Você está na página 1de 6

ESCOLA ESTADUAL TÉCNICA SÃO JOÃO BATISTA – MONTENEGRO/RS

CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA

MEMORIAL DESCRITIVO PARA PROJETO ELÉTRICO

Tema: Edifício Comercial e Residencial com Sobreposição de Pavimentos


Proprietário: EET SJB Engenharia LTDA
Endereço: Rua João Pessoa n° 1234, bairro Centro, Montenegro-RS

1. Apresentação:
O presente memorial refere-se ao Projeto e Execução das Instalações
Elétricas destinadas ao Edifício Comercial e Residencial Sunshine, tendo como
responsável técnico pelo desenvolvimento deste projeto o Técnico em
Eletrotécnica Silvio de Azeredo com registro no CREA-RS pelo n° 123456

2. Localização:
O Projeto está situado em um terreno de esquina no endereço descrito
acima. Atendido em uma de suas frentes pela Rede de Distribuição Primária
(21kV) e em ambas pela Rede de Distribuição Secundária (220/380V). A
concessionária de energia no local é a AES Sul distribuidora de energia.

3. Descrição Física do Edifício:


O prédio se divide em dois setores – comercial e residencial – além das
áreas de uso comum (condomínio). Apresenta 14 pavimentos sobrepostos,
sendo um subsolo, destinado a estacionamento e instalações técnicas, um
pavimento comercial no térreo, com 5 unidades consumidoras destinadas a
atividade comercial. O edifício conta também com 12 pavimentos tipo de
caráter residencial, com 4 apartamentos por andar, totalizando 48 unidades
consumidoras. A cobertura do prédio atende apenas as instalações técnicas –
reservatório e casa de máquinas.
ESCOLA ESTADUAL TÉCNICA SÃO JOÃO BATISTA – MONTENEGRO/RS
CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA

4. Rede de distribuição:
Devido as cargas instaladas e consequentemente demandadas, o projeto é
atendido pela Rede Primária de Distribuição, em média Tensão (21kV) a três
condutores, através de ramal de ligação subterrâneo, com eletrodutos rígidos
de PEAD (PVC de alta densidade) de diâmetro 100mm e cabos isolados de
seção 35mm².

5. Subestação de Rebaixamento:
Para atendimento de cada uma das unidades consumidoras, será instalado
um transformador para uma demanda mínima de 231,73 kVA em cabine
abrigada, com medição indireta, situada no pavimento térreo de acordo com o
Regulamento das Instalações Consumidoras em Média Tensão (RIC-MT).

6. Medição:
A Medição do projeto é individualizada em todas as unidades consumidoras
do edifício. O Ramal de alimentação é subterrâneo e utiliza eletroduto de PVC
de alta densidade de 150mm de diâmetro e cabos isolados de seção 95mm².
O painel de medição ocupa 3 paredes da sala de medição, , para conseguir
abrigar ao total de 54 medidores. Apresenta Central de Entrada e Distribuição
(CED) de acordo com o previsto pelo Regulamento das Instalações
Consumidoras em Baixa Tensão (RIC-BT).

7. Ramais de alimentação:
Os Ramais de Alimentação são individuais para o atendimento de cada uma
das unidades presentes no Projeto. As passagens são efetuadas por um Shaft,
através da colocação de eletrocalhas de chapa galvanizada com perfil de
100x300mm. Nas derivações de cada pavimento, dentro dos shafts, são
instaladas caixas de passagem de 4x4”, em PVC de alta densidade.
ESCOLA ESTADUAL TÉCNICA SÃO JOÃO BATISTA – MONTENEGRO/RS
CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA

8. Descrição das Unidades:

8.1. Unidade de condomínio – Unidade 100:

A unidade condominial possui cargas em todos os pavimentos do projeto


e para distribuição de todos esses circuitos individuais, possui 2 centros de
distribuição (CD’s) com um total de 25 circuitos. Essas instalações resultam em
uma carga instalada de 44,7KW, que necessitaram ser demandadas,
resultando uma carga de 68,13 kVA.
O tipo de fornecimento desta unidade é Trifásico C18 com disjuntor de
proteção de 125A ,ramal de alimentação com condutores de cobre de seção
25mm², com eletrodutos de PVC de diâmetro 50mm² PVC e um limite de
potência de motor de 7,5 em CV.

8.2. Unidades comerciais – Unidades 101 a 105:

As unidades comerciais totalizam 5 salas, cada uma com ramal de


alimentação individual e com um centro de distribuição (CD) para cada
unidade.
Essas unidades não ultrapassam cargas de 29,6KW e apresentam 10
circuitos.
O tipo de fornecimento nestas unidades é (UNIDADE 101, 102, 103 e
105 B2(Bifásico) e a UNIDADE 104 C15 trifásico, com disjuntor de proteção de
50A, ramal de alimentação com condutores de cobre de seção 10mm², com
eletrodutos de PVC de diâmetro 60mm² e um limite de potência de motor de -
em CV.

8.3. Unidades Residenciais – Unidades 201/204 a 1301/1304:


ESCOLA ESTADUAL TÉCNICA SÃO JOÃO BATISTA – MONTENEGRO/RS
CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA

8.4. As unidades residenciais totalizam 48 apartamentos, cada um


com ramal de alimentação individual e com um centro de distribuição (CD)
em cada unidade.
O tipo de fornecimento nas unidades 01 a 04 é B2 (bifásico), com

disjuntor de proteção de 50ª , ramal de alimentação com condutores de cobre

de seção10mm², com eletrodutos de PVC de diâmetro 60mm² e um limite de

potência de motor de - em CV, respondendo a uma carga instalada por unidade

de 19,4KW.

9. Instalações Específicas – equipamentos:

9.1 . Elevadores

No edifício serão instalados dois elevadores tipo com casa de máquinas,


com cargas previstas na unidade 100 (condomínio). Para instalação das casas
de comando serão instalados dois circuitos trifásicos, previstos no CD 7, com
previsão de carga de 5,5 KW cada, com condutores alimentadores de
4x2,5mmm² e disjuntor de proteção de 13A

9.2. Bombas de Recalque de Água

No edifício serão instaladas duas bombas de recalque de água,


abastecendo os reservatórios superiores, com cargas previstas na unidade 100
(condomínio). Para instalação destas serão instalados dois circuitos trifásicos,
previstos no CD 2, com previsão de carga de 2,5 KW cada, com condutores
alimentadores de 2,5mm² e disjuntor de proteção de 10A.Também serão
instaladas duas bombas de recalque de esgoto, esgotando as águas do
ESCOLA ESTADUAL TÉCNICA SÃO JOÃO BATISTA – MONTENEGRO/RS
CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA

subsolo para rede de esgoto, com cargas previstas na unidade 100


(condomínio). Para instalação destas serão instalados dois circuitos
monofásicos, previstos no CD 2, com previsão de carga de 4x1,5 KW cada,
com condutores alimentadores de 3x2,5mm² e disjuntor de proteção de 10A.

10. Execução dos Serviços:

A elaboração do projeto elétrico está sob a responsabilidade do técnico em


Eletrotécnica Silvio de Azeredo com registro no CREA RS sob o número
893456 de acordo com a ART nº (8 DIGITOS)
A execução do projeto elétrico está sob a responsabilidade da empresa
SAP com registro no CREA RS sob o número 957648 de acordo com a ART nº
552
A instalação dos equipamentos especiais tais como elevadores, bombas de
recalque de água, para raios, sistemas de iluminação de emergência, deve ser
de responsabilidade dos seus fabricantes ou distribuidores. A manutenção dos
mesmos deve seguir a periodicidade indicada pela legislação vigente e ser
realizada por empresa ou agente autorizado pelos mesmos.

Montenegro, 20 de janeiro de 2021

______________________________
Tec. em Eletrotécnica
Silvio de Azeredo– CREA RS nº 123456

EET SJB Engenharia LTDA


______________________________
ESCOLA ESTADUAL TÉCNICA SÃO JOÃO BATISTA – MONTENEGRO/RS
CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA

Você também pode gostar