Você está na página 1de 6

Vivência Cristã

Autoatividade capítulo 2

1) Jesus estabelece um principio maior para que os incrédulos sejam


atraídos à fé cristã, amar uns aos outros como Ele nos amou. É
necessário desenvolver relacionamentos interpessoais saudáveis dentro
e fora da igreja, sem perder a identidade cristã e praticar os ensinamentos
de Jesus, pois além do discurso, precisamos ser testemunhas dos feitos
de Jesus.

2) Os inimigos do bom relacionamento são: espírito de crítica, intolerância,


sofisticação, suspeitas, cinismo, preconceitos, reações rancorosas,
orgulho, atitudes de rejeição e atitude fechada, inacessível.
Espírito de Crítica: ocorre quando a pessoa nunca está satisfeita com o
que o outro diz ou faz, sempre reprovando de alguma forma o que
recebe;
Cinismo: é a atitude ou caráter de uma pessoa que revela o descaso
pelas convenções sociais e pela moral vigente; imprudência, desfaçatez,
descaramento, ou seja, é a aversão dos valores, convicções e da fé
alheia.
Orgulho: ele distorce a percepção do real e somos levados a pensar
mais do que convém acerca de nós mesmo, contrariando os
ensinamentos da Carta aos Romanos 12:3.

3) A família tem sido alvo de ataque sistematizado pelas forças das trevas, e
de acordo com o padrão bíblico, estabelecida por Deus, ela tem sido
descaracterizada de diversas formas, como a falta de comunhão,
intercessão, cooperação, confiança e respeito.
4) Qualificação moral, qualificação espiritual e qualificação familiar. 1tm
3.2b,4,5,12.
5) A cobertura civil esta ligada a nossa vida secular e se traduz em oferecer
aos cidadãos sob seus cuidados, direitos e deveres diante do seu
relacionamento com a política e com as autoridades, o bem estar físico,
segurança e educação. Diferente da cobertura civil, a cobertura
eclesiástica está ligada a nossa vida espiritual, ou seja, divina. A
cobertura espiritual deve proporcionar ao filho de Deus bem estar
espiritual, segurança e educação. Suas semelhanças são pelo fato de
ambas oferecerem segurança e educação, e exigirem de nós obediência
e submissão às autoridades.
6) Paulo nos ensina que é dever do cristão orar pelas autoridades. Toda
autoridade é uma instituição divina, portanto, como cristãos devemos
cumprir com os deveres de cidadão, nos sujeitando ás autoridades
estabelecidas pela fato disso ser agradável a Deus, pagar impostos,
cumprir a lei.
7) A vida profissional esta diretamente ligada à vida pessoal, familiar e a
igreja. O trabalho é um meio dado por Deus para obtenção do sustento
diário pessoal e família, abençoando o indivíduo e as pessoas ao seu
redor. Além do mais a vida profissional é algo muito importante para
expansão do Reino de Deus, visto que desta advém os recursos para
manutenção da igreja por meio de dízimos e ofertas. Outro fator, é que
através de um relacionamento correto com os colegas de trabalho
podemos ser testemunhas de Cristo.
8) O empregador tem o direito de receber do trabalhador os serviços por
todo o período de tempo e as habilidades o qual foi contratado. Seu dever
é respeitar, tratar com humanidade e pagar sem desfrutar dos salários de
seus empregados. O empregado tem o direito de receber respeito e seu
salário. Seu dever é trabalhar, cumprindo o período de tempo e as
habilidades contratadas, e tratar com respeito seus superiores e colegas
de trabalho.

Autoatividade capítulo 3

1) Fazer o diagrama
2) Os frutos do Espírito e as qualidades de caráter.
3) Prostituição, Monogamia, Impureza, Lascívia, Idolatria, Feitiçaria,
inimizade, Contendas, Ciúmes, Iras, Facções, Dissensões, Partidos,
Invejas, Bebedices, Orgias. As relacionadas à sexualidade são:
Prostituição, Monogamia, Impureza, Lascívia e orgias.
4) As obras da carne são produzidas pelo homem. Originam-se na vontade
da carne e nos pensamentos, estimulados por forças espirituais malignas
para destruir aqueles que foram criados à semelhança de Cristo. Já os
frutos do Espírito são resultado de uma ação divina onde o ser humano
não tem nenhuma participação, a não ser a submeter ao poder de Deus e
permitindo sua ação. As obras da carne são completamente contrárias
aos Frutos do Espírito, sua semelhança se da ao fato de que ambas
requerem uma escolha da nossa parte, se queremos viver os pecados
deste mundo ou produzir os frutos do Espírito.
5) São elas: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade,
fidelidade, mansidão, domínio próprio.
a. Alegria: Vem do Senhor, independente das circunstâncias(Jó
16:22;Tg 1:2). É o resultado da certeza que se tem da libertação
operada pela graça de Deus. (Jó 8:32,36.)
b. Paz: Atitude de serenidade, calma e força, tranquilidade e quietude
de espírito, mesmo na adversidade e nas tribulações.
c. Longanimidade: Aquele que mantem o ânimo mesmo diante de
dificuldades, pois confia na providencias divina.
d. Domínio próprio: Aquele que tem autocontrole, autodisciplina
mediante a situações criticas.
6) São elas: controle da língua, da mente e dos hábitos cotidianos. Para que
a nossa mente não seja invadida pelo mal, devemos buscar a Deus
através da palavra e oração, colocar nosso coração no altar de Deus, nos
submetermos a Ele, permitindo sua ação em nossas vidas, e assim o
Espírito de Deus nos mantera puros.
7) São elas: Excelência Moral: a ética; Conhecimento; Perseverança;
Piedade; Fraternidade.
8) Essas qualidades devem ser buscadas com empenho e de forma
diligente pelos cristãos, as quais devem ser acrescidas uma a uma, ate
que o caráter cristão tenha sido totalmente desenvolvido.
Autoatividade capítulo 4

1) É uma escolha voluntária em viver separado do pecado; é


proporcional à nossa aproximação de Deus, ou seja, quanto mais nos
aproximamos dele, mais nos separamos do pecado. Segundo a
Palavra (1Ts 4:3) é a vontade de Deus para todos que se achegam a
Ele. Viver em Santificação é viver segundo a vontade de Deus
2) A Santificação deve afetar a totalidade do homem – corpo, alma e
espírito, sendo alcançada quando vivemos segundo a vontade de
Deus. Ela é imprescindível na vida do cristão, tendo inicio na
conversão e será finalizada com a glorificação, ou seja, quando atingir
a Glória no Reino de Deus.
3) É o governo de Deus sobre todas as coisas e sobre as nossas vidas.
4) Não existe diferença, ambas as expressões estão relacionadas ao
mesmo Reino, as quais se associam a Deus, visto que se trata do seu
governo.
5) Obedecer a Deus (Os Dez Mandamentos), buscar em primeiro lugar o
reino de Deus, falar a verdade uns com os outros, lealdade, e
compromisso com o reino de Deus.
6) Devolvendo o dizimo e lendo a palavra de Deus (Bíblia).
7) Dever: buscar em primeiro lugar o reino de Deus e sua justiça.
Direitos: todas as coisas nos serão acrescentadas.
8) É a parte que nos revela o que nos é legado pela obra de redenção,
onde aprendemos a altura, a largura, a profundidade do amor de Deus
e da posição que nos outorga por meio de Jesus Cristo.
9) Essa justiça não pode ser conferida ao homem natural, que não
conhece a Deus. Portanto, o homem precisa passar pelo novo
nascimento (batismo nas águas), uma experiência espiritual onde o
Espírito Santo toca na vida daquele que se submete a Deus.
10) Praticar a justiça que vem de Deus.
Autoatividade capítulo 5

1) Os deveres básicos do homem diante de Deus segundo Salomão é o


temor e a prática de seus mandamentos. A principal razão para
cumpri-los é que um dia daremos conta das nossas ações perante
Deus, onde ele subjugará nossas obras.
2) Temor do Senhor: Respeito, reverência e obediência a Deus. O
temor do Senhor é adquirido por níveis, onde devemos ter a atitude de
Deus com respeito ao pecado, respeito e entendimento da sua
santidade. O temor é a base de toda a sabedoria, é odiar o mal, é o
caminho da paz, é andar em segurança.
Compromisso: é algo que devemos ter e cumprir para servir
verdadeiramente ao Senhor. Deus deseja que nós possamos ter
moral, seriedade, honestidade e dedicação absoluta para com Ele. O
nível do nosso relacionamento com Ele está ligado ao compromisso
que temos.
3) Falta de temor a Deus: Uzá morreu por tocar na arca da aliança na
intensão de impedir que ela caísse ao chão. Mesmo sendo de boa
intenção, ele sabia dos princípios para carregar a presença de Deus, e
fez totalmente o contrário, sendo desobediente a Palavra de Deus.
2Sm 6: 1-8
Temor a Deus: Deus pede para Abraão oferecer em holocausto o seu
único filho, e ele em obediência a Deus, se dispõe a cumprir a
ordenança de Deus. Gn. 22: 1-18
4) No pensamento; palavras; ações; sentidos corporais; ouvidos; visão;
tato e olfato; paladar; vida financeira; uso do tempo; trajar;
relacionamento com o sexo oposto; na atitude com autoridade.
5) O pós-modernismo tirou Deus do centro do universo e colocou o
homem, os valores deixaram de vir do plano transcendental e
passaram a ser ditados pela vida terrena. Dotaram o homem de força
e sabedoria, o qual não é mais errante e pecador que deveria se
sujeitar ao conhecimento dado pelo teísmo, mas sim aquele que
assume o posto da divindade. O plano divino não é negado, mas há
uma separação, na terra reina o homem e Deus reina apenas no céu.
6) Hedonismo, relativismo, secularismo e antropocentrismo.
7) É a busca sem limites pelo que proporciona prazer. Tem afetado o
cristianismo pois tem gerado descomprometimento das pessoas com
a igreja, onde essas tem dado mais importância ao prazer e lazer e
deixando a igreja em um lugar de baixa prioridade em suas vidas.
8) Linha de pensamento que nega que exista uma verdade absoluta e
permanente, ficando por conta de cada um definir a “sua” verdade e
aquilo que lhe parece ser o seu bem. Isso atinge os valores dos
cristãos e da igreja, a qual perde a capacidade de influenciar, pois no
relativismo todas as religiões são vistas como caminhos para a vida
com Deus e ninguém aceita a ideia de exclusivismo.
9) A mordomia cristã é um estilo de vida daquele que aceita o senhorio
de Jesus Cristo e trabalha em sociedade com Deus, servindo e

administrando seus negócios na Terra, a casa do Senhor.


Não somos dono, mas o dono da casa nos confia tudo o que
tem para ser cuidado e desenvolvido. Deus é o dono e
sustentador do universo e nos delegou essa função
10)Tempo, bens e recursos financeiros, corpo (templo do Espírito Santo),
alma, espírito, pensamento e palavras.

Você também pode gostar