Você está na página 1de 6

CENTRO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE TERESINA - CET

FRANCISCO ALVES DE ARAÚJO LTDA


FACULDADE DE TECNOLOGIA DE TERESINA - CET

1ª AVALIAÇÃO DE APRENDIZAGEM- PROCESSO CIVIL III

I – IDENTIFICAÇÃO
1.CURSO: DIREITO
2.PERÍODO: TURMA DP 03/04 –MODULADO II
3.DISCIPLINA:PROCESSO CIVIL III
4.PROESSOR(A): LEONARDO SOUSA MARREIROS
5.ALUNO:_____________________________________MATRÍCULA:__________DATA:_____/____/____

II – OBJETIVO(S)
Avaliar o aprendizado do aluno através de perguntas subjetivas e objetivas sobre o conteúdo ministrado em sala de
aula.

III - INSTRUÇÕES / RECOMENDAÇÕES SOBRE A AVALIAÇÃO


•Leia com atenção todas as questões antes de responder;
•Verifique se há algum erro na digitação da avaliação;
•Tire as dúvidas durante a explicação da avaliação pelo professor;
•Evite consultas a livros e textos ou cadernos ou conversar com o colega;
•Evite borrões ou rasuras;
•Escreva com letra legível, mas não em letra de forma;
•Se precisar de mais folhas de respostas, peça ao professor que rubricará cada folha a mais;
•Não deixe de numerar a folha de respostas, datar e assinar ao final da avaliação.
•Durante a realização da prova não será permitida nenhuma espécie de consulta ou comunicação entre alunos,
tampouco será permitido o uso de aparelhos celulares, que deverá ser desligado antes do inicio da prova.
Infração deste item determinará nota zero ao aluno desta avaliação.
IV - COMENTÁRIOS DO PROFESSOR
• Responda a prova com caneta de tinta azul ou preta.
• Não será corrigida prova feita à lápis.

V – QUESTÕES

01-Qual situação a tutela antecipada em carater antecedente e a Tutela Cautelar Antecedente se


estabilizarão?

02-Qual diferença entre Tutela Antecipada e Tutela Cautelar?

03-Explique como se aplica o Princípio da Fungibilidade nas ações possessórias.

04-Fabiano Maramaldo é sócio-proprietário da empresa FRESCO S.A, tendo como sócio, Alexsandro
Brocochola. Fabiano estava em viagem para Itália, onde passou aproximadamente 03(três) meses. Ao chegar
na sede da empresa, Fabiano não consegue ter acesso ao balanço patrimonial da empresa, não sabe quanto
a empresa faturou, as despesas, não tendo acesso as contas da FRESCO S.A, pois seu sócio lhe negou acesso
as contas da FRESCO S.A dos últimos 03 (trÊS meses). Você como advogado de Alexsandro Brocochola,
tomaria qual medidade judicial para o caso em concreto?

05-Elvira Poliana, realizou um negócio jurídico de compra e venda com o Sr. José Augusto. Comprou 03
cavalos de raça, fechando o negócio pelo valor de R$ 300.000,00(trezentos mil reais), que seriam pagos em
03(três) parcelas de R$ 100.000,00 (cem mil reais) todo dia 05 de cada mês iniciando no mês de abril de 2020.
Segundo o contrato, o pagamento seria feito em espécie na residência do senhor José Augusto. No dia 05 de
abril a senhora Elvira Poliana se deslocou até a residência do credor para realizar o pagamento, ocorre que
o senhor José Augusto se recusou a receber os R$ 100.000,00 alegando que a quantia estava abaixo do valor
acordado. Disse ainda que só receberia o valor caso Elvira Poliana pagasse R$ 150.000,00 (cento e cinquenta
mil reais). Você na qualidade de advogado e procurado por Elvira Poliana, qual medida judicial tomaria
no caso em concreto. Fundamente Juridicamente sua resposta.

06-Isabelle P. firmou contrato com obrigação de pagamento em dinheiro e entrega de coisa em favor de
Pedro B., com vencimento de prestações a cada mês, com local de pagamento no domicílio do credor
(obrigação portável), com fixação de cláusula resolutória em caso de não pagamento e mora. Pedro B., por
sua vez, arrependido das condições firmadas entre as partes, tenta recusar o pagamento e receber a coisa,
criando embaraços para o recebimento. Isabelle procurou um advogado que a orientou a realizar a
consignação extrjudial em um banco oficial, caso não lograsse êxito, ajuizaria ação judicial cabivel.

Ante o caso exposto, com base no NPCP, a orientação do advogado foi a mais adequada. Fundamente
Juridicamente sua resposta.
07-Em relação as ações possessórias, ( Justifique juridicamente os itens FALSOS, informando porque o item
está incorrendo)

a) é possível, tanto ao autor quanto ao réu, na pendência da ação possessória, propor ação de reconhecimento do
domínio em face de ambos ou de terceira pessoa.

b) no caso de ação possessória em que figure no polo passivo grande número de pessoas, serão feitas a citação
pessoal dos ocupantes que forem encontrados no local e a citação por edital dos demais, determinando-se, ainda, a
intimação do Ministério Público e, se envolver pessoas em situação de hipossuficiência econômica, da Defensoria
Pública.

c) impede a manutenção ou reintegração da posse a alegação de propriedade ou de outro direito sobre a coisa.

d) por ser de natureza mandamental, o pedido possessório não pode ser cumulado com perdas e danos, que devem
ser pleiteados por ação própria.

e) lém de contestar o pedido possessório, se o réu quiser demandar proteção possessória para si, alegando que foi
ele o ofendido em sua posse, deverá fazê-lo por meio de reconvenção.

08-Fábio Henrique ajuíza demanda possessória contra Gabriel, seu vizinho. Pede reintegração na posse de
seu imóvel, sem que, no entanto, tenha se consumado esbulho, havendo apenas receio de ser molestado na
posse de seu imóvel. Em razão disso, ( Justifique juridicamente os itens FALSOS, informando porque o item
está incorrendo)

a) o juiz deverá determinar emenda à inicial, em dez dias, para que Fábio Henrique regularize o pedido, sob pena
de indeferimento e extinção do feito sem resolução de mérito.

b) haverá extinção imediata da ação, pois o pedido reintegratório possui procedimento incompatível com a ação
adequada, que seria a de interdito proibitório.

c) haverá aproveitamento do pedido, pois a propositura de uma ação possessória em vez de outra não obstará a que
o juiz conheça do pedido e outorgue a proteção legal correspondente àquela cujos pressupostos estejam provados.

d) o pedido não poderá ser aproveitado, por ser mais gravoso ao réu, o que só ocorreria na situação inversa, em que
se pedisse o interdito proibitório e já houvesse acontecido o esbulho.

e) haverá extinção do processo, sem resolução do mérito, pois o aproveitamento de uma ação possessória por outra
só se dá entre reintegração e manutenção de posse, mas não entre reintegração e interdito proibitório.

09-Relativamente à restauração de autos, assinale a afirmação INCORRETA, ( Justifique juridicamente os


itens FALSOS, informando porque o item está incorrendo)

a) Os serventuários e os auxiliares da justiça não podem eximir-se de depor como testemunhas a respeito de atos
que tenham praticado ou assistido no tramitar dos autos extraviados.

b) Não havendo certidão ou cópia do laudo, far-se-á nova perícia, sempre que possível pelo mesmo perito.
c) Não havendo certidão de documentos, deverá ser promovida a sua reconstituição mediante cópias ou, na falta
dessas, pelos meios ordinários de prova.

d) Se a perda dos autos tiver ocorrido depois da produção das provas em audiência, o juiz, se necessário, mandará
repetilas; nessa hipótese, serão reinquiridas as mesmas testemunhas, observando-se que, caso seja impossível por
qualquer circunstância, não poderá ocorrer a sua substituição, salvo em caso de falecimento.

10-Analise as assertivas abaixo, ( Justifique juridicamente os itens FALSOS, informando porque o item está
incorrendo)

I-A tutela da evidência será concedida quando houver elementos que evidenciem a probabilidade do direito e o
perigo de dano ou o risco ao resultado útil do processo.
II-Para a concessão da tutela de urgência, o juiz pode, conforme o caso, exigir caução real ou fidejussória idônea
para ressarcir os danos que a outra parte possa vir a sofrer, podendo a caução ser dispensada se a parte
economicamente hipossuficiente não puder oferecê-la.
III- A tutela de urgência de natureza cautelar pode ser efetivada mediante arresto, sequestro, arrolamento de bens,
registro de protesto contra alienação de bem e qualquer outra medida idônea para asseguração do direito.
IV-. A tutela provisória requerida em caráter incidental depende do pagamento de custas.
V- A tutela provisória não conserva sua eficácia na pendência do processo, mas pode, a qualquer tempo, ser
revogada ou modificada.

Estão corretas
a)I, II,II,
b)I, II,III, IV
c)II, III
d)II, V
e)I,II,V

11-Analise as assertivas abaixo; , ( Justifique juridicamente os itens FALSOS, informando porque o item
está incorrendo)

I-Nos casos em que a urgência for contemporânea à propositura da ação, a petição inicial pode limitar-se ao
requerimento da tutela antecipada e à indicação do pedido de tutela final, com a exposição da lide, do direito que
se busca realizar e do perigo de dano ou do risco ao resultado útil do processo.

II-Concedida a tutela antecipada em carater antecedente o autor deverá aditar a petição inicial, com a
complementação de sua argumentação, a juntada de novos documentos e a confirmação do pedido de tutela final,
em 15 (quinze) dias ou em outro prazo maior que o juiz fixar, sendo referido aditamento feito nos mesmos autos,
com a incidência de novas custas processuais.

III-Efetivada a tutela cautelar concedida em carater antecedente, o pedido principal terá de ser formulado pelo autor
no prazo de 30 (trinta) dias, caso em que será apresentado nos mesmos autos em que deduzido o pedido de tutela
cautelar, não dependendo do adiantamento de novas custas processuais

IV-Cessa a eficácia da tutela concedida em caráter antecedente, se, o autor não deduzir o pedido principal no prazo
legal, não for efetivada dentro de 30 (trinta) dias, o juiz julgar improcedente o pedido principal formulado pelo
autor ou extinguir o processo sem resolução de mérito.Se por qualquer motivo cessar a eficácia da tutela cautelar,
é vedado à parte renovar o pedido, salvo sob novo fundamento
V-A tutela da evidência será concedida, independentemente da demonstração de perigo de dano ou de risco ao
resultado útil do processo, quando ficar caracterizado o abuso do direito de defesa ou o manifesto propósito
protelatório da parte, sendo possivel neste caso ser concedido liminarmente

Estão corretas

a)I,II,V
b)I,III ,V
c)II,III,V
d)III,IV,V
e)I,II,III,IV

12-Analise as assertivas abaixo; ( Justifique juridicamente os itens FALSOS, informando porque o item está
incorrendo)

I-É ilícito ao autor cumular ao pedido possessório o de condenação em perdas e danos, indenização dos frutos.Pode
o autor requerer, ainda, imposição de medida necessária e adequada para evitar nova turbação ou esbulho e cumprir-
se a tutela provisória ou final.

II-É lícito ao réu, na contestação, alegando que foi o ofendido em sua posse, demandar a proteção possessória e a
indenização pelos prejuízos resultantes da turbação ou do esbulho cometido pelo autor. Na pendência de ação
possessória é possível, tanto ao autor quanto ao réu, propor ação de reconhecimento do domínio, exceto se a
pretensão for deduzida em face de terceira pessoa.

III-Será adotado o rito especial previsto as ações possessórias desde que a ação seja proposta dentro de 1 ano e 1
dia da turbação ou do esbulho, passado esse prazo será comum o procedimento, não perdendo, contudo, o caráter
possessório.

IV- No litígio coletivo pela posse de imóvel, quando o esbulho ou a turbação afirmado na petição inicial houver
ocorrido há mais de ano e dia, o juiz, antes de apreciar o pedido de concessão da medida liminar, deverá designar
audiência de mediação, a realizar-se em até 30 (trinta) dias. Ministério Público será intimado para comparecer à
audiência, e a Defensoria Pública será intimada sempre que houver parte beneficiária de gratuidade da justiça.

V- Estando a petição inicial devidamente instruída, o juiz deferirá, sem ouvir o réu, a expedição do mandado liminar
de manutenção ou de reintegração, caso contrário, determinará que o autor justifique previamente o alegado,
citando-se o réu para comparecer à audiência que for designada. Para concessão da tutela provisórias nas açõe
possessórias a tutela da evidencia, sendo desnecessária a demonstração dos requisitos da tutela de urgência.

Estão corretas apenas

a)I,II
b)I,II,II
c)I,II,IV
d)II,III,IV
e)III,IV,V

13-Sobre o procedimento judicial de restauração de autos, assinale a alternativa correta: , ( Justifique


juridicamente os itens FALSOS, informando porque o item está incorrendo)
a) A restauração só poderá ser feita de ofício pelo juiz
b) Na hipótese do desaparecimento dos autos após a instrução probatória, não poderá o juiz determinar a repetição
das mesmas, sob pena de macular o processo com nulidade
Caso o desaparecimento dos autos tenha se dado em Tribunal, o presidente da Corte será a autoridade competente
para oficiar no processo de restauração
c)Não há contraditório no procedimento de restauração dos autos, cabendo à parte tão somente juntar as cópias
que possuir
d)Aquele que der causa ao desaparecimento dos autos responderá pelas custas da restauração e pelos
e) honorários de advogado. Também poderá ser averiguada sua responsabilidade em âmbito civil e penal

14- O que se entende por ação possessória com força de posse nova e ação possessória com força de posse
velha? Quanto ao procedimento o que difere uma de outra?

Você também pode gostar