Você está na página 1de 28

Profª. Drª.

Natália Corte Real


profnataliacortereal@gmail.com
Natália Corte Real
Universidade Federal Rural de
Pernambuco/UFRPE Centro Universitário Brasileiro
Mestrado em Botânica UNIBRA
2012 - 2014 2018 -

2006 - 2010 2014 - 2018


Universidade Católica de Pernambuco – Universidade Federal Rural de
UNICAP Pernambuco/UFRPE
Licenciatura Plena em Ciências Biológicas Doutorado em Botânica
Acordo do semestre

Horário da aula;
Aulas gravadas SDU;
Participação / perguntas;
“Eu te ajudo se você me ajudar”;
Revisão
Provas (1AV + 2 AV);
Atividade extra?!.
Bibliografia
Leitura base
• VANPUTTE, C.; REGAN, J.; RUSSO, A. Anatomia e Fisiologia de Seeley. The
McGraw- Hill Global education Holdings, 2014
• GUYTON, ARTHUR C. e HALL, JOHN E. Tratado de Fisiologia Médica. Rio de
janeiro. Guanabara Koogan, 2002.
• COSTANZO LINDA S. Fisiologia. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan, 2008.
• BERNE, RM e LEVY, MN. Fisiologia. Guanabara Koogan, 2009.

Leitura complementar
• GUYTON, ARTHUR C. Fisiologia Humana e Mecanismos de Doenças. Rio de
janeiro. Guanabara Koogan, 1998.
• AIRES, MM. Fisiologia. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan, 1999
Conteúdo da disciplina

Introdução a Fisiologia Sistema Respiratório

Sistema Nervoso Sistema Digestório


AV1

AV3
Sistema Muscular Sistema Urinário

Sistema Circulatório Sistema Endócrino


INTRODUÇÃO
A palavra Fisiologia define a ciência que estuda o funcionamento dos
organismos vivos, e seu estudo é de grande importância para explicação
da própria vida.
FISIOLOGIA
FUNÇÃO
ESTUDO FUNÇÃO
ESTUDO
É o estudo do funcionamento de todos os sistemas de um organismo vivo,
bem como do funcionamento do organismo como um todo

SER HUMANO autônomo


Como o corpo funciona?

Por que o coração bate mais rápido quando se


participa de uma corrida?

Como os diferentes sistemas orgânicos interagem


para manter o equilíbrio em uma situação de
estresse?
ORGANIZAÇÃO FUNCIONAL DO CORPO HUMANO

Célula
Tecido
Específica e adaptada
Orgão
100 trilhões de
Sistema células
Célula
Unidade funcional

Núcleo Barreira e
Controle
Membrana

Mosaico fluido
Modelo do
Citoplasma
Organelas
Fosfolipídio
Mais abundante, anfipática, fluidez

proteína
Célula
Unidade funcional
Citoplasma
Organelas
• Retículo endoplasmático
• Lisossomos ATP
Exemplos

• Aparelho de Golgi
• Mitocôndrias
usina energéticas
Célula
Líquido corporal
2/3 líquido intracelular
dentro da célula
Potássio, magnésio e fosfato
Líquido
1/3 líquido extracelular
fora da célula
Nutrientes, íons sódio, cloreto e
bicarbonato
Célula
Transporte de membrana
Célula
Transporte de membrana
Transporte
passivo

Transporte de
Transporte
membrana
ativo

Fagocitose
Endocitose
Mediada por
vesículas Pinocitose
Exocitose
Célula
Transporte de membrana Osmose

Transporte Difusão
passivo facilitada
Difusão
simples

Bomba de
Transporte de Na+ e K+
Transporte
membrana
ativo Outras
bombas

Fagocitose
Endocitose
Mediada por
vesículas Pinocitose
Exocitose
Célula
Transporte de membrana

Endocitose Exocitose
Célula
Transporte de membrana Osmose

Transporte Difusão
passivo facilitada
SEM GASTO ENERGÉTICO
Difusão
simples

Bomba de
Transporte de Na+ e K+
Transporte
membrana
ativo Outras
COM GASTO ENERGÉTICO bombas

Fagocitose
Fagocitose
Endocitose
Mediada por Endocitose
Mediada por
vesículas Pinocitose
vesículas Exocitose Pinocitose
Exocitose
Célula
Transporte de membrana
Célula
Transporte de membrana Osmose

Transporte Difusão
passivo facilitada
Difusão
simples

Bomba de
Transporte de Na+ e K+
Transporte
membrana
ativo Outras
bombas

Fagocitose
Endocitose
Mediada por
vesículas Pinocitose
Exocitose
Homeostasia
Manutenção da estabilidade

•Capacidade e/ou condição do organismo em manter um ambiente interno


constante, resultante de muitas respostas reguladoras de compensação;
•Pode ser definido como a manutenção de um ambiente interno constante ou
inalterado (volume e composição);
•O organismo busca um estado estável de equilíbrio de suas funções para se
adaptar ao estresse imposto pelo ambiente, que pode não significar que esteja
completamente normal;
•Estado normal, doença ou morte.
Homeostasia
Manutenção da estabilidade
Homeostasia
Manutenção da estabilidade
Homeostasia
Ação dos sistemas
Ação conjunta dos
sistemas
Sistema circulatório

Sistema respiratório

Sistema nervoso
Homeostasia
Retroalimentação
Homeostasia

Mecanismo de controle

Feedback Feedback
negativo positiva

Contraria a alteração da variável Amplifica a alteração da variável


Homeostasia
Retroalimentação

Feedback negativo
Homeostasia
Retroalimentação
Feedback positivo
Avalie seu progresso
Célula e homeostasia

i. Qual a importância do feedback negativo?


ii. E x p l i q u e a e x p r e s s ã o “ m o e d a e n e r g é t i c a ” d o AT P !
iii. C i t e e xe m p l o s d o c o t i d i a n o d a a ç ã o c o n j u n t a d o s s i s t e m a s !
iv. O q u e é h o m e o s t a s i a ? C i t e e xe m p l o s !
v. Q u a l a i m p o r t â n c i a d a m e m b ra n a n a c é l u l a ?

Você também pode gostar