Você está na página 1de 26

Equação do

Segundo grau
Ano/Turma: 9° X
Professor: Luis Henrique Oliveira (Lu)
Anteriormente vimos algumas relações de igualdade como:

x-4=12
-5x²=-125
9-7x=3x+7

7x-49=294
x²=25

Agora vamos navegar para mares mais profundos, mares onde teremos apenas
equações onde a nossa incógnita tem expoente 2
Antes, vamos relembrar o que é uma equação do primeiro grau
Equações do primeiro grau são relações de igualdade que podem ser escritas na
forma

ax+b=0
1º membro 2º membro
Onde chamamos a e b de coeficientes e x de incognita. O coeficiente b é também
chamado de termo independente
Já a equação de segundo grau tem um pitchutchukinho a mais, sendo escrita como:

ax²+bx+c=0
1º membro 2º membro

Onde a, b e c são os coeficiente, e agora c é chamado de termo independente.


Quando algum dos coeficientes é zero, dizemos então que a equação é incompleta, já quando todos
os coeficientes são diferentes de zero, chamamos ela de equação completa.

A equação completa então é da forma: ax²+bx+c=0

A equação incompleta pode ter três formas diferentes:

b=0 ⟹ ax²+c = 0
c=0 ⟹ ax²+bx = 0
b=c=0 ⟹ ax² = 0
Se tivermos a equação 2mx²+(m-2)x-m=0, onde nossa incógnita é o x.
Temos que os coeficientes são:

a=2m b=m-2 c=m

Existe algum valor de m que transformaria essa equação em uma equação do primeiro grau?

Sim, se 2m for igual a zero teriamos apenas

(m-2)x-m=0

que é uma equação do primeiro grau


Se tivermos a equação 2mx²+(m-2)x-m=0, onde nossa incógnita é o x.
Temos que os coeficientes são:

a=2m b=m-2 c=m

Existe algum valor de m que transformaria essa equação em uma equação do segundo grau
incompleta?

Sim, se m=2 teriamos

2×2x²-2=0 ⟹ 4x²-2 = 0 ⟹ 2x²-1=0

Uma equação do segundo grau que tem o coeficiente b igual a zero


Se tivermos os seguintes retângulos:

x+4
10-x

x-1 Área: (7x-4)m²

x+1 Área: (9x-6)m²

Como descobrimos os comprimentos dos lados de cada retângulo?


10-x Como a área do retângulo é dada pelo produto dos lados, temos que:

Área = (x+1)(10-x)

x+1 Área: (9x-6)m² Mas já nos foi informado que Área = 9x-6

Essas áreas devem ser iguais, então

(x+1)(10-x)=9x-6

Fazendo a distributiva de (x+1)(10-x) temos 10x-x²+10-x = 9x-x²+10, reorganizando os termos fica


-x²+9x+10
10-x Assim então, escrevendo essa expansão igual a area dada temos

-x²+9x+10=9x-6

x+1 Área: (9x-6)m² subtraindo 9x dos dois lados da igualdade ficamos com

-x²+9x+10-9x=9x-6-9x ⟹ -x²+10=-6

Somando 6 dos dois lados da igualdade ficamos com

-x²+10+6=-6+6 ⟹ -x²+16=0

Ou seja, uma equação do segundo grau incompleta, pois o coeficiente b=0


10-x Nesse caso vamos deixar o termo independente do outro lado da
igualdade, então

-x²=-16
x+1 Área: (9x-6)m²
Vamos multiplicar os dois lados da igualdade por (-1)

-x²(-1)=-16(-1) ⟹ x²=16

Tirando a raiz quadrada dos dois lados ficamos com


√x² = √(16) ⟹ x = ±4
Se -4 fosse solução teriamos um problema, pois o lado x+1 teria comprimento -4+1=-3, mas como
reguas não medem numeros negativos, vamos considerar so o +4 então
10-x 10-x = 10-4 = 6m
x+1 = 4+1 = 5m
9x-6 = 9×4-6 = 36-6 = 30m²
Portanto os lados do retângulo são 6m e 5m para uma Área de 30m²
x+1 Área: (9x-6)m²
x+4
Como a área do retângulo é dada pelo produto dos
Área: (7x-4)m² lados, temos que:
x-1
Área = (x-1)(x+4)

Mas já nos foi informado que Área = 7x-4

Essas áreas devem ser iguais, então

(x-1)(x+4)=7x-4

Fazendo a distributiva de (x-1)(x+4) temos x²+4x-x-4 = x²+3x-4


x+4
Igualando as áreas temos
x-1 Área: (7x-4)m²
x²+3x-4 = 7x-4

Somando 4 dos dois lados da igualdade temos


x²+3x-4+4 = 7x-4+4 ⟹ x²+3x = 7x

Subtraindo 7x dos dois lados da igualdade

x²+3x-7x = 7x-7x ⟹ x²-4x = 0

Uma equação do segundo grau incompleta, pois o termo independente é igual a zero
x+4
Nesse caso vamos colocar o x em evidência

x-1 Área: (7x-4)m² x(x-4)=0

Temos então um produto de dois termos igual a zero


Então ou x=0 ou (x-4)=0 ⟹ x=4

Se 0 fosse solução teriamos um problema, pois o lado x-1 teria comprimento 0-1=-1, mas
novamente as réguas não medem distâncias negativas, vamos então usar x=4

x-1 = 4-1 = 3m
x+4 = 4+4 = 8m
7x-4 = 7×4-4 = 28-4 = 24m²
Portanto os lados do retângulo são 3m e 8m para uma Área de 24m²
Um caso muito sem graça, mas que acontece, é a equação de segundo grau incompleta que tem
tanto o coeficiente b quanto o coeficiente c iguais a zero

ax²=0

Lembrando que a é um numero qualquer e diferente de zero, podemos então dividir dos dois lados
da igualdade por a, ficando com a expressão na forma

x²=0

Então descobrimos que x=0


Então, equações do segundo grau incompleta podem ser resolvidades calculando uma raiz ou então
resolvendo uma equação do primeiro grau

ax²+bx = 0 ax²+c = 0
x(ax-b) = 0 x² = -c
a

{
x=0
-b

ax+b = 0 ⟹x= x=± -c
a a
Os gregos tinham um jeito bem geométrico pra resolver equações do segundo grau completas, esse
método é chamado de

Completar Quadrados

Se tivermos a equação x²+8x-9=0, podemos reescrever como x²+8x=9, os gregos intepretavam isso
como:

"Temos um quadrado de lado x e um retângulo de lados x e 8, a soma das áreas é igual a 9"

x x

x 8
Podemos ainda repartir esse retângulo de lados x e 8 em dois retângulos de lados x e 4

x x x

x 4 4
Podemos organizar esses retângulos a modo de quase formar um "quase quadrado"
4

x x

x 4
Assim então temos um "quase quadrado" que conhecemos a área onde falta um outro quadrado pra
completar esse nosso "quase quadrado" em um quadrado

x+4
x x + 4 =

4
x 4 x+4

Área = 9 + Área = 16 = Área = 25

E então temos que (x+4)(x+4)=25, ou melhor, que (x+4)²=25, que podemos aplicar a raiz dos dois
lados da igualdade e ficamos com x+4=±5
Então precisamos apenas resolver o sistema de equações do primeiro grau

{ x+4 = 5 ⟹ x= 1
x+4 =-5 ⟹ x=-9
Bem, os gregos sequer iriam chegar na solução x = -9, pois naquela época eles não tinham
conhecimento dos números inteiros. Mas como nós já vimos várias e várias vezes números inteiros,
vamos ficar com essas duas soluções, S={-9,1}.

Mas vamos verificar se realmente esses valores satisfazem nossa equação, podemos ter errado algo

x²+8x-9=0
se x=1 se x=-9
1²+8×1-9=0 (-9)²+8×(-9)-9=0
1+8-9=0 81-72-9=0
9-9=0 81-81=0
0=0 certinho 0=0 certinho
Uma forma mais algébrica e atual é por

Fatoração

Se tivermos a equação x²-14x+49=9

Temos que o primeiro membro é um trinômio quadrado perfeito, podemos então escrever como

x²-14x+49 = 9
(x-7)(x-7) = 9
Trinômios Quadrados Perfeitos
(x-7)² = 9 são expressões que podem ser obtidas a
partir do quadrado da soma ou da
subtração

(a+b)²=(a+b)(a+b)=a²+2ab+b²
(a-b)²=(a-b)(a-b)=a²-2ab+b²
A fatoração pode ser feita no caso onde não temos quadrados perfeitos
Se tivermos a equação x²+x-6=0
podemos encontrar a resolução pela soma e produto
a+b = 1
ab = -6
Podemos fatorar 6 como 6 = 2×3
Logo -6 = -2×3 ou -6 = 2×(-3)
Resolução Pela Soma E Produto
são expressões que podem ser obtidas a partir
do produto de duas equações do primeiro grau
de modo que um termo seja comum
{ -2 + 3 =1
2 +(-3)=-1
Então temos a = -2 e b = 3 e portanto
(x+a)(x+b)=x²+(a+b)x+ab
(x-2)(x+3)=0, portanto ou (x-2) = 0 ou (x+3) = 0, equações do
primeiro grau
(x-7)² = 9

aplicando a raiz dos dois lados da igualdade

√(x-7)² = √9
x-7=±3

Novamente caimos em um sistema de equação do primeiro grau

{ x-7 = 3 ⟹ x = 10
x-7 =-3⟹ x = 4

E temos nossas soluções x = 10 e x = 4, S={4,10}


Atividades

Colocamos R$100,00 em um conta bancária para render um dinheirinho. Após 1 ano vamos lá e
retiramos esses R$100,00 e deixamos o dinheiro que rendeu guardado nessa conta para continuar
rendendo. Após um ano, resolvemos resgatar todo o dinheiro da conta, e ao fazer isso sacamos
R$200,00. Quanto foi a taxa de rendimento anual?

Primeiro vamos colocar R$100,00 na conta e deixar apenas o que rendeu


Formulas de Juros no primeiro ano, nesse caso c=100 reais, i não sabemos e t = 1 ano
J=100×i×1=100i
J=cit
M=c(1+it) Depois deixamos só esse rendimento por mais 1 ano e adquirimos
R$200,00, então M=200, c=J=100i, i não sabemos e t=1ano
ção do
equa
200=100i(1+i×1) ⟹ 100i²+100i-200=0 Uma do grau
segun
Atividades

Vamos supor que você possui um terreno quadrado de esquina de uma rua e tem de cada lado um
tio como vizinho. Como seus tios te amam e te apoiam em tudo que faz eles te doam, cada um, 5m
de terreno medindo pela calçada. Depois disso você pede pra prefeitura medir seu terreno e fica
sabendo que agora seu terreno tem 625m². Qual era o tamanho inicial do seu terreno?

Se chamarmos o lado do terreno antes de ser expandido de lado, o


5 quadrado interior tem area lado×lado, mas as informações que temos é
sobre a área atual, que tem cada lado igual a (lado+5), assim com área de
(lado+5)×(lado+5)=lado²+10×lado+25=625
çã o do
lado a equa
Um do gr au
lado²+10lado-600=0 segun
lado 5
Boa semana a todos

Você também pode gostar