Você está na página 1de 18

30/04/2021 Reflexão sobre princípios

padlet.com/ritalimadecastro1/3q9jj2af63j6c1cm

Re exão sobre princípios


Escolhas...
RITA DE CÁSSIA MARQUES LIMA DE CASTRO 22/04/21, 18:06 HS

INDIVIDUAL - Paulo Henrique Marques de ter que trabalhar durante o mesmo tempo, ele, pelo
menos, lida com menos passageiros.
(10266997)
1) Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje No momento 0:25 do vídeo, há uma passagem que diz que "É
vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem, em sobre dançar na chuva de vida que cai sobre nós", o que
um espaço deste padlet, quais os princípios que relaciona-se novamente com o princípio 3 porque, apesar de
identi caram e em que parte dos textos eles são uma situação de não desejável (a chuva), há como contorná-
evidenciados. la dançando, ou seja maximizando a margem.

Os trechos do texto em que foram identi cados os Princípio 4:


princípios estão destacados no DOC (anexado aqui) através No texto, pode-se inferir que a baixa aplicação da lei é um
de comentários. dos motivos para o aceite do trabalho infantil pela sociedade
de Bangladesh. Nesse caso, a apatia da sociedade de
Princípio 1: Bangladesh pode ser resultado da falta de incentivos para
Apesar de não estar explicitado no texto e nem na imagem, é repudiar o trabalho infantil, como uma aplicação efetiva da
costumeiro que se aponte o dilema que fotógrafos têm que lei. Assim, a sociedade não reage porque não há incentivos.
passar quando registram situações amorais, como a foto que Mas os empréstimos sem juros mostraram-se efetivos, nas
registra uma criança apanhando em seu ambiente de famílias que os receberam, para possibilitar o envio de
trabalho. O fotógrafo pode ter passado por um dilema ético crianças às escolas.
(ou até mesmo um tradeoff) entre registrar o momento ou
intervir para impedir que a criança sofresse a agressão. Pelo No momento 0:58, há a seguinte passagem: "É sobre escalar
visto, preferiu registrar o momento e ganhar seu prêmio. e sentir que o caminho te fortaleceu". O caminho, nesse
caso, pode ser interpretado como um incentivo que
No meio do vídeo (1:14), há uma a rmação: "A gente não pode fortaleceu a pessoa, ou seja, que a fez reagir e terminar de
ter tudo". Essa a rmação relaciona-se com o princípio 1 escalar. Assim, relaciona-se com o princípio 4, que as
porque, por não podermos ter tudo, enfrentamos tradeoff. pessoas reagem a incentivos.

2) Que proposições vocês fariam, considerando seu


conhecimento até este momento, para modi car a
Princípio 2: realidade das crianças de Bangladesh?
A partir do texto, pode-se inferir que Aslam teve que abdicar Uma legislação previdenciária (supondo que exista um
de seu estudo para trabalhar para ajudar seus pais. E, mesmo sistema previdenciário em Bangladesh) que vincule o valor
que Aslam não possa ter escolhido, há uma mensuração recebido na aposentadoria ao desempenho educacional dos
implícita do custo de oportunidade entre ir estudar (que lhos (que, portanto, necessitariam estar na escola para ter
necessitaria renda que seus pais não têm) e trabalhar, que algum desempenho). É uma solução de resultado imediato
apesar de não dar resultados educacionais, dá resultados que só teria seu custo pago no futuro, já que, no momento
nanceiros que compensam a perda dos resultados que os lhos estão estudando, há apenas a expectativa, dos
educacionais. pais, de recebimento futuro da aposentadoria. É também
uma alternativa a projetos de renda básica porque estes
No vídeo, o primeiro questionamento ("Você tem um necessitariam de uma fonte de receita imediata, que países
minutinho?" em 00:01) já me fez calcular meu custo de como Bangladesh talvez não possam custear. Além disso, as
oportunidade entre assistir ao vídeo ou não. Portanto, tive próprias crianças quando estiverem adultas poderiam pagar
que me deparar com o princípio 2. pelo incentivo que as colocou na escola se o sistema
previdenciário for do tipo geracional (em que os lhos
Princípio 3: pagam a previdência dos pais através da contribuição
No texto, a percepção que Sohel tem das sextas-feiras obrigatória sobre salários).
relaciona-se com o pensamento na margem já que, apesar
https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 1/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

mandarem os seus lhos para a escola, não funciona”, diz ela


[Shiba Rozario]"

2. Que proposições vocês fariam, considerando seu


conhecimento até este momento, para modi car a
realidade das crianças de Bangladesh?

- Investimento em leis e scalização acerca das condições


trabalhistas, a m de prevenir o trabalho infantil.

- Medidas de aumento de renda básica para as famílias.

- Garantir a permanência das crianças na escola, facilitando


o acesso físico a estas, bem como incentivos. 

aula_2_A_DURA_REALIDADE_DAS_CRIAN_AS_TRABALHADORAS_EM_BANGLADESH
INDIVIDUAL - Gabriela Lage Silvério
Documento do Word (11353001)
PADLET DRIVE 1. Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje
vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem, em
um espaço deste padlet, quais os princípios que
identi caram e em que parte dos textos eles são
INDIVIDUAL - Caio Castanha Morais evidenciados. 
(11250640)
1. Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje Princípio 1 - As pessoas enfrentam tradeoffs:
vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem, em
um espaço deste padlet, quais os princípios que As crianças em Bangladesh se encontram no dilema
identi caram e em que parte dos textos eles são de escolher estudar ou trabalhar, como a situação
evidenciados. nanceira de seus pais não é favorável, os pais optam
por colocar seus lhos para trabalhar, fazendo com
Tradeoff (Princípio 1): Grande parte das crianças em que eles abrem mão de estudar para auxiliar nas
Bangladesh acabam por "escolher" entre estudar ou despesas da família. Essa “escolha” pode ser
trabalhar a m de ajudar no sustento de sua família. Essa observada nos seguintes trechos: “Com a morte de
decisão, por sua vez, acaba por se relacionar também com o minha mãe, minha escolaridade chegou ao m e eu
princípio 2 (a decisão envolve custo de oportunidade), uma vim para Dhaka com o meu irmão mais velho para
vez que a escolha entre estudar e trabalhar necessariamente ajudá-lo a sustentar a minha família, disse.” e “As
implica optar por um e não ser capaz de realizar o outro. crianças da minha idade vão à escola e eu também
quero ir, mas meus familiares não podem pagar, então
Trechos: me mandam trabalhar”
"'Com a morte de minha mãe, minha escolaridade chegou ao
m e eu vim para Dhaka com o meu irmão mais velho para Princípio 2 - O custo de algo é aquilo de que você desiste
ajuda-lo a sustentar a minha família', disse. [Sohel]" para obtê-lo (a decisão envolve custo de oportunidade):

“'As crianças da minha idade vão à escola e eu também quero Esse princípio diz respeito sobre a opção que
ir, mas meus familiares não podem pagar, então me mandam perdemos por conta da escolha que realizamos,
trabalhar”, diz Aslam." como no trecho: “Eu tinha um sonho de me tornar
atleta… Agora, eu acabei me tornei um auxiliar,
Já sobre o princípio 4, pode-se apontar as tentativas de provavelmente para sempre”
auxilio promovidas por ONGs e pela Igreja a m de
incentivar a permanência das crianças nas escolas. Princípio 3: - As pessoas racionais pensam na margem:

Trecho: Aqui é sobre optar por aquilo que, de certa forma,


pode nos favorecer, como quando se menciona que:
“'Nós incorporamos as nossas políticas de proteção à “Sexta-feira é um dia de oração para os muçulmanos e
criança em nossos projetos, incentivando os pais a considerado um dia de folga nesse país de maioria
muçulmana. Para Sohel signi ca que ele terá de lidar
https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 2/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

com menos passageiros, mas o dia será longo como a intervenção estatal.
maioria dos outros”
Demonstrado o primeiro príncipio, destacamos a igual
Princípio 4 - As pessoas reagem a incentivos: presença do segundo, no que toca ao custo da renúncia a
oportunidade, tendo em vista que ambas as crianças, ao
É possível mudar a percepção sobre a vida quando se venderem sua força de trabalho, acabam por abdicarem da
recebe o auxílio necessário, como explicitado em: sua infância. Em igual sentido, temos a presença do terceiro
“Mais do que denunciar o trabalho infantil em seu princípio, pois a racionalidade de ambos os garotos é posta
país, o fotógrafo GMB Akash resolveu mudar uma em questão ao promoverem um "cálculo economico" mental
realidade que afeta 4 milhões de crianças em de quanto é possivel abrir mão da sua infância, para que
Bangladesh. Agiu na raiz do problema, oferecendo assim possam se sustentarem.
trabalho aos pais para compensar a perda de renda
e, consequentemente, contribuindo para que seus Por m, o quarto príncipio se mostra presente, quando
lhos pudessem ir à escola. Os pequenos saíram de observamos que, em havendo a ausência de regulamentação
fábricas e olarias para se dedicarem aos estudos.”. estatal ou de e cácia dos direitos fundamentais de ambas as
crianças, temos como resultado imediato a transformação
O vídeo fala muito sobre o príncipio 1, o tradeoff , já de crianças em jovens trabalhadores.
que menciona situações em que se deve optar entre
duas opções. 2. Que proposições vocês fariam, considerando seu
conhecimento até
2. Que proposições vocês fariam, considerando seu este momento, para modi car a realidade das crianças de
conhecimento até este momento, para modi car a Bangladesh?
realidade das crianças de Bangladesh?
A realidade das crianças de Bangladesh pode, em tese, ser
Oferecer boas oportunidades de emprego aos pais das modi cada com a proibição do trabalho infantil com efetiva
crianças, auxílio nanceiro do governo e incentivos à scalização por um orgão competente. Nesse sentido,
educação básica, para garantir que os jovens não tenham podemos ressaltar a necessidade de formação de uma
que deixar os estudos para trabalhar.  infraestrutura social estatal (ou não) capaz de dar conta de
todas as necessidades relativas a subsistência infantil, bem
como outras questöes de igual importância, a saber,
saneamento básico, educação, saúde entre outras questões,
e em especial a possibilidade real e efetiva das crianças
INDIVIDUAL - AUGUSTO PETRY poderem - de fato - usufruirem de uma infância condizente
com sua realidade material e social.
(11.301.584)
1) Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje
vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem em
seu texto de discussão quais os princípios que GRUPO
identi caram e em que parte dos textos eles são
evidenciados. Athos Sanson Sampayo (10763042)
Mayara Carneiro Marques (10822826)
Da leitura do texto, podemos extrair as mazelas decorrente
do trabalho infantil a partir da narrativa feita primeiramente 1. Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje
pela história de Sahel, jovem assistente de motorista, bem vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem, em
como, a narrativa de Muhammed, jovem mecânico. um espaço deste padlet, quais os princípios que
identi caram e em que parte dos textos eles são
Em ambos os casos é possível identi carmos a questão da evidenciados.
pobreza atrelada ao trabalho infantil como forma de garantia
da subsistência, dado que: "Qualquer tipo de trabalho, não Os princípios estudados na aula são presentes e se articulam
importa quão baixo o salário, é necessário para cobrir as ao longo de todo o material disponibilizado. No vídeo,
suas necessidades básicas" também é possível notar que trata-se de uma discussão
entre as escolhas que fazemos (tradeoff) e o custo de
Posta a situação fática, detectamos a presença de todos os oportunidade a partir destas escolhas - que, para autora,
quatro principios, na medida em que ambas as crianças trata-se da escolha entre as necessidades subjetivas (tempo,
necessitam fazer uma decisão racional entre vender a sua afetos e a ns) perante a acumulação de bens materiais. No
força de trabalho, ou, passar necessidades para a texto, há uma sucessão de fatores que se articulam em
manutenção da própria subsitência, dada a escassez de efeito cascata - o tradeoff (princípio 1) realizado pelas
recursos somada a ausência de regulamentação ou famílias em evadir seus lhos das escolas a custo da

https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 3/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

oportunidade (princípio 2) de tempo para demandas realidade das crianças de Bangladesh?


pessoais, já que as jornadas de trabalho são longas, e da
educação das crianças. Além disso, é nítida a escolha nas Soluções - Só consigo pensar em coisas a longo prazo com
margens (princípio 3) - ou seja, perante as possibilidades políticas públicas advindas do estado. Em médio prazo, eu
limitadas de investimento dos recursos - por parte do acho que o empreendedorismo social tem um forte poder de
Estado, em investir na educação básica gratuita, mas não no transformação. Muhammad Yunus fez um projeto com
suprimento de demandas inerente às condições de vida da parceria da Dannone que tem uma missão de combater a
população. De tal maneira, a reação a este incentivo desnutrição. Seu principal produto é um iogurte enriquecido
(princípio 4), ao invés de ser o aumento da constância das com vitaminas e minerais, que, ingerido duas vezes por
crianças no ambiente escolar, é a manutenção da evasão e semana ao longo de um ano, pode tirar uma pessoa da
do trabalho infantil. desnutrição. A Grameen Danone foi estruturada com quatro
objetivos principais: oferecer um produto de valor
nutricional elevado; criar empregos; proteger o meio
2. Que proposições vocês fariam, considerando seu ambiente e ser economicamente viável.
conhecimento até este momento, para modi car a  
realidade das crianças de Bangladesh? A fábrica possui pouca tecnologia, o que demanda o uso de
mão-de-obra intensiva, contratada na região. Os principais
Legislação e execução de leis mais rígidas de combate ao ingredientes são comprados de pequenos agricultores locais
trabalho infantil , além de leis trabalhistas (já que o trabalho .O iogurte é vendido para pequenos comércios ou
executado por uma criança pode e deve ser feito pela distribuído nas áreas rurais pelas “Grameen Ladies”, que
pro ssionalização da população em idade ativa, em contém 10% de comissão. Grameen Danone Foods é
condições dignas de trabalho e remuneração). Somado a responsável pela criação de cerca de 1.600 empregos num
isto, é necessária a criação de renda mínima para a raio de 30 km.
população, gratuidade de serviços essenciais (saúde,
educação em todos os níveis de escolaridade, infraestrutura
e demais necessidades básicas). Além disso, a
pro ssionalização geral de trabalhadores para a geração de INDIVIDUAL
empregos em massa. 
Venice Roberto Leopoldo (8270174)

Princípio 1 - As pessoas enfrentam Tradeoffs- Neste


INDIVIDUAL - Andréia Myllena Ribeiro
primeiro princípio, que é aquele que diz respeito a tomada
Lira (11285260) de decisão  podemos  observar no texto na passagem em
1. Quais os princípios que identi quei e em que parte dos que o adolescente Muhammad Sohel , 13 anos, sua relata que
textos eles são evidenciados?  sua escolaridade chegou ao m quando sua mãe morreu e
então ele teve que se mudar para Dhaka  e ajudar o irmão
Troca - criança para trabalhar ou estudar mais velho no sustento da família.
Este trecho mostra a escolha a escolha que os pais fazem
Custo - as crianças precisam escolher entre investir sua inserindo os lhos ainda crianças no mercado de trabalho
energia em estudar agora para ter um futuro melhor, mas a para ajudar no sustento da casa e abandonando os estudos
família vai passar fome agora ou arrumar um trabalho agora pois como o dinheiro é  pouco e essa é a única alternativa
sem formação pro ssional e car na mesma camada social que eles possuem.
pelo resto da sua vida. 
    Princípio 2- CUSTO DE OPORTUNIDADES- No trecho " Ao
Como as pessoas reagem aos incentivos - com incentivos do invés de manter as crianças em casa as famílias olham para
governo ou de ONGs, algumas crianças entram na escola e as perspectivas de geração de renda no envio de crianças ao
trilham um caminho saudável, mas conforme as outras trabalho".Mandando as crianças trabalhar as famílias
seguem o caminho da ilegalidade, porque não aceita como renunciam de dar um futuro digno aos seus lhos vendo na
limitações impostas. escolha de mandá-las trabalhar a oportunidade de garantir
os seus sustentos.
Mudança Marginal - como lidar com as consequências para
a família caso uma criança decida trabalhar ou estudar. Por Princípio 3- AS PESSOAS RACIONAIS PENSAM NA
exemplo: quanto tempo será dedicado às atividades MARGEM- No vídeo é abordado sobre a importância de
escolares? Quanto tempo será dedicado ao trabalho estar perto das pessoas que amamos, pois dado que a vida
remunerado? não é in nita.Assim, como a  qualquer momento podemos
perde-las , ele ressalta para a necessidade de não buscarmos
2. Que proposições vocês fariam, considerando seu apenas as coisas materiais pois essas podemos recuperar,
conhecimento até este momento, para modi car a mas a vida daqueles que amamos não.Este é um custo de

https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 4/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

oportunidade, pois  abrimos mão de conseguir coisa aparecem nas seguintes situações, respectivamente: quando
materiais,porém desfrutamos de momentos felizes ao lado o menino relata que não vai à escola para ajudar a sustentar
daqueles que amamos. sua família no trabalho (nesse caso observamos também o
princípio 2, posto que na vida dele ele perde a oportunidade
Princípio 4- AS PESSOAS REAGEM A INCENTIVOS- Ao de estudar e colher os frutos que isso lhe traria), na decisão
enfatizar o problema da nitude da vida o vídeo aponta para de enviar o dinheiro para seus familiares ou manter algo
o preço que pagamos quando não damos valor para os para si e, nalmente, na própria decisão de suprir suas
momentos juntos de nossos familiares (pais, lhos, irmãos), necessidades imediatas através do trabalho, decisão racional
pois quando eles se forem não poderemos mais viver esses pois garante a sobrevivência.
momentos que são tão importantes.No vídeo é apresentado
o momento que a criança volta e coloca uma or na porta de 2.
casa.A percepção da perda, faz a pessoa lembrar da Seria interessante um programa de transferência de renda
importância de se ter atitudes que valorizam as pessoas que mínima, que fornecesse as condições básicas de
amamos enquanto essas estão juntas de nós.  sobrevivência, não exigindo trabalho infantil para
subsistência da família. Assim, gerações futuras, com
2- Que propostas vocês fariam considerando seu educação mais elevada, poderiam garantir desenvolvimento
conhecimento até este momento, para modi car a realidade social econômico no país.
das crianças de Bangladesh?
Vídeo:
Para que houvesse uma mudança na vida das crianças de Retrata diversas situações nas quais precisamos fazer
Bangladesh, eu acredito que seria importante  a criação de escolhas sobre o dispêndio de nossos recursos, sejam esses
políticas públicas que possam criar  empregos para os pais e o tempo, dinheiro ou atitudes especí cas, que implicariam
assim elas pudessem estudar .Temos um exemplo no custo de determinadas oportunidades, em privilégio de
importante aqui em São Paulo que ocorreu agora na outras. Assim, observamos os princípios supracitados.
pandemia, em que mães que estavam fora do mercado de
trabalho foram contratadas  para trabalharem  nas escolas
de seus lhos na aferição da temperatura, veri cação do uso Individual
de máscara e do álcool em gel.Esse tipo de política criou
empregos  e colocando-as no mercado de trabalho ,e gerou João Victor Viana Pereira (11250125)
renda melhorando a qualidade de vida da família.  
1. 
Apontamentos do texto
- "Com a morte de minha mãe, minha escolaridade chegou
Individual ao m e eu vim para Dhaka com o meu irmão mais velho
Jaqueline Rodrigues da Silva (11884946)  para ajudá-lo a sustentar a minha família" (Princípio 1: as
pessoas enfrentam tradeoffs)
No trecho  do texto em que diz que "Com a morte de minha - “Durante uma reunião regional dos países do sul da Ásia
mãe, minha escolaridade chegou ao m e eu vim para Dhaka em Colombo em Dezembro, nós rede nimos o objetivo de
com o meu irmão mais velho para ajuda-lo a sustentar a eliminar o trabalho infantil de Bangladesh até 2019”
minha família". Nesse trecho é possível notar que a morte da (Princípio 3: as pessoas racionais pensam na margem)
mãe levou Sohel a enfretar um grande tradeoffs sobre - “Devido à pobreza e à aplicação da lei frouxa, o trabalho
continuar a estudar ou começar a trabalhar para ajudar a infantil é amplamente aceito na sociedade Bangladesh,
sustentar sua família, e essa escolha gerou custo de dizem os ativistas” (Princípio 4: as pessoas reagem a
oportunidade, ele teve que abrir mão da escola pois "optou" incentivos)
por trabalhar.  - “Ao invés de manter as crianças em casa, famílias olham
Uma solução para esta questão seria a princípio Sohel nem para as perspectivas de geração de renda no envio de
ter que fazer esta escolha, que o Estado fosse capaz de crianças ao trabalho” (Princípio 2: custo de oportunidade)
proposionar possibilidade para que essas crianças não - “O governo e as organizações não-governamentais
tenham nem que fazer essa escolha. precisam tomar ações efetivas como providenciar
empréstimos sem juros para que as famílias pobres possam
iniciar um pequeno negócio tornando possível para eles
Individual enviar seus lhos à escola” (Princípio 4: as pessoas reagem a
incentivos)
Julio Tude d´Avila (10822805) - “Para tirar as crianças das fábricas e olarias, eu precisava
1.  Podemos observar, no texto, os seguintes princípios: 1 (as que os pais ganhassem dinheiro su ciente para sustentar a
pessoas enfrentam tradeoffs), 2 (o custo é aquilo de que você família e fazer com que os lhos frequentassem a escola”
desiste para obtê-lo), 3 (pessoas racionais pensam na (Princípio 4: as pessoas reagem a incentivos)
margem) e 4 (pessoas reagem a incentivos). Esses princípios

https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 5/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

Apontamentos do vídeo Ao invés de trabalhar, as crianças gostariam de estar na


- O vídeo monta uma grande ideia de tradeoff (Princípio 1) escola, porém essa é uma oportunidade perdida, uma vez
valendo-se de vários exemplos especí cos que se resumem que eles tem que ajudar os pais a sobreviver. 
numa ideia mais geral: “a gente não pode ter tudo”, logo  
temos que fazer escolhas de umas coisas em detrimento de Trecho:
outras  
“Eu tinha um sonho de me tornar atleta… Agora, eu acabei
2. me tornei um auxiliar, provavelmente para sempre”
Uma agenda de prioridades com pilares em educação,
emprego e renda. A rede pública de educação existente  
precisa ser atrativa, com merenda para as crianças e um Princípio 3 – Pensar na margem
sistema educacional pro ssionalizante; a legislação  
trabalhista precisa garantir direitos mínimos para os Como um exemplo do princípio 3 vemos uma iniciativa que a
trabalhadores, como repouso semanal remunerado e Igreja tem tomado para tentar minimizar o problema do
limitação da jornada de trabalho, acompanhados de uma trabalho infantil. Este seria um ajuste incremental pensado
forte scalização da aplicação da lei; e a política de renda em cima de pequenas mudanças
deve ser baseada numa política de transferência de renda  
e ciente, por meio de impostos progressivos e políticas Trechos:
públicas especí cas para as classes mais baixas. Essas Para combater o trabalho infantil, a Igreja Católica e outros
políticas públicas devem ser tanto a curto prazo, por meio grupos cristãos têm-se centrado no fornecimento às
de um modelo de renda básica, mas também acompanhadas crianças de comunidades pobres, com uma educação que irá
de mecanismos para tirar as famílias da situação de proporcionar-lhes competências pro ssionais.
dependência dessa renda num médio e longo prazo, o que “Nós incorporamos as nossas políticas de proteção à criança
remonta a ideia dos pilares anteriores, mas acrescentando a em nossos projetos, incentivando os pais a mandarem os
necessidade da disponibilização de serviços públicos de seus lhos para a escola, não funciona”, diz ela.
outras áreas essenciais, como a saúde  
 
Princípio 4 – As pessoas reagem a incentivos
Individual  
Neste caso vemos políticas que incentivam o trabalho
infantil e também quais seriam as medidas que deveriam ser
Ísis Gabrielle Belon Fernandes  tomadas para que as pessoas reagissem com um possível m
nusp: 10763633 do trabalho infantil
 
1.    Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje Trechos:
vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem, em  
um espaço deste padlet, quais os princípios que "A pobreza, a falta de consciência e da aplicação de lei
identi caram e em que parte dos textos eles são frouxa são responsáveis pelo número de trabalhadores
evidenciados.  infantis em Bangladesh"
   
Princípio 1 – As pessoas enfrentam tradeoffs  O governo e as organizações não-governamentais precisam
  tomar ações efetivas como providenciar empréstimos sem
Na notícia nos deparamos com a escolha feita pelos pais de juros para que as famílias pobres possam iniciar um pequeno
mandarem seus lhos trabalhar ao invés de estudar  negócio tornando possível para eles enviar seus lhos à
  escola, diz Chowdhury. “Mais esforços são necessários para
Trechos: fazer cumprir a lei e mais campanhas são necessárias para
“Com a morte de minha mãe, minha escolaridade chegou ao educar as pessoas contra o trabalho infantil “, acrescentou.
m e eu vim para Dhaka com o meu irmão mais velho para  
ajudá-lo a sustentar a minha família, disse.  
   
“As crianças da minha idade vão à escola e eu também quero  
ir, mas meus familiares não podem pagar, então me mandam Vídeo:
trabalhar”, diz Aslam.  
  Princípio 1 – Não podemos ter tudo, por isso temos que
  escolher sabiamente o mais importante a alcançar
Princípio 2 – Custo de oportunidades  
  Princípio 2 – Não ter todo o dinheiro do mundo ao escolher
coisas mais signi cativas
https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 6/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

  sclhas neste caso, está mais para um tipo de coerção


Princípio 3 – Ao invés de ter muitos bens materiais e ser invisível, inerente a um Estado que não se preocupa com
infeliz, fazer uma pequena mudança de pensamento e toda sua população. 
perceber que coisas pequenas como gestos valem muito
mais a pena CUSTO DE OPORTUNIDADE
  A escolha de deixar em segundo plano a garantia dos
Princípio 4 – A vida é rápida e estamos nela de passagem direitos da criança e do adolescente gera um custo de
por isso é importante reagir a todos os incentivos que forem oportunidade para o Governo Indiano, que é uma altíssima
valorosos sentimentalmente.  taxa de trabalho infantil, o que de fato não faz bem para a
  imagem da Índia, mas levando em consideração que o
mundo corporativo invste na aparêcia, e assim defendem
banderias apenas para iludir a população, no m a Índia não
 2. Que proposições vocês fariam, considerando seu leva tanto prejuízo com relação a sua imagem, porém o
conhecimento até este momento, para modi car a custo humano é incalculável, são muitas vidas perdidas e
realidade das crianças de corrompidas.
Bangladesh?
  CUSTO MARGINAL
  Mediante as escolhas governamentais, resta a ONGS e
Melhores condições de trabalhos para os pais, para que outras entidades trabalharem para tentar solucionar
assim parcialmente o problema gerado pela negligência
os lhos possam ter a escolha de estudar e dessa forma governamental. Desta maneira a situação está dada, e dentro
também melhorar seus dela ocorrerão ajustes através da sociedade civil e outros
empregos futuros e o país.  governos externos na busca por amenizar a situação.

Incentivo nanceiro do governo para a permanência dos SOBRE A MÚSICA


lhos
na escola, como o bolsa família, além de algo como jovem Percebe-se que no vídeo existe um trabalho com crianças de
aprendiz onde os uma comunidade, esse trabalho lantrópico é uma decisão
lhos poderão ser remunerados em trabalhos dignos, além (tradeoffs) em cima de uma situação gerada a partir da
de continuarem na maneira que o governo buscou estruturar o Estado. A letra
escola e se aperfeiçoarem.  da música fala de escolhas o tempo todo, TRADEOFFS
puros. 

 
Parte 2- Modi cando a vida das crianças de Bnagladesh

  Modi car a vida da maioria das crianças em Bangladesh é


algo que levará muito tempo, eu digo para que isso atinja a
maioria delas. São milhões de crianças e apenas milhares saõ
atingidas com projetos sociais de entidades lantrópicas,
por isso que a questão deve ser tratada como um problema
público primeiramente, e como a mente da população já
normalizou a situação, então primeiro é necessário mostrar
para população e poder público que existe um grave
problema ao enviar crianças para o trabalho, depois criar
EAE- 0647- ATIVIDADE 2 - Priscila grupos de pressão para que o governo aleḿ de reconhecer
o problemas aceite poĺíticas públicas com relação a
Nogueira - Nusp: 8021186
educação da população, assitência social para famílias de
parte I baixíssima renda, quer dizer, o Estado terá que cumprir seu
papel e agir em diversas esferas para sanar o problema.As
TRADEOFFS- A escolha do governo em deixar em segundo políticas públicas devem ser monitoradas e reorganizadas
plano a e cácia das leis, desta maneira não produzindo todas vez que encontrar alguma inconsistência. Levando os
política pública para combater o trabalho infantil nos programas sociais de maneira objetiva e rme pode ser que
apresenta o princípio 1, o qual também “aparece na atitude em uma década se começase a ver alguns frutos mas não a
dos pais ao enviar seus lhos para o trabalho”, porém eu erradicação do trabalho infantil 
ressalto grandes aspas nesse último exemplo porque através
do meu olhar, não enxergo uma escolha dos pais, ou você
trabalha e come ou não sobrevive, por isso não acredito em
https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 7/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

Individual problema, oferecendo trabalho aos pais para compensar a


perda de renda e, consequentemente, contribuindo para que
Lia Petrucci (vespertino, 11250379) seus lhos pudessem ir à escola”.

Questão 1. Discutam, no grupo, que princípios que Já no vídeo da música, percebe-se majoritariamente a
estudamos hoje vocês encontram nos textos e no vídeo e os presença de um grande trade off, relacionado justamente à
apontem, em um espaço deste padlet, quais os princípios escolha de uma vida menos materialista em razão de uma
que identi caram e em que parte dos textos eles são vida mais simples, na qual o convívio intimo com amigos e
evidenciados.  família seja melhor aproveitado.

Primeiramente, tem-se no texto sobre o trabalho infantil em Questão 2. Que proposições vocês fariam, considerando seu
Bangladesh a presença de todos os princípios estudados em conhecimento até este momento, para modi car a realidade
aula. São eles (juntamente com os respectivos trechos): das crianças de Bangladesh?

Princípio 1: pessoas enfrentam trade offs: Creio que a implementação de uma renda básica universal
Percebe-se no texto a presença constante de trade offs, proporcionaria às crianças e suas famílias um nível de
sendo os principais: segurança nanceira que tornaria possível que as crianças,
a) a escolha de Sohel de trabalhar ao invés de se dedicar aos ao invés de trabalharem para ajudar nas despesas, possam
estudos: “Eu tinha um sonho de me tornar atleta… Agora, eu frequentar as escolas devidamente. Além disso, incentivos
acabei me tornei um auxiliar, provavelmente para sempre” governamentais à construção de escolas mais próximas aos
vilarejos, de modo que a locomoção entre casa-escola seja
b) a escolha das próprias famílias que, diante de um cenário mais acessível.
hostil, optam por abdicar da educação dos lhos: “Ao invés
de manter as crianças em casa, famílias olham para as
perspectivas de geração de renda no envio de crianças ao
trabalho”

Resolução individual
Princípio 2: custo de oportunidade
Sohel analisa as vantagens e desvantagens de trabalhar no  Matheus Bittar Lois
feriado, de modo que o custo de oportunidade em trabalhar
nessa data, ou seja, o valor que Sohel renuncia ao tomar uma ENUNCIADOS:
decisão, seria o de abdicar de um possível dia de descanso: “
Sexta-feira é um dia de oração para os muçulmanos e Leiam o arquivo a seguir
considerados um dia de folga nesse país de maioria
muçulmana. Para Sohel signi ca que ele terá de lidar com 1. Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje
menos passageiros, mas o dia será longo como a maioria dos vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem, em
outros.” um espaço deste padlet, quais os princípios que
identi caram e em que parte dos textos eles são
Princípio 3: pessoas pensam a margem evidenciados. 
Observa-se este terceiro princípio no caso das famílias que,  2. Que proposições vocês fariam, considerando seu
não tendo condições de mandar os lhos para a escola conhecimento até este momento, para modi car a realidade
(decisão radical), tomam a decisão marginal de mandá-los ao das crianças de Bangladesh?
trabalho, ao invés de simplesmente carem em casa:  Postem suas respostas aqui, com o número de sua sala e
“Embora a educação primária seja gratuita nas escolas nome/sobrenome dos participantes.
estatais, as famílias pobres que não conseguem ter acesso às  Obrigada! Profa. Rita
instalações do governo, muitas vezes, enviam seus lhos
para o trabalho”. RESPOSTAS:
Além disso, tem-se a decisão marginal do governo em adiar
o prazo para o projeto de erradicação do trabalho infantil 1)     Os princípios que aprendemos na última aula estão bem
em Bangladesh. presentes na reportagem sobre a vida das crianças pobres
em Bangladesh, o primeiro deles que podemos observar é o
Princípio 4: pessoas reagem a incentivos referente à tomada de decisão mediante a trade offs de
No texto, pode-se perceber tanto incentivos bem sucedidos, necessidade, podemos observá-lo em:
ou seja, incentivos que acarretaram nos resultados
esperados, quanto incentivos mal sucedidos: “Nós “Com a morte de minha mãe, minha escolaridade chegou ao
incorporamos às nossas políticas de proteção à criança em m e eu vim para Dhaka com o meu irmão mais velho para
nossos projetos, incentivando os pais a mandarem os seus ajuda-lo a sustentar a minha família” disse.
lhos para a escola, não funciona.”  “Agiu na raiz do

https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 8/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

“As crianças da minha idade vão à escola e eu também quero “O governo e as organizações não-governamentais precisam
ir, mas meus familiares não podem pagar, então me mandam tomar ações efetivas como providenciar empréstimos sem
trabalhar”, diz Aslam. juros para que as famílias pobres possam iniciar um pequeno
negócio tornando possível para eles enviar seus lhos à escola,
“Famílias lutam para sobreviver todos os dias e precisam diz Chowdhury.”
encontrar recursos para uma ou duas refeições por dia.
Qualquer tipo de trabalho, não importa quão baixo o salário, é Como outras iniciativas além da citada, podemos levantar a
necessário para cobrir as suas necessidades básicas”,  conta o criação de um programa nacional de renda mínima
ativista dos direitos da criança Irmão Marista Cesar. universal, bem como a difusão e uniformização do sistema
educacional pelas regiões do país, fazendo com que desse
Com relação ao princípio do custo da oportunidade, isto é, modo se reduza a disparidade educacional regional e o
aquilo de que se abre mão em prol de outro “ganho”, um custo de deslocamento familiar.
exemplo tirado do texto mostra-se bem sintomático:

 “Eu tinha um sonho de me tornar atleta… Agora, eu acabei me


tornei um auxiliar, provavelmente para sempre”. Individual
 Ou seja, aqui observamos a desistência da criança de um Izabella Cristina Lopes
antigo sonho (ou ambição) em troca da necessidade de uma 
a um problema imediato.  Professora eu acompanhei toda a aula, mas não consegui
car para a atividade por conta de falha de conexão. 
O princípio de número 3 (a respeito da decisão marginal) é o
menos evidente, contudo, podemos abstraí-lo de um trecho 1. Discutam, no grupo, que prin
em que a perspectiva do trabalho infantil é tomada de uma cípios que estudamos hoje vocês encontram nos textos e no
forma mais ampla e até estrutural, a saber: vídeo e os apontem, em um espaço deste padlet, quais os
princípios que identi caram e em que parte dos textos eles
“Ao invés de manter as crianças em casa, famílias olham para são evidenciados. 
as perspectivas de geração de renda no envio de crianças ao
trabalho. As pessoas veem as crianças trabalhadoras em toda 1: As pessoas enfrentam tradeoffs
parte, mas eles não consideram isso um problema”. É possível identi car, no texto, tal princípio na dicotomia
entre a decisão de trabalhar ou estudar - ainda que a análise
De fato, aqui, o objetivo geral é a aquisição de renda, dessa deva, em uma apreensão mais profunda, levar em
portanto, para alcançá-lo (e logo agindo marginalmente) consideração outros parâmetros. Na música, o princípio
opta-se pelo envio de crianças ao trabalho, sem que isso pode ser encontrado na renúncia das ambições materiais em
suscite maior espanto ou problemática. oposição ao cultivo de relações. 

Por m o quarto princípio, relativo aos incentivos, é 2: Custo de Oportunidade


explicitado nas iniciativas de mitigação do problema social Identi ca-se, no texto, o princípio dois na medida em que o
aventado, são signi cativos os trechos: custo do trabalho é a perda da oportunidade de estudo de
crianças. 
“Mais do que denunciar o trabalho infantil em seu país, o
fotógrafo GMB Akash resolveu mudar uma realidade que afeta 3: As pessoas racionais pensam na margem
4 milhões de crianças em Bangladesh. Agiu na raiz do A escolha de Sahel de trabalhar no feriado, ainda que essa
problema, oferecendo trabalho aos pais para compensar a signi que redução no número de clientes, pode ser tida
perda de renda e, consequentemente, contribuindo para que como decisão marginal. 
seus lhos pudessem ir à escola. Os pequenos saíram de
fábricas e olarias para se dedicarem aos estudos”. 4: As pessoas reagem a incentivos
No texto, ca evidente que a frouxidez da aplicação da
“Para tirar as crianças das fábricas e olarias, eu precisava que legislação referente ao trabalho infantil em Bangladesh
os pais ganhassem dinheiro su ciente para sustentar a acaba por na manutenção e aumento desses índices. 
família e fazer com que os lhos frequentassem a escola”,
conta. 2. Que proposições vocês fariam, considerando seu
conhecimento até este momento, para modi car a realidade
2)     A própria reportagem cita uma iniciativa que poderia das crianças de Bangladesh?
ser levantada e efetiva para a solução da questão bangladesa:
Seria relevante, a exemplo do bolsa-família brasileiro,
promover políticas públicas capazes de conciliar renda

https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 9/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

familiar e incentivo à educação.  Princípio 2: O custo do trabalho é o abandono da


Outrossim, seria imprescindível o fortalecimento das oportunidade de estudar pelas crianças.
penalidades para aqueles que infringem a legislação que Trecho:
incide sobre o trabalho infantil, bem como a criação de "Eu tinha um sonho de me tornar atleta… Agora, eu acabei
órgãos capazes de expandir e forti car scalizações. me tornei um auxiliar, provavelmente para sempre”

Princípio 3:  Tendo em vista que Sohel teve que optar por


trabalhar ao invés de estudar, diante dessa realidade ele
teve que optar  por trabalhar em um dia de folga que o dará
menos retorno nanceiro do que car em casa.

Trecho:
"Sexta-feira é um dia de oração para os muçulmanos e
considerados um dia de folga nesse país de maioria
muçulmana. Para Sohel signi ca que ele terá de lidar com
menos passageiros, mas o dia será longo como a maioria dos
outros"

Princípio 4:  Oferecer trabalho aos pais para que seus lhos
possam ir à escola.

Trecho:
"Mais do que denunciar o trabalho infantil em seu país, o
fotógrafo GMB Akash resolveu mudar uma realidade que
afeta 4 milhões de crianças em Bangladesh. Agiu na raiz do
problema, oferecendo trabalho aos pais para compensar a
perda de renda e, consequentemente, contribuindo para que
GRUPO 7
seus lhos pudessem ir à escola"
Documento do Word
PADLET DRIVE
2. Que proposições vocês fariam, considerando seu
conhecimento até este momento, para modi car a realidade
das crianças de Bangladesh?

Sala 10 Para que a realidade dessas crianças seja alterada, é


Giulia Louise de Melo necessário que o governo invista em políticas públicas que
Luana Ortiz visem conceder apoio nanceiro aos pais que matricularem
Ellen Tavares seus lhos nas escolas. Assim, essas crianças terão acesso à
Maysa Matos  educação e a família enfrentará menos di culdades
nanceiras. Um exemplo é o programa do Bolsa Família
____________________________  implementado no Brasil.
1. Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje
vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem, em
um espaço deste padlet, quais os princípios que
identi caram e em que parte dos textos eles são Sala 05
evidenciados. 
Alessandra Matos Alves
RESPOSTA: Lorrana Guimarães
Sophia Nunes
Princípio 1:  Escolher entre estudar e trabalhar  Renan Martelli
Trechos: Thamires Ribamar
“As crianças da minha idade vão à escola e eu também quero Yasmin Marques
ir, mas meus familiares não podem pagar, então me mandam ____________________
trabalhar”, diz Aslam."
"Embora a educação primária seja gratuita nas escolas 1. Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje
estatais, as famílias pobres que não conseguem ter acesso às vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem, em
instalações do governo, muitas vezes, enviam seus lhos um espaço deste padlet, quais os princípios que
para o trabalho." identi caram e em que parte dos textos eles são
evidenciados.

https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 10/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

trabalhar, podem escolher trabalhar ou não nesse dia


Respostas: atípico.  No entanto, falar em escolhas marginais enquanto
Princípio 1: escolha entre trabalhar ou estudar. escolhas "menores" ou "menos difíceis" em relação as
(É importante pontuar que nesse caso essa "escolha" não é radicais nos parece equivocado, uma vez que cada momento
uma escolha, mas sim uma imposição, considerando as e dia de trabalho a mais para essas crianças é muito custoso
necessidades materiais, sociais das famílias) e pode se apresentar enquanto uma escolha radical para
Princípio 2:  Ao escolher mandar os lhos para o trabalho, as aquela criança, também. Por isso, como saber se uma
crianças perdem a oportunidade da escolaridade e de ter escolha é, de fato, marginal?
um emprego melhor futuramente. Por último, ao mencionar as oportunidades de melhora de
Princípio 3: Ao decidir mandar as crianças para o trabalho, vida para as crianças e suas respectivas famílias, como por
os pais fazem a escolha de quais lugares os seus lhos irão exemplo, através do fotógrafo ou da igreja, é possível
trabalhar. evidenciar o último princípio: responder a incentivos.
Princípio 4:
- O fotógrafo oferece a oportunidade/incentivos de 2. Ao compreender que sem um conhecimento mais
melhores empregos para os pais das famílias, para que as aprofundado do contexto socioeconômico de Bangladesh,
suas crianças não precisem mais trabalhar e possam, não temos como ir muito além de proposições gerais,
portanto, estudar.  acreditamos que o melhor que podemos propor é um
- Ao não oferecer oportunidade de emprego às famílias, o envolvimento maior da comunidade internacional, um
governo cria incentivos para que os pais enviem suas projeto governamental que implemente renda básica para as
crianças ao trabalho, em vez da escola.  famílias, como o bolsa família, por exemplo, mas com a
obrigatoriedade da frequência escolar.
2. Que proposições vocês fariam, considerando seu
conhecimento até este momento, para modi car a realidade
das crianças de Bangladesh?

Respostas:
Investir e ofertar empregos dignos aos adultos, para que Sala 12
tenham a possibilidade de enviarem os seus lhos às escolas.
Além disso, investir na educação básica e pro ssionalizante Érica Cristina
para as crianças e jovens. Além disso, ofertar programas Floreny Fregone
similares ao "jovem aprendiz", para que os mais jovens Pedro Lima
possam trabalhar, garantir sua renda, mas continuar tendo a Vênus Castanho
educação como sua prioridade. João Pedro Gomes Balanco
_______________________________
1. O primeiro ponto a se destacar é que as crianças não
possuem a real escolha, a sua condição social é determinada
Sala 3 e anterior a ele.  A escolha entre estudar e trabalhar, é
tensionada ao segundo ponto. Desse modo, ao escolher a
Henrique Assi Hernandes segunda opção, a criança deixa de estudar. O primeiro
Iara Silva Miranda de Oliveira princípio (Tradeoff) se evidencia nessa situação.
Guilherme Olimpio Fagundes Quanto ao segundo princípio, ao optar por trabalhar, essa
Lucas Proença Queiroz da Silva realidade se perpetua em um ciclo vicioso, em que a
Bruna Lobo situação di cilmente se alterará. 
Giulia Simonetti Ragusa Dado que a escolha está feita, para maximizar, é realizado
incrementos em seu plano racional, é feita uma mudança
Respostas: marginal. A criança para aumentar seus ganhos, aumenta o
tempo de trabalho. A partir dessa observação é possível
1. O primeiro ponto encontrado no texto faz referência ao visualizar o terceiro princípio, no qual as pessoas racionais
primeiro princípio: o tradeoff. Isso porque, as crianças tem pensam na margem.
que fazer uma escolha radical: ou trabalhar ou estudar. Em Por m, relativo ao quarto princípio podemos delinear a sua
relação ao segundo princípio, o custo da oportunidade, é presença na reportagem observando as possibilidades de
evidente que ao optar pela subsistência, as crianças estão melhora da vidas crianças, a exemplo do incentivo do
perdendo a chance de estudar. fotógrafo, que ocasionou a capacidade da criança retornar
Ademais, sobre o terceiro princípio, das escolhas marginais, aos estudos.
encontramos um ponto no texto, mas também elaboramos ________
uma dúvida. Ao mencionar os feriados, períodos nos quais as 2.   Dado que não possuímos um conhecimento especí co
ruas estão menos movimentadas, o texto sugere uma das condições e situações socio-econômicas de Bangladesh,
escolha marginal, pois as crianças que já optaram por as propostas que faremos irão possuir um tom geral.

https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 11/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

Portanto, pensamos levar em discussão as seguintes Soluções - regulamentação das condições de trabalho, com
propostas.  fortalecimento das agências reguladoras e aumento salarial
A renda básica universal, uma medida em muito amplamente progressivo, melhora da escola visando o incentivo a
discutida nos dias de hoje, poderia mudar a situação do permanência dos estudantes, melhor distribuição da escolas
trabalho infantil.  ou providenciar transporte e alimentação na escola, garantir
Outra proposta poderia ser de incentivo a continuidade da alimentação com distribuição de cestas básicas, incentivos
criança na escola, com bolsas e auxílios de permanência, econômicos ao estudo (“Bolsa Família”)
bem como políticas de inclusão mediadas pela participação
escolar. 
Além desses pontos, podemos elencar a necessidade de um Sala 11
suporte da legislação, que controle e scalize as diversas
situações ligadas ao trabalho infantil. Assim como, políticas Sandra Melo
voltadas ao pleno emprego e aumento do salário mínimo, a Victor Oliveira
exemplo de obras públicas. Maycon Pereira
_________________ Caroline Fontes
3. A respeito da música, percebemos que ela aborda o tema Victória Vedovato
da escassez, por se tratar da nitude da vida. Decorrente 1.O texto aborda alguns dos princípios discutidos em aula e
disso, a vida é feita de escolhas, evidenciando a validade do se trata, especialmente, sobre escolhas. O princípio do
princípio Tradeoff, no qual deve se fazer as escolhas de tradeoff é exposto no trecho “Sexta-feira é um dia de oração
acordo com a racionalidade do indivíduo. para os muçulmanos e considerado um dia de folga nesse
país de maioria muçulmana. Para Sohel signi ca que ele terá
de lidar com menos passageiros, mas o dia será longo como
a maioria dos outros”, por exemplo. Nesse mesmo trecho, é
Sala 08
possível identi car também o princípio 2, no qual o custo da
Octavio Fabbro Machado escolha em ir trabalhar, implica na perda do dia de folga de
Rafael Semer Sohel. "Nas últimas décadas, o governo conseguiu fazer dois
Flavia Couto e Silva setores – as indústrias de vestuário e camarão – livre do
Ingrid Silva Sjobom trabalho infantil, diz o relatório. O governo em 2012 tinha o
Daniel Kniss objetivo de erradicar o trabalho infantil até 2016. Esse prazo
foi adiado." A criação de indústrias com normas mais
1. Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje rigorosas serviria como incentivo para acabar com o
vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem, em trabalho infantil, mas o objetivo não foi alcançado porque a
um espaço deste padlet, quais os princípios que regulamentação e as leis são pouco rígidas diante do
identi caram e em que parte dos textos eles são problema. Nesse trecho vemos o princípio 3, já que o
evidenciados.  governo tomou a mudança marginal de estender o prazo
para a erradicação do trabalho infantil, mantendo a decisão
Tradeoff - mandar a criança para trabalhar ou estudar radical de erradica-lo. 
2. A situação das crianças de Bangladesh apesar de marcada
Custo - caso elas optam por trabalhar não ter formação por duras escolhas, estas parecem ser movidas a partir
educacional ou a oportunidade seguir uma outra carreira, principalmente de extremas necessidades e ausência de
mas caso elas optem por estudar a família passará fome suporte nanceiro, O governo de Bangladesh poderia atuar
de maneira a prover auxílio (econômico, social e de saúde)
Mudança Marginal - como acomodar a família a situação da para as famílias em situação de vulnerabilidade social na
criança estar estudando ou trabalhando, como por exemplo qual as crianças necessitam trabalhar e assim, escolher
quanto tempo será dedicada às atividades ou como fazer entre o trabalho e a escola. Nesse sentido, outra alternativa
uma renda extra poderia surgir de incentivos scais a empresas que
priorizam a contratação exclusivamente de adultos e, mais
As pessoas reagem aos incentivos - com alguns incentivos do que isso, multas aquelas que contratam e exploram o
por parte de indivíduos, do governo ou de ONGs algumas trabalho infantil.
crianças passam a ir a escola, mas também alguns se voltam
a atividades ilegais frente às proibições

2. Que proposições vocês fariam, considerando seu


conhecimento até este momento, para modi car a
realidade das crianças de Bangladesh?
Postem suas respostas aqui, com o número de sua sala e Sala 01
nome/sobrenome dos participantes.

https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 12/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

Beatriz Toro suas companhias, momentos bons e ruins etc.


Bruno Feltrin  2. A dependência da solução deste problema do trabalho
Camila Corvisier infantil não pode permanecer na mão de atores individuais,
Laura Valadão sendo esta situação um resultado do capitalismo global e da
1. Tradeoff: trabalhar ou estudar (escolha das crianças/da marginalização de países como Bangladesh. Ainda que uma
família das crianças);  solução em escala globais também seja tão impraticável
Custo de oportunidade: educação (deixam de ter acesso à quanto a dependência de doações e ações humanitárias de
escola); atores individuais e independentes, talvez a ação mais
Decisão marginal: car com o dinheiro ou mandar pra apropriada seja um estímulo vindo do próprio Estado, como
família (início do texto - Sohel), com o que trabalhar auxílios nanceiros (de renda ou de "bolsas") que possam
(mecânico, assistente de motorista, etc.); tanto excluir a dependência dessas famílias do trabalho
Incentivo: Caritas contribuir com o sustento e infantil quanto estimular a permanência de crianças nas
desenvolvimento das comunidades pobres pra possibilitar escolas (como no caso de auxílios que tenham isso como
que mandem as crianças para a escola. requisito). Essas atitudes governamentais podem fazer com
2. Criar iniciativas parecidas com as que a Caritas faz que as famílias e as próprias crianças sofram menos
(fornecer sustento às comunidades) ao realizar distribuição estímulos para que saiam das escolas com o intuito de
de renda e fazer centros de desenvolvimento infantil; trabalhar e auxiliar na sobrevivência do grupo familiar.
instaurar sanções contra pessoas e empresas que utilizam
trabalho infantil (punição pelo comportamento é incentivo
ao não-comportamento). Sala 02
Integrantes:

Sala 9 Jéssica Zaine - 11285430


Hannah Lourdes Ramos Juliana Saotome - 11250675
João Victor Magalhães de Almeida Mariana Cornassini Maschio - 10790853
Nícolas Loureiro Vianna Pedro Peres - 11250042
Elisa Bosso Fernandes Robson Lins Souza Damasio - 6837918
Ana Laura Ramalho Appy ___
__________________________________
1. Ainda que haja a possibilidade de encaixar no princípio 1 a Respostas: 
questão da escolha entre estudar e trabalhar, não seria
próprio de nir assim porque não é uma escolha real, pois a 1. 
opção de estudar é inexistente para muitas das crianças Princípio 1. Escolha dos pais entre mandar os lhos para
trabalhadoras em Bangladesh. Portanto, os princípios 1 ao 3 escola ou trabalharem. Escolha das famílias de mandarem os
talvez não sejam aplicáveis por estarem intimamente lhos a trabalhar ou morrer de fome.
relacionados com os tradeoffs. Porém, esses princípios são
aplicáveis quando se pensa a partir do conceito de liberdade Princípio 2. Tomando como valor o tempo, um exemplo
em Thomas Hobbes, em que a escolha entre vida e morte dessa situação seria calcular os benefícios em usar o tempo
(como, no caso, o trabalho e a morte por inanição) implica para o trabalho ou para estudo. Do ponto de vista de uma
em escolha real, então o princípio 1 aparece em todos os família pobre em Bangladesh, vale mais mandar o lho para
momentos do texto que destacam esse con ito entre o o trabalho do que para a escola.
trabalho e a escola, a sobrevivência. Portanto, o princípio 2
também se aplicaria quando menciona-se no que se perde Princípio 3. Um dos meninos da reportagem, Sahel, trabalha
sem a educação, como no caso da criança que trabalha 17-18 horas por dia. Ele sabe e pode calcular os benefícios
como assistente de motorista, momento no qual também se adicionais que uma hora de trabalho a mais ou a menos dará.
aplica o princípio 3 quando ele diz trabalhar aos feriados. De
qualquer modo, o princípio 4 ronda todo o texto, pois as Princípio 4. Pensando nos benefícios positivos, um exemplo
crianças estão constantemente reagindo a estímulos que a seria os incentivos que o fotógrafo dá para as famílias. O
fazem trabalhar (como a própria sobrevivência própria e/ou fotógrafo, ao oferecer emprego para os pais, faz com que a
da família) e deixar de estudar. As ações do fotógrafo, que família consiga ter uma fonte de subsistência, e o trabalho
auxilia no estudo das crianças, também é um estímulo para da criança pode ser tornar acessório para esse objetivo.
que elas continuem seus estudos. No que tange ao vídeo, há Assim, como não há mais necessidade do trabalho infantil, a
um destaque dos princípios 1 e 2, nas quais os criança poderá usar seu tempo para à educação.
tradeoffs/escolhas são feitos em detrimento de uma
diferente base de valores (não econômica), como o tempo de 2. Tendo em vista o princípio 3 e 4, seria interessante:
vida. O tempo de vida como recurso escasso é o custo de
atividades realizadas referentes à situações cotidianas, como 1. identi car a cadeia de emprego e produção que leva um

https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 13/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

setor da sociedade empregar crianças; Além de riscos de saúde e segurança, eles enfrentam insultos,
humilhações e abuso físico”
2. A partir da lógica do incremento localizada no princípio 3,
elaborar uma política pública que incida sobre essa cadeia, [trabalhar no feriado] Para Sohel signi ca que ele terá de lidar
de tal modo que seu objetivo seja criar uma cadeia de com menos passageiros, mas o dia será longo como a maioria
incentivos que refratem a decisão dos empregadores de sos outros
empregar crianças.
1c: as pessoas racionais pensam na margem
A razão pelo qual decidimos por esse caminho está ligada a
uma interferência mínima do Estado na economia, que, por Trabalhando para sobreviver, as crianças tomam pequenas
sua vez, pode ser e ciente na medida que diminui os custos decisões que re etem esse princípio: precisam decidir como
e a responsabilidade do governo e con a na readequação do gastar o dinheiro que ganham e se vão trabalhar em feriados
mercado para resolução do problema, através de uma cadeia ou não.
de benefícios e incentivos que desvalorizem o custo
benefício da escolha de empregar crianças.  Trechos:
Depois pagando por seus próprios custos, ele envia dinheiro
para o pai e seus irmãos mais novos que moram em uma
aldeia na central de Bangladesh.

Individual Sexta-feira é um dia de oração para os muçulmanos e


considerados um dia de folga nesse país de maioria
Camila Cristina Begiato (nusp: 11761017) muçulmana. Para Sohel signi ca que ele terá de lidar com
menos passageiros, mas o dia será longo como a maioria sos
Questão 1 outros

1a: as pessoas enfrentam tradeoffs 1d: as pessoas reagem à incentivos

No texto identi ca-se o primeiro princípio na escolha dos A reportagem conta exemplos da atuação da igreja, que
pais de enviarem seus lhos para trabalharem ao invés de a fornecem educação informal e o Estado oferece educação
manterem em casa ou na escola. gratuita (que mesmo assim não resolveu o problema do
trabalho infantil); a iniciativa de Akash de oferecer empregos
Trechos: e auxiliar na construção de negócios para os pais das
 “Com a morte de minha mãe, minha escolaridade chegou ao crianças, ajudando com doações, além da construção de
m e eu vim para Dhaka com o meu irmão mais velho para uma escola rural (que, por sua vez, ajudou a inserir mais
ajuda-lo a sustentar a minha família", disse. crianças na escola e a combater o trabalho infantil).

 “As crianças da minha idade vão à escola e eu também quero Trechos:


ir, mas meus familiares não podem pagar, então me mandam Embora a educação primária seja gratuita nas escolas
trabalhar”, diz Aslam. estatais, as famílias pobres que não conseguem ter acesso às
instalações do governo, muitas vezes, enviam seus lhos para
Ao invés de manter as crianças em casa, famílias olham para o trabalho.
as perspectivas de geração de renda.
Para combater o trabalho infantil, a Igreja Católica e outros
1b: o custo de algo é aquilo que você desiste para obtê-lo grupos cristãos têm-se centrado no fornecimento às crianças
de comunidades pobres, com uma educação que irá
Muitas crianças pagam o custo de oportunidade ao proporcionar-lhes competências pro ssionais. “Nós
perderem a chance de estudarem e terem uma formação incorporamos as nossas políticas de proteção à criança em
pro ssional; ao tomarem decisões de trabalharem em nossos projetos, incentivando os pais a mandarem os seus
feriados, ganhando menos e trabalhando longas horas; além lhos para a escola, não funciona.
da violência e abusos que podem sofrer ao trabalharem.
 Akash já ajudou a montar 150 negócios para 150 famílias
Trechos: diferentes. Vão desde a compra de vacas para a sobrevivência
“Eu tinha um sonho de me tornar atleta… Agora, eu acabei me com a venda de leite a veículos para condutores de táxis Tuk
tornei um auxiliar, provavelmente para sempre” Tuk, comuns no país. Mas suas ações de caridade não param
por aí.
“Crianças em um ambiente de trabalho estão no nível mais O fotógrafo doa roupas para milhares de pessoas pobres todos
baixo do poder. Eles são tratados como pessoas sem dignidade. os anos, refeições para crianças em situação de rua e
absorventes para meninas que não têm acesso a produtos de
https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 14/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

higiene menstrual. enorme escassez de recursos que força as pessoas à


trabalhar.
escola rural que ele fundou fora de Dhaka, capital de
Bangladesh, para crianças sem acesso à educação, que (Principio 3) Governo teve que rede nir o objetivo de acabar
começou com 30 alunos sob a copa de uma árvore. com o trabalho infantil em 2016 e adiar, isso pode ser visto
como uma decisão marginal. 
Questão 2:
Sahel tem que trabalhar no feriado, mesmo com menos
Eu acredito que como medidas para modi car a realidade clientes. Isso é um tradeoff com o nal de semanas, msa
das crianças de Bangladesh seria necessário oferecer também é uma decisão marginal
condições aos pais de sobreviverem sem serem obrigados a
obter renda do trabalho de seus lhos por meio de auxílio Principio 4 -  Como as pessoas reagem a incentivos. Se elas
do governo, dividir as jornadas de trabalho entre os pegarem o dinheiro elas podem não investir o dinheiro em
trabalhadores desempregados sem diminuir salários (para algo produtivo e podem se endividar, então é necessario
gerar mais empregos), socializar as tarefas domésticas pra haver incentivos
aliviar as jornadas de trabalho dos pais e diminuir gastos
essenciais (restaurantes populares, por exemplo) e assim No vídeo tem vários tradeoffs: se você escolhe trabalhar
criar espaços onde as crianças possam crescer com suporte muito a vida passa e você não aproveita o fundamental - as
(creches e escolas, onde podem passar o dia com a garantia relações. Também precisamos de dinheiro mas podemos
de refeições, por exemplo). conciliar.

Vídeo: 2. Que proposições vocês fariam, considerando seu


O vídeo explicita inúmeras situações de tradeoffs, de fazer conhecimento até este momento, para modi car a realidade
escolhas: ao invés de ter "tudo o que o dinheiro pode das crianças de Bangladesh?
comprar e de "correr contra o tempo para ter sempre mais", Postem suas respostas aqui, com o número de sua sala e
escolher " ter "os momentos a se compartilhar", por nome/sobrenome dos participantes.
exemplo.
Bolsa família - Compensar o Tradeoff

Sala 04 Se oferecer um recurso às famílias que compensem a renda


que as crianças geram no trabalho precário, condicionado a
Beatriz Shum matricular as crianças nas escolar você pode reverter o ciclo
Tales Mançano e colocar as crianças nas escolas.
Isabella Latorre
Naisa de Sousa Integrar várias políticas públicas que garanta renda, esteja
Gabriela Ribeiro condicionada à educação. Criar um incentivo (princípio 4)
que envolva o acesso à educação e mas ao mesmo tempo a
Princípios: garanti das rendas da família. O empreendedorismo teria
1- Tradeoff que ser planejado, atrelado a algum planejamento produtivo
2- Custo de oportunidade () e à educação nanceira. Poderia ser relacionado isso a
3- Pessoas pensam na margem educação nanceira, à educação especi ca para as
4- Pessoas reagem a incentivos atividades economicas das famílias. Então, por exemplo,
familias camponesas podem ter uma formação relacionada à
1. Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje agricultura, a educação deve estar voltada às necessidades
vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem, em econômicas de curto prazo.
um espaço deste padlet, quais os princípios que
identi caram e em que parte dos textos eles são Para ter uma política EFICIENTE, seria necessário uma
evidenciados. pesquisa mais ampla acerca das necessidades econômicas e
educacionais de cada regiões do país. Assim, podemos
Quando vemos a musica e o texto vamos o principio do pensar em uma política que faça mais sentido para a
Tradeoff. Nos materiais disponibilizados vemos que se trata realidade local.
de abrir mão de ambições materiais e relacionadas a
dinheiro para car mais com amigos e cultivar relações. No Questão do empreendedorismo. Até que ponto o incentivo e
texto se fala de abrir mão de sonhos como ser atleta e de credito fariam com que as pessoas conseguiriam aplicar esse
estudar para trabalhar.  recurso em algo e ciente.

No vídeo, o tradeoff está relacionado a uma certa ganância Se os pais tivessem um emprego mais digno e bem
das pessoas, enquanto do texto, estamos debatendo a remunerado, as cirancas não teriam necessidade de
https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 15/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

trabalhar. Princípio 4: retorno simbólico/sensível

2. Incentivos à educação de qualidade; apoio nanceiro


como renda básica - Estado alocar dinheiro para a família
ter suporte; apoio nanceiro internacionais de
responsabilidade social; políticas públicas relacionadas à
educação e a equidade; economia solidária; melhorias e
regulação do trabalho (ex: redução da jornada; aumento de
salário) 
(+ m do capitalismo) 
Agradecemos Profa. Rita!!

SALA 13
SALA 06
Lis Loureiro
Thaynan Silva Ian Carmo
Moisés Sena Emily Cordeiro
Jose Lucas Miranda Jefferson Oliveira
Mariana Silveira
Princípio 1 -  tradeoffs Natália Ximenez
Princípio 2 - custo de oportunidade Rafaela Pitombo
Princípio 3 - pensar na margem
Princípio 4 - incentivo 1. Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje
vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem, em
1. um espaço deste padlet, quais os princípios que
No texto identi caram e em que parte dos textos eles são
- Encontramos o princípio 1 no trecho: "Com a morte de evidenciados.
minha mãe, minha escolaridade chegou ao m e eu vim para
Dhaka com o meu irmão mais velho para ajuda-lo a Princípio 1 - as pessoas enfrentam tradeoffs
sustentar a minha família" Escolha entre estudar e trabalhar
- Encontramos o princípio 2 no trecho: “Eu tinha um sonho Na verdade, essa escolha é extremamente questionável,
de me tornar atleta… Agora, eu acabei me tornei um auxiliar, pensando que sua sobrevivência depende de conseguir
provavelmente para sempre" recursos nanceiros para isso.
- Encontramos o princípio 3 no trecho: “Muhammad Sohel,
13, é um trabalhador de transportes em Dhaka. Ele trabalha Trecho:
17-18 horas por dia” - escolha de quanto trabalhar (dentro da "Com a morte de minha mãe, minha escolaridade chegou ao
margem) m e eu vim para Dhaka com o meu irmão mais velho para
- Encontramos o princípio 4 no trecho: ajuda-lo a sustentar a minha família" disse.
dois tipos de incentivo
- bom: "O governo e as organizações não-governamentais Princípio 2 - Custo de oportunidade
precisam tomar ações efetivas como providenciar Deixar de receber educação e desistir de seus sonhos para
empréstimos sem juros para que as famílias pobres possam poder ter o mínimo de dinheiro para sobreviver e ainda
iniciar um pequeno negócio tornando possível para eles enviar para sua família
enviar seus lhos à escola, diz Chowdhury."
- ruim: "A pobreza, a falta de consciência e da aplicação de Trecho:
lei frouxa são responsáveis pelo número de trabalhadores "Sohel contou que doi ver crianças de sua idade indo para a
infantis em Bangladesh" escola.
No vídeo “Eu tinha um sonho de me tornar atleta… Agora, eu acabei
Princípio 1: tradeoff entre escolher ter tudo ou ter coisas me tornei um auxiliar, provavelmente para sempre”
simbólicas/signi cativas
Princípio 2: "não ter todo dinheiro do mundo"
Princípio 3: se dedicar à coisas mais simbólicas e sensíveis Princípio 3 - As pessoas racionais pensam na margem
mesmo trabalhando /// dar mais valor á coisas Trabalhar no feriado
simbólicas/sensíveis

https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 16/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

"Sexta-feira é um dia de oração para os muçulmanos e


considerados um dia de folga nesse país de maioria
muçulmana. Para Sohel signi ca que ele terá de lidar com
menos passageiros, mas o dia será longo como a maioria dos
outros"

Princípio 4 - As pessoas reagem a incentivos


Falta de e cácia da legislação torna-se uma falta de
incentivo à educação

Trecho: "A pobreza, a falta de consciência e da aplicação de


lei frouxa são responsáveis pelo número de trabalhadores
infantis em Bangladesh"

Sobre a música, é um grande tradeoffs.


Trem bala - Snoopy
por Letícia Gomes
2. Que proposições vocês fariam, considerando seu
YOUTUBE
conhecimento até este momento, para modi car a realidade
das crianças de Bangladesh?

Programa de distribuição de renda, condicionado à


Leiam o arquivo a seguir
presença escolar, oferecendo também merenda. 
Modelo bolsa-família 1. Discutam, no grupo, que princípios que estudamos hoje
vocês encontram nos textos e no vídeo e os apontem, em
Além disso, seria interessante a aplicação de Renda um espaço deste padlet, quais os princípios que
Universal (modelo Renda Básica). identi caram e em que parte dos textos eles são
evidenciados. 
2. Que proposições vocês fariam, considerando seu
Lembrando o que é para fazer... conhecimento até este momento, para modi car a realidade
das crianças de Bangladesh?
Postem suas respostas aqui, com o número de sua sala e
nome/sobrenome dos participantes.
Obrigada! Profa. Rita

audio
Áudio de 1:19
PADLET DRIVE aula_2_A DURA REALIDADE DAS CRIANÇAS
TRABALHADORAS EM BANGLADESH
Documento do Word
PADLET DRIVE
Escolhas...

https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 17/18
30/04/2021 Reflexão sobre princípios

※※※※※※

https://padlet.com/padlets/3q9jj2af63j6c1cm/exports/print.html 18/18

Você também pode gostar