Você está na página 1de 5

Pré-natal

 Perguntas propiciatórias
o Quem é maria?
o Com quem ela vive?
o O que faz querer engravidar?
o Gineco-obstetrícia: DUM, história gestacional
o HPP: problemas de saúde
o Faz acompanhamento em algum serviço?
o Rede de apoio?
o Estava em uso de anticoncepcional
 Pré-natal na APS
o Consultas agendadas e espontâneas com o
médico e o enfermeiro
o Avaliação pela equipe de saúde bucal
o Visita domiciliar pelo ACS
o Grupo de gestantes
 Passos (n todos)
o Captação precoce: até a 12 semana da gestação
o Garantir transporte publico
o Pré-natal da parceria
o Estimular os benefícios do parto fisiológico e
elaborar plano de parto
o Visitar o serviço que vai dar à luz
o Conhecer e xercer os direitos garantidos por lei
no período gravídico-puerperal
 Diagnóstico de gravidez
o Atraso >15 dias do ciclo  bHCG
 Repete em 15 dias se vier negativo
o DUM >12 semanas  sonar não ultrassom
 Sinais clínicos de gravidez
o Presunção
 Atraso menstrual
 Manifestações: náusea, vomito, salivação,
sonolência, aumento de frequência urinária,
etc
 Anatomia: aumento das mamas, saíde de
colostro pelo mamilo, coloração violácea
vulvar, etc
o Probabilidade
 Amolecumento da cérvice uterina, com
posterior aumento do volume
 Paredes vaginais aumentadas (> vasc,
aumento da pulsão da a. vaginal)
 bHCG+ (8-9 dia da fertilização)
o certeza
 BCF (12 semanas no sonar, 20 semanas no
Pinard)
 Movimentos fetais (18-20 semanas)
 US
 Transvaginal 4-5 semanas
 Calendário de consultar
o Até 28 semana mensal
o 28-36 quinzenal
o 36-41 semanalmente
 Primeiro trimestre
o Confirmar IG e estabelecer a data provável do
parto
 Regra de Naegele (40 semanas)
 7 para dias
 9 para meses
o BCF e quando apareceu
o Tipo de gravidez
 Tópica, ectópica, única ou múltipla
o Testes rápidos (sífilis e HIV)
o Exames de triagem
o Iniciar suplementação de ácido fólico e e ferro e
manter os 3 trimestres
 Tem q ver isso daí, ele disse q se baseou no
df
o Situação vacinal (dT, dTpa, HBV, influenza)
o Doenças prévias
o Vulnerabilidade?
o Medicamento, drogas licitas ou ilícitas
o Inicou o pré-natal com peso acima ou abaixo da
normalidade?
o Avaliar se sintomas físicos e psíquicos
adaptativos da gestante estão controlados
o Medir altura, peso e calculer IMC
 Aconselhar sobre o ganho de peso
recomendado de acordo com o IMC da
primeira consulta
 IMC normal 2-16 kg
 Obesa no máximo 9kg
o Aferir PA
o Amamentação (já começar a flar sobre)
o Orientar sobre hospital de referencia para
intercorrências e trabalho de parto
o Acompanhamento mensal ACS em visita
 Como coordenar com as consultas
mensais? 15 em 15 dias?
o Orientar sobre a necessidade da caderneta em
todas as contulstas
o Convidar a parceria da gestante para as
consultas
 Segundo trimestre
o Colpocitologia oncótica se indicado
 E quando é indicado? SESDF/INCA
o Segundo teste rápido para sífilis (e HIV?)
o Exames de triagem para a gestante
o Solicitar ecografia (ver datas das ecos)
o Verificar queixas: corrimento, infecção urinária,
sangramento e problema dentário
o Encaminhar para avaliação odontológica se
disponível
o Avaliar ganho de peso
 >1kg/semana sugere distúrbio hipertensivo
o PA, peso, IMC,
o BCF fundo uterino (correspondente com IG?)
o Ver meme do hospital la
 Terceiro trimestre
o Foi avaliara por odontólogo?
o Ganho de peso
o Crescimento fetal (eco)
o Testes pradiso
o Exame sde triagem
o A partir de 36 semanas, contrações falsas (não é
trabalho de parto)
 ≥3 em 10 minutos
 Perda de sangue ou líquido
 Diminuição ou parada da movimentação
fetal
 Estas são as verdadeiras
o Orientar sobre consulta conjunta puérpera-RN
em até 10 pós parto (preferencialemtne até 7
dias)
o Triagens do RN
o Amamemntação,etc
o Possibilidade de doação de leite materno

Você também pode gostar