Você está na página 1de 5

Universidade Federal de Pernambuco

Lista de exercı́cios de Álg. Linear - 2011.1

CCEN - Depto Matemática - Área II

Questão 1. Considere o seguinte sistema de equações lineares:



3x − 5y =1






 2x + z =3


5x + y − z = 0


a) Escreva o sistema acima na forma de uma equação matricial e exiba a


matriz ampliada (associada) do sistema;
b) Reduza a matriz ampliada à sua forma escada reduzida por linhas. De-
termine o posto da matriz ampliada, e o posto e a nulidade da matriz de
coeficientes.
c) Escreva o sistema de equações lineares correspondente à matriz obtida no
item anterior e resolva este sistema.

Questão 2. Para cada sistema linear dado, encontre todos os valores de a


para os quais o sistema não tem solução, tem solução única e tem infinitas
soluções.
 
x + 2y + 3z =4 x+y +z =2

 


 


 

a) 3x + y + 5z =2 b) 2x + 3y + 2z =5

 

 
4x + y + (a2 − 14)z = a + 2 2x + 3y + (a2 − 1)z = a + 1

 

 

Questão 3. Encontre as condições sobre os bi ’s para que cada um dos sistemas


tenha solução:
 
x1 − 2x2 + 5x3 = b1 x1 − 2x2 − x3 = b1

 


 


 

a) 4x1 − 5x2 + 8x3 = b2 b) −4x1 + 5x2 + 2x3 = b2

 

 
−3x1 + 3x2 − 3x3 = b3 −4x1 + 7x2 + 4x3 = b3

 

 

Questão 4. Considere um sistema linear cuja matriz ampliada A é da forma

Preprint submitted to Elsevier 31 de março de 2011


abaixo, onde a e b são números reais.
 
1 1 3 2
 
1 2 4 3
 
 
 
1 3 a b

a) Para que valores de a e b o sistema possui infinitas soluções?


b) Para que valores de a e b o sistema é incompatı́vel?

Questão 5. O benzeno lı́quido queima na atmosfera. Se um objeto frio é


colocado diretamente sobre o benzeno, haverá condensação de água no objeto
e também se formará um depósito de fuligem (carbono) sobre o objeto. A
reação quı́mica para esta reação é da forma

x1 C6 H6 + x2 O2 → x3 C + x4 H2 O.

Determine valores de x1 , x2 , x3 e x4 para balancear a equação.

Questão 6. Sejam A e B matrizes 3 × 3 com determinante det A = 4 e


det B = 6, e seja E uma matriz elementar obtida pela operação permutação
de linhas. Considere AT a matriz transposta de A. Determine:

a) det( 12 A)
b) det(B −1 AT )
c) det(EA2 )

Questão 7. Dizemos que uma matriz é singular quando não é inversı́vel,


e não singular se é inversı́vel. Usando as propriedades de determinantes,
responda:

a) Se A é uma matriz não singular n × n, mostre que AT A é não singular e


det(AT A) > 0.
b) Seja A uma matriz n × n. Mostre que se B = S −1 AS para alguma matriz
não singular S, então det(B) = det(A).
c) Sejam A e B matrizes n × n e seja C = AB. Mostre que se A ou B é
singular, então C deve ser singular.

Questão 8. Calcule a matriz inversa, se existir, de dada matriz abaixo:


   
  2 1 0 0 4 −1 2 −2   
 1 2 3  1 0 x
 
   
  
 1 0 −1 1 


 3 −1 0 0    
a) 
 1 1 2

b) c) d)  1 1 x2 ,
     
   
0 1 1 1 2 3 1 0
       
   
    2
0 1 2     2 2 x
−1 0 0 3 0 7 1 1
x 6= 0.

2
Questão 9. Verifique se em cada um dos itens o conjunto V com as operações
indicadas é um espaço vetorial sobre R, justifique.

a) V = R2 , (x1 , y1 ) + (x2 , y2 ) = (x1 + x2 , 0) e α(x1 , y1 ) = (αx1 , αy1 ).


b) V = R2 , (x1 , y1 ) + (x2 , y2 ) = (x1 + x2 , y1 + y2 ) e α(x1 , y1 ) = (αx1 , y1α ).

(OBS.:Caso não sejam especificadas, as operações são as usuais.)

Questão 10. Verifique se em cada um dos itens o subconjunto W é subespaço


vetorial do espaço V .

a) V = R4 ; W = {(x, x, y, y); x, y ∈ R}.


b) V = Pn (R); W = {p ∈ Pn (R); p0 (t0 ) = 0}, para um t0 ∈ R fixado.
c) V = Mn×n (R); W = {A ∈ Mn×n (R); AT = A}.

Questão 11. Responda justificando:

a) R3 = [(1, 0, 0), (0, 1, 1), (1, 0, 1)]?


Considere
 nas letras
 b)  e c):    
 −1  3 2  −9 
       
v1 = 
 2 , v2

=  4 ,
 
u= 6
 
ew=  −2 .
 
       
       
3 2 6 5
b) u ∈ [v1 , v2 ]?
c) w ∈ [v1 , v2 ]?
d) P3 (R) = [x + 2, x + 1, x2 − 1]?

Questão 12. Seja C = {x1 , · · · , xk } um conjunto gerador para o espaço ve-


torial V , V = [x1 , · · · , xk ].

a) Se adicionarmos outro vetor xk+1 ∈ V ao conjunto C, ainda teremos um


conjunto gerador de V ? Explique.
b) Se retirarmos um vetor de C, digamos xk , ainda será gerador? Explique.

Questão 13. Determine se são conjuntos linearmente independentes em V :


2
a) {x
+ 2, x −1, x − 1} em P (R).
 2   
 1 −1   3 −1   −3 −1   2 −1 

 

b)   ,  ,  ,  em V = M2×2 (R).
 2 0 5 2 −4 −4 0 −1 
 

Questão 14. Seja C = {x1 , · · · , xn } um conjunto linearmente independente


de V espaço vetorial.

a) Se adicionarmos outro vetor xk+1 ∈ V ao conjunto C, ainda teremos um


conjunto linearmente independente em V ? Explique.

3
b) Se retirarmos um vetor de C, digamos xk , ainda será linearmente indepen-
dente? Explique.

Questão 15. Justifique porque, independente do espaço vetorial V , são ver-


dadeiras as afirmações:

a) Qualquer conjunto finito de vetores que contenha o vetor nulo deve ser
linearmente dependente.
b) Se acrescentarmos qualquer vetor a um conjunto gerador de V , este con-
junto torna-se linearmente dependente.
c) Se retirarmos qualquer vetor de um conjunto linearmente independente de
V , este conjunto não pode ser gerador de V .

Questão 16. Determine uma base e a dimensão dos espaços vetoriais seguintes:

a) U = {(a + b, a − b + 2c, b, c); a, b e c ∈ R}


b) W = {p ∈ P3 (R); p(x) = ax2 + bx + 2a + 3b; a, b ∈ R}
c) S = [x, x − 1, x2 + 1, x2 − 1]

Questão 17. Em cada item abaixo, determine uma base o subespaço U +W e


outra para o subespaço U ∩ W , onde U e W são subespaços do espaço vetorial
V indicado.

a) V = R4 ;
U = {(x, y, z, t) ∈ R4 ; x − y + z = 0 e y + z = 0} e
W = {(x, y, z, t) ∈ R4 ; 2x + y + 2z − 3t = 0}.
b) V = Mn×n

(R);     
 a

b 
  0

e 

U= / a − 2b = 0 e W =  / e, f ∈ R .
 
  
c d 0 f

 
 
 

c) V = P3 (R); U = {p ∈ P3 (R); p00 (t) = 0} e W = {q ∈ P3 (R); q 0 (t) = 0}.

Questão 18. Sejam W e U os subespaços de R4 definidos abaixo:

W = {(x, y, z, t) ∈ R4 / x + y + 2t = 0 e z − 3t = 0} e

U = [(0, 1, 2, 1), (1, −1, 7, 3)].

a) Calcule uma base e a dimensão de W .


b) Calcule uma base e a dimensão de W ∩ U .
Obs.: Justifique para cada base (nas letras a e b) porque seus vetores são
de fato linearmente independentes (LI).
c) Verifique que W + U 6= R4 (não é preciso calcular W + U ).

Questão 19. Seja V = P2 = {a0 + a1 x + a2 x2 | ai ∈ R, i = 1, 2, 3}. Dadas as


bases: α = {1 − x2 , 1 − x, 1 + x + x2 } e β = {1 + x, x + x2 , 1 + x2 }.

4
 
3
 
Seja v ∈ V o polinômio tal que [v]α = 1
 
 
 
2

a) Determine o polinômio v.
b) Calcule a matriz mudança de base apropriada para encontrar as coorde-
nadas [v]β a partir das coordenadas [v]α . A seguir calcule as coordenadas
[v]β usando esta matriz.