Você está na página 1de 16

R. F.

2020
ABR

JUN
MAI

C. Q.
a vontade de Deus

Coor. Ped.
Editor(a)
Como conhecer 

Designer
40768 – Lição de Jovens 2º Trimestre de 2020
15/1/2020 13:54
P2
Assinatura: R$ 29,60
Exemplar Avulso: R$ 9,50
Titulo ABR | MAI | JUN | 2020
1
Groenlândia
Suécia
Finlândia
Noruega
Helsinque
Oslo
Islândia Estocolmo
Nuuk Reykjavik Estônia
Rússia
Letônia
Dinamarca
Copenhague Lituânia
Reino
Dublin Unido Polônia Bielorrússia
Holanda
DIVISÃO TRANSEUROPEIA Irlanda Londres
Alemanha Varsóvia
Bélgica
UNIÕES IGREJAS GRUPOS MEMBROS POPULAÇÃO Luxemburgo
Rep. Tcheca Ucrânia
Adriática 94 15 3.664 9.050.000
Eslováquia
Báltica 89 8 5.986 6.033.000
Britânica 294 112 38.213 71.546.000 Áustria Budapeste
Suíça Moldávia
Dinamarquesa 39 1 2.447 5.892.000 França Hungria
Eslôvenia Romênia
Finlandesa 62 9 4.678 5.518.000 Croácia Zagrebe
Húngara 113 29 5.223 9.758.000 Bósnia e 2 Belgrado
Herzegovina
Holandesa 58 16 6.002 17.235.000 Sarajevo Sérvia
Norueguesa 62 2 4.535 5.314.000 Itália Kosovo
Montenegro
Polonesa
Sudeste Europeia
115
210
26
6
5.790
7.378
38.434.000
15.016.000
PR O JETO S Tirana
Escópia
Macedônia
Albânia
Sueca 32 4 2.916 10.183.000 1 Abrir um centro de influência em Sortland, Noruega. Grécia
Região do Chipre 2 1 103 876.000 Turquia
Missão Grega 11 3 463 10.600.000 2 Estabelecer uma igreja em Nova Belgrado, Sérvia.
Atenas
Associação Islandesa 6 1 469 354.000
3 Construir uma igreja e um centro de influência
TOTAL 1.187 233 87.867 205.809.000 Tunísia Chipre
em Nicósia, Chipre.
3
UMA VIAGEM DE DESCOBRIMENTO ATRAVÉS DA BÍBLIA

Março 28 o Salmo 55 O Grande


Conflito
28
29 o Salmo 56
30 o Salmo 57
31 o Salmo 58 O Grande
Abril 1 o Salmo 59 Conflito
2 o Salmo 60 29
3 o Salmo 61
4 o Salmo 62
5 o Salmo 63
6 o Salmo 64
7 o Salmo 65 O Grande 4 o Salmo 92 31 o Salmo 119
8 o Salmo 66 Conflito 5 o Salmo 93 Junho 1 o Salmo 120
9 o Salmo 67 30 e 31 6 o Salmo 94 O Grande 2 o Salmo 121
Conflito O Grande
10 o Salmo 68 7 o Salmo 95 3 o Salmo 122 Conflito
35
11 o Salmo 69 8 o Salmo 96 4 o Salmo 123 39
12 o Salmo 70 9 o Salmo 97 5 o Salmo 124
13 o Salmo 71 10 o Salmo 98 6 o Salmo 125
14 o Salmo 72 O Grande 11 o Salmo 99 7 o Salmo 126
15 o Salmo 73 Conflito 12 o Salmo 100 O Grande 8 o Salmo 127
16 o Salmo 74 32 13 o Salmo 101 Conflito 9 o Salmo 128 O Grande
17 o Salmo 75 14 o Salmo 102 36 10 o Salmo 129 Conflito
18 o Salmo 76 15 o Salmo 103 11 o Salmo 130 40
19 o Salmo 77 16 o Salmo 104 12 o Salmo 131
20 o Salmo 78 17 o Salmo 105 13 o Salmo 132
21 o Salmo 79 O Grande 18 o Salmo 106 14 o Salmo 133
22 o Salmo 80 Conflito 19 o Salmo 107 O Grande 15 o Salmo 134
23 o Salmo 81 33 20 o Salmo 108 Conflito 16 o Salmo 135 O Grande
24 o Salmo 82 21 o Salmo 109 37 17 o Salmo 136 Conflito
25 o Salmo 83 22 o Salmo 110 18 o Salmo 137 41
26 o Salmo 84 23 o Salmo 111 19 o Salmo 138
27 o Salmo 85 24 o Salmo 112 20 o Salmo 139
28 o Salmo 86 25 o Salmo 113 21 o Salmo 140
29 o Salmo 87 O Grande 26 o Salmo 114 22 o Salmo 141
Conflito O Grande
30 o Salmo 88 27 o Salmo 115 Conflito 23 o Salmo 142 O Grande
34 Conflito
Maio 1 o Salmo 89 28 o Salmo 116 38 24 o Salmo 143 42
2 o Salmo 90 29 o Salmo 117 25 o Salmo 144
3 o Salmo 91 30 o Salmo 118 26 o Salmo 145

Compromisso
Pela graça de Deus estudarei
a Bíblia e a Lição da Escola Sabatina todos os dias.
Quero me envolver na missão da igreja.

...............................................................................................................................

ASSINATURA

P2 40768 – Lição de Jovens 2º Trimestre de 2020


15/1/2020 13:54 Designer Editor(a) Coor. Ped. C. Q. R. F.
Publicação trimestral – no 110 – ISSN: 1414-3623

Como conhecer
a vontade de Deus
ABR
MAI
JUN
2020

Autores: Departamento da Escola Direitos de tradução e publicação A Lição da Escola Sabatina dos Jovens
Sabatina da Associação Geral em língua portuguesa reservados à é preparada pelo departamento da
Editor: Márcio Nastrini Casa Publicadora Brasileira Escola Sabatina e Ministério Pessoal da
Revisora: Josiéli Nóbrega Rodovia SP 127 – km 106 Associação Geral dos Adventistas do
Tradutora: Rosangela Lira Caixa Postal 34 Sétimo Dia.
18270-970 – Tatuí, SP
Projeto Gráfico e Capa: Eduardo Olszewski Tel.: (15) 3205-8800 20% das ofertas de cada sábado são
Programação Visual: André Rodrigues Fax: (15) 3205-8900 dedicados aos projetos missionários ao
Ilustrações: Kaleb de Carvalho www.cpb.com.br redor do mundo, incluindo os projetos
especiais da Escola Sabatina.
Exemplar avulso: R$ 9,50 Diretor Geral: José Carlos de Lima
Assinatura anual: R$ 29,60 Diretor Financeiro: Uilson Leandro Garcia A Casa Publicadora Brasileira é a editora
Redator-Chefe: Marcos De Benedicto oficialmente autorizada a traduzir, publicar
A Lição da Escola Sabatina constitui marca Gerente de Produção: Reisner Martins e distribuir, com exclusividade, em língua
registrada perante o Instituto Nacional da Chefe de Arte: Marcelo de Souza portuguesa, a Lição da Escola Sabatina,
Propriedade Industrial. Gerente de Vendas: João Vicente Pereyra para todas as faixas etárias, sendo proibida
a sua edição, alteração, modificação,
Copyright © da edição internacional: Serviço de Atendimento ao Cliente: adaptação, tradução, reprodução ou
General Conference of Seventh-day LIGUE GRÁTIS: 0800 9790606 publicação, de forma total ou parcial, por
Adventists, Silver Spring, EUA. Direitos Segunda a quinta, das 8h às 20h qualquer pessoa ou entidade, sem a prévia
internacionais reservados. Sexta, das 7h30 às 15h45 / Domingo, e expressa autorização por escrito de seus
das 8h30 às 14h legítimos proprietários e titulares.
E-mail: sac@cpb.com.br

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução,


5868/40768
total ou parcial, por qualquer meio, sem prévia
autorização escrita dos autores e da Editora.

P6 40768 – Lição de Jovens 2º Trimestre de 2020


15/1/2020 14:45 Designer Editor(a) Coor. Ped. C. Q. R. F.
ÍNDICE
1. DE T O D O O C O R A Ç Ã O . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6
2. R E V EL A Ç Õ E S D A V O N TA DE DI V IN A ( PA R T E 1 ) . . . . . . . . . . . . . . . . . 1 5
3. R E V EL A Ç Õ E S D A V O N TA DE DI V IN A ( PA R T E 2 ) . . . . . . . . . . . . . . . . . 24
4. Q UA L É S UA MI S S Ã O ? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3 3
O
sa u
5. P R O F I S S Ã O E C H A M A D O . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42
em r
6. O IN T ER IO R E O E X T ER IO R . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5 1 anos
7. M A I S C HEG A D O Q UE UM IR M Ã O . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6 0 rias
8. D O I S EM UM . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6 9 A
9. R EL A C ION A MEN T O S . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 78 que
10. HER A NÇ A D O S ENHOR . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 87 devo
11. P R IO R ID A DE PA R A DE US . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9 6 Devo
12. Q UA L M ODEL O DE IGR E J A? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1 0 5 um a
13. EM P R IMEIR O L U G A R . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1 1 5 As
O ap
(2Tm
POR DENTRO DA LIÇÃO tipo
Desde o quarto trimestre de 2019, a Lição dos Jovens vem sendo editada em novo formato. ções
trim
Ela veio para atender a necessidade de uma atualização da antiga Collegiate Quarterly,
que permaneceu por mais de 20 anos. Algumas mudanças incluíram, por exemplo, os
nomes das partes da lição para cada dia: Introdução, Ação, Compreensão, Interpretação,
Conexão, Aplicação e Reflexão. Além disso, ela se tornou mais interativa e dinâmica em sua
apresentação.
O objetivo foi tornar a lição uma ferramenta útil para que ela possa ser usada em outros
empreendimentos missionários além das classes da Escola Sabatina.

Kaleb de Carvalho
NOTA EXPILCATIVA
A Lição dos Jovens teve alterações em seu formato e conteúdo conforme informado acima,
Casa
“Por Dentro da Lição”. Ela está sendo produzida pelo departamento de Escola Sabatina da
Ka
Associação Geral, e não mais estará seguindo passo a passo a dos adultos. Por isso, em alguns
livro
trimestres, poderá ocorrer que o quadro “Mãos à Bíblia” (que é extraído da Lição dos Adultos da s
– condensada) não esteja em sintonia exata com o tema do dia ou da semana. No entanto,
optou-se em mantê-lo como material adicional e comentário, a fim de que os leitores possam
também se inteirar da Lição dos Adultos como fonte extra, quando ela assim servir.

4 COMO CONHECER A VONTADE DE DEUS ABR/


Vista geral
6
termo “crise dos 25” foi criado devido à ansiedade observada nos jovens que
15
24
33
O iniciam a fase adulta. De acordo com uma pesquisa do Linkedin, 72% dos
jovens profissionais já experimentaram essa crise de alguma forma. Ela cau-
sa uma sensação de estar sem rumo e sem propósito na vida. A pessoa sente ansiedade
42
em relação às questões financeira e profissional. Alguns estudos atribuem a crise dos 25
51 anos à geração Y, mas variações também podem ser encontradas em outras faixas etá-
60 rias entre os jovens.
69 A crise dos 25 é caracterizada pelo medo de tomar decisões importantes na vida. Em
78 que vou me graduar? Qual vai ser minha profissão? Como vou pagar o FIES? Será que
87 devo me casar? Devo alugar ou comprar um imóvel? Como vai ser minha aposentadoria?
96 Devo me preocupar com a velhice dos meus pais? Desculpe-me se isso causou em você
05 um ataque de ansiedade!
15 As decisões que tomamos dos 20 aos 30 anos afetam o restante da nossa vida.
O apóstolo Paulo escreveu: “Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé”
(2Tm 4:7). Viver a vida sem arrependimentos é uma nobre virtude. Mas como viver esse
tipo de vida? É aí que a Palavra de Deus lança luz sobre o tema. Ela contém as orienta-
ções de que precisamos para saber a vontade de Deus e tomar decisões sábias. Que neste
trimestre, o Senhor abençoe você ao estudá-los, meditar neles e aplicá-los ao seu viver!

a
Artista do trimestre
KALEB DE CARVALHO. Quando criança, ele passava horas desenhando.
Na adolescência, deixou lápis e papel e decidiu cursar Publicidade e
Propaganda. Depois de formado, trabalhou como designer por sei anos.
Kaleb de Carvalho

Um dia tomou coragem e decidiu que voltaria a desenhar. Começou


participando de concursos de ilustração e, em 2013, passou a traba-
lhar como ilustrador. Desde de 2017 é membro da equipe de Arte da
Casa Publicadora Brasileira.
Kaleb cresceu lendo a revista Nosso Amiguinho, a Lição da Escola Sabatina e outros
uns
livros da editora. Hoje, sente-se privilegiado por produzir materiais que fizeram parte
da sua vida, e por saber que sua arte promove mais do que entretenimento.

am

ljovens@cpb.com.br #LESjovens licaojovenscpb

DEUS ABR/MAI/JUN ◊ 2020 5

P6 40768 – Lição de Jovens 2º Trimestre de 2020


15/1/2020 14:45 Designer Editor(a) Coor. Ped. C. Q. R. F.
derá
cada
n G.

nós
LIÇÃO 2 4 A 11 DE ABRIL
o do
o da
njos
hu-
e, O

são
sua
ecer
evi-
uiar
reja,

rem
Seus
-nos
tos’
eira
er o
sito
llen

REVELAÇÕES DA
VONTADE DIVINA (PARTE 1)
T E X T O - C H AV E
L E I A O S T E X T O S B Í B L I C O S D E S TA S E M A N A :
1 REIS 17:1-9; 18:1

DEUS ABR/MAI/JUN ◊ 2020 15

P6 40768 – Lição de Jovens 2º Trimestre de 2020


15/1/2020 14:45 Designer Editor(a) Coor. Ped. C. Q. R. F.
INTRODUÇÃO ◊ SÁBADO,
MÃOS À BÍBLIA 4 DE ABRIL
1. L
 eia 2 Pedro 1:19-21.
Como o apóstolo
Graça e paz ____
expressou sua
convicção sobre a
da parte do Pai ____
ocê já deve ter ouvido algumas histórias ____
V
origem da mensagem
profética das que advertem contra os perigos de se ler
____
Escrituras? passagens isoladas da Bíblia. Uma dessas
histórias, conta que certa mulher abriu a Bíblia alea- ____
toriamente e correu seu dedo sobre um versículo para
descobrir qual era a vontade de Deus. O versículo foi
____
Mateus 27:5: “Então Judas jogou as moedas de prata ____
no templo, saiu e se enforcou” (NVT). Sem poder
acreditar no que havia lido, ela tentou novamente.
____
Mas, seu dedo parou sobre a passagem de Lucas 10:37: ____
“Jesus lhe disse: ‘Vá e faça o mesmo’”. Ela orou no-
vamente, abriu a Bíblia, e dessa vez a passagem foi
____
A Bíblia não é como
qualquer outro livro. João 13:27: “‘O que você está para fazer, faça depres- ____
Segundo o apóstolo Pedro, sa’, disse-lhe Jesus”.
Em outra história, certo jovem usou o mesmo mé-
____
os profetas foram movidos
pelo Espírito Santo de tal todo para descobrir quem Deus havia escolhido para ____
maneira que o conteúdo de ser sua futura esposa. Ele abriu em um dos versos
sua mensagem veio de das cartas do apóstolo Paulo, que diz: “Graça e paz
____
Deus. Eles não o da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo”. ____
inventaram. Em vez de ser
Naquela manhã, ele foi à igreja. Durante o culto, a
“fábulas engenhosamente
equipe de louvor estava dirigindo o serviço de cânticos.
____
inventadas” (2Pe 1:16), a
A líder da equipe apresentou os componentes do grupo ____
mensagem profética da
e depois se apresentou. O nome dela era “Graça”. Na-
Bíblia é de origem divina e, ____
portanto, verdadeira e quele instante, o rapaz concluiu que ela era a pessoa
fidedigna. “Homens com quem Deus queria que ele se casasse. ____
[santos] falaram da parte Depois de ouvirmos essas histórias, algumas per-
de Deus, movidos pelo guntas surgem. Será que elas são verdadeiras ou são
____
Espírito Santo” (2Pe 1:21). anedotas? Será que a mulher da primeira história fez ____
Deus atuou no processo de o que os versículos lhe ordenaram fazer? E o jovem
revelação, no qual que desejava se casar, será que ele pediu a Graça em ____
manifestou Sua vontade a casamento? O que teria acontecido se ele conhecesse ____
seres humanos escolhidos.
uma outra jovem chamada Paz? Teria Deus permitido
Por isso, a Bíblia tem
a poligamia neste caso? ____
autoridade divina especial.
Há algum método para ler, estudar e interpretar ____
Os livros bíblicos são
apropriadamente chamados as Escrituras? Como podemos descobrir a vontade
de Deus? Na lição desta semana examinaremos esses ____
de “Sagradas Escrituras”
(Rm 1:2; 2Tm 3:15). assuntos.

16 COMO CONHECER A VONTADE DE DEUS ABR/


Anotações:
az _________________________________________________________________________________________
ai _________________________________________________________________________________________
rias _________________________________________________________________________________________
e ler
_________________________________________________________________________________________
ssas
lea- _________________________________________________________________________________________
para
o foi
_________________________________________________________________________________________
rata _________________________________________________________________________________________
oder
nte.
_________________________________________________________________________________________
:37: _________________________________________________________________________________________
no-
m foi
_________________________________________________________________________________________
res- _________________________________________________________________________________________

mé-
_________________________________________________________________________________________
para _________________________________________________________________________________________
rsos
paz
_________________________________________________________________________________________
to”. _________________________________________________________________________________________
o, a
cos.
_________________________________________________________________________________________
upo _________________________________________________________________________________________
Na-
ssoa
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________
per-
são
_________________________________________________________________________________________
a fez _________________________________________________________________________________________
vem
em _________________________________________________________________________________________
esse _________________________________________________________________________________________
tido
_________________________________________________________________________________________
etar _________________________________________________________________________________________
tade
sses _________________________________________________________________________________________

DEUS ABR/MAI/JUN ◊ 2020 17

P6 40768 – Lição de Jovens 2º Trimestre de 2020


15/1/2020 14:45 Designer Editor(a) Coor. Ped. C. Q. R. F.
AÇÃO ◊ DOMINGO, em
MÃOS À OBRA 5 DE ABRIL dize
opie 1 Reis 17:1-9 e 18:1 na versão bíblica de man
√   Volte ao texto que
você copiou e estude as
passagens.
C sua preferência. Se estiver com pouco tempo,
copie somente os versos que lhe chamaram
dad
cont

√   Faça um círculo em a atenção. Você também pode reescrever as passagens text


torno das palavras/frases/ com suas palavras ou fazer um esboço do capítulo. das
ideias repetidas É
√   Sublinhe palavras/ trás
frases que você achou COMPREENSÃO ◊ SEGUNDA, Esp
importantes 6 DE ABRIL mos
√   Desenhe flechas ligando
palavras/frases a outras O contexto pass
vida
palavras/frases que estão
associadas ou relacionadas da passagem mos
outr
√   Escolha um verso
mais clara revelação da vontade de Deus se será
favorito dos textos-
chave desta semana.
Escreva-o para ajudar na
A encontra na Bíblia. A segunda carta de Pau-
lo a Timóteo diz: “Toda a Escritura é ins-
mes
no c
memorização. pirada por Deus e útil para o ensino, para a
repreensão, para a correção e para a instrução na jus-
tiça, para que o homem de Deus seja apto e plena- INT
MÃOS À BÍBLIA mente preparado para toda boa obra” (2Tm 3:16, 17). 7 D
A Bíblia é o resultado da Talvez alguns possam achar que isso impõe limitações
verdade reveladora de à vontade divina. Contudo, devemos destacar que a
Deus para nós mediante Bíblia é a fonte principal para conhecer Sua vontade.
a obra do Espírito Santo,
Muitos cristãos vivem dessa forma, crendo em al-
que transmite e protege
guma forma deísta de Deus. Ele existe e nos ama. Mas
Sua mensagem por meio de
instrumentos humanos.
é um Deus ausente que não Se comunica nem interage
conosco. Dessa maneira, estamos neste mundo por
A
2. L
 eia 2 Pedro 1:21, acaso, obrigados a tomar decisões a cada momento, depe
2 Timóteo 3:16 e mas sem saber como realizar Sua vontade. Nad
Deuteronômio 18:18. No outro extremo, há o conceito de que as fontes bera
O que esses textos de conhecimento da vontade divina estão em todas Deu
afirmam sobre as coisas existentes. As pessoas que defendem essa divin
a inspiração das posição creem em um Deus panteísta que está em um
Escrituras? Assinale a toda parte, em tudo e dentro de todos. Assim, a vida Q
alternativa correta: transcende a lógica, o pensamento racional e toda busc
A. ( ) As Escrituras são
forma de raciocínio coerente. Adotando essa posição San
fruto de pensamentos
podemos acabar seguindo um caminho qualquer que cont
humanos sobre Deus.
nos leve para um lugar qualquer. pass
B. ( ) As Escrituras
foram inspiradas pelo A vontade de Deus está claramente revelada na Bí- blico
próprio Deus. blia. Ela não é a única fonte, mas é a principal. ser a
No entanto, não podemos desconsiderar o contexto tros

18 COMO CONHECER A VONTADE DE DEUS ABR/


em que suas mensagens foram escritas. Os críticos Embora nem tudo na
dizem que as Escrituras podem ser interpretadas da Bíblia tenha sido revelado
de maneira direta ou
a de maneira que você desejar, e isso é parcialmente ver-
sobrenatural, toda a
mpo, dade. Quando lemos certas passagens sem levar em
Escritura é divinamente
ram conta o contexto, ou impondo nossa opinião sobre o
inspirada por Deus
gens texto, as conclusões resultantes podem ser na melhor (2Tm 3:16), mesmo aquelas
. das hipóteses cômicas ou catastróficas! partes não tão fáceis de
É preciso considerar o escopo geral que está por ler e entender, ou que
trás das narrativas. Durante o estudo da Palavra, o não são especificamente
Espírito Santo toca nosso coração. Quando estuda- aplicáveis a nós hoje, como
mos o contexto, Ele impressiona nossa mente. E ao por exemplo, as festas

to passarmos tempo com a Bíblia, Jesus direciona nossa hebraicas.


vida aplicando o princípio ao contexto em que esta-
PENSE NISTO
m mos vivendo. Pelo fato de sermos diferentes uns dos
outros, a aplicação dos princípios bíblicos também √   O método pelo qual
us se será diferente. Assim, embora a vontade divina seja a você estuda a Bíblia
au- mesma para todos, a aplicação dela pode ser diferente influencia sua maneira de
ns- no contexto de vida de cada um. tomar decisões?
a a
jus-
na- I N T E R P R E TA Ç Ã O ◊ T E R Ç A ,
17). 7 DE ABRIL
MÃOS À BÍBLIA
ções
ue a A aplicação da 3. L eia Êxodo 34:27. Por
ade.
al-
Palavra de Deus que o Senhor pediu que
Moisés escrevesse
Mas lgumas decisões da vontade divina são univer- essas palavras, em vez
rage
por
A sais e incondicionais. Por exemplo, a segunda
vinda de Cristo é um evento que ocorrerá in-
de apenas recitá-las ao
povo? Qual é a
vantagem evidente da
nto, dependentemente de aceitarmos ou não o plano divino.
Palavra escrita?
Nada irá mudar essa realidade. É a chamada vontade so-
ntes berana de Deus. No entanto, há a vontade revelada de O Deus que fala e que
odas Deus. Ela se torna conhecida por meio das revelações criou a linguagem humana
essa divinas no contexto das circunstâncias pessoais de cada habilita pessoas escolhidas
em um de nós sob a guia do Espírito Santo. para comunicar as verdades
vida Quando precisamos tomar uma decisão devemos divinamente reveladas e os
oda buscar a Deus em oração e pedir a ajuda do Espírito pensamentos divinamente
ição Santo. A Bíblia deve ser consultada a fim de encontrar inspirados de maneira
confiável e fidedigna.
que contextos semelhantes à situação pela qual estamos
passando. Vamos tomar como exemplo os textos bí-
4. O
 que os seguintes
Bí- blicos desta semana, 1 Reis 17:1-9; 18:1. O que pode
textos ensinam sobre a
pal. ser aplicado à situação que você está vivendo? Há ou-
revelação escrita?
exto tros textos ou passagens que podem ser analisados e

DEUS ABR/MAI/JUN ◊ 2020 19

P6 40768 – Lição de Jovens 2º Trimestre de 2020


15/1/2020 14:45 Designer Editor(a) Coor. Ped. C. Q. R. F.
Êx 17:14; 24:4 __________________________ comparados com esses? A lição extraída do contexto AP
Js 24:26 _____________________________________ das passagens desta semana é que Elias sempre es- 9 D
Jr 30:2 _________________________________________
perava pela Palavra do Senhor. Ele aguardava a orien-
Ap 1:11, 19; 21:5; 22:18, 19
tação do Céu. Infelizmente, após o episódio do Monte
___________________________________________________
Carmelo, Elias tomou sua própria decisão e fugiu com

PENSE NISTO
√   Observando o texto
medo da perseguição de Jezabel. No entanto, não en-
contramos nenhuma passagem mencionando que ele
O
fez isso “segundo a Palavra do Senhor”. opo
bíblico que você copiou e
A oração é necessária não somente para supli- relig
marcou, que ideia principal
car pela ajuda divina, mas também para evitar que plan
você destacaria?
√   Quais perguntas surgem o coração nos engane. A Bíblia diz: “Enganoso é o éa
em sua mente? coração, mais do que todas as coisas, e desesperada- Daq
√   Qual tem sido sua mente corrupto. Quem poderá entendê-lo?” (Jr 17:9, Cr
reação diante das NAA). Mesmo enquanto estamos estudando a Bíblia, seja
revelações divinas de o coração pode ser seletivo sobre o que ele quer saber Na c
aprovação ou reprovação e deseja fazer. que
em relação à sua Embora alguns princípios requerem mais estudo inst
caminhada cristã? para se entender a vontade divina, outros são bem de p
claros. Alguns são parte da vontade soberana de Deus, Ele
e outros se aplicam à circunstância em que nos en- enca
contramos. Levaremos a vida toda para compreender Na
MÃOS À BÍBLIA algumas passagens, enquanto o significado de outras Deu
5. L
 eia João 1:14; 2:22; será sobrenaturalmente revelado pelo Espírito Santo. da i
8:31, 32; 17:17. Quais Qualquer que seja o caso, mais importante até do que reve
paralelos existem compreender a vontade de Deus é praticá-la e segui-la rant
entre Jesus, o Verbo de por meio da Sua graça e direção. com
Deus encarnado, e as no s
Escrituras, a Palavra von
escrita do Senhor?
C O N E X Ã O ◊ Q U A R TA , mas
8 DE ABRIL Ao
escubra a relação das passagens abaixo com “foi
Assim como Jesus foi
concebido de maneira
D os textos bíblicos-chave (1Rs 17:1-9; 18:1)
da lição desta semana:
nuv
pare
sobrenatural pelo Espírito segu
Santo, embora nascido de Esdras 7:10 tarm
uma mulher, as Sagradas 2 Crônicas 7:14 qua
Escrituras também são de 2 Timóteo 2:14-16 são
origem sobrenatural, porém Atos 2:14-39 orie
transmitidas por meio de Salmos 119:50, 88, 93, 165 vela
seres humanos.
le q
A Bíblia é uma união
Quais outras passagens/promessas lhe vêm à mente tam
divino-humana singular e
em relação à conexão entre a Bíblia e a vontade de cora
inseparável.
Deus? em

20 COMO CONHECER A VONTADE DE DEUS ABR/


exto A P L I C A Ç Ã O ◊ Q U I N TA ,
es- 9 DE ABRIL MÃOS À BÍBLIA
en-
onte Além da revelação 6. L
 eia Hebreus 11:3,
6. Por que a fé é
com estudo sistemático da Palavra de Deus, ten-
en-
e ele
O do como base o método correto de inter-
pretação, confere ao leitor sincero a
tão essencial para
“entender” a Deus e Sua
Palavra? Por que sem
oportunidade de conhecer a vontade divina. Livros fé é impossível agradar
pli- religiosos e comentários bíblicos ficam em segundo a Deus? Assinale a
que plano na mecânica do processo. A maior revelação não alternativa correta:
éo é a orientação em si. A maior revelação é a pessoa A. ( ) Sem fé não é
da- Daquele que nos concede a orientação. possível crer em Deus nem
7:9, Cristo anseia que a revelação de Sua pessoa e obra em Sua Palavra.
blia, seja conhecida pelos habitantes deste mundo caído. B. ( ) Mesmo sem fé
podemos compreender
aber Na criação Ele revelou a Adão a beleza do Universo
profundamente o Criador.
que Ele havia criado. Para o povo de Israel Cristo deu
udo instruções para que construíssem um santuário a fim
Todo verdadeiro
bem de poder habitar no meio deles. Por meio dos profetas
aprendizado acontece
eus, Ele Se revelou como o futuro Messias e Salvador. Na no contexto da fé.
en- encarnação Ele Se tornou o Deus encarnado entre nós. É a fé implícita da
nder Na cruz o Salvador Se revelou como o Cordeiro de criança em relação aos
tras Deus que tira o pecado do mundo. No estabelecimento pais que a habilita a
nto. da igreja apostólica os apóstolos testemunharam da aprender coisas novas.
que revelação da vida, morte e ressurreição de Jesus. Du- É um relacionamento de
i-la rante a trajetória do cristianismo Ele tem Se revelado confiança que orienta
como nosso Supremo Sumo Sacerdote e Intercessor a criança a aprender
os aspectos básicos e
no santuário celestial. Hoje, Jesus deseja revelar Sua
fundamentais da vida
vontade não só nos grandes movimentos da Igreja,
e do amor. Portanto,
mas também nas pequenas decisões de nossa vida.
o conhecimento e a
Ao longo dos 40 anos da travessia do deserto, Cristo compreensão surgem
com “foi à frente […], numa coluna de fogo de noite e numa de um relacionamento de
8:1) nuvem de dia, para procurar lugares para […] acam- amor e de confiança.
parem e para mostrar-lhes o caminho que […] deviam Não entendemos a Bíblia
seguir” (Dt 1:33). Embora haja necessidade de pergun- corretamente quando
tarmos que caminho seguir? Em que momento? Por a abordamos com uma
quanto tempo? E por quais meios? Essas perguntas atitude de ceticismo ou
são de natureza mecânica e podem somente fornecer dúvida metodológica, mas
em espírito de amor e fé.
orientação temporária. Precisamos experimentar a re-
Essa percepção da origem
velação da vontade de Deus e refletir sobre ela. Aque-
sobrenatural das Escrituras
le que concedeu orientação no passado a Seu povo,
é expressa na primeira
ente também a concederá a todo aquele que O buscar com Crença Fundamental
e de coração sincero. O resultado dessa busca deve produzir da Igreja Adventista do
em nós ausência de ansiedade, preocupação, tensão Sétimo Dia.

DEUS ABR/MAI/JUN ◊ 2020 21

P6 40768 – Lição de Jovens 2º Trimestre de 2020


15/1/2020 14:45 Designer Editor(a) Coor. Ped. C. Q. R. F.
PENSE NISTO e apreensão na vida. Assim, devemos ler a Bíblia dia- Não
riamente, seguindo a orientação do Espírito Santo. aqu
√   A direção divina tem
qua
sido marcante em sua
vida? com
√   Você passou a ver Jesus R E F L E X Ã O ◊ S E X TA , dese
sob nova perspectiva 10 DE ABRIL hum
depois desta lição? eus nos deu Sua Palavra para que pudésse- Eu S
√   Como você reage ao ver
Cristo dessa forma? “D mos nos familiarizar com seus ensinos e
saber, por nós mesmos, o que Ele requer de
men
jam
nós. Quando o doutor da lei veio a Jesus com a per- “M
gunta: ‘Que farei para herdar a vida eterna?’, o Sal- clar
vador o remeteu às Escrituras, dizendo: ‘Que está port
escrito na lei? Como interpretas?’ (Lc 10:25, 26, ARA). aqu
[…] Não basta termos boas intenções; não basta fa- pree
zermos o que se julga ser correto nem o que nosso vigo
líder religioso diz ser o melhor. Nossa salvação está ceri
em jogo, e devemos examinar as Escrituras por nós que
mesmos. […] Na jornada em direção ao Céu, temos um “N
mapa dando todas as indicações do caminho e não men
temos por que ficar fazendo conjecturas. tânc
“O primeiro e mais elevado dever de todo ser ra- afas
cional é aprender das Escrituras o que é a verdade e, pree
então, andar na luz, estimulando outros a seguir seu “De
exemplo. Dia após dia, devemos estudar a Bíblia com mar
dedicação, ponderando cada pensamento e compa- tent
rando uma passagem com outra. Com o auxílio divino, gên
devemos formar nossas opiniões por nós mesmos, tent
considerando que temos que responder por nós mes- mes
mos perante Deus. Escr
“As verdades mais claramente reveladas na Bíblia que
têm sido envoltas em dúvida e trevas por estudio- e, n
sos que, embora afirmem possuir grande sabedoria, que
ensinam que as Escrituras têm um sentido místico, cess
secreto, espiritual, que não transparece na linguagem “J
PENSE NISTO empregada. Essas pessoas são falsos mestres. Foi a o Es
essa classe que Jesus declarou: “Provém o vosso erro Esse
√   Depois do estudo de
de não conhecerdes as Escrituras, nem o poder de de t
1 Reis 17:1-9 e18:1, nesta
semana, quais aplicações Deus” (Mc 12:24, ARA). A linguagem da Bíblia deve ser G. W
você pode fazer para sua explicada de acordo com seu sentido óbvio, a menos
vida? que seja empregado um símbolo ou uma figura. […]
√   Quais práticas você “As dificuldades encontradas na Bíblia não po-
pensa adotar em sua vida dem ser resolvidas pelos mesmos métodos que se
de oração? empregam quando se trata de problemas filosóficos.

22 COMO CONHECER A VONTADE DE DEUS ABR/


dia- Não devemos nos dedicar ao estudo da Bíblia com
o. aquela confiança própria apresentada por muitos DISCUSSÃO
quando imergem nos domínios da ciência, mas sim
Compartilhe com sua
com uma devota dependência de Deus e um sincero
classe o que você
desejo de saber Sua vontade. Cheguemos com espírito
extraiu desta lição,
humilde e manso para obter conhecimento do grande
por exemplo: descobertas,
sse- Eu Sou. De outro modo, anjos maus cegarão nossa observações, dúvidas e
os e mente e endurecerão nosso coração para que não se- pontos principais.
r de jamos impressionados pela verdade.
per- “Muitas partes da Bíblia que homens cultos de- Perguntas sugestivas
Sal- claram ser um mistério ou que não consideram im- para ser discutidas:
está portantes estão repletas de conforto e instrução para √   Com respeito às
RA). aquele que foi aluno na escola de Cristo. […] A com- pessoas mencionadas na
fa- preensão da verdade bíblica não depende tanto do parte da lição de sábado,
elas estavam seguindo a
osso vigor do intelecto aplicado à pesquisa quanto da sin-
vontade de Deus ou não?
está ceridade de propósito e do fervoroso anseio de justiça
√   Em quais aspectos
nós que motivam o estudante.
o fato de Elias ter
um “Nunca se deve estudar a Bíblia sem oração. So-
seguido a vontade
não mente o Espírito Santo pode nos fazer sentir a impor- divina é semelhante ao
tância do que é fácil assimilar ou impedir que nos que fazemos? Em quais
ra- afastemos do sentido das verdades de difícil com- aspectos é diferente?
de e, preensão. […] Façamos nossa a súplica do salmista: √   Você já aplicou os
seu “Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as princípios da Palavra de
com maravilhas da Tua lei” (Sl 119:18). Muitas vezes as Deus em alguma decisão
pa- tentações parecem irresistíveis porque, pela negli- importante que precisou
ino, gência da oração e do estudo da Bíblia, aquele que é tomar?
√   Quais são algumas
mos, tentado não consegue se lembrar facilmente das pro-
“supostas fontes” da
mes- messas de Deus e enfrentar Satanás com as armas das
vontade de Deus que
Escrituras. Por outro lado, anjos estão ao redor da-
oferecem perigo à nossa
blia queles que desejam ser ensinados nas coisas divinas experiência espiritual?
dio- e, nos momentos de maior necessidade, fazem com √   Por que estudar a Bíblia
oria, que se lembrem exatamente das verdades de que ne- diariamente, às vezes, é tão
tico, cessitam. […] difícil?
gem “Jesus prometeu aos Seus discípulos: ‘O Consolador,
oi a o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em Meu nome,
erro Esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar
r de de tudo o que vos tenho dito’” (Jo 14:26, ARA; Ellen
e ser G. White, O Grande Conflito, p. 598-600).
enos
…]
po-
e se
cos.

DEUS ABR/MAI/JUN ◊ 2020 23

P6 40768 – Lição de Jovens 2º Trimestre de 2020


15/1/2020 14:45 Designer Editor(a) Coor. Ped. C. Q. R. F.
UMA VIAGEM DE DESCOBRIMENTO ATRAVÉS DA BÍBLIA

Março 28 o Salmo 55 O Grande


Conflito
28
29 o Salmo 56
30 o Salmo 57
31 o Salmo 58 O Grande
Abril 1 o Salmo 59 Conflito
2 o Salmo 60 29
3 o Salmo 61
4 o Salmo 62
5 o Salmo 63
6 o Salmo 64
7 o Salmo 65 O Grande 4 o Salmo 92 31 o Salmo 119
8 o Salmo 66 Conflito 5 o Salmo 93 Junho 1 o Salmo 120
9 o Salmo 67 30 e 31 6 o Salmo 94 O Grande 2 o Salmo 121
Conflito O Grande
10 o Salmo 68 7 o Salmo 95 3 o Salmo 122 Conflito
35
11 o Salmo 69 8 o Salmo 96 4 o Salmo 123 39
12 o Salmo 70 9 o Salmo 97 5 o Salmo 124
13 o Salmo 71 10 o Salmo 98 6 o Salmo 125
14 o Salmo 72 O Grande 11 o Salmo 99 7 o Salmo 126
15 o Salmo 73 Conflito 12 o Salmo 100 O Grande 8 o Salmo 127
16 o Salmo 74 32 13 o Salmo 101 Conflito 9 o Salmo 128 O Grande
17 o Salmo 75 14 o Salmo 102 36 10 o Salmo 129 Conflito
18 o Salmo 76 15 o Salmo 103 11 o Salmo 130 40
19 o Salmo 77 16 o Salmo 104 12 o Salmo 131
20 o Salmo 78 17 o Salmo 105 13 o Salmo 132
21 o Salmo 79 O Grande 18 o Salmo 106 14 o Salmo 133
22 o Salmo 80 Conflito 19 o Salmo 107 O Grande 15 o Salmo 134
23 o Salmo 81 33 20 o Salmo 108 Conflito 16 o Salmo 135 O Grande
24 o Salmo 82 21 o Salmo 109 37 17 o Salmo 136 Conflito
25 o Salmo 83 22 o Salmo 110 18 o Salmo 137 41
26 o Salmo 84 23 o Salmo 111 19 o Salmo 138
27 o Salmo 85 24 o Salmo 112 20 o Salmo 139
28 o Salmo 86 25 o Salmo 113 21 o Salmo 140
29 o Salmo 87 O Grande 26 o Salmo 114 22 o Salmo 141
Conflito O Grande
30 o Salmo 88 27 o Salmo 115 Conflito 23 o Salmo 142 O Grande
34 Conflito
Maio 1 o Salmo 89 28 o Salmo 116 38 24 o Salmo 143 42
2 o Salmo 90 29 o Salmo 117 25 o Salmo 144
3 o Salmo 91 30 o Salmo 118 26 o Salmo 145

Compromisso
Pela graça de Deus estudarei
a Bíblia e a Lição da Escola Sabatina todos os dias.
Quero me envolver na missão da igreja.

...............................................................................................................................

ASSINATURA

P2 40768 – Lição de Jovens 2º Trimestre de 2020


15/1/2020 13:54 Designer Editor(a) Coor. Ped. C. Q. R. F.
R. F.
2020
ABR

JUN
MAI

C. Q.
a vontade de Deus

Coor. Ped.
Editor(a)
Como conhecer 

Designer
40768 – Lição de Jovens 2º Trimestre de 2020
15/1/2020 13:54
P2
Assinatura: R$ 29,60
Exemplar Avulso: R$ 9,50
Titulo ABR | MAI | JUN | 2020
1
Groenlândia
Suécia
Finlândia
Noruega
Helsinque
Oslo
Islândia Estocolmo
Nuuk Reykjavik Estônia
Rússia
Letônia
Dinamarca
Copenhague Lituânia
Reino
Dublin Unido Polônia Bielorrússia
Holanda
DIVISÃO TRANSEUROPEIA Irlanda Londres
Alemanha Varsóvia
Bélgica
UNIÕES IGREJAS GRUPOS MEMBROS POPULAÇÃO Luxemburgo
Rep. Tcheca Ucrânia
Adriática 94 15 3.664 9.050.000
Eslováquia
Báltica 89 8 5.986 6.033.000
Britânica 294 112 38.213 71.546.000 Áustria Budapeste
Suíça Moldávia
Dinamarquesa 39 1 2.447 5.892.000 França Hungria
Eslôvenia Romênia
Finlandesa 62 9 4.678 5.518.000 Croácia Zagrebe
Húngara 113 29 5.223 9.758.000 Bósnia e 2 Belgrado
Herzegovina
Holandesa 58 16 6.002 17.235.000 Sarajevo Sérvia
Norueguesa 62 2 4.535 5.314.000 Itália Kosovo
Montenegro
Polonesa
Sudeste Europeia
115
210
26
6
5.790
7.378
38.434.000
15.016.000
PR O JETO S Tirana
Escópia
Macedônia
Albânia
Sueca 32 4 2.916 10.183.000 1 Abrir um centro de influência em Sortland, Noruega. Grécia
Região do Chipre 2 1 103 876.000 Turquia
Missão Grega 11 3 463 10.600.000 2 Estabelecer uma igreja em Nova Belgrado, Sérvia.
Atenas
Associação Islandesa 6 1 469 354.000
3 Construir uma igreja e um centro de influência
TOTAL 1.187 233 87.867 205.809.000 Tunísia Chipre
em Nicósia, Chipre.
3

Você também pode gostar