Você está na página 1de 11

Profº.

Luiz Carlos
CEFAPRO – RONDONÓPOLS
Janeiro/2011
O QUE É TRABALHO
COLABORATIVO
 Segundo Parrilla:

4. São aqueles em que todos os componentes


compartilham as decisões tomadas e são responsáveis
pela qualidade do que é produzido em conjunto
conforme suas possibilidades e interesses.
DEFINIÇÃO
 COLABORAÇÃO: trabalhar, produzir, desenvolver
atividades tendo em vista um determinado fim

 COOPERAÇÃO: operar, executar, fazer funcionar de


acordo com o sistema.
PSICOLOGIA E O TRABALHO
COLABORATIVO.
 VYGOTSKY; argumenta que as atividades realizadas
em grupo, de forma conjunta, oferecem enormes
vantangens , que não estão disponíveis em ambientes
com aprendizagem individualizada.

 Segundo ele, a imitação constitui-se em uma


atividade essencial na aprendizagem. O sujeito
desempenha um papel ativo e tem possibilidade de
desenvolver algo novo.
NÃO SOMOS UMA ILHA.
 O outro imprescindível. Sem ele o homem não
mergulha no mundo dos signos, não penetra no
mundo da linguagem, não se desenvolve, não realiza
aprendizagens, não ascende as funções psíquicas
superiores , não forma a sua consciência. (Freitas,
1997, pag. 320).

 As pessoas falam pela boca dos outros a princípio


depois, imprimem suas próprias palavras e impressões
sobre as temáticas
ZONA DE
DESENVOLVIMENTO PROXIMAL.
(Vygotsky).
 Aquilo que uma criança pode realizar hoje somente
com a ajuda ou em colaboração, amanhã poderá
realizar sozinha, de maneira independente e eficiente.

 A ZDP então, seria, a área onde estão esses


conhecimentos /essas habilidades que tem potencial
de ser internalizados /desenvolvidos por meio da
mediação de outros seres humanos ou de artefatos
culturais. Isso é aplicado a todo o ser humano em
qualquer idade. (Música...).
O ATO DE PENSAR.

 Ele está aninhado em atividades socialmente


organizadas e historicamente formadas,
apresentando, assim, um caráter interativo , dialógico
e argumentativo.
A IMPORTÂNCIA DO TRABALHO
COLABORATIVO ENTRE PROFESSORES.
 O trabalho colaborativo entre professores apresenta
potencial para enriquecer sua maneira de pensar , agir
e resolver situações-problemas , criando
possibilidades de sucesso à difícil tarefa pedagógica.

 Esse tipo de trabalho vem sendo considerado


importante a ponto de mudar radicalmente a
natureza do pensamento do professor.

 Até quando vamos trabalhar individualmente?


A ESCOLA BRASILEIRA SEGUNDO
MARTINS (2002)
 Há momentos de organização
2. Sala de professores
3. Conselho de Classe
4. Grupos que trabalham com as mesmas disciplinas
5. Horário de trabalho coletivo pedagógico.

 Esses espaços acabam sendo utilizados muito mais para atividades


burocráticas e resolução de situações-problemas emergenciais do que
criar uma espaço para a reflexão, planejamento e transformação de
sua prática educacional em atividades humanizadoras para sí mesmo
e para seus alunos.
A NOVA ESCOLA.
 A nova educação só pode nascer desta que aí está. O
novo professor já está aí, naqueles que estão
trabalhando ou se preparando para trabalhar na
educação brasileira. O desafio está na necessidade de
se superarem as sitações-problemas e se
encontrarem/criarem recursos para a transformação.

 Construir o possível significa explorar os limites, para


reduzí-los, e as alternativas de ação, para ampliá-las.
(Fusari e Rios. 1995).
BIBLIOGRAFIA

 DAMIANI, Magda Floriana. Entendendo o trabalho


colaborativo em Educação e revelando seus
benefícios. Revista Educar nº 31 , p. 213-230, 2008.
Editora UFPR.

Você também pode gostar