Você está na página 1de 3

AVALIAÇÃO REGIMENTAL (P2) DA DISCIPLINA DE ÉTICA E CULTURA RELIGIOSA

09/06/2021 – Quarta-feira

ALUNO(A) : JÉSSICA RODRIGUES DE OLIVEIRA

Instruções:

 Avaliação individual;
 Responder as duas questões temáticas constadas na avaliação, para cada questão mínimo 7
linhas e máximo 15 linhas.
 Formatação (Documento em PDF, Times New Roman, fonte: 12, espaçamento entre
linhas1,5).

 Serão avaliados os seguintes tópicos: clareza na exposição das ideias; análise dos conceitos
pertinentes à ética; domínio do conteúdo e a capacidade de interpretar e relacionar assuntos
pertinentes à disciplina.
 Será anulada a questão em que o aluno fugir do tema proposto, não desenvolver uma reflexão
sobre o conceito solicitado e quando o mesmo copiar respostas da internet ou de outros
recursos.
 Atenção com o tempo de postagem: até 10/06 às 19h.

QUESTÃO 1 (valor: 5,0)

“A relação que envolve ciência e fé tem sido, desde o aparecimento da ciência moderna, tema
problemático, conflituoso, alternando momentos de mútua exclusão e tentativas de estabelecer
reconciliação entre duas posições.

Em nossa época, vigora ainda o predomínio de um determinado modelo de ciência: ciências naturais
de caráter físico matemático, sustentado pela ideologia positivista, segundo a qual o que vale é o fato
bruto, concreto, aquilo que pode ser medido e calculado, provado e comprovado. Existe também a
tendência de explicar tudo mediante este modelo de ciência – cientificismo. Daí originou-se a
convicção de que o verdadeiro conhecimento só é alcançado por meio deste modelo de ciência, e
qualquer outro é considerado de menor cientificidade – dentre eles, o saber da fé.

Só a fé ou só a ciência não podem tocar as questões vitais do homem no seu todo. Cada qual, no âmbito
de sua atuação, tem uma tarefa própria e não pode ser reduzida uma à outra. Qualquer tentativa de
redução é extrapolação, falta de identidade do que é próprio.

A relação entre ciência é fé poderá ser fecunda, quando cultivada num modo que salvaguarde o próprio
da diversidade de cada uma, na tensão da diferença entre as duas identidades.” (Frei Jairo, Ciência e
fé, usado em aula)

Construa um texto dissertativo que discorra sobre os seguintes pontos:

 O histórico entre ciência e fé.


 A pretensão da ciência moderna.
 A colaboração do diálogo entre ciência e fé.

Podemos dizer que a relação entre a ciência e a fé é bem antiga. No período escolástico houve uma
supremacia da fé sobre a razão, onde Tomás de Aquino dizia que a fé sobre a razão não são
contraditórios. Entretanto foi na Idade Moderna que aconteceu a separação entre ciência e fé,
possibilitando que cada uma desfrutasse da liberdade para se desenvolverem separadamente. Com o
surgimento da ciência moderna manifestou-se a tentativa de reconciliação entre as duas posições,
ciência e razão. Contudo a ciência e fé “são modos distintos de ser, de conhecer e viver” e cada uma
contribui para o desenvolvimento da humanidade.
Para que haja diálogo entre ciência e fé é necessário que ambas as partes colaborem com respeito, e
que a conversa não envolva preconceito ou ideologia. Assim cada uma no seu meio de atuação possui
uma tarefa própria e única, onde não pode ser reduzida uma à outra.

QUESTÃO 2 (5,0 pontos)

Observe a charge:

Apresente um texto dissertativo que leve em consideração os seguintes pontos:

 A importância e a função dos meios de comunicação na atualidade.


 A identidade pessoal e a influência da TV na formação de consciências.
 A exigência por melhores conteúdos.

Os meios de comunicação nos dias de hoje são de extrema importância, pois é através deles que
conseguimos informações (noticias) da cidade onde moramos, do Brasil, de assuntos econômicos,
políticos e sobre tudo que acontece no mundo. Entretanto podemos destacar que ela possui seus pontos
positivos, onde podemos nos informar sobre tudo e nos manter atualizados de tudo aquilo que é de
nosso interesse e por outro lado tem o ponto negativo, como os hackers e perfil fakes que são
indivíduos que não querem se identificar para praticar difamação a outras pessoas por exemplo. A
internet que é um meio de comunicação para inúmeras pessoas, principalmente para quem é do meio
artístico virou terra de ninguém, onde cada um faz o que bem entender ou o que acha correto, e as
coisas não são assim. Na mídia precisamos analisar a veracidade das informações apresentadas a nós,
pois existem reportagens que a identidade da fonte não é revelada, dificultando analisar se aquilo é real
ou” fake news”. Contudo é necessário ter conscientização da nossa parte em relação a tudo que
assistimos ou que é apresentados as crianças, existe indicações em canais de TV do conteúdo
apresentado, sendo assim ele deve ser utilizado, pois a TV influencia a nossa mente. Para concluir todo
mundo só quer ver (assistir) aquilo que de fato o interessa, então desse modo, se nós agirmos
contrariamente formando a consciência dos indivíduos, eles necessariamente precisarão mudar o
conteúdo fornecido para nós telespectadores.

Você também pode gostar