Você está na página 1de 7

ETEC Dr.

Luiz César Couto

2° Módulo de Alimentos

Kelly A. Godoy Pereira da Rocha

Volumetria – Determinação da Acidez do Vinagre

10/05/2021

Volumetria – Determinação da Acidez do Vinagre


* Introdução:

A análise volumétrica, também conhecida como volumetria, tem por


objetivo descobrir a concentração em mol/L de uma determinada solução. Para
tal, utiliza-se um conjunto de métodos que já foram testados por vários
analistas e que oferecem resultados rápidos, seletivos e específicos. Para cada
finalidade usa-se um tipo específico de método indicado oficialmente pela
comunidade científica como o mais adequado. No entanto, em indústrias
químicas de médio e pequeno porte e em laboratórios, a técnica de análise
volumétrica mais utilizada é a titulação.

Nas grandes indústrias e em grandes centros de pesquisa, essa técnica


não é utilizada porque já existem aparelhos de última geração que fazem as
análises das especificidades dos produtos automaticamente.

A titulação envolve determinar a concentração em mol/L de uma solução


por meio da sua reação de neutralização (reação ácido-base) com outra
solução que possui concentração conhecida.

Devido a isso, também é costumeiro usar o termo volumetria de


neutralização.

Essa técnica sempre é feita utilizando a aparelhagem abaixo.


Colocamos um volume específico da solução que sabemos a composição, mas
não sabemos a concentração, dentro do erlenmeyer. Essa solução-problema é
denominada de analito e ao final do processo é chamada de titulado.
Adicionamos também um indicador ácido-base ao analito, geralmente a
fenolftaleína.

Depois colocamos uma solução com concentração conhecida dentro da


bureta graduada até preencher todo o volume da bureta. Essa solução-padrão
é denominada de titulante. Se o analito for um ácido, o titulante será uma base
e vice-versa.
O processo se inicia quando abrimos com a mão esquerda (se formos
destros) a torneira da bureta e deixamos escoar o titulante de maneira bem
vagarosa, de preferência gota a gota sobre o analito, enquanto isso, com a
mão direita agitamos o erlenmeyer. Devemos prestar bastante atenção, porque
uma única gota pode chegar ao ponto de equivalência ou ponto de viragem (ou
ainda,ponto estequiométrico), que é quando a cor da solução muda (devido à
presença do indicador), o que significa que a reação ácido-base atingiu seu
ponto de neutralização, ou seja, o número de mol de íons H+ do ácido é
exatamente igual ao número de mol de íons OH- da base.

Se o analito for um ácido, a fenolftaleína ficará incolor, mas quando


atingir o ponto de viragem, ela ficará rosa, porque essa é a cor desse indicador
em meio básico.

No momento do ponto de viragem, fechamos imediatamente a torneira


da bureta e fazemos a leitura no menisco da bureta para descobrir qual foi o
volume de titulante gasto para neutralizar o analito. Por exemplo, se tivermos
uma bureta de 50 mL e vermos que a solução está na marca de 40 mL,
significará que gastamos 10 mL do titulante.
Acidez do vinagre

O vinagre é um produto conhecido há muito tempo, sendo que as


primeiras referências datam de 8000 anos a.C. Na época, tratava-se de um
condimento muito aproveitado devido às propriedades benéficas ao organismo
humano e à sua importância na alimentação. Foi muito utilizado como bebida
refrescante, diluído na água e também como medicamento. Foi recomendado,
também, para tratar de disfunções respiratórias, feridas e úlceras, devido às
suas propriedades desinfetantes e antiinflamatórias.

Na cozinha, o emprego do vinagre era generalizado e constante.


Nas guerras, o vinagre era recomendado aos soldados, principalmente quando
atuavam em ambientes úmidos, fazendo parte da ração diária, para prevenir
possíveis contaminações microbiológicas, para desinfetar e temperar os
alimentos.

Nas epidemias de cólera que ocorreram, o vinagre foi utilizado para


desinfecção, para isso recomendavam lavar as mãos antes e depois de visitar
um doente e lavar as frutas e verduras antes do consumo.

O vinagre é um líquido que contém cerca de 4% de ácido acético,


obtido a partir da oxidação do álcool contido no vinho ou no malte de cereais.
Como é obtido a partir de produtos naturais, o vinagre contém outras
substâncias ácidas. Contudo, como estas se encontram em pequenas
quantidades, na determinação da sua acidez considera-se que ele contém
exclusivamente ácido acético.

* Objetivo:

Determinar a acidez em uma certa amostra de vinagre pela volumetria


de neutralização.
* Materiais:

- Vidrarias e utensílios:

Erlenmeyer;

1 bécker vazio;

- Reagentes:

Solução padrão hidróxido de sódio (NaoH);

25ml de água destilada;

Indicador fenoltaleína 1%;

Amostra de vinagre.

- Equipamentos:

Bureta com suporte;

Pipeta com a pêra.

* Procedimento:

Iniciou-se colocando o hidróxido de sódio na bureta, deve-se ter cuidado


para não formar bolhas e preenchendo-la, após é necessário zerá-la e deve-se
abrir a torneira e recolheu-se parte do hidróxido. Neste momento zerou-se a
bureta e colocou-se o nível de sódio no zero da escala; Em seguida pipetou-se
ml da amostra de vinagre e transferiu-se para erlenmeyer; acrescentou-se ao
erlenmeyer 25ml da água destilada e adicionou-se também 3 gotas do
indicador, agitou-se e iniciou-se o procedimento de titulação voltada gota a gota
até tirar tirá-la do indicador; quando a solução tornou-se rosa que todo o ácido
acético(vinagre) neutralizou-se pelo hidróxido que foi acrescentado. Neste
momento parou-se a titulação neste conteúdo gasto e procedeu-se o cálculo
para determinar o teor acético gasto.

Cálculo

Média do volume gasto do Hidróxido de Sódio- NaOH

Calculo 1

V1 + V2+V3= Vtotal/3= média ml

Vt= 6,5+6,4+6,6=19,5

Vt/3=

Vt= 19,5/3=

Vt= 6,5ml

Cálculo 2

Determinação da concentração de ácido acético presente no vinagre

ɱnaOH=0,1mol/l

vnaOH= média ml

ɱÁcid. acético=?

Vácid. acético= 1ml

ɱnaOH X vnaOH = ɱÁcid. acético X Vácid. acético

ɱnaOH=0,1mol/l

vnaOH= 6,5ml

ɱÁcid. acético=

Vácid. acético= 1ml

ɱnaOH X vnaOH = ɱÁcid. acético X Vácid. acético

0,1 X 6,5 = ? X 1
0,65 X 1= 0,65 mol/l

Cálculo 3

Determinação do Teor Acético em gramas (g)

m(g) ɱ x MMu x V

m(g)= 0,65 x 60 x 0,001

m(g)= 0,039

Cálculo 4

Determinação da porcentagem do Ácido Acético

%= massa resultante em gramas x 100/ massa da amostra

0,039 x100/ 1 = 3,9%

* Resultado e discussão:

O primeiro volume gasto foi de NaOH foi de 6,5 ml, já o segundo volume
foi de 6,4ml e o terceiro volume foi de 6,6ml. Após a soma dos volumes 1,2, e 3
obteve-se a média resultante de 6,5ml. A concentração em mol/l de ácido
acético foi de 0,65; cálculo de teor obtivemos o valor de 0,039g, ao finalizar os
cálculos temos a determinação da porcentagem do teor de porcentagem o
valor de 3,9%.

* Conclusão:

Na amostra de vinagre analisado o teor de ácido acético foi totalmente


determinado pela técnica quantitativa da volumetria/titulação.

Você também pode gostar