Você está na página 1de 8

10/09/2019

• Unidade de Ensino: 3

Sistemas •

Competência da Unidade: Sistema de Arquivos
Resumo: Será mostrado como os arquivos e diretórios

Operacionais •
são organizados, além de segurança no S.O
Palavras-chave: arquivos, diretórios, segurança de S.O
• Título da Teleaula: Sistema de Arquivos
Sistema de Arquivos
• Teleaula nº: 3

Profa Ms.Adriane Ap. Loper

1 2

Contextualização Contextualização
Cenário : uma microempresa do setor de Diante dessa situação, precisam recuperar a
alimentos, que faz a distribuição de alimentos maior quantidade possível de dados e
orgânicos para os supermercados da região Norte informações do disco rígido. Cientes de que essa
do país. não será uma tarefa fácil, precisarão, além de
Em função das quedas frequentes de energia, o estabelecer alguns critérios de processo de
computador do PMO (Gerente de Projetos), segurança da informação, recuperar e verificar a
queimou. Todas as informações dos contratos melhor forma de organizar esses arquivos e
estavam centralizadas nesse computador e não conseguir manipular e gerenciar essas
tinham uma política de backup bem estabelecida. informações sem prejudicar o andamento dos
projetos. Como faremos?

3 4

Conceitos Função do S.O : Sistema de Arquivos


O que são arquivos?
Arquivos São estruturas de dados ou instruções, que estão
relacionadas logicamente e se associam a um
determinado contexto. Para organizar esses
arquivos, o sistema operacional conta com uma
estrutura chamada sistema de arquivos. Os
sistemas de arquivos servem para facilitar a
organização de arquivos sob o ponto de vista do
armazenamento e de sua Identificação.

5 6

1
10/09/2019

Função do S.O : Sistema de Arquivos Operações dos sistemas de arquivos


Para que esse gerenciamento aconteça, é preciso
que o sistema de arquivos realize operações para
criar arquivos, bem como seja o responsável pela
sua exclusão ou remoção Fonte: Adaptado de Deitel et. al. (2005,
Serviços do SO p. 379); Machado e Maia (2013, p.
197-198)
 Abrir arquivo
 Ler arquivo
 Gravar em um arquivo
 Fechar um arquivo
 Remover um arquivo

7 8

Classificação para a organização de arquivos Espaço de nomes hierárquico


 A) Sequencial ou não estruturada;
 B) Indexada;
 C) Relativa.

 Sequencial Indexado Fonte: Adaptado de Stuart (2011, p. 461)

9 10

1. Instalar o software de recuperação, no caso o


Resolução da SP mencionado, Minitool Partition Recovery.
2. Selecione o diretório e a partição que precisa de
Vamos tentar reparos.

recuperar os dados do 3. Será preciso verificar, através da função “Specified


Range”, o local em que será realizada a verificação, e,

computador que em seguida, inicie a leitura


do diretório.
sofreu perdas de dados 4. Fique atento e selecione todas as partições
utilizadas e não se esqueça de nenhuma. Caso
com queda de energia? contrário, aquelas que você, porventura, não tiver
selecionado serão apagadas.

11 12

2
10/09/2019

5. Depois de realizado este procedimento, você


precisa verificar se os arquivos de fato foram Conceitos
recuperados.
Diretórios

13 14

Atributos Atributos
 Tamanho: esse atributo especifica o tamanho a  Backup: disponibiliza data e hora da última
quantidade de caracteres ou bytes do arquivo. atualização.
 Proteção: esse atributo especifica padrões de  Organização: indica qual é a lógica e a hierarquia
segurança de acesso aos arquivos. utilizada para armazenar os arquivos nos
 Dono/Proprietário/Usuário: estabelece quem respectivos diretórios.
criou, ou seja, associa ao usuário ou conta.  Senha: essa visa estabelecer um critério de
 Criação: delimita data e hora de criação do acesso e implementar maior segurança para a
arquivo, para que, a partir disso, facilite, realização de ações com os arquivos.
inclusive, a busca pelo arquivo.

15 16

Estrutura de diretório de nível único Estrutura de diretório de dois níveis


Id/ Proteção
Organização
Localização Arquivo 1
Atributos
Usuário 1

Usuário 2
Fonte: Adaptada de Machado e Maia (2013, p. 198) Arquivo 2 Fonte: Adaptada de Machado e Maia (2013, p. 198)
Usuário 3

Usuário 4
Arquivo 1

17 18

3
10/09/2019

Estrutura de diretório em árvore Alocação encadeada

Arq 1

Dir 1

Arq 2 Fonte: A autora


Raiz MFD

Dir 2 Arq 3
Fonte: Adaptada de Machado e Maia (2013)

19 20

O software recomendado é o Tivoli Application


Resolução da SP Dependency Discovery Manager, ou TADDM. Esse
software fornece um serviço capaz de identificar
automaticamente e, ainda, fazer o mapeamento
Como corrigir o valor de aplicações que estão em uso.

padrão de uma 1. Será exibida uma mensagem de erro através do


variável, que foi arquivo denominado “taddm_7.2.1_install_msg.
2. Recomenda-se como solução que o arquivo do
alterada diretamente Windows esteja associado à extensão.vbs e isto
deve ser configurado.
no diretório?

21 22

3. A alteração de configuração será para que se


tornem compatíveis. Dessa forma, o valor padrão Conceitos
da variável deve indicar o Microsoft Console Based
Script Host, para que possa ser associado.
Outras informações de configuração podem ser
obtidas no site do próprio sistema operacional.
implementação do
sistema de arquivos

23 24

4
10/09/2019

Definições Descritor de Arquivos


O descritor de arquivos tem por função guardar as
Implementação de sistemas de arquivos envolve
informações ou atributos dos arquivos. Guardará:
basicamente criar para cada arquivo o seu respectivo
 nome do arquivo;
descritor.
 sua extensão;
Descritor de Arquivos
 tamanho, sempre definido em bytes;
É um registro no qual são mantidas as informações
 data e hora do último acesso;
a respeito do arquivo. Essas informações incluem os
 data e hora da última alteração;
seus atributos, além de outros dados que não são
 identificação do usuário que criou o arquivo;
visíveis aos usuários mas que são necessários para
 lista de usuários com permissões e tipos de
que o S.O implemente as operações sobre arquivos.
acessos;
 localização dos arquivos.

25 26

Descritor de Arquivos Descritor de Arquivos


Para tornar mais rápido o acesso aos arquivos, o Com o intuito de reparar possíveis conflitos de
sistema de arquivos mantém na memória uma acessos, o sistema de arquivos se encarrega de criar
tabela contendo todos os descritores dos arquivos uma tabela descritiva de arquivos abertos por
em uso. processo, chamada de TAAP. Então, a lógica é outra:
Uma tabela de descritores de arquivos abertos, nesse caso, para cada arquivo aberto é criada uma
também chamada de TDAA, é responsável por entrada na TAAP que contém a posição corrente do
arquivo.
manter atualizadas as informações dos arquivos
Além dessa informação, há também o tipo de
abertos. Isso ocorre para todos os processos do permissão associado e, ainda, um ponteiro que
sistema, em função de um arquivo ser acessado indica a sua correspondência na tabela dos
por vários processos ao mesmo tempo. descritivos de arquivos abertos.

27 28

Uso conjunto das tabelas TAAP e TDAA Resolução da SP


Implementar um sistema
de arquivos de rede, que
seja compatível com os
S.O Windows, Unix e
Fonte: Oliveira, Carissimi, Toscani (2010, p. 217) Linux.

29 30

5
10/09/2019

Propor a implantação do sistema de arquivos de rede Esse sistema de arquivo é compatível com os S.O.
chamado NFS (Network File System). Suas mencionados e, para implementá-lo, será preciso:
funcionalidades incluem: melhoria de acessibilidade, 1. Certificar-se de que estamos trabalhando com um
oferecendo maior segurança, pois utiliza um ambiente predominantemente baseado em Unix, de
protocolo chamado RPSEC_GSS, que implementa forma que seja possível compartilhar arquivos NFS.
maior segurança, e essa é integrada à gestão de 2. Verificar se temos as versões de Unix que
máquinas cliente e servidores. executam sistemas NFS e Windows a partir da versão
Suporta aplicações de servidores clusterizados e redes Windows Server 2012.
geograficamente distribuídas, ou seja, de grande 3. Instale os dois principais serviços do NFS, que são:
amplitude. Interage e integra serviços com o Active Servidor NFS e Client NFS. O Servidor NFS pode ser
Directory. instalado em uma máquina com Unix.

31 32

Interação Conceitos

Podemos trabalhar Introdução à segurança


com S.O diferentes e mecanismos de
na mesma proteção
máquina?

33 34

Plano de segurança da informação Verificações de segurança realizadas pelo S.O


Autenticação de usuários;
Criptografias;
Definição de senhas;
Mecanismos de autenticação biométricos;
Sistemas de segurança de recursos básicos, tais
como: recursos de CPU e memória;
Tipos de ameaças.

Fonte: Adaptado de Stuart (2011)

35 36

6
10/09/2019

Verificações de segurança realizadas pelo S.O Recurso e sua característica de proteção

Fonte: Adaptado de Stuart (2011) Fonte: Adaptado de Stuart (2011)

37 38

Resolução da SP Para o plano de segurança da informação da


microempresa de alimentos, será preciso instalar
um software conhecido como Gufw (Graphical

Firewall com S.O


Firewall Uncomplicated), que é uma interface
gráfica voltada para a configuração do recurso de
firewall. Esse tem por função delimitar o que é

Linux permitido trafegar pela porta de entrada de rede


da empresa, quais limitações, restrições envolvidas
e configurar essas regras.

39 40

Interação Ano: 2018 Banca: COPESE - UFT Órgão: Câmara de


Palmas - TO Prova: COPESE - UFT - 2018 -
Arquivos são unidades lógicas de informação criadas
por processos. Em geral, um disco contém milhares
de arquivos, um independente do outro. Nesse
sentido, analise as afirmativas abaixo.
I. Os processos podem ler os arquivos existentes e
criar novos, se necessário. A informação armazenada
em arquivos deve ser persistente, isto é, não pode
ser afetada pela criação e pelo término de um
processo.

41 42

7
10/09/2019

II. Arquivo é um mecanismo de abstração. Ele 2017 Banca: FUNRIO Órgão: SESAU-RO Prova:
oferece meios de armazenar informações no disco e FUNRIO - 2017 - SESAU-RO -
de lê-las depois. Um sistema de arquivos para versões do Windows
III. As regras exatas para nomear um arquivo são e Windows Server que fornece um conjunto
padrões de sistema para sistema, incluindo o fato de completo de recursos, incluindo os descritores de
que todos os sistemas operacionais não permitem segurança, criptografia, cotas de disco e
cadeias de caracteres como nomes de arquivos metadados sofisticados e pode ser usado com o
válidos. Cluster Shared Volumes (CSV) é o:
Assinale a alternativa CORRETA. FAT.
Apenas as afirmativas I e II estão corretas. FAT32.
Todas as afirmativas estão corretas. NTFS.
Apenas as afirmativas I e III estão corretas FAT64.
Apenas as afirmativas II e III estão corretas. CDS.

43 44

Conceitos Definições
 Arquivos;
Recapitulando  Diretórios;
 Segurança.

45 46

47