combustíveis fósseis pelos biocombustíveis nativa e exija pouca água.
ou energia elétrica poderia reduzir significativamente este TINTI, Simone. Verde no telhado. Revista Vida Simples. São Paulo: Abril, ed. 132, 2013.
problema. Campanhas públicas conscientizando as pessoas sobre
a necessidade de trocar o transporte individual (particular) pelo A ideia do projeto é ampliar áreas verdes para redução de
transporte público (ônibus e metrô) também ajudaria a amenizar problemas ambientais comuns em cidades. A relação entre áreas
o problema. A fiscalização nas regiões onde ocorrem queimadas verdes e ilhas de calor é observada em
irregulares também contribuiria neste sentido.
A. reservas florestais em que o aumento de temperatura causa
ILHAS DE CALOR evaporação, ocasionando chuvas e tempestades.
B. áreas arborizadas em que o gás carbônico é acumulado em
excesso, permitindo a liberação de calor.
C. superfícies verdes em que as folhas das árvores absorvem o
calor da atmosfera, evitando o aumento da temperatura local.
D. cidades médias e pequenas em que há maior concentração
de poluentes na estratosfera, favorecendo o aumento da
temperatura.
E. parques e praças em que há maior presença de água e de
gás carbônico, favorecendo o aumento da temperatura e das
chuvas.

182
GEOGRAFIA - FRENTE A - CAPÍTULO 03 EXERCÍCIOS

QUESTÃO 02 Quais estão corretas?

(UERJ) Para evitar novos flagelos A. Apenas I.


B. Apenas II.
Os eventos extremos de curta duração, como as chuvas intensas C. Apenas III.
que caíram sobre São Paulo e outras cidades brasileiras com suas D. Apenas I e III.
trágicas consequências, vão se intensificar com as mudanças E. I, II e III.
climáticas em curso há algumas décadas. “Na década de 1930
e, se formos um pouco mais atrás no tempo, no século XIX, não QUESTÃO 04
ocorriam tantos eventos extremos de chuva como acontecem
hoje na cidade de São Paulo”, diz Carlos Nobre, do Instituto (CEFET - MG) A crise sobre a escassez de água é uma das maiores
Nacional de Pesquisas Espaciais. “Isso é mudança climática, não preocupações socioambientais da atualidade. É considerada
necessariamente provocada pelo aquecimento global”, ressalta. por alguns especialistas como o maior desafio do novo século
O mais provável é que a maior parte dessa mudança climática e mostrou-se agravada no cenário brasileiro a partir de 2012.
tenha origem na própria Região Metropolitana de São Paulo. Assim, medidas de reeducação de hábitos e reaproveitamento
ERENO, Dinorah. Adaptado de revistapesquisa.fapesp.br, 26/05/2010. desse recurso vital tornam-se necessárias.

Considerando a dinâmica ambiental de grandes metrópoles, No Brasil, algumas destas medidas voltadas para melhorar o
como São Paulo, as circunstâncias locais para a elevação do índice aproveitamento da água foram listadas a seguir.
de chuvas apontada no texto estão relacionadas ao fenômeno de:
I. Diminuição da perda nos sistemas de distribuição.
A. ilha de calor II. Aproveitamento da água pluvial em sistemas coletores.
B. inversão térmica III. Aplicação de técnicas mais eficientes de irrigação.
C. campo de vento IV. Individualização dos hidrômetros.
D. precipitação ácida V. Reaproveitamento da água tratada.

QUESTÃO 03 Entre as medidas listadas, as únicas que NÃO podem ser aplicadas
amplamente em todos os setores da economia do país são
(UFRGS) Observe a figura abaixo.
A. I e IV.
B. I e V.
C. II e III.
D. II e V.
E. III e IV.

QUESTÃO 05
(ESPCEX (AMAN)) “Relatórios da ONU alertam que se o padrão
de consumo não mudar, em 2025, 1.8 bilhão de pessoas estarão
vivendo em regiões com absoluta escassez de água, e dois terços
da população do mundo poderá estar vivendo sob condições de
estresse hídrico”.
redeglobo.globo.com/globoecologia/noticia/2013/05/mundoenfrenta.crise-de-agua-doce

Sobre os fatores relacionados à crise de abastecimento de água


potável no mundo, podemos afirmar que

I. embora a água doce disponível no mundo ultrapasse


largamente as necessidades de consumo atuais, a crise da
água é uma realidade no planeta.
II. em muitos países, as reservas de água subterrâneas renovam-
se em velocidade menor que a retirada de água, provocando a
Considere as afirmações sobre os resíduos sólidos coletados no secagem de poços e um efeito de subsidência (rebaixamento)
Brasil. bastante pronunciado em suas áreas urbanas, que
compromete a estrutura das construções e dos monumentos
I. O aumento do poder de compra dos brasileiros está históricos.
fazendo com que a população do país gere cada vez mais III. a construção de barragens em rios compartilhados por
lixo inorgânico, o que não é acompanhado pela implantação diferentes países, viabilizando projetos de irrigação e
de programas de coleta seletiva e pelo volume de material beneficiando as atividades agrícolas, tem contribuído para a
reciclado. redução do estresse hídrico entre esses países.
II. A reduzida coleta de resíduos urbanos na região Norte é IV. o Aquífero Guarani é uma importante reserva estratégica
explicada pela maior preocupação ambiental dos habitantes, de recursos hídricos para o Centro- Sul do Brasil, a qual
que adotam a prática do consumo reduzido e da reciclagem. ainda não está sendo explorada, haja vista as abundantes
III. A densa urbanização da região sudeste, associada à maior chuvas que alimentam os rios, os quais, por si só, garantem o
concentração de renda, explica os dados expressivos de abastecimento da região mais dinâmica do País.
resíduos sólidos urbanos coletados por dia. V. entre os diversos usos da água, o uso industrial é o que
apresenta as maiores taxas de desperdício em termos globais.

183
GEOGRAFIA - FRENTE A - CAPÍTULO 03 EXERCÍCIOS

Assinale a alternativa em que todas as afirmativas estão corretas: sua maioria, compondo as bacias hidrográficas da região
Nordeste do Brasil.
A.  I e II E.  O tratamento dos rios poluídos se dá também por conta do
B.  II e III desperdício de água, pois se esse recurso fosse utilizado de
C.  II e IV modo controlado não haveria essa necessidade, pois o ciclo da
D.  I, IV e V água naturalmente elimina as impurezas.
E.  II, III e V
QUESTÃO 08
QUESTÃO 06
(UERN) Sobre os problemas ambientais no cenário mundial e sua
(FGV) A recuperação e a conservação de apenas 3% das áreas dos dinâmica nos espaços urbanos e rurais, é correto afirmar que
quatro principais mananciais que abastecem a Grande São Paulo
reduziriam pela metade o assoreamento dos córregos e rios que A.  nas grandes cidades, o fenômeno da ilha de calor agrava
alimentam as represas, garantindo mais água e melhor qualidade a concentração de poluentes na atmosfera, dificultando a
em tempos de escassez hídrica. circulação do ar e provocando inúmeros problemas de saúde
http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,reflorestar-area-ampliaria-reserva-de- à população, especialmente no inverno.
agua-em-sp,156046 B.  os países subdesenvolvidos são os principais responsáveis pela
maior parte dos gases tóxicos lançados na atmosfera. Nesses
Considerando a reportagem e seus conhecimentos sobre o países, as políticas voltadas para a preservação ambiental são
assunto, é correto afirmar: prioritárias e severas, com metas a cumprir, estabelecidas pelo
Protocolo de Kyoto.
A.  Os investimentos em infraestrutura verde, tais como a C.  no campo, as monoculturas fizeram com que a utilização de
recuperação e a conservação de mananciais, resultam em inseticidas no combate às pragas favorecesse a diminuição de
aumento na capacidade de armazenamento de água e em predadores naturais, provocando desequilíbrios nas cadeias
redução dos custos com tratamento e dragagem. alimentares. Contudo, esse modelo agrícola minimiza a
B.  A recuperação e a conservação das áreas dos mananciais é incidência da erosão nos solos.
uma alternativa ao racionamento de água, já que representa D.  as chuvas ácidas estão relacionadas à emissão de poluentes,
uma solução de curto prazo para ampliar a oferta hídrica na especialmente pelas atividades industriais. Como na
Grande São Paulo. atmosfera não há barreira entre uma região e outra, é comum
C.  Os projetos de recuperação e conservação de cobertura os poluentes emitidos numa cidade provocarem chuva ácida
vegetal são, em média, muito mais onerosos que a simples em regiões vizinhas. No Brasil, as chuvas ácidas provocaram
transposição de bacias hidrográficas, fato que explica a muitos danos na Mata Atlântica da Serra do Mar entre as
rejeição do poder público a esses projetos. décadas de 70 e 80.
D.  As regiões paulistas de mananciais já estão protegidas pela
Lei de Mananciais, que limita efetivamente o desmatamento; QUESTÃO 09
assim, o ganho com a recuperação e a conservação seria
apenas marginal. (UFU) Solo do sudoeste gaúcho sofre processo de arenização
E.  Mesmo se ocorressem a recuperação e a conservação das
bacias, a situação de abastecimento de água continuaria Jean Ramos, de 27 anos, nasceu e foi criado no pampa. É um
dramática na Grande São Paulo, pois a população continua homem simples como todos os moradores da localidade de
crescendo exponencialmente e não há solução técnica capaz Jacaquá, única região do interior do município de Alegrete. De pé
de garantir o abastecimento para tanta gente. sobre uma pedra, Jean vê se estender a seus pés uma paisagem
insólita: em vez dos infindáveis campos e lavouras característicos
QUESTÃO 07 do lugar, uma mancha de areia de 83 hectares, equivalente a cerca
de 111 campos de futebol, que avança sobre os quintais das casas.
(UCS) O Brasil, apesar de possuir bacias hidrográficas importantes Disponível em: <http://www.sescsp.org.br/online/artigo/compartilhar/2430_
em todas as regiões, vem dando atenção à questão da água, em AREIA+AMEACA+O+PAMPA>
virtude da sistemática deterioração dos recursos hídricos e da
crescente escassez desses recursos. No tocante a esse tema, O processo de arenização na área descrita tem se intensificado
assinale a alternativa que se relaciona a esta problemática em decorrência da
ambiental.
A.  mudança climática e a diminuição das chuvas.
A.  A degradação dos recursos hídricos, em especial das B.  superexploração agrícola e a pecuária extensiva.
águas subterrâneas, é ocasionada pela poluição, oriunda C.  laterização do solo e a ação do vento.
principalmente dos esgotos domésticos e dos rejeitos das D.  monocultura da cana-de-açúcar e a geração do vinhoto.
práticas de aviação.
B.  O esgoto urbano é o locus dos depósitos oriundos das QUESTÃO 10
residências, empresas e indústrias, principal poluidor dos
rios; entretanto, no caso do Rio Tietê, que atravessa a região (UFSM) O meio ambiente humano costuma ser dividido em
metropolitana de São Paulo, a situação é crítica somente em meio cultural, constituído pelos produtos da atividade humana
virtude do regime de chuvas que é escasso na região. (edifícios, agricultura, instituições públicas e sociais, indústrias),
C.  Ter rede de esgoto não significa que se está evitando a e o meio natural, que é a natureza em si (solos, rios, clima, relevo,
poluição, pois canalizar e não tratar os efluentes jogados nos vegetação original).
rios apenas leva para mais distante, a poluição produzida nas VESENTINI, J.W. Geografia: o mundo em transição. São Paulo: Ática, 2009. p. 693.
áreas urbanas e rurais.
D.  O país é rico em rios, de drenagem endorreica, a maioria Com relação ao conjunto de elementos que constituem o meio
perene, porém alguns rios são temporários. Estes estão, em ambiente humano, é correto afirmar que

184
GEOGRAFIA - FRENTE A - CAPÍTULO 03 EXERCÍCIOS

A.  o meio cultural, com a industrialização e urbanização, passa A.  alguns laboratórios farmacêuticos pedirem para o Brasil
a predominar sobre o natural, mas o Brasil constitui uma ratificar o protocolo.
exceção, sendo um dos poucos países em que a modernização B.  ser considerado pela bancada ruralista como uma ameaça ao
ocasionou a preservação de enormes áreas nas quais o meio agronegócio brasileiro, com prejuízos para o setor.
natural predomina. C.  comunidades indígenas nada terem recebido da indústria
B.  o processo de modernização da sociedade brasileira ocasionou farmacêutica pelo uso de seus recursos naturais.
uma série de impactos sociais negativos, como, por exemplo, a D.  o Brasil esperar os resultados obtidos na Conferência Mundial
concentração da renda nacional, a multiplicação de favelas e da Biodiversidade, realizada na Coreia do Sul.
outras moradias rudimentares nos grandes centros urbanos. E.  o protocolo não permitir que seja aprovada a lei que trata do
C.  a Amazônia brasileira, embora venha sofrendo um processo acesso e da pesquisa do material genético brasileiro.
de devastação florestal, em face da sua imensa biodiversidade,
constitui o que se denomina meio natural, ou seja, a primeira QUESTÃO 13
natureza.
D.  a introdução em larga escala de plantas e animais (UECE) O Instituto Chico Mendes de Conservação da
geneticamente modificados busca recuperar a perda de Biodiversidade – ICMBio – possui dentre as suas atribuições a
biodiversidade e recriar as perturbações na cadeia alimentar criação de Unidades de Conservação. Unidade de Conservação
promovidas por impactos ambientais, permitindo retomar-se é definida como
o conceito de primeira natureza para o território brasileiro.
E.  a existência abundante de áreas verdes (reservas florestais, A.  um espaço territorial e seus recursos ambientais, incluindo as
parques com muitas árvores) nas grandes e médias cidades águas jurisdicionais, com características naturais relevantes,
brasileiras elimina os efeitos da poluição no ar, além de legalmente instituído pelo Poder Público, com objetivos
proporcionar variadas opções de lazer. de conservação e limites definidos, sob regime especial de
administração, ao qual se aplicam garantias adequadas de
QUESTÃO 11 proteção.
B.  uma área ou parcela do território delimitada e regulamentada
(UECE) “É evidente que o Conservacionismo numa área por legislação específica com o objetivo exclusivo de garantir a
subdesenvolvida e dotada de elevadas taxas demográficas preservação de espécies animais ameaçadas de extinção.
encontra obstáculos, às vezes, intransponíveis. O próprio grau de C.  uma área federal de competência exclusiva da União, delimitada
dependência funcional, de que são possuidores os constituintes por legislação específica, destinada primordialmente à
da biosfera, representa empecilho imediato.” proteção e conservação de nascentes.
SOUZA, Marcos José Nogueira de. “Subsídios para uma Política Conservacionista dos D.  o conjunto de métodos, procedimentos e políticas que visem à
Recursos proteção, a longo prazo, das espécies, habitats e ecossistemas,
além da manutenção dos processos ecológicos, prevenindo a
Naturais Renováveis do Ceará”. p. 81. Terra Livre 5. O Espaço em simplificação dos sistemas naturais.
questão. AGB - Associação dos Geógrafos Brasileiros. Ed. Marco
Zero. 1988. QUESTÃO 14
Considerando o excerto, assinale a única alternativa que (UFSM) Para as sociedades urbano-industriais, os elementos
apresenta elementos para uma política de conservação da naturais representam recursos que servem à lógica da produção
natureza. e do consumo em larga escala. O Brasil dispõe de um território
fisiograficamente diferenciado, com uma grande variedade de
A.  Construção de açudes e adutoras como suporte às atividades sistemas naturais sobre os quais a história foi se fazendo de um
industriais e agroindustriais. modo também diferenciado.
B.  Monitoramento de efluentes, exploração dos solos argilosos e Fonte: OLIC, N. B.; SILVA, A. C. da; LOZANO, R. Vereda digital geografia.
abertura de novas áreas de pastagem.
C.  Retirada da vegetação ciliar no bioma da caatinga e construção Com relação à apropriação dos recursos naturais no Brasil,
de barragens subterrâneas. considere as afirmativas a seguir.
D.  Manejo dos solos, proteção das áreas de nascentes e controle
do desmatamento. I. A monocultura de exportação ocupou vastas áreas em
direção à região Centro-Oeste, fazendo avançar as fronteiras
QUESTÃO 12 agrícolas e ameaçando o patrimônio genético da flora e fauna
do Cerrado, em face da grande devastação que atinge esse
(FGV) O Protocolo da Biodiversidade, considerado histórico domínio.
na sua criação, em 2010, na 10ª Convenção Mundial da II. O meio natural intocado deixou de existir há muito tempo
Biodiversidade, em Nagoia, no Japão, objetiva garantir a divisão e, portanto, o espaço geográfico resulta justamente das
justa e equitativa de benefícios gerados pelo uso dos recursos diferentes intervenções e apropriações que foram realizadas
genéticos e da biodiversidade, combatendo a biopirataria, pela sociedade no decorrer de sua história e que se
protegendo o patrimônio biológico dos países, por meio de manifestam no território brasileiro.
instrumentos, como a criação de royalties para o uso da flora e III. A pressão exercida pelos novos padrões tecnológicos para
da fauna locais. a produção agrícola e mineral revela confrontos entre a
Entrará em vigor após a ratificação por 50 países, e o Brasil, exploração e a preservação do patrimônio ambiental em
embora tenha assinado o documento da criação do protocolo, diversos pontos do território brasileiro, o que permite
aguarda a ratificação pelo Congresso. compreender os conflitos existentes na apropriação dos
recursos naturais.
É considerado um problema para a ratificação do Protocolo de
Nagoia pelo Congresso brasileiro, o fato de Está(ão) correta(s)

185
GEOGRAFIA - FRENTE A - CAPÍTULO 03 EXERCÍCIOS

A. apenas I. torre mede 325 metros e será usada para monitorar as interações
B. apenas II. entre a atmosfera e a floresta. A obra, que é realizada pelo
C. apenas I e III. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) em parceria
D. apenas II e III. com o Instituto Max Planck de Química, da Alemanha, será
E. I, II e III. equipada com instrumentos científicos de alta tecnologia.
http://amazonasfm.com.br/noticias/torre-mais-alta-da-
america-latinae-construida-na-amazonia/#sthash.kZnyjgy1.dpuf
QUESTÃO 15
Sobre esse projeto, é correto afirmar:
(PUC - MG) O desenvolvimento sustentável busca um modelo
de consumo que atenda às necessidades da geração atual, sem
A. Os fluxos de gás carbônico, vapor de água e energia entre
comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem
a atmosfera e a superfície não fazem parte das interações
suas próprias necessidades. Para que isso ocorra, é necessário:
que serão monitoradas pelo projeto, já que não envolvem a
floresta.
A. aumentar o consumo dos recursos naturais não renováveis,
B. A altura da torre, apesar de facilitar a observação
preservando os recursos renováveis para as gerações futuras.
meteorológica, inviabiliza o estudo das relações entre os
B. garantir um desenvolvimento social e econômico, fazendo,
fenômenos atmosféricos e os ciclos de nutrientes da floresta
ao mesmo tempo, um uso razoável dos recursos naturais e
que ocorrem na superfície.
preservando as espécies e os habitats naturais.
C. Entre os seus objetivos, destaca-se o de gerar informações
C. diminuir o consumo de recursos naturais renováveis nos
mais precisas sobre o papel dos ecossistemas amazônicos no
países mais pobres, garantindo a preservação das espécies
atual contexto de mudanças climáticas globais.
animais em extinção e os habitats naturais.
D. Por estar localizado em uma pequena mancha de floresta
D. estagnar o desenvolvimento tecnológico e econômico, em
de terra firme, o projeto será capaz de produzir apenas
detrimento da manutenção de estoques de recursos naturais
conhecimentos parciais sobre os ecossistemas amazônicos,
para as gerações futuras.
que dependem essencialmente da água.
E. As complexas interações entre a atmosfera e a floresta, objeto
QUESTÃO 16 do projeto, não são diretamente afetadas pela degradação
antrópica, razão pela qual o desmatamento não será
(IFSUL) A imagem abaixo retrata uma dura realidade para os rios,
monitorado pela torre.
ou seja, a retirada da cobertura vegetal, expondo-os aos fatores
de intemperismo e erosão.
QUESTÃO 18
(UNESP) Discursos e opiniões e ajuda econômica se expressam
em restrições às decisões sobre o uso do território. Os novos
recortes territoriais significam proteção da natureza, da
biodiversidade e das populações tradicionais, mas também
implicam a retirada de extensas parcelas do território do circuito
produtivo nacional e restrições à plena decisão do Estado
brasileiro sobre o uso do território. As restrições territoriais
associadas às ações ambientalistas orientam-se por um modelo
endógeno, que visa a preservação ou o uso dos recursos naturais
locais pelas populações locais.
BECKER, Bertha K. “Por que não perderemos a soberania sobre a Amazônia?” In:
ALBUQUERQUE, Edu Silvestre de (org.).Que país é esse? 2005. Adaptado.

Constituem-se em novos recortes territoriais, ou em novas


formas de regulação do uso do território, que contribuem para a
conservação dos recursos florestais:

A. unidades de conservação, terras indígenas e fronteiras


A supressão das matas ciliares provoca agropecuárias.
B. polos de produção metal-mecânica, reservas particulares do
A. a formação de voçorocas que, se não forem controladas, patrimônio natural e estações ecológicas.
podem se aprofundar a cada nova chuva, formando sulcos C. terras indígenas, reservas extrativistas e unidades de
cada vez maiores. conservação.
B. o agravamento dos processos endógenos que passam a D. parques industriais, polos de colonização agropecuária e
acontecer em níveis altos, ocasionando o escorregamento nas terras indígenas.
encostas. E. áreas de proteção ambiental, projetos de exploração mineral
C. o assoreamento, resultante do aumento no volume dos e reservas biológicas.
sedimentos, ocasionando desequilíbrio nos ecossistemas.
D. o desaparecimento de espécies consideradas verdadeiras QUESTÃO 19
pragas que, por falta de alimento, acabam sendo extintas.
(PUC - MG) O mapa representa a região conhecida como Arco
QUESTÃO 17 do Desmatamento, onde se concentram os maiores índices
de desmatamentos da Amazônia brasileira. Baseado no seu
(FGV) A maior e mais completa torre de observação da América conhecimento sobre o assunto e nas informações contidas no
do Sul começou a ser construída em agosto no seio da floresta mapa, é CORRETO afirmar que o desmatamento amazônico
amazônica. Intitulada “Torre Alta de Observação da Amazônia”, a ocorre predominantemente nas áreas:

186
GEOGRAFIA - FRENTE A - CAPÍTULO 03 EXERCÍCIOS

A. das reservas indígenas e unidades de conservação.


B. de extrativismo mineral e vegetal. A maior frequência na ocorrência do fenômeno atmosférico
C. de forte expansão urbana e industrial. apresentado na figura relaciona-se a
D. de expansão da fronteira agrícola e da atividade pecuária.
A. concentrações urbano-industriais.
QUESTÃO 20 B. episódios de queimadas florestais.
C. atividades de extrativismo vegetal.
(FUVEST) O efeito estufa e o lixo são, talvez, as duas manifestações D. índices de pobreza elevados.
mais contraditórias da vontade de dominação da natureza posta E. climas quentes e muito úmidos.
em prática pela racionalidade instrumental e sua tecnociência.
Com o objetivo de aumentar a produtividade, que na prática QUESTÃO 02
significa submeter os tempos de cada ente, seja ele mineral,
vegetal ou animal, a um tempo da concorrência e da acumulação (ENEM LIBRAS) No mês de fevereiro de 2015, foram detectados
de capital, esqueceu-se de que todo trabalho dissipa energia sob 42 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal.
forma de calor (efeito estufa) e que a desagregação da matéria, ao Isso representa um aumento de 282% em relação a fevereiro de
longo do tempo, torna-a irreversível (lixo). 2014. O desmatamento acumulado no período de agosto de 2014
Carlos W. Porto-Gonçalves. A Globalização da Natureza e a Natureza a fevereiro de 2015 atingiu 1 702 quilômetros quadrados. Houve
da Globalização. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006. Adaptado. aumento de 215% do desmatamento em relação ao período
anterior (agosto de 2013 a fevereiro de 2014).
Conforme o excerto acima, é correto afirmar: FONSECA, A.; SOUZA JR., C.; VERÍSSIMO, A. Boletim do desmatamento da Amazônia Legal

A. Com o aumento da produtividade, será possível vencer o O dano ambiental relatado deriva de ações que promovem o(a)
efeito estufa e superar o problema da produção de lixo.
B. A humanidade superou os problemas decorrentes da produção A. instalação de projetos silvicultores.
de lixo, graças à racionalidade instrumental e à tecnociência. B. especialização da indústria regional.
C. Os tempos da concorrência e da acumulação de capital vêm C. expansão de atividades exportadoras.
sendo subordinados ao tempo da natureza. D. fortalecimento da agricultura familiar.
D. A aceleração do tempo de acumulação de capital permite E. crescimento da integração lavoura-pecuária.
eliminar a irreversibilidade da produção do lixo.
E. A busca pelo aumento da produtividade impõe a diferentes QUESTÃO 03
elementos da natureza o tempo dos interesses capitalistas.
(ENEM LIBRAS) Desde a década de 1960, os registros realizados
pelo laboratório de Mauna Loa, no Havaí, no topo do vulcão
SEÇÃO ENEM do mesmo nome, revelavam impressionantes resultados: as
concentrações de dióxido de carbono aumentavam a cada
ano, intensificando o efeito estufa. Os cientistas passaram a
QUESTÃO 01 acompanhar anualmente os relatórios de Mauna Loa e, de fato,
o padrão não mudou, mas o aumento foi cada vez mais rápido: de
(ENEM) 315 partes por milhão em 1958, para 370 em 2002.
VITTE, A. C.; GUERRA, A. J. T. (Org.). Reflexões sobre a geografia física do Brasil.

Os resultados da pesquisa apresentada demonstram a


contribuição da tecnologia para

A. promover a preservação ambiental.


B. prever as transgressões marinhas.
C. explorar os recursos energéticos.
D. monitorar os processos naturais.
E. regular a amplitude térmica.

187
GEOGRAFIA - FRENTE A - CAPÍTULO 03 EXERCÍCIOS

A. ineficiência de ecobarreiras.
QUESTÃO 04 B. desorganização do turismo local.
C. inadequação da coleta domiciliar.
(ENEM PPL) D. movimentação das áreas portuárias.
E. rarefação da ocupação populacional.

QUESTÃO 07
(ENEM)

O impacto apresentado nesse ambiente tem sido intensificado


pela

A. intervenção direta do homem ao impermeabilizar o solo


urbano.
B. irregularidade das chuvas decorrentes do fenômeno climático
El Niño.
C. queima de combustíveis fósseis como o carvão, o petróleo e o
gás natural.
D. vaporização crescente dos oceanos devido ao derretimento
das geleiras.
E. extinção de organismos marinhos responsáveis pela produção
de oxigênio.

QUESTÃO 05 Conforme a análise do documento cartográfico, a área de


concentração das usinas de dessalinização é explicada pelo(a)
(ENEM) Trata-se da perda progressiva da produtividade de
biomas inteiros, afetando parcelas muito expressivas dos A. pioneirismo tecnológico.
domínios subúmidos e semiáridos em todas as regiões quentes B. condição hidropedológica.
do mundo. É nessas áreas, ecologicamente transicionais que a C. escassez de água potável.
pressão sobre a biomassa se faz sentir com muita força, devido à D. efeito das mudanças climáticas.
retirada da cobertura florestal, ao superpastoreio e às atividades E. busca da sustentabilidade ambiental.
mineradoras não controladas, desencadeando um quadro agudo
de degradação ambiental, refletido pela incapacidade de suporte QUESTÃO 08
para o desenvolvimento de espécies vegetais, seja uma floresta
natural ou plantações agrícolas. (ENEM PPL) Ameaça real à segurança de mais de 500 pessoas
CONTI, J. B. A geografia física e as relações sociedade-natureza no mundo tropical. In: de 120 casas de Planaltina de Goiás, a voçoroca, que levou
CARLOS; A. F. A. (Org.) Novos caminhos da geografia. São Paulo: Contexto 1999
à decretação de situação de emergência no município pelo
Ministério da Integração Nacional, foi vistoriada pelo procurador-
O texto enfatiza uma consequência da relação conflituosa entre a
geral de Justiça de Goiás e por várias autoridades das três esferas
sociedade humana e o ambiente que diz respeito ao processo de
de governo. Durante a vistoria da erosão, que já mede quase 3
quilômetros de extensão, foi confirmada a liberação de recursos
A. inversão térmica.
visando paralisar o processo degradante.
B. poluição atmosférica.
Disponível em: http://mp-go.jusbrasil.com.br. Acesso em: 2 ago. 2012 (adaptado).
C. eutrofização da água.
D. contaminação dos solos.
E. desertificação de ecossistemas.

QUESTÃO 06
(ENEM PPL) A cena, de tão cotidiana, já não causa mais estranheza
a Isabel Swan. Ao botar o barco nas águas da Baía de Guanabara, a
velejadora precisa de desvencilhar de sacos plásticos, tampinhas
de refrigerantes, latas, palitos de sorvete. Um dos cartões-postais
cariocas recebe diariamente uma média de cem toneladas de lixo
flutuante, carregado pelos rios que cortam a região metropolitana
do Rio de Janeiro.
ALENCAR. E. Toneladas de descaso. O Globo, 28 abr. 2013 (adaptado).

O problema ambiental descrito tem sua causa associada à

188
GEOGRAFIA - FRENTE A - CAPÍTULO 03 EXERCÍCIOS

O fenômeno notificado, sobre a área urbana de Planaltina (GO), A. Árido, com deficit hídrico.
em sua origem explicada pela B. Subtropical, com baixas temperaturas.
C. Temperado, com invernos frios e secos.
A. fraca cobertura vegetal e composição do solo, resultado da D. Tropical, com sazonalidade das chuvas.
ação erosiva natural das chuvas. E. Equatorial, com pluviosidade abundante.
B. relação entre o declive do terreno e da força erosiva da água,
resultado da evolução do relevo. QUESTÃO 12
C. declividade do terreno e intensidade das chuvas, resultado do
escoamento superficial das águas pluviais. (ENEM)
D. degradação ambiental e deficiência na drenagem de águas
pluviais, resultado da ocupação e uso inadequado do solo.
E. decomposição e transporte de sedimentos por escoamento
superficial, resultado de processos erosivos naturais às
encostas.

QUESTÃO 09
(ENEM) A linhagem dos primeiros críticos ambientais brasileiros
não praticou o elogio laudatório da beleza e da grandeza do meio
natural brasileiro. O meio natural foi elogiado por sua riqueza e
potencial econômico, sendo sua destruição interpretada como
um signo de atraso, ignorância e falta de cuidado.
PADUA, J. A. Um sopro de destruição: pensamento político e crítica ambiental no Brasil
escravista (1786-1888). Rio de Janeiro: Zahar, 2002 (adaptado).

Descrevendo a posição dos críticos ambientais brasileiros dos


séculos XVIII e XIX, o autor demonstra que, via de regra, eles viam A dinâmica hidrológica expressa no gráfico demonstra que o
o meio natural como processo de urbanização promove a

A. ferramenta essencial para o avanço da nação. A. redução do volume dos rios.


B. dádiva divina para o desenvolvimento industrial. B. expansão do lençol freático.
C. paisagem privilegiada para a valorização fundiária. C. diminuição do índice de chuvas.
D. limitação topográfica para a promoção da urbanização. D. retração do nível dos reservatórios.
E. obstáculo climático para o estabelecimento da civilização. E. ampliação do escoamento superficial.

QUESTÃO 10 QUESTÃO 13

(ENEM) A Justiça de São Paulo decidiu multar os supermercados (ENEM) O efeito estufa não é fenômeno recente e, muito menos,
que não fornecerem embalagens de papel ou material naturalmente maléfico. Alguns dos gases que o provocam
biodegradável. De acordo com a decisão, os estabelecimentos funcionam como uma capa protetora que impede a dispersão total
que descumprirem a norma terão de pagar multa diária de mil, do calor e garante o equilíbrio da temperatura na Terra. Cientistas
por ponto de venda. As embalagens deverão ser disponibilizadas americanos da Universidade da Virgínia alegam ter descoberto
de graça e em quantidade suficiente. um dos primeiros registros da ação humana sobre o efeito estufa.
Disponível em: www.estadao.com.br. Acesso em: 31 jul. 2012 (adaptado).
Há oito mil anos, houve uma súbita elevação da quantidade de
CO2 na atmosfera terrestre. Nesse mesmo período, agricultores
A legislação e os atos normativos descritos estão ancorados na da Europa e da China já dominavam o fogo e haviam domesticado
seguinte concepção: cães e ovelhas. A atividade humana da época com maior impacto
sobre a organização social e sobre o ambiente foi o começo do
A. Implantação da ética comercial. plantio de trigo, cevada, ervilha e outros vegetais. Esse plantio
B. Manutenção da livre concorrência. passou a exigir áreas de terreno livre de sua vegetação original,
C. Garantia da liberdade de expressão. providenciadas pelos inúmeros grupos humanos nessas regiões
D. Promoção da sustentabilidade ambiental. com métodos elementares de preparo do solo, ainda hoje, usados
E. Enfraquecimento dos direitos do consumidor. e condenados, em razão dos problemas ambientais decorrentes.
Aquecimento global e a nova geografia de produção no Brasil.
Disponível em: <http://www.embrapa.br/publicacoes/tecnico/aquecimentoglobal.pdf>.
QUESTÃO 11
Segundo a hipótese levantada pela pesquisa sobre as primeiras
(ENEM) A presunção de que a superfície das chapadas e atividades humanas organizadas, o impacto ambiental
chapadões representa uma velha peneplanície é a corroborada mencionado foi decorrente
pelo fato de que ela é coberta por acumulações superficiais,
tais como massas de areia, camadas de cascalhos e seixos e pela A. da manipulação de alimentos cujo cozimento e consumo
ocorrência generalizada de concreções ferruginosas que formam liberavam grandes quantidades de calor e gás carbônico.
uma crosta laterítica, denominada “canga”. B. da queima ou da deterioração das árvores derrubadas para o
WEIBEL, L. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br. Acesso em: 8 jul. 2015. plantio, que contribuíram para a liberação de gás carbônico e
poluentes em proporções significativas.
Qual tipo climático favorece o processo de alteração do solo C. do início da domesticação de animais no período mencionado,
descrito no texto? a qual contribuiu para uma forte elevação das emissões de gás
metano.

189
GEOGRAFIA - FRENTE A - CAPÍTULO 03 EXERCÍCIOS

D. da derrubada de árvores para a fabricação de casas e móveis,


que representou o principal fator de liberação de gás carbônico
na atmosfera naquele período.
E. do incremento na fabricação de cerâmicas que, naquele
período, contribuiu para a liberação de material particulado
na atmosfera.

GABARITO

VESTIBULARES ENEM

1 C 11 D 1 A 11 D

2 A 12 B 2 C 12 E

3 D 13 A 3 D 13 B

4 E 14 E 4 C 14 •

5 A 15 B 5 E 15 •

6 A 16 C 6 C 16 •

7 C 17 C 7 C 17 •

8 D 18 C 8 D 18 •

9 B 19 D 9 A 19 •

10 B 20 E 10 D 20 •

190

Você também pode gostar