Você está na página 1de 160

Técnicas de

Embelezamento

Mariana Prado Bravo


Luciane da Silva Barbosa
© 2018 por Editora e Distribuidora Educacional S.A.
Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida ou transmitida de qualquer
modo ou por qualquer outro meio, eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia, gravação ou qualquer outro tipo
de sistema de armazenamento e transmissão de informação, sem prévia autorização, por escrito, da Editora e
Distribuidora Educacional S.A.

Presidente
Rodrigo Galindo

Vice-Presidente Acadêmico de Graduação e de Educação Básica


Mário Ghio Júnior

Conselho Acadêmico
Ana Lucia Jankovic Barduchi
Camila Cardoso Rotella
Danielly Nunes Andrade Noé
Grasiele Aparecida Lourenço
Isabel Cristina Chagas Barbin
Lidiane Cristina Vivaldini Olo
Thatiane Cristina dos Santos de Carvalho Ribeiro

Revisão Técnica
Ana Carolina Castro Curado

Editorial
Camila Cardoso Rotella (Diretora)
Lidiane Cristina Vivaldini Olo (Gerente)
Elmir Carvalho da Silva (Coordenador)
Letícia Bento Pieroni (Coordenadora)
Renata Jéssica Galdino (Coordenadora)

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)

Bravo, Mariana Prado


B826t Técnicas de embelezamento / Mariana Prado Bravo,
Luciane da Silva Barbosa. – Londrina : Editora e Distribuidora
Educacional S.A., 2018.
160 p.

ISBN 978-85-522-0699-6

1. Técnicas. 2. Beleza. I. Bravo, Mariana Prado. II.


Barbosa, Luciane da Silva. III. Título.

CDD 610

Thamiris Mantovani CRB-8/9491

2018
Editora e Distribuidora Educacional S.A.
Avenida Paris, 675 – Parque Residencial João Piza
CEP: 86041-100 — Londrina — PR
e-mail: editora.educacional@kroton.com.br
Homepage: http://www.kroton.com.br/
Sumário

Unidade 1 | A importância do embelezamento 7

Seção 1 - Aspectos do embelezamento desde a antiguidade 10


1.1 | Os padrões de beleza a partir da
civilização egípcia 10

Seção 2 - As variações da imagem 16


2.1 | A busca pela perfeição do corpo 16

Seção 3 - O rosto e a identidade 24


3.1 | Rosto, identidade e seus efeitos emocionais 24

Seção 4 - Proporções do rosto e corpo 29


4.1 | Simetria e Assimetria 29
4.1.1 | Pontos ativos e pontos passivos no rosto 31
4.2 | A pele humana 32
4.3 | Principais tipos de pele 33
4.4 | Cores e tonalidades de pele 34

Unidade 2 | Técnicas de embelezamento do olhar 43

Seção 1 - Fisiologia do envelhecimento 46


1.1 | O processo do envelhecimento 46
1.2 | O envelhecimento e a pele 49
1.2.1 | Características da epiderme 50
1.2.2 | Características da derme 51
1.2.3 | Fibras colágenas 51
1.2.4 | As fibras elásticas 52
1.3 | Flacidez 53

Seção 2 - O embelezamento do olhar 57


2.1 | O embelezamento do olhar ao longo
da história 57

Seção 3 - Técnicas para embelezamento do olhar 62


3.1 | Técnicas de permanente e tintura de cílios 62
3.2 | Passo a passo para o permanente de cílios 63
3.3 | Componentes do kit de permanente de cílios 63
3.4 | Materiais para a técnica 64
3.5 | Permanente de cílios 64
3.6 | Componentes da técnica de tintura de cílios 67
3.7 | Materiais para a técnica 67
3.8 | Passo a passo da tintura de cílios 68
3.9 | Indicações e contraindicações 69
3.10 | Durabilidade da técnica 70

Seção 4 - Princípios ativos que melhoram o aspecto do


envelhecimento na região dos olhos 71
4.1 | Os princípios ativos 71

Unidade 3 | Técnicas de embelezamento da sobrancelha 81

Seção 1 - Fisiologia do pelo 84


1.1 | Fisiologia e estrutura do pelo 84

Seção 2 - Design de sobrancelhas: suas diferentes técnicas 92


2.1. | Produtos utilizados para o design 92
de sobrancelhas 92

Seção 3 - A origem da henna 103


3.1 | Henna: da origem aos dias atuais 103

Seção 4 - Henna aplicada ao design de sobrancelhas 107


4.1 | Henna: técnica e produto 107

Unidade 4 | Técnicas de epilação e depilação 119

Seção 1 - A história da depilação 122


1.1 | A relação da estética com a depilação 122

Seção 2 - Fisiologia do folículo piloso 127


2.1 | O pelo 128
2.2 | Fases do crescimento do pelo 130

Seção 3 - Técnicas de epilação e depilação 132


3.1 | Epilação 132
3.1.1 | Cera 132
3.1.3 | Fotodepilação ou luz pulsada 134
3.1.4 | Epilação por eletrólise 135
3.1.5 | Epilação com pinça e com linha 135
3.2 | Depilação 136
3.2.1 | Depilação com lâmina 137
3.2.2 | Cremes depilatórios 138

Seção 4 - Alterações cutâneas 141


4.1 | Alterações cutâneas pós-depilação
e epilação 141
4.2 | Patologias e alterações no folículo piloso 143
4.2.1 | Foliculites 144
4.2.2 | Furúnculo 146
4.2.3 | Hipertricose 146
4.2.4 | Hirsutismo 147
4.2.5 | Tricotase espinulosa 148
Apresentação
Seja bem-vindo ao livro de Técnicas de Embelezamento!
O embelezamento é um assunto recorrente desde os primórdios
na história da humanidade, se embelezar é um hábito de muitos
e, desde a antiguidade, os povos de diferentes culturas utilizavam
recursos dos mais variados no intuito de criar adereços e pinturas
corporais para se destacarem no meio em que viviam. Ao longo da
história, foram constatadas diversas maneiras de se embelezar.
O conceito de belo ou de beleza nem sempre foi o mesmo e
houve épocas em que a imagem podia representar até mesmo o
status ou classe social. Atualmente, pode-se dizer que, de maneira
geral, as mídias buscam divulgar o belo na sua multiplicidade.
Falar sobre o belo traz diferentes recortes na história da
humanidade, e para conhecer profundamente todos os aspectos
que envolvem essa temática, é necessário entender não apenas as
técnicas e os procedimentos que tratam do embelezamento, mas
também compreender o que acontece naturalmente em todos os
indivíduos, que é o processo de envelhecimento. Promover a beleza
deve ser algo que atribui pontos positivos às características físicas do
ser humano e nunca deve ser algo que sacrifica ou impõe padrões
estipulados pela mídia.
Envelhecer é natural, mas alguns fatores podem acelerar todo
esse processo prejudicando a saúde do organismo ou causando
alterações inestéticas. Por isso, as técnicas de embelezamento têm
forte relação com os aspectos do envelhecimento.
As técnicas de embelezamento são utilizadas pelos profissionais
de estética e embelezamento com o intuito de promover a beleza,
o bem-estar e melhorar aspectos inestéticos do organismo, com
isso, o conhecimento das técnicas de embelezamento é muito
importante para atender às necessidades do mercado.
Unidade 1

A importância do
embelezamento
Luciane da Silva Barbosa

Objetivos de aprendizagem
Compreender os aspectos importantes inseridos
no contexto do embelezamento, e relacionar técnicas
utilizadas desde a antiguidade que faziam parte do cotidiano,
principalmente no das mulheres.

Desde os tempos remotos, muitos recursos eram utilizados


para destacar a beleza, entre eles, adereços e pinturas corporais,
e ainda, por meio de um recorte voltado ao embelezamento,
poderemos observar que padrões de beleza mudavam e
continuam mudando de tempos em tempos.

A imagem do indivíduo indicava a qual classe social ele


pertencia e como as mudanças recorrentes aconteciam, a
imagem corporal nem sempre representou a beleza da mesma
forma. Com o passar do tempo, essas mudanças ficaram
cada vez mais exigentes, acarretando muitas vezes fatores
preocupantes que comprometem a saúde e o equilíbrio do
corpo e da mente. A partir desse conteúdo, além de padrões
estipulados por fatores externos, a compreensão de aspectos
como autoestima e equilíbrio emocional serão abordados
nesta unidade.

Seção 1 | Aspectos do embelezamento desde a antiguidade


Nesta seção, entenderemos a evolução dos padrões e como
alguns fatores podem ser influenciadores de estereótipos e
conceitos de beleza, isso trará clareza e discernimento sobre esse
universo. Compreenderemos também alguns aspectos do rosto
que facilitam o trabalho do profissional da área do embelezamento.

Seção 2 | As variações da imagem


Nessa seção, além do corpo perfeito, abordaremos um assunto
de extrema importância, nossa saúde. A sociedade, enquanto se
divide em “grupos” e procura em cada um deles uma identidade,
deve se atentar aos cuidados individuais. Os padrões de beleza não
podem condicionar o indivíduo a uma escravidão estética, mas sim
conscientizá-lo acerca da importância de cuidar do corpo, da saúde
e da mente.

Seção 3 | O rosto e a identidade


Para que o indivíduo se torne exclusivo e único em sua
aparência, vamos entender aqui que a individualização está ligada a
despadronização e a construção da imagem mais agradável e não
necessariamente ligada às tendências de beleza. Compreender os
principais pontos positivos e negativos do rosto de cada pessoa,
trará mais efetividade na hora da execução de procedimentos
relacionados às técnicas de embelezamento.

Seção 4 | Proporções do rosto e do corpo


Nesta seção, será abordado o tema que traz respaldo ao
trabalho do profissional da área da beleza. Trabalhar com técnicas
que embelezam o rosto do indivíduo requer conhecimentos a partir
de elementos como proporções, simetria, assimetria, tipos de pele,
pontos ativos e passivos e também tonalidades de peles. Sabendo
desses elementos, o profissional conseguirá atingir melhores
resultados, trazendo ao seu cliente a satisfação almejada.
Introdução à unidade
Na área do embelezamento, perceber a imagem do rosto é
essencial ao profissional desse contexto, o rosto da pessoa consegue
revelar características de personalidade e, com os procedimentos
corretos, é possível ressaltar o que há de mais belo e individual
em cada pessoa, independentemente da idade, se apropriando de
técnicas de embelezamento e adaptando-as ao estilo de vida de
cada um ou às diferentes ocasiões.
Quando técnicas do embelezamento são utilizadas como
ferramentas para melhorar e harmonizar a imagem do indivíduo,
isso traz individualidade e personificação para o rosto, provocando
sensações positivas a sua volta.
A ciência está cada dia mais a favor da beleza e nos propõe
produtos cada vez mais específicos, proporcionando muitos
caminhos para se chegar ao ideal de beleza estabelecido por nós
mesmos ou pela sociedade e grupo em que vivemos. Muitas pessoas
acreditam que é com a estética que alcançarão seus objetivos para
serem felizes, bem-sucedidas e realizadas.
A busca pelo belo e pela perfeição tem movimentado a indústria
do embelezamento, e produtos para todos os tipos de problemas
são criados a cada dia. A tecnologia está cada vez mais alerta às
necessidades da beleza contemporânea.
Para entender as técnicas que aperfeiçoam os traços naturais do
rosto de cada indivíduo, é necessário compreender características
específicas e os principais pontos positivos e negativos de cada
pessoa. Conhecer cores e tonalidades de pele também facilita e
corrobora com o trabalho do professional dessa área.
Seção 1
Aspectos do embelezamento desde a antiguidade
Introdução à seção

Desde antigamente, já era comum a preocupação com o


embelezamento pessoal, e principalmente as mulheres utilizavam
métodos para se tornarem mais belas. Elas recorriam a elementos
que melhorassem suas imagens e, assim, mostravam grande
interesse por adereços, como colares com dentes de animais,
conchas ou mesmo o uso de pinturas no corpo que destacava a
representatividade em meio ao grupo pertencente de cada indivíduo.
A civilização egípcia, por sua vez, foi uma das mais grandiosas na
questão de embelezar-se.

1.1 | Os padrões de beleza a partir da


civilização egípcia

É infinitamente importante os ensinamentos milenares que os


egípcios deixaram, e a partir deles, foram possíveis o desenvolvimento
e a evolução de alguns cosméticos que existem no mercado até
os dias atuais. Apesar de adornarem-se de forma bela, a principal
função das pinturas nos corpos dos egípcios era em virtude dos
rituais de cunho místicos e religiosos.
O maior destaque dessas pinturas era a região dos olhos, cujo o
principal elemento utilizado era uma tinta escura a base de carvão,
chamada de Kohl. O contorno feito no entorno dos olhos era
marcado com linhas alongadas, parecido hoje com o contorno do
delineador, entretanto, para os egípcios, esse contorno representava
mais que o embelezamento, trazia significados espirituais. Eles
acreditavam que essas pinturas traziam proteção e também
aproximação ao deus Hórus.

10 U1 - A importância do embelezamento
Figura 1.1 | Imagem do deus Hórus

Fonte: <https://media.istockphoto.com/vectors/religion-of-ancient-egypt-vector-id675082900>. Acesso em:


15 mar. 2018.

Os padrões de beleza estipulados em cada época se diferenciava


por regiões, na Mesopotâmia, os homens utilizavam o Kohl para
pintar as sobrancelhas a fim de uni-las, valorizar o padrão de beleza
e proteger contra os raios solares.

Já na Grécia antiga, os padrões eram olhos e cabelos claros, para


tanto, a necessidade de clarear os cabelos se estabeleceu ali, por
isso, foram desenvolvidas as técnicas de descoloração.

Na Idade Média, as mudanças foram muitas, devido inclusive ao


radicalismo do Cristianismo da época, as roupas tornaram-se mais
discretas sem marcar o corpo, a maquiagem foi abandonada, os
cabelos eram arrumados de forma simples e sem penteados, já que
todas essas práticas, de acordo com as doutrinas da igreja católica,
eram consideradas pecado. A igreja Católica acreditava que a fé
era o único caminho a ser seguido e, por isso, essa época ficou
conhecida como a Idade das Trevas, e pouco se viu em relação aos
desenvolvimentos científicos e culturais.

Com o passar do tempo, outro movimento foi se estabelecendo


e deixando para trás a Idade Média, esse movimento foi chamado de
Renascimento, no qual aspectos culturais e de arte foram resgatados
da Europa. A igreja já não tinha mais o poder de domínio sobre a

U1 - A importância do embelezamento 11
sociedade, a aspiração pela vaidade se torna constante novamente
e o embelezamento pessoal faz parte do cotidiano cultural.

Figura 1.2 | Renascimento: “O Nascimento de Vênus”, de Sandro Botticelli

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/vetor/antigo-ilustra%C3%A7%C3%A3o-de-nascimento-de-v%C3%A9nus-
gm465441350-59747478>. Acesso em: 15 mar. 2018.

O padrão de beleza que se estabelecia a partir dessa época


consistia em uma pele extremamente branca, representado por uma
classe social mais abastada, não havendo, portanto, a necessidade
de se expor ao sol para trabalhar. Logo, mulheres que tinham a
pele mais bronzeada devido ao trabalho braçal no campo, para
se adequarem aos padrões de beleza, sentiam a necessidade de
clarear a pele com maquiagem. Mesmo muito pálidas e brancas, as
bochechas precisavam ser rosadas, indiferente se para mulheres ou
para homens.

12 U1 - A importância do embelezamento
No século XVIII, o padrão era luxuoso e precisava de recursos
mais elaborados para segui-lo, por isso, recursos como maquiagem,
tratamentos e descolorações nos cabelos, perucas e vestimentas
ricas em volumes e pedrarias eram utilizados. Foi a partir desse
conceito luxuoso que recursos de embelezamento foram inseridos
definitivamente no cotidiano das pessoas, as indústrias de cosméticos
passaram a aprimorar cada vez mais produtos e tecnologias a fim de
responderem aos diferentes perfis, sendo eles, homens, mulheres,
idosos ou mais jovens.

Devido a grande preocupação e a importância acerca do


desenvolvimento de tecnologias voltadas ao embelezamento, as
técnicas de visagismo passaram a ser utilizadas em maquiagens e
consultorias de imagem pessoal, a fim de personificar a aparência
do indivíduo de modo que características como personalidade,
formatos de rosto, corpo e elementos da face fossem identificados
de forma mais clara.

As mídias influenciam intensamente nas mudanças de padrões,


que, por diversos fatores, apresentam diferenças de tempos em
tempos e, a partir de valores individuais, esses padrões se estabelecem
no cotidiano social. Alguns indivíduos buscam incansavelmente
recursos para alcançar resultados que atendam a esses padrões ou
seus ideais de beleza.

Apesar de a conscientização sobre as influências e padrões


estarem sendo desmistificadas, ainda é comum pessoas
seguirem tendências de beleza pelo simples fato de celebridades
usarem também.

Por isso o crescimento da procura de profissionais que se apoiam


em técnicas de visagismo para a área da beleza, sendo esse um
diferencial para o indivíduo/cliente que procura tal serviço, já que o
profissional pode aliar conhecimentos relacionados as técnicas na
tentativa de reconhecer não só características externas da face, mas
também de entender a personalidade de cada um, desvendando
assim diversas inquietações de seus clientes em relação a imagem
pessoal individual.

Desde as épocas mais primitivas, existia a necessidade de


proteção, imitação e diferenciação, que seriam o foco das

U1 - A importância do embelezamento 13
construções de imagens. As pessoas por exemplo, se diferenciavam
pelas suas posições sociais e os padrões estipulados eram inerentes
a grupos sociais.

Até meados de 1960, era muito comum as pessoas se vestirem


iguais, terem o mesmo corte de cabelo, a mesma maquiagem, tudo
isso, claro, ditado pela sociedade ou de acordo com a moda da
época, fazendo com que todos parecessem estar uniformizados.
O que acontece na contemporaneidade é que, cada indivíduo se
identifica com determinadas “tribos urbanas”, caracterizando-se de
forma parecida e, de certa forma, ainda padronizados.

O que precisa ser desconstruído é a ideia de que o corte da


moda combina com todo formato de rosto, ou que determinado
truque de maquiagem vai funcionar para todos os tipos de clientes,
características, personalidades ou estilos. É necessário considerar
fatores mais relevantes e, desse modo, construir uma imagem
condizente. Regras pré-estabelecidas inibem a criatividade e só
contrapõem a ideia de criar uma imagem personalizada.

Ainda é comum, por parte de profissionais da área da beleza,


usar técnicas de embelezamento de forma generalizada, seguindo
tendências de moda e comportamento vigentes, dessa forma, são
aplicados cortes de cabelo, tinturas, penteados, maquiagens e outras
tantas práticas de forma genérica. Esse ato faz com que o profissional
se concentre apenas em questões estéticas e trabalhe somente
com estilos predeterminados anteriormente, por isso as escolhas
geralmente se orientam, quase exclusivamente, pelo que se imagina
ficar bem esteticamente e dentro das tendências da moda.

Questão para reflexão


É necessário pensar na beleza como uma forma única e individualizada
para cada indivíduo?

Para saber mais


Lei o artigo para obter maior conhecimento sobre a história dos
cosméticos e, a partir disso, relacionar o conteúdo com o contexto de
padrões de beleza apresentados aqui.

14 U1 - A importância do embelezamento
Disponível em: <https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/
farmacia/historia-da-cosmetologia/6352>. Acesso em: 15 mar. 2018.

Atividades de aprendizagem

1. Os egípcios tinham o hábito de contornar os olhos com uma mistura


escura chamada Kohl. Qual a razão dessa pintura nos olhos?

2. O hábito de se embelezar não é algo de hoje, muito pelo contrário, ao


longo da história existem relatos de objetos, utensílios e pinturas corporais
como um destaque no embelezamento. O padrão de beleza nem sempre
foi o mesmo. Analise as alternativas e assinale a correta com relação ao
padrão de beleza de cada época:

a) Na Grécia antiga, o padrão de beleza era ter olhos e cabelos claros.


b) Na Europa, na época do Renascimento, a moda era ter a pele morena,
pois representava status.
c) Atualmente, o padrão de beleza é um corpo extremamente magro e
sem curvas.
d) Por volta do ano de 1960, com a revolução feminista, o padrão de
beleza era de uma mulher mais robusta, que expunha o corpo.
e) Na Grécia antiga, padrão era pele queimada do sol, olhos claros e
corpo magro.

U1 - A importância do embelezamento 15
Seção 2
As variações da imagem
Introdução à seção

O belo, o correto e o fundamental para cada indivíduo dependem


das influências que ele sofre, o meio em que vive e os valores nos
quais acredita. Todo fator externo que influencia os padrões de
beleza pode afetar psicologicamente e fisicamente a saúde do
indivíduo. Moldar os corpos dentro de uma sociedade tão exigente
traz muitas vezes frustração e trata como objeto o que muitas
filosofias religiosas chamam de templo.
Receber de forma errada os estímulos que os meios midiáticos
impõem aos padrões de beleza pode afetar negativamente pessoas
que interpretam essas informações como apologia a magreza ou
mesmo as cirurgias plásticas, fomentando a distorção da imagem
real com a imagem ideal.

2.1 | A busca pela perfeição do corpo

Revistas ensinam o segredo do corpo perfeito, mostram


alimentações que mudarão o funcionamento de organismo, clínicas
médicas e de cirurgia plástica oferecem tratamentos de diversas
formas. Salões e centros de beleza oferecem os últimos cuidados
para cabelos e trazem as tecnologias mais avançadas para deixar
seus clientes cada vez mais satisfeitos, e ainda, as academias ficam
abertas 24 horas para auxiliar os que insistem dizer que não cuidam
do corpo e da saúde por falta de tempo.

Existem muitas opções para o corpo ficar em dia, como


alimentação balanceada, dietas desintoxicantes, inibidores
de apetites naturais ou não, cremes redutores de medidas,
anabolizantes, exercícios físicos, aceleradores do metabolismo
para queima de gordura, botox, hidrolipo, lipoaspiração,
abdominoplastia, próteses, hidrogel, peeling e muitos outros

16 U1 - A importância do embelezamento
artifícios que podem nos manter jovens e bonitos por mais tempo,
inclusive, retardar o envelhecimento.

Entretanto, com tantos recursos, o indivíduo cria expectativas


em ter um corpo belo e esculpido e começa a busca para atingir
resultados satisfatórios, muitas vezes, num espaço curto de tempo
fazendo que procure alternativas perigosas e irreversíveis. O
esforço físico na modelação do corpo pode afetar diversas áreas
da saúde, principalmente o psicológico. Em revistas de moda,
de comportamento, de fofoca, de culinária e em quase todos os
tipos de mídia impressa ou virtual, vemos padrões estipulados.
A televisão, os desfiles de moda, as campanhas publicitárias e
quase todas as imagens que nos cercam mostram corpos magros,
definidos e musculosos.

A relação da imagem com o poder está banalizada nos


comentários que se fazem constantemente sobre o papel
da mídia no mundo contemporâneo. Contudo, mais do que
uma evidencia é necessário pensar criteriosamente como
se dá essa relação (SANTA’ANNA, 2009, p. 39).

No inconsciente, essas imagens forçam a buscar esse ideal de


beleza, mas quem queremos ser? Quem nos inspira? Existe um
biotipo ideal ou a sociedade que nos faz acreditar nisso? Mulheres
que trabalham com a imagem vivem para ficarem em forma, ou
seja, fazem muitos exercícios, dietas, massagens e todo tipo de
inovações que a estética pode proporcionar. Será que todo esse
esforço acomete sofrimento ou satisfação? Seus corpos são como
cartões de visitas, são ferramentas de punição ou são templos de
saúde e vida? O corpo perfeito nos remete a quê, afinal?

A psicologia vê o narcisismo como um distúrbio, e essa busca


pelo corpo perfeito torna-se uma patologia quando a obsessão
começa a fazer parte dos princípios do indivíduo ao perseguir
um ideal de beleza. Muitos casos de narcisismo contemporâneo
estão relacionados a um indivíduo egoísta, egocêntrico e que se
acha o centro das atenções, acreditando na devoção das pessoas
a sua volta.

U1 - A importância do embelezamento 17
Age sem sentimentos e necessita projetar uma imagem,
garantindo o ponto básico para este tipo de personalidade,
o que o faz ter um investimento extra da sua própria
imagem. É um indivíduo controlador, programador de seus
comportamentos, insensível e confiante em suas atividades
sexuais, acreditando ser bastante oferecedor de prazer
para as mulheres, além de pretensioso e extremamente
machista. Pode-se dizer que o termo machista, deriva
da supervalorização às coisas materiais com o intuito de
atingir um progresso perante a vida, onde o homem é
oposto à mulher, o trabalhador ao patrão, e o indivíduo a
comunidade (LOWEN, 1983, p. 9, grifo do autor).

O narcisista se preocupa exageradamente com sua imagem


e esquece os verdadeiros valores e o sentido das coisas que o
cercam. Ele está sempre buscando um corpo mais firme e torneado,
tornando-se e cada vez mais robotizado e sem princípios reais. É
bem verdade que a sociedade, além de exigir um corpo belo, exige
também cabelos perfeitos, uma pele viçosa, roupas da moda e tudo
o que pode trazer benefícios a aparência perfeita.

Cuidar do corpo e da imagem é essencial, mas nada pode ser


levado tão a sério a ponto de afetar nosso psicológico. As mulheres,
principalmente, sofrem muita pressão social para terem seus
corpos reconstruídos, moldados, esculpidos ou mesmo cheios
de intervenções cirúrgicas. Os objetos externos que remetem ao
belo vão além de remédios para emagrecer, dietas, exercícios
físicos intensos e cosméticos. O que confronta na atualidade são
os exageros relacionados as cirurgias plásticas e todos os riscos que
podem acometer o indivíduo.

Quem se favorece muito com a preocupação acerca do corpo


é a indústria que movimenta todos os elementos relacionados a
alimentos funcionais, academias, cosméticos, moda, estética e
tratamentos: a indústria do belo. O aumento de produtos light,
diet, naturais e funcionais nas prateleiras dos mercados mostram
esse crescimento significativo, suplementos alimentares e outros
atributos são também muito consumidos por esse público em
busca da perfeição corpórea.

18 U1 - A importância do embelezamento
Quando o indivíduo deixa de lado o prazer pela comida, começa
uma caminhada longa para o emagrecimento, no entanto, muitas
pessoas não querem estar saudáveis. A gordura não representa
só um risco à saúde, ela representa também um estorvo para a
sociedade como um todo. É como se todos se incomodassem
com a obesidade alheia e também fosse errado ter um percentual
de gordura no corpo nos dias atuais. Mas a obesidade, além de
ser recriminada pela sociedade, carrega consigo muitos outros
preconceitos que são gerados pelos próprios envolvidos na situação.

[...] o corpo leve e enérgico, estreito e elegante, com


fronteiras firmes e tonificadas é uma imagem poderosa da
cultura contemporânea, especialmente na articulação com
a publicidade e a cultura de consumo” (SASSATELLI, 2000,
p. 227).

É muito comum, na atualidade, mulheres de 50 anos alcançarem


um corpo de 30, por meio de muita disciplina, dietas, e todos os
artifícios que a estética e a alimentação correta e saudável podem
proporcionar. O importante é a coerência diante de todos esses
recursos. Na mídia, todos os corpos que vendem produtos são os
mais perfeitos possíveis, o que mexe com nosso imaginário, e nos
faz acreditar que pode ser simples alcançar certos patamares.

Precisamos também lembrar que revistas e mídias impressas


contam com um artifício que vai além de todas as tecnologias
estéticas, são as tecnologias digitais, como por exemplo o editor
de imagens, que é um recurso altamente eficaz e disfarça qualquer
imperfeição em fotos, catálogos, ou qualquer tipo de impressão
dentro da mídia.

Ainda no século XX vale destacar três momentos


fundamentais para uma reflexão sobre o corpo: os anos 50,
60 e 80. Devido a expansão do tempo de lazer e a explosão
publicitárias no pós-guerra, ser esportista passa a ser cada
vez mais um imperativo: férias remuneradas, popularização
do acesso as praias, dos campings, contribuem, a partir da
segunda metade dos anos 50, para a revolução de veraneio,
que imporá um novo conceito de férias de verão, em que a
exposição do corpo ocupa espaço central (CASTRO, 2007,
p. 3, grifo do autor).

U1 - A importância do embelezamento 19
Figura 1.3 | Anorexia

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/vetor/mulher-jovem-que-sofrem-de-anorexia-gm695648772-128769507>
Acesso em: 16 mar. 2018.

A preocupação com o belo, na maioria das vezes, em nada


se relaciona com a saúde, por isso distúrbios psicológicos fazem
parte do contexto do narcisismo contemporâneo. A anorexia, por
exemplo, é uma distorção da imagem corporal, quando a pessoa se
olha no espelho (as mulheres são as mais afetadas) se vê mais gorda
do que realmente é, fazendo com que a luta pela magreza chegue
aos limites do corpo humano.

No entanto, o que é pouco comentado são os inúmeros


problemas que o organismo sofre por conta desse distúrbio,
chegando muitas vezes até comprometer os órgãos internos do
organismo e deixá-los debilitados, podendo levar a pessoa a óbito.
Já a bulimia é um transtorno compulsivo alimentar em que o
indivíduo depois de comer as refeições força o vômito, a vigorexia,
também nomeada como um transtorno no qual o indivíduo pratica
esportes excessivamente, tornando-se obcecado e colocando em
risco sua própria saúde.

20 U1 - A importância do embelezamento
Esses são os principais transtornos psicológicos que afetam
a sociedade nos tempos atuais, existem até sites na internet que
incentivam essas práticas alimentares.

A cirurgia plástica ressurgiu após a Primeira Guerra Mundial,


sutilmente para corrigir nariz, seios, abdômen, enfim, intervenções
que dariam início a todas as mutações que o corpo sofre hoje em dia.

Figura 1.4 | Bulimia

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/vetor/pessoa-doente-com-v%C3%B4mitos-gm867189900-144245657>
Acesso em: 16 mar. 2018.

A publicidade tem fator importante no crescimento da demanda


de intervenções cirúrgicas porque ajuda a divulgar o que atrizes de
cinema, cantoras e todo tipo de celebridade são capazes de fazer
em busca da beleza e do corpo perfeito. Surge então a banalização
desses procedimentos cirúrgicos.

O narcisismo contemporâneo carrega consigo um ideal de


beleza construído socialmente, em alguns casos, a personalidade
surge após a imagem, como se fosse através dela que a verdadeira
essência tivesse sentido, potencializando toda referência interior,
tornando assim, o corpo, um objeto a ser esculpido, talhado,

U1 - A importância do embelezamento 21
construído segundo os ideais de beleza que o transformam numa
passagem instantânea para a felicidade.

A aparência tornou-se moeda de troca nos principais mercados,


ela possibilita ascensão profissional, social e pessoal. Cada vez mais
a imagem é uma marca individual, ampliando a consciência do belo,
do estético e do ideal de beleza. Toda essa consciência corporal
representa os fatores estéticos, éticos e políticos que configuram
boa parte da massa social.

A preocupação do homem com o corpo, não é recente, porém,


tem crescido significativamente nas últimas décadas. Esculpir o
corpo e ter uma silhueta perfeita começou a se tornar um dever
na sociedade, a beleza é a afirmação da confiança que o indivíduo
acredita precisar para ser feliz.

As redes sociais, devido à grande ascensão nos últimos 10


anos, influenciam relativamente a opinião e o comportamento do
indivíduo, já que com a era dos smartphones, a acessibilidade ficou
ainda mais completa e simples, trazendo às mãos dos indivíduos
informações em tempo real, possibilitando o ideal dos padrões de
beleza. A indústria está preocupada em vender e, nós consumidores,
em termos um corpo jovem, lindo e magro. Mas, nem sempre a
saúde faz parte da conscientização de todos.

A busca pela cirurgia plástica tem crescido representativamente


nos últimos 10 anos aqui no Brasil, os indivíduos devem se atentar
para os excessos, pois, tratar o corpo como “produto” pode acarretar
danos irreversíveis, como já é sabido, o caso de pessoas que pagaram
com a própria vida suas atrocidades em busca do corpo ideal.

Há alguns anos, a cirurgia plástica era uma ferramenta para


melhorar a imagem de mulheres maduras, quase que uma
obrigação acima de determinada idade. Atualmente, a faixa etária
caiu significativamente, e as intervenções cirúrgicas das mais
diversas ocorrem cada vez mais cedo na vida das pessoas.

Todas as metamorfoses que o indivíduo sofre por meio de


cirurgias, implantes, próteses, tratamentos, medicamentos e práticas
exageradas de esportes poderiam ser discutidas pela saúde pública. A
popularização e banalização desses serviços facilitaram o acesso de

22 U1 - A importância do embelezamento
pessoas com poucas informações, colocando assim o corpo como
um produto modelável, atendendo aos interesses do momento.

Para saber mais


A dismorfia corporal se caracteriza pela percepção distorcida da
própria imagem e pode causar estragos na vida psíquica dos afetados.
Conheça mais sobre esse distúrbio que acomete indivíduos na
contemporaneidade lendo os artigos indicado a seguir.
Disponível em: <https://veja.abril.com.br/saude/um-transtorno-
distorce-a-imagem-que-voce-tem-do-proprio-corpo-poucos-o-
conhecem/>. Acesso em: 16 mar. 2018.

<http://www.scielo.br/pdf/%0D/hcsm/v12n2/19.pdf> Acesso em: 16


mar. 2018.

Questão para reflexão


O narcisismo interfere no cotidiano do indivíduo? Explique.

Atividades de aprendizagem

1. Qual a diferença entre anorexia e bulimia?

2. O _______________ só enxerga a si mesmo, se preocupa


exageradamente com sua _______________e esquece os verdadeiros
valores e o sentido das coisas que o cerca. Ele está sempre buscando um
corpo mais _________________, mais ______________, tornando-se
_____________________e sem princípios reais.

Preencha a lacuna com a alternativa correta:

a) narcisista, imagem, firme, torneado, robotizado.


b) bulímico, idade, jovem, bronzeado, artificial.
c) anoréxico, imagem, magro, torneado, artificial.
d) vigoréxico, academia, tonificado, volumoso, robotizado.
e) anarquista, imagem, forte, torneado, robotizado.

U1 - A importância do embelezamento 23
Seção 3
O rosto e a identidade
Introdução à seção

A identidade surge em nossas vidas na infância, segundo


Hallawell (2009). Logo cedo temos a consciência de quem somos,
e isso se dá exatamente pelo fato de ser a primeira imagem que
a criança observa quando se olha no espelho. Por isso o rosto é
tão importante para o próprio indivíduo e todos a seu entorno.
Quando falamos de uma pessoa, a primeira coisa que vem à nossa
mente é a imagem do seu rosto e não seu tipo físico, voz ou outras
características, portanto, nesta seção, entenderemos a importância
dessa imagem e seus efeitos emocionais.

3.1 | Rosto, identidade e seus efeitos emocionais

Nosso rosto somos nós. Para nós mesmos e para os outros,


características como o jeito de andar, gestos e fala são bem
menos importantes no reconhecimento de cada pessoa. Quando
pensamos em uma pessoa, o que nos vem à mente, em primeiro
lugar? Seu rosto.

Por isso, construir a imagem que reflete, de fato, o que


desejamos expressar é um trabalho complexo, porque essa imagem
precisa trazer qualidades que correspondam a personalidade de
cada um. É incoerente, por exemplo, a pessoa querer expressar
uma extroversão se for tímida ou introvertida, essa imagem será
inadequada porque não combinará com o comportamento, gestos
e fala daquele indivíduo.

De acordo com Hallawell (2009), para que o momento do


encontro entre o profissional e o cliente seja o mais autêntico
possível, o indivíduo deve revelar sua personalidade verdadeira, do
contrário, será uma máscara e, apesar de esteticamente agradável,
criará uma crise de identidade e muitos problemas para a pessoa.

24 U1 - A importância do embelezamento
Ao se olhar no espelho, mesmo que veja uma imagem bonita, ele
não se reconhecerá.

Um fator ruim e negativo é alguém assumir uma imagem imposta


por instâncias superiores, como país, escola ou sociedade em
geral. Isso inibe a busca por valores convencionais, prejudicando
principalmente o desenvolvimento da sua criatividade. A televisão, a
internet, as redes sociais e outras novas tecnologias de interação e
comunicação exigem que as pessoas abracem o novo diariamente
e busquem inovações, porém, a maioria não está preparada ou
educada para isso.

Empresas contemporâneas estimulam e valorizam a criatividade


de seus colaboradores porque reconhecem que esses fatores podem
ser diretrizes importantes para o sucesso pessoal e profissional.
É por isso que buscam colaboradores/funcionários que exibem
personalidade e individualidade, que são qualidades intrínsecas às
pessoas criativas.

Na busca constante em se diferenciar, as pessoas geralmente


fazem tatuagens personalizadas ou se vestem de maneira
diferenciada, porém, ignoram o fato de que o rosto e o cabelo é
que estabelecem o estilo. Por isso, continuam uniformizadas.

Para ser tornar um profissional de beleza com diferenciais, é


essencial se manter informado para garantir poder de competição dos
profissionais, nesse caso, a criatividade pode ser uma grande aliada.
Figura 1.5 | Características do rosto

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/vetor/fragmentos-de-rosto-humano-gm165801494-19388905>. Acesso em:


16 mar. 2018.

U1 - A importância do embelezamento 25
Para saber mais
Para se aprofundar a respeito dos formatos de rosto, assista o vídeo a
seguir que aborda essa temática. Disponível em: <https://www.youtube.
com/watch?v=WbqYu31p3Pg>. Acesso em: 16 mar. 2018.

3.2 |O efeito emocional da imagem


No século XIX, rostos em formato de coração expressavam
delicadeza e meiguice, eram considerados o formato ideal para as
mulheres, já no século XX, rostos com formatos oval, olhos voltados
para baixo, queixo pequeno e delicado, boca pequena em formato
de cupido tinha se tornado padrão de beleza da época.

Na atualidade, a maioria das mulheres são versáteis, trabalham,


estudam, são mães, esposas, filhas e muitas vezes estão lutando
para um reconhecimento e crescimento profissional. Por isso,
principalmente as mulheres, anseiam passar essa imagem
independente, moderna, dinâmica e forte, características
tradicionalmente mais inerentes aos homens para tanto, a imagem
inicialmente feminina também precisou de adequação para refletir
essas novas atitudes.

Quando olhamos a imagem de uma pessoa, antes de conhecê-


la e a enxergarmos como um indivíduo específico que carrega
consigo uma história de vida, reagimos emocionalmente às linhas,
formatos, luzes e cores que compõem a face. O profissional com a
sensibilidade visual mais apurada conseguirá traçar genericamente
a identidade de uma pessoa através da primeira impressão que ela
transmite. Por isso é tão comum que nós consigamos opinar sobre
as diferentes pessoas sem ao menos termos trocado uma única
palavra com elas, apenas olhando para uma fotografia.

O profissional, ao começar a construir uma mudança na imagem


de um indivíduo, precisa se conscientizar que isso altera seu senso
de identidade e a maneira como os outros o verão, e isso é comum
numa mudança radical. Entretanto, será preciso muito cuidado e
responsabilidade quando essas alterações forem irreversíveis a curto
prazo ou mesmo permanentes. Podemos usar como exemplo um
corte de cabelo muito curto ou uma micropigmentação definitiva.

26 U1 - A importância do embelezamento
Uma transformação precisa promover o encontro entre o
interior e o exterior, e resultar no olhar da pessoa no espelho com a
frase: “Essa (e) sou eu”! Apresentar melhorias estéticas não garante
o aumento da autoestima, em alguns casos pode ocorrer uma
ausência de identidade, gerando então uma crise. É o caso de uma
pessoa introvertida que ganha uma aparência extrovertida, ela pode
se sentir vulnerável e desprotegida, linhas e formatos na imagem
pessoal afetam a maneira como a própria pessoa se comporta.

É essencial então que o profissional da beleza se concentre em


descobrir o que o indivíduo deseja expressar de si mesmo por meio
da imagem e só depois pense em construir uma imagem bonita,
uma identidade adequada e coerente.

Questão para reflexão


Empresas contemporâneas estimulam e valorizam a criatividade de
seus colaboradores porque reconhecem que esses fatores podem ser
diretrizes importantes para o sucesso pessoal e profissional. É por isso
que buscam colaboradores/funcionários que exibem personalidade
e individualidade, que são qualidades intrínsecas às pessoas criativas.
Enquanto profissional da área da beleza, comente os fatores mais
relevantes em se tratando de criatividade nesse contexto.

Atividades de aprendizagem

1. O profissional ao começar a construir uma _________________na


imagem de um indivíduo, precisa se ___________________que isso
altera seu senso de__________________ e a maneira como os outros
o verão. Será preciso muito __________________e ______________
quando essas alterações forem ________________a curto prazo ou
mesmo _________________.

a) mudança, convencer, identidade, cuidado, sacrifício, únicas, sempre.


b) identidade, convencer, humor, trabalho, sacrifício, adotadas, sempre.
c) mudança, conscientizar, identidade, cuidado, responsabilidade,
irreversíveis, permanentes.
d) identidade, conscientizar, humor, cuidado, sacrifício, responsabilidade,
permanentes, irreversíveis.
e) máscara, conscientizar, identidade, cuidado, responsabilidade,
permanentes, irreversíveis.

U1 - A importância do embelezamento 27
2. Na busca constante em se diferenciar, as pessoas geralmente
fazem tatuagens personalizadas ou se vestem de maneira diferenciada,
porém continuam uniformizadas. Quais elementos são considerados
importantes para que se estabeleça uma mudança representativa na
imagem do indivíduo?

28 U1 - A importância do embelezamento
Seção 4
Proporções do rosto e corpo
Introdução à seção

Para que as técnicas de embelezamento sejam executadas,


em especial no rosto do indivíduo, é necessário entender
proporções, características, simetria e assimetria, pontos ativos e
passivos, tonalidades de pele e características e especificidades
de cada pele. Para tanto, esse tema traz abordagens específicas e
direcionadas as diferentes técnicas utilizadas pelo profissional da
área do embelezamento.

4.1 | Simetria e Assimetria

Antes de falarmos sobre simetria e assimetria de corpo e rosto,


vamos entender o que isso significa. Simetria segundo o dicionário
Michaelis, é a semelhança entre duas partes de algo, conjunto de
proporções harmonicamente equilibradas e ainda, beleza decorrente
de proporções harmoniosas. Logo, assimetria é a diferença entre
duas partes, ou seja, partes diferentes de algo, o oposto de simetria.

Pensando dessa forma, os padrões de beleza procuram sempre a


simetria do corpo e do rosto e nos vendem essas formas modificadas
por tecnologias que envolvem fotografia, luz, ângulos, editores de
fotos, filtros, entre outros. Porém, a realidade é outra. Sabemos que
geralmente, o normal é ter um lado do rosto diferente do outro, e
isso ocorre também com o corpo.

A simetria pode ser uma referência básica para a linguagem


visual e para aprimorar a estética facial, para isso, é preciso valorizar
os conhecimentos que cercam o contexto do embelezamento,
tudo em benefício da personalização de cada pessoa. O grau de
semelhança entre os dois lados do rosto é o que caracteriza um
rosto harmônico, em teoria, quanto mais semelhantes forem as
metades da face, mais perfeita e bela será. Segundo Martinez (1997),

U1 - A importância do embelezamento 29
a simetria ideal também se traduz na distância idêntica entre a ponta
do queixo e a base do nariz, entre a base do nariz e a linha das
sobrancelhas e entre as sobrancelhas e o início da linha dos cabelos.

É necessário que os profissionais da área do embelezamento


exerçam suas habilidades para executar um bom trabalho acerca da
estética facial, e não somente se apoiar na simetria para alcançar a
beleza ideal. Por mais que a simetria seja o sinônimo da beleza e a
padronização do ideal tido como belo, nos deparamos com rostos
e corpos assimétricos o tempo todo.

Para Jamenson (1996), o que se deseja e se busca, são


padrões inalcançáveis, já que a imagem apresentada como ideal é
construída pela mídia. É difícil escapar da atmosfera que envolve o
contexto da cirurgia plástica, visto que esse recurso está presente
em todas as mídias e redes sociais e ainda enraizado no dia a dia
das celebridades que seguimos e admiramos. Por isso, a ideia
de que é possível um corpo novo com facilidade sempre estará
presente em nosso cotidiano.

A simetria é embasada em padrões estipulados e começa a ser


vista como ideal para o indivíduo. Para equilibrar e harmonizar um
rosto, nos casos mais desarmônicos, é possível utilizar recursos
como maquiagem, cortes de cabelos, aplicação de botox, ácido
hialurônico e outras técnicas do embelezamento, inclusive
intervenções cirúrgicas em busca da harmonia estética.
Figura 1.6 | O Homem Vitruviano de Leonardo da Vinci

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/vetor/homem-vitruviano-de-leonardo-da-vinci-gm481615361-37120022>.
Acesso em: 16 mar. 2018.

30 U1 - A importância do embelezamento
Entretanto, quebrar paradigmas dos padrões estéticos de que
um rosto para ser bonito precisa ser simétrico é um novo conceito
de beleza, que inclusive tem sido muito usado em campanhas
publicitárias atuais.

Padrões inalcançáveis devem ter um fim, a individualidade de cada


pessoa deve ser respeitada, assumir a beleza natural com segurança
faz com que os conceitos do visagismo, que é embelezar o rosto
respeitando características únicas e ressaltando a própria beleza,
sejam determinantes na personificação individual. O visagismo tem
o intuito de melhorar e harmonizar as características que já existem
no rosto de cada um.

O profissional do embelezamento deve entender que a beleza


de um rosto não se resume em ter partes bem modeladas, mas sim
de possuir harmonia e equilíbrio que existe entre as características
únicas de um rosto. É preciso personalizar o indivíduo e não o
padronizar, já que o conceito de beleza é subjetivo e deve equilibrar
as proporções do rosto ou do corpo, não deixando essas partes
todas simétricas e com medidas exatas.

Para saber mais


Homem Vitruviano é uma obra de Leonardo da Vinci que traz um
desenho com anotações feitas pelo próprio artista por volta de 1490
em um de seus diários. Relata uma figura masculina nua separada em
duas posições sobrepostas com os braços inscritos num círculo e num
quadrado. Esse desenho representa as proporções do corpo humano
masculino, entenda mais sobre essa obra no link disponível em:
<http://artenarede.com.br/blog/index.php/o-homem-vitruviano-e-o-
numero-phi-a-matematica-da-beleza>. Acesso em: 16 mar. 2018.

4.1.1 | Pontos ativos e pontos passivos no rosto


As técnicas de embelezamento competem a procedimentos
como: permanente e tintura de cílios, design de sobrancelhas,
micropigmentação de lábios e sobrancelhas, alongamento de
cílios fio a fio e alongamento de sobrancelhas. Essas técnicas
podem contribuir positivamente para a melhora da aparência e

U1 - A importância do embelezamento 31
autoestima do indivíduo, para isso, é essencial que o profissional
entenda e respeite os pontos ativos e passivos do rosto para que
sejam realçados e disfarçados às diferentes características, já que
os pontos passivos precisam ser disfarçados e os ativos realçados.

• Pontos passivos - correspondem à testa, nariz, queixo e papada.


Os pontos passivos, como são áreas de correção, podem ser
disfarçados quando o profissional se apropria de algumas técnicas
de maquiagem ou mesmo de técnicas de embelezamento.

• Pontos ativos - onde é possível trazer coloridos e harmonia ao


rosto e olhos, são eles: maçãs e boca. As cores precisam estar em
perfeita harmonia e principalmente combinar com o tom de pele
do cliente.

Questão para reflexão


O que é necessário compreender para que técnicas de embelezamento
como permanente e tintura de cílios, design de sobrancelhas, henna,
micropigmentação e outros devam ser executados da melhor maneira
em suas clientes?

4.2 | A pele humana


Figura 1.7 | Anatomia da pele

Fonte: adaptada de <http://www.istockphoto.com/br/foto/anatomia-de-pele-gm637292158-113609957>. Acesso em:


16 mar. 2018.

32 U1 - A importância do embelezamento
A pele serve como um revestimento para as estruturas e
substâncias vitais, que são os líquidos do corpo, formando assim
o maior órgão existente no corpo humano e que possui uma
função sensorial que serve como uma barreira contra organismos
patogênicos e também absorve radiação ultravioleta. A pele é
dividida em derme e epiderme.

• Epiderme – É a parte mais superficial, fica visível e não contém


vasos sanguíneos. Apresenta uma camada muito fina, atinge o
máximo de sua textura na palma das mãos e planta dos pés, e ao
contrário, nas pálpebras é a espessura mais fina que se pode ter
dessa camada.

• Derme – É a camada que se localiza abaixo da epiderme, se


constitui por fibras de colágeno, células que armazenam e liberam
a umidade necessária a pele e a vasos sanguíneos e linfáticos que
a alimentam. Contém também glândulas sudoríparas e sebáceas.

Pode-se notar que no organismo existem dois tipos de pele


diferentes, a pilificada, que cobre a maior parte do nosso corpo e
pode receber pelos, e a glabra que reveste a palma das mãos, planta
dos pés, pálpebras, parte lateral dos dedos, pênis e clitóris. Toda pele
apresenta diferentes características que devem ser consideradas para
melhores cuidados e tratamentos, aqui nesse contexto, relacionado
ao embelezamento. Quando é possível identificar a especificidade
de cada pele, o trabalho do profissional fica mais fácil e o resultado
final mais satisfatório.

4.3 | Principais tipos de pele

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (2016) os


principais tipos de pele são: normal, seca, oleosa e mista. Os tipos
de pele podem ser descritos das seguintes formas:

• Pele normal: apresenta uma textura aveludada e saudável e também


com boa elasticidade e taxas de gordura natural. Também apresenta
poros pequenos e poucos visíveis, tem uma tonalidade rosada e pouca
propensão ao aparecimento de espinhas e manchas em geral.

U1 - A importância do embelezamento 33
• Pele seca: tem poros pouco visíveis e possui um aspecto
mais opaco. É caracterizada pela perda de água em excesso e
por isso tem muita probabilidade para descamação, vermelhidão,
aparecimento de pequenas rugas e fissuras. A propensão para
ressecamento pode ser causada por fatores genéticos, hormonais
ou até por condições ambientais.

• Pele oleosa: é caracterizada pela produção de sebo maior que


o normal. Os poros podem ser dilatados e devido a oleosidade
excessiva, ter mais probabilidade a acnes, cravos e espinhas. Assim
como no caso da pele seca, pode sofrer alterações também acerca
de alterações hormonais e também ambientais.

• Pele mista: é um tipo de pele mais comum, que se caracteriza


por poros dilatados e aparência oleosa na zona chamada T (testa,
nariz e queixo) e nas extremidades que são as bochechas. A textura
dessa pele é mais fina e a torna mais suscetível a descamação e ao
aparecimento de rugas finas e envelhecimento precoce.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia não classifica a pele sensível,


porém ela existe:

• Pele sensível: é mais frágil e se irrita facilmente, ficando


acometida à vermelhidão, apresenta coceira, manchas e ardor.
Os fatores ambientais também podem influenciar, são eles:
exposição prolongada a vento, sol e frio, bom como o uso
excessivo de cosméticos.

4.4 | Cores e tonalidades de pele


Existe uma classificação dos fotótipos cutâneos, a chamada
escala Fitzpatrick, criada em 1976 pelo dermatologista e diretor
do departamento de Dermatologia da Escola de Medicina de
Harvard, Thomas B. Fitzpatrick. Essa tabela é classificada de duas
formas: a constitutiva, cujos fatores genéticos determinarão e
atuarão em todas as etapas da melanogênese (a melanogênese é
o processo bioquímico em que se forma a melanina no interior dos
melanócitos, já a melanina é o pigmento que protege a pele da ação
da radiação ultravioleta e lhe confere cor), e a facultativa, na qual a

34 U1 - A importância do embelezamento
cor natural dependerá de fatores relacionados a exposição ao sol,
dos hormônios e do processo de envelhecimento.

A tabela se constitui da seguinte forma:

I. Branca: queima facilmente, nunca bronzeia.

II. Branca: queima facilmente, bronzeia levemente.

III. Branca: queima moderadamente, bronzeado gradual e uniforme.

IV. Morena clara: queimadura mínima, bronzeado moderado.

V. Morena: dificilmente queima, bronzeado abundante e escuro.

VI. Negra: pigmentação profunda, raramente queima, bronzeado


abundante e escuro.

Para descobrir sozinho a temperatura da pele, Hallawell ensina


que em uma luz natural pode-se colocar uma moeda dourada e
uma prateada sobre a mão e avalie com qual cor a pele harmoniza
melhor. Se a pele harmonizar mais com a moeda dourada, é porque
a pele é quente, se for com a prateada, é fria.

As tonalidades da veia também podem ajudar a descobrir


a temperatura da pele, quando as veias do antebraço tiverem
tonalidades de rosa e azul, provavelmente seu tom é frio, e se
a veia for verde ou amarelada é porque a pele é quente. Alguns
estudos classificam a variação da tonalidade de pele dos brasileiros
detalhadamente em dezenas de tipos.
Figura 1.8 | Tonalidades de pele

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/vetor/ind%C3%BAstria-da-moda-gm479519473-1351022>. Acesso em: 16


mar. 2018.

U1 - A importância do embelezamento 35
É a partir dessas classificações que empresas de cosméticos
orientam os consumidores e os profissionais da área de beleza na
escolha de produtos, indicando as diferentes tonalidades que se
dividem em 10 tipos:

Pele muito clara: são pessoas com descendência europeia e que


podem ser facilmente encontradas no sul do Brasil, geralmente têm
cabelos loiros, pele muito clara e sensível e com grande dificuldade
para se bronzear.

Pele clara bege: essa tonalidade também é comum no sul do


país. Em alguns casos, as sardas alteram a pigmentação da pele
que predominantemente é bege, por isso, é necessário evitar o sol
em excesso.

Pele clara rosada: essa pigmentação pode ser atribuída à


miscigenação entre italianos, portugueses, espanhóis e franceses
em território brasileiro. Traz características como pele clara mais
rosada e cabelos castanhos.

Pele morena rosada ou oriental rosada: a mistura de raças cria


uma pigmentação mais amarelada. Na pele oriental, apesar de
apresentar a predominância do amarelo, as tonalidades podem
passar pelo bronzeado e rosado. Já nas morenas, a pigmentação
pode ser um pouco mais rosada.

Pele morena amarelada ou oriental amarelada: a pigmentação


que predomina é a amarela, os olhos são castanhos e o bronzeado
tende a ser dourado.

Pele morena escura/bronzeada ou oriental bronzeada ou


mestiça: essa tonalidade de pele tem mais facilidade para se
bronzear, tanto as morenas quanto as orientais se enquadram neste
grupo. A pigmentação predominante é amarelada.

Pele mulata amarelada: as mulatas são a pura tradução da


mestiçagem do povo brasileiro, mistura o branco com o negro ou
com o índio, e possui uma pigmentação amarelada.

Pele mulata escura: esse tipo de pele tem um bronzeamento


fácil, e por isso sua pigmentação é mais acentuada, podendo se
tornar acinzentada e mais escura com o tempo.

36 U1 - A importância do embelezamento
Pele negra amarelada: em um país onde a miscigenação é tão
rica e relevante, a pele negra pode aparecer com traços tão diversos
quanto seus tons de pele. A grande maioria possui uma pigmentação
mais amarelada que pode descender de índios e negros.

Pele negra escura: tende a ser uma pele mais opaca e acinzentada,
proveniente da descendência de negros puros.

As variações de tonalidade de pele são muitas, e dessa forma é


fácil perceber o que funciona em uma pessoa e o que não funciona,
exatamente pelas diferentes especificidades de cada uma. Dentro da
área da beleza, tanto para combinar roupas como para harmonizar
a maquiagem, é relevante que se conheça as tonalidades da pele
para então trazer mais luminosidade e uma aparência saudável ao
seu cliente. E para as técnicas do embelezamento, as tonalidades
de pele são essenciais para mensurar o resultado de procedimentos
como henna, micropigmentação de sobrancelhas, entre outros.

Fique ligado
O rosto humano tem diversas características, entretanto, cada
indivíduo tem as suas particularidades, por isso é tão importante
para o profissional da área da beleza entender e até mesmo aplicar
conceitos do visagismo em seus clientes. Para tanto, são importantes
alguns parâmetros acerca dos princípios dessa área. O ser humano
nasce com as feições do rosto delicadas e, com o passar dos anos,
vão tomando formas e texturas diferentes, isso tudo devido à ação
do tempo, que traz linhas de expressões e geralmente alteram as
características naturais.

É importante reconhecer e realçar toda a beleza, indiferente


da idade de cada pessoa e por isso, os conceitos do visagismo
direcionam o profissional a disfarçar pontos negativos do rosto e a
realçar os positivos e favoráveis que trazem equilíbrio, disfarçando
os sinais que o tempo traz à pele. Para se aplicar técnicas do
embelezamento em clientes distintos, é necessário compreender,
portanto, as proporções do rosto e do corpo, a importância das
sobrancelhas enquanto moldura para os olhos, as tonalidades de
pele que, quando reconhecidas e aplicadas as técnicas corretas,
melhoram a harmonização do rosto e corrobora para uma
construção harmônica da imagem adequada.

U1 - A importância do embelezamento 37
Para concluir o estudo da unidade

As contribuições que os conhecimentos acerca das características


especificas do rosto do indivíduo trazem ao profissional, direcionam
de forma mais clara e segura a maneira correta de executar os
procedimentos relacionados às técnicas de embelezamento. Para
isso, é necessário compreender a importância do indivíduo em
expressar as características que condizem com seu estilo de vida.

O rosto, como podemos observar, é onde se localiza parte


importante da identidade visual e pessoal de cada um, dessa forma,
todos os elementos que o envolvem expressam uma identidade
visual. Quando se decide fazer intervenções sobre a imagem,
as particularidades precisam ser respeitadas, como formatos de
sobrancelhas, olhos e boca.

As ferramentas que envolvem as técnicas de embelezamento,


precisam estar conectadas com todos os elementos e características
do rosto do indivíduo, para que o trabalho seja contemplado com
harmonia e coerência. É por meio dessas técnicas que se melhora
a aparência e que o profissional consegue ressaltar pontos positivos
e disfarçar os negativos. O trabalho executado de forma concisa e
harmônica trará bem-estar, autoestima e beleza ao rosto de pessoas
que decidem se apropriar de técnicas de embelezamento.

Atividades de aprendizagem

1. As tonalidades da veia também podem ajudar a descobrir a temperatura


da pele. Quando as veias do antebraço tiverem tonalidades de rosa e azul,
provavelmente a temperatura será ______________ e quando a veia for
verde ou amarelada é porque a temperaturada pele é ______________.

a) quente e neutra
b) quente e fria
c) frio e quente
d) neutra e fria
e) frio e neutra

2. Qual a principal função da derme?

38 U1 - A importância do embelezamento
Atividades de aprendizagem da unidade

1. As características geralmente mudam o rosto do indivíduo por meio


da maquiagem, design de sobrancelhas e corte de cabelo, são criadas
para satisfazer a necessidade de cada cliente, respeitando todas as
características e formatos que compõem o rosto.

Observe os fatores relacionados a linguagem visual e assinale Verdadeiro


(V) ou Falso (F) nas lacunas a seguir:

( ) Características físicas do rosto e a personalidade do indivíduo. 



( ) Padronização de estilos e comportamentos. 

( ) Personalidade do indivíduo e das pessoas que vivem à sua volta. 

( ) Padronização de personalidades.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:



a) V, V, V, F.

b) F, F, V, V.

c) V, V, V, F.
d) V, F, F, F.

e) F, V, F, V.

2. Quando pensamos que características do rosto podem ser melhoradas


e disfarçadas a partir de pontos positivos e negativos que temos no rosto,
a maquiagem pode ser um recurso atribuído para esse objetivo. Por isso
precisamos considerar o que é bonito e amenizar o que não agrada tanto
no rosto do cliente, nesse contexto, podemos chamar os pontos positivos
de pontos ativos e os pontos negativos de pontos passivos.

Em relação a esses pontos, assinale a alternativa correta:

a) Pontos ativos podem ser escondidos quando lançamos mão de certos


tipos de maquiagem.
b) Pontos passivos são áreas de correção que podem ser disfarçadas com
a maquiagem.
c) Pontos passivos correspondem aos olhos, maçãs e boca.

d) Pontos ativos correspondem a testa, nariz, queixo e papada.
e) Pontos passivos são os principais pontos de equilíbrio no rosto.

U1 - A importância do embelezamento 39
3. A pele serve como um revestimento para as estruturas e substâncias vitais,
que são os líquidos do corpo, formando assim o maior órgão existente.

Assinale a alternativa que apresenta as divisões da pele.

a) Branca, morena clara.


b) Seca, sensível.
c) Epiderme, derme.
d) Derme, melanogênese.
e) Lipoderme, hipoderme.

4. É embasada em padrões estipulados e começa a ser vista como


ideal para o indivíduo. Para equilibrar e harmonizar um rosto, nos casos
mais desarmônicos, é possível utilizar recursos como as técnicas de
embelezamento na face, cortes de cabelos, aplicação de botóx, ácido
hialurônico e outros procedimentos, inclusive, intervenções cirúrgicas em
busca da harmonia estética.

O texto refere-se a:

a) Identidade.
b) Assimetria.
c) Anatomia.
d) Simetria.
e) Proporção áurea.

5. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (2016) os


principais tipos de pele podem ser descritos das seguintes formas:

I. Pele normal.
II. Pele seca.
III. Pele oleosa.
IV. Pele mista.

Classifique os tipos de pele de acordo com suas características individuais


nas descrições a seguir:

( ) tem poros pouco visíveis e um aspecto mais opaco. É caracterizada


pela perda de água em excesso e por isso tem muita probabilidade para
descamação, vermelhidão aparecimento de pequenas rugas e fissuras.

40 U1 - A importância do embelezamento
A propensão para ressecamento pode ser causada por fatores genéticos,
hormonais ou até por condições ambientais.
( ) é um tipo de pele mais comum, que se caracteriza por poros dilatados
e aparência oleosa na zona chamada T (testa, nariz e queixo) e nas
extremidades que são as bochechas. A textura dessa pele é mais fina e a
torna mais suscetível a descamação e ao aparecimento de rugas finas e
envelhecimento precoce.
( ) é caracterizada pela produção de sebo maior que o normal. Os poros
podem ser dilatados e devido a oleosidade excessiva, ter mais probabilidade
a acnes, cravos e espinhas. Assim como no caso da pele seca, pode sofrer
alterações hormonais e também ambientais.
( ) a pele normal apresenta uma textura aveludada e saudável, e também
com boa elasticidade e taxas de gordura natural. Apresenta poros pequenos
e poucos visíveis, tem uma tonalidade rosada e pouca propensão ao
aparecimento de espinhas e manchas em geral.

a) I, II, III, IV.


b) II, IV, III, I
c) II, III, I, IV.
d) IV, I, II, III.
e) III, II, I, IV.

U1 - A importância do embelezamento 41
Referências
AGUIAR, T. Personal stylist: guia para consultores de imagem. 6.. ed. São Paulo:
SENAC, 2011.

BARBOSA, L. S. Técnicas de embelezamento e visagismo: características do rosto, corpo


e suas proporções. Caderno de Atividades. Valinhos: Anhanguera Educacional, 2016.

______. Técnicas de embelezamento e visagismo: técnicas que aperfeiçoam as


características naturais do rosto. Caderno de Atividades. Valinhos: Anhanguera
Educacional, 2016.

______. Imagem pessoal e visagismo. São Paulo: Educacional S.A, 2017.

BLUMER, H. A natureza do interacionismo simbólico. In: MORTENSEN, C. D. Teoria


da comunicação: textos básicos. São Paulo: Mosaico, 1980.

CALDAS, D. Observatório de sinais – teoria e prática da pesquisa de tendências. Rio


de Janeiro: Senac, 2004.

EMBACHER, A. Moda e identidade: a construção de estilo próprio. 3. ed. São Paulo:


Anhembi Morumbi, 2004.

ECO, U. História da beleza. Rio de Janeiro: Record, 2004.

FERREIRA, F. R. Os sentidos do corpo: cirurgias estéticas, discurso médico e Saúde Pública.


2006, 227 f. Tese (Doutorado em saúde pública) Programa de pós-graduação em saúde
pública. Rio de Janeiro: Escola Nacional de Saúde Pública Oswaldo Cruz, 2006.

HALLAWELL, P. Visagismo, harmonia e estética. São Paulo: SENAC, 2008.

______. Visagismo integrado: identidade, estilo e beleza. São Paulo: SENAC, 2009.

DANGELO, J. G.; FATTINI, C. A. Biologia/medicina anatomia humana básica. 1. ed.,


São Paulo: Atheneu, 2005

JAMENSON, F. Pós-modernismo, a lógica cultural do capitalismo tardio. São Paulo:


Ática, 1996.

LOWEN, A. Narcisismo: negação do verdadeiro “self”. São Paulo: Círculo do Livro, 1983.

MARTINEZ, Valquíria. Mistérios do rosto: manual de fisiognomonia. 4. ed. São Paulo:


Madras, 1997.

MICHAELIS. Disponível em: <http://michaelis.uol.com.br/> Acesso em: 20 mar. 2018.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA. Tipos de pele. 2016. Disponível em:


<http://www.sbd.org.br/cuidado/tipos-de-pele/>. Acesso em: 17 ago. 2017.

VAN DE GRAAFF, K. M. Anatomia humana. 6. ed. São Paulo: Manole. 2003.

VIGARELLO, G. História da beleza. Rio de Janeiro: Ediouro, 2006.


Unidade 2

Técnicas de
embelezamento do olhar
Mariana Prado Bravo

Objetivos de aprendizagem
Caro aluno, esta unidade trará conceitos de embelezamento
do olhar. Ao inciar a leitura do material, você verá o quanto essa
região é importante e valorizada no embelezamento facial e o
quanto o destaque dos traços pode melhorar a autoestima.
Atualmente, o mercado vem exigindo um profissional
antenado e que proporciona o serviço desejado pelo público,
por isso, conhecer as técnicas de embelezamento do olhar
tem grande importância para o profissional da área de estética
e embelezamento.

Seção 1 | Fisiologia do envelhecimento

Nesta seção, você conhecerá o processo fisiológico de


envelhecimento corporal. Pode-se dizer que, a partir do nascimento,
todas as pessoas estão envelhecendo, compreender como isso pode
afetar o organismo é essencial para auxiliar no embelezamento da
região dos olhos.

Seção 2 | O embelezamento do olhar

Nesta seção, você conhecerá como foi o embelezamento do


olhar ao longo de várias décadas e as influências de cada época,
você verá ainda o quanto essa região sempre foi evidenciada e
valorizada no embelezamento facial.
Seção 3 | Técnicas para embelezamento do olhar

Nesta seção, você aprenderá técnicas de permanente e tintura


de cílios. É de grande importância para o profissional da área de
estética conhecer o passo a passo assim como as informações
necessárias para a realização de ambas as técnicas.

Seção 4 | Princípios ativos que melhoram o aspecto do


envelhecimento na região dos olhos

Nesta seção, você verá algumas substâncias cosméticas potentes


que auxiliam no embelezamento dos olhos e também na prevenção
do envelhecimento. Hoje, os cosméticos são grandes aliados nos
tratamentos e no proporcionamento da beleza, por isso, conhecer
suas funções e substâncias ativas, bem como a ação no organismo,
é muito importante para a indicação correta do produto.
Introdução à unidade
Olá aluno, seja bem-vindo a unidade de Técnicas de
embelezamento do olhar.
Antes mesmo de conhecer as técnicas de embelezamento do
olhar, é preciso entender como funciona a fisiologia da região dos
olhos e também como o envelhecimento pode afetar essa área,
por isso, é importante entender o processo de envelhecimento,
especialmente na região dos olhos para então auxiliar seus clientes
nos cuidados e tratamento.
Além do mais, você pode verificar a importância que a região
dos olhos sempre teve e o quanto ela é valorizada, inclusive, em
diferentes tempos da história, essa região era trabalhada de uma
certa forma com técnicas e embelezamento de maneira que fosse
evidenciada, promovendo o embelezamento do rosto e também
dos olhos.
Você conhecerá duas das técnicas de embelezamento do
olhar, ambas muito utilizadas atualmente pela praticidade e custo.
Graças a grande procura por manter a beleza e o bem-estar é que
os profissionais da área da beleza buscam se aperfeiçoar e trazer
novas técnicas a fim de proporcionar o embelezamento do olhar.
Você poderá conhecer o que é e como é feito o passo a passo de
permanente de cílios e de sua tintura.
Para finalizar essa unidade, você conhecerá alguns princípios
ativos, ou seja, substâncias que são usadas nos cosméticos para
destinar à sua função principal, para tratamento e prevenção do
envelhecimento da área dos olhos. A partir do momento em que
se entende a fisiologia da região, é possível intervir e retardar o
processo de envelhecimento.
Seção 1
Fisiologia do envelhecimento
Introdução à seção

Quando se fala em imagem, a região facial é muito


representativa por meio de expressões, e a aparência do rosto,
além de representar as características anatômicas com o formato
do rosto e de cada uma de suas estruturas, também é o resultado
de expressões emocionais.
Existem alguns fatores que estão diretamente ligados ao processo
de envelhecimento corporal e facial, entretanto, como a face é
uma região que está sempre exposta, fica bastante susceptível ao
envelhecimento. A exposição solar excessiva é um grande agente
prejudicial à pele uma vez que a radiação ultravioleta é capaz de
atingir as camadas da pele e provocar danos em sua estrutura,
prejudicando o seu bom funcionamento. Esse fator associado
às drogas (como cigarro e o etilismo) são determinantes para o
envelhecimento, sem contar na própria constituição genética de
cada indivíduo que pode aumentar ainda mais a velocidade da
degeneração dos tecidos.

1.1 | O processo do envelhecimento

Ao longo dos anos, o organismo humano sofre com o


processo de envelhecimento em que algumas de suas estruturas e
características passam por modificações e atrofia de partes ósseas,
alteração no acúmulo e depósito de gordura no corpo e na face, sem
contar o efeito da gravidade que age contribuindo para a ptose das
estruturas corporais. Com o passar dos anos, quando não exercitada,
a musculatura tende a perder a tonicidade graduamente, e a perda
da elasticidade cutânea, que já acontece naturalmente, pode ser
agravada com o uso de cigarro e a exposição solar excessiva.

46 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


É fato que todas as pessoas vão envelhecer, entretanto,
a velocidade que esse processo acontece no organismo
depende dos hábitos de vida e genética de cada um, e quando
pensamos no envelhecimento facial, sabemos que essa região
sofre diversas interferências sendo elas: genéticas, anatômicas,
ambientais e emocionais.

Conforme o corpo envelhece, as suas estruturas são afetadas


pelas alterações que o tempo causa no organismo. Um fator que
tem relação direta com o envelhecimento e o passar do tempo é a
flacidez, e ela pode afetar a tonicidade tissular e muscular.

O envelhecimento é dividido em dois principais fatores: o


envelhecimento intrínseco e o extrínseco. O envelhecimento
intrínseco ou interno é aquele em que os fatores internos do
organismo, através de alterações hormonais e bioquímicas, causam
alterações na estrutura da pele, dos músculos e ossos, contribuindo
com o aspecto senil.

Os fatores extrínsecos são aqueles fatores externos que podem


afetar o organismo de alguma maneira, acelerando o processo
de envelhecimento como a exposição solar excessiva, que é tida
como a principal causa externa. Outra causa que também influencia
é a própria força da gravidade, que faz com que a musculatura e
os depósitos de gordura facial se desloquem ao longo dos anos,
gerando depressões e sulcos em toda a face.

Quando jovens, a região ao redor dos olhos e a pálpebra são


bem firmes, o que permite uma boa definição do local. No entanto,
com o passar dos anos, essa região tende a ficar com excesso de
pele, com rugas profundas ao redor dos olhos somadas a frouxidão
da pálpebra inferior e do acúmulo de gordura, deixando a aparência
com aspecto cansado e fadigado mesmo quando o indivíduo se
encontra em bom estado físico e emocional.

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 47


Figura 2.1 | O envelhecimento facial

Fonte: <https://www.lucianapepino.com.br/blog/envelhecimento-da-pele-prevenir/>. Acesso em: 19 mar. 2018.

Embora todos os seres humanos estejam envelhecendo,


a velocidade desse processo de senescência pode acontecer
de maneira diferente em cada um, variando de acordo com a
genética e hábitos de vida. O principal indicador do envelhecimento
cronológico são as mudanças físicas, biológicas e cognitivas, sendo
a debilidade física o principal indicador de senescência.

No processo de envelhecimento, o organismo é afetado


desde o nível celular, estrutural e funcional em todo o corpo. O
envelhecimento pode ser divido em três etapas: primário, secundário
e terciário.

O envelhecimento primário ou natural é aquele que acontece


ao longo dos anos afetando todos os seres humanos. O secundário
acontece por meio de fatores externos, como os culturais e
geográficos, enquanto no envelhecimento terciário, as alterações
físicas e cognitivas estão presentes.

O envelhecimento causa diversas alterações no organismo como


a diminuição da massa óssea e muscular e diminuição da água
corporal, o que acelera ainda mais o processo de envelhecimento e
o aumento da gordura corporal.

48 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


1.2 | O envelhecimento e a pele
A pele é o maior órgão do organismo e é ela que proporciona
a comunicação entre o meio externo e interno. Esse órgão
desempenha funções essenciais no organismo, uma vez que age
como barreira contra agressores externos que podem tentar invadir
o corpo, e também auxilia no processo de regulação da temperatura
corporal.

A pele apresenta algumas subdivisões sendo as primeiras


camadas chamadas de epiderme (a mais superficial que é vista
a olho nu e tocada) e logo abaixo encontra-se a derme (camada
essencial que contém os principais elementos que mantém as
estruturas cutâneas). Abaixo da derme, não sendo considerada
uma das camadas da pele, mas uma estrutura de apoio, encontra-
se a tela subcutânea, também chamada de hipoderme, camada de
tecido gorduroso que tem função principal de armazenar energia
e proteger o organismo contra choques preservando assim as
estruturas internas.
Figura 2.2 | As camadas da pele

Fonte: <http://cenfewc.com.br/index.php/faq/quais-sao-as-camadas-da-pele-e-suas-caracteristica/> Acesso


em: 22 jan. 2018.

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 49


1.2.1 | Características da epiderme
A epiderme é a camada mais superficial da pele que recobre todo
o corpo. Na palma das mãos e nas plantas dos pés, a sua espessura
é maior que em outras regiões do corpo, uma vez que entre as
subdividões da epiderme, existe uma camada a mais, chamada de
camada lúcida.

É importante ressaltar que a epiderme é avascularizada, ou seja,


não possui vasos sanguíneos, sendo assim, ela precisa ser nutrida
pela camada que se localiza abaixo, a derme.

Figura 2.3 | As estruturas da epiderme

Fonte: <https://www.todamateria.com.br/pele-humana/>. Acesso em: 19 mar. 2018.

As células mais abundantes da epiderme são os queratinócitos,


células compostas em seu interior por grânulos de queratina que
oferecem resistência e formam uma barreira impedindo a entrada

50 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


de agentes externos no organismo. Em menor quantidade, também
são encontrados os melanócitos, que se localizam na junção
entre a epiderme e derme e são responsáveis pela pigmentação
cutânea através do da melanina, também são encontradas células
de Langerhans, que auxiliam na imunidade e células de Merkel,
responsáveis pela sensibilidade cutânea.

1.2.2 | Características da derme

A derme, camada de pele que se localiza logo abaixo da epiderme,


apresenta uma grande e complexa diversidade de funções. Uma
diferença entre a epiderme e a derme, é que a segunda possui vasos
sanguíneos que são responsáveis por nutrir ambas as camadas. Vale
ressaltar que na derme são encontradas fibras colágenas e elásticas
que possuem a função de deixar a pele elástica e tonificada, também
são encontrados diversos nervos sensitivos, glândulas sebáceas e
sudoríparas, responsáveis pelo fator natural de hidratação da pele e
o folículo pilossebáceo, de onde nasce o pelo.

A derme é subdividida em duas camadas, sendo elas a derme


papilar e reticular. É na derme papilar, camada mais superficial que
é feita a conexão entre epiderme e derme por meio de uma grande
quantidade de papilas que permite a ligação entre as camadas,
possui também uma grande quantidade de fibras colágenas. A
derme reticular, camada mais profunda que é composta por tecido
conjuntivo denso, possui uma grande quantidade de fibras elásticas.

1.2.3 | Fibras colágenas

A junção de vários aminoácidos permite a formação de uma


fibra proteica chamada colágeno, essa fibra encontrada nos tecidos
conjuntivos confere resistência e integridade a diversos tecidos e
órgãos, além de ser rica em colágeno, que como o próprio nome
sugere “cola”, quando aquecida é capaz de ligar e juntar além de
suportar grande resistência.

Para a integridade cutânea, a produção de colágeno deve


sempre ser elevada, entretanto, a partir de 25 anos de idade, a sua
produção começa a ser diminuída, e ao chegar aos 50 anos, caso

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 51


nenhuma intervenção seja feita, sua produção pode ser somente
30% do que originalmente era. Outro fator agravante é que, além
da sua produção ser diminuída, a carência de vitaminas e proteínas
vindas da alimentação podem levar a privação das substâncias que
fazem parte da formação do colágeno.

Existe uma grande variedade de tipos de colágeno e eles são


classificados de acordo com sua função, como conferir resistência
aos tecidos ou mesmo na composição da matriz extracelular ou
na ligação de fibrilas. Os principais aminoácidos que compõem o
colágeno são: 9% de hidroxiprolina, 13% de prolina e 33% de glicina.

Figura 2.4 | Molécula de colágeno

Fonte: <http://www.hidrobem.com.br/colageno.html>. Acesso em: 19 mar. 2018.

A produção de colágeno pode ser influenciada por alguns


fatores como o próprio envelhecimento, que provoca uma grande
diminuição da sua produção ou mesmo a ingestão de cortisona por
longos períodos. Determinados medicamentos também podem
diminuir drasticamente a produção de colágeno.

1.2.4 | As fibras elásticas


As fibras elásticas são essenciais ao organismo, pois como
o próprio nome sugere, conferem elasticidade aos tecidos e são
classificadas de acordo com o local em que são encontradas, sendo
elas: exitalânicas, elaunínicas e as elásticas. Independentemente da
sua nomenclatura e localização, essas três fibras são constituídas
por elastina, uma proteína fibrosa que confere elasticidade. Essa fibra

52 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


proteica é considerada a mais resistente do organismo, entretanto,
na pele, ela é encontrada em pouca quantidade. Quando algum
tipo de tração é feito sobre a pele, graças as fibras de elastina que
permitem uma deformação, a pele consegue retornar ao seu
formato original sem dificuldade, e é essa característica que permite
a elasticidade cutânea. É importante lembrar que por volta dos 25
anos, assim como a fibra colágena, a elástica também sofre pelo
processo de degeneração, o que pode ser observado na pele ao
longo dos anos.

Figura 2.5 | Fibras elásticas e colágenas

Fonte: <https://www.sistemanovi.com.br/basenovi/image/ConteudosDisciplinas/5/13/39/300412/tecido-denso-frouxo.
png?pfdrid_c=true>. Acesso em: 19 mar. 2018.

1.3 | Flacidez
A derme, segunda camada de pele, sofre gravemente com o
passar dos anos já que as alterações na produção de colágeno e
elastina afetam diretamente o bom funcionamento dessa camada.

A alteração no funcionamento e nas estruturas dérmicas afetam


também a camada superior, a epiderme, já que ela é avascularizada
e completamente dependente da nutrição que ocorre por meio

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 53


dos vasos sanguíneos que se localizam na derme. Além disso, a
diminuição da quantidade de colágeno e elastina, com o passar
dos anos, causa uma redução da espessura de ambas as camadas,
sendo possível notar a presença de flacidez no tecido com o
simples beliscar da pele, uma vez que a pele não consegue mais
retornar ao seu estado original com a mesma velocidade de uma
pele sem alterações.

Outro fator que merece atenção é o hiperestrogenismo,


condição que pode provocar alterações na estrutura da derme e
diminui a proteção do organismo ao estresse oxidativo.

A flacidez é uma disfunção que pode ou não estar associada


ao processo de envelhecimento, essa disfunção acontece graças
a diminuição da produção de colágeno e elastina que alteram o
metabolismo celular, causando modificações significativas na
qualidade e viço da derme.

As fibras colágenas e elásticas formam uma rede de apoio a


epiderme, ou seja, qualquer alteração nessas estruturas proporciona
diversos graus de flacidez. A flacidez pode ser ocasionada por diversos
fatores como o sedentarismo, a obesidade, o emagrecimento rápido
em curto período de tempo, disturbios hormonais e drogas como o
álcool e o tabagismo.

A flacidez pode ser divida em flacidez muscular e tissular, esses


tipos de flacidez podem estar associados quando tanto o músculo
como a pele são flácidos ou isolados, ou ainda, quando somente a
flacidez tissular é observada, como nos casos em que o indivíduo
apresenta tonicidade muscular, entretanto, a pele que recobre esse
músculo se apresenta flácida, algo muito comum de ser observado
em pessoas que emagreceram drasticamente. A flacidez é causada
por vários fatores, sendo o processo natural de envelhecimento
o primeiro deles. Alterações como a manopausa que causa a
diminuição do estrógeno, tornando a pele menos elástica e também
a ingestão de poucas vitaminas e sais minerais na alimentação
também podem acentuar a flacidez corporal. Uma alimentação com
pouca quantidade de proteínas, o emagrecimento rápido seguido
de ganho de peso diversas vezes, também conhecido como “efeito
sanfona” , o período após a gestação, o álcool em excesso, os

54 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


fatores ambientais e o fumo são motivos que contribuem para o
envelhecimento do organismo e consequentemente a flacidez.

Questão para reflexão


Sabendo que existem diversas interferências para que o processo de
envelhecimento ocorra, de que maneira você poderia retardá-lo por
meio dos hábitos de vida?

Figura 2.6 | O processo de envelhecimento e a flacidez

Fonte: <https://sumayamattar.med.br/patologias/processo-de-envelhecimento> Acesso em: 19 mar. 2018.

Ao longo da vida, praticamente todas as pessoas serão


acometidas pela flacidez tissular e muscular, tanto homens quanto
mulheres, graças ao processo de envelhecimento. Entretanto, ambas
disfunções são comuns na mulher pelas diversas intercorrências
que acontecem no organismo feminino ao longo da vida, como o
efeito sanfona, a gestação e a natural menor quantidade de masssa
muscular comparada aos homens. No entanto, alguns fatores
propiciam maior flacidez nos homens graças ao estilo da vida
moderna como a má alimentação e o sedentarismo.

Para saber mais


Para saber mais sobre os aspectos do envelhecimento facial e alguns
tratamentos que são feitos por profissionais da área de estética e
embelezamento e outros nos quais o profissional pode encaminhar o
seu cliente ao médico, leia o conteúdo do link.

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 55


Disponível em: <https://sumayamattar.med.br/patologias/processo-
de-envelhecimento>. Acesso em: 19 mar. 2018.

Atividades de aprendizagem

1. A epiderme, primeira camada da pele, possui diversas subdivisões e


é importantíssima na proteção do organismo já que forma uma barreira
contra agentes externos, entretanto a maioria das suas células estão
mortas. Então, como ela consegue se manter?

2. Todos os seres humanos estão sujeitos ao envelhecimento, quais os


fatores que interferem nesse processo?

56 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


Seção 2
O embelezamento do olhar
Introdução à seção

Não é de hoje que a região dos olhos é uma região de destaque


na face e que chama muita atenção. É possível verificar que em
tempos antigos, as mulheres e os homens de cada cultura utilizavam
seus utensílios e técnicas visando chamar a atenção e dar mais
expressividade para a região dos olhos. Há registros de mulheres
japonesas que em tempos remotos já utilizavam maquiagem na
tentativa de destacar os olhos.

2.1 | O embelezamento do olhar ao longo


da história

Quando se fala em referência de beleza em tempos antigos,


o primeiro local que vem à mente é o Egito, onde a figura da
Cleópatra representava o auge da beleza. Naquela época, os
recursos não eram os mesmos de hoje, então, tanto as mulheres
como os homens improvisavam suas maquiagens e produtos
para embelezamento da maneira que podiam.

Naquela época, o grande destaque na maquiagem era para


a região dos olhos, uma marca registrada desse período foi o
delineamento dos olhos com uma substância chamada de khol, que
era composto por uma mistura de argila e óleos que formavam uma
substância preta que era aplicada ao redor dos olhos. Vale lembrar
que a aplicação dessa mistura não era somente como um ato de
embelezamento, mas também como uma forma de proteção dos
olhos contra o forte sol do deserto.

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 57


Figura 2.7 | Cleopatra

Fonte: <https://www.newyorker.com/culture/richard-brody/the-case-for-cleopatra>. Acesso em: 19 mar. 2018.

Ao longo dos anos, a indústria cosmética cresceu e passou por


diversas evoluções e o acesso aos recursos de embelezamento se
tornaram cada vez maior.

Atualmente, um dos produtos de maquiagem que mais ganha


destaque é o delineador, seja em gel, líquido, em caneta ou pasta. Ele
é muito utilizado na finalização da maquiagem ou mesmo sozinho
para dar destaque aos olhos. O aprimoramento das sombras de
maquiagem também promoveu um grande avanço nas técnicas de
embelezamento dos olhos e hoje é possível encontrar uma grande
diversidade de produtos, atendendo a todos os gostos como os
produtos minerais, veganos, maquiagem em HD e sombras de
diversas texturas e cores.

A maquiagem nos olhos nem sempre foi a mesma, sendo que,


em cada época, há um hábito diferente e uma técnica usada com
mais frequência. Quando percorremos a história, é possível observar
que nos anos 30, o destaque na maquiagem era feito com aplicação
de sombras em diversas cores, além do uso de muita máscara de
cílios sempre após serem curvados com o uso do curvex. Como
o destaque era para a região do olhar, na boca, os batons eram
sempre discretos e sem muita cor, equilibrando assim a maquiagem.

58 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


A maquiagem nos anos 40, época que foi conhecida como a
era do cinema, forçava os maquiadores a dar muito destaque tanto
na região dos olhos como da boca, uma vez que a imagem na
televisão ainda não era de grande qualidade e isso proporcionava
uma melhor resolução da imagem. Os recursos de maquiagem da
época eram bastante precários e materiais como carvão e graxa
eram usados para colorir a pele.

Nos anos 50, as sombras mais neutras tiveram vez e foram


destaque junto com o delineador, criando assim uma maquiagem
que nos dias de hoje é considerada bem clássica, o que é deixado
de lado nos anos 60 com a revolução feminista, fase em que as
maquiagens muito coloridas ficaram em alta.

Figura 2.8 | Maquiagem clássica dos anos 50

Fonte: <http://clubedabelezaemaquiagem.blogspot.com.br/2014/12/anos-40-maquiagem.html>. Acesso em:


19 mar. 2018.

Nos anos 70, o que estava em alta era a maquiagem natural,


deixando olhos era bem suave, nessa época, a maquiagem era
usada somente com o intuito de dar um aspecto de rosto mais
saúvel e corado.

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 59


Já nos anos 80, a maquiagem passou por uma revolução e
os olhos estavam em destaque novamente, sombras coloridas e
cintilantes azuis eram usadas com frequência junto com um blush de
cor forte. Nessa época, a maquiagem acompanhava as tendências
de moda e as estações do ano, mas de maneira geral, as sombras
eram sempre coloridas e fortes, inclusive nos cílios também era
aplicada máscara colorida.

Figura 2.9 | Maquiagem dos anos 80

Fonte: <http://elainevale.com.br/maquiagem-dos-anos-80/>. Acesso em: 19 mar. 2018.

Nos anos 90, o que fez sucesso foram as tatuagens e pircings, e a


maquiagem colorida foi deixada de lado. Entretanto, com a chegada
do século XXI, as cores voltaram a ser usadas, mas de maneira mais
discreta e não tão chocante como antes.

Questão para reflexão


Todas as décadas foram marcadas por maquiagens diferentes,
valorizando os diversos traços faciais e especialmente a região dos
olhos. Dentre elas, qual a mais interessante para o destaque do olhar?

60 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


Nos últimos anos, além das diversas técnicas de maquiagem
que proporcionam destaque aos olhos, uma grande diversidade
de técnicas de embelezamento foi difundida e as técnicas para
os olhos são sempre muito visadas, já que, de maneira geral, o
mercado de trabalho e as mídias sociais vêm bombardeando a
sociedade com conceitos de belo, o que faz com que as pessoas
busquem a valorização da imagem. Além da maquiagem, muitas
outras técnicas de embelezamento do olhar vêm sendo difundidas
nos últimos anos e os cosméticos são grandes aliados na promoção
do embelezamento. Atualmente, com o avanço de novos produtos
e tecnologia, bem como o desenvolvimento sustentável, a indústria
cosmética visa atender a população com uma gama de produtos
para tratamento e antienvelhecimento para a região dos olhos com
substâncias de alta tecnologia e ativos orgânicos e minerais.

Com o grande desenvolvimento dos dias atuais, embelezar a


região dos olhos tornou-se fácil e acessível, além do mais, tomando
os devidos cuidados e utilizando os recursos disponíveis, também
é possível corrigir e disfarçar os aspectos do envelhecimento que
atingem essa região.

Para saber mais


Para conhecer um pouco mais sobre a influência da maquiagem em
cada época da história, assista o vídeo disponível em: <https://www.
youtube.com/watch?v=uW2LEOV0Rrc>. Acesso em: 19 mar. 2018.

Atividades de aprendizagem

1. Atualmente, muito se fala em maquiagem e embelezamento.


Quando se trata da história, quem foi um dos primeiros símbolos de
beleza como referência?

2. Ao longo das décadas, o embelezamento do olhar, por meio da


maquiagem, sofreu diversas modificações, entretanto, os anos 50 ficou
marcado pela maquiagem clássica que inclusive ainda é muito usada nos
dias de hoje. Qual a característica da maquiagem clássica?

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 61


Seção 3
Técnicas para embelezamento do olhar
Introdução à seção

Atualmente, a busca pelo embelezamento é muito grande, por


isso os centros de embelezamento, centros estéticos e salões de
beleza buscam novas técnicas que atendam às solicitações dos
clientes, e as técnicas de embelezamento do olhar têm sido muito
bem aceitas pelo público que deseja manter essa região da face
bonita e em destaque.

3.1 | Técnicas de permanente e tintura de cílios

Nos últimos anos houve uma grande procura por tratamentos


e técnicas de embelezamento, uma vez que a expectativa de vida
do brasileiro tem aumentado, as pessoas buscam por qualidade e
técnicas que melhoram a aparência. Os profissionais da área de
estética e embelezamento se veem na obrigação de inovar e oferecer
o serviço adequado de acordo com a demanda do mercado.

A região dos olhos é naturalmente uma região de destaque na


face já que é muito expressiva, com as técnicas de embelezamento,
essa área fica ainda mais bonita e sensual uma vez que o olhar fica
mais aberto e levantado.

A técnica de permanente de cílios consiste em curvar os cílios,


por isso ela é muito indicada para quem tem cílios retos e muito lisos
e desejam deixar a região com uma melhor curvatura. A tintura de
cílios é um procedimento que visa pintar a região deixando os cílios
mais escuros como se estivessem permanentemente com máscara
de cílios, o que na rotina corrida pode ser bastante conveniente.

Geralmente, a técnica de tintura de cílios é realizada após o


permanente de cílios realçando ainda mais a curvatura, no entanto,
como o tempo de duração do permanente é maior, é preciso que

62 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


a tintura seja refeita, então, as técnicas também podem ser feitas
separadamente. É importante que no momento em que a tintura
dos cílios for realizada, a cor da tinta deve ser adequada de acordo
com a tonalidade do cabelo e da pele do cliente, mas as tonalidades
mais comuns são o castanho e o preto.

3.2 | Passo a passo para o permanente de cílios

Antes de iniciar o procedimento, é fundamental a leitura do


rótulo dos produtos com as informações específicas.

É sempre recomendado que seja feito o teste de alergia no


cliente antes de realizar o procedimento. Para isso, é preciso fazer
a aplicação da solução de permanente na região posterior do
pescoço e aguardar por alguns minutos e na sequência, observar
algum sinal de irritação da pele.

Ao iniciar o procedimento, o cliente deve estar ciente de que


deverá permanecer com os olhos fechados durante todo o processo.

3.3 | Componentes do kit de permanente de cílios

Atualmente, existe uma grande diversidade de marcas no


mercado, em vista disso, é importante saber quais os produtos
devem conter no kit de permanente de cílios. Alguns kits vêm com
itens extras, sendo a leitura do rótulo fundamental para saber realizar
a aplicação. Os produtos que devem conter no kit são:

• Cola

• Solução permanente

• Solução neutralizante

• Removedor de cola

• Bobes para permanente

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 63


3.4 | Materiais para a técnica

• Kit de permanente

• Loção demaquilante

• Loção tônica

• Palitos de madeira

• Bastonetes de algodão

• Algodão

• Tesoura

• Álcool 70%

• Toalha

• Cubeta

3.5 | Permanente de cílios

Passo 1: a higienização das mãos do profissional deve ser


realizada com sabonete e, na sequência, é feita a aplicação de
álcool para garantir a boa limpeza.

Passo 2: limpeza adequada do local, para isso a aplicação de


demaquilante é fundamental na retirada de resíduos de maquiagem
e sujidades. O demaquilante deve ser aplicado suavemente com
auxílio de um algodão, caso o cliente esteja de máscara de cílios,
todo o produto deve ser retirado. Em seguida, é feita a aplicação de
uma loção tônica que complementa a limpeza do demaquilante e
faz a retirada de substâncias oleosas do local.

Passo 3: com a região devidamente higienizada e o cliente com


os olhos fechados, o tamanho do bobe deve ser medido de acordo
com o tamanho dos olhos e então cortado.

Passo 4: os bobes já são colantes, então devem ser posicionados


rentes aos cílios superiores e apertados suavemente contra a pele

64 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


para grudarem. Na sequência, com auxílio de um palito de madeira,
fazer a aplicação de cola na parte superior dos cílios onde será
colado no bobe.

Passo 5: Após a aplicação da cola, é preciso esperar alguns


segundos para ligeira secagem, pois, quando alcança o ponto de
grude, será mais fácil de colar os cílios no bobe. Com auxílio do
palito de madeira, colar os cílios no bobe.

Figura 2.10 | Os cílios colocados no bobe

Fonte: <http://i2.wp.com/www.dojeitoh.com.br/wp-content/uploads/2012/10/DSC04747.jpg>. Acesso em: 19


mar. 2018.

Passo 6: Com os cílios colados no bobe, aplica-se uma pequena


quantidade de solução permanente com auxílio do palito de madeira
ou de um bastonete de algodão. Depois da aplicação, deixar agir
por 15 minutos, e para maior conforto do cliente, posicione a toalha
sobre os seus olhos.

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 65


Figura 2.11 | Aplicação da solução permanente

Fonte: <http://todaperfeita.com.br/como-fazer-permanente-de-cilios-passo-a-passo/> Acesso em: 19 mar. 2018.

Passo 7: Após os 15 minutos, com um bastonete de algodão


umedecido em água, passe-o suavemente sobre os cílios retirando
o excesso de produto.

Passo 8: Na sequência, com auxílio de um palito de madeira ou


bastonete de algodão, adicione a solução neutralizante sobre os
cílios e deixe agir por cerca de 5 a 10 minutos.

Passo 9: Novamente, com um bastonete de algodão umedecido


em água, suavemente passe o bastonete sobre os cílios retirando o
excesso de produto.

Figura 2.11 | Aplicação da solução permanente

Fonte: <http://todaperfeita.com.br/como-fazer-permanente-de-cilios-passo-a-passo/> Acesso em: 19 mar. 2018.

66 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


Passo 10: Com o auxílio de um bastonete de algodão, aplique o
hidratante sobre os cílios e deixe agir por cerca de 5 minutos.

Passo 11: Para finalizar o procedimento, com auxílio do


bastonete de algodão embebido na solução removedora de cola,
cuidadosamente descole os cílios do bobe e então descole o bobe
da pele. Retire completamente os resíduos de cola da região.
Figura 2.13 | Procedimento finalizado

Fonte: <http://i0.wp.com/www.dojeitoh.com.br/wp-content/uploads/2012/10/DSC04755.jpg> Acesso em: 19


mar. 2018.

3.6 | Componentes da técnica de tintura de cílios

Assim como o kit de permanente de cílios, existe uma grande


diversidade de tinturas de cílios, entretanto, ao comprar o produto,
a tintura será um produto único e para realizar o procedimento, é
preciso adicionar uma pequena quantidade de água oxigenada para
fazer a mistura e aplicar nos cílios, conforme orientação no produto.

3.7 | Materiais para a técnica

• Tintura para cílios

• Água oxigenada 10 vol

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 67


• Algodão

• Loção demaquilante

• Loção tônica

• Cubeta

• Pincel
3.8 | Passo a passo da tintura de cílios
Passo 1: caso o permanente de cílios tenha sido realizado
anteriormente, a região já estará higienizada e essa etapa pode ser
pulada. Mas, se a tintura for realizada sem nenhum procedimento
anterior, a higienização deverá ser feita com auxílio de um algodão
e solução demaquilante, limpando a região completamente e
retirando qualquer resíduo de maquiagem e sujidade.

Passo 2: com auxílio de um algodão, aplicar sobre a região a


loção tônica cuidadosamente e completar o processo de limpeza
da região retirando os resíduos e substâncias oleosas do local.

Passo 3: antes de aplicar a tintura, é preciso aplicar um pequeno


pedaço de papel filme na região embaixo dos olhos ou um pedaço
de algodão para que a região não fique manchada.

Passo 4: fazer a mistura da tintura com a loção oxidante, misturar


até que fique bem homogênea e então aplicar nos cílios com auxílio
de um bastonete de algodão ou de um pincel. Deixar agir por cerca
de 15 minutos.
Figura 2.14 | Aplicação da tintura

Fonte: <https://sababoutique.files.wordpress.com/2011/01/71.jpg>. Acesso em: 19 mar. 2018.

68 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


Passo 5: após o tempo de ação da tintura, com auxílio de um
algodão umedecido em água, retira-se o excesso de produto da
região com cuidado para não deixar a pele manchada com a tinta.
Depois de remover o produto, retira-se o algodão ou papel filme da
região inferior dos olhos.

Passo 6: se necessário, aplicar algumas gotas de soro fisiológico


na região para deixar os olhos limpos.
Figura 2.15 | Remoção da tintura

Fonte: <https://sababoutique.files.wordpress.com/2011/01/101.jpg>. Acesso em: 19 mar. 2018.

3.9 | Indicações e contraindicações


A técnica de permanente de cílios é indicada para qualquer tipo
de pessoa, entretanto, seu principal efeito se dá em cílios retos e com
pouca curvatura assim como os cílios longos. Os efeitos também
acontecem em cílios mais curtos, no entanto, os resultados serão
menos visíveis.

A técnica de tintura de cílios também pode ser realizada em


qualquer pessoa, mas os melhores resultados podem ser vistos
em pessoas com os cílios de tonalidade clara ou quem tem cílios
brancos, e também para pessoas que desejam dar a aparência de
cílios mais escuros e volumosos.

Nenhuma das duas técnicas apresentam contraindicações


comprovadas, porém, é sempre importante verificar com a
realização do teste de alergia, conforme mencionado.

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 69


Questão para reflexão
Quais os cuidados a serem tomados para que ambas técnicas de
embelezamento do olhar tenham maior durabilidade?

3.10 | Durabilidade da técnica

O permanente de cílios pode durar até 3 meses quando os


devidos cuidados são tomados. Deve-se evitar esfregar a região
muito intensamente e utilizar sempre produtos suaves no local. A
tintura de cílios tem durabilidade de 20 dias a 1 mês, lembrando que,
quanto maior o cuidado com a região, maior será a durabilidade
das técnicas.

Para saber mais


Para saber mais sobre o permanente de cílios e ver fotos do antes
e depois, acesso o link que segue: <http://www.dojeitoh.com.br/
permanente-de-cilios>. Acesso em 22/01/2018.

Atividades de aprendizagem

1. O permanente de cílios foi uma das técnicas de embelezamento do


olhar trabalhadas nesta seção. Como funciona e qual é a proposta do
permanente de cílios?

2. Qual a contraindicação das técnicas trabalhadas na seção?

70 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


Seção 4
Princípios ativos que melhoram o aspecto do
envelhecimento na região dos olhos
Introdução à seção

Atualmente, a cosmetologia é uma área de muita tecnologia,


o que faz com que seja uma grande aliada nos procedimentos
estéticos e nos diversos tratamentos da pele. Os profissionais da área
de embelezamento devem ser antenados e conhecer as diversas
substâncias cosméticas que podem ser indicadas a seu cliente.
De maneira geral, os componentes cosméticos são divididos em
quatro grupos sendo eles: ativos, aditivos, produtos de correção
e veículos. Os ativos são as substâncias que destinam a função
principal do cosmético e será o foco nesta seção. Os aditivos são
substâncias que compõem toda a base do produto, garantindo que
a formulação fique estável, os produtos de correção são utilizados
para ajustes de pH e quaisquer outras necessidades, enquanto os
veículos são a base que carrega todas as outras substâncias da
composição, especialmente os princípios ativos.

4.1 | Os princípios ativos

Os princípios ativos, ou somente, ativos são considerados as


substâncias de maior importância em um cosmético, já que vão
conferir ao produto sua ação final e efeito desejado. No momento
em que a formulação é desenvolvida, mais de um princípio ativo
pode ser adicionado, proporcionando um efeito ainda maior ao
produto, uma vez que cada ativo agirá melhorando a disfunção ao
qual ele é destinado.

As substâncias ativas da formulação podem ser de origem natural,


animal, vegetal e mineral, sendo retiradas da natureza ou então
serem de origem sintética quando são produzidas em laboratório,
imitando uma substância de origem natural ou mesmo ser uma
molécula completamente nova.

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 71


Os princípios ativos que visam a prevenção ou o combate ao
envelhecimento agem na pele de diversas maneiras para reparar o
tecido cutâneo. As subtâncias são diversas e veremos algumas que
são utilizadas com frequência.

Antioxidantes: Os antioxidantes são moléculas que formam


um par perfeito com os radicais livres. Os radicais livres são
átomos ou moléculas instáveis que, quando não neutralizados,
causam vários danos ao organismo e proporcionam um aumento
na velocidade do envelhecimento. Por essa razão, é sempre
indicado o consumo de substâncias antioxidantes por meio da
alimentação e também de cosméticos, uma vez que a produção
de radicais livres pelo organismo é muito grande e, quanto maior
for o consumo e o uso de antioxidantes, maior é a prevenção
contra o envelhecimento. Vale lembrar que os antioxidantes não
são substâncias de tratamento, apenas de prevenção, por isso é
recomendado o seu uso desde cedo e com frequência. Segue
alguns exemplos:

• Picnogenol: com alto potencial antioxidante, o picnogenol é


um composto com mais de 40 substâncias extraídas da casca do
pinheiro marítimo.

• Resveratrol: é uma substância que vem sendo associada a


vários benefícios para a saúde, encontrada principalmente em frutas
como a uva e o mirtilo.

• Licopeno: substância encontrada principalmente em vegetais


e frutas de cor amareladas, alaranjadas ou avermelhadas como o
tomate. É um pigmento avermelhado chamado de carotenoide e
tem alto poder antioxidante.

• Coenzima Q10: também chamada de ubiquinona, a coequinza


q10 combate os radicais livres prevenindo o envelhecimento. A
coenzima q10 é uma substância que é produzida pelo organismo
humano, portanto, com o passar da idade, a sua produção é
diminuída, necessitando o consumo por meio da alimentação e
de cosméticos.

72 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


Regeneradores dérmicos: os regeneradores dérmicos
são substâncias muito interessantes no tratamento do
envelhecimento, uma vez que, como o próprio nome diz, vão
atuar renovando a derme. Essa revovação acontece graças
ao estímulo que essas substâncias ativas causam na estrutura
e nas células que se localizam na derme, especialmente os
fibroblastos, células que são responsáveis pela produção de
colágeno, elastina e reticulina, fibras estruturais que mantêm
a integridade do tecido e a pele com aspecto jovem. Segue
alguns exemplos:

• Ascorbosilane C: é um regenerador dérmico que associa a


propriedade da vitamina C com os silanóis, possibilitando uma melhor
permeação cutânea promovendo hidratação, auxiliando no efeito
antirrugas, trata e previne o aparecimento de linhas de expressão.

• Hidroxiprolisilane C: substância que promove uma reestruturação


dérmica melhorando a elasticidade cutânea, normalizando a
permeabilidade e atuando contra o envelhecimento.

• Hyaxel®: composto de ácido hialurônico e silício orgânico que


atua aumentando o sistema de defesa cutâneo e intensificando o
processo anti-idade.

• Retinol: é uma substância derivada da vitamina A que combate


o envelhecimento e hidrata a pele.

Renovadores epidérmicos: Os ativos que agem renovando


a epiderme são aqueles que proporcionam uma manutenção
desse tecido além de acelerar a velocidade na renovação celular,
já que células mais novas possuem um maior teor hídrico além
de uma qualidade melhor, deixando assim a pele com um viço
e aspecto melhor.

• Alfahidroxiácidos: também conhecidos como AHA´s, faz parte


dessa categoria os ácidos lático, mandélico, málico, tartárico e
glicólico, muito indicados para renovação celular e hidratantes e
amaciantes cutâneo.

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 73


Questão para reflexão
Ao indicar um renovador epidérmico para o seu cliente, dependendo
da substância que for utilizada, pode causar ligeira descamação da pele.
Em vista disso, o filtro solar sempre deve ser utilizado e tomar devidos
cuidados recomendados para uma pele que ficará mais sensível. Quais
indicações de cuidados devem ser feitas?

Tensores: os ativos com função tensora, na maioria das


vezes, são moléculas de proteína, já que elas são grandes e
ficam na superfície cutânea e não permeiam a pele. São capazes
de proporcionar a tensão por um período de tempo e fazer um
lifting facial. Os produtos tensores muitas vezes também são
chamados de produtos de “efeito cinderela” pois esticam a pele
temporariamente, entretanto, algumas substâncias agem na
pele com o tempo, proporcionando uma melhora de maneira
gradual. Veja alguns exemplos:

• Argireline: substância que age de maneira similar a toxina


botulínica, modulando a tensão muscular, diminuindo e amenizando
a profundidade das rugas faciais.

• DMAE: também conhecida como dimetilaminoetanol, é uma


substância tensora encontrada principalmente nos peixes.

• Raffermine: substância extraída da soja que melhora a


elasticidade, tonicidade e aumenta a firmeza cutânea, além de
estimular a ação dos fibroblastos.

• Tensine: substância extraída do trigo que forma um filme sobre


a pele, promovendo o efeito tensor.

Preenchedores: existem ativos com função preenchedora,


ou seja, são capazes de atrair água para a região a ser tratada e
proporcionar um aumento de volume no local que precisa ser
preenchido. Funcionam como esponjas que incham em contato
com a água e melhoram a aparência dos sulcos faciais, vale

74 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


lembrar que os preenchedores cosméticos têm efeito bastante
superficial comparados aos preenchedores aplicados por
médicos através da ingestão da substância com agulha e para
um efeito melhor, é necessário o método mais invasivo que não
cabe ao profissional de estética. Segue exemplo:

• Ácido hialurônico: essa substância é produzida no organismo


com intuito de hidratar e preencher a pele, sendo sua reposição
uma grande aliada ao efeito antirrugas, já que promove um leve
preenchimento na região de aplicação. Essa substância pode ser
incluída em cosméticos de uso tópico, ela é injetada com uma
agulha com o intuito de preencher sulcos profundos.

Para saber mais


Para mais informações sobre produtos e cuidados com a área dos
olhos, acesse o link disponível em: <https://www.terra.com.br/vida-e-
estilo/beleza/sua-pele/para-sua-pele/regiao-dos-olhos-requer-mais-
cuidado-com-cremes-e-maquiagens,12569939e34b5410VgnVCM100
00098cceb0aRCRD.html>. Acesso em: 20 mar. 2018.

Atividades de aprendizagem

1. Qual a diferença de ação entre o regenerador dérmico e o


renovador epidérmico?

2. De maneira geral, a composição dos cosméticos é dividida em quatro


categorias, quais categorias são essas?

Fique ligado

Nesta unidade, você conheceu as técnicas de embelezamento


do olhar, mais especificamente as técnicas de permanente de
cílios, que são responsáveis por curvar os cílios, bem como a
técnica de tintura, a qual é capaz de pigmentar os cílios e deixá-los
mais escuros com a sensação de maior volume. Você aprendeu
sobre o embelezamento do olhar ao longo das décadas com
o uso da maquiagem e também a como utilizar a tecnologia

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 75


cosmética a seu favor, além de conhecer as substâncias ativas
que podem proporcionar diversos efeitos na pele e melhorar o
aspecto da região.

Para concluir o estudo da unidade

Caro aluno, nesta unidade, você pôde conhecer importantes


aspectos relacionados a área do embelezamento do olhar. É muito
importante que o profissional da área de estética e embelezamento
tenha um conhecimento amplo sobre os principais tratamentos
e procedimentos que podem ser oferecidos e que têm maior
procura no mercado. Além do mais, um profissional deve saber
sobre a cosmetologia, que é um dos grandes aliados da profissião,
já que as novas tecnologias permitem produtos com função muito
importante e que proporcionam grandes mudanças na pele.

Leia esse material com cuidado e esteja atento às informações


e material extra que você pode encontrar nos links para saber mais.

Atividades de aprendizagem da unidade

1. A história da maquiagem e o embelezamento da região do olhar foram


marcados por Cleópatra que usava nos olhos o khol. O que era o khol?

a) O khol era um pigmento claro similar aos descolorantes usados para


descolorir os cabelos e sobrancelha.
b) O khol era um adereço usado por Cleópatra na região dos olhos como
uma máscara.
c) O khol era similar aos cílios postiços de hoje em dia que era usado por
Cleópatra para embelezar o olhar.
d) O khol era um pigmento preto composto de uma mistura do mineral
malaquita com carvão e cinzas, usado na civilização egípcia para contornar
os olhos e também escurecer cílios e sobrancelha.
e) O khol era uma mistura aplicada no corpo afim de proteger a pele
contra o sol.

2. Com a constante busca pela beleza e bem-estar, as pessoas têm buscado


nos centros de beleza procedimentos não invasivos que melhorem a
aparência e confiram o aspecto desejado. A técnica de permanente de

76 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


cílios é muito visada já que embeleza o olhar, a região mais expressiva da
face. No que consiste a técnica de permanente de cílios?

a) A técnica de permanente de cílios é aquela em que são adicionados


fios sintéticos similares aos cílios dando maior volume e deixando os cílios
mais longos.
b) A técnica de permanente de cílios é aquela que, com a aplicação do
produto de permanente, os cílios retos serão curvados para ter o aspecto
de curvex.
c) A técnica de permanente de cílios é aquela em que, com a aplicação do
produto de permanente, acontece uma coloração nos cílios deixando-os
mais escuros com aspecto de máscara de cílios.
d) A técnica de permanente de cílios é aquela em que é utilizada na
finalização de uma maquiagem quando o profissional aplica cílios postiços
e cola para deixar o olhar mais evidente.
e) O permanente de cílios é uma técnica em que somente um produto é
aplicado nos cílios que tem o potencial de alisá-los.

3. A tintura de cílios é uma técnica que proporciona pigmentação aos


cílios deixando-os mais escuros e dando a impressão de mais volume.
Analise as informações a seguir e assinale a alternativa que corresponde
corretamente à tintura de cílios:

I- É indicada para escurecer os cílios.


II- Não existe nenhuma contraindicação a técnica.
III- A durabilidade da técnica é de 3 meses.

a) Somente a alternativa I está correta.


b) Somente a alternativa III está correta.
c) Somente as alternativas I e III estão corretas.
d) Somente as alternativas II e III estão corretas.
e) Todas as alternativas estão corretas.

4. Os ativos preenchedores tem função de proporcionar um


preenchimento em determinadas regiões e diminuir o aspecto de
rugas e sulcos profundos. Assinale a alternativa que corresponde a
um ativo preenchedor.

a) DMAE. d) Ácido hialurônico.


b) Raffermine. e) Picnogenol.
c) Alfahidroxiácidos.

U2 - Técnicas de embelezamento do olhar 77


5. As substâncias conhecidas como antioxodantes são muito importantes
na boa manutenção da pele e especialmente na região dos olhos que
tende a envelhecer mais rapidamente pelas características da região. Qual
a função dos antioxidantes?

a) A função do antioxodante é de preencher os sulcos profundos da pele.


b) A função do antioxidante é de neutralizar os radicais livres.
c) A função do antioxidante é de promover a oxidação da pele.
d) A função do antioxidante é de esfoliar a camada superficial da pele.
e) A função do antioxidante é de diminuir a velocidade de renovação celular.

78 U2 - Técnicas de embelezamento do olhar


Referências
FISCHER, A. F.; PHILIP, K.; MACEDO, C. A. A importância do visagismo para a
construção da imagem pessoal. Disponível em: <http://siaibib01.univali.br/p df/
Ana%20Flavi a%20Fischer,%20Karine%20Phillipi.pdf>. Acesso em: 20 mar. 2018.
HALLAWELL, P. Visagismo: harmonia e estética. São Paulo: Senac, 2008.
KAMIZATO, K. K. Imagem pessoal e visagismo. 1. ed. São Paulo: Érica, 2014.
MATOS, P. S. Cosmetologia aplicada. 1. ed. São Paulo: Érica, 2014.
DEVILLA, M. H. O embelezamento do olhar. WebArtigos, jun. 20099. Disponível em:
<http://webartigos.com/artigos/o-embelezamento-do-olhar/20029>. Acesso em:
20 mar. 2018.
PELLARIN, L. Rejuvenescimento Facial. Disponível em: <http://pellarin.com.br/
rejuvenescimento-facial/>. Acesso em: 20 mar. 2018.
SOUZA, V. M. de. Ativos Dermatológicos: dermocosméticos e nutracêuticos. Edição
especial de 10 anos, v. 1 e 8. São Paulo: Pharmabooks, 2013.
Unidade 3

Técnicas de
embelezamento da
sobrancelha
Luciane da Silva Barbosa

Seção 1 | Fisiologia do pelo

Estudar a fisiologia do pelo é importante para compreender as


fases e assim trabalhar de forma correta e com direcionamento
específico em diferentes clientes. Veremos nessa seção que o pelo
é um dos anexos da pele, podendo ser distribuído praticamente em
toda a superfície do corpo, com exceção da palma da mão, planta
dos pés e mucosas. Os pelos são estruturas mortas de substâncias
queratinizadas (córnea), de forma cilíndrica que deriva de um anexo
encontrado na epiderme chamado folículo piloso. Essa queratina é a
substância que fornece proteção a toda superfície do corpo.

Seção 2 | Design de sobrancelhas: suas diferentes técnicas

O design de sobrancelhas auxilia o indivíduo a melhorar sua


aparência e harmonizar os traços do rosto. As técnicas apresentadas
nesta seção mudam de acordo com a preferência do cliente, traços
e formatos do rosto bem como características individuais. Para
tanto, muitos aspectos precisam ser analisados na hora do design
para que o resultado final seja alcançado de forma mais harmônica.

Seção 3 | A origem da henna

A henna tem seu papel em diferentes culturas há muito tempo


e pode ter diferentes significados dependendo da cultura a qual
está inserida. Serve de adorno e diversos rituais na Índia e possui
significados místicos que envolvem inclusive a fertilidade.
Seção 4 | Henna aplicada ao design de sobrancelhas

No contexto do embelezamento a henna pode melhorar


a harmonia do olhar, ajudar o profissional a cobrir falhas nas
sobrancelhas mais ralas e claras e facilitar a visualização do
indivíduo antes de decidir fazer uma intervenção definitiva como
a micropigmentação.
Introdução à unidade
As sobrancelhas não são simplesmente um detalhe no rosto,
elas equilibram as linhas e expressões e marcam o olhar da pessoa,
atualmente os modelos e padrões de sobrancelhas são os mais
naturais possíveis. Por volta de 1930, as mulheres, incentivadas por
atrizes do cinema, optaram por raspar as sobrancelhas e desenhá-
las com lápis, dentre as divas que ditavam a moda e inspiração,
estavam Rita Hayworth, Greta Garbo e Marylin Monroe. Outra
sobrancelha marcante e comentada até hoje é a de Frida Kahlo,
chamada de “monocelha” por ser extremamente cheia e junta. Foi a
partir da década passada que as sobrancelhas voltaram a ficar mais
naturais, respeitando o formato do rosto e a fisionomia do indivíduo,
sobretudo o próprio formato da sobrancelha. O que profissionais
dessa área precisam entender principalmente é o formato dos olhos
de cada pessoa para que ela tenha um olhar mais expressivo e que
sirva de moldura para o olhar, já que essa é uma das funções da
sobrancelha no rosto do indivíduo.
Seção 1
Fisiologia do pelo
Introdução à seção

A função principal do pelo é evitar atritos, proteger a pele contra


agentes externos e até contra raios ultravioletas. Nesta seção
conheceremos desde a fisiologia do pelo para compreendermos os
formatos das sobrancelhas, até o tempo que demora para crescer
os pelos nessa região. Em seguida, conheceremos os formatos de
sobrancelhas, formatos de rosto e especificidades que harmonizam
com todas essas características individuais.

1.1 | Fisiologia e estrutura do pelo

O pelo é a estrutura ceratinica morta secretada por uma bolsa


derivada da epiderme denominada folículo piloso, o fundo dessa
bolsa produz incessantemente células que começam a se empilhar
e se queratinizam, formando assim a haste pilar.
Figura 3.1 | Definição do pelo

Terminação nervosa
livre (dor e
temperatura)

Crepúsculo de Krause
(receptor frio)

Discos de
merkel (tato)
Epiderme
Corpúsculos de
Meissner (tato)

Musculo pilo
Derme eretor

Glândula
sebácea

Plexo de raiz
de cabelo
Hipoderme
Arteríola

Glândula Corpusculos de Terminação de Vênulas


sudorípara Pacini Rufinni

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/vetor/cross-section-human-skin-gm637808714-113968369>.
Acesso em: 24 abr. 2018.

84 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Folículos são inclinados no sentido horizontal, estão localizados
na derme, os mais compridos expandem-se dentro da camada
gordurosa subcutânea, o músculo eretor do pelo vai desde um
determinado ponto na região que intermedia a parede do folículo
até a junção dermoepidermica.
Segundo Dawber (1996), o nível da inserção do músculo no
folículo piloso está na zona saliente das bainhas radiculares, onde se
localizam as células primordiais das quais novas células matrizes são
geradas a medida que um novo ciclo piloso é iniciado.
Estão localizadas no folículo piloso duas bainhas que são a
interna e a externa e estas recobrem a haste do pelo. A estrutura
do folículo piloso, suas bainhas, as glândulas sebáceas e o músculo
piloeretor estão representados na figura a seguir:

Figura 3.2 | Anatomia do pelo

Fonte: <https://media.istockphoto.com/photos/skin-anatomy-picture-id628247854>. Acesso em: 24 abr. 2018.

As categorias que os folículos podem ser divididos são:

Folículos terminais – são os que produzem os cabelos e as


barbas, esses possuem glândulas sebáceas médias ou grandes.
Folículos de Velus – estão presentes em toda extensão do nosso
corpo, possuem pelos finos e pequenos, quando presentes. As
glândulas sebáceas também são menores. As regiões do corpo que

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 85


não apresentam os folículos velus são as palmas das mãos e planta
dos pés, onde a pele é chamada por pele glabra e tem uma camada
mais grossa.
Folículos sebáceos: possuem os menores pelos que não chegam
nem na superfície da pele.

Estrutura do pelo
A função principal do pelo é evitar atritos, proteger contra agentes
externos e até contra raios ultravioletas. Os pelos compreendem
três estruturas básicas que são: cutícula, córtex e medula, as quais
estão explicadas a seguir:
Cutícula: é a camada mais externa constituída por células em
plaquetas, queratinizadas, sem pigmentos e encaixadas. Lembram
escamas unidas em um rico cimento de ácidos aminados.
Córtex: camada intermediária que ocupa a maior parte do pelo,
é formado por células epiteliais fusiformes, são ricos em melanina e
responsáveis também pela coloração do pelo.
Medula: é a parte mais interna do pelo, constituída por camadas
(uma ou duas) de células sem núcleo e são representados por pelos
maduros. Não existem relatos ainda sobre sua função específica.
O pelo pode cair e ser eliminado espontaneamente, já que cresce
somente até certo ponto. Quando o pelo é eliminado, outro pelo é
gerado em seguida através do folículo piloso, obedecendo assim o
ciclo biológico do pelo.

Ciclo biológico do pelo


Existem no ciclo biológico do pelo três etapas, crescimento,
repouso e queda, dessa forma, o cabelo ou pelo cresce por um
período contínuo que varia em média de dois a sete anos, passando
pelas seguintes fases:
Fase anágena – nesse período a matriz se mantém em constante
atividade mitótica, produzindo constantemente um fio. Ela também
envolve a papila térmica (em forma de taça), produzindo então,
a bainha radicular interna e a haste. Essa fase dura de dois a seis
anos, após esse tempo máximo de crescimento, a matriz para
de proliferar, desprende-se da papila dérmica e se desloca para a
superfície da pele.

86 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Fase catágena – fase em que acontece um engrossamento da
membrana vítrea, elo que mantêm ligado o bulbo em afastamento
a papila dérmica, apesar desta também se deslocar no sentido da
superfície. Essa fase dura de duas a três semanas, é quando a bainha
radicular interna começa a desaparecer e a bainha radicular externa
se afina, envolvendo então o bulbo, que fica completamente
ceratinizado, tornando-se uma forma de clava, contendo em seu
interior grânulos de melanina.
Fase Telógena – a bainha radicular interna desaparece totalmente
nessa fase. E da bainha radicular externa só resta o saco epitelial que
envolve a clava. Depois de dois a quatro meses, o pelo é totalmente
eliminado, dando início a uma nova fase, recomeçando o ciclo.

Figura 3.3 | Fases do pelo

Anágena Catagena Telogena Reinício


da Anágena

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/vetor/human-head-hair-growth-cycle-biological-catagen-telogen-phases-
infographics-gm629434602-112003199>. Acesso em: 24 abr. 2018.

Os diferentes formatos de sobrancelhas


O mais importante é que os formatos das sobrancelhas
estejam em harmonia com os traços e as especificidades do
rosto do individuo, melhorando e dando forma a expressão facial
de cada um, trazendo equilíbrio e valorizando os traços. Dentro
do visagismo, o design de sobrancelha é analisado de acordo

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 87


com todos os traços particulares de cada indivíduo, ajudando na
construção da imagem personalizada.
Segundo Hallawell (2008), as sobrancelhas têm grande
importância por formarem a moldura dos olhos, o design de
sobrancelhas é uma das mais importantes ferramentas do visagismo,
podendo transformar radicalmente a expressão de uma pessoa.
As sobrancelhas podem ter os seguintes formatos: levantadas,
caídas, retas, curtas ou longas. Antes de desenvolver o design, é
preciso definir qual será o procedimento, lembrando que na maioria
dos casos é melhor respeitar o formato original de cada sobrancelha
para não perder as características do rosto para dessa forma não
descaracterizar o indivíduo. Com o passar do tempo e com a prática
o profissional é possível dar outra forma a sobrancelha, deixando-a
mais harmoniosa.

Formatos de sobrancelhas mais comuns

Figura 3.4 | Formatos de sobrancelhas

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/vetor/conjunto-de-olhos-feminino-e-sobrancelhas-ilustra%C3%A7%C3%A3o-
do-vetor-de-eps10-gm467444138-60573522>. Acesso em: 24 abr. 2018.

88 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Figura 3.4 | Formatos de rosto

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/vetor/mulher-rosto-diferentes-formas-de-bater-nove-%C3%ADcones-
gm531685528-93897653>. Acesso em: 24 abr. 2018.

Rosto quadrado deve-se apostar em sobrancelhas mais


angulosas. O ideal é fugir dos formatos mais retos. Ao fazer o
design, se o formato permitir, é bom que seja anguloso.

Rosto redondo: deve-se apostar nos formatos mais retos e


compridos. Os formatos finos deixam o rosto mais cheio, dando a
impressão de engordar a pessoa.

Rosto triangulo invertido: aposte em formatos de sobrancelhas


que não sejam nem finas nem grossas, e sim levemente arqueadas,
formatos com início mais arredondado e continuação mais reta
também harmonizam os traços.

Rosto diamante: fuja das sobrancelhas mais finas para que


não passe a ilusão de um rosto ainda maior. Deve-se apostar em

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 89


formatos mais retos e compridos, assim como nos formatos de
rosto redondo.

Rosto oval: o ideal são as sobrancelhas mais delicadas, para


harmonizar com os traços mais sutis desse rosto. Sobrancelhas
grossas devem ser evitadas.

Questão para reflexão


Você já refletiu acerca dos padrões de sobrancelhas e de como esses
formatos podem representar a expressividade de cada rosto?

Para saber mais


Para se obter maior conhecimento, a matéria a seguir traz informações
e conhecimentos sobre este assunto, leia e torne-se um profissional
ainda mais informado a partir de conhecimentos aprofundados:
Disponível em: <http://www.tudosobremake.com.br/noticia/
sobrancelhas-descubra-10-curiosidades-sobre-a-moldura-dos-
olhos_a3498/1>. Acesso em: 24 abr. 2018.

Atividades de aprendizagem

1. A definição do pelo se dá por conta de uma estrutura ceratinica morta,


sendo esta secretada por uma bolsa derivada da epiderme denominada
folículo piloso. Essa bolsa produz células que começam a se empilhar e se
queratinizam formando a haste pilar. A partir desse contexto, considere as
afirmativas abaixo:

I) O nível da inserção do músculo no folículo piloso está na zona saliente


das bainhas radiculares.
II) Estão localizadas no folículo piloso duas bainhas que são a interna e a
externa e elas recobrem a haste do pelo.
III) A função principal do pelo é evitar atritos, proteger contra agentes
externos e até contra raios ultravioletas.
IV) Os pelos compreendem quatro estruturas básicas.

90 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Assinale a alternativa que corresponde as asserções corretas:

a) Apenas I, II e III.
b) Apenas II, III e IV.
c) Apenas III e IV.
d) Apenas II e IV.
e) Apenas I.

2. Os formatos das sobrancelhas não precisam necessariamente seguir


tendências, desde que estejam em harmonia com os traços do rosto de
cada pessoa, melhorando e dando forma à expressão facial de cada um.

Considere as informações abaixo e assinale V para verdadeiro e F para falso.

( ) Dentro do visagismo, o design de sobrancelha é analisado de acordo


com todos os traços particulares de cada indivíduo.
( ) As sobrancelhas têm grande importância por formarem a moldura dos
olhos, o design de sobrancelhas é uma das mais importantes ferramentas
do visagismo.
( ) Antes de desenvolver o design é necessário, na maioria dos casos,
optar pela micropigmentaçao definitiva fio a fio.
( ) É preciso somente considerar o formato dos olhos e do rosto para
decidir qual o design de sobrancelha se encaixa nos diferentes padrões.

Assinale a alternativa correta que corresponde sequência correta.

a) F, F, V, V.
b) V, F, F, V.
c) V, V, F, F.
d) V, F, V, V.
e) V, F, V, F.

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 91


Seção 2
Design de sobrancelhas: suas diferentes técnicas
Introdução à seção

Nesta seção, o design de sobrancelhas será trabalhado de


forma que você, aluno, compreenda a importância de respeitar os
formatos e as características de rosto de cada pessoa e se atente
ainda a maneira como o design será executado, se apropriando de
todas as regras de marcações para que o risco de errar seja menor.

2.1. | Produtos utilizados para o design


de sobrancelhas

Dentro do design de sobrancelhas, é necessário que o profissional


meça as proporções do rosto de seu cliente, seja com uma régua
transparente, ou com um paquímetro (instrumento utilizado para
medir pequenas distâncias entre lados opostos) a fim de verificar
o formato de cada uma delas e qual a melhor adequação para o
formato do rosto.
A média geral para uma sobrancelha padrão deve estar entre
4,5 e 5,5 cm de comprimento, as linhas precisam ser paralelas e
convergentes não devendo modificar seu formato drasticamente,
para não resultar em uma fisionomia artificial.
Quando o profissional for executar o design de sobrancelhas,
o ideal é que se utilize um lápis branco para fazer o contorno
do desenho e direcionar na hora de retirar os pelos que podem
dificultar o formato harmônico da sobrancelha, principalmente na
parte superior onde existem pelos mais finos, por isso a aplicação
do lápis facilita esse acabamento.

92 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Figura 3.6 | O lápis para contornar a sobrancelha

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/foto/mulher-bonita-no-sal%C3%A3o-de-beleza-slon-em-sobrancelhas-
tratamento-de-maquiagem-gm530637373-54955610>. Acesso em: 24 abr. 2018.

As pinças podem seguir diferentes formatos sendo retas,


chanfradas e de ponta fina.
As chanfradas são as mais utilizadas e podem ter um manuseio
mais fácil e ser menos indolor para o cliente.

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 93


Figura 3.7 | Pinça chanfrada

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/foto/cosmetic-forceps-isolated-on-white-background-cosmetic-tweezers-
tweezer-isolated-gm670869040-122731351>. Acesso em: 24 abr. 2018.

Já as finas conseguem alcançar os pelos mais curtos. É ideal


que o profissional tenha todos os modelos para que ele se adapte
ao melhor formato, e também para que alcance fios mais curtos,
mais grossos, mais finos e os mais longos. As escovas ajudam a
organizar os pelos da sobrancelha, principalmente na hora de cortar
para executar o design. Pode ser usado um pincel específico que
tenha uma escova e um pente juntos ou também, o mais indicado,
um pente parecido com o que vem no rímel.

Figura 3.8 | Escovinha para pentear

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/foto/acess%C3%B3rios-para-cuidar-das-sobrancelhas-
gm487700366-73101237>. Acesso em: 25 abr. 2018.

94 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


As tesouras podem ser pequenas e arredondadas nas pontas
para alcançar os pelos mais finos e mais curtos.

Figura 3.9 | Tesoura pequena

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/foto/tesoura-de-unha-com-pin%C3%A7a-de-sobrancelha-isolada-no-
branco-gm452533539-29950548>. Acesso em: 25 abr. 2018.

Na hora do design de sobrancelhas pode ser usado uma régua


transparente a fim de realizar a medição das mesmas.

Figura 3.10 | Régua transparente

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/foto/monarca-branca-transparente-isolado-polegadas-cent%C3%ADmetros-
polegadas-cent%C3%ADmetros-gm471114036-62604592>. Acesso em: 25 abr. 2018.

O Paquímetro também pode ser utilizado para medir as


sobrancelhas, entretanto, é necessária uma técnica mais
aprofundada para sua utilização.

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 95


Figura 3.11 | Paquímetro

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/foto/pin%C3%A7as-de-gm146713798-8439835>. Acesso em: 25 abr. 2018.

As diferentes técnicas para design de sobrancelhas


A técnica feita com linha é também conhecida como “threading”
e praticada em países asiáticos, é indicada para pessoas com peles
sensíveis, não provoca flacidez, rugas e nem reações alérgicas,
pode também retardar o crescimento dos fios. A técnica consiste
em um entrelaçado de linhas que se cruzam na pele arrancando os
pelos pela raiz.

Figura 3.12 | Técnica egípcia com linha

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/foto/master-in-the-cabin-removes-facial-hair-strand-
gm603912306-103705657>. Acesso em: 25 abr. 2018.

96 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


A pinça é o acessório mais comum quando se trata de design de
sobrancelhas, ela é indispensável para manter o desenho perfeito e
para retirar o pelo com precisão sem quebrá-lo.

Figura 3.13 | Técnica com pinça

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/foto/jovem-mulher-com-cabelo-curto-morena-fazer-se-garota-de-
cosm%C3%A9ticos-gm511024014-86489155>. Acesso em: 25 abr. 2018.

A cera mais utilizada para a depilação da sobrancelha é a quente,


entretanto, esse método nem sempre é apropriado justamente por
conta dos perigos que esse produto pode causar numa área tão
delicada. Além disso, a temperatura mais elevada na região pode
causar flacidez muscular e jamais se deve utilizar a reciclagem de
cera, visto que essa conduta é proibida pela vigilância sanitária em
razão do risco de transmissão de doenças contagiosas.

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 97


Figura 3.14 | Design com cera

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/foto/mulher-bonita-no-spa-ou-sal%C3%A3o-receba-epilation-
corre%C3%A7%C3%A3o-de-sobrancelha-gm481398938-69348289>. Acesso em: 25 abr. 2018.

Micropigmentação de sobrancelhas
É o processo que se dá por meio da pigmentação da pele e
se assemelha a tatuagem, é uma técnica muito procurada para
as sobrancelhas para corrigir falhas, alongar, afinar, engrossar ou
simplesmente dar forma para aos pelos. Esse procedimento é feito
com um aparelho chamado dermógrafo com agulhas de uma a três
pontas em que o pigmento é inserido na camada subepidérmica
da pele, sendo necessário o aguardo de 15 a 30 dias para executar
um retoque, facilitando a cicatrização da área. Para tanto, é
imprescindível que o profissional conheça as camadas da pele e seu
processo de cicatrização.
O profissional que opta por atuar nessa área precisa entender
técnicas de visagismo, tonalidades de pele, design de sobrancelhas
e claro, das técnicas de micropigmentação aplicadas a pele. Os fios
das sobrancelhas são desenhados um a um seguindo e respeitando
os contornos e arcos dos fios de cada pessoa. O recurso pode durar
de 6 meses a 1 ano, visto que atinge somente a primeira camada
da pele. Com o passar dos meses, o pigmento é absorvido pelo
próprio corpo, contudo, é muito comum o retoque nas primeiras

98 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


semanas por conta da exposição ao sol ou mesmo da necessidade
de correções, mesmo que mínimas, em alguns fios específicos. No
entanto, para que o profissional atue nesse segmento específico é
necessário que se especialize, faça cursos e se aperfeiçoe sempre
com outros profissionais qualificados da área.

Passo a passo do design de sobrancelhas


Para executar o design de sobrancelhas é preciso escolher um
lugar iluminado, ter instrumentos limpos, esterilizados e adequados,
pois são essenciais para um bom trabalho. O designer deve usar
máscara, luvas e materiais específicos para essa função. O primeiro
passo para realizar o processo é fazer a medição de cada uma das
sobrancelhas, marcando com lápis branco.
Os materiais utilizados para o design são lápis branco, régua de
15 cm transparente, pente para sobrancelha, tesourinha, algodão,
pinça e sombra marrom ou cinza para finalizar e dar acabamento.

Figura 3.15 | Design de sobrancelha

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/foto/woman-eyebrow-correction-gm531921084-94012933>. Acesso em: 24


abr. 2018.

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 99


Veja a seguir os passos a serem seguidos para um design de
sobrancelhas com menores possibilidades de erros, a referência
para o passo a passo será a Figura 3.15 e as medidas devem seguir a
ordem da numeração da imagem (1, 2, 3).

1- As medidas todas devem começar da parte externa do nariz,


posicione o lápis verticalmente, passando pela dobrinha do nariz
para fazer o limite interno da sobrancelha (1). Depois, coloque o
lápis na diagonal passando da aba do nariz até o canto externo do
olho, para marcar o limite externo (3).

2- Faça uma marcação no começo da sobrancelha seguindo a


lateral do nariz, em seguida faça outra marcação da lateral do nariz
marcando a sobrancelha bem no meio do formato do olho (peça
para que a cliente feche os olhos). Esse é o ponto mais alto da
sobrancelha (2) onde se consegue dar forma e fazer a modelagem,
levantando, arqueando ou simplesmente “limpando” a região. É
preciso ter cuidado com pessoas que têm o nariz mais largo, pois a
marcação do final da sobrancelha muito distante do começo.

Figura 3.16 | Marcação de sobrancelha

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/vetor/como-pintar-as-sobrancelhas-gm486400454-72654587>
Acesso em: 25 abr. 2018.

100 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


3) Mais uma vez, a partir da lateral do nariz meça com a régua até
o canto dos olhos, faça também uma marcação com o lápis branco.
4) Depois de feitas as marcações, deve-se começar a limpeza dos
pelos em excesso. Segure a pinça com uma das mãos e com a
outra, estique a pele para retirada dos pelos. A pele dessa região é
muito fina, sujeita a beliscões da pinça e eventuais marcas.

5) A melhor maneira de não errar o desenho das sobrancelhas é


por fazer um traço com o lápis branco e tirar o excesso que ficar
fora do traçado. Quando estiver em dúvida na hora de tirar um
pelo é melhor que não o tire, já que para nascer pode demorar
muito tempo.

6) Depois de fazer a limpeza dos fios, ou mesmo o design de


sobrancelhas, é primordial que se penteie os pelos e, em seguida,
corte as pontinhas com uma tesourinha.
O ideal é que penteie a sobrancelha para cima na hora de cortar
para que não exista falhas posteriormente.

Para saber mais


Os formatos de sobrancelhas que existem são distintos e podem
melhorar a aparência de forma significativa. O vídeo a seguir relaciona
os diferentes formatos com indicações pertinentes.

Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=SmmgvjGAcSk>.


Acesso em: 25 abr. 2018.

Questão para reflexão


A técnica feita com linha é praticada em países asiáticos e indicada para
pessoas com peles sensíveis, qual nome dessa técnica?

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 101


Atividades de aprendizagem

1. A técnica feita com linha é também conhecida como


e praticada em países asiáticos e é indicada para pessoas com peles
, não provoca , rugas e nem
reações alérgicas e pode também o crescimento
dos fios.

a) threading, sensíveis, flacidez, retardar.


b) paquímetro, escuras, inchaço, disfarçar.
c) cutícula, flácidas, dor, aumentar.
d) threading, claras, flacidez, melhorar.
e) paquímetro, enrijecidas, dor, aumentar.

2. A cera mais utilizada para a depilação da sobrancelha é a quente,


entretanto, esse método nem sempre é apropriado justamente por conta
dos perigos que esse produto pode causar numa área tão delicada. A partir
desse contexto, analise as afirmativas a seguir:

I) O que preocupa nesse método é a temperatura elevada nessa região.


II) Essa técnica pode causar flacidez muscular.
III) A reciclagem da cera pode facilitar o trabalho do profissional.
IV) O mais adequado é que se use cera roll-on para esse procedimento.

Assinale a alternativa que apresenta as sentenças corretas:

a) Apenas I é correta
b) Apenas II é correta
c) Apenas III e IV são corretas
d) I, II, III e IV são corretas
e) Apenas I e II são corretas.

102 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Seção 3
A origem da henna
Introdução à seção

A henna pode facilitar muito o trabalho do profissional da área


da beleza, já que, além de cobrir as falhas, pode colorir os pelos
trazendo a sensação de volume nessa região para quem precisa.
A henna, por ser natural, tem poucas chances de causar uma
reação alérgica, porém, esse risco não é nulo. Outra observação
importante é que toda gestante antes de fazer uso desse produto
deve consultar o seu médico. Tais cuidados evitam problemas tanto
para o profissional como para o cliente.

3.1 | Henna: da origem aos dias atuais

A henna surgiu para adornar o corpo. Na Índia, a tatuagem com


henna é um costume milenar de embelezamento e muito usada
por mulheres para enfeitar seus corpos em épocas de festividades,
servindo como concepção mística da cultura, seja para representar
fertilidade, religiosidade, sedução, sorte, destino ou casamentos em
que são pintados os nomes dos futuros maridos.
A palavra henna, de origem árabe, é designada a uma
árvore cujo nome científico é Lawsonia Inemis, seu potencial
em destaque é o uso medicinal e tem como intuito diminuir a
temperatura do corpo humano.
Na cultura árabe surgiu o costume de usar essa planta para baixar
as altas temperaturas causadas pelo clima muito quente do deserto.
A folha era esmagada até criar uma pasta que era colocada nos pés
e nas mãos para refrescar o corpo e, como não podia deixar de ser
notado, esse processo tingia a pele por um longo tempo, a partir
disso que surgiu a ideia dos desenhos sob a pele.
Ao utilizar na henna como um artifício para decorar o corpo,
os pensamentos e os procedimentos foram mudando ao longo

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 103


do tempo, os árabes começaram a secar as folhas da planta para
transformá-las em pó e depois misturar esse pó com água para
assim obter uma tintura que colorisse não só a pele, mas também
os cabelos.

Figura 3.17 | Henna enquanto adorno

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/foto/mehndi-gm147300905-12365657>. Acesso em: 25 abr. 2018.

No Oriente Médio, essa expressão corporal artística é chamada


de mehendi, que significa pintura em forma de renda e que enfeita
os corpos femininos, especialmente nos pés e nas mãos. Nessa
região, o uso desses procedimentos pode ser mais comum em dias
festivos ou por pura vaidade.
A henna quando utilizada em casamentos na Índia, carrega
consigo muitos rituais, como chamar um astrólogo para prever
dificuldades no futuro do casamento, por exemplo, e a partir destas
necessidades, pode-se escolher o melhor desenho para tatuar a
noiva. A noiva também tem o ritual de tatuar seu nome com henna
em alguma parte escondida de seu corpo para que o noivo o busque
na noite de núpcias.

104 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Atualmente, a henna é muito utilizada em países ocidentais,
especialmente para colorir as sobrancelhas e, para isso, existem
diversas tonalidades e evolução acerca desse produto. Segundo
Guirro e Guirro, os pelos possuem algumas variações de coloração,
entretanto, apenas três pigmentos estão presentes, o amarelo,
o castanho e o preto, dessa forma, a mescla desses pigmentos
resultam em variações de cores. Essa variação de cor pode oscilar
de acordo com a variação genética.

Figura 3.18 | Henna nas sobrancelhas

Fonte: <http://www.istockphoto.com/br/foto/makeup-artist-applies-paint-henna-on-eyebrows-
gm637658768-113856347>. Acesso em: 25 abr. 2018.

Para saber mais


Para se aprofundar a respeito dos formatos de rosto, assista o vídeo que
aborda essa temática.

Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=OruPnVqOvho>.


Acesso em: 25 abr. 2018.

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 105


Questão para reflexão
Existe um aparelho que corrige falhas por meio de micropigmentação
e se assemelha a tatuagem, com esse procedimento é possível alongar,
engrossar ou simplesmente dar forma para as sobrancelhas. Qual o
nome desse aparelho?

Atividades de aprendizagem

1.
1) Os formatos das sobrancelhas não precisam necessariamente seguir
tendências desde que estejam em harmonia com os traços do rosto de
cada pessoa.
PORQUE
2) O design de sobrancelha é analisado de forma genérica, seguindo as
tendências vigentes de determinadas épocas.
Considerando o contexto apresentado, avalie as seguintes asserções e a
relação proposta entre elas.

a) A afirmativa I é falsa e a asserção II é verdadeira.


b) A afirmativa I é verdadeira e afirmativa II se contrapõe a afirmativa I.
c) As duas afirmativas são falsas.
d) Ambas alternativas são verdadeiras e a afirmativa II justifica a I.
e) A afirmativa I é verdadeira e a afirmativa II é falsa.

2. A palavra henna de origem , é designada a uma


árvore cujo nome científico é Lawsonia Inemis, seu potencial em destaque
é o uso tem como intuito diminuir a
do corpo humano.

Preencha a lacuna de acordo com a alternativa correta:

a) indiano, estético, temperatura.


b) fictício, estético, imperfeição.
c) árabe, medicinal, temperatura.
d) árabe, medicinal, imperfeição.
e) biológico, estético, temperatura.

106 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Seção 4
Henna aplicada ao design de sobrancelhas
Introdução à seção

Apropriar-se da henna como técnica de modelagem ou mesmo


de coloração dos pelos permite preencher falhas e destacar o olhar
da pessoa, além de cobrir os pelos brancos, tendo em vista que a
sobrancelha é reconhecida como a moldura dos olhos. Isso criará
harmonia no olhar e trará mais embelezamento para o rosto.

4.1 | Henna: técnica e produto

A henna pode ser utilizada como uma prévia do resultado de


uma micropigmentação definitiva, trazendo o resultado parecido
com o que poderá apresentar caso o cliente opte por esse método.

Materiais necessários para a técnica


• Algodão.
• Loção tônica adstringente.
• Pente de sobrancelha.
• Água oxigenada 10 vol.
• Kit de henna para as sobrancelhas contendo o pó de henna e
a loção fixadora.
• Palito de madeira.
• Pincel chanfrado.
• Bastonete de algodão.
• Cubeta.
• Copinho de vidro para henna.

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 107


A escolha do produto
É preciso que o profissional tenha todas as tonalidades da henna
para atender os diferentes clientes e suas especificidades, como
tonalidade de pele, cor de cabelo e cor de sobrancelhas. Lembrando
que o cuidado deve ser crucial nesse processo.
Para um efeito mais duradouro, o cliente precisa saber que há a
necessidade de algumas cautelas como não lavar excessivamente,
não aplicar cremes, tônicos e produtos à base de álcool na
região, evitar cloro de piscina e água salgada do mar, já que isso
pode reduzir o tempo e a duração da pigmentação do produto.
Essas medidas devem ser esclarecidas ao cliente na hora do
procedimento para que os cuidados sejam tomados e a duração
seja maior e mais bem aproveitada.

Indicação e contraindicação
A duração da henna na sobrancelha não é muito maior que 15
dias, isso depende do tipo de pele de cada um, por exemplo, se a
pessoa tiver uma pele muito oleosa, essa duração terá um menor
tempo. Além disso, depende também de todos os cuidados que
devem ser tomados, conforme citado anteriormente.
A probabilidade de ocorrer uma alergia ou irritação na pele
é pequena, uma vez que o produto é natural e feito para essa
finalidade (aplicar na pele e cabelos), entretanto, corantes podem
ser adicionados a estes pigmentos de forma a alterar a qualidade do
produto, podendo consequentemente ocasionar irritação na pele.
O ideal é que se faça um teste no antebraço antes da aplicação.
O mesmo procedimento deve ocorrer com gestantes, porém, é
importante que o profissional oriente sua cliente a conversar com o
médico para então o processo possa ser executado com segurança.

A escolha dos produtos


Agora, vamos conhecer as principais marcas existentes no mercado:

108 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Figura 3.19 | Henafix

Fonte: <http://henafix.com.br/>. Acesso em: 25 abr. 2018.

Essa marca traz diferentes tonalidades e em seu site é possível


adquirir diversos produtos para o profissional que pretende atuar
especificamente na área das sobrancelhas.

Figura 3.20 | Expressão Facial

Fonte: <https://lojasrede.fbitsstatic.net/img/p/henna-para-sobrancelhas-marrom-expressao-facial-125227/296933.jpg?
w=800&h=800&v=201712271939>. Acesso em: 25 abr. 2018.

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 109


A henna Expressão facial também traz diversos produtos ao
profissional da área, e muitas opções de cores. O ideal é que o
profissional teste as diferentes marcas para saber qual produto
responde melhor às expectativas.

Figura 3.21 | Della e delle

Fonte: <http://www.dellaedelle.com.br/index.php?controle=004_shopping_view&sc=displayitems&N1=05&N2=05&c
at_item=080&pagenum=1&order=A&viewtype=S&labcode=0000&linkid=9f68260dcf>. Acesso em: 25 abr. 2018.

Figura 3.22 | Nova estética

Fonte: <http://www.hennanovaestetica.com.br/>. Acesso em: 25 abr. 2018.

110 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Esses são alguns dos produtos que o profissional consegue
adquirir até mesmo pela internet. Claro que existem outros inúmeros
produtos e de diferentes marcas que podem ser encontrados em
suas respectivas cidades.

Dicas importantes:
• Respeitar o tempo do produto na pele é muito importante
para que a coloração da região seja harmoniosa, para isso, é
preciso observar a tonalidade da pele do cliente, a cor do cabelo
e a quantidade de pelos da sobrancelha. As peles claras tendem
a pigmentar com mais facilidade e em menor tempo, bem como,
sobrancelhas com bastante pelos também pigmentam com
facilidade. Quanto mais claro for o cabelo, menor tempo a henna
poderá ser deixada na pele.
• A aplicação da henna será realizada primeiro em uma
sobrancelha e depois em outra, deve se considerar o tempo de
permanência do produto assim que finalizada a aplicação, por isso,
a retirada de cada um dos lados acontecerá em tempos diferentes.
Assim que aplicado o produto em um dos lados, o tempo começa
a ser contato, enquanto isso, o procedimento segue do outro lado
e, quando finalizada a aplicação, o tempo começa a ser contado
também. O tempo de permanência do produto deverá ser igual
para os dois lados, porém, a aplicação no segundo lado poderá
levar alguns minutos a mais, dessa forma, os tempos de retirada
acontecerão em momentos diferentes.
• Caso a sobrancelha apresente uma falha de pelos muito grande
e não pigmente da mesma forma que o restante da sobrancelha, o
produto pode ser reaplicado por mais alguns minutos para tentar
aproximar a cor do restante da sobrancelha.

Passo a passo para aplicação de henna


Primeiro: limpe as sobrancelhas com demaquilante e certifique-
se que não existem resíduos de maquiagem. O ideal é que a
sobrancelha esteja com seu design em dia antes de começar todo
o processo da henna.
Segundo: umedeça o algodão com água oxigenada e aplique
sobre as sobrancelhas - essa etapa auxilia na melhor pigmentação e

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 111


fixação do procedimento. Use as medidas tanto para o pó de henna
quanto para o fixador, de acordo com a marca escolhida, cada
marca pode utilizar diferentes medidas, por isso é importante que
essas indicações descritas em cada embalagem sejam respeitadas.
Misture bem até que se forme uma pasta cremosa. Utilize luvas para
não manchar as mãos e jaleco para que não manche as roupas.
Terceiro: com o palito ou pincel chanfrado aplique a henna
sobre a sobrancelha, depositando uma quantidade razoável para
que o pigmento realmente fixe no pelo da sobrancelha e não
somente na pele. É muito comum encontrar no mercado moldes
que auxiliam a aplicação da henna, entretanto, esses formatos são
genéricos e deixam a aparência um tanto quanto artificial, opte por
aplicar o produto seguindo o formato original de cada sobrancelha,
melhorando sutilmente o formato sem que o cliente se pareça com
outra pessoa.
Quarto: espere 20 minutos para que o produto aja por completo.
Quinto: retire o excesso do produto com algodão embebido em
água e retire totalmente o produto.
Sexto: descarte a henna que sobrar e limpe adequadamente
todos os recipientes caso não sejam descartáveis, nunca se
deve reutilizar produtos que já foram preparados para atender
outro cliente.

Para saber mais


Apesar de natural, a henna pode prejudicar a pele se misturada com
pigmentos artificiais, conheça os casos em que a henna pode causar
alergias na pele:
<https://estilo.uol.com.br/beleza/noticias/redacao/2016/11/29/alergia-
a-tatuagem-de-henna-e-comum-quando-nao-utilizado-o-material-
puro.htm>. Acesso em: 25 abr. 2018.

Questão para reflexão


Qual a duração da henna nas sobrancelhas? E o que se pode indicar ao
cliente para que a durabilidade seja maior?

112 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Atividades de aprendizagem
1. A henna surgiu para adornar o corpo, na Índia a tatuagem com henna
é um costume milenar de embelezamento e muito usada por mulheres
para enfeitar seus corpos em épocas de festividades. A partir dessas
informações, considere o contexto abaixo:

I) Serve como concepção mística da cultura, seja para representar


fertilidade, religiosidade, sedução, sorte, destino ou casamentos.
II) É utilizada em cerimonias fúnebres onde o nome do marido morto é
tatuado em sua viúva.
III) Pode ser tatuado com henna o nome do marido em sua futura esposa,
no dia do casamento.
IV) A henna enquanto planta, também pode ser utilizada para fins
medicinais, diminuindo a temperatura do corpo humano.

Assinale abaixo a alternativa que corresponde as afirmativas corretas:

a) Somente I, II e III.
b) Somente I e III.
c) Somente I.
d) Somente I, III e IV.
e) Somente I e IV.

2. No Oriente Médio, a expressão corporal artística que a henna traz é


chamada de , que significa pintura em forma de
, que enfeitam os corpos ,
especialmente nos pés e nas mãos.
Preencha as lacunas com as alternativas corretas:

a) mehendi, renda, femininos.


b) renda, mehendi, femininos.
c) renda, inemis, femininos.
d) lawsonia, renda, masculinos.
e) mehendi, renda, masculinos.

Fique ligado

O profissional da área da estética, em especial o designer


de sobrancelha, deve se atentar a alguns detalhes antes de

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 113


desempenhar seu trabalho. Por exemplo, a escolha da pinça é
fundamental na hora desse procedimento, é necessário dominar o
uso de cada uma delas para que o procedimento seja indolor e o
menos incômodo possível.
É recomendado que as pinças sejam adquiridas em lojas
especializadas em produtos profissionais, já que existem muitas
opções de marcas e tecnologias modernas. Como acontecem com
os alicates de cutículas, as pinças também perdem o fio, quando
isso acontecer, elas precisam ser descartadas para o cliente não
sentir dor.
Para que o profissional desenvolva um bom trabalho, é preciso
que ele entenda sobre formatos de sobrancelhas e suas tonalidades
combinadas com a pele de cada indivíduo. É necessário também
que as sobrancelhas estejam limpas (no sentido de retirar os pelos
em excesso) quando a henna for aplicada em seu cliente, para que
o resultado final seja relamente gratificante e embelezador.
A escolha do produto é importante tendo em vista que, de
acordo com o tipo de pele de cada cliente, a reação e o resultado
final pode mudar em vista das diferentes marcas. Outro aspecto
muito importante é considerar o tipo e o formato da sobrancelha
de seu cliente, já que existem alguns moldes que são oferecidos no
mercado de embelezamento e que são genéricos, podendo tornar
o formato das sobrancelhas muito artificial.

Para concluir o estudo da unidade

A partir de todas essas informações, quando você, aluno, estiver


atuando no mercado de trabalho, antes de qualquer procedimento,
seja um design de sobrancelhas ou uma aplicação de henna, será
necessário avaliar algumas características, como tonalidades de
pele, formatos de sobrancelhas, formatos dos olhos e a cor da henna.
Identificar os formatos distintos nos indivíduos direciona e facilita o
trabalho do profissional, considerando que as sobrancelhas são a
moldura dos nossos olhos e têm muita relevância na expressão do
rosto, na maioria das vezes, é necessário que o olhar seja mais leve
e, por isso, é necessário que o profissional reconheça todos os
formatos e características que a pessoa carrega no rosto e como
será possível harmonizar seu olhar e toda expressão.

114 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Atividades de aprendizagem da unidade

1. Atualmente, a henna é também muito utilizada em países ocidentais,


especialmente para colorir as sobrancelhas e, para isso, existem diversas
tonalidades e evolução acerca desse produto. Dessa forma, leia as
proposições a seguir e coloque V para verdadeiro e F para falso.

( ) Os pelos possuem algumas variações de coloração.


( ) A duração da henna na sobrancelha é muito maior que 30 dias.
( ) As variações de cor podem oscilar de acordo com a variação genética.
( ) É preciso ter muito cuidado com a henna por ter muitos pigmentos
que apresentam riscos a saúde.

Assinale a alternativa que contemple a sequência correta:

a) V, V, F, V
b) F, V, F, V
c) V, V, F, F
d) V, F, V, F
e) F, F, F, V

2. Para um efeito mais duradouro da henna, são necessárias algumas


recomendações que atendam os diferentes clientes e suas especificidades.
Esses cuidados poderão além de prolongar a duração, ficar mais tempo
com um aspecto natural. Leias as proposições a seguir que contempla
esse contexto:

I. Não lavar excessivamente.


II. Não utilizar cremes e tônicos.
III. Utilizar somente demaquilante na região.
IV. Utilizar somente cremes à base de álcool em gel.

Assinale abaixo a alternativa que corresponde às afirmativas corretas:

a) Apenas I, II e III estão corretas.


b) Apenas I e IV estão corretas.
c) Apenas II, III e IV estão corretas.
d) Apenas I e II estão corretas.
e) Apenas III e IV estão corretas.

U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha 115


3. A probabilidade de ocorrer uma alergia ou irritação na pele é muito
, já que o produto é e feito
também para essa finalidade. O pigmento, por ser elaborado a partir de
uma , não apresenta riscos à saúde.

a) pequena, natural, planta. d) grande, natural, tinta.


b) grande, artificial, mistura. e) pequena, límpido, mistura.
c) pequena, natural, flor.

4. É o processo que se dá por meio da pigmentação da pele e se assemelha


a tatuagem, essa técnica é muito procurada para as sobrancelhas e o
indivíduo pode corrigir falhas, alongar, afinar, engrossar ou simplesmente
dar forma para as sobrancelhas. Considerando a técnica apresentada,
analise as asserções a seguir:

I. Esse procedimento é feito com um aparelho chamado dermógrafo.


II. O pigmento é inserido na camada subepidérmica da pele.
III. A técnica pode durar de 3 a 6 anos, já que atinge a segunda camada
da pele.
IV. É necessário o aguardo de 15 a 30 dias para executar um retoque.

Após a análise das afirmativas, assinale apenas a alternativa correta:

a) Apenas I, II e III. d) Apenas I, III e IV.


b) Apenas III e IV. e) Apenas II e IV.
c) Apenas I, II e IV.

5. Para executar o design de sobrancelhas é preciso escolher um


lugar , instrumentos ,
e adequados, eles são essenciais para um bom
trabalho, o designer deve usar , luvas, e materiais
específicos para essa função.

De acordo com esse contexto preencha as lacunas com as


seguintes asserções:

a) arejado, reutilizáveis, limpos, óculos


b) arejado, novos, limpos, jaleco
c) iluminado, afiados, lavados, óculos
d) limpo, reutilizáveis, novos, máscaras
e) iluminado, limpos, esterilizados, máscaras

116 U3 - Técnicas de embelezamento da sobrancelha


Referências
BARBOSA, Luciane da Silva. Conceitos e práticas em imagem pessoal. Londrina:
Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2017.
______. Imagem Pessoal e visagismo. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional
S.A, 2017.
CASOTTI, Letícia. O tempo da beleza: consumo e comportamento feminino, novos
olhares. Rio de Janeiro: SENAC Nacional, 2008.
DAWBER, Rodney; NESTE, Dominique Van. Doenças dos cabelos e do couro
cabeludo. São Paulo: Manole, 1996.
GUIRRO, E; GUIRRO, R. R. Fisioterapia dermato funcional: fundamentos, recursos,
patologias. 3. ed. São Paulo: Manole, 2004.
JAMESON, Frederic. Pós-modernismo, a lógica cultural do capitalismo tardio. São
Paulo: Ática, 1996.
MARTINEZ, Valquíria. Mistérios do rosto: manual de fisiognomonia. 4. ed. São Paulo:
Madras, 1997.
HALLAWELL, Philip. Visagismo, harmonia e estética. São Paulo: Editora SENAC São
Paulo, 2008.
______. Visagismo integrado: identidade, estilo e beleza. São Paulo: Editora
SENAC, 2009.
ZANI, Rolando. Beleza e autoestima. São Paulo: Revinter, 1998.
______. Beleza, saúde e bem-estar. São Paulo: Saraiva, 1995.
Unidade 4

Técnicas de epilação
e depilação
Mariana Prado Bravo

Objetivos de aprendizagem
Caro aluno, nesta unidade você aprenderá sobre aspectos
gerais da depilação e epilação. Os padrões de beleza estipulados
pela sociedade fizeram com que o mercado desenvolvesse
muito essas técnicas. Atualmente é possível encontrar diversos
tipos de procedimentos que visam a remoção dos pelos, por
isso vamos estudar de forma mais detalhada esse importante
nicho do mercado estético.

Seção 1 | A história da depilação

Primeiramente compreenderemos acerca da história da


depilação. A técnica não é atual, pois já era utilizada pelos povos
egípcios. Assim, analisaremos como a depilação se dava nos tempos
remotos e o momento em que esse método passou a ter relação
com o campo estético.

Seção 2 | Fisiologia do folículo piloso

Ao compreender um pouco mais sobre a história da depilação,


se faz necessário estudar sobre a parte fisiológica. Por isso,
estudaremos sobre a fisiologia do folículo piloso, de onde cresce
o pelo, e as fases do crescimento, a fim de ficar claro como os
procedimentos estéticos para remoção do pelo funcionam e como
as fases influenciam nisso.
Seção 3 | Técnicas de epilação e depilação

Nesta seção, adentraremos nas técnicas do mercado da


depilação e compreenderemos a diferença entre os termos
depilação e epilação. Nesse vasto mercado, estudaremos os
métodos de epilação, sendo eles, a epilação por cera, laser, luz
pulsada, eletrólise, pinça ou linha e as técnicas de depilação por
lâminas ou cremes depilatórios.

Seção 4 | Alterações cutâneas

Por fim, estudaremos brevemente acerca das alterações


cutâneas que podem ocorrer após os processos de depilação e
epilação, adentrando no campo da foliculite, encravamento dos
pelos e hiperpigmentação pós-inflamatória. Concluindo a unidade
aprenderemos as patologias e as alterações no folículo piloso.
Introdução à unidade
Olá, aluno, seja bem-vindo a unidade de Técnicas de epilação
e depilação. Com a mudança estipulada pela sociedade no que se
refere aos padrões de beleza, vemos uma busca incessante pelas
soluções aos problemas relacionados à insatisfação corporal e
facial. Assim, na tentativa de satisfazer esse exigente mercado, o
campo estético se desenvolveu de maneira significante.
As técnicas de depilação e epilação foram aprimoradas para
atender os clientes, pois, além da beleza, esses procedimentos
são considerados formas de manutenção da higiene corporal,
visto que em países tropicais como o Brasil, as altas temperaturas
e a constante exibição do corpo exigem a remoção dos
indesejáveis pelos.
Assim, na Seção 1 estudaremos sobre a história da depilação,
visto que a mesma é utilizada desde os tempos remotos e é
relacionada com a estética. Já na Seção 2, trataremos sobre a
fisiologia do folículo piloso e sobre as fases do crescimento do pelo,
já que essas fases influenciam diretamente nas técnicas de epilação,
principalmente com laser e luz pulsada.
A Seção 3 será responsável por demonstrar as técnicas de
epilação e de depilação, bem como por demonstrar a diferença
entre esses termos. Dentre as técnicas de epilação, estudaremos
a epilação por cera, laser, luz pulsada, eletrólise, pinça ou linha, já
sobre as técnicas de depilação estudaremos o uso de lâminas e
cremes depilatórios.
Na Seção 4 estudaremos as alterações cutâneas que podem
surgir após a depilação ou epilação, sendo elas, a foliculite, o
encravamento dos pelos e a hiperpigmentação pós-inflamatória.
Por fim, será estudado sobre as patologias e alterações no folículo
piloso que podem necessitar de encaminhamento médico.
Essa disciplina foi estruturada para atender os profissionais da
área de estética e trazer as informações mais relevantes sobre o
tema, com o intuito de melhorar a compreensão sobre o assunto e
capacitar os profissionais para o mercado.
Seção 1
A história da depilação
Introdução à seção

A história da depilação vem de tempos remotos. Há relatos que,


com intuitos estéticos e de beleza, as mulheres no Egito Antigo já se
depilavam e utilizam a cera. Assim, os egípcios foram os primeiros
povos a realizarem uma mistura de argila e mel de abelha para a
formação do produto.
Já no Brasil, os relatos sobre a depilação são diferentes. Os
indígenas, da tribo Xavantes, não faziam uso da cera para retirada dos
pelos, mas sim dos próprios dedos para arrancá-los em pequenas
áreas como as sobrancelhas.
A depilação, muito além dos fins estéticos, possui uma importância
cultural, social ou mesmo religiosa e é tratada de maneira singular
por cada cultura. A técnica deixou de ser considerada uma vaidade
e passou a ser tratada como uma forma de higiene pessoal,
principalmente em países com altas temperaturas, como o Brasil,
onde há maior exposição do corpo em diversos períodos do ano.
O mercado se desenvolveu de forma considerável. A área que
inicialmente era predominantemente feminina, hoje atende também
ao público masculino, visto que a população, de forma geral, busca
cada vez mais atender aos padrões estéticos

1.1 | A relação da estética com a depilação

A busca pelo padrão de beleza não é atual. Essa ideia inspirou


até mesmo a mitologia grega, que nada mais é do que um conjunto
de narrativas sobre os gregos antigos. Alguns estudiosos modernos
mencionam que ao compreender um mito grego, é possível
entender como a sociedade grega vivia e se comportava na época.
Entre um dos mitos conhecidos, está o de Narciso que reflete a
constante busca pela beleza. A história conta que Narciso era filho

122 U4 - Técnicas de epilação e depilação


do deus do rio, Cefiso, com uma ninfa chamada Liríope e, dias antes
de seu nascimento, seus pais procuraram o oráculo Tirésias para
saber qual seria o destino do filho. O oráculo informou que a criança
teria vida longa, desde que nunca visse seu próprio rosto.
Narciso era um belo jovem e despertava paixão em diversas
pessoas, porém, era muito arrogante e orgulhoso. Assim, as mulheres
que foram menosprezadas por ele pediram a deusa Némesis para
vingá-las. A deusa condenou Narciso a se apaixonar por seu próprio
reflexo, o que aconteceu quando ele se viu nas águas de um rio. Daí
surgiu o termo narcisismo, um conceito da psicanálise para falar da
pessoa que tem um excesso de admiração por si mesma.
Assim, nota-se que a busca pela beleza vem de muito tempo
atrás e se modifica de acordo com a época, moda e tempo em
que se vive. Ademais, os meios de comunicação acabam por criar
e idealizar determinadas pessoas como ícones de beleza de cada
sociedade, região ou país, visto que os padrões podem variar de um
lugar para o outro.
Nas civilizações antigas, a representação da beleza feminina se
dava pela deusa Vênus, e requisitos relacionados à fertilidade eram
muito valorizados na figura feminina. O padrão de beleza vai se
adequando com o passar do tempo e a mudança da sociedade, o
que interfere na imagem de homens e mulheres.

Figura 4.1 | deusa Vênus

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/foto/v%C3%AAnus-em-pomp%C3%A9ia-gm459921027-31364942>. Acesso


em: 4 maio 2018.

U4 - Técnicas de epilação e depilação 123


A constante busca por atingir o padrão de beleza estipulado
pela sociedade acaba por distorcer o que realmente deveria ser
valorizado, por exemplo, o caráter, pois se preocupa apenas com os
padrões, com a valorização do status social e, consequentemente,
com a valorização exacerbada dos bens materiais.
Atualmente, com o acesso quase imediato a diversas
informações, ao surgimento de novas profissões relacionadas à
promoção da beleza e de marcas, juntamente com o grande acesso
e desenvolvimento dos meios de comunicação que atingem todos
os públicos, a beleza se torna cada vez mais valorizada, o que acaba
movimentando a economia local e mundial no mercado estético.
As grandes marcas usam como estratégia de marketing os
padrões de beleza e os meios de comunicação em massa para
vender seus produtos e atingir um grande público. Além disso, as
chamadas digital influencers, que muitas vezes são consideradas
padrões de beleza, realizam permutas com marcas de produtos
estéticos, roupas, etc., em troca da divulgação da marca, estimulando
o consumo.
Assim, na busca e manutenção pela beleza, cresce a procura
pela prática dos exercícios físicos, procedimentos estéticos dos mais
variados, cirurgias plásticas, tratamentos e cuidados com os cabelos,
maquiagens e também os processos epilatórios e depilatórios.
Conforme mencionado anteriormente, a depilação é uma
técnica muito antiga e resulta no corte da haste dos pelos para
deixar a pele com uma melhor aparência, sem os indesejados pelos,
e para a manutenção da higiene corporal. Define-se, portanto, a
depilação como o ato de retirar ou cortar parcialmente os pelos do
corpo ou da face, através de procedimentos físicos ou químicos.
Devido ao aumento do público nesse nicho do mercado,
a exigência pelo desenvolvimento e aprimoramento dos
procedimentos é cada vez maior. Como exemplo disso, é muito
comum a procura de homens que substituem a depilação facial
com lâminas de barbear por procedimentos epilatórios com cera,
laser ou luz pulsada.

124 U4 - Técnicas de epilação e depilação


Figura 4.2 | Luz pulsada na região da barba

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/foto/terapia-a-laser-antienvelhecimento-masculino-
gm674966000-123758021/>. Acesso em: 4 maio 2018.

Questão para reflexão


Os padrões de beleza variam de acordo com a sociedade e o tempo em
que vivemos. Você consegue realizar distinções do que era valorizado
como padrão de beleza nos tempos remotos e atualmente?

Para saber mais


Acesse o link a seguir para ler mais acerca da história da depilação
e a atual polêmica dos pelos em relação ao movimento feminista.
Disponível em: <https://oglobo.globo.com/sociedade/historia/tecnica-
inventada-no-egito-na-grecia-antiga-depilacao-hoje-questionada-
pelo-movimento-feminista-15531359>. Acesso em: 4 maio 2018.

U4 - Técnicas de epilação e depilação 125


Atividades de aprendizagem

1. Muitas pessoas acreditam que a depilação é uma técnica atual, porém,


sabemos que tal informação é inverídica e que povos antigos já faziam
uso desse procedimento. Após a leitura da seção, quais técnicas eram
utilizadas pelos povos egípcios e indígenas?

2. Há alguns anos, a depilação era um mercado destinado praticamente


apenas para o público feminino, contudo, hoje o mercado também engloba
o público masculino. Sabendo da crescente procura pelo procedimento
estético, explique qual é a definição da palavra depilação e como são
chamados os dois procedimentos possíveis de depilação?

126 U4 - Técnicas de epilação e depilação


Seção 2
Fisiologia do folículo piloso
Introdução à seção

Nesta seção, você estudará sobre a fisiologia do folículo piloso e


sobre as fases de crescimento do pelo.
O folículo piloso é a cavidade por onde o pelo nasce. Ele se
forma em razão de um crescimento de células da epiderme em
direção à derme. Na parte inferior do folículo ficam vasos sanguíneos
responsáveis pela nutrição do pelo que se formará no interior da
cavidade. Logo acima desses vasos é onde ocorre a formação
do bulbo piloso, ou seja, a raiz do pelo. Já na inserção dermo-
epidérmica é onde se localiza o músculo que causa as sensações
de "arrepio", chamado de músculo eretor do pelo.
O crescimento do pelo se dá em razão de um processo de
mitose do folículo. Através do bulbo, que é a parte viva do pelo, o
fio se forma pela queratinização de células da matriz germinativa
que morrem e crescem até a parte exterior da pele.
Figura 4.3 | Folículo piloso

Haste
Músculo eretor
Nervo do pelo
Medula
Glândula Córtex
Glândula sudorípara
sebácea
Raiz do
pelo Cutícula
Pelo no
folículo
piloso Vasos
sanguíneos
Papíla
dérmica
Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/vetor/diagrama-de-fol%C3%ADculo-de-cabelo-em-uma-
se%C3%A7%C3%A3o-transversal-da-pele-camadas-gm499571577-42573472>. Acesso em: 5 maio 2018.

U4 - Técnicas de epilação e depilação 127


2.1 | O pelo

Os pelos são importantes por diversos fatores. Uma das funções


mais conhecidas é a proteção térmica, contra o frio e o calor,
porém, o pelo possui outras funções. Dentre elas podemos citar a
dos pelos nas regiões das narinas, olhos e ouvidos que realizam a
proteção contra agentes externos, bem como a proteção contra a
radiação solar e propiciam o aumento da sensibilidade.
O pelo não é igual em todas as regiões do corpo, bem como nas
diferentes fases da vida. Em algumas regiões possuímos apenas uma
fina camada de pelos, praticamente invisíveis, e estes são chamados
de penugem.
Outra variação existente do pelo é chamada de lanugo, o
qual é encontrado apenas em bebês e caem por volta do oitavo
ou nono mês de gestação, visto que sua função é a de proteger
a criança dentro do meio líquido uterino, criando uma barreira
contra bactérias. Assim, quando o bebê nasce prematuramente, é
comum que essa camada de pelos ainda esteja presente, mas seu
desaparecimento já se dá nos primeiros meses de vida.

Figura 4.4 | Lanugo no recém-nascido

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/foto/preto-e-branco-imagem-embaralhada-traseira-do-beb%C3%AA-
rec%C3%A9m-nascido-gm182672335-1424152>. Acesso em: 5 maio 2018.

128 U4 - Técnicas de epilação e depilação


Existem também os pelos terminais que são mais grossos,
bastante visíveis, bem pigmentados e compridos. Esses pelos estão
localizados no couro cabeludo, nas axilas, nas sobrancelhas, na
barba, etc. A parte visível do pelo terminal é chamada de haste e
possui a raiz em sequência.
O pelo, da mesma forma que as unhas e glândulas sebáceas,
são estruturas anexas da pele, sendo composto por medula, córtex
e cutícula.
A medula se constitui pelo empilhamento de células mortas. Ela
é a parte mais interna do pelo e é responsável pela espessura dos
fios, sendo mais espessa em fios grossos e muitas vezes inexistente
nos fios muito finos.
O córtex possui células com aspecto de fibra. É nele também
que se encontra a melanina, responsável por determinar o pigmento
do pelo.
A cutícula é formada por células que não possuem pigmento e que
ao longo do tempo foram queratinizadas. Sua função é a de proteção,
visto que cria uma barreira contra os fatores externos, inclusive produtos
químicos, na intenção de proteger o córtex do pelo.
Figura 4.5 | A estrutura do pelo

Fonte: <https://profabiologia.files.wordpress.com/2010/04/imagem1.png>. Acesso em: 5 maio 2018.

U4 - Técnicas de epilação e depilação 129


O Bulbo piloso e a raiz do pelo não ficam visíveis, visto que o
primeiro está localizado na base do folículo e a raiz no interior do
folículo piloso. A parte visível é chamada de haste e a estrutura
responsável pelo crescimento do pelo é chamada de matriz
germinativa, que recobre uma região formada por tecido conjuntivo
onde estão vários vasos sanguíneos e as terminações nervosas,
formando assim a papila dérmica.
2.2 | Fases do crescimento do pelo
O pelo possui três fases de crescimento: anágena, catágena
e telógena.
• Fase Anágena: conhecida como a fase ativa de crescimento
do pelo. Essa fase pode se prolongar por meses ou até mesmo por
anos, visto que é nesse período que ocorrerá o crescimento do pelo.
• Fase Catágena: essa fase é quando ocorre a pausa na
multiplicação das células e na produção do pigmento melanina
pelos melanócitos, razão pela qual é também conhecida como fase
estacionária. Nesse período, o bulbo morre e se desprende da papila
dérmica. A duração desse período é em torno de três semanas.
• Fase Telógena: nessa fase um novo pelo nasce, porém, ainda é
fino e claro por possuir pouca pigmentação. Ao final desse estágio,
o pelo cai, dá lugar a um novo e o ciclo de crescimento do pelo
volta para a fase anágena. Essa fase dura em média seis semanas e
cerca de 10 a 13% dos pelos do corpo estão nessa fase.
Figura 4.6 | Fases do crescimento do pelo

Fonte: <https://all-low-cost.webnode.pt/produtos/epila%C3%A7%C3%A3o-a-laser/>. Acesso em: 7 maio 2018.

130 U4 - Técnicas de epilação e depilação


Atente-se que apesar das fases de crescimento do pelo, o
crescimento pode se dar de forma diferente em cada pessoa devido
aos fatores que podem influenciar esse ciclo, como a idade, o sexo,
o metabolismo, as alterações hormonais, o uso de medicamentos,
entre outros. Porém, ainda que o ciclo seja em momento
diferenciado, ele passará sempre pelas três fases.

Questão para reflexão


Estudaremos a seguir técnicas de epilação e depilação, no entanto,
apenas como uma reflexão, consegue compreender e criar uma relação
do porquê o profissional de estética deve compreender as fases de
crescimento do pelo e qual sua importância nas técnicas de depilação
a laser e luz pulsada?

Para saber mais


É sabido que a cutícula possui a função de proteção, pois cria uma
barreira contra os fatores externos até mesmo de produtos químicos. A
título de curiosidade, leia o estudo realizado sobre a composição mineral
do cabelo relacionada ao uso de tratamentos estéticos químicos.
Disponível em: <http://www.puc-rio.br/Pibic/relatorio_resumo2015/
resumos_pdf/ctc/QUI/Isabelle,Julia,Raiza,Gabrielle,Maria,Gabrielly.
pdf>. Acesso em: 7 maio 2018.

Atividades de aprendizagem

1. Conforme estudado, o pelo possui três fases de crescimento, em uma


delas ocorre o crescimento, em outra o repouso e, por fim, a queda.
Dentre as três fases apresentadas, cite duas e explique suas características.

2. Sabemos que em diversas fases da vida existem variações de pelos.


Estudamos os pelos terminais, lanugo ou penugem. Mencione as
características do lanugo e em que fase da vida eles podem ser encontrados?

U4 - Técnicas de epilação e depilação 131


Seção 3
Técnicas de epilação e depilação
Introdução à seção

Como vimos anteriormente, o pelo é responsável por diversas


funções para equilibrar o organismo, porém, em países tropicais
como o Brasil, com temperaturas elevadas, a estética costuma
prevalecer e a depilação é muito procurada.
Esse procedimento estético auxilia na manutenção do bem-estar
e também na higienização, visto que o excesso de pelo propicia o
aumento na quantidade de germes e bactérias na extensão cutânea,
e consequentemente, promove um odor forte.
Com o aumento da procura, o mercado se desenvolveu muito
nos procedimentos depilatórios e hoje é possível encontrar diversos
tipos de procedimentos, com diferentes faixas de preços. Assim,
estudaremos as técnicas de epilação e depilação.

3.1 | Epilação
No presente tópico falaremos sobre uma das técnicas de retirada
dos pelos, a epilação. Diferente da depilação, a epilação é o processo
de retirada completa do pelo do folículo piloso, fazendo assim, com
que a durabilidade do procedimento seja maior que a da depilação
que só realiza o corte da haste, a parte visível do pelo.
Atualmente, as técnicas disponíveis no mercado para epilação
são ceras, fotodepilação, lasers, eletrólise, linha e pinça. Esses
procedimentos, por serem mais profundos, podem ser doloridos e
causar alguns efeitos colaterais como irritação no local, infecção ou
uma tendência maior a encravar os pelos.

3.1.1 | Cera
O procedimento de retirada do pelo com o uso de ceras é o
mais comum e utilizado. Dentre as opções existentes, pode-se

132 U4 - Técnicas de epilação e depilação


utilizar a cera quente ou fria. A cera fria é mais utilizada em regiões
mais sensíveis do corpo, como a face, para evitar queimaduras na
pele. Já a cera quente é utilizada em regiões menos sensíveis, sendo
a retirada facilitada com esse tipo de cera, visto que o calor faz com
que ocorra uma ligeira dilatação do folículo piloso.
A epilação com cera deve ser sempre realizada por um profissional
qualificado, visto que alguns cuidados precisam ser adotados. Ao
utilizar cera quente, deve ser aquecida em uma temperatura que
se torne maleável e não deve queimar o cliente. O procedimento
com cera fria tende a ser mais doloroso por não dilatar o folículo
piloso, portanto, o profissional deve ser capacitado para tornar o
procedimento menos dolorido possível.
É importante salientar que em ambos tipos de epilação, o produto
deve ser descartado depois de utilizado, pois a reutilização poderia
gerar contaminação por bactérias que podem ficar no produto.
Figura 4.7 | Epilação com cera

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/foto/tratamento-de-depila%C3%A7%C3%A3o-gm847286644-139206549>.
Acesso em: 7 maio 2018.

3.1.2 | Epilação por laser


A epilação por laser é realizada por meio da fototermólise, onde se
provoca uma lesão térmica no local da aplicação. No procedimento

U4 - Técnicas de epilação e depilação 133


a laser, algumas partes do pelo captam mais a energia e o calor
produzido. Assim, tendo em vista que a melanina é uma substância
escura, pois dá cor ao pelo, ela capta mais luz que outras partes.
Como a melanina é encontrada no bulbo do pelo, o feixe de luz
acaba por atingir essa região, produzindo uma temperatura média
de 60º para causar a eliminação do pelo. Após o procedimento, é
preciso resfriar o local.
A técnica é indicada para pessoas com pelos escuros e pele
clara, para evitar que o laser atinja a melanina da pele.

3.1.3 | Fotodepilação ou luz pulsada

A técnica da fotodepilação ou luz pulsada é similar ao laser, mas


é feita por meio de flashes ou luz pulsada que também promovem o
aquecimento da raiz do pelo e gera uma atrofia no local. Ao término
do procedimento, o resfriamento do local também deve ser realizado
e a técnica é indicada para pessoas com muita sensibilidade.

Figura 4.8 | Fotodepilação

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/foto/cuidados-com-o-corpo-laser-remo%C3%A7%C3%A3o-de-
p%C3%AAlos-epilation-tratamento-alisar-a-pele-gm501419806-81312833>. Acesso em: 7 maio 2018.

134 U4 - Técnicas de epilação e depilação


3.1.4 | Epilação por eletrólise

Esse método, que comumente era utilizado na face, foi perdendo


espaço no mercado por ser um procedimento doloroso e pela
dificuldade na realização. Nessa técnica, o profissional utiliza um
aparelho e insere uma fina agulha no folículo piloso para emitir uma
corrente elétrica no local. Com a emissão da corrente acontece a
destruição da papila dérmica.

Figura 4.9 | Eletrólise

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/foto/man-at-the-beautician-gm673554338-123403601>. Acesso


em: 7 maio 2018.

3.1.5 | Epilação com pinça e com linha

A epilação com pinça é muito comum e utilizada para retirar pelos


de pequenas regiões, como a face e também para dar acabamento
a grandes regiões onde o pelo não foi devidamente retirado.
A epilação por linha é uma técnica semelhante à pinça e
comumente utilizada em regiões pequenas e delicadas para pessoas
com sensibilidade ou alergia as outras técnicas.

U4 - Técnicas de epilação e depilação 135


É importante frisar que para qualquer procedimento epilatório é
necessário um profissional qualificado, bem como a aplicação das
normas de higiene.

3.2 | Depilação
Agora estudaremos sobre a depilação. O termo é utilizado de
forma errônea na sociedade, visto que a depilação é o corte da haste
do pelo, e o termo é empregado como se consistisse em arrancar
o pelo, o que sabemos que é chamado de epilação, conforme
estudado anteriormente.
A depilação era um hábito muito comum nos primeiros anos do
século XX. A técnica era utilizada por homens para aparar a região
da barba e foi a partir dessa época que as mulheres passaram a
demonstrar interesse pelo procedimento, mas, devido a questões
conservadoras, elas depilavam apenas as sobrancelhas, visto que a
região axilar e da virilha não eram depiladas.
Na época, um revolucionário chamado King Camp Gilette
causou um grande impacto no mercado ao criar aparelhos de
barbear e lâminas descartáveis. Seus produtos e sua marca são
conhecidos e utilizados até os dias de hoje. O público masculino
é grande consumidor do produto, pois as lâminas proporcionam o
corte do pelo rente a pele.

Figura 4.10 | King Camp Gilette

Fonte: <http://worldkings.org/news/world-top/top-100-business-founders-in-the-world-no-68-king-camp-gillette-
gillette-company>. Acesso em: 7 maio 2018.

136 U4 - Técnicas de epilação e depilação


Com o surgimento das lâminas, as mulheres passaram a utilizá-las
e a se depilarem por questões estéticas e de manutenção da higiene.
A sociedade atual, tanto para atingir padrões estéticos, como para
fins de higiene, tem utilizado a técnica de maneira recorrente. Ainda
que de forma errônea, o mercado estético utiliza o termo depilação
para se referir a técnicas que na verdade se tratam de epilação. É
importante lembrar que a depilação é a técnica que realiza o corte
da haste do pelo e entre os procedimentos mais comuns estão o
uso de lâminas e cremes depilatórios.
Diferentemente dos procedimentos epilatórios, as técnicas de
depilação são usualmente realizadas pelo próprio cliente em seu
domicílio. Por realizar apenas o corte da haste do pelo rente a pele,
a depilação possui uma durabilidade pequena e pode-se perceber o
aparecimento do pelo dias após o procedimento.
A depilação possui duas classificações:
• Depilação física: refere-se ao corte do pelo através do uso da
lâmina, o que não provoca alteração na estrutura química ou
nenhuma alteração.
• Depilação mecânica: é realizada com produtos cosméticos
depilatórios que possuem componentes que vão destruir a estrutura
do pelo para que sofra a queda e seja eliminado.

3.2.1 | Depilação com lâmina


A depilação com lâmina é utilizada a domicílio, visto que não
exige uma capacitação de um profissional, já que é um meio prático
e de baixo custo.

É muito comum escutar que o uso de lâminas engrossa o pelo,


mas isso não é verdade. O que acontece é que ao serem raspados,
os pelos nascem sem ponta, o que causa a sensação de que o fio
está mais grosso.

A técnica evita que os pelos encravem, porém possui pouca


durabilidade já que eles não são arrancados desde a raiz.

O uso das lâminas exige que haja aplicação de algum produto


deslizante, como sabonete, para que a lâmina deslize sobre a pele. A
técnica deve ser realizada com suavidade e lentidão e a lâmina deve
ser descartada após a utilização.

U4 - Técnicas de epilação e depilação 137


Figura 4.11 | Depilação com lâmina

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/foto/pernas-femininas-metas-de-controle-manual-
gm476309104-65919321>. Acesso em: 7 maio 2018.

3.2.2 | Cremes depilatórios

A depilação com a utilização de cremes, como já vista


anteriormente, é chamada de depilação mecânica, pois o princípio
ativo dos cremes depilatórios altera a composição química do pelo
e provoca sua queda.

O produto também é muito utilizado nas residências, pois, para


realizar a depilação, é necessário apenas aplicar o produto e lavar a
pele com água alguns minutos depois para a retirada total do creme.

Assim como a lâmina, a durabilidade é pequena, pois os pelos


são cortados apenas rente a pele e voltam a crescer em alguns dias.

138 U4 - Técnicas de epilação e depilação


Figura 4.12 | Depilação com cremes depilatórios

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/foto/mulher-barbear-depilating-suas-pernas-gm147004089-12255506>.
Acesso em: 7 maio2018.

Questão para reflexão


Um paciente lhe procura e informa que deseja remover os pelos,
porém, devido a agitada rotina de trabalho, não possui tempo para
realizar manutenções semanais, além de informar que tem uma
enorme sensibilidade à dor. Qual técnica seria a adequada para indicar
ao paciente, a epilação ou depilação? Quais dos procedimentos
seriam indicados?

Para saber mais


Para saber mais sobre as técnicas de epilação por luz pulsada e laser,
assista ao vídeo a seguir. Disponível em: <https://www.youtube.com/
watch?v=viHy42NOMAY>. Acesso em: 7 maio 2018.

U4 - Técnicas de epilação e depilação 139


Atividades de aprendizagem

1. O termo depilação é utilizado erroneamente no mercado estético,


pois já é um termo de conhecimento geral. Sabemos que existe diferença
entre as técnicas de depilação e epilação. Conceitue as duas técnicas,
apontando suas distinções.

2. Dentre os métodos de depilação estão a epilação a laser e por


eletrólise. Como profissional, identifique quais as diferenças entre esses
dois procedimentos e para quais casos eles são recomendados.

140 U4 - Técnicas de epilação e depilação


Seção 4
Alterações cutâneas
Introdução à seção

Devido a infinidade de procedimentos existentes, se faz


necessário entender as alterações cutâneas que a depilação ou
epilação podem causar. Assim, estudaremos sobre a foliculite, o
encravamento de pelos, a hiperpigmentação pós-inflamatória e, por
fim, as patologias e alterações no folículo piloso.

4.1 | Alterações cutâneas pós-depilação


e epilação

Nesta unidade veremos algumas reações que podem acontecer


após os procedimentos de depilação ou epilação, tanto pela
agressividade das técnicas como até mesmo pela sensibilidade da
pele do cliente.

99 Foliculite: trata-se de uma inflamação do folículo piloso pela


presença de bactérias da própria pele. Nossa pele possui diversas
bactérias, podendo ser residentes que sempre estão na pele, ou as
bactérias transitórias que se colonizam devido a algum fator externo,
como imunidade de cada pessoa, umidade cutânea, pH cutâneo,
entre outros. Os sintomas são idênticos ao de uma inflamação,
podendo-se notar calor, vermelhidão, dor, eritema e edema. A
presença de foliculite é muito comum após procedimentos de
epilação, mas pode ocorrer em qualquer região do corpo.

U4 - Técnicas de epilação e depilação 141


Figura 4.13 | Foliculite

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/foto/pedras-na-pele-de-hidromassagem-folliculitis-
gm175452861-20458955>. Acesso em: 7 maio 2018.

99 Encravamento dos pelos: pode acontecer após técnicas de


processos epilatórios e depilatórios. Isso acontece porque após a
depilação, quando o pelo volta a crescer, ele pode se curvar na pele,
o que dificulta sua saída e provoca um processo inflamatório no
local. Outra causa possível para o encravamento é quando ocorre
um excesso de células queratinizadas na pele.

Figura 4.14 | Pelos encravados

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/foto/macro-com-travas-gm141339922-19545520>. Acesso em: 7 maio 2018.

142 U4 - Técnicas de epilação e depilação


99 Hiperpigmentação pós-inflamatória: como o próprio nome
sugere, a hiperpigmentação é o escurecimento da pele em
decorrência de uma inflamação no local. Isso ocorre visto que em
processos inflamatórios ocorre um desequilíbrio no mecanismo
enzimático que controla o processo de pigmentação cutânea.
Com o procedimento de depilação ou epilação, pode ocorrer o
escurecimento da região em qualquer fototipo, devido a agressão
provocada na pele. Entre os locais mais comuns e propensos ao
escurecimento estão a região axilar e inguinal. Para solucionar
o problema, é necessário o uso de despigmentantes, ou seja,
substâncias que agem diretamente nos processos melânicos
alterando a produção e a distribuição do pigmento melanina nas
camadas da pele, como o ácido ascórbico, comumente chamado de
vitamina C que age na despigmentação do local. Além de promover
efeito antioxidante, essas substâncias podem proporcionar o
controle do problema por meio da descamação ou dos processos
de pigmentação cutânea.

Figura 4.15 | Hiperpigmentação pós inflamatória

Fonte: <http://www.vix.com/pt/bdm/beleza/como-tirar-mancha-escura-das-axilas>. Acesso em: 7 maio 2018.

4.2 | Patologias e alterações no folículo piloso

O folículo piloso pode apresentar diversas alterações, as mais


comuns são:

U4 - Técnicas de epilação e depilação 143


4.2.1 | Foliculites

99 A foliculite, como já mencionado, é a inflamação do folículo


piloso decorrente de bactérias presentes na própria pele.

Figura 4.16 | Foliculite

Fonte: <http://natural.enternauta.com.br/tag/foliculite/>. Acesso em: 7 maio 2018.

A foliculite pode se dar de diferentes formas. As variações


possíveis são:

99 Foliculite superficial: são lesões que geralmente acometem


regiões como o tronco, couro cabeludo e pescoço por serem
regiões com grande quantidade de pelo. Elas formam uma pequena
pústula, seguida de crosta e podem se tornar crônicas ou ocorrer
de forma aleatória.

99 Foliculite por fungo: a foliculite é geralmente decorrente


de bactérias, porém, essa variação é provocada pelo fungo
Pityrosporum orbiculare e se forma em regiões como os ombros e
tronco, provocando uma lesão papulopustular.

99 Sicose da barba: É uma lesão crônica que ocorre na região da


barba, visto que o pelo se localiza entre a lesão pustulosa.

144 U4 - Técnicas de epilação e depilação


Figura 4.17 | Sicose da barba

Fonte: <https://www.istockphoto.com/br/foto/extreme-detalhe-de-homem-caucasiano-com-stub-contraindo-a-
espinha-cut%C3%A2nea-gm526948639-53003892>. Acesso em: 07 maio. 2018.

99 Pseudofoliculite: são os pelos encravados. Essa lesão é comum


e crônica e ocorre em função de pápulas inflamatórias. No público
feminino, essa lesão é corrente em locais que sofrem constante
depilação, como na região inguinal e axilar. Já nos homens, a lesão
é mais comum em fototipos de pele escura e na região da barba.
Figura 4.18 | Pseudofoliculite

Fonte: <http://www.gazetadebeirute.com/2013/02/foliculite.html>. Acesso em: 7 maio 2018.

U4 - Técnicas de epilação e depilação 145


4.2.2 | Furúnculo

99 Furúnculo: a bactéria causadora do furúnculo é chamada de


estafilococos. Nessa espécie de lesão ocorre uma infecção do
folículo piloso e da glândula sebácea pela bactéria mencionada. Em
função da infecção ocorre a formação de um nódulo que apresenta
vermelhidão ao redor, pus e é bastante doloroso. Essa infecção
pode ocorrer em diversas regiões do corpo.

Figura 4.19 | Furúnculo

Fonte: <http://alergodermatologia.blogspot.com.br/2009/08/furunculo.html>. Acesso em: 7 maio 2018.

4.2.3 | Hipertricose

99 A hipertricose é decorrente de uma alteração genética e é


popularmente conhecida como "Síndrome do lobisomem" por
causar um aumento acentuado de pelos por todo o corpo.

146 U4 - Técnicas de epilação e depilação


Figura 4.20 | Hipertricose

Fonte: <http://esteticaty.wixsite.com/patologias/single-post/2015/10/03/Hipertricose>. Acesso em: 7 maio 2018.

4.2.4 | Hirsutismo
99 Hirsutismo: decorre em função de um desequilíbrio hormonal.
Por essa razão, pelos com aspecto masculino começam a crescer
em mulheres. As regiões mais afetadas são a região do queixo,
região pubiana e ao redor dos mamilos. Outras características que
podem ser notadas é o engrossamento da voz, virilização e calvície.
Essa alteração necessita de acompanhamento médico.

Figura 4.21 | Hirsutismo

Fonte: <http://esteticaty.wixsite.com/patologias/single-post/2015/10/03/Hipertricose>. Acesso em: 7 maio 2018.

U4 - Técnicas de epilação e depilação 147


4.2.5 | Tricotase espinulosa

99 Essa alteração no folículo piloso se dá pela presença de mais


de um pelo por folículo e podem ser localizadas em diversas áreas
do corpo.

Dessa forma, é possível concluir que processos depilatórios


podem agravar alterações no folículo piloso. Assim, se alguma
das alterações for identificada pelo profissional, o cliente deve ser
encaminhado a um dermatologista.

Questão para reflexão


Note que apesar das diversas técnicas existentes no mercado, elas
devem ser sempre realizadas por profissionais qualificados para tentar
evitar, ao máximo, as alterações cutâneas pós depilação.

Para saber mais


Para ampliar seus conhecimentos sobre o tema, realize a leitura do
artigo a seguir. FLORES, C. B.; FLORES, L.; COMIM, F. V. Hirsutismo:
avaliação e princípios do tratamento. Revista da AMRIGS, Porto Alegre,
v. 57, n. 3, jul-set., p. 232-239, 2013. Disponível em: <http://www.amrigs.
org.br/revista/57-03/1216.pdf>. Acesso em: 7 maio 2018

Atividades de aprendizagem

1. Estudamos sobre as patologias e alterações cutâneas pós-depilação.


Dentre uma delas está a foliculite. Quais as características dessa alteração?

2. A foliculite possui várias formas. Mencione cada uma delas quando


ocorre essa alteração cutânea e as explique brevemente.

148 U4 - Técnicas de epilação e depilação


Fique ligado

Nesta unidade você conheceu as técnicas de epilação e


depilação, compreendendo desde seu surgimento e utilização
pelos povos antigos; a relação do procedimento com a estética e a
busca constante por atingir os padrões de beleza. Estudou também
sobre o pelo e a fisiologia do folículo piloso, bem como as fases de
seu crescimento, que se dividem em anágena, catágena e telógena.
Por fim, aprendeu sobre as técnicas e a diferença do termo epilação
e depilação e as possíveis alterações cutâneas que podem surgir
após o procedimento, além das patologias existentes e relacionadas
as alterações no folículo piloso.

Para concluir o estudo da unidade

Caro aluno, nesta unidade você pôde conhecer importantes


aspectos relacionados à área da epilação e depilação. É
muito importante que o profissional da área de estética tenha
um conhecimento amplo sobre os principais tratamentos e
procedimentos que podem ser oferecidos e que tem maior procura
no mercado. Ademais, é muito relevante conhecer as patologias e
as alterações no folículo piloso para que o profissional saiba atuar
dentro de seus limites e realize encaminhamento para médicos
quando necessário. Como forma de ampliar e aprimorar seus
conhecimentos, realize uma leitura cuidadosa do material e esteja
atento as informações e conteúdo extra que você pode encontrar
nos links para saber mais.

Atividades de aprendizagem da unidade

1. O pelo não é igual em todas as fases da vida, ele apresenta algumas


variações, dentre elas temos os pelos terminais, lanugo ou penugem.
Assinale a alternativa que indica as características da penugem.

a) A penugem pode ser encontrada em recém-nascidos e recobrem toda


a extensão da pele do bebê, pois atuam como uma camada de proteção.

U4 - Técnicas de epilação e depilação 149


b) Os pelos localizados na região axilar e pubiana são denominados
de penugem.
c) Uma das principais características da penugem são os pelos longos
e espessos.
d) A penugem é composta por fibras capilares longas e escuras.
e) A penugem é caracterizada por ser uma fina camada de pelos,
praticamente incolor que se apresenta em algumas regiões do corpo.

2. Existem patologias que atingem o folículo piloso e geram algumas


alterações. Dentre essas patologias podemos identificar a hipertricose.
Assinale a alternativa incorreta acerca dessa patologia:

a) A hipertricose é popularmente conhecida como "Síndrome do lobisomem".


b) Essa patologia tem como característica a presença de pelos, com
aspecto de pelos masculinos, em mulheres.
c) A hipertricose é decorrente de uma alteração genética.
d) Uma das características da hipertricose é o crescimento acentuado de
pelos por todo o corpo.
e) A hipertricose pode provocar uma diminuição da autoestima de quem é
acometido e essa alteração não possui cura.

3. Profissionais da estética devem estar atentos as diversas mudanças


e opções de técnicas que surgem no mercado. Sabemos que a fase do
crescimento do pelo é muito importante para alguns procedimentos de
epilação. Assim, relacione as colunas a seguir e indique o nome correto da
fase e suas características.

(1) Fase Anágena


(2) Fase Catágena
(3) Fase Telógena

( ) Nessa fase ocorre o nascimento de um novo pelo, porém ele é fino e


com pouca pigmentação. Ao final desse processo, o pelo cai e dá lugar a
um novo ciclo. A duração dessa fase é de cerca de seis semanas.
( ) Chamada de fase ativa de crescimento do pelo é a que possui maior
durabilidade, podendo perdurar por anos. É nesse período que ocorrerá o
crescimento do pelo.
( ) Além de seu nome, pode ser chamada de fase estacionária, pois é nesse
período que as células param de se multiplicar e também se interrompe
a produção do pigmento melanina, razão pela qual o bulbo morre e se
desprende da papila dérmica.

150 U4 - Técnicas de epilação e depilação


A ordem que apresenta o nome e as características das fases corretamente é:

a) 1; 2; 3.
b) 3; 2; 1.
c) 3; 1; 2.
d) 2; 1; 3.
e) 2, 3, 1.

4. Dentre as técnicas para remoção de pelo estão os procedimentos de


epilação e de depilação. Assinale a alternativa que NÃO é considerada uma
técnica de epilação.

a) Remoção dos pelos através da eletrólise.


b) Procedimento de luz pulsada.
c) Uso de cremes depilatórios.
d) Aplicação de cera para remoção dos pelos.
e) Uso de linha ou pinça.

5. Assinale a alternativa incorreta acerca da estrutura do pelo:

a) O pelo é uma estrutura anexa da pele e é constituído por medula, córtex


e cutícula.
b) O córtex do pelo é caracterizado por um aspecto de fibra e é onde se
localiza a melanina.
c) O pelo possui uma parte visível e outra não visível. A parte visível é
chamada de bulbo e a não visível é chamada de haste.
d) A medula do pelo é constituída por células mortas empilhadas.
e) As células que formam a cutícula não possuem pigmento.

U4 - Técnicas de epilação e depilação 151


Referências
FISCHER, A. F.; PHILIP, K.; MACEDO, C. A. A importância do visagismo para a construção
da imagem pessoal. Disponível em: <http://siaibib01.univali.br/pdf/Ana%20Flavia%20
Fischer,%20Karine%20Phillipi.pdf>.
GUIRRO, E.; GUIRRO, R. Fisioterapia dermato-funcional. 3. ed. São Paulo: Manole, 2004.
HALLAWELL, P. Visagismo: harmonia e estética. São Paulo: Senac, 2008.
KAMIZATO, K. K. Imagem pessoal e visagismo. 1. ed. São Paulo: Érica, 2014.
MATOS, P. S. Cosmetologia aplicada. 1. ed. São Paulo: Érica, 2014.
NICOLETTI, M. A. et al. Hipercromias: Aspectos gerais e uso de despigmentantes cutâneos.
Cosmetics & Toiletries. v. 14, maio-jun. p. 46-51, 2002. Disponível em: <http://www.
tecnopress-editora.com.br/pdf/nct_443.pdf>. Acesso em: 7 maio 2018.
RESCAROLI, A. C.; SILVA, G. M.; VALDAMERI, G. A. Foliculite e a depilação: sequelas,
tratamentos e o papel do tecnólogo em cosmetologia e estética. Disponível em: <http://
siaibib01.univali.br/pdf/Ana%20Carolina%20Rescaroli%20e%20Gislene%20Martins%20
da%20Silva.pdf>. Acesso em 27/03/2018.
SANTOS, A. C.; et al. Diferentes tipos de depilação: uma revisão bibliográfica. Disponível em:
<http://siaibib01.univali.br/pdf/Anelise%20Cruz%20dos%20Santos%20e%20Josistela%20
Bessani.pdf>. Acesso em: 7 maio 2018.
Anotações
Anotações
Anotações
Anotações
Anotações
Anotações
Anotações
Anotações

Você também pode gostar