Você está na página 1de 7

Componentes: -Adrielle Fontes D’Antonio

-Carla Silva Rodrigues


-Clislem Keila Alves Neres
-Esteir Palhares da Silva Junior
-Fernanda Pereira da Silva
- Jéssica Santos Lima
- Lucas Santos Lemos
-Lucas Vidigal Ribeiro
-Luiza Carvalho Lessa De Oliveira
-Vivian Soares de Andrade
- Talena Tacilla Oliveira Santos

TIPOS DE PROTESES

PACIENTES TOTALMENTE EDÊNTULOS

PROTESE REMOVIVEL – OVERDENTURES

Indicada para pacientes que não possuem destrezas manuais, pacientes


com poucas condições financeiras.

Vantagens:

Estabilidade da prótese dentária ao falar ou mastigar;

✓ Elimina ou alivia as dores mastigatórias e cortes em gengiva;

✓ Preço mais em conta;

✓ Estética mais favorável (menor volume do corpo do dispositivo);


✓ Menor necessidade para enxertos ósseos e gengivais;

✓ Simplicidade da técnica;

✓ Possibilidade para remoção pelo próprio paciente (em alguns casos).

Desvantagens:

✓ Extensão do corpo da prótese (quase o mesmo tamanho de


dentaduras convencionais);

✓ Eficiência mastigatória e estética inferior à prótese dentária protocolo;

✓ Necessita de trocas anuais dos sistemas de encaixes;

✓ Só pode ser confeccionada com resinas acrílicas convencionais.

PROTESE FIXA - PROTOCOLO

Indicação:

 Paciente deve apresentar quantidade e qualidade óssea suficientes para


a instalação dos implantes, sendo o implante mais distal de pelo menos
10mm.
 Deve ter uma relação maxilomandibular favorável que permita uma
disposição “fisiológica” do arco dentário, relação classe I e distancia
intermaxilar pequena.
 Permitir a disposição dos implantes no arco correta, tomando de 15 a
20mm a distancia entre o implante mais anterior e o mais posterior,
bilateralmente.

Vantagens:
 Manutenção de volume ósseo

 Manutenção da dimensão vertical

 Melhor fonação

 Melhor desempenho mastigatório

 Aumento da força mastigatória

 Melhor retenção

Desvantagens:

 Higienização

 Não garante suporte labial para os indivíduos que apresentam grandes


reabsorções alveolares;

 Necessita de procedimentos cirúrgicos para instalação de implantes

 Individuo com sorriso gengival a estética ficara comprometida

 Custo elevado

 Necessita de maior disponibilidade óssea.

PACIENTES PARCIALMENTE ENDÊNTULOS

PROTESES MULTIPLAS

Indicada para suprir dentes perdidos seqüencialmente.

 PARAFUSADAS
Vantagens:

 Reversibilidade
 Uso em regiões com limitado espaço interoclusal
 Melhor adaptação entre os componentes
 protéticos após o torque final

Desvantagens:

 Dificuldades para obtenção de corretos contornos anatômicos em


anteriores;
 Maior custo;
 Penetração bacteriana na interface coroa/pilar;
 Dificuldades estéticas se os implantes não estiverem bem posicionados;
 Oclusão e estética dos orifícios.

PROTESES CIMENTADAS

Vantagens

 Melhor estética
 Facilidade de adaptação passiva em próteses múltiplas
 Estabilidade de contatos oclusais

Desvantagens:

 Irreversibilidade;
 Pouca retenção em casos de coroa clínica curta;
 Problemas inerentes à cimentação;
 Perda da prótese se ocorrer desaperto de parafuso.

PROTESES UNITÁRIAS

Indicação: Quando se trata de perda dentaria unitária com dentes vizinhos


hígidos.
Vantagens:

 Maior longevidade que a da prótese parcial fixa;


 Não requer preparos de dentes adjacentes;
 Diminui o risco de carie nos dentes adjacentes;
 Melhora a higienização;
 Diminui o risco de sensibilidade e de contatos na raiz e ao frio nos
dentes adjacentes;
 Melhora a estética dos pilares protéticos
 Manutenção do osso no espaço edêntulo;
 Diminui o risco de perda dos dente pilar.

Desvatagens:

 Custo
 Necessidade de maior tempo de tratamento
 Conseqüências do insucesso do implante.

PROTESES PARAFUSADAS

Indicadas para pequenos espaços entre os arcos, tendo boa


resolubilidade em casos de coroas clínicas curtas. Além disso, sua
reversibilidade é um item importante, sobretudo em casos mais
extensos.

Vantagens:

 Possibilidade de remoção periódica


 Possibilidade de reintervenção cirúrgica
 Possibilidade de reparo ou modificação da prótese após perda de
um implante;
 Possibilita avaliação da higiene oral e sondagem do tecido
periimplantario.
Desvantagens:

 Maior comprometimento da oclusão;


 Maior chances de complicações e problemas protéticos
 Sobrecarga mecânica e/ou biomecânica
 Desempenho errôneo da prótese;
 Afrouxamento do parafuso;
 Fratura de dentes parafusos

PROTESES CIMENTADAS

Indicação: dentes anteriores e coroas unitárias

Vantagens:

 Metodo mais simples


 Custo
 Facilidade de confecção
 Permite o posicionamento da prótese sobre implante que estão fora do
alinhamento;
 Possibilidade de reproduzir contorno gengival no pilar, uniformizando o
sulco gengival;
 Melhor assentamento passivo;
 Melhor direcionamento das forças axiais
 Menor complexidade dos componentes;
 Maior retenção
 Maior resistência a fratura de porcelana;

Desvantagens

 Quando há falhas nas cimentações ou fratura do pilar,será um problema


serio a remoção do munhão do implante, sem danificar o mesmo;
 Prótese só será utilizada quando existir uma relação coroa/implante
favorável;