Você está na página 1de 19

Aguarde!
Iniciando o Linux...
Formação para Cidadania
Prof. Antonio Myskiw - UFFS/
RE
“Olhem à sua volta e vocês encontrarão os
temas que justificam a sua indignação.”
Stéphane Hessel – Indignai-vos (2011)

Fonte: https://www.esquerda.net/artigo/st
%C3%A9phane-hessel-%E2%80%9Cos-bancos-
est%C3%A3o-contra-democracia%E2%80%9D
Um cidadão indignado
INDIGNAÇÃO

INDIFERENÇA

NÃO SEJA INDOLENTE OU


PREGUIÇOSO
DOIS GRANDES DESAFIOS

O DIÁLOGO E A NÃO VIOLÊNCIA


O que aprendemos com Hessel?
- Ser cidadão é combater a indiferença;
- É indignar-se frente a estupidez humana;
- É ter vontade de lutar pela mudança;
- É buscar o engajamento social e ser protagonista;
- É ter esperança no amanhã, melhor para TODOS;
O que é cidadania?
- EXERCER A CIDADANIA (PROTAGONISMO)
- SENSO DE PERTENCIMENTO
- DEFESA DO BEM COLETIVO

Constituição Federal de 1988:

“Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela


Pertencimento união indissolúvel dos Estados e Municípios e do
de uma pessoa à Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático
comunidade de de Direito e tem como fundamentos:
um país I – a soberania;
II – a cidadania;
III – a dignidade da pessoa humana;
IV – os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa;
V – o pluralismo político.”
De acordo com o inciso LXXVII (77) do artigo 5º da Constituição Federal, os atos
necessários ao exercício da cidadania devem ser gratuitos.

A Lei n. 9.265/1996 lista quais são esses atos:

“ Art. 1º São gratuitos os atos necessários ao exercício da cidadania, assim


considerados:
I – os que capacitam o cidadão ao exercício da soberania popular, a que se reporta o art.
14 da Constituição;
II – aqueles referentes ao alistamento militar;
III – os pedidos de informações ao poder público, em todos os seus
âmbitos, objetivando a instrução de defesa ou a denúncia de irregularidades
administrativas na órbita pública;
IV – as ações de impugnação de mandato eletivo por abuso do poder
econômico,corrupção ou fraude;
V – quaisquer requerimentos ou petições que visem as garantias individuais e a defesa do
interesse público.
VI – O registro civil de nascimento e o assento de óbito, bem como a primeira certidão
respectiva.”
Qual a origem do termo Cidadania?
Do latim “Civitas”, que significa “Cidade”
Na Grécia Antiga, cada cidade-estado tinha seu
autogoverno, e os cidadão que compunham a
cidade, tinham direitos e deveres. Mas nem
todos eram considerados cidadãos
Qual é a diferença entre
nacionalidade e cidadania?

A nacionalidade é um direito de todos os
indivíduos do Planeta, vinculado ao local de
nascimento ou descendência;

A cidadania é o vínculo entre pessoa física e
jurídica do Estado em questão. Muitos podem
ter a nacionalidade brasileira, sem ser cidadão
brasileiro.
O que é cidadania de acordo com a
Sociologia?
Há “trocentos” autores a referenciar…


Thomas Marshall

Theodor Adorno
Qual a importância da Cidadania?

Consciência de seus direitos e deveres

Seus atos têm impacto na coletividade

Essa ação transforma a comunidade
Exemplos de cidadania

Voto;

Lei da Ficha Limpa;

Mutirão da limpeza;

Socorrer uma vítima de acidente;

Utilizar o sistema público de saúde;
O que não é cidadania?

Reivindicar seus direitos sem se atentar para seus
deveres;

Atos que visem o bem-estar de determinados
grupos (étnicos, religiosos, políticos, culturais…)

Exercer um direito ou dever pensando apenas no
benefício que o ato trará a si próprio, mesmo
havendo consequências para outras pessoas.
Cidadania: direitos e deveres
Direitos

Saúde, segurança, educação, moradia, trabalho, lazer, previdência social,
alimentação,transporte e proteção à maternidade e à infância;

Ninguém é obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de
lei;

Ninguém deve ser submetido à tortura nem a tratamento desumano ou degradante;

A manifestação do pensamento é livre, sendo vedado o anonimato;

A liberdade de consciência e de crença é inviolável, sendo assegurado o livre
exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de
culto e a suas liturgias.
Cidadania: direitos e deveres
Deveres

Votar para escolher os governantes;

Cumprir as leis;

Respeitar os direitos sociais de outras pessoas;

Educar e proteger os semelhantes;

Proteger a Natureza;

Proteger o patrimônio público e social do país;

Colaborar com as autoridades.
O que são direitos?

Conjunto de prerrogativas legais

Direitos individuais e coletivos

Nenhum direito é absoluto

Sempre é possível criar ou modificar leis
Quais os valores mais
importantes do cidadão?

Responsabilidade; ●
Transparência;

Respeito; ●
Participação cidadã;

Honestidade; ●
Compromisso;

Cooperação; ●
Pontualidade;

Solidariedade; ●
Autodeterminação;

Humildade; ●
Ordem;

Lealdade; ●
Justiça;

Tolerância;
Para finalizar

O exercício da cidadania… devemos ampliar nossa
perspectiva percebendo o direito dos outros;

As decisões tomadas pelos governantes também
passam por você;

O voto não é o único modo de ser cidadão para
tentar mudar as coisas para melhor;
Mafalda… de Quino
- Quando a pandemia vai acabar?
- Virão outros vírus mortais?
- Existe vírus mais letal do que o vírus
da estupidez humana?
- Teremos um futuro melhor pra - Hum, mas acho que não está tudo
educação? perdido.. Segundo as minhas contas,
- O conhecimento voltará a ser tão para cada pessoa estúpida nesse
importante e necessário como no tempo mundo existe pelo menos duas
da Biblioteca de Alexandria? sensatas e gentis, que estão ligadas por
- Quem será a reencarnação da Hipátia? fiozinhos invisíveis aos mesmos ideais
e ideias de um mundo com justiça social
e com pessoas mais sensatas.

- O bom é que essas pessoas se unem


por aí desde sempre, silenciosamente
ou não, para um fortalecimento mútuo
das esperanças e da vontade de
resistir...”

Você também pode gostar