Você está na página 1de 19

PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 1

Observação importante:

Este curso é protegido por direitos autorais (copyright), nos termos da Lei 9.610/98, que
altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências.

Galera!!! Grupos de rateio e pirataria são ilegais e prejudicam os professores que


elaboram os cursos. Valorize nosso trabalho e adquira nossos cursos apenas pelo site do
3D CONCURSOS!

SUMÁRIO PÁGINA

Representações Formais 02

Resumão 12

Questões 13

Gabarito 15

Questões Comentadas 15

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 2

Esta aula contem:

18 páginas

Páginas de questões
Páginas de teoria
comentadas
12 04

Questões FCC Questões ESAF

03 01

Questões CESPE Questões FGV

- -

Questões VUNESP Questões DIVERSAS

- 01

1. Representações formais (Carta de Responsabilidade da Administração)


Representação formal é o documento que, conforme as normas antigas, era chamado
de “Carta de responsabilidade da administração”.

A Resolução CFC nº 1.227/09 (vigente), que aprovou a NBC TA 580 – Representações


Formais -, define representações formais como “uma declaração escrita pela
administração, fornecida ao auditor, para confirmar certos assuntos ou suportar
outra evidência de auditoria”, e não mais prevê a existência da figura da carta de
responsabilidade.

Importante ressaltar que as representações formais não incluem as demonstrações


contábeis, nem seus registros comprobatórios.

Quem elabora as representações formais é a própria administração, para entregar ao


auditor, a fim de que se possa confirmar assuntos de relevância. Lembrem-se de que a
administração é responsável pela elaboração e apresentação adequada das
demonstrações contábeis, em conformidade com a estrutura de relatório financeiro.

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 3

Além da administração, a norma prevê que, quando apropriado, os responsáveis pela


governança, na auditoria de demonstrações contábeis, forneçam as representações
formais ao auditor.

Não vou me aprofundar nos conceitos de governança (normalmente cobrado em


Auditoria Governamental), mas vamos ver o conceito de “Responsáveis pela
governança”, segundo a Resolução CFC nº 1.209/09, que aprovou a NBC TA 260 –
Comunicação com os Responsáveis pela Governança:

São as pessoas ou organizações com responsabilidade pela supervisão


geral da direção estratégica da entidade e das obrigações relacionadas
à responsabilidade da entidade. Isso inclui a supervisão geral do
processo de relatórios contábeis. Para algumas entidades em algumas
circunstâncias, os responsáveis pela governança podem incluir pessoal
da administração, por exemplo, membros executivos de um conselho
de administração de uma entidade do setor público ou privado, ou um
sócio-diretor. (Grifei)

Na prática, os membros executivos do Conselho de Administração são considerados


responsáveis pela governança.

1.1 - Objetivos do auditor

De acordo com a NBC TA 580, em relação às representações formais, são objetivos do


auditor:

 Obter representações formais da administração, e quando apropriado,


dos responsáveis pela governança, de que eles cumpriram com suas
responsabilidades pela elaboração das demonstrações contábeis e pela
integridade das informações fornecidas ao auditor;
 Dar suporte a outras evidências de auditoria relevantes para as
demonstrações contábeis ou para afirmações específicas nas
demonstrações contábeis por meio de representações formais, se o
auditor determinar que estas são necessárias ou se forem exigidas por
outras normas de auditoria;
 Reagir apropriadamente às informações contidas nas representações
formais fornecidas;
 Reagir prontamente caso a administração não forneça as
representações solicitadas pelo auditor.

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 4

OBTER DECLARAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO QUANTO


AO CUMPRIMENTO DE RESPONSABILIDADES

DAR SUPORTE A OUTRAS EVIDÊNCIAS

REPRESENTAÇÕES
FORMAIS

REAGIR ÀS INFORMAÇÕES APRESENTADAS NA


REPRESENTAÇÃO

REAGIR À NÃO APRESENTAÇÃO DA REPRESENTAÇÃO

1.2 - Membros da administração aos quais são solicitadas representações formais

O auditor deve solicitar representações formais dos membros da administração com


responsabilidades apropriadas pelas demonstrações contábeis e conhecimento dos
assuntos envolvidos.

Nesse sentido, são solicitadas representações formais dos responsáveis pela


elaboração e pela apresentação das demonstrações contábeis.

Estas pessoas podem variar, dependendo da estrutura de governança da entidade,


mas a administração (e não os responsáveis pela governança) é normalmente a parte
responsável.

Em alguns casos, a administração pode decidir fazer indagações junto a outros que
participam da elaboração e apresentação das demonstrações, inclusive que possuam
conhecimento especializado. Segundo a NBC TA 580, tais indivíduos podem incluir, por
exemplo:

 Um atuário responsável por estimativas contábeis determinadas de forma


atuarial.
 Engenheiro da companhia que possa ter responsabilidade e conhecimento
sobre mensuração de passivos ambientais.
 Departamento jurídico que possa fornecer informações essenciais para
provisões para ações judiciais.

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 5

Para reforçar a necessidade de que a administração faça representações completas, o


auditor pode solicitar que a administração inclua nas representações formais a
confirmação de que realizou todas as indagações que considerou apropriadas.

Mas atenção: a NBC TA 260 (comunicação com os responsáveis pela governança) exige
que o auditor comunique aos responsáveis pela governança as representações
formais solicitadas da Administração.

O auditor deve comunicar aos responsáveis pela governança as representações


formais solicitadas da Administração.

1.3 - Representações formais sobre a responsabilidade da administração

A informação que deve constar da representação formal com esse objetivo deve ser a
de que a Administração cumpriu a sua responsabilidade pela elaboração das
demonstrações contábeis de acordo com a estrutura de relatório financeiro aplicável.

Ainda que se tenha obtido, durante os trabalhos de auditoria, evidência de que a


administração cumpriu essas responsabilidades, é necessária a confirmação da
administração, já que o auditor não é capaz de julgar esse fato apenas com base em
evidência de auditoria. É necessário que a administração afirme que foram cumpridas.

Por exemplo, o auditor não poderia ter certeza de que a administração forneceu ao
auditor todas as informações, sem lhe perguntar e receber confirmação de que tais
informações foram fornecidas. Ou de que a Administração entende que forneceu.

As representações formais exigidas com essa finalidade se valem do reconhecimento e


entendimento combinados com a administração quanto às suas responsabilidades nos
termos do trabalho de auditoria, solicitando a confirmação de que ela (administração)
os cumpriu.

O auditor também pode pedir à administração que confirme o seu conhecimento e


entendimento dessas responsabilidades em representações formais, particularmente
quando, por exemplo:

 Os que assinaram os termos do trabalho de auditoria em nome da entidade


já não têm mais responsabilidades relevantes.
 Há qualquer indicação de que a administração entendeu erroneamente
essas responsabilidades.

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 6

Em resumo: o auditor deve solicitar à administração que forneça representação


formal no sentido de que:

 Forneceu ao auditor todas as informações e permitiu os acessos


necessários, conforme termos do trabalho de auditoria.
 Todas as transações foram registradas e estão refletidas nas
demonstrações contábeis.

Outra finalidade das representações formais é o suporte de evidências de auditoria.


Vamos tratar disso a seguir.

1.4 - Representações formais como evidência de auditoria

Evidência de auditoria é a informação usada pelo auditor para chegar às conclusões


nas quais se baseia o seu relatório de auditoria, segundo a NBC TA 500 – Evidência de
Auditoria.

O trabalho principal do auditor é aplicar os procedimentos de auditoria necessários à


obtenção de evidências, a fim de serem utilizadas como base para a emissão de sua
opinião.

Se as representações formais são documentos que o auditor exige, por entender como
necessários à formação de sua opinião, então as respostas às indagações são
evidências de auditoria. Assim, podemos considerar as representações formais como
evidências de auditoria.

Podemos dizer que são importantes fontes de evidência, pois se a administração não
fornecê-las, o auditor pode entender o fato como indício de que possam existir
problemas que a administração está tentando esconder.

Além disso, a solicitação de representações formais ao invés de verbais pode levar a


administração a considerar os assuntos com mais rigor e a elaborar sua resposta com
mais cuidado, aumentando com isso a qualidade das informações apresentadas. Isso é
normal: qual de nós não capricha mais ao responder um questionamento se for por
escrito?

Mas atenção para um alerta constante da própria NBC TA 580: as representações


formais, sozinhas, não fornecem evidência de auditoria apropriada (qualidade) e
suficiente (quantidade) a respeito dos assuntos por elas tratados.

Outro aspecto importante: o fato de a administração ter fornecido representações


formais confiáveis não afeta a natureza ou extensão de outras evidências de auditoria

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 7

que o auditor tenha obtido a respeito da responsabilidade da administração ou de


outras afirmações específicas.

1.5 - Data e período abrangido pelas representações

De acordo com a NBC TA 580, a data das representações formais deve ser tão
próxima quanto praticável, mas não posterior à data do relatório do auditor sobre as
demonstrações contábeis, e que as representações formais devem ser relativas a todas
as demonstrações contábeis e períodos mencionados no relatório do auditor
(lembrem-se de que as novas normas não tratam mais de parecer, mas sim de
relatório).

A data das representações formais deve ser tão próxima quanto praticável, mas
não posterior à data do relatório do auditor sobre as demonstrações contábeis. Ou
seja: obrigatoriamente, as representações não podem ser posteriores à data do
relatório do auditor.

O motivo da definição dessa data é que, como as representações formais são


evidências de auditoria necessárias, a opinião do auditor não pode ser expressa e o
relatório não pode ser datado, antes da data das representações formais.

Além disso, como o auditor está interessado em eventos que ocorram até a data do
seu relatório e que possam exigir ajuste ou divulgação nas demonstrações contábeis,
as representações formais são datadas o mais próximo possível da data do seu
relatório, mas não após o relatório.

Em algumas circunstâncias, pode ser apropriado que o auditor obtenha representação


formal durante a execução dos trabalhos de auditoria. Nesse o caso, pode ser
necessário solicitar uma representação formal atualizada.

As representações formais são referentes a todos os períodos mencionados no


relatório do auditor, porque a administração precisa reafirmar que as representações
formais anteriores sobre períodos anteriores continuam apropriadas.

Problema prático: podem surgir situações em que a administração não esteve


presente durante todos os períodos mencionados no relatório do auditor, e tais
pessoas podem afirmar que não estão em posição de fornecer algumas ou todas as
representações formais porque não estavam presentes durante o período.

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 8

Este fato não diminuiu a responsabilidade de tais pessoas pelas demonstrações


contábeis como um todo, e ainda assim se aplica a exigência de que o auditor solicite
delas representações formais que abranjam todos os períodos apresentados e
cobertos no seu relatório.

1.6 - Dúvida quanto à confiabilidade das representações

Se o auditor tem preocupação a respeito da competência, integridade, valores éticos


ou diligência da administração, deve avaliar o efeito que tais preocupações podem ter
sobre a confiabilidade das representações (verbais ou escritas) e da evidência de
auditoria em geral.

Essas preocupações podem fazer o auditor concluir que o risco de representação


errônea da administração nas demonstrações contábeis é tal que a auditoria não pode
ser conduzida.

O auditor pode considerar retirar-se do trabalho, quando essa retirada for possível, a
menos que os responsáveis pela governança tenham adotado medidas corretivas, que
podem, todavia, não ser suficientes para possibilitar ao auditor a emissão de relatório
de auditoria sem modificações (opinião não modificada).

Em particular, se as representações formais forem incompatíveis com outras


evidências de auditoria, o auditor deve executar procedimentos de auditoria para
tentar solucionar o assunto.

Se o assunto não for solucionado, o auditor deve reconsiderar a avaliação da


administração, e determinar o efeito que isso pode ter sobre a confiabilidade das
representações e da evidência de auditoria em geral.

No caso de incompatibilidades identificadas entre uma ou mais representações


formais e a evidência de auditoria obtida de outra fonte, o auditor pode considerar
que a avaliação dos riscos se tornou inapropriada.

Assim, deve rever a avaliação de riscos e determinar a natureza, época e extensão de


procedimentos adicionais de auditoria para responder aos riscos avaliados.

Se o auditor concluir que as representações formais não são confiáveis, deve tomar
ações apropriadas, inclusive determinar o possível efeito na sua opinião no relatório
de auditoria.

1.7 - Representações solicitadas e não fornecidas

E se a administração não apresentar a representação formal exigida?

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 9

Se a administração não fornecer uma ou mais das representações formais solicitadas,


o auditor deve:

(a) discutir o assunto com a administração;

(b) reavaliar a integridade da administração e avaliar o efeito que isso


pode ter sobre a confiabilidade das representações (verbais ou escritas) e da
evidência de auditoria em geral; e

(c) tomar ações apropriadas, determinando o possível efeito sobre a sua


opinião no relatório de auditoria.

Adicionalmente, de acordo com a NBC TA 580, o auditor deve abster-se de emitir


opinião no relatório sobre as demonstrações contábeis se:

(a) existir dúvida suficiente a respeito da integridade da administração, de


tal modo que as representações formais não sejam confiáveis; ou

(b) a administração não fornecer as representações formais relacionadas


às responsabilidades da administração.

Ou seja: a não apresentação de uma representação formal exigida leva à emissão de


uma opinião modificada no relatório do auditor independente, no caso, uma
abstenção de opinião.

Isso porque, conforme já explicado, o auditor não é capaz de julgar apenas com base
em outras evidências de auditoria se a administração cumpriu com as
responsabilidades. Portanto, o auditor não tem condição de obter evidência de
auditoria apropriada e suficiente nesse sentido. Os possíveis efeitos sobre as
demonstrações contábeis de tal limitação não se limitam a elementos, contas ou itens
específicos das demonstrações contábeis e, portanto, estão disseminados, o que
levaria à abstenção de opinião.

Antes de passarmos para outro ponto, cabe ainda cabe uma consideração a respeito
da não disponibilização da representação formal por parte da administração.

Segundo a NBC TA 210, quando a administração não reconhecer sua responsabilidade,


ou não concordar em fornecer as representações formais, não seria apropriado que o
auditor aceitasse o trabalho de auditoria, a menos que seja exigido por lei ou
regulamento.

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 10

Portanto, atenção !

A administração se recusa
a fornecer as
Representações
Formais.Qual é a fase da
auditoria?

Contratação do Auditor Ao final da auditoria

Auditor deve recusar o


trabalho, a menos que seja O auditor deverá emitir um
exigido por lei ou relatório de auditoria com
regulamento abstenção de opinião

1.8 - Outras representações formais

Além da representação formal tratada até o momento, o auditor pode considerar


necessário solicitar outras representações formais sobre as demonstrações contábeis,
que podem suplementar, mas não fazer parte da representação formal principal.

Essas representações suplementares podem incluir representações, por exemplo,


sobre se a seleção e a aplicação das políticas contábeis são apropriadas.

A seguir, apresento um exemplo de carta de representação, incluindo representações


formais, constante da NBC TA 580, para vocês terem uma ideia de como são.

(Papel Timbrado da Entidade, no exemplo, Cia ABC)

(Data)

Destinatário (Nome do Auditor)

Esta carta de representação é fornecida em conexão com a sua auditoria das


demonstrações contábeis da Companhia ABC para o ano findo em 31 de dezembro
de 20XX(*) com o objetivo de expressar uma opinião se as demonstrações
contábeis foram apresentadas adequadamente, em todos os aspectos relevantes,

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 11

em conformidade com as práticas contábeis adotadas no Brasil.

Para fins de identificação, as demonstrações contábeis examinadas por V. Sas.


apresentam os seguintes valores básicos:

X1 R$ / X2 R$

Total do ativo

Total das exigibilidades

Patrimônio Líquido

Lucro líquido do exercício findo em

Confirmamos que (com base em nosso melhor entendimento e opinião, depois de


feitas as indagações que consideramos necessárias para o fim de nos informarmos
apropriadamente):

Demonstrações contábeis

Cumprimos nossas responsabilidades como definidas nos termos do trabalho de


auditoria datado de [inserir data], pela elaboração das demonstrações contábeis de
acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e, em particular, que as
demonstrações contábeis foram apresentadas adequadamente em conformidade
com essas práticas.

Os pressupostos significativos utilizados por nós ao fazermos as estimativas


contábeis, inclusive aquelas avaliadas pelo valor justo, são razoáveis (NBC TA 540).

Os relacionamentos e transações com partes relacionadas foram apropriadamente


contabilizados e divulgados em conformidade com as práticas contábeis adotadas
no Brasil (ver também NBC TA 550 – Partes Relacionadas).

Todos os eventos subsequentes à data das demonstrações contábeis e para os


quais as práticas contábeis adotadas no Brasil exigem ajuste ou divulgação foram
ajustados ou divulgados (ver também NBC TA 560 – Eventos Subsequentes).

Os efeitos das distorções não corrigidas são irrelevantes, individual e


agregadamente para as demonstrações contábeis como um todo. Uma lista das
distorções não corrigidas está anexa a esta carta de representação (ver também
NBC TA 450).

[Quaisquer outros assuntos que o auditor possa considerar apropriados (ver item
A11 desta Norma).]

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 12

Informações fornecidas

Nós lhes fornecemos:

 acesso a todas as informações das quais estamos cientes que são relevantes
para a elaboração das demonstrações contábeis, tais como registros e
documentação, e outros;
 informações adicionais que V. Sas. nos solicitaram para o propósito da
auditoria; e
 acesso irrestrito a pessoas dentro da entidade das quais V. Sas. determinaram
necessário obter evidência de auditoria.
Todas as transações foram registradas na contabilidade e estão refletidas nas
demonstrações contábeis.

Divulgamos a V. Sas. os resultados de nossa avaliação do risco de que as


demonstrações contábeis possam ter distorção relevante como resultado de fraude
(NBC TA 240).

Divulgamos a V. Sas. todas as informações relativas à fraude ou suspeita de fraude


de que temos conhecimento e que afetem a entidade e envolvam:

 administração;
 empregados com funções significativas no controle interno; ou
 outros em que a fraude poderia ter efeito relevante sobre as demonstrações
contábeis (NBC TA 240).

Divulgamos a V. Sas. todas as informações relativas a alegações de fraude ou


suspeita de fraude que afetem as demonstrações contábeis da entidade,
comunicadas por empregados, antigos empregados, analistas, reguladores ou
outros (NBC TA 240).

Divulgamos a V. Sas. todos os casos conhecidos de não conformidade ou suspeita


de não conformidade com leis e regulamentos, cujos efeitos devem ser
considerados na elaboração de demonstrações contábeis (NBC TA 250).

Divulgamos aos senhores a identidade das partes relacionadas e todos os


relacionamentos e transações com partes relacionadas das quais temos
conhecimento (NBC TA 550).

[Quaisquer outros assuntos que o auditor possa considerar necessário (ver item
A13 desta Norma)].

Assinaturas (Presidente (ou principal executivo), Diretor Financeiro e Contador)

(*) Adaptar no caso de incluir mais de um período.

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 13

Acesse agora nosso podcast com o Resumão abaixo. Click para ouvir

RESUMÃO

 Representação formal é uma declaração escrita pela administração, fornecida


ao auditor, para confirmar certos assuntos ou suportar outra evidência de
auditoria.

 Quem elabora as representações formais é a própria administração, para


entregar ao auditor, a fim de que se possa confirmar assuntos de relevância.

 O auditor deve comunicar aos responsáveis pela governança as


representações formais solicitadas da Administração.

 O auditor deve solicitar à administração que forneça representação formal no


sentido de que forneceu ao auditor todas as informações e permitiu os
acessos necessários, conforme termos do trabalho de auditoria e que todas as
transações foram registradas e estão refletidas nas demonstrações contábeis.

 Podemos considerar as representações formais como evidências de auditoria.


Entretanto, as representações formais, sozinhas, não fornecem evidência de
auditoria apropriada e suficiente a respeito dos assuntos por elas tratados.

 A data das representações formais deve ser tão próxima quanto praticável,
mas não posterior à data do relatório do auditor sobre as demonstrações
contábeis.

 Se o auditor concluir que as representações formais não são confiáveis, deve


tomar ações apropriadas, inclusive determinar o possível efeito na sua opinião
no relatório de auditoria.

 A não apresentação de uma representação formal exigida leva à emissão de


uma opinião modificada no relatório do auditor independente, no caso, uma
abstenção de opinião.

 O auditor pode considerar necessário solicitar outras representações formais


sobre as demonstrações contábeis, que podem suplementar, mas não fazer
parte da representação formal principal.

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 14

QUESTÕES FCC

1 - (FCC/ICMS-PI/2015) - O auditor deve solicitar à administração e/ou membros da


governança as representações formais em conformidade com as Normas Brasileiras
de Contabilidade sobre determinados assuntos, dentre os quais NÃO se inclui:
(A) Forneceu-se aos auditores acesso a todas as informações das quais estamos cientes
que são relevantes para a elaboração das demonstrações contábeis, tais como
registros, documentação e outros.
(B) Forneceu-se aos auditores acesso restrito a pessoas dentro da entidade das quais o
auditor determinou necessário para obter evidência de auditoria.
(C) Todos os eventos subsequentes à data das demonstrações contábeis e para os
quais as práticas contábeis adotadas no Brasil exigem ajuste ou divulgação foram
ajustados ou divulgados.
(D) Os pressupostos significativos utilizados por nós ao fazermos as estimativas
contábeis, inclusive aquelas avaliadas pelo valor justo, são razoáveis.
(E) Os efeitos das distorções não corrigidas são irrelevantes, individual e
agregadamente para as demonstrações contábeis como um todo.
2 - (FCC / ISS-SP / 2012) - A carta de responsabilidade da administração da empresa
auditada responsabiliza:
A) a diretoria financeira e a de controladoria.
B) o conselho de administração e o conselho fiscal.
C) a diretoria executiva.
D) o conselho de administração.
E) a governança e a administração.
3 - (FCC / TRE-CE / 2012) - A empresa Resistente S.A. não concordou em apresentar a
carta de responsabilidade da administração. Nesse caso, o auditor:
A) não deve aceitar o trabalho, em qualquer situação, ainda que exigido por lei.
B) deve denunciar a empresa aos órgãos competentes e recusar a auditoria.
C) deve aceitar o trabalho, estabelecendo a limitação de escopo e evidenciando a
recusa no relatório da auditoria.
D) não deve aceitar o trabalho a menos que seja exigido por lei ou regulamento.

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 15

E) deve ressalvar o parecer, apresentando nota de ênfase em qualquer situação.

QUESTÕES ESAF

1 - (ESAF / RECEITA FEDERAL / 2009) - O auditor, ao realizar auditoria na empresa


Construção S.A., aplicou todos os procedimentos de auditoria necessários ao
trabalho, realizando os trabalhos em conformidade com as normas de auditoria. Ao
solicitar a carta de responsabilidade da administração da empresa, esta deve ser
emitida na data:
A) de encerramento das demonstrações contábeis.
B) do término dos relatórios de revisão.
C) da publicação das demonstrações contábeis.
D) de emissão do parecer dos auditores.
E) em que o auditor finalizar os trabalhos em campo.

QUESTÕES DIVERSAS

1 - (FUNDATEC/SEFAZ-RS/2014) – O auditor independente da Companhia DS recebeu


a recusa da administração em fornecer as representações formais exigidas e a
permissão aos acessos necessários, conforme entendimentos nos termos do trabalho
de auditoria, e foi informado que todas as transações foram registradas e estão
refletidas nas demonstrações contábeis. Diante dessa situação, o auditor deve:
A) Emitir opinião adversa no relatório sobre as demonstrações contábeis.
B) Emitir opinião com ressalva no relatório sobre as demonstrações contábeis.
C) Abster-se de emitir opinião no relatório sobre as demonstrações contábeis.
D) Emitir opinião sem ressalva no relatório sobre as demonstrações contábeis e
informar aos responsáveis pela governança.
E) Convocar uma assembleia geral.

Gabarito - FCC
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
B E D
Gabarito - ESAF
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
D

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 16

Gabarito - DIVERSAS
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
C

QUESTÕES COMENTADAS

QUESTÕES FCC

1 - (FCC/ICMS-PI/2015) - O auditor deve solicitar à administração e/ou membros da


governança as representações formais em conformidade com as Normas Brasileiras
de Contabilidade sobre determinados assuntos, dentre os quais NÃO se inclui:
(A) Forneceu-se aos auditores acesso a todas as informações das quais estamos cientes
que são relevantes para a elaboração das demonstrações contábeis, tais como
registros, documentação e outros.
(B) Forneceu-se aos auditores acesso restrito a pessoas dentro da entidade das quais o
auditor determinou necessário para obter evidência de auditoria.
(C) Todos os eventos subsequentes à data das demonstrações contábeis e para os
quais as práticas contábeis adotadas no Brasil exigem ajuste ou divulgação foram
ajustados ou divulgados.
(D) Os pressupostos significativos utilizados por nós ao fazermos as estimativas
contábeis, inclusive aquelas avaliadas pelo valor justo, são razoáveis.
(E) Os efeitos das distorções não corrigidas são irrelevantes, individual e
agregadamente para as demonstrações contábeis como um todo.
Comentários:
Questão literal, retirada do Modelo de Representação constante na NBC TA
580.
O erro da letra B é a palavra RESTRITO. Basta trocá-la por IRRESTRITO para que
a alternativa fique correta.
Resposta: B
2 - (FCC / ISS-SP / 2012) - A carta de responsabilidade da administração da empresa
auditada responsabiliza:
A) a diretoria financeira e a de controladoria.
B) o conselho de administração e o conselho fiscal.
C) a diretoria executiva.
D) o conselho de administração.
E) a governança e a administração.
Comentários:

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 17

A carta de responsabilidade da administração (uma das representações


formais, regidas pela NBC TA 580) estabelece as responsabildades da administração e
dos responsáveis pela governança. Portanto, a letra E foi considerada a alternativa
correta.
Poderíamos questionar, dizendo que governança não é a mesma coisa que
responsáveis pela governança. Realmente, há uma diferença conceitual entre
“governança” e “responsáveis pela governança”.
O primeiro termo se refere a um sistema pelo qual as organizações são
dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo os relacionamentos entre
proprietários, Conselho de Administração, Diretoria, Auditoria Independente, entre
outros, segundo o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - IBGC.
Já o segundo, de acordo com a NBC TA 260, se refere às pessoas ou
organizações com responsabilidade pela supervisão geral da direção estratégica da
entidade e das obrigações relacionadas à responsabilidade da entidade.
Entretanto, não é a primeira vez que uma banca considera governança e
responsáveis pela governança como sinônimos e não adianta brigar com a prova.
Resposta: E
3 - (FCC / TRE-CE / 2012) - A empresa Resistente S.A. não concordou em apresentar a
carta de responsabilidade da administração. Nesse caso, o auditor:
A) não deve aceitar o trabalho, em qualquer situação, ainda que exigido por lei.
B) deve denunciar a empresa aos órgãos competentes e recusar a auditoria.
C) deve aceitar o trabalho, estabelecendo a limitação de escopo e evidenciando a
recusa no relatório da auditoria.
D) não deve aceitar o trabalho a menos que seja exigido por lei ou regulamento.
E) deve ressalvar o parecer, apresentando nota de ênfase em qualquer situação.
Comentários:
Esta questão foi retirada na literalidade da NBC TA 210. Segundo essa norma,
quando a administração não reconhecer sua responsabilidade, ou não concordar em
fornecer as representações formais, o auditor não consegue obter evidência de
auditoria apropriada e suficiente (NBC TA 580, item A26). Nessas circunstâncias, não
seria apropriado que o auditor aceitasse o trabalho de auditoria, a menos que seja
exigido por lei ou regulamento. Nos casos em que o auditor deve aceitar o trabalho de
auditoria, o auditor pode ter que explicar à administração a importância desses
assuntos e suas implicações para o relatório do auditor independente.
Resposta: D

QUESTÕES ESAF

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 18

1 - (ESAF / RECEITA FEDERAL / 2009) - O auditor, ao realizar auditoria na empresa


Construção S.A., aplicou todos os procedimentos de auditoria necessários ao
trabalho, realizando os trabalhos em conformidade com as normas de auditoria. Ao
solicitar a carta de responsabilidade da administração da empresa, esta deve ser
emitida na data:
A) de encerramento das demonstrações contábeis.
B) do término dos relatórios de revisão.
C) da publicação das demonstrações contábeis.
D) de emissão do parecer dos auditores.
E) em que o auditor finalizar os trabalhos em campo.
Comentários:
O item 11.17.5.2 da NBC T 11.17, que era a norma vigente à época, estabelecia
que uma carta com as declarações de responsabilidade da administração da entidade,
cujas Demonstrações Contábeis estão sendo auditadas deve ter a mesma data do
parecer dos auditores independentes sobre essas Demonstrações Contábeis, uma vez
que um dos itens cobertos nessa carta diz respeito aos eventos subsequentes
ocorridos entre a data das Demonstrações Contábeis e a data do parecer dos auditores
independentes. Portanto, a única resposta correta da questão é a letra “d”.
Entretanto, devo ressaltar que, de acordo com a NBC TA 580, vigente
atualmente, a data das representações formais deve ser tão próxima quanto
praticável, mas não posterior à data do relatório do auditor sobre as demonstrações
contábeis, e que as representações formais devem ser relativas a todas as
demonstrações contábeis e períodos mencionados no relatório do auditor (lembrem-
se de que as novas normas não tratam mais de parecer, mas sim de relatório).
Resposta: D

QUESTÕES DIVERSAS

1 - (FUNDATEC/SEFAZ-RS/2014) – O auditor independente da Companhia DS recebeu


a recusa da administração em fornecer as representações formais exigidas e a
permissão aos acessos necessários, conforme entendimentos nos termos do trabalho
de auditoria, e foi informado que todas as transações foram registradas e estão
refletidas nas demonstrações contábeis. Diante dessa situação, o auditor deve:
A) Emitir opinião adversa no relatório sobre as demonstrações contábeis.
B) Emitir opinião com ressalva no relatório sobre as demonstrações contábeis.
C) Abster-se de emitir opinião no relatório sobre as demonstrações contábeis.
D) Emitir opinião sem ressalva no relatório sobre as demonstrações contábeis e
informar aos responsáveis pela governança.
E) Convocar uma assembleia geral.

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle
PROFESSOR RODRIGO FONTENELLE 19

Comentários:
O item 20 da NBC TA 580, que trata de Representações Formais, é bem claro:
O auditor deve abster-se de emitir opinião no relatório sobre as demonstrações
contábeis se a administração não fornecer as representações formais exigidas.
Resposta: C

Representações Formais – 2020


Teoria e exercícios comentados
Prof. Rodrigo Fontenelle

Você também pode gostar