Você está na página 1de 73

INICIAÇÃO AO REIKI

NÍVEL 1

O DESPERTAR
SENSEI/MESTRE: ELDA GONÇALVES

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
2

Sumário

1. Elda Gonçalves.......................................................................................................................... 4

2. Introdução ................................................................................................................................ 5

3. REIKI e Aspectos Legais............................................................................................................. 7

4. Os Mitos que envolvem a Origem do REIKI .............................................................................. 9

5. Descobrindo as Raízes do Reiki .............................................................................................. 11

O REIKI .................................................................................................................................... 11

Monte Kurama, onde o Reiki foi Descoberto ......................................................................... 13

O Memorial. Respostas esculpidas na rocha.......................................................................... 15

A Inscrição do Memorial de Usui............................................................................................ 19

6. Esclarecimentos sobre nossa Linhagem ................................................................................. 21

7. Linhagem ................................................................................................................................ 22

Linhagem no REIKI TRADICIONAL JAPONÊS ........................................................................... 23

Linhagem no DENTHO REIKI ................................................................................................... 23

Linhagem TEATE Reiki............................................................................................................. 23

Linhagem Específica do Gendai Reiki-Ho ............................................................................... 23

8. O REIKI Tradicional proposto pelo Sensei Dr. Usui................................................................. 24

9. Níveis do REIKI ........................................................................................................................ 24

10. A Origem do REIKI ............................................................................................................. 25

11. Definição do Sistema Reiki ................................................................................................ 31

12. A palavra REIKI .................................................................................................................. 32

13. Características, vantagens e benefícios do REIKI.............................................................. 33

14. Os cinco princípios do REIKI “GOKAI” ............................................................................... 34

Adaptação da tradução dos Cinco Princípios ......................................................................... 36

15. Os Três Pilares do REIKI..................................................................................................... 36

GASSHO.................................................................................................................................. 37

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
3

REIJI-HO .................................................................................................................................. 37

CHIRYO .................................................................................................................................... 38

16. Preparação para Aplicação ............................................................................................... 38

Preparação do local: ............................................................................................................... 38

Preparação do praticante de Reiki: ........................................................................................ 39

17. Posições de Aplicação ....................................................................................................... 40

Região da Cabeça.................................................................................................................... 40

Região da Frente ............................................................................................................... 44

Região das Costas ............................................................................................................. 47

Região dos Pés .................................................................................................................. 48

ANEXOS: Ilustração das posições de Auto Aplicação ............................................................. 50

ANEXOS: Ilustração das posições de aplicação em outras Pessoas ...................................... 51

18. Técnicas do Reiki Tradicional Japonês (Dentho-Reiki)...................................................... 52

KENYOKU ................................................................................................................................ 53

JOSHIN KOKYUU-HO ............................................................................................................... 55

SHUCHU REIKI ......................................................................................................................... 58

REIKI MAWASHI ...................................................................................................................... 58

RENZOKU REIKI-HO ................................................................................................................. 59

19. Os 21 Dias de Limpeza Energética .................................................................................... 60

20. Os Símbolos do REIKI ........................................................................................................ 60

Choku Rei ................................................................................................................................ 61

Como Usar o Símbolo ............................................................................................................. 62

21. ANEXOS ............................................................................................................................. 63

A Anatomia Energética ........................................................................................................... 63

Os Sete Chakras Principais ................................................................................................ 63

Formação de Bloqueios nos Chakras e Dissolução através do REIKI................................ 72

22. Bibliografia ........................................................................................................................ 73


Elda Gonçalves – Mestre Reiki
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
4

1. Elda Gonçalves

Elda nasceu no seio de uma família dedicada à busca e aperfeiçoamento


da espiritualidade. Desde pequena, presenciou diálogos e discussões
acerca da jornada da alma sob o ponto de vista de diferentes filosofias e
culturas. Sempre se interessou por crenças, filosofias e assuntos
relacionados à espiritualidade.

Terapeuta Holística, Sensei/Mestre em Reiki Usui Tibetano e


Gendai Reiki-Ho. Praticante de meditação, Alquimia da Consciência e EFT
(Técnicas de Liberação Emocional).

Aviso Importante!

Observação importante sobre todos os conteúdos que possuem a expressão “cura”, “curar”,
“curas naturais” e similares.

Todos os conteúdos desta apostila são produzidos com base na visão espiritualista sobre
todos os aspectos da existência, da manifestação da vida e das relações entre todos os seres. E
neste conjunto de valores e diretrizes utilizadas na concepção do material de estudo de Elda
Gonçalves, as expressões “cura”, “curar”, “curas naturais” e similares não tem quaisquer relações
com os aspectos de cura ou quaisquer tratamentos médicos empregados na medicina alopática
ocidental, bem como pela comunidade médica clássica e científica.

Todos os conteúdos desta apostila estão orientados e focados para promover


exclusivamente HARMONIZAÇÃO e EQUILÍBRIO, paz de espírito e mudanças positivas nas a atitudes
e comportamentos.

Segundo a OMS “Saúde é um estado de bem estar físico,


Elda Gonçalvesmental e social
– Mestre Reiki e não apenas a ausência de doença”.
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
5

Definição da palavra CURAR segundo o dicionário Michaelis:

CURAR | cu.rar

(lat curare) vtd 1 Restabelecer a saúde de: Esse médico os curou. Curou-os com a
hidroterapia. vpr 2 Debelar a doença, aplicando remédios; recuperar a saúde: A vítima curou-se, e o
agressor foi condenado. Curou-se com a mudança de clima. Procurou o tal médico e com ele se
curou de antiga moléstia de pele. vtd 3 Debelar (doenças, feridas etc.). vtd 4 Fazer perder algum
defeito moral ou hábito prejudicial: Essa reprovação curou-o para sempre, e hoje ele encontra no
estudo a melhor distração. Quem o curará dessa melancolia?vpr 5 Emendar-se de algum defeito
moral ou hábito prejudicial.vtd 6 Remediar: Só o arrependimento pode curar as dores do pecado.
Você não o curará com palavras. vint 7 Fazer a cura: Essas ervas curam, realmente. vint 8 Exercer a
medicina:Este médico não vive só de curar. vti 9 Cuidar, tratar: Não curo de saber o que pensam a
meu respeito. vtd 10 Secar ao fumeiro, ao sol ou simplesmente ao ar: Curar carne, peixe, queijo etc.
vtd 11 Branquear, expondo ao sol: Curar o linho.vtd 12 Tecn Aperfeiçoar por transformação
química (p ex,borracha, por vulcanização; plásticos, pelo tratamento com calor ou substâncias
químicas, para torná-los infusíveis e insolúveis; concreto fresco, pela manutenção das condições
próprias de umidade e temperatura)

2. Introdução

A humanidade passa por um grande momento! Ao mesmo tempo em que o homem busca
uma compreensão maior de si mesmo e da sua interação com as forças da natureza, novas portas
para o conhecimento são abertas.

Até pouco tempo tais conhecimentos eram restritos a poucos, mas hoje o mundo passa por
um processo de transformação nunca antes visto. Neste quadro, os processos holísticos de

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
6

manipulação da energia são cada vez mais solicitados no caminho do homem para sua
harmonização e equilíbrio integral.

Para os monges tibetanos e praticantes do Reiki Tradicional, o conhecimento e a aplicação


do Reiki e de seus SÍMBOLOS SAGRADOS extrapolava a simples utilização para Harmonização e
Equilíbrio em particular. Era utilizado como uma forma de evolução espiritual de uma forma muito
mais abrangente.

A apostila que hora vos apresentamos é fortemente embasada na obra do mestre Johnny
De’Carli, até mesmo porque nossa linhagem passa por este professor, e em nossa modesta opinião,
suas obras são completas e não deixam nada a desejar a autores de outras nacionalidades.
Também utilizamos aqui os ensinamentos transmitidos por nosso mestre, Antônio Mello, Delfina
Primieri e Luciano Debastiani.

Após este curso, terei o maior prazer em continuar permanecendo à vossa disposição para
trocar experiências, dúvidas e comentários a respeito de vossa caminhada neste belo caminho que
hora vos é apresentado. Somos eternos aprendizes, e como tal devemos sempre permanecer de
mente aberta, humildes e atentos.

É importante também reiterar que por mais que exploremos recursos pedagógicos e
tecnológicos no aprendizado do Reiki, para se tornar um Reikiano, é necessário que o aspirante
passe pelo processo de iniciação, que só pode ser realizado por um Facilitador Habilitado (“mestre”
como nós, ocidentais, gostamos de nos intitular). Portanto não se pode praticar o Reiki sem que
seja realizada a iniciação.

Desejo a você, bons estudos e uma linda caminhada no Universo do REIKI!

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
7

3. REIKI e Aspectos Legais

Bem... este capítulo é bem delicado, mas extremamente necessário, pois, tenho visto as
mais variadas extravagâncias esquisotéricas tanto no que diz respeito à prática do REIKI, quanto em
outras técnicas terapêuticas. Antes de ser uma terapeuta holística, reikiana, me considero uma
estudiosa e pesquisadora neste Universo das “Artes de Harmonização e Equilíbrio” Energético e
Vibracional.

Para escrever este capítulo, me inspirei no artigo de Rogério Pires, Terapeuta e


Psicoterapeuta Holístico, cuja referência pode ser encontrada na bibliografia, ao final desta
apostila. Algumas referências a seguir foram extraídas e adaptadas do artigo mencionado, sem os
devidos rigores acadêmicos e complementadas com minha opinião e experiência pessoal.

Neste contexto, é importante que não coloquemos nossas paixões acima da verdade e por
AMOR ao REIKI é necessário que se faça alguns esclarecimentos importantes.

Esta abordagem tem o objetivo de criar um relacionamento construtivo entre todas as


PARTES INTERESSADAS, sejam os Terapeutas Reikianos os Facilitadores do Reiki, com os seus
“interagentes”, discentes e público consumidor em geral, pois o REIKI cada vez mais ganha espaço
no Brasil e no mundo e consequentemente desperta a curiosidade de algumas pessoas, interesses
financeiros de outras e Verdadeiro AMOR e VERDADE DE PROPÓSITO em sua grande maioria que
busca os efeitos harmonizadores que o REIKI proporciona na vida das pessoas.

Vamos analisar alguns aspectos LEGAIS e refletir sobre alguns termos encontrados na vasta
literatura que relata a história e aplicabilidade do Reiki. Citando o Código Penal, capítulo III – DOS
CRIMES CONTRA A SAÚDE PÚBLICA:

• Artigo 283 (Charlatanismo): Inculcar ou anunciar cura por meio secreto ou infalível.

Pena - detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, e multa.

• Artigo 284 (Curandeirismo): Exercer o curandeirismo: Prescrevendo, ministrando ou


aplicando, habitualmente, qualquer substância; usando gestos, palavras ou qualquer outro meio;
fazendo diagnósticos. Pena - detenção, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos. Parágrafo único - Se o
crime é praticado mediante remuneração, o agente fica também sujeito à multa.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
8

Pois então... quando afirmamos que o Reiki “CURA”, que trata de “PACIENTES”, que “trata
de doenças”, que “utiliza-se de símbolos SECRETOS”, que faz “diagnósticos”, e utiliza quaisquer
outros termos ou atividades com a mesma conotação, ou termos similares, o terapeuta poderá se
enquadrar em um destes Artigos, além de existir a possibilidade de ser acusado de EXERCÍCIO
ILEGAL DA MEDICINA, independente do bom resultado da aplicabilidade do REIKI.

Então o que o REIKI faz?

O Reiki não cura e sim HARMONIZA, EQUILIBRA; o Terapeuta Reikiano não tem pacientes e
sim “CLIENTES” ou “INTERAGENTES1”; a Energia Reiki não trata de doenças e sim de
DESEQUILÍBRIOS, DESARMONIAS; O Terapeuta Reikiano não dá diagnósticos e sim faz ANÁLISES
ENERGÉTICAS E SUAS PRÉ-DISPOSIÇÕES; o Terapeuta Reikiano não prescreve e sim RECOMENDA,
ACONSELHA; e é importante deixar claro que os símbolos do Reiki não são secretos e sim
“SAGRADOS”, que são palavras com significados distintos e desta forma não se caracteriza como
uma prática secreta (Art. 283).

Em se tratando das afirmações de que o REIKI é reconhecido pela OMS - ORGANIZAÇÃO


MUNDIAL DE SAÚDE, para a surpresa de muitos facilitadores, clientes e alunos; ELE NÃO É
RECONHECIDO PELA OMS! Para averiguar esta constatação, basta realizar uma breve pesquisa na
página eletrônica da OMS.

Esta “pequena confusão”, deu-se devido a OMS, em 1962, através da DECLARAÇÃO DE


ALMA ATA, instituir a “Terapia Alternativa” em caráter internacional e em 1978, a Organização das
Nações Unidas – (ONU), sugerir aos países membros que adotem as práticas alternativas em saúde,
em seus respectivos sistemas de saúde. Em nenhum momento, nestes eventos, foram citados os
nomes “REIKI” ou “ENEGIA VITAL UNIVERSAL” e sim a prática holística como um todo. E é claro, que
esta informação em nada diminui a eficácia da técnica, que pode ser comprovada empiricamente
durante toda a sua existência.

Outro importante fato a ser esclarecido, envolve a "história" do REDESCOBRIDOR da Energia


Reiki, o Sr. MIKAO USUI, que foi sem dúvida a principal BASE de toda a significativa obra que
envolve a Energia Reiki. Muito comumente, quando lemos alguma obra relacionada com a sua

1
INTERAGENTE: Termo proposto pela Naturologia. A pessoa que está recebendo um tratamento holístico,
natural ou complementar é chamada de Interagente porque age em conjunto com o terapeuta para evoluir no
tratamento e conquistar o seu bem estar.
Elda Gonçalves – Mestre Reiki
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
9

história, encontramos associações com títulos, diplomas, viagens, ligações com importantes
Instituições Internacionais, dentre outros atributos, que algumas pesquisas mais recentes,
principalmente nestas referidas instituições citadas em suas biografias, mostrarem o contrário.

Mas isto é conteúdo para outro capítulo...

Adendo ao artigo de Rogério Pires, por Luciano Debastiani (meu mestre): Recentemente,
mais especificamente no dia 13 de janeiro de 2017, o Reiki em particular e outras práticas, foram
incluídas entre os procedimentos que fazem parte do Sistema Único de Saúde (SUS). Todas essas
práticas integrativas fazem parte da Tabela de Procedimentos do SUS na categoria de "ações de
promoção e prevenção em saúde". Tal inclusão mostra que o Reiki em particular e outras práticas
integrativas em geral, são amplamente reconhecidas como práticas que auxiliam na recuperação da
saúde e na promoção do bem estar.

4. Os Mitos que envolvem a Origem do REIKI

Precisamos aqui desmistificar alguns fatos e estorinhas que são associados ao REIKI desde a
sua vinda para o ocidente.

Vamos analisar alguns MITOS que são comumente disseminados em cursos e seminários de
REIKI Brasil e Ocidente afora:

• Mikao Usui cresceu e tornou-se Padre Católico, professor e Reitor de uma pequena
Universidade Cristã em Kioto.
• Desejoso de ajudar os que sofriam e sabendo das habilidades de Jesus, desejava
ardentemente conhecer suas práticas de Cura.
• Um dia, questionado por alunos se acreditava literalmente na Bíblia, respondeu que sim.
Então os alunos lembraram as curas de Cristo, mencionando suas palavras: “Você fará como tenho
feito e mesmo as grandes coisas”. Após essa colocação inicial perguntaram se no mundo ainda
existiam curadores que trabalhassem com a mesma técnica de cura praticada por Jesus. Se
existiam, queriam conhecer essa técnica. Impedido de responder por desconhecimento sentiu-se
também envergonhado e ultrajado em sua honra como Professor e Reitor. Demitiu-se de suas
funções e passou a dedicar sua vida a achar as respostas.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
10

• Tendo estudado com missionários americanos, e sendo os Estados Unidos um país com
predominância cristã, viajou para esse país em 1898 e iniciou seus estudos na Universidade de
Chicago, no Seminário Teológico. Após 7 anos, doutorou-se em Teologia, tornando-se também um
grande conhecedor de línguas antigas, incluindo o Sânscrito.
• Mas, não tendo encontrado as respostas a seu questionamento, viajou novamente para
procurá-las em outras terras. Tendo conhecimento que Sidarta Gautama – O BUDA (620 - 543 AC)
também havia sido conhecido por suas curas, retornou ao Japão para pesquisar nessa via. Uma vez
no Japão, embora o Centro do Budismo ficasse em Nara, Mikao foi para Kioto onde havia cerca de
880 templos e mosteiros. Dentre esses, um

Templo ZEN que tinha a maior biblioteca do Japão, onde foi pesquisar nos SUTRAS (Registros
Antigos) sobre as curas de BUDA.

• Durante um período de reclusão e jejum de 21 dias no Monte Kurama, no 21º dia, de


madrugada, viu uma luz branca fortíssima e também observou que havia sido lançado fora do
corpo. Sentindo a comunicação com o EU superior, teve sua consciência totalmente aberta, luzes
espocaram em forma de bolhas em sua mente trazendo em seu interior os símbolos sagrados.
Então, durante esse processo aprendeu como usar os símbolos e seu significado.
• Alguns pequenos “milagres” teriam acontecido e que justificaram o “Redescobrimento” de
algo especial, que viria a ser o REIKI:
• Após sua visão no Monte Kurama, Mikao estava ótimo. Estava energizado, sem fome e
resolveu caminhar até o Mosteiro onde ficava um velho amigo seu, Abade. Então, percebeu que
mesmo após 21 dias de jejum e meditação, não estava fraco. Esse teria sido o 1º milagre.
• Na descida do Monte, Mikao tropeçou, lesando um dedo de seu pé, o qual começou a
sangrar e a doer bastante. Por instinto, como ser humano, colocou sua mão no local machucado,
passando a dor e estancando a hemorragia. E esse teria sido o 2º milagre.
• Na volta ao Mosteiro, resolveu se alimentar e, para isso, parou numa Pousada. O dono, por
sua aparência viu que Mikao havia jejuado por um longo período e propôs que comesse
moderadamente tendo em vista suas condições. Mikao pediu uma refeição completa, farta e
alimentou-se bastante sem sentir nenhuma reação inconveniente. Esse teria sido o 3º milagre.
• Ainda na Pousada, vendo uma menina que chorava e estava com o rosto inchado e
avermelhado, chamou-a e perguntou-lhe o motivo. A garota respondeu que estava com dor de

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
11

dente há três dias e não tinha dinheiro para se tratar. Mikao colocou sua mão no local da dor. A
menina não sentiu mais dor, e não havia mais inchaço. E assim teria acontecido o 4º milagre.

A VERDADE é que a história não é bem assim!!!

Tudo indica que esses fatos foram inventados pela Hawayo Takata quando ela trouxe o REIKI
do Japão para a ilha de Kawai, no Havaí, tendo sido ali o marco inicial da difusão do REIKI em todo
Ocidente. Alguns estudiosos entendem que os dados sobre a vida de Mikao Usui foram
deliberadamente alterados para se adaptar a certos conceitos ocidentais e para facilitar a
penetração do Reiki no Ocidente, especialmente no período pós-guerra, quando os japoneses ainda
eram vistos com uma certa desconfiança2.

Para o bem da VERDADEIRA história do REIKI, o próximo capítulo desta apostila é uma
transcrição integral de um artigo dos professores William Lee Rand e Laura Ellen Gifford onde é
feito um resgate da verdadeira história do REIKI.

Vamos ao artigo:

5. Descobrindo as Raízes do Reiki

Transcrição integral do artigo homônimo dos professores e pesquisadores do REIKI William


Lee Rand e Laura Ellen Gifford

O REIKI

Como professores e praticantes de Reiki, todos nós temos contado a história "tradicional"
do Reiki como é ensinada no Ocidente. Entretanto, essa história nunca nos pareceu completa e tal
sentimento era compartilhado por muitos de nós. Parecia que faltavam informações importantes, e
partes da história não se encaixavam bem. Alguns dos "fatos" foram investigados, descobrindo-se
que não eram verdadeiros, e outros não puderam ser confirmados.

2
Certamente lembranças do ataque à base naval norte americana de Pearl Harbor, efetuada pela Marinha
Imperial Japonesa na manhã de 7 de dezembro de 1941.
Elda Gonçalves – Mestre Reiki
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
12

As informações sobre o Dr. Usui, ou Usui Sensei, como ele é chamado pelos estudantes de
Reiki no Japão, eram tão limitadas e pareciam tão fictícias no Ocidente que muita gente começou a
duvidar de que ele realmente tivesse existido. Isso muitas vezes impedia que as pessoas se
sentissem ligadas a ele e ao sistema que ele criara.

No passado publicamos o artigo "Os Ideais Originais do Reiki", que apresentava uma versão
mais autêntica do que a que nos fora ensinada no Ocidente. Desde aquela época, surgiram novas
informações. Algumas dessas revelações são fruto da investigação de Dave King, Melissa Riggall,
Robert Jefford e outros. As mais interessantes e verificáveis dessas informações nos vêm de Frank
Arjava Petter e seu novo livro, "Reiki Fire" (O Fogo do Reiki). Arjava foi um dos primeiros Reiki
Masters ocidentais a ensinar outros mestres no Japão, a partir de 1993.

Com a ajuda de sua mulher japonesa, Chetna, e de Shizuko Akimoto, Reiki Master no Japão,
Arjava contatou fontes de informações importantes a respeito da história do Reiki. Várias dessas
pessoas haviam aprendido Reiki com alguns dos primeiros professores de Usui Sensei, ou seja, um
Sr. Oishi e um Sr. Fumio Ogawa.

Arjava também conversou com membros da família de Usui Sensei e do Usui Shiki Reiki
Ryoho, que é a organização original fundada por Usui Sensei em Tóquio. Por meio desses contatos,
ele preencheu algumas lacunas na história do Reiki e descobriu outros fatos valiosos. Essas
informações fornecem uma visão mais profunda de quem foi Usui Sensei, do que o motivou a
redescobrir o Reiki e de como ele e seus alunos o praticavam.

Depois de ler o livro de Arjava, ficamos interessados em saber mais e enviamoslhe um e-mail
com várias perguntas. Ele respondeu a nossas perguntas e convidou-nos para irmos ao Japão visitar
os locais sagrados e discutir as implicações dessas novas descobertas. Aceitamos prontamente o
convite e partimos para o Japão na segunda semana de setembro.

Muitas sincronicidades ocorreram em relação a nossa viagem ao Japão. Depois que a viagem
foi marcada, conhecemos pessoas que moravam no Japão e que se ofereceram para ser nossos
guias durante o tempo que passássemos lá. Uma dessas pessoas, Yuki Yamamoto, viajou de Osaka,
no Japão, para os Estados Unidos a fim de fazer um de nossos cursos, sem saber de nossos planos
de viagem. Osaka fica perto do Monte Kurama, e Yuki estivera lá muitas vezes. Quando soube de
nossa viagem, ofereceu-se para juntar-se a nós no Monte Kurama, como guia, pondo seu carro a
nossa disposição.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
13

Apenas duas semanas depois de se terem encontrado na Internet, Friedmann, que mora no
Japão, veio à Universidade de Kentucky a negócios e visitou Laura para trocarem sessões de Reiki.
Naquela época ainda não havíamos planejado nossa viagem. Acontece que Friedmann mora a
apenas 10 minutos de onde mora Arjava, no Japão, e também se ofereceu para ser nosso guia no
Monte Kurama! Assim, sem procurar, havíamos arranjado vários guias extras que acabaram sendo
muito úteis. Sentimos que tais coisas aconteceram como resultado de nossa prática diária de Reiki,
quando pedimos que a energia nos guie em cada aspecto de nossa vida.

Monte Kurama, onde o Reiki foi Descoberto

De acordo com literatura encontrada no Templo do Monte Kurama, em 770 d.C. um


sacerdote chamado Gantei subiu ao Monte, levado por um cavalo branco. Sua alma foi iluminada
com a percepção de Bishamon-ten, o protetor do quadrante norte do céu budista e espírito do Sol.
Gantei fundou o templo budista no Monte Kurama, o qual passou por vários estágios de
desenvolvimento e restauração, e agora contém vários templos. O templo inicialmente fez parte da
seita Tendai, do budismo. Desde 1949, faz parte da seita Kurama-Kokyo.

Arjava, Yuki e Friedemann nos acompanharam em nossas várias excursões à montanha. O


Monte Kurama tem uma energia maravilhosa! Os templos do Kurama estão localizados na encosta
da montanha, sendo necessário vencer subidas e descidas íngremes a fim de visitá-los.
Normalmente isso seria muito cansativo, mas descobrimos que um momento de descanso era o
suficiente para restaurar-nos as forças. O Monte Kurama é, verdadeiramente, um "lugar de poder"
e a energia que ali flui transmite muita força, mas, ao mesmo tempo, muita calma. Tem-se ali uma
sensação de contentamento e paz. Também tivemos consciência da presença de muitos espíritos
que ali estavam para nos auxiliar, e deles recebemos inspiração e orientação.

Nossa primeira parada, ao subirmos a montanha, foi na Estação San-mon. Existe ali um
santuário que representa a Trindade, que, na seita budista Kurama-Kokyo, é conhecida como
Sonten ou Deidade Suprema. Sonten é considerada como a fonte de toda criação — a essência de
tudo que é. Sonten veio ao mundo, na forma de um ser, mais de seis milhões de anos atrás, quando
Mao-son, o grande rei dos vencedores do mal, desceu no Monte Kurama proveniente de Vênus.
Sua missão era a salvação e evolução da humanidade e de todas as coisas vivas da Terra. Diz-se

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
14

também que Maoson encarnou como o espírito da Terra, residindo dentro de uma velha árvore de
cedro no topo da montanha. Esse espírito emana do Monte Kurama até hoje. Sonten manifesta-se
na Terra como Amor, Luz e Poder. O símbolo do Amor é chamado de Senju-Kannon e é muito
semelhante ao símbolo Mental/Emocional de Usui. O símbolo da Luz é chamado de Bishamon-ten e
é representado por um símbolo sanscrítico com o qual não estávamos familiarizados. O símbolo do
Poder é chamado de Mao-son e é representado por uma antiga versão do símbolo Om. A essência
de todos os três está em cada um. Esses três símbolos são semelhantes, em significado, aos três
símbolos do segundo nível do Reiki.

O kanji usado para o símbolo de Mestre no sistema Usui é também usado na literatura do
templo Kurama. O significado do Sonten é expresso usando-se o mesmo kanji que usamos no Reiki
para o símbolo de Mestre. Durante uma oração no Templo de Hondon, a que tivemos permissão
especial de assistir, o sacerdote usou o nome do símbolo de Usui para Mestre durante parte de seu
canto!

Tem que ser mais que coincidência o fato de o símbolo de Usui para Mestre ser usado no
templo Kurama para representar Sonsen, a Deidade Suprema, e que o símbolo que representa o
amor seja muito semelhante ao símbolo mental/emocional de Usui. Sendo que Usui Sensei recebeu
sua iniciação de Reiki no Monte Kurama, é provável que ele tenha usado algum do simbolismo e da
filosofia do templo Kurama na formulação do Reiki.

Na verdade, pelo que nos explicou Shizuki Akimoto, Usui Sensei estudou muitas coisas antes
de redescobrir o Reiki. Ele utilizou o que estudara, combinando o resultado de seus estudos com o
que lhe parecia certo, formando o sistema de cura Usui. Isso fica claro nos "Princípios ou Ideais do
Reiki", que agora sabemos proceder do Imperador Meiji. No Memorial de Usui, localizado no
templo Saihoji, encontramos essa indicação. A inscrição menciona que Usui Sensei estudou muitas
coisas, mas sua vida não ia bem quando decidiu subir ao Monte Kurama para meditar à procura de
respostas. Talvez ele estivesse buscando uma transformação pessoal (e para isso a montanha é
famosa) e ajuda para curar sua vida. Parece que ele fez o que muitos de nós fizemos quando nossa
vida não ia bem e voltamo-nos para o espiritual à procura de respostas e cura. Ele abriu-se ao poder
superior e recebeu cura não apenas para si mesmo, mas também uma forma de ajudar outras
pessoas.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
15

O Monte Kurama é cheio de cedros. Ao subirmos, passamos por uma trilha perto do topo da
montanha, coberta de raízes, e pensamos: sim, as raízes do Reiki. No topo da montanha existe um
lugar muito tranqüilo, com um pequeno santuário chamado Okunoin Mao-den,
Mao den, onde se diz que
Mao-son
son desceu. Atrás do santuário, protegido por uma cerca de arame, há um velho cedro que
dizem conter o espírito de Mao-son.
son. Essa área é muito calma e nela se escutam o som de água
corrente e do vento soprando entre as árvores. Passamos muito tempo ali, em meditação, e
fazendo aplicações de Reiki e iniciações uns nos outros.

O Memorial. Respostas esculpidas na rocha

Com a ajuda de Arjava Petter, encontramos o memorial dedicado a Usui Sensei, o fundador
do sistema de cura Reiki. Está localizado no Templo Sihoji, no distrito

Suginami em Tóquio. O memorial foi criado pelo Usui Shiki Reiki Ryoho,
Ryoho logo após a
transição de Usui Sensei. Essa é a organização que Usui Sensei criou com o fim de promover a

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
16

prática e o ensino do Reiki. O local do memorial é mantido pelo Usui Shiki Reiki Ryoho. Isso foi
confirmado por funcionários do Templo Saihoji, onde está localizado o memorial. Ficamos
surpresos ao saber que o Usui Shiki Reiki Ryoho ainda existe, pois parte da história "tradicional" diz
que todos os membros daquele grupo morreram na guerra ou haviam deixado de usar o Reiki, e
que a sra. Takata tinha sido a única professora do sistema Usui que restara no mundo. Agora
sabemos que o Usui Shiki Reiki Ryoho sempre existiu e ainda existe hoje. Eles estiveram ensinando
e praticando Reiki no Japão todo esse tempo.

O memorial consiste em um grande monolito de cerca de 1,20 m de largura e 2,5 m de


altura. Nele, escrita em estilo antigo kanji japonês, encontra-se uma descrição da vida de Usui
Sensei e sua descoberta e uso do Reiki. O memorial fica em um cemitério público junto ao Templo
Saihoji, perto da tumba de pedra de Usui Sensei, onde foram colocadas suas cinzas juntamente com
as de sua mulher e de seu filho. A inscrição da pedra do memorial foi escrita pelo sr. Okata, que se
acredita ter sido membro do Usui Shiki Reiki Ryoho, e pelo sr. Ushida, que se tornou presidente
após a morte de Usui Sensei. Há muitos detalhes importantes e interessantes na inscrição.

Levamos flores ao memorial e queimamos incenso. Uma borboleta pousou nas flores que
havíamos levado e sentimos uma grande paz ao desenharmos todos os símbolos do Reiki e
enviarmos Reiki para Usui Sensei. Demo-nos as mãos e oramos pelo Reiki e por Usui Sensei,
pedindo-lhe que nos guiasse ao escrevermos este artigo e compartilharmos uma compreensão mais
exata do Reiki com o mundo todo. Pedimos que estas novas informações ajudassem a unir todos os
praticantes de Reiki em harmonia e a inspirá-los a usar Reiki para curar uns aos outros, para curar
todas as pessoas do mundo e a Terra como um todo. Enquanto meditávamos, tornamo-nos
conscientes da presença de Usui Sensei cercado de uma luz brilhante. Sentimos que ele estava
muito feliz pela divulgação da imagem de seu memorial entre tanta gente e pela divulgação de uma
compreensão mais clara de como ele praticava Reiki.

Shizuko Akimoto forneceu-nos outras informações sobre Usui Sensei e a história do Reiki.
Segundo sua pesquisa com o sr. Ogawa e outros membros do Usui Shiki Reiki Ryoho, nunca houve
uma obrigatoriedade de se cobrar os tratamentos de Reiki. O Dr. Hayashi cobrava o que as pessoas
podiam pagar, e se elas fossem pobres, ele as tratava de graça. Sua clínica de Reiki não era
lucrativa, mas, sim, fruto do desejo de ajudar as pessoas. Muitos de seus alunos pagavam o
treinamento de Reiki trabalhando na clínica. Se Usui Sensei tornou-se popular ajudando as vítimas
do terremoto de Tóquio, como indicado em seu memorial, é provável que ele não insistisse que
Elda Gonçalves – Mestre Reiki
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
17

todos pagassem pelos tratamentos, mas, como o Dr. Hayashi, deve ter tratado muita gente
gratuitamente.

Não existe o título de "Grandmaster" ou "Portador da Linhagem" na organização iniciada por


Usui Sensei.

Os altos preços cobrados pelo nível de mestre por algumas pessoas no Ocidente, não são
uma exigência do Usui Shiki Reiki Ryoho. Também, sabe-se que Usui Sensei e o Dr. Hayashi tinham
manuais de aulas, que eram distribuídos aos alunos, aos quais ainda não temos acesso.

Uma vez que o Reiki não é um negócio lucrativo, alguns dos alunos do Dr. Hayashi foram
forçados a parar de praticá-lo por falta de uma renda adequada. Isto sugere que um arranjo
financeiro mediano pode ser mais apropriado. Um caminho mediano permite que a pessoa cobre
honorários razoáveis e, assim, possa ganhar a vida; contudo, poderá cobrar honorários mais baixos,
se necessário, ou mesmo não cobrar nada de pessoas que não tenham condições de pagar. Isso
permitiria que as pessoas dedicassem a vida a aplicar Reiki em tempo integral, criando-se então
mais reikianos para ajudar um número cada vez maior de pessoas.

Segundo Arjava Petter, não existe o título de "Grandmaster" ou de "Portador da Linhagem"


na organização iniciada por Usui Sensei. A pessoa encarregada da organização era e é o presidente.
Usui Sensei foi o primeiro presidente do Usui Shiki Reiki Ryoho. Desde aquela época, houve cinco
presidentes sucessivos: Sr. Usyhida, Sr. Taketomi, Sr. Watanabe, Sr. Wanami e a atual presidente,
Sra. Kimiko Koyama. O Dr. Hayashi foi um professor respeitado, mas não ocupou o cargo de
presidente nem tinha outras responsabilidades.

De acordo com Rick Rivard, a atual presidente, Sra. Koyama, tem 91 anos de idade e
aprendeu Reiki mais ou menos aos 21. Embora tenha vivido na época de Mikao Usui, ela não o
conheceu. Aprendeu Reiki com seu falecido marido, que era da Marinha. Quando ofereceram a
posição de presidente da sociedade a seu marido, que a recusou, a Sra. Koyama aceitou essa
responsabilidade. Ela consegue determinar a localização de uma doença ou de um ferimento
simplesmente observando a pessoa que está entrando na sala. Trata o cliente em uma cadeira
reclinável e recebe mensagens interiores que lhe guiam as mãos durante o tratamento.
Desenvolveu incrível capacidade de cura, como se esperaria da pessoa que se acha à frente do Usui
Shiki Reiki Ryoho.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
18

Diferenças de língua e diferenças culturais, juntamente com uma relutância por parte dos
integrantes do Usui Shiki Reiki Ryoho em falar com os praticantes ocidentais de Reiki, limitaram
nossa comunicação. É por esse motivo que informações sobre a organização original do Reiki
levaram tanto tempo para vir à tona no Ocidente. Contudo, já houve alguma comunicação e
espera-se que logo ocorra uma abertura, pois a inscrição encontrada no Memorial de Usui diz que é
desejo de Sensei Usui que o Reiki seja espalhado por todo o mundo.

As harmonizações ou iniciações e a prática do Reiki baseiam-se mais na intuição e na


intenção do que em regras rígidas, sendo a energia Reiki o elemento essencial. A flexibilidade do
sistema Usui torna-o suficientemente amplo para incluir uma grande gama de métodos e técnicas,
validando, assim, os muitos estilos praticados hoje. A liderança do Reiki encontra-se no Japão, onde
o Reiki teve origem, e não no Ocidente.

O memorial de Usui, as informações que ele contém e a energia do Monte Kurama nos
fornecem um legado duradouro, que nos une a Usui Sensei e ao espírito do Reiki que ele
redescobriu. Isso nos liga às raízes do sistema Usui e fornece um ancoradouro que mantém o Reiki
orgânico, conectando-nos às energias vivas de sua origem. O memorial de Usui, com sua inscrição,
fornece um ponto central para onde os grupos de Reiki podem todos convergir, ajudando a acabar
com a divisão e a competitividade que surgiram no Ocidente.

Também há outras indicações de descobertas importantes. Recebemos notícias de que


foram descobertos materiais escritos por Usui Sensei, pelo Dr. Hayashi e outros, e logo serão
traduzidos e divulgados. É provável que passe a haver uma comunicação mais aberta com membros
do Usui Shiki Reiki Ryoho, incluindo a presidente, que provavelmente revelará outras informações
úteis.

Este é um momento maravilhoso para o Reiki no Ocidente, agora que estamos finalmente
descobrindo sua verdadeira história. Muitos estão tendo uma sensação maravilhosa de volta ao lar.
Que nos unamos todos na alegria destas novas descobertas, permitindo que elas inspirem e dêem
poder à prática do Reiki.

Uma descrição mais detalhada de nossas aventuras, com mais fotografias, pode ser
encontrada em nosso web site: www.reiki.org

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
19

A Inscrição do Memorial de Usui

(Por William Lee Rand)

A inscrição do Memorial de Usui foi escrita em japonês antigo pelo Sr. Okata, membro do
Usui Shiki Reiki Ryoho, e pelo Sr. Ushida, que se tornou presidente após a transição de Usui Sensei.
A tradução para o inglês aparece em "Reiki Fire" e é usada aqui (em português), com permissão do
autor, Frank Arjava Petter.

O grande kanji que aparece no alto do memorial diz: "Memorial da Virtude de Usui Sensei".
A seguir, lê-se: "Alguém que estuda muito (i.e. pratica meditação) e trabalha assiduamente para
melhorar o corpo e a mente com o objetivo de tornar-se uma pessoa melhor, é chamado de
"homem de grande espírito". As pessoas que usam esse grande espírito para um propósito social,
isto é, ensinar o caminho certo a muita gente e fazer o bem coletivamente, são chamadas de
"professores". O Dr. Usui foi um desses professores. Ele ensinou o Reiki do Universo (energia
universal). Inúmeras pessoas pediram-lhe que lhes ensinasse o grande caminho do Reiki e que as
curasse. O Dr. Usui nasceu no primeiro ano do período Keio, chamado Keio Gunnen, em 15 de
agosto (1865). Seu primeiro nome era Mikao e seu outro nome pronuncia-se Gyoho (ou Kyoho). Ele
nasceu na vila de Yago, no distrito de Yamagata da prefeitura de Gifu. O nome de seu ancestral é
Tsunetane Chiba. O nome de seu pai era Uzaemon. O nome de família da mãe era Kaweai. Pelo que
se sabe, ele foi um aluno talentoso e esforçado. Quando adulto, viajou para vários países ocidentais
e para a China a fim de estudar. A certa altura de sua vida, as coisas começaram a correr mal;
contudo, ele não desistiu e continuou seu treinamento. Certo dia dirigiu-se ao Monte Kurama para
um retiro de 21 dias, jejuando e meditando. Ao final desse período, subitamente sentiu a grande
energia do Reiki no topo da cabeça, o que o levou ao sistema de cura Reiki. Primeiramente usou o
Reiki em si mesmo, depois em sua família. Como funcionou bem para vários males, ele decidiu
compartilhar seu conhecimento com o público em geral. Abriu uma clínica em Harajuki, Aoyama,
Tóquio, em abril do 11º ano do período Taisho (1922). Ele não apenas tratou de inúmeros
pacientes, alguns dos quais haviam viajado de muito longe, mas também realizou vários cursos de
treinamento para espalhar seu conhecimento. Em setembro do décimo segundo ano do período
Taisho (1923), Tóquio foi atingida pelo devastador terremoto Kanto. Milhares de pessoas foram

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
20

mortas, feridas, ou ficaram doentes. O Dr. Usui levou o Reiki para a cidade devastada, usando seu
poder de cura em favor das vítimas sobreviventes. Sua clínica logo se tornou pequena demais para
atender tantos pacientes, e em fevereiro do 14º ano do período Taisho (1925), ele construiu uma
nova clínica fora de Tóquio, em Nakano.

Sua fama espalhou-se rapidamente por todo o Japão, e ele começou a receber convites de
cidades e vilas distantes. Uma vez foi a Kure, outra a Hiroshima, depois a Saga e Fukuyama. Durante
sua estada em Fukuyama, ele teve um ataque cardíaco fatal, no dia 9 de março do 15ºano do
período Taisho (1926), aos 62 anos de idade.

A esposa do Dr. Usui chamava-se Sadako; seu nome de solteira era Suzuki. Eles tiveram um
filho e uma filha. O filho, Fuji Usui, cuidou dos negócios da família após o falecimento do Dr. Usui.

O Dr. Usui era uma pessoa muito calorosa, simples e humilde. Era fisicamente saudável e
bem proporcionado. Nunca se exibia e sempre tinha um sorriso nos lábios. Era também muito
corajoso face à adversidade. Ao mesmo tempo, era uma pessoa muito cautelosa. Tinha inúmeros
talentos. Gostava de ler e seu conhecimento de medicina, psicologia e teologia das religiões de
todo o mundo era vasto. Esse hábito de estudar e colher informações certamente ajudou a
preparar o caminho para sua percepção e compreensão do Reiki. O Reiki não apenas atua como
auxiliar na cura de doenças3, mas também amplia aptidões inatas, equilibra o espírito, torna o
corpo sadio e, assim, ajuda as pessoas a alcançarem a felicidade. A fim de ensinar isso a outros,
devemos seguir os cinco princípios do Imperador Meiji e meditar sobre eles. Devemos repeti-los
diariamente, uma vez de manhã e outra à noite: Não se zangue hoje. Não se preocupe hoje. Seja
grato hoje. Trabalhe arduamente hoje. (prática meditativa). Seja bom para os outros hoje. (Nota de
Elda Gonçalves: com relação aos princípios do Reiki, no Capítulo 14propomos uma adaptação dos
mesmos que não alteram em nada o seu significado, mas que faz uso de palavras positivas.)

A meta final é compreender o método secreto antigo para se alcançar a felicidade (Reiki) e,
assim, descobrir uma cura para múltiplas enfermidades. Se esses princípios forem seguidos, nós
conseguiremos a grande tranquilidade mental dos sábios da antiguidade. Para espalhar o sistema
Reiki, é importante iniciarmos em um lugar próximo de nós (nós mesmos), e não a partir de algo
distante, como filosofia ou lógica.

3
Atenção especial ao nosso alerta feito no capítulo 4.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
21

Sentem-se em silêncio todas as manhãs e todas as noites, com as mãos postas em "Ghasso"
ou "Namaste". Sigam os grandes princípios e aquietem-se. Trabalhem com o coração e ajam a partir
do espaço interior que existe dentro de cada um.

Os paradigmas filosóficos estão mudando o mundo. Se o Reiki puder ser espalhado por todo
o planeta, irá tocar o coração da humanidade e o moral da sociedade. Ele será útil para muita
gente, não apenas curando doenças, mas curando a Terra como um todo. Mais de 2.000 pessoas
aprenderam Reiki com o Dr. Usui. Um número ainda maior aprendeu-o com seus primeiros
discípulos, que levaram o Reiki adiante. Agora, após o falecimento do Dr. Usui, o Reiki continuará a
espalhar-se. É uma bênção universal termos recebido o Reiki do Dr. Usui e podermos transmiti-lo a
outros. Muitos dos alunos dele uniram-se para construir este memorial aqui no Templo Saihoji, no
distrito Toyotoma.

Foi-me solicitado que escrevesse estas palavras a fim de manter viva esta grande obra.
Aprecio profundamente o trabalho dele, e gostaria de dizer a todos os seus alunos que me sinto
honrado por ter sido escolhido para essa tarefa. Que muita gente possa entender o grande serviço
que o Dr. Usui prestou ao mundo.

Publicado originariamente na revista Amaluz.

Traduzido por Ana Gláucia Ceciliato, mestre em Reiki.

6. Esclarecimentos sobre nossa Linhagem

Minha primeira iniciação em REIKI foi com o Luciano Debastiani em 2015. Em 2016 tive
contato pela primeira vez com o Reiki Xamânico Estelar

Em setembro de 2017 concluí a formação como Sensei4/mestre do Método Reiki Usui


Tibetano e em novembro de 2019, fiz a reciclagem do mestrado em Gendai Reiki-Ho, Gokuikaiden.

Em meus cursos de REIKI, não tenho como deixar de fora os ensinamentos do Reiki
Tradicional Japonês resgatado pelo Sensei Doi Hiroshi, por isso que em meus cursos eu faço

4
SENSEI: palavra japonesa que é traduzido literalmente como "pessoa nascida antes de outro".
Termo que comumente designa o professor, instrutor ou facilitador.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
22

questão de fundamentar o REIKI dentro da técnica tradicional, embora adaptado a uma realidade
ocidental moderna.

7. Linhagem

Após a sua iniciação, você será incluído a uma linhagem de professores que o levam até
Mikao Usui. Apresento a seguir as linhagens as quais você passa a fazer parte após a sua
Sintonização:

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
23

Linhagem no REIKI TRADICIONAL JAPONÊS

Mikao Usui William Lee Rand


Chujiro Hayashi Antonio Melo
Hawayo Takata Luciano Debastiani
Phyllis Lei Furumoto Elda Gonçalves
Pat Jack Carol Farmer VOCÊ
Cherie A. Prashn Lean Smith

Linhagem no DENTHO REIKI

Mikao Usui Fuminori Aoki


Juzaburo Ushida Johnny De’ Carli
Kanichi Taketomi Antonio Melo
Houichi Wanami Luciano Debastiani
Kimiko Koyama Elda Gonçalves
Doi Hiroshi VOCÊ

Linhagem TEATE Reiki

Mikao Usui Antonio Melo


Mestre desconhecido Luciano Debastiani
Chris Marsh Elda Gonçalves
Stephen Richard Womack VOCÊ

Linhagem Específica do Gendai Reiki-Ho

Mikao Usui Doi Hiroshi


Juzaburo Ushida Johnny De’ Carli
Kanichi Taketomi Antonio Melo
Houichi Wanami Luciano Debastiani
Kimiko Koyama Elda Gonçalves - VOCÊ

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


24
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)

8. O REIKI Tradicional proposto pelo Sensei Dr. Usui

O sistema Reiki Tradicional Usui, onde nosso curso é profundamente inspirado, foi
elaborado visando resgatar a pureza dos ensinamentos originais do Sensei Mikao Usui.

O sistema de Reiki mais difundido no ocidente é o chamado Reiki Usui Shiki Ryoho,
erroneamente chamado de “Reiki Tradicional”. Este sistema foi introduzido no Hawaí por Hawayo
Takata, aluna de um dos discípulos de Mikao Usui, o Dr. Chujiro Hayashi.

O Dr. Hayashi, médico e oficial da Marinha Imperial Japonesa, recebeu o “Shinpiden”


(mestrado) das mãos de Usui e abriu uma clínica de Reiki em Shinano Machi, Tókio. Depois da
morte de Usui, funda a Hayashi Reiki Kenkyukai (Associação de Reiki de Hayashi).

Devido a sua condição de médico, Hayashi modifica o método de aplicação de Reiki,


desejando em primeiro lugar a técnica de imposição de mãos e em segundo lugar as práticas
espirituais (meditações, controle da respiração, etc). Assim, o Reiki de Hayashi se transforma em
nada mais que uma técnica de canalização de energia dirigida à cura5.

As 12 posições fixas que encontramos no Reiki Ocidental são criação deste médico japonês
e não de Mikao Usui. O motivo desta aplicação é que isto permitia que vários de seus alunos
canalizassem Reiki para um só receptor, pois não podemos esquecer de que ele tinha sua clínica
Reiki. Tal característica da aplicação do REIKI tem se mantido assim desde então.

Em parte, pelas omissões de Hayashi e pelas próprias de Takata é que o Reiki chega ao
Ocidente como uma simples técnica de imposição de mãos, perdendo-se no caminho uma
quantidade de técnicas de crescimento espiritual, de auto potencialização, purificação
Harmonização e Reequilíbrio.

9. Níveis do REIKI

No Reiki Usui Tibetano, temos a divisão em quatro níveis:

5
Atenção às ressalvas realizadas no Capítulo 4
Elda Gonçalves – Mestre Reiki
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
25

• SHODEN – (1º nível). Inicia o processo de restauração da habilidade natural de


harmonização e reequilíbrio do aluno e abre o caminho para seu futuro desenvolvimento através
das práticas do Reiki Tradicional Japonês ensinadas neste nível. Permite também que o REIKI seja
aplicado em outras pessoas, animais e plantas.
• OKUDEN – (2º nível). Inclui além das práticas do Reiki Tradicional Japonês ensinadas neste
nível, o aprendizado de três símbolos do Reiki e seu uso e o desenvolvimento da habilidade de
envio do REIKI à distância.
• SHINPIDEN – (3º nível). Neste nível conclui-se as práticas do Reiki Tradicional Japonês e
inicia-se uma jornada espiritual profunda e maior orientação em direção ao desenvolvimento
espiritual. Aprende-se o 4º símbolo do Reiki e seu uso. O aluno também é estimulado a começar o
processo que o leva a ultrapassar a necessidade dos símbolos.
• GOKUIKAIDEN –Neste nível aprende-se a ministrar a iniciação/energização Reiju que é a
alma do Reiki. Ao chegar a esta etapa, o aluno adquiriu com o tempo, constante prática e
dedicação, conhecimento, desenvolvimento e considerável aumento de energia que o habilita a
ensinar e iniciar outras pessoas.

10. A Origem do REIKI

Mikao Usui nasceu em Yamagata, na


província de Gifu, no Japão em 15 de agosto de
1865 e faleceu em 09 de outubro de 1926, em
Fukuyama. O Reiki surgiu em 1919.

Até 1850, o Japão estava fechado para o


mundo ocidental, pois até então, o Japão era
uma sociedade fechada. Isto fez com que os EUA
forçassem o Japão a abrir seus portos e sua
economia ao resto do mundo. Esta abertura,
trouxe uma corrente de ideias novas e tradições
de todo o mundo para dentro do país.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
26

O Japão entrou em um período de rápida industrialização, transformando-se em uma nação


industrializada habilitada a competir com o restante do mundo em um período de 30 a 40 anos.
Esta mudança criou um verdadeiro clima de necessidade em manter a cultura tradicional e a
necessidade de reacender e manter velhas tradições.

Usui cresceu durante este período.

O país estava repleto de novas ideias e vários novos sistemas espirituais e técnicas de cura
para o crescimento do ser humano. O Reiki era um desses sistemas. Quando criança, Usui
frequentou um monastério do Budismo Tendai próximo ao Monte Kurama. Estudou Kiko (versão
japonesa do Chi Kung6) e aos 12 anos, artes marciais.

Na fase adulta tornou-se monge budista, mas vivendo na comunidade, trabalhando como
homem de negócios e servindo como secretário particular do político Shimpei Goto, que era
secretário do Departamento de Estradas de Ferro, Diretor Geral dos Correios e secretário do
Interior do Estado. No ano de 1922, o Sr. Goto tornou-se prefeito de Tókio.

Foi durante este período que talvez Mikao Usui tenha tido a oportunidade de viajar para
outras cidades e para a América do Norte, Europa e China.

Usui não frequentou a Universidade de Chicago como foi dito aqui no Ocidente.
Esclarecemos este fato dentro dos mitos que elencamos no Capítulo 5. Estava interessado em
várias coisas e parece ter estudado vorazmente. Esteve na Grande Biblioteca de Kyoto, pesquisando
as origens japonesas e textos sagrados de todo o mundo.

Usui parecia ter estudado medicina tradicional chinesa, numerologia e astrologia, psicologia
e desenvolvimento da vidência, e ele era membro da Rei Jyutsu Kai, que é um grupo de elevado
desenvolvimento espiritual.

Mas o que levou Usui a perseguir todos esses estudos? Bem, Mikao Usui estava querendo
saber qual era o propósito essencial da vida, e começou a tentar entender esta questão.

6
Chi Kung significa literalmente “energia” (Chi ou Qi) e “habilidade, treino” (Kung ou Gong), ou seja, treino e
desenvolvimento da energia (do corpo humano). Pode ser utilizado tanto para finalidades terapêuticas quanto para
finalidades marciais.
Elda Gonçalves – Mestre Reiki
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
27

Depois de algum tempo, ele finalmente teve um esclarecimento: o propósito essencial da


vida era “Anshin Rytsu Mei” – estado de sua mente em estar totalmente em paz, sabendo o que
fazer com sua vida, sem se incomodar com nada.

Usui pesquisou intensamente por três anos, tentando alcançar esta meta. Finalmente, ele
procurou um mestre zen para aconselha-lo em como alcançar o propósito da vida. O mestre
respondeu: “- Se você quiser saber, morra!”. Usui perdeu sua esperança diante disto e pensou:
“minha vida acabou!”. Ele então foi ao Monte Kurama e decidiu jejuar até morrer.

Se a história é ou não completamente precisa, parece que Usui estava buscando uma
maneira de conhecer o propósito da vida e se satisfazer. Apesar de toda exaustiva busca, ele não
conseguiu encontrar a resposta para sua pergunta. Foi ao Monte Kurama e meditou e jejuou
durante 21 dias. Esta meditação é chamada de “Meditação do Lótus do Arrependimento” e deriva
do Budismo Tendai.

Usui cumpriu a meditação e de acordo com a inscrição em sua pedra memorial, durante esta
meditação ele recebeu uma luz ou “SATORI” que o levou ao desenvolvimento do Reiki, ainda que
haja algumas evidências que Usui esteve, na verdade, ensinando seu sistema espiritual por vários
anos antes de cumprir sua meditação no Monte Kurama.

O Monte Kurama, onde Usui passou por seu “SATORI”, é uma montanha sagrada. Fica perto
de Kyoto e é o coração espiritual do Japão, um lugar com vários templos representando uma
enorme variedade de divindades. Dizem ser o lugar onde os espíritos da montanha deram os
segredos da luta aos samurais.

De acordo com a pedra memorial de Usui, uma tradução que você pode ler abaixo, Usui foi
um curandeiro bem conhecido e popular, e ensinou um grande número de pessoas por todo o
Japão. Em 1922, ele abriu uma “sede de aprendizagem” em Tókio. Apesar de haver uma evidência
de ele ensinar desde 1915.

A maioria de seus alunos começou como seus “pacientes7”. Se eles quisessem se tratar entre
as consultas, então Usui dava a eles capacidade para que eles pudessem estar conectados ao Reiki

7
Lembrando que o termo mais adequado sugerido para nossa realidade é “Cliente” ou “interagente”.
Elda Gonçalves – Mestre Reiki
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
28

permanentemente. Se eles quisessem ir além, então eles poderiam começar um programa aberto
de treinamento da técnica Reiki, e adotou o Reiki como caminho para a Luz, para o conhecimento.

O sistema era sobre dar cura às pessoas, ensiná-las como se curar, prover exercícios e
ensinamentos espirituais. A maneira com que Usui fez tais coisas parece um pouco indefinida,
baseada em compromisso progressivo de sessões semanais de treinamento, um tanto quanto da
maneira como as artes marciais são ensinadas. Isso estava para mudar logo, pois após a sua morte,
sua clínica foi passada para três de seus alunos, um deles era o comandante médico aposentado da
Marinha Imperial Japonesa, Dr. Chujiro Hayashi.

Dr. Hayashi recebeu seu treinamento em Shinpiden por volta de 1925, quando tinha 47
anos. Ele só treinou com Usui por uns 9 meses, então é improvável que todo o sistema Reiki lhe
tenha sido ensinado. Esse pequeno período de tempo não seria o suficiente para Dr. Hayashi ter
aprendido tudo o que o sistema orienta. Outros levaram muitos anos para atingir os níveis básicos
do Reiki com Usui. Dr. Hayashi foi responsável, com alguns oficiais imperiais, por implementar a
Usui Reiki Gakkai depois da morte de Usui, apesar de ele tê-la abandonado depois de um tempo,
parece que por causa das muitas mudanças que os outros oficiais estavam fazendo com o sistema
de Usui.

Embora não tenha aprendido tudo de Usui, ele queria que o que ele aprendeu
permanecesse. Criou a sociedade Hayashi Reiki Kenkyukai e continuou sozinho. Os outros oficiais
navais foram também alguns dos alunos menos experientes de Usui.

Dr. Hayashi pareceu ter deixado de lado muito dos aspectos espirituais e ter se focado
mais no potencial curativo do sistema em vez da trilha do conhecimento (Luz). O fato é que ele era
cristão e sua base militar e particularmente médica, deve têlo influenciado na sua mudança de
direção. Ele parece ter apresentado uma abordagem mais estruturada para a prática e o ensino do
Reiki. Ele usava o que parece ser um processo mais complicado de ajuste que envolve o uso de
símbolos Reiki, que as “atribuições de poder” do Usui não envolvia. Seus cursos foram por um
período fixo e não eram com final em aberto, e ele desenvolveu um conjunto de posições de mãos
que podia ser usada por múltiplos profissionais na sua clínica.

Dr. Hayashi parece ter capturado as gravações detalhadas dos tratamentos que foram
dados e usou essa informação para criar seu padrão de posições de mãos para diferentes doenças.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
29

A abordagem de Usui parece ser mais simples e intuitiva, com alunos que têm um
compromisso em aberto, que consiste em sessões semanais em que eles recebem “poderes”
espirituais e aprendem a permitir que a energia guie suas mãos. Dr. Hayashi poderia ensinar o
primeiro grau em um curso estruturado em cinco dias, com cada treino diário levando 90 minutos e
os alunos receberiam iniciações em quatro ocasiões durante o treino como uma forma de reforçar
as sessões semanais de “atribuições de poder” de Usui.

Dizem que Dr. Hayashi queria ensinar Reiki para alguém que não ia ser chamado para
lutar na guerra, e felizmente uma senhora chamada Hawayo Takata apareceu na sua clínica.

Hawayo Takata nasceu em 1900 na ilha de Kauai, Havaí. Ela foi à clínica do Dr. Hayashi
sofrendo vários problemas médicos sérios que foram solucionados pelo Reiki, mas ela
originalmente tinha a intenção de passar por tratamentos médicos convencionais ocidentais para
curar seu tumor, apendicite e pedra na vesícula. A história continua e, ainda, na mesa de operação,
um pouco antes de a cirurgia começar, Takata ouviu uma voz dizer: “A cirurgia não é necessária”.
Contam que ela recusou ser operada e perguntou ao seu médico se ele conhecia alguma outra
maneira de recuperar sua saúde. O médico a indicou ao Dr. Hayashi e ela começou a receber
tratamento.

Takata era um pouco cética em relação ao Reiki. Ela sentia muito calor das mãos dos
profissionais e estava certa de que eles usavam algum tipo de equipamento elétrico, talvez
pequenos aquecedores elétricos secretos nas palmas das mãos! Ela olhava nas largas mangas dos
kimonos japoneses abaixo da mesa, mas não havia nada lá. Seu ceticismo virou crença assim que
seus problemas de saúde foram sendo resolvidos, e ela decidiu que queria aprender o Reiki.

Dr. Hayashi queria ensinar o Reiki para outra mulher além de sua esposa, e como a
senhora Takata foi tão persistente, ele decidiu ensiná-la até o nível máximo. Isso aconteceu em
1938. Dr. Hayashi deu à senhora Takata permissão para ensinar o Reiki no ocidente e ela fez isso
nos EUA. Ela foi a décima terceira e provavelmente a última mestra Reiki que Dr. Hayashi iniciou, e
entre 1970 e sua morte em 1980, Takata ensinou 22 mestres Reiki. Até muito recentemente, todos
os profissionais Reiki do mundo ocidental derivam do Reiki de Takata e podiam traçar sua linhagem
através dela até Dr. Hayashi e Mikao Usui.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
30

Não foi fácil para a senhora Takata, ensinar uma técnica japonesa nos EUA, depois da
Segunda Guerra Mundial, com os fatos de Pearl Harbor8 ainda na memória de todos. A população
americana não estava particularmente bem-disposta em relação a nada relacionado ao Japão.

Por essa razão, Hawayo Takata foi forçada a modificar, simplificar e mudar o Reiki que foi
ensinado a ela por Chujiro Hayashi, para assim se tornar aceitável para os ocidentais.

O Reiki ensinado por Hayashi já havia sido modificado por ele depois que ele o aprendeu de
Mikao Usui. Não apenas Takata modificou as práticas do Reiki mas ela também se sentiu obrigada a
fabricar uma história sobre a história do Reiki para torná-lo mais aceitável para o hostil público
americano.

Ficou de fora Mikao Usui, o budista Tendai, e entrou em cena Mikao Usui, teólogo cristão,
que viajou o mundo numa aventura para descobrir um sistema curativo que explicaria os milagres
que Jesus promovia.

Além de ter criado uma fábula sobre o Reiki, Takata acabou ganhando o título de “grande
Mestre” de Reiki para fazer distinção entre ela e os mestres que ela ensinou. Isso é um ofício,
posição e título que não vem de Usui. Na verdade, a Associação original de Usui (Usui Reiki Ryoho
Gakkai) ainda é forte no Japão e tem uma lista de presidentes.

Reiki é uma técnica curativa gentil e poderosa que pode ser passada como presente de uma
pessoa para outra, e não é baseada na ideia de gurus ou grande mestre a quem alguém teria que
prestar homenagem. Infelizmente, algumas pessoas na comunidade Reiki são atreladas à ideia de
“o ofício do grande mestre”... coisa de ególatras!

8
O ataque a Pearl Harbor foi uma operação aeronaval de ataque à base norte-americana de Pearl Harbor,
efetuada pela Marinha Imperial Japonesa na manhã de 7 de Dezembro de 1941. O ataque em Pearl Harbor, na ilha de
Oahu, Havaí, foi executado de surpresa contra a frota do Pacífico da Marinha dos Estados Unidos da América e as suas
forças de defesa, o corpo aéreo do exército americano e a força aérea da Marinha. O ataque danificou ou destruiu 21
navios e 347 aviões, matando cerca de 2403 pessoas e ferindo outras 1178. [Fonte:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Ataque_a_Pearl_Harbor]
Elda Gonçalves – Mestre Reiki
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
31

11. Definição do Sistema Reiki

Originalmente, Usui referiu - se ao sistema como “Te-a-te” que significa cura pelas mãos ou
imposição de mãos. O nome Reiki veio depois. Na verdade, há uma longa tradição de cura pelas
mãos no Japão e essa é uma das tradições que Usui aperfeiçoou criando o que agora é chamado de
Reiki.

Reiki é uma técnica ou método que é baseado em princípios que foram utilizados no Japão
na primeira parte do século passado. É baseado em princípios da Medicina Tradicional Chinesa e
em técnicas de transferência de energia como o Chi Kung.

Mesmo as artes marciais, que Usui praticou, auxiliaram no desenvolvimento de um sistema


de cura nos níveis mais altos. Reiki aperfeiçoou o Budismo Tendai tradicional em termos de
exercícios de energia e capacitação que agora estão emergindo no Japão e o Shintoísmo em termos
de uso dos símbolos com Reiki.

Mikao Usui foi criado como um samurai desde a sua infância e o treino das artes marciais fez
parte do seu crescimento. Treinou Aiki-Jujutsu, que é uma das mais antigas e refinadas artes de
combate originadas no Japão.

Usui congregou várias linhas de uma maneira única. Sua técnica permite qualquer um a
conectar-se permanentemente em uma fonte de energia curativa. Uma vez conectado, você pode
canalizar essa energia sem ter que se dedicar a muitos anos de prática, e isto torna possível a
qualquer um aprender como transferir sua habilidade para outros através de um ritual simples de
conexão.

O ímpeto original para o desenvolvimento do Reiki foram os benefícios pessoais que


poderiam ser adquiridos se alguém pudesse saber o verdadeiro propósito da vida e satisfazer-se.
Parece que há outros exercícios espirituais dentro do sistema original do Reiki que geralmente
promovem o Reiki junto ao Ocidente como um sistema curativo. No entanto, parece que essa ideia
foi assim passada para o ocidente. Os benefícios curativos foram um extra de grande utilidade.

Na sua forma original, Reiki é uma trilha para o esclarecimento.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
32

12. A palavra REIKI

A palavra REIKI é de origem japonesa e resulta da união dos


fonemas REI e KI.

• REI significa a força cósmica; a energia universal; a essência


energética cósmica que a tudo interpenetra.
• KI é a energia da força vital, sem o KI não há vida.

Quando essas duas energias se encontram, a energia Cósmica


com a nossa individual forma-se o REIKI, por isso o processo de
iniciação é fundamental para a formação do novo Reikiano.

Quando acontece a iniciação, forma-se o REIKI e o indivíduo


torna-se um canal para o fluir da energia cósmica.

Essa energia, que é uma energia inteligente, flui para onde é


necessário, quer seja no local, momento ou até mesmo à distância, no passado ou no futuro. É
necessário que o Reikiano esteja devidamente sintonizado no Nível 02 para poder trabalhar à
distância ou no tempo.

A aplicação do REIKI nada mais é do que a captação e a utilização da energia cósmica que
traz de volta o estado pleno de saúde, harmonia e felicidade instrumento de transformação e
realização.

A figura a seguir ilustra o significado de cada um dos símbolos que formam o ideograma
japonês:

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
33

Os ideogramas REI e KI sugerem uma ideia de ciclo, de ida e volta, de comunhão entre a
energia terrena e uma energia superior, embora ambas as energias se pertençam mutuamente.

A palavra Reiki, escrita com ideogramas japoneses; segundo o contexto, podem ter várias
leituras e significados:

• Chuva milagrosa de energia vital;


• Chuva milagrosa que dá a vida;
• A ideia proveniente do Cosmos, que produz o milagre
milagre da vida;
• Uma maravilhosa energia que está em nós, à qual pertencemos e que, no
entanto, está acima de todas as demais.

13. Características, vantagens e benefícios do REIKI

Simplicidade e praticidade - A beleza do REIKI está na sua simplicidade. Não requer


reque meses
de estudo nem mesmo uma compreensão intelectual. O REIKI se encontra ao alcance de todos,

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
34

inclusive crianças, anciãos e pessoas doentes. Não existe limite de idade, nem condição prévia e
seus níveis podem ser passados em apenas algumas horas.

Durabilidade- Basta uma iniciação ou sintonização e estará disponível ao novo praticante de


Reiki pelo resto de sua vida.

Universalidade e atemporalidade - Ao contrário das terapias mais conhecidas, onde há


obrigatoriedade do contato físico, o REIKI pode ser aplicado tanto no local, como também à
distância. A energia REIKI atua em outras dimensões onde o fator tempo/espaço deixa de ser um
atributo fundamental, desta forma pode ser enviado para um trauma do passado, reprogramando
o dano emocional, bem como pode ser programado para atuar num evento futuro. A energia pode
ser enviada para planetas, países, etc...

Equilíbrio e desbloqueio - Equilibra energeticamente os centros de energia (Chakras, de


acordo com a literatura védica hindu), bem como remove bloqueios dos canais de circulação de
energia.

Diversidade- Pode ser aplicado nos reinos animal, vegetal e mineral.

Holístico- Atua na totalidade do ser: corpos: físico, emocional, mental e espiritual


equilibrando, restaurando e aperfeiçoando todos os corpos, criando para o ser um estado de
harmonia.

Sem polaridade - A energia é única e uma, de tripla atividade, pois encerra em si mesma a
polaridade positiva YANG, a negativa YIN e a neutra. Quem determina o que vai receber é o
receptor.

Expansão da consciência - Expande nossa conexão espiritual com o Criador, aumenta a


compreensão dos mistérios da vida. Leva a prestar mais atenção em si mesmo, dando a
oportunidade de discernir com mais clareza os obstáculos que você mesmo criou na sua vida.

14. Os cinco princípios do REIKI “GOKAI”

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
35

Mikao Usui assumiu as cinco regras de vida do imperador Meiji


e as divulgou não como regras, mas sim como conselhos.

Os imperadores japoneses têm sido, tradicionalmente, vistos


como deidades shintoístas. O imperador Meiji, por exemplo, foi
descrito como tendo sido um maravilhoso clarividente e curador.

Dizem que o missionário inglês dr. John Bachelor, recebeu


automaticamente um Reiju (iniciação) quando o imperador lhe conferiu

uma medalha. Após essa iniciação, ele começou a curar Imperador Meiji ostentando trajes
ocidentais
espontaneamente as pessoas que procurava ajuda, sem jamais ter
recebido um treinamento formal com tal propósito.

SHUFUKU NO HIHOO
(o método secreto para convidar a felicidade)

Manbyo no Reyaku
(o remédio maravilhoso para todas as doenças do corpo e da mente).

Kyo dake wa (apenas hoje)

Okaru na (não se zangue) Gio wo hage me (trabalhe com afinco)

Shinpai suna (não se preocupe) Hito ni shinsetsu ni (seja bondoso)

Kansha shite (demonstre apreço, gratidão)

Asa yuGassho shite, Kokoro ni nenji, Kuchi ni tonahe yo


(de manhã e à noite sente-se na posição Gassho e repita estas palavras em voz alta e em seu
coração)

Shinshin Kaizen, Usui Reiki Ryoho (para melhorar o corpo e a alma, Usui Reiki Ryoho)

Chosso Usui Mikao (Mikao Usui, fundador)

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
36

Adaptação da tradução dos Cinco Princípios

Vamos aqui pegar emprestado um conceito amplamente utilizado


utilizado na PNL (Programação
Neurolinguística) de que as sentenças positivas surtem um efeito positivo em nosso subconsciente,
portanto proponho uma adaptação na tradução de cada um dos cinco princípios, utilizando
sentenças positivas.

Neste contexto, os Cinco Princípios ficariam assim:

Só por Hoje: Sou Calmo

Confio

Sou grato a tudo e a todos

Faço meu trabalho com Amor e Dedicação

Sou gentil com todas as criaturas vivas

15. Os Três Pilares do REIKI

O sistema de Reiki do Dr. Mikao Usui, tinha por base três pilares: GASSHO (gáshô), REIJI-
HO (leidjirrô), e CHIRYO (chiliô), cuja prática é extremamente valiosa na aplicação do Reiki.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
37

GASSHO

Literalmente GASSHO significa “duas mãos que


caminham juntas” e é uma forma de meditação. É
recomendável praticá-la logo ao levantar ou antes de deitar,
durante 15 a 20 minutos oubrevemente antes de uma aplicação
do Reiki.

É a primeira etapa de um tratamento de Reiki.

Para praticar a meditação GASSHO, sente-se


sente com os
olhos fechados e as mãos postas diante do peito, em prece. Concentre toda a atenção no ponto
onde os dois dedos médios se tocam. Procure esquecer tudo o mais. Se pensamentos sobre o seu
dia começarem a passar pela sua mente, apenas observe-os
observe e veja-os
os afastarem-se.
afastarem

Não há nada a conseguir. Por isso, relaxe o quanto puder e em seguida volte ao ponto onde
os dois dedos se encontram.

A meditação GASSHO pode e DEVE ser feita independentemente de uma sessão de REIKI

REIJI-HO

REIJI-HO (leidjirrô) significa “indicação da energia Reiki”. HO significa “técnica”.

Este é o processo que prepara para dar um tratamento de Reiki. Ele envolve o uso do
Gassho, uma pequena oração para o benefício do receptor e a focalização em nossa orientação
intuitiva.

É a segunda etapa de um tratamento


de Reiki.

• Faça a meditação Gassho,, mas somente


por alguns instantes;

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
38

• Faça uma oração em agradecimento ao espírito do Reiki e pedindo para que o Reiki flua
através de você;
• Eleve suas mãos postas para junto de sua testa, com os polegares tocando o seu terceiro
olho e peça que suas mãos sejam guiadas para que seja feito o que for melhor para o receptor. Não
sabemos o que é melhor, portanto deixemos que a energia Reiki o faça por si mesma.

O Reiji-Ho só pode ser praticado eficazmente quando o ego, por meio da meditação, fica
“desligado” temporariamente. Aparentemente o Reiji-Ho parece um ato intencional, mas na
realidade nós nos devotamos à energia Reiki, e devoção não tem objetivo é apenas o “Seja feita a
Vossa Vontade” ou “Senhor, Fazei de mim um canal da sua Vontade Divina”

CHIRYO

Chiryo significa tratamento e é o terceiro pilar do Reiki. É a aplicação de Reiki propriamente


dita. Sabemos hoje que Mikao Usui utilizava o Reiki de forma flexível e intuitiva. Segundo ele,
devemos contar com a intuição para orientar-nos. No Reiki tratamos a pessoa, não a doença. Isto
faz de cada receptor único, pois as necessidades de cada um são diferentes.

A intuição é um poderoso instrumento de melhoria de uma sessão de Reiki e da qualidade


de vida. A seguir daremos algumas dicas de aplicação de REIKI, bem como será demonstrado as
posições de aplicação comumente usadas.

16. Preparação para Aplicação

Preparação do local:

• O local deve preferencialmente ser um ambiente reservado exclusivamente para o Reiki.


Deve sofrer uma faxina energética e limpezas constantes de manutenção, a fim de serem evitadas
energias prejudiciais ao tratamento Reiki;
• Deve ser bem ventilado;
• Evite o excesso de luz, usando uma iluminação discreta e indireta;

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
39

• Use música suave e relaxante criando uma atmosfera adequada e construindo um


complemento energético ao tratamento;
• Se não houver nenhuma dificuldade, como alergia por exemplo, use incenso. Como opção
use difusores aromáticos;
• Uma maca deve ser usada, com a altura necessária ao conforto do receptor e do praticante
de Reiki. Esse detalhe é importante, pois o tratamento pode durar mais de 1 hora;
• Deve sempre o praticante de Reiki não se envolver emocionalmente com o receptor,
evitando também expectativas com relação aos resultados;
• Quem determina a quantidade da energia Reiki a ser utilizada é o recebedor que a puxa pelo
canal, então evite padrões. Quando na aplicação da energia, podem surgir reações diversas como
CALOR, FORMIGAMENTO, LATEJAMENTO, VIBRAÇÕES ou podem não sentir nada. Sentir ou não
sentir não quer dizer nada quanto a eficácia do tratamento;
• Pode acontecer de na aplicação você se sintonizar com o desconforto de quem está
recebendo o Reiki, sentindo o mesmo desconforto na mesma região corpórea do recebedor. Isso
não significa que o canal contraiu a dor ou o problema do receptor. Quando isso ocorre, o motivo
está na formação de um campo áurico comum. Se isso acontecer, basta interromper a seção ou
mudar sua posição que o mal-estar cessará. Se persistir, procure o motivo de você estar em sintonia
vibracional com esse estado, e intensifique o seu próprio auto tratamento.

Preparação do praticante de Reiki:

• Lavar as mãos sempre;


• Fazer as duas primeiras partes do “ritual” dos três pilares: Gassho e Reiji-Ho;
• Quanto às mãos, o praticante deve manter os dedos unidos, em forma de concha como se
nelas fosse vestir uma meia e não uma luva, evitando a dispersão da energia Reiki. Essas devem
ficar o mais relaxado e suave quanto possível. Cuide para não “pesar” a mão no momento da
aplicação;
• A aplicação de Reiki (Chiryo), começa pela cabeça, seguindo-se a ordem convencional.
Importante é que o praticante de Reiki deve ter sempre em mente que qualquer mudança de
posição deve sempre ser feita movendo-se apenas uma mão de cada vez para que o fluxo não seja
interrompido;

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
40

• Ao término da aplicação, devemos fazer uma prece em agradecimento;


• Para o rompimento da ligação áurica, deve o reikiano sempre lavar as mãos com água
corrente ou esfregar as mãos vigorosamente e depois assoprar nelas, ou ainda passar sobre uma
chama, cortando o contato, após cada aplicação;
• Após a aplicação, é comum ambos se sentiram em paz, e relaxados;
• Deixe o recebedor relaxando um pouco e depois lhe ofereça água.

17. Posições de Aplicação

IMPORTANTE: Apresentamos aqui as posições de aplicação comumente utilizadas pelos


praticantes de REIKI e disseminadas nos seminários do Reiki “Usui” ou “Usui Tibetano”. Embora
saibamos hoje que Mikao Usui utilizava o Reiki de forma flexível e intuitiva, pois segundo ele,
devemos contar com a intuição para orientar-nos, considero importante que o praticante iniciante
tenha uma base a qual iniciar as suas aplicações.

Neste contexto, apresentamos a seguir as posições de aplicação comumente utilizadas:

Região da Cabeça

Primeira Posição da Cabeça

No corpo físico

Atua de forma auxiliar e complementar em problemas


relacionado com osolhos, visão, cores, claridade, fotofobia,
glaucomacatarata, lesões gerais, irritações e pálpebras.

Problemas de nariz, renite alérgica, carne esponjosa, desvio de septo, congestão


respiratória.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
41

Boca: Problemas com maxilares, mandíbula, gengivas, dentes, PH das mucosas e da boca.

Cabeça: Sinusite, Dores de cabeça, enxaquecas, derrames, alergias, resfriados, paralisia


facial (Bells), asma. Equilibra a glândula pituitária ou hipófise, que se localiza no centro do crânio e
tem como função o equilíbrio sistêmico de todo o corpo, informando as outras glândulas o que
devem fazer. É a Glândula Mestre do sistema endócrino, influi no crescimento, no desenvolvimento
sexual, na fadiga, na gravidez, na lactação, no metabolismo, nas dosagens de açúcar e minerais no
sangue, na retenção de fluidos posição também equilibra a glândula Pineal ou epífise. Essa glândula
está localizada na altura da base do crânio, é pequena, do tamanho de uma ervilha, e responde a
luz percebida pelos olhos, secretando melatonina. Seu papel é importantíssimo, sendo entre os
místicos conhecida como terceira visão, glândula intuicional ou da paranormalidade.

No corpo emocional

Reduz o estresse, alivia a ansiedade, além de proporcionar relaxamento a nível neurológico.

No corpo mental

Alivia e reduz qualquer confusão mental, gerando equilíbrio e claridade depensamentos e


ideias. Permite aumentar a capacidade de concentração e centralização da pessoa.

No corpo espiritual

Equilibra o sexto Chacra. Auxilia a que entremos em nosso eu interior, mantendo contato
direto com nossa fonte de sabedoria e com energias superiores. Permite que consigamos nos sentir
unos com as leis divinas. Amplia e ajuda a purificar a consciência. Beneficia o Plano Devocional.
Favorece o estado meditativo e a concentração.

Segunda Posição da Cabeça

No corpo físico

Trabalha diretamente com o cérebro, equilibrando os lados


direito e esquerdo, aumentando a capacidade de raciocínio,
melhorando a produção, criatividade, os padrões de pensamentos
e a memória. Ajuda ao equilíbrio das glândulas hipófise e pineal.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
42

Trabalha disritmia,

epilepsia, convulsões e aneurisma. Alivia rapidamente dores de cabeça e enxaqueca, além


de auxiliar na recuperação de pessoas drogadas ou alcoolizadas.

No corpo emocional

Reduz preocupações, histeria e estresse. Ajuda a aliviar depressão, angustia e medos


(inclusive o pânico patológico). Ajuda ao relaxamento e traz de volta o equilíbrio nos casos em que
a emoção ou o raciocínio dominam.

No corpo mental

Trabalha nas doenças classificadas como tais (psicoses, neuroses ou esquizofrenia). Clareia
os pensamentos influenciando na visão da vida e na solução de problema. Traz serenidade e ajuda
na rapidez de raciocínio.

No corpo espiritual

Facilita a entrada e interação com energias superiores e cósmicas. Expande a consciência.


Traz à lembrança de fatos de vidas passadas e sonhos.

Terceira Posição da Cabeça

No corpo físico

Harmoniza o funcionamento da glândula pituitária ou


hipófise. Trabalha a medula e o cérebro. Harmoniza as funções do
cerebelo. Reduz a tensão no pescoço e descontrai a parte superior
das vértebras cervicais. Regula o sono. Trabalha os centros da
visão. Regula o apetite, o peso, ajuda em disfunções orais. Alivia as
dores de cabeça na base do crânio. Trabalha pessoas em estado de choque, em coma ou
desmaiadas. Trabalha vícios em geral.

Reduz compulsões. Trabalha a coordenação e o equilíbrio.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
43

No corpo emocional

Traz bem-estar, ajuda a relaxar, tranquiliza a mente. Reduz o estresse, e depressão,


irritações, preocupações, tremores, traumas.

No corpo mental

Clareia a expressão de pensamentos e ideias. Traz serenidade. Aumenta a Criatividade e a


Produtividade

No corpo espiritual

Trabalha o sexto Chacra (Ajna). Facilita o recebimento de energias superiores. Propicia a


lembrança de sonhos e de vidas passadas. Trabalha a abertura da terceira visão, desenvolvendo os
instintos internos, e a paranormalidade - capacidade de entrar em estado alterado de consciência,
projeção astral, clarividência, clariaudiência, telepatia, psicografia, etc.

Quarta Posição da Cabeça

No corpo físico

Trabalha o metabolismo, a tireoide e a paratireoide. Essa


glândula localiza-se no pescoço, à frente da traqueia, regula o
metabolismo, e o crescimento. As paratireoides controlam o
mecanismo de cálcio controlando o tônus muscular.

Essa posição trabalha os maxilares, mandíbulas, amígdalas, garganta e faringe, assim como
as glândulas salivares.

Trabalha a drenagem linfática e os gânglios cervicais superiores. Equilibra a pressão


sanguínea, assim como ajuda a harmonizar a expressão, a criatividade e a capacidade de
comunicação.

No corpo emocional

Neutraliza sentimentos como raiva, hostilidade, ressentimentos, nervosismo e medos.


Desenvolve a autoestima e a autoconfiança.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
44

No corpo mental

Acalma, relaxa e reduz o senso crítico. Traz bem-estar, clareza, estabilidade mental,
tranquilidade e prazer de viver.

No corpo espiritual

Trabalha o quinto Chacra. Produz sintonia com a espiritualidade de forma criativa e sincera.

Região da Frente

Primeira Posição da Frente

No corpo físico

Trabalha com o coração, circulação, veias, e artérias


coronárias.

Harmoniza os pulmões na parte superior e as funções dos


brônquios,

Trabalha a traqueia, auxilia a drenagem linfática, equilibra o timo que na infância


desempenha importantes funções endócrinas e imunitárias.

Ajuda ao sistema imunológico, fortalecendo-o

No corpo emocional

Trabalha essa região que é o centro energético emocional do corpo e que, se equilibrada,
controla o envelhecimento, evitando que esse seja precoce.

Trabalha sentimentos de raiva, ressentimentos, ciúme, amargura e hostilidade, reduz o


estresse, além de desenvolver felicidade, autoconfiança, paz e harmonia.

No corpo mental

Desenvolve Serenidade, Centralização, Tranquilidade. Relaxamento e calma de forma a


favorecer o enfrentamento das dificuldades do dia a dia.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
45

No corpo espiritual

Desenvolve o amor incondicional aos semelhantes e ao


mundo.

Segunda Posição da Frente

Obs.: Na mulher, esta posição é sobre o seio. Pode-se


aplicar na posição logo abaixo do seio para evitar constrangimento,
ou manter as mãos levemente afastadas.

No Corpo Físico:

Trabalha as funções do fígado, estômago, baço,

vesícula biliar, pâncreas e diafragma.

No corpo emocional

Alivia o estresse, facilita o relaxamento, a segurança e o sentimento de satisfação. Obs.: Essa


posição é importante de ser praticada nos períodos de mudanças bruscas na vida, pois facilita a que
aceitemos mudanças.

No corpo mental

Centraliza a pessoa, traz calma e serenidade, relaxamento e visão clara. Como consequência,
melhora a digestão.

No corpo espiritual

Equilibra o Chacra do Plexo Solar. Traz resignação, gratidão,


bem como nos ajuda a dividir.

Terceira Posição da Frente

No corpo físico

Trabalha equilibrando as funções do Pâncreas, Bexiga,

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
46

Sistema reprodutor, Apêndice, Intestino delgado,

Duodeno, Cólon, Parte inferior do fígado, Baço, Vesícula biliar.

No corpo emocional

Reduz o estresse. Trata de histeria, Sentimentos de frustrações, Ansiedade, medos,


depressão, amargura e repressão interna.

No corpo mental

Reduz a confusão mental e desequilíbrios.

No corpo espiritual

Equilibra o Chacra do Umbigo.

Quarta Posição da Frente

No corpo físico

Trabalha a Vesícula, Intestinos, Ovários, Útero, Próstata,


Vagina, Energia sexual.

No corpo emocional

Desenvolve respostas emocionais saudáveis para a

vida sexual, quebrando padrões e pensamentos rígidos relacionados a sexualidade

Reduz ansiedade, nervosismo e pânico, além de trabalhar qualquer forma de vício.

No corpo mental

Promove a criatividade. Faz a pessoa mais flexível e com maior capacidade de adaptação.

No corpo espiritual

Equilibra o Chacra básico.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
47

Região das Costas

Primeira Posição das Costas

No corpo físico

Trabalha tensões e contraturas frequentes nos músculos


trapézio e lombar.

Trabalha Coluna vertebral, Sistema nervoso,

Problemas nos pulmões, Doenças alérgico-respiratórias.

No corpo emocional

Traz a redução do estresse. Relaxamento, redução de tensões. Traz autoconfiança e


tranquilidade.

No corpo mental

Desenvolve serenidade, fazendo a pessoa mais centrada e estável.

No corpo espiritual

Favorece a recepção de energias superiores.

Segunda Posição das Costas

Trabalha o mesmo que a segunda posição da frente

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
48

Terceira Posição das Costas

Trabalha o mesmo que a terceira posição da frente, mais as


supra renais e os rins.

Quarta Posição das Costas

Trabalha o mesmo que a quarta posição da frente, mais cóccix e


nervos.

Região dos Pés

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
49

Primeira Posição dos Pés

No corpo físico

Trabalha no sangue, circulação, pressão sangüínea,


diafragma, garganta, seios, ovários, bacia, ombros e todo o resto
do corpo.

Na planta dos pés trabalhamos praticamente todas

as glândulas e órgãos do corpo.

No corpo emocional

Harmoniza o corpo áurico emocional, sendo uma posição chave para momentos de dúvidas
e decisões.

No corpo espiritual

Harmoniza o corpo áurico astral, equilibrando a velocidade normal dos 7 principais Chacras
e estimula e coordena os movimentos dos Nadis (Ida e Pingala).

No corpo mental

Harmoniza o corpo áurico mental gerando mais equilíbrio e centralização.

Os anexos a seguir apresentam todas as posições de aplicação e de auto aplicação, para


referência rápida...

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
50

ANEXOS: Ilustração das posições de Auto Aplicação9

9
Todas as imagens das posições de auto aplicação foram extraídas do livro: Reiki Universal / Johnny De´Carli.
São Paulo: Madras, 2006

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
51

ANEXOS: Ilustração das posições de aplicação em outras Pessoas 10

O Reikiano pode, a seu critério, solicitar que a pessoa se vire para poder ser trabalhado as
posições de aplicação nas costas. Como os chakras possuem seu correspondente nas costas,

10
Todas as imagens das posições de aplicação em outras pessoas foram extraídas do livro: Reiki Essencial /
Diane Stein - São Paulo: Pensamento, 1999
Elda Gonçalves – Mestre Reiki
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
52

normalmente trabalhando na frente a energia também se dirige às costas. Cabe ao Reikiano decidir
no momento em que está aplicando, se vai ou não trabalhar nas costas.

18. Técnicas do Reiki Tradicional Japonês (Dentho-Reiki)

Durante os últimos anos, inúmeras descobertas foram feitas no Japão sobre o Reiki. Essas
descobertas incluem a localização da sepultura e o memorial de Mikao Usui, uma compreensão
mais clara da origem do Reiki e até mesmo dos símbolos.

O mais importante de todas essas descobertas é uma coleção de exercícios ensinados por
Mikao Usui, os quais eram considerados por ele, imprescindíveis para a prática do Reiki.

Elas criam também uma conexão mais forte com o espírito do Reiki.

Wiliiam Lee Rand – Técnicas Japonesas de Reiki

Estas técnicas estão descritas no manual Usui Reiki Ryoho Hikkei e serão ensinadas 20 ao
todo no decorrer dos próximos níveis: Shoden, Okuden e Shinpiden.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
53

KENYOKU

Kenyoku (queniocú) significa “lavagem ou banho seco”. A prática também é conhecida no


Japão como Saikai-Mokuyoku.

Kenyoku é uma técnica de auto-limpeza ou auto-purificação. Serve para tirar qualquer


energia negativa, grosseira ou desarmônica, absorvida numa sessão de Reiki ou mesmo no dia a
dia. Após a aplicação, serve para nos desconectar do receptor. É usada também para nos desligar
de pensamentos inoportunos e formas pensamento. As formas pensamento são dotadas de intensa
atividade e alimentam-se da energia das emoções inferiores.

O estado energético e emocional equilibrado é muito importante para o sucesso de uma


sessão de Reiki. Quando aplicamos Reiki em alguém, nossos chakras se abrem.

É importante, portanto, que tanto o praticante de Reiki quanto o ambiente estejam em


harmonia, limpos energeticamente.

A técnica Kenyoku atua no corpo áurico “duplo etérico, corpo etérico ou corpo
bioplasmático”.

O corpo físico visível é a parte do corpo que vemos no espelho, tocamos e com o qual
estamos familiarizados. Encontra-se intimamente relacionado com o “duplo etérico” (primeiro
corpo da nossa aura)11. Aquilo que afeta a um também afeta ao outro. A mínima desarmonia em
qualquer órgão do corpo físico modifica a luminosidade, a cor, a densidade, o magnetismo ou a
temperatura de sua contraparte no “duplo etérico”. Os chakras ou “centros de força” estão
localizados no “duplo etérico”. O termo “duplo etérico” existe em função de esse corpo áurico
apresentar tudo o que nosso corpo físico apresenta, mas na forma etérica.

É um corpo energético intermediário, uma espécie de mediador entre o corpo físico e o


corpo emocional. A função mais importante do corpo etérico é a de transmitir para a tela do
cérebro físico todas as vibrações das emoções e impulsos dos corpos superiores.

Para realizar a técnica Kenyoku, devemos obedecer aos procedimentos à seguir:

11
Para entender o sistema de corpos sutis, sugerimos a leitura da obra “Mãos de Luz” referenciada na
bibliografia desta apostila.
Elda Gonçalves – Mestre Reiki
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
54

1. Após uma meditação Gassho, ficar em pé, com as plantas dos pés tocando bem o chão,
corpo bem relaxado e as pernas um pouco afastadas, numa distância equivalente à largura de seus
ombros;
2. Tocar com a mão direita o ombro esquerdo, em seguida deslizar com a mão obliquamente,
como se estivesse desenhando uma faixa, na direção do quadril direito;
3. Tocar com a mão esquerda o ombro direito, deslizando em direção ao quadril esquerdo;
4. Repetir o processo 3 vezes;
5. Tocar com a mão direita o ombro esquerdo ou o meio do antebraço, deslizando
rapidamente pela lateral externa, para baixo, passando a mão esquerda pelo pulso em direção à
ponta dos dedos, que devem estar esticados;
6. Fazer o mesmo com a mão esquerda, deslizando-a rapidamente para baixo até as pontas
dos dedos;
7. Repetir o processo 3 vezes;
8. Agradecer em prece.

OBS.: as mãos são usadas em concha. Os movimentos são feitos como se estivéssemos
varrendo o campo de energia com as mãos, como se elas fossem escovas gigantes ou até mesmo
espadas. O movimento pode ser feito lentamente ou de forma rápida e vigorosa.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
55

JOSHIN KOKYUU-HO

(diochimcoquiorrô)

Joshin significa “parte superior do corpo”, Kokyuu significa “respiração” e HO significa


“técnica”. Trata-se de um exercício respiratório. Os centros energéticos ligados à respiração podem
facilmente ficar impregnados com energias de pensamento e emoções inferiores. Por esta razão, a
primeira providência do Sensei Usui era a de purificá-los através da prática de um exercício
respiratório. É praticada principalmente para autolimpeza e purificação do corpo áurico.

Ajuda a sentir melhor o fluxo de energia, ativando os canais do Reiki. Serve também para
energizar, acalmar os pensamentos (mente) e purificar o organismo. A boa respiração purifica a
circulação sanguínea e aumenta a vitalidade magnética do corpo.

A respiração, ato essencial para a vida, nos liga a tudo o que nos envolve.

“A respiração tem profundas raízes no ser. Podes não ter observado isso, mas, se puderes mudar
tua respiração, poderás mudar muitas coisas. Se observares cuidadosamente tua respiração, verás
que, quando te zangas, tens um ritmo particular na respiração. Quando estás amando, um ritmo
totalmente diferente ocorre. Quando estás relaxado, respiras de maneira diferente e o mesmo
acontece quando estás tenso. Não podes respirar da forma como o fazes quando estás relaxado e
ao mesmo tempo sentir cólera. Isso é impossível. Quando estás sexualmente excitado, tua
respiração se modifica. Se permitires que haja essa modificação, teu entusiasmo sexual te
abandonará automaticamente. Isso significa que a respiração está profundamente relacionada com
teu estado mental. Se mudares tua respiração, poderás mudar o estado de tua mente ou, se
mudares o estado de tua mente, a respiração também mudará”.
(OSHO)

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
56

Existe uma explicação para o Sensei Usui relacionar o Reiki à respiração: o chakra básico está
ligado ao elemento terra, o chakra do umbigo ao elemento água, o chakra do plexo solar ao
elemento fogo e o chakra cardíaco, no qual a energia do Reiki se forma, ao elemento ar. 12

Quando respiramos, trabalhamos com o elemento ar, que harmoniza o chakra responsável
pelo amor incondicional. Respirando melhor, o praticante de Reiki imediatamente sentirá mais
atividade energética em suas mãos.

Para realizar a técnica Joshin Kokyuu-Ho, siga o seguinte procedimento:

1. Sente-se confortavelmente. Lentamente desça as mãos ao colo, pousando-as


relaxadamente com as palmas viradas para cima, como se estivessem “segurando ovos”. Procure
trazer bons pensamentos à mente. Inspire calma e profundamente pelo nariz, visualizando a
entrada de energia, na cor branca, pelo topo da cabeça;
2. Leve a mente até a região Tanden13 (aproximadamente 3 a 5 cm abaixo do umbigo) e ouça
sua própria respiração. Retenha a energia, segurando a respiração. Não há um tempo específico
para manter a retenção. Sinta que a energia se expande e se irradia para todos os órgãos, para cada
célula do corpo;
3. Ao expirar (pela boca, de preferência), imagine estar liberando a energia também pelas
mãos, pontas dos dedos e sola dos pés.

O ponto Tanden é o centro da vitalidade. É importante mentalizar que o ar inspirado


pelas narinas vai para lá e que, em seguida, a energia se expande, saindo pela boca e extremidades
dos pés e mãos, vitalizando e limpando o corpo para que nos tornemos um canal limpo de energia
Reiki. O tempo ideal para esta prática é de 10 minutos.

Para que a técnica surta efeito, dois pontos deverão ser observados: as retenções e o ritmo.

12
Sobre os CHAKRAS: Este tema faz parte da literatura védica hindu, e não ao Reiki, mas como existe um
grande interesse neste tema, incluímos um anexo onde abordamos sobre cada um dos sete chakras principais.
13
Se lê: TANTIEN

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
57

IMPORTANTE:

Pessoas hipertensas, com problemas cardíacos ou respiratórios, ao sentirem algum


desconforto, devem intercalar o exercício com três ou quatro respirações
respirações normais. É aconselhável
não ultrapassar 10 minutos de exercício no caso de iniciantes.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
58

SHUCHU REIKI

(chutíuleiki)

SHUCHU: concentrar. Esta


técnica é para ministrar o Reiki por
diversas pessoas juntas, ao mesmo
tempo, em um ou mais receptores.
Um tipo especial de energia passa a
unir todo o grupo.

Para executá-la, os
praticantes de Reiki podem ficar em
pé ou sentados. Quanto maior o
número de praticantes de Reiki
trabalhando juntos sobre o mesmo
receptor, mais energia Reiki estará
envolvida e mais forte e acelerado
será o resultado do tratamento.

Quando o grupo for grande, pode-se formar uma roda em que praticantes de Reiki
transferirão energia tocando nos ombros do que está à sua frente e ele, por sua vez, toca no
receptor.

REIKI MAWASHI

(leikimauáshi)

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
59

MAWASHI: círculo ou corrente. É uma prática de Reiki em grupo. Caracteriza-se por ser um
tipo de auto tratamento ou auto aplicação em grupo, na qual todos são doadores e todos são
receptores.

Consiste em um tocar os ombros do outro com as mãos e com o último fechando a corrente,
com o objetivo de que a energia Reiki gerada por todos não fique em circuito aberto, para que
todos aproveitem melhor a energia de todo o grupo.

Esta técnica beneficia a todos do grupo.

Uma variação desta técnica é que os membros do grupo permaneçam em círculo com a
palma da mão tocando-se levemente uma na outra. Mão esquerda virada para cima (mão que
recebe) e mão direita virada para baixo (mão que envia)

RENZOKU REIKI-HO

(rênzocúleikirrô)

RENZOKU significa maratona.

É uma técnica de Reiki em grupo na qual cada praticante ou grupo de Reiki, fica responsável
por um turno, num período prolongado de tratamento.

Ocorre um revezamento para que o receptor não fique nem um minuto sem receber Reiki.
Elda Gonçalves – Mestre Reiki
Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
60

Recomendada em caso de acidentes, quando o acidentado precisa de uma grande


quantidade de energia, ininterrupta, para se recuperar.

Quando um ou mais praticantes de Reiki se cansam, faz-se o revezamento.

19. Os 21 Dias de Limpeza Energética

Depois de termos sido iniciados pode parecer que nossa condição física ficou pior ou que
houve um agravamento em nossos problemas, mas o que está acontecendo na verdade é um
fortíssimo processo de limpeza. A nossa taxa vibratória estará mais elevada nos corpos físico e
etérico e a energia densa é empurrada para fora, liberando-se.

As vibrações positivas e de amor do REIKI liberam antigas vibrações de padrões negativos de


pensamentos e sentimentos que são liberados e empurrados para fora.

Essa mudança é súbita, mas seus ajustes são lentos (aproximadamente 3 dias do Chacra
Coronário ao Cardíaco, e, por serem mais densos, 18 dias nos outros Chacras).

Nesse processo, apesar da abertura do canal do REIKI acontecer entre o CHACRA

CARDÍACO e o CORONÁRIO, os outros Chacras são importantes e igualmente ajustados em


sua vibração correspondente. Durante esse período é extremamente importante que faça a série
completa (Auto aplicação) do REIKI todos os dias.

É aconselhável nessas 3 semanas evitar o uso de bebidas alcoólicas, carne vermelha e


comidas pesadas. Recomenda-se que sejam ingeridas bastante água, frutas, legumes, verduras e
fibras.

20. Os Símbolos do REIKI

Os símbolos do Reiki serão estudados no segundo nível, o Okuden, entretanto, no Shoden


(nível 1) o Reikiano é sintonizado com um dos símbolos, o Choku Rei, por este motivo incluo este
símbolo na apostila do nível 1 para que o praticante possa ter a oportunidade de vivenciar a energia
deste poderoso símbolo. Vamos a ele:

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
61

Choku Rei

Esse é o mais poderoso, e o único que pode ser usado de


forma independente, e você o usará todas as vezes que ativar a
energia Reiki com sua intenção. Sua utilização potencializa a energia
Reiki usada no nível 1. É um símbolo para ser usado em qualquer
ocasião. Esse é o símbolo do poder, permitindo a nossa ligação
imediata com a energia cósmica, e o fluir da energia Reiki.

Quando o espiralamos, trazemos a energia do cosmos para o


plano físico, a concentramos e a direcionamos
direcionamos conforme nossa intenção. Sentimos como se
entrássemos na energia. Esse símbolo potencializa a energia Reiki de forma a que passe muitas
horas atuando após sua aplicação.

Esse símbolo transmuta energias de níveis inferiores para padrões mais elevados,
ele traz a
energia sutil que passa a ocupar o espaço que antes era ocupado por energias densas, sanando,
realizando ou curando.

É também conhecido por vários nomes como “O INTERRUPTOR DA LUZ”,


“IMEDIATAMENTE”, “ALINHAR-SE
SE COM O COSMOS”, “DEUS ESTÁ AQUI”,
AQUI”, ou “ENERGIA CÓSMICA
AQUI E AGORA”.

O Choku Rei corresponde ao estágio inicial e representa os níveis físico e duplo-etérico.


duplo

É o primeiro passo e a primeira experiência ao longo do Caminho, o desapego do plano


terrestre e a entrada no estado de ausência do ego e do Vazio.

Meditar no Choku Rei leva a pessoa a desapegar-se


desapegar se do plano terrestre. Em termos
metafísicos atuais, ensina-aa a sair do corpo, entrando nele. Aprender a meditar e a entrar em
estados alterados, o desapego da realidade mundana, ter a experiência
experiência de paz do Vazio e o
esvaziamento do ego são o início do processo em todas as disciplinas espirituais. Em qualquer
estado profundo de meditação, o ego é posto de lado para dar espaço à Natureza de Buda ou Deus
Interior.

A princípio, o iniciante consegue concentrar-se


concentrar se por um breve tempo, mas, com a prática, sua
concentração aumenta.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
62

Como Usar o Símbolo

Para ativar as “qualidades” do símbolo, você deve desenhá-lo no ar como se os seus dedos
fossem um pincel, ou simplesmente visualizar, como se o símbolo fosse “carimbado” no ar. Em
seguida recite o nome do símbolo, mentalmente, três vezes. Assim você aciona as qualidades
intrínsecas que o símbolo representa.

O Símbolo pode ser ativado antes de uma aplicação ou até mesmo durante a aplicação de
REIKI. Com o tempo e a prática, você sentirá, através das suas mãos, que a energia flui com mais
intensidade após a ativação do símbolo.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
63

21. ANEXOS

O material a seguir NÃO FAZ PARTE da literatura e do aprendizado do REIKI Tradicional,


entretanto, devido ao grande interesse no tema por parte de nós, ocidentais, optei por incluir,
como anexo à esta apostila, um conteúdo introdutório a respeito da Anatomia Sutil em geral e dos
Chakras em particular.

A Anatomia Energética

Os Sete Chakras Principais

A palavra chakra vem do sânscrito


significa roda, disco, centro, plexo. Nesta forma
eles são percebidos como vórtices
(redemoinhos) de energia vital, espirais girando
em alta velocidade, vibrando em pontos vitais
de nosso corpo.

Os chakras são pontos de intersecção


entre vários planos e através deles nosso corpo
etérico se manifesta mais intensamente no
corpo físico.

São centros energéticos existentes no


corpo etérico de um ser vivo, esses centros
transportam e manipulam correntes
eletromagnéticas ou etéricas (energia vital Prana) que se manifestam por meio no plano etérico.
Sua função primordial é captar o REI - A Energia Universal - metabolizá-la, alimentar nossa AURA, e
emitir energia ao exterior.

São vistos no ocidente como pequenos cones, vórtices giratórios em movimento constante,
que funcionam como veículos de conexão energética, ligando o corpo físico aos corpos superiores,
captando e expulsando energia. Num ser humano comum, possuem um diâmetro de 5 a 10 cm.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
64

Possuem diversas funções e é através deles que perdemos energias quando em sofrimento físico ou
emocional. Também podem ser considerados veículos através dos quais a energia REIKI passa dos
planos superiores para o físico.

Escritos antigos falam de 88.000 Chacras, o que vale dizer que todos os pontos do corpo são
sensíveis energeticamente. Mas, para nosso uso, no REIKI, abordaremos apenas os 7 principais
localizados entre a base da coluna e o topo da cabeça, e que se ligam a nossa AURA. Desses sete
Chacras, 2 tem apenas um acesso, o 1º e o 7º enquanto os outros são duplos, apresentando
acessos anteriores e posteriores.

Quando esses CHACRAS estão


funcionando perfeitamente, há a perfeita
saúde; A abertura de todos é a evolução ou
iluminação. Seu tamanho, depende do
desenvolvimento espiritual e das vibrações que
emitimos, sendo grandes, vibrantes, brilhantes
e translúcidos atingindo 20 cm de diâmetro nos
espiritualmente desenvolvidos. Nesses, os
CHACRAS canalizam mais energia vital, por isso,
facilitam o desenvolvimento das faculdades
psíquicas. Nos mais materialistas, com
vibrações mais primitivas, suas cores são mais
opacas, escuras, sendo seu diâmetro mais
reduzido.

Atuam nos canais energéticos, na


intercessão dos meridianos (veículos de fluxo
energético. Na aplicação do REIKI, quando a
energia flui para um determinado CHACRA
indica a necessidade de energia nesse ponto.

Então, conhecendo as funções, você pode ajudar de uma melhor forma, entendendo como a
pessoa se relaciona com a vida.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
65

Quando há uma obstrução na circulação da energia ou num CHACRA, ocorrem dificuldades


diversas. Isso acontece, pois, essas dificuldades tem sua origem nos corpos Áuricos, seguindo até
tocarem o físico. Aí, se manifesta o desconforto e, consequentemente a doença física.

A seguir, apresentamos uma descrição resumida das características dos 7 principais


CHACRAS.

Muladhara Chakra (Básico)

Significado do Nome: Estrutura da base, fecundação.

Localização: Na base da coluna vertebral, entre o ânus e os


órgãos sexuais.

Este chakra anima a substância do corpo físico, o poder e o


instinto de sobrevivência. É a ligação com a terra. Concentra as
energias da Kundaliní, que uma vez despertadas progridem coluna
acima, seguindo um padrão geométrico similar ao padrão
apresentado na dupla hélice das moléculas de DNA que contém o código da vida. Corresponde em
nível físico às glândulas suprarrenais.

Aspectos a serem compreendidos: Sobrevivência, alimento, conhecimento, auto realização,


valores (segurança financeira), sexo (procriação), longevidade e prazer.

Influências:

Desequilíbrio no Físico: Anemias, resfriados, sexualidade reprimida ou excessiva, frigidez,


impotência, insuficiência renal, fadiga, dores nas articulações, dores lombares e nas pernas, pressão
alta ou baixa, problemas de coluna, osteoporose, falta de energia, prisão de ventre, diarreia, colite,
apendicite, etc.

Emocional equilibrado: Impulso para agir, consciência instintiva básica, força, agressividade
controlada, coragem, afeição, criatividade, generosidade, capacidade de sentir prazer, pessoa
sensata, segura e estável, habilidade em prover o necessário para vida e capacidade de cuidar de si.

Emocional desequilibrado: Egocentrismo, agressividade, preocupação, inexatidão,


indolência, extravagância, não permite o prazer, pessoa sem vida, desanimada, confusão de

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
66

interesses, insatisfação, medo, timidez, insegurança, histeria, paixões fortes, aspereza, dificuldade
em lidar com finanças, medo de arriscar-se, apego material, tabus sexuais. Quando em
desequilíbrio produz fisicamente anemia, leucemia, problemas circulatórios, pressão baixa, baixo
tonus muscular, fadiga, insuficiência renal e excesso de peso. Ilusão, cólera, avareza, desejo,
sensualidade, territorialidade, instinto de sobrevivência desequilibrado, possessividade, temor e
preocupação excessiva com o próprio corpo são também alguns dos desequilíbrios ligados a esse
chakra.

Funções: Um indivíduo dominado pelo chakra Muladhara geralmente dorme de dez a doze
horas por noite, sobre o estômago. Este chakra Muladhara inclui os planos da origem, ilusão, ira,
avidez, desilusão, avareza e sensualidade. Estes aspectos do primeiro chakra são inerentes à
existência humana. O desejo de mais experiência e mais informação age como força motivadora,
um ímpeto básico para o desenvolvimento individual.

O chakra Muladhara é o local da Kundalini enroscada, da Shakti vital, ou força energética. A


serpente Kundalini está enroscada em torno do Lingam Svayambhu.

É o chakra onde nasce e reside a energia kundalini que se movimenta em espiral, pelos
nadis, rios internos conhecidos por Ida e Píngala que distribuem por todo o corpo energia e o
impulso de vida. É também o centro erótico do Ser.

• Nadi Ida: canal esquerdo transportador das correntes lunares, natureza feminina
visual e emocional, produção de vida, energia materna, respiração esquerda que proporciona
estabilidade para a vida. A narina esquerda é aberta durante o dia, equilibra a energia solar criando
um equilíbrio para si, tornando-nos mais relaxados e mais alertas mentalmente.
• Nadi Píngala: canal direito transporta correntes solares, natureza masculina,
depósito de energia destrutiva, também purificador, a narina do lado direito é de natureza elétrica
masculina, verbal e racional. Torna o corpo físico mais dinâmico, (eficiente e ativo durante horas
noturnas, aumentando a saúde). Quando um casal tem um orgasmo sexual, sem repressão e com
consciência; em algumas vezes, elevam a kundalini, nutrindo todos os chakras através de
Sushumna, Ida e Píngala. Cores Básicas: Vermelho e preto

Elemento: Terra.

Mantra: "LAM".

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
67

Swadhishtana Chakra (Umbilical)

Significado do Nome: Lugar-Morada do Ser ou o "Fundamento


de si próprio".

Localização: Localizado na região do umbigo (dois dedos


abaixo do umbigo). No corpo é direcionado ao sistema reprodutivo.
Suas glândulas correspondentes são os ovários (na mulher) e os
testículos e próstata (nos homens)

Aspectos a serem compreendidos: Poder de seduzir


criatividade e relacionamento.

Influências:

Desequilíbrio no Físico: desarmonia dos rins, fígado, pâncreas, vesícula e bexiga. Alergias
alimentares, problemas menstruais, distúrbios gástricos e intestinais, perda da vitalidade, dores
lombares, no sacro e cóccix.

Emocional equilibrado: União sexual prazerosa, alegria instintiva, capacidade de


planejamento, coragem de viver, paixão, habilidade em relacionar-se, jogo de cintura, flexibilidade,
auto aceitação e paixão pela vida.

Emocional Desequilibrado: Medo, incapacidade de construir, distração, raiva, ódio, inveja,


insegurança, falta de paixão, tristeza, manipulação e apego, dependência emocional, vícios e
autodestruição.

Cor: Laranja.

Elemento: Água

Mantra: Vam

Manipura Chakra (Plexo Solar)

Significado do Nome: Cidade das Gemas ou Cidade das


pedras preciosas.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
68

Localização: Localiza-se na região do diafragma, um pouco acima do estômago, ligeiramente


à esquerda. O centro físico deste chakra corresponde ao plexo solar, correspondente ao pâncreas,
cuja função é a transformação e digestão dos alimentos.

Aspetos a serem compreendidos: Escolhas do que você quer. Individualidade e poder


pessoal (como você se vê), sua identidade no mundo.

Influências:

Desequilíbrio no Físico: Má digestão, diabetes, toxinas, úlceras e hérnias, gastrites e


problemas de assimilação dos alimentos. Hipocondria, câncer no intestino e anorexia ou bulimia.

Emocional Equilibrado: Impulso para vivenciar as emoções, colocar-se expressando suas


próprias qualidades, vontade de liderar, amor à vida, aptidão para experimentá-lo com plenitude,
propósitos definidos de ações, intuição, ternura e boa vontade. Autoestima, confiança e alegria.

Emocional Desequilibrado: Ansiedade, egoísmo, vaidade, ciúme, preconceitos, ira, timidez,


intransigências, abuso de poder, impaciência, preocupação. Não sabe dizer não. Desconfiança,
arrogância e baixa autoestima. Em desequilíbrio produz fisicamente dificuldades relacionadas com
os fluídos do Corpo (laringe, linfa, saliva, bílis) ou com seus órgãos processadores: (rins, bexiga e as
glândulas linfáticas).

Cor: Amarelo

Elemento: Fogo

Mantra: "RAM"

Anahata Chakra (Cardíaco)

Significado do Nome: "Intocado" ou "O Som não


produzido" (batidas do coração).

Localização: Situa-se na região do tórax e está conectado


com a glândula timo, responsável pelo funcionamento do sistema

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
69

imunológico. É o chakra do coração, centro energético do amor.

A elevação das energias do chakra do plexo solar até o coração acontece em indivíduos que
estão desenvolvendo a capacidade de pensar e atuar em termos de coletividade. As doenças do
coração, sistema circulatório e sangue podem ser tratadas através deste chakra.

Esse é o Chacra por onde passa toda a energia que desejamos doar. Aberto e energizado,
possibilita a transmissão da energia REIKI. É o CHACRA mais importante na CURA. Faz com que
nossas ideias nasçam no coração, daí é impulsionada a energia de cura para os que querem ser
curados.

Aspectos a serem compreendidos: amor incondicional, compaixão, perdão, verdade e


gratidão.

Influências:

Desequilíbrio no Físico: Doenças cardíacas, distúrbios de pressão, problemas pulmonares e


bronquites. Sistema imunológico ineficiente e dor de cabeça.

Emocional equilibrado: Amor próprio e pela humanidade, verdadeira compreensão da


compaixão e benevolência, aceitação, bondade, disponibilidade para o perdão, ajuda ao próximo,
sabedoria, conscientização do outro, assentamento na estrutura terrena, dá consistência e
vitalidade as aspirações amorosas, pacificação, fé na vida e nas pessoas.

Emocional Desequilibrado: Depressão, angústia, desprezo, raiva e medo, apego ao apego,


incapacidade de amar e se emocionar. Coração fechado, apego e depressão.

Desarmonizado, desequilibra o 3º Chacra e, por continuidade o 2º e o 1º.

Bloqueios nesse Chacra produzem a imposição de condições em relacionamentos afetivos,


amor sufocante, egoísmo. Isso pode originar patologias como: Síndrome do Pânico, cãibras,
acidose, palpitações, arritmia cardíaca, rubor, pressão alta, enfermidades dos pulmões, problemas
de colesterol, intoxicação, tensão e câncer.

Cor: Verde e rosa.

Elemento: Ar

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
70

Mantra: "YAM".

Vishuddha Chakra (Laríngeo)

Significado do Nome: Puro ou "Centro da Pureza".

Localização: Localizado sobre a garganta, se comunica


com a glândula tireóide. Está ligado à inspiração, a comunicação
e a expressão com o mundo.

Aspectos a serem compreendidos: Comunicação interna


e externa esclarecimento que conduz ao estado de consciência.

Influências:

Desequilíbrio no Físico: Laringite, faringite, problemas de tireoide e paratireoide, doenças


mentais, distúrbios da fala, gagueira e surdez.

Emocional Equilibrado: Sensibilidade, criatividade artística, dom da palavra e do


conhecimento, clariaudiência, intelecto claro, independência, idealização, senso de planejamento,
força de vontade, capacidade de tomar decisões.

Emocional Desequilibrado: Fobias, covardia, falta de criatividade, mentalidade e expressão


tacanha, rude e pobreza de espírito, criticismo, preconceitos, atitudes extremamente racionais,
pessoa que reclama o tempo todo, agressividade verbal e apego a crenças limitantes.

Cor: Azul

Elemento: Ar (éter), mas num sentido mais sutil, associado ao som (Mantram).

Mantra: Ham

Ajna Chakra (Frontal)

Significado do Nome: Autoridade, poder,


comando intuitivo.

Localização: Localizado entre as sobrancelhas,

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
71

logo acima do nível dos olhos.

Relaciona-se com a glândula pituitária.

Aspectos a serem compreendidos:

Intuição (fenômenos paranormais) e a consciência. Capacidade de se observar sem


julgamento.

É um Chacra fundamental na cura a distância, sendo que também atua nos olhos físicos.
Esse Chacra é uma das chaves para nossa entrada no campo do invisível.

Influências:

Desequilíbrio no Físico: Rinites, problemas de ouvido, de olhos, surdez, tontura, enxaqueca.


Cansaço e confusão mental.

Emocional equilibrado: Percepção em relação ao universo que o cerca, entendimento do


próprio caminho, percepção, intuição, fé e devoção, carisma, magnetismo, força, sabedoria,
capacidade de concentrar-se e foco no objetivo.

Emocional Desequilibrado: Desconcentração, dogmatismo, vê a vida com limitação,


arrogância, medo, perda da fé e sedução, delírios, egoísmo, obsessão, teimosia e apego a crenças
impostas pela sociedade. Bloqueios nesse Chacra são motivados por sua hiperatividade e causam
falta de objetivos, instabilidade de vida, alienação no trabalho e medos de fenômenos psíquicos.
Quando em desequilíbrio traz patologias como: vícios de drogas, álcool, compulsões, problemas
nos olhos (cegueira, catarata), surdez.

Cor: Azul índigo.

Mantra: OM.

Elemento: Não tem elemento correspondente no mundo físico.

Sahashara Chakra (Coronário)

Significado do Nome: Chakra das Mil Pétalas.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
72

Localização: Localizado no topo da cabeça. E o portal da espiritualidade, do reconhecimento


de Deus/Deusa em nós e no outro. Corresponde à glândula pineal, que atua no organismo como
um todo.

Aspectos a serem compreendidos: Iluminação.

Cor: Branco, Dourado e Violeta

Elemento: Todos os elementos, inclusive o éter, em suas forças mais sutis.

Funções: Iluminação; espiritualidade plena; transcendência; manifestação do Divino.


Segundo o Satchakra Nirupana: "O Lótus das mil pétalas é a mais brilhante e mais branca que a lua
cheia, tem a sua cabeça apontada para baixo.

Ele encanta. Seus filamentos estão coloridos pelas nuanças do sol jovem. Seu corpo é
luminoso, é aqui o objetivo final de Kundalini após ativar os outros chakras. O indivíduo que atinge
a consciência do sétimo chakra realiza os planos da irradiação (torna-se iluminado como o sol), das
vibrações primordiais, da supremacia sobre o prana, do intelecto positivo, da felicidade, da
indolência".

Em equilíbrio proporciona experiências muito pessoais cujas sensações vão além do mundo
físico, criando o sentido da totalidade. Seu desequilíbrio traz uma puberdade tardia, a não
compreensão da parte espiritual, uma forte visão materialista.

Pode produzir patologias como: insônia, enxaqueca, problemas nervosos, histeria,


possessão, obsessão, neuroses e disfunções sensoriais.

Mantra: Silêncio - Não tem som correspondente no mundo físico.

Formação de Bloqueios nos Chakras e Dissolução através do REIKI

Os sentimentos e pensamentos negativos formam bloqueios ou ‘nós energéticos’ que se


fixam originalmente nos Chacras, fazendo com que a energia não flua, prejudicando nossa
qualidade de vida.

Como os Chacras “Entupidos” não podem irradiar a energia de forma correta, são forçados
para se compensarem, a uma atividade exagerada para a manutenção das energias a nível
satisfatório. Com o REIKI, dissolvemos esses bloqueios.

Elda Gonçalves – Mestre Reiki


Reiki Usui Tibetano – Shoden (Nível 1)
73

O REIKI dissolve esses bloqueios, percorrendo os meridianos, canais elétricos, Nadis e


Chacras, de forma gradual e uniforme. Durante esse processo de limpeza, onde ocorre o expurgo,
as energias bloqueadas dissolvidas voltam a nossa mente consciente, podendo levar-nos a cena
onde vivenciamos a situação ou o evento gerador do bloqueio.

Muitas vezes, ressentimentos, magoas, e até doenças físicas que não tiveram seu molde
energético totalmente destruídos, podem se manifestar. E, então, muitas vezes, achamos que
pioramos, mas na verdade está se processando uma profunda limpeza.

Recomendamos que o mal-estar que se manifesta em virtude de um tratamento através do


REIKI, se persistir durante algum tempo, deve ser acompanhado de uma consulta e
acompanhamento médico!

22. Bibliografia

BRENNAN, Barbara Ann. Mãos de Luz. São Paulo: Pensamento, 1995.

DE´CARLI, Johnny. Reiki Universal. São Paulo: Madras, 2006.

GERBER, Richard. Medicina Vibracional - uma medicina para o futuro. São Paulo:

Cultrix, 1997.

LEADBEATER, C. W. Os Chakras – os centros magnéticos vitais do ser humano. São

Paulo: Pensamento, 2000.

MELO, Antonio Carlos Bernardes Pereira de. Manual Reiki I - O Despertar. Rio de Janeiro.

PIRES, Rogério. Reiki e suas Estórias. Disponível em:


<http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=8805> Acesso em: 09 de outubro de 2015

STEIN, Diane. Reiki Essencial - Manual Completo Sobre Uma Antiga Arte De Cura. São Paulo:
Pensamento, 2004.

SUMATI, Ma Vivek [Delfina Primieri]. Apostila Reiki Sistema Usui - Nível 01. Caxias do Sul/RS.
Elda Gonçalves – Mestre Reiki

Você também pode gostar