Você está na página 1de 1

AprovarVI_05.

qxp 6/11/2009 14:56 Page 9

disponibilidade de capital e de tecnologia podem reverter esse quadro.


Geografia Técnicas como a irrigação ou a drenagem de solos pantanosos, por
exemplo, podem tornar essas áreas menos inóspitas.
Professor HABDEL Jafar Áreas ecúmenas
Outros espaços apresentam características que facilitam a fixação de
populações. Áreas planas, solos férteis ou climas amenos são, entre outros,
Aula 44
os grandes atrativos da população. Essas áreas são chamadas de
ecúmenas.
Crescimento populacional Antiguidade do povoamento, decisões políticas, perseguições religiosas,
O desafio populacional étnicas ou ideológicas podem constituir-se em fatores históricos que deter-
“O problema do crescimento demográfico, hoje, não consiste só no fato de minariam este ou aquele povoamento. Uma maior taxa de natalidade,
que, a cada ano, existe um acréscimo de quase 80 milhões de pessoas no associada ou não a um saldo migratório positivo, pode desencadear um
planeta, que consomem recursos. O fato básico é que povos diferentes processo de ocupação ou esvaziamento de um local. A modernização de
produzem padrões demográficos diferentes – alguns crescendo depressa, uma economia, a exemplo das revoluções industriais, possibilitou a evasão
outros estagnados e outros, ainda, em declínio absoluto. Entre hoje e o ano do campo e o inchaço das cidades. Assim, cada lugar do planeta vivenciou
de 2025, cerca de 95% de todo o crescimento mundial da população ocorrerá a conjunção de um ou de mais fatores que vão caracterizar a atual
nos países do Sul, sendo que a taxa média de crescimento demográfico mun- distribuição de suas populações.
dial de 1,7% nos anos 1990 (e cerca de 1,5% no início da século XXI) esconde O crescimento demográfico
desigualdades sociais incríveis: na África, esse crescimento é de 3% ao ano “Com o surgimento das sociedades modernas (caracterizadas por forte
e, na Europa, de somente 0,4%”. urbanização, industrialização, produção sistemática de mercadorias, consu-
(Kennedy, Paul. Preparando para o século XXI. Rio de Janeiro, Campus, 1993. p. 33).
mo, globalização das relações etc.), a velocidade do crescimento
ASPECTOS DA POPULAÇÃO MUNDIAL populacional tornou-se o centro de preocupações. Esse novo modo de vida
passa a transformar ou a eliminar as formas naturais de sobrevivência dos
No estudo sobre a população, é necessário ter atenção a alguns conceitos.
povos, fundamentalmente das ligadas à terra.
Quando nos referimos à população de um país, estado ou cidade, estamos
referindo-nos ao conceito de população absoluta (número total de habitantes). A partir desse marco, grandes massas populacionais terão sua sobrevivência
Entretanto igualmente importante é o conceito de população relativa (número subordinada à compra e à venda de mercadorias em uma economia
de habitantes por quilômetro quadrado). Assim, podemos perceber que al- monetária (uso do dinheiro), ou seja, ao mercado. É nesse contexto que o
guns países são mais populosos ou mais povoados do que outros. Ásia, tamanho maior ou menor de uma população passa a ser entendido como
América e Europa são muito mais populosos do que a África e a Oceania. uma variável econômica”.
(OLIVA, Jaime e GIANSANTI, Roberto. Espaço e Modernidade: temas da Geografia
QUADRO: 01
Mundial. São Paulo: Atual. p. 184, 2001).
QUADRO: 03

Fonte: L’état du monde, 2001 e Fonte: ONU, Indicators on


Calendário Atlante De Agostini, population, fev. 2000.
2000.

O homem foi, provavelmente, o animal que mais se propagou no planeta.


“A densidade demográfica varia segundo as condições ambientais, o Sua capacidade de adaptação aos lugares e de desenvolvimento de outras
desenvolvimento tecnológico e a organização social, sendo, ao mesmo tem- técnicas proporcionou um formidável crescimento populacional. Esse
po, efeito e causa” (Madagascar, ile entre toutes. In Géographie universelle, crescimento também se deu de forma diferenciada no tempo e no espaço.
Berlim/ Reclus, 1994). Se, por um lado, esse conceito é essencial, quando “Durante todo o Paleolítico, manteve-se relativamente estável. Com a
estudamos a distribuição da população pelo espaço geográfico, por outro, é Revolução Neolítica, ocorre um crescimento acentuado, que se mantém
preciso ter bom senso para perceber que estamos lidando com dados praticamente até os dias atuais (com algumas quedas pouco significativas).
numéricos que escondem as diferenças entre regiões, o nível de vida, as É importante salientar que, com o crescimento vertiginoso ocorrido nos
necessidades e a cultura de cada povo e de cada lugar. últimos trezentos anos (de 1650 a 1950), a população mundial cresceu de
Para calcular a densidade de um lugar, é preciso dividir a população pela 500 milhões para 2,5 bilhões e que, nos últimos quarenta anos, duplicou, ou
área disponível (em quilômetros quadrados). seja, de 1950 a 1990, passou de 2,5 bilhões para mais de 5 bilhões”. (PITTE,
Jean-Robert (coord). Geografia: a natureza humanizada. São Paulo: FTD, p. 42, 2000).
Fórmula: 01
Hoje somos mais de 6 bilhões.
População
Densidade absoluta O crescimento de uma população envolve três componentes fundamentais:
demográfica = ––––––––––––– = N.º hab/km² as taxas de natalidade (e a fecundidade), de mortalidade e as diversas
Área (em km²) modalidades de migração. A diferença entre as taxas de natalidade e de
Por ordem decrescente em densidade demográfica ou população relativa, mortalidade mostra o crescimento vegetativo. Este, por sua vez, pode ser
temos os continentes Ásia, Europa, África, América e Oceania. Pode-se analisado do ponto de vista de três fases.
perceber que a densidade mundial esconde grandes contrastes. A Ásia apre-
senta mais que o dobro da densidade mundial e concentra cerca de 60% da A taxa de natalidade é obtida pela relação entre o número de nascimentos
população do Planeta. Países-continentes (grande extensão territorial) ocorridos em um ano e o número de habitantes.
apresentam baixa densidade populacional, enquanto outros de dimensões Fórmula: 02
reduzidas estampam altas densidades demográficas. Nascimentos X 1000
N = –––––––––––––––––––
QUADRO: 02 Habitantes
A taxa de mortalidade é a relação entre o número de óbitos ocorridos em um
ano e o número de habitantes.
Fórmula: 03
Mortes X 1000
M = –––––––––––––––––––
Habitantes
Fonte: L’état du monde, 2001 O crescimento demográfico ou vegetativo é a diferença entre as taxas de
e Calendário Atlante De
Agostini, 2000. La Découverte, natalidade e de mortalidade. E pode ser obtida da seguinte forma:
1999. Fórmula: 04
DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DA POPULAÇÃO CV = Natalidade – Mortalidade
Áreas anecúmenas A diferença entre as taxas de natalidade e de mortalidade indica o quanto
uma população cresceu no período observado. Quando comparamos esse
A distribuição da população mundial ocorreu de forma desigual no tempo e crescimento com o tempo que uma população precisa para duplicar,
no espaço. Vários fatores concorrem para esse fato. Um ambiente des- estabelecemos a velocidade do seu crescimento. Dependendo da população
favorável pode ser o motivo de uma ocupação rarefeita. As altas montanhas, e do contexto histórico, econômico e social, um volume maior ou menor
as regiões polares e os desertos são exemplos desses lugares. Essas são pode-se configurar ou não como um problema.
áreas conhecidas como anecúmenas, pois dificultam a fixação do homem. A