Você está na página 1de 11

Questionário de Crenças Pessoais - Beck

Nome:__________________________________________________________________ Data:____________________
Por favor, leia as afirmações abaixo e avalie quanto acredita em cada uma delas. Tente estimar como você se sente sobre cada afirmação a maior
parte do tempo.

4 3 2 1 0
|______________________|______________________|_____________________|__________________________|
Acredito totalmente Acredito muito Acredito moderadamente Acredito um pouco Não acredito nem um pouco

QUANTO VOCÊ ACREDITA NISSO?


Totalmente Muito Moderadamente Um Nem um
pouco pouco
4 3 2 1 0
1 Sou socialmente inapto e indesejável em situações sociais ou de
trabalho
2 As outras pessoas são potencialmente críticas, indiferentes,
humilhantes ou rejeitadoras
3 Não consigo tolerar sentimentos desagradáveis
4 Se as pessoas se aproximarem de mim, irão descobrir meu eu
“verdadeiro” e me rejeitarão
5 Ser exposto como inferior ou inadequado será intolerável
6 Eu deveria evitar situações desagradáveis a todo custo
7 Se eu sentir ou pensar algo desagradável, deveria tentar apagá-lo
ou me distrair (por exemplo, pensar em outra coisa, tomar uma
bebida, me drogar ou assistir televisão)
8 Eu deveria evitar situações nas quais atraio a atenção, ou ser tão
discreto quanto possível
QUANTO VOCÊ ACREDITA NISSO?
Totalmente Muito Moderadamente Um Nem um
pouco pouco
4 3 2 1 0
9 Sentimentos desagradáveis irão intensificar-se e ficar fora de
controle
10 Se outros me criticam, eles devem estar certos
11 É melhor não fazer nada do que tentar algo que possa não dar certo
12 Se não penso sobre um problema, não tenho de fazer nada a
respeito
13 Quaisquer sinais de tensão em um relacionamento indicam que ele
vai mal; portanto, eu poderia tentar rompê-lo
14 Se eu ignorar um problema, ele desaparecerá
15 Sou carente e fraco
16 Preciso de alguém por perto todo o tempo para me ajudar a fazer o
que preciso ou no caso de algo ruim acontecer
17 A pessoa que cuida de mim pode ser estimulante, incentivadora e
confidente – se quiser ser
18 Fico indefeso quando sou deixado por conta própria
19 Sou basicamente solitário – a menos que possa me vincular a uma
pessoa mais forte
20 A pior coisa possível seria ser abandonado
21 Se não sou amado, serei sempre infeliz
22 Não devo fazer nada que ofenda quem me apóia ou me ajuda
23 Devo ser subserviente para manter sua boa vontade
24 Devo preservar o acesso a ele ou ela o tempo todo
25 Devo cultivar um relacionamento tão íntimo quanto possível
26 Não consigo tomar decisões por conta própria
27 Não consigo lidar com as pessoas da mesma forma que os outros
QUANTO VOCÊ ACREDITA NISSO?
Totalmente Muito Moderadamente Um Nem um
pouco pouco
4 3 2 1 0
28 Preciso que outros me ajudem a tomar decisões ou me digam o
que fazer
29 Sou auto-suficiente, mas preciso de outras pessoas que me ajudem
a alcançar meus objetivos
30 A única maneira pela qual posso preservar meu auto-respeito é me
afirmando indiretamente; por exemplo, não seguindo exatamente
as instruções
31 Gosto de estar vinculado a pessoas mas não me disponho a pagar o
preço de ser dominado
32 Figuras de autoridade tendem a ser invasivas, exigentes,
intrometidas e controladoras
33 Tenho de resistir à dominação das autoridades mas, ao mesmo
tempo, manter sua aprovação e aceitação
34 Ser controlado ou dominado pelos outros é intolerável
35 Tenho de fazer as coisas do meu jeito
36 Estabelecer prazos, cumprir exigências e me conformar
representam ataques diretos a meu orgulho e auto-suficiência
37 Se seguir as regras de maneira que as pessoas esperam, isso irá
inibir minha liberdade de ação
38 É melhor não expressar minha raiva diretamente mas mostrar
minha insatisfação não me conformando
39 Sei o que é melhor para mim e os outros não devem me dizer o
que fazer
40 As regras são arbitrárias e me sufocam
41 As outras pessoas são com freqüência demasiadamente exigentes
QUANTO VOCÊ ACREDITA NISSO?
Totalmente Muito Moderadamente Um Nem um
pouco pouco
4 3 2 1 0
42 Se considero as pessoas muito mandonas, tenho o direito de
desconsiderar suas exigências
43 Sou totalmente responsável por mim e pelos outros
44 Tenho de depender de mim para que as coisas sejam feitas
45 Os outros tendem a ser muito casuais, frequentemente
irresponsáveis, auto-indulgentes ou incompetentes
46 É importante ser perfeito em tudo que faço
47 Preciso de ordem, sistemas e regras para realizar um trabalho
adequado
48 Se não tiver sistemas, tudo vai desmoronar
49 Qualquer imperfeição ou falha no desempenho pode levar a uma
catástrofe
50 É necessário se ater aos padrões mais elevados todo o tempo, ou as
coisas vão desmoronar
51 Preciso ter o controle completo de minhas emoções
52 As pessoas deveriam fazer as coisas à minha maneira
53 Se eu não tiver um desempenho no nível mais elevado, vou
fracassar
54 Desvios, defeitos ou erros são intoleráveis
55 Os detalhes são extremamente importantes
56 Meu jeito de fazer as coisas é geralmente o melhor
57 Tenho que cuidar de mim mesmo.
58 A melhor maneira de conseguir as coisas é através da força ou
astúcia.
59 Vivemos em uma selva e o mais forte é quem sobrevive
QUANTO VOCÊ ACREDITA NISSO?
Totalmente Muito Moderadamente Um Nem um
pouco pouco
4 3 2 1 0
60 As pessoas vão me pegar senão pegá-las primeiro.
61 Não é importante cumprir promessas ou honrar dívidas.
62 É certo mentir e trapacear , desde que você não seja pego.
63 Fui tratado injustamente e tenho o direito à minha justa parcela por
quaisquer meios que consiga.
64 Os outros são fracos e merecem ser excluídos.
65 Se eu não pressionar outras pessoas, serei pressionado.
66 Eu devo fazer qualquer coisa para me safar.
67 O que os outros pensam de mim realmente não importa.
68 Se quero alguma coisa, devo fazer tudo para conseguí-la.
69 Consigo me safar, então não preciso me preocupar com as
conseqüências negativas.
70 Se as pessoas não conseguem cuidar de si mesmas, isso é
problema delas.
71 Sou uma pessoa muito especial.
72 Como sou tão superior, tenho o direito a tratamento e privilégios
especiaisl.
73 Não tenho de me ater às regras que se aplicam aos outros.
74 É muito importante ter reconhecimento, receber elogios e ser
admirado.
75 Se os outros não respeitam meu status, devem ser punidos.
76 Os outros deveriam satisfazer minhas necessidades.
77 Os outros deveriam reconhecer o quanto sou especial.
78 É intolerável se não me dão o devido respeito ou se não tenho o
que me é de direito.
QUANTO VOCÊ ACREDITA NISSO?
Totalmente Muito Moderadamente Um Nem um
pouco pouco
4 3 2 1 0
79 Os outros não merecem a admiração ou a riqueza que possuem.
80 As pessoas não têm o direito de me criticar.
81 As necessidades de ninguém deveriam interferir nas minhas.
82 Já que sou tão talentoso, as pessoas deveriam dar um jeito de
promover minha carreira.
83 Só pessoas tão brilhantes quando eu me compreendem.
84 Tenho todas as razões para esperar coisas grandiosas.
85 Sou uma pessoa interessante e excitante.
86 Para ser feliz preciso que outras pessoas prestem atenção em mim.
87 A menos que entretenha ou impressione as pessoas, não sou nada.
88 Se não conseguir manter os outros envolvidos comigo, eles não
vão gostar de mim.
89 A maneira de conseguir o que quero é impressionando ou
divertindo as pessoas.
90 Se as pessoas não reagem de forma muito positiva em relação a
mim, elas não prestam.
91 É terrível ser ignorado(a).
92 Devo ser o centro das atenções.
93 Não preciso me incomodar em pensar nas coisas – posso seguir
conforme meu “pressentimento”.
94 Se mantiver as pessoas entretidas, elas não vão perceber minha
fraqueza.
95 Não consigo tolerar o tédio.
96 Se tenho vontade de fazer algo, devo ir em frente e fazê-lo.
QUANTO VOCÊ ACREDITA NISSO?
Totalmente Muito Moderadamente Um Nem um
pouco pouco
4 3 2 1 0
97 As pessoas vão prestar atenção em mim somente se eu agir de
maneiras extremas.
98 Sentimentos e intuição são muito mais importantes que
pensamento e planejamento racionais.
99 Não importa o que as outras pessoas pensam de mim.
100 É importante para mim ser livre e não depender dos outros.
101 Gosto mais de fazer as coisas sozinho do que com outras pessoas.
102 Em muitas situações fico melhor sozinho.
103 Não sou influenciado pelos outros naquilo que decido fazer.
104 Relacionamentos íntimos não são importantes para mim.
105 Estabeleço meus próprios padrões e objetivos.
106 Minha privacidade é muito mais importante do que a proximidade
com outras pessoas.
107 O que outras pessoas pensam não me importa.
108 Posso dar conta das coisas sozinho sem a ajuda de ninguém.
109 É melhor estar sozinho do que ficar preso às outras pessoas.
110 Não devo confiar nos outros.
111 Posso usar os outros para meus propósitos desde que não fique
envolvido com eles.
112 Os relacionamentos são confusos e interferem na liberdade.
113 Não posso confiar nos outros.
114 Os outros têm razões ocultas.
115 Os outros tentarão me usar ou manipular se eu não tomar cuidado.
116 Preciso estar alerta todo o tempo.
117 Não é seguro confiar nos outros.
QUANTO VOCÊ ACREDITA NISSO?
Totalmente Muito Moderadamente Um Nem um
pouco pouco
4 3 2 1 0
118 Se as pessoas agirem amigavelmente, podem estar tentando me
usar ou me explorar.
119 As pessoas se aproveitarão de mim se eu lhes der a chance.
120 Na maioria das vezes, os outros são hostis.
121 As pessoas tentarão deliberadamente me diminuir.
122 Com freqüência as pessoas deliberadamente procuram me
aborrecer.
123 Terei sérios problemas se deixar escapar impunemente quem me
maltrata.
124 Se os outros descobrirem coisas a meu respeito, vão usá-las contra
mim.
125 As pessoas geralmente dizem uma coisa mas pensam outra.
126 A pessoa de quem sou próximo pode ser desleal ou infiel.
Escores-Z dos grupos em comparação

Escala QCO Escore Escore Z Pacientes com Pacientes sem


Bruto transtorno de transtorno de
personalidade personalidade.
correspondente
Esquivo Soma dos itens = (Escore bruto -18,8) /10,9 0,62 -0,69
1-14
Dependente Soma dos itens = (Escore bruto -18,0) /11,8 0,83 -0,49
15-28
Passivo-Agressivo Soma dos itens 29-42 = (Escore bruto – 19,3)/10,5 Sem dados - 0,38
Obsessivo- Soma dos itens 43-56 = (Escore bruto – 22,7)/11,5 0,31 - 0,51
Compulsivo
Anti-social Soma dos itens 57-70 = (Escore bruto – 9,3)/6,8 0,31 - 0,18
Narcisista Soma dos itens 71-84 = (Escore bruto – 10,0)/7,6 1,10 - 0,38
Histriônico Soma dos itens 85-98 = (Escore bruto – 14,0)/9,3 Sem dados - 0,29
Esquizóide Soma dos itens 99- = (Escore bruto – 16,3)/8,6 Sem dados - 0,14
112
Paranóide Soma dos itens 113- = (Escore bruto – 14,6)/11,3 0,51 - 0,55
126
Limitrofe ou Soma dos itens = (Escore bruto – 15,8)/10,5 0,77 - 0,65
Borderline 4,9,13,15,16,18,
27,60, 97, 113, 116,
119, 125 e 126

Obs. Os escores Z são baseados em uma amostra de 756 pacientes ambulatoriais psiquiátricos com diagnósticos mistos.
Escala
QCP