Você está na página 1de 26

1

INTRODUÇÃO

Devido ao padrão de beleza imposto atualmente, somado ao crescimento do


número de pessoas obesas e com sobrepeso no Brasil, observa-se insatisfação com a
imagem corporal e maior preocupação e desconforto com o corpo, aumentando desta
forma a procura por tratamentos estéticos.

As mulheres são as que mais procuram tais tratamentos, provavelmente pelo


estilo de vida atual (fumo, stress, bebida alcóolica, vestuário), falta de atividade física e
alimentação inadequada, bem como as alterações hormonais podem provocar o
aumento do peso, volume e alterações do contorno corporal. Desta forma, cresce a
procura por massagens tidas como redutoras ou modeladoras, e, por isso, observa-se a
grande oferta em serviços e clinicas de estética e massoterapia.

Quando executada adequadamente a lipomassagem pode auxiliar na redução


de medidas e edemas, auxiliar na circulação sanguínea, no metabolismo, nas respostas
neuromusculares, harmonizar os contornos corporais e minimizar a ansiedade e a
depressão, contribuindo para o aumento da auto-estima e da qualidade de vida.

Luana Barczyszyn - Fisioterapeuta e Técnica em Estética


Contato: luana.fisio@yahoo.com.br
Curso Profissionalizante em Massoterapia – Faculdade Inspirar - 2017
HISTÓRIA DA MASSAGEM

Não se pode precisar ao certo quando e


onde a massagem teria começado
oficialmente, porém é de se supor que desde
tempos primitivos o ser humano utiliza suas
mãos em contato com o corpo para aliviar
dores, reconfortar os aflitos. O uso das mãos
com objetivos terapêuticos parte de uma época tão mais primitiva quanto o próprio
homem.

A aplicação das mãos em regiões de feridas, o esfregar ativo logo após uma
contusão na região afetada, o golpear em forma de percussões sobre uma zona
corporal congelada ou anestesiada, o beliscar de um membro intumescido são
exemplos considerados gestos manuais e naturais, característico não apenas dos
homens primitivos e civilizados, mas também de animais inferiores, especialmente os
mamíferos.

Querer ficar mais bonito, no entanto, não é


uma preocupação exclusiva das mulheres dos
tempos modernos. Em toda a história da
humanidade, sempre houve a tentativa de se
embelezar e de disfarçar todos os defeitos, muitas
vezes mais imaginários do que reais.

Não é à toa que somos o segundo país do mundo em número de cirurgias


plásticas e, possivelmente, vice-campeão também em tratamentos estéticos (técnicas
para rejuvenescer e melhorar a aparência, contra rugas, gordura localizada, celulite,
flacidez, estrias...), atrás apenas dos Estados Unidos (EUA).
CONCEITO DE MASSAGEM

Em 1952, Gertrude Beard definiu massagem como sendo:

“O termo usado para designar certas MANIPULAÇÕES DOS TECIDOS MOLES do


corpo; estas manipulações são efetuadas com maior eficiência com as MÃOS e são
administradas com a FINALIDADE DE PRODUZIR EFEITOS sobre os sistemas nervoso,
muscular, respiratório, circulação sanguínea e linfática em geral”.

Por ser uma forma de terapia, também pode ser conhecida


como MASSOTERAPIA. Pode ser aplicada a partes do corpo ou continuamente a todo
o corpo, para curar traumas físicos, aliviar stress psicológico, controlar a dor, melhorar
a circulação, melhorar a aparência estética e aliviar tensões. Quando a massagem é
utilizada para benefícios físicos e mentais, ela pode ser chamada de “Terapia de
Massagem Terapêutica”.

EFEITOS DA MASSAGEM

A massagem é benéfica devido a sua influência sobre diversos processos


orgânicos. Esses efeitos são considerados:

• MECÂNICOS

• FISIOLÓGICOS

• PSICOLÓGICOS

Todos são relevantes e, na verdade estão interligados uns com os outros e com
fatores emocionais subjacentes.
EFEITOS MECÂNICOS

Os efeitos mecânicos referem-se às influências diretas que a massagem exerce


sobre os tecidos moles que estão sendo manipulados. Entretanto, é difícil atribuir a
uma manobra de massagem um efeito que seja puramente mecânico, porque até
mesmo o simples contato com a pele do paciente estabelece uma resposta tipo
reflexo. O efeito reflexo da massagem ocorre de modo indireto. Os mecanismos
neurais são influenciados pela intervenção e pela ação manual sobre os tecidos, e a
massagem é uma força de intervenção.

Movimentos de: Mobilização de:


Linfa Fibras musculares
Sangue venoso Massas musculares
Secreções pulmonares Tendões
Edema Pele e tecido subcutâneo
Conteúdo intestinal Tecido cicatricial
Hematoma Aderências

EFEITOS FISIOLÓGICOS

Os efeitos mecânicos da massagem dão origem a uma série de efeitos


fisiológicos importantes.

 EFEITOS SOBRE A CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA E LINFÁTICA


Sistema linfático

O sistema linfático é uma VIA ACESSÓRIA DE CIRCULAÇÃO pela qual o líquido


pode retornar dos espaços intersticiais para o sangue.

Este sistema é composto por capilares linfáticos, que são os linfáticos iniciais, os
quais chegam aos troncos linfáticos e desembocam à direita no ducto linfático e à
esquerda do ducto torácico. O sistema linfático não possui um órgão central
bombeador como o sistema cardiovascular que é o coração. Ele possui válvulas em
todo o seu trajeto, fazendo com que a linfa seja levada em uma única direção.

O SISTEMA LINFÁTICO RETIRA O LÍQUIDO ACUMULADO NO ESPAÇO


INTERSTICIAL e o leva de novo ao sangue por meio de drenagem dos ductos linfáticos,
fluindo pelo canal torácico, junto às junções venosas da veia jugular interna e subclávia
bilateralmente. No trajeto dos vasos linfáticos, encontramos grupos de linfócitos
encapsulados que são chamados de linfonodos ou gânglios linfáticos, os quais filtram a
linfa exercendo sua função sobre o sistema imunológico (sistema de defesa).

 EFEITO SOBRE A METABOLISMO


 EFEITO SOBRE O DOR
 EFEITOS SOBRE A PELE
 EFEITOS SOBRE OS MÚSCULOS
 EFEITOS SOBRE O SISTEMA RESPIRATÓRIO
 EFEITO SOBRE OSSOS E ARTICULAÇÕES
 EFEITO SOBRE AS VÍSCERAS (ÓRGÃOS)
 EFEITO SOBRE O SISTEMA IMUNOLÓGICO
 EFEITO DA LIBERAÇÃO DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS

Luana Barczyszyn - Fisioterapeuta e Técnica em Estética


Contato: luana.fisio@yahoo.com.br
Curso Profissionalizante em Massoterapia – Faculdade Inspirar - 2017
 EFEITO SOBRE O TECIDO ADIPOSO

Ao longo do tempo foram feitos muitos relatos e estudos de que a massagem


remove depósitos de tecido adiposo subcutâneo. É improvável que a massagem
denominada redutora de resultados satisfatórios se for utilizada como TRATAMENTO
ÚNICO. Indiretamente, atua sobre a diminuição do tecido adiposo, já que intensifica a
circulação e o metabolismo local, auxiliando na reabsorção das gorduras, mas deve ser
acompanhada por DIETA ADEQUADA E REALIZAÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA, E
CONTINUIDADE AO TRATAMENTO PROPOSTO.

Mais adiante no material de apoio, vamos estudar as principais características


do tecido adiposo.

EFEITOS PSICOLÓGICOS

Os efeitos psicológicos da massagem podem ser


tão benéficos para alguns pacientes quanto os efeitos
fisiológicos. As mãos ajudam o paciente a sentir que
alguém o está ajudando. Entre eles, o alívio da dor é o
mais relatado, visto que a dor depende intensamente da percepção do paciente.

OUTROS EFEITOS: relaxamento físico, alívio da ansiedade e do estresse,


estimulação da atividade física e sensação geral de bem estar.

TECIDO CONJUNTIVO

Em nosso organismo, existe um tecido denominado de TECIDO CONJUNTIVO


OU CONECTIVO, que envolve a estrutura dos outros tecidos, bem como dos órgãos
internos, unindo-se e vinculando-se entre si. Esta presente entre os músculos, tendões,
ligamentos. Dá sustentação a maior parte dos órgãos. Encontra-se também debaixo da
pele, em toda sua extensão, com a denominação de tecido celular subcutâneo.

Luana Barczyszyn - Fisioterapeuta e Técnica em Estética


Contato: luana.fisio@yahoo.com.br
Curso Profissionalizante em Massoterapia – Faculdade Inspirar - 2017
É nutrido por uma rica rede sanguínea e percorrido por finos complexos
nervosos. Suas MÚLTIPLAS FUNÇÕES, sua resposta sensível e a nobreza de suas
reações, fazem com que sua saúde seja fundamental para o bom funcionamento de
todo o corpo humano. Exerce também um papel de “mensageiro”, pois encarrega-se
de informar ao resto do organismo, caso haja alguma anomalia.

Apresenta três estruturas fundamentas.

A) CÉLULAS

 Células adiposas (adipócitos): representam a sede de importante atividade


metabólica de estocagem de material liquido-energético.
 Fibroblastos: colaboram na formação das fibras e na sustância fundamental
 Células móveis: histócitos, mastócitos e linfócitos (células de defesa)

B) SUBSTÂNCIA FUNDAMENTAL AMORFA (SFA)

Atua como “armazém” de materiais que dão lugar as fibras. Possui consistência
em forma de geléia e é constituída de glicosaminoglicanos polimerizados, tais como
ácido hialurônico e o ácido condroitil sulfúrico. Caracteriza-se por um sistema que sem
interrupção instala-se de ponta a ponta no organismo e desta maneira os materiais
existentes no mesmo difundem-se através desta substância. Serve como regulador
metabolismo do tecido, pois os produtos nutritivos que contém podem passar aos
capilares e ás células. Sua missão é cuidar das constantes do equilíbrio dinâmico
existente no organismo. A sustância é rica em água e se torna mais densa e viscosa no
caso de uma hiperpolimerização.
C) FIBRAS

Formam um entramado, que se mistura com o resto dos componentes do


tecido conjuntivo. São proteínas e se classificam em três tipos:

 Colágenas
 Elásticas
 Reticulares

Essas fibras seguram e mantêm os músculos, vísceras e nervos do organismo.

TECIDO ADIPOSO ou TELA SUBCUTÂNEA

O TECIDO ADIPOSO É UMA FORMA ESPECIALIZADA DE TECIDO CONJUNTIVO,


formado por células chamadas ADIPÓCITOS. Podem ser encontrados de forma isolada
ou em pequenos grupos, nas malhas de muitos tecidos conjuntivos, ou ainda
agrupados em grandes áreas do corpo, como no tecido subcutâneo.
Existem dois tipos de tecido adiposo identificáveis pela estrutura, localização,
cor, função, inervação e vascularização de suas células, sendo classificado em tecido
ADIPOSO AMARELO (UNILOCULAR) e TECIDO ADIPOSO PARDO (MULTILOCULAR).

O tecido adiposo amarelo representa septos de conjuntivo, que possui vasos e


nervos. Desses septos partem fibras reticulares que vão sustentar as células adiposas.
A troca gasosa entre as células adiposas e a corrente sanguínea é intensa, contribuindo
para isso a rica vascularização do tecido conjuntivo.

Em pessoas com peso normal, o tecido adiposo corresponde a:

• 20 a 25% do peso corporal na MULHER

• 15 a 20% do peso corporal no HOMEM

O TECIDO ADIPOSO É O MAIOR DEPÓSITO DE ENERGIA DO CORPO, sob a


forma de triglicerídeos (três moléculas de ácidos graxos e um glicerol). Ele também
preenche os espaços da cavidade abdominal, mantendo os órgãos em suas posições,
contribuindo para o isolamento térmico do organismo e, entre outras funções, define
e modela os contornos do corpo, de maneira diferenciada no corpo do homem e no da
mulher.

Essa reserva de triglicerídeos não é estável,


pois se renova constantemente e é influenciada por
estímulos nervosos e hormonais.

O adipócito possui como principal


característica o armazenamento de gordura por
meio da dieta, disponibilizando ao organismo, de forma modulada, e quando
necessário, fornecendo energia. O tecido adiposo é constituído basicamente por
lipídeos derivados de ácidos graxos e a principal maneira de armazená-los é sob a
forma de triglicerídeos.
10

A quantidade desse tecido varia nas diferentes partes do corpo, não existindo
em algumas regiões. Geralmente ela é mais espessa no sexo feminino do que no
masculino e sua distribuição é diferente nos dois sexos, determinando caráter sexual
secundário. Essa variação é regulada pelos hormônios sexuais e adrenocorticais.

A grande maioria das mulheres tem facilidade de acumular gordura nos

quadris, ou seja, os culotes, determinando a forma GINÓIDE (pêra) do corpo.

Já os homens, normalmente acumulam gordura a nível abdominal (víscero-

abdominal), determinando a forma ANDRÓIDE (maça). A localização desse tipo de


gordura também é comum nas mulheres acima dos 40 anos, principalmente após a
menopausa, justamente porque nesse período há uma redução na produção de
estrogênio, podendo fazer com que o acúmulo de gordura, até então comum nos
glúteos, coxas e quadril migre para a cintura, interferindo na quantidade de gordura
abdominal.

O tecido adiposo é inervado por fibras simpáticas do sistema nervoso


autônomo. Esta inervação desempenha um papel importante na mobilização das
gorduras, quando os organismos são sujeitos a atividades físicas intensas, jejuns
prolongados ou frio.
11

Os adipócitos possuem receptores β-adrenérgico (ESTIMULATÓRIO)

eα adrenérgicos (INIBITÓRIO). A quantidade destes receptores presentes nos

adipócitos varia de acordo com a região do corpo, sendo que os receptores do tipo
ALFA- ADRENÉRGICO (Α)- INIBITÓRIO estão presentes em maior quantidade em
adipócitos da região glútea e coxas. Por isso é mais difícil a redução de medidas desta
região, pois estes receptores inibem a lipólise, ao contrário da região abdominal, que
possui mais receptores BETA- ADRENÉRGICO (Β )- ESTIMULATÓRIO, favorecendo a
LIPÓLISE (QUEBRA DE GORDURA).

LIPÓLISE

A mobilização ou quebra da gordura (LIPÓLISE) está sob controle nervoso e


hormonal. As terminações nervosas são encontradas apenas na parede dos vasos
sanguíneos, os adipócitos não são diretamente inervados. A liberação do
neurotransmissor (noradrenalina) ativa a lipase sensível a hormônio. Essa enzima
hidrolisa (quebra) os triglicerídeos, liberando moléculas de ácidos graxos e glicerol. Os
ácidos graxos, que são quase insolúveis na água, ligam-se a moléculas de albumina do
plasma sanguíneo e são transportados pelo sangue para outros tecidos em que serão
utilizados como fonte de energia, por exemplo, o tecido muscular. O glicerol muito
solúvel no plasma é captado pelo fígado e reaproveitado.

Em especial, no caso das mulheres a ação do estrogênio ( principal hormônio


feminino) causa nos adipócitos uma aumento na resposta dos receptores alfa (α)
adrenérgicos (antilipolíticos) e estimula a lipase lipoproteica (LPL) responsável pela
LIPOGÊNESE (FORMAÇÃO DE GORDURA).

Já na matriz intersticial, o estrogênio estimula a produção dos fibroblastos


levando a hiperpolimeralização do ácido hialurônico e perda da elasticidade das fibras
colágenas. Na microcirculação, aumenta a permeabilidade e diminui o tônus vascular,
facilitando o edema e diminuindo o fluxo sanguíneo o que também estimula a
LIPOGÊNESE (FORMAÇÃO DE GORDURA).

Estudos histológicos comprovaram que a célula adiposa pode apresentar:


HIPERPLASIA (aumento do número de células adiposas): ocorre em casos de
obesidade de origem infantil ou na adolescência e HIPERTROFIA (aumento do
tamanho dos adipócitos): ocorre em obesidades desenvolvidas na fase adulta.

A arquitetura do tecido adiposo mostra que as células adiposas estão dentro de


septos de tecido conjuntivo, que possuem a função de ligar a derme reticular à fáscia
muscular. Esta arquitetura tecidual também apresenta diferenças sexuais. NAS
MULHERES AS FIBRAS SÃO FINAS E FROUXAS E PERPENDICULARES A PELE E OS
ADIPÓCITOS SÃO MAIORES, ligando a pele ao tecido muscular mais profundo.

NOS HOMENS AS FIBRAS SÃO MAIS GROSSAS E RÍGIDAS E OS ADIPÓCITOS


MENORES se ligam à musculatura de forma oblíqua, como mostra o desenho abaixo:

Quando aumenta o tamanho do tecido gorduroso na mulher por causa do


acúmulo de gordura, este tecido se expande em direção à pele e quando o mesmo
acontece no homem, às fibras resistem à expansão em direção à pele e dirigem o
tecido gorduroso em direção à profundidade, não aparecendo assim às irregularidades
da celulite.

LIPODISTROFIA LOCALIZADA

A gordura localizada representa atualmente


o verdadeiro “FANTASMA” para as mulheres. Nem
sempre ela vem acompanhada de excesso ou de
sobrepeso, mas representa determinados locais de
acúmulo que comprometem a estética corporal como um todo.

CARACTERIZA-SE PELO DESENVOLVIMENTO IRREGULAR DO


TECIDO CONJUNTIVO ADIPOSO SUBCUTÂNEO
POPULARMENTE CONHECIDO COMO
GORDURA LOCALIZADA. Pode ser genético, produzida por alterações posturais ou
circulatórias.

Na LIPODISTROFIA, os adipócitos se APRESENTAM AUMENTADOS COM UMA


QUANTIDADE DE TRIGLICERÍDEOS MAIOR que outras regiões.

A LIPODISTROFIA é um distúrbio em que a gordura permanece em


determinadas regiões como quadris, abdome e coxas, mesmo quando o indivíduo
emagrece. Existem outras regiões que igualmente
são utilizadas como depósito de gordura, como o
interior da cavidade abdominal, entre as alças
intestinais, chamada de gordura visceral, porém a
maior quantidade do tecido adiposo está
armazenada sob a pele, no tecido subcutâneo.
CONCEITO DE LIPOMASSAGEM
A LIPOMASSAGEM, conhecida também como LIPO MANUAL ou
POWER MASSAGE é uma técnica de manipulação manual, com o objetivo de reduzir a
gordura localizada e a celulite, através de
movimentos vigorosos e de ritmo intenso aliados
a deslizamentos, realizados em regiões
específicas do corpo, melhorando a imagem
corporal.

As manobras de lipomassagem acontecem no tecido conjuntivo,


principalmente na camada adipocitária, que esta localizada entre a camada dérmica e
a massa muscular. Esta camada é bastante vascularizada e contém fibras elásticas e
colágenas em sua constituição.

A MASSAGEM LIPOMODELADORA é uma técnica que permite ESCULPIR


glúteos, coxas, abdome e braços, pontos nos quais a gordura se concentra, o poder
modelador oriunda da utilização de MOVIMENTOS RÁPIDOS, REPETITIVOS E FIRMES
sobre os tecidos do corpo. Ela auxilia na desobstrução dos poros, deixando a pele
hidratada e nutrida. Atua também sobre as células mortas, apressando sua eliminação,
estimula a circulação sanguínea, mobilização e fluidificação da gordura ocorrendo
também uma hiperemia local. Sua ação também pode ser percebida na eliminação de
líquido devido a sua ação também a nível do sistema linfático. Quando
adequadamente aplicada agrega a utilização de COSMÉTICOS LIPOLÍTICOS onde os
efeitos benefícios da massagem estética corporal são INTENSIFICADOS.
ACÕES DA LIPOMASSAGEM:

• As manobras de estimulação melhoram a circulação arterial e


promovem um aporte de nutrientes para as células.

• Os movimentos de rolamento do tecido adiposo estimulam a


vasodilatação dos capilares arteriais e também promovem a drenagem, pois
respeitam a circulação de retorno veno-linfático.

• As manobras desta massagem permitem um ritmo, velocidade e


pressões diferenciadas de acordo com a massa adiposa a ser tratada.

• As manobras de rolagem associadas a deslizamentos e o trabalho


continuo das sessões apresentam um efeito de modelagem corporal.

• O estímulo manual promove a circulação de nutrientes e oxigenação


dos tecidos.

• Manobras mais profundas desintoxicam a musculatura pelo retorno


venoso e linfático, e promovem também um relaxamento da musculatura.

INDICACÕES DA LIPOMASSAGEM

A técnica de lipomassagem é indicada para prevenção e tratamento das


seguintes afecções estéticas

 Gordura localizada (adiposidade localizada)


 Celulite (FEG)
 Edemas
 Modelagem corporal
CONTRA- INDICAÇÕES DA LIPOMASSAGEM

A técnica de lipomassagem é contra- indicada nas seguintes situações:

 Infecções – inflamações
 Febre
 Histórico de trombose ou embolia
 Neoplasias/ CA
 Dermatites e feridas
 Trombose
 Problemas cardíacos descompensados
 Gestantes
 Lesões traumáticas ósseas e musculares recentes
 Veias protuberantes (varizes)
 Região com varicozes
 Hipertenso e hipotensos (descompensado)
 Entre outras ...

CELULITE

OUTRAS TERMINOLOGIAS: Hidrolipodistrofia, infiltração


celulítica, fibro-edema-gelóide (FEG), lipodistrofia localizada
ginóide, etiologia dermatopaniculopatia edematosa,
paniculopatiafibroedematosa (PEFE).

A LIPODISTRIFIA GINOIDE pode ser definida como


uma INFILTRAÇÃO EDEMATOSA DO TECIDO CONJUNTIVO
SUBCUTÂNEO, não inflamatória, seguida de POLIMERIZAÇÃO DA SUBSTÂNCIA
FUNDAMENTAL que se infiltrando nas tramas, produz uma REAÇÃO FIBRÓTICA
CONSECUTIVA. Há também AUMENTO NA ESPESSURA E NA CONSISTÊNCIA DOS
TECIDOS SUBCUTÂNEOS, AUMENTO DA SENSIBILIDADE E DIMINUIÇÃO DE SUA
MOBILIDADE, por meio de aderência superficial e profunda.

Existe ainda uma alteração dos diversos elementos do tecido conjuntivo


subcutâneo que levam a hiperviscosidade da substancia fundamental ligada a estase
capilovenular e linfática. Desencadeia-se, então, uma avalanche de sinais com
transformação do tecido adiposo em tecido celulítico.

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS ANATOMO-FISIOLÓGICAS DO TECIDO


COM CELULITE

• Aumento do número de volume de células adiposas;

• Espessamento e proliferação das fibras colágenas que provocam


ingurgitamento tecidual;

• Vasos linfáticos e capilares danificados;

• Rompimento de fibras elásticas;

• Má oxigenação, desorganização e falta de elasticidade.


TEORIAS

Apesar de muitos estudos sobre celulite, não são conhecidas com exatidão por
serem muito diversas e variadas. Vejamos algumas teorias sobre o assunto:

 TEORIA PSICOSSOMÁTICA
 TEORIA ENDÓCRINA
 TEORIA CIRCULATÓRIA
 TEORIA QUÍMICA

ETIOLOGIA

• PREDISPONENTES: hereditariedade; idade; sexo; desequilíbrio hormonal,


obesidade.

• DETERMINANTES: stress; fumo; sedentarismo; constipação intestinal;


desequilíbrio glandular e metabólico; alimentação.

• CONDICIONANTES: causas reflexas; causas mecânicas.

FASES

A celulite pode ser descrita através de 4 fases. São elas:

1ª FASE: Não é percebida pelo cliente, é uma fase breve, puramente circulatória e de
estase venosa e linfática. Pode haver hipertrofia de células adiposas. Ocorre
diminuição da drenagem do liquido intercelular. Fase congestiva simples.

2 ª FASE: Fase EXSUDATIVA, há uma estase circulatória aumentada, devido a invasão


de mucopolissacarídeos e eletrólitos.

3 ª FASE: Considerada NODULAR. Existe a formação de um tecido fibroso que irá gerar
uma compressão de todos os compostos do tecido conjuntivo.
4 ª FASE: Há fibrose cicatricial, atrófica, irreversível. Pela compressão ocorrerá uma
irritação continua nas terminações nervosas resultando em dor a palpação.

FORMAS CLÍNICAS

• COMPACTA OU DURA

• FLÁCIDA

• EDEMATOSA

• MISTA

CLASSIFICACAO EM GRAUS

DIAGNÓSTICO

O diagnostico da celulite é feito por meio de uma ANAMNESE COMPLETA que


tem grande importância para a escolha e realização do tratamento e um exame físico,
composto por INSPEÇÃO E PALPAÇÃO. A palpação deve ser feita por pinçamento,
palpação profunda, pressão deslizante. A realização do teste também pode auxiliar no
diagnostico.
20

Teste de “casca de laranja”: pressiona-se o tecido adiposo entre os dedos polegar e


indicador ou entre as palmas das mãos e a pele se parecerá como uma “casca de
laranja”

LOCALIZAÇÃO

As regiões mais afetadas são a porção superior da coxa, interna e


externamente, porção interna do joelho, região abdominal, glútea e porção superior
dos braços anterior e posteriormente.

CONDIÇÕES BÁSICAS PARA A LIPOMASSAGEM

 AUTOPREPARAÇÃO
 CONHECIMENTO DA ANATOMIA
 PREPARAÇÃO DAS MÃOS
 O AMBIENTE DE TRABALHO
 EQUIPAMENTOS E UTENSÍLIOS
 COBERTURA E POSICIONAMENTO DO CLIENTE
 POSTURA DO PROFISSIONAL
 EXAME DO SEGMENTO A SER TRATADO
 PREPARAÇÃO DO CLIENTE
 RELACIONAMENTO ENTRE CLIENTE E O TERAPEUTA
21

PRODUTOS COSMÉTICOS

A cada ano são lançados milhares de novos


cosméticos no mercado mundial. São dezenas de
marcas e inúmeras opções. O consumidor esta cada
vez mais atento e exigente e faz questão de buscar a
qualidade, principalmente no que se referre as
propriedades cosméticas.

Na maioria das vezes é necessário o uso de algum tipo de lubrificante como:


óleos, loções e cremes, para favorecer a execução dos movimentos.

Podemos utilizar vários tipos de creme, porém, deve ser ligeiramente absorvido
pela pele, e a quantidade exata depende de cada pele e das mãos do massoterapeuta.

ATIVOS COSMÉTICOS E SUAS AÇÕES

A indústria cosmética cria e recria a cada dia.


Inúmeras são as fontes de extração dos ativos
cosméticos. Com um processo tão dinâmico é preciso
ficar atenta à função de cada um dos ativos
pertencentes aquele produto.

Os ATIVOS SÃO ELEMENTOS FUNDAMENTAIS PARA QUE COSMÉTICOS e


dermocosméticos exerçam efeitos e benefícios na pele. São eles os principais
componentes da fórmula de produtos que vão desde emulsões regeneradoras, até
máscaras, pós-clareadores e loções antirrugas e anti-idade e cremes corporais com
diferentes finalidades de tratamento.

São substâncias químicas ou biológicas que possuem atividade


comprovadamente eficaz sobre as células do tecido. Enquanto o veículo é responsável
pelo transporte, pela forma cosmética e finalmente por garantir a melhor penetração
na pele, O PRINCÍPIO ATIVO PROMOVE A AÇÃO ESPECÍFICA SOBRE A CÉLULA, que
pode ser de várias formas, por exemplo: hidratação, nutrição, cicatrização,
revitalização, ação drenante, lipolítica entre outros.

Para Leonardi e Chorilli (2010), diferentes veículos podem ser usados nas
formulações anticelulite e gordura localizada. Porém é muito importante que o veículo
apresente boa espalhabilidade a fim de permitir massagem durante sua aplicação, pois
isso por si só ativará a circulação.

Os produtos destinados à prevenção e o tratamento da celulite e gordura


localizada devem lubrificar a pele, a fim de facilitar os movimentos da mão. É
interessante ainda, que o produto contenha substâncias que proporcionem
aquecimento da pele, os quais também colaboram para melhorar da circulação.

Os produtos para o tratamento da celulite e gordura localizada podem atuar


estimulando a lipólise através da quebra dos triglicérides em ácidos graxos e glicerol,
melhorando a drenagem ( por meio dos ativadores da circulação ) e reestruturando o
tecido lesado ( através de renovadores do colágeno). Os ativos como a cafeína, L-
carnitina, Coenzima A, fosfatidilcolina, silícios orgânicos, extratos vegetais, são
conhecidos por auxiliarem no processo de lipólise.

Segundo GUIRRO e GUIRRO (2002), os ativos farmacológicos utilizados na


terapêutica da gordura localizada atuam no tecido conjuntivo ou na microcirculação,
podendo ser utilizados por via tópica, sistêmica ou transdérmica.

Uma lista com a relação dos ativos cosméticos de ação drenante,


vasoprotetores, ativadores da circulação, lipolíticos encontra-se em anexo ao final
deste material de apoio.
ANAMNESE - (FICHA DE AVALIAÇÃO)

Anamnese ou Ficha de Avaliação, é uma entrevista


realizada pelo profissional de saúde, no caso pelo
massoterapeuta com seu cliente, com a intenção de ser um
ponto inicial no tratamento desejado. Uma anamnese, como
qualquer outro tipo de entrevista, possui formas e técnicas
corretas de serem aplicadas.

O termo Anamnese tem origem grega e significa “trazer de novo a memória”.


Trata-se de uma entrevista que tem como objetivo relembrar todos os fatos que
podem estar relacionados com a queixa do cliente, com objetivo de auxiliar o
diagnóstico, como também para o acompanhamento da evolução dos tratamentos
propostos e das condições gerais do cliente ao longo do tempo.

A Anamnese normalmente acontece no PRIMEIRO CONTATO ENTRE O


PROFISSIONAL E O CLIENTE, iniciando pela coleta de dados pessoais, informações
sobre hábitos de vida, condições de saúde (atual e histórico) seguindo-se pelo exame
físico, definindo desta maneira o tipo de tratamento mais adequado, respeitando as
informações disponibilizadas pelos clientes.

No anexo do material de apoio, você encontra um modelo de ANAMNESE


completa, incluindo a BIOMETRIA, onde são colhidas as medidas de circunferências
corpóreas para uma futura comparação de resultados.

ORIENTAÇOES GERAIS PARA PRÁTICA DE LIPOMASSAGEM


 Correta indicação da terapia;
 Conhecimento da anatomia e fisiologia da pele;
 Conhecimento das indicações e contraindicações da técnica;
 Posicionamento confortável e adequado da cliente e terapeuta;
 Respeitar o limiar de dor e tolerância da cliente;
 Determinar a frequência do tratamento e duração do mesmo.
MANOBRAS DA LIPOMASSAGEM

a) DESOBSTRUÇÃO GANGLIONAR:

Tem por objetivo realizar uma desobstrução


das principais cadeias ganglionares, preparando-as
para o maior aporte de liquido drenado pelos
movimentos da técnica.

b) DESLIZAMENTO

Também conhecido com Effleurage. Caracteriza-se por um deslizamento sobre


a pele, em ritmo contínuo e uniforme de distal para proximal, ou seja, direção
centrípeta acompanhando o sistema de retorno venoso e linfático, sem perder o
contato com a cliente. Pode ser SUPERFICIAL: para inicio da técnica (adaptar o
paciente ao contato manual) e aquecimento, tem efeito calmante, sendo indicado pra
peles com fragilidade capilar. PROFUNDO: atinge as camadas mais profundas,
músculos e sistema circulatório – causa hiperemia (vermelhidão).

c) AMASSAMENTO

Consiste em compressão e apreensão média, velocidade moderada e


intermitente do tecido, associados a deslizamentos suaves e progressivos para áreas
adjacentes com o objetivo de aquecimento da região. Realizada com ambas as mãos

d) ROLAMENTO

Consiste em palpar e rolar o tecido (prega cutânea) com o objetivo de


dissolução de nódulos fibróticos, gordura compacta, promovendo modelagem
corporal.
e) QUEBRA

Movimento curto, vigoroso e localizado com o objetivo de quebra da gordura


compacta. Realizado em diferentes regiões e sentidos do tecido.

f) BOMBEAMENTO

Realizado no sentido do retorno venoso-linfático com o objetivo de drenagem


linfática dos MMII. Realizado com ambas as mãos (bracelete).

LISTA DE MATERIAIS

• JALECO
• ROUPA BRANCA*
• APOSTILA (sequência da lipomassagem)
• TRAJE DE BANHO / ROUPA ÍNTIMA
(para facilitar os movimentos da lipomassagem)
 FITA MÉTRICA
• Lençol descartável
• Lençol para cobrir a cliente
• Toalha de rosto
• Cubeta (2)
• Espátula
• Touca descartável
• Manta /cobertor*
• Lenço umedecido de bebê para higienização de pés de mãos *
(opcional)

Você também pode gostar