Você está na página 1de 4

Departamento de Química –ICEx –UFMG

RECICLAGEM E TRATAMENTO DE REJEITOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS


2020.1 – Lista Modulo 2
Nome: Letycia Pinheiro Bueno

1) As argilas naturais apresentam grande capacidade de remoção de cátions


de meio aquoso, sendo bastante estudadas para uso como adsorventes na
remoção de cátions em efluentes industriais. Explique a origem da sua
capacidade de troca catiônica baseada na sua estrutura química.

As argilas naturais são silicatos de alumínio hidratados de granulação fina, e


apresentam a fórmula química geral (Al,Mg,Fe) 4(Si4O10)(OH)8. A sua estrutura
cristalina consiste em planos infinitos de sílica que se superpõem uns aos
outros em forma de camadas, intercalados com cátions ou grupos catiônicos.
As camadas consistem em duas faixas tetraédricas separadas por uma faixa
octaédrica. A característica mais importante dessas estruturas para a adsorção
é a substituição isomórfica, que consiste na substituição de cátions Si 4+ por Al3+
ou Al3+ por Mg2+, em alguns sítios. Essa diferença de carga pode resultar em
uma carga negativa residual, e é essa diferença de carga que possibilita os
cátions do meio podem ser adsorvidos. Os cátions entram na estrutura química
da argila para neutralizar as cargas negativas residuais, causadas pelas
substituições isomórficas da estrutura.

2) Uma das maneiras de se medir a poluição da água é determinando-se o

valor da demanda química de oxigênio (DQO). Pode-se determinar o excesso

de dicromato de potássio (K2Cr2O7) por titulação com íons ferrosos em meio

ácido. Após a reação tem-se a formação dos íons cromo trivalente e íons

férrico e ainda a formação de água. Apresente a equação balanceada do

processo e indique as espécies responsáveis pela oxidação e redução.


K2Cr2O7(aq) + 14 H+(aq) + 3e- → 2 Cr3+(aq) + 7 H2O(l) + 2 K+(aq)
Fe2+(aq) → Fe3+(aq) + 1 e- (x 6)
K2Cr2O7(aq) + 14 H+(aq) + 6 Fe2+(aq) → 2 Cr3+(aq) + 6 Fe3+(aq) + 7 H2O(l) + 2 K+(aq)

O Cr6+ atua como agente oxidante da reação, pois possui maior potencial de
redução do que o Fe2+ (E0Cr6+ = +1,33; E0Fe2+ = -0,44), enquanto o Fe2+ atua
como agente redutor, devido ao seu menor potencial de redução.

3) Quais as principais características a serem apresentadas para que o


material possa ser classificado como um bom adsorvente de íons em efluentes.

4) Autores relatam que íons férricos podem decompor H 2O2 cataliticamente a


H2O e O2, cujos passos são dependentes do pH, como mostrado abaixo. O
primeiro passo é descrito pela equação em equilíbrio (Eq. 1):
Fe3+ + H2O2 ⇄ FeOOH2+ + H+ (Eq 1)
FeOOH2+→ Fe2++ HO2•
Fe2++ HO2• → Fe3+ + HO2
Fe3+ + HO2• → Fe2+ + O2+ H+
H2O2+ •OH → HO2• + H2O
Responda:
a) Apresente como você poderia deslocar o equilíbrio da Eq. 1 no sentido dos
produtos.
O equilíbrio pode ser deslocado adicionado um componente básico, que irá
consumir os íons H+, e com a diminuição da concentração de um dos produtos
na solução, o equilíbrio será deslocado no sentido da formação dos produtos.

b) Explique como o excesso de peróxido de hidrogênio pode interferir


negativamente no processo avançado de oxidação, apresente a equação
acima em que isso está evidenciado.

O H2 O2 pode interferir negativamente na reação de oxidação porque reage


com o radical hidroxila, como podemos observar na seguinte reação:
H2O2+ •OH → HO2• + H2O
O radical formado nessa reação, o radical hidroperoxila (HO2•), apresenta um
menor potencial de redução (Eo = 1,42 V versus ENH) que •OH, sendo um pior
agente oxidante para a reação.
Fonte: Nogueira, R. F. et al. FUNDAMENTOS E APLICAÇÕES AMBIENTAIS
DOS PROCESSOS FENTON E FOTO-FENTON. Quim. Nova, Vol. 30, No. 2,
400-408, 2007

5) A figura ao lado corresponde a um espectro infravermelho que representaria


a absorção pela espécie CO livre e quando ligada a um metal (-C=O).
Relacione o espectro abaixo com a carbonila livre e a carbonila ligada ao metal
(explique). Comprimento de onda/nm

A o sinal da carbonila livre é o de menos comprimento de onda,


enquanto o da carbonila ligada é o de maior comprimento de onda.
O espectro infravermelho detecta a vibração entre as ligações de um
dado composto, quando este absorve uma energia a uma determinada
frequência. A energia absorvida é diretamente proporcional a frequência, e
consequentemente inversamente proporcional ao comprimento de onda.
E = hv ou E= h /

Ligações mais fracas vibram mais facilmente do que ligações mais


fortes, portanto absorvem menos energia do que uma ligação forte. Como E=
hv, quanto mais fraca for a ligação menor será a frequência em que esta irá
vibrar e ser detectada no espectro, e o inverso vale para o comprimento de
onda.
O CO em sua forma livre tem ligação tripla, que é uma ligação forte que
absorverá uma quantidade grande de energia para vibrar. Quando coordenado
a um metal, o CO estabelece uma ligação sigma entre o carbono e o metal, e
os orbitais p não ligantes do carbono estabelecem também uma retrodoação
com o metal, o que enfraquece a ligação C-O. Por isso, a absorção de energia
do C-O livre é maior do que a sua absorção quando coordenado a um metal,
consequentemente o comprimento de onda do C-O livre no espectro será o
menor.

Você também pode gostar