Você está na página 1de 10

BANCO CENTRAL

Função Normativa:
Conselho Monetário Nacional;
Conselho Nacional de Seguros Privados;
Conselho de Gestão Da Previdência Complementar;
Conselho de Recursos Do Sistema Financeiro Nacional;
Função Supervisora/Executiva:
Banco Central do Brasil;(BACEN)
Superintendência de Seguros Privados;(SUSEP)
Comissão de Valores Mobiliários;(CVM)
Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC)

A) emitir papel moeda. (só imprime, quem emite/autoriza) é o CMV)


B) gerenciar o regime cambial do país (CMV define as regras, O BC fiscaliza)
C) colocar no mercado títulos do Tesouro Nacional (qualquer instituição financeira)
D) prover empréstimos ou redescontos de liquidez (Por eliminação, só o BC faz redescontos)
E) determinar a política monetária do país (CVM manda)

A liquidez da economia está diretamente ligada à capacidade de pagamento dos agentes que participam
do mercado financeiro. Analisando as opções temos: 
A - reservas baixas não necessariamente são um mal sinal. Isso ocorre com frequência.
B e E - não há uma correlação necessária entre o percentual de empréstimos em relação aos depósitos ou
reservas bancárias. Portanto, não se demanda a intervenção do Bacen nestes casos.
C - balanço equilibrado, situação ideal, não exige intervenção.
D - A resposta correta já que o controle da inflação é a tarefa mais difícil e importante do Banco Central.

SEMPRE que a questão falar em TAXA BÁSICA DE JUROS DA ECONOMIA ela está falando em
TAXA SELIC.
DIMINUIR A INFLAÇÃO= AUMENTAR A TAXA SELIC
AUMENTAR A INFLAÇÃO= DIMNUIR A TAXA SELIC
TAXA SELIC ALTA= MENOS dinheiro circulando, PREÇO menor
TAXA SELIC BAIXA= MAIS dinheiro circulando, PREÇO MAIOR

A - atuar como depositário das reservas em moeda estrangeira, lastreadas na dívida externa.
ERRADA.
A afirmação é falsa. As reservas internacionais não são lastreadas na dívida externa.
As reservas de moeda estrangeira são chamadas de reservas internacionais, as quais ficam na posse do
Banco Central do Brasil, porém, estas não são lastreadas com a dívida externa. 
As reservas são lastreadas em títulos americanos, de países de alta credibilidade e bancos internacionais.
===
B - emitir papel-moeda e responsabilizar-se pela liquidez.
CORRETA.
A afirmação é verdadeira. É função do BACEN emitir papel moeda, e fornecer ou retirar liquidez do
mercado de acordo com a política monetária.
A emissão do papel moeda é efetuada pela Casa da Moeda, de forma coordenada pelo Banco Central do
Brasil. Além de tal, o BACEN é responsável pela execução da política monetária definida pelo Conselho
Monetário Nacional. Existem alguns mecanismos que o Banco Central pode utilizar para tal:
 Mercado aberto (open market);
 Redesconto;
 Depósito compulsório.
Todos são utilizados pelo BACEN para executar suas políticas, que podem ser expansionista ou
contracionista.
===
C - supervisionar apenas as instituições bancárias.
ERRADA.
A afirmação é falsa. O Bacen é supervisor de diversos operadores do Sistema Financeiro Nacional.
O Banco Central é responsável por supervisionar:
 Bancos e Caixas Econômicas;
 Cooperativas de crédito;
 Instituições de pagamento;
 Administradoras de consórcios;
 Corretoras e distribuidoras de valores (algumas também fiscalizadas pela CVM); e
 Demais instituições financeiras não bancárias.
===
D - definir políticas e diretrizes para propiciar o aperfeiçoamento das instituições financeiras.
ERRADA.
A afirmação é falsa, visto que compete ao CMN definir políticas e diretrizes para o SFN.
A redação da atribuição do CMN em relação a tal é dada pelo artigo 3º, inciso V da LEI 4.595/64
conforme a seguir:
CAPÍTULO II
DO CONSELHO MONETÁRIO NACIONAL
 3º - 
A política do Conselho Monetário Nacional objetivará:
...
V - propiciar o aperfeiçoamento das instituições e dos instrumentos financeiros, com vistas à maior
eficiência do sistema de pagamentos e de mobilização de recursos;
===
E - conceder liquidez aos bancos de câmbio e instituições financeiras em dificuldade.
ERRADA.
A afirmação é falsa. O Bacen faz operações de redesconto para socorro de liquidez às instituições, porém,
somente àquelas que possuem depósitos à vista, que não é o caso dos bancos de câmbio.
O redesconto é uma operação onde o Banco Central empresta dinheiro aos bancos comerciais visando
socorrer de forma temporária dificuldades de liquidez. Este também é um mecanismo de política
monetária utilizada pelo BACEN para injetar recursos na economia.
CMN - define meta de inflação. 
BCB - tenta manter a inflação dentro da meta (é a secretaria executiva do CMN quando o assunto for
referente a inflação) e o presidente do BCB escreve a carta aberta ao Ministério da Fazenda quando da M.
COPOM - define a taxa Selic meta. BCB - tenta manter a Selic meta próxima a Selic (através da mesa de
operações do Banco Central do Brasil) e o presidente do BCB (que também compõe o COPOM)  tem a
prerrogativa de utilizar ou não o viés.

Segundo a Lei 4.595/64: Art. 10. Compete privativamente ao Banco Central da República


do Brasil:

II – Executar os serviços do meio-circulante;


Função executada pelo Bacen. De acordo com a Lei 4.595/64:
Art. 10. Compete privativamente ao Banco Central da República do Brasil:
X – Conceder autorização às instituições financeiras, a fim de que possam:    
a) funcionar no País;
b) instalar ou transferir suas sedes, ou dependências, inclusive no exterior;
c) ser transformadas, fundidas, incorporadas ou encampadas;
d) praticar operações de câmbio, crédito real e venda habitual de títulos da dívida pública federal, estadual
ou municipal, ações Debêntures, letras hipotecárias e outros títulos de crédito ou mobiliários;
e) ter prorrogados os prazos concedidos para funcionamento;
f) alterar seus estatutos.
g) alienar ou, por qualquer outra forma, transferir o seu controle acionário.
OBS: Sendo estrangeira, depende de decreto do Presidente da República.

Ambas estão no Decreto-Lei 413/69, a diferença entre elas é a existência ou não de garantia.
Art 9º A cédula de crédito industrial e promessa de pagamento em dinheiro, com garantia real,
cedularmente constituída.
Art 15. A nota de crédito industrial é promessa de pagamento em dinheiro, sem garantia real.

Art. 10 - Compete privativamente ao Banco Central do Brasil:


X - Conceder autorização às instituições financeiras, a fim de que possam: 
g) alienar ou, por qualquer outra forma, transferir o seu controle acionário.
Venda de Títulos Públicos = política de contração (recolhimento de dinheiro do mercado) -->
implica aumento taxa SELIC. *Menor quantidade de dinheiro disponível, maior a taxa SELIC.
Compra de Títulos Públicos = política expansionista (inserção de dinheiro no mercado) --> implica
em queda da taxa SELIC. *Maior quantidade de dinheiro disponível, menor a taxa SELIC.

a) Art. 10. Compete privativamente ao Banco Central da República do Brasil: 


I - Emitir moeda-papel e moeda metálica, nas condições e limites autorizados pelo Conselho 
Monetário Nacional. LEI Nº 4.595/64
b) O Banco do Brasil é o executor da política agrícola do governo mediante do crédito rural. 
c)Art. 23.O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico é o principal instrumento de execução de
política de investimentos do Governo Federal LEI Nº 4.595/64
d) CORRETA Art. 12. O Banco Central da República do Brasil operará exclusivamente com
instituições financeiras públicas e privadas, vedadas operações bancárias de qualquer natureza com outras
pessoas de direito público ou privado, salvo as expressamente autorizadas por lei. 
LEI Nº 4.595/64
e) A primeira função do CMN é formular a política da moeda e do crédito. 
Esta função primária  deve  permitir  que  a  política  de moeda  e  crédito atenda ao progresso econômico
e social do País, assim como seja administrada de maneira eficiente, a fim de manter a estabilidade do
SFN e, em última análise, do próprio País. Fonte. Estratégia Concursos
(Qualquer erro só enviar mensagem)
a)  Compete  ao  BCB  a  definição  de  quais  são  os  sistemas  de  liquidação  favorecem  o
recebimento de impostos por parte da receita federal. 

 Errado.  Isso  está  fora  da  competência  do  BCB.  Inclusive,  o  BC  não  precisa  autorizar 
e  não supervisiona arranjos instituídos por entes públicos. 

b)  É  função  do  BCB  executar  as  ordens  de  transferência  de  fundos,  observar  os  requisitos,
inclusive  os  de  segurança,  aplicáveis  às  situações  de  pagamento  e  de  recebimento  de
mensagens observando índice de confiabilidade mínimo de 99,8%. 

 Errado. O BCB é gestor e operador do Sistema de Transferência de Reservas (STR), o


“coração” do  Sistema  de  Pagamentos  Brasileiros,  e  realmente  deve  fazer  tudo  isso  que  a
alternativa  está  afirmando,  exceto  que  o  índice  é  de  disponibilidade,  e  não 
confiabilidade. Outro pequeno erro é que trocaram “situações de emissão de mensagens” por
“situações de pagamento”. 

c)  Cabe  ao  BCB  assegurar  que  as  infraestruturas  e  os  arranjos  de  pagamentos  operados  no
Brasil sejam administrados consistentemente com os objetivos de interesse público. 

 Aí está correto. as IP e os arranjos de pagamentos se submetem à supervisão e à regulação do


Banco  Central  do  Brasil,  por  determinação  legal,  conforme  diretrizes  estabelecidas  pelo
Conselho Monetário Nacional (CMN). 
 Portanto,  a  autarquia  deve  assegurar  que  as  infraestruturas  e  os  arranjos  de  pagamentos
operados  no  Brasil  sejam  administrados  consistentemente  com  os  objetivos  de  interesse
público, mantendo a estabilidade financeira e reduzindo o risco sistêmico. 

d)  É  papel  do  Banco  Central  do  Brasil,  seguindo  diretrizes  dadas  pelo  Conselho  Monetário
Nacional,  regulamentar,  juntamente  com  a  receita  federal,  nas  suas  respectivas  esferas  de
competência, o funcionamento das instituições financeiras no Brasil. 

 Errado.  A  Receita  Federal  não  regulamenta  o  funcionamento  das  instituições 


financeiras  no Brasil. 

e)  O  Banco  Central  do  Brasil,  diferentemente  dos  bancos  comerciais,  não  pode  conceder
crédito  às  instituições  financeiras  participantes  do  STR,  na  forma  de  operações compromissadas
com títulos públicos federais, sem custos financeiros. 

 Errado. O BCB concede crédito às Instituições Financeiras por meio do instrumento


conhecido como redesconto.
Gabarito: letra B, é a única alternativa que não fala sobre CVM.

As principais ferramentas de política monetária são:


-Recolhimento compulsório (realizado pelo BACEN);
-Redesconto bancários (também realizado pelo BACEN);
-Open Market (compra e venda de títulos públicos);
-Alteração na taxa Básica de Juros (definida pelo COPOM);
política monetária é o controle da oferta e demanda de moeda na economia.
I - Emitir moeda-papel e moeda metálica, nas condições e limites autorizados pelo Conselho Monetário
Nacional
VI - Exercer o controle do crédito sob todas as suas formas;      
IX - Exercer a fiscalização das instituições financeiras e aplicar as penalidades previstas;       

- A emissão de títulos públicos pelo Tesouro Nacional é uma operação de mercado


primário; a compra e venda desses títulos pelo BCB, como medida de política monetária, é
realizada no mercado secundário.
O lançamento de títulos no mercado primário é feito pelo Tesouro, enquanto que
o Banco Central é responsável por negociá-los no mercado secundário. Esta operação
efetuada pelo Bacen é denominada de open market (mercado aberto), uma ferramenta
de política monetária que a instituição utiliza para controlar a circulação de moeda no
mercado. Em situações de necessidade de liquidez, o Bacen entra comprando títulos do
mercado, e, em caso da necessidade de contração, ele faz a operação inversa.
Quanto maior a taxa de juros, menor a demanda por moeda. Mais taxa de juros torna mais
atrativo os depósitos em poupança. Ou seja, os indivíduos preferem aplicar seus recursos,
ao invés de deixarem eles alocados em moeda.

Você também pode gostar