Você está na página 1de 54

Luciana Brites

1ª Edição
Direção e Coordenação Geral Copyright © 2021 by Luciana Brites
Luciana Brites
Todos os direitos desta edição são
reservados à Editora NeuroSaber.
Equipe Editorial
Av. Ayrton Senna da Silva, 600, sala 602.
Ana Clara dos Reis Tomaelli
Fabrícia Cristina Florencio Londrina, PR – 86050-460
Julia Liranço Muniz
Roselaine Pontes de Almeida Telefone: (43) 3361-6750

Ilustração, Iconografia Email:


editoraneurosaber@neurosaber.com.br
e Diagramação
Gabriela Naomi Umezu Oliveira
Luke Boaro Almeida Machado

Revisão Ortográfica
Ana Clara dos Reis Tomaelli

Dados Internacionais de Catálogo na Publicação (CIP)


(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

Brites, Luciana

Matemágica / Luciana Brites. – 1. ed. – Londrina, PR : Editora NeuroSaber,


2021.

ISBN: 978-55-992398-6-8

1. Ensino. 2. Numeracia. 3. Matemática – Londrina (PR). I. Título.


BEM-VINDO A ESTE MATERIAL!

O Matemágica foi preparado com muito carinho pela


Equipe NeuroSaber, especialmente para você!
Por isso, lembre-se de que é vedada a reprodução,
total ou parcial, do conteúdo contido neste livro digital,
nos termos da Lei nº 9.610/98.

Esperamos que você faça bom uso desta obra.


Aproveite!

Um grande abraço,

Equipe NeuroSaber
SUMÁRIO

Apresentação do material ............................................ 06

Relações espaciais ........................................................... 11

Numerosidade ..................................................................... 19

Figuras geométricas ........................................................ 28

Revisão .................................................................................. 37

Truques de mágica .......................................................... 46

Referências ........................................................................ 53
6

Apresentação do material
Você sabia que as crianças são capazes de compreender
conceitos matemáticos e realizar cálculos simples com
poucos meses de vida?

Nascemos com algumas habilidades matemáticas


básicas, o que significa que muitas delas são inatas. Além
disso, embora algumas das atividades matemáticas que
utilizamos em nossa cultura exijam o recrutamento e
a adaptação de vários circuitos nervosos que não são
programados geneticamente para os processos matemáticos,
eles passam a executar essas funções de forma integrada
com os circuitos que originalmente lidam com a noção de
quantidade.

Essas habilidades, no entanto, precisam ser cada vez


mais aprimoradas e essa estimulação deve começar ainda
no período da infância.

Para a aprendizagem da matemática, é importante que


sejam criadas situações que instiguem a criança e agucem sua
curiosidade, fazendo-a pensar produtivamente e desafiando-
as a resolverem problemas que sejam desafiadores, mas
que ao mesmo tempo apresentem situações motivadoras,
de maneira a propiciar um desenvolvimento do raciocínio¹.

1
SIQUEIRA, 2019.
7

Estudos em neurociência têm demonstrado que as


áreas de aprendizagem do cérebro estão ligadas à liberação
da dopamina, um neurotransmissor que fornece sensação
de recompensa e bem-estar. Assim, ao ser capaz de
compreender e solucionar diferentes atividades, o cérebro
tende a repeti-las sem dificuldades, pois se lembrará da
sensação de prazer obtida quando foi capaz de resolvê-la.
Neste processo, a ludicidade tem sido reconhecida como um
aspecto relevante, pois contribui para o sucesso do processo
de aprendizagem².

Preparamos este material considerando essas premissas,


trazendo situações lúdicas, interessantes e
desafiadoras para crianças pré-escolares, a partir dos 5
anos de idade.

Além das atividades, você também terá acesso a


uma aula teórica. Assim, você estará munido de
conhecimentos e, consequentemente, preparado para
auxiliar na aquisição e estimulação das habilidades
matemáticas.

2
SIQUEIRA, 2019.
RESPEITÁVEL PÚBLICO!
BEM-VINDOS A ESTE SHOW DE MÁGICA!
É HORA DE APRENDER MATEMÁTICA!
9
TODOS OS COELHOS SAÍRAM DA CARTOLA! VAMOS CONTÁ-
1
-LOS? PASSE O DEDINHO SOBRE O NÚMERO, SEGUINDO
AS SETAS E, DEPOIS, PINTE A QUANTIDADE DE COELHOS
CORRESPONDENTE.

0
1
2
3
4
10

5
6
7
8

10
RELAÇÕES ESPACIAIS
12

Os primeiros contatos da criança com o mundo


não são de ordem quantitativa, mas sim espacial, em
seu ambiente de vivência. É a partir das relações que
estabelece com seu entorno físico que ela se depara
com as formas e os tamanhos dos objetos e descobre
suas diferentes cores, linhas, superfícies e formas³.
O campo de experiência “Espaços, tempos
quantidades, relações e transformações” da BNCC
privilegia esses aspectos, sob a justificativa de que:
“As crianças vivem inseridas em espaços e tempos
de diferentes dimensões, em um mundo constituído
de fenômenos naturais e socioculturais. Desde muito
pequenas, elas procuram se situar em diversos
espaços (rua, bairro, cidade etc.)”4
Assim, as propostas a seguir contribuem para o
desenvolvimento dessas habilidades.

Assistindo às aulas práticas do Matemá-


gica, você verá a Luciana Brites explicando
maneiras alternativas de aplicar as atividades
deste material. Então, estará pronto para co-
locar as “mãos na massa” e realizar a estimu-
lação das habilidades matemáticas de forma
eficiente.

3
LORENZATO, 2015
4
BRASIL, 2018, p. 42
13

NO PRÓXIMO TRUQUE O COELHO DEVERÁ SAIR DA CARTOLA!


1
CIRCULE EM QUAL DELAS O COELHO ESTÁ DENTRO!

© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Fun Way Illustration/Shutterstock.


OBSERVE A SEQUÊNCIA DE MÁGICOS. AGORA, CIRCULE O QUE
2
ESTÁ ENTRE O QUE ESTÁ SEGURANDO AS CARTAS E O QUE
ESTÁ COM OS POMBOS.

© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e NotionPic/Shutterstock.


© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Fun Way Illustration/Shutterstock e Alfmaler/Shutterstock.
14

3
FORA DA CARTOLA!
AGORA É SUA VEZ! AJUDE O MÁGICO E DESENHE UMA POMBA
15
VAMOS DESCOBRIR QUAL É A CARTOLA PREFERIDA DO
4
MÁGICO? PARA ISSO, SIGA AS DICAS DO BILHETE QUE ELE
DEIXOU:

MINHA CARTOLA PREFERIDA,

A MAIS QUERIDA,

É AQUELA QUE ESTÁ ENTRE

A CARTOLA COM AS FLORES

E A CARTOLA COM O LAGARTO.

SOBRE A CARTOLA COM O COELHO

E EMBAIXO DA CARTOLA COM O HAMSTER.

DESCOBRIU? AGORA, FAÇA UM X SOBRE ELA!

© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e VectorShow/Shutterstock.


16

O MÁGICO RETIROU UM COELHO E UMA POMBA DA CARTOLA!


5
FAÇA UM X NO QUE ESTÁ NO ALTO E CIRCULE O QUE ESTÁ NO
BAIXO.
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e VectorShow/Shutterstock.

AS CRIANÇAS ESTÃO SE DIVERTINDO COM UM LIVRO SOBRE


6
MÁGICOS! CIRCULE A CRIANÇA QUE ESTÁ ENTRE AS OUTRAS.
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Lorelyn Medina/Shutterstock.
17

7 CIRCULE OS OBJETOS QUE ESTÃO PERTO DA BOLA DE CRISTAL!

8 AS CRIANÇAS ESTÃO ASSISTINDO AO SHOW DO MÁGICO!


CIRCULE AQUELAS QUE ESTÃO MAIS PRÓXIMAS DELE!

© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Lorelyn Medina/Shutterstock.


18
AS CRIANÇAS ESTÃO FANTASIADAS E UMA DELAS ESTÁ
9
FANTASIADA DE MÁGICO! CIRCULE A CRIANÇA QUE ESTÁ MAIS
LONGE DO MÁGICO!
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Lorelyn Medina/Shutterstock.

OS COELHINHOS ESTÃO APOSTANDO CORRIDA ATÉ A CARTOLA!


10
QUAL DELES VOCÊ ACHA QUE VAI CHEGAR PRIMEIRO ATÉ
ELA? CIRCULE!
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Marish/Shutterstock.
NUMEROSIDADE
20

As crianças nascem com alguns padrões lógicos


inatos e essas habilidades nos permitem lidar com
representações numérica desde os primeiros anos de
vida. Uma dessas habilidades é chamada de subtizing
que, em tradução livre, quer dizer “estimativa súbita”.
Como o próprio nome sugere, trata-se da capacidade
de fazer estimativa, compreendendo numerosidade
de quantidades sem necessariamente utilizar-se da
habilidade de contagem.
Pesquisas em neurociência têm apontado que a
maioria das pessoas têm fortes intuições aritméticas,
sendo capazes de manipular grandezas e medidas
mentalmente, além de relacionar outras ideias
intuitivas5.
As próximas atividades têm como objetivo
mobilizar os conhecimentos prévios que as crianças
já possuem e que se relacionam às quantidades, para
que, futuramente, sejam capazes de compreender
conceitos de algarismo e operações aritméticas.

Assistindo às aulas práticas do Matemá-


gica, você verá a Luciana Brites explicando
maneiras alternativas de aplicar as atividades
deste material. Então, estará pronto para co-
locar as “mãos na massa” e realizar a estimu-
lação das habilidades matemáticas de forma
eficiente.

5
CARDOSO E MUSKAT, 2018.
21
OLHE AS CARTAS DO MÁGICO! QUAL DELAS TEM MAIS
1
CORAÇÕES? FAÇA UM X SOBRE ELA.

AGORA, DESENHE OS CORAÇÕES NAS CARTAS DE MODO QUE


2
ELAS FIQUEM EM ORDEM: DA QUE TEM MENOS À QUE TEM
MAIS.
22
OS NÚMEROS ESTÃO SAINDO DA CARTOLA! QUAL DELES É O
3
MAIOR? CIRCULE-O.
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Lorelyn Medina/Shutterstock.

QUAL DOS MÁGICOS FEZ A MÁGICA PARA APARECER MENOS


4
POMBAS? FAÇA UM X SOBRE ELE!

© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e NotionPic/Shutterstock.


23
OBSERVE OS DOIS MÁGICOS QUE ESTÃO NO ESPETÁCULO!
5
QUAL DELES É O MENOR? CIRCULE-O!
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e VectorShow/Shutterstock.

NUM PASSE DE MÁGICA, FAÇA UM X SOBRE A VARINHA MAIS


6
CURTA E CIRCULE A VARINHA MAIS COMPRIDA.
© icon0.com/Shutterstock.
24
LEVE O MÁGICO ATÉ O COELHO, SEGUINDO A SEQUÊNCIA
7
NUMÉRICA DE 0 A 10.

10 7 8
0 1 7
9 2 10
5 3 1 3 8
1 6 5 4 3
0 7 8 9 6
3 2 1 10 0
9 4 6
2 0 7
6 10 2
25
PINTE COM CORES IGUAIS OS PARES DE MÁGICOS QUE SÃO
8
DO MESMO TAMANHO! DEPOIS, DIGA: QUAL DOS PARES É O
MAIOR?
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e NotionPic/Shutterstock.
26
AS CRIANÇAS ESTÃO BRINCANDO DE FAZER MÁGICA! LEVE
9
CADA UMA À SUA CARTOLA, LIGANDO-AS DE ACORDO COM O
TAMANHO.
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Lorelyn Medina/Shutterstock.
27
VAMOS CONTAR OS ELEMENTOS DO MÁGICO? CIRCULE O
10
NÚMERO QUE CORRESPONDE À QUANTIDADE CORRETA.

1
2
3

2
3
4

4
5
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Marish/Shutterstock.

6
28

FIGURAS
GEOMÉTRICAS
29

O ensino das figuras geométricas elementares


é a base para que a criança aprenda a interpretar e
manipular as formas presentes no nosso cotidiano.
Levá-las a perceber a existência dessas figuras
em elementos do dia a dia pode fornecer as bases
necessárias para que, quando inseridas no processo
de ensino formal, elas sejam capazes de compreender
mais facilmente alguns conceitos matemáticos, como
a geometria, por exemplo.
Alinhada a isso, a BNCC propõe que: “[...] a Educação
Infantil precisa promover experiências nas quais as
crianças possam fazer observações, manipular objetos,
investigar e explorar seu entorno, levantar hipóteses e
consultar fontes de informação para buscar respostas
às suas curiosidades e indagações”6, reforçando a
importância da estimulação dessas percepções.
Nesse sentido, as atividades a seguir buscam
trazer esse conteúdo à consciência das crianças, de
forma lúdica e divertida.

Assistindo às aulas práticas do Matemá-


gica, você verá a Luciana Brites explicando
maneiras alternativas de aplicar as atividades
deste material. Então, estará pronto para co-
locar as “mãos na massa” e realizar a estimu-
lação das habilidades matemáticas de forma
eficiente.

6
BRASIL, 2018, p. 43
30
LIGUE OS OBJETOS À FIGURA GEOMÉTRICA PARECIDA COM
1
ELES!

© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Vector Micro Master/Shutterstock.


DESAFIO! PARA A MÁGICA DAR CERTO, VOCÊ PRECISA
2
CONTINUAR A SEQUÊNCIA POR MAIS 2 VEZES!
31
A GAROTINHA ESTÁ BRINCANDO DE MÁGICA! O CHAPÉU
3
DELA SE ASSEMELHA A UMA FORMA GEOMÉTRICA, QUAL É?
DESENHE-A NO QUADRO ABAIXO!

© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Lorelyn Medina/Shutterstock.

PARA FAZER MÁGICAS, USAMOS CARTAS. QUE FORMATO ELAS


4
TÊM? TRACE ESSA FORMA AO REDOR DELA!
32
O COELHO SAIU DA CARTOLA! ELE ESTÁ PULANDO NO
5
FORMATO DE UMA FIGURA GEOMÉTRICA. PARA DESCOBRIR
QUAL FIGURA É ESSA, PASSE O LÁPIS SOBRE O PONTILHADO!
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Marish/Shutterstock.

A POMBINHA TAMBÉM SAIU DA CARTOLA! ELA ESTÁ VOANDO


6
NO FORMATO DE UMA FIGURA GEOMÉTRICA. PARA DESCOBRIR
QUAL FIGURA É ESSA, PASSE O LÁPIS SOBRE O PONTILHADO!
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e VectorShow/Shutterstock.
33
QUE TAL DESENHARMOS AS FIGURAS GEOMÉTRICAS NA CAIXA
7
EM QUE A ASSISTENTE DO MÁGICO ESTÁ, PARA DECORÁ-LA?

© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e NotionPic/Shutterstock.


34
O MÁGICO PRECISA DE SUA AJUDA! DESENHE, NAS CARTAS, A
8
QUANTIDADE DE INDICADA POR ELAS.

3 2

4 7
35
CONTE AS FIGURAS GEOMÉTRICAS E DESENHE A MESMA
9
QUANTIDADE DE CADA UMA DELAS NO QUADRO ABAIXO.
DEPOIS, PINTE COMO QUISER!
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Fun Way Illustration/Shutterstock.
36
QUE TAL MONTARMOS O COELHINHO QUE SAIU DA CARTOLA
10
DO MÁGICO COM AS PEÇAS DO TANGRAM? OBSERVE O
MODELO E TENTE FAZER IGUAL!
37

REVISÃO
38

AGORA QUE NOSSO SHOW DE


MÁGICA ESTÁ CHEGANDO AO FIM,
QUE TAL RELEMBRAR TUDO QUE
APRENDEMOS?
39
CIRCULE DE AZUL O QUE ESTÁ EM CIMA DA MESA E DE
1
VERMELHO O QUE ESTÁ EMBAIXO DELA.

© Rvector/Shutterstock.
NOS TRUQUES DE MÁGICA, ÀS VEZES SÃO USADAS MOEDAS!
2
PASSE O LÁPIS SOBRE O PONTILHADO PARA DESCOBRIR O
FORMATO QUE TEM ESSE OBJETO.
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora.
40
AS CRIANÇAS ESTÃO SE PREPARANDO PARA O ESPETÁCULO.
3
QUAL DELAS ESTÁ NO LOCAL MAIS BAIXO? CIRCULE-A!
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Lorelyn Medina/Shutterstock.
41
QUAL DOS SHOWS DE MÁGICA TEM MAIS CRIANÇAS
4
ASSISTINDO? FAÇA UM X NO QUADRINHO CORRESPONDENTE.

© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Lorelyn Medina/Shutterstock.


PINTE DE AZUL A CARTOLA GRANDE E DE VERMELHO A
5
CARTOLA PEQUENA.

© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Lorelyn Medina/Shutterstock.


42
QUANTOS COELHOS! PARA AJUDAR O MÁGICO, CIRCULE-OS
6
FAZENDO CONJUNTOS DE 3 EM 3.
© Naomi Umezu/Ilustração da Editora e Marish/Shutterstock.

7 COMPLETE A SEQUÊNCIA PARA LEVAR O COELHO PARA FORA


DA CARTOLA.

1
43

8 LIGUE OS NÚMEROS À QUANTIDADE DE NA CARTA.

1
2
3
4
5
44

RECORTE AS FIGURAS GEOMÉTRICAS E DECORE A CARTOLA


9
COM ELAS. CAPRICHE!
45

JOGO DA MEMÓRIA DOS CONTRÁRIOS! RECORTE AS PEÇAS E


10
DIVIRTA-SE COM ESSE JOGO. LEMBRE-SE: VOCÊ DEVE FORMAR
PARES COM FIGURAS QUE REPRESENTEM O CONTRÁRIO!

DENTRO FORA

COMPRIDO CURTO

PERTO LONGE

GRANDE PEQUENO
46

TRUQUES DE MÁGICA
ABRACADABRA!
AGORA QUE VOCÊ JÁ APRENDEU BASTANTE
SOBRE MÁGICAS, É A SUA VEZ DE SER
MÁGICO! VAMOS LÁ?
48

A TAMPA QUE SOME

Materiais para a mágica:


• 1 caneta com tampa.

Truque da mágica:
1. Com uma mão, segure a caneta e com a outra, a
tampa;
2. Feche a mão em que está a tampa;
3. Conte até três, tocando com a caneta na mão que
está com a tampa e depois levando-a até a altura da
orelha;
4. No três, esconda a caneta atrás da orelha;
5. Vire de lado e mostre ao público onde está a caneta;
6. Enquanto isso, jogue rapidamente a tampa no bolso
e feche a mão;
7. Novamente, conte até três tocando com a tampa na
mão fechada;
8. No três, abra a mão e mostre que a tampa sumiu.
49
O COPO MÁGICO

O COPO MÁGICO

Materiais para a mágica:


• 1 copo transparente;
• 2 folhas de papel sulfite;
• 1 lápis;
• 1 moeda;
• 1 tesoura sem ponta;
• Cola (bastão ou líquida).

Truque da mágica:
1. Vire o copo para baixo e desenhe o formato em uma
folha de sulfite;
2. Recorte o circulo e cole na “boca” do copo.
3. Em uma mesa, posicione uma moeda no centro de
uma folha de sulfite;
4. Com o copo virado para baixo, gire ele duas vezes em
volta da moeda;
5. Na terceira vez, coloque o copo em cima da moeda.
Imediatamente ela irá desaparecer;
6. Conte rapidamente até três, estale os dedos e retire o
copo. A moeda irá reaparecer.
50
O COPO MÁGICO

PAPÉIS ATRAÍDOS

Materiais para a mágica:


• 1 folha sulfite cortada em vários pedacinhos;
• 1 caneta com tubo de plástico.

Truque de mágica:
1. Espalhe os papéis na mesa em que você apresentará
o show;
2. Esfregue a caneta no seu cabelo;
3. Coloque a caneta próxima dos pedacinhos de papel:
eles serão atraídos pela caneta!
51
A
O MOEDA QUE SOME
COPO MÁGICO

A MOEDA QUE SOME

Materiais para a mágica


• 1 pedaço de pano de tamanho médio;
• 1 moeda;
• 1 pedaço de fita adesiva.

Truque da mágica:
1. Escondido, coloque um pedaço de fita em um dos
cantos do pano. Certifique-se de que a moeda grudará
nele.
2. Pegue o pano e mostre-o para o público. Mantenha
a parte da fita oculta e virada para você. Para o público,
isso é apenas uma toalha de papel comum (ou qualquer
coisa que esteja utilizando). Tome cuidado para não
colocar o dedo sobre a fita para não remover o adesivo
dela antes de começar o truque.
3. Coloque a moeda no centro do pano, no lado da
fita. Mostre para o público e diga “Apenas uma moeda
comum dentro de uma toalhinha, certo?”. Lembre-se de
bloquear a visão da fita adesiva com a mão.
4. Dobre os cantos para dentro, começando pelo canto
com a fita. Nesse pequeno bolso criado, você fará a
moeda desaparecer. Primeiro, peça que uma pessoa
sinta e veja se a moeda ainda está lá. Ela estará, o que
não levantará suspeitas.
5. Revele o pano vazio desdobrando os cantos e mantendo
o dedo sobre a moeda. Pronto! Mostre o pano vazio para
o público e chacoalhe-o enquanto o segura pelo lado
com a fita. Para onde a moeda foi?
LEMBRE-SE DESTAS DICAS PARA
APRIMORAR SEUS TRUQUES:

• PRATIQUE MUITO! APENAS COM MUITA PRÁTICA


VOCÊ VAI SE TORNANDO UM MÁGICO MELHOR.

• NÃO REPITA O MESMO TRUQUE DUAS VEZES


NUM MESMO SHOW, POIS AS PESSOAS PODEM
DESCOBRIR!

• SE ALGUÉM PERGUNTAR COMO VOCÊ FEZ ISSO,


DIGA “UM MÁGICO NUNCA REVELA SEUS SEGREDOS!”
53

REFERÊNCIAS

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Educação


é a Base. Ministério da Educação – Secretaria da
Educação Básica, 2018.

CARDOSO, T. S. G.; MUSZKAT, M. Aspectos


neurocientíficos da aprendizagem matemática:
explorando as estruturas cognitivas inatas do cérebro.
Revista Psicopedagogia, v. 35, n. 106, p. 73-81, 2018.

COSENZA, R.; GUERRA, L. Neurociência e educação.


Porto Alegre: Artmed, 2009.

LORENZATO, S. Educação infantil e percepção


matemática. Autores associados, 2015.

SIQUEIRA, J. L. S. Ensinando Matemática através da


perspectiva da Neuroeducação. São Paulo: Clube de
Autores, 2019.
54

MUITO OBRIGADO
ABRAÇOS, EQUIPE NEUROSABER!

SIGA NAS REDES SOCIAIS CLICANDO ABAIXO

Este programa é exclusivo para alunos NeuroSaber, e é proibido a sua cópia


e/ou reprodução parcial e/ou total, conforme os termos da Lei 9.610/98.

Você também pode gostar