Você está na página 1de 170

Prezado Professor,

Com o intuito de contribuir para uma melhor análise, reflexão e discussão entre
os educadores da rede pública de ensino, nós, da FTD Educação, compilamos
este documento ilustrativo para apresentar nossa coleção de obras inscritas no
Programa Nacional do Livro Didático.

O material que apresentamos a seguir tem como objetivos principais:

1 – Organizar, de maneira sistemática, os conteúdos de ensino abordados ao longo


dos quatro anos do Ensino Fundamental II de acordo com os princípios apontados
pelas diretrizes nacionais e com as orientações dos Parâmetros Curriculares
Nacionais (PCN).

2 – Apontar com clareza, em nossos livros, como as diversas propostas didáticas


estão alinhadas com as diretrizes e com os parâmetros curriculares desenhados em
âmbito nacional.

3 – Ressaltar os conceitos, procedimentos e atitudes objetivados pelas orientações


curriculares acima, destacando, dentro e fora de nossos livros, um rico apanhado
de recursos pedagógicos que possam orientar o aluno e seus educadores a atingir as
expectativas de aprendizagem.

4 – Indicar como os princípios curriculares e o material didático, trabalhados ao longo


dos quatros anos, estão alinhados com a matriz de referência do Sistema de Avaliação da
Educação Básica (SAEB), que avalia o aprendizado por meio da aplicação de uma avaliação
amostral no último ano do ciclo.

5 – Apresentar, como referência pedagógica, exemplos originais e estruturados de provas,


divididas por ano escolar, elaboradas de acordo com os padrões curriculares apresentados e
seguindo o modelo de item de múltipla escolha utilizado pelo SAEB e pela Prova Brasil.

Com isso, esperamos oferecer a você, caro educador, um melhor entendimento sobre as possibilidades
que a FTD Educação apresenta, e assim contribuir em seu processo de análise e escolha do livro didático.

Desejamos um ótimo trabalho!


Guias de Orientações
para Resultados
Ciências da Natureza

3
Ciências Novo Pensar

83
Ciências
DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS (DCN)
Ensino Fundamental – 3o ciclo (6o e 7o anos) e 4o ciclo (8o e 9o anos)

DCN – Ciências

A ciência que a escola ensina deve ser impregnada de valores que buscam promover condutas, atitudes e interesses responsáveis e solidários
em relação aos outros e ao meio ambiente. A relevância do entendimento de ciências e das intervenções humanas no meio ambiente se reflete
em sua obrigatoriedade conforme os termos da política nacional de educação ambiental (Lei nº 9.795) de 1999.

O ensino da Ciência deverá explorar a interdisciplinaridade e a integração curricular. A oportunidade de conhecer e analisar experiências
assentadas em diversas concepções de currículo integrado e interdisciplinar oferecerá aos docentes subsídios para desenvolver propostas
pedagógicas que avancem na direção de um trabalho colaborativo, capaz de superar a fragmentação dos componentes curriculares.

Constituem exemplos de possibilidades de integração do currículo, entre outros, as propostas curriculares ordenadas em torno de grandes
eixos articuladores, projetos interdisciplinares com base em temas geradores formulados a partir de questões da comunidade e articulados
aos componentes curriculares e às áreas de conhecimento, currículos em rede, propostas ordenadas em torno de conceitos-chave ou con-
ceitos nucleares que permitam trabalhar as questões cognitivas e as questões culturais numa perspectiva transversal, e projetos de trabalho
com diversas acepções.

2
Guia de Orientações
para Resultados
Ciências da Natureza

SUMÁRIO
Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN)
Ensino Fundamental – 3º ciclo (6º e 7º anos)____________ 4

Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN)


Ensino Fundamental – 4º ciclo (8º e 9º anos)____________ 5

Ciências Novo Pensar – 6º ano_______________________ 6

Ciências Novo Pensar – 7º ano______________________ 24

Ciências Novo Pensar – 8º ano______________________ 42

Matriz de referência de Ciências da Natureza


para a 8a série/9º ano do Ensino Fundamental
SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica)_______ 60

Ciências Novo Pensar – 9º ano______________________ 61


PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS (PCN)
Ensino Fundamental – 3o ciclo (6o e 7o anos)

TABELA DE REFERÊNCIA E CLASSIFICAÇÃO DE BLOCOS E CONTEÚDOS – CIÊNCIAS

BLOCO 3B1 BLOCO 3B2 BLOCO 3B3 BLOCO 3B4

Terra e Universo Vida e ambiente Ser humano e saúde Tecnologia e sociedade

C12 - investigação de tecnologias usuais e tradicionais


de mesma finalidade, comparando-as quanto à quali-
dade das soluções obtidas e outras vantagens ou pro-
C5 - coleta, organização, interpretação e divulgação
blemas ligados ao ambiente e ao conforto, valorizando
de informações sobre transformações nos ambientes
C9 - distinção de alimentos que são fontes ricas de nu- os direitos do consumidor e a qualidade de vida.
provocadas pela ação humana e medidas de proteção e
C1 - observação direta, busca e organização de infor- trientes plásticos, energéticos e reguladores, caracte-
recuperação, particularmente da região em que vivem
mações sobre a duração do dia em diferentes épocas rizando o papel de cada grupo no organismo humano, C13 - comparação e classificação de diferentes equi-
e em outras regiões brasileiras, valorizando medidas
do ano e sobre os horários de nascimento e ocaso do avaliando sua própria dieta, reconhecendo as conse- pamentos de uso cotidiano segundo sua finalidade,
de proteção ao meio ambiente.
Sol, da Lua e das estrelas ao longo do tempo, reconhe- qüências de carências nutricionais e valorizando os energias envolvidas e princípios de funcionamento, es-
cendo a natureza cíclica desses eventos e associando- direitos do consumidor. tabelecendo a sequência de transformações de ener-
-os a ciclos dos seres vivos e ao calendário. C6 - investigação da diversidade dos seres vivos com-
gia, valorizando o consumo criterioso de energia, os
preendendo cadeias alimentares e características
C10 - compreensão de processos envolvidos na nu- direitos do consumidor e a qualidade de vida.
adaptativas dos seres vivos, valorizando-os e respei-
C2 - busca e organização de informações sobre come- trição do organismo estabelecendo relações entre os
tando-os.
tas, planetas e satélites do Sistema Solar e outros cor- fenômenos da digestão dos alimentos, a absorção de C14 - comparação e classificação de diferentes mate-
pos celestes para elaborar uma concepção de Universo. nutrientes e sua distribuição pela circulação sanguínea riais segundo sua finalidade, a origem de sua maté-
C7 - comparação de diferentes ambientes em ecos- para todos os tecidos do organismo. ria-prima e os processos de produção, investigando a
sistemas brasileiros quanto a vegetação e fauna, suas
C3 - caracterização da constituição da Terra e das con- sequência de separação e preparação de misturas ou
inter-relações e interações com o solo, o clima, a dis-
dições existentes para a presença de vida. C11 - caracterização do ciclo menstrual e da ejacula- síntese de substâncias, na indústria ou artesanato de
ponibilidade de luz e de água e com as sociedades hu-
ção, associando-os à gravidez, estabelecendo relações bem de consumo, valorizando o consumo criterioso de
manas.
entre o uso de preservativos, a contracepção e a pre- materiais.
C4 - valorização dos conhecimentos de povos antigos
para explicar os fenômenos celestes. venção das doenças sexualmente transmissíveis, valo-
C8 - investigação de diferentes explicações sobre a vida rizando o sexo seguro. C15 - investigação dos modos de conservação de ali-
na Terra, sobre a formação dos fósseis e comparação
mentos — cozimento, adição de substâncias, refrigera-
entre espécies extintas e atuais.
ção e desidratação quanto ao modo de atuação especí-
fico, à importância social, histórica e local, descrevendo
processos industriais e artesanais para este fim.

4
PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS (PCN)
Ensino Fundamental – 4o ciclo (8o e 9o anos)

TABELA DE REFERÊNCIA E CLASSIFICAÇÃO DE BLOCOS E CONTEÚDOS – CIÊNCIAS

BLOCO 4B1 BLOCO 4B2 BLOCO 4B3 BLOCO 4B4

Terra e Universo Vida e ambiente Ser humano e saúde Tecnologia e sociedade

C7 - compreensão de relações entre a história geo-


C1 - identificação, mediante observação direta, de algu- lógica do planeta e a evolução dos seres vivos, consi-
mas constelações, estrelas e planetas recorrentes no derando mudanças na composição e na fisionomia da
céu do hemisfério Sul durante o ano, compreendendo biosfera, atmosfera e litosfera para avaliar e respeitar
que os corpos celestes vistos no céu estão a diferentes o tempo de reposição dos materiais e substâncias na C13 - compreensão do organismo humano como um
distâncias da Terra. natureza. todo, interpretando diferentes relações e correlações
entre sistemas, órgãos, tecidos em geral, reconhecen-
C8 - comparação das estruturas do corpo, dos modos
como realizam funções vitais e dos comportamentos do fatores internos e externos ao corpo que concorrem
C2 - identificação da atração gravitacional da Terra
de seres vivos que habitam ecossistemas diferentes, na manutenção do equilíbrio, as manifestações e os C17 - compreensão de processos de recuperação e
como a força que mantém pessoas e objetos presos
hoje e em outros períodos do passado geológico, para modos de prevenção de doenças comuns em sua co- degradação de ambientes por ocupação urbana desor-
ao solo ou que os faz cair, que causa marés e que é
a compreensão de processos adaptativos. munidade e o papel da sociedade humana na preserva- denada, industrialização, desmatamento, inundação
responsável pela manutenção de um astro em órbita
ção da saúde coletiva e individual. para construção de barragem ou mineração, cotejando
de outro. C9 - reconhecimento de formas eficientes de dispersão
e estratégias reprodutivas dos seres vivos em diferen- custos ambientais e benefícios sociais, valorizando a
tes ambientes, e comparação entre reprodução sexual C14 - reconhecimento de processos comuns a todas as qualidade de vida.
C3 - estabelecimento de relação entre os diferentes
e assexual no que diz respeito à variabilidade dos des- células do organismo humano e de outros seres vivos:
períodos iluminados de um dia e as estações do ano,
cendentes. crescimento, respiração, síntese de substâncias e eli-
mediante observação direta local e interpretação de in- C18 - investigação de processos de extração e produ-
formações deste fato nas diferentes regiões terrestres, C10 - estabelecimento de relações entre os fenômenos minação de excretas. ção de energia e substâncias obtidas por diferentes
para compreensão do modelo heliocêntrico. da fotossíntese, da respiração celular e da combustão tecnologias tradicionais ou alternativas, sua transfor-
para explicar os ciclos do carbono e do oxigênio de mação na indústria de produção de bens, valorizando a
C15 - compreensão dos sistemas nervoso e hormonal
forma integrada ao fluxo unidirecional de energia no
C4 - comparação entre as teorias geocêntrica e helio- como sistemas de relação entre os elementos internos preservação dos recursos naturais.
planeta.
cêntrica, considerando os movimentos do Sol e demais do corpo e do corpo todo com o ambiente, em situações
estrelas observados diariamente em relação ao hori- C11 - investigação dos fenômenos de transformação do cotidiano ou de risco à integridade pessoal e social, C19 - compreensão das relações de mão dupla entre as
zonte e o pensamento da civilização ocidental nos sé- de estados físicos da água ocorridas em situações de valorizando condições saudáveis de vida. necessidades sociais e a evolução das tecnologias, as-
culos XVI e XVII. experimentação e na natureza, em que há alteração
de temperatura e pressão, compreendendo o ciclo da sociada à compreensão dos processos de transforma-
água em diferentes ambientes, identificando o modo C16 - compreensão dos processos de fecundação, gra- ção de energia e de materiais, valorizando condições de
C5 - reconhecimento da organização estrutural da Ter- pelo qual os mananciais são reabastecidos, valorizan- saúde e qualidade de vida.
videz e parto, conhecendo vários métodos anticoncep-
ra, estabelecendo relações espaciais e temporais em do sua preservação. cionais e estabelecendo relações entre o uso de pre-
sua dinâmica e composição.
C12 - investigação de alterações de determinados am- servativos, a contracepção e a prevenção das doenças
bientes como resultado da emissão de substâncias, sexualmente transmissíveis, valorizando o sexo seguro
C6 - valorização do conhecimento historicamente acu- partículas e outros materiais produzidos por agentes e a gravidez planejada.
mulado, considerando o papel de novas tecnologias e o poluidores, compreendendo os processos de dispersão
embate de ideias nos principais eventos da história da de poluentes no planeta e aspectos ligados à cultura e
Astronomia até os dias de hoje. à economia para valorizar medidas de saneamento e
de controle de poluição.

5
Ciências Novo Pensar  6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – Astronomia
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B1-C1
1. Conhecendo o Universo 3B1-C2

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 292 (Orientações para o professor) - Acessar o link disponível em:


http://eba.im/nwx6wb (acesso em: 24 abr. 2015) para mais informações sobre o
Museu Geológico da Bahia.
Pág. 16 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/twv6hz (acesso em: 6 abr.
• Apresentar os conhecimentos pré-
2015). Para conhecer a revista Ciência Hoje das Crianças que apresenta diversas
vios notícias e conteúdos voltados para a Astronomia.
• Observar fatos, acontecimentos e Pág. 18 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/k5jcfr (acesso em: 7 abr.
fenômemos • Reconhecer as regiões da Terra e suas 2015) para ver uma animação dos planetas do Sistema Solar girando em torno
principais características do Sol.
• Elaborar hipóteses
• Conhecendo Universo Pág. 19 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/ywmtwf (acesso em: 7 abr.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e • Conhecer a estrutura da Terra


2015) para ver imagens do Sistema Solar e de galáxias distantes capturadas pelo
• O Sistema Solar fenômemos • Conhecer a constituição da crosta ter- telescópio Hubble.
• A Terra e seus movimentos • Comparar, discutir e resolver pro- restre
Pág. 22 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/dhrb3w (acesso em: 7 abr.
blemas • Conceituar e diferenciar rochas magmá- 2015) para simular uma visita on-line ao planetário, possibilitando observar dife-
ticas, sedimentares e metamórficas rentes cenários do Sistema Solar.
• Ler e interpretar textos
Pág. 29 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/waiveb (acesso em: 7 abr.
• Organizar informações utilizando 2015) para saber mais sobre constelações, esferas celestes, posições do Sol.
outras formas escritas (tabelas,
Pág. 31 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/sgazxw (acesso em: 7 abr.
gráficos, entre outras)
2015) para mais informções, curiosidades e questões da Astronomia. Além de
enviar sua dúvida, que será respondida por um especialista.

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 6


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Recursos Pedagógicos

... continuação página anterior

Pág. 31 - Livros: Vinte mil léguas submarinas (Júlio Verne, FTD Educação, 2007) e Viagem ao centro da Terra (Júlio Verne, FTD Educação,
2013).
pág. 299 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para os alunos: MEIRELLES, C. As adivinhações de Júlio Verne. Ciência Hoje
das Crianças, Rio de Janeiro, 15 abr. 2005. Disponível em: http://eba.im/o7t2ba (acesso em: 20 abr. 2015); CHAGAS, C. Viagem ao centro da
Terra. Ciência Hoje das Crianças, Rio de Janeiro, 10 dez. 2012. Disponível em: http://eba.im/hnp8y3 (acesso em: 20 abr. 2015); MEIRELLES,
C. Júlio Verne, um escritor apaixonado pela Ciência. Ciência Hoje das Crianças, Rio de Janeiro, 1 jun. 2010. Disponível em: http://eba.im/
dsoqgh (acesso em: 20 abr. 2015).
Pág. 300 (Orientações para o professor) - Acessar o link disponível em: http://eba.im/wwoqyh (acesso em: 20 abr. 2015) para ler o artigo
“O último a sair apaga a luz” e discutir com os alunos quais tecnologias seriam necessárias para fazer um voo intergaláctico.
Pág. 33 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/298b9d (acesso em: 7 abr. 2015) para o Instituto de Astronomia e Pesquisas Espaciais
que contém muitos textos sobre Astronomia e viagens espaciais.
Pág. 301-302 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas ao professor: Metáforas e modelos científicos: a linguagem no ensino de
Ciências (Héctor A. Palmas, SM, 2009); Teoria e prática em Ciências: o ensino-aprendizagem como investigação (Maria Cristina C. Campos
e Rogério S. Nigro, FTD, 2010); Educação em astronomia (Rodolfo Langhu e Roberto Nardi, Escritura, 2012); A dança do Universo (Marcelo
Gleiser, Companhia de Bolso, 2006); Os fundadores da astronomia moderna (Joseph Bertrand, Contraponto, 2008).
Pág. 302 (Orientações para o professor) - MORETTI, G. J. Stellarium. Astronomia e Astrofísica Softwares. Inape. Araçatuba, 12 set. 2010.
Disponível em: http://eba.im/ocd38o (acesso em: 20 abr. 2015) para baixar o programa Stellarium, que permite observar um céu realista
em 3D, inclusive com o nome das estrelas mais proeminentes.
Pág. 302 (Orientações para o professor) - NASA, Cronologia da exploração de Marte. Estados Unidos [2015?]. Disponível em: http://eba.im/q6fagm
(acesso em: 20 abr. 2015) para conhecer a cronologia da exploração de Marte, da década de 1960 até hoje.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 7


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Planeta Terra
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B1-C3
2. O planeta em que vivemos 4B1-C2

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


• Reconhecer as regiões da Terra e suas
principais características
• Conhecer a estrutura da Terra
Pág. 37 - Leitura do livro Viva Terra viva (Sílvia Zatz, Companhia das Letrinhas,
• Apresentar os conhecimentos pré- • Conhecer a constituição da crosta ter- 2003).
vios restre
Pág. 306 (Orientações para o professor) - Realizar atividade sugerida baseada na
• Observar fatos, acontecimentos e • Conceituar e diferenciar rochas magmá- leitura do livro Viva Terra viva para que os alunos ilustrem as camadas da Terra
fenômemos ticas, sedimentares e metamórficas (núcleo, manto, crosta e atmosfera) e suas propriedades.

• Regiões da Terra • Compreender os processos de obtenção Pág. 37 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/atn9ew (acesso em: 8 abr.
• Elaborar hipóteses
de recursos naturais e de sua transfor- 2015) para obter mais informações sobre as ciências da terra.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Estrutura da Terra • Analisar fatos, acontecimentos e mação em produtos Pág. 41 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/yf53oi (acesso em: 8 maio
• A movimentação dos continentes fenômemos 2015) para ver imagens de satélite de diversas localidades do planeta, inclusive
• Reconhecer a finitude dos recursos na-
brasileiras.
• Rochas: Magnéticas ou ígneas, se- • Comparar, discutir e resolver pro- turais
dimentares, metamórficas blemas Pág. 48 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/waxhv4 (acesso em: 8 abr.
• Identificar diferentes tipos de rocha 2015) para realizar o download de diversos mapas do Brasil sob vários aspectos,
• Ler e interpretar textos como hidrografia, geologia, distribuição da fauna e da flora, demografia, clima,
• Descobrir a importância da observação
• Organizar informações utilizando relevo e uso do solo.
do meio ambiente como forma de revelar
outras formas escritas (tabelas, conhecimento Pág. 311-312 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o profes-
gráficos, entre outras) sor: Decifrando a Terra (Wilson Teixeira e outros, Ibep Nacional, 2009); Práticas
• Demonstrar interesse pela Ciência como interdisciplinares na escola (Ivani C. A. Fazenda, Cortez, 1996).
forma de compreender melhor o am-
biente ao nosso redor
• Despertar o interesse pela natureza

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 8


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


CONTEÚDO

Unidade 2 – Planeta Terra


Curriculares Nacionais

Capítulo
4B2-C7
3. O solo

Recursos Pedagógicos
Conceitos Procedimentos Atitudes
• Compreender o processo de formação
do solo
Pág. 57 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/wfdwd8 (acesso em: 8 abr.
• Conhecer e identificar os componentes
2015) para conhecer os principais tipos de solo brasileiros.
do solo
Pág. 60 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de testar a permeabili-
• Diferenciar os tipos de solo
dade de alguns tipos de solo.
• Compreender a importância do solo para
Pág. 63 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/erwpzm (acesso em: 8 abr.
as práticas agrícolas
2015) para ver que solos se diferenciam pela capacidade de absorver a água.
• Apresentar os conhecimentos pré- • Relacionar os tipos de solo com sua ca-
vios Pág. 64 - Acessar o link disponível em: http://eba.im/xogawc (acesso em: 9 abr.
pacidade de reter água
2015) para ver a animação que mostra medidas que podem ser tomadas para
• Observar fatos, acontecimentos e • Conceituar as modificações naturais e evitar a erosão do solo.
fenômemos artificiais do solo
Pág. 65 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de avaliar se a cobertu-
• Formação do solo • Elaborar hipóteses • Apontar as práticas relacionadas ao es- ra vegetal contribui para evitar a erosão.
gotamento do solo
• Analisar fatos, acontecimentos e Pág. 66 - Leitura do livro O que a terra está falando? (Ilan Brenman, Edelbra, 2011).
• Componentes do solo
fenômemos • Indicar possíveis soluções para a manu-
Pág. 316 (Orientações para o professor) - Como sugestão de atividade extraesco-
• Tipos de solo tenção da qualidade do solo
lar visitar a feira ecológica menino de Deus. Para mais informações acessar o link
• Comparar, discutir e resolver pro-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Modificações no solo • Verificar, experimentalmente, a presença disponível em: http://eba.im/2isqcu (acesso em: 6 mar. 2015).
blemas
de água nos seres vivos e no solo
Pág. 317 (Orientações para o professor) - Acessar os links http://eba.im/i2eds3 e
• Ler e interpretar textos • Construir uma horta e observar o desen- http://eba.im/696cvg (acesso em: 6 mar. 2015) para assistir a vídeos sobre agri-
volvimento dos vegetais plantados cultura orgânica.
• Organizar informações utilizando
outras formas escritas (tabelas, • Construir tabelas e gráficos que repre- Pág. 317 (Orientações para o professor) - Trabalhar a interdisciplinaridade do
gráficos, entre outras) sentem os resultados tema – Desenvolva um projeto com os professores de outras disciplinas para
trabalhar com dados estatísticos e com discussões sobre as causas da ocupa-
• Descobrir a importância da observação ção das encostas, os problemas decorrentes da ocupação dessas áreas e como,
do meio ambiente como forma de revelar historicamente, o governo vem tratando esses casos. Para isso, use os textos de
conhecimento apoio: YOSHIOKA, M. H.; LIMA, M. R. de. Experimento sobre erosão do solo. UFPR,
• Demonstrar interesse pela Ciência como Curitiba. Disponível em: http://eba.im/e95zxs (acesso em: 22 abr. 2015) e Agência
forma de compreender melhor o am- Estado. Fenômeno raro e ocupação das encostas agravam tragédia. VEJA, 13 jan.
biente ao nosso redor 2011. Disponível em: http://eba.im/ktebsq (acesso em: 22 abr. 2015).

• Despertar o interesse pela natureza

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 9


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Planeta Terra
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B2-C5
4. O solo e a saúde

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


Pág. 74 - Acessar o link http://eba.im/kgcnzo (acesso em: 9 abr. 2015) para visualizar o info-
• Conhecer e identificar alguns problemas gráfico que revela a quantidade, a composição e o destino do total da produção de resíduos
ambientais gerados pela produção de re- de cada estado brasileiro.
síduos sólidos nas cidades e no mundo
Pág. 320 (Orientações para o professor) - Acessar os seguintes sites para mais informações
• Diferenciar resíduo orgânico de inorgâ- sobre o local, o tipo de destino (aterro sanitário, aterro controlado, lixão) e possíveis impactos
nico negativos sobre a região e o meio ambiente.
• Apresentar os conhecimentos pré- • Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia. Disponível em:
vios • Conhecer algumas soluções para ge- http://eba.im/473kgk (acesso em: 6 mar. 2015).
renciamento e destino final dos resíduos • Fundação Estadual do Meio Ambiente – Governo do Estado de Minas Gerais. Disponível em:
• Observar fatos, acontecimentos e sólidos http://eba.im/ir3p45 (acesso em: 6 mar. 2015).
fenômemos • Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. Disponível em: http://eba.im/i65edr (acesso
• Conhecer algumas doenças diretamen-
te relacionadas à questão dos resíduos em: 6 mar. 2015).
• Elaborar hipóteses
sólidos Pág. 320-321 (Orientações para o professor) - como sugestão de atividade extraescolar visitar
• Resíduos e seu destino • Analisar fatos, acontecimentos e o Bosque da Ciência do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). Para mais infor-
• Depositar os resíduos sólidos em lugar mações sobre o espaço do Inpa, acesse o link http://eba.im/xrhahk (acesso em: 6 mar. 2015).
• Doenças causadas por produtos fenômemos
adequado
RECURSOS PEDAGÓGICOS

químicos • Comparar, discutir e resolver pro- Pág. 321 (Orientações para os professores) - Leitura adicional para a visitação DACANAL,
• Descartar os resíduos sólidos seletiva- C. et al. Vamos passear na floresta! O conforto térmico em fragmentos florestais urbanos.
• Organismos patogênicos blemas mente sempre que possível Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 10, n. 2, p. 115-132, abr./jun. 2010. Disponível em:
http://eba.im/8i5y5a (acesso em: 6 mar. 2015).
• Ler e interpretar textos • Evitar situações que possibilitem o con-
tato com locais contaminados pelo lixo Pág. 324 (Orientações para os professores) - Realizar uma leitura compartilhada com o aluno
• Organizar informações utilizando de alguns dos tópicos do Manual de educação para o consumo sustentável, disponível no link
outras formas escritas (tabelas, • Descobrir a importância da conservação http://eba.im/krb9b7 (acesso em: 24 abr. 2015).
gráficos, entre outras) do meio ambiente
Pág. 324-325 (Orientações para os professores) - Leituras sugeridas para o professor: Diálo-
• Evitar o desperdício, reutilizar, sempre gos geológicos (Álvaro Rodrigues dos Santos, O Nome da Rosa, 2008); A história das coisas:
• Interagir com os colegas da natureza ao lixo, o que acontece com tudo que consumimos (Annie Leonard, Zahar, 2011);
que possível, objetos e materiais e, quan-
Interfaces digitais na educação (Brasilina Passarelli, Senac, 2008).
do não for mais possível sua reutilização,
encaminhá-los à reciclagem Pág. 325 (Orientações para os professores) - Acessar o link http://eba.im/rbbz2z (acesso em:
24 abr. 2015) para visualizar uma animação que explica como ocorrem os terremotos.
• Ter atitudes que respeitem integralmen-
te a vida e o meio ambiente Pág. 325 (Orientações para os professores) - Acessar o link http://eba.im/q27y98 (acesso em:
24 abr. 2015) para ver a movimentação de placas tectônicas ao longo do tempo.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 10


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – O Ar
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C12
5. O ar em volta da Terra

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Reconhecer a existência do ar
• Conhecer do que é constituída a matéria
• Conceituar átomo
• Apresentar os conhecimentos pré-
vios • Conhecer as camadas da atmosfera e ci-
tar suas características relevantes
• Observar fatos, acontecimentos e
fenômemos • Relacionar o surgimento e a manutenção
da vida no planeta Terra com as caracte- Pág. 77 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de verificar a presença
• Elaborar hipóteses
rísticas particulares da atmosfera do ar.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e


• Compreender como e de que forma a Pág. 93 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de verificar a presença
• A atmosfera fenômemos
atividade humana interfere na atmosfera do ar.
• Comparar, discutir e resolver pro- afetando-a Pág. 98 - Acessar o link http://eba.im/pu5zuw (acesso em: 7 mar. 2015) para visua-
blemas lizar uma animação em forma de canção que explica as camadas da atmosfera.
• Comprovar, experimentalmente, que o ar
• Ler e interpretar textos existe e ocupa espaço

• Organizar informações utilizando • Descobrir a importância da observação


outras formas escritas (tabelas, do meio ambiente como forma de revelar
gráficos, entre outras) conhecimento
• Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am-
biente ao nosso redor

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 11


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


CONTEÚDO

Unidade 3 – O Ar
Curriculares Nacionais

Capítulo
4B2-C12
6. Os componentes do ar

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Citar os componentes do ar atmosférico


e as respectivas características
• Relacionar os gases atmosféricos às ati-
vidades e funções vitais dos organismos
• Compreender a relação de equilíbrio en-
tre a respiração celular e a fotossíntese
e a consequente manutenção das taxas
• Apresentar os conhecimentos pré- atmosféricas de gás oxigênio e gás car-
vios bônico
• Compreender os mecanismos que cau-
• Observar fatos, acontecimentos e
sam o efeito estufa e os problemas am-
fenômenos bientais decorrentes de tal desequilíbrio
Pág. 103 - Acessar o link http://eba.im/ktjvxm (acesso em: 7 mar. 2015) para mais
• Ar, uma mistura de gases: N2, O2 • Elaborar hipóteses • Reconhecer o ar como veículo de trans- informações sobre a composição da atmosfera, bem como outras curiosidades,
CO2 missão de doenças como sua origem e características.
• Analisar fatos, acontecimentos e
• Gases nobres e vapor de água • Realizar experimentos que consumam
fenômenos Pág. 111 - Realizar a atividade experimental I para demonstrar que o gás carbôni-
gás carbônico e liberem gás oxigênio e
co (CO2) é eliminado na expiração.
• Poeira e microrganismos • Comparar, discutir e resolver pro- outros que consumam gás oxigênio e li-
blemas berem gás carbônico Pág. 112 - Realizar a atividade experimental II para demonstrar que o gás oxigênio
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Os seres vivos e o ar (O2) é eliminado na fotossíntese.


• Obter, experimentalmente, e identificar
• Ler e interpretar textos os principais gases constituintes do ar
atmosférico
• Organizar informações utilizando
outras formas escritas (tabelas, • Descobrir a importância da observação
do meio ambiente como forma de revelar
gráficos, entre outras)
conhecimento
• Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am-
biente ao nosso redor
• Despertar o interesse pela natureza
• Prestar atenção nos comprometimentos
respiratórios decorrentes das variações
ambientais e da presença de microrga-
nismos

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 12


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – O Ar
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C12
7. Propriedades do ar

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Apresentar os conhecimentos pré-


• Perceber que o ar ocupa espaço, movi-
vios
menta-se, tem massa e peso, oferece
• Observar fatos, acontecimentos e resistência e exerce pressão
fenômenos Pág. 120 - Realizar a atividade experimental para comprovar que o ar possui massa.
• Realizar experimentos, por meio da ma-
• Compressibilidade e expansibili- • Elaborar hipóteses nipulação de objetos simples, que com- Pág. 121 - Acessar o link http://eba.im/b6gp72 (acesso em: 10 mar. 2015) para ver
dade provem as propriedades do ar animação de como os ventos são formados.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e


• O ar tem massa e peso fenômenos • Descobrir a importância da observação Pág. 123 - Acessar o link http://eba.im/oczvtp (acesso em: 10 mar. 2015) para ler
do meio ambiente como forma de revelar a explicação de como se mede a intensidade de um furacão, além de indicar a
• Ventos, correntes de ar e massas • Comparar, discutir e resolver pro- escala de destruição.
conhecimento
de ar blemas
Pág. 126 - Realizar a atividade experimental para avaliar o efeito do aumento da
• Demonstrar interesse pela Ciência como
• Ler e interpretar textos temperatura sobre a densidade do ar.
forma de compreender melhor o am-
• Organizar informações utilizando biente ao nosso redor
outras formas escritas (tabelas,
• Despertar o interesse pela natureza
gráficos, entre outras)

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 13


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – O Ar
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C12
8. Pressão atmosférica - As condições do tempo

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


• Compreender a pressão exercida pelo ar
• Explicar o experimento de Torricelli e
os resultados obtidos, bem como com-
preender o que foi concluído
• Apresentar os conhecimentos pré- • Relacionar pressão e altitude
vios • Conhecer o barômetro aneroide e enten-
der seu funcionamento Pág. 129 - Acessar o link http://eba.im/pyyq2v (acesso em: 10 mar. 2015) para
• Observar fatos, acontecimentos e animação interativa sobre o experimento de hemisférios de Otto von Guericke.
fenômenos • Compreender os mecanismos que possi-
bilitam prever o tempo e a utilidade práti- Pág. 134 - Realizar a atividade experimental I para verificar a existência da pres-
• Elaborar hipóteses ca de tal previsão são atmosférica.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• A pressão atmosférica • Analisar fatos, acontecimentos e • Conhecer os instrumentos utilizados em Pág. 134 - Realizar a atividade experimental II para mostrar a variação da pressão
fenômenos laboratórios de meteorologia com a variação da velocidade do ar.
• A previsão do tempo
• Comparar, discutir e resolver pro- • Construir instrumentos meteorológicos Pág. 135 - Acessar o link http://eba.im/6bvhfk (acesso em: 10 mar. 2015) para ver
blemas • Interpretar informações meteorológicas uma animação que mostra os passos de um experimento sobre pressão atmos-
fornecidas por jornais ou outros meios férica.
• Ler e interpretar textos
de comunicação Pág. 138 - Realizar a atividade experimental sugerida para construir um pluviô-
• Organizar informações utilizando • Descobrir a importância da observação metro improvisado para medir o índice de chuvas (índice pluviométrico).
outras formas escritas (tabelas, do meio ambiente como forma de revelar
gráficos, entre outras) conhecimento
• Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am-
biente ao nosso redor
• Despertar o interesse pela natureza

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 14


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – O Ar
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C12
9. A conquista do ar

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Relacionar ao voo as adaptações anatô-


• Apresentar os conhecimentos pré- micas e fisiológicas dos animais voadores
vios
• Entender como os balões e os aviões
• Observar fatos, acontecimentos e voam
fenômenos
• Relacionar velocidade com pressão do ar Pág. 145 - Acessar o site http://eba.im/fj432v (acesso em: 10 mar. 2015) para ver
• Elaborar hipóteses imagens e explicações sobre o voo dos aviões.
• Entender como voam os foguetes.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e Pág. 145 - Acessar o site http://eba.im/on25d3 (acesso em: 10 mar. 2015) para
• O ato de voar fenômenos • Construir uma pipa e fazê-la voar visualizar o infográfico que mostra como o avião se sustenta no ar e o que ocorre
em uma turbulência.
• Comparar, discutir e resolver pro- • Descobrir a importância da observação
blemas do meio ambiente como forma de revelar Pág. 145 - Realizar a atividade experimental sugerida para verificar experimental-
conhecimento mente o funcionamento da asa de um avião.
• Ler e interpretar textos
• Demonstrar interesse pela Ciência como
• Organizar informações utilizando forma de compreender melhor o am-
outras formas escritas (tabelas, biente ao nosso redor
gráficos, entre outras
• Despertar o interesse pela natureza

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 15


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – O Ar
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C12
10. Ar e saúde

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conhecer e identificar alguns problemas


• Apresentar os conhecimentos pré- ambientais gerados pela emissão de po-
vios luentes no ar atmosférico nas cidades e
no mundo Pág. 158 - Acessar o site http://eba.im/8jhb2h (acesso em: 10 mar. 2015) para
• Observar fatos, acontecimentos e
assistir ao vídeo que explica como funciona a inversão térmica com base em um
fenômenos • Conhecer algumas doenças aerotrans- experimento com água fria, água quente e corante.
• Elaborar hipóteses missíveis e as diretamente relacionadas
Pág. 350-351 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o profes-
• Contaminação do ar às condições atmosféricas
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e sor: Atmosfera e sociedade: a ação da atmosfera sobre os seres vivos e a qua-
• Não emitir gases tóxicos nem poluentes lidade da vida humana (José C. F. Oliveira, Udefal, 2010); Educação ambiental e
• Poluição do ar fenômenos
na atmosfera a formação do sujeito ecológico (Isabel C. M. Carvalho, Cortez, 2012); A aprendi-
• A inversão térmica do ar • Comparar, discutir e resolver pro- zagem e o ensino de Ciências (Juan Ignacio Pozo e Miguel Angel Gomez Crespo,
blemas • Evitar situações que possibilitem o con- Artmed, 2009).
tato com locais contaminados
Pág. 351 (Orientações para o professor) - Acessar o site http://eba.im/6bvhfk
• Ler e interpretar textos
• Descobrir a importância da conservação (acesso em: 24 abr. 2015) para visualizar animações interessantes que explicam o
• Organizar informações utilizando do meio ambiente que é a pressão atmosférica.
outras formas escritas (tabelas,
gráficos, entre outras) • Ter atitudes que respeitem integralmen-
te a vida e o meio ambiente

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 16


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – A Água
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B2-C5
11. Existência e composição da água 4B2-C11

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Relacionar a quantidade de água com a


de terra no planeta
• Apresentar os conhecimentos pré-
vios • Estabelecer as proporções de água den-
tro e fora dos seres vivos
• Observar fatos, acontecimentos e
fenômenos • Estimar a quantidade de água necessária
às funções vitais Pág. 167 - Acessar o site http://eba.im/vs7g7s (acesso em: 11 mar. 2015) para ver
• Elaborar hipóteses a distribuição de água no Brasil, os países com mais e menos água per capita no
• Citar os componentes da água mundo, além de outros dados relacionados a esse recurso natural.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e


• A importância da água para os se- • Comprovar, experimentalmente, que a Pág. 169 - Realizar atividade experimental para demonstrar a presença de água
fenômenos
res vivos água existe dentro dos seres vivos nos seres vivos.
• Comparar, discutir e resolver pro- Pág. 171 - Acessar o site http://eba.im/j8wsyn (acesso em: 11 mar. 2015) para
blemas • Despertar o interesse pela natureza
conhecer a opinião de especialistas sobre o consumo de água pelo ser humano,
• Descobrir a importância da observação falando sobre suas necessidades e mitos.
• Ler e interpretar textos
do meio ambiente como forma de revelar
• Organizar informações utilizando conhecimento
outras formas escritas (tabelas,
gráficos, entre outras) • Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am-
biente ao nosso redor

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 17


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – A Água
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B2-C5
12. A água na natureza 4B2-C11

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 182 - Acessar o site http://eba.im/mg2cji (acesso em: 11 mar. 2015) para
ver a animação que mostra a variação de temperatura em um termômetro e a
mudança de estado da água presente em um frasco.
• Apresentar os conhecimentos pré-
• Citar e identificar as fases da água Pág. 183 - Realizar a atividade experimental sugerida para avaliar o processo de
vios ebulição da água.
• Compreender como a água muda de fase
• Observar fatos, acontecimentos e Pág. 188 - Realizar a atividade experimental I para explicar por que os oceanos
fenômenos • Descrever o ciclo da água não congelam nos polos.
• Elaborar hipóteses • Comprovar, por meio de experimentos Pág. 188 - Realizar a atividade experimental II para mostrar o princípio de funcio-
• Os estados físicos da água
namento de uma salina.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

simples, as mudanças de fase da água.


• Analisar fatos, acontecimentos e
• As mudanças dos estados físicos Pág. 189 - Realizar a atividade experimental III para descobrir a temperatura de
fenômenos • Despertar o interesse pela natureza
da água fusão do gelo e demonstrar que a temperatura permanece constante enquanto o
• Comparar, discutir e resolver pro- • Descobrir a importância da observação gelo derrete.
• O ciclo da água
blemas do meio ambiente como forma de revelar
Pág. 191 - Leitura do livro O caminho da gota d’água (Natália Quinderé, 34, 2009).
conhecimento
• Ler e interpretar textos
Pág. 360 (Orientações para o professor) - Sugestão de atividade extraescolar:
• Demonstrar interesse pela Ciência como ­Visitação ao Centro de Educação Ambiental (CEA). Para mais informações ­sobre
• Organizar informações utilizando
forma de compreender melhor o am- o CEA do Sítio São João, acesse o link http://eba.im/oqtfob (acesso em: 30 abr.
outras formas escritas (tabelas,
biente ao nosso redor 2015).
gráficos, entre outras)
Pág. 360 (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor: re-
vista Plantando águas – Primeira edição (ONG Iniciativa Verde). Disponível em:
http://eba.im/r2mnaq (acesso em: 30 abr. 2015).

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 18


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – A Água
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C7
13. Propriedades da água

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


• Compreender a pressão exercida pela
água
• Especificar o princípio dos vasos comu-
• Apresentar os conhecimentos pré- nicantes
vios • Relatar como ocorre a flutuação na água Pág. 203 - Realizar a atividade experimenral I para demonstrar que o peso inter-
fere na capacidade de flutuação dos objetos.
• Observar fatos, acontecimentos e • Explicar o princípio de Arquimedes
fenômenos Pág. 203 - Realizar a atividade experimenral II para explicar o princípio de flutua-
• Estabelecer a relação entre água e energia ção de um barco.
• Elaborar hipóteses
• Pressão exercida por um líquido • Compreender por que a água é conside- Pág. 204 - Realizar a atividade experimenral III para verificar a existência da força
• Analisar fatos, acontecimentos e do empuxo.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

rada solvente universal


• Princípio dos vasos comunicantes fenômenos
• Diferenciar soluto e solvente Pág. 209 - Acessar o site http://eba.im/skqnps (acesso em: 16 abr. 2015) para ver
• A água e a energia • Comparar, discutir e resolver pro- a animação que explica o funcionamento de uma hidrelétrica.
blemas • Comprovar, experimentalmente, que a
• Soluções Pág. 209 - Acessar o site http://eba.im/wtapfd (acesso em: 16 abr. 2015) para co-
água exerce pressão, gera energia e dis-
• Ler e interpretar textos nhecer mais informações (tabelas, gráficos, imagens e textos) sobre o uso e a
solve substâncias distribuição de energia elétrica no país.
• Organizar informações utilizando • Despertar o interesse pela natureza Pág. 213 - Acessar o site http://eba.im/8fgm8u (acesso em: 16 abr.2015) para rea-
outras formas escritas (tabelas,
lizar a proposta de experiência simples para o estudo da tensão superficial da
gráficos, entre outras) • Descobrir a importância da observação
água.
do meio ambiente como forma de revelar
• Interagir com os colegas conhecimento
• Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am-
biente ao nosso redor

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 19


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – A Água
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B2-C5
14. Água potável e saneamento básico 4B2-C12

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Caracterizar a água indicada ao consumo


humano
• Explicar as etapas do tratamento da água Pág. 216 - Acessar o site http://eba.im/e59jhk (acesso em: 17 abr. 2015) para ver
em uma Estação de Tratamento de Água um infográfico sobre uma Estação de Tratamento de Água e todas as etapas en-
• Apresentar os conhecimentos pré-
volvidas no processo.
vios • Citar os métodos caseiros que garantem
a qualidade da água para o consumo hu- Pág. 217 - Reallização da atividade experimental sugerida para avaliar as possibi-
• Observar fatos, acontecimentos e mano lidades de uso da filtração e comparar sua eficiência nas separações de partícu-
fenômenos las de diferentes tamanhos.
• Conhecer as porcentagens de água no
• Elaborar hipóteses planeta e as frações disponíveis para o Pág. 371 (Orientações para o professor) - Sugestão de atividade extraescolar: vi-
sita à Estação de Tratamento de Água (ETA) de Brasília. Para mais informações
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Distribuição e armazenamento • Analisar fatos, acontecimentos e consumo dos seres vivos, inclusive do
sobre a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal, acesse o link
fenômenos ser humano www.caesb.df.gov.br/62-agendamento-de-visitas (acesso em: 23 mar. 2015).
• Saneamento básico: Estação de
Tratamento de Esgoto (ETE) • Comparar, discutir e resolver pro- • Relacionar a importância da água à vida Pág. 225 - Acessar o site http://eba.im/4hmxsa (acesso em: 17 abr. 2015) para ver
blemas dos seres vivos, em especial à do ser hu- a animação sobre os processos presentes no tratamento do esgoto das cidades.
mano
• Ler e interpretar textos Pág. 228 - Acessar o site http://eba.im/z4viox (acesso em: 17 abr. 2015) para mais
• Explicar as etapas do tratamento de es- informações sobre consumo de água no mundo, apontando para os riscos de es-
• Organizar informações utilizando goto em uma Estação de Tratamento de cassez e os desafios na gestão de recursos hídricos.
outras formas escritas (tabelas, Esgoto Pág. 374-375 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o profes-
gráficos, entre outras)
• Compreender a necessidade de dispor sor: Água (Kenitiro Suguio, Holo, 2006); Água – futuro azul (Maude Barlow, M.
Books, 2014).
de saneamento básico

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 20


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes

... continuação da página anterior

• Comprovar, experimentalmente, que a filtração é um processo que permite a separação de material particulado de uma
suspensão
• Despertar o interesse pela natureza
• Descobrir a importância da observação do meio ambiente como forma de revelar conhecimento
• Demonstrar interesse pela Ciência como forma de compreender melhor o ambiente ao nosso redor
• Recusar o consumo de água não tratada
• Evitar o desperdício de água
• Posicionar-se criticamente com relação a toda e qualquer forma de desperdício de água
• Defender e praticar ativamente toda e qualquer medida que vise à economia de água
• Propagar práticas e medidas de economia de água

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 21


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – A Água
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B2-C5
15. Água e saúde 4B2-C12

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conhecer e identificar alguns problemas


• Apresentar os conhecimentos pré- ambientais gerados pela grande conta-
vios minação dos corpos de água nas cidades
• Observar fatos, acontecimentos e e no mundo
fenômenos • Reconhecer algumas doenças direta- Pág. 235 - Acessar o site http://eba.im/hsqzqs (acesso em: 17 abr. 2015) para ver
• Elaborar hipóteses mente transmitidas pela água a animação que retoma diversos aspectos da água, como sua importância, dis-
tribuição e poluição.
• Analisar fatos, acontecimentos e • Não eliminar cargas poluentes nos cor-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

pos de água Pág. 378-379 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o profes-
• Contaminação da água fenômenos sor: Água: o ouro azul (Fátima Casarin e Mônica dos Santos, Garamond, 2011);
• Poluição da água • Comparar, discutir e resolver pro- • Não utilizar água sem se certificar de sua Reúso de água (Hilton Felício dos Santos e Pedro Caetano Sanches Mancuso,
potabilidade Manole, 2002); Inovação e métodos de ensino para nativos digitais (Marcelo Veras,
blemas
Atlas, 2011).
• Ler e interpretar textos • Evitar situações que possibilitem o con-
tato com locais contaminados Pág. 379 (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/w24655
• Organizar informações utilizando (acesso em: 4 maio 2015) para usar o simulador de consumo de água da Sabesp.
outras formas escritas (tabelas, • Descobrir a importância da conservação
gráficos, entre outras) do meio ambiente

• Interagir com os colegas • Ter atitudes que respeitem integralmen-


te a vida e o meio ambiente

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 22


Ciências Novo Pensar – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 5 – Ecologia
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B2-C7
16. Entendendo a Ecologia 3B2-C6

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conceituar e diferenciar fatores abióticos


de fatores bióticos
• Conceituar e estabelecer a relação entre Pág. 245 - Acessar o site http://eba.im/u626rz (acesso em: 23 mar. 2015) para ler
• Apresentar os conhecimentos pré- os níveis de organização do organismo artigos sobre temas relacionados à Ecologia.
até a biosfera
vios Pág. 254 - Acessar o site http://eba.im/j84xqf (acesso em: 23 mar. 2015) para in-
• Explicar como os fatores abióticos inter-
• Observar fatos, acontecimentos e formações úteis sobre educação ambiental, recursos naturais, extrativismo, de-
ferem nos seres vivos senvolvimento sustentável, biodiversidade, florestas, entre outras.
fenômenos
• Organismo, população e comuni- • Definir nível trófico
Pág. 260 - Acessar o site http://eba.im/x6euks (acesso em: 22 maio 2015) para
dade • Elaborar hipóteses • Compreender a relação estabelecida assistir ao vídeo produzido por alunos do Ensino Médio com uma explicação didá-
pelos níveis tróficos nas cadeias e teias tica sobre como se forma uma cadeia alimentar e como ocorre a transferência de
• Ecossistema e biosfera • Analisar fatos, acontecimentos e
RECURSOS PEDAGÓGICOS

alimentares energia de um indivíduo para outro.


fenômenos
• Fatores bióticos e abióticos • Reconhecer os diferentes níveis tróficos Pág. 262 - Acessar o site http://eba.im/w7a8nv para simular a cadeia alimentar
• Comparar, discutir e resolver pro- • Diferenciar cadeias de teias alimentares em que são apresentados os níveis tróficos mais basais e os fluxos de matéria e
• Cadeia alimentar blemas,
• Construir cadeias e teias alimentares de energia.
• Produtores, consumidores e de- • Ler e interpretar textos Pág. 263 - Leitura do livro A história da cadeia alimentar (Jacqui Bailey e Mathew
• Observar, em ambientes naturais, ca-
compositores deias e teias alimentares Lilly, DCL, 2009).
• Organizar informações utilizando
outras formas escritas (tabelas, • Descobrir a importância da observação Pág. 391 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor:
gráficos, entre outras) do meio ambiente como forma de revelar Fique por dentro da Ecologia (David Burnie, Cosac Naify, 2007); Ecologia: de
conhecimento indivíduos a ecossistemas (Colin R. Townsend e outros, Artmed, 2007; Cons-
• Interagir com os colegas • Demonstrar interesse pela Ciência como truindo o conhecimento: Ecologia (Paulo de Oliveira e Rosilene Siray Bicalho,
forma de compreender melhor o am- RHJ Livros, 2010).
biente ao nosso redor
• Despertar o interesse pela natureza

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 23


Ciências Novo Pensar  7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – Introdução ao estudo dos seres vivos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B2 - C5
1. Introdução à Biologia 4B2-C8

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Identificar as características dos seres


vivos
• Reconhecer o microscópio como um ins-
• Apresentar os conhecimentos pré- trumento utilizado para visualização de
vios células e estruturas celulares Pág. 20 - Atividade Experimental para conhecer o funcionamento do miscroscópio
óptico.
• Observar fatos, acontecimentos e • Compreender a classificação biológica
fenômenos para a organização dos seres vivos Pág. 24 - Acessar o link http://eba.im/cw2db7 (acesso em: 9 abr. 2015) para facili-
tar a compreensão dos alunos sobre a classificação biológica de Lineu.
• Elaborar hipóteses • Conhecer a nomenclatura binomial e al-
Pág. 26 - Livro: Árvore da vida (Rochelle Strauss. Ed. Melhoramentos, 2005) -
gumas de suas regras
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Preservação do ambiente • Analisar fatos, acontecimentos e introdução ao conceito de biodiversidade.


fenômenos • Justificar a utilização de palavras deriva- Pág. 330 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor: A
• Classificação dos seres vivos das do latim ou latinizadas
• Comparar, discutir e resolver pro- aprendizagem e o ensino de Ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimen-
blemas to científico ( Juán I. Pozo e Miguel A. G. Crespo. Trad. Naila Freitas. Ed. Artmed,
• Compreender a organização hierárquica
2009); Ensino de ciências: fundamentos e métodos (Demétrio Delizoicov, José A.
das categorias taxonômicas Angotti e Marta M. Pernambuco. Ed. Cortez, 2009); Ensino de Biologia: histórias e
• Ler e interpretar textos
• Conhecer os cinco reinos, suas principais práticas em diferentes espaços educativos (Martha Marandino, Sandra E. Selles,
• Organizar informações utilizando e Marcia S. Ferreira. Ed. Cortez, 2009); Ciências: ensinar e aprender (Maria H. P.
características e seus representantes
outras formas escritas (tabelas, Andrade e Marta B. Morais. Ed. Dimensão).
gráficos, entre outras) • Aprender a manusear o microscópio óp-
tico comum

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 24


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes

... continuação da página anterior

• Observar, em ambientes naturais, a presença de organismos vivos


• Anotar as características dos organismos observados e separá-los, por meio da organização de tais informações, utilizando
as categorias taxonômicas
• Descobrir a importância da observação do meio ambiente como forma de revelar conhecimento
• Demonstrar interesse pela Ciência como forma de compreender melhor o ambiente ao nosso redor
• Despertar o interesse pela natureza
• Respeitar e valorizar todas as formas de vida

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 25


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – Introdução ao estudo dos seres vivos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B4 - C5
2. Vírus e Moneras

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conhecer a estrutura de vírus, bactérias


e cianobactérias e caracterizá-los
• Enumerar as principais doenças virais e
bacterianas humanas (inclusive a Aids), e
fornecer informações sobre contamina-
ção, prevenção e cura
• Apresentar os conhecimentos pré- • Compreender a importância econômica
vios e ambiental das bactérias Pág. 40 - Acessar o Blog do Ministério da Saúde – http://eba.im/mmtnbr ­(acesso
• Conceituar e diferenciar antígeno e anti- em: 10 abr. 2015) – para saber mais sobre a febre Chikungunya.
• Observar fatos, acontecimentos e corpo Pág. 42 - Acessar o link http://eba.im/pzir3u (acesso em: 10 abr. 2015), para
fenômenos
• Identificar as células e os órgãos envolvi- encontrar vídeos que falam a respeito de doenças causadas por vírus, princi-
• Elaborar hipóteses dos na resposta imunológica palmente gripe e Aids.
• Vírus • Conceituar e diferenciar soro e vacina Pág. 45 - Livro: Dudu e a tagarela Bac (Alane B. Vermelho. Ed. Vieira e Lent,
• Analisar fatos, acontecimentos e
• Coletar e organizar informações sobre 2011) - despertar a curiosidade sobre o mundo das bactérias.
• Moneras fenômenos
RECURSOS PEDAGÓGICOS

vírus e bactérias parasitas


Pág. 60 - Atividade Experimental para observar o crescimento de bactérias e
• Imunologia • Comparar, discutir e resolver pro- • Descobrir a importância da observação para discutir quais são os métodos utilizados para prevenir contaminações
blemas do meio ambiente como forma de revelar bacterianas.
conhecimento
• Ler e interpretar textos Pág. 340 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor:
• Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am- Humanizando o ensino de ciências com jogos e oficinas psicopedagógicas sobre
• Organizar informações utilizando seres microscópicos (Ivete Pellegrino Rosa, Marcia Zorello Laporta e Maria E. de
outras formas escritas (tabelas, biente ao nosso redor
Gouvea. Ed. Vetor, 2006).
gráficos, entre outras) • Despertar o interesse pela natureza
• Respeitar e valorizar todas as formas de
vida
• Desenvolver e manter, diariamente, há-
bitos e práticas higiênicos
• Ingerir medicamentos somente sob
prescrição e orientação médicas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 26


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – Introdução ao estudo dos seres vivos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C5
3. Protistas e fungos

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


• Conhecer a estrutura de protistas (proto-
zoários e algas) e fungos e caracterizá-los
• Enumerar as principais doenças huma-
nas causadas por protozoários e por fun-
gos e fornecer informações sobre conta-
• Apresentar os conhecimentos pré- minação, prevenção e cura
vios
• Compreender a importância econômica Pág. 65 - Acessar o link “A vida das amebas” (http://eba.im/vjycyp (acesso em:
• Observar fatos, acontecimentos e e ambiental das algas e dos fungos 12 abr. 2015), para apresentar o movimento desses seres visto ao microscópio,
fenômenos • Propor hipóteses para os experimentos sua alimentação por fagocitose e também características das tecamebas.
realizados
• Elaborar hipóteses Pág. 69 - Sugestão de atividade extraescolar: Museu de Microbiologia do
• Construir modelos e organizar informações ­Instituto Butantan (para informações acesse http://eba.im/puo2mw (acesso
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Protistas • Analisar fatos, acontecimentos e dos resultados obtidos em experimentos em: 12 abr. 2015).
fenômenos • Descobrir a importância da observação
• Fungos Pág. 75 e 76 - Atividade Experimental para observar o crescimento de fungos.
do meio ambiente como forma de revelar
• Comparar, discutir e resolver pro- conhecimento Pág. 77 - Acessar os links: http://eba.im/sgrndw, http://eba.im/v48gim,
blemas http://eba.im/7r85t4, http://eba.im/pf6jwh e http://eba.im/tpiado (acessos em:
• Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am- 12 abr. 2015), para saber mais sobre doenças causadas por fungos.
• Ler e interpretar textos
biente ao nosso redor Pág. 346 (Orientações para o professor) - Texto adicional para o professor: O
• Organizar informações utilizando • Despertar o interesse pela natureza. sistema dos organismos.
outras formas escritas (tabelas,
• Respeitar e valorizar todas as formas de
gráficos, entre outras) vida
• Desenvolver e manter, diariamente, há-
bitos e práticas higiênicos
• Ingerir medicamentos somente sob
prescrição e orientação médicas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 27


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Os animais
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
4. Diversidade dos animais 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Apresentar os conhecimentos pré- • Conhecer a diversidade animal


vios
• Conhecer o modo de vida e as principais
• Observar fatos, acontecimentos e características anatômicas e fisiológicas
fenômenos dos animais
Pág. 85 - Livro: Procura-se! Galeria de animais ameaçados de extinção (Vários
• Elaborar hipóteses • Selecionar animais e identificá-los em autores. Ed. Companhia das Letrinhas, 2007).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e filos e classes Pág. 88 - Acessar o link http://eba.im/chq54j (acesso em: 15 abr. 2015), para ilus-
• Grupos animais fenômenos • Descobrir a importância da observação trar como a vida de animais e a de plantas estão interligadas.
• Comparar, discutir e resolver pro- do meio ambiente como forma de revelar Pág. 350 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor:
blemas conhecimento Biodiversidade tropical (Marcio Martins e Paulo T. Sano. Ed. Unesp, 2010), Biodi-
versidade em questão (Henrique L. Barros. Ed. Claro Enigma, 2011).
• Ler e interpretar textos • Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am-
• Organizar informações utilizando biente ao nosso redor
outras formas escritas (tabelas,
gráficos, entre outras) • Despertar o interesse pela natureza
• Respeitar e valorizar todas as formas de
vida

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 28


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Os animais
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
5. Invertebrados I 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conhecer a estrutura dos invertebrados


(poríferos, cnidários, platelmintos, ne-
matelmintos, moluscos e anelídeos), dar
• Apresentar os conhecimentos pré- exemplos de representantes e caracteri-
vios zá-los

• Observar fatos, acontecimentos e • Citar as novidades evolutivas que surgem


• Poríferos fenômenos em cada grupo

• Elaborar hipóteses • Enumerar as principais doenças causa- Pág. 116 - Acessar o link http://eba.im/2zorns (acesso em: 15 abr. 2015), para
• Cnidários
das por vermes, principalmente no ser que os alunos conheçam diversos grupos animais (principlamente os marinhos).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Platelmintos • Analisar fatos, acontecimentos e humano, e fornecer informações sobre a Pág. 119 - Atividade Experimental para simular o funcionamento das ventosas de
fenômenos contaminação, prevenção e cura
• Nematódeos um molusco.
• Comparar, discutir e resolver pro- • Construir modelos e organizar informa- Pág. 124 - Atividade Experimental para discutir sobre o comportamento de mi-
• Moluscos blemas ções dos resultados obtidos em experi- nhocas.
• Anelídeos • Ler e interpretar textos mentos

• Organizar informações utilizando • Propor hipóteses para os experimentos


outras formas escritas (tabelas, realizados
gráficos, entre outras)

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 29


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes

... continuação da página anterior

• Descobrir a importância da observação do meio ambiente como forma de revelar conhecimento


• Demonstrar interesse pela Ciência como forma de compreender melhor o ambiente ao nosso redor
• Despertar o interesse pela natureza
• Respeitar e valorizar todas as formas de vida
• Desenvolver e manter, diariamente, hábitos e práticas higiênicos
• Ingerir medicamentos somente sob prescrição e orientação médicas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 30


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Os animais
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
6. Invertebrados II 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conhecer a estrutura dos invertebrados,


dar exemplos de representantes (artró-
podes e equinodermos) e caracterizá-los
• Apresentar os conhecimentos pré-
• Citar as novidades evolutivas que surgem
vios
em cada grupo
• Observar fatos, acontecimentos e Pág. 132 - Acessar o link http://eba.im/pvef99 (acesso em: 14 maio 2015) para
• Organizar informações dos resultados
fenômenos discutir sobre o declínio dos polinizadores.
obtidos em experimentos
• Elaborar hipóteses Pág. 139 - Livro: Bichos tipográficos (Guilherme Mansur. Ed. Dubolsinho, 2007).
• Propor hipóteses para os experimentos
Após a leitura, sugerir aos alunos que escolham um grupo de invertebrados e
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Artrópodes • Analisar fatos, acontecimentos e realizados descrevam-no de forma similar ao autor em seus poemas, agregando ao trabalho
fenômenos características sobre os animais aprendidas nas aulas.
• Equinodermos • Construir tabelas com resultados obtidos
• Comparar, discutir e resolver pro- na pesquisa Pág. 145 - Acessar o link http://eba.im/i4y3fu (acesso em:14 maio 2015), para que
blemas os outros reconheçam as etapas do desenvolvimento dos equinodermos.
• Coletar e organizar informações obtidas,
• Ler e interpretar textos por exemplo, em jornais, revistas, mu- Pág. 148 - Atividade Experimental para observar as fases de desenvolvimento de
seus, institutos e sites, sobre os assuntos um inseto.
• Organizar informações utilizando estudados
outras formas escritas (tabelas,
gráficos, entre outras)

Conctinua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 31


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes

... continuação da página anterior

• Descobrir a importância da observação do meio ambiente como forma de revelar conhecimento


• Demonstrar interesse pela Ciência como forma de compreender melhor o ambiente ao nosso redor
• Despertar o interesse pela natureza
• Respeitar e valorizar todas as formas de vida
• Desenvolver e manter, diariamente, hábitos e práticas de higiene
• Ingerir medicamentos somente sob prescrição e orientação médicas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 32


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Os animais
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
7. Peixes, Anfíbios e Répteis 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conhecer a estrutura de peixes, anfíbios


e répteis, dar exemplos de representan-
tes e caracterizá-los
• Apresentar os conhecimentos pré-
• Citar as novidades evolutivas que surgem
vios
em cada grupo
• Observar fatos, acontecimentos e
• Diferenciar peixes ósseos e cartilagino-
fenômenos
sos
• Característica principal dos verte- • Elaborar hipóteses
brados • Entender os motivos pelos quais os rép- Pág. 163 - Acessar o link http://eba.im/n5taqs (acesso em: 14 maio 2015), para
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e teis conseguiram conquistar definitiva- trabalhar vários aspectos da vida dos animais.
• Peixes fenômenos mente o ambiente terrestre Pág. 180 - Acessar o site do Centro Virtual de Toxinologia (Cevap) da Unesp, dis-
• Anfíbios • Conhecer algumas serpentes peçonhen- ponível no link http://eba.im/b37hmr (acesso em: 20 abr. 2015), para informações
• Comparar, discutir e resolver pro-
tas e não peçonhentas brasileiras que sobre procedimentos no caso de picadas de cobra.
• Répteis blemas
provocam acidentes ofídicos
• Ler e interpretar textos
• Construir modelos e organizar informa-
• Organizar informações utilizando ções dos resultados obtidos em experi-
outras formas escritas (tabelas, mentos
gráficos, entre outras)

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 33


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes

... continuação da página anterior

• Propor hipóteses para os experimentos realizados


• Construir tabelas com resultados obtidos na pesquisa
• Coletar e organizar informações obtidas, por exemplo, em jornais, revistas, museus, institutos e sites, sobre os assuntos
estudados
• Descobrir a importância da observação do meio ambiente como forma de revelar conhecimento
• Demonstrar interesse pela Ciência como forma de compreender melhor o ambiente ao nosso redor
• Despertar o interesse pela natureza
• Respeitar e valorizar todas as formas de vida

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 34


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Os animais
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
8. Aves e Mamíferos 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


• Conhecer a estrutura de aves e mamí-
feros, dar exemplos de representantes e
caracterizá-los
• Citar as novidades evolutivas que surgem Pág. 186 - Acessar o link http://eba.im/gcagvb (acesso em: 20 abr. 2015), para
em cada grupo saber mais informações sobre as principais famílias de aves da Mata Atlântica.
• Apresentar os conhecimentos pré-
• Citar algumas adaptações, estruturais e Pág. 188 - Atividade Experimental para simular os efeitos de poluentes sobre as
vios
fisiológicas, para o voo aves aquáticas.
• Observar fatos, acontecimentos e • Conhecer alguns mamíferos placentários
Pág. 199 - Acessar o link http://eba.im/h6w5tp (acesso em: 20 abr. 2015) para ver
fenômenos • Construir modelos e organizar informações infográfico interativo mostrando a estrutura de uma baleia jubarte.
dos resultados obtidos em experimentos
• Elaborar hipóteses Pág. 205 - Atividade Experimental para verificar a eficiência de uma adaptação à
• Propor hipóteses para os experimentos
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e vida no deserto.


• Aves realizados
fenômenos • Coletar e organizar informações obtidas, Pág. 377 (Orientações para o professor) - Sugestão de atividade extraescolar:
• Mamíferos Fundação Jardim Zoológico de Brasília (para mais informações acesse o link
• Comparar, discutir e resolver pro- por exemplo, em jornais, revistas, mu-
seus, institutos e sites, sobre os assuntos http://eba.im/b42je6 (acesso em: 22 abr. 2015).
blemas
estudados Pág. 377 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor:
• Ler e interpretar textos • Descobrir a importância da observação Animais peçonhentos no Brasil (João Luiz Costa Cardoso e colaboradores. Ed.
do meio ambiente como forma de revelar Sarvier, 2003); 100 animais ameaçados de extinção no Brasil: e o que você pode
• Organizar informações utilizando conhecimento fazer para evitar (Sávio Freire Bruno. Ed. Ediouro, 2008); Tecnologia e educação
outras formas escritas (tabelas, (Wendel Freire (Org.). Ed. Wak, 2008).
• Demonstrar interesse pela Ciência como
gráficos, entre outras) forma de compreender melhor o am- Pág. 379 (Orientações para o professor) - Texto adicional para o professor: A ori-
biente ao nosso redor gem dos vertebrados revista.
• Despertar o interesse pela natureza
• Respeitar e valorizar todas as formas de
vida

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 35


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – As plantas
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
9. Diversidade das plantas 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Apresentar os conhecimentos pré- • Identificar, caracterizar e exemplificar os


vios principais tipos de planta Pág. 213 - Sugestão de atividade extraescolar: Jardim Botânico Municipal
• Coletar e organizar informações sobre as Francisca Maria Garfunkel Rischbieter (para mais informações acessar o link
• Observar fatos, acontecimentos e http://eba.im/myued2 (acesso em: 23 abr. 2015).
fenômenos plantas, por exemplo, em jornais, revis-
tas, museus, institutos e sites Pág. 213 - Livro: Plantas do Brasil (Gabriela Brioschi. Ed. Odysseus, 2003), para
• Briófitas • Elaborar hipóteses abordar as principais características de diversas plantas brasileiras.
• Descobrir a importância da observação
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Pteridófitas • Analisar fatos, acontecimentos e do meio ambiente como forma de revelar Pág. 221 - Acessar o link http://eba.im/8s6ui4 (acesso em: 22 abr. 2015), para ima-
fenômenos conhecimento gens digitalizadas de Flora brasiliensis, livro de Carl F. P. von Martius, August W.
• Gimnospermas Eichler e Ignatz Urban, produzido entre 1840 e 1906.
• Comparar, discutir e resolver pro- • Demonstrar interesse pela Ciência como
• Angiospermas blemas Pág. 222 - Acessar o link http://eba.im/8iti8r (acesso em: 22 abr. 2015) para exem-
forma de compreender melhor o am-
plo de cladograma de plantas.
• Ler e interpretar textos biente ao nosso redor
Pág. 385 (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor: A
• Organizar informações utilizando • Despertar o interesse pela natureza botânica no cotidiano (Organizadoras: Déborah Y. A. C. Santos, Fungyi Chow e
outras formas escritas (tabelas, Cláudia M. Furlan. Ed. Holos, 2012).
• Respeitar e valorizar todas as formas de
gráficos, entre outras) vida

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 36


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – As plantas
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
10. Órgãos vegetativos das plantas 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


• Identificar os órgãos vegetativos (raiz,
caule e folha), caracterizá-los e reconhe-
cer sua diversidade
• Conhecer e identificar algumas plantas
venenosas e de interesse medicinal
• Apresentar os conhecimentos pré- • Distinguir tipos de raiz e quais são utili-
vios zados na alimentação humana
• Observar fatos, acontecimentos e • Organizar informações dos resultados Pág. 228 - Acessar o link http://eba.im/k89sdm (acesso em: 23 abr. 2015), para
obtidos em experimentos texto que explica o que é enxerto, quais são os métodos dessa prática e sobre a
fenômenos
• Propor hipóteses para os experimentos utilidade dessa técnica para agricultores e ensina como ela pode ser executada.
• Elaborar hipóteses realizados Pág. 234 - Atividade Experimental para verificar a condução de seiva no caule.
• Raiz
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e • Coletar e organizar informações obtidas,


por exemplo, em jornais, revistas, mu- Pág. 236 - Atividade Experimental para verificar uma das funções da raiz.
• Caule fenômenos
seus, institutos e sites, sobre os assuntos Pág. 238 - Atividade Experimental para verificar em que face da folha há mais
• Folha • Comparar, discutir e resolver pro- estudados estômatos.
blemas • Observar a importância das folhas no
processo fotossintético Pág. 240 - Atividade Experimental para observar a transpiração pelas folhas.
• Ler e interpretar textos • Descobrir a importância da observação Pág. 240 - Acessar o link http://eba.im/6rdqfj (acesso em: 23 abr. 2015), para fotos
do meio ambiente como forma de revelar e informações a respeito das plantas carnívoras do Brasil e do mundo.
• Organizar informações utilizando
conhecimento
outras formas escritas (tabelas,
• Demonstrar interesse pela Ciência como
gráficos, entre outras)
forma de compreender melhor o am-
biente ao nosso redor
• Despertar o interesse pela natureza
• Respeitar e valorizar todas as formas de
vida

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 37


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – As plantas
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
11. Órgãos reprodutores das angiospermas 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Reconhecer a flor como o órgão reprodu-


tor dos vegetais e conhecer sua diversi-
dade
• Apresentar os conhecimentos pré-
• Identificar as partes da flor das angios-
vios Pág. 249 - Atividade Experimental para identificar os diversos elementos de uma
permas
flor e analisar as partes masculina e feminina.
• Observar fatos, acontecimentos e
• Compreender como ocorre a formação
fenômenos Pág. 259 - Acessar o link http://eba.im/pdyiaw (acesso em: 24 abr. 2015) para in-
do grão de pólen
formações a respeito da produção de frutos no Brasil.
• Reprodução das angiospermas • Elaborar hipóteses
• Citar os tipos de polinização (por insetos, Pág. 259 - Livro: Plantando as árvores do Quênia (Claire A. Nivola.Tradução: Isa
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Flor • Analisar fatos, acontecimentos e vento, aves) Mesquita. Ed. SM, 2010).
fenômenos
• Fruto • Descrever a polinização Pág. 395 (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor: Bo-
• Comparar, discutir e resolver pro- tânica: morfologia interna das plantas (Mário Guimarães Ferri. Ed. Nobel, 1999);
• Semente • Identificar o aparecimento do tubo políni- Histórias das plantas mais notáveis do Brasil e do Paraguai (Auguste de Saint-Hi-
blemas
co para a reprodução laire. Ed. Fino Traço, 2011); Hortas na educação ambiental: na escola, na comu-
• Ler e interpretar textos nidade, em casa (Silvia Czapski e Maria Célia B. Bombana. Ed. Peirópolis, 2011.
• Descrever a formação do fruto e rela-
• Organizar informações utilizando cionar sua importância na dispersão da Pág. 395 (Orientações para o professor) - Texto adicional para o professor: Quando
outras formas escritas (tabelas, semente as florestas passam a emitir carbono ao invés de captá-lo.
gráficos, entre outras)
• Identificar os diferentes tipos de fruto

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 38


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes

... continuação da página anterior

• Descrever como ocorre a formação da semente e sua importância evolutiva


• Descrever como ocorre a germinação da semente
• Observar e reconhecer as estruturas de uma flor
• Relacionar cor, perfume e forma de diferentes flores com o tipo de agente polinizador
• Saber diferenciar fruto e semente
• Descobrir a importância da observação do meio ambiente como forma de revelar conhecimento
• Demonstrar interesse pela Ciência como forma de compreender melhor o ambiente ao nosso redor
• Despertar o interesse pela natureza
• Respeitar e valorizar todas as formas de vida

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 39


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – Ecologia
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B2-C7
12. Biosfera

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Caracterizar os biomas terrestres e


aquáticos e localizá-los geograficamente
• Comparar a flora e a fauna típicas dos
biomas com o tipo de clima e a tempera-
• Apresentar os conhecimentos pré- tura existentes
vios • Coletar e organizar as informações ob-
tidas, por exemplo, em jornais, revistas,
• Observar fatos, acontecimentos e museus, institutos e sites, sobre os as-
fenômenos suntos estudados Pág. 277 - Acessar o link http://eba.im/f7b8s3 (acesso em: 28 abr. 2015), para
trabalhar biomas brasileiros Mata Atlântica e Cerrado. Há informações sobre a
• Elaborar hipóteses • Estabelecer relações entre os fatores fauna e a flora típicas de cada lugar, seu estado de conservação, as ameaças e as
• Biomas terrestres abióticos e os fatores bióticos dentro dos
RECURSOS PEDAGÓGICOS

formas de preservação desses ambientes.


• Analisar fatos, acontecimentos e ecossistemas
• Biomas brasileiros fenômenos Pág. 278 - Livro: Viagem pelo Brasil em 52 histórias (Silvana Salerno. Ed. Cia das
• Descobrir a importância da observação Letrinhas, 2006).
• Biomas aquáticos • Comparar, discutir e resolver pro- do meio ambiente como forma de adqui-
blemas rir conhecimento Pág. 395 (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor: Cons-
• Demonstrar interesse pela Ciência como truindo o conhecimento: ecologia. (Rosilene S. Bicalho e Paulo Oliveira. Ed. RHJ
• Ler e interpretar textos forma de compreender melhor o am- Livros, 2010).
• Organizar informações utilizando biente ao nosso redor
outras formas escritas (tabelas, • Despertar o interesse pela natureza.
gráficos, entre outras) • Respeitar e valorizar todas as formas de
vida
• Defender e praticar ativamente toda e
qualquer medida em prol da preservação
ambiental

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 40


Ciências Novo Pensar – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – Ecologia
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B2-C6
13. As relações ecológicas

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Compreender e exemplificar as relações


• Apresentar os conhecimentos pré-
simbióticas intraespecíficas e as interes-
vios pecíficas
• Observar fatos, acontecimentos e • Estabelecer uma comparação entre as Pág. 292 - Acessar o link http://eba.im/j73sma (acesso em: 28 abr. 2015), para
fenômenos relações harmônicas/desarmônicas e as informações sobre os tipos de abelha que existem no nosso país, seu comporta-
relações estabelecidas pelos seres hu- mento e muitas fotos.
• Elaborar hipóteses
manos, entre eles e com o planeta
• Relações harmônicas
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e Pág. 405 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor:
• Descobrir a importância da observação Controle biológico no Brasil: parasitoides e predadores (José Roberto P. Parra e
• Relações desarmônicas fenômenos do meio ambiente como forma de adqui- colaboradores. Ed. Manole, 2002); Patrimônio ambiental brasileiro (Wagner Costa
rir conhecimento Ribeiro. Ed. Edusp, 2004); Meio ambiente e educação: uma dupla de futuro (Adria-
• Controle biológico • Comparar, discutir e resolver pro-
blemas • Demonstrar interesse pela Ciência como na Regina Braga. Ed. Mercado das Letras, 2010).
forma de compreender melhor o am- Pág. 405 (Orientações para o professor) - Texto adicional para o professor: Com-
• Ler e interpretar textos biente ao nosso redor bate aos insetos. Como fazer?
• Organizar informações utilizando • Despertar o interesse pela natureza
outras formas escritas (tabelas,
gráficos, entre outras) • Respeitar e valorizar todas as formas de
vida

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 41


Ciências Novo Pensar  8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – Organização geral do ser humano
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C13
1. Conhencendo a célula

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Caracterizar e reconhecer a célula como


a unidade morfofisiológica dos seres vi-
vos, capaz de autoduplicação
• Dissertar sobre a teoria celular
• Apresentar os conhecimentos pré-
vios • Reconhecer a célula como uma estru-
tura tridimensional, internamente com-
• Observar fatos, acontecimentos e posta de citoplasma e diversas organelas
fenômenos Pág. 16 - Acessar o site da Fundação Oswaldo Cruz – http://eba.im/wubidu (aces-
• Identificar, caracterizar e atribuir as res- so em: 18 maio 2015) – para informações sobre as células, suas organelas e a
• Elaborar hipóteses pectivas funções das organelas citoplas- formação de tecidos.
• A célula máticas
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e Pág. 17 - Acessar o link http://eba.im/pswzp6 (acesso em: 18 maio 2015) com
• Teoria celular fenômenos • Comparar a estrutura e a constituição imagens de microscopia de diversos tecidos que compõem o corpo humano.
das células animal e vegetal Pág. 17 - Acessar o link http://eba.im/9xzrii (acesso em: 18 maio 2015 para jogo de
• Estrutura da célula • Comparar, discutir e resolver pro-
• Conhecer e comparar diferentes dimen- tabuleiro sobre as características das células.
blemas
sões celulares Pág. 20 - Atividade Experimental para observar e entender a organização de uma
• Ler e interpretar textos célula vegetal.
• Reconhecer que o microscópio é um ins-
• Organizar informações utilizando trumento utilizado para a visualização
outras formas escritas (tabelas, das células e estruturas celulares e es-
gráficos, entre outras) tabelecer comparação entre os micros-
cópios óptico e eletrônico
• Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am-
biente ao nosso redor

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 42


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – Organização geral do ser humano
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C13
2. Níveis de organização do ser humano

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Apresentar os conhecimentos pré-


vios
• Observar fatos, acontecimentos e Pág. 29 - Acessar o link http://eba. im/3kyjt9 (acesso em: 18 maio 2015) para texto
fenômenos e entrevistas sobre a doação de medula óssea.
• Elaborar hipóteses • Listar, hierarquicamente, os níveis de Pág. 33 - Acessar o link http://eba.im/t2oto9 (acesso em: 18 maio 2015) para ani-
organização dos seres vivos e exempli- mação que aprofunda o estudo sobre a contração muscular.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Tecidos, órgãos e sistemas • Analisar fatos, acontecimentos e ficá-los


fenômenos Pág. 283 (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor:
• Os tecidos no corpo humano • Definir o que são tecidos Biologia celular e molecular (Tales Alexandre Aversi Ferreira. Ed. Átomo, 2008);
• Comparar, discutir e resolver pro- • Caracterizar, diferenciar e atribuir a res- Educação e tecnologias: novo ritmo da informação (Vani Moreira Kenski Ed.
blemas pectiva função dos tecidos humanos ­Papirus, 2007).

• Ler e interpretar textos Pág. 283 (Orientações para o professor) - Texto adicional para o professor: O dia
em que as cadeiras de rodas invadiram o Congresso.
• Organizar informações utilizando
outras formas escritas (tabelas,
gráficos, entre outras)

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 43


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – O corpo humano em atividade
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B3-C9
3. Funções vitais

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Apresentar os conhecimentos pré-


vios
• Observar fatos, acontecimentos e
fenômenos
• Definir, exemplificar e correlacionar as
• Elaborar hipóteses funções vitais
Pág. 42 - Acessar os links http://eba.im/m78qhn (acesso em: 19 maio 2015) para
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Conhecendo as funções vitais: nu- • Analisar fatos, acontecimentos e • Produzir um texto que relate um fato ou texto que relata a importância da prática de atividade física para a manutenção da
uma história em que seja possível identi- saúde na adolescência e http://eba.im/oqtxmm (acesso em: 19 maio 2015) para
trição, relação, coordenação e re- fenômenos
ficar as funções vitais artigo sobre a importância de dormir bem para a manutenção do bom funciona-
produção
• Comparar, discutir e resolver pro- • Demonstrar interesse pela Ciência como mento do corpo.
blemas forma de compreender melhor o am-
• Ler e interpretar textos biente ao nosso redor

• Organizar informações utilizando


outras formas escritas (tabelas,
gráficos, entre outras)

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 44


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – O corpo humano em atividade
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B3-C10
4. Alimentação e digestão

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Definir os nutrientes e classificá-los Pág. 49 - Atividade Experimental para conhecer a glicofita – tira de papel que
quanto à sua composição química pode ser utilizada em exames para detectar a concentração de glicose na urina
• Diferenciar alimento e nutriente de pacientes.
Pág. 50 - Atividade Experimental para verificar a presença de amido e glicose em
• Apresentar os conhecimentos pré- • Citar as principais características e fun-
diversos tipos de alimento.
vios ções dos carboidratos, dos lipídios, das
proteínas, dos sais minerais e das vita- Pág. 52 - Atividade Experimental para reconhecer a presença de proteína em al-
• Observar fatos, acontecimentos e minas guns alimentos.
fenômenos
• Diferenciar os nutrientes plásticos, ener- Pág. 57 - Acessar o link http://eba.im/r3zuui (acesso em: 19 maio 2015) para tabe-
• Elaborar hipóteses la nutricional elaborada pela Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal
géticos e reguladores
• Alimento e nutriente de São Paulo – Unifesp.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e • Compreender a importância da alimen- Pág. 61 - Livro: Alimento é vida. (Rosicler M. Rodrigues. Ed. Moderna, 2013) para
• Alimentação e saúde fenômenos tação adequada para o crescimento e o abordar a origem dos alimentos e dos nossos hábitos alimentares, refletindo so-
• Digestão e sistema digestório • Comparar, discutir e resolver pro- desenvolvimento e o processo de desnu- bre a influência para nossa saúde e sobre os aspectos culturais da alimentação.
blemas trição
Pág. 67 - Sugestões de atividade extraescolar: Banco de Alimentos de Caxias do
• Citar as principais causas da deteriora- Sul (RS) (para mais informações acesse o link http://eba.im/y37fem (acesso em:
• Ler e interpretar textos
ção dos alimentos e conhecer os méto- 3 jun. 2015).
• Organizar informações utilizando dos para a conservação deles Pág. 67 - Leituras adicionais: Mesa Brasil – Sesc. Noções básicas sobre alimen-
outras formas escritas (tabelas, tação e nutrição. Disponível em: http://eba.im/y26e5j (acesso em: 3 jun. 2015)
gráficos, entre outras) • Perceber a importância de verificar os
e Mesa Brasil – Sesc. Aproveitamento integral dos alimentos. Disponível em:
prazos de validade dos alimentos e iden-
http://eba.im/utb8ao (acesso em: 3 jun. 2015).
tificar os potencialmente contaminados

Continua na próxima página ... Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 45


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes Recursos Pedagógicos

... continuação da página anterior ... continuação da página anterior

• Conhecer os órgãos que compõem o sistema digestório e o caminho percorrido pelo alimento Pág. 69 - Acessar o link http://eba.im/cw2g4g (acesso em: 19 maio 2015) para faixa de áudio em
dentro do corpo que o dr. Dráuzio Varella fala sobre desnutrição e obesidade infantil.

• Citar as principais enzimas que atuam no processo digestivo e os produtos originados pela Pág. 72 - Livro: Como funciona o incrível corpo humano. (Richard Walker. Tradução: Vanessa
Barbara. Ed. Companhia das Letrinhas, 2008).
ação enzimática
Pág. 77 - Acessar o link http://eba.im/dehxu9 (acesso em: 19 maio 2015) para animação que
• Posicionar-se criticamente perante todo e qualquer meio de comunicação, produto ou anún- mostra o caminho da digestão de diferentes alimentos no organismo humano, desde a ingestão
cio enganoso, principalmente aqueles relacionados à saúde até sua eliminação pelo ânus.
• Desenvolver e manter práticas saudáveis relacionadas ao corpo e à saúde e manter uma dieta Pág. 297 (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor: Em defesa da comi-
variada e equilibrada da (Michael Pollan. Tradução: Adalgisa C. Silva. Ed. Intrínseca, 2008).

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 46


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – O corpo humano em atividade
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C14
5. Respiração, circulação e excreção

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Discorrer sobre a função da respiração,


da circulação e da excreção, bem como
sobre o papel dos órgãos que compõem
os sistemas respiratório, circulatório e
• Apresentar os conhecimentos pré- urinário
vios
• Citar o caminho percorrido pelo ar den-
• Observar fatos, acontecimentos e tro do sistema respiratório e diferenciar
fenômenos os movimentos respiratórios
• Elaborar hipóteses Pág. 83 - Acessar o link http://eba.im/p4vzjq (acesso em: 20 maio 2015) para anima-
• Respiração e sistema respiratório • Definir hematose e descrever o caminho
ção mostrando o processo de hematose.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e dos gases respiratórios no sangue


• Circulação e sistema cardiovascu- Pág. 102 - Atividade Experimental para comparar medidas de ritmo cardíaco em
fenômenos • Conhecer a estrutura do coração, suas
lar diversas situações.
• Comparar, discutir e resolver pro- cavidades, suas valvas e seu funciona-
• Excreção e sistema urinário mento Pág. 111 - Acessar o link http://eba.im/k3v9dt (acesso em: 19 maio 2015) para ani-
blemas mações e textos sobre as funções do sistema urogenital.
• Ler e interpretar textos • Diferenciar os tipos de vaso sanguíneo e
suas respectivas funções
• Organizar informações utilizando
outras formas escritas (tabelas, • Citar os componentes sanguíneos e suas
gráficos, entre outras) respectivas funções

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 47


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes

... continuação da página anterior

• Descrever e esquematizar a pequena e a grande circulação


• Descrever a estrutura e a função do néfron e compreender os processos de filtração, reabsorção e secreção
• Compreender o controle da função renal pela ação hormonal
• Prestar atenção nos comprometimentos respiratórios decorrentes das variações ambientais
• Valorizar os avanços tecnológicos e científicos empregados na área da saúde
• Ter consciência de que práticas e atitudes desrespeitosas contra o próprio corpo comprometem a saúde

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 48


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – O corpo humano em atividade
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B3-C13
6. Funções de relação 4B3-C15

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Discorrer sobre a função de locomoção.


• Conhecer as estruturas do sistema es-
quelético (ossos, cartilagens e articula-
• Apresentar os conhecimentos pré- ções)
vios
• Caracterizar os tipos de tecido muscular
• Observar fatos, acontecimentos e e suas respectivas funções
fenômenos
• Comparar os movimentos do corpo hu- Pág. 119 - Acessar o link http://eba.im/fgzed3 (acesso em: 21 maio 2015) para ani-
• Locomoção • Elaborar hipóteses mano com os tipos de alavanca. mação que mostra, de maneira didática, o esqueleto, sua função e os principais
tipos de osso.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Locomoção e saúde • Analisar fatos, acontecimentos e • Citar as deformações da coluna vertebral


fenômenos Pág. 128 - Acessar o link http://eba.im/iuxcoa (acesso em: 21 maio 2015) para vídeo
• Órgãos dos sentidos • Apontar a importância dos exercícios
em que o dr. Drauzio Varella explica como se desenvolvem e como funcionam al-
• Comparar, discutir e resolver pro- musculares para a saúde guns de nossos sentidos.
• Órgãos dos sentidos e saúde blemas
• Conhecer o efeito dos anabolizantes no Pág. 132 - Atividade experimental para verificar a percepção dos sons.
• Ler e interpretar textos corpo do homem e da mulher

• Organizar informações utilizando • Discorrer sobre a função dos sentidos


outras formas escritas (tabelas,
• Compreender o mecanismo da percep-
gráficos, entre outras)
ção do paladar e do olfato

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 49


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes

... continuação da página anterior

• Conhecer as principais partes do olho humano e o mecanismo da visão


• Conhecer as principais partes da orelha humana e o mecanismo da audição
• Compreender o mecanismo da percepção do tato
• Conhecer algumas doenças relacionadas aos órgãos dos sentidos
• Demonstrar interesse pela Ciência como forma de compreender melhor o ambiente ao nosso redor
• Posicionar-se criticamente perante todo e qualquer meio de comunicação, produto ou anúncio enganoso, principalmente
aqueles relacionados à saúde
• Valorizar o bem-estar, a qualidade de vida e o lazer como pré-requisitos à manutenção da saúde
• Reconhecer o paladar e o olfato como sentidos importantes para evitar a ingestão de alimentos estragados e/ou contami-
nados
• Perceber que a visão é o sentido mais utilizado pelo ser humano
• Evitar realizar qualquer atividade que utilize a visão em local pouco iluminado
• Consultar um oftalmologista com frequência
• Utilizar, se necessário, óculos ou lentes de contato de acordo com orientação médica
• Reconhecer os efeitos prejudiciais que os ruídos altos provocam na audição humana
• Reconhecer o tato como um sentido importante para a proteção do corpo dos seres vivos
• Desenvolver e manter diariamente hábitos e práticas higiênicos
• Desenvolver e manter práticas saudáveis relacionadas ao corpo e à saúde
• Valorizar os avanços tecnológicos e científicos empregados na área da saúde
• Ingerir medicamentos somente sob prescrição e orientação médicas
• Ter consciência de que práticas e atitudes desrespeitosas contra o próprio corpo comprometem a saúde

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 50


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – O corpo humano em atividade
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C15
7. Funções de coordenação

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Discorrer sobre a função do sistema ner-


voso e das glândulas endócrinas
• Conhecer os órgãos que compõem o sis- Pág. 148 - Acessar o link http://eba.im/ofcny4 (acesso em: 21 maio 2015) para
• Apresentar os conhecimentos pré- tema nervoso e as glândulas endócrinas animação que permite visualizar em 3D o mecanismo de funcionamento de um
vios ato reflexo.
• Conhecer a estrutura do neurônio e a na-
• Observar fatos, acontecimentos e Pág. 152 - Livro: Álcool, cigarro e drogas (Jairo Bouer. Ed. Panda Books, 2005) para
tureza do impulso nervoso
fenômenos abordar o uso de drogas na adolescência.
• Descrever e exemplificar os atos reflexos Pág. 158 - Acessar o link http://eba.im/wiopfn (acesso em: 21 maio 2015) para ani-
• Elaborar hipóteses
• Compreender os agravos ao sistema mação que mostra o sistema de controle dos hormônios sexuais masculinos e seus
• Sistema nervoso
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e nervoso e à saúde decorrentes do uso de efeitos sobre o organismo.
• O sistema nervoso e as drogas fenômenos álcool e drogas Pág. 159 - Sugestão de atividade extraescolar: Museu de Ciências Morfológicas da
• Glândulas endócrinas • Comparar, discutir e resolver pro- Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) (para mais informações aces-
• Discorrer sobre a função dos hormônios sar o link http://eba.im/hgytg9 (acesso em: 3 jun. 2015).
blemas
• Compreender o mecanismo de retroali- Pág. 318 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor: Ál-
• Ler e interpretar textos mentação cool e drogas na adolescência (Ilana Pinsky e Cesar Pazinatto. Ed. Contexto, 2014) e
• Organizar informações utilizando Drogas na escola – alternativas teóricas e práticas (organizador: Julio Groppa Aqui-
• Caracterizar as principais doenças cau- no. Ed. Summus, 1998).
outras formas escritas (tabelas, sadas pelas disfunções hormonais
gráficos, entre outras) Pág. 318 (Orientações para o professor) - Texto adicional para o professor: Ateros-
clerose.

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 51


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes

... continuação da página anterior

• Comparar as mudanças decorrentes da puberdade, pela ação hormonal, no corpo das meninas e dos meninos
• Elaborar uma campanha que aborde o tema “drogas”
• Expor para os colegas da escola os resultados obtidos
• Desenvolver e manter diariamente hábitos e práticas higiênicos
• Desenvolver e manter práticas saudáveis relacionadas ao corpo e à saúde
• Valorizar o bem-estar, a qualidade de vida e o lazer como pré-requisitos à manutenção da saúde
• Rejeitar contato com fumo, álcool e drogas
• Valorizar os avanços tecnológicos e científicos empregados na área da saúde
• Ingerir medicamentos somente sob prescrição e orientação médicas
• Ter consciência de que práticas e atitudes desrespeitosas contra o próprio corpo comprometem a saúde
• Ter consciência das mudanças durante a adolescência e de que nem sempre as modificações comportamentais, anatômi-
cas e fisiológicas acontecem na mesma idade

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 52


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Reprodução, desenvolvimento e hereditariedade
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C16
8. Sexualidade e reprodução

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Discorrer sobre a função da reprodução


• Conhecer os órgãos que compõem o sis-
Pág. 168 - Livros: Diário de um adolescente hipocondríaco (Aidan Macfarlane e Ann
tema genital Mcpherson. Tradução: André Cardoso. Ed. 34, 2010 (2ª ed.)) para assuntos relacio-
• Apresentar os conhecimentos pré-
vios • Conhecer a anatomia e a fisiologia do nados às mudanças que ocorrem no organismo durante essa fase, como a mens-
sistema genital feminino e do masculino truação, o crescimento de barba, o sexo, entre outras.
• Observar fatos, acontecimentos e
Pág. 320 e 321 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para os alunos:
fenômenos • Compreender a fisiologia da reprodução
Diário de Susie (Aidan Macfarlane e Ann McPherson. Tradução: Rubens Figueiredo.
• Elaborar hipóteses • Compreender o mecanismo da ovulação Ed. 34, 2009 (2a ed.)) e Como virar um adolescente: um guia para a puberdade (Wen-
e do ciclo menstrual dy Darvill. Ed. Fundamento, 2014).
• Sistema genital
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e


Pág. 176 - Sugestão de atividade extraescolar - Visita a uma maternidade próxima à
• Reprodução humana fenômenos • Explicar como ocorre a fecundação
escola para pesquisa sobre gravidez na adolescência.
• Educação sexual • Comparar, discutir e resolver pro- • Conceituar contracepção; listar e conhe- Pág. 180 - Acessar o site governamental http://www.aids.gov.br (acesso em: 31 mar.
blemas cer os métodos contraceptivos 2015) para informações a respeito da transmissão e as formas de prevenção de
diversas doenças sexualmente transmissíveis, inclusive da Aids.
• Ler e interpretar textos • Conhecer as doenças sexualmente
transmissíveis (DST), como são transmi- Pág. 324 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor:
• Organizar informações utilizando tidas e como evitá-las Desnudando a educação sexual (Cláudia Bonfim. Ed. Papirus, 2012); Educação
outras formas escritas (tabelas, sexual na sala de aula (Jimena Furlani. Ed. Autêntica, 2011) e A diversidade se-
gráficos, entre outras) xual na educação e os direitos de cidadania LGBT na escola (Marco A. Torres. Ed.
Autêntica, 2010).

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 53


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes

... continuação da página anterior

• Reconhecer a maneira de usar os métodos contraceptivos e a eficiência de cada um


• Desenvolver e manter, diariamente, hábitos e práticas higiênicas
• Desenvolver e manter práticas saudáveis relacionadas ao corpo e à saúde
• Valorizar os avanços tecnológicos e científicos empregados na área da saúde
• Ingerir medicamentos somente sob prescrição e orientação médicas
• Ter consciência de que práticas e atitudes desrespeitosas contra o próprio corpo comprometem a saúde
• Ter consciência das mudanças durante a adolescência e de que nem sempre modificações comportamentais, anatômicas
e fisiológicas acontecem na mesma idade
• Manter uma postura tranquila com relação à sexualidade e assimilar que a sexualidade faz parte da vida das pessoas
• Proteger-se contra as doenças sexualmente transmissíveis (DST)
• Conhecer métodos de evitar a gravidez indesejada
• Perceber que relacionamentos com contatos mais íntimos ou outra forma de expressão da sexualidade devem ter momento
e local apropriados
• Perceber que nos relacionamentos o respeito e o consentimento são fundamentais

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 54


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Reprodução, desenvolvimento e hereditariedade
Curriculares Nacionais
Anotações

Capítulo
CONTEÚDO

4B2-C9
9. Mecanismo de herança

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


• Reconhecer o núcleo celular como res-
ponsável pelo controle das atividades
celulares
• Apresentar os conhecimentos pré- • Compreender a primeira lei de Mendel Pág. 198 - Acessar os links http://eba.im/ap2y5i (acesso em: 23 maio 2015) para
vios quiz a respeito do sangue e http://eba.im/xm99ew (acesso em: 23 maio 2015) para
• Definir e exemplificar a nomenclatura
texto do dr. Drauzio Varella sobre a eritroblastose fetal.
• Observar fatos, acontecimentos e básica relacionada à Genética
fenômenos Pág. 204 - Acessar o link http://eba.im/xmfqow (acesso em: 23 maio 2015) para
• Definir e diferenciar antígeno e anticorpo
• O núcleo das células animações e texto sobre os conceitos de Genética.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Elaborar hipóteses • Compreender os problemas envolvidos


• Mendelismo Pág. 204 -Sugestões de atividade extraescolar: Catavento Cultural (para mais infor-
• Analisar fatos, acontecimentos e com transfusões sanguíneas
mções acesse o link http://eba.im/aop379 (acesso em: 3 jun. 2015).
• Herança dos grupos sanguíneos fenômenos • Simular cruzamentos envolvendo as leis
Pág. 330 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor:
de Mendel
• O sexo na espécie humana • Comparar, discutir e resolver pro- A lógica da vida: uma história da hereditariedade (François Jacob. Ed. Graal,
blemas • Construir heredogramas 2001); DST: se educar, dá para evitar! (Mauro Romero Leal Passos e outros. Ed.
• Herança ligada ao sexo Revinter, 2001); Educação e sexualidade: um diálogo com educadores (Cláudia
• Ler e interpretar textos • Descobrir a importância da observação Aparecida Batista. Ed. Ícone, 2008).
do meio ambiente como forma de adqui-
• Organizar informações utilizando rir conhecimentos Pág. 330 (Orientações para o professor) - Atividade extra: Segregação independente
outras formas escritas (tabelas, de caracteres (o site http://eba.im/22gj5c (acesso em: 3 jun. 2015) apresenta a se-
• Valorizar o conhecimento e os avanços gregação independente de caracteres de maneira clara e interativa).
gráficos, entre outras)
decorrentes das pesquisas na área da
Genética e sua aplicação em vários seto-
res, inclusive na descoberta de doenças
hereditárias

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 55


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – Evolução dos seres vivos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B2-C8
10. Os evolucionistas e os mecanismos da evolução

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 210 - Livro: O que maravilhou o sr. Darwin (Mick Manning e Brita Granström.
• Conceituar e diferenciar as teorias de La- Ed. Biruta, 2012). Apresenta as ideias complexas presentes na obra A origem das
• Apresentar os conhecimentos pré- espécies de maneira interessante e acessível, ressaltando, com humor, a importân-
marck e de Darwin
vios cia dos estudos de Darwin.
• Conceituar a moderna teoria da evolução Pág. 215 - Acessar o link http://eba.im/wkaida (acesso em: 23 maio 2015) para do-
• Observar fatos, acontecimentos e
• Lamarckismo cumentário produzido pela BBC sobre Charles Darwin e sua revolucionária teoria
fenômenos • Identificar as evidências da evolução.
da evolução por meio da seleção natural.
• Darwinismo
• Elaborar hipóteses • Compreender a importância do mimetis-
Pág. 217 - Acessar o link http://eba.im/vasw3c (acesso em: 23 maio 2015) para re-
• A moderna teoria da evolução mo para a vida nos ambientes naturais
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e portagem sobre a evolução humana e a origem do bipedalismo na espécie.
• Evidências da evolução fenômenos • Conhecer a história evolutiva dos hominí- Pág. 219 - Acessar o link http://eba.im/j9638y (acesso em: 23 maio 2015) para ani-
deos e da espécie humana mações e textos de fácil compreensão comparando a teoria de Lamarck com a teo-
• Adaptação • Comparar, discutir e resolver pro-
ria de Darwin.
blemas • Pesquisar sobre outros cientistas envol-
• Como ocorre a evolução
vidos na formulação da teoria da seleção Pág. 334 (Orientações para o professor) - Sugestão de link para o professor: http://
• Ler e interpretar textos eba.im/spxqn2 (acesso em: 3 jun. 2015) para uma breve descrição dos conceitos
• O aparecimento dos primatas natural
• Organizar informações utilizando fundamentais elaborados por Darwin.
• Descobrir a importância da observação
outras formas escritas (tabelas, Pág. 334 e 335 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor:
do meio ambiente como forma de revelar
gráficos, entre outras)
conhecimentos
A origem das espécies (Charles Darwin. Ed. Martin Claret, 2004); A tripla hélice
(Richard Lewontin. Ed. Companhia das Letras, 2002); Ensino de Ciências (Sílvia Tri-
vellato e Rosana Louro Ferreira Silva. Ed.Cengage, 2012).

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 56


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 5 – Biotecnologia
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C14
11. Saúde e tecnologia

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conceituar clonagem e transgênico e


compreender o mecanismo de obtenção
de clones e transgênicos
• Apresentar os conhecimentos pré- • Diferenciar os processos de obtenção de Pág. 225 - Acessar o link http://eba.im/2it9az (acesso em: 23 maio 2015) para revista
vios clones e transgênicos Biotecnologia.
• Biotecnologia e Medicina Molecu-
• Observar fatos, acontecimentos e • Conhecer o Projeto Genoma Humano Pág. 227 - Acessar o link http://eba.im/3jszn9 (acesso em: 23 maio 2015) para um
lar texto que trata da utilização de mosquitos transgênicos no combate à dengue.
fenômenos
• Clonagem • Conhecer a terapia gênica e algumas de
Pág. 228 - Acessar o link http://eba.im/j2xfnf (acesso em: 23 maio 2015) para um
• Elaborar hipóteses suas aplicações texto em que se discutem as vantagens e as desvantagens de organismos trans-
• Transgênicos
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e • Compreender a utilidade das estruturas gênicos.


• Projeto Genoma Humano fenômenos superminiaturizadas como ferramenta Pág. 230 - Livro: Transgênicos e células-tronco: duas revoluções científicas (Equipe
• Terapia gênica para a melhoria da saúde e da qualidade BEI. Ed. BEI, 2005) para explicar os conceitos e desmistificar as polêmicas a respei-
• Comparar, discutir e resolver pro- to dos trangênicos e das células-tronco.
de vida
• Ética e biotecnologia blemas
• Realizar debates sobre as questões po- Pág. 340 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor: Avan-
• Nanotecnologia • Ler e interpretar textos ços da biologia celular e da genética molecular (Rogério Fernandes de Souza e An-
lêmicas que envolvem a clonagem, os
transgênicos e a terapia gênica dré Luíz Laforga. Ed.: Unesp, 2009); Células-tronco: uma revolução científica (Ed.
• Uso contemporâneo dos robôs • Organizar informações utilizando Oirã, 2008); Bioética no Brasil: tendências e perspectivas (Marcio Fabri dos Anjos.
outras formas escritas (tabelas, Ed. Ideias e Letras, 2007); Educação escolar e as tecnologias da informática (Luiz
• Posicionar-se de maneira crítica com
gráficos, entre outras) Carlos Pais. Ed. Autêntica, 2002).
relação à utilização dos atuais recur-
sos biotecnológicos disponíveis, visando
prioritariamente à saúde ambiental e
humana

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 57


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 6 – Ecologia
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B2-C5
12. O ambiente e o ser humano

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Citar os fatores abióticos e sua importân-


cia no ambiente
• Conhecer as interações entre as comu-
• Apresentar os conhecimentos pré- Pág. 240 - Acessar o link http://eba.im/xogawc (acesso em: 25 maio 2015) para ani-
nidades
vios mação que mostra medidas que podem ser tomadas para evitar a erosão do solo.
• Definir degradação ambiental Pág. 248 - Acessar o link http://eba.im/hjdvqq (acesso em: 25 maio 2015) para ani-
• Observar fatos, acontecimentos e
fenômenos • Apontar e estabelecer relações entre os mação que mostra dados sobre a ocupação e a degradação ambiental causadas
pelo ser humano e suas consequências.
fatores direta e indiretamente relaciona-
• O ambiente • Elaborar hipóteses
dos ao processo de degradação ambiental Pág. 251 - Acessar o link http://eba.im/zpjnxm (acesso em: 25 maio 2015) para
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Degradação ambiental • Analisar fatos, acontecimentos e textos que explicam o que é a pegada ecológica e como nosso estilo de vida pode
• Apontar alguns dos problemas exis- modificá-la.
fenômenos
• O ambiente urbano tentes no ambiente urbano e possíveis
• Comparar, discutir e resolver pro- meios para solucioná-los ou minimizar Pág. 254 - Acessar o link http://eba.im/jdweg9 (acesso em: 25 maio 2015) para do-
• Preservação do ambiente os seus efeitos cumentário intitulado A história das coisas, que trata da cadeia de produção e con-
blemas
sumo da sociedade atual.
• Ler e interpretar textos • Compreender a importância de preser-
Pág. 346 (Orientações para o professor) - Texto adicional para o professor: Pobres
var o ambiente para o futuro desta e das têm menos acesso à água.
• Organizar informações utilizando próximas gerações
outras formas escritas (tabelas, Pág. 346 a 350 (Orientações para o professor) - Sugestão de projeto: Projeto Ali-
gráficos, entre outras) mento.

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 58


Ciências Novo Pensar – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes

... continuação da página anterior

• Participar ativamente na melhoria das condições ambientais e tornar-se um agente multiplicador de tais atitudes, a fim de
promover o desenvolvimento sustentável
• Desenvolver uma postura crítica e consciente em relação às questões ambientais
• Demonstrar interesse pela Ciência como forma de compreender melhor o ambiente ao nosso redor
• Valorizar o bem-estar, a qualidade de vida e o lazer como pré-requisitos à manutenção da saúde
• Defender e praticar ativamente toda e qualquer medida em prol da preservação ambiental
• Propagar práticas e medidas de preservação ambiental
• Rejeitar e impedir práticas de destruição ambiental
• Reconhecer que a preservação ambiental é fundamental para a qualidade de vida

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 59


Matriz de referência de Ciências da Natureza para a 8a série/9o ano do Ensino Fundamental
SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica)

Eixos estruturantes/ A – Reconhecer conceitos, ideias, B – Compreender conceitos, ideias, C – Aplicar conceitos, ideias
Operações cognitivas fenômenos e/ou sistemas fenômenos e/ou sistemas e/ou sistemas

1. Terra e universo A1 B1 C1

2. Vida e ambientes A2 B2 C2

3. Ser humano e saúde A3 B3 C3

4. Matéria: constituição, propriedades e trans- A4 B4 C4


formações

5. Energia: conservação e transformação A5 B5 C5

60
Ciências Novo Pensar  9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – Matéria e energia SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C11 matéria, sua constituição, transformações, além
1. Matéria da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conceituar matéria
• Diferenciar e exemplificar substância e
mistura; fenômenos físicos e químicos
• Apresentar os conhecimentos pré- • Compreender as propriedades da matéria
vios
• Conhecer as unidades de medida de
• Observar fatos, acontecimentos e massa e volume
fenômenos • Conhecer e identificar as propriedades
específicas e funcionais da matéria Pág. 18 - Acessar o link http://eba.im/a3wjgw (acesso em: 4 abr. 2015) para revisar
• Introdução ao estudo da matéria • Elaborar hipóteses os estados da matéria e as propriedades do plasma, seus usos e sua presença
• Comprovar, experimentalmente, as pro-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

na natureza.
• Propriedades da matéria • Analisar fatos, acontecimentos e priedades específicas e funcionais da
fenômenos matéria Pág. 23 - Atividade Experimental para comparar e determinar densidades de só-
• Substância e mistura lidos e líquidos.
• Comparar, discutir e resolver pro- • Realizar cálculos e conversões matemá-
• Fenômenos químicos e físicos blemas ticas que envolvam as unidades de mas- Pág. 25 - Acessar o link http://eba.im/krc8uy (acesso em: 4 abr. 2015) para simular
sa e volume as mudanças de estado físico da matéria.
• Ler e interpretar textos
• Despertar o interesse pela natureza
• Organizar informações utilizando
outras formas escritas (tabelas, • Descobrir a importância da observação
gráficos, entre outras) do ambiente como forma de revelar co-
nhecimento
• Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am-
biente ao nosso redor

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 61


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – Matéria e energia SAEB
Curriculares Nacionais

5 - Energia: conservação e transformação


Estuda as formas de energia, suas transforma-
CONTEÚDO

Capítulo
4B4-C18 ções, sua conservação, formas de transferência
2. Energia de energia, utilização da energia pelo homem,
produção e distribuição da energia, tecnologias,
suas limitações, além de relacionar energia e vida.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conhecer as diferentes formas de ener-


gia
• Conhecer os principais tipos de usina
• Apresentar os conhecimentos pré- produtora de energia elétrica
vios • Compreender os mecanismos de con-
versão e conservação de energia Pág. 33 - Acessar o link http://eba.im/kmctxa (acesso em: 6 abr. 2015) para simu-
• Observar fatos, acontecimentos e lar processos de geração e transferência de energia.
• Introdução ao estudo da energia fenômenos • Informar sobre as formas alternativas de
produção de energia Pág. 33 - Acessar o link http://eba.im/t9c8df (acesso em: 6 abr. 2015) para conhe-
• Formas de energia: mecânica, elé- • Elaborar hipóteses cer impactos sociais, ambientais e culturais da construção de usinas hidrelétricas.
trica, térmica, luminosa e sonora • Construir painel visando à sensibiliza-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e ção de sua comunidade (escolar) para Pág. 34 - Livro: Energia nossa de cada dia (Valdir Montanari. Ed. Moderna, 2004) -
• Conservação de energia fenômenos a problemática e as consequências do principais fontes de energia e formas de interação do ser humano com a energia
desperdício de energia ao longo da história da humanidade.
• Transformação de energia: usinas • Comparar, discutir e resolver pro-
eletrica, termelétrica e nuclear blemas • Elaborar esquemas das diferentes for- Pág. 36 - Acessar o link http://eba.im/kmctxa (acesso em: 6 abr. 2015) para conhe-
mas de energia cer mais sobre as diferentes formas de utilização da energia nuclear.
• Energia da biomassa • Ler e interpretar textos
• Despertar o interesse pela natureza Pág. 39 - Acessar o link http://eba.im/peg44y (acesso em: 6 abr. 2015) para se
• Organizar informações utilizando informar sobre geração e consumo de energia elétrica no Brasil.
• Descobrir a importância da observação
outras formas escritas (tabelas, do ambiente como forma de revelar co-
gráficos, entre outras) nhecimento
• Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am-
biente ao nosso redor

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 62


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – Matéria e energia SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C12 matéria, sua constituição, transformações, além
3. Unidades de medida da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Apresentar os conhecimentos pré- Pág. 44 - Acessar o link http://eba.im/sna8f7 (acesso em: 6 abr. 2015) para conhe-
vios • Definir e exemplificar grandeza física cer mais sobre as grandezas físicas e exemplos no dia a dia.

• Observar fatos, acontecimentos e • Conhecer o sistema de unidade de me- Pág. 44 - acessar o link http://eba.im/4t4ii2 (acesso em: 6 abr. 2015) para ler os
dida documentos do Inmetro em que estão classificadas várias informações sobre o
fenômenos
padrão das unidades de medida.
• Realizar cálculos e conversões mate-
• Elaborar hipóteses Pág. 352 (Orientações para o professor) - sugestões de atividades extraescolares:
máticas que envolvam as unidades de
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e medida visitar uma panificadora-escola para conhecer a aplicação cotidiana do sistema
• Noção de grandeza física de unidade.
fenômenos • Despertar o interesse pela natureza
• Sistema de unidades de medida Pág. 352 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor:
• Comparar, discutir e resolver pro- • Descobrir a importância da observação Energia nuclear: com fissões e com fusões (Diógenes Galetti e Celso L. Lima,
blemas do meio ambiente como forma de revelar Unesp, 2008); De sol a sol: energia no século XXI (Cylon Gonçalves da Silva, Oficina
conhecimento de Textos, 2010); Mais Ciência no Ensino Fundamental: metodologia de ensino em
• Ler e interpretar textos
• Demonstrar interesse pela Ciência como foco (Nélio Bizzo, Editora do Brasil, 2008).
• Organizar informações utilizando forma de compreender melhor o am- Acessar o link http://eba.im/2vguxk (acesso em: 25 abr. 2015) para ver o vídeo em
outras formas escritas (tabelas, biente ao nosso redor que são apresentados dados sobre a utilização de diferentes fontes de energia
gráficos, entre outras) elétrica no mundo.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 63


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Noções básicas de química SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C14 matéria, sua constituição, transformações, além
4. Substâncias químicas e misturas da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Definir substância química


• Apresentar os conhecimentos pré- • Diferenciar substância simples e com-
vios posta
• Observar fatos, acontecimentos e Pág. 52 - Acessar o link http://eba.im/3wc9gf (acesso em: 18 fev. 2015) para co-
• Definir alotropia e citar exemplos
fenômenos nhecer alguns elementos químicos que fazem parte do nosso dia a dia, desde a
• Conceitos de moléculas e substân- • Diferenciar substância e mistura sua obtenção até sua utilização.
cias químicas • Elaborar hipóteses
• Citar e explicar os processos de separa- Pág. 61 - Realizar a atividade experimental sugerida e observar como se compor-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e ção de misturas heterogêneas e homo- tam diferentes misturas.
• Alotropia
fenômenos gêneas
Pág. 62 - Acessar o link http://eba.im/y4thes (acesso em: 11 maio 2015) para ver
• Mistura a animação que mostra a ampliação de substâncias puras e de misturas, eviden-
• Comparar, discutir e resolver pro- • Realizar, experimentalmente, processos
• Separação dos componentes das de separação de misturas (heterogêneas ciando suas diferenças.
blemas
misturas e homogêneas)
Pág. 365 (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor: Di-
• Ler e interpretar textos • Demonstrar interesse pela Ciência como dática da Química: fundamentos e práticas para o Ensino Médio (Murilo C. Leal,
• Organizar informações utilizando forma de compreender melhor o am- Dimensão, 2009).
outras formas escritas (tabelas, biente ao nosso redor
gráficos, entre outras) • Reconhecer a importância dos proces-
sos e produtos químicos no dia a dia

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 64


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Noções básicas de química SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C14 matéria, sua constituição, transformações, além
5. A estrutura do átomo da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conhecer a estrutura básica do átomo


• Compreender a distribuição eletrônica
em camadas
• Apresentar os conhecimentos pré-
vios • Definir elemento químico, átomo e íon

• Observar fatos, acontecimentos e • Identificar os elementos químicos pelos


fenômenos símbolos
• Conceituar e diferenciar número atômi- Pág. 79 - Acessar o link http://eba.im/e9ygdb (acesso em: 18 fev. 2015) para vi-
• Elaborar hipóteses sualizar uma simulação que mostra elementos químicos que normalmente estão
• Estrutura do átomo co e número de massa
RECURSOS PEDAGÓGICOS

presentes em nossas residências.


• Analisar fatos, acontecimentos e • Compreender a classificação dos ele-
• Elemento químico, átomo e íon
fenômenos mentos químicos Pág. 85 - Leitura do livro O fantástico mundo dos elementos: a tabela periódica
• Classificação dos elementos quí- personificada (Bunpei Yorifuji, Conrad do Brasil, 2013).
• Comparar, discutir e resolver pro- • Reconhecer o modelo atômico de Ru-
micos Pág. 88 - Acessar o site http://eba.im/2zaq65 (acesso em: 18 fev. 2015) para assis-
blemas therford e Bohr
tir a uma videoanimação que apresenta a história da tabela periódica.
• Ler e interpretar textos • Compreender a leitura da tabela perió-
dica
• Organizar informações utilizando
outras formas escritas (tabelas, • Demonstrar interesse pela Ciência como
gráficos, entre outras) forma de compreender melhor o am-
biente ao nosso redor
• Reconhecer a importância dos proces-
sos e produtos químicos no dia a dia

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 65


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Noções básicas de química SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C14 matéria, sua constituição, transformações, além
6. Ligações químicas da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Apresentar os conhecimentos pré-


vios • Compreender a estabilidade dos gases
nobres
• Observar fatos, acontecimentos e
fenômemos • Compreender, identificar e diferenciar as
ligações iônicas, covalentes e metálicas
• Elaborar hipóteses
• Estabilidade dos gases nobres • Simular, com bolinhas e botões, algu- Pág. 94 - Acessar o link http://eba.im/td493p. (acesso em: 18 fev. 2015) para ver
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Análisar fatos, acontecimentos e mas ligações químicas animações que mostram o que são íons e as ligações e os compostos formados
• Ligação iônica por eles.
fenômemos • Realizar exercícios que envolvam as liga-
• Ligação covalente e ligação metá- ções químicas Pág. 97 - Acessar o link http://eba.im/b8ze7r. (acesso em: 18 fev. 2015) para áudio
• Comparar, discutir e resolver pro-
lica com informações sobre alguns tipos de metais e ligas metálicas.
blemas. • Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am-
• Ler e interpretar textos biente ao nosso redor.
• Organizar informações utilizando • Reconhecer a importância dos proces-
outras formas escritas (tabelas, sos e produtos químicos no dia a dia
gráficos, entre outras)

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 66


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Noções básicas de química SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C15 matéria, sua constituição, transformações, além
7. Reações químicas da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Identificar uma reação química


• Apresentar os conhecimentos pré-
vios • Identificar os fatores que alteram a velo-
cidade das reações químicas Pág. 103 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de reconhecer as evi-
• Observar fatos, acontecimentos e dências de ocorrência de reação química.
fenômenos • Compreender a lei de Lavoisier
Pág. 110 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de verificar a variação
• Identificando uma reação química • Compreender a lei de Proust de velocidade em uma reação química.
• Elaborar hipóteses
• Relacionar a velocidade da reação quí-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Velocidade das reações químicas • Analisar fatos, acontecimentos e Pág. 111 - Acessar o link http://eba.im/gj83oi (acesso em: 18 fev. 2015) para reali-
mica com determinadas variáveis (pH, zar a atividade em forma de animação sobre o amadurecimento de bananas e as
• Enzimas: catalisadores dos seres fenômenos temperatura e outras) condições em que esse processo ocorre mais rapidamente.
vivos • Comparar, discutir e resolver pro- • Realizar exercícios que envolvam as rea- Pág. 113 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de demonstrar que
• Leis das reações químicas blemas ções químicas uma reação química pode gerar energia.
• Ler e interpretar textos • Demonstrar interesse pela Ciência como Pág. 382 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor:
forma de compreender melhor o am- Diversificando em Química – Propostas de enriquecimento curricular (Claudete
• Organizar informações utilizando biente ao nosso redor Reichelt Ely, Edson Luiz Lindner et al, Mediação, 2009.
outras formas escritas (tabelas,
gráficos, entre outras) • Reconhecer a importância dos proces-
sos e produtos químicos no dia a dia

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 67


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Noções básicas de química SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C16 matéria, sua constituição, transformações, além
8. Funções químicas da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Diferenciar funções inorgânicas e orgâ-


nicas

• Apresentar os conhecimentos pré- • Conceituar funções inorgânicas


vios Pág. 119 - Acessar o link http://eba.im/dp5zxm (acesso em: 20 abr. 2015) para vi-
• Compreender as características e as
sualizar a simulação que trabalha o conceito de acidez e apresenta uma aplicação
principais diferenças entre ácidos, ba-
• Observar fatos, acontecimentos e do tema no cotidiano.
ses, sais e óxidos
fenômenos
Pág. 124 - Realizar a atividade experimental sugerida para descobrir o caráter
• Citar exemplos de ácidos, bases, sais e
• Elaborar hipóteses ácido ou básico de uma solução.
• Ácidos óxidos
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e Pág. 130 - Acessar o link http://eba.im/sjpi88 (acesso em: 22 abr. 2015) para ver a
• Bases • Verificar, experimentalmente, as fun-
animação sobre a formação e os efeitos da chuva ácida na natureza e em monu-
fenômenos ções inorgânicas
• Sais mentos esculpidos pelo ser humano.
• Comparar, discutir e resolver pro- • Reconhecer os ácidos, as bases, os sais
Pág. 132 - Acessar o link http://eba.im/3tne6e (acesso em: 22 abr. 2015) para ler
• Óxidos blemas e os óxidos
texto sobre como a emissão de óxidos nítricos está aumentando as chuvas ácidas
• Realizar exercícios que envolvam ácidos, e os problemas para os seres humanos.
• Ler e interpretar textos
bases, sais e óxidos
Pág. 387 (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/rnwv46
• Organizar informações utilizando (acesso em: 18 fev. 2015) para mais textos sobre a emissão de compostos nitroge-
• Demonstrar interesse pela Ciência como
outras formas escritas (tabelas, forma de compreender melhor o am- nados e sua influência na chuva ácida.
gráficos, entre outras) biente ao nosso redor
• Reconhecer a importância dos proces-
sos e produtos químicos no dia a dia

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 68


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Noções básicas de química SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C14 matéria, sua constituição, transformações, além
9. Radioatividade da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 139 - Leitura do livro Curie e a radioatividade em 90 minutos (Paul Strathern,


Jorge Zahar Editor, 2000).
Pág. 389 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas: 10 grandes mu-
lheres da ciência. Revista Galileu Galilei, São Paulo, [2014?]. Disponível em:
• Apresentar os conhecimentos pré- http://eba.im/ruemhz. (acesso em: 27 abr. 2015) Prêmio para mulheres cientistas.
• Entender a radioatividade Agência Fapesp, São Paulo, 10 mar. 2011. Disponível em: http://eba.im/wjo28z
vios
(acesso em: 27 abr. 2015); Mulheres cientistas nas Américas. Agência Fapesp, São
• Conhecer os efeitos da radioatividade
• Observar fatos, acontecimentos e Paulo, 1o abr. 2013. Disponível em: http://eba.im/uoysin (acesso em: 27 abr. 2015).
nos seres vivos
fenômenos Pág. 142 - Acessar o link http://eba.im/jjoxns (acesso em: 23 abr. 2015) para ver
• Diferenciar fissão e fusão nuclear
• Elaborar hipóteses a animação sobre energia nuclear e os impactos ambientais causados por ela,
• Entendendo a radioatividade • Discutir criticamente a utilização de desde a mineração dos materiais até os resíduos que sobram pela sua utilização
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e energia nuclear como fonte de energia.


• Efeitos da radioatividade sobre os
fenômenos
organismos • Realizar exercícios que envolvam os ele- Pág. 143 - Acessar o link http://eba.im/rn2cys (acesso em: 23 abr. 2015) para ler
• Comparar, discutir e resolver pro- mentos radioativos o texto sobre as consequências do acidente com Césio-137, ocorrido em Goiânia
• Fissão e fusão nuclear em 1987.
blemas • Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am- Pág. 145 - Leitura do livro Entre estrelas e galáxias (Sueli Viegas, Terceiro Nome, 2011).
• Ler e interpretar textos
biente ao nosso redor
Pág. 393-394 - (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o profes-
• Organizar informações utilizando sor: Interações e transformações I: módulos I e II [Gepeq (Grupo de Pesquisa em
• Valorizar os avanços tecnológicos e cien-
outras formas escritas (tabelas, tíficos empregados na área da saúde Educação Química), Edusp, 2003); O discreto charme das partículas elementares
gráficos, entre outras) (Maria Cristina Batoni Abdalla, Unesp, 2006); Jogos no ensino de Química e Biolo-
gia (Neusa Nogueira Fialho, Ibpex, 2007).
Pág. 394 - (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/fm6kha
(acesso em: 29 abr. 2015) para ver animação que mostra de maneira descontraída
e resumida a evolução dos modelos atômicos.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 69


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Noções básicas de física SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo Movimentos: variações e conservações (Ensino matéria, sua constituição, transformações, além
10. Movimento Médio) da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Apresentar os conhecimentos pré-


vios
• Definir movimento, repouso e referencial
• Observar fatos, acontecimentos e
fenômenos • Compreender e diferenciar movimento
uniforme e movimento uniformemente
• Elaborar hipóteses variado Pág. 157 - Acessar o link http://eba.im/rkq3q8 (acesso em: 10 abr. 2015) para as-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Movimento, repouso e referencial • Analisar fatos, acontecimentos e • Aplicar os conceitos aprendidos na reso- sistir a uma videoaula sobre movimento uniforme e movimento uniformemente
fenômenos lução de exercícios variado.
• Movimento uniforme e movimento
uniformemente variado • Demonstrar interesse pela Ciência como Pág. 403 - (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor:
• Comparar, discutir e resolver pro-
forma de compreender melhor o am- Convite à física (Yoav Ben-Dov, Zahar, 1996).
blemas
biente ao nosso redor
• Ler e interpretar textos
• Reconhecer a importância dos fenôme-
• Organizar informações utilizando nos físicos no dia a dia
outras formas escritas (tabelas,
gráficos, entre outras)

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 70


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Noções básicas de física SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
4B1-C2 Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
matéria, sua constituição, transformações, além
Movimentos: variações e conservações (Ensino
11. Força da compreensão sobre átomos, suas relações e
Médio)
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Reconhecer as forças ao nosso redor Pág. 173 - Acessar o link http://eba.im/imu8rc (acesso em: 10 abr. 2015) para es-
• Apresentar os conhecimentos pré- tudar o conceito de força através de uma simulação.
• Conceituar força
vios Pág. 176 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de comparar forças
• Compreender e diferenciar os elementos
através da deformação de um elástico.
• Observar fatos, acontecimentos e de uma força
fenômenos Pág. 180 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de observar o compor-
• Reconhecer a força como uma grandeza
• Forças ao nosso redor tamento de corpos em razão de sua inércia.
• Elaborar hipóteses vetorial e física que pode ser medida
• Forças combinadas Pág. 182 - Acessar o link http://eba.im/6ds7yw (acesso em: 10 abr. 2015) para ler o
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e • Considerar o newton a unidade de força


texto do Instituto Ciência Hoje sobre a personalidade de Isaac Newton.
• Leis de Newton fenômenos • Compreender como as forças atuam
Pág. 406 - (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/r8siw6
• Força de atrito • Comparar, discutir e resolver pro- • Praticar atividades lúdicas (cabo de (acesso em: 11 jun. 2015) para calcular o peso nos diferentes planetas do Sis-
blemas guerra) para perceber a intensidade, a tema Solar.
• Peso e gravidade direção e o sentido das forças
• Ler e interpretar textos Pág. 406 - (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/sveuzf
• Demonstrar interesse pela Ciência como (acesso em: 11 jun. 2015) para explorar os planetas e corpos celestes do Sistema
• Organizar informações utilizando forma de compreender melhor o am- Solar através de imagens e informações.
outras formas escritas (tabelas, biente ao nosso redor
Pág. 406 - (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/gt6bd7
gráficos, entre outras) • Reconhecer a importância dos fenôme- (acesso em: 11 jun. 2015) para ler um texto sobre características e exemplos de
nos físicos no dia a dia força gravitacional.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 71


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Noções básicas de física SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo Movimentos: variações e conservações (Ensino matéria, sua constituição, transformações, além
12. Pressão Médio) da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Apresentar os conhecimentos pré-


vios • Conceituar pressão

• Observar fatos, acontecimentos e • Compreender como a pressão se mani-


fenômenos festa na natureza
Pág. 192 - Acessar o link http://eba.im/9hyuoz (acesso em: 13 abr. 2015) para es-
• Verificar, experimentalmente, a existên- tudar, através de um simulador, como a pressão de um gás varia em função de
• Elaborar hipóteses
cia da pressão por meio de sólidos, líqui- sua temperatura, volume e quantidade de moléculas.
• Pressão dos sólidos
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e dos e gases


Pág. 195 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de estudar como
• Pressão dos líquidos fenômenos • Realizar exercícios que envolvam a pres- transferir líquidos de um nível mais alto para um nível mais baixo.
são
• Pressão dos gases • Comparar, discutir e resolver pro- Pág. 414 - (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor:
blemas • Demonstrar interesse pela Ciência como Didática e avaliação em física (Aparecida M. Villatorre, Aparecida Higa, Silmara D.
forma de compreender melhor o am- Tychanowicz, Saraiva, 2012).
• Ler e interpretar textos biente ao nosso redor
• Organizar informações utilizando • Reconhecer a importância dos fenôme-
outras formas escritas (tabelas, nos físicos no dia a dia
gráficos, entre outras)

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 72


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Noções básicas de física SAEB
Curriculares Nacionais

5 - Energia: conservação e transformação


Estuda as formas de energia, suas transforma-
CONTEÚDO

Capítulo Movimentos: variações e conservações (Ensino ções, sua conservação, formas de transferência
13. Trabalho e potência Médio) de energia, utilização da energia pelo homem,
produção e distribuição da energia, tecnologias,
suas limitações, além de relacionar energia e vida.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Apresentar os conhecimentos pré-


vios
• Observar fatos, acontecimentos e • Conceituar e diferenciar trabalho e po-
fenômenos tência

• Elaborar hipóteses • Verificar, experimentalmente, o conceito


de trabalho e potência Pág. 202 - Acessar o link http://eba.im/imu8rc (acesso em: 13 abr. 2015) para es-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Conceito físico de trabalho • Analisar fatos, acontecimentos e tudar os conceitos de trabalho e energia através de um simulador.
• Relacionar trabalho e energia
fenômenos
• Potência • Demonstrar interesse pela Ciência como Pág. 418 - (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor:
• Comparar, discutir e resolver pro- forma de compreender melhor o am- Física em 12 lições: fáceis e não tão fáceis (Richard P. Feynman, Ediouro 2006).
blemas biente ao nosso redor
• Ler e interpretar textos • Reconhecer a importância dos fenôme-
nos físicos no dia a dia
• Organizar informações utilizando
outras formas escritas (tabelas,
gráficos, entre outras)

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 73


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Noções básicas de física SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
3B4-C13 Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
matéria, sua constituição, transformações, além
Movimentos: variações e conservações (Ensino
14. Máquina simples da compreensão sobre átomos, suas relações e
Médio)
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Apresentar os conhecimentos pré-


vios
• Definir e compreender o funcionamento
• Observar fatos, acontecimentos e das alavancas e roldanas Pág. 207 - Leitura do livro Eu, Robô (Isaac Asimov, Aleph, 2014).
fenômenos
• Diferenciar os tipos de alavanca e rolda- Pág. 208 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de observar e com-
• Alavancas • Elaborar hipóteses na preender o funcionamento de uma alavanca.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Classificação das alavancas • Analisar fatos, acontecimentos e • Construir modelos que simulem o fun- Pág. 209 - Acessar o link http://eba.im/qhyknk (acesso em: 13 abr. 2015) para
• Roldanas fenômenos cionamento de alavancas e roldanas trabalhar o conceito de equilíbrio através de um simulador.
• Comparar, discutir e resolver pro- • Demonstrar interesse pela Ciência como Pág. 212 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de estudar o funciona-
• Outras máquinas simples: plano
blemas forma de compreender melhor o am- mento da alavanca inter-resistente.
inclinado e parafuso biente ao nosso redor
• Ler e interpretar textos Pág. 215 - Leitura do livro Santos Dumont: o brasileiro voador (Fernando Jorge,
• Reconhecer a importância dos fenôme- Companhia Editora Nacional, 2009).
• Organizar informações utilizando nos físicos no dia a dia
outras formas escritas (tabelas,
gráficos, entre outras)

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 74


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Noções básicas de física SAEB
Curriculares Nacionais

5 - Energia: conservação e transformação


Capítulo Estuda as formas de energia, suas transforma-
CONTEÚDO

Calor, ambiente e usos de energia (Ensino Médio) ções, sua conservação, formas de transferência
15. Transferência de energia entre sistemas:
de energia, utilização da energia pelo homem,
Calor
produção e distribuição da energia, tecnologias,
suas limitações, além de relacionar energia e vida.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conceituar calor e temperatura


• Apresentar os conhecimentos pré- • Conhecer as escalas termométricas e a
vios relação entre elas
• Observar fatos, acontecimentos e • Identificar as formas de transferência de
fenômenos calor e suas aplicações

• Conceitos de calor e temperatura • Elaborar hipóteses • Conceituar e diferenciar contração e di-


Pág. 227 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de estudar diferenças
latação térmica
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e na transmissão de energia térmica por condução.


• Transferência de calor
fenômenos • Verificar, experimentalmente, as formas
Pág. 229 - Acessar o link http://eba.im/oagbei (acesso em: 14 abr. 2015) para as-
• Dilatação térmica de transferência de calor
sistir a uma videoaula do Vestibular Digital sobre transmissão de energia térmica
• Comparar, discutir e resolver pro-
• Calorimetria • Realizar experimentos que comprovem a e dilatação térmica de sólidos.
blemas
contração e a dilatação de objetos
• Ler e interpretar textos • Demonstrar interesse pela Ciência como
• Organizar informações utilizando forma de compreender melhor o am-
outras formas escritas (tabelas, biente ao nosso redor
gráficos, entre outras) • Reconhecer a importância dos fenôme-
nos físicos no dia a dia

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 75


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Noções básicas de física SAEB
Curriculares Nacionais
4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-
formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
matéria, sua constituição, transformações, além
da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
Capítulo Som, imagem e informação (Ensino Médio) fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.
16. Ondas, som e luz Matéria e radiação (Ensino Médio)
CONTEÚDO

5 - Energia: conservação e transformação


Estuda as formas de energia, suas transforma-
ções, sua conservação, formas de transferência
de energia, utilização da energia pelo homem,
produção e distribuição da energia, tecnologias,
suas limitações, além de relacionar energia e vida.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Definir onda, som e luz


• Classificar as ondas de acordo com sua natureza
• Apresentar os conhecimentos pré-
vios • Relacionar frequência e comprimento de onda Pág. 242 - Acessar o link http://eba.im/sv9vh2 (acesso em: 14 abr. 2015) para es-
• Relacionar meio com velocidade de propagação tudar as ondas mecânicas através de um simulador.
• Observar fatos, acontecimentos e
fenômenos • Verificar a propagação do som em diferentes Pág. 257 - Acessar o link http://eba.im/gsavs7 (acesso em: 15 abr. 2015) para ler
RECURSOS PEDAGÓGICOS

meios (sólido, líquido e gasoso) e compará-los um texto sobre o debate acerca da natureza da luz ao longo da história.
• Elaborar hipóteses
• Ondas: Classificação, componen- • Conhecer os mecanismos de reflexão e refra- Pág. 261 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de construir um peris-
tes e grandezas • Analisar fatos, acontecimentos e ção da luz cópio e avaliar a utilização de espelhos planos.
fenômenos • Conhecer os espelhos plano, côncavo e conve- Pág. 433 - (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/h3xj93
• Som xo e a utilidade deles no dia a dia
• Comparar, discutir e resolver pro- (acesso em: 29 abr. 2015) para construir uma câmara escura de orifício.
• Luz • Investigar a formação de imagens em espe-
blemas Pág. 433 - (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/h3xj93
lhos plano, côncavo e convexo
(acesso em: 29 abr. 2015) para construir um caleidoscópio.
• Ler e interpretar textos • Compreender o funcionamento das lentes
Pág. 435 - (Orientações para o professor) - Sugestões de atividades extraescola-
• Organizar informações utilizando • Descobrir a importância da observação do res: visitar o Museu de Ciência e Tecnologia da Universidade do Estado da Bahia
outras formas escritas (tabelas, meio ambiente como forma de revelar conhe- (UNEB).
gráficos, entre outras) cimentos
• Valorizar os avanços tecnológicos e científicos
empregados na área da saúde

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 76


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Noções básicas de física SAEB
Curriculares Nacionais
Anotações
4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-
formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
matéria, sua constituição, transformações, além
da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
Capítulo Equipamentos elétricos e telecomunicações (En- fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
sino Médio) gradas às questões socioambientais.
17. Eletricidade
5 - Energia: conservação e transformação
CONTEÚDO

Estuda as formas de energia, suas transforma-


ções, sua conservação, formas de transferência
de energia, utilização da energia pelo homem,
produção e distribuição da energia, tecnologias,
suas limitações, além de relacionar energia e vida.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


• Compreender o processo de atração e repulsão
• Reconhecer corpos condutores e isolantes de
• Apresentar os conhecimentos pré- eletricidade
vios • Compreender o funcionamento dos tipos de
circuito elétrico
• Observar fatos, acontecimentos e • Compreender o funcionamento de um resistor
• Eletrização
fenômenos
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Conceituar potência (watt) Pág. 282 - Acessar o link http://eba.im/oagbei (acesso em: 20 maio 2015) para
• Corrente elétrica assistir a um vídeo de uma experiência com lâmpada de filamento de grafite e ler
• Elaborar hipóteses • Conhecer os geradores de energia químicos e
mecânicos um texto sobre o funcionamento de lâmpadas incandescentes.
• Geradores de energia elétrica
• Analisar fatos, acontecimentos e • Verificar o consumo de energia dos aparelhos Pág. 284 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de compreender o
• Circuito elétrico fenômenos eletroeletrônicos domésticos
funcionamento da ligação elétrica de uma residência.
• Comparar o consumo de energia de sua casa
• Diferença de potencial • Comparar, discutir e resolver pro- ao longo do ano Pág. 289 - Acessar o link http://eba.im/ak8yn7 (acesso em: 16 abr. 2015) para as-
blemas sistir a animações diversas da Estação Ciência de São Paulo, em especial a ani-
• Resistores • Construir um circuito elétrico
mação sobre construção e funcionamento de um motor elétrico.
• Ler e interpretar textos • Evitar o desperdício de energia elétrica
• O consumo de energia elétrica
• Posicionar-se criticamente com relação a for-
• Organizar informações utilizando mas de desperdício de energia elétrica
outras formas escritas (tabelas, • Defender e praticar ativamente medidas que
gráficos, entre outras) visem à economia de energia elétrica
• Propagar práticas e medidas de economia de
energia elétrica

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 77


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Noções básicas de física SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo Equipamentos elétricos e telecomunicações (En- matéria, sua constituição, transformações, além
18. Magnetismo sino Médio) da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Diferenciar ímã natural e ímã artificial


• Compreender o mecanismo de atração e
repulsão entre polos magnéticos
• Apresentar os conhecimentos pré-
vios • Compreender os fenômenos magnéticos Pág. 295 - Acessar o link http://eba.im/ziz85q (acesso em: 20 maio 2015) para ler
o texto pelo Instituto Ciência Hoje sobre a história e as aplicações do magnetismo
• Observar fatos, acontecimentos e • Identificar as substâncias magnéticas e no dia a dia.
fenômenos não magnéticas
• Ímã natural e ímã artificial Pág. 296 - Realizar a atividade experimental sugerida a fim de verificar a utilização
• Elaborar hipóteses • Compreender a formação do campo prática do magnetismo através da construção de uma bússola.
• Fenômenos magnéticos magnético
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar fatos, acontecimentos e Pág. 442 - (Orientações para o professor) - Sugestões de atividades extraescola-
• Substâncias magnéticas fenômenos • Descobrir a utilidade dos ímãs res: visitar o Observatório Solar Indígena da Universidade Estadual do Mato Gros-
so do Sul (UEMS).
• Campo magnético • Comparar, discutir e resolver pro- • Construir modelos que constatem a
blemas Pág. 352 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o profes-
existência e a utilização prática do mag-
• Utilidade dos ímãs: eletroimã sor: Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (disponível em
netismo http://eba.im/wbanep (acesso em: 30 abr. 2015); Como ensinar Física ao seu
• Ler e interpretar textos
• Descobrir a importância da observação cachorro: uma visão bem-humorada da Física moderna (Chad Orzel, Campus,
• Organizar informações utilizando 2010); Ensino de Física (Anna Maria Pessoa de Carvalho e outros Cengage Lear-
do meio ambiente como forma de revelar
outras formas escritas (tabelas, ning, 2010).
conhecimento
gráficos, entre outras)
• Demonstrar interesse pela Ciência como
forma de compreender melhor o am-
biente ao nosso redor

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 78


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – Ecologia SAEB
Curriculares Nacionais

2 - Vida e ambientes
Aborda a origem e a evolução dos seres vivos e
suas interações com os ambientes naturais ou
transformados; observa o dinamismo no plano
natural sobre como a vida se desenvolve em es-
paços e tempos diversos e suas relações com o
meio biótico e abiótico, incluindo suas implica-
ções. Aborda os níveis de organização dos seres
vivos e os critérios adotados pela ciência para sua
Capítulo classificação e agrupamento, utilizando os carac-
4B2-C12 teres morfofisiológicos, analisando-os, compara-
19. O ambiente agredido
tivamente, do ponto de vista evolutivo. Considera
o conhecimento no conjunto das relações entre os
seres vivos, os ambientes e suas substâncias, de
forma a requerer a frequente construção e recons-
CONTEÚDO

trução de conceitos, métodos e comportamentos


envolvendo questões contemporâneas, como utili-
zação de recursos naturais, impactos ambientais,
sustentabilidade, transformações, manutenção,
conservação dos ambientes e da diversidade de
vida que os constitui.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Apresentar os conhecimentos prévios • Identificar os impactos ambientais de-


• Observar fatos, acontecimentos e correntes do desmatamento, do buraco Pág. 303 - Acessar link http://eba.im/dvar8x (acesso em: 4 mar. 2015) para anima-
fenômenos na camada de ozônio, do efeito estufa, da ção sobre a poluição da água e a degradação do ar e do solo.
• Comprometimento do meio am- • Elaborar hipóteses chuva ácida e da contaminação radioa- Pág. 305 - Acessar link http://eba.im/7gqvwg (acesso em: 4 mar. 2015) para ma-
biente tiva e compreender como eles ocorrem téria resumindo as principais conclusões e impactos ambientais apontados pelo
• Analisar fatos, acontecimentos e
relatório de pesquisa do IPCC (Intergovernmental Panel on Climate Change ou
• Planeta alterado: desmatamentos, fenômenos • Desenvolver uma postura crítica e cons- Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas).
buraco na camada de ozônio, efeito • Comparar, discutir e resolver pro- ciente em relação às questões ambientais
Pág. 306 - Acessar link http://eba.im/o3c47n (acesso em: 4 mar. 2015) para ani-
estufa, chuva ácida e contaminação blemas • Demonstrar interesse pela Ciência como mação sobre mudanças climáticas, aquecimento global e efeito estufa.
radioativa • Ler e interpretar textos forma de compreender melhor o am-
• Organizar informações utilizando biente ao nosso redor
outras formas escritas (tabelas, Continua na próxima página ...
Continua na próxima página ...
gráficos, entre outras)

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 79


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes Recursos Pedagógicos

... continuação da página anterior

• Descobrir a importância da observação do meio ambiente como forma de revelar conheci-


mento
• Defender e praticar ativamente medidas em prol da preservação ambiental ... continuação da página anterior

• Propagar práticas e medidas de preservação ambiental


• Rejeitar e impedir práticas de destruição ambiental Pág. 307 - Acessar link http://eba.im/ms6tz8 (acesso em: 4 mar. 2015) para infográfico sobre a
chuva ácida, incluindo sua origem, características e efeitos.
• Reconhecer que a preservação ambiental é fundamental para a qualidade de vida
Pág. 449 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor: Educar para a
• Respeitar e valorizar todas as formas de vida e o meio ambiente sustentabilidade: uma contribuição à década da educação para o desenvolvimento sustentável
(Moacir Gadotti. Ed. Instituto Paulo Freire, 2008); Minha casa, o mundo (Carlos Rodrigues Bran-
• Despertar o interesse pela natureza
dão. Ed. Ideias & Letras, 2008).
• Posicionar-se criticamente com relação a toda e qualquer forma de desperdício
• Reconhecer a finitude dos recursos naturais
• Participar das atividades voltadas à coleta diferenciada ou seletiva e à reciclagem
• Estar consciente da necessidade da redução do consumo e da reutilização dos materiais

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 80


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – Ecologia SAEB
Curriculares Nacionais

3 - Ser humano e saúde


Aborda o funcionamento do corpo humano em sua
integridade, do nível celular ao orgânico, associa-
Capítulo do à sua relação com ambientes, tecnologias e as-
4B2-C12 pectos socioambientais para a promoção da saúde
20. Poluição e saúde
física e psíquica. Além do funcionamento do corpo,
explora a compreensão sobre doenças, causas,
CONTEÚDO

tratamento, ciclo e prevenção, o entendimento de


hábitos danosos e os que promovem saúde.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conceituar poluente Pág. 310 - Acessar o link http://eba.im/u9gba7 (acesso em: 4 mar. 2015) para texto
• Apresentar os conhecimentos pré- que revela quanto as grandes bandas, mesmo com o discurso politicamente cor-
vios • Citar os diferentes tipos de poluente que reto, acabam poluindo o planeta em suas turnês.
atingem a água
• Observar fatos, acontecimentos e
RECURSOS PEDAGÓGICOS

Pág. 313 - Acessar os links http://eba.im/e59jhk (acesso em: 4 mar. 2015) para
fenômenos • Compreender o efeito dos poluentes no infográfico sobre uma estação de tratamento de água e todas as etapas do pro-
meio ambiente e nos seres vivos cesso e http://eba.im/4hmxsa (acesso em: 4 mar. 2015) para animação sobre os
• Elaborar hipóteses processos presentes no tratamento do esgoto das cidades.
• Citar e explicar as medidas controlado-
• Poluentes e seus efeitos biológicos • Analisar fatos, acontecimentos e ras da poluição Pág. 318 - Sugestões de atividades extraescolares: Conhecendo uma coopera-
fenômenos tiva de catadores. Para mais informações acessar http://eba.im/utsmsz (acesso
• Medidas antipoluentes • Reconhecer os poluentes e propor so- em:5 jun. 2015).
• Comparar, discutir e resolver pro- luções viáveis para a sua minimização
blemas Pág. 318 - Livro: Manual do guerrilheiro verde mirim (Floriana Breyer. Ed. Leya,
e/ou extinção
2013).
• Ler e interpretar textos • Desenvolver uma postura crítica e cons- Pág. 452 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor:
• Organizar informações utilizando ciente em relação às questões ambien- O catador é legal. Disponível em: http://eba.im/k2ikoz (acesso em: 26 abr. 2015);
outras formas escritas (tabelas, tais Manual do guerrilheiro verde mirim (Floriana Breyer. Ed. Leya, 2013).
gráficos, entre outras)
Continua na próxima página ... Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 81


Ciências Novo Pensar – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Atitudes Recursos Pedagógicos

... continuação da página anterior

... continuação da página anterior


• Demonstrar interesse pela Ciência como forma de compreender melhor o ambiente ao nosso
redor
• Descobrir a importância da observação do meio ambiente como forma de adquirir conheci- Pág. 454 (Orientações para o professor) - Leituras sugeridas para o professor: Meio ambiente
mento e tecnologia (Mário Jorge Pereira. Ed. Ciência Moderna, 2010); Energia, meio ambiente e de-
senvolvimento (José Goldenberg e Oswaldo Lucon. Ed. Edusp, 2010); Trajetória e fundamentos
• Defender e praticar ativamente medidas em prol da preservação ambiental
da educação ambiental (Carlos Frederico B. Loureiro. Ed. Cortez, 2004); Meio ambiente: do co-
• Propagar práticas e medidas de preservação ambiental nhecimento cotidiano ao científico (Caroline R. Vizentin, Gisnaldo A. Pinto e Carla F. Franco. Ed.
Base, 2010).
• Rejeitar e impedir práticas de destruição ambiental
Pág. 455 (Orientações para o professor) - Trabalhando com a internet: Poluição atmos-
• Reconhecer que a preservação ambiental é fundamental para a qualidade de vida férica e saúde – Condigital PUC-Rio. Disponível em: http://eba.im/4hs584 (acesso em:
15 jun. 2015). O link leva a uma animação que explicita os males à saúde causados pelos
• Respeitar e valorizar todas as formas de vida e o meio ambiente principais poluentes atmosféricos.
• Despertar o interesse pela natureza Pág. 455 (Orientações para o professor) - Texto adicional para o professor: Beber fumaça.
• Posicionar-se criticamente com relação a formas de desperdício Pág. 457 a 461 (Orientações para o professor) - Sugestões de projetos:
Projeto 1 - O crescimento dos cristais
• Reconhecer a finitude dos recursos naturais Projeto 2 - Resíduos sólidos
• Participar das atividades voltadas à coleta diferenciada ou seletiva e à reciclagem
• Estar consciente da necessidade da redução do consumo e da reutilização dos materiais

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 82


Guia de Orientações
para Resultados
Ciências da Natureza

SUMÁRIO
Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN)
Ensino Fundamental – 3º ciclo (6º e 7º anos)___________ 84

Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN)


Ensino Fundamental – 4º ciclo (8º e 9º anos)___________ 85

Ciências – 6º ano________________________________ 86

Ciências – 7º ano_______________________________ 106

Ciências – 8º ano_______________________________ 125

Matriz de referência de Ciências da Natureza


para a 8a série/9º ano do Ensino Fundamental
SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica)______ 147

Ciências – 9º ano_______________________________ 148


PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS (PCN)
Ensino Fundamental – 3o ciclo (6o e 7o anos)

TABELA DE REFERÊNCIA E CLASSIFICAÇÃO DE BLOCOS E CONTEÚDOS – CIÊNCIAS

BLOCO 3B1 BLOCO 3B2 BLOCO 3B3 BLOCO 3B4

Terra e Universo Vida e ambiente Ser humano e saúde Tecnologia e sociedade

C12 - investigação de tecnologias usuais e tradicionais


de mesma finalidade, comparando-as quanto à quali-
dade das soluções obtidas e outras vantagens ou pro-
C5 - coleta, organização, interpretação e divulgação
blemas ligados ao ambiente e ao conforto, valorizando
de informações sobre transformações nos ambientes
C9 - distinção de alimentos que são fontes ricas de nu- os direitos do consumidor e a qualidade de vida.
provocadas pela ação humana e medidas de proteção e
C1 - observação direta, busca e organização de infor- trientes plásticos, energéticos e reguladores, caracte-
recuperação, particularmente da região em que vivem
mações sobre a duração do dia em diferentes épocas rizando o papel de cada grupo no organismo humano, C13 - comparação e classificação de diferentes equi-
e em outras regiões brasileiras, valorizando medidas
do ano e sobre os horários de nascimento e ocaso do avaliando sua própria dieta, reconhecendo as conse- pamentos de uso cotidiano segundo sua finalidade,
de proteção ao meio ambiente.
Sol, da Lua e das estrelas ao longo do tempo, reconhe- quências de carências nutricionais e valorizando os energias envolvidas e princípios de funcionamento, es-
cendo a natureza cíclica desses eventos e associando- direitos do consumidor. tabelecendo a sequência de transformações de ener-
-os a ciclos dos seres vivos e ao calendário. C6 - investigação da diversidade dos seres vivos com-
gia, valorizando o consumo criterioso de energia, os
preendendo cadeias alimentares e características
C10 - compreensão de processos envolvidos na nu- direitos do consumidor e a qualidade de vida.
adaptativas dos seres vivos, valorizando-os e respei-
C2 - busca e organização de informações sobre come- trição do organismo estabelecendo relações entre os
tando-os.
tas, planetas e satélites do Sistema Solar e outros cor- fenômenos da digestão dos alimentos, a absorção de C14 - comparação e classificação de diferentes mate-
pos celestes para elaborar uma concepção de Universo. nutrientes e sua distribuição pela circulação sanguínea riais segundo sua finalidade, a origem de sua maté-
C7 - comparação de diferentes ambientes em ecos- para todos os tecidos do organismo. ria-prima e os processos de produção, investigando a
sistemas brasileiros quanto a vegetação e fauna, suas
C3 - caracterização da constituição da Terra e das con- sequência de separação e preparação de misturas ou
inter-relações e interações com o solo, o clima, a dis-
dições existentes para a presença de vida. C11 - caracterização do ciclo menstrual e da ejacula- síntese de substâncias, na indústria ou artesanato de
ponibilidade de luz e de água e com as sociedades hu-
ção, associando-os à gravidez, estabelecendo relações bem de consumo, valorizando o consumo criterioso de
manas.
entre o uso de preservativos, a contracepção e a pre- materiais.
C4 - valorização dos conhecimentos de povos antigos
para explicar os fenômenos celestes. venção das doenças sexualmente transmissíveis, valo-
C8 - investigação de diferentes explicações sobre a vida rizando o sexo seguro. C15 - investigação dos modos de conservação de ali-
na Terra, sobre a formação dos fósseis e comparação
mentos, cozimento, adição de substâncias, refrigera-
entre espécies extintas e atuais.
ção e desidratação quanto ao modo de atuação especí-
fico, à importância social histórica e local, descrevendo
processos industriais e artesanais para este fim.

84
PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS (PCN)
Ensino Fundamental – 4o ciclo (8o e 9o anos)

TABELA DE REFERÊNCIA E CLASSIFICAÇÃO DE BLOCOS E CONTEÚDOS – CIÊNCIAS

BLOCO 4B1 BLOCO 4B2 BLOCO 4B3 BLOCO 4B4

Terra e Universo Vida e ambiente Ser humano e saúde Tecnologia e sociedade

C7 - compreensão de relações entre a história geo-


C1 - identificação, mediante observação direta, de algu- lógica do planeta e a evolução dos seres vivos, consi-
mas constelações, estrelas e planetas recorrentes no derando mudanças na composição e na fisionomia da
céu do hemisfério Sul durante o ano, compreendendo biosfera, atmosfera e litosfera para avaliar e respeitar
que os corpos celestes vistos no céu estão a diferentes o tempo de reposição dos materiais e substâncias na - compreensão do organismo humano como um todo,
distâncias da Terra. natureza. interpretando diferentes relações e correlações entre
sistemas, órgãos, tecidos em geral, reconhecendo fato-
C8 - comparação das estruturas do corpo, dos modos
como realizam funções vitais e dos comportamentos res internos e externos ao corpo que concorrem na ma-
C2 - identificação da atração gravitacional da Terra
de seres vivos que habitam ecossistemas diferentes, nutenção do equilíbrio, as manifestações e os modos C17 - compreensão de processos de recuperação e
como a força que mantém pessoas e objetos presos
hoje e em outros períodos do passado geológico, para de prevenção de doenças comuns em sua comunidade degradação de ambientes por ocupação urbana desor-
ao solo ou que os faz cair, que causa marés e que é
a compreensão de processos adaptativos. e o papel da sociedade humana na preservação da saú- denada, industrialização, desmatamento, inundação
responsável pela manutenção de um astro em órbita
de coletiva e individual. para construção de barragem ou mineração, cotejando
de outro. C9 - reconhecimento de formas eficientes de dispersão
e estratégias reprodutivas dos seres vivos em diferen- custos ambientais e benefícios sociais, valorizando a
tes ambientes, e comparação entre reprodução sexual - reconhecimento de processos comuns a todas as qualidade de vida.
C3 - estabelecimento de relação entre os diferentes
e assexual no que diz respeito à variabilidade dos des- células do organismo humano e de outros seres vivos:
períodos iluminados de um dia e as estações do ano,
cendentes. crescimento, respiração, síntese de substâncias e eli-
mediante observação direta local e interpretação de in- C18 - investigação de processos de extração e produ-
formações deste fato nas diferentes regiões terrestres, C10 - estabelecimento de relações entre os fenômenos minação de excretas. ção de energia e substâncias obtidas por diferentes
para compreensão do modelo heliocêntrico. da fotossíntese, da respiração celular e da combustão tecnologias tradicionais ou alternativas, sua transfor-
para explicar os ciclos do carbono e do oxigênio de mação na indústria de produção de bens, valorizando a
- compreensão dos sistemas nervoso e hormonal
forma integrada ao fluxo unidirecional de energia no preservação dos recursos naturais.
C4 - comparação entre as teorias geocêntrica e helio- como sistemas de relação entre os elementos internos
planeta.
cêntrica, considerando os movimentos do Sol e demais do corpo e do corpo todo com o ambiente, em situações
estrelas observados diariamente em relação ao hori- C11 - investigação dos fenômenos de transformação do cotidiano ou de risco à integridade pessoal e social, C19 - compreensão das relações de mão dupla entre
zonte e o pensamento da civilização ocidental nos sé- de estados físicos da água ocorridos em situações de valorizando condições saudáveis de vida. as necessidades sociais e a evolução das tecnologias,
culos XVI e XVII. experimentação e na natureza, em que há alteração
associada à compreensão dos processos de transfor-
de temperatura e pressão, compreendendo o ciclo da
água em diferentes ambientes, identificando o modo - compreensão dos processos de fecundação, gravidez mação de energia e de materiais, valorizando condi-
C5 - reconhecimento da organização estrutural da Ter- pelo qual os mananciais são reabastecidos, valorizan- ções de saúde e qualidade de vida.
e parto, conhecendo vários métodos anticoncepcionais
ra, estabelecendo relações espaciais e temporais em do sua preservação. e estabelecendo relações entre o uso de preservativos,
sua dinâmica e composição.
C12 - investigação de alterações de determinados am- a contracepção e a prevenção das doenças sexualmen-
bientes como resultado da emissão de substâncias, te transmissíveis, valorizando o sexo seguro e a gravi-
C6 - valorização do conhecimento historicamente acu- partículas e outros materiais produzidos por agentes dez planejada.
mulado, considerando o papel de novas tecnologias e o poluidores, compreendendo os processos de dispersão
embate de ideias nos principais eventos da história da de poluentes no planeta e aspectos ligados à cultura e
Astronomia até os dias de hoje. à economia para valorizar medidas de saneamento e
de controle de poluição.

85
Ciências 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – Água no ambiente
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B2-C5
1. Água na Terra

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em • Relacionar a presença de água, princi-
observações palmente líquida, com a manutenção da Pág. 12 - Acessar o link http://eba.im/68xg6v (acesso em: 17 maio 2015).
• Aplicar o método científico vida no planeta. Pág. 17 - Acessar os links: Brasileiro consome 159 litros por dia. Globo Ecologia,
• Conhecer as fontes de água doce no Brasil Rio de Janeiro, 11 maio 2013. Disponível em: http://eba.im/s6qbep (acesso em:
• Identificar fenômenos físicos, quí- 17 maio 2015); GANDRA, A. Índice de perda de água tratada no Brasil é elevado.
• Representação da água doce no micos ou biológicos • Reconhecer que as atividades humanas Agência Brasil, Rio de Janeiro, 11 set. 2011. Meio Ambiente. Disponível em: http://
planeta
RECURSOS PEDAGÓGICOS

têm relação com o comprometimento da eba.im/c9b3ax (acesso em: 17 maio 2015); Sabesp. Programa de uso racional da
• Analisar, descrever e compreender água. São Paulo, [2014?]. Disponível em: http://eba.im/k4t8kj (acesso em: 17 maio
• Contaminação da água e dos seres fatos e fenômenos disponibilidade de água potável no futuro.
2015).
vivos
• Resolver situações-problema • Conscientizar-se da desigualdade da
Pág. 18 - Acessar o link http://eba.im/jbpro6 (acesso em: 5 maio 2015).
• A importância da água distribuição de água doce no planeta.
• Trabalhar com informações expos- Pág. 20 - Acessar o link CORDEIRO NETO, O. M. A sociedade e o uso da água.
tas em textos, imagens, tabelas, • Valorizar e respeitar atitudes individuais Recife: Agência Nacional de Águas (ANA), 7 jul. 2005. Palestra [do] Programa
gráficos e infográficos, estabele- e coletivas de respeito pelo ambiente e de Pós-Graduação UFPE. Disponível em: http://eba.im/vrz3bx (acesso em: 17
cendo explicações, comparações e conservação dos recursos naturais, es- maio 2015).
hipóteses pecialmente a água.

• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 86


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – Água no ambiente
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C11
2. Ciclo e propriedades da água

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
• Identificar os estados físicos da água e as
observações
mudanças de estado.
Pág. 31 - Acessar os links: Caminho das águas. Produzido por: Globo Ecologia,
• Aplicar o método científico Fundação Roberto Marinho, Agência Nacional de Águas (ANA). Rio de Janeiro:
• Reconhecer fatores que interferem nas
mudanças de estado físico da água. Fundação Roberto Marinho, 2006. (Série Caminho das águas – Bacia PCJ). Dis-
• Identificar fenômenos físicos, quí-
ponível em: http://eba.im/kqyde8 (acesso em: 17 maio 2015); Caminho das águas.
micos ou biológicos Produzido por: Globo Ciência, Fundação Roberto Marinho, Agência Nacional de
• Descrever o ciclo da água na natureza.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Propriedades da água (fusão, soli- • Analisar, descrever e compreender Águas (ANA). Rio de Janeiro: Fundação Roberto Marinho, 2006. Disponível em:
dificação, volatilidade, dissolução, • Reconhecer algumas propriedades da http://eba.im/jnr622 (acesso em: 17 maio 2015).
fatos e fenômenos
tensão superficial e detergência) água: volatilidade, solvência, tensão su-
Pág. 274 e 275 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Mate-
• Resolver situações-problema perficial e detergência.
riais solúveis e materiais insolúveis.
• Trabalhar com informações expos- • Distinguir a água pura de misturas. Pág. 278 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: BRAGA, M.;
tas em textos, imagens, tabelas, GUERRA, A.; REIS, J. C. Breve história da ciência moderna: das luzes ao sonho do
• Valorizar a observação como fonte de in-
gráficos e infográficos, estabele- doutor Frankenstein. Rio de Janeiro: Zahar, 2005. v. 3.
formação e de explicação dos fenômenos
cendo explicações, comparações e
naturais.
hipóteses.
• Coletar dados e realizar pesquisas.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 87


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Água - tratamento e saúde
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B2-C5
1. Qualidade da água 4B2-C12

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conhecer as características da água po-


tável.
• Aplicar conhecimentos prévios
• Reconhecer as principais etapas do tra- Pág. 40 - Acessar os links: Tratamento de água. Laboratório de Química
• Levantar hipóteses com base em tamento da água em ETAs. Ambiental, 2006. Educação Ambiental e Cidadania. Disponível em:
observações http://eba.im/4dsoz5 (acesso em: 17 maio 2015); Brasil. Fundação Nacional
• Discutir os fatores que podem levar à es- de Saúde. Manual prático de análise da água. 3. ed. rev. Brasília: Fundação
• Aplicar o método científico cassez de água para uso humano. Nacional de Saúde, 2009. Disponível em: http://eba.im/er4uek (acesso em: 17
maio 2015).
• Identificar fenômenos físicos, quí- • Valorizar as atitudes que reduzem a con-
• Contaminação de mananciais micos ou biológicos taminação da água usada nas residên- Pág. 41 - Acessar o link Sabesp. Limpeza de caixa-d’água. São Paulo, [2014?].
Disponível em: http://eba.im/73so5x (acesso em: 17 maio 2015).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

cias.
• Tratamento da água • Analisar, descrever e compreender
fatos e fenômenos • Compreender o papel da água no estado Pág. 43 - Acessar os links: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância
• Doenças transmitidas por água líquido para a vida das plantas. em Saúde. Guia leptospirose: diagnóstico e manejo clínico. Brasília, DF, 2009.
contaminada • Resolver situações-problema Disponível em: http://eba.im/thykzm (acesso em: 19 maio 2015); São Paulo
• Identificar algumas fontes poluidoras da (cidade). Secretaria Municipal da Saúde. Saiba tudo sobre a hepatite viral. São
• Trabalhar com informações expos- água. Paulo, 2013. Disponível em: http://eba.im/qcfx8x (acesso em: 19 maio 2015).
tas em textos, imagens, tabelas,
• Valorizar os cuidados com a água como Pág. 280 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
gráficos e infográficos, estabele-
http://eba.im/yxmieh (acesso em: 17 maio 2015).
cendo explicações, comparações e forma de promoção da saúde coletiva e
hipóteses individual. Pág. 282 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Simulação do
trabalho feito nas ETAs.
• Coletar dados e realizar pesquisas • Conhecer algumas doenças causadas
por microrganismos que podem ser
transmitidas pela água.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 88


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Água - tratamento e saúde
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C12
2. Usos da água 4B4-C18

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


Pág. 48 - Ler: TRIVELLATO, S. F.; SILVA, R. L. F. Ensino de Ciências. São Paulo: Cengage Lear-
ning, 2012; CALDEIRA, A. M. A.; ARAÚJO, E. N. N. (Orgs.). Biologia: ensino prático. In: — Intro-
dução à didática da Biologia. São Paulo: Escrituras, 2009.
Pág. 49 - Acessar o link Matemático, engenheiro e inventor escocês: James Watt. UOL Educação,
• Aplicar conhecimentos prévios
2014. Disponível em: http://eba.im/8c7q7k (acesso em: 5 maio 2015).
• Levantar hipóteses com base em Pág. 50 - Acessar os links: Monjolo. CiênciaMão, 2013. Disponível em: http://eba.im/u7gse6
observações (acesso em: 19 maio 2015); Construção de monjolo artesanal. Produzido por: TV Sul. 15 abr.
• Identificar algumas fontes poluidoras da 2013. Disponível em: http://eba.im/562vin (acesso em: 19 maio 2015).
• Aplicar o método científico
água Pág. 52 - Acessar o link Usina termelétrica. Ambiente Brasil, 2012. Disponível em:
• Contaminação da água por fertili- http://eba.im/movhfp (acesso em: 19 maio 2015).
• Identificar fenômenos físicos, quí-
• Identificar e compreender o funciona- Pág. 53 - Acessar o link Coimbra, G. Vantagens e desvantagens da construção de usinas hidrelétri-
zantes micos ou biológicos
mento de máquinas movidas a água cas. PMKB, 13 set. 2013. Disponível em: http://eba.im/auggg9 (acesso em: 19 maio 2015).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• As usinas geradoras de energia • Analisar, descrever e compreender Pág. 55 - Acessar os links: Eletrobras. Vantagens das hidrelétricas. Rio de Janeiro, 2010.
• Interpretar esquemas que mostram
elétrica fatos e fenômenos Disponível em: http://eba.im/3c8mds (acesso em: 19 maio 2015); GONÇALVES, L. F. Usinas
como a energia elétrica é produzida em
hidrelétricas. Porto Alegre: LaPSI-UFRGS, 2012. Disponível em: http://eba.im/on4jsa (acesso
• Energia, sociedade e ambiente • Resolver situações-problema hidrelétricas e em termelétricas em: 19 maio 2015); FARIA, I. D. O que são usinas hidrelétricas “a fio-d’água” e quais os cus-
tos inerentes à sua construção? Brasil – Economia e Governo, 5 mar. 2012. Disponível em:
• Impacto das hidrelétricas • Trabalhar com informações expos- • Discutir os benefícios e os prejuízos da http://eba.im/pundvu (acesso em: 19 maio 2015); CORDEIRO, T. et al. Quais são as vantagens
tas em textos, imagens, tabelas, instalação de usinas geradoras de ener- e desvantagens de Belo Monte? Superinteressante, São Paulo: Ed. Abril, dez. 2011. Dispo-
gráficos e infográficos, estabele- gia elétrica nível em: http://eba.im/zy7cp6 (acesso em: 19 maio 2015); LA ROVERE, E. Energia elétrica:
economizar no que for preciso. Ciência Hoje das Crianças, Rio de Janeiro, 22 jun. 2000. Dis-
cendo explicações, comparações e ponível em: http://eba.im/jgihtk (acesso em: 19 maio 2015); FAUNA protegida. Ciência Hoje
hipóteses das Crianças, Rio de Janeiro, 29 nov. 2013. Disponível em: http://eba.im/zxdtxq (acesso em:
19 maio 2015).
• Coletar dados e realizar pesquisas
Pág. 56 - Acessar os links: GIORDAN, M. Experimentação por simulação. Textos La-
peq, São Paulo, n. 8, jun.2003. Disponível em: http://eba.im/js3wg2 (acesso em: 28 maio
2015); Energias renováveis. Produzido por: Globo Ecologia. 15 fev. 2014. Disponível em:
http://eba.im/6ryxx2 (acesso em: 19 maio 2015).

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 89


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Solo, rochas e minerais
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C7
1. Origem e transformação do solo

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 66 - Ler: Vocabulário básico de meio ambiente, da Fundação Estadual de


Engenharia do Meio Ambiente (FEEMA – Rio de Janeiro).
• Aplicar conhecimentos prévios
• Reconhecer a origem e o processo de Pág. 67 - Acessar o link Conhecendo o solo. Produzido por: TV Paulo Freire;
• Levantar hipóteses com base em Programa Solo na Escola UFPR. 4 out. 2013. Disponível em: http://eba.im/rfcw5k
formação do solo
observações (acesso em: 22 maio 2015).
• Identificar os elementos que compõem
• Aplicar o método científico Pág. 72 - Acessar os links: Formação das rochas. Produzido por: Espaço ­Ciência­
o solo UFV. 27 nov. 2012. Disponível em: http://eba.im/yxedji (acesso em:
• Fatores que interferem na forma- • Identificar fenômenos físicos, quí-
• Conhecer as características das rochas 22 maio 2015); Por dentro dos planetas. Produzido por: Superinteressante.
ção do solo (clima, relevo) micos ou biológicos 11 jan. 2008. Disponível em: http://eba.im/mrafxw (acesso em: 22 maio 2015).
magmáticas, sedimentares e metamór-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Movimentos da crosta terrestre • Analisar, descrever e compreender ficas Pág. 73 - Acessar o link MACHADO, F. B. Rochas magmáticas. Rio Claro: Museu
• A composição do solo fatos e fenômenos Heinz Ebert da Unesp, [2014?]. Disponível em: http://eba.im/bdna57 (acesso em:
• Reconhecer que os fósseis são encon- 22 maio 2015).
• Tipos de rochas • Resolver situações-problema trados principalmente em rochas sedi-
mentares Pág. 75 - Acessar o link MACHADO, F. B. Enciclopédia multimídia de minerais e
• Vulcões • Trabalhar com informações expos- atlas e rochas. Rio Claro: Museu Heinz Ebert da Unesp, [2014?]. Disponível em:
tas em textos, imagens, tabelas, • Identificar critérios para classificar as http://eba.im/kjbps7 (acesso em: 22 maio 2015).
gráficos e infográficos, estabele- rochas
Pág. 76 - Acessar o link BARROS FILHO, R. M. Rochas. Belo Horizonte: Faculdade
cendo explicações, comparações e Inap, 2008. Disponível em: http://eba.im/yebh3z (acesso em: 29 maio 2015).
• Conhecer alguns fatores que promovem
hipóteses
a fragmentação de rochas Pág. 298 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
• Coletar dados e realizar pesquisas http://eba.im/rbioh3 (acesso em: 17 maio 2015).
Pág. 300 e 301 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 90


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Solo, rochas e minerais
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C7
2. Os minerais

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios Pág. 79 - Acessar o link Minerais e rochas. Produzido por: Luiz Renato. 19 fev.
2012. Disponível em: http://eba.im/22bp5q (acesso em: 22 maio 2015).
• Levantar hipóteses com base em
• Reconhecer algumas propriedades dos Pág. 80 - Acessar o link Minerais – Imagens da tabela periódica. Tabela periódica,
observações
minerais [2014?]. Disponível em: http://eba.im/sbh9wx (acesso em: 22 maio 2015).
• Aplicar o método científico Pág. 82 - Acessar os links: SILVA, S. G. Extração do ouro: uso do mercúrio e
• Identificar a utilização das rochas e dos
• Identificar fenômenos físicos, quí- impactos ambientais. Portal do Professor, Brasília, 21 ago. 2010. Disponível
minerais pelos seres humanos em: http://eba.im/ohw2dp (acesso em: 22 maio 2015); FONSECA, V. Por que o
micos ou biológicos
• Conhecer algumas consequências am- mercúrio é usado na mineração de ouro? O Eco. 14 mar. 2013. Disponível em:
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar, descrever e compreender bientais da extração e da exploração de http://eba.im/mn3qma (acesso em: 22 maio 2015).
• As principais propriedades dos mi-
nerais (cor, brilho, hábito e dureza) fatos e fenômenos rochas e minerais Pág. 83 - Acessar os links: Atividades de mineração. Ambiente Brasil, 2012.
Disponível em: http://eba.im/m3rd9v (acesso em: 22 maio 2015); Companhia
• Resolver situações-problema • Realizar e registrar observações experi- Riograndense de Mineração. Etapas da mineração e recuperação ambiental.
mentais relacionadas à permeabilidade Porto Alegre, [2014?]. Disponível em: http://eba.im/emoet7 (acesso em: 22 maio
• Trabalhar com informações expos-
do solo 2015); Recuperação de áreas degradadas. Rio Claro: Instituto de Geociências e
tas em textos, imagens, tabelas,
gráficos e infográficos, estabele- Ciências Exatas da Unesp, [2014?]. Disponível em: http://eba.im/uyi776 (acesso
• Compreender e exercitar algumas carac- em: 22 maio 2015).
cendo explicações, comparações e terísticas da metodologia científica
hipóteses Pág. 310 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: TERRA (Dirt!
The movie). Produzido por: Bill Benenson e Gene Rosow. Estados Unidos: Com-
• Coletar dados e realizar pesquisas mon Ground Media, Inc., 2009. (86 min).

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 91


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – O solo, os organismos e os resíduos sólidos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C12
1. Conhecendo o solo

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


Pág. 92 - Acessar os links: Agronomia – Profissão, carreira e informações gerais. Guia da
carreira, 2015. Disponível em: http://eba.im/5k4tqs (acesso em: 23 maio 2015); CIÊNCIAS
Biológicas – O curso de Engenharia Ambiental. Guia da carreira, 2015. Disponível em:
http://eba.im/h7s9qn (acesso em: 23 maio 2015).
• Aplicar conhecimentos prévios • Compreender que o solo pode ser defini- Pág. 94 - Acessar os links: FOGAÇA, J. Adubos orgânicos e inorgânicos. Brasil Escola,
do de diversas maneiras, dependendo do Goiânia, 2015. Disponível em: http://eba.im/3xvm9w (acesso em: 23 maio 2015); Vantaens
• Levantar hipóteses com base em e desvantagens do adubo orgânico e inorgânico para a agricultura. Pensamento Verde,
uso que é feito dele
observações [2014?]. Disponível em: http://eba.im/8k8bau (acesso em: 23 maio 2015); SCANAVACA
• Identificar os horizontes em um perfil de JÚNIOR, L. S. O lixo e a necessidade de reduzir, reutilizar, reciclar e repensar. Disponível
• Aplicar o método científico em: http://eba.im/ifrhvc (acesso em: 29 maio 2015); TRIGUEIRO, A. Volume de lixo cresce
solo em proporção maior que a população brasileira. Jornal da Globo, Rio de Janeiro, 27 maio
• Identificar fenômenos físicos, quí- 2013. Disponível em: http://eba.im/voc8su (acesso em: 23 maio 2015); GALEFFI, C. Quem
• Reconhecer o papel dos seres vivos na produz mais lixo no mundo. Portal resíduos sólidos, [2014?]. Disponível em: http://eba.im/
• Vida no solo micos ou biológicos
formação dos solos hhpn6v (acesso em: 23 maio 2015).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Os microrganismos do solo • Analisar, descrever e compreender Pág. 97 - Acessar o link Central de tratamento do lixo é multada pelo Instituto Estadual do
• Distinguir, entre os tipos de resíduo só-
fatos e fenômenos Ambiente. Produzido por: Globo RJtv. 22 fev. 2013. Disponível em: http://eba.im/bi7o9b (aces-
• Resíduos sólidos (poluição do solo lido produzidos pela sociedade, quais
so em: 22 maio 2015).
e destino dos resíduos sólidos) • Resolver situações-problema podem ser reaproveitados ou reciclados
Pág. 98 - Acessar os links: Aterro sanitário. Produzido por: Ação e Meio Ambiente. 7
• Trabalhar com informações expos- • Conhecer os modos adequados de des- maio 2010. Disponível em: http://eba.im/5ph9hj (Parte 1); http://eba.im/zguxa8 (Parte 2);
carte de vários tipos de resíduo sólido http://eba.im/rbwqe7 (Parte 3) (acessos em: 23 maio 2015); Megacidades: São Paulo –
tas em textos, imagens, tabelas, Aterro Bandeirantes (National Geographic 2010). Produzido por: Geografia e Ensino de
gráficos e infográficos, estabele- Geografia. 11 mar. 2010. Disponível em: http://eba.im/6dd4r4 (acesso em: 23 maio 2015).
• Praticar normas e procedimentos que
cendo explicações, comparações e
reduzam a produção de resíduos sólidos Pág. 313 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: http://eba.im/c9azya
hipóteses (acesso em: 29 maio 2015).
e conhecer os modos de descarte desses
• Coletar dados e realizar pesquisas resíduos Pág. 314 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Como fazer um minho-
cário na escola.
Pág. 317 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
Pág. 319 e 320 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Decompositores no solo.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 92


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – O solo, os organismos e os resíduos sólidos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B2-C5
2. Reduzir, reaproveitar e reciclar

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações
• Compreender que o modo inadequado de
• Aplicar o método científico descarte dos resíduos sólidos pode con-
taminar o ambiente e transmitir doenças Pág. 102 - Acessar o link Pimp My Carroça. Disponível em: http://eba.im/2w3957
• Reciclagem • Identificar fenômenos físicos, quí- (acesso em: 23 maio 2015).
micos ou biológicos • Conhecer as principais ações do ser hu-
• Consequência das queimadas para Pág. 107 - Acessar o link Doc Anima Escola – 10 anos. Produzido por: Anima
RECURSOS PEDAGÓGICOS

mano que modificam o solo Escola. 19 ago. 2011. Vídeo (11min04s). Disponível em: http://eba.im/x99umd
o ambiente • Analisar, descrever e compreender
fatos e fenômenos • Conhecer os efeitos das queimadas e do (acesso em: 23 maio 2015).
• O desmatamento e o cultivo de
desmatamento na degradação e erosão Pág. 328 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: O nosso lixo.
plantas • Resolver situações-problema do solo Produzido por: TVBrasil. 13 abr. 2012. Vídeo. Disponível em: http://eba.im/xes42q
• Erosão • Trabalhar com informações expos- (Parte 1); http://eba.im/fqsy4m (Parte 2); http://eba.im/tvfj78 (Parte 3) (acessos
• Reconhecer que o ser humano é capaz em: 17 maio 2015).
tas em textos, imagens, tabelas, de promover ações que recuperam solos
gráficos e infográficos, estabele- degradados ou contaminados
cendo explicações, comparações e
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 93


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 5 – O ar: propriedades e movimentos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C12
1. Importância do ar

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações
Pág. 115 - Acessar os links: Guia Geográfico Mapas. Imagens de satélite do
• Identificar situações do cotidiano que
• Aplicar o método científico planeta Terra. Disponível em: http://eba.im/yf53oi; GALERIA: imagens da Terra
mostram a presença do ar vista da Estação Espacial. In: Portal Eco D, Ciência e Tecnologia, 10 out. 2010.
• Identificar fenômenos físicos, quí- Disponível em: http://eba.im/dvnc4v (acessos em: 23 abr. 2015).
• Compreender fenômenos do cotidiano
micos ou biológicos
dos quais o ar participa Pág. 116 - Acessar os links: A pressão atmosférica. Fortaleza: Seara da Ciência,
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Pressão e elasticidade do ar • Analisar, descrever e compreender [2015?]. Disponível em: http://eba.im/4qheqj; INPE. Modificando a pressão
• Distinguir situações em que a pressão e atmosférica. São José dos Campos, [2015?]. Disponível em: http://eba.im/6bvhfk
fatos e fenômenos
• Pressão atmosférica a elasticidade do ar podem ser observa- (acessos em: 23 abr. 2015).
• Resolver situações-problema das
Pág. 330 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
• Trabalhar com informações expos- • Entender o conceito de pressão atmos- http://eba.im/u8kn8y (acesso em: 23 abr. 2015).
tas em textos, imagens, tabelas, férica, sua medida e variação com a al-
Pág. 331 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
gráficos e infográficos, estabele- titude
http://eba.im/7dc6af (acesso em: 23 abr. 2015).
cendo explicações, comparações e
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 94


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 5 – O ar: propriedades e movimentos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C12
2. Movimentos do ar

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 123 - Acessar os links: Zeus. Chicago: Enciclopaedia Britannica, 2015.


Disponível em: http://eba.im/r293ft; GOULART, Michel. 12 deuses do Olim-
• Aplicar conhecimentos prévios po na mitologia grega. História digital. Criciúma, 18 mar. 2013. Disponível em:
• Reconhecer como se formam as cor- http://eba.im/e3i394 (acessos em: 23 abr. 2015).
• Levantar hipóteses com base em rentes de convecção e sua relação com
observações o voo de pássaros, de planadores e de Pág. 124 - Acessar os links: Minivulcão submarino: experiência fácil de Física.
asas-deltas Produzido por: Manual do mundo. 2w1ago. 2012. Vídeo (3min17s). Disponível em:
• Aplicar o método científico http://eba.im/eu5z8x; Convection with the Science Geeks. Produzido por: Scien-
• Descrever diferenças entre ciclones, fu- ce Geeks. 16 abr. 2013. Vídeo (7min49s). Disponível em: http://eba.im/dpsay8
• Identificar fenômenos físicos, quí-
racões ou tufões (acessos em: 23 abr. 2015).
micos ou biológicos
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Correntes de convecção • Classificar a intensidade dos tornados de Pág. 125 - Acessar os links: Entenda a diferença entre tufão, furacão e ciclone.
• Analisar, descrever e compreender Produzido por: Climatempo Meteorologia. 31 jul. 2013. Vídeo (7min28s). Disponível
• Ciclones tropicais, furacões ou fatos e fenômenos acordo com a velocidade do vento e com
em: http://eba.im/afsaga; Aquilo era um furacão: Catarina 10 anos - 2004/2014.
tufões seus efeitos destrutivos Produzido por: Climatempo Meteorologia. 27 mar. 2014. Vídeo (7min31s). Disponí-
• Resolver situações-problema vel em: http://eba.im/33siv4; Mauricio de Sousa Produções. Climakids. São Paulo,
• Resolver ou propor soluções para proble-
• Trabalhar com informações expos- 2012. Disponível em: http://eba.im/p88keg (acessos em: 23 abr. 2015).
mas reais ou hipotéticos que envolvem o
tas em textos, imagens, tabelas, ar, seus movimentos e suas proprieda- Pág. 127 - Acessar o link Documentário_mega desastres: tornado na cidade dos
gráficos e infográficos, estabele- des ventos. Produzido por: Gringobandiadoc. 25 abr. 2013. Vídeo (44min37s). Disponí-
cendo explicações, comparações e vel em: http://eba.im/j43mqx (acesso em: 7 maio 2015).
hipóteses • Realizar e registrar observações experi-
mentais sobre o ar e suas propriedades Pág. 128 - Acessar os links: Propriedades do ar: parte 1. Produzido por Gisele
• Coletar dados e realizar pesquisas Cabral. 29 out. 2013. Vídeo (5min42s). Disponível em: http://eba.im/cuogie; Pro-
priedades do ar: parte 2. Produzido por Gisele Cabral. 1º nov. 2013. Vídeo (8min3s).
Disponível em: http://eba.im/qg2nio (acessos em: 23 abr. 2015).

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 95


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 6 – Atmosfera terrestre e tecnologia
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C12
1. A atmosfera terrestre

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios Pág. 141 - Acessar os links: Inmet. Estação meteorológica de observação de
• Reconhecer critérios para a divisão da superfície automática. Brasília, DF, 2015. Disponível em: http://eba.im/6zhbfh;
• Levantar hipóteses com base em atmosfera terrestre em camadas, a lo- Brasil. Inpe. Sistemas de Monitoramento Ambiental (Sima). Disponível em:
observações calização e as características de cada http://eba.im/rtumup; Brasil. Inpe. Movimentos na atmosfera. Produzido por:
camada Inpe videoseduc, 1º abr. 2011. Animação (8min8s). Disponível em:
• Aplicar o método científico http://eba.im/uq7dum (acessos em: 24 abr. 2015).
• Identificar fenômenos físicos, quí- • Comparar a extensão da atmosfera ter-
Pág. 142 - Acessar o link Correntes de ar formam os rios voadores.
micos ou biológicos restre com as dimensões do planeta Produzido por: Globo Ecologia. 9 fev. 2013. Vídeo (5min33s). Disponível em:
• Camadas da atmosfera Terra
RECURSOS PEDAGÓGICOS

http://eba.im/gswcye (acesso em: 7 maio 2015).


• Analisar, descrever e compreender
• Chuva, neve e granizo fatos e fenômenos • Relacionar fenômenos meteorológicos, Pág. 144 - Acessar os links: Imagens de satélite: Goes. Cepagri. (Centro de
como a formação de chuva, neve, granizo Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura). Campinas,
• Correntes de ar • Resolver situações-problema e correntes de ar 2015. Disponível em: http://eba.im/yz3azr; Inpe. Divisão de satélites e sistemas
ambientais. Brasília, 2015. Disponível em: http://eba.im/vy36hu (acessos em:
• Trabalhar com informações expos- • Explicar o funcionamento do pluviôme- 24 abr. 2015).
tas em textos, imagens, tabelas, tro, do psicrômetro, do anemômetro e do
gráficos e infográficos, estabele- anemoscópio Pág. 341 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
cendo explicações, comparações e http://eba.im/ruakdw (acesso em: 7 maio 2015).
hipóteses • Reconhecer a importância dos satélites
Pág. 342 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
GOES para a previsão do tempo
• Coletar dados e realizar pesquisas Pág. 345 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 96


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 6 – Atmosfera terrestre e tecnologia
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C12
2. O ar e o voo

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Identificar e compreender os princípios


• Aplicar conhecimentos prévios que possibilitam o voo de aves e aviões:
propulsão, sustentação e dirigibilidade
• Levantar hipóteses com base em
observações • Reconhecer as estruturas principais de
um avião e suas funções
• Aplicar o método científico
• Avaliar aspectos relacionados à seguran- Pág. 148 - Acessar o link Patos, asas e balões: 1899: a Belle Époque. Produzi-
• Identificar fenômenos físicos, quí- do por: TV Escola, 2014. Vídeo (14min20s). Disponível em: http://eba.im/r5nd6t
ça do transporte aéreo
micos ou biológicos (acesso em: 7 maio 2015).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Conhecer e valorizar os trabalhos reali- Pág. 149 - Acessar os links: http://eba.im/x456pv; http://eba.im/ycdruv (acessos
• Analisar, descrever e compreender
• Condições necessárias para o voo zados por diferentes pessoas, em dife- em: 24 abr. 2015).
fatos e fenômenos
rentes épocas e contextos, que contri-
buíram para a evolução do conhecimento Pág. 151 - Acessar os links: Embraer. [Aeronaves]. São José dos Campos, 2011.
• Resolver situações-problema
Disponível em: http://eba.im/ja4asg; Veja como funciona simulador de voo do caça
científico
• Trabalhar com informações expos- F-18 da Boeing. A Crítica. Produzido por: TV UOL. Vídeo (3min19s). Disponível em:
tas em textos, imagens, tabelas, • Resolver ou propor soluções para proble- http://eba.im/kiwxiz (acesso em: 24 abr. 2015).
gráficos e infográficos, estabele- mas reais ou hipotéticos que envolvem a
cendo explicações, comparações e atmosfera terrestre
hipóteses
• Realizar e registrar observações expe-
• Coletar dados e realizar pesquisas rimentais relacionadas a fenômenos da
atmosfera terrestre

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 97


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 7 – Atmosfera e poluição do ar
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B1-C3
1. A composição da atmosfera 4B2-C10

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


• Conhecer os gases que compõem a atmosfera
atual do planeta
• Compreender os processos de emissão e cap-
tação de gases atmosféricos na natureza e em
• Aplicar conhecimentos prévios atividades humanas
• Levantar hipóteses com base em • Conscientizar-se do papel de cada um e da co-
observações letividade na emissão de poluentes atmosféricos
Pág. 164 - Acessar os links: ALVES, Líria. Qual é o combustível que mais polui a
• Valorizar atitudes individuais e coletivas que
• Aplicar o método científico reduzem a poluição do ar
atmosfera? Brasil Escola. Disponível em: http://eba.im/doxjqb; DELGADO, V. K. S.
et al. Estudo “Quem polui mais: gasolina, etanol ou diesel?”: identificando a sus-
• Identificar fenômenos físicos, quí- • Reconhecer a relação entre a quantidade de tentabilidade para o meio ambiente – homem. V Entequi. Maceió/AL, 26-28 ago.
micos ou biológicos poluentes no ar e o agravamento de problemas 2012. Disponível em: http://eba.im/ajbh7w (acessos em: 7 maio 2015).
• Relação entre o gás carbônico e o respiratórios da população
RECURSOS PEDAGÓGICOS

gás oxigênio na atmosfera • Analisar, descrever e compreender • Identificar algumas fontes de energia que po- Pág. 166 - Acessar o link Funcionamento do motor de combustão. Produzido por:
fatos e fenômenos dem ser aproveitadas pelo ser humano: eólica, Melsi Maran – mecânica de automóvel. 3 abr. 2010. Vídeo (1min29s). Disponível
• Queima de combustíveis e a solar, hidráulica e fóssil em: http://eba.im/hq6d49 (acesso em: 7 maio 2015).
atmosfera • Resolver situações-problema
• Compreender o que são efeito estufa e inver- Pág. 353 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
• Trabalhar com informações expos- são térmica http://eba.im/tx78u9 (acesso em: 18 jun. 2015).
tas em textos, imagens, tabelas, • Reconhecer o papel da tecnologia e da Ciência no
desenvolvimento de equipamentos e máquinas
Pág. 357 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
gráficos e infográficos, estabele- http://eba.im/qri8tm (acesso em: 25 abr. 2015).
cendo explicações, comparações e • Valorizar acontecimentos históricos na busca
hipóteses por soluções para os problemas gerados pelo
ser humano
• Coletar dados e realizar pesquisas • Conscientizar-se da necessidade da redução
da emissão de poluentes na atmosfera
• Conhecer o que é aquecimento global e suas
consequências

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 98


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 7 – Atmosfera e poluição do ar
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C12
2. Poluição do ar e agravos à saúde humana

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 168 - Acessar o link Cetesb. Qualidade do ar no estado de São Paulo 2010.
São Paulo, 2011. Disponível em: http://eba.im/n79m9c (acesso em: 25 abr. 2015).
Pág. 171 - Acessar os links: Cetesb. Qualidade do ar: histórico. São Paulo, 1996-
• Aplicar conhecimentos prévios • Reconhecer a relação entre a quantidade 2015. Disponível em: http://eba.im/9qqgpo; Cetesb. Qualidade do ar: poluentes.
de poluentes no ar e o agravamento de São Paulo, 1996-2015. Disponível em: http://eba.im/d8dkko; Efeito estufa. 2010.
• Levantar hipóteses com base em
problemas respiratórios da população Animação (45s). Disponível em: http://eba.im/nv6asx; MAG 2/14: efeito estufa.
observações
Produzido por: INPE videoseduc. 30 set. 2009. Vídeo (4min20s). Disponível em:
• Compreender o que são efeito estufa e
• Aplicar o método científico http://eba.im/vk8uis (acessos em: 7 maio 2015); MIRANDA, Ângelo Tiago de.
inversão térmica ­Poluição atmosférica: causas, consequências e responsabilidades. UOL. São
• Identificar fenômenos físicos, quí- Paulo, 6 jan. 2014. Disponível em: http://eba.im/iv8yuk (acesso em: 25 abr. 2015).
• Reconhecer o papel da tecnologia e da
• Efeitos da poluição do ar sobre a micos ou biológicos
Ciência no desenvolvimento de equipa- Pág. 173 - Acessar os links: DIAS, Rafael Rodrigues. Engenheiro registra fenô-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

saúde (NO2 e CO) • Analisar, descrever e compreender mentos e máquinas meno da inversão térmica em Campinas. G1. Campinas, 7 ago. 2012. Disponível
• Aquecimento global fatos e fenômenos em: http://eba.im/sgrn9h; Satélite meteorológico detecta calor do incêndio em
• Valorizar acontecimentos históricos na Santos. Climatempo, São Paulo, 2 abr. 2015. Disponível em: http://eba.im/j75bay
• Inversão térmica • Resolver situações-problema busca por soluções para os problemas (acesso em: 25 abr. 2015).
gerados pelo ser humano
• Trabalhar com informações expos- Pág. 177 - Acessar o link SILVA, Alessandra de Carvalho. Guia para o reconhe-
tas em textos, imagens, tabelas, • Conscientizar-se da necessidade da cimento de inimigos naturais de pragas agrícolas. Embrapa. Brasília, DF, 2013.
gráficos e infográficos, estabele- redução da emissão de poluentes na Disponível em: http://eba.im/osouaw (acesso em: 8 maio 2015).
cendo explicações, comparações e atmosfera Pág. 364 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor:
hipóteses ­BUCKERIDGE, Marcos Silveira. Biologia & mudanças climáticas no Brasil.
• Conhecer o que é aquecimento global e
São Carlos: Rima, 2008.
• Coletar dados e realizar pesquisas suas consequências
Pág. 365 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
http://eba.im/k8zkem; http://eba.im/qfpogf; http://eba.im/acere6 (acesso em:
8 maio 2015).

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 99


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 8 – Movimentos da Terra
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B1-C1
1. Os movimentos aparentes do Sol 4B1-C4

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 186 - Acessar o link http://eba.im/kb5sk9. Acesso em: 26 abr. 2015 -


­Reportagem sobre as pedras colocadas por povos antigos de forma alinhada
aos movimentos do Sol no céu, encontradas na cidade de Calçoene, Amapá.
• Aplicar conhecimentos prévios Pág. 186 - Acessar o link http://eba.im/9sb4o2. Acesso em: 8 maio 2015 - Vídeo
de um documentário sobre escavações em sítios arqueológicos da região do Vale
• Levantar hipóteses com base em • Identificar os movimentos diário e anual do Ribeira, entre os estados do Paraná e de São Paulo.
observações realizados pelo Sol no céu
Pág. 186 - Acessar o link http://eba.im/9myven. Acesso em: 8 maio 2015 -
• Aplicar o método científico • Compreender as direções Norte, Sul, Documentário que aborda diferentes aspectos do Parque Nacional da Serra da
Leste e Oeste com base no movimento Capivara, localizado no sudeste do estado do Piauí.
• Identificar fenômenos físicos, quí-
micos ou biológicos diário do Sol Pág. 188 - Acessar o link http://eba.im/zsxnu9. Acesso em: 26 abr. 2015 - Vídeo
• Pontos cardeais que resume as teorias do geocentrismo e do heliocentrismo e o contexto
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar, descrever e compreender • Reconhecer as características das teo- ­histórico-social em que foram elaboradas.
• Rotação da Terra fatos e fenômenos rias geocêntrica e heliocêntrica
Pág. 188 - Acessar o link http://eba.im/aua7sg. Acesso em: 8 maio 2015 - M
­ odelo
• Geocentrismo × heliocentrismo • Resolver situações-problema • Caracterizar o movimento de rotação animado das teorias do geocentrismo e heliocentrismo.
da Terra como causa da alternância dos Pág. 189 - Acessar o link http://eba.im/4vbm3w. Acesso em: 29 maio 2015 - Ví-
• Trabalhar com informações expos- dias e das noites deo animado que explica a sucessão dos dias e das noites no planeta Terra.
tas em textos, imagens, tabelas,
gráficos e infográficos, estabele- • Relacionar a duração dos dias e das Pág. 189 - Acessar o link http://eba.im/fccgp2. Acesso em: 29 maio 2015 - Vídeo
cendo explicações, comparações e noites com as épocas e as regiões onde animado que explica os detalhes dos movimentos da Terra, principalmente a
ocorrem rotação e a translação.
hipóteses
Pág. 369 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
• Coletar dados e realizar pesquisas http://eba.im/6yfbza. Acesso em: 8 maio 2015.
Pág. 370 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
Pág. 374 (Orientações para o professor) - Atividades complementares.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 100


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 8 – Movimentos da Terra
Curriculares Nacionais

3B1-C1
CONTEÚDO

Capítulo
3B1-C4
2. O movimento de translação da Terra
4B1-C3

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 195 - Acessar o link http://eba.im/ovdzbq. Acesso em: 26 abr. 2015 -


• Conhecer o movimento de translação da ­Infográfico interativo sobre os movimentos da Terra.
• Aplicar conhecimentos prévios Terra Pág. 195 - Acessar o link http://eba.im/bgbnpf. Acesso em: 26 abr. 2015 -
­Infográfico interativo sobre os movimentos da Terra e da Lua no espaço.
• Levantar hipóteses com base em • Reconhecer o movimento de translação
observações e a inclinação do eixo de rotação da Ter- Pág. 195 - Acessar o link http://eba.im/w5mz9t. Acesso em: 26 abr. 2015 -
ra com relação ao plano da órbita como ­Infográfico interativo que simula os efeitos observáveis dos movimentos da
• Aplicar o método científico causa das estações do ano Terra, como rotação e translação.

• Identificar fenômenos físicos, quí- • Relacionar as estações do ano com a in- Pág. 195 - Acessar o link http://eba.im/wh56wa. Acesso em: 26 abr. 2015 - Texto
micos ou biológicos com informações e esquemas detalhados sobre a relação da inclinação do eixo
cidência de energia solar na Terra
• As estações do ano de rotação da Terra e seus efeitos.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar, descrever e compreender • Identificar as características das esta-


• Rotação e translação Pág. 195 - Acessar o link http://eba.im/nrean9. Acesso em: 26 abr. 2015 - Texto
fatos e fenômenos ções do ano e sua variabilidade com a que aborda de forma resumida os principais movimentos realizados pelo p ­ laneta
• Fases da Lua e eclipses • Resolver situações-problema localização na Terra Terra.

• Trabalhar com informações expos- • Compreender o mecanismo de produção Pág. 197 - Acessar o link http://eba.im/2uaaab. Acesso em: 26 abr. 2015 - Vídeo
das fases da Lua que mostra de maneira ilustrada a influência do movimento de translação e a
tas em textos, imagens, tabelas,
inclinação do eixo da Terra com a definição das estações do ano.
gráficos e infográficos, estabele- • Perceber o mecanismo de produção dos
cendo explicações, comparações e eclipses Pág. 199 - Acessar o link http://eba.im/onukhd. Acesso em: 26 abr. 2015 - Site
hipóteses com orientações sobre licença de uso de imagens.
• Realizar e registrar observações expe-
• Coletar dados e realizar pesquisas rimentais relacionadas ao movimento
diário do Sol
Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 101


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Recursos Pedagógicos

...continuação da página anterior

Pág. 201 - Acessar o link http://eba.im/59mk5j. Acesso em: 8 maio 2015 - Vídeo que aborda as fases da Lua, o satélite natural da
Terra.
Pág. 201 (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/bj2bjh. Acesso em: 8 maio 2015 - Vídeo com animação que
explica os movimentos realizados pela Lua ao redor do planeta Terra.
Pág. 202 - Acessar o link http://eba.im/v26xmo. Acesso em: 8 maio 2015 - Vídeo produzido com o software Celestia, no qual é
explicado como ocorrem os eclipses solares.
Pág. 206 - Realizar a atividade proposta na seção No laboratório.
Pág. 206 - Acessar o link http://eba.im/ozcviz. Acesso em: 26 abr. 2015 - Texto com informações técnicas sobre o desenvolvimento
e o funcionamento do Sistema de Posicionamento Global (GPS).
Pág. 206 - Acessar o link http://eba.im/v76j3b. Acesso em: 26 abr. 2015 - Texto com instruções para montar um relógio de Sol
egípcio.
Pág. 209 - Acessar o link http://eba.im/gzsfbi. Acesso em: 26 abr. 2015 - Texto sobre as constelações indígenas brasileiras.
Pág. 209 - Acessar o link http://eba.im/dxfg78. Acesso em: 26 abr. 2015 - Matéria sobre astronomia indígena.
Pág. 209 - Acessar o link http://eba.im/eaiygm. Acesso em: 26 abr. 2015 - Artigo em que são apresentadas histórias do folclore
indígena brasileiro.
Pág. 209 - Acessar o link http://eba.im/uwoyj9. Acesso em: 26 abr. 2015 - Matéria sobre a astronomia indígena brasileira, especi-
ficamente sobre a aldeia Ekeruá.
Pág. 376 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: http://eba.im/hchxvd. Acesso em: 26 abr. 2015.
Pág. 380 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Eclipses.
Pág. 381 (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor: O ABCD da astronomia e astrofísica (Horvath, J. E.,
Livraria da Física, 2008).
Pág. 384 (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor: Tratado de história das religiões (ELIADE, Mircea,
Martins Fontes, 1998)
Pág. 384 (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor: A dança do Universo: dos mitos de criação ao Big
Bang (GLEISER, Marcelo, Companhia das Letras, 1997).
Pág. 384 (Orientações para o professor) - Leitura sugerida para o professor: O Universo: teorias sobre sua origem e evolução
(MARTINS, Roberto de Andrade, Moderna, 1994).

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 102


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 9 – O Sistema Solar e além
Curriculares Nacionais

3B1-C1
CONTEÚDO

Capítulo 3B1-C2
1. Movimentos no céu e medidas do tempo 3B1-C3
4B1-C1

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 213 - Acessar o link http://eba.im/q9ovqx. Acesso em: 27 abr. 2015 - Publica-
ção conta a história e importância do calendário.
• Aplicar conhecimentos prévios Pág. 215 - Acessar o link http://eba.im/zomqvn. Acesso em: 8 maio 2015 - Vídeo
com animação do Sistema Solar e as órbitas dos planetas ao redor do Sol.
• Levantar hipóteses com base em
observações Pág. 217 - Acessar o link http://eba.im/ne63sq. Acesso em: 27 abr. 2015 - Docu-
• Reconhecer os períodos dos movimentos mentário do History Channel sobre os planetas mais próximos do Sol: Mercúrio
• Aplicar o método científico dos astros no céu como padrões de me- e Vênus.
• Identificar fenômenos físicos, quí- dida de tempo
Pág. 218 - Acessar o link http://eba.im/hxnkwv. Acesso em: 27 abr. 2015 - Vídeo
micos ou biológicos • Conhecer as características do calendá- que apresenta o planejamento de uma viagem ao planeta Marte.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar, descrever e compreender rio gregoriano Pág. 219 - Acessar o link http://eba.im/td4xdn. Acesso em: 27 abr. 2015 - Vídeo em
• Os planetas do Sistema Solar fatos e fenômenos inglês que destaca particularidades do planeta Júpiter.
• Identificar os anos bissextos
• Resolver situações-problema Pág. 220 - Acessar o link http://eba.im/td4xdn. Acesso em: 27 abr. 2015 - Vídeo em
• Conhecer os objetos que compõem o inglês que destaca particularidades do planeta Saturno.
• Trabalhar com informações expos- Sistema Solar
Pág. 220 - Acessar o link http://eba.im/x98pws. Acesso em: 27 abr. 2015 - Vídeo
tas em textos, imagens, tabelas, • Reconhecer algumas características dos em inglês que destaca os detalhes acerca do planeta Urano.
gráficos e infográficos, estabele- diferentes objetos do Sistema Solar
cendo explicações, comparações e Pág. 220 - Acessar o link http://eba.im/x98pws. Acesso em: 27 abr. 2015 - Vídeo
hipóteses em inglês que destaca os detalhes acerca do planeta Netuno.

• Coletar dados e realizar pesquisas

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 103


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Recursos Pedagógicos

...continuação da página anterior

Pág. 221 - Acessar o link http://eba.im/2hyqmv. Acesso em: 27 abr. 2015 - Vídeo sobre os maiores asteroides conhecidos do Siste-
ma Solar e a missão da Nasa que pretende estudá-los mais de perto.
Pág. 221 - Acessar o link http://eba.im/ormkiz. Acesso em: 27 abr. 2015 - Vídeo da Agência Espacial Europeia sobre os riscos de a
Terra sofrer um impacto com um corpo celeste e as possíveis medidas que poderiam ser tomadas.
Pág. 221 - Acessar o link http://eba.im/ka59bz. Acesso em: 27 abr. 2015 - Vídeo sobre a definição do termo planeta e o histórico
da descoberta de Plutão.
Pág. 222 - Acessar o link http://eba.im/wmdeae. Acesso em: 27 abr. 2015 - Vídeo com definições conceituais sobre corpos celes-
tes, como cometas, meteoros, meteoritos e asteroides.
Pág. 222 - Acessar o link http://eba.im/ms7f48. Acesso em: 27 abr. 2015 - Vídeo com animação que classifica meteoroide, meteoro
e meteorito.
Pág. 222 - Acessar o link http://eba.im/qjurht. Acesso em: 27 abr. 2015 - Vídeo da Agência Espacial Europeia sobre os cometas.
Pág. 385 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: http://eba.im/iqwksr. Acesso em: 8 maio 2015.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 104


Ciências – 6o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 9 – O Sistema Solar e além
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B1-C2
2. Estrelas e galáxias 4B1-C6

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 226 (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/6icisr. Aces-


so em: 27 abr. 2015 - Programa sobre as estrelas mais brilhantes no céu noturno
• Aplicar conhecimentos prévios visíveis do Brasil.

• Levantar hipóteses com base em Pág. 226 (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/gpky55.
Acesso em: 27 abr. 2015 - Documentário sobre como é possível se localizar utili-
observações
zando a posição das estrelas no céu.
• Aplicar o método científico Pág. 227 (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/srixnt.
• Identificar fenômenos físicos, quí- Acesso em: 18 jun. 2015 - Texto produzido para curso de graduação que discorre
micos ou biológicos • Conhecer algumas características das sobre as classificações mais utilizadas de estrelas.
estrelas e das galáxias
RECURSOS PEDAGÓGICOS

Pág. 231 (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/kxu6ae.


• Galáxia • Analisar, descrever e compreender
• Reconhecer diferentes tipos de galáxia Acesso em: 27 abr. 2015 - Texto que discute o início e o fim da vida de um ser
fatos e fenômenos humano.
• Universo
• Resolver situações-problema • Conhecer a forma de distribuição das ga-
Pág. 233 (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/83q3j8.
láxias no Universo
Acesso em: 27 abr. 2015 - Programa sobre as galáxias e suas características.
• Trabalhar com informações expos-
tas em textos, imagens, tabelas, Pág. 233 (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/z2d7b7.
gráficos e infográficos, estabele- Acesso em: 27 abr. 2015 - Explicação sobre a origem do nome Via Láctea.
cendo explicações, comparações e Pág. 233 (Orientações para o professor) - Acessar o link http://eba.im/bbct6d.
hipóteses Acesso em: 27 abr. 2015 - Vídeo do céu observado a partir das Ilhas Canárias,
• Coletar dados e realizar pesquisas Espanha, região onde está o Observatório de Teide, no topo de uma montanha,
considerado um dos melhores pontos de observação na Terra.
Pág. 393 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 105


Ciências 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – A classificação e os seres microscópicos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B2-C6
1. A classificação dos seres vivos

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios • Reconhecer a importância da classifica-


• Levantar hipóteses com base em ção dos seres vivos para cientistas e não
cientistas Pág. 13 - Acessar o link http://eba.im/eqoxu4 (acesso em: 27 abr. 2015) para
observações
introduzir o tema desta unidade e instigar a curiosidade dos alunos.
• Aplicar o método científico • Classificar objetos do cotidiano, estabe-
lecendo uma analogia com os métodos Pág. 15 - Atividade complementar: Visita a um museu de Ciências para que os
• Identificar fenômenos físicos, quí- alunos conheçam coleções científicas.
de classificação dos seres vivos pela
• Classificação biológica binomial de micos ou biológicos Ciência Pág 16 - Acessar os links http://eba.im/rgwzm3 (acesso em: 27 abr. 2015),
RECURSOS PEDAGÓGICOS

Lineu http://eba.im/njp7th (acesso em: 27 abr. 2015) e http://eba.im/9siahj (acesso


• Analisar, descrever e compreender • Identificar a importância da invenção do em: 27 abr. 2015) sobre a classificação binomial de Lineu.
• Categorias taxonômicas fatos e fenômenos microscópio para o estudo dos microrga-
nismos Pág. 18 - Experimento da hora: atividade para identificar características que
• Cinco reinos • Resolver situações-problema agrupam ou separam as três espécies (Uca rapax, Uca maracoani e Neohelice
• Respeitar o pensamento e as teorias de granulata).
• Trabalhar com informações expos-
tas em textos, imagens, tabelas, cientistas do passado, mesmo que este- Pág. 263 (Orientações para o professor) - Para saber mais: A relevância do estu-
gráficos e infográficos, estabele- jam ultrapassadas do da classificação dos seres vivos para a Biologia.
cendo explicações, comparações e • Estabelecer a relação entre as condi- Pág. 266 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
hipóteses ções físicas e químicas do ambiente e as
• Coletar dados e realizar pesquisas adaptações dos seres que o habitam

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 106


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – A classificação e os seres microscópicos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B2-C5
2. Reinos Monera e Protista 3B4-C15

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 21 - Acessar os links: Cercifaf. Recursos para as Ciências Naturais. Fafe


(Portugal), 2015. Disponível em: http://eba.im/kit4iw (acesso em: 27 mar. 2015)
• Aplicar conhecimentos prévios para informações sobre o microscópio óptico e as células animais e vegetais; SE-
PEL, L. M. N.; ROCHA, J. B. T.; LORETO, E. L. S. Construindo um microscópio II:
• Levantar hipóteses com base em bem simples e mais barato. Genética na Escola, ano 6, v. 2, p. 1-5, 2011. Dispo-
observações nível em: http:// eba.im/xf45z4 (acesso em: 27 mar. 2015) para artigo que explica
• Distinguir seres vivos do reino Monera quais são os procedimentos necessários para montar um microscópio simples
• Aplicar o método científico em casa.
dos seres do reino Protista
• Identificar fenômenos físicos, quí- Pág. 21 - Livro: De olho na ciência (Gilberto Rodrigues Martho, Editora Ática, 2005)
• Comparar as adaptações de algas aquá-
micos ou biológicos para saber mais sobre seres bactérias, protozoários, algas e fungos.
ticas com plantas terrestres
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Reino Monera • Analisar, descrever e compreender Pág. 24 - Acessar os links: Plâncton. In: Encyclopedia Britannica Online, 2015.
• Identificar características de microrga- Disponível em: http://eba.im/n7eevs (acesso em: 27 abr. 2015) e MOREIRA, R. A.;
fatos e fenômenos
• Reino Protista nismos e escolher quais podem ser usa- SANT’ANNA, E. E. Sopa de plâncton. Ciência Hoje das Crianças, 17 mar. 2014.
• Resolver situações-problema das em uma chave de classificação Disponível em: http://eba.im/uv9o6e (acesso em: 27 abr. 2015) para saber mais
sobre fitoplâncton e zooplâncton.
• Trabalhar com informações expos- • Avaliar a importância dos experimentos
tas em textos, imagens, tabelas, controlados para a construção de conhe- Pág. 270 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
gráficos e infográficos, estabele- cimentos científicos Pág. 271 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
cendo explicações, comparações e
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 107


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Recursos Pedagógicos

...continuação da página anterior

Pág. 272 (Orientações para o professor) - Sugestões didáticas: Adaptações quanto à disponibilidade de água.
Pág. 273 (Orientações para o professor) - Sugestões didáticas: Adaptações quanto ao transporte de substâncias e à sustentação;
Adaptações quanto à reprodução.
Pág. 33 - Acessar os links: Martins, L. A. P. Pasteur e a geração espontânea: uma história equivocada. Filosofia e História da
Biologia, v. 4, p. 65-100, 2009. Disponível em: http://eba.im/ankx7t (acesso em: 27 abr. 2015); TERENSI, H. Golpe fatal na geração
espontânea. Ciência Hoje, v. 39, n. 234, p. 58-59, jan./fev. 2007. Disponível em: http://eba.im/rtbskv. (acesso em: 27 abr. 2015).
Pág. 267 (Orientações para o professor) - Atividade complementar e Para saber mais.
Pág. 268 (Orientações para o professor) - Acessar os links http://eba.im/jp2abk e http://eba.im/yo6r55 (acessos em: 27 abr. 2015)
para mostrar aos alunos a importância do desenvolvimento do conhecimento físico sobre as lentes e o avanço tecnológico na
produção de equipamentos ópticos como as lentes de óculos, a luneta e o microscópio de Leewenhoek.
Pág. 276 (Orientações para o professor) - Biblioteca do aluno: RODRIGUES, R. M. Vida na Terra: conhecer para proteger. São
Paulo: Moderna, 2014. (Coleção Desafios).

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 108


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – As plantas e seus órgãos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
1. Os principais grupos de plantas 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 37 - Acessar o link http://eba.im/5d33j3 (acesso em: 21 maio 2015).


• Aplicar conhecimentos prévios Pág. 43 - Acessar os links: Sitka spruce cones [Cone de pinheiro]. Produzido por:
Claus Jensen/Science Photo Library. 2013. Disponível em: http://eba.im/gmyvuc;
• Levantar hipóteses com base em Plum blossom, timelapse [Abertura de flor de ameixa]. Produzido por: Francis
observações • Comparar representantes dos principais Chee/Science Photo Library. 2013. Disponível em: http://eba.im/3zbkss; Bumb-
filos de plantas (briófita, pteridófita, gim- le bee [Mamangava polinizando flor]. Produzido por: Peter Matulavich/Science
• Aplicar o método científico nosperma e angiosperma) Photo Library. 2013. Disponível em: http://eba.im/s2tk2i; Dandelion seedhead
• Identificar fenômenos físicos, quí- blowing, timelapse [Sopro em flor dente-de-leão, timelapse]. Produzido por:
• Distinguir as principais características de
• Briófitas micos ou biológicos Neil Bromhall/Science Photo Library. 2013. Disponível em: http://eba.im/ox3ndy
plantas avasculares e vasculares (acessos em: 30 abr. 2015).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Pteridófitas • Analisar, descrever e compreender • Avaliar a importância das mudanças evo- Pág. 43 - Acessar os links: Flora Brasiliensis. Disponível em: http://eba.im/8s6ui4
fatos e fenômenos lutivas que deram origem aos diversos (acesso em: 30 abr. 2015); Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro.
• Gimnospermas
• Resolver situações-problema grupos do reino Plantae Lista de espécies da flora do Brasil. Rio de Janeiro, 2013. Disponível em: http://eba.
• Angiospermas im/igkwt6 (acesso em: 3 abr. 2015).
• Trabalhar com informações expos- • Reconhecer as diferenças entre reprodu-
ção sexuada e assexuada Pág. 280 (Orientações para o professor) - Sugestões didáticas: A importância da
tas em textos, imagens, tabelas, lignina; Atividade complementar: Observação e exploração de esporos de sa-
gráficos e infográficos, estabele- • Distinguir polinização cruzada e autopo- mambaia.
cendo explicações, comparações e linização
hipóteses Pág. 281 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: A estrutura
interna de uma flor completa.
• Coletar dados e realizar pesquisas
Pág. 281 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Estudo do
meio – Observação e exploração de flores e sementes.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 109


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – As plantas e seus órgãos
Curriculares Nacionais

4B2-C8
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C9
2. Os órgãos das plantas e a fotossíntese
4B2-C10

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


Pág. 43 - Acessar os links: BRITES, A. D. Raiz: órgão vegetal absorve nutrientes.
UOL Educação., 26 fev. 2009. Disponível em: http://eba.im/yfjfo7 (acesso em: 30
abr. 2015); DORNELLES, C. Vida no mangue. Ciência Hoje das Crianças, 18 abr.
2013. Disponível em: http://eba.im/bhhjbf (acesso em: 30 abr. 2015).
• Aplicar conhecimentos prévios
• Identificar a diversidade de alguns ór- Pág. 52 - Acessar o link http://eba.im/csxqyt (acesso em: 30 abr. 2015) para saber
• Levantar hipóteses com base em gãos das plantas (raiz, caule, folha e flor) mais sobre fitoterápicos.
observações Pág. 54 - Acessar os links: JOHANN BAPTISTA VAN HELMONT. Infopédia,
• Conceituar fotossíntese
• Aplicar o método científico 2015. Disponível em: http://eba.im/ez82xk (acesso em: 30 abr 2015); Histório
• Raízes • Valorizar experimentos e cientistas que da fotossíntese. Portal Educação, Campo Grande, 10 jan. 2013. Disponível em:
• Identificar fenômenos físicos, quí- colaboraram na elucidação do processo http://eba.im/4o54xt (acesso em: 30 abr. 2015).
• Caules micos ou biológicos de nutrição da planta (fotossíntese) Pág. 56 - Acessar o link PEREIRA, E. C.; MARTINS, M. G. Cadeia alimentar:
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Folhas equilíbrio da vida. Portal do Professor, Brasília, 19 nov. 2010. Disponível em:
• Analisar, descrever e compreender • Interpretar textos e esquemas que co- http://eba.im/yokitq. (acesso em: 30 abr. 2015).
fatos e fenômenos municam conceitos científicos
• Flores Pág. 284 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Observação e
• Resolver situações-problema • Compreender o papel do solo e da água identificação de órgãos das plantas.
• Frutos
• Trabalhar com informações expos- no processo da fotossíntese Pág. 284 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: PURVES, W. K.
• Fotossíntese et al. Vida: a ciência da Biologia. Porto Alegre: Artmed, 2005.
tas em textos, imagens, tabelas, • Conceituar seres vivos produtores e se-
gráficos e infográficos, estabele- res consumidores Pág. 285 e 286 (Orientações para o professor) - Sugestões didáticas: Caules; Fo-
cendo explicações, comparações e lhas para utilizar da página 50.
hipóteses • Planejar experimentos com base em hi-
Pág. 288 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Frutos.
póteses levantadas pelo grupo
• Coletar dados e realizar pesquisas Pág. 290 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: RAVEN, P. H.; EVERT,
R. F.; EICHHORN, S. E. Biologia vegetal. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.
Pág. 293 (Orientações para o professor) - Biblioteca do aluno: RODRIGUES, R. M.
O mundo das plantas. São Paulo: Moderna, 2013. (Coleção Desafios.).

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 110


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Plantas e fungos: tecnologia e sociedade
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B4-C18
1. Plantas: matéria-prima, alimento e energia

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 64 - Acessar o link http://eba.im/xryo5i (acesso em: 9 jun. 2015) para explicar o processo
de reciclagem do óleo de cozinha em glicerina e biodiesel.
Pág. 67 - Acessar os links: Rio de Janeiro (Município). Promoção do consumo de frutas,
• Aplicar conhecimentos prévios • Reconhecer a importância dos vegetais legumes e verduras: o Programa “5 ao Dia”. Rio de Janeiro, maio 2005. Disponível em:
http://eba.im/geondq (acesso em: 30 abr. 2015); Organização Mundial da Saúde. OMS e FAO
• Levantar hipóteses com base em empregados na alimentação humana e anunciam estratégia integrada para promover [um maior consumo de frutas e verduras]. Ge-
observações na geração de energia nebra, 9 nov. 2002. Disponível em: http://eba.im/9eb9wo (acesso em: 30 abr. 2015).

• Valorizar o uso, em motores, dos biocom- Pág. 68 - Acessar o link Fundação Oswaldo Cruz. Plantas tóxicas no Brasil. Rio de Janeiro, 23 set.
• Aplicar o método científico 2009. Disponível em: http://eba.im/ra2ivp (acesso em: 30 abr. 2015).
bustíveis (etanol e biodiesel) em relação
• Identificar fenômenos físicos, quí- aos derivados do petróleo (gasolina) Pág. 69 - Acessar os links: Forest Stewardship Council. Florestas certificadas. Disponível em:
micos ou biológicos http://eba.im/cwofqh (acesso em: 3 abr. 2015); Instituto de Pesquisa em Vida Selvagem e Meio
• Plantas na alimentação • Conscientizar-se das atitudes que eco-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

Ambiente. Reflorestamento: ‘A floresta provê serviços ecológicos para a sociedade’. Cornélio


• Analisar, descrever e compreender nomizam papéis e outros produtos que Procópio, 2009. Disponível em: http://eba.im/nt6toc (acesso em: 30 abr. 2015).
• Plantas na produção de papel fatos e fenômenos dependem de matéria-prima extraída da Pág. 70- Acessar o link Consciente Coletivo – Papel. Episódio 3. Produzido por: Institu-
• Plantas e energia (etanol) • Resolver situações-problema natureza to Akatu. 17 mar. 2011. Disponível em: http://eba.im/hzbq6k (acesso em: 3 abr. 2015);
http://eba.im/qo95ou e http://eba.im/fmpbw5 (acessos em: 30 abr. 2015).
• Trabalhar com informações expos- • Conscientizar-se de que é possível ex-
Pág. 72- Acessar o link http://eba.im/2jcs6o (acesso em: 30 abr. 2015).
tas em textos, imagens, tabelas, plorar economicamente a floresta sem
gráficos e infográficos, estabele- derrubá-la Pág. 74 - Acessar os links: Instituto Aço Brasil. O aço: processo siderúrgico. Disponível em:
http://eba.im/ixs8jo (acesso em: 30 abr. 2015); PEREIRA, R. R. Ajuste da composição química
cendo explicações, comparações e • Ler e interpretar tabela que compara do aço CA-50 em usina siderúrgica semi-integrada. 2009. 36 f. Trabalho de Conclusão de Cur-
hipóteses dois tipos de combustível: etanol e ga- so (Curso de Graduação em Tecnologia em Processos Metalúrgicos) – Centro Universitário
Estadual da Zona Oeste, Rio de Janeiro, 2009. Disponível em: http://eba.im/iwg2gi (acesso
• Coletar dados e realizar pesquisas solina em: 3 abr. 2015); FERRO, R. Estudo aponta desmatamento e trabalho escravo na produção
do aço. São Paulo: Instituto Akatu, 1º jul. 2011. Disponível em: http://eba.im/hrjki9 (acesso
em: 30 abr. 2015).
Pág. 76 - Acessar o link http://eba.im/ bvw6x2 (acesso em: 8 jun. 2015).

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 111


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Plantas e fungos: tecnologia e sociedade
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B2-C6
2. Fungos no ambiente, na indústria e na medicina 3B4-C15

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em • Reconhecer o ciclo de vida de fungos e
observações identificar suas principais características
Pág. 80 - Acessar o link Ambiente Brasil. Fungos: características e importâncias.
• Aplicar o método científico • Reconhecer a participação de espécies Curitiba, 2012. Disponível em: http://eba.im/rbn8qi (acesso em: 3 abr. 2015).
de fungos e de bactérias em processos
• Identificar fenômenos físicos, quí- Pág. 82 - Acessar o link http://eba.im/jmnwh2 (acesso em: 30 abr. 2015).
produtivos industriais e caseiros
• Reino Fungi micos ou biológicos Pág. 83 - Acessar os links http://eba.im/54x2s4 e http://eba.im/6yq5qg (acessos
• Comparar dois processos de obtenção de
RECURSOS PEDAGÓGICOS

em: 30 abr. 2015).


• Fungos como alimento e na indús- • Analisar, descrever e compreender energia: respiração aeróbia e fermenta-
tria fatos e fenômenos ção Pág. 305 (Orientações para o professor) - Sugestões didáticas: Parede celular dos
fungos.
• Fungos como decompositores • Resolver situações-problema • Compreender como os fungos e as bac-
térias reciclam a matéria orgânica na Pág. 306 (Orientações para o professor) - Sugestões didáticas: Digestão em fun-
• Trabalhar com informações expos- gos; Filos de fungos.
tas em textos, imagens, tabelas, natureza
gráficos e infográficos, estabele- Pág. 307 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: CAMPBELL, N.
• Reconhecer que existem fungos benéfi- Biologia. 8. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.
cendo explicações, comparações e cos e fungos maléficos à população ani-
hipóteses mal, inclusive humana
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 112


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – Bactérias, leveduras e vírus
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C10
1. Bactérias e leveduras – Fermentação

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios • Reconhecer evidências de transforma-


ções químicas
• Levantar hipóteses com base em
observações • Identificar os processos de produção de Pág. 88 - Acessar o link http://eba.im/hixmao. Acesso em: 12 maio 2015.
energia pelos fungos e pelas bactérias
• Aplicar o método científico Pág. 92 - Acessar os links: A História do pão. Folha da Manhã, São Paulo, 19
(respiração e fermentação)
ago. 1929. Disponível em: http://eba.im/fi9mtj (acesso em: 30 abr. 2015); Museu
• Identificar fenômenos físicos, quí-
• Valorizar atitudes de higiene que garan- do Pão. Disponível em: http://eba.im/nennc5 (acesso em: 3 abr. 2015); Mun-
micos ou biológicos do fantástico do pão. Produzido por: Museu do Pão. 5 abr. 2013. Disponível em:
tam a qualidade dos alimentos fermen-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Fermentação • Analisar, descrever e compreender tados que consumimos http://eba.im/s34z6j (acesso em: 30 abr. 2015); De Onde vem o pão? Produzido
fatos e fenômenos por: TV Escola. 2 jul. 2009. Disponível em: http://eba.im/pgwnib (acesso em: 30
• Respiração • Reconhecer a importância das leveduras abr. 2015).
• Resolver situações-problema na produção do pão, um dos principais
Pág. 93 - Acessar o link http://eba.im/aa5pnz (acesso em: 4 maio 2015).
alimentos da população humana
• Trabalhar com informações expos- Pág. 314 (Orientações para o professor) - Para saber mais: Receita básica de pão.
tas em textos, imagens, tabelas, • Ler imagens e interpretar resultados de
gráficos e infográficos, estabele- experimentos realizados com fungos (le- Pág. 316 (Orientações para o professor) - Para saber mais: Nomenclatura utiliza-
cendo explicações, comparações e vedura) da em reações químicas; Fermentação.
hipóteses
• Diferenciar fermento químico de fermen-
• Coletar dados e realizar pesquisas to biológico

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 113


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 4 – Bactérias, leveduras e vírus
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C13
2. Vírus — Soros e vacinas

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 99 - Acessar o link http://eba.im/uui6tn (acesso em: 4 maio 2015).


Pág. 100 - Acessar os links http://eba.im/fjhfrr e http://eba.im/b7duhq (acessos
• Aplicar conhecimentos prévios em: 4 maio 2015).
• Reconhecer que alguns vírus e bactérias
• Levantar hipóteses com base em são causadores de doenças humanas Pág. 102 - Acessar os links: http://eba.im/obdckn (acesso em: 30 abr. 2015);
observações Bactéria e macrófago. Produzido por: Encyclopedia Britannica Online. 2015.
• Valorizar a vacinação como modo de pre- Disponível em: http://eba.im/9i6r36 (acesso em: 4 maio 2015); Fluxo sanguíneo
• Aplicar o método científico venção de doenças – Invasão do vírus. Produzido por: Academia da Ciência. 3 fev. 2009. Disponível
• Compreender como a vacinação garante em: http://eba.im/kvtuns (acesso em: 4 maio 2015).
• Identificar fenômenos físicos, quí-
micos ou biológicos a imunidade das pessoas Pág. 103 - Acessar o link http://eba.im/2iyavd (acesso em: 30 abr. 2015).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Vírus • Analisar, descrever e compreender • Comparar a ação de anticorpos e da fa- Pág. 106 - Acessar o link http://eba.im/ dz4xnb e http://eba.im/x5czfe (acessos
fatos e fenômenos gocitose, processos que combatem mi- em: 4 maio 2015).
• Soros e vacinas
crorganismos invasores do nosso corpo Pág. 108 - Acessar os links: LAPORTA, M. Z. Ciências Biológicas: Microbiologia
• Resolver situações-problema
• Diferenciar a ação e o uso de vacinas e – Atividades práticas (4º. ano). Santo André: Centro Universitário Fundação San-
• Trabalhar com informações expos- to André, 2007. Disponível em: http://eba.im/2jrr83 (acesso em: 3 abr. 2015); An-
soros
tas em textos, imagens, tabelas, visa. Manual de Microbiologia Clínica para o controle de infecção em serviços de
gráficos e infográficos, estabele- • Refletir sobre a importância de algumas saúde. Brasília, 2009. Disponível em: http://eba.im/n6hpur (acesso em: 4 maio
cendo explicações, comparações e ações coletivas e individuais que redu- 2015); Unimed. Soro × vacina. São Paulo, 2015. Disponível em: http://eba.im/nfst8n
zem a disseminação de doenças conta- (acesso em: 4 maio 2015).
hipóteses
giosas Pág. 324 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: MARGULIS, L.;
• Coletar dados e realizar pesquisas SAGAN, D. Microcosmos: quatro bilhões de anos de evolução microbiana. São
Paulo: Cultrix, 2002; MADIGAN, M. T. et al. Microbiologia de Brock. 12. ed. Porto
Alegre: Artmed, 2010.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 114


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 5 – A vida no ambiente marinho
Curriculares Nacionais

3B2-C5
CONTEÚDO

Capítulo
3B2-C6
1. O mar – relações entre os seres vivos
3B2-C7

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Reconhecer a composição e as caracte-
• Levantar hipóteses com base em
rísticas físicas da água do mar
observações
• Conhecer as características de ambien-
• Aplicar o método científico
• Composição química da água do tes marinhos: costão rochoso e recife de
Pág. 112 - Acessar os links http://eba.im/e75f9w (acesso em: 4 abr. 2015);
mar • Identificar fenômenos físicos, quí- coral
http://eba.im/kc7fht (acesso em: 30 abr. 2015).
micos ou biológicos
• Fatores abióticos de ambientes • Compreender como fatores bióticos e
RECURSOS PEDAGÓGICOS

Pág. 114 - Acessar o link http://eba.im/xu7syo (acesso em: 4 abr. 2015).


marinhos • Analisar, descrever e compreender abióticos interferem em um ambiente
fatos e fenômenos Pág. 118 - Acessar os links http://eba.im/rdepgo (acesso em: 4 maio 2015);
• Relações ecológicas em comuni- • Reconhecer relações ecológicas em co- http://eba.im/9u5cw5 (acesso em: 4 maio 2015).
dades marinhas • Resolver situações-problema munidades marinhas
Pág. 324 (Orientações para o professor) - Atividade para os alunos.
• Cadeias alimentares em uma co- • Trabalhar com informações expos- • Compreender o que são uma cadeia ali-
munidade marinha tas em textos, imagens, tabelas, mentar e uma teia alimentar, por meio
gráficos e infográficos, estabele- de exemplos do ambiente marinho
cendo explicações, comparações e
• Representar uma cadeia alimentar e
hipóteses
uma teia alimentar
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 115


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 5 – A vida no ambiente marinho
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
2. A vida nos recifes de corais e costões rochosos 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios Pág. 123 - Acessar o link http://eba.im/o4z3n3 (acesso em: 4 abr. 2015).

• Levantar hipóteses com base em Pág. 124 - Acessar os links: Biodiversidade marinha de Santa Catarina. Produzido
por: Alcides Dutra. 15 jan. 2014. Disponível em: http://eba.im/kc7fht (acesso em: 4
observações
abr. 2015); BELIZE, Koralle Korallenriff. Projeto de proteção de recifes em Papua-
• Aplicar o método científico • Reconhecer as principais características Nova Guiné. Deutsche Welle, Bonn, 11 set. 2012. Meio ambiente. Disponível em:
http://eba.im/quag5k (acesso em: 4 abr. 2015).
• Identificar fenômenos físicos, quí- de esponjas, cnidários e equinodermos
micos ou biológicos Pág. 126 - Acessar os links: ANTONELLI, Diego. Litoral tem 192 acidentes com
• Valorizar a importância da preservação água-viva por dia, em média. Gazeta do Povo. Curitiba, 8 jan. 2014. Disponível
• Filo Porifera
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar, descrever e compreender e da conservação do ambiente marinho em: http://eba.im/oa58jb (acesso em: 4 abr. 2015); NEVES, Ricardo F.; AMARAL,
• Filo Cnidária fatos e fenômenos Fernanda D.; STEINER, Andrea Q. Levantamento de registros dos acidentes
• Conhecer o conceito de comunidade
com cnidários em algumas praias do litoral de Pernambuco (Brasil). Ciência
• Filo Equinoderma • Resolver situações-problema & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro: Scielo, v. 12, n. 1, p. 231-237, 2007. Disponí-
• Reconhecer e valorizar a biodiversidade
marinha vel em: http://eba.im/pkzsem (acesso em: 4 abr. 2015); KUGLER, Henrique. Ro-
• Trabalhar com informações expos- tas menos poluentes. Ciência Hoje, Rio de Janeiro, 14 fev. 2014. Disponível em:
tas em textos, imagens, tabelas, • Interpretar dados presentes em tabelas http://eba.im/6jcyns (acesso em: 4 abr. 2015).
gráficos e infográficos, estabele-
Pág. 335 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: BARNES, R. S.
cendo explicações, comparações e
K. et al. Os invertebrados: uma síntese. São Paulo: Atheneu, 2007.
hipóteses
Pág. 336 (Orientações para o professor) - Biblioteca do aluno: JAKIEVICIUS, Môni-
• Coletar dados e realizar pesquisas ca. Vida no mar. São Paulo: DCL, 2004.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 116


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 6 – Os seres vivos dos manguezais
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
1. Os manguezais, os moluscos e as plantas 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em Pág. 138 - Acessar o link http://eba.im/exedfq (acesso em: 12 maio 2015).
observações
Pág. 141 - Acessar o link http://eba.im/np3mfy (acesso em: 3 abr. 2015).
• Aplicar o método científico • Compreender e reconhecer as seguintes
interações ecológicas: competição, pre- Pág. 144 - Acessar os links: Cultivo de ostras em Cananeia. Produzido por: Agri-
• Identificar fenômenos físicos, quí- dação, parasitismo e mutualismo culturaSP. 7 abr. 2011. Disponível em: http://eba.im/mkntt8 (acesso em: 3 abr.
micos ou biológicos 2015); Ilhagrande.org. Aquicultura na Ilha Grande. Angra dos Reis, [2011?]. Dispo-
• Mangue • Reconhecer as características abióticas
RECURSOS PEDAGÓGICOS

nível em:http://eba.im/rf8vnw (acesso em: 3 abr. 2015); Floripa.org. Florianópolis:


• Analisar, descrever e compreender do manguezal cidade Unesco da gastronomia. Florianópolis, 2014. Disponível em: http://eba.
• Filo Molusca fatos e fenômenos im/2ebuas (acesso em: 3 abr. 2015).
• Conhecer a biodiversidade do manguezal
• Espécies invasoras • Resolver situações-problema Pág. 145 - Acessar os links: MARCOLINI, Barbara. Humboldt, um visionário.
• Valorizar a preservação do manguezal Ciência Hoje, Rio de Janeiro, 14 out. 2009. Disponível em: http://eba.im/v2td26
• Trabalhar com informações expos- (acesso em: 3 abr. 2015); HAAG, Carlos. Ciência para criar uma nação. Pesqui-
tas em textos, imagens, tabelas, • Identificar as adaptações das plantas ao sa Fapesp, São Paulo, maio 2012. Disponível em: http://eba.im/fn65vn (acesso
gráficos e infográficos, estabele- ambiente de manguezal em: 3 abr. 2015); PINTOANDRADE, Romulo. Amazônia: Expedição Humboldt
cendo explicações, comparações e 1/Hidrologia. Produzido por: Universidade de Brasília. Brasília, DF, 12 mar. 2010.
hipóteses Disponível em: http://eba.im/oda78c (acesso em: 3 abr. 2015).

• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 117


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 6 – Os seres vivos dos manguezais
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
2. Introdução ao filo dos artrópodes 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Identificar as principais características Pág. 152 - Acessar o link: O Caranguejo-Ermitão. Produzido por: Encyclopedia
• Levantar hipóteses com base em Britannica Online. 2015. Disponível em: http://eba.im/iemdjn (acesso em: 3 abr.
de moluscos e artrópodes
observações 2015).
• Identificar as principais características
• Aplicar o método científico Pág. 153 - Acessar o link: Conquiliologistas do Brasil. São Paulo, 2001-2015. Dis-
das classes dos artrópodes, com espe- ponível em: http://eba.im/vtkzbe (acesso em: 3 abr. 2015).
• Identificar fenômenos físicos, quí- cial atenção aos crustáceos
micos ou biológicos Pág. 155 - Acessar os links: Dresser crab camouflage – Weird Natu-
• Compreender como é o crescimento de re. (­Caranguejo decorador comendo). BBC, 31 maio 2011. Disponível em:
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar, descrever e compreender artrópodes http://eba.im/my84s9 (acesso em: 22 abr. 2015); http://eba.im/tg9oeb (acesso
• Filo Artrópoda (Crustáceos) fatos e fenômenos em: 3 maio 2015).
• Analisar e interpretar dados provenien-
• Resolver situações-problema tes de gráficos Pág. 158 - Acessar o link: JÚNIOR, Melquíades. Maricultura: econo-
mia s­ustentável. Fortaleza: Fundação Brasil Cidadão, 2004. Disponível em:
• Trabalhar com informações expos- • Compreender como expedições científi- http://eba.im/7a2tdd (acesso em: 22 abr. 2015).
tas em textos, imagens, tabelas, cas contribuem para a produção do co-
Pág. 160 - Acessar o link http://eba.im/zwz358 (acesso em: 3 abr. 2015).
gráficos e infográficos, estabele- nhecimento biológico
cendo explicações, comparações e Pág. 348 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: BARNES, R. S.
• Entender como a ação humana pode in- K. et al. Os invertebrados: uma síntese. São Paulo: Atheneu, 2008; BRUSCA, R.
hipóteses
terferir no ambiente C.; BRUSCA, G. J. Invertebrados. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan, 2007.
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 118


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 7 – Aranhas, insetos, minhocas e outros invertebrados
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
1. Artrópodes — aracnídeos e insetos 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 163 - Acessar o link http://eba.im/42ibqo (acesso em: 3 abr. 2015).


• Aplicar conhecimentos prévios
Pág. 164 - Acessar o link LIRA-DA-SILVA, Rejâne Maria. Aracnídeos. Salvador:
• Levantar hipóteses com base em Biota Bahia, 2011. Disponível em: http://eba.im/3bnu2v (acesso em: 3 abr. 2015).
observações • Caracterizar artrópodes: aracnídeos e
Pág. 169 - Acessar os links: La Muda de la cigarra (Dorisinia viridis). 2013.
• Aplicar o método científico insetos
Disponível em: http://eba.im/8njf9j (acesso em: 3 abr. 2015); Cresce borboleta.
• Compreender o processo de troca de National Geographic Channel. Disponível em: http://eba.im/mmvoe3 (acesso
• Identificar fenômenos físicos, quí- em: 3 abr. 2015).
micos ou biológicos exoesqueleto dos artrópodes e relacioná-
-lo ao crescimento do ser vivo
RECURSOS PEDAGÓGICOS

Pág. 170 - Acessar o link DELECAVE, B. Insetos e a biodiversidade. Invivo.


• Filo Artrópoda (aracnídeos e inse- • Analisar, descrever e compreender Disponível em: http://eba.im/qus36q (acesso em: 3 abr. 2015).
fatos e fenômenos • Relacionar a dependência entre plantas
tos)
com flores e insetos polinizadores Pág. 172 - Acessar os links: As Saúvas – Uma sociedade de formigas. Pesquisa
• Resolver situações-problema Fapesp. 2009. Disponível em: http://eba.im/xpg8o8 (acesso em: 3 abr. 2015);
• Conhecer o modo de vida de insetos so- Mamangaba construindo o ninho. 2012. Vídeo (32s). Disponível em:
• Trabalhar com informações expos- ciais e como as abelhas produzem o mel http://eba.im/cp9vdy (acesso em: 3 abr. 2015); O que está matando as nossas
tas em textos, imagens, tabelas, abelhas?. Disponível no link http://eba.im/8naouf (acesso em: 22 maio 2015).
gráficos e infográficos, estabele- • Identificar os principais tipos de aparelho
bucal dos insetos a partir de imagens Pág. 358 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: BARNES, R. S.
cendo explicações, comparações e
K. et al. Os invertebrados: uma síntese. São Paulo: Atheneu, 2008.
hipóteses
Pág. 358 (Orientações para o professor) - Biblioteca do aluno: CONZO JÚNIOR,
• Coletar dados e realizar pesquisas H. Bichos sinistros. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2011.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 119


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 7 – Aranhas, insetos, minhocas e outros invertebrados
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
2. Vermes – minhocas e lombrigas 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Identificar as principais características


• Aplicar conhecimentos prévios
das três classes de anelídeos
• Levantar hipóteses com base em
• Caracterizar e distinguir nematódeos e
observações
platelmintos dos anelídeos
• Aplicar o método científico
• Reconhecer a importância econômica,
• Identificar fenômenos físicos, quí- ecológica e médica dos nematódeos e
micos ou biológicos platelmintos, parasitas que contaminam
• Filo Platelminte
RECURSOS PEDAGÓGICOS

o ser humano e os animais domésticos Pág. 178 - Acessar o link: Poliqueta nerilídeo. Cifonauta. 2011. Disponível em:
• Analisar, descrever e compreender
• Filo Nematelminte http://eba.im/ofug8t (acesso em: 3 abr. 2015).
fatos e fenômenos • Distinguir respiração cutânea, respira-
• Filo Anelida ção branquial e respiração pulmonar Pág. 184 - Acessar o link http://eba.im/nn4tf9 (acesso em: 3 abr. 2015).
• Resolver situações-problema
• Ler e interpretar imagens e esquemas
• Trabalhar com informações expos-
que representam o ciclo de vida de ver-
tas em textos, imagens, tabelas,
mes parasitas
gráficos e infográficos, estabele-
cendo explicações, comparações e • Conscientizar-se da importância da hi-
hipóteses giene ambiental e pessoal no combate
a parasitoses humanas e de animais do-
• Coletar dados e realizar pesquisas
mésticos

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 120


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 8 – Os vertebrados — peixes, anfíbios e répteis
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
1. Os peixes e o ambiente aquático 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações
• Identificar os principais representantes Pág. 188 - Acessar os links: Fauna Brasileira. ICMBio. Ministério do Meio
• Aplicar o método científico do filo dos Cordados ­Ambiente. Disponível em: http://eba.im/u34w74 (acesso em: 5 abr. 2015);
http://eba.im/v76gve (acesso em: 3 jun. 2015).
• Identificar fenômenos físicos, quí- • Reconhecer algumas características físi-
micos ou biológicos cas e químicas do ambiente aquático Pág. 192 - Acessar os links: http://eba.im/2dfge8 (acesso em: 5 abr. 2015);
RECURSOS PEDAGÓGICOS

http://eba.im/6qk9c2 (acesso em: 5 abr. 2015).


• Analisar, descrever e compreender • Relacionar algumas adaptações dos pei-
• Peixes fatos e fenômenos Pág. 193 - Acessar o link: Sargassum Trigger (Xanthichthys ringens). Underwa-
xes ao ambiente aquático
terTreasurez. 2012. Disponível em: http://eba.im/ajhne9 (acesso em: 5 abr. 2015).
• Resolver situações-problema • Comparar peixes de diferentes hábitos Pág. 195 - Acessar o link http://eba.im/92m93y (acesso em: 5 abr. 2015).
• Trabalhar com informações expos- • Conscientizar-se da importância da ma- Pág. 369 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor:
tas em textos, imagens, tabelas, nutenção da qualidade da água para a SCHMIDT-NIELSEN, K. Fisiologia animal: adaptação e meio ambiente.
gráficos e infográficos, estabele- preservação das espécies São Paulo: Livraria Santos Editora, 1999.
cendo explicações, comparações e
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 121


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 8 – Os vertebrados — peixes, anfíbios e répteis
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
2. Anfíbios e répteis 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


Pág. 197 - Acessar o link: Conquista do ambiente terrestre. Unicamp. ­Disponível
em: http://eba.im/ngyy7x (acesso em: 5 abr. 2015).
• Reconhecer as principais características Pág. 198 - Acessar o link http://eba.im/im5s2a (acesso em: 5 abr. 2015).
• Aplicar conhecimentos prévios de anfíbios e répteis Pág. 199 - Acessar os links: http://eba.im/v9amgy e http://eba.im/8tkm3m (aces-
• Levantar hipóteses com base em • Ler e interpretar imagens e textos sobre sos em: 5 abr. 2015).
observações a evolução dos anfíbios Pág. 200 - Acessar os links: Retratos do reino animal. Disponível em:
http://eba.im/4uat5s (acesso em: 5 abr. 2015); Como nascem os sapos.
• Aplicar o método científico • Identificar estratégias de camuflagem e ­Disponível em: http://eba.im/sa2awx (acesso em: 5 abr. 2015).
mimetismo
• Identificar fenômenos físicos, quí- Pág. 202 - Acessar o link http://eba.im/38cet6 (acesso em: 5 abr. 2015).
micos ou biológicos • Valorizar a vida das espécies de corda- Pág. 204 - Acessar os links: Filhote de cobra nasce de ovo? Ou da barriga da
RECURSOS PEDAGÓGICOS

dos, mesmo em relação àqueles que são mãe? Depende! Ciência Hoje das Crianças. Disponível em: http://eba.im/p78536
• Analisar, descrever e compreender
• Anfíbios e répteis peçonhentos (acesso em: 5 abr. 2015); Por que as serpentes mudam de pele? Ponto Ciência.
fatos e fenômenos Disponível em: http://eba.im/4ykdgp (acesso em: 5 abr. 2015).
• Comparar características de peixes, an-
• Resolver situações-problema Pág. 205 - Acessar o link: Instituto Butantan. Disponível em:
fíbios e répteis
http://eba.im/puo2mw (acesso em: 5 abr. 2015).
• Trabalhar com informações expos-
• Compreender a importância dos fósseis Pág. 206 - Acessar os links: HAYASAKA, E. Y.; NISHIDA, S. M. Reprodução dos
tas em textos, imagens, tabelas,
na formulação de teorias evolutivas. répteis. Unesp. Disponível em: http://eba.im/8eygwz. Acesso em: 5 abr. 2015;
gráficos e infográficos, estabele-
HAYASAKA, E. Y.; NISHIDA, S. M. Reprodução dos anfíbios anuros. Unesp.
cendo explicações, comparações e • Interpretar esquemas que representam
­Disponível em: http://eba.im/gjuate. Acesso em: 5 abr. 2015.
hipóteses o ciclo de vida de cordados
Pág. 210 - Acessar o link: ESCOBAR, Herton. Pesquisa desvenda genoma
• Coletar dados e realizar pesquisas • Valorizar a reprodução como essencial de “peixe pré-histórico”. São Paulo, 18 abr. 2013. Disponível em: http://eba.
para a manutenção da vida im/3xo26g (acesso em: 5 maio 2015).
Pág. 372 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: KARDONG, K. V.
Vertebrados: anatomia comparada, função e evolução. 5. ed. São Paulo: Roca, 2011.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 122


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 9 – As aves e os mamíferos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
1. As aves 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações Pág. 212 - Acessar os links: http://eba.im/u6zkwm, http://eba.im/6obsyo e
http://eba.im/pvmgqh (acessos em: 12 mar. 2015).
• Aplicar o método científico
• Identificar semelhanças e diferenças en- Pág. 218 - Acessar o link: Pássaros do Paraíso. Produzido por: Ciências ­Gerais.
• Identificar fenômenos físicos, quí- Disponível em:http://eba.im/7bq22g (acesso em: 6 abr. 2015).
tre répteis e aves
micos ou biológicos Pág. 219 - Acessar os links: Como se reproduzem e como são os ninhos? Unesp.
• Conhecer algumas adaptações de aves
RECURSOS PEDAGÓGICOS

Disponível em: http://eba.im/cnuph2 (acesso em: 6 abr. 2015); Brasil 500 pássa-
• Analisar, descrever e compreender quanto à locomoção, à alimentação e à
• Aves ros. Disponível em: http://eba.im/tyuh4u (acesso em: 6 abr. 2015).
fatos e fenômenos reprodução
Pág. 383 (Orientações para o professor) - Atividade Complementar: Observando
• Resolver situações-problema • Compreender a importância do cuidado as aves.
• Trabalhar com informações expos- com a prole como uma adaptação que
Pág. 386 (Orientações para o professor) - Atividade Complementar: Como deixar
tas em textos, imagens, tabelas, garante a sobrevivência dos filhotes
o osso flexível?
gráficos e infográficos, estabele-
Pág. 387 (Orientações para o professor) - Biblioteca do aluno: BRAGA, M. C.
cendo explicações, comparações e O sabiá chama. Disponível em: http://eba.im/nq4qam (acesso em: 6 abr. 2015).
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 123


Ciências – 7o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 9 – As aves e os mamíferos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 4B2-C8
2. Os mamíferos e a diversidade 4B2-C9

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Identificar as principais características


dos mamíferos
• Aplicar conhecimentos prévios • Comparar a dentição de mamíferos her-
bívoros, carnívoros e onívoros
• Levantar hipóteses com base em
observações • Conhecer estratégias quanto à tempera-
tura corpórea de endotérmicos e ectotér- Pág. 221 - Acessar os links: http://eba.im/iuvb4e; http://eba.im/2ogdo8 (acessos
• Aplicar o método científico micos em: 6 abr. 2015).
• Identificar fenômenos físicos, quí- • Reconhecer a importância dos dentes Pág. 226 - Acessar o link: Marsupiais. Ambiente Brasil. Disponível em:
micos ou biológicos fossilizados para o entendimento do há- http://eba.im/hgdsq9 (acesso em: 6 abr.2015).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

bito alimentar de mamíferos extintos


• Analisar, descrever e compreender Pág. 389 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: ­Investigando
• Mamíferos • Conscientizar-se do papel individual e a biodiversidade: guia de apoio aos educadores do Brasil. WWF-Brasil. 2010.
fatos e fenômenos
coletivo na preservação ambiental Disponível em: http://eba.im/ii2itf (acesso em: 17 jun. 2015).
• Resolver situações-problema • Reconhecer que o ser humano é a espé- Pág. 390 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Reprodução
• Trabalhar com informações expos- cie que mais interfere no ambiente e desenvolvimento dos mamíferos.
tas em textos, imagens, tabelas, • Entender o significado de biodiversidade Pág. 391 e 392 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
gráficos e infográficos, estabele- • Compreender fatores que interferem na ­Diversidade dos indivíduos de uma população.
cendo explicações, comparações e evolução das espécies
hipóteses
• Simular a ação de um elemento que pro-
• Coletar dados e realizar pesquisas move a seleção artificial
• Valorizar o estudo realizado por cientis-
tas do passado

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 124


Ciências 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – O corpo humano e a sua nutrição
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C13
1. O conhecimento do corpo humano

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 12 - Acessar o link: http://eba.im/cx3prg (acesso em: 2 jun. 2015).


Pág. 15 - Para saber mais: VERSALIUS DE BRUXELAS, Andreas. De humani
corporis fabrica. Trad. Pedro Carlos Piantino Lemos e Maria C. Vilhena
• Aplicar conhecimentos prévios • Valorizar as atitudes inovadoras que re- ­Carnevale. Cotia: Ateliê Editorial, 2003.
• Levantar hipóteses com base em modelaram e favoreceram o desenvolvi- Pág. 15 - Acessar os links: SILVA, A. Leonardo da Vinci, o desbravador do corpo
observações mento do conhecimento humano humano. Jornal da Unicamp, no 568, jul./ago. 2013. Disponível em: http://eba.im/
• Interpretar esquemas de manuais anti- n65jmt (acesso em: 26 maio 2015); MIRANDA, S. Capela Sistina: lição de anatomia.
• Aplicar o método científico Guia do Estudante, 1º ago. 2004. Disponível em: http://eba.im/6dkbp2 (acesso em:
gos sobre o corpo humano
26 maio 2015); UFCG. Cláudio Galeno. Disponível em: http://eba.im/4t8b7e (acesso
• Identificar fenômenos físicos, quí- • Reconhecer a importância dos trabalhos em: 11 maio 2015); Biografia de Cláudio Galeno (129-201); Médico grego: Galeno.
micos ou biológicos de alguns cientistas, tais como Hipócra- UOL Educação. Disponível em: http://eba.im/jx26f6(acesso em: 11 maio 2015).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Célula tes, Galeno, Vesalius e Harvey para o de- Biografia de Cláudio Galeno (129-201).
• Analisar, descrever e compreender
senvolvimento da medicina Pág. 16 - Para saber mais: Biblioteca Brasiliana, disponível no link
fatos e fenômenos
• Integração dos sistemas do corpo • Conhecer as principais concepções mé- http://eba.im/dh6gkx (acesso em: 26 maio 2015).
• Resolver situações-problema dicas sobre a circulação do sangue e dos Pág. 16 - Acessar os links: Médico grego: Hipócrates. UOL Educação. Disponí-
• Trabalhar com informações expos- líquidos do corpo humano vel em: http://eba.im/aru38d (acesso em: 11 maio 2015); Cremesp. Juramento
tas em textos, imagens, tabelas, • Caracterizar uma célula-padrão de Hipócrates. Disponível em: http://eba.im/v2uxfv (acesso em: 11 maio 2015);
gráficos e infográficos, estabele- Grécia Antiga. Hipócrates de Cós. Disponível em: http://eba.im/yw62j5 (acesso
• Reconhecer que o corpo humano funcio- em: 11 maio 2015); UFCG. William Harvey. Disponível em: http://eba.im/bpm842
cendo explicações, comparações e na de forma integrada, apesar de estu- (acesso em: 11 maio 2015).
hipóteses darmos isoladamente cada um de seus
sistemas Pág. 18 - Acessar os links: Esserpa. Animações flash sobre a célula animal. Blog
• Coletar dados e realizar pesquisas do 10º B. Disponível em: http://eba.im/dhyyrz (acesso em: 11 maio 2015); Só
biologia . Célula animal. Disponível em: http://eba.im/f44632 (acesso em:
11 maio 2015).
Pág. 310 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 125


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 1 – O corpo humano e a sua nutrição
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B3-C9
2. Alimentos e nutrição

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações • Conscientizar-se da necessidade de ter
uma alimentação balanceada para man-
• Aplicar o método científico ter a saúde Pág. 22 - Acessar os links: http://eba.im/qyixbt (acesso em: 11 maio 2015);
• Identificar fenômenos físicos, quí- • Identificar as funções dos nutrientes que http://eba.im/4rfzmn (acesso em: 11 maio 2015).
micos ou biológicos compõem os alimentos que ingerimos Pág. 23 - Acessar os links: DAB. PNAN – Política Nacional de Alimentação
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Composição dos alimentos (car- • Compreender que as pessoas gastam e Nutrição. Disponível em: http://eba.im/wfnzp9 (acesso em: 11 maio 2015);
• Analisar, descrever e compreender
boidratos, proteínas, lipídios, vita- diferentes quantidades de energia, de ­FREGUGLIA, J.; FONSECA, M. Funções de nutrição no corpo humano. CRV.
fatos e fenômenos ­Disponível em: http://eba.im/c7bgeb (acesso em: 11 maio 2015); Os novos rumos
minas e sais minerais) acordo com sua atividade diária, sexo e
• Resolver situações-problema da nutrição humana no século XXI. Foods Ingredients Brasil, nº 19, 2011. Dispo-
idade
nível em: http://eba.im/5kx3uh (acesso em: 11 maio 2015); OMS cria ­biblioteca
• Trabalhar com informações expos- • Identificar as evidências da ocorrência de virtual sobre combate à desnutrição, deficiência alimentar e obesi­dade. ONUBR.
tas em textos, imagens, tabelas, transformações químicas Disponível em: http://eba.im/eh7nif (acesso em: 11 maio 2015).
gráficos e infográficos, estabele- • Conceituar unidades de energia: caloria
cendo explicações, comparações e e quilocaloria
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 126


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – A digestão e a absorção dos alimentos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B3-C10
1. Aproveitando os nutrientes dos alimentos

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Compreender as transformações quí-


micas e físicas que o alimento sofre na
boca, no estômago, no intestino delgado
• Aplicar conhecimentos prévios e no intestino grosso do ser humano

• Levantar hipóteses com base em • Identificar as funções das glândulas sali-


vares, do pâncreas e do fígado e o peris-
observações
taltismo dos músculos do tubo digestório
• Aplicar o método científico • Reconhecer a importância da mastiga- Pág. 44 - Acessar os links: MICHA, R. Proteínas, aminoácidos e enzimas. ­
ção na digestão humana Globo.com. Disponível em: http://eba.im/rtj34j (acesso em: 11 maio 2015);
• Identificar fenômenos físicos, quí-
micos ou biológicos • Comparar a rapidez das transformações e-aulas USP. Metabolismo e suplementação de carboidratos. Disponível
químicas em material triturado (masti- em: http://eba.im/svc5np (acesso em: 11 maio 2015); E-aulas USP.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Sistema digestório
• Analisar, descrever e compreender gado) e em material inteiro Suplementação de proteínas e aminoácidos. Disponível em:
• Transformações mecânica e quí- fatos e fenômenos http://eba.im/swq8ix (acesso em: 11 maio 2015).
• Compreender o papel do ácido clorídrico
mica dos alimentos e do bicarbonato de sódio liberados no
• Resolver situações-problema Pág. 325 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
estômago e no intestino delgado
• Trabalhar com informações expos- Pág. 328 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
• Valorizar o trabalho coletivo na resolução As transformações químicas dos alimentos.
tas em textos, imagens, tabelas, de problemas experimentais
gráficos e infográficos, estabele- • Reconhecer o papel das vilosidades no
cendo explicações, comparações e processo de absorção de nutrientes no
hipóteses intestino delgado
• Conscientizar-se das funções exercidas
• Coletar dados e realizar pesquisas pelos nutrientes absorvidos no intestino
delgado
• Refletir sobre os hábitos alimentares da
comunidade

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 127


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – A digestão e a absorção dos alimentos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B3-C10
2. Absorção dos nutrientes

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações
• Aplicar o método científico Pág. 48 - Acessar o link: E-aulas USP. Fisiologia de digestão: enzimas. Disponível
em: http://eba.im/35naqx (acesso em: 11 maio 2015).
• Identificar fenômenos físicos, quí-
micos ou biológicos • Comparar o sistema digestório de ani- Pág. 51 - Acessar os links: Muito além do peso. Disponível em: http://eba.im/rtzk4y
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Sistema digestório mais (ruminantes e aves) com o do ser (acesso em: 11 maio 2015); Pesquisa Vigitel, do Ministério da Saúde, revela que 51%
• Analisar, descrever e compreender da população brasileira está acima do peso. Portal da Saúde. Disponível em: http://
humano
• Digestão comparada (humana, fatos e fenômenos eba.im/ubibyk (acesso em: 11 maio 2015).
ruminantes e aves) • Identificar o papel das bactérias que ha-
• Resolver situações-problema Pág. 53 - Acessar os links: Quantas estômagos têm os ruminantes? Pergun-
bitam o intestino grosso humano
ta do dia. Disponível em: http://eba.im/ah3vkz (acesso em: 11 maio 2015);
• Trabalhar com informações expos- Sistema digestivo bovino (Parte 1) Programa Valeu Vallée. Disponível em:
tas em textos, imagens, tabelas, http://eba.im/xhcjzq (acesso em: 11 maio 2015).
gráficos e infográficos, estabele-
cendo explicações, comparações e
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 128


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Sistema cardiovascular
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B3-C10
1. A circulação do sangue

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Reconhecer as diferenças entre artéria Pág. 65 - Acessar os links: Bombeamento realizado pelo coração. Disponível em:
• Levantar hipóteses com base em
e veia e conceituar sangue arterial e ve- http://eba.im/63yju4 (acesso em: 12 maio 2015); Ciclo cardíaco. Disponível em:
observações
noso http://eba.im/pdjvzg (acesso em: 12 maio 2015).
• Aplicar o método científico
• Identificar as cavidades do coração hu- Pág. 66 - Acessar os links: Transformação do sangue venoso em arterial.
• Identificar fenômenos físicos, quí- mano e o papel das válvulas cardíacas Instituto de Bioquímica Médica UFRJ. Disponível em: http://eba.im/fhh444
micos ou biológicos (acesso em: 12 maio 2015); Válvulas do coração humano. Disponível em:
• Compreender o papel do coração na cir- http://eba.im/v6npvc (acesso em: 12 maio 2015).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar, descrever e compreender culação do sangue


• Sistema cardiovascular fatos e fenômenos Pág. 67 - Acessar o link: Semi-lunar valve of a vein in hand, disponível em:
• Conscientizar-se de que os maus hábitos http://eba.im/cggkvh (acesso em: 12 maio 2015).
• Resolver situações-problema podem provocar doenças circulatórias,
Pág. 68 - Acessar os links: Sistema circulatório 3D. Disponível em:
como infarto e varizes http://eba.im/57g66u (Acesso em: 12 maio 2015); O CORPO humano: sistema
• Trabalhar com informações expos-
tas em textos, imagens, tabelas, • Identificar a grande e a pequena circu- cardiovascular. Disponível em: http://eba.im/ovpowh. Acesso em: (acesso em:
lação 12 maio 2015); Sistema Circulatório: Vídeo em português de Portugal. Disponível
gráficos e infográficos, estabele-
em: http://eba.im/usvet5 (acesso em: 12 maio 2015).
cendo explicações, comparações e
• Reconhecer o papel do sistema nervoso
hipóteses Pág. 337 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
no controle do batimento cardíaco
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 129


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 3 – Sistema cardiovascular
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
3B3-C10
2. A composição e as funções do sangue

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 74 - Acessar os links: Transplante de medula óssea: a cura só depende do doa-


• Conhecer as principais funções do plas- dor! Hospital Israelita Albert Einstein. Disponível em: http://eba.im/t8bveo (acesso
• Aplicar conhecimentos prévios em: 12 maio 2015); AMEO – Associação da µedula Óssea. O que é o transplante de
ma sanguíneo
• Levantar hipóteses com base em medula óssea (TMO)? Disponível em: http://eba.im/xfnwzm (acesso em: 12 maio
• Compreender as principais funções dos 2015); INCA – Instituto nacional de câncer. Perguntas e respostas sobre transplante
observações
leucócitos, das hemácias e das plaquetas de medula óssea. Disponível em: http://eba.im/u4o74j (acesso em: 12 maio 2015).
• Aplicar o método científico presentes no sangue Pág. 76 - Acessar o link http://eba.im/w4m59y (acesso em: 12 maio 2015).
• Identificar fenômenos físicos, quí- • Conhecer a importância da ingestão de Pág. 77 - Acessar o link: Coagulação do sangue. Academia de Ciência e Tecno-
micos ou biológicos alimentos ricos em vitamina K e cálcio logia de São José do Rio Preto. Disponível em: http://eba.im/8qraan (acesso em:
RECURSOS PEDAGÓGICOS

para prevenir problemas decorrentes de 12 maio 2015).


• Sistema cardiovascular • Analisar, descrever e compreender
má coagulação sanguínea
fatos e fenômenos Pág. 78 - Acessar os links: RIBAS-SILVA, Rejane Cristina; EID, Andressa Ahmad.
• Composição do sangue Pesquisa de anticorpos antidengue em doadores de sangue. Revista Brasileira de
• Conscientizar-se sobre a doação de san-
• Resolver situações-problema Hematologia e Hemoterapia. Disponível em: http://eba.im/apna7c (acesso em: 12
gue para obter derivados sanguíneos uti-
lizados nos hospitais maio 2015); Fundação Pró-Sangue. Quem não pode doar? Disponível em: http://
• Trabalhar com informações expos- eba.im/urbwx8 (acesso em: 12 maio 2015).
tas em textos, imagens, tabelas,
• Reconhecer o efeito causado pelo vírus
gráficos e infográficos, estabele- Pág. 79 - Acessar os links: Departamento de DST, AIDS e Hepatites virais. Boletim
da imunodeficiência humana (HIV) no Epidemiológico Aids e DST – 2013. Disponível em: http://eba.im/wsm6cp (acesso
cendo explicações, comparações e
sistema imunológico humano em: 12 maio 2015); Departamento de DST, AIDS e Hepatites virai. Aids. Disponível
hipóteses
em: http://eba.im/sxvqu8 (acesso em: 12 maio 2015).
• Valorizar a Matemática na resolução de
• Coletar dados e realizar pesquisas
problemas em Ciências Naturais Pág. 82 - Acessar o link: Expêriencia: como fazer um estetoscópio caseiro. Manual
do Mundo. Disponível em: http://eba.im/8jknvh (acesso em: 12 maio 2015).

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 130


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Unidade 4 – Respiração e excreção: equilíbrio químico do Diretrizes e Parâmetros Anotações


organismo Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C14
1. Trocas gasosas e movimentos respiratórios

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


• Reconhecer os reagentes e os produtos Pág. 87 - Acessar o link: Como funciona a inspiração e a expiração? Pontociência.
da respiração celular aeróbia Disponível em: http://eba.im/e74pdu (acesso em: 11 maio 2015).
Pág. 88 - Acessar o link: Estresse e respiração. Arte de Viver Brasil. Disponível em:
• Conceituar expiração e inspiração e re- http://eba.im/hw3vc6 (acesso em: 11 maio 2015).
• Aplicar conhecimentos prévios conhecer os músculos que promovem os
Pág. 89 - Acessar o link: FARFEL, Vivian. Respiração pela boca pode prejudicar o desempenho
• Levantar hipóteses com base em movimentos respiratórios
físico em atletas. Minha Vida. Disponível em: http://eba.im/jz79rf (acesso em: 11 maio 2015).
observações • Conscientizar-se de que pulmões sau- Pág. 90 - Acessar os links: Fumar para quê? Centro de Apoio ao Tabagista. Disponível em:
dáveis garantem uma boa oxigenação do http://eba.im/tjqs2b (acesso em: 11 maio 2015); GARCIA, Flavia; MORAES, Pablo de. 10 coi-
• Aplicar o método científico sas que você precisa saber sobre o fumo. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Meta-
sangue
bologia. Disponível em: http://eba.im/q6o5bb (acesso em: 11 maio 2015); PINSKY, Luciana.
• Identificar fenômenos físicos, quí- • Reconhecer o trajeto do ar no corpo humano Quais são os males que o cigarro provoca no corpo humano? Mundo Estranho. Disponível
micos ou biológicos em: http://eba.im/mcg3fh (acesso em: 11 maio 2015).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Compreender a função dos cílios e do


• Analisar, descrever e compreender Pág. 91 - Acessar os links: Circulação pulmonar e sistêmica. Disponível em:
muco presentes na cavidade nasal
• Sistema respiratório fatos e fenômenos http://eba.im/gu3f7u (acesso em: 11 maio 2015); TRANSFORMAÇÃO do sangue venoso em
• Reconhecer o papel das pregas vocais e sangue arterial. Instituto de Bioquímica Médica UFRJ. Disponível em: http://eba.im/fhh444
• Resolver situações-problema (acesso em: 11 maio 2015).
da cavidade nasal para a fonação humana
Pág. 92 - Acessar os links: Hematose. Disponível em: http://eba.im/j6mxiw (acesso em:
• Trabalhar com informações expos- • Identificar as características físicas de 11 maio 2015); Respiração e hematose pulmonar (em inglês). Disponível em:
tas em textos, imagens, tabelas, uma onda sonora http://eba.im/h3bbfe (acesso em: 11 maio 2015).
gráficos e infográficos, estabele- Pág. 94 - Acessar os links: Barbapapa’s Groove, Barbatuques, Indivíduo Corpo Coleti-
• Conscientizar-se de que o tabagismo
cendo explicações, comparações e vo. Disponível em: http://eba.im/ytbcrd (acesso em: 11 maio 2015); Treinamento de apneia
pode trazer sérios prejuízos à saúde e sobrevivência para surfistas brasileiros no Havaí by Hawaii Eco Divers. Disponível em:
hipóteses
• Identificar o aumento da taxa de gás car- http://eba.im/epr2k6 (acesso em: 11 maio 2015); Recordista mundial de apneia está em For-
• Coletar dados e realizar pesquisas taleza. Disponível em: http://eba.im/a3dhgz (acesso em: 11 maio 2015).
bônico no ar expirado pelos nossos pul-
mões e interpretar os resultados expe- Pág. 310 (Orientações para o professor) - Atividade complementar
rimentais sobre o teor de gás carbônico Pág. 355 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: AUGUST Rush: o som
em dois tipos de mistura de ar do coração. Direção de Kirsten Sheridan. EUA: Warner Bros, 2007.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 131


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Unidade 4 – Respiração e excreção: equilíbrio químico do Diretrizes e Parâmetros Anotações


organismo Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C14
2. Formação e eliminação de resíduos da célula

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações • Compreender o processo de transforma-
• Aplicar o método científico ção que a amônia sofre no fígado

• Identificar fenômenos físicos, quí- • Identificar os órgãos do sistema urinário


Pág. 101 - Acessar os links: Medicamentos que afetam os rins. Hospital
micos ou biológicos humano
Alemão Oswaldo Cruz. Disponível em: http://eba.im/qh8aa9 (acesso em:
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Compreender as etapas da formação da 11 maio 2015); Os perigos da automedicação. Sociedade Brasileira de


• Analisar, descrever e compreender
• Sistema excretor urina e o controle da micção Endocrinologia e Metabologia. Disponível em: http://eba.im/pgegjv (acesso em:
fatos e fenômenos 27 maio 2015); Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Disponível
• Resolver situações-problema • Identificar os tipos de excreta nitrogenada em: http://eba.im/kuxa63 (acesso em: 11maio 2015).
produzidos pelos vertebrados Pág. 360 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
• Trabalhar com informações expos-
tas em textos, imagens, tabelas, • Comparar a composição do sangue que
gráficos e infográficos, estabele- entra nos rins, do sangue que sai desses
cendo explicações, comparações e órgãos e da urina formada por eles
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 132


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 5 – Sistema nervoso e desenvolvimento
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C15
1. A comunicação entre as células

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Reconhecer o mecanismo de criação e


• Aplicar conhecimentos prévios de emissão de um impulso nervoso

• Levantar hipóteses com base em • Conhecer as funções dos neurônios do


observações corpo humano

• Aplicar o método científico • Compreender que as sensações resultam


do funcionamento do sistema nervoso
• Identificar fenômenos físicos, quí-
• Reconhecer a pele como protetora dos Pág. 110 - Acessar o link: Os Neurônios. Casa das Ciências. Disponível em:
micos ou biológicos http://eba.im/xoz7bp (acesso em: 16 maio 2015).
RECURSOS PEDAGÓGICOS

órgãos internos e receptora dos estímu-


• Analisar, descrever e compreender los ambientais Pág. 111 - Acessar o link: Como funcionam os neurônios – Corpo humano.
• Sistema nervoso fatos e fenômenos ­Disponível em: http://eba.im/yiwg8c (acesso em: 16 maio 2015).
• Identificar as áreas de maior sensibilida-
• Resolver situações-problema de da pele humana. Pág. 114 - Acessar o link: Tópicos em Bioneuropsicologia. PUC-RJ. Disponível
em: http://eba.im/g3cjek (acesso em: 16 maio 2015).
• Trabalhar com informações expos- • Reconhecer o encéfalo como órgão res-
tas em textos, imagens, tabelas, ponsável pela interpretação dos estímu-
gráficos e infográficos, estabele- los internos e externos recebidos pelos
cendo explicações, comparações e neurônios receptores
hipóteses
• Identificar a relação entre os neurônios
• Coletar dados e realizar pesquisas receptores, os músculos e os neurônios
motores.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 133


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 5 – Sistema nervoso e desenvolvimento
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C15
2. O desenvolvimento do cérebro humano

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Reconhecer as características que di-
• Levantar hipóteses com base em ferenciam a espécie humana de outras
observações espécies de hominídeos.
• Aplicar o método científico • Interpretar as mudanças de hábitos dos
hominídeos do passado relacionando-as Pág. 117 - Acessar os links: Evolução humana. Disponível em:
• Identificar fenômenos físicos, quí-
com o aumento do volume cerebral e a http://eba.im/ci4x4x (acesso em: 16 maio 2015); A origem do homem.
micos ou biológicos Disponível em: http://eba.im/hnjasa (acesso em: 16 maio 2015).
produção de ferramentas de pedra.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Sistema nervoso • Analisar, descrever e compreender Pág. 122 - Acessar o link: Cientistas tentam decifrar o significado dos sambaquis
fatos e fenômenos • Conceituar evolução biológica e evolução do litoral de Santa Catarina. TV Cultura. Disponível em: http://eba.im/7iehjx (aces-
• Desenvolvimento do gênero Homo cultural. so em: 16 maio 2015).
• Resolver situações-problema
• Construir quadros usando as caracterís- Pág. 368 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Estudos sobre
• Trabalhar com informações expos- ticas que diferenciam Homo habilis de a origem do gênero Homo
tas em textos, imagens, tabelas, Homo erectus
gráficos e infográficos, estabele-
cendo explicações, comparações e • Conscientizar-se da importância da pre-
hipóteses servação e do estudo dos sítios arqueo-
lógicos
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 134


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 6 – Os sentidos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C13
1. O tato e a audição

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em • Identificar as funções da pele e inter-
observações pretar os esquemas que representam a
derme humana.
• Aplicar o método científico
• Reconhecer a importância dos melanóci-
• Identificar fenômenos físicos, quí- tos para a proteção do nosso corpo contra
micos ou biológicos os efeitos nocivos dos raios ultravioleta.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Pele • Analisar, descrever e compreender • Valorizar atitudes que favoreçam a higie- Pág. 122 - Acessar o link: Acne: por que temos cravos e espinhas? Minha Vida TV.
fatos e fenômenos ne e a saúde da pele. Disponível em: http://eba.im/anoed8 (acesso em: 19 maio 2015).
• Audição
• Resolver situações-problema • Compreender as funções dos pelos, das
• Trabalhar com informações expos- unhas e das glândulas sebáceas e sudo-
tas em textos, imagens, tabelas, ríferas.
gráficos e infográficos, estabele- • Compreender o funcionamento do sis-
cendo explicações, comparações e tema que recebe e transforma energia
hipóteses sonora em impulsos elétricos.
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 135


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 6 – Os sentidos
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C13
2. Visão, paladar e olfato

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações
• Reconhecer a relação entre o olfato e a
• Aplicar o método científico gustação (sensores químicos). Pág. 144 - Acessar os links: Professor de Física explica o funcionamento da visão
humana. Jornal Bom Dia PE. Rede Globo. Disponível em: http://eba.im/6m6eb6
• Identificar fenômenos físicos, quí- • Identificar orelha e olho (órgãos que cap-
(acesso em: 19 maio 2015); Miopia acentuada pode levar à catarata precoce. Pro-
micos ou biológicos tam estímulos sonoros e luminosos, res- grama Bem Estar. Rede Globo. Disponível em: http://eba.im/orpekx (acesso em:
• Visão
RECURSOS PEDAGÓGICOS

pectivamente). 19 maio 2015).


• Analisar, descrever e compreender
• Paladar fatos e fenômenos • Comparar a lente do olho e uma lente de Pág. 147 - Acessar os links: Hype Science. Teste de daltonismo: que número
• Olfato vidro. você enxerga? Disponível em: http://eba.im/uenbo3 (acesso em: 19 maio 2015);
• Resolver situações-problema OPTICIEN-LENTILLES.COM. Testem a vossa visão das cores. Disponível em:
• Julgar as condições de luminosidade e http://eba.im/362oip (acesso em: 19 maio 2015).
• Trabalhar com informações expos-
ruído sonoro como confortáveis ou não
tas em textos, imagens, tabelas, Pág. 382 e 383 (Orientações para o professor) - Para saber mais.
para si e as demais pessoas presentes
gráficos e infográficos, estabele-
no espaço.
cendo explicações, comparações e
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 136


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 7 – Hormônios e desenvolvimento
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C15
1. Os hormônios

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
Pág. 160 - Acessar o link: BEZERRA, Armando J. C. Endocrinopatias na arte.
observações Portal Médico do Conselho Federal de Medicina. Disponível em: http://eba.im/uvnuiy
• Compreender a definição de hormônio.
• Aplicar o método científico (acesso em: 19 maio 2015).
• Conhecer a classificação dos hormônios.
Pág. 161 - Acessar o link http://eba.im/oehhgm (acesso em: 19 maio 2015).
• Identificar fenômenos físicos, quí-
• Entender como é a ação de um hormônio
micos ou biológicos Pág. 163 - Acessar o link abc.med.br. Bócio: o que é isso? Disponível em:
sobre uma célula-alvo.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

http://eba.im/p7bbat (acesso em: 19 maio 2015).


• Analisar, descrever e compreender
• Sistema hormonal • Identificar os órgãos produtores de hor- Pág. 165 - Acessar os links: Bate-Papo Alimentação Infantil – Endocrinologista
fatos e fenômenos
mônios. Pediátrica. Cotidiano na TV. Disponível em: http://eba.im/u4ijyp (acesso em: 19
• Resolver situações-problema maio 2015); ALBINO, Cláudio. Hormônios e colesterol. Programa FlashMaringá.
• Conhecer os principais hormônios do
Disponível em: http://eba.im/tc3ruz (acesso em: 19 maio 2015); Hormônios. Novo
• Trabalhar com informações expos- corpo humano e suas funções. Telecurso. Disponível em: http://eba.im/6fpjpq (acesso em: 19 maio 2015).
tas em textos, imagens, tabelas,
• Identificar o hormônio da suprarrenal (a Pág. 387 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Descubra os
gráficos e infográficos, estabele-
adrenalina) e suas funções. perigos do susto para a saúde. Disponível em: http://eba.im/a2xjmu (acesso em:
cendo explicações, comparações e
19 maio 2015).
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 137


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 7 – Hormônios e desenvolvimento
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C15
2. Diabetes e hormônios

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Distinguir os hormônios pancreáticos


(insulina e glucagon) e suas funções.
• Aplicar conhecimentos prévios • Saber o que é o diabetes e seus princi-
• Levantar hipóteses com base em pais sintomas.
observações • Reconhecer os principais fatores que Pág. 172 - Acessar o link: http:// eba.im/xvs6k2 (acesso em: 19 maio 2015).
• Aplicar o método científico levam à manifestação dos sintomas do Pág. 174 - Acessar os links: Diabetes tipo 1 e produção de insulina. Casa das Ciên-
diabetes. cias. Disponível em: http://eba.im/xed4ch (acesso em: 19 maio 2015); Bactérias
• Identificar fenômenos físicos, quí- operárias. Novo Telecurso. Disponível em: http://eba.im/i2u36r (acesso em: 19
micos ou biológicos • Relacionar causas a efeitos da supressão
maio 2015); Fisiologia do pâncreas na secreção de insulina. TV Unesp. Disponível
de uma glândula.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

em: http://eba.im/2j2etn (acesso em: 19 maio 2015).


• Analisar, descrever e compreender
• Diabetes fatos e fenômenos • Identificar variáveis que interferem em Pág. 177 - Acessar o link: TSCHIEDEL, Balduino. História do diabetes. Sociedade
um fenômeno. Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. Disponível em: http://eba.im/ffu2bx
• Resolver situações-problema (acesso em: 20 jun. 2015).
• Interpretar gráficos.
• Trabalhar com informações expos- Pág. 180 - Sugestões didáticas: ABREU, Katia. De que jeito vive um rato de labora-
tas em textos, imagens, tabelas, • Conceituar metabolismo. tório? Mundo Estranho. Disponível em: http://eba.im/s6vymg(acesso em: 19 maio
gráficos e infográficos, estabele- 2015); RNAM. O que um cientista sente ao sacrificar seus animais. Disponível em:
• Conhecer fatos históricos para com-
cendo explicações, comparações e http://eba.im/5i95co (acesso em: 19 maio 2015).
preender como é a produção do conhe-
hipóteses cimento científico.
• Coletar dados e realizar pesquisas • Entender como a tecnologia pode ser
utilizada para prevenção e controle de
doenças.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 138


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 8 – Movimento e crescimento
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C13
1. Ossos e músculos

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Compreender como é a estrutura dos os-


sos e qual a função deles.
• Saber como os ossos se regeneram.
• Aplicar conhecimentos prévios
• Entender o que é a medula óssea e qual
• Levantar hipóteses com base em a função dela.
observações
• Compreender o que é um transplante de
• Aplicar o método científico medula e como a tecnologia tem sido uti- Pág. 187 - Acessar o link: Entenda como funcionam a doação e o
transplante de medula óssea. Programa Bem Estar, Rede Globo. Disponível
lizada nesse procedimento médico.
• Identificar fenômenos físicos, quí- em: http://eba.im/a85hu8 (acesso em: 22 maio 2015).
micos ou biológicos • Aprender a expressar ideias científicas
Pág. 188 - Acessar os links: Parte 1. Disponível em: http://eba.im/gjwcov;
RECURSOS PEDAGÓGICOS

em diferentes suportes de informação. Parte 2. Disponível em: http://eba.im/vmjiv6; Parte 3. Disponível em:
• Analisar, descrever e compreender
• Sistema locomotor • Compreender como é a estrutura dos http://eba.im/whqwz5; Parte 4. Disponível em: http://eba.im/qa3s74
fatos e fenômenos
músculos e qual a função deles. (acessos em: 22 maio 2015).
• Resolver situações-problema Pág. 191 - Acessar o link: http://eba.im/d5xp3j (acesso em: 22 maio 2015).
• Entender como músculos e ossos produ-
• Trabalhar com informações expos- zem movimento. Pág. 398 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
tas em textos, imagens, tabelas,
• Saber o que são tendões e ligamentos. Pág. 404 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
gráficos e infográficos, estabele-
cendo explicações, comparações e • Respeitar as diferenças entre as pessoas.
hipóteses • Refletir sobre ações que auxiliam as pes-
• Coletar dados e realizar pesquisas soas com necessidades específicas.
• Compreender que o conhecimento cien-
tífico influencia a sociedade do seu tem-
po e é influenciado por ela.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 139


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 8 – Movimento e crescimento
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C15
2. Crescimento

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações
• Aplicar o método científico
• Entender como é a ação do hormônio de
• Identificar fenômenos físicos, quí- crescimento.
micos ou biológicos Pág. 197 - Acessar o link: http://eba.im/82nvy3 (acesso em: 14 abr. 2015).
• Compreender como é a ação e o controle
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Fatores que interferem no cresci- • Analisar, descrever e compreender da tireoide. Pág. 410 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
mento (glândulas e hormônios) fatos e fenômenos A Adolescência.
• Interpretar dados provenientes de gráficos
• Resolver situações-problema para entender as diferenças individuais. Pág. 414 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
• Trabalhar com informações expos- • Elucidar dados dos resultados de exa-
tas em textos, imagens, tabelas, mes clínicos.
gráficos e infográficos, estabele-
cendo explicações, comparações e
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 140


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 9 – Puberdade e gestação
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B3-C16
1. Desenvolvimento e puberdade

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Conceituar caracteres sexuais primários


• Aplicar conhecimentos prévios e secundários, menarca e menstruação.

• Levantar hipóteses com base em • Comparar o desenvolvimento dos meninos


observações com o das meninas durante a puberdade.
• Conscientizar-se das alterações físicas e
• Aplicar o método científico
psicológicas pelas quais passam os ado-
• Identificar fenômenos físicos, quí- lescentes.
micos ou biológicos • Analisar esquemas que representam a Pág. 211 - Acessar os links: http://eba.im/uiiayu e http://eba.im/onkket
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Puberdade • Analisar, descrever e compreender ação simultânea de vários hormônios (acessos em: 13 abr. 2015).
fatos e fenômenos sexuais.
• Gravidez na adolescência Pág. 212 - Livro: MAYLE, Peter; ROBINS, Arthur; WALTER, Paul. Barueri (SP):
• Resolver situações-problema • Refletir sobre as opiniões que atribuem Nobel, 1984.
juízos de valor a pessoas de ambos os
• Trabalhar com informações expos- sexos, justificando-as com base nas di-
tas em textos, imagens, tabelas, ferenças sexuais.
gráficos e infográficos, estabele-
• Compreender o processo de gestação do
cendo explicações, comparações e
embrião (ovulação, fertilização e forma-
hipóteses
ção da placenta).
• Coletar dados e realizar pesquisas • Conhecer as alterações hormonais e fi-
siológicas de uma gestante.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 141


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 9 – Puberdade e gestação
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo 3B3 - C11


2. Maturidade e reprodução 4B3-C16

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Analisar e interpretar os acontecimentos
• Levantar hipóteses com base em típicos de um ciclo menstrual (variações
observações nas taxas hormonais, ovulação e fluxo
menstrual). Pág. 223 - Acessar o link: PINHEIRO, P. Gravidez ectópica: sintomas e tratamento.
• Aplicar o método científico MD. Saúde. Disponível em: http://eba.im/8f8opo (acesso em: 16 jun. 2015).
• Conhecer os métodos de contracepção.
• Identificar fenômenos físicos, quí- Pág. 224 - Acessar os links: SM Saúde Medicina. Andropausa: mal que atinge os
• Reprodução micos ou biológicos • Conscientizar-se de que os casais devem
homens. Disponível em: http://eba.im/uw3tbw (acesso em: 23 maio 2015); Facul-
evitar práticas sexuais que coloquem em
RECURSOS PEDAGÓGICOS

dade de Medicina da UFMG. Andropausa: a menopausa do homem. Disponível


• Ciclo menstrual • Analisar, descrever e compreender risco a sua saúde e a do(a) parceiro(a). em: http://eba.im/cm4fwz (acesso em: 29 maio 2015); Dráuzio Varella. Climatério
fatos e fenômenos e menopausa. Dr. Dráuzio. Disponível em: http://eba.im/vmiz9g (acesso em: 23
• Gestação • Conhecer as doenças sexualmente trans-
• Resolver situações-problema missíveis (DSTs) e os agentes causadores. maio 2015).
• Sistema genital
• Conscientizar-se das atitudes que pro- Pág. 225 - Acessar o link: http://eba.im/vffm5s (acesso em: 23 maio 2015).
• Trabalhar com informações expos-
tas em textos, imagens, tabelas, tegem a saúde da pessoa em relação às Pág. 228 - Acessar o link: FIiocruz. Banco de leite humano. Disponível em:
gráficos e infográficos, estabele- práticas sexuais. http://eba.im/dshy3h (acesso em: 23 maio 2015).
cendo explicações, comparações e • Valorizar a necessidade de ter maturi-
hipóteses dade física e psicológica para iniciar a
• Coletar dados e realizar pesquisas vida sexual.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 142


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 10 – Os experimentos de Mendel
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2 - C9
1. A geração dos seres vivos

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
Pág. 236 - Acessar os links: Masaryk University Mendel Museum. Disponível em:
observações • Identificar as etapas dos experimentos http://eba.im/ay2acg (acesso em: 25 maio 2015), http://eba.im/33ji5b (acesso em:
• Aplicar o método científico sobre a transmissão de características 25 maio 2015).
hereditárias planejados e executados Pág. 225 - Acessar o link: PENA, Sergio. Mendel: o anti-herói. Ciência Hoje, Rio de
• Identificar fenômenos físicos, quí- por Gregor Mendel. Janeiro, 14 dez. 2009. Disponível em: http://eba.im/ri296g (acesso em: 25 maio 2015).
micos ou biológicos
• Reconhecer a importância da Matemá-
RECURSOS PEDAGÓGICOS

Pág. 239 - Acessar os links: FERRARI, Nadir; SCHEID, Neusa M. J. Pangênese e


• Analisar, descrever e compreender tica na interpretação dos resultados nos teoria cromossômica da herança: a persistência de ideias? Filosofia e História da
• Os experimentos de Mendel. fatos e fenômenos experimentos de Mendel. Biologia, v. 3, p. 305-316, 2008. Disponível em: http://eba.im/6mwpy3 (acesso em:
25 maio 2015); POLIZELLO, Andreza. Modelos microscópicos de herança no século
• Resolver situações-problema • Interpretar os resultados dos experi-
XIX: a teoria das estirpes de Francis Galton. Filosofia e História da Biologia, v. 3,
mentos realizados por Mendel. p. 41-54, 2008. Disponível em: http://eba.im/trnw3e (acesso em: 25 maio 2015).
• Trabalhar com informações expos-
tas em textos, imagens, tabelas, • Valorizar as áreas de conhecimento que
Pág. 421 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
gráficos e infográficos, estabele- possuem interfaces com o conhecimen-
cendo explicações, comparações e to científico. Pág. 424 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: KEAN, Sam.
O polegar do violinista. Tradução de Claudio Carina. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 143


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 10 – Os experimentos de Mendel
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2 - C9
2. A segregação dos fatores

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em • Compreender e distinguir o significado
observações de fenótipo e de genótipo.

• Aplicar o método científico • Distinguir populações que compõem


uma linhagem geneticamente pura de
• Identificar fenômenos físicos, quí- linhagens híbridas.
micos ou biológicos Pág. 251 - Acessar os links: Gregor Mendel. In: Viagens inventadas. Episódio 6,
• Descrever a teoria da herança por mis- cap. 1. Disponível em: http://eba.im/uk5pgn (acesso em: 25 maio 2015); Gregor
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Teoria da hereditariedade • Analisar, descrever e compreender tura, vigente até o final do século XIX. Mendel Episódio 6, capítulo 2. In: Viagens inventadas. Disponível em: http://eba.
fatos e fenômenos im/sbi6hp (acesso em: 25 maio 2015).
• Primeira lei de Mendel • Interpretar e produzir esquemas que ex-
• Resolver situações-problema pliquem resultados experimentais. Pág. 427 (Orientações para o professor) - Para saber mais: O papel da mulher na
sociedade e na Ciência.
• Trabalhar com informações expos- • Prever os resultados e analisar dados
tas em textos, imagens, tabelas, obtidos de cruzamentos de linhagens
gráficos e infográficos, estabele- puras de ervilhas.
cendo explicações, comparações e • Compreender situações reais de trans-
hipóteses missão de características hereditárias.
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 144


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 11 – As leis de Mendel e a meiose
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2 - C9
1. A segregação independente dos genes

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


• Compreender a importância da primeira
e da segunda leis de Mendel e em que
situações a segunda lei não é válida.
• Aplicar conhecimentos prévios • Conhecer as principais etapas da divi-
são meiótica da célula. Pág. 257 - Acessar o link: http://eba.im/7xmjpp (acesso em: 1º jun. 2015).
• Levantar hipóteses com base em
• Conceituar a teoria cromossômica da Pág. 259 - Acessar o link: DNA, genes e cromossomos. Disponível em:
observações
herança. http://eba.im/3uixig (acesso em: 1º jun. 2015).
• Aplicar o método científico • Reconhecer as funções de uma célula
Pág. 260 - Acessar o link: http://eba.im/z9zds4 (acesso em: 2 jun. 2015).
diploide e de uma célula haploide.
• Identificar fenômenos físicos, quí-
• Interpretar e construir quadros de cru- Pág. 263 - Acessar o link: Cariótipo genético. Instituto Bernabeu. Disponível em:
micos ou biológicos http://eba.im/28kwqm (acesso em: 20 jun. 2015).
• Segunda lei de Mendel zamentos de di-híbridos (heterozigotos
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar, descrever e compreender em relação a dois pares de genes). Pág. 431 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
• Determinação do sexo fatos e fenômenos • Fazer previsões dos fenótipos e dos ge- Pág. 433 (Orientações para o professor) - Para saber mais: http://eba.im/5g7ttp
• Divisão celular: mitose e meiose • Resolver situações-problema nótipos da prole concebida em cruza- (acesso em: 2 jun. 2015).
mentos de di-híbridos.
• Trabalhar com informações expos- Pág. 436 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
• Valorizar o uso de conceitos matemáti-
tas em textos, imagens, tabelas, cos (frações e probabilidade) em áreas Pág. 436 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: ZATZ, Mayana.
gráficos e infográficos, estabele- das Ciências da Natureza. Genética: escolhas que nossos avós não faziam. São Paulo: Globo, 2011.
cendo explicações, comparações e
• Interpretar modelos. Pág. 437 (Orientações para o professor) - Para saber mais: http://eba.im/5g7ttp
hipóteses
• Valorizar o conhecimento produzido por (acesso em: 20 jun. 2015).
• Coletar dados e realizar pesquisas cientistas do passado.
• Avaliar a importância do conhecimento
desenvolvido pelos geneticistas para a
sociedade.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 145


Ciências – 8o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 11 – As leis de Mendel e a meiose
Curriculares Nacionais
CONTEÚDO

Capítulo
4B2 - C9
2. Interação genética

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações
• Compreender a importância da primeira
• Aplicar o método científico e da segunda leis de Mendel e em que
• Heranças não mendelianas situações a segunda lei não é válida.
• Identificar fenômenos físicos, quí-
• Valorizar o uso de conceitos matemáti- Pág. 270 - Acessar o link: Casos especiais em primeira lei de Mendel: ausência de
• Codominância micos ou biológicos dominância e codominância. Descomplica. Disponível em: http://eba.im/5hc2yx.
cos (frações e probabilidade) em áreas
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar, descrever e compreender das Ciências da Natureza. (acesso em: 1º jun. 2015).
• Sistema sanguíneo ABO
fatos e fenômenos • Interpretar modelos. Pág. 442 (Orientações para o professor) - Para saber mais: Teste de paternidade.
• O ácido desoxirribonucleico (DNA)
• Resolver situações-problema • Valorizar o conhecimento produzido por Pág. 442 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: PIMENTEL,
• Aplicações da Genética em situa- cientistas do passado. Márcia et al. Genética essencial. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013.
ções reais • Trabalhar com informações expos-
• Avaliar a importância do conhecimento
tas em textos, imagens, tabelas,
desenvolvido pelos geneticistas para a
gráficos e infográficos, estabele-
sociedade.
cendo explicações, comparações e
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 146


Matriz de referência de Ciências da Natureza para a 8a série/9o ano do Ensino Fundamental
SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica)

Eixos estruturantes/ A – Reconhecer conceitos, ideias, B – Compreender conceitos, ideias, C – Aplicar conceitos, ideias
Operações cognitivas fenômenos e/ou sistemas fenômenos e/ou sistemas e/ou sistemas

1. Terra e universo A1 B1 C1

2. Vida e ambientes A2 B2 C2

3. Ser humano e saúde A3 B3 C3

4. Matéria: constituição, propriedades e trans- A4 B4 C4


formações

5. Energia: conservação e transformação A5 B5 C5

147
Ciências 9o ano
Matriz de relacionamentos

Unidade 1 – Materiais: propriedades e Diretrizes e Parâmetros Anotações


SAEB
constituição Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
4B2-C11 matéria, sua constituição, transformações, além
1. Os materiais e suas propriedades da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 16 - Acessar o link http://eba.im/oetp3o. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto


sobre radioproteção em serviços de saúde.

• Definir propriedades gerais e específicas Pág. 16 - Acessar o link http://eba.im/i6nu84. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto
• Aplicar conhecimentos prévios sobre efeitos biológicos da radiação.
dos materiais, reconhecendo que seu
• Propriedades gerais e específicas • Levantar hipóteses com base em uso está relacionado às suas proprieda- Pág. 16 - Acessar o link http://eba.im/wyhf2v. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto
dos materiais observações des, resultantes da interação dos mate- sobre os efeitos da radioatividade no corpo humano.
riais com diversos agentes (luz, energia
• Propriedades relacionadas à ação • Aplicar o método científico Pág. 16 - Acessar o link http://eba.im/a2sii5. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto sobre
térmica, energia elétrica, forças mecâni-
da luz (cor, brilho e transparência) a fluorescência dos minerais.
• Identificar fenômenos físicos, quí- cas), com base nas quais é possível clas-
micos ou biológicos sificá-los. Pág. 16 - Acessar o link http://eba.im/cupjej. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto sobre
• Propriedades relacionadas à inte-
a criação de gatos fluorescentes.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

ração dos materiais com energia • Analisar, descrever e compreender • Comparar o comportamento de diferen-
térmica (temperatura de fusão e fatos e fenômenos tes materiais ao interagir com um mes- Pág. 19 - Acessar o link http://eba.im/4gw57i. Acesso em: 5 maio 2015 - Resolu-
temperatura de ebulição) mo agente e o comportamento de um ção do Contran que estabelece a porcentagem de transparência permitida nas
• Resolver situações-problema películas nos vidros dos automóveis.
mesmo material ao interagir com dife-
• Propriedades dos materiais sub-
• Trabalhar com informações expos- rentes agentes. Pág. 23 - Acessar o link http://eba.im/6rgh9w. Acesso em: 5 maio 2015 - Vídeo
metidos a esforços mecânicos
tas em textos, imagens, tabelas, com animação da dinâmica molecular do processo de indentação em um sólido.
(dureza, tenacidade, ductilidade e • Avaliar impactos ambientais da extração
maleabilidade) gráficos e infográficos, estabele- e do uso de materiais. Pág. 23 - Acessar o link http://eba.im/yqdu5w. Acesso em: 5 maio 2015 - Vídeo de
cendo explicações, comparações e um ensaio de dureza Rockwell.
• Densidade hipóteses • Julgar possíveis substituições de mate-
riais com base em suas propriedades, sua
• Coletar dados e realizar pesquisas abundância e seus custos de obtenção.

Continua na próxima página ...

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 148


Ciências – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Recursos Pedagógicos

...continuação da página anterior

Pág. 23 - Acessar o link http://eba.im/3e3shn. Acesso em: 5 maio 2015 - Vídeo com animação sobre a ductibilidade dos metais.
Pág. 23 - Acessar o link http://eba.im/vjoe69. Acesso em: 5 maio 2015 - Vídeo, em inglês, de teste de resistência de tensão dos
materiais.
Pág. 23 - Acessar o link http://eba.im/s3q2tf. Acesso em: 5 maio 2015 - Vídeo de teste de flexibilidade de óculos.
Pág. 23 - Acessar o link http://eba.im/ut8joa. Acesso em: 5 maio 2015 - Vídeo, em inglês, de teste de tenacidade dos materiais.
Pág. 24 - Acessar o link http://eba.im/fbo9kh. Acesso em: 5 maio 2015 - Vídeo com animação sobre a maleabilidade dos metais.
Pág. 24 - Acessar o link http://eba.im/qhafkk. Acesso em: 5 maio 2015 - Vídeo de animação, em inglês, sobre elasticidade dos
materiais.
Pág. 26 - Acessar o link http://eba.im/eanw6w. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto sobre fundamentos da metrologia (valor verdadeiro,
precisão e exatidão), abordando o erro na medição, ou seja, a imprecisão nas medidas.
Pág. 28 - Acessar o link http://eba.im/z55znd. Acesso em: 5 maio 2015 - Versão em quadrinhos da história de Arquimedes e a
coroa do rei Hieron.
Pág. 262 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: http://eba.im/xubd4y. Acesso em: 7 maio 2015.
Pág. 268 e 269 (Orientações para o professor) - Atividades complementares.
Pág. 272 e 273 (Orientações para o professor) - Atividades complementares.
Pág. 273 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: BURRESON, J.; LE COUTEUR, P. M. Os botões de Napoleão: as
17 moléculas que mudaram a história. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 149


Ciências – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Unidade 1 – Materiais: propriedades e Diretrizes e Parâmetros Anotações


SAEB
constituição Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C14 matéria, sua constituição, transformações, além
2. Constituição dos materiais da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Reconhecer que as substâncias quími-


cas são formadas por elementos quími-
cos iguais ou diferentes e que misturas
Pág. 32 - Acessar o link http://eba.im/vuoidd. Acesso em: 5 maio 2015 - Descrição
• Aplicar conhecimentos prévios diferem das substâncias puras quanto à
do processo de produção de álcool gel que pode ser feito em sala e com grande
composição e às propriedades. efeito.
• Levantar hipóteses com base em
observações • Definir substâncias simples e substân- Pág. 33 - Acessar o link http://eba.im/tcvyiw. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto sobre
cias compostas. como os alunos do Ensino Fundamental compreendem o conteúdo de substân-
• Aplicar o método científico
cias e misturas.
• Identificar a simbologia utilizada para
• Identificar fenômenos físicos, quí-
representar elementos químicos e consi- Pág. 33 - Acessar o link http://eba.im/2jyirk. Acesso em: 5 maio 2015 - Abordagem
micos ou biológicos dos conceitos mistura, substância simples, substância composta e elemento quí-
derar a tabela periódica como resultado
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Substâncias e misturas mico numa perspectiva de ensino por situação-problema.


• Analisar, descrever e compreender da organização dos elementos por meio
• Substâncias químicas e elementos fatos e fenômenos de características que têm em comum. Pág. 33 - Acessar o link http://eba.im/9ghjoh. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto
químicos sobre aprendizagem em Química no Ensino Fundamental tendo o leite como tema
• Resolver situações-problema • Comparar propriedades de misturas e de
organizador.
substâncias químicas.
• Trabalhar com informações expos- Pág. 34 - Acessar o link http://eba.im/ft8mtt. Acesso em: 5 maio 2015 - Página
tas em textos, imagens, tabelas, • Classificar materiais e substâncias quí- com resenhas e vídeos sobre a tabela periódica.
gráficos e infográficos, estabele- micas de acordo com sua composição.
cendo explicações, comparações e Pág. 37 - Acessar o link http://eba.im/g3hzqj. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto
• Interpretar as transformações das ideias científico sobre a história da teoria atômica.
hipóteses
sobre elemento químico no decorrer da
Pág. 279 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: GREENBERG, A.
• Coletar dados e realizar pesquisas História e elaborar argumentação cien-
Uma breve história da Química. São Paulo: Edgard Blucher, 2010.
tífica para corrigir concepções do senso
comum sobre ideias relacionadas ao
conceito de substância química.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 150


Ciências – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Os átomos e sua estrutura SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C14 matéria, sua constituição, transformações, além
1. Modelos para constituição da matéria da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Conceituar modelo, reconhecendo a
• Levantar hipóteses com base em necessidade de sua criação para inter-
observações pretação e representação de fenômenos
diversos do mundo físico.
• Aplicar o método científico
• Comparar diferentes ideias sobre a na-
• Identificar fenômenos físicos, quí- Pág. 41 - Acessar o link http://eba.im/rpb76v. Acesso em: 5 maio 2015 - Tabelas
tureza corpuscular da matéria, desde as
micos ou biológicos de consumo e eficiência energética de diversos produtos aprovados no Programa
dos filósofos gregos até as de Dalton.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

Brasileiro de Etiquetagem (PBE).


• Origens da teoria atômica • Analisar, descrever e compreender
• Julgar a validade de diferentes ideias Pág. 281 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
fatos e fenômenos
• O modelo atômico de Dalton sobre a constituição da matéria para http://eba.im/r7ikis. Acesso em: 9 jun. 2015.
• Resolver situações-problema interpretar diferentes fatos, respeitando
os paradigmas de cada época e reconhe- Pág. 285 (Orientações para o professor) - Biblioteca do aluno: GAARDER, J.
• Trabalhar com informações expos- O mundo de Sofia. 25. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.
cendo que as ideias sobre a constituição
tas em textos, imagens, tabelas, da matéria se modificaram com o tempo.
gráficos e infográficos, estabele-
cendo explicações, comparações e • Identificar características do modelo atô-
hipóteses mico de Dalton e interpretar propriedades
dos materiais utilizando esse modelo.
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 151


Ciências – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Diretrizes e Parâmetros Anotações


Unidade 2 – Os átomos e sua estrutura SAEB
Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C14 matéria, sua constituição, transformações, além
2. A natureza elétrica da matéria da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


• Comparar diferentes modelos propos-
tos para o átomo, julgando suas limita-
ções para explicar as propriedades dos
• Aplicar conhecimentos prévios materiais.

• Levantar hipóteses com base em • Descrever os modelos atômicos de Dal-


observações ton, Thomson e de Rutherford.
Pág. 54 - Acessar o link http://eba.im/rtwa72. Acesso em: 5 maio 2015 - Simula-
• Aplicar o método científico • Reconhecer a importância da descoberta
dor do experimento de Rutherford.
dos raios X e da radioatividade para o de-
• Identificar fenômenos físicos, quí- senvolvimento do modelo atômico. Pág. 54 - Acessar o link http://eba.im/z2ro64. Acesso em: 5 maio 2015 - Animação
• O modelo atômico de Thomson
micos ou biológicos do experimento de Rutherford narrada em inglês.
• Identificar características das partículas
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Raios X, radioatividade e estrutura Pág. 54 - Acessar o link http://eba.im/3tzw7d. Acesso em: 5 maio 2015 - Apresen-
• Analisar, descrever e compreender constituintes dos átomos.
do átomo tação sobre a evolução dos modelos atômicos.
fatos e fenômenos
• O modelo atômico de Rutherford • Comparar átomos por meio das partícu-
Pág. 57 - Acessar o link http://eba.im/rfypox. Acesso em: 5 maio 2015 - Simula-
• Resolver situações-problema las subatômicas. dor para a construção de um átomo com todos os prótons, nêutrons e elétrons
• Número de massa necessários.
• Trabalhar com informações expos- • Definir elemento químico com base no nú-
tas em textos, imagens, tabelas, mero de prótons do núcleo de um átomo. Pág. 287 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Blindagem
gráficos e infográficos, estabele- eletrostática.
cendo explicações, comparações e • Definir número de massa.
hipóteses • Definir isótopo e representá-lo simbolica-
• Coletar dados e realizar pesquisas mente.
• Considerar, com base nas informações
históricas, que o conhecimento científico é
um bem coletivo em constante construção.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 152


Ciências – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Unidade 3 – Poucos elementos, muitas Diretrizes e Parâmetros Anotações


SAEB
substâncias e misturas Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C14 matéria, sua constituição, transformações, além
1. A diversidade de substâncias da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


Pág. 68 - Acessar o link http://eba.im/dsgmno. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto
• Levantar hipóteses com base em sobre as diversas formas das estruturas cristalinas encontradas nos metais.
observações • Reconhecer que a grande diversida-
de de substâncias químicas resulta da Pág. 68 - Acessar o link http://eba.im/58ikj2. Acesso em: 5 maio 2015 - Vídeo em
• Aplicar o método científico combinação de átomos dos mais de 100 espanhol que apresenta animações e montagens de modelos das estruturas cris-
elementos químicos conhecidos. talinas dos metais.
• Identificar fenômenos físicos, quí-
micos ou biológicos • Descrever características das ligações Pág. 71 - Acessar o link http://eba.im/zdf27a. Acesso em: 5 maio 2015 - Site, em
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Interações elétricas entre átomos inglês, em que se podem encontrar fotos de cristais, filmes históricos e conceitos
• Analisar, descrever e compreender químicas iônica, covalente e metálica,
ligados à cristalografia.
• Tipos de ligação química (metálica, fatos e fenômenos reconhecendo que elas resultam de in-
terações elétricas entre átomos. Pág. 71 - Acessar o link http://eba.im/v43ao6. Acesso em: 5 maio 2015 - Plano de
iônica e covalente)
• Resolver situações-problema 3 a 5 aulas para ensinar soluções iônicas e moleculares no Ensino Médio.
• Comparar diferentes possibilidades de
• Trabalhar com informações expos- atrações elétricas entre átomos, resul- Pág. 73 - Acessar o link http://eba.im/ozocgk. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto
tas em textos, imagens, tabelas, tando em ligações químicas iônicas, sobre as semelhanças, diferenças e características do grafite e do diamante.
gráficos e infográficos, estabele- covalentes e metálicas, e prever a ocor- Pág. 293 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
cendo explicações, comparações e rência dessas ligações entre os átomos. http://eba.im/2fa5fd. Acesso em: 7 maio 2015.
hipóteses
Pág. 295 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 153


Ciências – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Unidade 3 – Poucos elementos, muitas Diretrizes e Parâmetros Anotações


SAEB
substâncias e misturas Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C14 matéria, sua constituição, transformações, além
2. A diversidade de misturas de substâncias da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Identificar forças de atração e de repul- Pág. 78 - Acessar o link http://eba.im/4696i3. Acesso em: 6 maio 2015 - Artigo
sobre a origem das peneiras moleculares (sólidas com porosidade definida e com
são elétrica entre átomos e, com base
capacidade de distinção de moléculas por suas dimensões e geometrias) na na-
nelas, justificar a existência de subs- tureza e seu desenvolvimento em laboratório.
• Aplicar conhecimentos prévios
tâncias químicas formadas por átomos
isolados e combinados entre si. Pág. 80 - Acessar o link http://eba.im/87n85w. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto so-
• Levantar hipóteses com base em
bre misturas eutéticas, citando as ligas metálicas como um exemplo importante
observações por que a maioria dos metais não é encontrada pura na natureza.
• Relacionar propriedades de substâncias
• Aplicar o método científico com sua estrutura. Pág. 80 - Acessar o link http://eba.im/qcw9xm. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto
sobre as diferentes misturas e suas caracterizações.
• Identificar fenômenos físicos, quí- • Reconhecer que a maior parte dos ma-
micos ou biológicos teriais que utilizamos tem sua origem Pág. 81 - Acessar o link http://eba.im/ica2ti. Acesso em: 8 maio 2015 - Site com
informações sobre os gases, como são produzidos artificialmente e como são
RECURSOS PEDAGÓGICOS

em misturas de substâncias químicas


• Ligações intermoleculares • Analisar, descrever e compreender encontrados na natureza.
que devem ser separadas.
fatos e fenômenos Pág. 81 - Acessar o link http://eba.im/78v23b. Acesso em: 8 maio 2015 - Texto que
• Separação de misturas
• Descrever diferentes métodos de se- apresenta os principais métodos laboratoriais de obtenção dos álcoois.
• Resolver situações-problema paração de misturas, avaliando suas
vantagens, desvantagens e aplicações, Pág. 81 - Acessar o link http://eba.im/i69mjh. Acesso em: 21 abr. 2015 - Site que
• Trabalhar com informações expos- descreve os principais métodos de obtenção do mentol
tas em textos, imagens, tabelas, e relacioná-los com as propriedades
gráficos e infográficos, estabele- das substâncias que compõem essas Pág. 81 - Acessar o link http://eba.im/5i82sa. Acesso em: 5 maio 2015 - Artigo
misturas. sobre os materiais utilizados na destilação e descrição do procedimento.
cendo explicações, comparações e
hipóteses Pág. 84 - Acessar o link http://eba.im/rn4vbf. Acesso em: 7 maio 2015 - Vídeo, em
• Avaliar impactos ambientais decorrentes
inglês, que mostra o método de separação de misturas, a centrifugação.
• Coletar dados e realizar pesquisas da extração de materiais do ambiente.
Pág. 87 - Acessar o link http://eba.im/xubki7. Acesso em: 5 maio 2015 - Texto
• Propor procedimentos para a separação básico sobre biomassa.
de diferentes misturas.
Pág. 300 e 301 (Orientações para o professor) - Atividades complementares.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 154


Ciências – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Unidade 4 – Transformações químicas Diretrizes e Parâmetros Anotações


SAEB
na obtenção de materiais Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C14 matéria, sua constituição, transformações, além
1. As transformações químicas da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações • Reconhecer o papel das transformações
• Aplicar o método científico químicas para a obtenção de diferentes
substâncias químicas. Pág. 91 - Acessar o link http://eba.im/nfxihy. Acesso em: 7 maio 2015 - Artigo
• Identificar fenômenos físicos, quí- sobre a matriz energética brasileira e que mostra a predominância das fontes de
micos ou biológicos • Descrever transformações químicas energia renovável na obtenção de energia.
que envolvam o ácido acetilsalicílico,
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar, descrever e compreender investigando e analisando experimen- Pág. 306 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
• Transformações químicas fatos e fenômenos http://eba.im/mwwg5r. Acesso em: 7 maio 2015.
talmente evidências indiretas da ocor-
rência de transformação química. Pág. 307 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Debate – Peri-
• Resolver situações-problema
gos do uso de medicamentos sem prescrição médica.
• Concluir que nas transformações quí-
• Trabalhar com informações expos-
micas há proporções definidas entre as Pág. 308 (Orientações para o professor) - Atividade complementar.
tas em textos, imagens, tabelas,
massas de reagentes e de produtos e
gráficos e infográficos, estabele-
que a massa se conserva.
cendo explicações, comparações e
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 155


Ciências – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Unidade 4 – Transformações químicas Diretrizes e Parâmetros Anotações


SAEB
na obtenção de materiais Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C14 matéria, sua constituição, transformações, além
2. As leis de Lavoisier e de Proust da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

Pág. 103 - Acessar o link http://eba.im/eh9ih3. Acesso em: 5 maio 2015 - Lista de
• Aplicar conhecimentos prévios códigos usados em equações químicas.
• Definir as leis de Lavoisier e de Proust e
• Levantar hipóteses com base em interpretá-las por meio de modelo mi- Pág. 103 - Acessar o link http://eba.im/amhq4z. Acesso em: 5 maio 2015 - Anima-
observações croscópico (átomos e moléculas). ção interativa sobre balanceamento de equações.
• Aplicar o método científico • Representar transformações químicas Pág. 103 - Acessar o link http://eba.im/qtwzmh. Acesso em: 5 maio 2015 - Simu-
por meio de linguagem química (equa- lação que aborda a proporção entre reagentes e produtos.
• Identificar fenômenos físicos, quí-
ções químicas) e de modelos. Pág. 103 - Acessar o link http://eba.im/vxumwr. Acesso em: 5 maio 2015 - Simula-
micos ou biológicos
ção sobre balanceamento de equações químicas usando modelos microscópicos.
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Utilizar coeficientes estequiométricos e


• A reação de combustão • Analisar, descrever e compreender
compreender o seu significado. Pág. 103 - Acessar o link http://eba.im/gg8zjh. Acesso em: 5 maio 2015 - Simula-
fatos e fenômenos
• Transformações químicas ção sobre balanceamento e reagente limitante e em excesso.
• Abordar a ocorrência das transforma-
• •Resolver situações-problema Pág. 315 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: SACKS, O.
ções químicas nos processos naturais
• Trabalhar com informações expos- e industriais, julgando a importância Tio Tungstênio: memórias de uma infância química. São Paulo: Companhia das
de processos químicos que permitem Letras, 2001.
tas em textos, imagens, tabelas,
gráficos e infográficos, estabele- a produção de substâncias químicas de Pág. 315 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: WOLKE, R. L.
cendo explicações, comparações e forma que diminuam os desperdícios O que Einstein disse a seu cozinheiro. São Paulo: Jorge Zahar, 2002.
hipóteses e preservem o ambiente e os recursos
Pág. 315 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: WOLKE, R.
dele obtidos.
• Coletar dados e realizar pesquisas L. O que Einstein disse a seu cozinheiro 2: mais ciência na cozinha. São Paulo:
Jorge Zahar, 2005.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 156


Ciências – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Unidade 5 – Transformações químicas Diretrizes e Parâmetros Anotações


SAEB
na obtenção de energia Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
3B4-C14 matéria, sua constituição, transformações, além
1. Transformações químicas e calor da compreensão sobre átomos, suas relações e
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações • Comparar e identificar aplicações práti-
cas de transformações químicas exotér-
• Aplicar o método científico
micas e endotérmicas. Pág. 316 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
• Identificar fenômenos físicos, quí- http://eba.im/qui73a. Acesso em: 7 maio 2015.
• Reconhecer diferentes tipos de trans-
micos ou biológicos
formações químicas exotérmicas clas- Pág. 317 (Orientações para o professor) - Biblioteca do professor: SOARES, M. D.;
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar, descrever e compreender sificadas como combustões. LAUZ, S.; LUCILA, C. et al. Acidentes domésticos: orientação e proteção à saúde
• Combustão completa e incompleta fatos e fenômenos em escolas públicas no sul do país. In: Congresso Brasileiro de Extensão Univer-
• Interpretar os chamados triângulo do sitária, 5, 2011, Porto Alegre. Anais... Disponível em: http://eba.im/ftmq7s. Acesso
• Resolver situações-problema fogo e tetraedro do fogo. em: 7 maio 2015.

• Trabalhar com informações expos- • Classificar princípios de incêndios de Pág. 318 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: Os extintores
tas em textos, imagens, tabelas, acordo com sua natureza e reconhecer de incêndio da escola.
gráficos e infográficos, estabele- os extintores adequados para evitar sua
cendo explicações, comparações e propagação.
hipóteses
• Coletar dados e realizar pesquisas

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 157


Ciências – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Unidade 5 – Transformações químicas Diretrizes e Parâmetros Anotações


SAEB
na obtenção de energia Curriculares Nacionais

5 - Energia: conservação e transformação


Estuda as formas de energia, suas transforma-
CONTEÚDO

Capítulo
4B4-C18 ções, sua conservação, formas de transferência
2. Energia elétrica: transformações de energia, utilização da energia pelo homem,
produção e distribuição da energia, tecnologias,
suas limitações, além de relacionar energia e vida.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Reconhecer que as pilhas são dispositi-


vos que permitem a obtenção de ener-
• Aplicar conhecimentos prévios
gia elétrica a partir de transformações
• Levantar hipóteses com base em químicas.
observações
• Descrever o funcionamento de uma pi-
• Aplicar o método científico lha cobre-zinco.

• Identificar fenômenos físicos, quí- • Reconhecer que a corrente elétrica resul- Pág. 123 - Acessar o link http://eba.im/dz6mek. Acesso em: 8 maio 2015 -
• Transformações químicas e ener- micos ou biológicos ta do deslocamento de cargas elétricas. Fotografia de uma estação espacial obtida pela Nasa na qual são observados
RECURSOS PEDAGÓGICOS

os painéis solares.
gia elétrica: as pilhas • Analisar, descrever e compreender • Reconhecer as transformações da
fatos e fenômenos energia elétrica em outras formas de Pág. 124 - Acessar o link http://eba.im/jihs7w. Acesso em: 8 maio 2015 - Anima-
• A pilha de Volta ção detalhada sobre a pilha de Daniell, com eletrodos de cobre e zinco.
energia e a importância da geração de
• Corrente elétrica • Resolver situações-problema energia elétrica para a sociedade atual. Pág. 126 - Acessar o link http://eba.im/hwrkqb. Acesso em: 8 maio 2015 - Anima-
• Trabalhar com informações expos- ção que ilustra a lei de Faraday.
• Classificar equipamentos elétricos de
tas em textos, imagens, tabelas, acordo com seu uso ou com as transfor-
gráficos e infográficos, estabele- mações de energia que proporcionam.
cendo explicações, comparações e
hipóteses • Avaliar impactos ambientais dos vários
tipos de usina produtora de energia elé-
• Coletar dados e realizar pesquisas trica e propor alternativas para reduzir
esses impactos.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 158


Ciências – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Unidade 6 – Os movimentos e suas Diretrizes e Parâmetros Anotações


SAEB
causas Curriculares Nacionais

4 - Matéria: constituição, propriedades e trans-


formações
4B1-C2 Aborda a compreensão sobre as propriedades da
CONTEÚDO

Capítulo
matéria, sua constituição, transformações, além
Movimentos: variações e conservações (Ensino
1. Movimento e repouso da compreensão sobre átomos, suas relações e
Médio)
interações. Explora esses aspectos por meio de
fenômenos naturais ou atividades humanas, inte-
gradas às questões socioambientais.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos


Pág. 137 - Acessar o link http://eba.im/bq46rh. Acesso em: 22 abr. 2015 - Vídeo sobre o
pêndulo de Foucault e seu funcionamento para demonstrar da rotação da Terra.
Pág. 138 - Acessar o link http://eba.im/bdad2c. Acesso em: 10 maio 2015 - Vídeo que
ilustra a trajetória de uma bolinha lançada verticalmente e sua trajetória para diferen-
• Aplicar conhecimentos prévios tes observadores.
• Levantar hipóteses com base em Pág. 138 - Acessar o link http://eba.im/6ktuqg. Acesso em: 10 maio 2015 - Vídeo sobre
observações sistemas de referenciais.
Pág. 140 - Acessar o link http://eba.im/3qzyue. Acesso em: 10 maio 2015 - Artigo de
• Aplicar o método científico • Reconhecer estados de movimento e re-
jornal sobre os carros esportivos e suas acelerações típicas.
pouso e definir velocidade média e ace-
• Identificar fenômenos físicos, quí- Pág. 140 - Acessar o link http://eba.im/3gquac. Acesso em: 10 maio 2015 - Vídeo sobre
• Velocidade média leração média, identificando-as como os animais mais velozes do mundo, suas velocidades e acelerações.
micos ou biológicos grandezas vetoriais.
• Grandezas vetoriais e escalares Pág. 142 - Acessar o link http://eba.im/3gquac. Acesso em: 10 maio 2015 - Aplicativo
RECURSOS PEDAGÓGICOS

• Analisar, descrever e compreender • Reconhecer os efeitos da aplicação de que explora as forças em ação em um campo de guerra e ao empurrar objetos.
• Aceleração média fatos e fenômenos Pág. 143 - Acessar o link http://eba.im/2rxdq7. Acesso em: 10 maio 2015 - Vídeo que
forças sobre objetos, relacionando-os
com as leis de Newton. mostra a construção da mesa de forças.
• Forças • Resolver situações-problema
Pág. 144 - Acessar o link http://eba.im/roe94q. Acesso em: 10 maio 2015 - Experimento
• As leis de Newton • Identificar as forças aplicadas em um para ilustrar a lei da inércia para corpos em movimento.
• Trabalhar com informações expos-
objeto – em particular peso, normal e Pág. 144 - Acessar o link http://eba.im/tu8wwo. Acesso em: 10 maio 2015 - Experimen-
tas em textos, imagens, tabelas,
de atrito – e avaliar a força resultante. to para ilustrar a lei da inércia para corpos em repouso.
gráficos e infográficos, estabele-
cendo explicações, comparações e Pág. 147 - Acessar o link http://eba.im/qzybsg. Acesso em: 10 maio 2015 - Resumo de
trabalho científico sobre o ensino das leis de Newton no Ensino Fundamental.
hipóteses
Pág. 328 (Orientações para o professor) - Atividade complementar: http://eba.im/yk5upe.
• Coletar dados e realizar pesquisas Acesso em: 22 abr. 2015.
Pág. 330 (Orientações para o professor) - Atividade complementar:
http://eba.im/m7xam3. Acesso em: 22 abr. 2015.
Pág. 330 e 331 (Orientações para o professor) - Atividades complementares.

Guia de Orientações para Resultados – Ciências da Natureza 159


Ciências – 9o ano
Matriz de relacionamentos

Unidade 6 – Os movimentos e suas Diretrizes e Parâmetros Anotações


SAEB
causas Curriculares Nacionais

5 - Energia: conservação e transformação


Estuda as formas de energia, suas transfor-
3B4-C13
CONTEÚDO

Capítulo mações, sua conservação, formas de trans-


Movimentos: variações e conservações (Ensino ferência de energia, utilização da energia pelo
2. Trabalho, energia mecânica e máquinas
Médio) homem, produção e distribuição da energia,
tecnologias, suas limitações, além de relacio-
nar energia e vida.

Conceitos Procedimentos Atitudes Recursos Pedagógicos

• Aplicar conhecimentos prévios


• Levantar hipóteses com base em
observações
• Aplicar o método científico Pág. 152 - Acessar o link http://eba.im/zmgjxv. Acesso em: 11 maio 2015 - Simu-
lador das transformações de energia ao longo do movimento de um skatista.
• Identificar fenômenos físicos, quí-
micos ou biológicos Pág. 153 - Acessar o link http://eba.im/6bt8so. Acesso em: 11 maio 2015 -
• Trabalho • Definir os conceitos de trabalho, potên- ­Página da Universidade do Ceará com o histórico das máquinas simples.
RECURSOS PEDAGÓGICOS