Você está na página 1de 4

1 - SEGURANÇA

1.1 - Manual do Operador


* Este Guia de Consulta Rápido não
substitui a leitura e o entendimento
por parte do operador das diretrizes
contidas no Manual do Operador. As
figuras usadas neste guia são meramente
ilustrativas. Leia com atenção e siga
as instruções do Manual do Operador.
Para questões relacionadas ao uso
do equipamento, consulte o seu
concessionário John Deere.

Antes de operar o trator, executar qualquer manutenção ou para obter


informações sobre segurança, leia a SEÇÃO DE SEGURANÇA do Manual
do Operador.

2 - CABINE
2.1 - Acesso à Cabine
Entre e saia da cabine de frente para a
máquina.
Na cabine estão localizados todos os
comandos de operação do trator.

2.2 - Comandos do Trator

1 - Trator com Transmissão PowerShift 1 2


de 16 Velocidades A A
A - Alavanca de Controle da Transmissão/
Velocidade/Sentido de Rodagem
B - Interruptor de Retomada
Tratores
8270R, 8295R, 8320R, 8345R, 8370R 2 - Trator com Transmissão e23 TM e B

e 8400R (a partir do número de série Efficiency ManagerTM


A - Alavanca de Controle da Transmissão/
100000-) Velocidade/Sentido de Rodagem
B
C

B - Botão de Ajuste da Velocidade Definida


C - Botões de Velocidade Definida
Guia de Consulta Rápida
CommandARMTM
B C
A - CommandCenterTM
B - Botão de Bloqueio das Alavancas de
Controle Remoto
C - Botão de Atalho ISOBUS (ISB)
D - Alavanca de Controle do Levante
E - Alavancas de Controle Remoto AA
F - Alavanca do Acelerador Manual
G - Interruptor do AutoTrac™
E
H - Controles do iTEC™ D
G
I - Controles da Tração Dianteira
J - Controles do Bloqueio do Diferencial
L
K - Controles de Climatização, Rádio (Se K
Equipado) e Iluminação Auxiliar H
L - Controles do Levante Hidráulico
M - Interruptor da Tomada de Potência
N - Botão Liga-Desliga do FieldCruiseTM
O - Botão Liga-Desliga Modo ECO F I
M
P - Botão Bloqueio/Desbloqueio do Pedal
J
do Acelerador
Q - Monitor da Coluna do Canto

Q
N
O

3 - EIXO DIANTEIRO
A
3.1 - Ajuste da Convergência
Guia de Consulta Rápida - Trator com Eixo Dianteiro Série 1500
Cód.: QRGR558184 - E7 O ajuste de convergência é realizado através
do parafuso, localizado no topo do grampo
John Deere Brasil Ltda. (A), na extremidade da barra da direção (B).
Via Oeste, Esquina via 2 B
Nota:
Montenegro/RS - Cep: 95780-000
Antes de fazer o ajuste, realize a verificação
Copyright © 2017 Deere & Company. All Rights Reserved da convergência que deve ser inferior a 3
www.JohnDeere.com.br
mm (1/8 in), conforme descrito no Manual
do Operador.
- Trator com Eixo Dianteiro ILSTM 4.3 - Óleo do Motor
B
Ajuste a convergência soltando os parafusos Verifique o nível de óleo do motor pela vareta
(A) e girando o pino interno (B). da tampa do bocal de abastecimento (A). A

B
Nota:
Consulte o Manual do Operador para in-
formações sobre a troca do óleo e do filtro
A (B) do sistema.

Lado Esquerdo do Motor Lado Direto do Motor

3.2 - Ajuste do Ângulo de Direção


4.4 - Sistema de Combustível
- Trator com Eixo Dianteiro Série 1500 1 2 1
1 - Motor Tier 2-Stage II e Tratores A
Faça o ajuste através da contraporca (A) e 8270R, 8295R, 8320R e 8345R com
do parafuso limitador (B). Motor Tier 3-Stage IIIA
A - Filtro Primário de Combustível C
Atenção! B - Filtro Secundário de Combustível
Deve existir uma folga mínima entre os C - Separador de Água de Serviço Pesado
A
pneus e o chassi de 25 mm (1 in). Os B B
paralamas podem se inclinar contra a
estrutura lateral durante o giro. A folga e 2 - Tratores 8370R e 8400R com Motor
a interferência devem ser verificadas em Tier 3-Stage IIIA 2
oscilação e curva completas.
C C - Separador de Água de Serviço Pesado
D - Filtro Primário de Combustível
- Trator com Eixo Dianteiro ILSTM
E - Filtro Secundário de Combustível
Remova o parafuso (C) e a chave da carcaça D D
do eixo (D). Solte o parafuso de sangria (E). F - Câmara do Separador de Água
E
Utilize a chave da carcaça do eixo (D) para
realizar o procedimento de ajuste do ângulo Atenção! F
de direção, conforme descrito no Manual Não tente reparar os bicos injetores: consul-
E te o seu concessionário John Deere.
do Operador.

3.3 - Tração Dianteira Mecânica


- Tração Dianteira Mecânica Manual:
C
5 - EIXO TRASEIRO
Entre no modo Manual pressionando
o interruptor da Tração Dianteira Me- 5.1 - Ajuste de Bitola A

cânica Manual (A). A B


Defina o espaçamento ente as linhas de
- Tração Dianteira Mecânica Automática: plantio. Isto se obtém ajustando os eixos
Entre no modo automático pressionado tipo pinhão e cremalheira para a posição
o interruptor Tração Dianteira Mecânica desejada.
AUTO (B).
Atenção!
No modo freio assistido, a tração dianteira Os pneus devem ter uma folga (A) de
ficará desligada a menos que ambos os no mínimo 25 mm (1 in) com relação aos
pedais do freio sejam pressionados em Nota: paralamas.
velocidades acima de 5 km/h (3 mph). Os leds (C) ficarão acessos quando a Tração
Dianteira Mecânica estiver acionada.

6 - SISTEMA HIDRÁULICO A

B
6.1 - Uso de Implementos
Ao acoplar um implemento certifique-se de
que o espaço livre (A) entre os pneus e o
implemento seja adequado com o levante
4 - MOTOR hidráulico na posição elevada.

4.1 - Sistema de Arrefecimento


6.2 - Controle do Levante Hidráulico
Adicione líquido de arrefecimento conforme A
Controle de Posição
necessário e sempre que o código de A
diagnóstico de falha (DTC) aparecer no Utilize para:
display do CommandCenterTM. - Ajustar a profundidade de trabalho;

A - Tanque de Expansão - Transporte e manobra de cabeceira,


B
B - Tampa do Tanque de Expansão puxar a alavanca para o levante subir
até o limite definido e empurrar a ala-
vanca para que o levante retorne para
Nota:
a profundidade de trabalho;
O líquido de arrefecimento deve ter a pro-
porção de água e aditivo recomendada no
Manual do Operador. - Operação com flutuação, para imple-
mentos que se apoiem em duas rodas
e que requerem que o levante siga os
contornos do solo.
4.2 - Filtros de Ar do Motor
A - Filtro Primário de Ar do Motor: Subs- Os ajustes de controle do levante hidráulico
Controle de Tração são realizados no monitor CommandCenterTM,
tituir no intervalo de manutenção.
O ajuste de controle de tração ajuda a pressionando a tecla de atalho do levante
manter a profundidade constante e irá variar traseiro (A) na barra de navegação.
B - Filtro Secundário de Ar do Motor: de acordo com o implemento e as condições Utilize a alavanca de controle do levante (B)
Este deve ser trocado a cada duas de campo. para controlar a posição do levante hidráulico.
substituições do filtro primário de ar do
motor (A).
6.3 - Válvulas de Controle Remoto
Atenção!
Os filtro primário de ar do motor admite
(VCR)
até 3 limpezas. A - Engates Rápidos das VCRs A
Não exceda a pressão de ar de 75 psi (517 B - Orifício de Pressão (Primário)
kPa) durante a limpeza.
C - Orifícios de Retorno
Limpe o filtro de ar de dentro para fora.
D - Dreno da Caixa do Motor (Para o Re- C

A B servatório) B
D
C
Nota:
O engate rápido do oríficio de pressão
(primário) (B) é usado somente para linhas
de abastecimento. NÃO tente acoplar uma
linha de retorno.
Ao conectar as mangueiras do implemento Operação com o Efficiency ManagerTM
nos engates rápidos das válvulas de controle
remoto utilize as alavancas de controle A velocidade definida é ajustada na tecla
remoto (D) para controle. de velocidade definida ativa por meio
E do comando de ajuste da velocidade na
Pressione a tecla de atalho da VCR (E) alavanca de controle da transmissão/ D

na barra de navegação para configurar e velocidade/sentido de rodagem. E

ajustar as válvulas de controle remoto no Pressione a tecla de velocidade definida 1 ou


D
CommandCenterTM. 2 (C), depois gire o potenciômetro de ajuste
da velocidade definida (B) no sentido horário
para aumentar ou no sentido anti-horário
para diminuir a velocidade definida.
6.4 - Manutenção do Sistema
Após selecionar entre as teclas de
Hidráulico B
velocidade definida (C) desejada, os Nota:
Verifique o nível de óleo do sistema hidráulico indicadores de mudança automática (D) e O trator só chega à velocidade definida se o
pelo visor de óleo (A), se necessário adicione a velocidade definida (E) são mostrados no acelerador do motor for ajustado na rotação
A
óleo pelo bocal de abastecimento (B). monitor da coluna de canto. máxima. Consulte o Manual do Operador para
mais informações sobre o uso do Efficiency
Manager™ na transmissão e23™.
Atenção! Nota:
Utilizar óleo recomendado. Seguir os inter- Para operações com a transmissão em au-
valos e procedimentos de verificação de tomático manter a alavanca do acelerador
nível, abastecimento e substituição do óleo manual em 100% para que o motor gerencie
hidraúlico presentes no Manual do Operador. a melhor rotação.

7 - BARRA DE TRAÇÃO
9 - LASTREAMENTO
7.1 - Altura da Barra de Tração
A altura é ajustada invertendo-se a posição 9.1 - Pesos A
vertical da barra de tração (C) e trocando A - Pesos Dianteiros
a posição do conjunto do engate em U (E).
B - Suporte de Contrapesos
C - Pesos de Roda
Para isso remova o parafuso (A), o pino de
travamento da barra de tração (B), a barra C
B A
de tração (C), os parafusos do conjunto do 9.2 - Lastro Líquido
B
engate U (D). O lastro líquido aumenta o peso das rodas
Após, inverta a posição vertical da barra de E do trator. A quantidade de lastro líquido
tração de modo que a dobra da mesma fique suportado por tipo de lona dos pneus é:
C
voltada para cima. Diagonal.........................Máx. 75%
Radial.............................Máx. 40%
Nota:
O conjunto do engate em U (E) deve estar Nota:
sempre no topo da barra de tração (C).
Nunca encha qualquer pneu traseiro a C
O suporte para serviço pesado (se equipado) mais de 40%.
não pode ser usado com o cotovelo da barra
D
de tração posicionado para cima.
9.3 - Fatores que Determinam o Uso
de Lastro Líquido
8 - TRANSMISSÃO
- Maciez ou dureza do solo
8.1 - Transmissão PowerShift de 16 A
- Implementos integrais
Velocidades - Implementos semi-montados
Utilize a alavanca de controle da transmissão/ - Implementos de arrasto
velocidade/sentido de rodagem (A) para - Velocidade do trator
realizar a troca das marchas à frente e à ré - Pneus (simples ou duplos)
, sem a necessidade de acionar o pedal da
embreagem.
Atenção!
Não trabalhe com excesso de lastro. Fazer isso leva a um elevado consumo
Pressione a tecla de atalho da transmissão de combustível, sobrecarga dos pneus, compactação do solo, danos à
(B) para: máquina e outros inconvenientes.
- Ajustar a Marcha de Partida e Variação
de rotação;
- Selecionar a Variação da rotação; 10 - SISTEMA ELÉTRICO
- Operação do Automatic PowerShift B
(APS). 10.1 - Fusíveis e Reles
Os fusíveis são dispositivos de proteção que
Operação do Automatic PowerShift (APS) se rompem ao circular corrente excessiva
Muda a transmissão para manter a rotação no circuito.
do motor, confor me deter minado os
pontos de mudança, baseado no ajuste do Os fusíveis (A) estão localizados dentro da
A
acelerador, na rotação e carga do motor. cabine, atrás do assento do operador.
C
Qualquer mudança manual cancela o APS,
C
basta pressionar o interruptor de retomada
(C) para retomar o APS.
O painel de fusível do centro de carga (B)
está localizado fora da cabine, no lado
esquerdo do trator.
Os fusíveis mestres (C) estão localizados
atrás do reservatório do lava para-brisas(D).
D
8.2 - Transmissão e23TM 10.2 - Baterias B
A
Utilize a alavanca de controle da transmissão/ As baterias (E) estão localizadas abaixo da
velocidade/sentido de rodagem (A) para cabine do operador, lado esquerdo do trator E
realizar a troca das marchas à frente e à e são protegidas em um compartimento.
ré, sem a necessidade de acionar o pedal Para desconectar e conectar as baterias
da embreagem. dos sistemas do trator utilize o interruptor
B
de desconexão das baterias (F).
Efficiency Manager TM
C F
O Efficiency Manager™ controla a mudança
de marchas da transmissão e a velocidade
do motor para manter a velocidade de
rodagem (velocidade definida) desejada. A
decisão de troca de marchas é baseada nas
condições de carga, comando do acelerador
e nas configurações do operador.
11 - CommandCenterTM 13 - MANUTENÇÃO
13.1 - Riscos de Contaminação Durante a Manutenção
A

C
D E
F
G
H I
J
K L
M N
B

Atenção!
A - Botão de Ajuste H - Tomada de Potência
Sempre descarte os resíduos em recipientes adequados. Limpe e proteja
B - Botão de Fechar I - iTECTM o bocal de abastecimento durante a manutenção, evitando a contami-
C - Próxima Página de Execução J - Telefone nação do sistema.
D - Válvulas de Controle Remoto K - Áudio 13.2 - Boas Práticas de Manutenção
E - Levante Traseiro L - Luzes - Verifique as condições da correia do ventilador do motor.
F - Motor M - Aquecedor, Ventilador e Ar Condicionado - Verifique as condições e a pressão dos pneus.
G - Transmissão N - Configuração dos Controles - Lubrifique os trilhos do assento do operador.
A B C
- Verifique os cintos de segurança.
12 - MONITOR DA COLUNA DE - Verifique as condições das baterias.
CANTO - Verifique os níveis de:
- Óleo do motor
A - Indicador de Parada F - Líquido de arrefecimento
G
B - Indicador de Alerta Para o Operador D
- Óleo do diferencial do eixo dianteiro e redutores finais
C - Indicador de Informações - Óleo da transmissão/hidráulico
D - Tacômetro - Verifique o torque de todos os parafusos
E - Velocímetro E
- Limpe a mangueira de respiro do cárter.
F - Não Equipado 13.3 - Lubrificação
H
G - Indicador do FieldCruiseTM I
K L M
A graxa John Deere recomendada é a Graxa B
H - Seleção do FieldCruiseTM (1 ou 2) John Deere Poliureia MP SD.
A
J
I - Não Equipado Lubrificação do Acionamento do
J - Indicador da Tomada de Potência Ventilador Vari-CoolTM
K - Não Equipado A - Graxeira da Polia Motora
L - Indicador do Bloqueio do Diferencial B - Saída de Graxa da Polia Motora
M - Indicador da Tração Dianteira C - Graxeira da Polia Movida C D
N - Indicadores das Luzes Direcionais N O S P
N
D - Saída de Graxa da Polia Movida
O - Indicador de Faróis Altos
Q
P - Indicador do Reboque (Se Equipado) V Nota:
Q - Indicador do Sentido de Deslocamento, Consulte o Manual do Operador para saber
Marcha e Grupo Atual R a posição do conjunto de acionamento do
T
Vari-CoolTM no seu trator.
R - Velocidade Definida
U
S - Indicador de Modo Pedal do Acelerador Cuidados na Lubrificação do Eixo
T - Indicador de Mudança Automática Dianteiro ILSTM (Se Equipado) D
U - Não Utilizado
V - Indicadores do Grupo da Transmissão Y Atenção!
W
W - Indicador do Modo Auxiliar ISOBUS Consulte o Manual do Operador para maio-
X
res informações sobre os cuidados com a
X - Indicador do iTECTM lubrificação do eixo dianteiro ILSTM E
Y - Indicador AutoTracTM
Z - Indicador de Temperatura do Líquido de D - Coifa estufada devido ao excesso de
Arrefecimento graxa, leva a desgaste prematuro e
AA - Indicador do Nível de Combustível Z AA AB falhas nas juntas do ILS™
AB - Não Equipado E - Coifa Lubrificada corretamente

14.3 - Pontos de Manutenção


Primeiras 100 h

A cada 10 h ou

A cada 1000 h

A cada 1500 h
A cada 250 h

A cada 375 h

A cada 500 h

A cada 750 h
Diariamente

A cada 50 h

Importante: Os intervalos de manutenção desta tabela são para máquinas


que usam os lubrificantes e filtros John Deere. A tabela não lista todos os
serviços de manutenção e nem todos os intervalos de manutenção da
máquina. Consulte o Manual do Operador para obter informações sobre os
demais serviços e intervalos de manutenção, especialmente se você usar um
lubrificante diferente ou operar a máquina em condições especiais.
Troque o óleo e substitua o filtro de óleo do motorA l l lA,B,C lA,D
Limpe a válvula de purga do duto de ar de admissão l
Verifique o nível de óleo do motor e o nível de óleo da Transmissão/Hidráulico l
Lubrifique o eixo e as juntas universais dos eixos dianteiros Série 1500 ou eixo dianteiro ILSTM l
Lubrifique o engate traseiro de três pontos (se equipado) lF l
Substitua os filtros de combustível l
Drene o separador de água de serviço pesado e limpe o seu elemento filtrante l
Substitua os filtros de ar do motor l
Substitua o filtro de ar fresco e o filtro de recirculação da cabine l
Limpe o respiro do eixo dianteiro série 1500 l
Verifique a pressão de carga dos acumuladores do eixo dianteiro ILS™ (se equipado)E lE
Troque o óleo da carcaça do diferencial do eixo dianteiro série 1500 l
Troque o óleo das reduções finais do eixo dianteiro l
Substitua o filtro de óleo do sistema de transmissão/hidráulico l
Troque o óleo do sistema de transmissão/hidráulico l
Lubrifique as juntas esféricas da haste de ligação interna do eixo dianteiro ILS™ l
Lubrifique as buchas do eixo de suporte dos braços de tração (se equipado) l
Lubrifique o acionamento do ventilador Vari-CoolTM l
A
Este intervalo somente é válido para diesel com teor de enxofre menor que 2000 ppm para tratores 8270R, e 8295R e menor que 1000 ppm para tratores 8320R, 8345R, 8370R e 8400R, usando óleo John
Deere Plus-50™ II ou John Deere Plus-50™ e filtro de óleo aprovado pela John Deere. Para quaisquer outras condições e para identificar o tipo de motor de seu trator, consulte o Manual do Operador.
B C D
Trator equipado com motor Tier 2-Stage II. Tratores 8370R e 8400R equipados com motor Tier 3-Stage IIIA. Tratores 8270R, 8295R, 8320R e 8345R equipados com motor Tier 3-Stage IIIA.
E F
Consulte o seu concessionário John Deere. Se for utilizado diariamente.

Você também pode gostar