Você está na página 1de 17

Relatório de Estágio Kethelin Maheda Araújo da Silva

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE


CAMPUS FLORESTA
CENTRO DE EDUCAÇÃO E LETRAS
CURSO DE LETRAS PORTUGUÊS

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO ESTÁGIO


SUPERVISIONADO II: DESCRIÇÃO GERAL E
REFLEXÕES PESSOAIS

CRUZEIRO DO SUL
2021
2

KETHELIN MAHEDA ARAÚJO DA SILVA

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO ESTÁGIO


SUPERVISIONADO II: DESCRIÇÃO GERAL E
REFLEXÕES PESSOAIS

Trabalho de graduação
apresentado à disciplina
Estágio Supervisionado II
- Curso de Letras Português da
Universidade Federal do
Acre – Campus Floresta.

Orientadores:
Cleide Vilanova
Thiago Muniz

Cruzeiro do Sul
2021
3

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO...................................................................................... pág 04
2. RELÁTORIO GERAL DAS ATIVIDADES DO ESTÁGIO..................... pág 04
2.1 ORIENTAÇÕES INICIAIS................................................................... pág 04
2.2 OBSERVAÇÃO....................................................................................pág 05
2.3 PLANEJAMENTO................................................................................pág 05
2.4 REGÊNCIA...........................................................................................pág 05
2.5 CONSIDERAÇÕES FINAIS.................................................................pág 06
3.0 RELATOS REFLEXIVOS....................................................................pág 06
3.1.1 MEMORIAL DO ESTAGIÁRIO.........................................................pág 06
3.1.2 TRAJETÓRIA FORMATIVA.............................................................pág 06
3.1.3 A EXPERIENCIA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO II...................pág
07
3.1.4 CONSIDERAÇÕES FINAIS..............................................................pág 07
4.0 REFERÊNCIAS....................................................................................pág 08
5.0 ANEXOS..............................................................................................pág 08
FICHA DE OBSERVAÇÃO 1 ...................................................................pág 09
FICHA DE OBSERVAÇÃO 2 ...................................................................pág 12
PLANO DE AULA.....................................................................................pág 15
4

1. INTRODUÇÃO

Este relatório tem como finalidade apresentar meu desenvolvimento


no estágio supervisionado II. Foi um processo de aprendizado onde
buscamos compreender o dia a dia com os alunos aplicando esse novo
modelo de ensino remoto e se adaptando as dificuldades e
necessidades dos alunos. Dessa forma, as propostas que trabalhamos
no Estágio Curricular em Língua Portuguesa foram: Compreender a
diferença entre a realidade e a ficção, conhecer os principais elementos
da narrativa ficcional e reconhecer textos ficcionais e não ficcionais.
Além de desenvolver as capacidades de leitura e análise crítica.
Aplicar esses conhecimentos se adequando ao novo modelo de
ensino se tornou bastante desafiador, se fez necessário colocar em
prática nossos conhecimentos tecnológicos adequando-os a realidade
de nossos alunos. Elaborando vídeo aulas interativas e nos adaptando
ao novo modo de planejamento. Estas experiências, sem dúvidas nos
fez crescer profissionalmente, abrindo nossas mentes para inovação do
modo de se trabalhar os conteúdos. Ficou bem claro que, nós
professores estamos além da sala de aula, temos a necessidade de nos
reinventar e adaptar o sistema de ensino por nós e para nossos alunos.

2. RELATÓRIO GERAL DAS ATIVIDADES DA ESTÁGIÁRIA


KETHELIN MAHEDA ARAÚJO DA SILVA

2.1 ORIENTAÇÕES INICIAIS


Inicialmente fomos orientados de como iria funcionar todas as etapas do
nosso estágio, principalmente nos alertando sobre as dificuldades que viriam e
sobre as adaptações que se fariam necessárias para obtermos êxito no
processo de aprendizagem.

Fomos divididos em trios para elaboração do plano, além das observações e


elaboração das vídeos aulas. Também, foi determinado as turmas em que cada
trio ficaria e consequentemente os professores regentes que iriam nos orientar.
5

2.2 OBSERVAÇÃO
Fizemos a observação de duas aulas, onde eram transmitidas via google
Meet, foi possível notar a falta de interação que acaba tornando as aulas
monótonas, uma vez que não há pouca interação entre professor e aluno.
Sabemos que as explicações através de slide nas aulas presenciais já eram
cansativas, assistir uma aula assim remotamente se torna então ainda pior. A
professora também disponibiliza matérias como vídeos explicativos e apostilas
com o conteúdo trabalhado. O atendimento aos alunos ocorre via WhatsApp
para esclarecimento de dúvidas, informações etc.

2.3 PLANEJAMENTO
Tivemos que nos adaptar ao novo modelo de plano e fazer as adaptações
necessárias, fomos orientados de como ocorreria esse planejamento assim
como apresentamos um plano aos professores que nos orientaram e fizeram
as modificações necessárias. Esse atendimento ocorreu via google Meet e foi
fundamental para obtermos êxito em nosso plano.

Depois das observações resolvemos colocar em prática nossos conhecimentos


fazendo as devidas modificações naquilo em que achava que se fazia
necessário para tornar a aula mais dinâmica e atrativa.

2.4 REGÊNCIA
Elaboramos vídeos interativos e dinâmicos usando mapa conceitual de uma
forma diferente, fazendo interação dos conceitos apresentando-os com
animação no decorrer do vídeo. Em minha perspectiva uma das maiores
dificuldades é trabalhar com a edição dos vídeos pois contamos com o desafio
de produzir um vídeo aula curta, com toda a informação necessária, porém há
fatores a se preocupar, tais como: a qualidade de imagem, tempo de vídeo e
principalmente, não produzir um arquivo com grande resolução, para que
nossos alunos não tenham dificuldade em acessá-lo.

Para mim, tais desafios são um estímulo a mais, a vontade de transmitir esses
conhecimentos com qualidade para nossos alunos, a sensação de poder estar
mais perto deles nesse momento crítico em que o mundo vive, acaba sendo
gratificante.
6

2.5 CONSIDERAÇÕES FINAIS


A disciplina de estágio proporciona um contato, ainda que raso e breve, com a
realidade escolar. É um momento de preparação para que acadêmicos e
futuros professores encarem a sala de aula, encarem as dificuldades cotidianas
da educação e as carências individuais de cada aluno. Nesse momento de
estágio é que as forças se encontram: de um lado as reflexões e correntes
teóricas, apostas para uma educação bem sucedida; do outro lado há a
realidade escolar pura e, no entrelugar, há a consciência do déficit que a
educação tem nesse país. Como formanda, estagiária e futura professora,
utilizei esse momento de estágio para encontrar nossas próprias limitações e
superá-las, aprimorando os conhecimentos para a realização de uma prática
eficaz.

O estágio apontou para esse processo necessário em que as nossas lacunas


foram postas em evidência: a falta de experiência e angústias foram discutidas
e superadas, com o apoio imprescindível de nossos orientadores, que,nos
conduziu ao nosso melhor, através de suas dicas preciosas e palavras
encorajadoras. O estágio aponta com muita clareza que a experiência docente
só acontece quando estamos diante da turma. É quando os olhos dos alunos
estão postos sobre nós que o trabalho se inicia: é hora de pôr à prova o que
acreditamos, é o momento de dar o melhor. A troca que aconteceu no
momento das intervenções ultrapassaram nossas expectativas e trouxe o
retorno gratificante que nos fez perceber que o aperfeiçoamento é diário e
contínuo. A força motora sempre será o aluno, as necessidades deles serão a
nossa prioridade e seu sucesso será nosso objetivo.

3. RELATOS REFLEXIVOS
3.1.1 APRESENTAÇÃO

Me chamo Kethelin Maheda Araújo da Silva, sou acadêmica do curso de Letras


Português, cursando o 8º Período. Tenho 23 anos, sou mãe de três filhos,
Emanuelly Victória, David Lucas e Victor Emanuel.

3.1.2 TRAJETÓRIA FORMATIVA

Iniciei o curso no primeiro semestre de 2017, através do sistema de seleção


unificado (SISU). Após, ter concluído o Ensino médio técnico no Instituto
7

Federal do Acre em 2016.No início escolhi o curso por falta de opção mesmo,
sempre me encantei com a área ambiental. Porém, a necessidade em
ingressar no mercado de trabalho local para prover o sustento dos meus filhos,
falava mais alto. Acabei então seguindo a tradição familiar involuntariamente,
filha de professores e de uma família toda inserida na educação. No início foi
bastante difícil conciliar o dia cansativo com as aulas a noite e os trabalhos
acadêmicos.

As aulas se tornavam ainda mais cansativas, juntamente com o desinteresse


pelo conteúdo. Os períodos passaram e finalmente chegou o primeiro Estágio.
Nossa, ele foi fundamental para conseguir me encontrar realmente no curso, a
prática trouxe um ânimo, foi aí que consegui realmente me encantar pela
docência. O contato com os alunos com a equipe escolar acabou me vencendo
e hoje sou grata a isso.

3.1.3 A EXPERIÊNCIA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO II

O Estágio Supervisionado II, trouxe a mim uma nova experiência. Um desafio a


mais no cotidiano escolar de exercer essa função de maneira inovadora, no
meio de uma pandemia mundial, após um período de readequações nos
sistemas de ensino.

Aplicar os conhecimentos de maneira com que conseguíssemos atingir a


maioria dos alunos de maneira eficaz. A diferenciação no modo de planejar e a
capacidade de se reinventar foram sem dúvidas imprescindíveis. Foi sem
dúvidas uma experiência bastante enriquecedora e gratificante.

3.1.4 CONSIDERAÇÕES FINAIS

Durante a experiência de estágio, que se desenvolveu na Escola Estadual de


Ensino Médio Dom Henrique Ruth, com as turmas de 3º Ano, pude vivenciar a
realidade da prática pedagógica no novo modelo de ensino da rede pública. A
disciplina de estágio, mostrou-se relevante pela valorização do magistério nos
inserindo no cotidiano das escolas. Essa prática eleva a qualidade da formação
inicial dos professores. Por isso, não basta apenas aprender o conteúdo teórico
que vemos durante o curso, mas é necessário também adentrar no cotidiano
8

escolar para compreender como as teorias se aplicam na prática. A experiencia


de lecionar, principalmente nesse período de pandemia me possibilitou
vivenciar as problemáticas e os desafios de exercer essa profissão, tão
desvalorizada e necessária para todos.

Com isso, pude antever, em parte os obstáculos que encontrarei no cotidiano


escolar e repensar as possíveis soluções para possíveis contratempos, assim
como o desenvolvimento de uma postura adequada que possibilite interagir e
intervir nos diferentes contextos de sala de aula. Consequentemente, os
estranhamentos quanto a realidade educacional será bem menor em relação
as experiencias vivenciadas durantes o estágio.

4. REFERÊNCIAS

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Gêneros Textuais: definição e funcionalidade.


In: Gêneros Textuais & Ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.

ROCHA, Ani Dutra Coelho da. O conceito de alfabetização. Porto Alegre,


1984. (mimeo)

GERALDI, João Wanderley. Linguagem e ensino: exercícios de militância e


divulgação.

Campinas: Mercado das Letras/ALB, 2009.

Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm>


9

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE – UFAC


CAMPUS FLORESTA
CENTRO DE EDUCAÇÃO E LETRAS - CEL
COORDENAÇÃO DE LETRA PORTUGUÊS

FICHA DE OBSERVAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO II


PROFESSORES: Cleide V. Hanisch e Thiago Muniz

DATA DA OBSERVAÇÃO 17/ 07/ 2021.

NOME DA ESCOLA:
NOME DO(A) ESTAGIÁRIO(A): Kethelin Maheda Araújo da Silva
DISCIPLINA (S): Letras Português ANO: 3º
TEMPO DA AULA: 7:30 as 8:40 TURNO: Vespertino
CONTEÚDO TRABALHADO: Texto Opinativo

METODOLOGIA UTILIZADA

Explicação do conteúdo através da comunicação verbal via google Meet.

RECURSOS UTILIZADOS:

Apresentação de Slides
Textos informativos

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EM SALA COM OS ALUNOS:

A professora fez a explicação do conteúdo, mostrou alguns exemplos sobre o texto opinativo,
apresentou suas características e como construir esse tipo de texto.

TAREFAS PARA REALIZAR EM CASA:

A professora propôs aos alunos a produção de um texto opinativo.


Também passou uma atividade para fixar os conhecimentos sobre o conteúdo trabalhado em sala.

INTERAÇÃO E ATENÇAÕ DOS ALUNOS EM RELAÇÃO AO CONTEÚDO APRESENTADO:

Não houve interação dos alunos durante a aula.

COMPORTAMENTO DOS ALUNOS DURANTE A APRESENTAÇÃO DO CONTEÚDO:


10

Os alunos se mantiveram com os microfones desligados, sem fazer qualquer tipo de interação
durante a aula.

RELAÇÃO PROFESSOR (A) – ALUNOS (AS):

Foi bastante perceptível o empenho das professoras em sanar as dúvidas dos alunos, não
podemos se foi por vergonha ou conexão de internet ruim ou falta de interesse mesmo que não
houve a interação dos alunos com as professoras.

PRINCIPAIS DIFICULDADES APRESENTADAS EM RELAÇÃO AO CONTEUDO PELOS


ALUNOS (AS):

Alunos não apresentaram nenhuma dúvida.

QUAIS RECURSOS CONTRIBUIRIAM PARA UMA MELHOR APRESENTAÇÃO DO CONTEÚDO:

Os slides com apresentações de exemplos de textos opinativos que possibilitam maior


compreensão quanto a sua estrutura.

A PROFESSORA APROVEITOU OS CONHECIMENTOS PRÉVIOS DOS ALUNOS PARA


APRESENTAR O CONTEÚDO? DE QUE FORMA?

Não pois não houve uma interação com os alunos consequentemente não foi possível fazer um
levantamento desses conhecimentos prévios.

COMO FOI FEITA A RELAÇÃO TEORIA E PRÁTICA?

Acredito que foi bem produtiva houve explicação do Conteúdo de maneira bem clara utilizando
exemplos. Depois, foi levantado a proposta de produção para colocar em prática o que foi
abordado na aula, assim como as questões que também foram disponibilizadas aos alunos.

MARCAR UM X NA ALTERNATIVA ADEQUADA SIM NÃO PARCIALMENTE

EXPLICOU TODO O CONTEÚDO PROPOSTO x


OS ALUNOS RESOLVERAM AS ATIVIDADES PROPOSTAS x
A METODOLOGIA UTILIZADA PARA EXPLICAR O CONTEÚDO x
FOI ADEQUADA
A EXPLICAÇÃO DESPERTOU O INTERESSE DOS ALUNOS EM x
RELAÇÃO AO CONTEÚDO
AS ATIVIDADES PROPOSTAS ESTAVAM DE ACORDO COM O x
CONTEÚDO EXPLICADO
OS ALUNOS FIZERAM PERGUNTAS SOBRE O CONTEÚDO x
APRESENTADO
OS ALUNOS PRESTARAM ATENÇÃO NA EXPLICAÇÃO OU x
FICARAM DISPERSOS
OS ALUNOS JÁ DOMINAVAM OS CONTEÚDOS QUE ERAM REQUISITO PARA O
DESENVOLVIMENTO DA APRENDIZAGEM DO NOVO CONTEÚDO? FOI REALIZADA A
RETOMADA DESTES CONTEÚDOS?
11

É difícil afirmar algo não há como saber o estado de atenção dos alunos por trás dos
equipamentos. O assunto foi bem abordado, mas não houve interação dos alunos o que deixa a
dúvida se o conteúdo ficou bem claro para eles ou se eles não estavam atentos a aula.

OBSERVAÇÕES (você participou da aula? Como?):

Não houve participação dos estagiários.

Cruzeiro do Sul,17 de Julho de 2021.

ASSINATURA DO PROFESSOR REGENTE


ASSINATURA DO (A) ESTAGIÀRIO (A)
12

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE – UFAC


CAMPUS FLORESTA
CENTRO DE EDUCAÇÃO E LETRAS - CEL
COORDENAÇÃO DE LETRA PORTUGUÊS

FICHA DE OBSERVAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO II


PROFESSORES: Cleide V. Hanisch e Thiago Muniz

DATA DA OBSERVAÇÃO 21/ 07/ 2021.

NOME DA ESCOLA: Escola Estadual de Ensino Médio Dom Henrique Ruth


NOME DO(A) ESTAGIÁRIO(A): Kethelin Maheda Araújo da Silva
DISCIPLINA (S): Letras Português ANO: 3º
TEMPO DA AULA: 7:30 as 8:40 TURNO: Vespertino
CONTEÚDO TRABALHADO: Texto Opinativo

METODOLOGIA UTILIZADA
Retomada do conteúdo e explanação das atividades propostas.

RECURSOS UTILIZADOS:

Apresentação de Slides
Textos informativos

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EM SALA COM OS ALUNOS:

A professora fez a retomada do conteúdo, e fez uma abordagem sobre os textos das atividades.

TAREFAS PARA REALIZAR EM CASA:

Não foi proposta nenhuma atividade.

INTERAÇÃO E ATENÇAÕ DOS ALUNOS EM RELAÇÃO AO CONTEÚDO APRESENTADO:

Não houve interação dos alunos durante a aula.

COMPORTAMENTO DOS ALUNOS DURANTE A APRESENTAÇÃO DO CONTEÚDO:

Os alunos se mantiveram com os microfones desligados, sem fazer interação durante a aula.

RELAÇÃO PROFESSOR (A) – ALUNOS (AS):

Professora disposta e empenhada para sanar possíveis dúvidas, porém não houve participação
13

dos alunos.
PRINCIPAIS DIFICULDADES APRESENTADAS EM RELAÇÃO AO CONTEUDO PELOS
ALUNOS (AS):

Alunos não apresentaram nenhuma dúvida.

QUAIS RECURSOS CONTRIBUIRIAM PARA UMA MELHOR APRESENTAÇÃO DO CONTEÚDO:

Os slides com apresentações de exemplos de textos opinativos.


A PROFESSORA APROVEITOU OS CONHECIMENTOS PRÉVIOS DOS ALUNOS PARA
APRESENTAR O CONTEÚDO? DE QUE FORMA?

Não pois não houve uma interação com os alunos consequentemente não foi possível fazer um
levantamento desses conhecimentos prévios.

COMO FOI FEITA A RELAÇÃO TEORIA E PRÁTICA?

Acredito que foi bem produtiva houve retomada e continuação do Conteúdo de maneira bem clara
utilizando exemplos.

MARCAR UM X NA ALTERNATIVA ADEQUADA SIM NÃO PARCIALMENTE

EXPLICOU TODO O CONTEÚDO PROPOSTO x


OS ALUNOS RESOLVERAM AS ATIVIDADES PROPOSTAS x
A METODOLOGIA UTILIZADA PARA EXPLICAR O CONTEÚDO x
FOI ADEQUADA
A EXPLICAÇÃO DESPERTOU O INTERESSE DOS ALUNOS EM x
RELAÇÃO AO CONTEÚDO
AS ATIVIDADES PROPOSTAS ESTAVAM DE ACORDO COM O x
CONTEÚDO EXPLICADO
OS ALUNOS FIZERAM PERGUNTAS SOBRE O CONTEÚDO x
APRESENTADO
OS ALUNOS PRESTARAM ATENÇÃO NA EXPLICAÇÃO OU x
FICARAM DISPERSOS
OS ALUNOS JÁ DOMINAVAM OS CONTEÚDOS QUE ERAM REQUISITO PARA O
DESENVOLVIMENTO DA APRENDIZAGEM DO NOVO CONTEÚDO? FOI REALIZADA A
RETOMADA DESTES CONTEÚDOS?

É difícil afirmar algo não há como saber o estado de atenção dos alunos por trás dos
equipamentos. O assunto foi bem abordado, mas não houve interação dos alunos o que deixa a
dúvida se o conteúdo ficou bem claro para eles ou se eles não estavam atentos a aula.

OBSERVAÇÕES (você participou da aula? Como?):

Não houve participação dos estagiários.

Cruzeiro do Sul,21 de Julho de 2021.


14

ASSINATURA DO PROFESSOR REGENTE


ASSINATURA DO (A) ESTAGIÀRIO (A)
15

GOVERNO DO ESTADO DO ACRE


SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE
ESCOLA ESTADUAL ENSINO MÉDIO DOM HENRIQUE RÜTH

1. IDENTIFICAÇÃO
Professor (a) Supervisor(a): Componente Curricular: Ano/Série: Turno:
Thais Melo Gomes Língua Portuguesa 3º Ano Vespertino
Professor (a) Estagiário (a): Coordenador (a): Execução: Aulas
Gregory Lima Maria Erica B. de Moraes Previstas:
Kethelin Araújo 2 aulas
Vanessa Melo

2. DELIMITAÇÃO TEMÁTICA
 A Narrativa Ficcional
2.1 OBJETIVOS/CAPACIDADES
 Compreender a diferença entre a realidade e a ficção;
 Conhecer os principais elementos da narrativa ficcional;
 Reconhecer textos ficcionais e não ficcionais;

2.2 CONTEÚDOS
 A Narrativa ficcional: Conceito, estrutura e finalidade.

3. PROCEDIMENTOS DE ENSINO
Aula 01 – Conceito de Narrativa Ficcional
3.1 Atividade Inicial
 Apresentação do estagiário(a);
 Frase motivacional: “Seja forte e corajoso! Não desanime, pois o Senhor, o seu
Deus, estará com você por onde você andar.” (Josué 1:9)
 Apresentação do objetivo com ênfase na importância do conteúdo.

3.2 Atividade de Desenvolvimento


 Explicação do conteúdo por meio de:
16

 Slides interativos;
 Exemplos.

3.3 Atividade de Conclusão


 Síntese/sistematização dos aspectos/questões mais relevantes sobre o tema
discutido;
 Retomada do objetivo.

Aula 2 – Elementos da Narrativa Ficcional


3.4 Atividade Inicial
 Apresentação do estagiário(a);
 Frase motivacional: “O futuro não está escrito. Nós fazemos nosso próprio
destino.” (O Exterminador do futuro-A salvação)
 Apresentação do objetivo com ênfase na importância do conteúdo.

3.5 Atividade de Desenvolvimento


 Explicação do conteúdo por meio de:
 Slides interativos;

3.6 Atividade de Conclusão


 Síntese/sistematização dos aspectos/questões mais relevantes sobre o tema
discutido;
 Retomada do objetivo.

4. RECURSOS DIDÁTICOS
 Notebook;
 Celular;
 Internet;
 Textos para exemplificação;
 Slides interativos
17

5. REFERÊNCIAS
www.brasilescola.com
www.portaldoprofessor.edu

Observações:

__________________________________________
Professor(a) Estagiário(a)

__________________________________________
Professor(a) Estagiário(a)

_________________________________________
Professor(a) Estagiário(a)

Cruzeiro do Sul – Acre, 28 de abril de 2021.