Você está na página 1de 2

Superior

Tribunal de Justiça

Jurisprudência do STJ

Documento 1
RECURSO REPETITIVO
Pesquisa de tema: Tema Repetitivo 677
Situação do tema: Trânsito em Julgado
Pesquisa de Repetitivos e IACs Organizados por Assunto

Processo

REsp 1348640 / RS
RECURSO ESPECIAL
2012/0214050-3

Relator(a)
Ministro PAULO DE TARSO SANSEVERINO (1144)

Órgão Julgador

CE - CORTE ESPECIAL

Data do Julgamento

07/05/2014

Data da Publicação/Fonte

DJe 21/05/2014

Ementa
RECURSO ESPECIAL REPRESENTATIVO DE CONTROVÉRSIA. CIVIL E PROCESSUAL CIVIL.
COMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES. CUMPRIMENTO DE SENTENÇA. DEPÓSITO JUDICIAL. JUROS DE MORA
E CORREÇÃO MONETÁRIA. ENCARGO DA INSTITUIÇÃO DEPOSITÁRIA. 1. Para fins do art. 543-C do
CPC: "Na fase de execução, o depósito judicial do montante (integral ou parcial) da condenação
extingue a obrigação do devedor, nos limites da quantia depositada". 2. Aplicação da tese ao caso
concreto. 3. RECURSO ESPECIAL PROVIDO.

Acórdão

Vistos e relatados estes autos em que são partes as acima indicadas, decide a Egrégia CORTE
ESPECIAL do Superior Tribunal de Justiça, após o voto-vista do Sr. Ministro Ari Pargendler
acompanhando o voto do Sr. Ministro Relator e os votos dos Srs. Ministros Gilson Dipp, Nancy
Andrighi, Laurita Vaz, João Otávio de Noronha, Humberto Martins, Maria Thereza de Assis Moura,
Herman Benjamin, Napoleão Nunes Maia Filho e Jorge Mussi, no mesmo sentido, por unanimidade,
conhecer e dar provimento ao recurso especial, nos termos do voto do Sr. Ministro Relator. Os Srs.
Ministros Sidnei Beneti, Ari Pargendler, Gilson Dipp, Nancy Andrighi, Laurita Vaz, João Otávio de
Noronha, Humberto Martins, Maria Thereza de Assis Moura, Herman Benjamin, Napoleão Nunes Maia
Filho e Jorge Mussi votaram com o Sr. Ministro Relator. Não participaram do julgamento os Srs.
Ministros Francisco Falcão e Arnaldo Esteves Lima. Ausente, justificadamente, o Sr. Ministro Og
Fernandes.
/
Notas

Julgado conforme procedimento previsto para os Recursos Repetitivos no âmbito do STJ.

Tese Jurídica

"Na fase de execução, o depósito judicial do montante (integral ou parcial) da condenação extingue a
obrigação do devedor, nos limites da quantia depositada".

Veja o Tema Repetitivo 677

Referência Legislativa

LEG:FED LEI:005869 ANO:1973


***** CPC-73 CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 1973
ART:0543C

LEG:FED RES:000008 ANO:2008


(SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA - STJ)

LEG:FED SUM:******
***** SUM(STJ) SÚMULA DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
SUM:000179 SUM:000271

LEG:FED LEI:010406 ANO:2002


***** CC-02 CÓDIGO CIVIL DE 2002
ART:00314

Jurisprudência Citada
(EXECUÇÃO - DEPÓSITO JUDICIAL - JUROS DE MORA E CORREÇÃO MONETÁRIA -
RESPONSABILIDADE DO DEVEDOR) STJ - EREsp 1306735-MG, EREsp 119602-SP, REsp 783596-RJ,
REsp 138104-SP, REsp 1107447-PR

| de 23/04/2020 20:30:00.
Versão 1.0.233

+55 61 3319-8000

Você também pode gostar