Você está na página 1de 170

1

O
GRANDE
PLANO
DO AMOR

T. L. OSBORN
3

O
GRANDE
PLANO
DO AMOR
4

Coleção GRAÇA DE DEUS

O GRANDE PLANO DO AMOR

Traduzido do Original em Inglês


“BIG LOVE PLAN” por
Gordon Chown

EDITADO POR:

GRAÇA EDITORIAL
Caixa Postal 1815
Rio de Janeiro – RJ – 20001
Telefone (021) 594-0375
591-3244

Os direitos autorais pertencem à


editora supracitada.
5
6

DEDICATÓRIA

Aos nossos amigos cuja fiel parceria possibilita à


minha esposa, Daisy, e a mim, ensinar o grande
plano do amor com seus benefícios inspiradores a
milhões de pessoas pelo mundo a fora.

“As citações bíblicas neste livro foram


personalizadas para encorajar a
aplicação individual.
São derivadas da Versão de Almeida,
Revista e Atualizada no Brasil, salvo
anotação em contrário.”
O Autor
7

CONTEÚDO

Dedicatória ...........................................................................6
Introdução – A Idéia Mais Maravilhosa
De Deus ...................................................................................13
O Amor em Ação ..................................................................14
O Poder Saneador do Amor ............................................15
Deus Não Está Mesmo Zangado com Você ..............16
Deus Já Fez a Parte dEle ...................................................17
Poder Transformador .......................................................18
Você foi Criado para o Amor ..........................................20
1. Um Propósito no Meio da Confusão ................23
Devemos Fazer Perguntas? ............................................24
2. Bom, Grande, Amoroso, Poderoso ....................29
Pobreza, Enfermidade e Problemas ...........................30
3. Queremos Contar a Todos .....................................33
Vamos Sentar-nos e Conversar.....................................34
4. Você Já Não É Culpado ..............................................39
Você Já Está Perdoado ......................................................40
Sua Dívida Já Foi Liquidada ............................................41
5. Ele Comprovou o Plano do Amor de Deus ...45
O Preço da Depressão .......................................................46
O Começo dos Problemas ................................................47
O Amor Nunca Desiste ......................................................48
Boas-Novas para Quem? ..................................................49
Perguntas Difíceis para uma Decisão Difícil ...........51
8

O Poder Terapêutico do Amor ......................................52


Os Frutos da Amizade .......................................................54
6. O Belo Sonho de Deus ...............................................57
O Plano e a Condição..........................................................58
A Maneira de Viver e de Prosperar .............................59
7. A Raiz do Problema ....................................................61
O Que Aconteceu à Vida Abundante ...........................62
Quando a Luz Se Apaga ....................................................64
8. Transforme a Si Mesmo e Transforme
O Seu Mundo ........................................................................67
Paz para a Guerra Lá Dentro ..........................................68
9. Ele Descobriu Novo Amor ......................................73
O Milagre da Oração ...........................................................74
Quando Jesus Apareceu ao Homem............................76
10. A Sua Vida... Integralmente Paga ....................81
O Amor Tinha uma Solução ............................................81
Comprovação que o Plano Podia Funcionar ..........83
Nenhuma Dívida É Paga Duas Vezes ..........................84
11. Ele Planeja Somente o Bem Para Você ........87
Quando a Luz É Ligada......................................................88
12. Ela Parecia Um Anjo................................................93
O Poder Vivificador do Amor.........................................94
O Câncer Desapareceu ......................................................95
13. Seu Caminho Para a Vida Abundante ..........99
Relacione-se Com Deus Através de Cristo e
Viva ............................................................................................100
Confie no Plano que Funciona .......................................101
9

Fatos da Sua Liberdade ....................................................102


14. Deus Atribui Valor a Você e Precisa
de Você ....................................................................................105
Agora Deus Pode Viver em Você ..................................105
Podemos viver Porque Amamos ..................................106
O Plano do Amor Arraigou-se em Nós ......................107
Descobrindo o Valor-Próprio ........................................108
15. A Budista Achou o Caminho ...............................113
Não Há Diferenças Entre as Pessoas ..........................113
Aos 74 Anos de Idade, Ela Ouviu o Plano
Do Amor ...................................................................................114
O Lindo Relatório ................................................................116
16. Sete Necessidades Supridas ...............................121
Sete Revelações de Deus ..................................................122
Não há Exceções...................................................................123
17. Sete Bênçãos Pertencem a Você ......................125
I. Dignidade Divina .............................................................125
II. Paz Perpétua ....................................................................125
III. Conselho Confiável ......................................................127
IV. Saúde Superabundante ..............................................127
V. Prosperidade Produtiva ..............................................128
VI. Companheirismo Constante ....................................129
VII. Realização Relevante ................................................130
18. Milagres do Plano do Amor ................................133
Tesouros da Fé .....................................................................134
19. Cinco Milagres do Amor .......................................139
20. Carregado de Benefícios ......................................143
10

Já Sem Medo...........................................................................144
21. Jesus Cristo É Nossa Ligação ..............................147
Citações de Qualidade .......................................................147
Trazido de Volta como Amigo de Deus .....................148
Identificado Com Cristo....................................................149
Compartilhando a Nova Vida em Deus .....................151
22. Saiba Estes Fatos E Viva........................................155
1. Creia que Você É Valioso como Criatura
de Deus .....................................................................................155
2. Saiba que Desconfiar da Palavra de Deus É
o Problema Original e Fundamental ..........................155
3. Entenda que Repudiar a Integridade de
Deus Resulta na Morte ......................................................156
4. Creia que Deus Estima Você Demasiadamente
Para Deixá-lo Morrer .........................................................156
5. Saiba Por Que Cristo Veio e Morreu como
Seu Substituto .......................................................................157
6. Entenda a Razão da Morte, Sepultamento
e Ressurreição de Cristo ..................................................158
7. Creia no Evangelho e Receba Jesus Cristo
Em Pessoa Agora .................................................................159
23. Deus Se Une com Você ...........................................161
Oração .......................................................................................161
O Plano do Amor (em 60 segundos) ..........................166
24. A Dignidade Reconquistada ..............................167
11
12

“VOCÊ É FEITO para a vida, não


para a morte.
Você é feito para a saúde, não
para a doença.
Você é feito para o sucesso, não
para o fracasso.
Deus não quer que ninguém
viva sem vista, nem que fique
sozinho sem amigos, nem que seja
infeliz.
Seu amor está em ação agora.
Ele não quer que ninguém fique
na vergonha, no medo, ou na
desgraça.
Ele pagou um preço alto por
você, que comprova quanto você
vale para Ele.”
13

INTRODUÇÃO
A IDÉIA MAIS MARAVILHOSA DE DEUS

O AMOR É A IDÉIA mais maravilhosa que já veio


aos seres humanos da parte de Deus. Há a fé, a
esperança, e o amor, porém o maior destes é o amor.1
A Bíblia diz: Deus é amor.2 Você foi criado por
Deus, e, portanto, é o produto do amor.
Isto significa que você foi feito para o amor.

Você não foi feito para o ódio nem para o medo.


Você foi feito para a vida, não para a morte.
Você foi feito para a saúde, não para a
enfermidade.
Você foi feito para o sucesso, não para o
fracasso.
Você foi feito para coisas boas, não para coisas
ruins.

Deus ama você tanto, que Ele pagou um preço


alto para ter você perto dEle. O preço foi o Seu Filho.
Quando Jesus Cristo veio para esta Terra, tudo
quando Ele fez ressaltou o grande valor que Deus
atribui às pessoas.
14

O Amor em Ação

Jesus passou perto de um mendigo cego,


chamado Bartimeu.
O cego clamou: “Jesus, Filho de Davi, tenha
misericórdia de mim!” A multidão mandou-o calar a
boca, mas “quando Jesus o ouviu, parou ali na
estrada e disse: ‘Digam-lhe que venha cá’. Jesus Se
interessa pelas pessoas. Ele veio nos ajudar. Não
quer que ninguém viva sem vista, nem que fique
sozinho sem amigos, nem que seja infeliz. “Bartimeu
dum salto ficou em pé e foi a Jesus.”’Que quer que
Eu faça para você?’ Perguntou Jesus. ‘Mestre!’ Disse
o cego, ‘eu quero ver!’ E Jesus lhe disse: ‘Pois bem,
está resolvido. A sua fé curou você’. E no mesmo
instante o cego pôde ver e seguia a Jesus pela
estrada afora!3 Isso é o amor em ação.

No Zaire, duas mulheres cegas foram curadas


certa noite na nossa cruzada. Que dádiva de amor da
parte de Deus!
Durante a noite inteira, dançavam nas ruas de
Lubumbashi, contando ao povo a respeito da sua
cura.
A boa nova a respeito do grande plano do amor
de Deus é que este Jesus permanece o mesmo hoje.
Ele quer fazer em seu favor tudo quanto você
precisa ou deseja que Ele faça.
15

O Poder Saneador do Amor

Certo dia, um leproso chegou até Jesus. Os


discípulos disseram: Mandem-no embora. Ele é
impuro. Mas Jesus disse: Não, deixe-o vir. Ele tem fé.4
Você entende: o propósito da vida de Jesus era
ajudar as pessoas, salvá-las e abençoá-las. O amor
levava Jesus a estender a mão e tocar naquele
leproso, e a carne deste foi imediatamente curada.
Ele está estendendo a mão até você, enquanto
você lê este livro. Seu plano do amor é fazer tudo
quanto é necessário para soerguer você até à
felicidade total, à saúde e ao sucesso.
Atravessando a cidade de Kisumu, uma leprosa
chamada Miriã Gare foi se arrastando pelo chão,
para ficar presente em nossa cruzada. Já se tinham
ido seus dedos e seus pés. Carregava seus pertences
numa cesta na nuca enquanto se arrastava.
Ouviu falar em Jesus e creu nEle na primeira
ocasião em que ela nos ouviu ensinar o plano do
amor de Deus. Cristo chegou-Se a ela, e Miriã se
levantou naqueles cotos de pernas e começou a
andar e chorar e dar graças a Deus porque foi
milagrosamente curada. Tornou-se ativa na igreja
local, cujo pastor a tratava com atenção pessoal.
Tornou-se uma testemunha radiante de Jesus Cristo
e do Seu amor em ação.
16

Deus Não Está Mesmo Zangado com Você

Trouxeram a Jesus uma prostituta, certo dia. As


pessoas que eram justas aos seus próprios olhos
disseram: Vamos matá-la à pedradas. É uma mulher
impura.5
Jesus disse, porém: Esperem só! Deus não enviou
Seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas
para salvar o mundo.6 Entenda: Ele dá valor a cada
pessoa humana.
Ele perdoou os pecados dela, tornou-a pura e
limpa como antes, e restaurou sua dignidade e auto-
estima como dama.
É impossível Ele acusar, julgar ou condenar
você. O valor que Ele atribui às pessoas é tão grande
que Ele procura enaltecer e abençoar você, e ajudá-
lo a tornar-se tudo quanto seu Pai criou você para
ser.
Numa das nossas cruzadas, uma mulher jovem
que praticara a prostituição desde a adolescência,
estava presente e nos ouviu ensinar a respeito do
grande plano do amor de Deus.
Ela foi para lá porque tinha um tumor
cancerígeno no útero. Era um caso incurável,
repudiada pela sociedade, e nem sequer chegara aos
trinta anos de idade.
17

Ela descobriu que Deus a amava e dava valor a


ela assim como ela estava, que Ele não estava
zangado com ela. Ela nos ouviu ensinar que Deus a
amava tanto que, durante todos os anos que vivera
na prostituição, Ele continuara a amá-la e nunca
desistira dela.
Chorou ao ficar sabendo que Jesus Cristo viera a
este mundo em seu favor e já tomara sobre Si toda a
culpa, a condenação e o julgamento de todos os
pecados dela. Ela compreendeu que Jesus já sofrera
a penalidade que ela mesma merecia; que Ele assim
fizera a fim de redimi-la e restaurá-la a Deus como
se ela nunca tivesse cometido nenhum pecado.

Deus Já Fez a Parte dEle

Aquela mulher jovem compreendeu pela


primeira vez que Jesus Cristo já suportara a
penalidade e o julgamento dos seus pecados. Estes,
portanto, nunca poderiam ser legalmente julgados
pela segunda vez. Logo, ela já não era culpada.
Ela ficou sabendo que a cruz de Jesus
comprovava várias coisas: 1) Que Deus dava muito
valor a ela. 2) Que Deus a amava. 3) Que os pecados
dela já foram castigados. 4) Que Deus Se importava
com ela antes mesmo dela saber a respeito dEle. 5)
Que Deus já a redimira e que tudo quanto ela tinha
que fazer era escutar a explicação do Seu plano do
amor, crer nele e aceitá-lo.
18

Aquela mulher confiou naquilo que Jesus fizera


em seu favor. Aceitou a Ele e a Sua vida nela, e foi
salva.
Imediatamente, enquanto ela agradecia a Deus
pelo amor dEle, o grande tumor desapareceu. Era
um milagre. Ela foi totalmente curada. Estava em
paz com Deus. Ele viera habitar nela. Ela voltara ao
seu lar em Deus. E o corpo dela refletiu o poder da
vida de Deus operando nela. O câncer não poderia
ficar.
Veja bem: O plano do amor de Deus é restaurar
as pessoas. Ele nunca destrói ninguém – nem a
saúde, a felicidade, a reputação, nem a auto-estima
de ninguém.
Deus quer fazer coisas boas em seu favor hoje.
Seu amor está em ação agora. Ele quer fazer por
você tudo quanto você precisa ou deseja, se você
apenas crer no Seu plano do amor.

Poder Transformador

Quando Jesus descia de um barco certo dia, um


homem selvagem veio correndo para Ele, saindo
dentre os túmulos. Dia e noite, essa pobre criatura
gritava e se retalhava com pedras agudas. Era
atormentado e possesso por demônios.
19

Jesus falou aos espíritos malignos, e saíram do


homem, e este foi curado.7
Foi para isso que Cristo veio. Ele nunca deseja
que um ser humano viva na vergonha, no medo ou
na desgraça. Ele dá muito valor às pessoas – a toda
pessoa, e Ele fará tudo quando você necessitar a fim
de desenvolver seu melhor potencial supremo como
uma pessoa que está em Deus, bem-sucedida, feliz,
saudável e estimada.
Foi trazido a uma das nossas cruzadas um jovem
que estivera estudando numa faculdade de
Medicina, para formar-se como médico. Por algum
motivo, sua mente estragou-se repentinamente, e
ficou louco. Seus colegas pegaram grilhões de ferro
para prenderem-lhe as mãos e os pés, e então o
acorrentaram para não poder escapar, pois era um
perigo até para si mesmo. Levaram-no de volta para
sua aldeia, onde sua família o conservava atado,
acorrentado, e trancado numa palhoça com uma
porta feita de estacas ligadas com arames, para lhe
permitir ventilação.
A comida era jogada para ele como se alimenta
uma fera perigosa. Ele avançava nas pessoas e
procurava mordê-las quando passavam pela
palhoça dele. Alguém lhe dera um pontapé na boca,
e lhe arrancara os dentes da frente.
20

Quatro homens o trouxeram para a cruzada,


com os tornozelos e os pulsos acorrentados com
algemas de ferro. Deixaram-no amordaçado, ainda,
para não deixá-lo morder alguém. Jesus se
aproximou daquele homem enquanto ensinávamos
o plano de Deus à multidão. Os espíritos
demoníacos que o atormentavam saíram dele, e ele
se tornou perfeitamente normal.
Tiraram a mordaça da sua boca, e removeram os
grilhões das suas pernas e dos seus braços. Os
tornozelos e os pulsos muito calejados pelos
grilhões.
Retomou seus estudos na universidade e é uma
testemunha viva do grande plano do amor de Deus
que estou compartilhando com você neste livro.

Você Foi Criado para o Amor

Por que Deus ama tanto você? Por que Jesus


entregou Sua vida por você? Por que Ele morreu em
seu lugar? Por que Ele enviou a você um plano tão
maravilhoso através deste livro?
Porque Ele dá muito valor a você exatamente
como você é.
Você foi criado pelo amor. Deus pagou por você
um alto preço que comprova o quanto você vale
para ele.
A primeira prova de que Deus resolveu estender
a mão para você já ficou evidente: Este livro está nas
suas mãos. Tudo quanto você precisa ou deseja da
parte de Deus já começou.
21

À medida que você continua lendo, o grande


plano do amor de Deus se tornará mais claro e real
para você. E assim, você descobrirá os segredos que
abrirão diante de você um novo estilo de vida, de
felicidade, de saúde, de prosperidade e de auto-
estima.
A chave está na sua mão agora mesmo.
Enquanto você virar as páginas que se seguem, você
descobrirá como tomar controle da sua vida e como
relacionar-se como o estilo de vida rico e feliz para o
qual Deus o criou.

Referências Bíblicas
1. 1 Coríntios 13:13 5. João 8:3-11
2. 1 João 4:8 6. João 3:17
3. Marcos 10:46-52 – BV 7. Marcos 5:2-8, 15
4. Marcos 1:40-42
22

“JESUS CRISTO não é uma


religião, mas uma pessoa.
Para que evangelizar hindus,
budistas, muçulmanos?
A vida não tem propósitos? Leva
para o nada?
Se Deus existe... posso fazer
perguntas?
Tenho a impressão de haver
esperança para mim.”
23

Capítulo 1

UM PROPÓSITO NO MEIO DA
CONFUSÃO

UMA PROFESSORA DE FRANCÊS, que passava


suas férias nos Estados Unidos, visitou nossa Sede
Internacional em Tulsa, Oklahoma.
Posto que ela falava praticamente nenhum
inglês, a recepcionista pediu que nossa tradutora de
francês acompanhasse a visitante pelas nossas
instalações.
À medida que o impacto da visita começava a
fazer efeito sobre essa professora, começou a fazer
perguntas a respeito do nosso “programa de
evangelização, religião e doutrina”.
Nossa tradutora aproveitou as perguntas para
testemunhar de Cristo. Explicou a simplicidade da
nossa doutrina: Trata-se de Jesus, não de uma
religião, mas de uma pessoa – O Filho de Deus – que
morreu pelos nossos pecados, foi ressuscitado para
a nossa justificação, e que nos dá a vida eterna; a fim
de que possamos ter, como resultado, a comunhão
diária com Deus.
Para a senhora francesa, isto parecia quase
simples demais para ser real. As perguntas dela
eram típicas do mundo de hoje:
“Por que evangelizar povos de outros países, tais
como os hindus, os budistas, e os muçulmanos?
Estão satisfeitos com a religião deles. Como
sabemos que a nossa é melhor?”
24

“Como podemos saber que Deus existe? Que


Jesus é o Seu Filho, ou que ele nasceu de uma
virgem? Por que Sua morte era diferente daquela de
qualquer homem bom? Como Seu sangue era mais
divino do que aquele de qualquer outro profeta?
Como podemos ter certeza de que Ele ressuscitou
dentre os mortos?
Não parece que a vida está sem propósito e que
acaba levando ao nada? Como podemos ter certeza
de que há alguma verdade na Bíblia?”

Devemos Fazer Perguntas?

Em seguida, naturalmente, para assegurar sua


anfitriã de que ela não era pagã, acrescentou: “Sabe,
tenho a minha religião. Acho importante as crianças
receberem sua Primeira Comunhão. Não somos
selvagens, afinal de contas! Mas quem pensa, ou lê,
ou tem inteligência normal, forçosamente tem suas
perguntas a fazer. Veja bem: Sou uma divorciada
com dois filhos para criar. Fico com dúvidas a
respeito deles, que têm de enfrentar sem pai um
futuro incerto. Por que não terminar com tudo isso
de uma só vez?”
25

“Mas se Deus existe, e se Ele é bom, por que Ele


permite tanta desgraça e enfermidade? Por que as
crianças inocentes nascem com defeitos, aleijadas,
etc.? Se Deus pode operar milagres, por que Ele não
cura todas as pessoas? Provavelmente existe um
diabo; esse fato explicaria muitas coisas... mas o
pecado original por Adão e Eva... não é esse o
problema das relações sexuais entre os homens e as
mulheres? A Bíblia fala de uma árvore cujo fruto era
proibido, e de como Adão e Eva deliberadamente
optaram por desobedecer a Deus comendo daquele
fruto proibido. Como consequência, o pecado, e o
mal e o sofrimento são os resultados. Suponho que
isto é lógico!
Mas, se eu simplesmente seguisse o seu
conselho e pedisse que Jesus entrasse no meu
coração e me orientasse e habitasse em mim dia
após dia, quais orações deveria recitar? De quais
pecados deveria abster-me? É somente vir a Jesus
assim como estou, e pedir-Lhe que venha habitar
em mim? É só isso? Parece tão fácil. Acho que é
necessário a pessoa se melhorar primeiro. Como
divorciada, estou automaticamente fora da igreja?
Posso ser ajudada?
Você está dizendo que eu, no meu predicamento,
posso orar e conhecer a Deus e conversar com Ele
como amigo? Como meu Pai? E que Ele me ajudará?
Você tem certeza disso? Porque ninguém me
contou isso antes? Há tantos anos que estou
confusa.
26

Toda vez que alguém me fala em religião, fico


com a impressão que está querendo me recrutar em
algum movimento, na sua igreja ou denominação.
Mas você – você falou comigo sem chavões e sem
preconceitos religiosos. Tenho a impressão de que
há esperança para mim, de que Jesus é o caminho,
de que o Evangelho é colocado na perspectiva certa,
e de que a totalidade da minha vida passa a ter
propósito”.
Ela partiu, levando consigo um novo estilo de
vida em Jesus Cristo, que acabara de descobrir. O
Novo Testamento passaria a ser a orientação dela. A
literatura que nossa tradutora lhe deu fortaleceu a
decisão que fizera no sentido de seguir a Jesus.
Ela descobrira o grande plano do amor de Deus.
27
28

“É POSSÍVEL achar o caminho


certo na vida?
Por que tanta religião com tão
pouca realidade?
O que causa a solidão, a
depressão e o suicídio?
A religião tornou Deus
misterioso demais?
O mundo dos negócios acredita
em solucionar problemas. Sou
sacrílego se quero solucionar os
meus problemas a respeito de
Deus?”
29

Capítulo 2

BOM, GRANDE, AMOROSO, PODEROSO

O MUNDO INTEIRO está procurando um


propósito no viver, a realidade de Deus, evidência
de que a Bíblia é verdadeira – e, se assim for, como
fazer aplicação de tudo isso à vida individual.
Por que a cruz de Cristo é tão importante, e o
que ela significa hoje? Por que há a culpa constante
do pecado e da prática do mal? Qual é a maneira de
realmente achar paz com Deus? É possível achar o
caminho certo na vida?
Se Deus é bom, e se foi Ele quem criou os seres
humanos, por que as mentes das pessoas estão tão
frequentemente confusas? Por que há tanto medo,
solidão e culpa?
Se Deus é criador, qual é a razão de tanta
pobreza e necessidade neste mundo? Por que tanta
oração sem resposta? Por que há tanta religião com
tão pouca realidade? Por que há tanto conhecimento
com tão poucas respostas?
O que causa a solidão, a depressão e o suicídio?
Por que há tanta guerra? Tantas divisões nas
famílias? Tantos divórcios? Tanta violência? Tanta
brutalidade?
30

Por que as pessoas não guardam os Dez


Mandamentos?
Aquilo que a Bíblia chama de salvação pode ser
uma experiência prática? A pessoa pode ser
transformada? Deus Se interessa pelos seres
humanos? Ele quer que tenhamos saúde, felicidade,
sucesso e prosperidade nesta vida?

Pobreza, Enfermidade e Problemas

A pessoa precisa viver na pobreza para ter


verdadeira humildade e ficar perto de Deus? A
enfermidade e a dor podem ser a vontade de nosso
Pai Celestial, considerando que os pais terrestres
nunca desejariam que seus filhos ficassem doentes?
A tradição religiosa programou a sociedade para
acreditar que Deus é complexo e misterioso? Um
conceito limitado de Deus impede as pessoas de
desfrutar da felicidade, da saúde e do sucesso que
ele planejou para elas?
O mundo dos negócios acredita em solucionar os
seus problemas. Se, porém, há problema em nosso
relacionamento com Deus, ou se são levantadas
perguntas lógicas, isso pode ser considerado
sacrilégio. A pessoa mediana usualmente
desconsidera as questões espirituais e continua em
direção a um futuro incerto, para confrontar-se com
um Deus desconhecido cujos conceitos contradizem
a lógica humana. A vida deve ser cegamente
entregue ao destino fatal?
31

Milhões de pessoas já abandonaram a idéia da fé


em Deus, e O relegaram, juntamente com a Bíblia, a
nada mais que ilusões medievais.
Escrevi este livro para ajudar você a perceber
que Deus é tão bom, grande, amoroso, poderoso
como a Bíblia diz que Ele é. O Senhor é bom, e ama a
bondade.1 Nele não há senão bondade.2 Nada é
maravilhoso demais para Ele.3

Referências Bíblicas – Capítulo 2


(1). Salmos 11:7 BV
(2). Salmos 92:15 – BV
(3). Jeremias 32:17
32

“RELACIONEMOS Deus com as


necessidades humanas e não O
limitemos aos santuários
eclesiásticos.
Já vimos provas abundantes de
que Deus é real, e de que Jesus
Cristo está vivo.
Descobrimos que Seus milagres
estão contidos nas sementes das
Suas promessas – e que podemos
plantá-las.”
33

Capítulo 3

QUEREMOS CONTAR A TODOS

DURANTE QUASE QUATRO décadas, minha


esposa Daisy e eu temos falado a respeito dos
milagres e do amor de Deus diante de multidões de
20.000, 50.000 ou 100.000 pessoas por vez.
Comprovamos, milhares de vezes, que Deus é o que
Ele declara ser; que Ele fará aquilo que Ele diz que
fará; que a Bíblia é real e que aquilo que ela diz é a
verdade.
A religião cristã está atolada nas complexidades
teológicas. A sociedade quase tem relegado Deus e
os milagres ao nível das lendas e da superstição.
Ao invés de relacionarem Deus e a fé com as
pessoas e suas respectivas necessidades, muitos O
relacionam apenas com os santuários eclesiásticos.
Já vimos provas abundantes de que Deus é real,
de que Jesus Cristo está vivo, e de que Seu poder de
operar milagres continua inalterado hoje. Sempre
onde Suas promessas podem ser plantadas em
corações e mentes receptivos, produzem maravilhas
nas vidas humanas.
34

Vemos Deus operando todas as vezes que vemos


os cânceres curados, os paralíticos andando, os
cegos e os mudos restaurados, todas as vezes que
vemos as vidas infelizes transformadas, ou famílias
derrotadas que vivem no nível da pobreza
descobrirem a vida abundante e a prosperidade.
Vemos o milagre das Suas sementes reproduzindo
segundo a sua espécie nas vidas daqueles que nEle
crêem.

Vamos Sentar-nos e Conversar

Quando Daisy e eu fomos para a Índia como


missionários, éramos muito jovens. Queríamos
compartilhar o grande plano do amor de Deus com
aqueles que ainda não tinham ouvido falar a
respeito dEle. Ainda não tínhamos aprendido os
segredos da fé simples em Deus, e, portanto, não
havia milagres para comprovarem aquilo que
ensinávamos.
Mas, como resultado dessa experiência, nossas
próprias vidas foram transformadas. O Senhor Jesus
Cristo apareceu a mim em nosso quarto. Aquela
experiência me fez saber que Ele é muito mais do
que uma religião, que Ele está vivo. A Bíblia se
tornou um livro vivo.
Descobrimos os princípios do plano do amor de
Deus e que todos os Seus milagres estão contidos
nas sementes das promessas que Ele nos deu para
plantar nas vidas humanas.
Temos revivido os Evangelhos de Cristo durante
a maior parte das nossas vidas.
35

Todos os dias, nossa correspondência recebida


contém testemunhos emocionantes dos milagres e
das vidas transformadas, que chegam até nós de
todas as partes do mundo. Assim, ficamos com
vontade de contar a todos a respeito do grande
plano do amor de Deus.
Amamos as pessoas. Vivemos para ajudar as
pessoas a descobrir seu valor-próprio e o valor sem
igual que têm para Deus.
Já vimos milagres tão maravilhosos do Seu
amor, que não podemos mesmo guardar silêncio.
Essa é a razão de ser deste livro.
As pessoas nos escrevem a respeito dos seus
problemas e das suas mágoas, das suas lutas e das
suas doenças, das suas necessidades, dificuldades e
problemas.
Queremos dizer a elas – e a você: Vamos sentar-
nos e conversar. Vamos compartilhar com você
alguns dos princípios de Deus. Vamos mostrar-lhe
como você poderá ficar sendo mais do que você já
sonhou, como você pode ser curado e abençoado,
como você pode ser bem-sucedido e prosperar e ter
Deus como seu sócio na vida.
Quando você escutar as promessas de Deus e
crer nelas, você estará plantando Suas sementes
milagrosas na sua vida. Produzirão aquilo que
declaram.
36

Você vai se ver bem no meio do grande plano do


amor de Deus para o viver abundante. Um dia
destes, você vai levantar os olhos e descobrir uma
colheita de coisas boas crescendo ao seu redor.
Fique na expectativa, pronto para experimentar um
novo estilo de vida, tendo Deus como seu
companheiro e amigo pessoal.
37
38

“ELE ODIAVA os cristãos


protestantes, fazia emboscadas
contra eles, roubava-os, e até
mesmo ajudou a matá-los.
Ele disse: “Sou eu quem eles
deveriam ter crucificado”.
Nenhum pecado pode ser
lançado em conta contra o crente
em Jesus Cristo. Nenhum
julgamento terá que ser
enfrentado.”
39

Capítulo 4

VOCÊ JÁ NÃO É CULPADO

UM HOMEM PREOCUPADO estava presente


numa das nossas cruzadas na América Latina. Desde
a sua juventude, odiava os cristãos protestantes. Seu
prazer era furtar deles, destruindo seus plantios,
negócios, ou bens. Ele, com seus amigos, fazia
emboscadas contra eles no interior, para roubá-los
e, frequentemente, para espancá-los. Deleitava-se
em persegui-los, e até mesmo ajudou a matar alguns
deles.
Jesus Cristo Se tornara real à esposa desse
homem pouco depois do casamento.
Frequentemente seus relacionamentos conjugais
tinham ficado tensos por causa de conflitos no
tocante à religião. Durante dezenove anos, ela orara
para que o marido tivesse um encontro pessoal com
o Senhor.
O homem estava presente em nossa cruzada na
noite em que preguei sobre os sofrimentos de Cristo
na Cruz, descrevendo como Ele foi crucificado para
pagar a penalidade dos NOSSOS pecados.
40

Pela primeira vez na sua vida, aquele homem se


deu conta de que Deus criou o homem e a mulher
para andar e falar com Ele no jardim da Sua
presença; que o homem é criado à imagem do
próprio Deus e, posto que Deus é amor, o plano de
Deus é que compartilhemos aquele amor, que o ódio
e o mal e o assassínio provém de Satanás, que já no
princípio levou o homem a pecar contra Deus.
Ele não tivera consciência de que o pecado era a
barreira entre o homem e Deus, e que Deus ansiava
tanto pelo convívio com o homem que Ele sacrificou
Seu único Filho para nos resgatar dos nossos
pecados, para nos restaurar à comunhão com Ele.
De repente, a morte de Cristo se tornou uma
realidade para aquele homem.

Você Já Está Perdoado

Ele nos disse: “Quando comecei a pensar a


respeito do meu ódio e dos meus atos pecaminosos
contra pessoas inocentes, reconheci que todo ato
pecaminoso que eu já cometera ajudou a pregar
Jesus naquela Cruz. Visualizava o quadro dEle
pendurado ali entre dois ladrões, suportando o
castigo dos meus pecados, para eu não ser
considerado culpado diante de Deus.
À medida que você pregava, você me tornou
consciente de que sou eu quem deveria te sido
crucificado, porque fui eu quem cometi tais atos
iníquos. Jesus era inocente. Ele era perfeito.
41

Percebi que eu estava chorando. Queria


exclamar: ‘Por que Tu, Senhor? Por que és Tu quem
está sendo crucificado? Quem mal já fizeste? Sou eu
quem eles deveriam ter crucificado! Sou eu o
culpado!
Aquele caro homem veio correndo para a frente
da grande arena tão logo convidei as pessoas a
aceitarem a Cristo. Sua esposa dedicada ficou em pé
ao lado dele enquanto esse perseguidor dos cristãos
caiu aos pés de Jesus e recebeu o perdão de todos os
seus pecados.
Tinha sentido profunda culpa e remorso. Agora,
tudo isso se fora, e ele reconheceu que Deus não
levava em conta contra ele nenhum dos seus
pecados.

Sua Dívida Já Foi Liquidada

A palavra “perdoar” significa “conceder isenção


do pagamento de uma dívida ou obrigação”. Jesus
Cristo pagou nossa dívida em nosso lugar. A
penalidade dos nossos pecados foi plenamente
perdoada, como uma dívida que foi paga.
Jesus tomou sobre Si a nossa culpa, e sofreu a
plena penalidade dos nossos pecados, em nosso
nome, em nosso lugar.
42

A totalidade da dívida contra aquele que crê em


Cristo é apagada. Não há absolutamente nada que
Deus lança em conta contra o crente em Jesus Cristo.
Tal pessoa nunca terá que enfrentar o julgamento
devido pelo pecado. Cristo já o fez, em nosso nome,
quando Ele sofreu o julgamento dos nossos pecados
na Sua morte por nós na cruz.
Jesus disse: Eu digo solenemente que todo aquele
que ouve a minha mensagem e crê em Deus, que me
enviou, tem a vida eterna, e jamais será condenado
pelos seus pecados, mas já passou da morte para a
vida.1
Agora, pois, já nenhuma condenação há para os
que estão em Cristo Jesus,2 pois quem se atreve a nos
acusar, a nós que Deus escolheu para sermos dEle?
Foi Ele quem nos perdoou. Quem nos condenará,
então?... Foi Jesus Cristo quem morreu por nós...
Quem, então, pode jamais separar-nos do amor de
Cristo?3
Quanto dista o Oriente do Ocidente, assim Deus
afasta de nós as nossas transgressões.4
O grande plano do amor de Deus fornece o meio
para sermos restaurados a Deus como se nenhum
pecado tivesse sido cometido.

Referências Bíblicas – Capítulo 4


(1). João 5:24 – BV
(2). Romanos 8:1
(3). Romanos 8:33-35 – BV
(4). Salmos 103:12
43
44

“ELE TINHA tido relações


sexuais íntimas com as garotas da
sua vizinhança.
Seus problemas estavam
destruindo-o.
A descoberta das boas novas
mudou tudo, incluindo artrites,
câncer e a situação de uma
criança nascida paralítica.
O preço da depressão é bastante
alto. O poder do grande plano do
amor funcionou.”
45

Capítulo 5

ELE COMPROVOU O PLANO DO AMOR


DE DEUS

CERTO HOMEM QUE FREQUENTOU uma das


nossas campanhas ilustra tão bem como qualquer
pessoa a respeito de quem já fiquei sabendo, o
grande plano do amor de Deus.
Nascera num lar muito pobre e não recebera
uma educação.
À medida que lutava pela sobrevivência,
começava, ainda jovem, a furtar. Então, começou a
ter relações sexuais íntimas com as moças da
vizinhança. Ele as usava, e se lhe resistiam, abusava
delas. Depois, a vergonha e a culpa começaram a
anuviar a sua vida.
Finalmente, casou-se com uma das moças. Mas
não ficou satisfeito. Continuou seu estilo promíscuo
de vida, e não demorou muito para ficar com uma
doença venérea. Nasceu uma criancinha no seu
casamento, mas as pernas dela não eram normais.
Nunca faziam movimentos, nem se desenvolveram.
A culpa o deprimia. Sabia que ele era o culpado
por ter transmitido a doença à sua esposa, e que
agora a criança estava com os efeitos.
46

Á medida que procurava esquecer-se da sua


culpa na embriaguez, passou a ter úlceras, e, em
seguida, cirrose do fígado, e não demorou muito
para ele ficar canceroso.

O Preço da Depressão

Havia pouca comida na mesa. As tensões se


acirravam. Os nervos ficavam tensos. Então, as
juntas do homem começaram a ficar endurecidas à
medida que se intensificavam as pressões da vida.
Não demorou muito para ele já não conseguir
levantar os braços. As pernas lhe doíam quando
procurava andar. Passou, então, a ser obrigado a
usar muletas.
Desempregado, medroso, ressentido, ferido pela
culpa e irado, odiava a si mesmo – odiava a Deus.
Naquele estado de depressão, ouviu falar da
cruzada onde ensinávamos o Evangelho. De início,
pressupunha que éramos adivinhos ou charlatões
estrangeiros, logrando o povo.
Mas então, perguntou a si mesmo: “O que perco
com isso?”
Foi, portanto, manquejando de muletas para
nossa campanha.
A esposa foi junto, carregando nos braços o
menininho aleijado.
Ali, escutavam enquanto ensinávamos a respeito
do grande plano do amor de Deus, o Evangelho, às
pessoas que enchiam o campo.
47

Nada sabíamos a respeito do caso específico


dele. Mas o plano do amor de Deus tinha a resposta
que aquele pai, com sua família, necessitava.
No meu ensino, expliquei que Deus criou Adão e
Eva sentindo-se bem e felizes, com saúde e
tranquilidade, amor e paz, abundância e propósito.
Enquanto aquele homem ficava ali, apoiado nas
suas muletas, olhando para seu filhinho que não
podia andar, pensou: “Minha esposa e eu não temos
nada disso. Brigamos e nos odiamos. Estamos
doentes. Temos pouca comida. Estamos pobres.
Estamos com medo. Estamos solitários. Estamos
zangados”.

O Começo dos Problemas

Passei a explicar, então, que Satanás apareceu e


levou Adão e Eva a duvidarem da palavra de Deus e,
como resultado, perderam seu direito às bênçãos de
Deus e foram separados dEle.
Expliquei que, daquele momento em diante,
Adão e Eva se tornaram solitários e infelizes, ao
tentarem viver sem Deus em suas vidas. O ódio, a
cobiça e a inveja enchiam suas vidas. Os problemas
se envolviam. Aumentaram as tensões nervosas.
Desenvolveram-se enfermidades nos seus corpos.
Finalmente, tinham que enfrentar a morte, sem
Deus.
48

Esse homem pensou: “É por isso que estamos


solitários. É por isso que estou em dificuldades. É
por isso que meu menininho não consegue andar. É
por isso que estou para morrer de câncer. É por isso
que meu corpo está cheio de dores. É por isso que
estou dominado pelo remorso. É por isso que
minha esposa e eu estamos nervosos. Estamos fora
do contato com Deus. Nossos pecados nos
separaram dEle.

O Amor Nunca Desiste

Passei, então, a explicar a respeito do grande


plano do amor de Deus. Citei o versículo bíblico que
Deus: Deus é amor.1 Expliquei que o amor de Deus
nunca desiste de nós.
Citei as Escrituras, que dizem: Deus não quer que
nenhum pereça, senão que todos cheguem ao
arrependimento,2 e: Deus amou ao mundo de tal
maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo
o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.3
Enfatizei o versículo em Romanos 1:16 que diz:
O Evangelho (as boas novas) é o poder de Deus para
a salvação.4
O que é o Evangelho?
É boas novas.
49

Quais boas novas?


Naquela noite, contei à multidão quais são as
boas novas. Aquele homem e sua esposa escutaram.
São as boas novas daquilo que Jesus Cristo fez
em favor de cada um de nós quando Ele morreu,
como nosso substituto, em nosso nome, na cruz.

Boas Novas para Quem?

Expliquei para quem são as boas novas.


São boas novas para todo aquele que pecou.
Jesus carregou os nossos pecados a fim de nós não
precisarmos carregá-los, mas sermos perdoados e
recebermos a Sua paz.
Boas novas para todo aquele que está
enfermo. Jesus suportou as nossas enfermidades a
fim de nós não precisarmos suportar doenças e
enfermidades, mas sermos curados e recebermos a
Sua saúde.
Boas novas para todo aquele que convive com
a culpa. Ele suportou a nossa culpa a fim de que nós
possamos receber o Seu perdão e salvação e ser tão
inocentes e inculpáveis como se nunca tivéssemos
pecado.
Boas novas para todo aquele que está
condenado pela penalidade do pecado. Jesus
suportou a nossa condenação e oferece o Seu
perdão e livramento da condenação, eternamente.
50

Boas novas para todo aquele que é pobre.


Jesus suportou a nossa pobreza a fim de
compartilhar conosco as Suas riquezas.
Boas novas para todo aquele que fracassou.
Esse homem, pois, era um fracasso. Eu nada
sabia das circunstâncias dele, nem da sua presença
ali, assim como nada sei a respeito de você, mas
Deus sabia. E fui explicando: Jesus suportou os
nossos fracassos a fim de viver em nós e de
compartilhar conosco o Seu sucesso.
Boas novas para todo aquele que está
acometido de uma enfermidade incurável. Jesus
suportou as nossas enfermidades e sofreu a nossa
morte, a fim de poder nos dar Sua vida.
Aquele homem cutucou a esposa e disse: “É essa
a resposta. Está aí a explicação da morte de Cristo. É
o Evangelho a respeito do qual eu nada soubera.
Não se trata de apenas uma religião. Afeta a nós e
aos nossos problemas”.
Depois, pensou consigo: “Isso decerto é bom
demais para mim. Já fui longe demais. Meu coração
é demasiadamente pecaminoso. Estou
demasiadamente enfermo. Meu filhinho nasceu
assim. Nada nos poderá ajudar. Estamos sem
esperança”.
51

Mas continuei ensinando. Expliquei que o


Evangelho é o poder de Deus para a salvação de todo
aquele que crê.4
Crê em quê? Crê que aquilo que Jesus fez na
cruz, nós não precisamos fazer.
Lembrei à multidão que Jesus disse: Se podes
crer, TODAS as coisas são possíveis.5

Perguntas Difíceis para uma Decisão Difícil

Lá fora no campo, aquele homem indagou a si


mesmo: “Posso crer nesse plano do amor? É bom
demais para ser a verdade em meu caso? Jesus
realmente tomou o meu lugar?”
“Jesus foi um homem bom. Eu tenho sido uma
pessoa terrível. Injusticei tantas pessoas. Minha vida
tem sido tão destrutiva. Será que Jesus Cristo tomou
o meu lugar? Ele sofreu pelos meus pecados? Ele
tomou as minhas enfermidades, até mesmo esse
câncer, essa artrite?”
Foi lutando com sua própria lógica.
Arrazoava dentro de si mesmo:
“Sei o que provocou esse câncer. Foi meu estilo
de vida, minha rebeldia. Jesus sofreu tudo aquilo em
meu favor? Jesus era bom demais para fazer assim”.
Continuei enfatizando: “O Evangelho é o poder
que traz a salvação a todo aquele que crê”. Eu dizia:
Creia somente. ‘Todas as coisas são possíveis se
você somente puder crer”.
52

Expliquei, em seguida: É necessário dar-se conta


de que o grande plano do amor de Deus inclui a
cura, o perdão, a bênção e a abundância – tudo
quanto Jesus morreu para fornecer – tudo quanto
você puder vir a necessitar ou desejar da parte de
Deus.
E enquanto eu continuava a ensinar, aquele
homem resolveu: “Vou crer naquilo que o Sr. Osborn
está dizendo. Creio mesmo”. Depois de acabar a
minha aula, ajudei todos aqueles que queriam orar a
Deus, por meio de dirigi-las numa oração.
Ele repetiu a oração e, ao fazê-lo, não podia
refrear as lágrimas. Confessou a Deus todas as suas
iniquidades. A realidade do Seu amor o engolfou. A
paz e a alegria entraram na sua vida.
Ele e a esposa, ao darem conta de si, estavam
abraçados, chorando juntos.

O Poder Terapêutico do Amor

Estavam abraçados assim quando, de repente,


ele pensou no filhinho. Disse à esposa: “Ponha-o no
chão, querida. Creio que suas pernas ficaram
diferentes. Solte-o no chão”.
O menininho estava perfeitamente curado. Suas
perninhas funcionavam, e ficaram fortes pela
primeira vez na sua vida. Pelo milagre do amor de
Deus tornaram-se instantaneamente normais.
53

O pai notou, então, que não tinha dores nos


ombros. As muletas não lhe doíam. Não havia dores
nos joelhos.
Deixou cair de lado as muletas, e descobriu que,
enquanto recebia paz e alegria no seu espírito, o
Senhor tinha curado sua artrite.
Ele e a esposa levaram o filhinho para a
plataforma. O menino estava com saúde perfeita.
Não havia o mínimo sinal da paralisia. Ficaram fora
de si com tanta alegria e gratidão a Deus por tão
grandioso plano de amor.
A família foi andando junta para casa. A casa
deles passara a ser um lar novo, onde a paz entrara
para reinar.
A mãe, toda feliz, preparou uma refeição. O pai
achou gostoso o cheiro. Foi então que se deu conta
de que não havia dor no seu estômago. Já não havia
o sofrimento que as úlceras tinham causado no
estômago. E seu lado também se sentia bem. Não
havia mais inchaço no fígado.
Comeu. Não havia dor. Batia forte no seu lado. O
fígado não lhe provocava mais dores. O câncer
obviamente se fora. As úlceras foram curadas. Era
um novo homem, física, mental e espiritualmente.
54

Os Frutos da Amizade

Começou a contar às pessoas a respeito do amor


de Deus por ele.
Sua personalidade se tornou agradável e
amistosa.
A Bíblia diz: Se alguém está em Cristo, é nova
criatura: as coisas antigas já passaram; eis que se
fizeram novas.6
Começou a expressar às pessoas a sua amizade.
Já não as acusava nem xingava. Já não era cínico
nem irônico. Sabia cumprimentar as pessoas com
um sorriso.
Certo negociante o observava, e lhe ofereceu um
emprego. Trabalhou bem no seu novo emprego, e
foi um sucesso. Foi promovido dentro da
companhia. Havia aumentos periódicos do seu
salário. Agora, é presidente da companhia.
É um cristão fiel. É um produto do grande plano
do amor de Deus.

Referências Bíblicas – Capítulo 5


(1). 1 João 4:8
(2). 2 Pedro 3:9
(3). João 3:16
(4). Romanos 1:16
(5). Marcos 9:23 – ARC
(6). 2 Coríntios 5:17
55
56

“DEUS COMPROVOU o quanto


Ele estima você pelo preço que ele
pagou por você.
Você pode ligar-se a Deus num
encontro pessoal que marcará a
totalidade da sua vida.
Cinco fatos abrem o caminho
para o estilo de vida de Deus, feliz,
saudável, e bem-sucedido.”
57

Capítulo 6

O BELO SONHO DE DEUS

A COISA MAIS MARAVILHOSA que pode lhe


acontecer é descobrir seu valor para Deus e para
Seu grande plano do amor.
O próprio Deus comprovou quanto Ele estima
você pelo preço que Ele pagou por você – o preço da
vida do Seu Filho. Essa Sua demonstração de amor
termina qualquer debate quanto ao seu valor.
Uma vez que você descobre o valor que Deus
atribui a você, então está pronto para a experiência
mais poderosa e dinâmica que um ser humano pode
ter.
Você está pronto para identificar-se com Deus
num encontro pessoal que destacará você dentro do
Seu grande plano do amor enquanto você viver.
Este será o fato mais poderoso que eu posso
compartilhar com você, porque é ele que abre as
portas às riquezas, saúde, sucesso e abundância. O
grande plano do amor de Deus inclui tudo quanto
você puder chegar a necessitar ou desejar na vida.
Seguem-se cinco fatos que abrem o caminho a
Deus e ao Seu estilo de vida feliz e bem-sucedido.
58

Compreenda:
1) Quem é Jesus Cristo; 2) Por que Ele veio; 3)
Por que Ele foi morto; 4) Por que Ele voltou dentre
os mortos e 5) Como Ele vive hoje.
Depois, relacione-se com Ele de modo pessoal,
porque Ele é a porta aberta para você entrar no Seu
plano do amor.

O Plano e a Condição

Para compreender por que Jesus Cristo veio,


você precisa compreender o problema que criou a
barreira entre Deus e as pessoas.
O sonho de Deus para a humanidade está
registrado no Livro de Gênesis. Seu plano era
reproduzir a Sua Pessoa num homem e numa
mulher.
Adão e Eva, criados por Deus à Sua própria
imagem e semelhança, não foram obrigados ou
forçados a respeitar a Deus mais do que você está
sendo agora.
Foram colocados no Jardim do Éden e lhes foi
dada toda sorte de árvores agradáveis à vista e boas
para alimento; e também a árvore da vida no meio do
jardim.1
Deus fez uma única restrição, para medir a fé e a
confiança deles no Seu sonho por eles. Disse: De
toda árvore do jardim comerás livremente, mas da
árvore do bem e do mal não comerás; porque no dia
em que dela comeres, certamente morrerás.2
59

A Maneira de Viver e de Prosperar

Deus contava com eles para terem confiança


naquilo que Ele dissera, e é só isso que Ele espera de
você e de mim.
Se Adão e Eva confiassem na integridade de
Deus, habitariam e prosperariam com Ele para
sempre. Se abusassem da Sua confiança e deixassem
de crer na Sua palavra, o processo da deterioração
começaria, e morreriam.
Essa sua falta de confiança na integridade
daquilo que Deus dissera foi posteriormente
chamado “pecado”.
A regra singela que Deus estabeleceu foi: a
pessoa que pecar, essa morrerá.3
Posteriormente, foi repetida em outras palavras:
O salário do pecado é a morte.4

Referências Bíblicas – Capítulo 6


(1). Gênesis 2:9
(2). Gênesis 2:16,17
(3). Ezequiel 18:4,20
(4). Romanos 6:23
60

“OS SERES HUMANOS não são


robôs.
A amizade com Deus depende
de uma comunicação bidirecional.
Confie na integridade do plano
de Deus e descubra o melhor que
há na vida.
Sem mútua confiança entre
Deus e as pessoas, acaba-se a vida
abundante. Apaga-se a luz.
Quando temos fé em Deus,
podemos valorizar as pessoas e
ajudá-las a tornar-se tudo aquilo
que Deus criou-as para ser.”
61

Capítulo 7

A RAÍZ DO PROBLEMA

DEUS QUERIA que os seres humanos, criados


por Ele, tivessem felicidade total, propósito divino e
o viver abundante.
Essa amizade, no entanto, tinha que ser
bidirecional. Deus precisava ter certeza de que Adão
e Eva valorizavam o convívio com Ele, assim como
Ele estimava esse convívio. Um relacionamento
unilateral não poderia constituir-se em amizade ou
companheirismo.
A Bíblia dá a entender que Deus entrava no
jardim do Éden para visitá-los. Podia comunicar-Se
com eles porque Ele os criara semelhantes a Si
mesmo.
Não eram robôs. Receberam a total liberdade da
sua vontade. Podiam ser amigos de Deus, ou podiam
questionar e até mesmo rejeitar Seus ideais.
Deus criou Adão e Eva para a felicidade, a saúde
e a abundância, mas Seu plano dependia
logicamente da confiança e integridade mútuas.
Criados à imagem do próprio Deus, Adão e Eva
teriam mútua confiança em Deus que seria a base
para os relacionamentos entre eles. Podiam contar
com a integridade de tudo quanto Deus dizia. Ele
esperava poder contar com a boa-vontade e a
palavra deles. Seu mútuo relacionamento seria
baseado na mútua confiança e fidedignidade.
62

Deus disse, essencialmente: Confiem na


integridade do Meu plano, e vocês terão o melhor
que há na vida. Mas se vocês resolverem não crer
naquilo que Eu disse, perderão o direito a tudo
quanto planejei para vocês, e o processo da
deterioração e da morte os destruirá.

O Que Aconteceu à Vida Abundante

Satanás, o inimigo de Deus, ficou sabendo do


sonho de Deus e elaborou um plano para induzir
Adão e Eva a traírem a confiança que Deus
depositara neles, e assim, destruiria o alicerce do
Seu plano de amor.
Satanás entrou no jardim e falou com Eva,
instando com ela para ela comer da árvore proibida.
Deliberadamente desmentiu a Deus, e asseverou sua
própria autoridade, dizendo:
Se comerem daquela árvore, não morrerão.1 A
mulher se deixou convencer. Tomou do fruto e
comeu, e deu também ao marido, e ele comeu.2 Tanto
Adão como Eva participaram da mesma violação da
confiança mútua entre eles e Deus.
63

O resultado:
Deus entrou no jardim e, depois de fazer
perguntas a Adão e Eva, declarou com pormenores
quais seriam as consequências para eles:
Não haveria mais base para um relacionamento
com Deus. Adão e Eva tinham exercido seu livre-
arbítrio, e, pela sua ação, tinham desconsiderado
com descrença, aquilo que Deus dissera. Perderam o
direito ao relacionamento íntimo no qual Deus
baseara Seu grande plano do amor.
Sem fé e fidedignidade mútuas, foi terminado o
relacionamento entre Deus e eles. Acabou-se a vida
abundante.
A descrença em Deus é o veneno mais destrutivo
que pode infeccionar o ser humano. Ao
desmentirmos a integridade de Deus, renunciamos a
nossa própria dignidade e amor. Um senso de
indignidade pessoal passa, então, a refletir-se
externamente diante dos outros, mediante a crítica,
a acusação, a condenação, o julgamento e os
relacionamentos destrutivos e abusivos. Essas
atitudes se tornaram a norma da vida; e tudo quanto
Deus planejara para tornar a vida bela, feliz,
saudável e próspera – foi destruído.
Quando temos fé em Deus, podemos valorizar as
pessoas e ajudá-las a tornar-se tudo aquilo que Deus
as criou para ser, porque você compreende o
potencial delas como pessoas de Deus.
64

A falta de fé em Deus invariavelmente resulta na


falta de auto-estima, que então se reflete
externamente numa falta de apreciação do valor e
do potencial do próximo.
Embora Deus valorizasse o companheirismo de
Adão e Eva, Sua própria integridade exigia que a
plena medida da Sua lei fosse aplicada à violação
por eles da Sua confiança. De outra forma, Sua
palavra nunca seria fidedigna.
Já não tinham as qualificações para habitarem
no jardim com Deus. Separados da Sua abundância,
e fora da Sua proteção, agora passariam a sujeitar-
se ao seu novo senhor, Satanás.

Quando a Luz Se Apaga

Foi aquele o início do sofrimento, da doença, da


dor, do ódio, da cobiça, da inveja, do assassínio, dos
ciúmes, da solidão, da culpa, da pobreza, da fome, da
destruição e da morte.
O pecado penetrara na raça humana. Passaria a
ser herdada geneticamente por todas as gerações
futuras.
Portanto, assim como por um só homem entrou o
pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim
também a morte passou a todos os homens, porque
todos pecaram.3
65

O pecado fundamental que obstruiu o


companheirismo entre Deus e a humanidade não
era o assassínio, adultério, mentira, furto, ódio ou
injúria.
Era a pressuposição ou filosofia ou atitude de
que Deus não levava a sério aquilo que ele dizia.
O resultado devastador da falta de fé em Deus é
que quando você não confia nEle, não confia em
você mesmo, nem em qualquer outra pessoa.
Quando você fica com a idéia de que Deus não
tem integridade, você abandona sua própria
integridade. Sua consciência fica calejada. Sua
dignidade é desconsagrada. A pessoa humana
deteriora-se e morre. A luz se apaga.
Poderia ser este o problema da sociedade hoje
em dia?
Sem confiança na integridade de Deus, os seres
humanos afundam-se na desgraça, no desespero, na
doença, na desconsagração, na destruição e na
desolação.

Referências Bíblicas – Capítulo 7


(1). Gênesis 3:4
(2). Gênesis 3:6
(3). Romanos 5:12
66

“QUANDO A FÉ em Deus é
repudiada, as pessoas perdem a fé
em seus amigos, vizinhos e
consequentemente, em si
mesmas.
Quem precisa de Deus em nosso
industrializado mundo da
ciência?
Podem os males da sociedade
serem curados através do
‘milagre’ da psicanálise?
Podem as doenças mentais
serem passadas para os corpos
físicos e para os assuntos
comerciais?”
67

Capítulo 8

TRANSFORME A SI MESMO E
TRANSFORME O SEU MUNDO

DAISY E EU tivemos o privilégio de ensinar o


grande plano do amor de Deus a literalmente
milhões de pessoas, face a face. Dezenas de milhares
de vidas têm sido enriquecidas pela renovada fé em
Deus, e nós as temos visto experimentar
transformações milagrosas em setenta nações
diferentes do mundo.
A ciência, a indústria ou a filosofia nunca
poderão satisfazer o clamor que sobe dos corações
das pessoas.
Quando a fé em Deus é repudiada, as pessoas
perdem a confiança no seu próximo e,
consequentemente, em si mesmas. Ficam
espiritualmente apáticas e vivem a vida sem
orientação nem propósito.
Se acontecer de as pessoas ficarem descontentes
ou zangadas consigo mesmas, poderão voltar-se à
iniquidade, à destruição, ao assassínio ou ao
suicídio.
A ortodoxia eclesiástica camuflou a simplicidade
de Deus e do Seu plano para a vida, com uma cortina
de fumaça pavorosa de liturgias complicadas, rituais
piegas, e entoações que parecem arcaicas e vazias às
pessoas que precisam da ajuda de Deus.
68

Um jovem universitário em Paris perguntou:


“Quem precisa de um Deus no nosso mundo
industrializado da ciência?” Mesmo assim, nossos
problemas mais rudimentares permanecem sem
solução.
Um jovem negociante em Londres gracejou: “Por
que as pessoas se apegam à religião e crêem nas
fábulas chamadas milagres? Quem precisa delas, já
que temos o gênio moderno da ciência médica?”
Mesmo assim, muitas doenças corriqueiras, tais
como o resfriado comum, ainda não podem ser
curadas.
Uma jovem pós-graduada em filosofia, em
Bruxelas, ridicularizou a fé em Deus ao arrazoar:
“Desfrutamos das maiores descobertas psicológicas
que a humanidade já conheceu. Estamos penetrando
as complexidades da mente humana de tal maneira
que todos os males da sociedade poderão ser
curados através dos milagres da psicanálise”.
Mesmo assim, há uma porcentagem maior de
suicidas entre a população do que em qualquer
tempo anterior da História Universal.

Paz para a Guerra Lá Dentro

As pessoas estão em pé de guerra contra si


mesmas. Os distúrbios emocionais e psicológicos
destroem uma porcentagem maior da sociedade do
que em qualquer período anterior.
69

Um psiquiatra no mundialmente famoso


Hospital John Hopkins relatou que sessenta por
cento dos pacientes ali precisam de tratamento
mental e espiritual, e não físico.
As estimativas dizem que entre 50% e 85% de
todas as pessoas estão transmitindo suas
enfermidades mentais e espirituais aos seus corpos.
Nada é mais venenoso para a química do corpo
humano do que uma atitude mental ou espiritual
negativa, cínica, desmoralizante.
Um profissional de administração industrial que
aceita a direção de empresas que estão ameaçadas
de falência, e as recoloca em bom funcionamento,
estima em 95% a porcentagem dos problemas que
não são propriamente das empresas, mas nas
pessoas que as dirigem.
As pessoas ficam em apuros na sua vida, e
passam, então, a transmitir sua própria confusão
interior às suas circunstâncias empresariais. Estão
desorientadas dentro de si, e não demora muito
para suas empresas refletirem seus próprios males
internos. É só endireitar as pessoas, e seus dilemas
profissionais logo se resolverão.
Os problemas nos casamentos, nas famílias,
entre os vizinhos e nos relacionamentos na
comunidade são reflexos da atitudes e dos padrões
de pensamento acalentados e fumegando dentro
dos indivíduos.
70

É um fato psicológico que as pessoas são rápidas


para criticarem nos outros aquilo que
inconscientemente não gostam em si mesmas.
Você só tem inveja daquilo que você mesmo
deseja ser.
Você ressente da parte dos outros apenas aquilo
que você mesmo tende a impor nos outros.
O problema principal no seu lar, na sua família,
no seu emprego ou na sua vizinhança existe na
pessoa que você vê no espelho. Endireite aquela
pessoa, e você descobrirá quem tem o poder de
transformar seu mundo e torná-lo belo.
Quando você tem sua própria vida em ordem,
seu cônjuge, família e vizinhos serão transformados
como por milagre.
71
72

“ELE ERA um solteirão que


odiava os trapaceiros piegas.
100.000 pessoas lhe
despertaram a curiosidade, e ele
escutou o grande plano do amor.
O preço já foi pago para todos
receberem o estilo de vida rico e
feliz que Deus planejou para eles.
Quando Jesus apareceu a um
incrédulo, um sorriso foi o sinal.”
73

Capítulo 9

ELE DESCOBRIU NOVO AMOR

O DONO de um grande hotel foi para nossa


Cruzada da Holanda, em Haia. Mas de 100.000
pessoas se reuniam todas as noites no enorme
campo aberto chamado o Malieveld. Esse homem
ficara curioso para saber o que atraía tanta gente.
Ele era um solteirão que odiava o conceito da
existência de Deus. Levava consigo um profundo
ressentimento para com os clérigos, considerados
por ele como trapaceiros piegas. Desprezava a
religião e se esquivava de qualquer contato com os
cristãos ou as igrejas.
Durante a guerra, tinha feito serviço militar
como oficial da marinha holandesa. Nas batalhas
marítimas, tinha visto os corpos dos marinheiros
precipitados pelos ares como resultado das
explosões de bombas. Disse que tinha feito gesto de
desafio contra o céu em muitas ocasiões,
amaldiçoando o conceito de Deus, provocando-O a
matá-lo de um só golpe, se Ele existisse.
Tinha sido um orgulho para ele nunca ter feito
uma oração em toda a sua vida.
Então surgiu a cruzada, e ele resolveu estar
presente.
74

Naquela noite, preguei a respeito da


simplicidade da oração e de invocar o Nome do
Senhor a fim de receber uma vida nova e nascer de
novo, conforme garante o Seu grande plano do
amor.
Ele escutava com muita atenção enquanto eu
ressaltava o preço tremendo que Jesus Cristo pagara
na Cruz para nos restaurar a Deus como se nunca
tivéssemos pecado. Expliquei que Cristo dera a Sua
vida como resgate pelos nossos pecados, a fim de
podermos receber bênçãos além de toda a medida.
Se Cristo não tivesse morrido, nossos pecados
ainda nos separariam de Deus. Mas Ele nos amou
tanto, e queria tanto compartilhar conosco a Sua
vida, que Ele foi para a Cruz e suportou toda a
penalidade das nossas transgressões, e removeu os
nossos pecados como uma dívida integralmente
paga, que não mais poderia ser cobrada de nós, no
tempo e na eternidade.

O Milagre da Oração

Aquele homem nunca considerara esse plano do


amor de Deus, o Evangelho. O privilégio de
aproximar-se de Deus em oração tinha sido
desprezado por ele como um ritual cerimonial dos
hipócritas teológicos a fim de prenderem as pessoas
nas suas teias da religião. Agora, começou a
reconhecer quão terrível fora o preço pago a fim de
podermos vir a Deus e receber o estilo de vida rico e
feliz que Ele originalmente planejara para nós.
75

Encerrando a minha mensagem, enfatizei: 1)


Todo aquele que invocar o nome do Senhor, será
salvo;1 2) Jesus está em pé diante da porta de cada
coração, batendo e querendo entrar e compartilhar
a Sua vida com cada um de nós; 3) o maior milagre
da oração é quando Jesus atende e vem transmitir
Sua vida milagrosa a alguém; e 4) aquela pessoa é
literalmente nascida de novo com uma nova vida
divina quando aceita o Senhor Jesus pela fé no seu
coração.
Passei, então, a instruir a multidão sobre como
ter fé em Deus enquanto se preparava para orar.
O homem nos contou posteriormente: “Olhando
ao meu redor, e vendo todos curvando a cabeça e se
preparando para orar, perguntei a mim mesmo: ‘É
possível que 100.000 holandeses nesta multidão
estejam loucos? Estão todos errados? Não pode ser
assim!’ Pensei que talvez houvesse algo de real
nesse Deus, afinal de contas”.
Continuou, então: “Eu disse a mim mesmo: ‘Se é
que eu espero fazer uma oração na minha vida, esta
deve ser a melhor oportunidade que chegarei a ter.
Estou cercado por 100.000 pessoas neste campo
que crêem em Deus e na oração. Vou fazer aquilo
que esse homem manda. Se Deus existe, Ele
certamente me responderá aqui, onde tantas
pessoas crêem nEle!”
76

Quando Jesus Apareceu ao Homem

Colocou as mãos no peito e fechou os olhos para


orar, e, no mesmo momento em que fez assim,
apoderou-se dele, conforme ele disse, uma
consciência esmagadora da presença de Deus.
Quando essa sensação de reverente temor veio
sobre ele, disse: “Eu só queria levantar meus olhos
aos céus para orar, e no momento em que ergui
meus olhos, lá estava Jesus Cristo em pé diante de
mim. Fiquei com tanto medo que meu instinto me
impulsionava a correr e me esconder. Mas Seus
olhos estavam fixados ali. Não conseguia fazer o
mínimo movimento.
Os olhos dEle eram como fogo, e parecia que
penetravam no íntimo do meu ser, vendo todo
pecado que eu já cometera e toda blasfêmia que já
pronunciara. Dentro de poucos segundos, parecia
que a totalidade da minha vida passara diante dEle.
Tamanho medo e temor reverente tomaram posse
de mim que sentia que não ousaria piscar um olho.
77

Senti a mais horrível vergonha e remorso


crescer dentro de mim por causa da terrível vida de
blasfêmia que vivera, e por causa de como eu
blasfemara esse homem Jesus. Por que eu O odiara
tanto? O que mesmo me fizera duvidar da Sua
existência? Enquanto eu olhava, sentia que meus
olhos estourariam por causa da fonte de lágrimas
que se derramava de dentro de mim. Se apenas Ele
cessasse de olhar para dentro de mim!
Depois daquilo que parecia ser um exame
interminável da minha própria alma, enquanto
meus olhos estavam fixados nos dEle, de modo
lento, porém seguro, um sorriso suave e compassivo
passou pelo rosto do Salvador. Com aquele sorriso
de terno amor, eu sabia que tinha sido perdoado. Ele
não levava em conta contra mim a minha vida de
lascívia e cinismo. Ele me perdoou! Oh, que gozo!
Oh, que alívio! Eu sabia que Ele me perdoara!
E justamente quando Seu sorriso se tornou
plenamente visível, Ele desapareceu diante dos
meus olhos. Todas as minhas forças físicas me
deixaram, e afundei-me no chão, soluçando e
chorando.
As pessoas ao meu redor estavam louvando ao
Senhor. Era como o céu para mim. A multidão fazia
o barulho de uma grande queda d’água enquanto as
vozes de cem mil holandeses adoravam ao Senhor,
com fé e amor.
78

Quando consegui voltar a ficar em pé, eu era


uma nova criatura. Nascera de novo. Jesus habitava
em mim. Eu possuía a Sua nova vida.
Subi para a plataforma e procurei contar aos
meus patrícios o que me acontecera, mas não
consegui falar por estar chorando. A alegria que eu
sentia era inexplicável. Nascera de novo!”
Acontece que estávamos hospedados no hotel
daquele homem, durante a cruzada. Havia um
belíssimo jardim ao ar livre, usado como pátio do
desjejum, abaixo do nosso quarto. Na manhã
seguinte, após a conversão desse homem, fazia um
tempo lindo, e as pessoas estavam comendo lá fora.
Nossas janelas estavam bem abertas para deixarem
entrar o ar fresco matutino.
Conseguíamos escutar a voz de um homem, que
se sobrepujava aos demais sons. Ficava sempre
falando a respeito de Jesus. Olhamos pela janela, e
esse caro dono do hotel passava de mesa em mesa,
contando a respeito da sua experiência com Cristo.
Achava que todos os hóspedes no seu hotel deviam
saber que Jesus está vivo e real. O homem
experimentara o grande plano do amor de Deus.
79

Que maravilha que Deus o ama e estima tanto


que Ele pagou o preço integral para restaurar você à
Sua bela família! Seu plano de amor é tão perfeito
que, no momento em que você o aceitar e nele crer,
você poderá voltar para casa com Deus, e sua
situação fica como se você nunca tivesse pecado.

Referências Bíblicas – Capítulo 9


(1). Romanos 10:13
80

“DEUS NÃO dará fora em você.


O plano do amor acabou com o
flagelo e comprovou o valor que
você tem.
A melhor maneira de agradecer
o melhor de Deus.
Jesus o fez em Seu nome.
O ponto crucial do plano que o
libertou de toda a culpa.”
81

Capítulo 10

SUA VIDA INTEGRALMENTE PAGA

DEUS NUNCA ABANDONOU Seu sonho de amor


por você.
Deus nunca desistiu de você durante todo o
tempo em que você estava vivendo no desespero,
sem nenhum conhecimento do Seu grande plano do
amor.
Deus é amor, e o amor nunca dá fora.
Seu amor entrou em ação no dia em que Adão e
Eva traíram a confiança que Ele depositara neles.
Deus achou um meio justo e lícito de restaurar a
humanidade a um relacionamento íntimo com Ele.
Seu plano do amor acabaria com o flagelo da
morte e restauraria as pessoas à vida.
Qual foi Seu plano do amor, e como esse plano
nos restauraria a Deus e legalmente nos absolveria
da penalidade da morte pelos nossos pecados?

O Amor Tinha uma Solução

A substituição foi a solução legal.


Se alguém totalmente inocente do pecado se
dispusesse a tomar o lugar do culpado, e assumisse
todo o castigo pelos pecados deste, o culpado ficaria
liberto, e poderia ser restaurado à amizade com
Deus como se nenhum delito tivesse sido cometido.
82

Foi a idéia do amor.


Deus criou as pessoas para viver, e não para
morrer. Deus não quer que nenhum pereça, senão
que TODOS cheguem ao arrependimento.1
Agora você pode entender por que Jesus Cristo
veio e morreu por você.

Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu


Filho Unigênito, para que todo o que nele crê não
pereça, mas tenha a vida eterna.2
Deus confiava que se Ele comprovasse Seu amor
a você de modo tão dispendioso, e que se Ele
enviasse alguém para contar-lhe aquilo que Ele
fizera, você corresponderia à altura, dizendo:
“Está comprovado. Deus me atribui grande valor
assim como estou. Ele quer que eu tenha o melhor
da parte dEle”.
Foi por isso que escrevi este livro. Trata-se da
idéia de Deus. Acho que a melhor maneira de eu
poder demonstrar minha gratidão a Deus pelo Seu
melhor na minha vida, é contar a respeito disso a
alguém como você.
A fim de fornecer a você um Substituto que não
tinha nenhum pecado dEle mesmo, Deus deu Seu
único Filho.
83

Comprovação que o Plano Podia Funcionar

Jesus nasceu como resultado de uma concepção


milagrosa. O Espírito de Deus envolveu uma virgem
com Sua sombra, e a semente da vida divina foi
criada no ventre dela. Isso, em si mesmo, é um
milagre, e soa incrível. Foi necessário, no entanto,
porque Jesus não poderia nascer de semente
humana infeccionada pelo pecado, e ainda ser
inocente do pecado.
Não somente a concepção de Cristo com
semente divina – e, portanto, sem a herança do
pecado, como também a Sua vida entre as pessoas
tinha que ser impecável, para Ele ter as
qualificações para ser nosso Substituto. O Filho de
Deus tinha que ser sujeitado às mesmas tentações
do pecado que qualquer pessoa humana. Tinha que
ser exatamente como nós e resistir aquilo que as
pessoas humanas não tinham resistido. Tinha que
comprovar que o plano original de Deus podia
funcionar – que os seres humanos podiam optar
pela Palavra de Deus, sem nunca desonrar a Sua
integridade.
Jesus tinha que ser tentado por Satanás assim
como Adão e Eva.
Foi por isso que, tão logo que Jesus chegou à
idade madura, Ele foi levado ao deserto onde
Satanás foi tentá-Lo exatamente como fora tentar
Adão e Eva no jardim do Éden.
84

Todas as vezes que Satanás procurava lançar


dúvidas na Palavra de Deus, Jesus rejeitou as suas
sugestões e asseverou enfaticamente aquilo que
Deus dissera.3
Nas circunstâncias mais provocadoras, Jesus
continuou crendo na Palavra de Deus.
A Bíblia diz que durante toda a vida terrestre de
Cristo, Ele era tentado em todas as coisas, à nossa
semelhança, mas sem pecado.4
Jesus Cristo era perfeito. Não tinha nenhuma
contaminação com a semente do pecado e Ele não
cometeu nenhum pecado.

Nenhuma Dívida É Paga Duas Vezes

Assim fica explicado como foi possível Ele ser


seu Substituto. Visto que não havia nEle pecado
nenhum, e que não cometeu pecado nenhum, Ele
pôde tomar sobre Si os seus pecados e dar a Sua
vida como resgate por você.
Se a pena da morte, devida a você, foi assumida
por Ele, você está legalmente absolvido daquela
penalidade.
Posto que nenhuma dívida pode ser paga duas
vezes, você é restaurado como se nenhum mal
tivesse sido cometido.
Sendo, pois, que Jesus Cristo sofreu a penalidade
que você e eu merecíamos, e sendo que ele o fez em
nosso nome e em nosso favor, logo, no mesmo
momento em que cremos no Seu plano do amor, já
não estamos culpados diante de Deus, e nunca
seremos julgados por nenhum pecado já cometido
por nós.
85

A condenação que merecíamos foi sofrida por


nosso Substituto, em nosso nome e em nosso lugar,
e aquela condenação nunca mais poderá ser
imposta sobre nós de novo.
Esse é o ponto crucial do grande plano do amor
de Deus na Bíblia, e é o que chamamos de
“Salvação”.

Referências Bíblicas – Capítulo 10


(1). 2 Pedro 3:9
(2). João 3:16
(3). Mateus 4:1-11
(4). Hebreus 4:15
86

“DEUS DISSE a mesma coisa 34


vezes.
Ele tem um coração muito
grande e uma alma muito grande.
Ele nunca aflige nem castiga as
pessoas com enfermidades,
sofrimentos e pobreza. Ele não
tem nenhum chicote.
Deus quer que você tenha
satisfação na vida. Ele quer que
você desenvolva seu melhor
potencial.
Ele deseja somente o bem para
você.”
87

Capítulo 11

ELE PLANEJA SOMENTE


O BEM PARA VOCÊ

MEU DESEJO é que o mundo inteiro pudesse


saber como Deus é bom.
O SENHOR é gracioso e compassivo.1 Jesus a cada
passo compadecia-Se.2 As Suas misericórdias não têm
fim.3
Trinta e quatro vezes está escrito no Livro dos
Salmos: A Sua misericórdia dura para sempre.
Pois tu, SENHOR, és bom e compassivo;
abundante em benignidade para com todos os que te
invocam.4
Deus diz: Alegrar-me-ei por causa deles, e lhes
farei bem... de todo o meu coração e de toda a minha
alma.5 Deus tem um coração e uma alma muito
grande, e tudo isso se alegra por causa de nós, para
nos fazer o bem.
Muitas pessoas têm um conceito de Deus como
algum tipo de feitor de escravos que domina as
pessoas com o chicote que tem na mão para afligir e
castigar Seus filhos com enfermidades, sofrimentos
e pobreza. Esse conceito é falso.
Deus criou a você e a mim para Seu maravilhoso
estilo de vida, e Ele quer que desfrutemos das Suas
bênçãos da felicidade, da saúde, do sucesso e da
prosperidade. É essa a Sua vontade para você e para
mim hoje.
88

Deus nos criou à Sua própria imagem e,


portanto, os seres humanos procuram
instintivamente o estilo de vida de Deus, quer
tenham consciência disso e o reconheçam, quer não.

Quando a Luz É Ligada

Pelo mundo inteiro, quer nas ruas


movimentadas de Paris, de Nova York ou de Bogotá,
quer nas aldeias das Filipinas, da Índia, da China ou
da África, a busca instintiva da humanidade é pelo
Deus vivo. O fato fica bem visível nas feições das
pessoas. É expressado na maneira de andarem. É
refletido no seu espírito. Pagariam qualquer preço
imaginável para saberem que Deus é real, e para
receberem um milagre da parte dEle. Pensar que
semelhante Deus, se é real e vivo, Se interessa por
elas individualmente, parece além da imaginação
delas.
Já olhei a luz acender-se em dezenas de milhares
de rostos, quando as pessoas reconheciam que Deus
as ama, que ele não está zangado com elas, e que Ele
Se importa com todos os pormenores da vida delas.
Pode acontecer com você, enquanto está lendo este
livro.
89

A verdade é que Deus quer que você tenha uma


vida realizada. Ele quer que você desfrute da
felicidade e desenvolva seus melhores talentos e
capacidades. Você tem potencial dado por Deus e
ilimitado. Deus tem o mesmo prazer em ver você
desabrochar e ter sucesso que qualquer bom pai
sente quando seu filho é brilhante em tudo.
Deus não é uma deidade destruidora que envia a
doença e a dor.6 Ele não quer que você tenha em
casa pobreza e penúria. Ele tem abundância, e é
para você desfrutar dela.7
Deus nunca Se agrada do sofrimento, pobreza,
enfermidade e fracasso desnecessários.
As pessoas, acossadas por temores e culpas
interiores, envenenam seu próprio corpo físico e
desenvolvem dentro de si a doença e a deterioração.
Jovens e velhos igualmente deixam que sua vida seja
corroída pelos traumas psicológicos e pelo veneno
químico do ódio, dos ciúmes, da inveja e da cobiça.
Sua falta de fé em Deus, no seu próximo e em si
mesmas leva-as a desmoronar-se e degenerar-se.
90

Pessoas de capacidade e de talento deixam que


sua vida seja desperdiçada. A praga da pobreza
desgraça milhões que vivem num mundo de
abundância.
Os corpos que deveriam ser vibrantes e
saudáveis no seu serviço a Deus e ao próximo,
deterioram-se por causa da inatividade, da doença e
da dor.
Os cânceres nojentos e devoradores que são o
negativismo, o ressentimento, o remorso e o
desespero envenenam a corrente vital de milhares
de pessoas que poderiam ser uma fonte de amor e
de bênçãos.
Esses fatos nos levaram a escrever este livro a
respeito do grande plano do amor de Deus.
Seu amor e misericórdia, Seu poder e cura, Sua
presença milagrosa na sua vida, poderão pôr fim à
doença, à derrota, à pobreza e ao desespero.
91

Ele é bom e deseja somente o bem para você.


Ele é amor e anseia para você compartilhar
daquele amor.
Ele é vida e deseja transmitir a você aquela vida.
Ele não tem nenhum chicote e não deseja
nenhuma condenação.
Ele criou você à Sua imagem, e assim, você é um
ser do gosto dEle.

Referências Bíblicas – Capítulo 11


(1). Salmos 86:15; Salmos 111:4; Salmos 112:4;
Salmos 145:8
(2). Mateus 9:36; Mateus 14:14; Mateus 18:27;
Marcos 1:41; Marcos 6:34
(3). Lamentações 3:22
(4). Salmos 86:5
(5). Jeremias 32:41
(6). Lucas 9:56; Naum 1:7
(7). Joel 2:26; Eclesiastes 5:18;19; Provérbios 10:22
Salmos 68:19; Salmos 104:24; 3 João 2
92

“ELA DEFINHAVA numa esteira


de palha no chão de terra de sua
cabana de barro como uma
magricela, prostituta, moribunda.
O câncer era terminal.
A vida de Jesus transforma e
recria as pessoas.
O que significa ser inocentado
ou isentado.
Nenhum julgamento existe para
o crente que é restaurado a
dignidade e a honra.”
93

Capítulo 12

ELA PARECIA UM ANJO

O GRANDE PLANO DO AMOR que Deus oferece a


você envolve um estilo de vida abundante e
milagroso. Jesus disse: Eu vim para que tenham vida,
e a tenham em abundância.1
Numa cruzada nossa de ensino no estrangeiro,
uma prostituta que estava morrendo de câncer foi
carregada num carrinho de mão velho para a
reunião. Alguns cristãos a acharam morrendo à
míngua, definhando numa esteira de palha no chão
de uma minúscula cabana de barro, onde fora
abandonada para morrer.
Quando contaram a ela a respeito da cruzada, e
se ofereceram para levá-la para lá, ela ficou fora de
si com a gratidão que sentia pela bondade que lhe
demonstraram. De início, levantou objeções por
causa de sentir certeza de não haver esperança para
a sua vida arruinada. Gastara os anos da sua vida na
prostituição, e só sentia culpa e vergonha.
Os cristãos convenceram-na que Deus enviou o
seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo,
mas para que o mundo fosse salvo por ele.2
Compartilharam com ela o plano do amor de Deus.
94

Colocaram travesseiros no velho carrinho de


mão, e a carregaram para a grande cruzada. O corpo
dela, lastimavelmente emaciado, parecia um
esqueleto coberto de pele de cor doentia,
excetuando-se seu abdômen inchado pelo câncer
que ali se alastrava.
Deitada ali no carrinho de mão, sob o céu aberto,
escutou a mensagem a respeito da nova vida em
Jesus Cristo e como podemos receber a Ele e à Sua
nova vida em nosso coração mediante a fé.

O Poder Vivificador do Amor

Lembro-me bem do meu assunto daquela noite.


Falei a respeito de aceitar a Cristo, e do milagre
que ocorre quando essa vida nova é aceita pela fé.
Enfatizei o plano do amor de Deus e como Jesus
morreu na cruz em nosso lugar, para sofrer o
castigo dos nossos pecados a fim de podermos ser
restaurados a Deus como se nunca tivéssemos
pecado. Ressaltei o fato que quando cremos no Seu
plano do amor e aceitamos aquilo que Ele realizou
em nosso favor, podemos recebê-lo em nossa vida, e
que quando Ele vem habitar em nós, a Sua vida nos
transforma e cria em nós uma nova pessoa; que a
Sua Vida sara as nossas enfermidades e nos
regenera espiritual, mental e fisicamente.
95

Quando chegamos ao fim da mensagem e


dirigimos a multidão de cerca de 35.000 pessoas
numa oração de aceitação de Cristo, aquela mulher
repetiu a oração juntamente conosco.
O profundo reconhecimento do amor
incomensurável de Deus raiou sobre a consciência
dela enquanto orava a Ele e A recebia no seu
coração. Compreendia que, posto que Cristo
suportou todo o castigo pelos pecados dela, foi
exonerada, inocentada, absolvida de todos os seus
pecados, e já não era culpada.
Aceitou o perdão e a absolvição, e acolheu Jesus
Cristo na sua vida pela fé. A vida nova dEle foi
transmitida para a velha natureza dela, e ela foi
regenerada pelo poder insondável da vida e do
amor de Jesus Cristo. Ela descobriu o poder do
grande plano do amor de Deus.
Deitada ali, chorando convulsivamente de
alegria, transbordando de paz e de ações de graças,
ela olhou para os amigos dela, estendeu os braços
ossudos às mãos fortes deles, e se colocou em pé
pela primeira vez em muitos meses.

O Câncer Desapareceu

Enquanto choravam juntos, dando graças a


Deus, aquela estimada senhora se deu conta,
repentinamente, que o grande tumor canceroso
desaparecera, e que suas pernas e braços tinham
ficado fortes.
96

A mulher não somente recebeu o perdão dos


pecados e a restauração à posição de dignidade na
família de Deus, como também foi milagrosamente
curada do câncer.
Ela andou com firmeza pelo meio do povo
aglomerado e subiu as escadas da plataforma. Ainda
posso vê-la em pé ali, com as lágrimas correndo
abundantemente pelas faces, com aqueles braços
ossudos levantados para o céu, e seu rosto, olhando
para cima, parecendo o rosto de um anjo.
A totalidade do seu modo de vida foi
transformada. As coisas antigas já passaram; eis que
se fizeram novas.3
Tornou-se uma obreira cristã fiel e dedicada, e
consagrou a totalidade da sua vida a ajudar os
outros a conhecerem o grande plano do amor de
Deus.
O que aquela mulher recebera de Deus é a vida e
o vigor, a felicidade e a saúde que Jesus Cristo veio
compartilhar com você e com todo aquele que crê
no Seu plano do amor.

Referências Bíblicas – Capítulo 12


(1). João 10:10
(2). João 3:17
(3). 2 Coríntios 5:17
97
98

“O PREÇO PAGO POR DEUS


comprova o valor que Ele atribui
a você, e o valor da Sua Palavra.
O sonho de Deus é belo.
Como relacionar o plano do
amor de Deus com os problemas,
mágoas e necessidades que você
tem hoje.
O direito de optar por confiar no
plano que funciona.
Cinco fatos dignos de confiança.”
99

Capítulo 13

SEU CAMINHO PARA A VIDA


ABUNDANTE

O PLANO DO AMOR DE DEUS para você, assim


como Seu sonho original do amor, depende de você
ter fé na Sua integridade, e fiar-se na Sua Palavra,
dando crédito a ela. A única condição que Ele impõe
a você é que você simplesmente respeite e confie
naquilo que Ele diz, e Ele quer tratar você com
honra e confiança.
Ao preço de dar Seu próprio Filho, Deus
comprovou para sempre a integridade da Sua
Palavra.
A Bíblia diz: Porventura, tendo Deus prometido,
não o fará? Ou tendo falado, não o cumprirá?1
Explicarei o que quero dizer:
Deus amou você e achou uma maneira lícita de
absolvê-lo de todos os pecados que você já cometeu.
Jesus veio numa missão de amor para mostrar-
lhe o sonho original que Deus tinha para você. Ele
viveu uma vida bela e inspiradora, sem nunca
desonrar a Deus nem questionar a integridade da
Sua Palavra.
100

Tendo vivido sem pecado, Ele deu Sua vida em


seu favor e morreu em seu nome, sob a penalidade
dos pecados cometidos por você, como seu
substituto. Ele suportou pessoalmente toda a
condenação jurídica contra você.

Relacione-se Com Deus Através de Cristo e Viva

Como você se relaciona com aquilo que Ele fez


por você? Como aquilo afeta você nos seus
problemas e necessidades agora mesmo? O que
você deve fazer a respeito?
A Bíblia diz: Todo aquele que crê em Jesus Cristo
não perecerá (não receberá o salário do pecado que é
a morte), mas terá vida eterna.2
O grande plano do amor de Deus é oferecido a
toda e qualquer pessoa que optar por crer no Seu
amor. Você tem a liberdade de crer naquilo que ele
tem dito na Bíblia e de aceitar as Suas palavras
como verdadeiras.
Por outro lado, você tem a liberdade de não crer.
Tem o direito individual de continuar como você
está, e de permanecer sujeito à enfermidade, à
solidão, à inferioridade e à condenação.
O plano do amor de Deus para você depende da
sua disposição de entender e crer que Jesus Cristo
morreu em seu nome, como seu substituto pessoal,
no seu lugar.
Essa é a chave que destrava as bênçãos de Deus
para você.
101

Isso depende de você exercer a sua vontade.


Você tem o direito da escolha. Você está livre
para aceitar a validez daquilo que Cristo fez por
você, ou para rejeitá-lo como superstição ou
irrelevante ou insignificante.

Confie no Plano que Funciona

O grande plano do amor de Deus depende


inteiramente da fé, da mesma forma que Ele exigia
que Adão e Eva confiassem na Sua integridade.
A Bíblia faz algumas declarações maravilhosas a
respeito de todo aquele que confia no amor de Deus.
Todo aquele que crê em Jesus Cristo não é julgado
de modo nenhum.3
Todo aquele que confia no Filho de Deus para
salvá-lo tem a vida eterna.4
Em que, especificamente, você deve confiar ou
crer?
1. Que Jesus era impecável e perfeito;
2. Que Ele morreu em seu nome, em seu favor, e
suportou o castigo que você deveria ter recebido;
3. Que Ele o fez porque Deus ama você e quer
viver com você;
4. Que Deus atribui tanto valor a você que Ele
pagou esse preço infinito para tornar possível essa
transação;
102

5. Que Jesus pagou aquele preço para restaurá-lo


a Deus antes mesmo de você saber que estava
alienado dEle. Redimir você foi a idéia do Amor –
você não pensara nisso.

Fatos da Sua Liberdade

Esses fatos notáveis constituem o grande plano


do amor de Deus.
Jesus Cristo sofreu a penalidade dos pecados
cometidos por você, a fim de você poder ser salvo da
morte e viver eternamente conforme Ele tinha
planejado para você.
Ele sofreu as consequências dos seus pecados, a
fim de você poder ser eternamente absolvido da
culpa, condenação ou julgamento.
Ele tomou sobre Si as suas dores, enfermidades
e doenças, a fim de você poder ser liberto delas e
viver com saúde, e gozar da longevidade.
Ele suportou a sua insegurança, vergonha,
inferioridade e solidão, a fim de você poder voltar a
viver em comunhão e amizade com Deus.
Ele morreu a fim de você poder viver.
Ele aceitou a sua culpa, para você receber a
justiça dEle.
Porque Deus tomou a Cristo, que era sem pecado,
e O encheu com os nossos pecados. E então Ele, em
compensação, nos encheu com a virtude de Deus!5
103

Os pecados a serem cobrados de você foram


creditados à conta de Cristo. Então, Ele tomou sobre
Si a sua culpa, e suportou o julgamento que você
merecia, em seu lugar.
Em troca disso, a justiça, ou virtude, dEle foi
creditada à sua conta, e você foi declarado
eternamente justo aos olhos de Deus.

Referências Bíblicas – Capítulo 13


(1). Números 23:19
(2). João 3:16
(3). João 3:18
(4). João 3:36
(5). 2 Coríntios 5:21 BV
104

“A IDÉIA mais maravilhosa do


grande plano do amor.
Como liberar o poder dinâmico
do amor para alcançar e soerguer
o nosso mundo.
Não podemos acalentar o ódio. É
somente por causa de amarmos
que podemos viver. Somos
criados pelo amor. O amor nos
restaura à amizade e à comunhão
pessoal com Deus.
O milagre de descobrir seu
próprio valor, e então de
descobrir o valor de outras
pessoas.”
105

Capítulo 14

DEUS ATRIBUI VALOR A VOCÊ E


PRECISA DE VOCÊ

A IDÉIA MAIS MARAVILHOSA que Deus já


compartilhou com os seres humanos é Seu grande
plano do amor – a idéia de que somos valiosos para
Ele, e que Ele nos ama tanto que pagou um preço
incrível pela nossa felicidade, saúde e sucesso na
vida.
Nisto se manifestou o amor de Deus em nós, em
haver Deus enviado o seu Filho Unigênito ao mundo,
para vivermos por meio dele.1
Ele quer que vivamos o tipo de vida dEle – feliz,
produtiva, abundante, saudável.
A Bíblia diz: Nisto consiste o amor, não em que
nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos
amou, e enviou seu Filho como propiciação pelos
nossos pecados.2

Agora Deus Pode Viver em Você

Veja bem: o milagre do Evangelho é que somos


restaurados a Deus mediante o Seu amor, não por
qualquer coisa que nós poderíamos chegar a fazer.
Tão logo acreditamos nisso, Deus pode voltar a nós
e viver em e através de nós de conformidade com
Seu plano original, e realizar a Sua obra entre as
pessoas através de nós.
106

Quando Jesus, o Filho de Deus, veio e viveu


nessa Terra, Ele nos revelou a bondade, benignidade
e compaixão de Deus operando entre as pessoas.
Quando Deus vem para casa para viver em nós
como viveu em Cristo, Ele quer continuar fazendo as
mesmas coisas que Ele realizava em Jesus, porque
fomos restaurados a Ele, e agora Ele poderá viver
em nós.
Crer no grande plano do amor de Deus libera o
poder dinâmico do Seu amor em nós para alcançar e
ajudar a soerguer o nosso mundo.
Quando o amor de Deus opera em você e por
meio de você, é o poder de Deus que opera em e
através de você. Chamo isso de poder do amor de
Deus.
Quando você estende a mão a uma pessoa caída
e a levanta, trata-se da mão de Deus em ação. O
poder do amor de Deus está estendido através de
você. Trata-se do poder milagroso, do amor
milagroso. Não há nenhuma força criativa neste
mundo igual ao poder do amor de Deus operando
em e através de um ser humano.

Podemos Viver Porque Amamos

Devemos lembrar-nos de que Deus é amor. Visto


que fomos criados por Deus, somos o produto do
amor. Somos os filhos do amor. Amar é natural para
nós. Não amar é contrário à nossa natureza.
107

Nosso sistema nervoso não pode aguentar o


ódio. Produzirá venenos químicos no nosso
organismo e provocará doenças que invadirão
nosso corpo físico e nos matarão antes do tempo.
Posto que Jesus Cristo pagou o preço integral
que você devia por causa dos seus pecados, e se
você crê que Ele o fez por você e em seu nome, logo,
você está legalmente exonerado de toda a culpa, e
nada que você fez no passado poderá chegar a
separar você de Deus. Você está restaurado a uma
posição de amizade e de comunhão com Ele. Ele é
amor. As emoções dEle agora poderão voltar a fluir
através de você.

O Plano do Amor Arraigou-se em Nós

Foi assim que aconteceu com Daisy e eu há


tantos anos, quando acolhemos Cristo em nossa
vida. Tivemos a boa fortuna de ouvir a respeito do
plano do amor de Deus e de crer nele enquanto
ainda éramos jovens.
Como resultado, achávamos que, posto que Jesus
tinha feito coisas tão maravilhosas por nós, nossas
vidas seriam dedicadas a contar aos outros a
respeito dEle e do Seu plano do amor.
108

Quando nos casamos com as respectivas idades


de apenas 17 e 18, dedicamo-nos a compartilhar o
Evangelho de Jesus com outras pessoas. Aos 20 e 21
anos de idade, respectivamente, levamos nosso
filhinho de apenas dez meses de idade, e
embarcamos para o outro lado do mundo, a fim de
compartilhar o Evangelho na Índia, e de dar as boas
novas aos muçulmanos e aos hindus daquele país.
Agora, por quase quatro décadas, em 70 nações
diferentes, temos viajado e ensinado o grande plano
do amor de Deus lá fora nos estádios, parques ou
campos abertos, ali onde vintenas de milhares de
pessoas, pertencentes a tudo quanto é religião,
sentem-se à vontade para reunir-se sem
intimidação, e ouvir os ensinos de Jesus Cristo.
É possível que tenhamos ensinado as boas
novas, face a face, a mais milhões de pessoas sem-
igreja do que qualquer casal que já viveu. É possível
que tenhamos visto mais milagres de cura entre as
massas do povo sem-igreja pelo mundo afora, do
que qualquer casal na Terra.

Descobrindo o Valor-Próprio

O poder do amor de Deus está operando através


de nós para alcançar as pessoas. Nós as amamos.
Queremos ajudá-las. Deus atribui grande valor a
elas e precisa delas. Sabemos que se descobrirem o
amor e a estima que Deus tem por elas, começarão a
descobrir seu próprio valor e cessarão de destruir e
condenar e odiar a si mesmas e às demais pessoas.
109

Sabemos que se as pessoas cessarem de


depreciar a si mesmas, cessarão de depreciar aos
outros. Se cessarem sua auto-destruição, cessarão
de destruir aos outros. Se conseguirem descobrir o
grande valor que Deus atribui a elas começarão a
dar valor a si mesmas e, por sua vez, começarão a
dar muito valor aos outros.
Acho que nenhuma vida é tão maravilhosa como
aquela de quem, ao ver as pessoas solitárias,
inseguras, medrosas, carentes do amor e da
solicitude, esquecidas e negligenciadas, pode lhes
dar a mensagem do grande plano do amor de Deus
que as ajuda a colocar-se em pé e endireitar os
ombros, levantar a cabeça e andar a passos largos,
conscientes de que contam como alguém diante de
Deus.
Soerguer as pessoas e ajudá-las a descobrir a
vida rica e cheia de propósito para a qual Deus as
criou, e que Ele as ama, e que Jesus deu Sua vida por
elas; levantar os mendigos do monturo e colocá-los
nas alturas com Deus,3 conforme diz a Bíblia, é a vida
mais grandiosa na Terra. Trata-se do poder do
grande plano do amor de Deus em ação.
110

Veja bem: é isso que Deus tem feito por nós, e é


isso que Ele fez agora através de nós à medida que
compartilhamos com o próximo Seu plano do amor.
É por esta razão que este livro está com você
agora. Deus está lhe dizendo:
Amo você. Dou muito valor a você. O preço
que paguei por você comprova qual é o valor
que atribuo a você.
Creia no meu plano do amor, e deixe-me
restaurar a você as riquezas, a saúde e a
abundância que criei para você.
Então, poderei alcançar os outros através de
você, e assim, a sua vida cumprirá seu propósito
divino à medida que você descobre a alegria de
tornar-se Meu amigo e sócio na ajuda a outras
pessoas”.

Referências Bíblicas – Capítulo 14


(1). 1 João 4:9
(2). 1 João 4:10
(3). 1 Samuel 2:8; Salmos 113:7,8
111
112

“UMA NOVA compreensão do


amor de Deus. As pessoas em 70
nações descobrem o mesmo
poder e reagem da mesma
maneira.
Esquimós do Alasca, índios
norte-americanos, xintoístas
japoneses, budistas tailandeses,
muçulmanos javaneses, hindus
indianos, animistas africanos,
cristãos ocidentais, compartilham
da mesma busca.
A monja budista descobriu a paz
que procurara durante 74 anos.”
113

Capítulo 15

A BUDISTA ACHOU O CAMINHO

POSSO GARANTIR-LHE que o conteúdo deste


livro funciona. É só você o ler do começo ao fim, com
um coração aberto e sincero, e tenho a certeza de
que você experimentará um novo entendimento do
amor de Deus.
Já vimos milhares de muçulmanos, budistas,
xintoístas, hindus, fetichistas, ateus e cristãos
nominais voltar-se para Jesus Cristo e acolhê-Lo no
coração e tornar-se novas criaturas radiantes ao
chegar a compreender os fatos simples, porém
poderosos, do grande plano do amor de Deus que
você agora está descobrindo.

Não Há Diferença Entre as Pessoas

Posso dizer-lhe que as pessoas são basicamente


iguais pelo mundo afora. Cometem os mesmos
pecados, experimentam as mesmas necessidades,
sentem a mesma culpa, sofrem das mesmas
enfermidades, e instintivamente buscam aquela
mesma paz – independentemente da sua raça, do
seu sexo, cor, nacionalidade ou antecedentes.
114

Quando as pessoas realmente compreendem o


grande plano do amor de Deus, sua reação é sempre
a mesma satisfação assoberbante. Já vi milhares de
índios norte-americanos, estóicos e
tradicionalmente calmos, bem como esquimós e
japoneses, experimentar o milagre da vida nova em
Deus. O efeito sobre a vida deles não é em nada
diferente daquilo que acontecia às pessoas nos dias
bíblicos.
Temos observado centenas de muçulmanos
experimentar esse milagre numa única noite, e
corresponder da mesma maneira que esperaríamos
no ocidente.
Já ficamos olhando budistas plácidos e
equilibrados irromperem em lágrimas de gratidão
ao crerem em Jesus e descobrirem Seu amor por
eles.
Temos as provas daquilo que a Bíblia diz: Pois
não há distinção... o mesmo é o Senhor de todos, rico
para com todos os que o invocam. Porque: todo
aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.1

Aos 74 Anos de Idade, Ela Ouviu o Plano do


Amor

Durante nossa Cruzada no sul da Tailândia, uma


monja budista, de 74 anos de idade, estava presente.
Tinha sido colocada no templo quando era apenas
uma menina, e dedicara toda a sua vida ao serviço
dos sacerdotes no templo.
115

Nossas reuniões de ensino foram realizadas


numa enorme plantação de coqueiros, e o som dos
grandes alto-falantes chegou aos ouvidos dela.
Ela saiu desapercebida do templo e comprou no
mercado um corte de tecido com que pudesse
ocultar a sua identidade, posto que não tinha outras
roupas senão as vestes de monja.
Ela ficou numa área de sombras, à margem da
multidão, para não ser reconhecida.
Naquela noite, falei acerta do grande plano do
amor de Deus, e que as Boas Novas daquilo que
Jesus fez na Cruz são para nós. Citei vários textos
bíblicos que contam que nós estávamos perdidos,
que Deus atribuía tanto valor que ele deu Seu Filho
por nós, que Jesus suportou o pecado e a culpa e a
condenação que nós merecíamos, que Ele morreu
em nosso lugar, foi sepultado e então ressuscitou
dentre os mortos, e que Ele vive hoje e quer entrar
em nossa vida a fim de compartilhar conosco a vida
abundante de Deus, a Sua paz, perdão, saúde e
bênçãos.
Aquela senhora idosa nunca ouvira aquela
mensagem dos fatos do Evangelho em toda a sua
vida.
116

O Lindo Relatório

No dia seguinte, ela veio para o chalé onde


estávamos hospedados. Durante duas horas,
ficamos sentados ao ar livre, debaixo daquelas belas
palmeiras, enquanto ela procurava nos contar,
através do intérprete, aquilo que acontecera.
Seus olhos brilhavam como os de uma mocinha
enquanto contava que aceitara a Jesus Cristo, e fora
renovada por dentro.
Ela disse: “Durante toda a minha vida, tenho
procurado a paz. A única coisa que sabia fazer era
trabalhar bastante no templo, e servir os sacerdotes
de todas as maneiras possíveis.
Não demorou para eu ficar sabendo que todas as
pessoas no templo estavam procurando a mesma
paz que eu buscava, mas que todos nós éramos
iníquos. Sentiam-se tão infelizes como eu.
Frequentemente perguntava a mim mesma se
haveria alguma coisa que eu pudesse fazer a fim de
achar paz no meu coração. Durante muitas noites,
eu chorava na escuridão, horas a fio, quando
ninguém podia ver-me. Sentia culpa, e não conhecia
nenhuma maneira de achar a paz.
Somente ao chegar à idade de 74 anos é que
finalmente descobri a paz que procurara durante
toda a minha vida.
117

Na primeira vez que escutei você, Sr. Osborn,


falando a respeito de Deus que me amou e enviou
Seu Filho para morrer na Cruz em meu lugar, e de
Cristo, cujo sangue foi derramado para a remissão
dos meus pecados, senti algo estranho dentro de
mim. Finalmente, alguém viera e me mostrara a
maneira de achar paz. Chorei muito. Acreditei
naquilo que você disse a respeito de Jesus. Não
compreendi totalmente, mas cri, e sentia que minha
vida inteira estava sendo lavada até ficar pura.
Repeti sua oração naquela noite, segundo a
orientação que você nos deu. Quão grande paz
entrou no meu coração quando convidei Jesus a
entrar na minha vida! Minha mente e meus
pensamentos pareciam ter sido lavados até ficarem
puros. Meu coração foi transformado. Não sentia
culpa nem vergonha diante de Deus. Sentia que
recuperara minha dignidade. Senti-me abrigada em
Jesus. Sabia que estava salva. Sabia que tinha vida
nova.
De agora em diante, o restante da minha vida
será consagrado ao serviço de Jesus Cristo, o Filho
de Deus que é meu salvador. Estou tão feliz!”
118

Aquela querida velha senhora voltou para a


aldeia do povo dela para contar aos seus a respeito
de Jesus. Não demorou muito para ela estar
ensinando grupos deles a respeito do grande plano
do amor de Deus, e juntamente construíram uma
casa de reuniões, feita de bambu e de sapê, que
dentro em breve veio a ser uma igreja ativa naquela
aldeia.
Você pode experimentar a descoberta da paz e
da dignidade com Deus, enquanto lê esse livro.

Referências Bíblicas – Capítulo 15


(1). Romanos 10:12,13
119
120

“QUANDO NOSSOS primeiros


pais rejeitaram a integridade da
Palavra de Deus, a raça humana
foi desqualificada para viver no
nível de Deus.
Sete necessidades surgiram daí.
Sete provisões do grande plano
do amor.
Sete maravilhas do novo estilo
de vida.
Sete nomes que nos identificam
com a grandeza, a felicidade, a
saúde e a abundância.”
121

Capítulo 16

SETE NECESSIDADES SUPRIDAS

DEUS NOS CRIOU perfeitos no princípio. Depois,


Adão e Eva traíram a confiança que Deus depositara
neles, e duvidaram da integridade da Sua Palavra. O
resultado foi a deterioração da raça humana: o
pecado, a enfermidade, a fraqueza, o fracasso, a
solidão, o medo, o ódio, o assassínio, a vingança, a
inveja, a confusão, a culpa, o vazio, a condenação e a
morte – a eterna separação de Deus.
Quando nossos primeiros pais, Adão e Eva,
rejeitaram a integridade da Palavra de Deus, e
acreditaram naquilo que Satanás disse, a raça
humana foi, por isso mesmo, desqualificada para
viver no nível de Deus e, portanto, tornou-se
subserviente a Satanás cujo desígnio era enganar e
destruir as criaturas maravilhosas de Deus.
Deus, porém, não queria que vivêssemos na
vergonha, que fôssemos condenados à morte.
Mediante a morte de Cristo na cruz em nosso
lugar, Ele pagou o preço integral da nossa
restauração.
Nossas necessidades são sétuplas.
A natureza de Deus é sétupla.
A provisão de Cristo é sétupla.
122

A redenção é sétupla.
O que quero dizer com “redenção”?
O dicionário a define: Comprar de volta,
resgatar, livrar do cativeiro, libertar da dívida, da
obrigação ou da culpa.

Sete Revelações de Deus

Deus Se revela através de sete nomes


redentores, demonstrando, assim, Sua natureza
sétupla que transmite à nossa vida Suas bênçãos
sétuplas. Tudo quanto possamos necessitar ou
desejar nos é fornecido através de Cristo.
O grande plano do amor de Deus abrange a
redenção para todos os aspectos da nossa natureza.
Ele nos criou à Sua imagem; somos como Ele. A
natureza dEle tem sete aspectos. Dessa forma, Ele
nos mostrou cada aspecto da Sua natureza do amor
por meio de nos dar um dos Seus nomes redentores
para O invocarmos.
A mundialmente famosa Bíblia de Scofield, na
pág. 114, item 6 do comentário sobre Êxodo 34:6,
esboça como segue os sete nomes redentores de
Deus.
Deus é nossa JUSTIÇA (Jeová-Tsidkenu)1
Deus é a nossa PAZ (Jeová-Shalom).2
Deus é o nosso GUIA ou PASTOR (Jeová-Ra’ah).3
Deus é o nosso MÉDICO, AQUELE QUE NOS
CURA (Jeová-Raphá).4
123

Deus é o nosso PROVEDOR ou SUPRIMENTO


(Jeová-Jiré).5
Deus está SEMPRE PRESENTE (Jeová-Shamá).6
Deus é a nossa VITÓRIA (Jeová-Nissi).7

Não Há Exceções

Talvez isso pareça terrivelmente teológico, mas


o capítulo seguinte lhe mostrará as maneiras
práticas de tudo isso se aplicar a você.
Esses sete nomes revelam os sete aspectos da
natureza de Deus representados nas sete bênçãos
redentoras que Ele restaurou a toda pessoa na Terra
que crê no Seu plano do amor.
Não há exceções na obra redentora de Cristo.
Toda bênção suprida pela morte de Cristo na cruz
pertence a toda pessoa no mundo a favor de quem
ele morreu – isto é: TODAS. As bênçãos são para
“todo aquele...”, expressão esta que é usada mais de
100 vezes só no Novo Testamento.

Referências Bíblicas – Capítulo 16


(1). Jeremias 23:6; Romanos 3:24,25; Filipenses 3:9
(2). Juízes 6:24; Efésios 2:14; Colossenses 1:20
(3). Salmos 23:1; João 10:7,11
(4). Êxodo 15:26; Mateus 8:16,17
(5). Gênesis 22:13,14; Filipenses 4:19
(6.) Ezequiel 48:35; Êxodo 33:14,15; Mateus 28:20;
Hebreus 13:5
(7). Êxodo 17:14,15; Colossenses 2:14,15
1 Coríntios 15:57; Romanos 8:37-39
124

“DIGNIDADE Divina
Paz Perpétua
Conselho Confiável
Saúde Superabundante
Prosperidade Produtiva
Companheirismo Constante
Realização Relevante.”
125

Capítulo 17

SETE BÊNÇÃOS PERTENCEM A VOCÊ

DESEJO enumerar para você as sete bênçãos


fundamentais cujo preço a morte de Cristo já pagou.
Todas elas são para VOCÊ desde o momento em que
você crê no grande plano do amor de Deus.

I. DIGNIDADE DIVINA
O Senhor Nossa Justiça

Já não estamos condenados pelo nosso próprio


ressentimento, inveja e culpa. O plano do amor de
Deus transfere à nossa conta a justiça e a dignidade
da vida mais maravilhosa já vivida, aquela de Jesus
Cristo, e a Sua nova vida fica sendo a nossa.
Já não estamos sujeitos à sentença da morte por
causa dos nossos pecados.1
O Senhor é a nossa justiça. Deus nos creditou a
justiça do Seu Filho. Poderemos ter agora a Sua vida
e a Sua natureza,2 se crermos que Jesus morreu na
cruz para pagar a penalidade dos nossos pecados
pessoais.3
126

II. PAZ PERPÉTUA


O Senhor Nossa Paz

Já não estamos vivendo em tormento conosco


mesmos, fora da harmonia com nossa família e
amigos. Já não estamos transferindo essas angústias
mentais a nossos próprios corpos, aos nossos
negócios, ao nosso meio-ambiente. Já não estamos
arruinando nossa própria saúde e felicidade com o
veneno delas. O plano do amor de Deus nos
transforma, e transfere a nós a Sua paz,
tranquilidade e harmonia, e ficamos sendo novas
pessoas.
Já não estamos culpados nem atormentados por
nossos pecados e transgressões.4 Já não temos medo
de Deus nem pavor do juízo.5 Jesus Cristo tomou
sobre Si todo o julgamento pelos nossos pecados, e
nada mais consta contra nós quando cremos no
grande plano do amor de Deus.

O Senhor é a nossa paz. Ele suportou o nosso


julgamento e sofreu o castigo por todos os nossos
pecados.6 Posto que nenhuma penalidade pode ser
paga duas vezes, podemos ficar livres e salvos.
Podemos ter paz. Podemos ter saúde, tão logo que
“cremos somente”7 no Seu plano do amor.
127

III. CONSELHO CONFIÁVEL


O Senhor Nosso Pastor

Já não vamos continuar na confusão, tomando


decisões erradas, tropeçando nos fracassos e em
toda armadilha imaginável da derrota. O plano do
amor de Deus nos dá conselho e orientação na vida
de maneira que venhamos a desfrutar do sucesso,
da saúde, da prosperidade e da satisfação.
Já não estamos enganados e perplexos, confusos
e desorientados.

O Senhor é o nosso pastor,8 nosso guia


infalível que nos dirige. Ele assume o controle da
nossa vida. Quando O seguimos estamos no caminho
certo.9 O bom pastor deu Sua vida pelas ovelhas,
para nos mostrar o caminho.10 Agora olhamos para
Ele e O seguimos pelo caminho11 da verdadeira vida
e saúde, sucesso e abundância.

IV. SAÚDE SUPERABUNDANTE


O Senhor Nosso Médico

Já não nos sujeitamos à doença e à enfermidade,


nem vivemos vulneráveis a toda peste física que
acossa aos seres humanos. O plano do amor de Deus
incluiu Seu poder milagroso abundante para nos
curar não somente das doenças, alergias e
enfermidades, mas também para nos manter com
saúde, bem-estar físico e longevidade.
128

O Senhor é nosso médico.12 Na Sua morte na


cruz, Ele carregou as nossas enfermidades, sofreu as
nossas dores e levou as nossas doenças. Posto que
eram nossas, e que Ele o fez em nosso lugar, “pelos
Seus sofrimentos fomos sarados”.13
Você pode receber um milagre de cura enquanto
você lê este livro.

V. PROSPERIDADE PRODUTIVA
O Senhor Nosso Provedor

Já não damos crédito à pobreza e à penúria. Já


não somos vítimas das circunstâncias. Já não
estamos vivendo na base de mal ganhar o sustento
mínimo por dia. O grande plano do amor de Deus
inclui toda a abundância deste mundo. Ele a criou e
a colocou aqui para ser nossa bênção e
prosperidade. Recebemo-Lo, portanto, como nosso
sócio vitalício pessoal.
Já não somos os escravos da pobreza, da penúria
nem da privação material.
129

Cristo deixou de lado todas as Suas riquezas e Se


tornou pobre em nosso favor, a fim de nos redimir
da indigência e nos transmitir as Suas riquezas.14
Agora, compartilhamos do Seu suprimento
ilimitado.15 Desfrutamos da Sua abundância.
O Senhor é o nosso provedor. Mediante Seu
plano do amor, Ele entra em nossa vida e
compartilha conosco Seu viver abundante.

VI. COMPANHEIRISMO CONSTANTE


O Senhor Nosso Amigo Presente

Já não estamos solitários e medrosos,


desencorajados e deprimidos. O plano do amor de
Deus inclui Sua garantia no sentido de tornar-se
nosso Companheiro. Ele realmente habita em nós e
conosco como nosso amigo pessoal. Agora,
conhecemos somente o sucesso, a felicidade, a
saúde e a prosperidade que é garantida quando
Deus é nosso sócio.
Já não palmilhamos sozinhos a estrada da vida.
Já não estamos abandonados e solitários,
destituídos de apreço e de amor.16

O Senhor é nosso amigo presente. Seu plano


do amor garante a Sua presença conosco. O Senhor
Se compromete para estar sempre conosco, ao
nosso lado, em nós.17 Ele morreu para remover os
nossos pecados a fim de poder ser nosso amigo
pessoal e voltar a andar conosco,18 de mãos dadas,
durante esta vida e por toda a eternidade.
130

VII. REALIZAÇÃO RELEVANTE


O Senhor Nossa Vitória

Já não estamos fazendo tentativas seguidas por


fracassos nesta vida. Já não nos falta a realização,
nem estamos destituídos do sucesso. O plano do
amor de Deus nos torna vencedores constantes,
porque Ele faz parte do nosso time. Descobrimos a
vida abundante com a garantia da prosperidade e
sucesso de Deus. Nunca passaremos nossos dias
bebendo as escórias das sobras. O sucesso, a
realização e a satisfação estão embutidos em nossa
própria natureza, e somos pessoas humanas criadas
por Deus, com dignidade e com honra.
Já não estamos escravizados pela derrota nem
pelo fracasso. Já não estamos presos no cativeiro do
mal nem dominados pelas obras de Satanás.19
131

O Senhor é nossa vitória. Ele morreu para


destruir as obras do diabo.20 Ressuscitou dentro os
mortos com a proclamação: Toda a autoridade me
foi dada no céu e na terra... E eis que estou convosco
todos os dias. 21

Referências Bíblicas – Capítulo 17


(1). Romanos 6:23; Ezequiel 18:20 (2). 2 Coríntios 5:21
(3). 1 Pedro 2:24 (4). Isaías 1:18; Colossensses 1:13,14
(5). 2 Coríntios 5:10; Romanos 5:18; 1 João 4:17
(6). Isaías 53:4,5,8,10-12 (7). Marcos 5:36
(8). Salmos 23:1; João 10:14 (9). João 8:12; João 14:6
(10). João 10:11; João 15:13 (11). João 10:27,28
(12). Isaías 53:4,5; Mateus 8:17 (13). Êxodo 15:26;
1 Pedro 2:24 (14). 2 Coríntios 8:9 (15). João 10:10
(16). Isaías 41:10 (17). Provérbios 18:24; Colossensses 1:27;
2 Coríntios 6:16 (18). 1 João 1:3 (19). Colossensses 1:3;
1 João 5:18 (20). 1 João 3:8 (21). Mateus 28:
18,20
132

“O MOMENTO MILAGROSO que


engatilha um novo estilo de vida.
Não havia via de escape, mas o
amor teve uma idéia maravilhosa.
Quando Deus pode voltar ao lar
em você, e você pode voltar ao lar
nEle.
Não há mais fracasso, solidão,
insegurança, doença ou
inferioridade.”
133

Capítulo 18

MILAGRES DO PLANO DO AMOR

QUANDO VOCÊ RECEBE as sete bênçãos que


Cristo pagou em seu favor? Quando você pode
realizá-las na sua própria vida?
Desde o momento em que você resolve
relacionar-se com aquilo que Jesus Cristo fez na Sua
morte por você na cruz. Desde o momento em que
você crê que Ele tomou sobre Si o julgamento pelos
seus pecados, em seu nome e em seu lugar. Quando
você assim fizer, você começará a experimentar o
milagre do Seu plano de amor operando em você.
Seguem-se algumas das coisas que acontecerão
na sua vida e em seu favor.
1. A justiça de Cristo será transferida a você, e
você será exonerado de toda a culpa e julgamento.
2. Jesus Cristo virá viver a vida de Deus em e
através de você.
3. Você ficará sendo uma nova criatura.
4. Você será restaurado a Deus com dignidade e
honra, de conformidade com o plano original do Seu
amor.
5. Um poder sobrenatural será dado a você e
fará de você um filho de Deus. Será um milagre.
134

Cristo abriu o caminho para Deus chegar até


você e para você chegar a Ele. Cristo é o vínculo
entre você e Deus, e o caminho para a vida
abundante.

Tesouros da Fé

Seguem-se vários versículos bíblicos que você


agora saberá compreender e desejará memorizar
como tesouros da fé (Personalizei os textos para
você).
Portanto, desde que você foi declarado justo à
vista de Deus, pela fé em Suas promessas, você pode
ter na realidade paz com Ele por causa do que Jesus
fez por você.1
Quando você estava totalmente desamparado,
não tendo nenhuma possibilidade de fuga, Cristo
veio... e morreu por você quando você não prestava
em nada para Ele.2
Deus mostrou Seu grande amor por você,
enviando Cristo para morrer por você enquanto você
ainda era pecador.3
Já que Deus declarou que você está sem culpa,
agora Ele o salvará de toda a ira divina que está para
vir.4
Agora você se alegra nesta sua maravilhosa
relação nova para com Deus – tudo por causa do que
seu Senhor Jesus Cristo fez ao morrer pelos seus
pecados – fazendo de você um amigo de Deus.5
135

Deus disse: Habitarei e andarei em você; serei o


seu Deus e você será o meu filho.6
De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te
abandonarei. Assim, afirmemos confiantemente: O
Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me poderá
fazer o homem?7
Serei seu Pai, e você será meu filho, diz o Senhor
Todo-Poderoso.8
E todo aquele que invocar o nome do Senhor será
salvo.9
E não há salvação em nenhum outro; porque
abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado
entre os homens, pelo qual importa que sejamos
salvos.10
Amado, acima de tudo faço votos por tua
prosperidade e saúde, assim como é próspera a tua
alma.11
Agora, pois, já nenhuma condenação
(julgamento, penalidade), aguarda os que estão em
Cristo Jesus.12
Cristo estava sem pecado, mas Deus O fez
compartilhar do seu pecado, a fim de que você, em
união com Ele, pudesse compartilhar da justiça de
Deus.13
Ora, quando os pecados já foram perdoados e
esquecidos uma vez para sempre, não há necessidade
de oferecer mais sacrifícios para se livrar deles.14
136

Quem separará você do amor de Cristo?15


Todo aquele que tem o Filho de Deus tem a vida.16
Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me
enviou, tem a vida eterna, não entra em juízo, mas
passou da morte para a vida.17
Deus disse: Eu nunca, nunca abandonarei você,
nem o desampararei. É por isto que você pode
afirmar sem qualquer dúvida nem temor: O Senhor é
o meu Ajudador, e eu não tenho medo de nada...18
Jesus disse: E eis que estou com você todos os dias
até à consumação do século.19

Referências Bíblicas – Capítulo 18


(1). Romanos 5:1 – BV (2) Romanos 5:6 – BV
(3) Romanos 5:8 – BV (4). Romanos 5:9 – BV
(5). Romanos 5:11 – BV (6). 2 Coríntios 6:16
(7). Hebreus 13:5,6 (8). 2 Coríntios 6:18 (9). Atos 2:21
(10). Atos 4:12 (11). 3 João 2 (12). Romanos 8:1
(13). 2 Coríntios 5:21 (14). Hebreus 10:18 – BV
(15). Romanos 8:35 (16). 1 João 5:12 – BV (17). João 5:24
(18). Hebreus 13:5,6 – BV (19). Mateus 28:20
137
138

“O MILAGRE do novo
nascimento.
A maravilha de uma nova vida.
O consolo da verdadeira paz.
A alegria de um verdadeiro
amigo.
A bênção da boa saúde.”
139

Capítulo 19

CINCO MILAGRES DO AMOR

QUANDO VOCÊ ACOLHE Jesus Cristo na sua vida


mediante a fé, há vários resultados milagrosos que
podem ocorrer em você hoje, agora, porque Eis
agora o tempo sobremodo oportuno, eis agora o dia
da salvação.1

PRIMEIRO: Você nasceu de novo, foi criado


de novo, foi restaurado a Deus, renovado. Você se
torna um filho de Deus.
Quando você acolhe a Jesus Cristo, Deus lhe dá o
poder milagroso de tornar-se Seu filho.2

II

SEGUNDO: Você recebe uma nova vida


espiritual, a vida milagrosa de Deus por meio de
Jesus Cristo em você.
E assim, se alguém está em Cristo, é nova
criatura: as coisas antigas já passaram; eis que se
fizeram novas.3
Jesus disse: Eu vim para que tenham vida e a
tenham em abundância.4
140

III

TERCEIRO: Você recebe a paz total. A


ansiedade, a hipertensão, o medo, a culpa e a
condenação vão-se embora para sempre.
Jesus disse: Deixo-vos a paz, a minha paz vos
dou.5
Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com
Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.6

IV

QUARTO: Você é restaurado à amizade, à


comunhão e à vida com Deus, conforme o Seu
desígnio para você viver nesta Terra.
A nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho
Jesus Cristo.7

QUINTO: Seu corpo físico é afetado de tal


maneira com essa nova paz interior com Deus que
suas enfermidades desaparecem e você passa a ter
renovada saúde física e espiritual.
Servireis ao SENHOR vosso Deus, e ele abençoará
o vosso pão e a vossa água; e tirará do vosso meio as
enfermidades.8
141

Deus é quem perdoa todas as tuas iniquidades;


quem sara todas as tuas enfermidades.9

Referências Bíblicas – Capítulo 19


(1). 2 Coríntios 6:2 (2). João 1:12 (3). 2 Coríntios 5:17
(4). João 10:10 (5). João 14:27 (6). Romanos 5:1
(7). 1 João 1:3 (8). Êxodo 23:25 (9). Salmos 103:3
142

“O SOLTEIRO que explorava as


moças, e o preço do preconceito.
A razão de ser da Cruz, e o poder
do perdão.
Quando a dignidade e a honra
são restauradas, já não há medo
nem culpa diante de Deus.”
143

Capítulo 20

CARREGADO DE BENEFÍCIOS

UM COMERCIANTE SÍRIO que vivera a maior


parte da sua vida em Ghana, estava presente em
nossa grande cruzada em Accra (a capital) e ouviu o
Evangelho pela primeira vez na sua vida.
Ele nunca se casara, e tinha abusado de meninas
africanas para satisfazer as suas paixões.
Trapaceava e mentia nos negócios, e vivia uma vida
esbanjadora e desprezível.
Finalmente, perdeu a sua saúde. Teve um
derrame paralisador que inutilizou um lado inteiro
do seu corpo. Naquela condição, foi para a cruzada.
A mensagem do Evangelho, que Deus amou ao
mundo de tal maneira que deu Seu Filho Unigênito
para morrer em favor dos pecadores, foi quase
maravilhosa demais para aquele homem maldoso
entender. Mas continuou indo para a cruzada e
escutando. Finalmente, começou a raiar na sua
consciência quão grande era o peso dos seus
pecados, bem como o reconhecimento do preço
terrível que Jesus pagou para redimi-lo dos seus
pecados.
144

O conhecimento de que Jesus foi crucificado


para sofrer o castigo que ele deveria ter sofrido,
levou o homem a reconhecer como Deus o amava e
estimava, a despeito da vida que vivera.
Então compreendeu a razão da Cruz de Cristo;
que Jesus suportou a penalidade dos pecados dele
em seu lugar a fim de que ele pudesse ficar livre da
condenação e da culpa diante de Deus.
Reconheceu, finalmente, que Deus criara o
homem à Sua própria imagem, para andar com Ele e
viver o Seu estilo de vida. Deus nunca abandonou
Seu sonho: o de ter as pessoas bem perto dEle.
Sobreveio-lhe a transformação gloriosa quando
percebeu que Cristo morrera para salvá-lo da
penalidade da morte, e que Seu sangue foi
derramado para purificar e remover os pecados
terríveis que cometera.

Já sem medo

Enquanto clamava a Deus, veio-lhe uma paz


indescritível, e disse: “Meu medo e minha culpa já se
foram. Sentia-me maravilhosamente bem e
confiante, na presença de Deus. Reconhecia que
Jesus tinha sofrido o meu castigo e que, por isso, eu
estava livre e perdoado. Oh, que paz eu sentia! Foi
aquele o maior milagre. Já não sentia medo nem
culpa. Tinha paz com Deus. Meus pecados se foram.
Tinha dignidade e honra diante de Deus”.
145

Ele tinha ficado em pé no meio da multidão,


chorando e dando graças a Deus pela salvação, e
quanto finalmente recuperou a sua compostura,
deu-se conta de que desaparecera a totalidade da
sua paralisia. Esfregou o lado do rosto que antes
estava contorcido, e era perfeito ao seu tato. Sua
mão, braço e perna foram perfeitamente
restaurados. O homem foi salvo e curado no mesmo
instante.
Subiu correndo para a plataforma para dizer a
todos o que lhe acontecera.
Chorava tanto enquanto nos mostrava como sua
paralisia desaparecera! Mas parecia ainda mais
profundamente comovido enquanto nos contava
como desapareceram sua culpa e condenação. Ele
sabia que fora perdoado, e já não tinha medo de
Deus.
146

“COMO CONFIRMAR o grande


plano do amor.
A vida é maravilhosa quando
Deus é nosso amigo.
Citações de qualidade que
silenciam perguntas bobas e
avivam a confiança quieta.
Nossa nova vida gloriosa, para
ser vivida e compartilhada.”
147

Capítulo 21

JESUS CRISTO É NOSSA LIGAÇÃO

A CHAVE MESTRA à vida divina dentro de você é


compreender aquilo que Cristo fez por você quando
Ele morreu na cruz no seu lugar, e pessoalmente se
relacionar com essa obra dEle.
Jesus Cristo é a sua ligação com Deus. Ele
removeu o julgamento contra você ao sofrer em seu
lugar.
Agora, tudo quanto você precisa fazer é crer.
Você tem o direito e a liberdade de optar por crer.
No momento em que você resolver crer que a
morte de Cristo foi em seu favor, Ele entrará e
habitará com você para sempre; você será salvo.

Citações de Qualidade

Quero compartilhar com você algumas citações


bíblicas que confirmarão para você o grande plano
do amor de Deus.
A primeira citação deixa você ver como Deus
quer ter você perto dEle e como Ele quer ficar perto
de você.
Há amigo mais chegado do que um irmão ou
irmã.1
148

A próxima citação nos lembra que o grande


plano do amor de Deus se baseia, como sempre, em
nossa confiança na integridade da Sua palavra.

Sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é


necessário que aquele que se aproxima de Deus creia
que ele existe.2
O grupo de citações que segue abaixo enumera
as maneiras de Jesus Cristo Se tornar nosso
Substituto pessoal, tomar sobre Si a nossa culpa e
sofrer a penalidade dos nossos pecados na Sua
morte na Cruz em nosso favor.

Certamente Jesus Cristo tomou sobre si as nossas


enfermidades, e as nossas dores levou sobre si.3
Jesus Cristo foi traspassado e moído pelos nossos
pecados. Foi castigado para que vivamos.4
Deus fez cair sobre Jesus Cristo a culpa e os
pecados de todos nós.5
Por causa da transgressão do povo Jesus Cristo foi
ferido.6

Ele deu a sua alma como oferta pelo (nosso)


pecado.7
Jesus mesmo tomou as nossas enfermidades e
carregou com as nossas doenças.8
149

Trazido de Volta como Amigo de Deus

As citações bíblicas abaixo explicam os


resultados que podemos experimentar quando
entendemos e cremos que Jesus Cristo morreu em
nosso lugar e suportou todo o castigo e a
condenação que nós merecíamos sofrer.
Foi por meio daquilo que Seu Filho fez que Deus
abriu um caminho para que tudo viesse a Ele... pois a
morte de Cristo na cruz trouxe para todos a paz com
Deus através de Seu sangue.9
Ele fez isso por meio da morte do Seu próprio
corpo humano (substituindo você) na cruz, e agora,
como resultado, Cristo trouxe vocês à presença do
próprio Deus, e vocês permanecem firmes diante dele,
nada mais havendo contra vocês.11
A única condição é que vocês creiam inteiramente
na Verdade... convictos da Boa Nova de que Jesus
morreu por vocês.12

Identificados com Cristo

As citações bíblicas abaixo explicam como


somos pessoalmente identificados com Jesus Cristo
na Sua morte, sepultamento e ressurreição.
150

Mas ele foi transpassado pelas nossas


transgressões, e moído pelas nossas iniquidades; o
castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas
suas pisaduras fomos sarados.13
Foi crucificado com Jesus o nosso velho homem,
para que o corpo do pecado seja destruído, e não
sirvamos o pecado como escravos.14
Fomos unidos com Jesus na semelhança da Sua
morte.15
Jesus Cristo ressuscitou por causa da nossa
justificação.16

Deus nos ressuscitou... em Cristo Jesus.17


Ora, se já morremos com Cristo, cremos que
também com ele viveremos.18 Não somente no céu,
mas também aqui e agora.
Jesus disse: Eis que estou convosco todos os dias
até à consumação do século.19
Deus diz: Habitarei e andarei entre eles; serei o
seu Deus, e eles serão o meu povo.20
E Deus nos ressuscitou juntamente com Jesus
Cristo.21
O versículo bíblico abaixo resume esses fatos da
identidade:
Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu
quem vive, mas Cristo vivem em mim; e esse viver que
agora tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus,
que me amou e a si mesmo se entregou por mim.22
151

Compartilhando a Nova Vida em Deus

Passaremos a citar uns textos da Bíblia que


sempre encorajarão você a confiar firmemente no
grande plano do amor de Deus.
Portanto, considerem a velha natureza de vocês
como se estivesse morta... e, por outro lado, estejam
vivos para Deus... por meio de Jesus Cristo.23
Quando Deus o Pai, como poder glorioso, trouxe
Jesus Cristo novamente de volta à vida, a Sua
maravilhosa vida nova foi-lhes dada para que vocês
desfrutassem dela... vocês agora participam da Sua
vida nova.24
Todo o que crê em Jesus Cristo não perecerá, mas
terá a vida eterna.25
Jesus disse: Eu vim para que tenham vida e a
tenham em abundância.27
A salvação não é uma recompensa pelo bem que
fizemos... Foi o próprio Deus que fez de nós o que
somos e nos deu uma vida nova da parte de Jesus
Cristo.28
Então Deus deu a você participação na própria
vida de Cristo, porque lhe perdoou todos os pecados, e
apagou as acusações confirmadas que havia contra
você... Deste modo Deus tirou o poder de Satanás
acusar vocês de pecado e exibiu publicamente ao
mundo inteiro o triunfo de Cristo na cruz, onde foram
tirado todos os pecados de vocês.29
Portanto, quando vocês têm Cristo, têm tudo e
vocês têm a plenitude de Deus por meio da sua união
com Cristo.30
Porque tudo é vosso... e vós de Cristo, e Cristo de
Deus.31
Visto como pelo seu divino poder nos têm sido
doadas todas as coisas que conduzem à vida e à
152

piedade, pelo conhecimento completo daquele que


nos chamou para a sua própria glória e virtude.32
Pelas quais nos têm sido doadas as suas preciosas
e mui grandes promessas para que por elas vos
torneis co-participantes da natureza divina, livrando-
vos da corrupção das paixões que há no mundo.33

Referências Bíblicas – Capítulo 21


(1). Provérbios 18:24 (2) Hebreus 11:6 (3) Isaías 53:4
(4) Isaías 53:5 (5) Isaías 53:6 (6) Isaías 53:8 (7) Isaías 53:10
(8) Mateus 8:17 (9) Colossenses 1:20 – BV
(10) Colossenses 1:21 – BV (11) Colossenses 1:22 – BV
(12) Colossenses 1:23 – BV (13) Isaías 53:5 (14) Romanos 6:6
(15) Romanos 6:5 (16) Romanos 4:25 (17) Efésios 2:6
(18) Romanos 6:8 (19) Mateus 28:20 (20) 2 Coríntios 6:16
(21) Efésios 2:5,6 (22) Gálatas 2:20 (23) Romanos 6:11 – BV
(24) Romanos 6:4,5 – BV (25) João 3:15 (26) João 3:36
(27) João 10:10 (28) Efésios 2:9,10 – BV
(29) Colossenses 2:13,15 – BV (30) Colossenses 2:10
(31) 1 Coríntios 3:21,23 (32) 2 Pedro 1:3 (33) 2 Pedro 1:4
153
154

“DESCUBRA o seu valor.


O problema básico.
Compreenda a integridade de
Deus.
Deus deseja a vida para você.
O autor da sua salvação.
Identifique-se com Cristo.
Creia no Evangelho.”
155

Capítulo 22

SAIBA ESTES FATOS E VIVA

ANTES DE EU DIRIGIR você na sua oração de


confissão para receber a vida de Deus mediante a
aceitação de Jesus Cristo, vou oferecer a você um
esboço dos sete passos que você deve dar a fim de
aceitar pessoalmente o grande plano do amor de
Deus.

PRIMEIRO: Creia que Você É Valioso como


Criatura de Deus
Pois você é feitura de Deus.1
Deus criou a humanidade à sua própria imagem...
à semelhança de Deus.2
Quando, admirado, olho o céu que Tu criaste... e o
homem. Por que Ele procura Se aproximar de nós? No
entanto, o homem é apenas um pouco menor do que
Deus. Tu, Senhor, deste ao homem grande glória e
grande honra! Deste ao homem o domínio de toda a
criação, autoridade sobre todas as criaturas.3

SEGUNDO: Saiba que Desconfiar da Palavra de


Deus É o Problema Original e Fundamental
E o SENHOR disse a Adão e Eva: De toda árvore
do jardim comerás livremente, mas da árvore do
conhecimento do bem e do mal não comerás; porque
no dia em que dela comeres, certamente morrerás.4
156

Satanás os influenciou a desconfiarem da


Palavra de Deus. Ele desmentiu a Deus, dizendo: É
certo que não morrereis.5
Eva tomou-lhe do fruto e comeu, e deu também ao
marido, e ele comeu.6
Foi aquele o pecado original – desconfiar da
Palavra de Deus.

TERCEIRO: Entenda que Repudiar a Integridade


de Deus Resulta na Morte
Deus disse: no dia em que você repudiar as
Minhas instruções e comer do fruto que proibi, você
certamente morrerá.7
O salário do pecado (repudiar a integridade da
Palavra de Deus) é a morte.8
Portanto, assim como por um só homem entrou o
pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim
também a morte passou a todos os homens, porque
todos pecaram.9

QUARTO: Creia que Deus Estima Você


Demasiadamente Para Deixá-lo Morrer
Porque não tenho prazer na morte de ninguém,
diz o SENHOR Deus. Portanto convertei-vos e vivei.10
Deus não está querendo que nenhum pereça,
senão que todos cheguem ao arrependimento.11
157

Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o


seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele
crê não pereça, mas tenha a vida eterna.12

Mas Deus prova o seu próprio amor por você, ao


enviar Cristo para morrer por você.13

QUINTO: Saiba Por Que Cristo Veio e Morreu


como Seu Substituto
A penalidade do pecado é a morte.14 A morte
passou a todas as pessoas, porque todas pecaram. 15
Teríamos, portanto, que morrer pelos nossos
próprios pecados – a não ser que um Substituto
impecável Se dispusesse voluntariamente a pagar a
nossa penalidade ao morrer em nosso lugar.
Jesus Cristo, o Filho de Deus, foi tentado em
todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem
pecado.16 Não cometeu pecado.17
Tendo sido aperfeiçoado, Jesus Cristo tornou-se o
Autor da Salvação Eterna.18

Carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o


madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos
para os pecados, vivamos para a justiça.19
A Jesus Cristo que não conheceu pecado, Deus O
fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos
justiça de Deus.20
158

SEXTO: Entenda a Razão da Morte, Sepultamento


e Ressurreição de Cristo
A. Quando Jesus Cristo morreu, a antiga vida de
pecado que você tinha morreu com Ele.
Compreenda e creia que a Sua morte foi em seu
favor.
Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu
quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que
agora tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus,
que me amou e a si mesmo se entregou por mim.21
B. Quando Jesus Cristo foi sepultado, a antiga
vida de pecado que você tinha morreu com Ele.
Compreenda e creia que o sepultamento de Cristo
foi em seu favor.
Fomos sepultados com Cristo na morte.22
C. Quando Jesus Cristo foi ressuscitado dentre os
mortos, você foi ressuscitado com Ele. Compreenda
e creia que a Sua ressurreição incluía você.
Deus ressuscitou Jesus Cristo dentre os mortos, e
deu a você vida juntamente com Ele, perdoando todos
os seus delitos.23
D. Quando Jesus Cristo ressurgiu numa vida
nova, você ressurgiu para andar naquela mesma
vida divina. Compreenda e creia que a nova vida de
Cristo agora pode ser transmitida a você.
Assim como Cristo foi ressuscitado dentre os
mortos pela glória do Pai, assim também ande você
em novidade de vida.24
159

Você foi ressuscitado juntamente com Cristo.


Cristo é a sua vida.25

SÉTIMO: Creia no Evangelho e Receba Jesus


Cristo em Pessoa Agora
O grande plano do amor de Deus baseia-se na
integridade da Sua Palavra e no direito que você
tem, o de optar por crer.
Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo.26
A todos quantos recebem Jesus Cristo, Ele lhes dá
poder de serem feitos filhos de Deus.27
Quando Ele entrar na sua vida, Ele trará consigo
todo o Seu poder, saúde, e energia milagrosa. Esta
em você. Sua dignidade e honra serão restauradas.

Referências Bíblicas – Capítulo 22


(1). Efésios 2:10 (2). Gênesis 1:27; Gênesis 5:1,2
(3). Salmos 8:5,6 – BV (4) Gênesis 2:16,17 (5) Gênesis 3:4
(6) Gênesis 3:6 (7) Gênesis 2:17 (8) Romanos 6:23
(9) Romanos 5:12 (10) Ezequiel 18:32 (11) 2 Pedro 3:9
(12) João 3:16 (13) Romanos 5:8 (14) Romanos 6:23
(15) Romanos 5:12 (16) Hebreus 4:15 (17) 1 Pedro 2:22
(18) Hebreus 5:9 (19) 1 Pedro 2:24 (20) 2 Coríntios 5:21
(21) Gálatas 2:20 (22) Romanos 6:4 (23) Colossenses 2:12,13
(24) Romanos 6:4 (25) Colossenses 3:1,3 (26) Atos 16:31
(27) João 1:12
160

“CRISTO É sua ponte para a


reunião com Deus.
Você pode voltar a ter
dignidade.
Você pode voltar para casa com
Deus e viver Seu sonho original.
A oração de confissão que
restaura você ao estilo de vida de
Deus.”
161

Capítulo 23

DEUS SE UNE COM VOCÊ

PELA FÉ, relacionar-se com Jesus Cristo porque


Ele é o caminho, a ponte, o elo, o canal que dá a você
a possibilidade de reunir-se com Deus, e Ele, com
você.
Agora, você pode voltar para casa com Deus, que
o criou e que dá muito valor a você. Você pode
voltar a ter dignidade.
Deus agora pode fazer morada em você, e viver
em e através de você, de conformidade com o Seu
sonho original.
Agora mesmo, procure um lugar para estar a sós
com Deus. Fique de joelhos, e faça essa oração, em
voz alta.

ORAÇÃO

Ó DEUS, meu Pai celestial,


Tu foste quem me criaste de maneira
maravilhosa, à Tua própria imagem e
semelhança. Minha vida tem grande valor.
Sei que não devo destruir, de modo nenhum,
aquilo que Tu criaste. Nunca devo desvalorizar
aquilo que Tu estimas, nem desprezar aquilo
que Tu amas.
162

Agora sei que fui criado para andar contigo.


De modo nenhum fui criado para a solidão, a
enfermidade, a inferioridade ou a culpa.
Sem a Tua vida, tudo quanto permanece é a
deterioração e a morte.
Ó PAI no Céu, percebo agora que quando Tu
me criaste, Teu sonho era viver em mim.
Tiveste tão grande amor por mim que
achaste um modo de me salvar da deterioração e
da morte.
Tu deste Teu Filho, Jesus Cristo, para vir a
este mundo. Ele foi tentado de todas as maneiras
possíveis, mas nunca pecou. Ele nunca
desconfiou da Tua palavra nem negou a Tua
integridade. Ele era perfeito e sem pecado.
Ele se tornou meu Substituto e tomou sobre
Si o castigo de todos os meus pecados, quando
Ele morreu na cruz.
Eu me identifico, aqui e agora, com Jesus
Cristo.
Quando Ele morreu, minha velha vida
pecaminosa morreu.
Quando Jesus foi sepultado, minha velha vida
pecaminosa foi sepultada também.
Quando Jesus foi ressuscitado dentre os
mortos numa vida nova, Sua vida nova foi
oferecida a mim.
163

Tu prometeste que se eu receber Jesus Cristo


pela fé, o Teu poder me criaria de novo como
Teu filho, e eu teria a nova vida em Cristo.
Aqui e agora, abro o meu coração e recebo
Jesus Cristo e Sua nova vida em mim, como meu
Salvador e meu Senhor.
Creio que ao receber a Jesus, recebo a Ti, ó
Deus.
Creio que Tu agora voltaste para habitar em
mim, segundo Teu plano original quando me
criaste.
Creio que estou salvo. Tu e eu estamos em
harmonia de novo, por causa daquilo que Teu
Filho, Jesus, fez em meu lugar.
Ó JESUS, meu Senhor, posto que Tu pagaste o
preço integral incorrido pelas minhas
transgressões, nunca poderá haver mais nada
para eu ter que pagar.
Agora estou restaurado a Deus, meu Pai,
mediante Jesus, meu Salvador.
PAI QUERIDO, toda a abundância que Tu
criaste nesta Terra é para me abençoar. Agora,
Tu fornecerás tudo quanto necessito, e me
orientarás para obtê-lo.
Tu és o meu grande Médico. Sabes quão
maravilhosamente fui feito. Vives em mim
agora. Tua vida milagrosa é a vida em mim que
me cura agora.
164

Não haverá mais solidão, ó Senhor, porque


Tu és meu Amigo. Tu vives em mim, e eu em Ti.
Meus pecados já foram castigados. Nunca
poderão ser castigados de novo. Minha dívida foi
paga. Nenhuma dívida poderá ser paga duas
vezes.
Estou salvo, aqui e agora.
Creio, e estou livre.
Obrigado, ó Pai, e obrigado, Senhor Jesus.
AMÉM!
165
166

O PLANO DO AMOR
(Em 60 segundos)

EU ME RELACIONO com o grande plano do amor


de Deus. Ele me criou para compartilhar do Seu
Estilo de Vida.
Sei que Seu plano original era para a felicidade
e a saúde, sem inferioridade, como Adão e Eva.
Eles, porém, desconsideraram a Sua Palavra. Foi
aquela a origem dos problemas da humanidade.
Então, o grande Plano do Amor de Deus me
salvou. Jesus tomou sobre Si os meus pecados,
morreu em meu lugar, e depois voltou para me
oferecer a NOVA VIDA de Deus.
Eu me relaciono com Ele porque, posto que Ele
suportou a minha penalidade, em meu nome, posso
receber nova vida e ser restaurado como se nunca
tivesse cometido pecado.
Foi a idéia do amor, a de não me deixar morrer
no vazio, mas pagar o preço dos meus pecados, e me
restaurar ao Estilo de Vida de Deus.
Agora, estou em casa com Deus. Ele me
abençoa com o MELHOR da vida por meio de Jesus
Cristo. Recuperei a dignidade. O PLANO DO AMOR
FOI BEM-SUCEDIDO.
Dr. T.L. Osborn
167

Capítulo 24

A DIGNIDADE RECONQUISTADA

AGORA VOCÊ ESTÁ restaurado a Deus, à honra,


à dignidade, ao seu próprio valor.
Uma vida milagrosa começou em você.
É por isso que escrevi este livro.
Escreva a Daisy e a mim (em inglês somente).
Conte-nos a respeito da sua nova experiência e o
que significa fazer parte do grande plano do amor
de Deus. Responderemos. Seremos amigos. Sempre
quando você tiver um problema ou uma mágoa ou
uma necessidade, nós o ajudaremos.
Podemos ser sócios na obra de ajudar outras
pessoas a descobrir o grande plano do amor de
Deus e Seu maravilhoso estilo de vida.
A partir do dia em que recebermos notícias suas,
Daisy e eu estaremos orando fervorosamente para o
melhor da parte de Deus chegar a você e aos seus
entes queridos.
Nós lhe enviaremos uma lista de outros livros
que escrevemos para ajudá-lo. Um deles é chamado
“O Melhor da Vida”, cheio de idéias tremendas e
poderosas para ajudar você a experimentar o
melhor da vida.
Gravamos alguns álbuns notáveis de cassetes
que poderão ser de grande utilidade e inspiração
para você.
168

Jesus fez uma promessa maravilhosa:


Se você me confessar diante dos homens, também
eu o confessarei diante de meu pai que está nos céus.1
A maneira mais maravilhosa de agradecer a
Deus pelo Seu grande plano do amor é compartilhar
essas informações alegres com outras pessoas.
Como um ato de fé, escreva-nos (somente em
inglês) hoje mesmo.
Assim fica registrada sua decisão de confiar no
grande plano do amor de Deus para você.
Registrar sua decisão será um testemunho
permanente da sua experiência hoje.
Agradeceremos o recebimento de sua carta, e lhe
enviaremos algumas idéias inspiradores para
encorajá-lo.

Referências Bíblicas – Capítulo 24


(1). Mateus 10:32
169

O MINISTÉRIO MUNDIAL DOS ORBORN

O ministério de T. L. e Daisy Osborn fez um


impacto sem precedentes no mundo de nossos
tempos. São estimados entre os grandes ganhadores
de almas de nosso século.
Casados com as respectivas idades de 17 e 18
anos, os Osborn já foram missionários na Índia com
20 e 21 anos. Em 1949 instituíram a Fundação
Osborn – uma organização eclesiástica da obra
mundial de evangelismo e missões.
A dedicação da sua vida: Expressar e propagar
o Evangelho de Jesus Cristo às pessoas em todas as
partes do mundo.
Seu princípio orientador: A suprema
prioridade da Igreja é a evangelização do mundo.
Seu lema: Um Só Caminho – Jesus; Uma Só
Tarefa – O Evangelismo.
Os Osborn já realizaram cruzadas em massas em
quase 70 nações, pregando a auditórios numerando
entre 10.000 e 200.000 pessoas por noite.
Têm patrocinado mais de 20.000 pregadores
nacionais como missionários com tempo integral,
alcançando suas próprias tribos e aldeias.
Têm publicado literatura evangelizante em 132
idiomas e dialetos.
Já produziram filmes documentários e fitas das
cruzadas, para o evangelismo público em 65
idiomas.
170

Já forneceram cargas aéreas e enormes entregas


de material visando ganhar almas à missões e
obreiros do Evangelho em todo o mundo.
Forneceram veículos com filmes, projetores,
telas, geradores, sistemas áudio-portáteis, áudio-
cassetes e toca-fitas, e grandes quantidades de
literatura para a evangelização no exterior.
T. L. Osborn é um escritor poderoso e prolífico
cujos livros têm ajudado a estimular o
despertamento mundial do evangelismo milagroso.
Seu clássico livro: CURAI ENFERMOS – agora na sua
27ª edição – tem sido um sucesso de saída, que
edifica a fé, desde 1951.
O esforço de equipe feito pelos Osborn no
evangelismo mundial é sem paralelo ao
proclamarem ao mundo as Boas Novas: “Jesus Cristo
ontem e hoje é o mesmo, e o será para sempre”
(Hebreus 13:8)

T. L. OSBORN
BOX 10
TULSA, OK. 74102 – USA

Osborn Ministries International


https://osborn.org

Versão Digital: W. Costa.