Você está na página 1de 18

Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

AULA 03 – DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS

LEGISLAÇÃO:

TÍTULO II
DOS DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS

CAPÍTULO I
DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros
e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à
segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;

II - ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei;

III - ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante;

IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

V - é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material,
moral ou à imagem;

VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos
religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

VII - é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares
de internação coletiva;

VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou
política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir
prestação alternativa, fixada em lei;

IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,


independentemente de censura ou licença;

X - são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito
a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação;

XI - a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do
morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por
determinação judicial;

1
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

XII - é inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telegráficas, de dados e das


comunicações telefônicas, salvo, no último caso, por ordem judicial, nas hipóteses e na forma que a lei
estabelecer para fins de investigação criminal ou instrução processual penal;

XIII - é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações


profissionais que a lei estabelecer;

XIV - é assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário
ao exercício profissional;

XV - é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos
termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens;

XVI - todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público,
independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada
para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente;

XVII - é plena a liberdade de associação para fins lícitos, vedada a de caráter paramilitar;

XVIII - a criação de associações e, na forma da lei, a de cooperativas independem de autorização,


sendo vedada a interferência estatal em seu funcionamento;

XIX - as associações só poderão ser compulsoriamente dissolvidas ou ter suas atividades suspensas por
decisão judicial, exigindo-se, no primeiro caso, o trânsito em julgado;

XX - ninguém poderá ser compelido a associar-se ou a permanecer associado;

XXI - as entidades associativas, quando expressamente autorizadas, têm legitimidade para representar
seus filiados judicial ou extrajudicialmente;

XXII - é garantido o direito de propriedade;

XXIII - a propriedade atenderá a sua função social;

XXIV - a lei estabelecerá o procedimento para desapropriação por necessidade ou utilidade pública, ou
por interesse social, mediante justa e prévia indenização em dinheiro, ressalvados os casos previstos
nesta Constituição;

XXV - no caso de iminente perigo público, a autoridade competente poderá usar de propriedade
particular, assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver dano;

XXVI - a pequena propriedade rural, assim definida em lei, desde que trabalhada pela família, não será
objeto de penhora para pagamento de débitos decorrentes de sua atividade produtiva, dispondo a lei
sobre os meios de financiar o seu desenvolvimento;

XXVII - aos autores pertence o direito exclusivo de utilização, publicação ou reprodução de suas
obras, transmissível aos herdeiros pelo tempo que a lei fixar;

XXVIII - são assegurados, nos termos da lei:


2
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

a) a proteção às participações individuais em obras coletivas e à reprodução da imagem e voz


humanas, inclusive nas atividades desportivas;

b) o direito de fiscalização do aproveitamento econômico das obras que criarem ou de que


participarem aos criadores, aos intérpretes e às respectivas representações sindicais e associativas;

XXIX - a lei assegurará aos autores de inventos industriais privilégio temporário para sua utilização,
bem como proteção às criações industriais, à propriedade das marcas, aos nomes de empresas e a
outros signos distintivos, tendo em vista o interesse social e o desenvolvimento tecnológico e
econômico do País;

XXX - é garantido o direito de herança;

XXXI - a sucessão de bens de estrangeiros situados no País será regulada pela lei brasileira em
benefício do cônjuge ou dos filhos brasileiros, sempre que não lhes seja mais favorável a lei pessoal do
"de cujus";

XXXII - o Estado promoverá, na forma da lei, a defesa do consumidor;

XXXIII - todos têm direito a receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular, ou
de interesse coletivo ou geral, que serão prestadas no prazo da lei, sob pena de responsabilidade,
ressalvadas aquelas cujo sigilo seja imprescindível à segurança da sociedade e do Estado;

XXXIV - são a todos assegurados, independentemente do pagamento de taxas:

a) o direito de petição aos Poderes Públicos em defesa de direitos ou contra ilegalidade ou abuso de
poder;

b) a obtenção de certidões em repartições públicas, para defesa de direitos e esclarecimento de


situações de interesse pessoal;

XXXV - a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito;

XXXVI - a lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada;

XXXVII - não haverá juízo ou tribunal de exceção;

XXXVIII - é reconhecida a instituição do júri, com a organização que lhe der a lei, assegurados:

a) a plenitude de defesa;

b) o sigilo das votações;

c) a soberania dos veredictos;

d) a competência para o julgamento dos crimes dolosos contra a vida;

XXXIX - não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação legal;
3
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

XL - a lei penal não retroagirá, salvo para beneficiar o réu;

XLI - a lei punirá qualquer discriminação atentatória dos direitos e liberdades fundamentais;

XLII - a prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão,
nos termos da lei;

XLIII - a lei considerará crimes inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou anistia a prática da tortura , o
tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, o terrorismo e os definidos como crimes hediondos, por
eles respondendo os mandantes, os executores e os que, podendo evitá-los, se omitirem;

XLIV - constitui crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis ou militares,
contra a ordem constitucional e o Estado Democrático;

XLV - nenhuma pena passará da pessoa do condenado, podendo a obrigação de reparar o dano e a
decretação do perdimento de bens ser, nos termos da lei, estendidas aos sucessores e contra eles
executadas, até o limite do valor do patrimônio transferido;

XLVI - a lei regulará a individualização da pena e adotará, entre outras, as seguintes:

a) privação ou restrição da liberdade;

b) perda de bens;

c) multa;

d) prestação social alternativa;

e) suspensão ou interdição de direitos;

XLVII - não haverá penas:

a) de morte, salvo em caso de guerra declarada, nos termos do art. 84, XIX;

b) de caráter perpétuo;

c) de trabalhos forçados;

d) de banimento;

e) cruéis;

XLVIII - a pena será cumprida em estabelecimentos distintos, de acordo com a natureza do delito, a
idade e o sexo do apenado;

XLIX - é assegurado aos presos o respeito à integridade física e moral;

4
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

L - às presidiárias serão asseguradas condições para que possam permanecer com seus filhos durante o
período de amamentação;

LI - nenhum brasileiro será extraditado, salvo o naturalizado, em caso de crime comum, praticado
antes da naturalização, ou de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas
afins, na forma da lei;

LII - não será concedida extradição de estrangeiro por crime político ou de opinião;

LIII - ninguém será processado nem sentenciado senão pela autoridade competente;

LIV - ninguém será privado da liberdade ou de seus bens sem o devido processo legal;

LV - aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral são assegurados o
contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a ela inerentes;

LVI - são inadmissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos;

LVII - ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;

LVIII - o civilmente identificado não será submetido a identificação criminal, salvo nas hipóteses
previstas em lei; (Regulamento).

LIX - será admitida ação privada nos crimes de ação pública, se esta não for intentada no prazo legal;

LX - a lei só poderá restringir a publicidade dos atos processuais quando a defesa da intimidade ou o
interesse social o exigirem;

LXI - ninguém será preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada de
autoridade judiciária competente, salvo nos casos de transgressão militar ou crime propriamente
militar, definidos em lei;

LXII - a prisão de qualquer pessoa e o local onde se encontre serão comunicados imediatamente ao
juiz competente e à família do preso ou à pessoa por ele indicada;

LXIII - o preso será informado de seus direitos, entre os quais o de permanecer calado, sendo-lhe
assegurada a assistência da família e de advogado;

LXIV - o preso tem direito à identificação dos responsáveis por sua prisão ou por seu interrogatório
policial;

LXV - a prisão ilegal será imediatamente relaxada pela autoridade judiciária;

LXVI - ninguém será levado à prisão ou nela mantido, quando a lei admitir a liberdade provisória, com
ou sem fiança;

LXVII - não haverá prisão civil por dívida, salvo a do responsável pelo inadimplemento voluntário e
inescusável de obrigação alimentícia e a do depositário infiel;

5
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

LXVIII - conceder-se-á habeas corpus sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer
violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder;

LXIX - conceder-se-á mandado de segurança para proteger direito líquido e certo, não amparado por
habeas corpus ou habeas data, quando o responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade
pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder Público;

LXX - o mandado de segurança coletivo pode ser impetrado por:

a) partido político com representação no Congresso Nacional;

b) organização sindical, entidade de classe ou associação legalmente constituída e em funcionamento


há pelo menos um ano, em defesa dos interesses de seus membros ou associados;

LXXI - conceder-se-á mandado de injunção sempre que a falta de norma regulamentadora torne
inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais e das prerrogativas inerentes à
nacionalidade, à soberania e à cidadania;

LXXII - conceder-se-á habeas data:

a) para assegurar o conhecimento de informações relativas à pessoa do impetrante, constantes de


registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter público;

b) para a retificação de dados, quando não se prefira fazê-lo por processo sigiloso, judicial ou
administrativo;

LXXIII - qualquer cidadão é parte legítima para propor ação popular que vise a anular ato lesivo ao
patrimônio público ou de entidade de que o Estado participe, à moralidade administrativa, ao meio
ambiente e ao patrimônio histórico e cultural, ficando o autor, salvo comprovada má-fé, isento de
custas judiciais e do ônus da sucumbência;

LXXIV - o Estado prestará assistência jurídica integral e gratuita aos que comprovarem insuficiência
de recursos;

LXXV - o Estado indenizará o condenado por erro judiciário, assim como o que ficar preso além do
tempo fixado na sentença;

LXXVI - são gratuitos para os reconhecidamente pobres, na forma da lei:

a) o registro civil de nascimento;

b) a certidão de óbito;

LXXVII - são gratuitas as ações de habeas corpus e habeas data, e, na forma da lei, os atos necessários
ao exercício da cidadania.

LXXVIII a todos, no âmbito judicial e administrativo, são assegurados a razoável duração do processo
e os meios que garantam a celeridade de sua tramitação. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45,
de 2004)
6
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

§ 1º - As normas definidoras dos direitos e garantias fundamentais têm aplicação imediata.

§ 2º - Os direitos e garantias expressos nesta Constituição não excluem outros decorrentes do regime e
dos princípios por ela adotados, ou dos tratados internacionais em que a República Federativa do
Brasil seja parte.

§ 3º Os tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos que forem aprovados, em cada
Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por três quintos dos votos dos respectivos membros,
serão equivalentes às emendas constitucionais. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
(Atos aprovados na forma deste parágrafo)

§ 4º O Brasil se submete à jurisdição de Tribunal Penal Internacional a cuja criação tenha manifestado
adesão. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)

EXERCÍCIOS:

01 (VUNESP - 2013 - PC-SP - Agente de Polícia) – Conforme estabelece a Constituição Federal, o


preso tem direitos expressamente previstos no Texto Maior, sendo um deles o seguinte:
a) de ser identificado criminalmente, mesmo se já identificado civilmente.
b) assistência da família.
c) sala especial se tiver curso superior.
d) liberdade mediante fiança, independentemente do crime que cometeu.
e) avistar-se pessoalmente com o Promotor de Justiça.

02 (CESPE - 2012 - PC-AL - Agente de Polícia) – Acerca da Constituição Federal e dos direitos e
garantias fundamentais, julgue os itens a seguir.

01 – No Brasil, a pena é personalíssima, não podendo passar da pessoa do condenado, razão por que a
obrigação de reparar o dano não pode ser estendida aos sucessores do condenado ou contra eles
executada.

03 (CESPE - 2012 - PC-AL - Agente de Polícia) – Acerca da Constituição Federal e dos direitos e
garantias fundamentais, julgue os itens a seguir.

01 – O uso de algemas durante audiência de instrução e julgamento pode ser determinado pelo
magistrado quando presentes, de maneira concreta, riscos a segurança do acusado ou das pessoas ao
ato presentes.

04 (NUCEPE - 2012 - PM-PI - Agente de Polícia – Cabo) – Conforme o Artigo 5º, inc. XXXVIII, da
Constituição Federal, é reconhecida a instituição do júri, com a organização que lhe der a Lei,
assegurados, EXCETO.
a) A ampla defesa.
7
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

b) O sigilo das votações.


c) A soberania dos veredictos.
d) A plenitude da defesa.
e) A competência para o julgamento dos crimes dolosos contra a vida.

05 (NUCEPE - 2012 - PM-PI - Agente de Polícia – Sargento) – Marque a alternativa INCORRETA,


conforme o Artigo 5º da Constituição Federal do Brasil.
a) É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.
b) A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do
morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por
determinação judicial.
c) Ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou
política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir
prestação alternativa, fixada em lei.
d) A propriedade atenderá a sua função social.
e) No caso de iminente perigo público, a autoridade competente poderá usar de propriedade particular,
assegurada ao proprietário indenização ulterior, mesmo se não houver dano.

06 (FUNIVERSA - 2009 - PC-DF - Agente de Polícia) – A teoria dos direitos fundamentais leva ao
estudo daqueles de natureza indisponível por parte dos cidadãos, na medida de sua titularidade pela
comunidade como um todo, como a essência mínima de caracterização da própria definição de
sociedade humana. A respeito dos direitos e garantias fundamentais, assinale a alternativa correta.
a) Por caracterizarem espécie altamente diferenciada de direitos, impondo, inclusive, limitações ao
poder constituinte derivado, é assente na jurisprudência do Supremo Tribunal Federal que, como
exceção que são, assim devem ser tratados, restringindo-os às espécies previstas no art. 5º da
Constituição Federal, o conhecido artigo da cidadania,
b) Na evolução das conhecidas dimensões dos direitos fundamentais, há, sucessivamente, substituição
de direitos na medida do atingimento de novos estágios.
c) Os direitos previstos no art. 5º da Carta Federal também têm sido deferidos pelo Supremo Tribunal
Federal mesmo aos estrangeiros não residentes.
d) Os direitos e garantias fundamentais têm, sem exceção, aplicação imediata.
e) Tendo em conta o histórico do nascimento dos direitos fundamentais, não há que se considerar a sua
aplicação em face dos particulares.

07 (CESPE - 2009 - PC-PB - Agente de Investigação e Agente de Polícia) – A CF estabelece a


garantia da inviolabilidade domiciliar, porém autoriza a violação do lar durante o período noturno
a) por meio de determinação judicial.
b) por meio de autorização ou determinação do MP.
c) para cumprimento de diligência policial.
d) em caso de desastre.
e) em caso de descumprimento de lei.

08 (CESPE - 2013 - PC-DF - Escrivão de Polícia) – À luz da Constituição Federal de 1988 (CF),
julgue os itens que se seguem, acerca de direitos e garantias fundamentais.

8
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

01 – O direito de petição aos poderes públicos em defesa de direitos ou contra ilegalidade ou abuso de
poder é assegurado a todos, desde que paga a respectiva taxa.

09 (CESPE - 2013 - PC-DF - Escrivão de Polícia) – À luz da Constituição Federal de 1988 (CF),
julgue os itens que se seguem, acerca de direitos e garantias fundamentais.

01 – Uma lei complementar não pode subtrair da instituição do júri a competência para julgamento dos
crimes dolosos contra a vida.

10 (CESPE - 2013 - PC-DF - Escrivão de Polícia) – À luz da Constituição Federal de 1988 (CF),
julgue os itens que se seguem, acerca de direitos e garantias fundamentais.

01 – Havendo iminente perigo público, a autoridade competente poderá usar de propriedade particular,
assegurada ao proprietário indenização ulterior se houver dano.

11 (CESPE - 2013 - PC-BA - Investigador de Polícia) – No que concerne aos direitos e garantias
fundamentais, julgue os itens a seguir.

01 – A previsão constitucional da prática de tortura como crime inafiançável e insuscetível de graça ou


anistia expressa um dever de proteção identificado pelo constituinte e traduz-se em mandado de
criminalização dirigido ao legislador.

12 (CESPE - 2013 - PC-BA - Investigador de Polícia) – No que se refere aos poderes Legislativo,
Executivo e Judiciário e às funções essenciais à justiça, julgue os itens seguintes.

01 - A possibilidade de determinação da quebra do sigilo bancário e fiscal encontra-se no âmbito dos


poderes de investigação das comissões parlamentares de inquérito.

13 (CESPE - 2013 - PC-BA - Escrivão de Polícia) – No que concerne aos direitos e garantias
fundamentais, julgue os itens a seguir.

01 – O direito à liberdade de reunião deve ser exercido de forma pacífica e sem armas, sendo
desnecessária autorização ou prévio aviso à autoridade competente.

14 (CESPE - 2012 - PC-AL - Escrivão de Polícia) – No que concerne aos princípios, direitos e
garantias fundamentais, estabelecidos na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue os itens a seguir.

01 – Dado o direito à liberdade, um dos direitos fundamentais, a prisão de um indivíduo é medida


excepcional.

9
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

15 (CESPE - 2011 - PC-ES - Escrivão de Polícia – Específicos) – Tendo em vista a disciplina


constitucional sobre os direitos à liberdade e à propriedade, julgue o próximo item.

01 – A Constituição Federal de 1988 confere à liberdade de locomoção caráter absoluto, que não
comporta restrição de qualquer natureza.

16 (VUNESP - 2013 - PC-SP - Escrivão de Polícia Civil) – Assinale a alternativa cuja afirmação está,
expressamente, de acordo com a Constituição Federal brasileira.
a) É inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telefônicas, salvo, em ambos os casos,
por ordem judicial, nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação criminal.
b) A lei penal não retroagirá, salvo para punir o réu nos casos de cometimento de crime hediondo ou
de racismo.
c) Às presidiárias serão asseguradas condições para que possam permanecer com seus filhos durante o
período de amamentação.
d) A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do
morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia ou à
noite, por determinação judicial.
e) Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, desde que prévia e
devidamente autorizado pela autoridade competente e não frustrem outra reunião anteriormente
convocada para o mesmo local.

17 (VUNESP - 2013 - PC-SP - Escrivão de Polícia Civil) – Analise as seguintes afirmativas e


classifique cada uma como falsa (F) ou verdadeira (V).

( ) A prisão de qualquer pessoa e o local onde se encontre serão comunicados imediatamente ao juiz
competente e à família do preso ou à pessoa por ele indicada.

( ) Conceder-se-á mandado de segurança sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer
violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder.

( ) O preso tem direito à identificação dos responsáveis por sua prisão ou por seu interrogatório
policial.

( ) Ninguém será levado à prisão ou nela mantido, quando a lei admitir a liberdade provisória, com ou
sem fiança.

Assinale a alternativa que corresponde à classificação correta das afirmativas em ordem de


apresentação.
a) F, F, V, V.
b) V, F, V, V.
c) V, F, V, F.
d) V, F, F, V.
e) F, V, F, V.

18 (UEG - 2013 - PC-GO - Escrivão de Polícia Civil) – A Constituição Federal, ao garantir a


igualdade de todos perante a lei, no artigo 5°, determina que não haverá distinção de qualquer natureza
10
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

entre as pessoas, o que tem sido entendido como a vedação de diferenciações arbitrárias. Isso tem
norteado a atuação do judiciário, do legislativo e do executivo pátrios, que buscam conferir plena
eficácia ao dispositivo constitucional ao entender que é
a) permitido o tratamento normativo diferenciado, qualquer que seja a finalidade imediata do ato
normativo ou o fim mediato visado por ele e a proporcionalidade entre ambos.
b) permitido norma genérica impeditiva de diferenciações consoante valores constitucionais, qualquer
que seja a finalidade do ato normativo ou o fim imediato por ele visado.
c) vedado à autoridade pública interpretar e aplicar a lei de forma a criar ou aumentar desigualdades
arbitrárias, qualquer que seja a finalidade da ordem normativa.
d) vedada a criação de tratamentos diferenciados, consoante os valores constitucionais, por ordem
normativa de qualquer natureza, qualquer que seja a finalidade do ato.

19 (MOVENS - 2009 - PC-PA - Escrivão de Polícia Civil) – A Constituição Federal não faz distinção
entre os servidores que exercem atividades civis e os policiais civis. No entanto, existem algumas
restrições para o exercício de cargos de policiais. Com base no texto constitucional, assinale a opção
correta acerca desse tema.
a) A distinção entre servidores é discriminatória, dado que há determinação constitucional no sentido
de que a lei reserve percentual dos cargos e empregos públicos para pessoas com deficiência e defina
os critérios de sua admissão.
b) A exigência de altura mínima não pode ser empecilho para que um indivíduo exerça atividade
policial, tendo em vista que todos são considerados iguais perante a lei.
c) Por não haver distinção entre os servidores que exercem atividades civis e os policiais civis, ambos
devem receber tratamento similar tanto para a remuneração quanto para o ingresso na carreira.
d) Carreiras especiais do serviço público podem exigir que os candidatos atendam requisitos quanto ao
físico e aos órgãos dos sentidos para a investidura.

20 (CESPE - 2012 - PM-AL - Soldado Combatente da Polícia Militar) – Considere que um cidadão
alemão de vinte e um anos de idade, em viagem de turismo ao Brasil, tenha sido preso em flagrante
delito, pelo crime de furto, por policial militar. Nessa situação,
a) a CF garante ao referido cidadão o direito à identificação do policial responsável por sua prisão.
b) a autoridade policial deve, conforme exigência constitucional, comunicar imediatamente à
representação diplomática da Alemanha a ocorrência da prisão do referido cidadão, ainda que ele se
oponha a tal comunicação.
c) o referido cidadão não poderá ser interrogado pela autoridade policial, conforme prevê a CF, sem o
acompanhamento de defensor público ou de advogado regularmente constituído.
d) o referido cidadão não tem direito a impugnar essa prisão mediante habeas corpus porque a CF
somente prevê esse tipo de garantia para prisões efetuadas mediante ordem judicial.
e) o referido cidadão não tem direito a impugnar essa prisão mediante habeas corpus porque ele não é
cidadão brasileiro nem estrangeiro residente no país.

21 (IOBV - 2013 - PM-SC - Soldado da Polícia Militar) – De acordo com o art. 5º da Constituição da
República Federativa do Brasil vigente, todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer
natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito
à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. Diante desse contexto, assinale a
incorreta:

11
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

a) A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do
morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por
determinação judicial.
b) Não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação legal.
c) É assegurado aos presos o respeito à integridade física e moral.
d) Ninguém poderá ser preso sem ordem escrita e fundamentada da autoridade judiciária competente,
nem mesmo em flagrante delito, salvo nos casos de transgressão militar ou crime propriamente militar,
definidos em lei.

22 (IOBV - 2013 - PM-SC - Soldado da Polícia Militar) – Segundo a Constituição Federal vigente é
considerado crime inafiançável e imprescritível:
a) A prática da tortura.
b) O tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins .
c) O terrorismo e os definidos como crimes hediondos.
d) A ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado
Democrático.

23 (CONSULPLAN - 2013 - PM-TO - Soldado da Polícia Militar) – Marque a alternativa que NÃO
encontra previsão na Constituição da República Federativa do Brasil, dentro do capítulo dos direitos e
deveres individuais e coletivos.
a) A lei penal não retroagirá, salvo para beneficiar o réu.
b) A prática de tortura é um crime inafiançável e imprescritível.
c) O civilmente identificado não será submetido à identificação criminal, salvo nas hipóteses previstas
em lei.
d) A prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão, nos
termos da lei.

24 (FUNIVERSA - 2013 - PM-DF - Soldado da Polícia Militar – Combatente) – A Constituição


Federal define o Brasil como um Estado democrático de direito cujos fundamentos são a soberania, a
cidadania, a dignidade da pessoa humana, os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa, o
pluralismo político. Relativamente aos direitos e garantias fundamentais, constitucionalmente
assegurados e essenciais à plena cidadania, assinale a alternativa correta.
a) É livre a manifestação do pensamento, sendo permitido o anonimato.
b) Homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações.
c) A casa é asilo inviolável do indivíduo, não sendo dado a ninguém nela penetrar sem autorização do
morador.
d) Sem exceção, é inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telefônicas.
e) É livre a manifestação intelectual e artística, admitindo-se a censura apenas para a televisão.

25 (FUNIVERSA - 2013 - PM-DF - Soldado da Polícia Militar – Combatente) – Consoante estabelece


a Constituição Federal, no tocante aos direitos e garantias fundamentais, assinale a alternativa correta.
a) Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, desde que não
frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigida prévia
autorização à autoridade competente.

12
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

b) A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do
morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por
determinação judicial.
c) As associações só poderão ser compulsoriamente dissolvidas ou ter suas atividades suspensas por
decisão judicial, exigindo-se, em ambos os casos, o trânsito em julgado.
d) A prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de detenção, nos
termos da lei.
e) Não haverá penas de morte em quaisquer hipóteses.

26 (IESES - 2011 - PM-SC - Soldado da Polícia Militar) – Assinale a alternativa correta:


a) Ninguém será preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada de autoridade
judiciária competente, inclusive nos casos de transgressão militar ou crime propriamente militar,
definidos em lei.
b) O infrator será levado à prisão ou nela mantido, mesmo quando a lei admitir a liberdade provisória,
com ou sem fiança.
c) A prisão de qualquer pessoa e o local onde se encontre serão comunicados em até quarenta e duas
horas ao juiz competente e à família do preso ou à pessoa por ele indicada.
d) A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do
morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por
determinação judicial.

27 (FUNCAB - 2010 - PM-GO - Soldado da Polícia Militar) – Com base nos direitos e garantias
fundamentais previstos na Constituição da República, assinale a alternativa correta.
a) É livre a manifestação de pensamento, sendo admitido, em regra, o anonimato.
b) A possibilidade de reparação por danos morais não está prevista expressamente no texto
Constitucional.
c) A casa é asilo inviolável, podendo nela penetrar através de decisão judicial, durante o dia ou durante
a noite
d) A lei só poderá restringir a publicidade dos atos processuais quando a defesa da intimidade ou o
interesse social o exigirem.
e) O mandado de Segurança é cabível na hipótese de violação dos direitos fundamentais, ainda que
tutelável por habeas corpus ou habeas data.

28 (UEG - 2013 - PC-GO - Agente de Polícia) – O artigo 5° da Constituição Federal assegura a


igualdade ao afirmar que “todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza,
garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à
liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”. As facilidades do mundo contemporâneo e as
oportunidades oferecidas pelo Brasil, por outro lado, têm permitido o trânsito de muitos estrangeiros
em nosso país. Assim, como deve ser interpretada a expressão “estrangeiros residentes no País”,
contida no dispositivo constitucional citado, referente aos atos praticados por essas pessoas que se
encontram em trânsito no Brasil?
a) A Constituição Federal assegura a todos os estrangeiros em território nacional igualdade de
tratamento perante a lei, o que inclui o acesso às ações e remédios constitucionais.
b) A Constituição Federal assegura apenas aos estrangeiros com residência fixa comprovada no Brasil
igualdade de tratamento perante a lei, o que não inclui o acesso às ações e remédios constitucionais.

13
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

c) A Constituição Federal assegura apenas aos estrangeiros com residência fixa comprovada no Brasil
igualdade de tratamento perante a lei, o que inclui o acesso às ações e remédios constitucionais.
d) A Constituição Federal assegura a todos os estrangeiros em território nacional igualdade de
tratamento perante a lei, o que não inclui o acesso às ações e remédios constitucionais.

29 (CESPE - 2008 - ABIN - Agente de Inteligência) – Julgue certo ou errado.

01 – Considerando a hipótese de que um cidadão esteja internado em entidade civil de internação


coletiva e professe como religião o candomblé, nessa hipótese, sendo o Estado brasileiro laico, não
será a União obrigada a assegurar a esse interno as condições para que ele tenha assistência religiosa.

30 (CESPE - 2014 - Polícia Federal - Agente de Polícia Federal) – Um agente da Polícia Federal foi
escalado para atuar em operação para cumprimento de mandado judicial de prisão e de busca e
apreensão, durante o dia, de documentos no escritório profissional do investigado.

A respeito da atuação do agente na situação descrita acima, julgue o item a seguir.

01 – O agente poderá acessar o conteúdo de correspondências encontradas no escritório profissional do


investigado, uma vez que está prevista na CF, de forma expressa, a possibilidade de violação do sigilo
das correspondências quando houver ordem judicial em processo penal.

31 (CESPE - 2014 - Polícia Federal - Agente de Polícia Federal) – Um agente da Polícia Federal foi
escalado para atuar em operação para cumprimento de mandado judicial de prisão e de busca e
apreensão, durante o dia, de documentos no escritório profissional do investigado.

A respeito da atuação do agente na situação descrita acima, julgue os itens a seguir.

01 – Mesmo que o investigado ofereça resistência à ordem de prisão, não será possível o uso de
algemas para conduzi-lo, uma vez que a CF garante que nenhum cidadão será submetido a tratamento
desumano ou degradante.

02 – Mesmo sem o consentimento do proprietário, é permitido ao agente entrar no escritório


profissional onde se encontrem os objetos de busca e apreensão.

32 (ACAFE - 2014 - PC-SC - Agente de Polícia) – O art. 5º da Constituição Federal trata dos direitos e
deveres individuais e coletivos, espécie do gênero direitos e garantias fundamentais (Título II). Assim,
apesar de referir-se, de modo expresso, apenas a direitos e deveres, também consagrou as garantias
fundamentais.
(LENZA, Pedro. Direito Constitucional Esquematízado, São Paulo: Saraiva, 2009,13ª. ed.,p, 671).

Com base na afirmação acima, analise as ques-tões a seguir e assinale a alternativa correta.

I - Os direitos são bens e vantagens prescritos na norma constitucional, enquanto as garantias são os
instrumentos através dos quais se as- segura o exercício dos aludidos direitos.

14
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

II - O rol dos direitos expressos nos 78 incisos e parágrafos do art. 5º da Constituição Federal é
meramente exemplificativo.
III - Os direitos e garantias expressos na Constituição Federal não excluem outros decorrentes do
regime e dos princípios por ela adotados, ou dos tratados internacionais em que o Brasil seja parte.
IV - São invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito
à indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação.
V - É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos
religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias.
a) Apenas I, II e III estão corretas.
b) Apenas II, III e IV estão corretas.
c) Apenas III e V estão corretas.
d) Apenas IV e V estão corretas.
e) Todas as questões estão corretas.

33 (Aroeira - 2014 - PC-TO - Agente de Polícia) – Segundo a Constituição de 1988, constitui crime
inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão, nos termos da lei,
a) a prática de racismo.
b) o tráfico ilícito de drogas.
c) a prática de tortura.
d) o terrorismo.

34 (UEG - 2013 - PC-GO - Agente de Polícia) – A sociedade contemporânea é considerada a


sociedade da informação, dada sua importância nas relações sociais hodiernas. Nos diversos setores da
realidade social, ela tem recebido tratamento cuidadoso. A Constituição Federal, no inciso XIV do
artigo 5º, garante a todos o acesso à informação, resguardado o sigilo da fonte quando necessário ao
exercício profissional. Isso significa a ampla liberdade na divulgação
a) de fatos, independente da origem da fonte, se astuciosa ou errônea.
b) de condutas íntimas e pessoais, ainda que vexatórias, que infrinjam o interesse público.
c) de condutas íntimas e pessoais vexatórias, desde que conhecida a origem da fonte.
d) de fatos de interesse público, ainda que resguardado o sigilo da fonte.

35 (CESPE - 2012 - TJ-RR - Agente de Proteção) – Com base no art. 5.º da Constituição Federal de
1988 (CF), julgue o item a seguir.

01 – A CF proíbe a aplicação de penas de morte em tempo de paz, de penas cruéis, de penas de


banimento, de penas de caráter perpétuo e de trabalhos forçados.

36 (ACAFE - 2014 - PC-SC - Agente de Polícia) – O devido processo legal estabelecido como direito
do cidadão na Constituição Federal configu-ra dupla proteção ao indivíduo, pois atua no âmbito
material de proteção ao direito de liberdade e no âmbito formal, ao assegurar-lhe paridade de
condições com o Estado para defender-se.

Com base na afirmação acima, analise as questões a seguir e assinale a alternativa correta.

I - Ninguém será processado nem sentenciado senão pela autoridade competente.


15
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

II - A lei só poderá restringir a publicidade dos atos processuais quando a defesa da intimida- de ou o
interesse social o exigirem.
III - São admissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos.
IV - Ninguém será levado à prisão ou nela mantido, quando a lei admitir a liberdade provisória, com
ou sem fiança.
V - Não haverá prisão civil por dívida, nem mesmo a do depositário infiel.

a) Apenas I, II e IV estão corretas.


b) Apenas I, III e V estão corretas.
c) Apenas III e IV estão corretas.
d) Apenas IV e V estão corretas.
e) Todas as questões estão corretas.

37 (FEC - 2012 - PC-RJ - Inspetor de Polícia - 6º Classe) – A Constituição da República reserva


diversos dispositivos para a proteção da liberdade de locomoção dos indivíduos. Nesse sentido, pode-
se afirmar que:
a) ninguém será levado à prisão ou nela mantido quando a lei admitir a liberdade provisória, com ou
sem fiança.
b) o preso tem direito à identificação dos responsáveis por sua prisão ou interrogatório, salvo nos
casos emque o sigilo seja indispensável às investigações.
c) não haverá prisão civil por dívida.
d) a prisão ilegal deve ser imediatamente relaxada pela autoridade judiciária, salvo se o ato puder ser
aproveitado e houver justificativas plausíveis para a manutenção da prisão.
e) a prisão de qualquer pessoa e o local onde se encontre serão comunicados imediatamente ao juiz
competente, devendo-se comunicar à família do preso somente após a análise da legalidade da prisão
pelo juiz competente.

38 (PC-RJ - 2008 - PC-RJ - Inspetor de Polícia) – A respeito dos Direitos e Deveres Individuais e
Coletivos, assinale a afirmativa correta.
a) A Constituição Federal/88 assegura o direito à vida, admitindo, no entanto, a pena de morte em
caso de guerra declarada pelo Presidente da República, devidamente autorizado pelo Senado Federal.
b) Somente o cidadão tem legitimidade para a propositura da ação popular, podendo o autor ficar
sujeito ao pagamento das custas judiciais.
c) Nos casos de desapropriação em que o bem de produção urbano não cumpre a sua função social, a
indenização poderá ser em dinheiro ou em títulos da dívida pública.
d) A pena de banimento, vedada pela Constituição Federal/88, impede a expulsão do estrangeiro,
mesmo que seu procedimento o torne nocivo à convivência e ao interesse nacional.
e) As associações só poderão ter suas atividades suspensas por decisão judicial transitada em julgado.

39 (CEPERJ - 2012 - SEAP-RJ - Inspetor de Segurança - e Administração Penitenciária) – O cidadão


W é impedido de caminhar na rua por força de ordem de autoridade municipal que pretende regular os
horários de caminhada em vias públicas. Não há interesse público e nem evento que justifique restrição
no local. Diante das normas constitucionais em vigor, ocorreu uma violação ao direito de:
a) reunião
b) associação
c) locomoção
16
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

d) informação
e) participação

40 (CEPERJ - 2012 - SEAP-RJ - Inspetor de Segurança - e Administração Penitenciária) – O cidadão


W foi preso em flagrante delito, considerada a prisão legal. Nos termos da Constituição Federal, o
preso deve ser informado dos seus direitos, dentre os quais se inclui o de:
a) permanecer calado
b) relaxamento de prisão
c) comunicação ao Ministério Público
d) impetrar mandado de segurança
e) acessar dados pessoais

41 (FUNCAB - 2014 - PC-MT - Investigador - Escrivão de Polícia) – Tendo em vista o tema direitos e
garantias fundamentais, assinale a alternativa correta.
a) Haverá identificação criminal, independente da identificação civil.
b) A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do
morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por
determinação judicial.
c) São gratuitas as ações de habeas data e o mandado de segurança, e, na forma da lei, os atos
necessários ao exercício da cidadania
d) Conceder-se-á mandado de segurança coletivo sempre que a falta de norma regulamentadora torne
inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais e das prerrogativas inerentes à
nacionalidade, à soberania e à cidadania.
e) No ajuizamento do mandado de injunção, salvo comprovada má-fé, o autor ficará isento de custas
judiciais e do ônus da sucumbência.

42 (FUMARC - 2014 - PC-MG - Investigador de Policia) – Sobre a Lei Penal, é CORRETO afrmar
que
a) não retroage, salvo para benefciar o réu.
b) não retroage, salvo se o fato criminoso ainda não for conhecido.
c) retroage, salvo disposição expressa em contrário.
d) retroage, se ainda não houver processo penal instaurado.

43 (CESPE - 2013 - PC-BA - Investigador de Polícia) – No que concerne aos direitos e garantias
fundamentais, julgue os itens a seguir.

01 – Gravar clandestinamente conversa entre agentes policiais e presos, com o objetivo de obter
confissão de crime, constitui prova ilícita e viola o direito ao silêncio, previsto constitucionalmente.

44 (IBFC - 2014 - PC-SE - Escrivão Substituto) – A Constituição Federal, no capítulo “Dos Direitos e
das garantias individuais”, veda alguns tipos de pena. Assinale a alternativa em que a pena descrita
NÃO é vedada pelo texto constitucional:
a) Pena de banimento
b) Pena de trabalhos forçados.
17
Curso: Carreiras Policiais

Disciplina: Direito
Constitucional

c) Pena de caráter perpétuo


d) Pena de perda de bens.

45 (FGV - 2012 - PC-MA - Escrivão de Polícia) – Os policiais civis, no exercício de suas funções,
devem obediência ao princípio da inviolabilidade de domicílio (Art. 5º, XI, da CRFB). Sob pena de
violação a este princípio, os policiais civis não poderão ingressar:
a) no interior do domicílio do suspeito, durante o período diurno, para cumprimento de mandado
judicial de busca e apreensão.
b) no interior do domicílio do suspeito, no período noturno, havendo flagrante delito.
c) em espaço comercial, com acesso franqueado ao público, que possua segurança privada.
d) no domicílio do suspeito, durante o período diurno, para cumprimento de mandado de busca e
apreensão expedido pela autoridade policial competente.
e) em escritório de contabilidade, durante o período diurno, portanto mandado judicial.

46 (PC-SP - 2010 - PC-SP - Escrivão de Polícia Civil) – A prática do racismo


a) é crime prescritível.
b) punido com pena de detenção.
c) é crime afiançável.
d) é crime inafiançável.
e) é contravenção penal.

GABARITO:
01 – B; 02 – 1. E; 03 – 1.C; 04 – A; 05 – E; 06 – C; 07 – D; 08 – 1. E; 09 – 1. C; 10 – 1 . C; 11 –
1.C; 12 – 1. C; 13 – 1. E; 14 – 1. C; 15 – 1. E; 16 – C; 17 – B; 18 – C; 19 – D; 20 – A; 21 – D; 22 –
D; 23 – B; 24 – B; 25 – B, 26 – D; 27 – D; 28 – A; 29 – 01. C; 30 – 01. E; 31 – 01.E, 02 .C; 32 – E;
33 – A; 34 – D; 35. 01 – C; 36 – A; 37 – A; 38 – B; 39 – C; 40 – A; 41 – B; 42 – A; 43. 01 – C; 44 –
D; 45 – D; 46 – D.

18

Você também pode gostar