Você está na página 1de 4

TEORIA CRÍTICA DA ARQUITETURA - CCE2129

TEORIA CRÍTICA DA ARQUITETURA (31/10/2019)


Contextualização
A proposta do Curso de Arquitetura e Urbanismo tem como um dos seus primeiros
pontos de partida o princípio da integração teoria-prática. Assim, o curso se estrutura a
partir dos Ateliês e Laboratórios como espaços da prática interdisciplinar, onde as
disciplinas de projeto atuam como o eixo articulador e integrador de todos os conteúdos
- momento de reflexão, aplicação e consolidação da articulação teoria-prática.

A disciplina Teoria Crítica da Arquitetura faz parte da articulação teoria -prática, sendo
de suma importânciapara o aluno no seu ciclo básico, esta disciplina é um ponto em
comumentre oEixo Temático de Teoria e História e o Eixo dos Ateliêsde Projeto,
previstos no Projeto Pedagógico do curso.Nesta disciplina, a teoria da arquitetura deve
ser apresentadas ao estudante de forma articulada, estabelecendo diálogos com os
principais manifestações na produção arquitetura e urbanística e seus críticos, de uma
forma narrativa e analítica.

Ementa
O papel e a importância da arquitetura para a evolução da sociedade. O papel da teoria
crítica para a prática do projeto de arquitetura. Conceitos básicos e interpretações
clássicas sobre arquitetura e sua aplicação nas edificações e cidades. O legado das
discussões teóricasda arquitetura para o entendimento e a prática arquitetônica
contemporânea.

Objetivos Gerais
Relacionar teoria e prática em arquitetura, desenvolvendo pensamento crítico e reflexivo;
Obter repertório arquitetônico de modo a preparar-se para a estruturação compositiva dos
projetos;
Compreender as relações entre arquitetura, sociedade e contexto histórico-cultural;
Aprender através da interação entre teoria e prática.

Objetivos Específicos
Aumentar o vocabulário relacionado ao campo específico da arquitetura;
Conhecer estratégias de projeto e construção em cada momento da produção
arquitetônica e urbanística, e suas possíveis repercussões na atualidade;
Compreender a inter-relação entre os campos da arquitetura e do urbanismo;
Obter repertório arquitetônico de modo a preparar-se para a defesa oral e escrita de
projetos.
Conteúdos
Unidade I - A história do Projeto de Arquitetura.
- Linha do Tempo da Evolução da arquitetura.
- Arquitetura de Ferro - Movimentos Artísticos do século XX e As Feiras Internacionais -
Paxton, Morris, Horta, Gaudi, Thonet.
- Arquitetura Objetiva ou anti expressionista - Modernismo, De Stijl - Gropius/Bauhaus ;
Lecorbusier/ Do-mi-no , Van Doesburg / MECANO,FranK Lloyd Write
- Arquitetura e Expressão Cultural - Rapoport, Aldo Rossi, Graves / Post Moderno. -
Renzo Piano, Tadao Ando, Rem Koolhaas, Haddid /Contemporaneidade.

Unidade II - Arquitetura Manifesto Humanista


- Arquitetura e os Movimentos socioeconômicos - Paralelismo das partidas: Gótico vs
Renascimento ---- Estilo Internacional vs Pós Moderno.
- Arquitetura e a Perfeição: Regras do Jogo - Proporção Áurea na Arquitetura - O
Estruturalismo Brutalista - Decon(s)trutivismo .
-Arquitetura Planetária de Subsistência e o retorno aos coletivos construtores. Arquitetura
Bioclimática- Arquitetura Sustentável, Arquitetura Possível. Gian Carlo Argan /
Arquitetura e Cidade.

Unidade III -Arquitetura além da Dimensão Física


- Arquitetura e Espetáculo - Espaços para o Drama - Bernini , Borromini e Guarini
Barroco Italiano/ Le Nôtre, Ange Jacques Gabriel, Perrault - Barroco Francês e a
Cenografia hoje.
- Arquitetura de Poder e Espaços Monumentais- Clássico: Ontem ,, Hoje e Sempre:
Summerson/ ART DECO , Las Vegas - New York - Tókio - Dubai Cidades Vitrines.
- Arquitetura e Identidade - Evolução da Arquitetura Brasileira - Linha do Tempo.
Arquitetura colonial, barroca, do Imperio e Modernismo Brasileiro
Metodologia de Analise Arquitetonica, Elaboracao do Catalogo interativo visual e
remissivo.

Procedimentos de Avaliação
Os procedimentos de avaliação contemplam tanto os conteúdos, competências e
habilidades desenvolvidos durante a sala de aula presencial quanto aqueles trabalhados a
partir dos roteiros de estudos e da realização de atividades de campo.

As avaliações compreenderão três etapas: Avaliação 1 (AV1), Avaliação 2 (AV2) e


Avaliação 3 (AV3).

As avaliações poderão ser realizadas por meio de provas teóricas, provas práticas, e
realização de projetos ou outros trabalhos, representando atividades acadêmicas de
ensino, de acordo com as especificidades de cada disciplina. A soma de todas as
atividades que possam vir a compor o grau final de cada avaliação não poderá ultrapassar
o grau máximo de 10, sendo permitido atribuir valor decimal às avaliações.
A AV1 consistirá na realização e/ou na entrega da(s) atividade(s) solicitadas sobre o
conteúdo ministrado até o momento.

As AV2 e AV3 abrangerão todo o conteúdo da disciplina.

Para aprovação na disciplina o aluno deverá:

1. Atingir resultado igual ou superior a 6,0, calculado a partir da média aritmética entre os
graus das avaliações, sendo consideradas apenas as duas maiores notas obtidas dentre as
três etapas de avaliação (AV1, AV2 e AV3). A média aritmética obtida será o grau final
do aluno na disciplina.

2. Obter grau igual ou superior a 4,0 em, pelo menos, duas das três avaliações.

3. Frequentar, no mínimo, 75% das aulas ministradas.

Bibliografia Básica
CHING, Francis D. K. História Global da Arquitetura. 3a ed.. Porto Alegre: Bookman,
2019.
Disponível em:
https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788582605127/pageid/0

FAZIO, Michael, MOFFET, Marian, WODEHOUSE, Lawrence. A história da


Arquitetura Mundial. 3a ed.. Porto Alegre: AMGH, 2011.
Disponível em:
https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788580550382/pageid/0

GIROTO, Ivo. Teoria Crítica da Arquitetura. Rio de Janeiro: SESES, 2016.


Disponível em:
http://repositorio.savaestacio.com.br/site/index.html#/objeto/detalhes/10DA322E-9FE7-
4E17-A72A-C8922CFBCEE4

Bibliografia Complementar
ALONSO PEREIRA, José Ramón. Introdução à história da arquitetura [recurso
eletrônico]. Porto Alegre: Bookman, 2010.
Disponível em:
https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788577806645/pageid/1

CAVALCANTI, Lauro. Moderno e Brasileiro - A história de uma nova linguagem na


arquitetura (1930-60). Rio de Janeiro: ZAHAR, 2006.
Disponível em: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788537803929/

NUNES-FERREIRA, Carlos Eduardo. Teoria e História das Cidades. Rio de Janeiro:


SESES, 2017.
Disponível em:
http://repositorio.savaestacio.com.br/site/index.html#/objeto/detalhes/01D7882D-26CB-
44A5-99B0-67FE61037430

SCOPEL, Vanessa Guerini, ALLEGRETTI, Carla Andrea Lopes, WAGNER Juliana,


GIORA Tiago, MANO Cássia Morais, HUYER André. Teoria e história da arquitetura
e urbanismo I. Porto Alegre: SAGAH, 2018.
Disponível em:
https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788595024250/pageid/0

Outras Informações

Você também pode gostar