Você está na página 1de 8

PRONT. N?

Universidade Federal do Rio de Janeiro


Faculdade de Medicina – Curso de Fisioterapia
Estágio supervisionado em Fisioterapia Respiratória

AVALIAÇÃO RESPIRATÓRIA

Avaliação Inicial Pré-op. Imediato Pós-op. Imediato;

Pós-op. Tardio Pré-alta Reavaliação

 IDENTIFICAÇÃO:

NOME: SEXO: RAÇA:


DATA: NASC.: TEL:
ESTADO CIVIL: PROFISSÃO: ESCOLARIDADE:
END.:
RENDA FAMILIAR (nº da salários mínimos): ( ) 1 – 3 ( )4–6 ( )7–9 ( )>9
DM:

 ANAMNESE (QP, HDA, HPP, HS, HFis, HFam, HFal, RS):


FTV
Caracter?sticas
Padr?o Ventilat?rio Abaulamentos
Onde?
Normal Taquipneico
Onde?
APICAL
Reduzido
Reduzida Cicatrizes
Dispn?ico
Onde?
 EXAME FÍSICO:
BASAL Onde?
Sim?trica Eupneico
Aumentado
Sinais
MISTO Vitais: Fraturas
Onde?
Assim?trica Onde?
Ortopneico
FC: BPM FR: IRPM
PA: mmHg Temp.: ºC
Tiragem intercostal
Inspeção Geral1:

CARACTERÍSTICAS SIM NÃO OBSERVAÇÕES


Cianótico
Ictérico
Hidratado
Hipocratismo Digital TIPO:
Enchimento Capilar (normal)
Febril
Corado
Edema ONDE?
Tremor em extremidades ONDE?
Nível de Consciência (normal)

Inspeção Estática do Tórax1:

TIPO:
Tonel
Pectus Escavatum
Pectus Carinatum
Normal
Outros:

Inspeção Dinâmica do Tórax1:

Palpação:

TÓRAX:

Diafragma

Graus
Expans?o
Consist?ncia
Utiliza??o de Acess?rios (ECOM)
ABDÔMEM: Expuls?o
Graus
Normal
Palpa??o Ru?dos advent?cios
+
Inspe??o
Caracter?sticas +
Expirat?rios (TOSSE)Estertores creptantes +
Dor ? palpa??o
- Onde? Caracter?sticas
Gradua??o Regular
- Estertores bolhosos
e estar sentado para realizar o teste de observa??o da utiliza??o de m?sculos acess?rios e deitado para realizar o teste para o diafr
Rigidez +
Funcional
onde? Timp?nico Dor ao toque
+
1
omo par?metro a vigorosidade
Onde?
da tosse: Funcional: expuls?o vigorosa do
Fl?cido Roncos - ar; Funcional fraca: redu??o do volume e m
+
Funcional Fraca onde? Rigidez
- Maci?o
Protruso Pobre
N?o funcional Sibilos Onde?
+
2 Outros:
Distendido onde? -
Zero+ -
Outros: +
Outros
onde? Vest?gio
3
+/-
Percussão++ Torácica1: -
++
-

Paralisia
-
-
-
Ausculta Pulmonar (MV)1:

MV audível onde?
MV reduzido onde?
MV abolido onde?
Ruídos adventícios onde?

Teste Muscular2:

Manovacuometria PiMáx: PeMáx:

Abdominais
Tosse Secre??o
Pelve
Escoliose
Muc?ide Rota??o
Hiperlordose
Hipercifose Em "C"
Grau 0
Hiperlordose
Improdutiva Purulenta Anterovers?o
Retificada
Retificada Em "S"
Grau 1
Retificada
Eficaz Mucopurulenta
Outros
Outros
cruzados sobre
Para Retrovers?o
Direita
o t?rax; GRAU 3: com os bra?os esticados em extens?o plena acima do plano do corpo; GRAU 2: pacie
Grau
Outros
Ineficaz2
Sanguinolenta
Para Outros
Esquerda
Grau 3
N?o tem tosse Ausente
Outros
Grau
Outros 4
Outros
Grau 5

Cirtometria:

Normal Insp. Máxima Exp. Máxima Diferença


Axilar
Xifóide
Basal
Abdominal

Tosse e expectoração:

Avaliação Postural3:

Ombro

Esquerdo
Direito

Protruso
Retra?do
Aumentado
Tri?ngulo de Tales
E
Deprimido D

?ngulo de Charppy
Graus
Elevado

Sim?trico

Assim?trio

Prova de Função Respiratória4:


Outros
Data ___/___/___. ___/___/___. ___/___/___. ___/___/___. ___/___/___.
CV
VC
CVF
VEF1
FEF25,75
VEF1/CVF
CRF
VR
Peak Flow
Peak Flow*
Difusão de CO2
* aferido ambulatorialmente

Graus de Dispnéia5:
Modified Medical Research Council
Dyspnea Scale
Graus
Sem problemas com a respiração exceto quando submetido aos exercícios extremos.
0
Problemas com encurtamento da respiração quando anda rápido em local plano ou sobe
1 uma leve ladeira

Caminha mais devagar do que pessoas da mesma idade num local plano por causa da
2 falta de ar ou tem que parar para respirar quando caminha na sua propria velocidade
num local plano.

Para para respirar após caminhar por 91 metros (91,4m) ou após poucos minutos de
3 ladeira.

Muita falta de ar ao sair de casa ou falta de ar quando se veste ou de despe.


4
Ref.: Task group on screening for respiratory disease in occupational settings. The task
group official statement of the American Thoracic Society. Am Ver Respir Dis 1982;
126:953-956

Dados gasometricos:

FiO2 %
Saturação %
BE
PH
HCO3- mEq/L
PaO2 mmHg
PaCO2 mmHg

Conclusão:

Ojetivos do Tratamento:
Plano de tratamento:

Referências:

1- Romeiro V. Semiologia médica, 12º ed. Guanabara, 1982.

2- Hislop HJ e Montgomery J. Provas de função muscular, 6º ed. Guanabara Koogan:


Daniels & Worthingham, 1996.

3- Kendall FP, McCreary EK, Provance PG. Músculos: provas e Funções, 4º ed.
Baltimore: Williams & Wilkins, 1993.

4- Bethlem, N. Pneumologia / Newton Bethlem, 4º ed. São Paulo: editora Atheneu, 1995.

5- Task group on screening for respiratory disease in occupational settings. The task
group official statement of the American Thoracic Society. Am Ver Respir Dis 1982;
126:953-956