Você está na página 1de 3

RESOLUÇÃO – CME Nº 010, DE 06 DE ABRIL DE 2021.

Estabelece critérios para o cumprimento de


Hora-Atividade nas Unidades Escolares
Públicas que integram o Sistema Municipal de
Ensino.

O CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PLANALTINA, no uso de


suas atribuições legais que lhe confere a Lei Municipal nº 801, de 06 de maio de 2010; com base
nas determinações previstas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB nº 9.394,
de 20 de dezembro de 1996; no Art. 113 da Lei Orgânica do Município, de 17 de dezembro de
2013; Lei nº 936, de 13 de julho de 2012 que dispõe sobre o Estatuto e Plano de Carreira dos
Profissionais do Magistério Público; Art. 2º §4º da Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008,

RESOLVE:

CAPÍTULO I
Das Disposições Iniciais

Art. 1º A presente Resolução institui os critérios operacionais para o cumprimento de


hora-atividade nas Unidades Escolares Públicas que integram o Sistema Municipal de Ensino.

CAPÍTULO II
Da Hora-Atividade

Art. 2º Entende-se por hora-atividade o tempo reservado ao professor em exercício


de docência, para trabalho de planejamento das tarefas docentes, assistência e atendimento
individual aos estudantes, pais e/ou responsáveis legais e, formação continuada.
§1º A hora-atividade está integrada à carga horária a que o professor se encontra
modulado.
§2º A hora-atividade será cumprida, preferencialmente, de acordo com a Proposta
Político-Pedagógica de cada Unidade Escolar.
§3º O tempo destinado à hora-atividade será cumprido conforme legislação em vigor,
preferencialmente, na Unidade Escolar em que o professor estiver lotado e em local designado
pelo Grupo Gestor e/ou Secretaria Municipal de Educação, com a finalidade de participar de
atividades de planejamento coletivo, formação continuada por Instituições devidamente
credenciadas aos órgãos competentes, recuperação e outras atividades pedagógicas.

Art. 3º A organização da hora-atividade deverá, preferencialmente, favorecer o


trabalho coletivo dos professores, priorizando-se:
I. grupos de professores que atuam na mesma área de conhecimento;
II. grupos de professores que atuam na(s) mesma(s) turma(s), ano(s) ou períodos dos
diferentes níveis e/ou modalidades de ensino;
III. a formação de grupos de professores para o planejamento e para o
desenvolvimento de ações necessárias ao enfrentamento de problemas específicos diagnosticados
no âmbito da Unidade Escolar;
IV. a correção de tarefas discentes, estudos e reflexões a respeito de atividades que
envolvam a elaboração e implementação de projetos e ações que visem a qualidade do ensino e
aprendizagem.

Art. 4º A carga de hora-atividade será calculada com base no que determina a


legislação específica em vigor, sendo de competência da Secretaria Municipal de Educação sua
regulamentação.

Art. 5º Compete à Secretaria Municipal de Educação definir critérios administrativos


e financeiros para regulamentação da hora-atividade das Unidades Escolares Públicas
Municipais.

Art. 6º É de responsabilidade do Grupo Gestor, a distribuição e a verificação do


cumprimento da hora-atividade dos professores lotados na Unidade Escolar.
§1º Cabe ao Grupo Gestor da Unidade Escolar sistematizar o quadro da distribuição
da hora-atividade, encaminhando-o ao Serviço Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação
para acompanhamento e, divulgá-lo à comunidade escolar para verificação da disponibilidade de
horário de atendimento dos docentes, aos estudantes, pais e/ou responsáveis legais.
§2º Compete ao Grupo Gestor e Coordenação Pedagógica planejar, executar e avaliar
as ações a serem desenvolvidas durante o cumprimento da hora-atividade.
§3º Compete ao Grupo Gestor e/ou à Coordenação Pedagógica monitorar e registrar
as atividades coletivas ou individuais dos professores a serem desenvolvidas durante o
cumprimento da hora-atividade.
§4º Os professores com laudo médico e/ou readaptados deverão cumprir a hora-
atividade conforme carga horária da qual está modulado, mediante orientação e acompanhamento
do Grupo Gestor.
§5º Quando o professor estiver atuando em mais de uma Unidade Escolar, a hora-
atividade a ser cumprida deverá ser proporcional ao número de aulas de cada Instituição.
§6º Excepcionalmente, a hora-atividade poderá ser cumprida fora da Unidade Escolar
em atividades ofertadas/convocadas pela Secretaria Municipal de Educação.

Art.7º A carga de hora-atividade, deverá ser registrada no controle de frequência


mensal e, encaminhada ao Setor competente da Secretaria Municipal de Educação pelo Grupo
Gestor das Unidades Escolares.

CAPÍTULO III
Das Disposições Gerais

Art. 8º Compete a Superintendência Técnica Pedagógica da Secretaria Municipal de


Educação verificar o cumprimento da presente Resolução, assessorando Grupo Gestor e a
Coordenação Pedagógica no processo de organização e/ou implementação da hora-atividade,
sempre que necessário.
Art. 9º As Unidades Escolares devem encaminhar cópia do quadro de distribuição de
hora-atividade bimestralmente à Superintendência Técnica Pedagógica da Secretaria Municipal
de Educação.

Art. 10. Os casos omissos deverão ser resolvidos pelo Conselho Municipal de
Educação.

Art. 11. Esta Resolução será homologada pela Secretaria Municipal de Educação e
publicada no sítio da Prefeitura Municipal de Planaltina-Goiás, e sua aplicação se iniciará logo
após o retorno das atividades presenciais.

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE


PLANALTINA, em Planaltina, aos 08 dias do mês abril de 2021.

MARINALDA LOPES RIBEIRO


PRESIDENTE
Decreto nº 1465/2020

CONSELHEIROS
ANGELA CRISTINA DE OLIVEIRA RODRIGUES
ANÍVEA ARAÚJO COSTA
APARECIDA FERREIRA DE SOUZA
BIATRIZ DIAS RODRIGUES BEZERRA
EVA MÁRCIA SILVA FONTES
GILMAR FRANCISCO BARRENSE
JOÃO PIRES NOGUEIRA
LUZIENE LOPES GOMES
MARIA LUIZA FERREIRA PIMENTEL SILVA
MARIA MÁRCIA SILVA
ROSENY PIRES RIOS
UZELINA DA SILVA LEAL BATISTA