Você está na página 1de 14

Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal

Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

Projeto de
plantio de
Eucalipto
___________________________________________________________________

Reposição Florestal

Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

Rigobert Lucht

Processo nº: 07010000203/18

23 de agosto de 2019

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
1
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

ÍNDICE

1. INTRODUÇÃO ...................................................................................................... 03

2. JUSTIFICATIVA ................................................................................................... 04

3. OBJETIVOS ........................................................................................................... 04

4. MATERIAL E MÉTODOS ..................................................................................... 05

5. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO ........................................................................ 09

6. CUSTOS ..................................................................................................................10

7. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ................................................................... 11

1. INTRODUÇÃO

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
2
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

O gênero Eucalyptus, predominantemente de ocorrência natural na Austrália, possui


cerca de 700 espécies adaptadas às mais diversas condições de clima e solo (MONTAGU et
al., 2003). O eucalipto foi introduzido no Brasil como cultura florestal em 1903 e, hoje, a
eucaliptocultura no país é uma das mais avançadas do mundo, servindo de referência para
outros países, inclusive para a Austrália. Segundo dados da ABRAF (2012), em 2011 a área
ocupada por plantios florestais de Eucalyptus totalizava 4.873.952ha.
Os eucaliptos são imbatíveis em seu crescimento rápido, são fonte de matéria-prima
para uma série de produtos de primeira necessidade, presentes em todas as casas brasileiras.
Como fonte de energia é uma das mais utilizadas, sendo matéria prima em grandes
indústrias siderúrgicas na produção de aço de alta qualidade e pelo homem do campo que o
usa como lenha em seu fogão.
Também é utilizado na produção de papel diminuindo o uso de matas nativas.
Nossos cadernos, folhas para desenhos e impressos são feitos de fibras de eucalipto. O
Brasil tem orgulho de sua tecnologia de produzir celulose e papel de alta qualidade. É usado
como alimento e na indústria farmacêutica, fornecendo uma série de complexos para
aromatizantes, remédios e essências. O eucalipto é também muito utilizado como matéria
prima para a construção civil e movelaria, em construções rurais e móveis rústicos, e como
componente de casas e móveis sofisticados.
Hoje é uma alternativa de renda para muitos produtores rurais, já que há demanda
para seus produtos. As empresas nacionais já conseguem produtividades muito superiores à
de 30 m³/ha/ano de madeira. Com o conhecimento e acompanhamento de agrônomos, os
pequenos produtores podem chegar e até ultrapassar esta produtividade, através de escolha
certa de espécie, períodos de plantio, correção do solo, cuidados com insetos (formiga) e
poda nos estágios de crescimento.
A elaboração e execução do projeto, está relacionado a uma reposição
florestal referente a uma área de supressão de 153,42 ha, conforme o processo de
intervenção ambiental nº 07010000203/18. Para realizar tal feito, será necessário a
elaboração, aprovação e execução deste.
Conforme a Resolução Conjunta IEF/SEMAD Nº 1914 DE 05/09/2013, no seu art. 4,
o empreendedor opta a realizar formação de florestas próprias para reposição florestal.

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
3
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

Art. 4º A opção de cumprimento da reposição deverá ser


devidamente protocolizada junto ao Instituto Estadual de
Florestas - IEF até o dia 31 de dezembro do ano de consumo.
I ...
II - Formação de florestas próprias ou fomentadas;

Conforme discorre no art. 6º, apresenta projeto atendendo as diretrizes que determina
a portaria IEF 207/2011;

Art. 6º A formação de floresta própria ou fomentada será


realizada dentro dos limites do território do Estado de Minas
Gerais nas modalidades de florestas de produção e de proteção.

§ 1º O Consumidor deverá apresentar ao Instituto Estadual de


Florestas - IEF, o projeto técnico contendo área de plantio e
cronograma físico e financeiro de implantação até o último dia
útil do mês de fevereiro devendo os projetos ser apresentados
por matrícula de imóvel, instruído pelos seguintes documentos e
informações;

1.1 Dados do Proprietário

Nome: Rigobert Lutch


Endereço: QD SQD 306, Bloco B, Asa Sul, APT 402
CNPJ: 740.340.308-87
Telefone: (61) 999970-8298

1.2 – Elaborador RT

Responsável técnico: Paulo Henrique Soares


CPF: 123.763.956-58
Profissão: Técnico Ambiental

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
4
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

Endereço: Rua 31 de Março, nº 364 Centro


Telefone: (38) 9 9971-2602
Registro de Classe: 1237639565-8

1.3 - Identificação da Propriedade

Denominação do imóvel: Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda
Matriculas: 10.157, 10.158, 10.159 e 294
Município: Buritis – MG
Localização (roteiro): Estrada Buritis/Serra Bonita, 28.5 KM
Área do Projeto: 9,27 ha

3. OBJETIVOS

O objetivo deste projeto é apresentar perante o órgão ambiental, uma reposição


florestal, referente à uma área suprimida, como forma de contribuição pela intervenção.
Assim, o plano apresentará as formas de plantio, tratos culturais, bem como o
cronograma de execução das atividades. Formas de plantio, calagem adubação e combate a
formigas.
O local de implantação do projeto será feito dentro da propriedade, sendo que ficará
reservado uma área para a implantação, conforme nos perímetros aqui destacados, seguindo
a Resolução Conjunta IEF/SEMAD nº 1914/2013.

4. MATERIAL E MÉTODOS

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
5
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

O cultivo escolhido é o Eucalyptus Grandis. O projeto será realizado no município de


Buritis-MG, durante cinco anos, em uma área total de 9,27000 hectares, estando localizado
na matrícula nº 294 do Registro de Imóveis de Buritis-MG.
Será necessário a aplicação de 2,0 toneladas de calcário com PRNT 100%,
totalizando 18,1 toneladas na área total, para a elevação do pH em 5,5 (ideal para a cultura).
O calcário será aplicado três meses antes do plantio, com maquina própria
motorizada e após será realizada a gradagem da área para melhor incorporação do calcário
ao solo.
Para a área total serão plantadas 15.444 mudas, com espaçamento entre linhas de 3
metros e entre plantas de 2 metros, totalizando 1.667 mudas/ha. O plantio deverá começar na
primeira quinzena de novembro, aproximadamente pelo dia 10 a 31 de novembro.

Imagem do espaçamento optado

Como a cultura em questão a ser implantada necessita de espaçamento entre linhas


de 3 metros a adubação será realizada manualmente, em covas. Para facilitar o trabalho
manual de abertura de covas será realizado mais uma gradagem. As covas serão abertas com
trator, em sulcos, com uma profundidade de 30 cm.

- Adubação
Segue abaixo tabela da necessidade de adubação:

Tabela 2: Necessidade de adubação para plantio e cobertura.


Adubo Recomendação Adubação

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
6
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

Uréia Plantio: 680 kg/ha Cobertura: 409 Plantio: 614 kg/ ha Cobertura: 409
kg/ha kg/ ha

Superfosfato triplo 293 kg/há 634 kg/ ha


Cloreto de potássio 32,800 kg/há 295 kg/ ha

Os Superfosfato triplo, Cloreto de potássio e a primeira parcela de Uréia serão


misturados para homogeneização e fácil aplicação, após serão aplicados aproximadamente
219 gramas da mistura em cada cova. O adubo depositado na cova deverá ser incorporado
com um pouco do solo para não causar danos ao sistema radicular da planta. A segunda
parcela de Uréia deverá ser aplicada para cobertura, entre 45-60 dias após o plantio. Poderá
ser feita de maneira manual ou mecanizada, com utilização do aplicador de Uréia
tratorizado.

- Irrigação

A cultura do eucalipto exige um volume de água de 3 litros por planta, no total diário
de 6,22 m³ de água por irrigação. A primeira irrigação deve ser feita após o plantio. Para isso
será necessário fazer a irrigação com caminhão pipa. A água para esta irrigação será do
reservatório. Esta irrigação se faz necessária nos primeiros 30 dias de cultivo e deve ser feita
semanalmente. Não se faz necessária em meses chuvosos ou solos com alta umidade. A
irrigação deve ser feita de acordo com a umidade do solo disponível para a planta.

- Combate a Formigas e pragas

Outra questão importante a ser observada nesta cultura é as pragas. Uma praga
altamente prejudicial são os cupins das mudas, que atacam mudas recém-plantadas até 06
meses após o plantio, causando destruição do sistema radicular e secamentos das mudas.
Nesse caso, o controle deve ser preventivo, com a imersão das mudas numa calda
cupinicida. Após o plantio da cultura também se faz necessário à imediata aplicação de
inseticida, para evitar o dano causado pelas formigas na planta. Tanto para o controle de
cupins como de formigas recomenda-se o uso do inseticida Max Cid Fipronil, que é

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
7
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

recomendada a aplicação de 200 litros de calda por hectare (01 mL de produto para litro de
água), tanto na imersão de mudas como na pulverização depois do plantio. Para a prevenção
de ataques de formigas recomendam-se três aplicações, uma no plantio, outra no quarto mês
e a última no sexto mês. Após isso não se faz mais necessário a aplicação, pois o dano
causado por formigas não afeta significativamente a planta. Observando que a aplicação
deve ser feita caso a plantação sofra ataque de formigas.

- Poda

Para produção de lenha não se faz necessário a poda ou desrama da planta. Mas se o
produtor desejar uma lenha de maior qualidade e mais grossa pode-se realizar a poda da
galhada dois ou três anos após o plantio. Derivados desta poda também podem ser usados ou
comercializados como madeira.

Coroamento

A capina ou coroamento é de extrema importância, visto que a cultura inicialmente


não se desenvolve no meio de ervas daninhas. É recomendado realizar a capina durante o
primeiro ano de plantio, sempre que for necessário, as ervas daninhas devem ser mantidas
sempre abaixo da copa da planta.

Entre dois e quatro anos após o plantio também se pode fazer uso de herbicidas, para
controle de daninhas, porém o uso é opcional, já que não afetam mais o desenvolvimento da
cultura. Se o local estiver com muita erva daninha pode-se fazer a aplicação dois ou três
meses antes da colheita, somente para limpar o local. Para este fim recomenda-se o uso de
Roundup, recomenda-se o uso de 4 p.c./ha em 200litros calda/ha.

- Destinação do material produzido

Após o segundo ou terceiro ano, não se faz necessário mais a manutenção da cultura.
No final do quinto ano já pode ser colhida e vendida para produção de lenha em m³ ou
carvão vegetal. Como o projeto é somente para cinco anos, após o corte deverá ser feita a
retirada das raízes do eucalipto para limpar a área. Caso o produtor em questão ou

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
8
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

arrendatário queira continuar a produção, deverá realizar uma adubação de reposição e


iniciar novamente o cultivo.

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
9
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

5. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO (2020-2021)


Atividades 2019 2020 2021 2022

Meses A S O N D J J A S O N D J F M A M J J A S O N D J J A S O ‘N D
Aprovação Projeto x

Aplicação do Calcário x

Gradagem p/ incorpo. x

Gradagem p/ plantio x

Abertura de covas x

Adubação p/ plantio x

Plantio x
Aplicação formicida x x x x x

Irrigação x x

Adubação de Cobertura x

Capina e Coroamento x x x
Poda x x

Aplicação Herbicida x x x x

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
10
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

6. CUSTOS
Produto Valores Totais
Calcário R$ 1.280,00
Adubo R$ 3.850,00
Máquinas (combustível) R$ 1.000,00
Mão de Obra R$ 3.000,00
Mudas R$ 15.444,00
Formicida R$ 650,00
Herbicida R$ 450,00
Total R$ 25.674,00

Os custos referentes a implementação desta obra, foram embasados em preços


relativos ao do atual mercado, não considerando as variantes e levando em conta
estimativas.

Ao total para a produção do eucalipto, serão gastos R$ 2.769,57/ha.

7. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
11
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

MONTAGU, K. D.; KEARNEY, D. E.; SMITH, R. G. B. The biology and silviculture of pruning
planted eucalypts for clear wood production: a review. Forest Ecology and Management, v.179, n.1,
p.1-13, 2003. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PRODUTORES DE FLORESTAS PLANTADAS
- ABRAF. 2012. Anuário estatístico da ABRAF: ano base 2011. Brasília, 2011. 150p.PROGRAMAS
DE INTEGRAÇÃO LAVOURA PECUÁRIA FLORESTA (ILPF) E FOMENTO DE FLORESTA
PLANTADA (FFP)

Termo de compromisso

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
12
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

Eu, Rigobert Lucht, CPF: 740.340.308-87, proprietário do Imóvel denominado Fazenda São
Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda, localizada no município de Buritis-MG,
compromete-se perante o Instituto Estadual de Florestas através deste TERMO cumprir a execução
do Plantio de Eucalipto referente a proposta de Reposição Florestal.
Art. 7º...
§1º...
§2º § 2º A manutenção do plantio constante do projeto técnico é de inteira responsabilidade da
pessoa física ou jurídica obrigado à reposição florestal, que o vinculou.
Referente a uma Área de 9,2700 ha conforme a Resolução Conjunta IEF/SEMAD Nº 1914
DE 05/09/2013, conforme no seu Art. 6º.

E para que produza os efeitos legais, assinam o presente termo, o proprietário do imóvel responsável
pela implantação.

___________________________________

Rigobert Lucht
CPF: 740.340.308-87

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
13
Projeto Plantio de Eucalipto – Reposição Florestal
Fazenda São Domingos lugar Alazão, Holanda e Grota Funda

Anexo I
Termo de Responsabilidade Técnica
Elaboração/Execução

Plante Nativa Assistência Ambiental


Rua 31 de Março – 364 Centro (38) 99971-2602
Buritis-MG
14