Você está na página 1de 4

ATIVIDADE INDIVIDUAL – ETAPA 1

Matriz do plano do gerenciamento de riscos1

Disciplina: Gerenciamento de Riscos


Módulo: 1 ao 4
(PGO_GRPRPOSEAD-36_03052021_4)

Aluno: Letícia Midori Yamamoto Turma: ONL021D0-POPRJRS11T2 –


(A58329572) 263219/2020

a) Definição do projeto que funcionará como a situação-problema desta atividade e


descrição de todo o contexto em que se insere o projeto escolhido.

A Gold Construções é uma empresa que trabalha com projetos de engenharia, buscando a integração entre
as instalações eletromecânicas e obras civis, destinadas a empresas executivas do ramo minerador e de
energia. A construtora está valendo 40 bilhões de reais este ano e é considerada uma das maiores empresas
do ramo da América Latina.
Recentemente, a construtora está trabalhando em um projeto para a Unidade de Processamento de Carvão
da Usina Termo-Elétrica Pampa Sul, com localização no pampa gaúcho, no município de Cadiota (RS), na
qual soma 150 mil metros quadrados de área de implantação. A usina contará com instalação de 345MW e
será movida a carvão mineral. O objetivo da implantação da unidade de processamento de carvão é ter uma
capacidade de 2.800.000 toneladas por ano. Será uma usina de alto padrão tecnológico que ajudará na
estabilidade da operação do Sistema Interligado Nacional. Além disso, existem diferenciais tecnológicos como
equipamentos que aprimoram seu funcionamento e diminuem as emissões atmosféricas. O conjunto
tecnológico está enquadrada como uma tecnologia limpa para a combustão a carvão, inclusive os sistemas
de abatimento de emissões atmosféricas que não ultrapassam os rigoros limites impostos pelos órgãos
ambientais.
Neste primeiro momento, busca-se a autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para dar
início a sua geração comercial e a Licença de Operação emitida pelo Ibama para operação por 25 anos.
A construção da UTE Pampa Sul levará 4 anos e contará no mínimo com 100 pessoas empregadas na
operação e cerca de 100 colaboradores com dedicação exclusiva. Além disso, requer um investimento de R$
2 bilhões de reais, o qual inclui gastos com equipamentos e tecnologia de ponta. Esta usina colaborará com o
setor elétrico nacional e trará acréscimos à economia gaúcha como um todo, promovendo o desenvolvimento
para a região sul, trazendo investimentos, empregos e mais oportunidades aos gaúchos. Além do
desenvolvimento e geração de emprego e renda, irá representar segurança ao sistema energético nacional,
gerando energia suficiente para atender cerca de 1,3 milhões de pessoas.
A Gold Construções determinou que ao menos 80% dos colaboradores devem possuir conhecimento e larga
experiência em obras com tecnologia de ponta no segmento termoelétrico. Além disso, a área de marketing,
de engenharia ambiental e de ética devem se dedicar em participar de comitês a fim de discutir sobre criação
de programas socioambientais com a finalidade de promover ações para evitar, mitigar e compensar os
impactos ambientais, assim como otimizar os investimentos sociais na região, através de Planos Diretores de
Desenvolvimento Urbano e Ambiental.
Foram atribuídas ao projeto as seguintes premissas:
 Licenças ambientais, legais e de operação serão concedidas pelas entidades da Aneel e Ibama
dentro dos prazos pré-determinados;
 Conhecimento específico e larga experiência no segmento como requisito de recrutamento de mão
1

Este documento deve conter, no máximo, três páginas.

1
de obra qualificada;
 Realizar brainstorms para criação de programas de mitigação de impactos ambientais e deverão ser
cumpridos e necessário para o sucesso do projeto.

b) Plano de gerenciamento de riscos (PGR)

O gerenciamento de riscos do projeto de construção e implantação da UTE Pampa Sul ocorrerá com base no
mapeamento dos riscos e documentado, conforme previamente identificados na Estrutura Analítica de Riscos
(EAR). Será utilizado a ferramenta chamada brainstorm para identificar os possíveis riscos do projeto. O
Gerente de Projetos deverá criar uma equipe multidisciplinar de modo que todas as áreas estejam
representadas e os principais riscos sejam mapeados na reunião de brainstorm. Além disso, terá como
responsabilidade o planejamento das respostas aos riscos, os meios de mitigação, o desenvolvimento de
ações para aumentar as oportunidades e reduzir as ameaças, o controle dos riscos através do
monitoramento durante todo o ciclo de vida do projeto e por fim, divulgar informações pertinentes aos riscos
do projeto.
Após identificação, os riscos deverão passar por análise qualitativa quanto a exposição e priorizar quais serão
os objetos de análise. Também deverá realizar análise numérica do efeito dos riscos, como podem afetar os
objetivos do projeto e quais os custos destes. Esta etapa será de responsabilidade de toda a equipe do
projeto e devem ser registrados e documentados conforme o Plano de Gerenciamento de Comunicações.
O Plano de Gerenciamento de Riscos consolida todos os documentos relacionados ao projeto de implantação
da UTE Pampa Sul e deve seguir de guia para os processos de execução, controle e fechamento do projeto.
Deverá ser reavaliado quinzenalmente, junto com os demais planos, por meio de reuniões de follow up.
Caso o plano sofra alguma alteração, deverá passar pelo Gerente do Projeto com o de acordo do Diretor
Executivo.
Estrutura Analítica dos Riscos (EAR)
Durante a fase de planejamento, todo risco identicado ao longo do processo bem como as oportunidades e
ameaças, deverão ser mapeados e registrados, mostrando a relação de causa e efeito e qual a tratativa a
cada um destes riscos. O processo de gerenciamento de riscos é interativo e incremental, ou seja, durante
todo o ciclo de vida do projeto existe a possibilidade de novos riscos serem identificados e diversas
ferramentas, como análise SWOT. A seguir, EAR do projeto:

Análise dos riscos


Nesta etapa, os riscos devem ser priorizados e categorizados por meio de duas análises de riscos:
 Qualitativa: os riscos com maior probabilidade e impacto serão priorizados através de escalas de

2
probabilidade de ocorrência vs impacto sobre o projeto, a fim de mensurar a exposição ao risco,
para posterior criação de um plano de respostas/ mitigação. Já os riscos com menor probabilidade
e impacto devem ser mantidos nos registros dos riscos dentro de uma lista de observação para
monitoramento e controle futuros;
 Quantitativa: apenas para riscos priorizados e é utilizado uma classificação numérica com a
finalidade de mostrar o resultado, performance e impactos destes riscos.
A classificação dos riscos possui critérios para definição do valor dos efeitos do risco. Para isso, tantos os
riscos já mapeados quanto aos novos, deverão passar pela anáise qualitativa e quantitativa para que seja
mensurado a importância do impacto ao projeto. Os riscos podem ser qualificados quanto à probabilidade e
quanto ao impacto, conforme tabelas a seguir:

As respostas aos riscos serão planejadas de acordo com a ordem de priorização baseando no grau de
exposição, medidos através da tabela de probabilidade vs impacto.

Monitoramento e controle
É através do monitoramento e controle dos riscos que é possível observar se os planos de ações realizados
durante o desenvolvimento do projeto foram efetivos ou não. Dessa forma, permite uma visibilidade de
mapear eventuais irregularidades do planejado.
Sendo assim, esta etapa deverá haver revisões periódicas quinzenais, com uma abordagem proativa e
contínua de gerenciamento de riscos durante todo o ciclo de vida do projeto, através de reuniões de
acompanhamento e tudo deve ser registrado e documentado.

Referências Bibliográficas
PMI - PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. Guia PMBOK®: Um Guia para o Conjunto de
Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos, Sexta edição, Pennsylvania: PMI, 2017.
LAMB CONSTRUÇÕES. Lamb: Construção da usina termelétrica Pampa Sul, 2017. Disponível em:
<https://www.lamb.eng.br/case-de-sucesso-melhores-praticas-de-gestao-de-riscos-do-pmi-
utilizadas-na-construcao-da-usina-termeletrica-pampa-sul/> Acesso em 18 de mar. de 2021.

ENGIE. Engie: Usina Termelétrica Pampa Sul, 2021. Disponível em:


<https://www.engie.com.br/complexo-gerador/usinas/usina-termeletrica-pampa-sul/> Acesso em
18 de mar. de 2021.

3
ESCRITÓRIO DE PROJETOS. Escritório de Projetos: Planejar o gerenciamento de riscos, 2020.
Disponível em: <https://escritoriodeprojetos.com.br/planejar-o-gerenciamento-dos-riscos> Acesso em 18
de mar. de 2021.

Você também pode gostar