Você está na página 1de 3

Cadernos de Educação de Infância

Out./Dez. 2002
Bocadinhos de Informação

BOCADINHOS DE INFORMAÇÃO

“CORTANDO a 2”...
...Descoberta de uma Tesoura Diferente

Pedro Soares Onofre Licenciado pela Universidade Técnica de Lisboa (FMH)

“A TESOURA a 2”...é uma Tesoura Ergonómica de Multifunções, em duas versões,


destra e esquerdina.
(foto 1)
Estas duas tesouras são um dos resultados da minha experiência com Crianças com
necessidades de Apoio às suas Capacidades de Desenvolvimento.
Foi um trajecto de investigação, no âmbito de uma prática sistemática com crianças
com dificuldades psicomotoras; designadamente de destreza manual e/ou de
desenvolvimento.
Resultou a “descoberta e a concepção da TESOURA a 2”.
Este Instrumento de Corte, a utilizar na área educativa por pais, ou no sector
pedagógico por educadores, professores ou qualquer pessoa que esteja junto de uma
criança com ou sem dificuldades, facilitará a aquisição da habilidade de cortar mais
rapidamente do que seria de esperar.
Perante repetidos insucessos e impasses frustrantes de alguns crianças, na utilização
de tesouras, resolvi executar com elas um corte comum, e entusiástico, numa grande
proximidade corporal... e, por vezes, numa mistura muito Vinculativa-Tónico-Emocional.
Numa diálogo, cuidadoso, com cada uma, fui respondendo-lhe aos seus desejos de
pegar numa tesoura e cortar com ela. Estabeleci com ela um contacto intencionalmente
proprioceptivo de mão na mão; ...num cortar muito solidário e em vivência muito
existencial, animando-a a acompanhar-me no movimento de abrir e fechar essa
tesoura.
Começámos, então, a fazer, neste trabalho conjunto, uma progressiva “inter-reacção”
muito eficaz.
Com este contacto constante, da minha mão na mão da criança e numa comunicação
corporal, oral e falada, para manutenção da atenção, de nós ambos, ela começou a
acompanhar, activamente, o meu movimento indutor de cortar, melhorando,
progressivamente, a sua reprodução.
( foto 2 )
Porém, se, para algumas crianças, esta inter corporeidade foi bastante eficaz para o
início do seu sucesso autónomo de aprendizagem, já, isso não acontecia com outras.
Então, de experiência em experiência, continuei a investigar, procurando melhor
suporte para estas últimas. Até que, em determinada altura, me pareceu que o nosso
mútuo apoio proprioceptivo, dos meus dedos nos dedos da criança, se assemelhava a
mais duas argolas ligadas às dela, uma vez que era como se "as argolas já lá
estivessem, na nossa fusão-tónica-postural; parecia evidente...!

Decidi, então, criar essas argolas exteriores; de seis tesouras fiz três...!

1
Cadernos de Educação de Infância
Out./Dez. 2002
Bocadinhos de Informação

A três delas, retirei as respectivas argolas para as soldar nas argolas das restantes
tesouras inteiras. Soldei-as, ligadas duas a duas, em três orientações diferentes para
continuar a minha investigação.
(foto 3)
Precisava de saber qual a melhor posição das argolas (ou aberturas) exteriores para os
meus dedos... se mais avançadas que as da criança, se paralelas ou se mais recuadas.
Entretanto, fui adequando esta pesquisa à lateralidade de cada criança. Adaptei uma
tesoura destra para a criança que fosse destra e, também,.uma esquerdina para a
criança que fosse esquerdina.
Ao fim de alguns anos de experimentação com estas tesouras, concluí que crianças
com dificuldades psicomotoras e de desenvolvimento passaram a ser capazes de
aproveitar com eficiência o seu acto de cortar, beneficiando do meu suporte, que foi de
estímulo e encaminhamento, através das argolas exteriores.
(foto 4)
Motivadas e despertas, muitas começaram, com os seus deditos nas argolas interiores,
a ultrapassar os seus iniciais impasses frustrantes e eu "a distanciar a minha ajuda..."
E, por fim, vos digo também que a "A Tesoura a 2" por mim eleita é a das argolas
exteriores recuadas. Esta é a posição que permite que Eu e a Criança sintamos,
vejamos e ouçamos, mais claramente, o movimento de corte no seu trajecto...
(foto 5)
Porém, estas tesouras, criadas para satisfazer a lateralidade dos seus utilizadores,
conforme sejam eles destros ou esquerdinos, porque são tesouras ergonómicas
multifuncionais, para além de serem utilizáveis no âmbito educativo e pedagógico,
também o serão no âmbito da Luderoterapia e no âmbito Utilitário...
No âmbito Educativo, com a ajuda dos Pais e/ou outras pessoas e no sector
Pedagógico, com a ajuda dos Educadores e/ou Professores, que deverão colocar os
seus dedos nas argolas exteriores, a criança, beneficiando deste mútuo contacto muito
proprioceptivo "de mão na mão", com os seus deditos nas argolas interiores, passará a
perceber, experimentando e fazendo, cada vez mais eficazmente, a acção de cortar,
mesmo que não tenha ainda atingido esta habilidade. Daqui que esta facilitação
determinará uma aceleração ou, mesmo, uma ultrapassagem de um impasse
frustrante...
( foto 6 )
O adulto, ou um companheiro de competências eficazes, induzirão na mão da criança
os movimentos necessários e eficazes na realização da tarefa de corte, abrandando
progressivamente esse suporte conforme desejo e autonomia dela...
Não se trata, portanto, de duas tesouras que se entreguem às crianças, sejam estas
destras ou esquerdinas e que tenham dificuldades na sua habilidade manual, para que
as utilizem, sozinhas, sem qualquer apoio de uma outra pessoa. São, sim, tesouras
concebidas para apoio funcional com duas pessoas...

No âmbito da Ludoterapia: ...para pessoas com dificuldades de manipulação, onde


poderão incluir-se, também, os idosos que, começando a sentir fragilidade motora do
seu controlo e destreza manual, se interessem, e necessitem de uma imprescindível
ocupação-recreativo-terapêutica...
Ocasionais disfuncionamentos, a este nível, poderão, também, ser reequilibrados, com
a ajuda de outra pessoa nas argolas exteriores, através daquelas actividades.
2
Cadernos de Educação de Infância
Out./Dez. 2002
Bocadinhos de Informação

No âmbito Utilitário: permitirá optimizar o sistema-braço de alavanca/objectivo de corte,


executado a 1 pessoa...
...Em tarefas de precisão, utilizar-se-ão as argolas interiores...
(foto 7)
...e, em tarefas de corte em materiais de maior resistência, utilizar-se-ão as argolas
exteriores...
(foto 8)

Conclusão:
"A TESOURA a 2", (T2), Destra e Esquerdina, de multifunções ergonómicas, foi assim
encontrada, descoberta , concebida, criada e patenteada....
Faço votos para que estas duas “TESOURA a 2” passem a fazer parte integrante do
conjunto de Modelos e Estratégias e Habilidades do trabalho profissional dos
educadores, dos professores e dos terapeutas e da relação educativa dos pais e,
porque não, dos avós...
(foto 9)

"A TESOURA a 2" (T2)


(Tesoura Ergonómica de Muiltifunções )...
...em duas versões, destra e esquerdina

Estas duas Tesouras de 4 argolas, de multifunções, são para serem utilizadas na área
educativa e em outras áreas de actividade, conforme a lateralidade manual do seu
utilizador.

• Na área educativa, serão utilizadas para facilitar à criança ( com e/ou sem
dificuldades na coordenação óculo-manual) a aquisição da competência de cortar.
Com a ajuda de outra pessoa, nas argolas exteriores, a criança, com os seus
deditos nas argolas interiores, beneficiará do movimento de corte, induzido e
executado a duas pessoas.

• Nas outras áreas de actividade, tais como Ludoterapia e outras Exigências de


Precisão e de Resistência com Materiais a cortar:
Na Ludoterapia, as pessoas com dificuldades de manipulação, onde se poderão
incluir, também, os idosos que, começando a sentir fragilidade motora do seu
controlo óculo-manual, se interessem e necessitem de uma imprescindível ocupação
recreativo-terapêutica. Estas pessoas beneficiarão, também, no seu movimento de
corte, da ajuda de uma outra pessoa.
Nas Exigências de Precisão e de Resistência, independentemente de qualquer
dificuldade manual, qualquer pessoa poderá beneficiar, quando perante
necessidade de melhor precisão no corte fino, da utilização das argolas interiores e,
quando no corte de materiais de maior resistência, da utilização das argolas
exteriores.
• Através de um protocolo celebrado entre a APEI e a Com Tacto, estas
"TESOURA a 2" podem ser adquiridas com desconto de 20% para os associados,
sendo para isso necessário fazer o seu pedido à Com-Tacto, apresentado o nº de
associado.
3

Interesses relacionados