Você está na página 1de 4

MOVIDA PARTICIPAÇÕES S.A.

Companhia Aberta
CNPJ/ME n° 21.314.559/0001-66
NIRE 35.300.472.101

FATO RELEVANTE

MOVIDA PARTICIPAÇÕES S.A. (“Companhia”), sociedade por ações de capital aberto, vem informar aos
seus acionistas e ao mercado em geral que, nesta data, o Conselho de Administração da Companhia aprovou
a 7ª (sétima) emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, com
garantia adicional fidejussória, em até 3 (três) séries, no valor de até R$1.750.000.000,00 (um bilhão e
setecentos e cinquenta milhões de reais), na data de emissão (“Debêntures” e “Emissão”, respectivamente).

As Debêntures serão objeto de distribuição pública, com esforços restritos de distribuição, nos termos da
Instrução da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nº 476, de 16 de janeiro de 2009, conforme alterada
(“Instrução CVM 476” e “Oferta Restrita”, respectivamente), sob o regime misto de garantia firme e melhores
esforços de colocação, nos termos do contrato de distribuição a ser celebrado com as instituições financeiras
integrantes do sistema de distribuição de valores mobiliários intermediárias da Oferta Restrita
(“Coordenadores”). Nos termos da Instrução CVM 476, o público alvo da Oferta Restrita será composto
exclusivamente por investidores profissionais (conforme definição constante na Resolução CVM n° 30, de 11
de maio de 2021, conforme alterada).

A Emissão será realizada em até 3 (três) séries, no valor de (i) R$1.400.000.000,00 (um bilhão e quatrocentos
milhões de reais) para as Debêntures da 1ª série e Debêntures da 2ª série, as quais serão alocadas no
sistema de vasos comunicantes, conforme procedimento de bookbuilding; e (ii) R$350.000.000,00 (trezentos
e cinquenta milhões de reais) para as Debêntures da 3ª série.

As Debêntures contarão com as seguintes remunerações:

(i) 1ª série: juros remuneratórios de 100% (cem por cento) da variação acumulada da Taxa DI,
acrescido de sobretaxa (spread) equivalente a 2,70% (dois inteiros e setenta centésimos por
cento) ao ano;

(ii) 2ª série: juros remuneratórios de 100% (cem por cento) da variação acumulada da Taxa DI,
acrescido de sobretaxa (spread) equivalente a 2,90% (dois inteiros e noventa centésimos por
cento) ao ano; e

(iii) 3ª série: atualização monetária pela variação acumulada do IPCA e juros remuneratórios
correspondentes a um determinado percentual, a ser definido de acordo com o procedimento
de bookbuilding, sendo tal percentual equivalente ao que for maior entre: (a) o percentual
correspondente à taxa interna de retorno do Título Público Tesouro IPCA+ com Juros
Semestrais (NTN-B), com vencimento em 2030, baseada na cotação indicativa do dia útil da
data de realização do procedimento de bookbuilding, divulgada pela ANBIMA em sua página
na internet (http://www.anbima.com.br), acrescida exponencialmente de spread de 2,85%
(dois inteiros e oitenta e cinco centésimos por cento) ao ano; ou (b) 6,75% (seis inteiros e

SP - 27372420v1
setenta e cinco centésimos por cento) ao ano.

O valor nominal unitário ou valor nominal unitário atualizado, conforme o caso, das Debêntures será
amortizado conforme abaixo:

(i) 1ª série: em 2 (duas) parcelas, sendo a primeira devida em 15 de setembro de 2025 e a


última devida na data de vencimento das Debêntures da 1ª série, qual seja, 15 de setembro
de 2026;

(ii) 2ª série: em 3 (três) parcelas, sendo a primeira devida em 15 de setembro de 2027, a segunda
devida em 15 de setembro de 2028, e a última devida na data de vencimento das Debêntures
da 2ª série, qual seja, 15 de setembro de 2029; e

(iii) 3ª série: em 3 (três) parcelas, sendo a primeira devida em 15 de setembro de 2029, a segunda
devida em 15 de setembro de 2030, e a última devida na data de vencimento das Debêntures
da 3ª série, qual seja, 15 de setembro de 2031.

Os recursos obtidos pela Companhia por meio da emissão das Debêntures da 1ª série e das Debêntures da
2ª série serão destinados para capital de giro, gestão de caixa e reforço de liquidez, com o alongamento no
perfil de dívida da Companhia e/ou das suas controladas (inclusive, por meio de liquidação de dívidas em
geral).

Já os recursos obtidos pela Companhia por meio da emissão das Debêntures da 3ª série serão destinados
para aquisição pela da Companhia e/ou por suas controladas de frota de veículos elétricos, híbridos ou que
funcionem por meio de energia limpa (sem utilização de combustíveis fósseis). As Debêntures da 3ª série
serão caracterizadas como “debêntures verdes”, com base (i) no reporte de sustentabilidade (Sustainability
Finance Framework – “Framework”) elaborado pela Companhia a ser devidamente verificado e validado por
um consultor independente (“Parecer Independente”), atestando que as captações feitas no amparo do
Framework cumprem com as regras emitidas pela International Capital Market Association (“ICMA”) e
constantes do Green Bond Principles (GBP) de 2021, conforme atualizado, para caracterização da emissão
das Debêntures da 3ª série na categoria “transporte limpo”; e (ii) marcação nos sistemas da B3 como título
verde, observados os procedimentos adotados pela B3 (“Marcação ESG”).

São Paulo, 26 de agosto de 2021.

Edmar Prado Lopes Neto


Diretor de Relações com Investidores

SP - 27372420v1
MOVIDA PARTICIPAÇÕES S.A.
Publicly Held Company
Corporate Taxpayer’s ID (CNPJ/MF): 21.314.559/0001-66
Company Registry (NIRE): 35.300.472.101

MATERIAL FACT

MOVIDA PARTICIPAÇÕES S.A. (“Company”), a publicly held company, hereby informs its shareholders
and the market in general that, on this date, the Company’s Board of Directors approved the seventh (7th)
issuance of simple, unsecured debentures not convertible into shares, with additional personal guarantee, in
up to three (3) series, in the amount of up to one billion, seven hundred and fifty million reais
(R$1.750.000.000,00) on the issue date (“Debentures” and “Issuance”, respectively).

The Debentures will be subject to public distribution with restricted distribution efforts, pursuant to the
Comissão de Valores Mobiliários ("CVM") Rule No. 476, of January 16, 2009, as amended (“CVM Rule 476”
and “Restricted Offer”, respectively), under the mixed placement regime of firm guarantee and best efforts,
according to the distribution agreement to be signed with financial institutions that are part of the distribution
system of intermediate securities of the Restricted Offer (“Coordinators”). Under CVM Rule 476, the target
audience of the Restricted Offer will be made up exclusively of professional investors (as set forth in CVM
Resolution 30, of May 11, 2021, as amended).

The Issuance will be carried out in up to three (3) series, in the amount of (i) R$1,400,000,000.00 (one
billion, four hundred million reais) for the 1st series Debentures and 2nd series Debentures, which will be
allocated in the system of communicating vessels, according to the bookbuilding procedure; and (ii)
R$350,000,000.00 (three hundred and fifty million reais) for the 3rd series Debentures.

The Debentures will have the following compensation:

(i) 1st series: interest of 100% (one hundred percent) of the accumulated variation of the DI
Rate, plus a surcharge (spread) equivalent to 2.70% per year;

(ii) 2nd series: interest of 100% (one hundred percent) of the accumulated variation of the DI
Rate, plus a surcharge (spread) equivalent to 2.90% per year; and

(iii) 3rd series: monetary restatement by the accumulated variation of the IPCA and interest
corresponding to a certain percentage, to be defined in accordance with the bookbuilding
procedure, such percentage being equivalent to the greater of: (a) the percentage
corresponding to the internal rate of return of the IPCA+ Treasury Public Bond with
Semiannual Interest (NTN-B), maturing in 2030, based on the indicative quotation of the
business day on the date of the bookbuilding procedure, published by ANBIMA on its website
(http: //www.anbima.com.br), exponentially increased by a spread of 2.85% per year; or (b)
6.75% per year.

The nominal unit value or the restated nominal unit value, as the case maybe, of the Debentures will be
amortized as follows:

SP - 27372420v1
(i) 1st series: in two (2) installments, the first due on September 15, 2025 and the last due on
the maturity date of the 1st series Debentures, namely, September 15, 2026;

(ii) 2nd series: in three (3) installments, the first due on September 15, 2027, the second due on
September 15, 2028, and the last due on the maturity date of the 2nd series Debentures,
whichever is, September 15, 2029; and

(iii) 3rd series: in three (3) installments, the first due on September 15, 2029, the second due on
September 15, 2030, and the last due on the maturity date of the 3rd series Debentures,
whichever is, September 15, 2031.

The funds obtained by the Company through the issuance of the 1st series Debentures and the 2nd series
Debentures will be used for working capital, cash management and liquidity reinforcement, with the
lengthening of the debt profile of the Company and/or its subsidiaries (including through debt settlement in
general.

The funds obtained by the Company through the issuance of the 3rd series Debentures will be allocated to
the acquisition by the Company and/or its subsidiaries of a fleet of electric, hybrid or clean energy vehicles
(without the use of fossil fuels). The 3rd series Debentures will be characterized as "green debentures", based
on (i) the sustainability report (Sustainability Finance Framework - "Framework") prepared by the Company
to be duly verified and validated by an independent consultant ("Independent Opinion") , attesting that the
funding made under the Framework comply with the rules issued by the International Capital Market
Association ("ICMA") and contained in the Green Bond Principles (GBP) of 2021, as updated, to characterize
the issuance of the 3rd series Debentures in the "clean transport" category; and (ii) marking on B3's systems
as a green bond, subject to the procedures adopted by B3 (“ESG Marking”).

São Paulo, August 26, 2021.

Edmar Prado Lopes Neto


Investor Relations Officer

SP - 27372420v1

Você também pode gostar