Você está na página 1de 3

1-Observe o silogismo a seguir:

“Todos os homens são mortais


Sócrates é homem.
Logo, Sócrates é mortal.”

Sobre o silogismo em geral e, sobre este em particular, é correto


afirmar que:
I. é um raciocínio indutivo, pois parte de duas premissas verdadeiras e chega a
uma conclusão também verdadeira.
II. o termo médio homem liga os extremos e, por isso, não pode estar presente na
conclusão.
III. é um raciocínio válido, porque é constituído por proposições verdadeiras, não
importando a relação de inclusão (ou de exclusão) estabelecida entre seus termos.
IV. as premissas, desde que uma delas seja universal, devem tornar necessária a
conclusão.

Marque a alternativa que contém todas as afirmações corretas.

II e IV

I e II

II e III

III e IV

2-(UFFS)Com relação à lógica dita clássica, é incorreto afirmar:

(a) O objeto da lógica é a proposição, que é a expressão dos juízos formulados


pela razão humana
(b) A lógica estuda e define as regras do raciocínio correto, porém não é de
sua competência estabelecer os princípios que as proposições devem
seguir.
(c) Quando se atribui um predicado a um sujeito, temos uma proposição.
(d) O raciocínio lógico se expressa através de proposições conectadas, e essa
conexão chama-se silogismo.
(e) Existem determinados princípios que toda proposição e todo silogismo
devem seguir para serem considerados verdadeiros.

3. (Ufu 2000) Aristóteles estabeleceu sua lógica sobre alguns princípios,


percebidos por intuição e que são anteriores a qualquer raciocínio, devendo
servir de base a toda argumentação científica. Esses princípios são: 
a) de identidade, de não contradição e de terceiro excluído. 
b) de identidade, de contradiçã o e da negaçã o da negaçã o. 
c) de tese, de antítese e de síntese. 
d) de salto qualitativo, de interpenetraçã o dos opostos e de negaçã o da negaçã o. 

. (Ufsj 2007) Assinale a alternativa que apresente um argumento indutivo. 


a) Os filhos de Seu Joã o e Dona Maria sã o engenheiros. Antonio é filio de Seu Joã o e
Dona Maria, logo Antonio é engenheiro. 
b) Seu João e Dona Maria têm três filhos: Antonio, Pedro e Vera. Antonio é
engenheiro arquiteto, Pedro, engenheiro mecânico e Vera, engenheira
ecológica. Seu João e Dona Maria estão muito felizes porque todos os seus
filhos são engenheiros. 
c) Todos os estudantes de Filosofia gostam de ló gica. Pedro é estudante de
Filosofia, logo Pedro gosta de ló gica. 
d) Faz um mês que os trabalhadores da prefeitura estã o consertando o asfalto da
rua onde eu moro. 
4. “A falácia é um tipo de raciocínio incorreto, embora tenha a aparência de correção. É
conhecida também como sofisma ou paralogismo e alguns estudiosos fazem a distinção entre
eles, dando ao sofisma o sentido pejorativo decorrente da intenção de enganar o interlocutor,
enquanto no paralogismo não haveria intenção”. (ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. &
MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando. Introdução à Filosofia. São Paulo: Moderna, 2000).
Irving Copi considera as falácias não-formais como aquelas que possuem erros oriundos da
inadvertência, da falta de atenção, ou da ilusão provocada por alguma ambiguidade. Diante
dessa consideração, marque a opção que NÃO se trata de uma falácia não-formal.

a) O Argumento de Autoridade que desloca o especialista de sua área de atuação.

b) A Falácia de Acidente que considera essencial o que é acidental.

c) A Falácia de Ignorância da Questão que busca desviar o foco da questão para outros
aspectos adjacentes.

d) A Falácia de Estrutura que apresenta o erro estrutural lógico do argumento.

e) A Petição de Princípios que supõe conhecido o que é objeto da questão.

5. O Órganon, o conjunto das obras lógicas de Aristóteles, coloca a lógica como um


instrumento para as ciências, tendo como objeto as proposições, que funcionam expressando
pela linguagem, os juízos do pensamento. A lógica aristotélica possui, no entanto, uma
complexidade de outras características, para além de suas definições. Que característica da
lógica aristotélica apresentada abaixo, entretanto, NÃO se estabelece como critério suficiente
para estar no Órganon?

a) A lógica deve ser formal: princípio que ressalta que a lógica não se preocupa com
conteúdos, mas sim com a forma pura e geral dos pensamentos.

b) A lógica deve ser propedêutica: princípio que institui a lógica como elemento preliminar ao
pensamento indicando os procedimentos de seu funcionamento.

c) A lógica deve ser normativa: princípio que ressalta as leis e regras que o pensamento deve
seguir para ser verdadeiro.

d) A lógica deve ser primordial: princípio que apresenta a instrumentalidade do pensamento


lógico como quesito de variabilidade das regras.

e) A lógica deve ser atemporal e geral: princípio que ressalta a universalidade e a imutabilidade
das leis do pensamento

Você também pode gostar