Você está na página 1de 109

COACHING PARA CONCURSOS – ESTRATÉGIAS PARA SER APROVADO

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
COMPREENSÃO TEXTUAL

Compreensão Textual

Gramática Da Língua Inglesa - English Grammar

O Artigo - The Article

O Artigo Definido (The) - The definite Article - (The)


Quando usar o Artigo Definido - When to use the Definite Article
Quando NÃO usar o Artigo Definido - When NOT to use the Definite Article

Os Artigos Indefinidos (A/An) - The indefinite articles (A/An)


Quando usar o Artigo Indefinido - When to use the Indefinite Article
Quando NÃO usar o Artigo Indefinido - When NOT to use the Indefinite Article
Numerais Um/Uma ou Artigos Indefinidos A/AN? - "One" or Indefinite Articles?

Substantivos - Nouns

Substantivos Concretos - Concrete Nouns


Substantivos Comuns - Common Nouns
Substantivos Próprios - Proper Nouns
Substantivos Coletivos - Collective Nouns
Substantivos Abstratos - Abstract Nouns

Gênero dos Substantivos - Gender of Nouns

Plural dos Substantivos - Plural of Nouns

Contáveis ou Incontáveis? - Countable or Uncountable?


Substantivos Contáveis - Countable Nouns
Substantivos Incontáveis - Uncountable Nouns

O Caso Genitivo - The Genitive Case ('s)


Usos do caso genitivo - Uses of the genitive case
Relações estabelecidas pelo caso genitivo - Relations established by the genitive case

Substantivos Compostos - Compound Nouns


Substantivo + substantivo escritos juntos
Substantivo + substantivo escritos separados
Substantivo - hífen - substantivo
Substantivo com genitivo
-ing + substantivo
Substantivo + of + substantivo
Adjetivo + substantivo
Verbo + preposição / preposição + verbo
Mais de dois substantivos
Relações entre os constituintes de um substantivo composto

Funções Sintáticas dos Substantivos - Syntactic Functions of Nouns


Sujeito da oração - Subject of the Sentence
Predicativo do sujeito - Predicative Nominative or Predicate Noun
Objeto direto - Direct Object
Predicativo do Objeto - Nominal Predicative of the Object or Object Complement
Objeto indireto com preposição - Prepositional indirect object
Objeto indireto sem preposição - Non-prepositional indirect object
Adjunto adverbial com preposição - Adverbial Phrase with preposition
Aposto - Appositive
Vocativo - Vocative

Pronomes - Pronouns

Definição - Definition

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
COMPREENSÃO TEXTUAL

Pronomes Pessoais - Personal Pronouns


Pronomes Sujeito (Caso Reto) - Subject Pronouns
Pronomes Objeto (Caso Oblíquo) - Object Pronouns

Pronomes Possessivos (Adjetivos e Substantivos) - Possessives Adjectives and Possessive


Pronouns

Pronomes Reflexivos - The Reflexive Pronouns

Pronomes Demonstrativos (substantivos e adjetivos) - Demonstrative Pronouns

Pronomes Indefinidos (substantivos e adjetivos) - Indefinite Pronouns and Adjectives

Pronomes Relativos - Relative Pronouns

Os Interrogativos - Question Words

Elementos para evitar repetição - One / Ones

Determinantes - Quantifiers

Definição - Definition
Some and Any
No and None
A lot of / lots of / plenty of
Much and Little
Many and Few
A little and A few
All / All of
Most / Most of
Each and Every / Each of
Both
Both of
Neither / Neither ... nor / Neither of
Either / Either ... or / Either of

Numerais - Numbers

Adjetivos - Adjectives

Definição - Definition

Concordância - Agreement

Posição do Adjetivo - Position of the Adjective


Antes de substantivos
Depois de alguns verbos de ligação
Adjetivos que sempre são usados antes de substantivos
Adjetivos que sempre são usados depois de verbos
Adjetivos posicionados depois do objeto (Verbo + Objeto + Adjetivo)
Expressões em que o adjetivo vem imediatamente após substantivos
Ordem dos adjetivos numa oração

Os graus de comparação dos adjetivos - The degrees of comparison of adjectives


Grau Comparativo - Comparative Degree
Expressões cristalizadas com "as + adjetivo + as"
Grau Superlativo- Superlative Degree
Formas Comparativas e Superlativas Irregulares - Irregular Comparative and Superlative Forms

Advérbios e Locuções Adverbiais - Adverbs and Adverbial Phrases

O que é um advérbio? - What is an adverb?

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
COMPREENSÃO TEXTUAL

A Formação dos Advérbios - The Formation of Adverbs

Adjetivos ou Advérbios? - Adjectives or Adverbs?

Classificação dos advérbios e sua posição numa oração - Kinds of adverbs and its collocations in a
sentence
Posição dos advérbios na oração - Collocation of Adverbs in a sentence
Classificação dos advérbios:
Advérbios de Modo - Adverbs of Manner
Advérbios de Frequência - Adverbs of Frequency
Advérbios de Tempo - Adverbs of Time
Advérbios de Lugar - Adverbs of Place
Advérbios de Grau/Intensidade - Adverbs of Degree /Intensity
Advérbios de Dúvida/Certeza - Adverbs of Doubt/Certainty
Advérbios de Ponto de Vista - Comment/Viewpoint Adverbs

Os graus do advérbio - The degrees of comparison of adverbs


Grau Comparativo - Comparative Degree
Comparativo de Igualdade - Comparative of Equality
Comparativo de Superioridade - Comparative of Superiority
Comparativo de Inferioridade - Comparative of Inferiority
Grau Superlativo- Superlative Degree
Superlativo de Superioridade
Superlativo de Inferioridade
Formas Comparativas e Superlativas Irregulares - Irregular Comparative and Superlative Forms

Preposições - Prepositions

Conjunções - Conjunctions

O que é uma conjunção? - What is a conjunction?

Coordinating Conjunctions - Conjunções Coordenativas


and - but - or - so - for - nor - yet

Correlative Conjunctions
both... and
either... or
neither... or
not only... but also
as / so... as
whether... or

Subordinative Conjunctions - Conjunções Subordinativas


after - although / though / even though
as - as if / as though - as / so long as / provided that
because - before
despite / in spite of - however / nonetheless / nevertheless / notwithstanding - if
once - otherwise - since
so that / in order that / in order to / so as to
still - thus / therefore / then / hence - unless
until / till - when / by the time
whenever - where - whereas - while

Orações Subordinadas - Dependent Clauses

Orações Subordinadas Adjetivas - Adjective / Relative Clauses


Defining / Restrictive Relative Clauses - Orações Subordinadas Adjetivas Restritivas
Non-defining Relative Clauses - Orações Subordinadas Adjetivas Explicativas

Orações Subordinadas Adverbiais - Adverbial Clauses


Time Clauses - Orações Subordinadas Adverbiais Temporais

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
COMPREENSÃO TEXTUAL

Cause Clauses - Orações Subordinadas Adverbiais Causais


Contrast Clauses - Orações Subordinadas Adverbiais Concessivas
Clauses of Purpose - Orações Subordinadas Adverbiais Finais
Clauses of Result - Orações Subordinadas Adverbiais Consecutivas

Verbos e Tempos Verbais - Verbs and Tenses

Verbo To Be - Verb To Be
Definição e Usos
Verbo To Be - Presente / Verb To Be - Present
Verbo To Be - Passado / Verb To Be - Past Simple/Simple Past
Verbo To Be - Futuro / Verb To Be - Simple Future

Verbo To Have - Verb To Have


To Have como verbo principal
Simple Present
Simple Past
Simple Future
Observações quanto ao uso de to have como verbo principal
To have como Modal Verb - Ter de, Ter que
To have como verbo auxiliar
Have / have to / have got / have got to

Presente Simples - Simple Present ou Present Simple


Forma Afirmativa
Usos
Formação do Presente Simples
Forma Negativa e Interrogativa
Verbos Modais e o Presente Simples

Presente Contínuo ou Progressivo - Present Continuous ou Present Progressive


Definição e Usos
Formação - Afirmativa, Negativa e Interrogativa

Passado Simples - Simple Past


Definição
Verbos Regulares - Regular Verbs
Particularidades da Ortografia do Simple Past
Usos
Forma Negativa e Interrogativa
Verbos Irregulares - Irregular Verbs
Lista de Verbos Irregulares
Used to
Be Used To

Passado Contínuo ou Progressivo - Past Progressive


Definição, Formação e Usos
Formas Negativa e Interrogativa

Formas Verbais do Tempo Perfeito - Verb Forms of the Perfect Tense


Present Perfect Simple
Formação - Afirmativa, Negativa e Interrogativa
Usos

Present Perfect Continuous ou Progressive


Definição e Forma Afirmativa
Forma Negativa e Interrogativa
Usos

Past Perfect

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
COMPREENSÃO TEXTUAL

Definição e Formas
Usos

Past Perfect Continuous or Progressive

O Futuro - Future
Futuro Simples - Simple Future (Will/Shall)
Futuro com be going to - Future with be going to
Futuro Progressivo / Contínuo - Future Progressive/ Continuous (she will be doing)
Future Perfect

Verbos Modais ou Auxiliares - Modal Verbs


Definição
Características Gerais
Can
Could
May
Might
Must
Should / Ought To
Shall / Will
Would
Verbos Semimodais
Need
Dare
Características e Usos dos Modais que Expressam Obrigação, Proibição e Permissão

Gerúndio e Infinitivo - Gerund and Infinitive (Verb Patterns)


Gerúndio - definição e usos
Verbos que podem ser seguidos somente por gerúndio
Infinitivo - definição e usos
Infinitivo SEM "TO"
Infinitivo COM "TO"
Verbos que podem ser seguidos tanto por gerúndio como por infinitivo
Verbos seguidos de infinitivo ou gerúndio com mudança de significado

Vozes Verbais - Definição


Voz Passiva - Passive Voice
Voz Passiva - Dois Objetos
Sujeito Indeterminado e o Agente da passiva
Usos da Voz Passiva
(Be) supposed to
Uso de get em construção passiva
Construção da Voz Passiva com verbos que exigem preposições
Causative Form: have something done
Get something done
A formação da voz passiva em cada um dos tempos verbais

Phrasal Verbs e Prepositional Verbs


Verbos Frasais ou Preposicionais - Phrasal Verbs
Verbos Preposicionados - Prepositional Verbs
Diferenças entre Phrasal Verbs e Prepositional Verbs
Verbo + Partícula Adverbial - Verb + Adverb(ial) Particle
Diferenças entre Partículas Adverbiais (Adverb Particles) e Preposições (Prepositions)
Three word Verbs: verbos com preposições e partículas adverbiais ao mesmo tempo
Lista Geral de Verbos Frasais - General List of Phrasal Verbs
de act up até cut sth off
do away with sth até follow sth up
get at até give sth up
go after sb até hang up
have sth on até pay sb back

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
COMPREENSÃO TEXTUAL

pick sb/sth out até settle down


shop around até thrown sth away
turn sb/sth down até write sth down
Lista de Phrasal Verbs Separáveis
Lista de Phrasal Verbs Inseparáveis
Lista de Phrasal Verbs Intransitivos

Orações Condicionais - Conditional (If) Clauses

Definição e Classificação
Zero Conditional
First Conditional
Second Conditional
Third Conditional

Os tempos verbais empregados em cada oração condicional

Orações Condicionais: casos Especiais e Particularidades

Outras Conjunções Condicionais.

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
ASPECTO GRAMATICAIS

Aspectos Gramaticais

Conhecimento Gramatical de Acordo com o Padrão Culto da Língua

A norma culta se refere ao conjunto de padrões linguísticos que determina o correto uso da língua
de acordo com a camada escolarizada da população. A norma culta define-se, assim, como a
variação linguística habitualmente utilizada por pessoas com elevado nível de escolaridade e cultura.

Na língua portuguesa existem diversas variações linguísticas, justificadas pela existência de


diferentes grupos sociais, com diferentes graus de escolarização, que apresentam diferentes hábitos
linguísticos, que resultam numa pluralidade de normas.

De todas essas normas, a norma culta é a mais conceituada, vista como uma linguagem culta e
erudita, utilizada por um grupo de pessoas de elite, pertencentes à camada mais favorecida e
escolarizada da população.

O domínio da norma culta se reflete, principalmente, na modalidade escrita da língua, revelando um


elevado grau de rigor e correção gramatical, como o devido uso da pontuação, da acentuação, da
colocação pronominal, da concordância e da regência, entre outros.

Saber escrever e falar de acordo com a norma culta de uma língua é uma competência bastante
valorizada no mercado de trabalho, uma vez que o domínio da norma culta possibilita ao indivíduo
comunicar com precisão, eficiência e desenvoltura.

Norma Culta e Norma Padrão

Embora esses conceitos sejam próximos, sendo inclusivamente usados muitas vezes como
sinônimos, se referem a normas distintas.

A norma padrão pode ser entendida como a norma gramatical, com base na gramática tradicional e
normativa. Atua como um modelo idealizado que visa a padronização da língua escrita.

A norma culta é a variação que mais se aproxima desse padrão.

Fonte: Norma Culta

Verifiquei em editais de concursos que este tema é bem amplo, englobando o conhecimento mais
profundo da gramática. Caso queira aprofundar mais o assunto, veja exatamente o que você deve
saber:

Conhecimento gramatical de acordo com o padrão culto da língua:


a. Estrutura fonética: encontros vocálicos e consonantais, dígrafo, divisão silábica,
ortografia (emprego das letras), acentuação gráfica.
b. Classes de palavras: classificação, flexões nominais e verbais.
c. Teoria Geral da Frase e sua análise: orações, períodos e funções sintáticas.
d. Sintaxe de concordância: concordâncias verbal e nominal.
e. Colocação de pronomes: próclise, mesóclise, ênclise.
f. Pontuação.
g. Crase

E você, qual o concurso você vai fazer? Deixe um comentário para mim, pois posso fazer postagens
direcionadas para ele e te ajudar mais. Aproveita também para inscrever seu e-mail para receber
conteúdos todos os dias

Você Sabe o que é e para que Serve a Gramática?

Conforme definição do Dicionário Aurélio, gramática é o estudo ou tratado dos fatos da linguagem,
falada e escrita, e das leis naturais que a regulam. Além de apresentar regras, a gramática também
exerce a função de analisar as estruturas que o falante de uma língua tem programado em sua
memória e que lhe permitem usar sua língua. Além disso, a gramática também tem por função
descrever o sistema de um idioma.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
ASPECTO GRAMATICAIS

Por ser um tratado que apresenta as normas reguladoras do idioma, muitas pessoas têm uma visão
equivocada sobre a função da gramática. Embora ela determine as condições de uso da língua,
sobretudo o uso na modalidade escrita, a gramática não é uma disciplina que procura estabelecer o
“certo” e o “errado” nas práticas discursivas, pois tal visão apenas abarcaria a análise da norma culta
da língua. É fundamental considerarmos que a língua não é apenas um amontoado de regras que
devem ser seguidas à risca pelos falantes, indivíduos formados por idiossincrasias que não permitem
qualquer tipo de padronização comportamental.

Sabemos que a língua é um elemento dinâmico, uma importante ferramenta para a comunicação que
deve estar sempre à disposição dos falantes e, por esse motivo, desconsiderar as inúmeras
variações linguísticas apenas corroboraria para o preconceito linguístico, comportamento que exclui a
importância dos fatores sociais e culturais para a formação de uma língua. Tendo em vista essas
questões, conheça agora as peculiaridades que compõem os diferentes tipos de gramática:

Gramática Normativa: estabelece as normas do falar e escrever corretamente. Apenas considera a


língua exemplar, isto é, a forma eleita entre as várias formas de falar que constituem a língua
histórica;

Gramática Descritiva: ocupa-se da descrição dos fatos da língua, enfatizando as variações


linguísticas, e não apenas estabelecer o que é certo ou errado;

Gramática Histórica: tem como objetivo estudar a origem e a evolução histórica de uma língua. São
os estudos diacrônicos da língua;

Gramática Comparativa: tem como objetivo estabelecer correspondências entre diferentes línguas
para assim estabelecer suas relações de parentesco.

Aspecto Verbal

Em lingüística, o aspecto aspecto verbal é uma propriedade dos verbos e circunlóquios verbal, para
indicar se a ação que expressam não foi concluída ou no instante indicado na referência de frase, ou
seja, refere-se aos diferentes estágios de desenvolvimento da ação expresso pelo verbo. É uma
categoria ou função gramatical que ocorre dentro do predicado. O predicado tem não só a ideia de
certa ação ou de qualidade, mas também um modo de manifestação temporária deste, ou seja,
aparência.

Embora ambos o tempo e a aparência referem-se à ordenação relativa de eventos, o tempo tem um
carácter deíctico , enquanto o aspecto não. Assim, o aspecto gramatical difere da tensa gramatical
que conforme o tempo marca o momento em que algo acontece no momento atual (ou outro evento
de referência), o aspecto especifica o tempo interno da ação ou o desenvolvimento ou alteração o
mesmo que se destaca acima de todos os outros.

Na conjugação regular a “percentagem de conclusão” do evento se reflete, isto é, se você tem uma
aparência perfeita ou aspecto perfectivo, apontando a ação acabado (ponto, finito, concluído) no
momento em questão, como a aparência aspecto imperfeita ou imperfectivo, apontando uma ação
inacabada (durative, em andamento) na hora externa em questão. A chamada conjugação perifrase
ou outros circunlóquios expressa as nuances de aparência, menos importante do que estes.

O aspecto verbal pode ser: Aspecto perfectivo que indica que a ação verbal é representada como
terminou: Eu amei. . Eu terminei meus estudos ou aspecto imperfectivo indica que a ação é
representada em um processo sem indicar se está sobre eu amo; Eu terminar meus estudos. A
aparência é expressa por meio de processos gramaticais, terminações verbais ou lexicais, paráfrases
verbais: Estudei (perfectivo) ou eu tenho que estudar (imperfectivo).

Aspecto Verbal – Temporal O aspecto verbal exprime a maneira como a ação ou o estado transmitido
pelo verbo se apresentano seu desenvolvimento temporal. Estudei a lição. Tenho andado a estudar a
lição.

Nestes exemplos, o mesmo verbo – estudar – apresenta aspectos completamente diferentes. Estudei
apresenta-nos uma ação já completamente realizada. Tenho andado a estudar significa que a ação
aindadura e se vai realizando ao longo do tempo.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
ASPECTO GRAMATICAIS

Aspecto acabado e inacabado Aspecto acabado(1):

Encontrei o Miguel. Já não vou a tua casa. Tanto o pretérito perfeito (encontrei) como o presente do
indicativo na forma negativa + advérbio ( já não vou) exprimem uma ação que se dá como realizada.
Aspecto inacabado (1): Tenho visto o Miguel. No ano passado, ainda sabia o nome dessa rua.

Tanto o pretérito perfeito composto (tenho visto) como o pretérito imperfeito (sabia) acompanhadodo
advérbio ainda, exprimem uma ação que, em determinado momento, é apresentada como não
estando concluída. (1) Aspecto acabado, perfectivo ou perfeito; aspecto inacabado, imperfectivo ou
imperfeito. Aspecto pontual e durativo Aspecto pontual Já cheguei. A criança caiu. O aspecto pontual
refere ações cuja duração é a do momento, portanto curtas.

A ação realiza-se num instante. No aspecto pontual pode considerar-se ainda a subdivisão em vários
valores, por exemplo:

Aspecto incoativo – Quando o verbo exprime a ideia de passagem de um estado a outro


estado.Anoitecera.O teu irmão tornou-se impertinente.

Aspecto inceptivo – Quando a ação se apresenta no seu princípio: Inicia-se agora o novo ano escolar.
O embaixador partiu para Londres.

Aspecto cessativo – Quando a ação se apresenta no seu final: Elas deixaram de ver televisão. Já não
estou interessado em ir ao cinema.

Aspecto durativo O artista pintava a casa. A vizinha tem andado muito distraída. O aspecto durativo
descreve estados ou processos. O pretérito imperfeito pintava e o pretérito perfeito composto tem
andado exprimem situações que não são (ou não foram) realizados num momento,mas sim se
realizam (ou se realizaram) ao longo do tempo. No aspecto durativo pode considerar-se ainda, por
exemplo:

Aspecto iterativo – Quando um determinado estado de coisas ocorre com uma certa regularidade: A
bola saltitou na minha frente. Andas a chegar atrasado.

Aspecto frequentativo – Quando um determinado estado de coisas ocorre com frequência: Vou
muitas vezes ao cinema. Ela come frequentemente. O presente simples e alguns advérbios ou
locuções adverbiais exprimem este aspecto.

Aspecto habitual – quando um determinado estado de coisas se apresenta como habitual, como
costume: Todos os serões, leio um capítulo do romance. Era costume irmos à praia, ao domingo, em
Agosto. O presente do indicativo e construções verbais como costumar, ser costume, ser habitual,
exprimem este aspecto.

Processos para exprimir o aspecto Há várias maneiras de exprimir o aspecto: Por meio de alguns
tempos dos verbos: encontrei, tornou-se, pintava… Por meio de formas perifrásticas: deixaram de,
tem andado, andas a… Por meio de sufixos e prefixos: anoitecer, embranquecer, saltitar… Por meio
de certas palavras ou expressões, nomeadamente os advérbios: já, já não, ainda, muitas vezes… Por
meio do significado existente no próprio verbo: cheguei, caiu, inicia-se, partiu…

Aspectos Verbais

Há um certo tempo, o estudo dos aspectos verbais deixou de ser obrigatório no Ensino Médio.
Realmente, o simples ato de decorar não teria sentido. No entanto, o que percebemos é que muitas
questões de interpretação dizem respeito ao aspecto de um verbo em determinado contexto. De um
modo geral, podem-se verificar três aspectos verbais. São eles: uma ação que se prolonga ( durativo
); um processo que se repete ( iterativo ); início de um processo e seu desenvolvimento. É
interessante que a simples observação dos sufixos que compõem os verbos já ajuda na identificação
do aspecto o qual, por sua vez, revelará a intencionalidade do sujeito que praticou aquela ação.

Aspecto Verbal

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
ASPECTO GRAMATICAIS

Tempo presente e tempo futuro Quando uma pessoa diz “Tomo banho todos os dias”, será que
naquele exato momento ela está tomando banho? Não. O verbo está no presente, mas sua função é
indicar um fato que se repete, um presente habitual. Numa aula de história o professor fala: “Então,
nesse dia, Napoleão invade …” A forma verbal “invade”, que é presente, não indica que naquele
momento Napoleão está invadindo algum lugar. Na frase, o tempo presente do verbo “invadir” faz
remissão a um fato que ocorreu no passado e traz esse passado mais para perto. Concluímos, então,
que os tempos verbais têm outros valores além dos específicos. Tomemos o futuro do presente como
ele aparece nos “Dez mandamentos” bíblicos: Amarás a Deus sobre todas as coisas Não tomarás
seu santo nome em vão Guardarás os domingos e feriados Honrarás pai e mãe Não matarás Não
pecarás contra a castidade Não furtarás …. “Não furtarás”, ao pé da letra, significaria que é proibido
furtar no futuro, apenas no futuro, o que abre a possibilidade de entender que o ato é perfeitamente
aceitável no presente. Mas, na verdade, “não furtarás”, que é futuro, tem nesse caso o valor de
imperativo e, como tal, indica que é proibido furtar em qualquer tempo. Ao analisar um tempo verbal
não se esqueça de considerar que ele pode indicar seu valor específico ou um valor paralelo (aspecto
verbal), ou seja, um valor decorrente de seu uso no idioma.

Tempos E Modos Verbais

O verbo indica um processo localizado no tempo. Podemos distinguir: presente, pretérito e futuro.

Tempo presente: exprime um fato que ocorre no momento da fala.


Ex.: Estou fazendo exercícios diariamente.

Tempo passado: exprime um fato que ocorreu antes do momento da fala.


Ex.: Ontem eu fiz uma série de exercícios.

Tempo futuro: exprime um fato que irá ocorrer depois do ato da fala.
Ex.: Daqui a quinze minutos irei para a academia fazer exercícios.

O pretérito (ou passado) subdivide-se em:

• Pretérito perfeito: indica um fato passado totalmente concluído.


Ex.: Ninguém relatou o seu delírio.

• Pretérito imperfeito: indica um processo passado não totalmente concluído, revela o fato em sua
duração.
Ex.: Ele conversava muito durante a palestra.

• Pretérito mais-que-perfeito: indica um processo passado anterior a outro também passado.


Ex.: “... sempre nos faltara aquele aproveitamento da vida...” (Mário de Andrade)

O futuro subdivide-se em:

• Futuro do presente: indica um fato posterior ao momento em que se fala.


Ex.: Não tenho a intenção de esconder nada, assim que seus pais chegarem contarei o fato ocorrido.

• Futuro do pretérito: indica um processo futuro tomado em relação a um fato passado.


Ex.: Ontem você ligou dizendo que viria ao hospital.

Empregos especiais:

• Presente:
- pode ocorrer com valor de perfeito, indicando um processo já ocorrido no passado (presente
histórico).
Ex.: Em 15 de agosto de 1769 nasce Napoleão Bonaparte. (nasce = nasceu)

- pode indicar futuro próximo.


Ex.: Amanhã eu compro o doce pra você. (compro = comprarei)

- pode indicar um processo habitual, ininterrupto.


Ex.: Os animais nascem, crescem, se reproduzem e morrem.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
ASPECTO GRAMATICAIS

• Imperfeito:
- pode ocorrer com valor de futuro do pretérito.
Ex.: Se eu não tivesse motivo, calava. (calava = calaria)

• Mais-que-perfeito:
- pode ser usado no lugar do futuro do pretérito ou do imperfeito do subjuntivo.
Ex.: Mais fizera se não fora pouco o dinheiro que dispunha. (fizera = faria, fora = fosse)

- pode ser usado em orações optativas.


Quem me dera ter um novo amor!

• Futuro do presente:
- pode exprimir ideia de dúvida, incerteza.
Ex.: O rapaz que processou o patrão por racismo, receberá uns trinta mil de indenização.

- pode ser usado com valor de imperativo.


Ex.: Não levantarás falso testemunho.

• Futuro do pretérito:
- pode ocorrer com valor de presente, exprimindo polidez ou cerimônia.
Ex.: Você me faria uma gentileza?

Modos Verbais

• Modo indicativo: exprime certeza, precisão do falante perante o fato.


Ex.: Eu gosto de chocolate.

• Modo subjuntivo: exprime atitude de incerteza, dúvida, imprecisão do falante perante o fato.
Ex.: Espero que você esteja bem.

• Modo imperativo: exprime atitude de ordem, solicitação, convite ou conselho.


Exs.: Não cante agora!
Empreste-me 10 reais, por favor.
Venha ao hospital agora, seu amigo vai ser operado.
Não ponha tanto sal, isso pode lhe fazer mal.

Infinitivo Pessoal Ou Impessoal

• Infinitivo impessoal: terminado em r para qualquer pessoa.


Ex.: comprar, comer, partir.

Emprega-se o infinitivo impessoal:

a) Quando ele não estiver se referindo a sujeito algum.


Ex.: É preciso amar.

b) Na função de complemento nominal (regido de preposição).


Ex.: Esses exercícios não são fáceis de resolver.

c) Quando faz parte de uma locução verbal.


Ex.: Ele deve ir ao dentista.

d) Quando, dependente dos verbos deixar, fazer, ouvir, sentir, mandar, ver, tiver por sujeito um
pronome oblíquo.

Sujeito
Deixei-as passear.
= eles

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
ASPECTO GRAMATICAIS

e) Quando tiver valor de imperativo.


Ex.: Não fumar neste recinto.

• Infinitivo pessoal: além da desinência r vem marcado com desinência de pessoa e número.

Ex.: cantar – ø
cantar - es
cantar - ø
cantar - mos
cantar - des
cantar – em

Ex.: Com esse calor convém tomarmos um sorvete.

- Usa-se o infinitivo pessoal quando o seu sujeito é diferente do sujeito do verbo da oração principal.
Ex.: A única solução era ficarmos em casa.

Tempos Verbais

Tomando-se como referência o momento em que se fala, a ação expressa pelo verbo pode ocorrer
em diversos tempos. Veja:

1. Tempos Do Indicativo

Presente - Expressa um fato atual.

Por exemplo:

Eu estudo neste colégio.

Pretérito Imperfeito - Expressa um fato ocorrido num momento anterior ao atual, mas que não foi
completamente terminado.

Por exemplo:

Ele estudava as lições quando foi interrompido.

Pretérito Perfeito (simples) - Expressa um fato ocorrido num momento anterior ao atual e que foi
totalmente terminado.

Por exemplo:

Ele estudou as lições ontem à noite.

Pretérito Perfeito (composto) - Expressa um fato que teve início no passado e que pode se
prolongar até o momento atual.

Por exemplo:

Tenho estudado muito para os exames.

Pretérito-Mais-Que-Perfeito - Expressa um fato ocorrido antes de outro fato já terminado.

Por exemplo:

Ele já tinha estudado as lições quando os amigos chegaram. (forma composta)

Ele já estudara as lições quando os amigos chegaram. (forma simples)

Futuro do Presente (simples) - Enuncia um fato que deve ocorrer num tempo vindouro com relação
ao momento atual.

Por exemplo:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
ASPECTO GRAMATICAIS

Ele estudará as lições amanhã.

Futuro do Presente (composto) - Enuncia um fato que deve ocorrer posteriormente a um momento
atual, mas já terminado antes de outro fato futuro.

Por exemplo:

Antes de bater o sinal, os alunos já terão terminado o teste.

Futuro do Pretérito (simples) - Enuncia um fato que pode ocorrer posteriormente a um determinado
fato passado.

Por exemplo:

Se eu tivesse dinheiro, viajaria nas férias.

Futuro do Pretérito (composto) - Enuncia um fato que poderia ter ocorrido posteriormente a um
determinado fato passado.

Por exemplo:

Se eu tivesse ganhado esse dinheiro, teria viajado nas férias.

Tempos Verbais

Os tempos verbais indicam quando ocorre a ação, estado ou fenômeno expressado pelo verbo, em
suma:

Presente - não só indica o momento atual, mas procedimentos regulares ou situações permanentes.

Exemplos:

 Estou aqui!

 Tomo medicamentos.

 O que eu posso fazer se ele é assim?

Passado (Pretérito) - indica momentos anteriores, decorridos ou acabados.

Exemplos:

 Eles fizeram mesmo isso?

 Eu não acreditava no que meus olhos viam.

 Acabei!

Futuro - indica acontecimentos que se realizarão.

Exemplos:

 Ganharei na loteria!

 Dormirei o dia todo se for preciso.

A partir desses três momentos, surgem todos os tempos e modos existentes (Indicativo, Subjuntivo e
Imperativo).

Tempos Do Indicativo

Os tempos do indicativo são: Presente, Pretérito Perfeito, Pretérito Imperfeito, Pretérito mais-que-
perfeito, Futuro do Presente e Futuro do Pretérito.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 7
ASPECTO GRAMATICAIS

Presente

O presente do indicativo exprime uma ação na atualidade.

Exemplo:
Leio o jornal todos os dias pela manhã.

Pretérito Perfeito

O pretérito perfeito exprime uma ação concluída.

Exemplo:
Porém, ontem não li o jornal.

Pretérito Imperfeito

O pretérito imperfeito exprime uma ação anterior ao presente, mas ainda não concluída.

Exemplo:
Antes não lia nenhum tipo de publicação.

Pretérito mais-que-perfeito

O pretérito mais-que-perfeito exprime uma ação anterior a outra já concluída.

Exemplo:
Quando saí para trabalhar, já lera o jornal de hoje.

Esse tempo está em desuso. Em vez dele, utilizamos o pretérito mais-que-perfeitocomposto,


porém embora não seja empregado, é importante conhecer o pretérito mais-que-perfeito.

Exemplo:
Quando saí para trabalhar, já tinha lido o jornal de hoje.

Futuro do Presente

O futuro do presente exprime uma ação que irá se realizar.

Exemplo:
Amanhã lerei o jornal na hora do almoço.

Futuro do Pretérito

O futuro do pretérito exprime uma ação futura em relação a outra já concluída.

Exemplo:
Leria mais se houvera (ou se tivesse havido) tempo.

Tempos do Subjuntivo

Os tempos do subjuntivo são: Presente, Pretérito Imperfeito e Futuro.

Presente

O presente do subjuntivo exprime uma ação na atualidade que é incerta ou duvidosa.

Exemplo:
Que eles leiam!

Pretérito Imperfeito

O pretérito imperfeito exprime um verbo no passado dependente de uma ação também já passada.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 8
ASPECTO GRAMATICAIS

Exemplo:
Se eles lessem estariam informados.

Futuro do Subjuntivo

O futuro do subjuntivo exprime uma ação que irá se realizar dependendo de outra ação futura.

Exemplo:
Quando eles lerem ficarão informados.

Imperativo

O modo imperativo pode ser: Afirmativo ou Negativo.

Afirmativo

O imperativo afirmativo expressa uma ordem na forma positiva.

Exemplo:
Eu estou cansada. Leia ele o relatório.

Negativo

O imperativo negativo expressa uma ordem na forma negativa.

Exemplo:
Precisamos de uma apresentação natural. Não leia ele o trabalho.

Conjugação do Verbo Ler

O verbo ler é um verbo irregular que pertence à 2.ª conjugação. Vejamos sua conjugação em todos
os modos e tempos estudados acima:

 Presente do Indicativo: (Eu) leio, (tu) lês, (ele) lê, (nós) lemos, (vós) ledes, (eles) leem.

 Pretérito Perfeito: (Eu) li, (tu) leste, (ele) leu, (nós) lemos, (vós) lestes, (eles) leram.

 Pretérito Imperfeito do Indicativo: (Eu) lia, (tu) lias, (ele) lia, (nós) líamos, (vós) líeis, (eles) liam.

 Pretérito mais-que-perfeito: (Eu) lera, (tu) leras, (ele) lera, (nós) lêramos, (vós) lêreis, (eles) leram.

 Futuro do Presente: (Eu) lerei, (tu) lerás, (ele) lerá, (nós) leremos, (vós) lereis, (eles) lerão.

 Futuro do Pretérito: (Eu) leria, (tu) lerias, (ele) leria, (nós) leríamos, (vós) leríeis, (eles) leriam.

 Presente do Subjuntivo: (Que eu) leia, (que tu) leias, (que ele) leia, (que nós) leiamos, (que vós)
leiais, (que eles) leiam.

 Pretérito Imperfeito do Subjuntivo: (Se eu) lesse, (se tu) lesses, (se ele) lesse, (se nós) lêssemos,
(se vós) lêsseis, (se eles) lessem.

 Futuro do Subjuntivo: (Quando eu) ler, (quando tu) leres, (quando ele) ler, (quando nós) lermos,
(quando vós) lerdes, (quando eles) lerem.

 Imperativo Afirmativo: Lê tu, leia ele, leiamos nós, lede vós, leiam eles.

 Imperativo Negativo: Não leias tu, não leia ele, não leiamos nós, não leiais vós, não leiam eles.

Observe que nos imperativos afirmativo e negativo a 1.ª pessoa do singular (eu) não é conjugada,
uma vez que não damos ordens a nós próprios.

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 9
VERB TO BE

Verb To Be

Verbo To Be - Presente do Indicativo / Verb To Be - Simple Present/Present Simple

O Simple Present é o equivalente, na língua inglesa, ao Presente do Indicativo, na língua


portuguesa.

- Formas:

Apresentamos a seguir as formas do Simple Present (Presente Simples) do verbo to be. Na 1ª


coluna encontra-se a forma sem contração e, na 2ª, mostramos a forma contraída. A forma
interrogativa não possui contração:

1 - Affirmative Form / Forma Afirmativa:

Forma sem Contração Forma Contraída

I am I'm

You are You're

He is He's

She is She's

It is It's

We are We're

You are You're

They are They're

Examples:

I'm a waiter. (Eu sou garçom.)

They are friends of mine. (Eles são meus amigos.)

She is in the kitchen. (Ela está na cozinha.)

2 - Negative Form / Forma Negativa:

Forma sem Contração Forma Contraída

I am not ---x---

You are not You aren't

He is not He isn't

She is not She isn't

It is not It isn't

We are not We aren't

You are not You aren't

They are not They aren't

Examples:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
VERB TO BE

Mary is not happy. (Mary não está feliz.)

It is not correct. [(Isto) Não está certo.]

3 - Interrogative Form / Forma Interrogativa:

Forma sem Contração Forma Contraída

am I? ---x---

are you? ---x---

is he? ---x---

is she? ---x---

is it? ---x---

are we? ---x---

are you? ---x---

are they? ---x---

Example:

Is she a journalist? (Ela é jornalista?)

Os verbos em inglês são classificados em regulares e irregulares. Segue abaixo uma lista dos mais
usados verbos regulares e irregulares em inglês.

Verbos Regulares No Inglês (Regular Verbs)

Os verbos regulares são aqueles que formam o Pretérito e o Particípio Passado pelo acréscimo de –
ed ou –d.

Verbos Irregulares No Inglês (Irregular Verbs)

Os verbos irregulares no inglês não seguem o padrão de formação dos verbos, uma vez que não
formam o Pretérito e o Particípio Passado pelo acréscimo de –ed ou –d.

Por esse motivo, a melhor maneira se saber os verbos irregulares é memorizando.

Regular and Irregular Verbs

Regular Verbs

Os regular verbs são marcados por serem mais fáceis, já que sua conjugação no past tense ou past
participle é praticamente a mesma para todos os verbos, acrescentando-se apenas um sufixo no final.
Semelhantemente ao português, os regular verbs são aqueles que não sofrem alterações no radical.
São exemplos de regular verbs: play, walk, arrive, stop open, cry, carry, visit, prefer, etc.

Assim, quando flexionamos esses verbos para construir orações no simple past, por exemplo,
colocamos o sufixo “-ed” no final de cada verbo.

Ex: She arrived from Brasília last month. = Ela chegou de Brasília no último mês.
We played soccer yesterday. = Nós jogamos futebol ontem.

Irregular Verbs

Diferentemente dos regular verbs, os irregular verbs são assim chamados exatamente por possuírem
formas diferentes se conjugados no passado. Para muitos, essa é uma das partes mais chatas do

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
VERB TO BE

inglês, pois a única opção que o estudante tem é a de memorizar esses verbos, porém até mesmo os
falantes natos da língua inglesa precisam eventualmente, de um dicionário para auxiliá-los na
conjugação de certos verbos.

Ex: I brought this gift to you. = Eu trouxe esse presente pra você.
I sold an electric guitar. = Eu vendi uma guitarra.

Verbos Irregulares E Verbos Regulares

Qual a diferença entre os verbos irregulares e o verbos regulares em inglês? O que são verbos
regulares? O que são verbos irregulares? Se você tem dúvidas sobre o assunto, leia esta dica.

Para início de conversa anote aí que não há nos livros de gramática uma parte que trate apenas dos
verbos regulares. Por quê? Pelo simples fato deles serem muitos e por não serem difíceis de serem
aprendidos. Ou seja, a maior parte dos verbos em inglês é regular. Mas afinal, o que é um verbo
regular?

Verbos Regulares

Então para fazer o SIMPLE PAST (passado simples) e o PAST PARTICIPLE (Particípio do Passado)
dos verbos regulares em inglês basta acrescentar ED no final do verbo. Mas observe:

Os verbos terminados em “y” precedidos de consoante trocam o “y” por “ied”:

 Study – studied

 Carry – carried

Os verbos terminados em consoante + vogal + consoante, sendo tônica a última sílaba, dobra-se a
consoante e depois recebem “ed”:

 Stop – stopped

 Permit – permitted

 Occur – occurred

Verbos como: develop – developed; listen – listened; open – opened, não tem a sílaba dobrada,
porque a sílaba tônica não é última.

Exemplos de frases no Simple past e Past Participle dos verbos regulares:

 Levi-Strauss invented the blue jeans. (Lévi-Strauss inventou a calça jeans azul)

 The girls and boys danced the rock-and-roll in the fifties. (As meninas e os meninos dançaram rock-
and-roll nos anos cinquenta)

 This is not allowed (Isto não é permitido).

Verbos Irregulares

Mas existem verbos que para fazer o simple past e o past participle não recebem ED no final, e sim
outras terminações, que não seguem uma única regra e há uma lista enorme destes verbos, os quais
são escritos de formas diferentes. Esses são os chamados verbos irregulares.

Exemplo de frases no Simple Past e Past Participle dos verbos irregulares:

 I was at home yesterday. (Eu estive em casa ontem)

 I have been very busy lately (eu tenho ficado muito ocupado ultimamente).

A melhor forma para saber se um verbo é regular ou não é decorando os irregulares. A seguir uma
lista dos mais usados:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
VERB TO BE

Base Form Past Tense Form Past Participle

say said said

make made made

go went gone

take took taken

come came come

see saw seen

know knew known

get got got/gotten (US)

give gave given

find found found

think thought thought

tell told told

become became become

show showed shown

leave left left

feel felt felt

put put put

bring brought brought

begin began begun

keep kept kept

hold held held

write wrote written

stand stood stood

hear heard heard

let let let

mean meant meant

set set set

meet met met

run ran run

pay paid paid

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
VERB TO BE

sit sat sat

speak spoke spoken

lie lay lain

lead led led

read read read

grow grew grown

lose lost lost

fall fell fallen

send sent sent

build built built

understand understood understood

draw drew drawn

break broke broken

spend spent spent

cut cut cut

rise rose risen

drive drove driven

buy bought bought

wear wore worn

choose chose chosen

Verbos em inglês: Simple Present x Simple Past

Continuando o nosso estudo sobre o tempo verbal Simple Past, hoje no blog Inglês no
Teclado veremos mais alguns exemplos de como usá-lo. Vamos apontar alguns erros comuns e
iremos conferir uma comparação entre Simple Present e Simple Past.

É muito comum notarmos pessoas/ alunos que estudam ou praticam de alguma forma o Inglês,
cometendo erros ao expressarem um fato inerente ao passado, usando o passado simples em
Inglês. Como assim?

Simples: como as pessoas possuem dificuldade em usar o tempo verbal Simple Past usam o Simple
Present. São erros muito comuns, dentre eles: Yesterday I buy a red car.

A palavra yesterday presente na frase acima facilita a compreensão, então devemos nos situar no
passado, mais precisamente ao dia anterior (yesterday = ontem).

 verbo to buy: comprar

 red = vermelho (a)

Voltando a mesma frase, temos:

Yesterday I buy a red car = Ontem eu Comprar um Carro Vermelho.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
VERB TO BE

Algo não faz sentido na frase acima. Pois é… é desse tipo de “navalhada” que estou falando.
Portanto, sempre sugiro a todos que memorizem ao menos os principais verbos e suas respectivas
conjugações no passado simples em Inglês. Sabendo que para o verbo to buy a forma no
passado (Past tense form) é bought, a frase correta seria:

Ex: Yesterday I bought a new car.

Agora sim faz sentido! Vejamos mais algumas “navalhadas” comuns ao elaboramos perguntas.
Digamos que desejamos saber se o Paulo foi a uma boate ontem. Compare os dois exemplos abaixo:

Ex: Do you go to the night club yesterday?

: Did you went to the night club yesterday?

Navalhada numéro 1: Nesse caso estamos perguntando algo referente ao passado (e que não tem
mais nada a ver com o momento da nossa fala) e por isso devemos usar o verbo auxiliar did. Do &
Does são usados apenas para questões inerentes ao presente.

Navalhada número 2: Começamos bem, foi utilizado o verbo auxiliar do passado simples em
Inglês. Contudo, confira o verbo em questão (verbo to go).

“O que há de errado? Aprendemos que devemos usar o verbo no passado” Calma lá! Não podemos
nos esquecer que ao realizarmos perguntas utilizando o verbo auxiliar did o verbo deverá estar
sempre no presente, mais precisamente na base form. Ou seja, DID + verbo (no presente).

É que, como vimos anteriormente, o verbo auxiliar “converte”, “joga”, “modifica” o verbo no presente
para a sua forma no passado. Os verbos virão no passado quando NÃO utilizarmos o verbo
auxiliar DID.

Simple Present Presente Simples

Em inglês, o tempo verbal simple present (presente simples) é utilizado para expressar uma
verdade universal, ações habituais, situações e fatos atuais, assim como gosto, sentimentos, desejos,
opiniões e desejos.

 The sky is blue (O céu é azul) – uma verdade universal.

 My brother studies in the morning and works in the afternoon. (Meu irmão estuda de manhã e
trabalha à tarde) – uma ação habitual.

 I go to the store alone every day. (Eu vou à loja sozinha) – uma situação atual.

 I want to have dinner with my father today. (Eu quero jantar com meu pai hoje) – um desejo.

O simple present pode ser formado na afirmativa, negativa e interrogativa seguindo as regras de uso
explicadas abaixo:

Afirmativa: Formado pelo sujeito + verbo principal, sendo que ao ser conjugado na terceira pessoa
do singular precisa do acréscimo das partículas “s”, “ies” ou “es”.

Exemplos:

 She drinks a glass of milk every day. (Ela bebe um copo de leite todos os dias)

 He leaves his office at six o’clock. (Ele deixa o escritório dele às seis horas)

 My brother likes his job very much. (Meu irmão gosta muito do emprego dele)

 They want to buy a lot of magazines. (Eles querem comprar muitas revistas)

 I work in a drugstore. (Eu trabalho em uma farmácia)

 That boy studies a lot. (Aquele garoto estuda muito)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
VERB TO BE

Observação: É interessante verificar cada verbo para saber qual partícula usar na conjugação da
terceira pessoa do singular.

Negativa: Ao formar frases negativas no simple present é necessário acrescentar o verbo auxiliar do
+ not (forma contraída: don’t). E no caso da terceira pessoa do singular utiliza-se does + not (forma
contraída: doesn’t).

Exemplos:

 She doesn’t (does not) eat fruit for dessert. (Ela não come fruta na sobremesa)

 My sister doesn’t (does not) know about the party. (Minha irmã não sabe sobre a festa)

 We don’t (do not) want to eat pie now. (Nós não queremos comer torta agora)

 I don’t (do not) understand what they say. (Eu não entendo o que eles dizem)

 My mother doesn’t (does not) forget your gift. (Minha mãe não esqueceu o seu presente)

 You don’t (do not) need to do your test today. (Você não precisa fazer seu teste hoje)

Interrogativa: Ao formar frases interrogativas no simple present é necessário colocar o auxiliar antes
do sujeito da frase. No caso da terceira pessoa do singular será utilizado o does.

Exemplos:

 Do you take your children to the doctor? (Você leva seus filhos ao médico?)

 Do they know about this? (Eles sabem sobre isso?)

 Does she go to school by bus? (Ela vai à escola de ônibus?)

 What time do you have lunch? (A que horas você almoça?)

 Does she prefer to go by car? (Ela prefere ir de carro?)

 Do you know my boyfriend? (Você conhece meu namorado?)

Com isso, pode-se concluir que o simple present é utilizado, entre outras situações, para expressar
fatos, ações, hábitos cotidianos, desejos e opiniões e deve ser utilizado seguindo algumas regras
básicas que formam esse tempo verbal. A atenção deve-se voltar a terceira pessoa do singular, pois
conjuga-se de uma forma diferente das demais pessoas do singular.

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 7
PRESENT CONTINUOS

Present Continuous

O Present Continuous ou Present Progressive (em português, presente contínuo ou progressivo) é


um tempo verbal usado para indicar ações que ainda estão em progresso no presente.

Além ditsso, ele é empregado para falar sobre situações temporárias, ações contínuas ou que
acabaram de acontecer e continuarão acontecendo.

Por se tratar de situações que ocorrem no momento da fala, geralmente são utilizados os advérbios
de tempo nas frases, por exemplo:

 now (agora);

 at the moment (no momento);

 at present (no presente).

Saiba mais sobre os Advérbios em Inglês.

No português, o Present Continuous Tense (Modo Indicativo do Presente Contínuo) corresponde ao


nosso gerúndio e as terminações: -ando (andando, levando, achando); -endo (comendo, ardendo,
fazendo); e -indo (gerindo, caindo, sorrindo).

Formação do Present Continuous

O Present Continuos é composto por um verbo principal e o verbo auxiliar. Nesse caso, utiliza-se
o verbo to be no simple present (presente simples) como auxiliar e ao verbo principal é acrescido a
terminação –ing.

Ou seja, na construção frasal esse tempo verbal segue esse padrão de formação:

Sujeito + Verbo To Be + Verbo com “-ing” + Complemento

Exemplo: I am watching TV. (Eu estou assistindo TV).

Forma Negativa

Na forma negativa acrescenta-se o "not" depois do verbo to be. Ou seja, a construção das frases
negativas é feita da seguinte forma:

Sujeito + Verbo To Be + Not + Verbo com “-ing” + Complemento

Exemplo: I am not watching TV. (Eu não estou assistindo TV).

Forma Interrogativa

Na forma interrogativa o verbo auxiliar to be aparece no início da frase, sendo realizado da seguinte
maneira:

Verbo To Be + Sujeito + Verbo com “-ing” + Complemento

Exemplo: Am I watching TV? (Eu estou assistindo TV?)

Exemplos (Examples)

 Forma Afirmativa (Affirmative Form): We are studying for the text. (Nós estamos estudando para o
teste).

 Forma Negativa (Negative Form): We are not studying for the text. (Nós não estamos estudando
para o teste).

 Forma Interrrogativa (Interrogative Form): Are we studying for the text? (Vocês estão estudando
para o teste?)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
PRESENT CONTINUOS

Atenção! (Pay Attention!)

Nas frases afirmativas podemos usar as contrações do verbo to be:

I am – I’m
You are – You’re
He is – He’s
She is – She’s
It Is – It’s
You are – You’re
We are – We’are
They are – They’re

Nas frases negativas podemos usar a contração do ―not‖, mas isso não ocorre com o ―am‖ (primeira
pessoa):

I am not
You are not – You aren’t
She is not – She isn’t
He is not – He isn’t
It is not – It isn’t
We are not – We aren’t
You are not – You aren’t
They are not - They aren’t

Obs: Nos textos mais formais (sejam acadêmicos ou científicos) as contrações não são utilizadas.

Regras

Confira abaixo algumas regras para o uso do Present Continuous:

1. Quando o verbo principal é terminado em –e e precedido de consoante, retira-se a vogal e


acrescenta-se o –ing, por exemplo:

 To Dance (dançar) - Dancing

 To Take (pegar, tomar) - Taking

 To Make (fazer) - Making

 To Ride (montar, andar à cavalo) - Riding

 To Come (vir, chegar) - Coming

Exceção: Verbo To Be - being

Atenção! (Pay Attention!)

Não é muito usual usar verbos de estado no present continuous, por exemplo: agree, need, believe,
know, like, etc.

2. Quando o verbo termina com –ie, troca-se essa terminação por –y e acrescenta-se –ing, por
exemplo:

 Die (morrer) – Dying

 Lie (mentir) – Lying

3. Quando o verbo é monossílabo ou dissílabo e segue o padrão de consoante+vogal+consoante


(CVC), duplica-se a última consoante, por exemplo:

 To Swim (nadar) – swimming

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
PRESENT CONTINUOS

 To Travel (viajar) – Travelling

 To Cut (cortar) – Cutting

 To Run (correr) – Running

 To Sit (sentar) – Sitting

Exceção: Nesse caso, não são dobradas as consoantes w e x, por exemplo:

 To Snow (nevar) – Snowing

 To Fix (arrumar) – Fixing

Nessa regra, se a sílaba tônica for a primeira, não se dobra a letra final, acrescentando somente o –
ing, como ocorre nos verbos:

 Open (abrir) – Opening

 Happen (acontecer) – Happening

O presente contínuo deve ser usado para expressar uma situação que está em progresso, ou seja,
uma ação que ainda está acontecendo. Todo nosso ―ando‖, ―endo‖ e ―indo‖ dos verbos em português
devem ser trocados em inglês por ―ing‖.
A construção do presente contínuo deve ser dada segundo a forma:

Sujeito + verbo to be + verbo com “ing” + complemento


She is studying English now. (Ela está estudando inglês agora).

Para a forma negativa, basta acrescentar o ―not‖ após o verbo ―to be‖ (am, is are).

Ex:

He is not playing the electric guitar at this moment. (Ele não está tocando guitarra neste exato
momento).

She is not listening to music. (Ela não está ouvindo música).

They are not helping their mother. (Eles não estão ajudando a mãe deles).

Para elaborar uma frase interrogativa é necessário colocar o verbo ―to be‖ no início da frase:

Is Mariane talking to Bob? (A Mariane está conversando com o Bob?)

Is Susan watching the soap opera? (A Susan está assistindo a novela?)

Are the kids playing on the backyard? (As crianças estão brincando no quintal?)

Obs:

1- Deve-se retirar o ―e‖ dos verbos terminados com essa letra, antes de se acrescentar o ―ing‖.

Ex: to ride (andar)


to dance (dançar)

She is riding a bike now. (Ela está andando de bicicleta agora).

She is dancing ballet. (Ela está dançando balé).

2- Deve-se dobrar a última letra dos verbos monossílabos terminados em CVC (consoante, vogal,
consoante) antes de se acrescentar o ―ing‖.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
PRESENT CONTINUOS

Ex: to swim (nadar)


to put (colocar)

He is swimming on the lake. (Ele está nadando no lago).


She is putting the folders in the drawer. (Ela está colocando as pastas na gaveta).

Funções Do "Present Continuous"

Assim como ocorre com todos os tempos verbais em inglês, a atitude do orador é tão importante
quanto o momento em que ocorre a ação ou evento. Quem utiliza o "present continuous" está se
referindo a algo inconcluído ou incompleto.

O "Present Continuous" É Utilizado:

 para descrever uma ação ocorrendo neste momento: You are using the Internet. You are
studying English grammar.

 para descrever uma tendência ou ação que está acontecendo atualmente: Are you still working for
the same company? More and more peopleare becoming vegetarian.

 para descrever uma ação ou evento futuros que estão planejados ou preparados: We're going on
holiday tomorrow. I'm meeting my boyfriend tonight. Are they visiting you next winter?

 para descrever um evento ou situação temporários: He usually plays the drums, but he's
playing bass guitar tonight. The weather forecast was good, but it's raining at the moment.

 com "always, forever, constantly" para descrever e reforçar uma sucessão de ações repetidas: Harry
and Sally are always arguing! You're constantly complaining about your mother-in-law!

Exceções do present continuous

Como já é de se esperar, nem tudo são flores e sempre existem as exceções às regras. Fique atento
a algumas delas para não errar:

Em verbos que terminam em -e, eliminamos o -e e acrescentamos -ing

Dance – dançar

He is dancing with his girlfriend. – Ele está dançando com a sua namorada.

Ride - andar de/a

They are riding their bikes right now. – Eles estão andando de bicicleta agora.

Em verbos que terminam em consoante + vogal + consoante, dobramos a última letra e


acrescentamos -ing

Run – correr

The dog is running like crazy! – O cachorro está correndo feito doido!

Swim – nadar

She is right there at the pool swimming. – Ela está lá na piscina nadando.

O Present Continuous na Forma Negativa

Usamos a negativa para falar sobre algo que não está acontecendo em um determinado momento.
Para isso, basta acrescentar o not. Podemos também utilizar a forma contraída do verbo to be na
negativa. Veja:

I’m not crying. – Eu não estou chorando.

You aren’t even listening to me. – Você não está nem me escutando.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
PRESENT CONTINUOS

She isn’t helping me with my homework. – Ela não está me ajudando com o dever de casa.

They aren’t talking to each other. – Eles não estão conversando entre eles.

O present Continuous na Forma Interrogativa

Para fazer uma pergunta no present continuous também é muito fácil. Devemos usar a mesma
regrinha que utilizamos para as interrogativas no verb to be. Lembra como é?

Are they cleaning the house? – Eles estão limpando a casa?

Is she complaining again? – Ela está reclamando de novo?

Is he making a cake? – Ele está fazendo um bolo?

Are they waiting for us? – Eles estão esperando pela gente?

Tempo Verbal Em Inglês: Present Continuous

Você já viu por aqui no blog da Englishtown a explicação de verbos com –ing para indicar o futuro.
Porém, o uso de -ing forma uma estrutura muito comum na língua inglesa para indicar uma ação em
progresso ou ações contínuas.

Os verbos, com algumas exceções, indicam uma ação que pode ter
acontecido (passado), acontece(presente), ou que acontecerá (futuro). No caso dos verbos que
indicam uma ação progressiva, esta ação está acontecendo, ela está em andamento. Esse tempo
verbal é conhecido como present continuous.

Para usar esse tempo verbal, é muito simples – basta colocar o “verbo to be” correspondente
(am, is ou are) e acrescentar -ing ao final do verbo principal. Então, temos: verbo to be + verbo com
–ing.

They are studying for the test now.


(Eles estão estudando para a prova agora.)

She is not (isn’t) working at the bar anymore.


(Ela não está mais trabalhando no bar.)

Entendeu como montamos a frase? É fácil. Note também que, para frases negativas, devemos usar
o “not”junto com o verbo to be. Se quiser, você pode fazer as contrações: isn’t e aren’t (só com a
primeira pessoa do singular, I am, que isso não é possível).

Para perguntas com o present continuous, basta seguir a regra básica do inglês: transferir o auxiliar,
nesse caso o ―to be‖, para o início da frase:

Are you writing the letter I asked you?


(Você está escrevendo a carta que pedi?)

Não esqueça que a resposta também deve vir com –ing no verbo:
Yes, I’m writing it (Sim, estou escrevendo.)
Para simplificar, use a short answer: No, I’m not (Não estou).

Apesar de todo o processo ser muito simples, existem algumas exceções que podem causar
confusão quando formos acrescentar o –ing:

1) Verbos que terminam com a letra “e” precedida de consoante: tiramos a última letra antes de
acrescentar –ing.
ride (andar de/montar) – riding
take (pegar) – taking
make (fazer) – making

2) Verbos que terminam com CVC (consoante-vogal-consoante): dobramos a última letra antes
de acrescentar o –ing.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
PRESENT CONTINUOS

swim (nadar) – swimming


cut (cortar) – cutting
run(correr) – running
Observação: Nos EUA, essa regra só é verdade para verbos cuja última sílaba é a tônica (a mais
forte). Ou seja, travel vira traveling em inglês americano e travelling em inglês britânico.

3) Verbos que terminam com ie: troca-se o –ie por –y e acrescenta-se –ing.
die (morrer) – dying
lie (mentir) – lying

Antes de finalizarmos, é importante mostrar que, por se tratar de um tempo verbal, existem
expressões de tempo que ajudam a construir uma sentença no present continuous. Advérbios
como “now (agora) e “currently” (atualmente) indicam que algo está acontecendo no presente,
portanto, são bons complementos para a sua frase. Outras expressões que também podem ser
usadas são: at the moment (no momento) e right now (agora mesmo).

Forma Negativa.

É muito simples formar o present continuous na forma negativa, para isto basta adicionar o not entre
o verbo to be e o verbo principal.

Formação = be + not + verbo + ing

Veja os exemplos abaixo

She is not lying to you. She is telling the truth.


Ela não está mentindo para você ela está contando a verdade.
I am not cleaning the house. I am washing my hair.
Eu não estou limpando a casa. Eu estou lavando o meu cabelo.
You are not doing your homework.
Você não está fazendo o seu dever de casa.

Claro, se você quiser também pode usar as contrações: I'm not, You aren't, He/she/it isn't, We aren't,
They aren't.

Forma Interrogativa.

Na forma interrogativa basta inverter o sujeito com o verbo to be. Conforme os exemplos citados
abaixo.

Formação = be + sujeito + verbo + ing.

Am I doing this exercise right?


Estou fazendo este exercício certo?
Is she driving well?
Ela está dirigindo bem?
Are we waiting for somebody to join?
Nós estamos esperando alguem para chegar?

Simple Present (ou Present Simple)

O Simple Present é um dos tempos verbais mais fáceis de todo inglês. Ele equivale ao nosso
Presente do modo indicativo. Vamos começar estudando a estrutura, ou seja, a formação da
conjugação de um verbo no Simple Present.

 Formação

Para conjugar um verbo no Simple Present, o processo é muito simples. Vamos partir de um verbo no
infinitivo, por exemplo: to like (=gostar)

Para conjuga-lo no Simple Present, devemos apenas remover o ―to‖. Exatamente! A estrutura do
verbo vai continuar igual, ou seja, ―like‖. A única mudança que vamos ter é na terceira pessoa do

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
PRESENT CONTINUOS

singular (he, she, it). Para ela, teremos que acrescentar um ―s‖ no fim do verbo. Então, a conjugação
do verbo to like no Simple Present seria assim:

I like

You like

He/she/it likes **

We like

You like

They like

Simples não é? Só não se esqueça da mudança que acontece na terceira pessoa do singular! Agora
que já sabemos como é a formação do Simple Present, como usamos ele?

 Uso

Como dito antes, o uso do Simple Present é muito parecido com o Presente do modo indicativo no
português. Então, de forma geral, usamos o Simple Present para expressar:

1. Habitualidade, Coisas do Dia a Dia

I study all the time (= eu estudo o tempo todo)

She usually gets up at six (= ela geralmente se levanta as seis)

We never stay home on Saturdays (= nós nunca ficamos em casa no sábados)

2. Verdades Universais, Fatos Verdadeiros

If you heat water to 100 degrees celsius, it boils (= se você esquentar a agua a 100 graus Celsius,
ela ferve)

The sun rises in the east (= o sol nasce no leste)

Water consists of hydrogen and oxygen (= a água consiste em hidrogênio e oxigênio)

3. Situações Que São Verdade Nas Circunstâncias Atuais

He starts his new job tomorrow (= ele começa seu emprego novo amanhã)

Sally works at Google (= Sally trabalha na Google)

Your plane takes off tomorrow at 9 pm (= seu avião decola amanha às nove da noite)

Simples, não é? Agora, como você faria para negar uma frase ou fazer uma pergunta com o Simple
Present? Para fazer isso, vamos precisar de uma ajuda, de um verbo auxiliar: o verbo TO DO.

 O Verbo Auxiliar

Para negar e fazer perguntas no Simple Present, vamos precisar da ajuda do verbo ―to do‖, que
nesse caso vamos chamar de verbo auxiliar. Para negar uma frase, por exemplo, vamos precisar
colocar o ―not‖ nela. É ai que o verbo ―to do‖ aparece. Olhe o exemplo:

I like chocolate (= eu gosto de chocolate)

I don’t like chocolate (= eu não gosto de chocolate)

*don’t é a união de ―do + not‖.

Agora, olhe o que acontece quando negamos uma frase na terceira pessoa do singular:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 7
PRESENT CONTINUOS

She likes chocolate (= ela gosta de chocolate)

She doesn’t like chocolate (= ela não gosta de chocolate)

* doesn’t é a união de ―does + not‖

Com isso, aprendemos duas coisas sobre o uso do verbo auxiliar no Simple Present:

1. Quando Usamos Ele, Temos Que Conjuga-Lo No Simple Present. Assim:

I do

You do

He/She/ It does **

We do

You do

They do

2. Quando Usamos Ele, O Verbo Principal Da Nossa Frase Fica No Infinitivo. É O Auxiliar Que
Assume A Conjugação Do Simple Present

Ex: she likes —> She doesn’t like

Esses detalhes são essenciais para você não errar no Simple Present. Então fique atento para o uso
adequado dos auxiliares.

Agora que já vimos o Simple Present, está na hora de ver o outro tempo verbal: o Present Continuous

Present Continuous (ou Present Progressive)

O Present Continuous, que também pode ser chamado de Present Progressive, será a união da
dimensão temporal presente com o tempo verbal Continuous. A primeira tarefa, então, é entender a
estrutura desse tempo verbal.

 Formação

Observe as frases abaixo:

I am studying right now (= eu estou estudando agora)

She can’t go. She is working (= ela não pode ir. Ela está trabalhando)

We are cooking dinner (= nós estamos fazendo o jantar)

Olhando para os exemplos, você pode perceber que os verbos grifados parecem ter duas partes.
Justamente! As Continuous Tenses são formadas por um verbo auxiliar e um verbo principal:

Como você pode observar, o verbo auxiliar na Continuous Tense vai ser o verbo ―to be‖. E como esse
verbo ―to be‖está? Conjugado no presente (am, is, are)! Por isso chamamos isso de Present
Continuous. Ok, e o verbo principal? Nele colocamos o sufixo -ING. Então essa será a formação
do Present Continuous:

Agora que já sabemos como formar esse tempo verbal, vamos entender do seu uso

 Uso

A ideia das Continuous Tenses é indicar uma ação que tem continuidade, que está em progresso.
Então, de forma geral, usamos o Present Continuous para expressar:

1. Uma Ação Que Está Acontecendo No Momento Da Fala

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 8
PRESENT CONTINUOS

The students are talking to the teacher at this moment (= os alunos estão falando com o professor
nesse momento)

The boy is playing in the backyard right now (= o menino está brincando no quintal agora)

Please, quiet! The baby is sleeping (= por favor, silêncio! O bebê está dormindo)

2. Um Fato Que Está Em Progresso Nas Atuais Circunstâncias

Mary is working at IBM (= Mary está trabalhando na IBM)

The children are growing quickly (= as crianças estão crescendo rápido)

Your English is improving (= seu inglês está melhorando)

3. Algo Que Foi Planejado E Que Ocorrerá No Futuro

What are you doing next week? (= o que você vai fazer semana que vem?)

I am traveling to Italy next year (= eu vou viajar para Itália ano que vem)

We are having dinner together tonight (= nós vamos jantar juntos hoje a noite)

Agora que já sabemos como conjugar um verbo na Present Continuous Tense e como usar esse
tempo verbal, precisamos falar sobre os Nonprogressive Verbs.

– Non-Progressive Verbs Ou Stative Verbs

Os Nonprogressive Verbs (também chamados de Stative Verbs) são verbos que não expressam um
movimento. Eles geralmente se referem a:

 estados mentais (ex: know, believe, think);

 estados emocionais (ex: love, hate, fear) e

 sentidos (ex: see, smell, hear)

Já que esses verbos não expressam um movimento, eles não podem ser usados nas Continuous
Tenses. Olhe o exemplo abaixo. Aqui vamos fazer uma frase com o verbo ―to see‖ (= ver), ou seja,
um verbo que expressa um sentido:

I am seeing a car coming by (incorreto)

I see a car coming by (correto)

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 9
PAST CONTINUOS

Past Continuos

Past Continuous ou Past Progressive (Passado Contínuo ou Progressivo) é um tempo


verbal utilizado para indicar ações que estavam ocorrendo em determinado momento do
passado.

Além disso, ele é usado quando duas ou mais ações estavam em progresso ao mesmo tempo no
passado. Nesse caso, é muito comum o uso do “while” (enquanto).

Algumas expressões de tempo mais utilizadas são: “yesterday” (ontem); last night (ontem à noite);
last year (ano passado); last month (mês passado); etc.

Quando indica uma ação habitual que ocorria no passado, geralmente emprega-se advérbios de
frequência, por exemplo:

 constantly (constantemente);

 often (frequentemente);

 rarely (raramente);

 occassionally (ocasionalmente);

 weekly (semanalmente);

 monthly (mensalmente);

 yearly (anualmente).

Formação Do Past Continuous: Regras

O past continuous é formado pela união do verbo auxilar to be conjugado no simple past (passado
simples) + -ing acrescido ao verbo principal.

Verbo To Be

Uma vez que o verbo to be é o auxiliar do past continuous, relembre sua conjugação no simple past:

I was
You were
He/She/It was
We were
You were
They were

Forma Afirmativa (Affirmative Form)

Para as frases afirmativas no past continuous a forma correta de construção frasal é:

Sujeito + Verbo To Be no Simple Past + Verbo Principal com –ing + Complemento

Exemplo: She was going in my home (Ela estava indo na minha casa)

Forma Negativa (Negative Form)

Para as frases negativas utiliza-se o "not" após o verbo to be, sendo sua formação:

Sujeito + Verbo To Be no Simple Past + Not + Verbo Principal com –ing + Complemento

Exemplo: She was not going in my home. (Ela não estava indo na minha casa)

Atenção! (Pay Attention!)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
PAST CONTINUOS

Na forma negativa o verbo to be pode aparecer na forma contraída:

I wasn’t
You weren’t
He/She/It wasn’t
We weren’t
You weren’t
They weren’t

Forma Interrogativa (Interrogative Form)

Na formação das frases interrogativas, utiliza-se a seguinte construção frasal:

Verbo To Be no Simple Past + Sujeito + Verbo Principal com –ing + Complemento

Exemplo: Was she going in my home? (Ela estava indo na minha casa?)

Simple Past X Past Continuous

Há diferença nos usos do simple past e do past continuous o que causa confusão nos aprendizes da
língua inglesa. Confira abaixo as diferenças:

Simple Past: O passado simples expressa ações ou fatos que já aconteceram no passado. Nas
frases afirmativas ele não utiliza o verbo auxiliar.

No entanto, o “do” é empregado como verbo auxiliar nas frases negativas e interrogativas. Além
disso, nos verbos principais regulares acrescenta-se –d, –ed ou –ied.

Exemplos:

Affirmative Form:I liked your new hair. (Eu gostei do seu cabelo novo)
Negative Form: I did not like your new hair. (Eu não gostei do seu cabelo novo)
Interrogative Form: Did I like your new hair? (Eu gostei do seu cabelo novo?)

Past Continuous: o passado contínuo ou progressivo expressa uma ou mais ações que estavam
ocorrendo no passado.

Sua formação é sempre feita com o verbo auxiliar to be conjugado no simple past, seja nas frases
afirmativas, negativas ou interrogativas.

Past Continuous

O passado contínuo é usado para se referir a uma situação que estava em andamento em um
determinado momento do passado. A construção do passado contínuo deve ser dada segundo a
forma:

Sujeito + verbo “to be” no passado (was/were) + verbo com “ing” + complemento.

She was working yesterday night. (Ela estava trabalhando ontem à noite).
He was working at the college. (Ele estava trabalhando na universidade).
The dog was barking a lot yesterday night. (O cachorro estava latindo muito noite passada).

Para a forma negativa, basta acrescentar o “not” após o passado do verbo “to be”(was/were):

They were not studying when I arrived home. (Eles não estavam estudando quando eu cheguei em
casa).
I was not traveling last week. (Eu não estava viajando semana passada).
We were not playing cards during the class. (Nós não estávamos jogando baralho durante a aula).

Para elaborar uma frase interrogativa é necessário colocar o passado do verbo “to be” (was/were) no
início da frase:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
PAST CONTINUOS

Was Lisa copying Marianne’s exercises? (A Lisa estava copiando os exercícios da Marianne?)
Was Bob riding a horse with his friends on the farm yesterday? (O Bob estava andando a cavalo com
seus amigos na fazenda ontem?)
Were you two dancing during the P.E. class yesterday? (Vocês dois estavam dançando durante a
aula de Educação Física ontem?)

Se surgir alguma dúvida quanto ao uso do verbo “to be” no passado, basta consultar a tabela abaixo:

Personal pronouns Verbo “to be” no presente Verbo “to be” no passado
(Pronomes Pessoais)

I am was

You are were

He is was

She is was

It is was

We are were

You are were

They are were

O passado contínuo, assim como no português, é um tempo verbal que indica uma ação que
aconteceu em um determinado período no passado.

As frases que estão no past continuous são formadas por: sujeito + verbo to be (que no passado é:
was/were) + o gerúndio do verbo principal + complemento.

Lembrando que o “was” é sempre usado quando o sujeito é: I / he / she / it. Já o “were” se refere
a: you / we / they. O tempo verbal pode se apresentar em frases interrogativas, afirmativas e
negativas. Aprenda mais sobre o past coninuous.

Passado contínuo – past continuous

Frases Afirmativas

Sujeito + verbo to be + verbo com o ing + complemento.

Exemplo:

-He was working last week


Ele estava trabalhando na semana passada

-We were going to school


Nós estávamos indo para a escola

Frases Negativas

Sujeito + verbo to be + not+ verbo com o ing + complemento.

(O “not” pode aparecer abreviado nas formas: wasn’t / weren’t.

–She wasn’t at home yesterday


Ela não estava em casa ontem

-They weren’t happy with each other


Eles não estavam felizes um com o outro

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
PAST CONTINUOS

Frases Interrogativas

Verbo “to be” no passado (was/were) + sujeito + verbo com “ing” + complemento da oração

–Was he writing a story with his friends?


Ele estava escrevendo uma história com seus amigos?

-Were he dancing at the disco?


Ele estava dançando na discoteca?

Quando Devemos usar o Past Continuous?

O past continuous deve ser utilizado para se referir a uma ação que estava em andamento no
passado. Por exemplo, quando queremos falar coisas como:

Ela estava trabalhando ontem.

Eu estava jogando no fim de semana.

Eles estavam conversando no restaurante.

Para escrever essas frases em inglês, basta utilizar was ou were e o verbo terminado em –ing. Veja
como fica:

She was working yesterday. - Ela estava trabalhando ontem.

I was playing on the weekend. - Eu estava jogando no final de semana.

They were talking at the restaurant. - Eles estavam conversando no restaurante.

Não sabe como usar was e were? Confira nosso post sobre o assunto!

Quer mais exemplos? Veja só:

She was eating a pancake the last time I met her. – Ela estava comendo uma panqueca a última
vez que a encontrei.

They were playing Call of Duty. – Eles estavam jogando Call of Duty.

It was snowing last Thursday. – Estava nevando na última quinta-feira.

You were dancing so well yesterday! – Você estava dançando tão bem ontem!

Forma interrogativa

Para utilizar a forma interrogativa do past continuous, basta trocar a posição do was ou were. Veja só:

Was she working yesterday? – Ela estava trabalhando ontem?

Were you sleeping? – Você estava dormindo?

Was it raining there? – Estava chovendo lá?

Were they coming when you spoke with them? – Eles estavam vindo quando você falou com eles?

What was she filming yesterday? – O que ela estava filmando ontem?

Was my dad fixing my door last night? – Meu pai estava consertando a minha porta na noite
passada?

Was my mom looking beautiful on that dress? – Minha mãe estava bonita naquele vestido?

Forma Negativa

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
PAST CONTINUOS

Para utilizar a forma negativa do past continuous, você deve adicionar not após o was ou were. Veja:

I was not sleeping. – Eu não estava dormindo.

She was not working yesterday. – Ela não estava trabalhando ontem.

It was not raining there. – Não estava chovendo lá.

They were not at home at 5 pm. - Eles não estavam em casa às 5 da tarde.

We were not at home when the storm started. - Nós não estávamos em casa quando a tempestade
começou.

They were not prepared for the test. - Eles não estavam preparados para a prova.

Agora que você já aprendeu a utilizar o past continuous, que tal aprender um pouco sobre o simple
future?

Funções Do "Past Continuous"

O tempo verbal "past continuous" descreve ações ou eventos ocorridos em um período anterior ao
presente, os quais começaram no passado e que ainda estão ocorrendo no momento da fala. Em
outras palavras, ele expressa uma ação incompleta ou não concluída no passado.

Esse Tempo É Utilizado:

 Com frequência, para descrever o contexto de uma história escrita no passado. Ex.: "The sun was
shining and the birds were singing as the elephant came out of the jungle. The other animals were
relaxing in the shade of the trees, but the elephant moved very quickly. She was looking for her
baby, and she didn't notice the hunter who was watching her through his binoculars. When the shot
rang out, she was running towards the river...".

 Para descrever uma ação incompleta que foi interrompida por outra ação ou evento. Ex.: "I was
having a beautiful dream when the alarm clock rang".

 Para indicar uma mudança de opinião. Ex.: "I was going to spend the day at the beach but I've
decided to get my homework done instead".

 Junto ao termo "wonder", quando se deseja fazer um pedido muito educado. Ex.: "I was
wondering if you could baby-sit for me tonight".

O Past Continuous deve ser usado quando desejamos expressar uma ação que ocorreu durante um
período no passado.

Para formarmos o Past Continuous, devemos usar o verbo to be no passado como verbo auxiliar,
seguido de verbo principal acrescentado de ing, assim como no present continuous.

Compare Os Exemplos:

I am reading now. Eu estou lendo agora.


I was reading yesterday from 5 to 6 pm. Eu estava lendo ontem das 5 às 6 da tarde.

Veja A Estrutura Da Mesma Frase:

I was reading yesterday from 5 to 6 pm.


WAS = Verbo to be como auxiliar
READING = Verbo principal com ING
FROM 5 TO 6 PM. = Período passado

Veja Como O Past Continuous Funciona Para Todas As Pessoas:

Inglês / Português

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
PAST CONTINUOS

I was Reading / Eu estive lendo


You were reading / Você estava lendo
He was reading / Ele estava lendo
She was reading / Ela estava lendo
We were reading / Nós estávamos lendo
You were reading / Vocês estavam lendo
They were Reading / Eles estavam lendo

Forma Interrogativa e Negativa

Para a frase interrogativa, inverta o verbo to be com o sujeito e para a frase negativa, adicione a
negação ao verbo to be. Veja o exemplo abaixo:

He was working. Ele estava trabalhando. (afirmativa)


Was he working? Ele estava trabalhando? (interrogativa)
He wasn’t working. Ele não estava trabalhando. (negativa)

Interrogativa / Negativa
Was I reading? / I wasn’t reading.
Were you reading? / You weren’t reading.
Was he reading? / He wasn’t reading.
Was she reading? / She wasn’t reading.
Was it reading? / It wasn’t reading.
Were we reading? / We weren’t reading.
Were you reading? / You weren’t reading.
Were they reading? / They weren’t reading.

No Past Continuous (Past Progressive) ou Passado Contínuo utiliza-se o Verbo TO BE conjugado


no passado simples + verbo principal + ing (que indica o gerúndio). As regras de ortografia para
verbos no gerúndio são as mesmas que podem ser encontradas na página relativa ao presente
contínuo.

O Past Continuous (Past Progressive) ou Passado Contínuo em Inglês é um tempo verbal usado
para expressar ações e situações que estavam ocorrendo em determinado momento no passado.
Esse evento pode ter começado antes do momento que foi relatado no passado e ter continuado,
porém o Past Continuous (Past Progressive) ou Passado Contínuo não indica que o evento ainda
esteja acontecendo no presente. Ex: I was taking a shower. (significado: Eu estava tomando um
banho de chuveiro. Essa frase indica que a pessoa em questão estava tomando um banho de
chuveiro, mas já terminou.)

Veja no quadro abaixo exemplos de frases noPast Continuous (Past Progressive) ou Passado
Contínuo. Observe que é comum a utilização de expressões de tempo como: when, while, before ou
outra expressão de tempo que indique passado.

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
PRESENT PERFECT

Present Perfect and Past Prefect

Qual a diferença entre os tempos verbais Present Perfect e Past Perfect? Quando usar um ou
outro? Será que há diferenças? Posso usar um no lugar do outro? Se você é daqueles que tem
dúvidas sobre Present Perfect e Past Perfect, continue lendo esta dica.

De forma resumida, os temas abordados aqui são:

 A formação do Present Perfect

 A formação do Past Perfect

 Quando usar o Present Perfect

 Quando usar o Past Perfect

 A diferença de “I had studied English for 10 years” e “I have studied English for 10 years”

 A importância de observar o contexto ao aprender uma língua

Para começarmos, saiba que Present Perfect e Past Perfect têm os momentos certos para serem
usados. Mas, antes de falarmos sobre usos, aprenda a diferença da formação de cada um deles.

O Present Perfect é formado com o verbo have no presente (have ou has) seguido por um verbo no
partícipio passado:

 I have worked there for years.

 We have helped them since they got here.

 She has lived here since she was a kid.

 He has studied English for 2 years now.

Já o Past Perfect é formado com o verbo have no passado (had) seguido por um verbo no partícipio
passado:

 I had worked there.

 They had helped us.

 She had lived here.

 He had studied English.

No que diz respeito à formação do Present Perfect e Past Perfect não há muita confusão. Afinal,
basta prestar atenção ao verbo “have”. Se ele estiver no presente – have ou has – a sentença estará
no Present Perfect. Se estiver no passado – had – a setença estará no Past Perfect.

A dúvida maior é quando usar Present Perfect e Past Perfect?

O Present Perfect é um tempo verbal com vários usos. Infelizmente, na língua portuguesa, nem
sempre encontramos um equivalente exato para ele. Logo, a melhor maneira para aprender a usar o
Present Perfect é usando a língua inglesa. Você vai falar coisas erradas; mas, se for esperto e
observador com o tempo aprenderá o jeito certo e passará a usá-lo naturalmente.

Present Perfect

O Present Perfect é usado para falar sobre uma ação que aconteceu em um tempo indeterminado.
Por exemplo:

I have been to Lithuania.


(Eu já estive na Lituânia)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
PRESENT PERFECT

Em esta frase falamos dum acontecimento passado mas sem especificar o momento ou a duração
dele.

Past Perfect

O Past Perfect é usado quando queremos expressar uma ação que aconteceu antes que outra no
passado. Em português seria equivalente ao Mais-que-perfeito Composto do indicativo. Parece
complicado, não é? Não se preocupe, é mais fácil do que parece: Por exemplo:

I did not have any money because I had lost my wallet.


(Eu não tinha dinheiro porque tinha perdido a carteira)

Como podemos deduzir pela frase, a ação de perder a carteira aconteceu antes da ação de não ter
dinheiro, embora as duas tenham acontecido no passado.

Também, contrariamente ao Present Perfect, podemos usar advérbios de tempo específicos com o
Past Perfect, por exemplo:

He had visited her friends in London once, in 2003, before she moved in with them two years later.
(Ele tinha visitado seus amigos em Londres uma vez, em 2003, antes de ela se ter mudado com eles
dois anos depois.)

O Past Perfect descreve uma ação passada anterior a outra ação também passada:

Ex.: When you arrived, I had finished my lunch. (Quando você chegou, eu tinha terminado meu
almoço.)

Afirmativa:sujeito+had+verbo no particípio passado. Ex.: They had gone away. Negativa:He had not
dug in the right place. Interrogativa:Had she left home?

O Present Perfect descreve uma ação iniciada no passado e que continua no presente ou, pelo
menos, cujos efeitos continuam sendo observados:

Ex.: That decision has changed his life. (Aquela decisão mudou a vida dele.) A decisão mudou e vai
continuar a mudar a vida dele.

O presente perfeito é marcado pela forma:

Sujeito + have/has + verbo principal no particípio + complemento.


Susan has been to England. (Susan esteve na Inglaterra).

O presente perfeito pode ser usado para indicar:

1- Ações Que Começaram No Passado E Continuam Até O Presente.

She has worked at the hospital since April. (Ela trabalha/ tem trabalhado no hospital desde abril).
I have exercised at the gym lately. (Eu tenho me exercitado na academia ultimamente).
They have organized their wedding. (Eles têm organizado o casamento deles).

2- Ações Que Ocorreram Em Um Tempo Não Determinado (Indefinido) No Passado.

I have been to the U.S.A. (Eu estive nos E.U.A.)


She has traveled to England. (Ela viajou para a Inglaterra).
You have made a delicious apple pie. (Você fez uma torta de maçã deliciosa).

3- Ações Que Acabaram De Acontecer.

They have just left. (Eles acabaram de sair).


Jane has just made the lunch. (Jane acabou de preparar o almoço).
I have just done the dishes. (Acabei de lavar a louça).

Para as frases negativas, basta acrescentar o “not” após “have/has”. E nas frases interrogativas,
basta colocar o “have/has” no início da frase.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
PRESENT PERFECT

Negativa Interrogativa

I have not / I haven’t Have I …?

You have not / you haven’t Have you…?

He has not / he hasn’t Has he…?

She has not / she hasn’t Has she…?

It has not / it hasn’t Has it…?

We have not / we haven’t Have we…?

You have not / you haven’t Have you…?

They have not / they haven’t Have they…?

Ex.: She hasn’t organized the house. (Ela não organizou a casa).
They haven’t painted their house yet. (Eles ainda não pintaram a casa deles).

Has she called Susan? (Ela ligou para a Susan?).


Has he watched a lot of movies? (Ele assistiu a muitos filmes?)

O Past Perfect é formado pelo verbo auxiliar to have (had) conjugado no simple past(passado
simples) + past participle (particípio passado) do verbo principal.

Atenção! (Pay Attention!)

Os verbos regulares no particípio passado são formados pelo acréscimo de –d, –ed ou –ied.

Já os verbos irregulares não seguem essa formação, sendo necessário consultar uma tabela, uma
vez que modificam sua forma

Forma Afirmativa (Affirmative Form)

As frases afirmativas no past perfect simple são formadas da seguinte maneira:

Sujeito + verbo to have no simple past (had) + verbo principal no past participle +
complemento

Exemplo: You had changed your clothes before the end of the party. (Você tinha mudado suas roupas
antes do final da festa).

Forma Negativa (Negative Form)

Nas frases negativas é necessário acrescentar-se o “not” após o verbo auxiliar:

Sujeito + verbo to have no simple past (had) + not + verbo principal no past participle +
complemento

Exemplo: You had not changed your clothes before the end of the party. (Você não tinha mudado
suas roupas antes do final da festa)

Obs: O verbo auxiliar "have" e o "not" podem surgir na forma contraída:

had + not = hadn't

Forma Interrogativa (Interrogative Form)

Para fazer perguntas no past perfect simple o verbo auxiliar aparece no início da frase, antes do
sujeito:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
PRESENT PERFECT

Verbo to have no simple past + sujeito + verbo principal no past participle + complemento

Exemplo: Had you changed your clothes before the end of the party? (Você tinha mudado suas
roupas antes do fim da festa?)

Quando Usamos O Present Perfect?

O Present Perfect pode ser muito confuso para o estudante de inglês e é sempre alvo de muitas
dúvidas como: Quando realmente usá-lo? Qual a diferença entre o Present Perfect e o Simple Past?

Então Aí Vão Algumas Dicas:

O Present Perfect é formado pelo verbo have/has e o particípio passado de um verbo.

Forma Afirmativa - I have read that book.


Forma Negativa - I have not read that book / I haven´t read that book
Forma Interrogativa - Have you read that book?
Este tempo verbal é chamado Present Perfect porque expressa um ação que ocorreu no
passado, mas que sempre tem um conexão com o presente.

Usamos O Present Perfect Para Falar De :

 Uma experiência

 Uma ação que começou no passado e continua no presente

 Uma ação que aconteceu no passado, porém tem um resultado no presente, uma forte
conexão com o presente.

 Uma mudança ou nova informação

Experiência

Usamos o Present Perfect para descrever uma experiência. É como dizer, “Eu tive a experiência
de…”.

 I have been to Paris. (Eu estive em Paris. – Eu tive a experiência de ir a Paris.).

 I have eaten Marrocan food. – (Eu tive a experiência de comer comida marroquina.).

 Você também pode usar o Present Perfect para dizer que nunca teve uma determinada experiência.

 I have never been to Paris. (Eu nunca estive em Paris.)

 I have never eaten Marrocan food. (Eu nunca comi comida marroquina.)

Usamos O Present Perfect Para Dizer Que Algo Que Começou No Passado E Continua Até
O Presente.

 I have lived in Los Angeles for two years. (Mudei para Los Angeles há dois anos e continuo morando
em Los Angeles.)

 We have been friends since college. (Nos conhecemos na faculdade, ainda somos amigos.)

 I have had a cold for two weeks. (Estou gripado há duas semanas.).

 Ana has been at work since 6:00am. (Ana está no trabalho desde às seis da manhã)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
PRESENT PERFECT

Usamos O Presente Perfect Para Expressar Uma Ação Que Aconteceu No Passado, Porém
Tem Um Resultado No Presente.

 I have lost my keys. (Perdi as chaves de casa. Não estou com elas agora, portanto não posso entrar
em casa.)

 She has hurt her leg. (Ela machucou a perna, então não vai poder jogar tênis hoje.)

 They have missed the bus. (Eles perderam o ônibus, por isso vão chegar atrasados.)

 Ow! I have cut my finger.(Cortei meu dedo.Meu dedo está sangrando.)

Também Usamos O Present Perfect Para Falar De Uma Mudança Ou De Uma Nova Informação.

 I have bought a car. (Eu comprei um carro.Semana passada eu não tinha um carro, agora tenho).

 She has had a baby girl.(Ela estava grávida, a filha dela nasceu.)

 The value of the dollar has risen in recent weeks.( Houve um aumento recente no valor do dolar.)

No Present Perfect o tempo exato em que a ação ocorreu não é importante, então não podemos usar
expressões de tempo como: yesterday, one year ago, last week,etc.Porém é muito comum usar-se
expressões como: ever, never, once, already, yet, for, since etc.

Exemplos:

Ever: alguma vez na sua vida. Have you ever driven a Ferrari? (Você já dirigiu uma Ferrari.).
Just: quando a ação acabou de acontecer. Are you hungry ? No, I have just had lunch.-(Você está
com fome? Não. Eu acabei de almoçar.)
Never: nunca. I have never eaten caviar. (Eu nunca comi caviar.)
Yet:1. Já (em perguntas) Have you cooked dinner yet? Você já fez o jantar?

2. Ainda (em frases negativas) I haven`t cleaned my room yet. (Eu ainda não limpei meu quarto.)

Already: (em frases afirmativas). I have already done laundry.(Eu já lavei a roupa.)
Since: desde – My English has really improved since I moved to Australia.(Meu inglês melhorou muito
desde que mudei para Australia.)
For: por, há, faz – She has not seen her friends for a long time.(Ela não vê seus amigos há muito
tempo.)

Agora Preste Atenção Nestas Duas Frases.

 I lived in New York for two years.

 I have lived in New York for two years.

A primeira frase está no Simple Past , morei em Nova York por dois anos, não moro mais.
A segunda frase está no Present Perfect, mudei para Nova York há dois anos e continuo morando lá.

Forma Do Verbo

O present perfect é formado pelo verbo auxiliar have/has e o verbo principal na forma
nominal particípio (verbos regulares terminados em ed, como walked, e verbos irregulares de acordo
com seu formato específico, como written). Esse tempo verbal tem várias formas de utilização, cada
uma com sua regra.

Formas de Utilização do Present Perfect

Período Não Específico Antes Do Presente

Utilizamos o present perfect para indicar uma ação que ocorreu no período entre o passado e o
agora. Nesse casso, o período exato não é relevante ou é desconhecido. Por isso, o present

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
PRESENT PERFECT

perfect pode ser utilizado com as expressões: before (antes), so far (até agora), many times (muitas
vezes), never (nunca), etc.

Exemplos:

I Have Seen This Show Many Times. (Eu Vi Esse Show Muitas Vezes)

Past Perfect

O past perfect é usado para expressar uma ação que ocorreu no passado antes de uma outra
ação ter ocorrido. Esse tempo verbal é marcado pela forma:

Sujeito + had + verbo principal no particípio passado + complemento The movie had already started
when I got home yesterday. (O filme já tinha começado quando eu cheguei em casa ontem).

Para a forma negativa basta acrescentar o “not” após o “had”; e para as frases interrogativas, inverter
o “had”, colocando-o no início da frase, conforme a tabela abaixo:

Negativa Interrogativa

I had not / I hadn’t Had I…?

You had not / you hadn’t Had you …?

He had not / he hadn’t Had he…?

She had not / she hadn’t Had she…?

It had not / it hadn’t Had it…?

We had not / we hadn’t Had we…?

You had not / you hadn’t Had you…?

They had not / they hadn’t Had they…?

Ex.:

I hadn’t cleaned my bedroom when my mother arrived home this weekend. (Eu não tinha limpado meu
quarto quando minha mãe chegou em casa nesse final de semana).
The game hadn’t started when we got to the stadium. (O jogo não tinha começado quando nós
chegamos ao estádio).
She hadn’t made the dinner when the guests arrived. (Ela não tinha feito o jantar quando os
convidados chegaram).

Had you danced before the end of the party? (Você tinha dançado antes do fim da festa?).
Had they sent all the invitations before the wedding? (Eles tinham enviado todos os convites antes do
casamento?).
Had the play already started when you got to the theater yesterday? (A peça já tinha começado
quando vocês chegaram ao teatro ontem?).

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
PRESENT PERFECT CONTINUO

Present Prefect Continuo

O Present Perfect Continuous or Progressive (Presente Perfeito Contínuo ou Progressivo) é um


tempo verbal do inglês que expressa ações contínuas desde o passado até o presente.

Ou seja, ele indica ações que ainda estão inacabadas e que terminaram há pouco tempo.

Formação Do Present Perfect Continuous

O Present Perfect Continuous é formado pelo verbo to have (have / has) conjugado no simple
present (presente simples) + o verbo to be conjugado no present perfect (presente perfeito) + o
gerúndio (-ing) do verbo principal.

Forma Afirmativa (Affirmative Form)

Para construir frases afirmativas no present perfect continuous segue-se a estrutura:

Sujeito + verbo to have no simple present + verbo to be no present perfect + verbo principal
com –ing + complemento

Exemplo: He has been working all day. (Ele tem estado a trabalhar o dia todo)

Forma Negativa (Negative Form)

Para construir frases negativas no present perfect continuous acrescenta-se o “not” após o verbo to
have:

Sujeito + verbo to have no simple present + not + verbo to be no present perfect + verbo
principal com –ing + complemento

Exemplo: He has not been working all day. (Ele não tem estado a trabalhar o dia todo)

Obs: Na forma negativa, o verbo to have pode aparecer na forma contraída com o “not”:

I have not (I haven‟t)


You have not (You haven‟t)
He/She/It not (He/She/It hasn‟t)
We have not (We haven‟t)
You have not (You haven‟t)
They have not (They haven‟t)

Forma Interrogativa (Interrogative Form)

Na forma interrogativa, ou seja, para fazer perguntas no presente perfect continuous, o verbo to
have vem antes do sujeito:

To have no simple present + sujeito + verbo to be no present perfect + verbo principal com –ing
+ complemento

Exemplo: Has he been working all day? (Ele tem estado a trabalhar o dia todo?)

Nesta dica você aprenderá como formar o tempo verbal Present Perfect Continuous. Para saber em
quais contextos esse tempo verbal é usado, leia a dica Como Usar o Present Perfect Continuous.

Para formar o Present Perfect Continuous, você precisa saber o seguinte:

» Como conjugar o verbo have no Present Simple


» Past Participle do verbo to be: been
» Como acrescentar ING ao verbo
» É bom também aprender sobre os Pronomes Pessoais Sujeito.

Mas, caso você esteja com pressa, anote aí como é isso tudo junto:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
PRESENT PERFECT CONTINUO

 I have been studying/walking/reading/swimming

 You have been studying/walking/reading/swimming

 You and I have been studying/walking/reading/swimming

 We have been studying/walking/reading/swimming

 They have been studying/walking/reading/swimming

 Marcelo and Carol have been studying/walking/reading/swimming

Note que nos casos acima só mudam os pronomes (as pessoas – I, you, we, they). Já a forma verbal
continua a mesma para todos „have been studying/walking/reading/swimming„.

Mas está faltando acima os pronomes he e she. Por quê? Porque estes dois têm um jeito diferente.
Se você lembrar como faz para conjugar o verbo have no Present Simple, deve saber que com esses
pronomes nós devemos usar has. Portanto, temos o seguinte:

 She has been studying/walking/reading/swimming

 He has been studying/walking/reading/swimming

 Carlos has been studying/walking/reading/swimming

 Carol has been studying/walking/reading/swimming

 Márcia has has been studying/walking/reading/swimming

Em resumo, a formação do Present Perfect Continuous obedece à seguinte estrutura:

Verbo Have No Presente + Been + ~ING

Ou,

 have been studying/walking/reading/swimming

 has been studying/walking/reading/swimming

Você usará uma ou outra dependendo da pessoa, do pronome. Pratique aí dizendo qual é o pronome
que completa a sentença:

 (1) …………… have been living in Curitiba since 2008.

 (2) …………… has been reading that book for 3 hours.

 (3) …………… have been watching TV for 6 hours.

 (4) …………… has been listening to music since 6 o‟clock in the morning.

E então quais os pronomes que completam as sentenças acima? Se você me disser que nas
senteças 1 e 3 você pode completar com os pronomes I, you, we e they e que as sentenças 2 e 4 se
completam com he ou she; vou ter de te dar parabéns, você está absolutamente certo.

Para finalizar diga se com o pronome abaixo você usa „have‟ ou „has‟:

 He ……………… been living in São Paulo for 10 years.

 They ……………… been living in Porto Velho for 10 years.

 Carla ……………… been doing the same thing since she got here.

 We ……………… been working for the same company for 15 years.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
PRESENT PERFECT CONTINUO

 She ……………… been studying English since she was nine.

 I ……………… been trying to do this for months.

Como Usar o Present Perfect Continuous?

Como usar o Present Perfect Continuous? Quando usar o Present Perfect Continuous? Essas são
duas perguntas que recebo com frequência aqui. Então, para matar a curiosidade de todos, vamos
aprender mais sobre esse tempo verbal, que é também conhecido como Present Perfect Progressive.

Present Perfect Continuous: Forma

Para quem não sabe, o Present Perfect Continuous é o tempo verbal formado com o verbo have no
presente, seguido de been ~ing. Assim teremos a seguinte fórmula: have/has been ~ing. Caso você
queira saber mais sobre a formação desse tempo verbal, leia a dica Present Perfect Continuous:
Forma. Nela tem até uma pequena atividade para você testar seu aprendizado.

Abaixo seguem as respostas para quem quer saber como usar o Present Perfect Continuous.

Present Perfect Continuous: Uso Mais Comum

Antes de falar dos detalhes técnicos e confusos do uso desse tempo verbal, leia os exemplos abaixo
e compare com as equivalências em português:

 I’ve been living in Curitiba since 2008. (Eu moro em Curitiba desde 2008.)

 It’s been raining all morning. (Está chovendo a manhã toda.)

 She’s been waiting for you for 30 minutes. (Ela está esperando por você há 30 minutos.)

 I haven’t been studying lately. (Eu não tenho estudado ultimamente. | Eu não ando estudando
ultimamente.)

Em cada uma das sentenças acima, a ideia é mencionar um fato que começou no passado e
continua acontecendo até agora. Portanto, saiba que esse é o uso mais comum do Present Perfect
Continuous. Para deixar ainda mais claro, deixe-me explicar o que está acontecendo em cada
sentença acima.

Present Perfect Continuous: Entendendo Melhor

Na sentença 1, a ideia é dizer que eu moro em Curitiba desde 2008 (mudei-me para lá em 2008 e
continuo morando lá). Portanto, a ação começou no passado e continua sendo verdadeira até o
presente momento (agora).

Já na sentença 2, o contexto deixa claro que ainda é manhã; portanto, a ideia é a de dizer que está
chovendo a manhã toda (começou a chover em um período da manhã e agora continua chovendo).

Na terceira sentença, eu cheguei em meu escritório e minha secretária me informa que há uma
pessoa me esperando já por 30 minutos (a pessoa chegou às 10:30, e agora às 11:00, ela ainda está
lá me esperando).

O último exemplo nos diz que eu não tenho estudado ultimamente. Ou seja, já faz um tempo que não
pego nos livros. O que há de curioso nesse exemplo é que ele equivale ao nosso “andar fazendo
algo…”. Veja os exemplos a seguir:

 She’s been working a lot lately. (Ela anda trabalhando muito ultimamente.)

 We’ve been reading everything we can about this. (A gente anda lendo tudo o que pode sobre
isso.)

 They’ve been trying to find a solution. (Eles andam tentando achar uma solução.)

 I’ve been working very hard lately. (Eu ando ralando muito ultimamente.)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
PRESENT PERFECT CONTINUO

 What have you been doing? (O que você anda fazendo?)

Você viu acima o uso mais comum do Present Perfect Continuous. Não é um bicho de sete cabeças.
Afinal, trata-se de uma questão de se acostumar com a ideia dele.

Present Perfect Continuous: Outro Uso

Mas, há ainda outros usos deste tempo verbal. Veja por exemplo o seguinte diálogo:

–You’re all sweaty.


– Yeah. I’ve been exercising.

Nesse caso uma pessoa olha para outra e diz “você está pingando de suor”. A outra pessoa então
responde, “Sim. Eu estava me exercitando”. Aqui as evidências da ação estão visíveis, por isso a
segunda pessoa responde usando o Present Perfect Continuous. Outra situação pode ser a seguinte.
Você abre a porta da sua casa e vê que está tudo molhado do lado de fora. O seguinte diálogo então
acontece.

– WoO Presente Contínuo Perfeito é usado basicamente para enfatizar a continuidade de uma ação
que começou no passado e que se estende até o presente e/ou futuro.Formamos o Presente
Contínuo Perfeito usando dois elementos, que são: o presente perfeito do verbo “to be” e o particípio
do presente do verbo principal.

Examples: / Exemplos:

a) She has been sleeping for two hours. / Ela está dormindo há duas horas.

 She has been = (the present perfect of the verb “to be”)

 sleeping for two hours = (the present particle of the main verb).

b) She has been running for one hour. / Ela está correndo há uma hora.

c) You have been studying since I got here. / Você está estudando desde que eu cheguei aqui.

d) He has been living in Cuiabá since 2012. / Ele mora em Cuiabá desde 2012.

⇒ We can use the Present Perfect Continuous in two situations: / Podemos usar o Presente
Contínuo Perfeito em duas situações:

1. Actions that started in the past and continue until now: / Ações que começaram no passado e
que continuam:

Examples: / Exemplos:

 We all have been waiting for you since early in the morning. / Todos nós estamos esperando
por você desde bem cedo (e ainda estamos esperando, pois a ação ainda não foi finalizada).

 I have studying this exercises all day. / Eu estou estudando esses exercícios o dia todo (e ainda
estou estudando, pois a ação não foi finalizada).

 My parents have been traveling since May. / Meus pais estão viajando desde maio (e ainda
estão viajando, pois a ação não foi finalizada).

2. Actions that have just finished: / Ações que terminaram recentemente:

Examples: / Exemplos:

 It has been raining. / Tem chovido (acabou de chover agora, pois as ruas ainda estão molhadas).

 I have been reading since today morning. / Estou lendo desde hoje de manhã (acabei de ler
agora).

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
PRESENT PERFECT CONTINUO

 He has been eating everything. / Ele está comendo tudo (parou de comer agora).

We use the verb “have” as an auxiliary with the Present Perfect Continuous to ask questions
about how long an action has continued. / Usamos o verbo “have” como auxiliar no Presente
Contínuo Perfeito em questões sobre quanto tempo uma ação perdura.

Examples: Exemplos:

a) Have they been studying for the test? / Eles têm estudado para a prova?

b) Have you been watching movies for fun? / Você tem assistido filmes por diversão?

c) Has she been cooking for her family? / Ela tem cozinhado para a família dela?

d) Have they been reading for the master's degree? / Eles têm lido para o mestrado?

 Look how to conjugate the verb “to play” with the Present Perfect Continuous. / Veja como
conjugar o verbo brincar no Presente Contínuo Perfeito:

w! It’s all wet outside.


– Of course, it is. It’s been raining.

As evidências da chuva ainda estão visíveis (chão molhado). Por isso, a outra pessoa responde
usando o Present Perfect Continuous. O mesmo é notado na sentença abaixo. A pessoa não está
mais no jardim, mas ela ainda está suja e precisando de um banho. Assim, ela mesma diz:

– I’d better have a shower. I’ve been gardening all day long.

Present Perfect Continuous: um terceiro uso

Por fim, outro momento no qual usamos o Present Perfect Continuous é em perguntas com “How
long…?”. Com exemplos fica mais fácil de perceber isso:

 How long have you been studying English? (Há quanto tempo você estuda inglês? | Quanto
tempo faz que você estuda inglês?)

 How long has she been waiting for us? (Há quanto tempo ela está nos esperando? | Quanto
tempo faz que ela está nos esperando?)

 How long have they been working together? (Há quanto tempo eles trabalham juntos? | Quanto
tempo faz que eles estão trabalhando juntos?)

 How long has he been living there? (Há quanto tempo ele mora lá? | Quanto tempo faz que ele
está morando lá?)

Note que em cada pergunta acima, a ideia é saber a duração de tempo que uma ação anda
acontecendo. Ou seja, ela deve ter começado no passado e continua acontecendo no momento atual
(agora). Portanto, temos de usar o Present Perfect Continuous.

Começamos a semana aprendendo o Present Perfect Continuous, que é um tempo verbal muito
utilizado no inglês escrito e falado, então é uma ÓTIMA ideia aprendê-lo e revisá-lo!

Are you ready? Let‟s go for it!

Formação

É formado pelo verbo to have no presente (have/has) + o verbo principal com a terminação –ing. A
forma contraída está entre parênteses.

I have (I‟ve) been doing


You have (you‟ve) been writing
He has (he‟s) been working
She has (she‟s) been watching

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
PRESENT PERFECT CONTINUO

It has (it‟s) been raining


We have (we‟ve) been studying
They have (they‟ve) been eating

Usos

1. Um dos seus usos é para indicar uma ação continua que acabou recentemente e tem sempre
relação com o agora.

You‟re out of breath. Have you been running?


Você está ofegante. Esteve correndo? (É visível sua falta de ar.)

I‟m very tired. I‟ve been working very hard.


Estou muito cansado. Tenho trabalhado muito. – Estou cansado agora.

Your clothes are so dirty. What have you been doing?


Suas roupas estão tão sujas. O que você esteve fazendo?

I‟ve been talking to the teacher about this problem and he thinks that…
Estive falando com o professor sobre este problema e ele acha que…

2. Veja esta situação:

Está chovendo agora. Começou a chover duas horas atrás e ainda está chovendo.

How long has it been raining?


Há quanto tempo está chovendo?

It‟s been raining for two hours.


Está chovendo há duas horas.

Usamos o Present Perfect Continuous dessa forma, usando how long …? (há quanto tempo …?) na
pergunta e respondendo com for (há, faz, por) ou since (desde).

Lembre-se de que for indica a duração da ação e since indica o início da ação. A ação expressada
com o Present Perfect Continuous está acontecendo ainda. Veja mais alguns exemplos:

How long have you been learning English?


Há quanto tempo você está aprendendo inglês? (você ainda está aprendendo inglês)

Tim is still watching TV. He‟s been watching TV all day.


Tim ainda está assistindo TV. Ele esteve assistindo TV o dia todo.

Where have you been? I‟ve been looking for you for the last half hour.
Por onde você esteve? Estou te procurando faz meia hora.

George hasn‟t been feeling well recently.


George não tem se sentido bem recentemente.

3. O Present Perfect Continuous também é usado para ações que se repetem durante um período
de tempo.

Susan is a very good tennis player. She‟s been playing since she was eight.
Susan é uma ótima tenista. Ela joga desde os 8 anos de idade.

Every morning they meet in the same café. They‟ve been going there for years.
Todas as manhãs eles se encontram no mesmo café. Eles vão lá há anos.

Mais alguns exemplos:

Your hands are all dirty. What have you been doing?
Suas mãos estão todas sujas. O que você esteve fazendo?

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
PRESENT PERFECT CONTINUO

You look sunburned. Have you been sitting in the sun?


Você está queimado. Você esteve sentado no sol?

I‟m sorry I‟m late. Have you been waiting long?


Desculpe pelo atraso. Você está esperando faz tempo?

I hear you‟ve moved to Baker Street. How long have you been living there?
Ouvi dizer que você se mudou para a Baker Street. Há quanto tempo você está morando lá?

I‟ve been selling computers since I lost my job.


Estou vendendo computadores desde que perdi meu emprego.

How long have you been seeing Marissa? – We‟ve been seeing each other for three months.
Há quanto tempo você está saindo com a Marissa? – Estamos saindo há três meses.

4. Compare o Present Perfect Continuous (have/has + verbo ing) com o Present


Continuous(am/is/are + verbo ing).

I can‟t talk to you right now. I‟m working. I‟ve been working very hard this week.
Não posso falar com você agora. Estou trabalhando. Estou trabalhando muito esta semana.

We can‟t go outside now. It‟s raining. It‟s been raining since 8 in the morning.
Não podemos sair agora. Está chovendo. Está chovendo desde as oito da manhã.

Hurry up! We‟re waiting! We‟ve been waiting for an hour already.
Depressa! Estamos esperando! Já estamos esperando há uma hora.

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 7
FUTURE TENSE

Future Tense

O futuro simples é identificado pelo uso do auxiliar “will”. Nas frases afirmativas, esse auxiliar deve vir
sempre após o sujeito. Ex.:

She will graduate next year. (Ela se formará no ano que vem).
Bob and Carol will travel to Japan next month. (Bob e Carol viajarão para o Japão no próximo mês).
I will send you some Christmas cards. (Eu lhe enviarei alguns cartões de natal).
It will rain a lot next week. (Choverá muito na semana que vem).

Nas frases interrogativas, basta inverter o auxiliar, colocando-o no início da frase.

Will Jack come to Jill‟s farewell party? (O Jack virá para a festa de despedida do Jill?).
Will you go to Susan‟s wedding? (Você irá ao casamento da Susan?).
Will they move to Ireland next year? (Eles se mudarão para a Irlanda no ano que vem?).
Will the teacher give us some points for that extra exercise that we did? (A professora nos dará alguns
pontos por aquele exercício extra que nós fizemos?).

Para as frases negativas, deve-se fazer uso do “will not” após o sujeito da frase. Se preferir, pode-se
utilizar a forma abreviada “won‟t”.

She won‟t sing at the talent show. (Ela não cantará no show de talentos).
I will not travel to England next month. (Eu não viajarei para a Inglaterra no próximo mês).
We will not build a house. (Nós não iremos construir uma casa).
He will not graduate on this semester. (Ele não se formará nesse semestre).

Afirmativa Negativa Interrogativa

I will / I‟ll I will not / I won‟t Will I …?

You will / you‟ll You will not / you won‟t Will you…?

He will / he‟ll He will not / he won‟t Will he…?

She will / she‟ll She will not / she won‟t Will she…?

It will / it‟ll It will not / it won‟t Will it…?

We will / we‟ll We will not / we won‟t Will we..?

You will / you‟ll You will not / you won‟t Will you…?

They will / they‟ll They will not / they won‟t Will they…?

Na língua inglesa, as duas formas de futuro simples são feitas utilizando-se as partículas "will" e "be
going to." Apesar de ambas as formas poderem ser utilizadas intercambiavelmente, elas geralmente
expressam dois significados completamente diferentes. Esses significados podem parecer bastante
ambíguos à primeira vista, mas sua utilização constante acaba por deixar bem claro as diferenças.
Tanto "will" como "be going to" referem-se a um momento específico no futuro.

Caso "Will"
(will + verbo)

Exemplos:

a) I will drop by to see her. (Vou passar lá pra vê-la.) – Forma afirmativa.

b) They‟ll have a party. (Elas vão fazer uma festa.) – Forma contraída afirmativa.

c) Will you ring her? (Você vai ligar para ela?) – Forma interrogativa.

d) We won‟t miss school. (A gente não vai faltar à aula.) – forma negativa contraída mais comum.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
FUTURE TENSE

Caso "Be going to"(am/is/are + going to + verbo)

Exemplos:

a) I‟m going to try my best. (Vou fazer o possível.) – Forma afirmativa.

b) He isn‟t going to fire you. (Ele não vai te demitir.) – Forma negativa contraída.

c) Are they going to see the patients? (Eles vão atender os pacientes?) – Forma interrogativa.

Além de tais formas, temos a utilização de "will" para expressar ação voluntária, um compromisso,
uma previsão (assim como "be going to"). Já "be going to" pode ser aplicado em expressões para
denotar um plano a ser executado, ou previsão.

1 - "Will" como ação voluntária

Aqui seu emprego tem a função de demonstrar que o autor da frase fará algo voluntariamente

a) I will make the dinner when I have time. (Farei o jantar quando tiver tempo).

b) Will you help me to translate this e-mail? (Você irá me ajudar a traduzir este e-mail?)

2 - "Will" como firmador de compromisso

A utilização aqui é de selar compromissos, promessas e similares

a) I will tell you when I finish. (Vou dizer-lhe quando terminar)

b) I promise I will not tell him about the surprise party. (Eu prometo que não vou contar a ele sobre a
festa surpresa.)

c) I won´t tell anyone about your secret. (Não contarei a ninguém o seu segredo)

3 - "Be going to" para expressar um plano

Aqui, a intenção é expressar um plano a se realizar no futuro, seja ele realista ou não

a) I am going to be an engineer when I grow up. (Quando crescer, quero ser engenheiro)

b) Who is going to make the party cake? (Quem fará o bolo da festa?)

c) Ana is going to begin law school next year (Ana iniciará a faculdade de Direito ano que vem)

4 - "Will" ou "Be going to" para realizar previsões

Neste caso, quando se deseja fazer qualquer tipo de previsão não científica, feita ao acaso

a) The new Ford will be an excellent car (O novo Ford será um carro excelente)

The new Ford is going to be an excellent car (O novo Ford será um carro excelente)

b) Our team will win the championship this year (Nosso time irá ganhar o campeonato este ano)

Our team is going win the championship this year (Nosso time irá ganhar o campeonato este ano)

A Diferença Entre Will, Going To

Portanto, vamos analisar caso a caso.

WILL

Utilizamos o WILL para expressar previsões e intenções futuras, as quais são criadas no momento
da fala.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
FUTURE TENSE

Veja alguns exemplos:

 I will help you, sir! / Eu vou ajuda-lo, senhor.

 I think it will rain soon. / Eu acho que vai chover em breve.

 I‟m sure you will be very happy. / Tenho certeza de que você será muito feliz.

 She will be successful, I bet. / Ela terá sucesso, eu aposto.

Going To

Utilizamos o GOING TO para expressar previsões baseadas em evidências e para falar de planos
e intenções futuras, previamente definidos (antes do momento da fala).

Veja alguns exemplos:

 I am going to help my family with the house cleaning. / Eu vou ajudar minha família com a
limpeza da casa.

 They are going to have a baby! / Eles terão um bebê!

 We are going to travel to Cancun on our honeymoon. / Nós iremos viajar / ou vamos viajar
? para Cancun em nossa lua-de-mel.

Will Future

O tempo do futuro na língua inglesa tem duas formas: o futuro com o verbo auxiliar "will" e com a
expressão "to be going to".

Este tempo verbal será formado pela colocação do verbo auxiliar "will" antes do verbo principal em
sua forma natural.

Ex.: It will be good to see my friends after all these years.


I will dream of you tonight.

Forma Interrogativa

Será feita com a colocação do verbo auxiliar antes do sujeito, a exemplo da maioria dos verbos
auxiliares em outros tempos verbais.

Ex.: Will it be good to see your friends?


Will you dream of her tonight?

Forma Negativa

A forma negativa também seguirá o modelo dos demais tempos verbais.


Ex.: I think I will not travel on my vacation this year.

Forma Contrata

O "will" também possui uma forma abreviada, que é muito usada na forma oral. As contrações são
feitas apenas após pronomes pessoais na forma afirmativa, e com o not (won't) na forma negativa.

Ex.: He thinks he'll win money at the casino, but I know that he won't.

Going To (Afirmativa, Negativa, Interrogativa) – Inglês

A forma Going to expressa ações futuras. Tem o verbo to be como auxiliar e é seguida pelo verbo no
infinitivo sem o to.

Exemplos:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
FUTURE TENSE

I am going to write a message = Am I going to write a message? = I am not going to write a message.

I am going to drink water = Am I going to drink water? = I am not going to drink water.

Carlos is going to help people = Is Carlos going to help people? = Carlos isn't going to help people.

Engineers are going to study = Are engineers going to study? = Engineers aren't going to study.

She is going to buy a food = Is she going to buy a food? = She isn't going to buy a food.

A forma going to geralmente é seguida de advérbios como next week, next year, in a week,
tomorrow, tonight etc.

Going To Future

Utiliza-se o futuro com o “going to” para expressar algo que já foi planejado e que por isso existe a
certeza de que irá acontecer. A forma do futuro com o “going to” é dada por um sujeito + o presente
do verbo “to be” (am, is, are) + going to + verbo principal + complemento.

Ex:

I am finally going to retire.


(sujeito) (verbo to be) (going to) (verbo principal)
(Eu finalmente irei me aposentar).

You are going to make a chocolate pie. (Você irá fazer uma torta de chocolate)

He is going to work on Saturday. (Ele irá trabalhar no Sábado)

Para a forma negativa, basta acrescentar o “not” após o verbo “to be”.

I am not going to come for the next class. (Eu não irei vir para a próxima aula).

She is not going to travel on her vacation. (Ela não irá viajar nas suas férias).

They are not going to present on the talent show. (Eles não irão apresentar no show de talentos).

E para a interrogativa, basta inverter o verbo “to be”, colocando-o no início da frase.

Are you going to recite a poem? (Você irá recitar um poema?)

Is he going to come for our party? (Ele irá vir para nossa festa?)

Are they going to have a big surprise? (Eles irão ter uma grande surpresa?)

Observação:

O uso do “going to” com o verbo “to go” deve ser evitado. Ao invés de se utilizar:

I am going to go to São Paulo next week. (Eu irei ir para São Paulo na próxima semana).

She is not going to go to Spain next month. (Ela não irá ir para a Espanha no próximo mês).

Are we going to go camping next week? (Nós iremos ir acampar na próxima semana?)

É preferível usar o presente contínuo para expressar o futuro:

I am going to São Paulo next week. (Eu irei para São Paulo na próxima semana).

She is not going to Spain next month. (Ela não irá para a Espanha no próximo mês).

Are we going to camp out next week? (Nós iremos acampar na próxima semana?)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
FUTURE TENSE

Formação

Quando utilizamos "going to" em uma frase para nos referirmos ao futuro, essa construção é
composta por três elementos:
o verbo to be conjugado conforme o sujeito + "going" + o infinitivo do verbo principal.

Sujeito + to be (conjugado) + going + infinitivo

She is going to leave.

I am going to stay.

Afirmativa

He is going to jog.

Negativa

He is not going to jog.

Interrogativa

Is he going to jog?

Negativa Interrogativa

Isn't he going to jog?

Funções

O uso de going to para se referir a eventos futuros sugere uma associação muito forte com o
presente. O momento preciso não é importante, ele é posterior ao momento atual, mas a atitude
sugere que o evento referido depende de algo que sabemos sobre a situação atual. Going to é
principalmente utilizado para indicar nossos planos e intenções ou para fazer previsões baseadas em
evidências atuais. Na fala do dia a dia, a expressão going to geralmente é abreviada para gonna,
especialmente no inglês americano (porém, ela nunca deve ser escrita dessa forma).

O Futuro com „going to‟ é utilizado para expressar previsões futuras sobre as quais se tem certeza
e planos definidos para o futuro.

Para se formar sentenças no Futuro com „going to‟ utiliza-se a seguinte estrutura: verbo to be
conjugado no presente + going to + forma básica do verbo principal . O verbo to be pode ser usado
contraído ou não com o pronome nas sentenças afirmativas.

Veja abaixo alguns exemplos de sentenças afirmativas no Futuro com „going to‟:

*Note que na sentença acima o verbo go é também o verbo principal. Por isso, ele aparece duas
vezes: going to + go.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
FUTURE TENSE

Agora veja exemplos de sentenças negativas no Futuro com „going to‟. Note que o verbo to be pode
ser utilizado contraído ou não. Ele pode se apresentar contraído com o pronome ou com „not‟:

Para formar sentenças interrogativas no Futuro com „going to‟ basta inverter a ordem do pronome e
do verbo to be como nos exemplos abaixo:

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
IMPERATIVE

Imperative

O modo imperativo deve ser usado toda vez que se pretende expressar:

1- Ordem ou Pedido:

Shut the door. (Feche a porta).


Open your book on page 123. (Abra seu livro na página 123).
Speak only English during our class. (Fale somente inglês durante nossa aula).
Don’t talk during the class. (Não converse durante a aula).
Tidy up your bedroom. (Organize seu quarto).
Come to my house tomorrow at 8:00. (Venha à minha casa, amanhã às 8h).

2- Convite:

Let’s go watch the game at Susan’s house? (Vamos assistir ao jogo na casa da Susan?).
Let’s make a surprise party to Bob? (Vamos fazer uma festa surpresa para o Bob?).
Let’s swim at my new swimming pool? (Vamos nadar na minha piscina nova?).
Come see my new video game. (Venha ver meu novo videogame).

É possível notar nos exemplos acima que para elaborar uma frase no modo imperativo, basta utilizar
o verbo no infinitivo sem o “to”. Nas frases afirmativas, o verbo vem na maioria das vezes no início da
frase. E nas frases negativas, deve-se acrescentar o “don’t” antes do verbo. No entanto, há uma
exceção: quando utilizar o “Let’s”, não é necessário colocar o “don’t” nas frases negativas, basta
apenas acrescentar o “not”. Exemplo da forma correta:

Let’s not drink anymore. (Não vamos beber mais).


Let’s not wait for our friends anymore. (Não vamos mais esperar pelos nossos amigos).

Em frases imperativas, o uso do always (sempre) e never (nunca), pode ser usado sempre antes do
verbo principal.

Always bring your book, notebook and pencil case to the class. (Sempre traga seu livro, caderno e
estojo para a aula).
Never sleep so late. (Nunca durma tão tarde).

Layssa Gabriela Almeida e Silva


Colaboradora Brasil Escola
Licenciada em Letras - Inglês pela Universidade Estadual de Goiás - UEG
Curso de aperfeiçoamento em Inglês pela Zoni Language Centers - Estados Unidos - EUA

A forma verbal do imperativo costuma ser bastante empregada em textos publicitários, já que
demonstra um convite, uma sugestão ao leitor. Utilizamos também o imperativo como uma forma de
determinar que alguma ação seja feita. Observe os exemplos em Português:

Saia já da cama, João!

Venha visitar o nosso novo restaurante!

Aproveite as nossas promoções!

Em Inglês, para formarmos o imperativo, utilizamos o verbo sem a partícula to, observe:

Listen! (Ouça!)

Look! (Olhe!)

Pay attention! (Preste atenção!)

Wake up! (Acorde!)

Funções do Imperativo

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
IMPERATIVE

Utilizamos o Imperativo:

 Para dar uma ordem

Wash the dishes, Leonardo! (Lave as vasilhas, Leonardo!)

Turn off the radio! (Desligue o som!)

Listen to me! (Me ouça!)

 Para fazer um pedido

Please, help me! (Por favor, me ajude!)

Please, stop singing. I’m trying to think! (Por favor, pare de cantar! Eu estou tentando pensar!)

Open your books on page 23! (Abram seus livros na página 23!)

 Para dar um conselho

Take care! (Se cuide!)

Be careful! (Tenha cuidado!)

Watch out! There’s a stone. (Olhe! Tem uma pedra.)

 Para fazer um oferecimento

Have a cup of coffee! (Tome uma xícara de café.)

Have a rest before the homework. (Descanse antes da tarefa de casa.)

Have another piece of cake. (Pegue mais um pedaço de bolo.)

Forma Afirmativa

O Imperativo, na forma afirmativa, é da maneira como mostramos nos exemplos anteriores, sem a
partícula to.

Come here! (Venha aqui!)

Silence! (Silêncio)

Answer the question! (Responda a pergunta!)

Forma Negativa

Na forma negativa, basta acrescentar o verbo auxiliar do mais a partícula negativa not seguida do
verbo sem a partícula to:

Do not be late! (Não se atrase!)

Do not talk to strange people! (Não fale com pessoas estranhas.)

Do not drive fast. (Não dirija em alta velocidade.)

Forma Abreviada da Forma Negativa

A forma abreviada é bastante utilizada no cotidiano, em ambientes informais. Para construir a forma
negativa, basta abreviar a forma do + not e ela se tornará don’t:

Don’t talk to me! (Não fale comigo!)

Don’t drink too much! (Não beba muito!)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
IMPERATIVE

Don’t sleep! Study! (Não durma! Estude!)

Observação: Para realizar uma proposta, um convite, utilizamos a forma imperativa Let’s + verbo.

 Afirmativa: Let’s visit Cezar today? (Vamos visitar o Cezar hoje?)

 Negativa: Let’s not go out today? I’m tired! (Vamos não sair hoje? Eu estou cansado!)

Imperativo (Imperative)

O imperativo é usado pelo falante para dar uma sugestão, uma ordem, um conselho ou uma
instrução para que uma determinada ação aconteça. No inglês, utiliza-se o verbo sem a partícula “to”
para montar uma sentença no imperativo, além de não ser necessário informar o sujeito, pois
entende-se que este receberá a ordem, sugestão ou conselho implicitamente.

Exemplos:

 Listen! I need you go now. (Ouça! Eu preciso que você vá agora) – O verbo to listen (ouça) está no
imperativo nessa sentença.

O imperativo poderá marcar algumas ações, como:

 fazer um convite: Let’s go now. (Vamos agora) – para convites sempre utilizar o “Let’s”;

 fazer um oferecimento: Have a piece of cake. (Tome um pedaço de bolo);

 dar uma ordem: Listen to them. (Ouça eles);

 fazer um pedido: Open the door. (Abra a porta);

 dar um conselho: Be careful! (Seja cuidadoso).

Regras de uso:

Se for necessário dar mais ênfase na frase basta colocar o auxiliar “do” no começo da frase.

Exemplos:

 Do put all the toys in the box. (Coloque todos os brinquedos na caixa)

 Do go now. (Vá agora)

 Do listen me. (Me ouça)

 Do run fast. (Corra rápido)

Se for necessário deixar a frase mais educada basta acrescentar a expressão “please” (por favor) no
começo ou no final da frase.

Exemplos:

 Please, come with me. (Por favor, venha comigo)

 Call the doctor, please. (Ligue para o médico, por favor)

 Please, don’t scream. (Por favor, não grite)

 Wait for me, please. (Espere por mim, por favor)

 Let’s watch this film, please. (Vamos assistir a esse filme, por favor)

Se for necessário formar o imperativo na negação basta acrescentar o auxiliar “do” mais o “not”
(forma contraída don’t) no começo da frase.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
IMPERATIVE

Exemplos:

 Do not (don’t) eat this cake. (Não coma esse bolo)

 Do not (don’t) forget to close the window. (Não esqueça de fechar a janela)

 Do not (don’t) run here. (Não corra aqui)

 Do not (don’t) put your hand here. (Não coloque a mão aí)

Portanto, o imperativo será utilizado em casos que o falante for expressar ordens, sugestões,
conselhos, instruções e etc.

Como Usar as Formas do Imperativo em Inglês?

existem vários tempos verbais na língua portuguesa e no Inglês não é diferente. No idioma existem
verbos no passado, presente, futuro, imperativo, entre outros.

Neste artigo você pode acompanhar como usar corretamente o verbo no imperativo e como usar suas
formas afirmativas e negativas.

Tempo Imperativo

Esse tempo verbal é mais utilizado em publicidades, uma vez que exprime as ideias contidas nesse
meio. Por exemplo, é comum ver em propagandas verbos que aconselham, convidam e dão
sugestões ao leitor.

Além dessas tipificações, o imperativo das ações indicam uma ordem, um pedido ou até mesmo um
oferecimento. Apesar de parecer complicado, este tempo verbal é o mais fácil no idioma inglês.

Assim como os outros tempos, o imperativo pode apresentar-se tanto na forma afirmativa, quanto na
negativa. É importante destacar também, que os verbos em inglês possuem uma conjugação só para
todas as pessoas e no imperativo os verbos são usados do mesmo jeito do infinitivo sem a partícula
“to”, isso quer dizer que não se usa “to have”, mas sim “have” e assim por diante.

Para Aconselhar

 Takecare! (Se cuide!)

 Becareful! (Tenha cuidado!)

 Watchout! There’s a stone. (Olhe! Tem uma pedra.)

 Study hard. (Estude bastante)

Um Convite

 Sit down. (Sente-se)

 Come see my new video game. (Venha ver meu novo videogame).

 Go to my party (Vá para minha festa.)

Sugestões

 Buy a pen. (Compre uma caneta)

 Enter that store (Entre naquela loja)

Indicando Uma Ordem

 Shut the door. (Feche a porta).

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
IMPERATIVE

 Open your book on page 123. (Abra seu livro na página 123).

 Don’t talk during the class. (Não converse durante a aula).

 Tidy up your bedroom. (Organize seu quarto).

Pedido

Este modo é o mais de se perceber, pois ele geralmente vem acompanhado da palavra “please”, que
significa “por favor”, que tanto pode aparecer no começo da oração, quanto no final da mesma.

 Please,stop I’m trying to think! (Por favor, pare de cantar! Eu estou tentando pensar!)

 Please, help me! (Por favor, me ajude!)

 Look at this, please. (Olha isso, por favor!)

OBS: Perceba a diferença entre um pedido e uma ordem com os mesmos elementos da oração,
diferenciando, apenas pelo uso do “please”:

 Come here, please! [Venha aqui, por favor! (Pedido)]

 Como here! [Venha aqui! (Ordem)]

Oferecimento

 Havea cup of coffee! (Tome uma xícara de café.)

 Havea rest before the homework. (Descanse antes da tarefa de casa.)

 Haveanother piece of cake. (Pegue mais um pedaço de bolo.)

Imperativo em Orações Negativas

A forma negativa do imperativo conta com o “do not” ou de forma abreviada “don’t”, ambos os modos
indicam que a frase em questão está negando. Observe alguns exemplos:

 Do not be late! (Não se atrase!)

 Do not talk to strange people! (Não fale com pessoas estranhas.)

 Don’t talk to me! (Não fale comigo!)

 Don’t sleep! Study! (Não durma! Estude!)

Como Funcionam os Verbos Imperativos

Os verbos no imperativo em ingles, ou imperative, sempre irão expressar algum tipo de ordem,
pedido, conselho, ou têm a função de dar instruções a alguém.

Para formá-los corretamente, o processo é bastante simples: basta utilizar o verbo em sua forma no
infinitivo, sem utilizar a partícula to, nem conjugação verbal. Observe abaixo:

“Feel free to text me later.” – “Sinta-se livre para me mandar uma mensagem mais tarde.”
“Clear this desk by tomorrow.” – “Limpe esta mesa até amanhã.”
“Get out of my way!” – “Saia do meu caminho!”

Verbos no Imperativo em Ingles: Tenha Educação

Por serem utilizados principalmente para expressar algum tipo de ordem, os verbos imperativos
podem não parecer a forma mais educada de se falar com alguém. Para aumentar sua polidez ao
utilizar esse tipo de verbo, observe o contexto, utilizando, por exemplo, o termo please (por
favor) para amenizar a frase. Veja abaixo alguns exemplos:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
IMPERATIVE

“Please find my green jacket.” – “Por favor, encontre minha jaqueta verde.”
“Please tidy your room.” – “Por favor, arrume seu quarto.”
“Please leave.” – “Por favor, saia.”

Contextos de uso do Imperativo

Encontramos verbos no imperativo o tempo todo em nosso dia a dia: são predominantes na
linguagem de propagandas e anúncios, e aparecem com frequência nas placas sinalizadoras (por
exemplo: stop – pare; push – empurre; entre outros). Além disso, também é um tipo de linguagem
bastante utilizado em manuais de instrução e livros de receitas.

Outra peculiaridade desses verbos pode ser seu emprego no modo negativo: para isso, utilize-os no
imperativo acompanhados dos termos do not ou don’t antes do verbo. Confira os exemplos abaixo:

“Do not smoke inside your bedroom” – “Não fume dentro do seu quarto.”
“Do not enter.” – “Não entre.”
“Don’t feed the animals.” – “Não alimente os animais.”

Composição dos Verbos em Inglês - Imperativo

Quase todos os verbos em inglês são compostos usando-se o to antes do verbo para indicar que está
no infinitivo.

To drive = dirigir
To turn = virar
To return = retornar

“To” indica que o verbo está na forma infinitiva.

Ao usarmos o verbo sem “to”, a frase está no imperativo. Veja o exemplo: Drive, please! = Dirija, por
favor!

O mesmo verbo sem “to” nos indica que o verbo está no modo imperativo.

Exemplos:

Forma Infinitiva
To open = Abrir
Modo Imperativo
Open the window, please! = Abra a janela, por favor!

Forma Infinitiva
To go = Ir
Modo Imperativo
Go to the kitchen, please! = Vá para a cozinha, por favor!

Forma Infinitiva
To take = Levar
Modo Imperativo
Take me to the school. = Leve me à escola!

Lembre-se: para se colocar a frase no imperativo, basta usar o verbo sem o to.

Para formarmos frases negativas, devemos usar o verbo auxiliar “don’t” ou “do not” antes do verbo:

Imperativo Afirmativo
Open the window! - Abra a janela!

Imperativo Negativo
Don’t open the window! - Não abra a janela!

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
IMPERATIVE

Imperativo Afirmativo
Put my books there, please! - Coloque meus livros lá, por favor!

Imperativo Negativo
Don’t put my books there! - Não coloque meus livros lá!

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 7
MODALS

Modals

O modal verb é um tipo de verbo auxiliar que ajuda a especificar mais o sentido do verbo principal.
Os verbos can e could que estudaremos agora significam,
respectivamente, pode e podia ou poderia. Repare que o can (pode) se refere ao presente
e could (podia, poderia), ao passado.

Esses significados mais específicos são:

 Expressar uma capacidade e uma habilidadeque uma pessoa tem ou tinha de fazer algo:

Cesar Cielo can swim. (Cesar Cielo pode nadar. = ele tem essa habilidade de nadar, ele pode nadar)

Pelé could play soccer when he was 20. (Pelé podia jogar futebol quando tinha 20 anos de idade. =
ele tinha essa habilidade)

I can play the piano. (Eu posso tocar piano. = eu tenho essa capacidade, essa habilidade)

Elton John can sing beautifully. (Elton John pode cantar lindamente. = ele tem essa capacidade de
cantar)

Observação: Pode-se substituir can/could por to be able to para expressar habilidade, capacidade.

 Fazer um pedido, pedir ou dar permissão a alguém, oferecer ajuda. Vale ressaltar que nesse
caso, o could não é passado de can.

Can you help me? (Você pode me ajudar? = fazer um pedido)

Could I read for you? (Eu poderia ler para você? = oferecer ajuda)

Could I leave now? (Eu poderia ir embora agora? = pedir permissão)

You can go now. (Você pode ir agora. = dar permissão)

 Could é utilizado também para demonstrar possibilidade, dedução. Observe:

He could be at home now. (Ele poderia estar em casa agora. = uma possibilidade)

John could get the job. (John poderia conseguir o trabalho. = uma dedução)

Já para expressar o oposto, incapacidade, inabilidade, proibição e dedução utiliza-se para


o CAN o can’t, que é a junção do can + not, ou cannot que é a forma completa, e para
o COULD utiliza-se o couldn’t, forma contraída, ou could not, ambos significando,
respectivamente, não pode ou não poderia.

You can’t park here. (Você não pode estacionar aqui. = proibição)

You cannot park here.

I can’t dance Ballet. (Eu não posso dançar balé. = não tenho habilidade, capacidade)

I cannot dance Ballet.

Modal Verbs

Os verbos modais são verbos distintos dos outros, pois possuem características próprias, como:

1. Não precisam de auxiliares;

2. Sempre após os modais, o verbo deve vir no infinitivo, só que sem o “to”;

3. Não sofrem alteração nas terceiras pessoas do singular no presente. Logo, eles nunca recebem
“s”, “es” ou “ies”.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
MODALS

São verbos modais: can (pode), could (poderia), may (pode, poderia), might (pode,
poderia), should (deveria), must (deve), ought to (precisa) e used to (costumava).

Can: pode ser usado para expressar permissão, habilidade.

Can I drink water? (Posso beber água?).


I can speak English. (Eu posso falar inglês).

Could: é empregado para expressar habilidade, só que no passado. É usado também com o
sentindo de poderia, em um contexto mais formal.

I could ride a bike when I was 5 years old. (Eu podia/conseguia andar de bicicleta quando tinha 5
anos de idade).
Could you bring me a sandwich and a coke, please? (Você poderia me trazer um sanduíche e uma
coca, por favor?).

May: é usado para expressar uma possibilidade no presente ou no futuro. Também pode ser
usado para pedir permissão, no entanto, may é usado em contextos mais formais que o can.

It may rain tomorrow. (Pode chover amanhã).


May I go to the bathroom? (Eu poderia ir ao banheiro?).

Might: é usado para expressar possibilidades no passado ou no presente.

She might have come to the party. (Ela poderia ter vindo à festa).
He might have lunch with us tomorrow. (Ele pode vir almoçar com a gente amanhã).

Should e ought to: é usado para expressar um conselho.

You should go to the doctor. (Você deveria ir ao médico).


You ought to quit smoking. (Você deveria parar de fumar).

Must: é usado para expressar obrigação.

You must go to school. (Você deve ir à escola).


She must study more. (Ela deve estudar mais).

Used to: é empregado para expressar um hábito do passado.

I used to watch cartoons when I was a child. (Eu costumava assistir desenhos quando era criança).
She used to play on the street when she was 8 years old. (Ela costumava brincar na rua quando tinha
8 anos de idade).

CAN

The three main uses of Can are: 1) ability 2) possibility and 3) permission. However there are some
other used of Canas we will see below.

1. To Express Ability

Can means to be (physically) able to do something OR to know how to do something.

 Birds can fly.

 Elephants can't fly.

 I can speak two languages.

2. To Express A Possibility (In General)

This refers to a theoretical possibility.


Note: we don't use can to talk about future possibilities. For this you would use may or might.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
MODALS

 It can get cold there at night so take a jacket.

 I know you can win the competition.

 Well, I think your car can be repaired, but it's not going to be cheap.

3. To Offer To Do Something For Others

Can is used when you offer to help someone or to do something for them.

 You don't need to walk home. I can take you there if you like.

 Can I carry your bags for you?

4. To Ask For Or Give Permission / To Request Something

Can is used to ask for / request permission or to give permission.


Note: Can't is used to refuse permission.

 You can use my umbrella, I don't need it right now.

 Can I sit in that chair please?

 Mary, you can play outside if you like.

 Can I ask you a question?

 You can't go to the park. It will still be wet from the rain last night.

 We can't leave the room until the assignment is completed.

5. Can't: Something That Is Forbidden Or Not Allowed

 We cannot park the car next to this fire hydrant.

 You can drive as fast as you want on the German motorways.

 You can't smoke in the restaurant.

 You cannot drive a car without a license.

6. Can't: When You Are Sure That Something Isn't True Or Something Is Surprising

 It can't be dark outside! It's only 4.30pm!

 They can't have landed on the moon, I'm sure it's a hoax.

For more examples, including how to make questions, see our grammar notes about Can - Cannot.
You might also want to see our Can - Can't - Cannot Game

Could

Could is similar to Can and often replaces Can in the past tense (though not always)

1. To Express Ability In The Past

 I could ride a horse when I was younger but now I can't.

 She could juggle eight balls when she was only 10 years old.

 He could read when he was three years old.

2. Polite Word Used To Ask For Permission Or To Request Something (In The Present)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
MODALS

 Could I please use your bathroom?

 Could we move on to the next topic now please?

 Could you pass me the salt please?

 I'm busy right now. Could you call back later?

3. General Permission In The Past

 In high school, we couldn't leave the classroom without a pass.

 He couldn't go to the concert because his mother wouldn't let him.

4. A Suggestion When Asked What To Do (Choices And Opportunities)

 He could try and fix it himself.

 We could go to the movies if you are interested.

5. Couldn't: Sure That Something Is Untrue

Just like can't, you can use couldn't when you are sure that something isn't true or real.

 That couldn't be my cat meowing outside, it was hit by a car last week.

 He couldn't have painted that. He has no artistic ability at all.

6. Could + Have + Past Participle: To Express A Possibility In The Past

To express that something was possible but did not happen.

 We were lucky because it could have rained but it didn't.

 Why did you do that? You could have broken your leg.

7. Could + Have + Past Participle: Unrealised Past Ability

This is used to say that someone was able to do something, but they did not try to do it. Sometimes
this is a form of criticism.

 She could have married anyone she wanted to.

 Why did you sit there doing nothing? You could have helped me.

8. Could: A Conditional Form Of Can

Would + Can = Could. Note: Would be able to can replace could in the following examples.

 If we had some oranges I could make you some fresh juice.

 I could write the letter if you told me what to include.

Verbo Modal Should

O verbo “should” pertence aos “modal verbs” (verbo modal) que, na língua Inglesa, tem o papel de
auxiliar o verbo principal em uma frase. Esse modal é usado para expressar conselho, exprimir uma
expectativa ou uma obrigação mais fraca. Pode ser traduzido como “teria que”, “deveria”, “deve”.

Exemplos:

 My sister should listen our mother. She is so rude. (Minha irmã deveria escutar nossa mãe. Ela é tão
grosseira) – expressa um conselho.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
MODALS

 You should learn to drive. (Você deveria aprender a dirigir) – expressa um conselho.

 This book should be good. (Este livro deve ser bom) – expressa uma expectativa.

 It should be so expensive. (Isso deve ser tão caro) – expressa uma expectativa.

 You should be there now. (Você deveria estar aqui) – expressa uma obrigação fraca.

 They should tell only the truth. (Eles deveriam dizer somente a verdade) – expressa uma obrigação
fraca

Veja algumas características ao utilizar o modal verb should:

Não é necessário utilizar o verbo should com a partícula “to” e o verbo principal será utilizado no
infinitivo e sem a partícula “to”. O correto é dizer “I should learn” (Eu deveria aprender) e não “I should
to learn”.

Ao utilizar o should nas frases interrogativas ele mudará de posição, aparecendo antes do sujeito.

Exemplos:

 Should we study in the library? (Nós deveríamos estudar na biblioteca?)

 Should I speak English with you? (Eu deveria falar em inglês com você?)

 Should you work on weekends? (Você teria que trabalhar nos finais de semana?)

 Should we start now, please? (Nós devemos começar agora, por favor?)

 Should they come with us? (Ele deveria vir conosco)

Ao utilizar o should em frases negativas é necessário acrescentar o “not” (forma contraída: shouldn’t)

Exemplos:

 He should not (shouldn’t) be worried because I am going to help him. (Ele não deveria estar
preocupado porque eu estou indo ajudá-lo)

 She should not (shouldn’t) tell us the truth. (Ela não deveria ter nos contado a verdade)

 He should not (shouldn’t) work hard. He is sick. (Ele não deve trabalhar duro. Ele está doente)

 They should not (shouldn’t) be working with that company. (Eles não devem estar trabalhando com
aquela empresa.

 You should not (shouldn’t) write a letter to her. (Você deveria escrever uma carta para ela)

Não é necessário mudar a forma do modal verb na terceira pessoa, por isso, não é necessário
colocar os finais “s”, “es” e “ies” nem no verbo can nem no verbo principal.

Exemplos:

 He should get there after midnight. (Ele deve chegar antes da meia noite)

 She should study more because She wants to be a doctor. (Ela deveria estudar mais porque ela
quer ser uma médica)

 My mother should read this magazine. It is so funny. (Minha mãe deveria ler essa revista. Ela é tão
engraçada)

 He shouldn’t say that to you. He is so rude. (Ele não deveria ter dito aquilo para você. Ele é tão
rude.)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
MODALS

 I should stay more. I want to know the city. (Eu deveria ficar mais. Eu quero conhecer a cidade)

Sendo assim, o verbo modal should é utilizado para expressar conselho, uma fraca obrigação, uma
expectativa ou uma recomendação e equivale a “teria que”, “deveria”, “deve”.

Modal Verbs: Veja O Que São E Como Usá-Los

Já ouviu falar em Modal Verbs? Muito provavelmente, você já aprendeu sobre eles quando começou
a estudar inglês, mas nunca tinha ouvido falar deles com esse nome.

Trata-se de um grupo de verbos auxiliares que possuem características próprias e não seguem as
regras como outros verbos em inglês.

Eles funcionam como auxiliares para eles mesmo e não se alteram quando são conjugados com as
terceiras pessoas do singular no presente (he, she, it). Por isso, eles não recebem “s”, “es” ou “ies”.

E aí, já matou que verbos são esses? Se ainda não, aí vão mais algumas dicas:

 Normalmente eles expressam capacidade, possibilidade, obrigação, permissão, suposição, pedido,


vontade ou desejo.

 Sempre que são utilizados em uma sentença, o verbo seguinte deve vir no infinitivo, só que sem
o “to”.

 Só são utilizados na presença de outro verbo e não tem passado nem futuro.

Agora ficou fácil, né? Então, confira a lista dos principais Modal Verbs em inglês e em que situações
eles são usados:

Modal O que expressa Forma negativa


Verbs

Can permissão / habilidade / Cannot / Can't


possibilidade

Could habilidade / permissão Could not/ Couldn't

May possibilidade / permissão May not

Might possibilidade no presente ou no Might not / Mightn't


passado

Must obrigação / probabilidade Must not / Mustn't (mas essa forma só pode ser usada
para proibição)

Ought conselho Ought not to


to

Should conselho Should not / Shouldn't

Veja alguns exemplos de uso dos Modal Verbs:

Can
Can I drive your car? (Posso dirigir seu carro?) – permissão

I can speak English very well. (Eu consigo falar inglês muito bem) – habilidade

My brother can arrive after class. (Meu irmão pode chegar depois da aula.) – possibilidade

Could
I could ride a bike when I was a child. (Eu conseguia andar de bicicleta quando eu era criança). –
habilidade no passado

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
MODALS

Could I use your bathroom? (Poderia usar o seu banheiro?) – permissão

May
It may rain tomorrow. (Pode chover amanhã) – possibilidade no presente ou futuro

May I smoke here? (Posso fumar aqui?) – permissão

Might
He might come to the dinner. (Ele talvez venha para o jantar) – possibilidade

Must
You must study more. (Você deve estudar mais) – obrigação

He must know something. (Ele deve saber de algo) – probabilidade

Should
You should go to the doctor. (Você deveria ir ao médico) – conselho

Ought to
You ought to quit smoking. (Você deveria parar de fumar) – conselho

Verbo Modal Must

O verbo “must” pertence aos “modal verbs” (verbo modal) que, na língua Inglesa, tem o papel de
auxiliar o verbo principal em uma frase. Esse modal é utilizado para expressar uma obrigação de
maneira incisiva ou uma dedução. Pode ser traduzido como “ter”, “dever” e “precisar”.

Exemplos:

 I must study hard for the math test. (Eu tenho que estudar muito para o teste de matemática) –
expressa uma obrigação.

 You must finish your work tomorrow. (Você precisa terminar seu trabalho amanhã) – expressa uma
obrigação.

 He must not smoke in the hospital. (Ele não deve fumar no hospital) – expressa uma obrigação.

 João is not here. He must be sick. (João não está aqui. Ele deve estar doente) – expressa uma
dedução

 You must be right about this. (Você deve estar certo sobre isso) – expressa uma dedução

 This must not be difficult. (Isso não deve ser difícil) – expressa uma dedução

Veja algumas características ao utilizar o modal verb must:

Não é necessário utilizar o verbo must com a partícula “to” e o verbo principal será utilizado no
infinitivo e sem a partícula “to”. O correto é dizer “I must read a book” (Eu devo ler um livro) e não “I
must to read a book”.

Ao utilizar o must nas frases interrogativas ele mudará de posição, aparecendo antes do sujeito.

Exemplos:

 Must I be more patient? (Eu devo ser mais paciente?)

 Must he go to the doctor? (Ele deve ir ao médico?)

 Must your father say this to my mother? (Seu pai tem que dizer isso para minha mãe?)

 Must they study more for their classes? (Eles precisam estudar mais para as aulas deles?)

 Must we speak only the truth? (Devemos dizer somente a verdade?)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 7
MODALS

Ao utilizar o must em frases negativas é necessário acrescentar o “not” (forma contraída: mustn’t)

Exemplos:

 I must not (mustn’t) pay my bills. (Eu não devo pagar minhas contas)

 You must not (mustn’t) eat chocolate. (Você não deve comer chocolate)

 We must not (mustn’t) smoke. (Nós não devemos fumar)

 You must not (mustn’t) go work now. (Nós não devemos ir trabalhar agora)

 They must not (mustn’t) be joking with us. (Eles devem estar brincando com a gente)

Não é necessário mudar a forma do modal verb na terceira pessoa, por isso, não é necessário
colocar os finais “s”, “es” e “ies” nem no verbo must nem no verbo principal.

Exemplos:

 He must watch that film. (Ele precisa assistir aquele filme)

 This pen must belong to you. (Está caneta deve pertencer a você)

 She must go to the library at two o clock. (Ela deve ir à biblioteca em duas horas)

 He must write a new book. (Ele tem que escrever um livro novo)

 Paula must read this magazine. (Paula precisa ler essa revista)

Assim, o verbo modal must pode ser utilizado, conforme suas regras de uso, para expressar uma
obrigação muito forte, além de deduções.

Verbo Modal May

O verbo “may” pertence aos modal verbs (verbos modais) que, na língua Inglesa, tem o papel de
auxiliar o verbo principal em uma frase. Esse modal é utilizado para fazer um pedido ou para indicar a
probabilidade de algo acontecer ou não (presente e futuro), sendo que é utilizado de maneira formal.
Exemplos:

 May you help me with my homework tomorrow? (Você pode me ajudar com minha lição de casa
amanhã?) – faz um pedido.

 May I travel with you today? (Eu posso viajar com você hoje?) – faz um pedido.

 May I go to the movie with your friends? (Eu posso ir ao cinema com seus amigos?) – faz um
pedido.

 My brother and my sister may visit our grandparents this year. (Meu irmão e minha irmã podem
visitar nossos avôs este ano) – expressa possibilidade.

 The teacher may be angry with the students. (O professor pode estar bravo com os alunos) –
expressa possibilidade.

 It may rain in the afternoon. (Pode chover à tarde) – expressa possibilidade.

Veja algumas características ao utilizar o modal verb may:

Não é necessário utilizar o verbo may com a partícula “to” e o verbo principal será utilizado no
infinitivo e sem a partícula “to”. O correto é dizer “I may make a cake” (Eu posso fazer um bolo) e não
“I can to make a cake”.

Ao utilizar o may nas frases interrogativas ele mudará de posição, aparecendo antes do sujeito.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 8
MODALS

Exemplos:

 May I help you? I think you need help. (Eu posso ajudar você? Eu acho que você precisa de ajuda.)

 May she come back tomorrow? (Ela pode voltar amanhã?)

 May you stay with me tonight? (Você pode ficar comigo hoje à noite?)

 May I keep with this magazines? (Eu posso ficar com essas revistas?)

 May he call your mother this week? (Ele pode ligar para a sua mãe essa semana?)

Ao utilizar o may em frases negativas é necessário acrescentar o “not” (não há forma contraída)

Exemplos:

 My friend may not be interested. (Meu amigo não pode estar interessado)

 He may not be sick. (Ele não pode estar dente)

 Your cousin may not speak English at school. (Seu primo não pode falar inglês na escola)

 I may not talk with my teacher tomorrow. (Eu não posso falar com meu professor amanhã)

 They may not forget my birthday. (Eles não podem esquecer meu aniversário)

Não é necessário mudar a forma do modal verb na terceira pessoa, por isso, não é necessário
colocar os finais “s”, “es” e “ies” nem no verbo may nem no verbo principal.

Exemplos:

 She may go downtown alone. (Ela pode ir ao centro da cidade sozinha)

 He may travel this year. (Ele pode viajar esse ano)

 Paul may not run anymore. (Paul não pode correr mais)

 I don’t now but He may come to the class. (Eu não sei, mas ele pode vir a aula)

 May your father sing? (O seu pai pode cantar?)

Com isso, ao fazer uso do verbo modal may o falante expressará, em situações formais, uma
permissão ou indicará a probabilidade de algo acontecer ou não.

O Que São Os Verbos Modais?

O verbo modal é um tipo de verbo auxiliar, pois é utilizado para ajudar os verbos principais. Além
disso, sua maior característica é que, ao contrário os demais verbos auxiliares que não possuem
carga semântica, os modal verbs complementam ou alteram completamente o sentido dos verbos
principais, expressando ideias de permissão, pedido, capacidade, possibilidade, dever, etc.

Há nove modal verbs: can, could, may, might, must, shall, should, will e would. Não se preocupe,
você não terá que desvendá-los sozinho. Explicarei sobre cada um nos tópicos abaixo.

Can

Utilizamos o Can para dizer que algo é possível (que há uma real possibilidade), que é permitido ou
que alguém tem a capacidade de fazer alguma coisa. E também pode indicar um pedido. Usamos as
seguintes estruturas:

 Sujeito + can + verbo principal + complemento (afirmativa)

 Sujeito + can’t / cannot + verbo principal + complemento (negativa)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 9
MODALS

 Can + sujeito + verbo principal + complemento (interrogativa)

Exemplos

 You can spend it with a free conscience. [Você pode gastá-lo com a consciência tranquila.]

 A friend of hers who is a florist asks if she can advertise on the site. [Um amigo dela que é um
florista pergunta se ela pode anunciar no site.]

 That device can track where you are at any time. [Aquele aparelho pode localizar onde você está a
qualquer momento.]

 I cannot stay long. [Eu não posso ficar por muito tempo.]

 This cannot be the one the Wizard gave me. [Este não pode ser o que o Mago me deu.]

 I cannot understand you when you speak so quickly. [Eu não consigo te entender quando você fala
tão rápido.]

 Can you watch the house for me while I’m gone? [Você pode olhar a casa pra mim enquanto estou
fora?]

 Can the system learn to predict crime targets? [O sistema pode aprender a prever os alvos de
crime?]

 Can that be prevented? [Aquilo pode ser prevenido?]

Could

Utilizamos o Could para falar sobre possibilidade no momento presente ou no futuro, sobre
probabilidades que não são reais, para fazer sugestões, pedidos mais formais ou como passado do
verbo modal can . Usamos as seguintes estruturas:

 Sujeito + could + verbo principal + complemento (afirmativa)

 Sujeito + couldn’t + verbo principal + complemento (negativa)

 Could + sujeito + verbo principal + complemento (interrogativa)

Exemplos

 I wish you could hear yourself talking. [Eu queria que você pudesse se ouvir falando.]

 Maybe we could have a picnic, or play ball together. [Talvez a gente poderia fazer um piquenique,
ou jogar bola juntos.]

 Oh, I guess Zeb could fight if he had to. [Ah, eu acho que o Zeb conseguia lutar se ele tivesse que
fazer isso.]

 She could have asked, but that might tip her hand. [Ela poderia ter pedido, mas aquilo poderia fazê-
la perder a mão.]

 He could not understand it at all. [Ele não conseguia entender de maneira alguma.]

 I couldn’t find a better friend than Alex. [Eu não poderia achar um amigo melhor que o Alex.]

 The Wizard did not like this invitation, but he could not refuse to accept it.[O mago não gostou do
convite, mas ele não poderia recusar-se a aceitá-lo.]

 “Could we fly with them?” asked Dorothy. [“Nós poderíamos voar com eles?” pediu a Dorothy.]

 How else could I see it? [De que outra maneira eu poderia ver isso?]

 How could she blame him? [Como ela poderia culpá-lo?]

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 10
MODALS

May

Utilizamos May para falar sobre possibilidades ou probabilidades remotas, para fazer pedidos ou
permissões muito formais. Usamos as seguintes estruturas:

 Sujeito + may + verbo principal + complemento (afirmativa)

 Sujeito + may + not + verbo principal + complemento (negativa)

 May + sujeito + verbo principal + complemento (interrogativa)

Exemplos

 I may be the person who’s having the visions but I can’t do it alone. [Eu posso ser a pessoa que está
tendo as visões, mas eu não consigo fazer isso sozinha.]

 You may buy something, if you wish. [Você pode comprar alguma coisa, se desejar.]

 This may grow too serious. [Isso pode ficar muito sério.]

 He may not be able to recall them now. [Ele pode não ser capaz de se recordar deles agora.]

 This may not be the very best mode of attaining a high social polish. [Este pode não ser o melhor
modo de se atingir um alto requinte social.]

 I may not be perfect. [Eu posso não ser perfeito.]

 May I sit with you? [Eu poderia me sentar com você?]

 May I eat just one of the fat little piglets? [Eu poderia comer apenas um dos leitõezinhos gordos?]

 May I drink some water? [Eu posso beber água?]

 Utilizamos Must para falar sobre diferentes intensidades de obrigações, de convites educados até
sobre leis, também é utilizado para fazer deduções. Usamos as seguintes estruturas:

 Sujeito + must + verbo principal + complemento (afirmativa)

 Sujeito + must + not + verbo principal + complemento (negativa)

 Must + sujeito + verbo principal + complemento (interrogativa)

Exemplos

 He must be devastated. [Ele deve estar devastado.]

 That must have been really difficult for you. [Aquilo deve ter sido muito difícil para você.]

 You must take to the river. [Você deve levar para o rio.]

 We must not be late. [Nós não devemos nos atrasar.]

 You must not permit any person to speak. [Você não deve permitir nenhuma pessoa falar.]

 He must not send soldiers to oppress us. [Ele não deve mandar soldados para nos oprimir.]

 Is this the condition to which I must come? [É esta a condição na qual eu devo vir?]

 Must we conclude that the Phrygians were the first and oldest of all the nations? [Nós devemos
concluir que os frígios foram os primeiros e mais antigos de todas as nações?]

 Which wings must I flop first? [Qual das asas eu devo bater primeiro?]

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 11
PASSIVE VOICE

Passive Voice

Diferentemente da voz ativa, em que a ênfase está em quem praticou a ação, ou seja, no sujeito, a
voz passiva se preocupa em enfatizar o objeto, ou seja, aquele que sofre a ação expressa pelo verbo.

Um exemplo de voz ativa seria:

The men built that house. (Os homens construíram aquela casa).

Já ao se passar para a voz passiva, o primeiro passo é inverter o objeto, colocando-o no início da
frase.

That house was built by the men. (Aquela casa foi construída pelos homens).

Nota-se que, além da inversão do objeto, houve também uma mudança quanto ao tempo verbal da
frase. Na voz ativa, o verbo estava no passado simples, e na voz passiva foi acrescentado o passado
do verbo “to be” mais o particípio do verbo. Além disso, houve também o acréscimo de by logo após
a locução verbal.

Nem todas as frases seguirão o mesmo modelo acima. É preciso, portanto, estar atento ao tempo
verbal da frase na voz ativa, para saber em que tempo verbal ela deverá vir na voz passiva. Segue
abaixo uma tabela que ilustra os tempos verbais da voz ativa e da voz passiva:

Tempo na Voz passiva Exemplos


voz ativa

Presente are/ is + particípio Voz ativa: Bob writes letters. (Bob escreve cartas).
simples
Voz Passiva: Letters are written by Bob. (Cartas são
escritas por Bob).

Presente is/are + being + verbo no Voz ativa: Bob is writing a letter. (Bob está escrevendo
contínuo particípio uma carta).

Voz passiva: A letter is being written by Bob. (Uma


carta está sendo escrita por Bob).

Passado was/were + verbo no Voz ativa: Bob wrote a letter. (Bob escreveu uma
simples particípio carta).

Voz passiva: A letter was written by Bob. (Uma carta


foi escrita por Bob).

Passado was/were + being + verbo Voz ativa: Bob was writing a letter. (Bob estava
contínuo no particípio escrevendo uma carta).

Voz passiva: A letter was being written by Bob. (Uma


carta estava sendo escrita por Bob).

Futuro simples will be + verbo no Voz ativa: Bob will write a letter. (Bob escreverá uma
particípio carta).

Voz passiva: A letter will be written by Bob. (Uma carta


será escrita por Bob).

Presente has/have + been + verbo Voz ativa: Bob has written letters. (Bob tem escrito
perfeito no particípio cartas).

Voz passiva: Letters have been written by Bob. (Cartas


têm sido escritas por Bob).

Passado had been + verbo no Voz ativa: Bob had written letters. (Bob tinha escrito

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
PASSIVE VOICE

Perfeito particípio cartas).

Voz passiva: Letters had been written by Bob. (Cartas


tinham sido escritas por Bob).

Futuro com o am/is/are + going to be + Voz ativa: Bob is going to write a letter. (Bob escreverá
“going to” verbo no particípio uma carta).

Voz passiva: A letter is going to be written by Bob.


(Uma carta será escrita por Bob).

Obs.: Quando o sujeito da voz ativa for indeterminado (someone – alguém, people – pessoas), não se
coloca o agente da passiva (aquele que sofreu a ação pelo verbo), nem by.

Ex.:

Voz ativa: Someone opened the gate. (Alguém abriu o portão).


Voz passiva: The gate was opened. (O portão foi aberto).

A passive voice (voz passiva) é um tipo de construção frasal onde é salientado o que acontece com o
sujeito, no entanto, sem enfatizá-lo. Nesse caso, o sujeito é paciente.

Ela mantém o foco no objeto do período, uma vez que ele recebe a ação. A passive voice é
geralmente utilizada em textos formais e técnicos.

Regras e Exemplos

A voz passiva pode ser utilizada em frases afirmativas, negativas e interrogativas. Sua formação é
expressa por:

Objeto + verbo to be + particípio passado do verbo principal + complemento

Usamos esse tipo de construção quando o sujeito da frase é indeterminado.

Ela pode ser utilizada em diversos tempos verbais do presente, do passado e do futuro. Confira
abaixo alguns exemplos:

Voz Passiva (Passive Voice)

A voz passiva é utilizada para contar o que acontece com os objetos da ação. Ao contrário da voz
ativa, que contamos o que o sujeito realiza. Exemplos:

Voz ativa: "Joca lavou o carro" (Joca washed the car)


Voz passiva: "O carro foi lavado" (The car was washed)

Na maioria das vezes a voz passiva só é utilizada quando a ação for mais importante do que o
sujeito. Exemplos:

- Brazil was discovered in 1500 (O Brasil foi descoberto em 1500, voz passiva)
- Pedro Alvares Cabral discovered Brasil (Pedro A.C. descobriu o Brasil, voz ativa)

O passive voice pode ser utilizado em quase todos os tempos verbais do inglês, exceto o "future
progressive" e os "perfect progressive".

Abaixo uma tabela com as formas nos respectivos tempos verbais:

Active Passive Time Reference

They make Fords in Cologne. Fords are made in Cologne. (Fords são Present Simple
(Eles produzem Fords em produzidos em Cologne)
Cologne)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
PASSIVE VOICE

Susan is cooking dinner. Dinner is being cooked by Susan (O Present Continuous


(Susan está cozinhando o jantar está sendo cozinhado por Susan)
jantar)

James Joyce wrote "Dubliners". "Dubliners" was written by James Past Simple
(James Joyce escreveu Joyces. (Dubliners foi escrito por
"Dubliners") James Joyce)

They were painting the house The house was being painted when I Past Continuous
when I arrived. (Eles estavam arrived. (A casa estava sendo pintada
pintando a casa quando eu quando eu cheguei)
cheguei)

They have produced over 20 Over 20 models have been produced in Present Perfect
models in the past two years. the past two years. (Mais de 20
(Eles têm produzido mais de 20 modelos tem sido produzidos nos
modelos nos últimos 2 anos) últimos 2 anos)

They are going to build a new A new factory is going to be built in Future Intention with
factory in Portland. (Eles estão Portland. (Uma nova fábrica está para Going to
indo construir uma nova fábrica ser construída em Portland)
em Portland)

I will finish it tomorrow. (Eu vou It will be finished tomorrow. (Isto será Future Simple
terminar isto amanhã) terminado amanhã)

Como é Usada a Voz Passiva?

1. Quando queremos enfatizar quem recebe a ação, e não quem faz.

 Ativa: Tom painted the house. [Tom pintou a casa.]

 Passiva: The house was painted. (by Tom) [A casa foi pintada (pelo Tom.)]

 Ativa: The client paid the bill. [O cliente pagou a conta.]

 Passiva: The bill was paid by the client. [A conta foi paga pelo cliente.]

2. Perceba que a voz passiva é usada porque não sabemos ou porque simplesmente não queremos
mencionar quem realizou a ação, pois naquele momento consideramos que não é importante ou
interessante… ou então, é algo óbvio.

 The window was broken. [A janela foi quebrada]

 My wallet was stolen. [Minha carteira foi roubada.]

 The thief was arrested. [O ladrão foi preso.]

 The hospital was ruined in a few hours. [O hospital foi destruído em poucas horas.]

 A mistake was made. [Um erro foi cometido.]

3. Em textos formais

 More than 2.500 people were killed during the bomb attack. [Mais de 2.500 pessoas foram mortas
durante o bombardeamento.]

 Water was found on Mars. [Foi encontrada água no planeta Marte.]

4. Para declarações gerais e anúncios

 Passangers are reminded to check in 90 minutes before their departure. [Passageiros são
lembrados de fazer o check in noventa minutos antes da partida.]

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
PASSIVE VOICE

5. Quando o agente é o público, as pessoas em geral

 The police can be called to rescue someone. [Pode-se chamar a polícia para resgatar alguém.] – Ou
as pessoas podem ligar para resgatar alguém.

 Orders can be made by phone. [Pedidos podem ser feitos pelo telefone.]

Quando se quer acrescentar quem praticou a ação utiliza-se o by (por)

 I was attacked by robbers. [Fui atacada por ladrões.]

Como Formar A VOZ Passiva DO Inglês?

Para formar a voz passiva usamos formas do verbo be (no tempo verbal correspondente) +
particípio passado dos verbos (invariável).

Veja algumas das possibilidades abaixo:

 Simple Present: A letter is written by Susan. [Uma carta é escrita pela Susan.]

 Simple Past: A letter was written by Susan. [Uma carta foi escrita pela Susan.]

 Present Perfect: A letter has been written by Susan. [Uma carta tem sido escrita pela Susan.]

 Future: A letter will be written by Rita. [Uma carta será escrita pela Susan.]

A voz passiva também pode ser usada com os verbos modais:

 A letter can be written by Susan. [Uma carta pode ser escrita pela Susan]

Uma frase interessante que usamos muito no português: disseram-me…. ou informalmente me


disseram…. é voz passiva

 I was told to contact the hotel. [Me disseram para entrar em contato com o hotel.]

A mesma construção é possível com alguns outros verbos:

 I was given a second chance. [Me deram uma segunda chance.]

 We were taught a new sport here. [Nos ensinaram um novo esporte aqui.]

 I was shown pictures of us. [Me mostraram fotos nossas.]

Voz Ativa E Voz Passiva Em Inglês

Quando falamos em voz ativa e voz passiva, estamos nos referindo à estrutura de frases (ordem das
palavras). Frases na active voice (voz ativa) são aquelas em que o sujeito que pratica a ação está em
evidência, já em frases na passive voice (voz passiva), o objeto que recebe a ação é que está em
evidência. Para compreender melhor a língua inglesa, é necessário conhecer os dois tipos de vozes e
suas respectivas construções.

Para começar, observe os exemplos abaixo:

Active Voice
Julia bought the new Game of Thrones book. (Julia comprou o novo livro de Game of the Thrones.)

Passive Voice
The new Game of Thrones book was bought by Julia. (O novo livro de Game of the Thrones foi
comprado por Julia.)

A estrutura das frases na voz ativa é a mais comum, a primeira que aprendemos, a mais clara e a que
mais usamos diariamente.

Quem Faz A Ação + Verbo + Objeto Que Recebe A Ação

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
PASSIVE VOICE

Julia + bought + the new Game of the Thrones book

Já a estrutura das frases na voz passiva não é tão comum na linguagem cotidiana. Ainda assim, é
muito importante saber construir frases na voz passiva para conseguir adquirir fluência ao longo do
aprendizado da língua. Observe:

OBJETO QUE RECEBE A AÇÃO + VERBO TO BE (no mesmo tempo da frase na voz ativa) +
PAST PARTICIPLE (use o verbo principal da voz ativa no particípio, a forma da terceira coluna da
tabela de verbos) + PREPOSIÇÃO ‘BY’ + QUEM FAZ A AÇÃO

The new Game of the Thrones book + was + bought + by + Julia

“Estou em dúvida, quando usar a passive voice?”


Usamos a passive voice quando a pessoa que pratica a ação é desconhecida ou não é relevante ao
tipo de informação que queremos passar. Você quer dar ênfase à ação, não à pessoa. Veja:

The eclipse can be observed tonight. (O eclipse pode ser observado hoje à noite.)

A new shopping mall was built near our school. (Um novo shopping foi construído perto da nossa
escola.)

Hora de treinar! Passe as frases abaixo, que estão na active voice, para a passive voice. Lembre-se
de usar o tempo do verbo principal da voz ativa no verbo to be da voz passiva. Se tiver dúvida, volte
ao primeiro exemplo desse post e estude-o melhor ou deixe sua dúvida nos comentários que
responderemos!

1. Marco repaired the car.


2. John will make a great dinner tonight.
3. Everyday Claire reads the newspaper.
4. The professor gave the books to the students.
5. Right now, Margaret is writing an e-mail.

Muita gente confunde a voz passiva e a voz ativa. Veja aqui pra que servem e como usá-las.

Na verdade é simples: Na voz ativa a ênfase está em quem faz (pratica) a ação; na voz
passiva damos importância àquele que sofre (recebe) a ação. Veja as diferenças:

Voz Ativa: Sujeito - Verbo - Objeto


Ex: The boy has broken the window. (o menino quebrou a janela)

Voz Passiva: Objeto (que aqui se transforma em sujeito) - Verbo - Agente da Passiva
Ex.: The window has been broken (by the boy). (a janela foi quebrada (pelo menino))

Obs1.: O agente da passiva (the boy) é completamente opcional na voz passiva; justamente por não
ser importante na frase, sua presença pode ser omitida.

Obs2: A voz passiva é usada:

1) Quando não sabemos quem cometeu a ação:


Ex.: The window has been broken (A janela foi quebrada)
(Alguém a quebrou, não sabemos quem foi; o importante aqui é apenas o resultado, não o
responsável);

2) Quando não é relevante dizer quem realizou a ação:


Ex: I was invited to the party yesterday. (Fui convidado para a festa ontem)
(O mais importante nessa frase é quem recebeu a ação de ser convidado (eu), e não o responsável
por me convidar);

3) Quando quem fez ação for óbvio:


Ex.: The drug dealers will be arrested. (Os traficantes serão presos)
(Obviamente, a responsável pela ação será a polícia; não é necessário citá-la)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
PASSIVE VOICE

Há diferentes formas de se usar a voz passiva em inglês, dependendo do tempo verbal.

Passive Voice - Voz Passiva

Já na voz passiva, queremos dar ênfase para o objeto que está sofrendo a ação, e não para o sujeito.
Não costumamos muito utilizar a voz passiva na linguagem cotidiana, já que ela é considerada mais
formal e comum na escrita. Usando a mesma frase anterior como exemplo, temos:

Pedro is washing the clothes. – Pedro está lavando as roupas. (active voice)

The clothes are being washed by Pedro. – As roupas estão sendo lavadas por Pedro. (passive
voice)

Para formar a voz passiva em inglês, o objeto da voz ativa passa a ser o sujeito da voz passiva, e o
sujeito da voz ativa passa a ser o agente da voz passiva. Como a frase está na voz passiva, desta
vez queremos dar ênfase na ação de as roupas estarem sendo lavadas.

Também usamos a passive voice quando não sabemos quem é o sujeito. Veja esta frase:

Someone stole my smartphone. – Alguém roubou meu celular. (active voice)

My smartphone was stolen. – Meu celular foi roubado. (passive voice)

Como Mudar uma Frase em Inglês da Voz Ativa para Voz Passiva

A principal dúvida que surge entre as vozes verbais em inglês é em relação à estrutura da frase
quando mudamos da voz ativa para a voz passiva.

Para isso, primeiramente precisamos localizar o objeto na voz ativa, já que ele passará a ser sujeito
na voz passiva.

Pedro is washing the clothes – objeto

The Clothes… (objeto)

Depois é preciso conhecer em qual forma verbal encontra-se o verbo principal, no caso, o verbo to
be.

Pedro is washing the clothes – simple present

The Clothes are… (plural)

Conhecer e colocar a forma de particípio passado do verbo principal para formar a voz passiva.

Pedro is washing the clothes – present continuous, ação contínua

The Clothes are Being Washed… (plural)

Na voz passiva, o autor da ação só é mencionado se for necessário. Se mencionarmos quem ou o


que praticou a ação usamos by.

Pedro is washing the clothes – importante mencionar quem está praticando a ação

The Clothes are Being Washed by Pedro.

Usamos a voz passiva em inglês quando destacamos a ação do verbo em si, o objeto que recebe a
ação. A pessoa que praticou a ação – o agente – fica em segundo plano e freqüentemente não é
mencionado. Prefere-se a voz passiva, por exemplo, na linguagem impessoal, quando não interessa
o agente ou ele é indefinido, ou desconhecido, ou óbvio. A voz passiva é formada em inglês com o
auxiliar to be + past. participle do verbo principal. Veja a tabela abaixo:

Tempo verbal Voz ativa Voz passiva

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
PASSIVE VOICE

Simple present Take/takes Is/are taken

Simple past Took Was/were taken

Present Continuous Am/is/are taking Am/is/are being taken

Past continuous Was/were taking Was/were being taken

Simple Future Will take Will be taken

Simple conditional Would take Would be taken

Present perfect Have/has taken Have/has been taken

Past perfect Had taken Had been taken

Modal auxiliary Can/could/must/etc... Modal+be+past.part.

Exemplos:

Voz ativa Voz passiva

My father is a builder. He builds the house. The house is built (by my father).

My father built the house. The house was built.

My father is building the house. The house is being built.

My father was building the house. The house was being built.

My father will build the house. The house will be built.

My father would build the house. The house would be built.

My father has built the house. The house has been built.

My father had built the house. The house had been built.

My father could build the house. The house could be built.

Compare estes outros exemplos:

Somebody cleans this room everyday.


This room is cleaned everyday.

Martin washed his car yesterday.


His car was washed yesterday.

The maid will do the dishes later.


The dishes will be done later.

The room looks nice. Somebody has put it away.


It has been put away.

The room looked nice. Somebody had put it away.


It had been put away.

She is making a cornmeal cake now.


The cornmeal cake is being made now.

She was making the cornmeal cake when I arrived.


The cornmeal cake was being made when I arrived.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 7
USO DE PREPOSIÇÕES E CONJUÇÕES

Uso de Preposições e Conjugações

Preposição

• Preposições: ligam palavras e orações, isoladamente NÃO possuem função sintática, possuem na
frase um valor semântico.

• A função da preposição é subordinar um termo ao outro.

Ex: O chefe da nação sentiu-se ameaçado.

Classificação das Preposições

As preposições podem ser:

• Essenciais – a, ante, até, após, com, contra, de desde, em, entre, para, perante, por,sem, sob,
sobre.

• Acidentais – afora, consoante, durante, exceto, fora, mediante, salvo, senão, visto.

• Locuções Prepositivas – ao lado de, antes de, além de, com respeito a (...) *Na LP, a última palavra
sempre é uma preposição.

Exemplos: Lutou contra mim.

Confiava a mim seus segredos.

Todos comeram, salvo tu.

Relações Semânticas da Preposição

• As preposições podem exprimir vários sentidos:

1- Modo – Comeu um bife a cavalo.

2- Preço – A casa foi avaliada em 1 bilhão.

3- Direção – Atirou-se sobre o herói.

4- Companhia – Foram viajar com os amigos.

5- Instrumento – Martelava com o ferro.

6- Procedência – Vim de Paris.

7- Assunto – Falou sobre linguística.

8- Tempo – Por dez anos vivi em Londres.

9- Lugar – Cantava pelos bares da vida.

10- Posição inferior – O livro estava sob a carteira.

11- Posição superior – O livro estava sobre a carteira.

Coesão e Preposição

• Confio em você.

regente + regido

Observe:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
USO DE PREPOSIÇÕES E CONJUÇÕES

• Dá-se chance a garoto com curso primário completo, que saiba conversar com adultos, decuidar de
enfermos em descanso na praia.

(Quando o termo regente está distante do termo regido há problemas de coesão).

Conjunção

A conjunção, além de ligar palavras ou orações, dá uma direção argumentativa ao texto e estabelece
uma relação semântica entre as orações.

As conjunções podem ser:

1- Coordenativas

2- Subordinativas

Conjunções Coordenativas

1- Aditivas: ideia de soma, adição. Ex: Saio feliz e volto cansada. ( e, nem, mas também...)

2- Adversativas: ideia de oposição, contraste. Ex: Estarei em casa, mas não vou atendê-lo. ( mas,
porém, todavia,contudo, no entanto...)

3- Alternativas: ideia de alternância. Ex: Caso ou viajo? (ou...ou, ora...ora, quer...quer)

4- Conclusivas: ideia de conclusão de um pensamento. Ex: Ela é nova, portanto não irá namorar. (
logo, portanto, por isso, pois ( após o verbo) . Ex: Ela é catanduvense, é, pois, boa gente.

5- Explicativas: ideia de explicação, razão, motivo. Ex: Não brinque com fogo, porque é perigoso.
(porque, que, pois (antes do verbo) – Ela passou no vestibular, pois estudou muito.

Conjunções Subordinativas – Classificação

1- Integrantes – fazem parte da regência de um verbo ou nome; integram uma oração substantiva.
EX: Eu disse que ele viria. ( que/ se).

2- Causais – exprimem causa, razão. Toda causa pressupõe uma consequência. Ex: Como ela gritou
não disse nada. ( porque, que, pois, visto que, já que, uma vez que).

3- Comparativa – ideia de comparação. Ex: João teimou como um burro. (como, mais que, pior que,
melhor que...)

4- Concessivas – fato contrário ao que se encontra na oração principal, ainda que não seja suficiente
para anulá-lo. Ex: Vou ao baile, mesmo que chova. (embora, se bem que, mesmo que, ainda que,
conquanto...)

5- Condicionais – ideia de condição, hipótese. Ex: Desde que comesse, eu cozinharia. ( se, caso,
desde que, contanto que...)

6- Conformativas – ideia de concordância, conformidade. Ex: Conforme lhe disse, viajarei amanhã. (
segundo, conforme,como)

7- Consecutivas – consequência, efeito do que foi expresso anteriormente. Ex: Ela comeu
tanto quepassou mal. (que – acompanhado de tão...que, tanto...que, tamanho...que, tal...que)

8- Temporais – ideia de tempo. Ex: Mal o filme começara, ela sentiu-se mal. (quando, mal, logo que,
sempre que, assim que...)

9- Finais – ideia de finalidade. Ex: Estudamos bastante a fim de que passássemos no vestibular.

10- Proporcionais – ideia de proporcionalidade, simultaneidade. Ex: Quanto mais economizava, mais
sentia prazer. (à proporção que, à medida que, quanto mais, quanto menos...)

Polissemia Das Conjunções

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
USO DE PREPOSIÇÕES E CONJUÇÕES

Polissemia – os vários sentidos, valores semânticos diferentes, dependendo o contexto.

MAS – Terás o dinheiro, mas apenas parte dele. (restrição)

Falou com a professora, mas arrependeu-se. (retificação)

Estava triste, mas disfarçava. (atenuação)

Estudou muito, mas foi reprovada. ( não compensação)

Perdeu o ano, mas conheceu vários países. (compensação)

Mas e o seu pai? Deixou? (situação, assunto)

Polissemia das Conjunções: E / Como/Se

E – Estudou muito e foi reprovado. (oposição).

Estudou muito e passou. (conclusão, consequência.)

Era homem e muito homem! (explicação enfática)

Saiu do escritório e foi para casa. (adição)

E o Palmeiras? Ganha o campeonato? (assunto/ situação)

COMO – Dormia como um anjo. (comparação)

Como era pobre não pode estudar. (causa)

Ensinava os colegas como o mestre o orientou. (conformidade)

SE – Se não foi uma ofensa a todos, ainda assim insultou os jovens. (concessão)

Se não chover irei a sua casa. (condição).

Preposição

Preposição é a palavra que estabelece uma relação entre dois ou mais termos da oração. Essa
relação é do tipo subordinativa, ou seja, entre os elementos ligados pela preposição não há sentido
dissociado, separado, individualizado; ao contrário, o sentido da expressão é dependente da união de
todos os elementos que a preposição vincula.

Exemplos:

1. Os amigos de João estranharam o seu modo de vestir.

amigos de João / modo de vestir: elementos ligados por preposição

de: preposição

2. Ela esperou com entusiasmo aquele breve passeio.

esperou com entusiasmo: elementos ligados por preposição

com: preposição

Esse tipo de relação é considerada uma conexão, em que os conectivos cumprem a função de ligar
elementos. A preposição é um desses conectivos e se presta a ligar palavras entre si num processo
de subordinação denominado regência.

Diz-se regência devido ao fato de que, na relação estabelecida pelas preposições, o primeiro
elemento – chamado antecedente – é o termo que rege, que impõe um regime; o segundo elemento,

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
USO DE PREPOSIÇÕES E CONJUÇÕES

por sua vez – chamado consequente – é o termo regido, aquele que cumpre o regime estabelecido
pelo antecedente.

Exemplos:

1. A hora das refeições é sagrada.

hora das refeições: elementos ligados por preposição

de + as = das: preposição

hora: termo antecedente = rege a construção "das refeições"

refeições: termo consequente = é regido pela construção "hora da"

2. Alguém passou por aqui.

passou por aqui: elementos ligados por preposição

por: preposição

passou: termo antecedente = rege a construção "por aqui"

aqui: termo consequente = é regido pela construção "passou por"

As preposições são palavras invariáveis, pois não sofrem flexão de gênero, número ou variação em
grau como os nomes, nem de pessoa, número, tempo, modo, aspecto e voz como os verbos. No
entanto, em diversas situações as preposições se combinam a outras palavras da língua (fenômeno
da contração) e, assim, estabelecem uma relação de concordância em gênero e número com essas
palavras às quais se ligam. Mesmo assim, não se trata de uma variação própria da preposição, mas
sim da palavra com a qual ela se funde.

Por exemplo:

de + o = do
por + a = pela
em + um = num

As preposições podem introduzir:

a) Complementos Verbais

Por exemplo:

Eu obedeço "aos meus pais".

b) Complementos Nominais

Por exemplo:

Continuo obediente "aos meus pais".

c) Locuções Adjetivas

Por exemplo:

É uma pessoa "de valor".

d) Locuções Adverbiais

Por exemplo:

Tive de agir "com cautela".

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
USO DE PREPOSIÇÕES E CONJUÇÕES

e) Orações Reduzidas

Por exemplo:

"Ao chegar", comentou sobre o fato ocorrido.

Conjunção

Além da preposição, há outra palavra que, na frase, é usada como elemento de ligação: a conjunção.

Por exemplo:

A menina segurou a boneca e mostrou quando viu as amiguinhas.

Deste exemplo podem ser retiradas três informações:

segurou a boneca

a menina mostrou

viu as amiguinhas

Cada informação está estruturada em torno de um verbo: segurou, mostrou, viu. Assim, há nessa
frase três orações:

1ª oração: A menina segurou a boneca

2ª oração: e mostrou

3ª oração: quando viu as amiguinhas.

A segunda oração liga-se à primeira por meio do "e", e a terceira oração liga-se à segunda por meio
do "quando". As palavras "e" e "quando" ligam, portanto, orações.

Observe:

Gosto De Natação E De Futebol.

Nessa frase as expressões de natação, de futebol são partes ou termos de uma mesma oração.
Logo, a palavra "e" está ligando termos de uma mesma oração.

O uso das preposições está relacionado à nossa competência linguística. Sendo assim, conhecê-
las e utilizá-las corretamente é, sobretudo, papel decisivo na construção de nossos discursos
cotidianos. De tal modo, ocupemo-nos a discorrer acerca de algumas características a elas
relacionadas, principalmente no que diz respeito à transitividade verbal e, consequentemente, à
regência de alguns verbos.

Temos ciência de que alguns verbos, levando em consideração o contexto em que são empregados,
ora se classificam como transitivos diretos, ora como transitivos indiretos e, por essa razão,
provavelmente por algum descuido ou até mesmo por falta de conhecimento por parte do emissor, o
uso das preposições deixa a desejar, tendo em vista o padrão formal que rege a língua. Dessa forma,
de modo a evitarmos alguns erros, vejamos alguns casos relevantes:

* Aqueles São Os Rapazes Que As Garotas Gostam.

Analisando a transitividade do verbo gostar, concluímos que o discurso precisa ser reformulado,
tornando-se assim materializado:

Aqueles São Os Rapazes De Quem As Garotas Gostam.

* Essa é a Amiga que Confio.


Ora, quando confiamos, confiamos em alguém. Portanto, por que não dizermos:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
USO DE PREPOSIÇÕES E CONJUÇÕES

Essa É A Amiga Em Que Confio.


* Este é o Livro que me Refiro.
É simples, sempre quando nos referimos, fazemos referência a algo ou a alguém. Portanto:

Este é o livro a que me refiro.


* Eis a chance que eu precisava.
Acreditem! Quem precisa, precisa de algo ou de alguém. Logo, observemos:

Eis a Chance da Qual eu Precisava.

Não somente tais exemplos, mas também vários outros, ilustram o caso em questão. Por isso,
devemos estar bem atentos quanto à transitividade verbal, para atribuirmos ao verbo a regência
adequada.

As preposições podem ser de dois tipos:

1. Preposição Essencial: sempre funciona como preposição.


Exemplo: a, ante, de, por, com, em, sob, até...

2. Preposição Acidental: palavra que, além de preposição, pode assumir outras funções
morfológicas.
Exemplo: consoante, segundo, mediante, tirante, fora, malgrado...

Locução Prepositiva

Chamamos de locução prepositiva o conjunto de duas ou mais palavras que têm o valor de uma
preposição. A última palavra dessas locuções é sempre uma preposição.

Exemplos: por causa de, ao lado de, em virtude de, apesar de, acima de, junto de, a respeito de...

As preposições podem combinar-se com outras classes gramaticais.

Exemplos: do (de + artigo o)


no (em + artigo o)
daqui (de + advérbio aqui)
daquele (de + o pronome demonstrativo aquele)

Emprego das Preposições

- as preposições podem estabelecer variadas relações entre os termos que ligam.

Ex.: Limpou as unhas com o grampo (relação de instrumento)


Estive com José (relação de companhia)
A criança arrebentava de felicidade (relação de causa)
O carro de Paulo é novo (relação de posse)

- as preposições podem vir unidas a outras palavras.


Temos combinação quando na junção da preposição com outra palavra não houver perda de
elemento fonético.
Temos contração quando na junção da preposição com outra palavra houver perda fonética.

Contração Combinação

Do (de + o) Ao (a +o)

Dum (de + um) Aos (a + os)

Desta (de + esta) Aonde (a + onde)

No (em + o)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
USO DE PREPOSIÇÕES E CONJUÇÕES

Neste (em + este)

- a preposição a pode se fundir com outro a. Essa fusão é indicada pelo acento grave ( `) e recebe o
nome de crase.
Ex.: Vou à escola (a+a)

Conjunções

Em se tratando das funções estabelecidas pela diversidade de elementos que compõem as classes
gramaticais, há algumas semelhantes entre si. Estamos referindo-nos ao caso das preposições e
conjunções, visto que ambas têm por finalidade ligar os termos dentre um enunciado linguístico,
conferindo-lhe precisão e clareza.

Para que possamos veementemente compreender acerca desta prerrogativa, analisemos os casos
abaixo relacionados:

Apenas Gostaria Que Tivesse Paciência E Compreensão.

Não Pude Comparecer Ao Trabalho, Mas Apresentei A Devida Justificativa.

Estudaríamos Bastante, Se Tivéssemos Tempo.

Atendo-nos a uma análise discursiva destes, constatamos que no primeiro exemplo o termo
destacado fez a junção entre as palavras “paciência” e “compreensão”. Outro aspecto de notória
relevância é que as orações por ele ligadas possuem por si só um sentido completo, ou seja, são
dotadas de todos os requisitos necessários à compreensão por parte do interlocutor, mesmo que
desdobradas. De forma semelhante temos o segundo exemplo, no qual o “mas” apenas as conectou,
pois também são sintaticamente independentes. Diante de tal ocorrência linguística, deparamo-nos
com as denominadas conjunções coordenativas.

Já no terceiro exemplo, identificamos que a palavra em evidência também fez a conexão entre duas
orações, contudo, dependentes entre si. Identificamos que a segunda necessita da primeira no que
se refere à noção de sentido. Aspecto que lhes confere a condição de subordinadas – dada esta
mútua dependência.

Partindo desses pressupostos, interagir-nos-emos com as respectivas características que norteiam


ambas as modalidades. Vejamo-las:

Conjunções Coordenativas

Conjunções Subordinativas

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 7
USO DE PREPOSIÇÕES E CONJUÇÕES

As orações subordinadas, como já expresso, caracterizam-se pela relação de dependência que a


subordinada estabelece com a oração principal. São classificadas em substantivas, adjetivas e
adverbiais.

As conjunções integrantes introduzem as orações subordinadas substantivas, as quais exercem a


função de sujeito, objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, aposto e predicativo.

Ex: Não sabemos se ela realmente virá.


Or. subordinada substantiva objetiva direta (exercendo a função de objeto direto)

As conjunções subordinativas introduzem orações subordinadas adverbiais, exprimindo, portanto,


várias circunstâncias relacionadas ao advérbio. Analisemos, pois, como são classificadas:

Conjunções Subordinativas

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 8
OBJECT PRONOUNS,SUBJECT PRONOUNS

Object Pronouns, Subject Pronouns

Object Pronouns

Os pronomes objetos servem para substituir os objetos diretos ou indiretos. Eles sempre devem vir
após verbos ou preposições.

Ex.:

I love Bob. (Eu amo o Bob).

or (ou)

I love him. (Eu o amo).

No exemplo acima, o pronome him deve ser utilizado, pois ele vem logo após um verbo (love - amar)
e substitui um objeto direto, Bob. Outro caso é quando o pronome é usado para substituir um objeto
indireto, como em:

I bought these sunglasses to Lisa. (Eu comprei esses óculos de sol para a Lisa).

Or (ou)

I bought these sunglasses to her. (Eu comprei esses óculos de sol para ela).

Assim como em português não dizemos: “Minha mãe comprou esse presente para eu” e sim “Minha
mãe comprou esse presente para mim”; em inglês devemos seguir essa mesma regra. Logo, não
podemos dizer: “My sister gave this chocolate to I” (Minha irmã deu este chocolate para eu) e sim,
“My sister gave this chocolate to me”. (Minha irmã deu esse chocolate para mim).

Segue abaixo uma tabela com os pronomes objetos:

Object Pronouns

1ª pessoa do singular me

2ª pessoa do singular you

3ª pessoa do singular para o masculino him

3ª pessoa do singular para o feminino her

3ª pessoa do singular para animais ou objetos it

1ª pessoa do plural us

2ª pessoa do plural you

3ª pessoa do plural them

Ex.:

Give me those books. (Me dê aqueles livros).

Mariane called you yesterday morning. (Mariane te ligou ontem de manhã).

Pass these folders to him, please. (Passe estas pastas para ele, por favor).

Mary gave her daughter a tricycle. (Mary deu a sua filha um triciclo).

She send us some e-mails. (Ela nos enviou alguns e-mails).

They brought you a lot of gifts. (Eles trouxeram para vocês muitos presentes).

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
OBJECT PRONOUNS,SUBJECT PRONOUNS

The teacher gave them a poor grade. (A professora deu a eles uma nota ruim).

O Que São Os Object Pronouns Do Inglês

Os object pronouns (pronomes objeto) são um tipo de personal pronoun (pronome pessoal) em
inglês. O outro tipo é subject pronoun. Sendo personal pronouns, os object pronouns servem para
substituir alguém, ou melhor… O nome de alguém – ou de uma coisa – na frase.

Só que, diferentemente dos subject pronouns, os object pronouns substituem nomes de pessoas ou
coisas que tem a função de objeto direto ou indireto na frase, e não de sujeito.

Veja estes exemplos:

 My cousin called you yesterday [Minha prima te ligou ontem]

 My friend Mara is in town. I saw her last night [Minha amiga Mara está na cidade. Eu a vi ontem à
noite]

Nas frases acima, “you” e “her” são object pronouns (you e it são os únicos casos de object pronoun
iguais aos respectivos subject pronouns). Perceba que tanto you quanto her são objetos diretos nas
frases (veja revisão sobre Objetos abaixo).

Obs.: Os object pronouns nunca são usados como sujeito da frase, já que a função deles é a de
objeto – a não ser as palavras you e it, como já mencionado. Os object pronouns podem aparecer em
casos onde o sujeito da frase é, na verdade, uma expressão, como “The earrings you gave me are
beautiful” (Os brincos que você me deu são bonitos). Nesse caso, o sujeito da frase é uma frase
subordinada adjetiva que inclui o object pronoun “me” e é por isso que “me” aparece no meio do
sujeito, apesar de ele não ser o sujeito em si.

Tabela dos Object Pronouns

Em Inglês Em Português

Me Me

You Você

Him “O”, A Ele, Para Ele

Her “A”, A Ela, Para Ela

It “O”, “A”, A Ele, A Ela (Indefinido)

Us A Nós, Para A Gente

You Vocês

Them A Eles, Para Elas, “Os”, “As”

Como Usar Os Object Pronouns

Os object pronouns são usados para substituir nomes de pessoas, animais ou coisas que são objetos
diretos ou indiretos em uma frase. Para compreender bem como usar os object pronouns, é preciso
entender o que são os objetos direto e indireto em frases. Por isso, aqui vai uma revisão – veja este
exemplo: Meu pai me deu um presente no meu aniversário.

Nesta sentença, o sujeito é “meu pai” (QUEM me deu um presente no meu aniversário?), e
o predicado é todo o resto, tirando o sujeito – “me deu um presente no meu aniversário”.

Agora, faça esta pergunta mentalmente: meu pai me deu o quê? A resposta é o objeto direto da frase:
um presente.

Faça esta outra pergunta: meu pai deu um presente a quem, ou para quem? A resposta é “para mim”,

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
OBJECT PRONOUNS,SUBJECT PRONOUNS

o que nesta sentença aparece como o pronome objeto “me”. Neste caso, “me” é o objeto indireto da
frase.

Veja estes outros exemplos, onde os objetos diretos estão em negrito e os objetos indiretos estão
em itálico:

Eu contei a história a ela.

Minha mãe fez um bolo ontem.

A gente encontrou o tesouro.

Eu vou comprar um livro.

A Maria ligou pra você hoje de manhã.

Faça as perguntas contei o que? (para descobrir o objeto direto) e contei a quem? (para descobrir o
objeto indireto) para a primeira frase, e continue com as seguintes para identificar os objetos.

Assim, a tradução dos object pronouns para o português depende de como eles estiverem sendo
usados. Veja nos exemplos abaixo o uso de object pronouns, e como são traduzidos para o
português:

I‟m happy for them [Estou feliz por eles]

That guy is looking at you! [Aquele cara está olhando pra você!]

This is our house and we built it in 2010 [Essa é nossa casa e nós a construímos em 2010]

Veja que no exemplo acima “it” vira o pronome oblíquo “a” do português. Em linguagem falada
informal, muitas vezes nós usamos ela, ele, elas e eles também como pronome objeto: “nós
construímos ela”.

She gave us the tickets [Ela nos deu as entradas / Ela deu as entradas pra gente]

Who‟s at the door? It‟s me. [Quem está à porta? Sou eu]

Did you give him your phone number? [Você deu seu número de telefone pra ele?]

I don‟t know them [Eu não os conheço / Não conheço “eles“]

We prepared this dinner specially for her [Nós preparamos esse jantar especialmente para ela]

Subject Pronouns

Os pronomes subjetivos correspondem, em português, aos pronomes do caso reto. Eles são usados
para substituir os sujeitos, com a intenção de se evitar a repetição de nomes nas frases. São
pronomes subjetivos:

Subject Pronouns Quanto ao uso:

I (eu) 1ª pessoa do singular

You (você) 2ª pessoa do singular

He (ele) 3ª pessoa do singular

She (ela) 3ª pessoa do singular

It (usa-se para animais, objetos e neutros) 3ª pessoa do singular

We (nós) 1ª pessoa do plural

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
OBJECT PRONOUNS,SUBJECT PRONOUNS

You (vocês) 2ª pessoa do plural

They (eles, elas) 3ª pessoa do plural

Veja um exemplo:

Chris and Mary are friends. Chris and Mary like to study together on the weekends. (Cris e Mary são
amigos. Cris e Mary gostam de estudar juntos nos finais de semana).

Chris and Mary are friends. They like to study together on the weekends. (Cris e Mary são amigos.
Eles gostam de estudar juntos nos finais de semana).

Note que o sujeito da segunda oração “Chris e Mary” foi substituído pelo subject pronoun “they”. Isso
evitou a repetição e tornou a frase ainda mais clara.

Outros exemplos para auxiliar na compreensão:

1- Your baby is so cute. Is it a boy or a girl? (Seu bebê é tão fofinho. É um garoto ou uma garota?).

Nesse exemplo utilizou-se o “it” já que bebê naquele exemplo é um elemento neutro, não estava
especificado na frase se era um garoto ou garota. Se fosse um menino poderia se utilizar o “he” e se
menina, o “she”.

2- Richard is my neighbor. Richard is so handsome. (Richard é meu vizinho. Richard é tão bonito).

Ou

Richard is my neighbor. He is so handsome. (Richard é meu vizinho. Ele é tão bonito).

3- Susan and I will travel together on our next vacation. Susan and I will stay on a fancy hotel. (Susan
e eu viajaremos juntos nas nossas próximas férias. Susan e eu ficaremos em um hotel chique).

Ou

Susan and I will travel together on our next vacation. We will stay on a fancy hotel. (Susan e eu
viajaremos juntos nas nossas próximas férias. Nós ficaremos em um hotel chique).

Pronomes Pessoais (Personal Pronouns)

Os pronomes pessoais (personal pronouns) são termos utilizados para substituir nomes completos
ou substantivos em frases. Eles são divididos de acordo com quatro classificações:

 Quanto ao número: singular ou plural;

 Quanto à pessoa: primeira, segunda ou terceira;

 Quanto ao gênero: masculino, feminino ou neutro;

 Quanto à função que cumprem nas sentenças: sujeito ou objeto.

Vejamos quais são os pronomes pessoais de acordo com essas classificações:

Pronomes pessoais Pronomes do sujeito Pronomes do objeto


(personal pronouns) (subject pronouns) (object pronouns)

1ª pessoa do singular Eu I me

2ª pessoa do singular Tu/Você You you

3ª pessoa do singular Ele He him

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
OBJECT PRONOUNS,SUBJECT PRONOUNS

Ela She her

Ele/Ela It it
(elemento neutro)

1ª pessoa do plural Nós We us

2ª pessoa do plural Vós/Vocês You you

3ª pessoa do plural Eles/Elas They them

Perceba que há alguns pontos bem marcantes quando comparamos ao português. Vejamos a seguir.

A existência do elemento neutro: lembre-se de que objetos e animais, geralmente, são


considerados neutros na língua inglesa e tratados como sem gênero/sexo, o que não acontece em
nosso idioma. Por exemplo: „a porta‟ seria um substantivo feminino em português, logo, usaríamos
„ela‟ para nos referirmos ao elemento. No entanto, em inglês, este mesmo elemento é tratado como
„it‟. Da mesma forma acontece para bebês que ainda não se sabe o sexo, os falantes da língua tratam
como „it‟. Os animais de estimação podem ser tratados como „he‟ ou „she‟ justamente por serem
próximos de uma pessoa, como se deixassem de ser algo „neutro‟.

A 2ª pessoa é igual para singular e plural: isto facilita na hora de estudar o idioma, pois são menos
pronomes para aprendermos. Afinal, saber que „you‟ serve tanto para singular quanto para plural
ajuda na memorização. Depois veremos alguns casos em que é possível identificar quando é plural
ou singular.

A 3ª pessoa no plural é a mesma para masculino, feminino e elementos neutros: esta é outra
característica que facilita aos estudantes da língua inglesa, pois reduz o número de palavras que
precisamos saber. O uso do pronome „they‟ tanto para „eles‟ quanto para „elas‟ auxilia na hora de
construir frases, pois não precisamos lembrar de pronomes específicos para masculino ou feminino.

Quanto à função que cumprem nas frases, basicamente, entenda que os pronomes do sujeito são
aqueles que executam uma ação, isto é, os agentes; enquanto os pronomes do objeto são aqueles
que sofrem a ação. Resumindo: os pronomes do sujeito estão antes dos verbos e os pronomes do
objeto estão depois.

Agora veremos o uso dos pronomes pessoais em frases. Os verbos (ações) estão sublinhados para
que ajudem a identificar a posição do pronome, seja antes (subject pronouns) ou depois (object
pronouns).

 I like to go to the beach every weekend. (Eu gosto de ir à praia todo final de semana).

 She visits him after work. (Ela visita ele depois do trabalho. ou Ela visita-o depois do trabalho.)

 They have three daughters. They bought a dog for them. (Eles têm três filhas. Eles compraram um
cachorro para elas.)

 You are a doctor. They are dentists. (Você é médico/médica. Eles/elas são dentistas.)

 He is a teacher. You are lawyers. (Ele é professor. Vocês são advogados/advogadas.)

 Her dog is beautiful. It is a Labrador. (O cachorro dela é lindo. Ele é um Labrador.)

 We have three sisters. We love them. (Nós temos três irmãs. Nós amamos elas. ou Nósamamo-
las.)

Lembre-se de que o contexto é o grande responsável na hora de identificar o gênero (masculino,


feminino ou neutro) e o número (singular ou plural), por isso, procure verificar frases anteriores e
posteriores em um texto ou diálogo, caso fique na dúvida quanto ao pronome pessoal exato que está
sendo usado.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
OBJECT PRONOUNS,SUBJECT PRONOUNS

Na nossa língua portuguesa há vários tipos de pronomes: pessoais do caso reto (sujeitos), pessoais
do caso oblíquo, possessivos, reflexivos e por aí a fora.

Neste artigo vamos falar dos pronomes pessoais do caso reto. Também conhecidos como pronomes
sujeitos. Antes de continuar é necessário lembrar de duas coisas bem básicas da gramática do
português.

Você lembra do „sujeito‟ e „predicado‟? Espero que sim! Pois entender isto é uma grande ajuda para
entender os Personal Pronouns que analisaremos aqui. Para quem não lembra aí vai um exemplo:

“Nós estudamos inglês” – de acordo com nossos conhecimentos: „nós„ é o sujeito da oração; e,
„estudamos inglês„ é o predicado.

Em português os pronomes „eu‟, „tu‟ („você‟), „ele‟, „ela‟, „nós‟, „vós‟ („vocês‟), „eles‟, „elas‟ são os
pronomes do caso reto (pronomes sujeito). Pois sempre terão a função de sujeito (quem faz a ação, o
responsável pelo que foi feito) na oração.

Em inglês, estes pronomes sujeito são os seguintes:

I – eu
you – tu ou vós (você ou vocês)
he – ele
she – ela
it – (um caso complicado, vamos falar dele neste local)
we – nós
they – eles ou elas

Assim você já deve começar a entender que estes pronomes aí sempre estarão, por assim dizer,
antes do verbo (ou seja, serão sempre o sujeito da oração). São eles que dizem que fez algo. Veja só
os exemplos:

I study English – Eu estudo inglês.


We like bananas – Nós gostamos de banana.
They travel every year – Eles viajam todos os anos.

Possessive Pronouns

Os pronomes possessivos devem ser usados com o intuito de substituir o substantivo na frase.

Ex.:

This is my house. (Esta é minha casa).


That is Peter‟s house and this is mine. (Aquela é a casa do Peter e esta é a minha).

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
OBJECT PRONOUNS,SUBJECT PRONOUNS

No primeiro exemplo nota-se que foi utilizado um possessive adjective (adjetivo possessivo) “my”,
enquanto no segundo exemplo foi utilizado um possessive pronoun (pronome possessivo) “mine”.
Como diferenciar o uso de um possessive adjective de um possessive pronoun?

É simples, basta notar que os “possessive adjectives” sempre vêm acompanhados de um


substantivo. No exemplo citado acima, “my” vem acompanhado do substantivo “house”. Já os
“possessive pronouns” têm a função de substituir os substantivos. No exemplo acima, “mine” está
sendo usado para substituir “house”.

São possessive adjectives e possessive pronouns:

Possesive Adjective Possessive Pronoun

My book (meu livro) Mine (o meu / a minha)

Your pencil (seu lápis) Yours (o seu / a sua)

His backpack (mochila dele) His (a dele / o dele)

Her dress (vestido dela) Hers (a dela/ o dela)

Its house (casa dele/a – usado para neutro e Its (o dele/ a dele / o dela/ a dela - neutro e
animais) animais)

Our TV (nossa televisão) Ours (o nosso / a nossa)

Your cars (seus carros) Yours (os seus/ as suas)

Their pens (canetas deles/delas) Theirs (os deles/ as deles/ os delas/ as delas)

Ex.:

My book is new. (Meu livro é novo).


Your pencil is under the table. (Seu lápis está debaixo da mesa).
His backpack is brand-new. (A mochila dele é novíssima).

- Which pizza is yours? The cheese or the pepperoni? (Qual pizza é a sua? A de queijo ou a de
calabresa?).
- The cheese is mine and the pepperoni is hers. (A de queijo é a minha e a de calabresa é a dela).

Os pronomes possessivos indicam posse e são utilizados com o objetivo de substituir o substantivo
contido na frase.

Ex.: This is my bag. (Esta é minha bolsa).

That is Paula‟s bag and this is mine. (Aquela é a bolsa da Paula e esta é a minha).

No primeiro exemplo, podemos observar que foi utilizado um possessive adjective (adjetivo
possessivo), “my”, que significa “meu” ou “minha” e que acompanha o substantivo, no exemplo
anterior, “bag”. Já na segunda frase, como foi utilizado um possessive pronoun (pronome
possessivo), “mine”, não é preciso colocá-lo junto do substantivo, uma vez que a sua função é
substituí-lo.

Adjetivos Possessivos (Possessive Adjectives)

Os adjetivos possessivos (possessive adjectives) são palavras que têm a função de modificar um
substantivo indicando propriedade ou posse. Por exemplo, “This book is her book” (Este livro é o livro
dela) o adjetivo possessivo “her” (dela) está especificando que o livro pertence a ela. Na Língua
Inglesa os adjetivos possessivos são:

 My - meu, meus, minha, minhas

 Your - sua, seu

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 7
OBJECT PRONOUNS,SUBJECT PRONOUNS

 His – dele

 Her - dela

 Its - dela, dele (coisas ou animais)

 Our - nosso, nossos

 Your - suas, seus

 Their - delas, deles

Outros exemplos de como usar o adjetivo possessivo:

 They don‟t want to spend all their money on the project. (Eles não querem gastar todo o dinheiro
deles no projeto)

 Are these your shoes? They are beautiful. (Esses são seus sapatos? Eles são bonitos)

 These men are my brothers, they are beautiful. (Estes homens são meus irmãos, eles são lindos)

 Julia lives with her mother. (Julia mora com a mãe dela)

 That's my father's cigar. (Aquele charuto é do meu pai)

Os adjetivos possessivos, na língua inglesa, apresentam algumas características quanto a ao número


e gênero:

Os adjetivos possessivos não se diferenciam em número, ou seja, não apresentam plural.

Exemplos:

 This is our pen. (Esta é nossa caneta)

 These are our pens. (Estas são nossas canetas)

 That is my magazine. (Aquela revista é minha)

 Those are my magazines. (Aquelas são minhas revistas)

E os adjetivos possessivos não se diferenciam em gênero, ou seja, podem ser utilizados tanto para o
masculino quanto para o feminino.

Exemplos:

 He hates my sister. (Ele odeia minha irmã)

 He hates my brother. (Ele odeia meu irmão)

 They gave their medals to children. (Eles deram as medalhas deles para as crianças)

 The waitresses lost their money. (As garçonetes perderam o dinheiro delas)

Sendo assim, os adjetivos possessivos são usados frente a um substantivo para modifica-lo,
indicando posse ou propriedade e não variam nem gênero e nem em número.

Relative Clauses (Who, Which, Whose, Whom, That)

As "Relative Clauses" são usadas para formar orações que adicionam informações à algum
objeto/sujeito de uma primeira oração. Para isto utilizamos os pronomes relativos. Os pronomes
relativos do exemplo estão em negrito:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 8
OBJECT PRONOUNS,SUBJECT PRONOUNS

- People who live in Nova York areas are often rich (pessoas que vivem em Nova York geralmente
são ricas)

Abaixo uma tabela dos pronomes relativos do inglês:

Who - usado para o sujeito ou pronomes pessoais. Ex: I told you about who lives here. (eu contei a
você sobre quem vive aqui)

Which - usado para sujeito ou pronomes para animais ou coisas. Ex: My dog, which is brown, is
sleeping. (meu cachorro, que é marrom, está dormindo)

Whose - é um pronome possessivo. Usa-se "whose" quando queremos à quem pertence alguma
coisa. Algumas vezes, pode ser traduzido pela palavra "cujo", em português. Ex:

 Do you know the boy whose father is dead? (você conhece o garoto cujo pai está morto?)

 Whose pencil is this? (de quem é esse lápis?)

Whom - usado para pessoas. Ex: I was invited by the professor whom I met at the conference. (eu fui
convidado pelo professor que eu encontrei na conferência.) Note que tem mesma aparência do
"who", mas só é usado em casos onde o pronome relativo não define (classifica, identifica) o
sujeito/substantivo.

That - usado para sujeito, pessoas, animais, coisas, nos casos onde "define" alguma coisa. Ex: I do
not like the car that is parked there (Eu não gosto do carro que está estacionado ali)

Pronomes Relativos - Relative Pronouns

Os pronomes relativos podem exercer a função de sujeito ou objeto do verbo principal. Lembre-
se de que quando o pronome relativo for seguido por um verbo, ele exerce função de sujeito. Caso o
pronome relativo for seguido por um substantivo ou pronome, ele exerce função de objeto.

- Quando o antecedente for pessoa e o pronome relativo exercer a função de sujeito do verbo,
usa-se whoou that.

The boy who / that arrived is blond. (O menino que chegou é loiro.)

- Quando o antecedente for pessoa e o pronome relativo exercer a função de objeto do verbo,
usa-se who, whom, that ou pode-se omitir (-) o pronome relativo. Contudo, essa omissão só
pode ocorrer quando o relativo exercer função de objeto. Lembre-se de que na linguagem
informal pode-se empregar who em vez de whom.

The girl who / whom / that / (-) I saw in the beach was beautiful.
(A menina que vi na praia era bonita.)

- Quando o antecedente for coisa ou animal e o pronome relativo exercer a função de sujeito
do verbo, usa-se which ou that.

The cat that / which is in the garden belongs to my sister.


(O gato que está no jardim pertence à minha irmã.)

The brown guitar that / which was on the table is mine. (O violão marrom que estava em cima da
mesa é meu.)

OBSERVAÇÃO: O pronome who também pode referir-se a animais (mas apenas animais que
tenham nomes ou são conhecidos, como Lassie, por exemplo).

- Quando o antecedente for coisa ou animal e o pronome relativo exercer a função de objeto,
usa-se which, that ou pode-se omitir (-) o pronome relativo.

The brown guitar which / that / (-) he was playing belongs to me. (O violão marrom que ele estava
tocando pertence a mim.)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 9
OBJECT PRONOUNS,SUBJECT PRONOUNS

The cat which / that / (-) I saw in the garden was mewing. (O gato que eu vi no jardim estava
miando.)

LEMBRE-SE: Os pronomes relativos só podem ser omitidos quando funcionam como objeto,
nunca quando exercem função de sujeito.

- O pronome relativo whose (cujo, cuja, cujos, cujas) estabelece uma relação de posse e é
usado com qualquer antecedente. Esse pronome é sempre seguido por um substantivo e
nunca pode ser omitido.

The cat whose owner is my sister was in the garden. (O gato cuja dona é minha irmã estava no
jardim.)

- O pronome relativo where (onde, em que, no que, no qual, na qual, nos quais, nas quais) é
usado para se referir a lugar ou lugares.

The place where I live is far from here. (O lugar onde moro é / fica longe daqui.)

- O pronome relativo when (quando, em que, no qual, na qual, nos quais, nas quais) é usado
referindo-se a dia(s), mês, meses, ano(s), etc.

I will always remember the day when we met each other. (Sempre me lembrarei do dia em que nos
conhecemos.)

We will get married when you get a job. (Nós iremos casar quando você conseguir um emprego.)

- What (o que) pode ser usado como pronome relativo e pode exercer função de sujeito ou
objeto.

I don't know what happened yesterday. (Não sei o que aconteceu ontem.)

What is this? (O que é isto?)

Os pronomes relativos são: “that, who, whom, which e whose”. Eles se referem a termos citados
anteriormente e devem ser usados sempre para se introduzir uma oração subordinada a uma oração
principal.

Cada pronome possui sua função diferenciada, por exemplo:

That (que): relativo a pessoas, animais e coisas.

He is the man that saved the planet. (Ele é o homem que salvou o planeta).
That is the dog that bit my neighbor. (Aquele é o cachorro que mordeu minha vizinha).
This is the TV that is on sale. (Esta é a televisão que está na promoção).

Which (que, o qual, os quais, a qual, as quais): relativo a coisas e animais.

This is the bus which I take to go home. (Este é o ônibus que eu pego para ir para casa).
This is the cat which got in trouble yesterday. (Este é o gato que entrou numa fria ontem).

Who e Whom (que ou quem): relativo a pessoas.

The woman whom you called is my cousin. (A mulher a quem você ligou é minha prima).

There is a man outside who wants to see you. (Há um homem lá fora que quer falar com você).

Whose (cujo, cuja, cujos, cujas): relativo à posse, é usado para pessoas e animais.

That is the girl whose brother was making some magic tricks at the party last Saturday. (Aquela é a
garota cujo irmão estava fazendo alguns truques de mágica na festa sábado).
This is the shirt whose sleeves are too tight. (Esta é a camisa cujas mangas são muito apertadas).

Fique Atento:

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 10
OBJECT PRONOUNS,SUBJECT PRONOUNS

Apesar de ser possível utilizar os pronomes relativos “that e whom” para se referir a pessoas, o
pronome “whom” pode vir antecedido de uma preposição, porém isso não é uma regra. A melhor
maneira de diferenciá-los é lembrando que who age como sujeito e whom como objeto.

The boy about whom you were talking is my brother. (O garoto sobre quem você estava falando, é
meu irmão).

Função de sujeito Função de objeto

Para pessoas Who Who ou Whom

Para coisas Which Which

Para pessoas ou coisas That That

Agora, vejamos alguns exemplos para compreender como eles funcionam. Perceba o pronome
relativo em destaque e a palavra sublinhada antes ou depois dele.

 The girl who bought the house is very beautiful. (A garota que comprou a casa é muito bonita.)
Girl = substantivo / who = função de sujeito

 She didn‟t tell who bought her car. (Ela não disse quem comprou seu carro.)
Tell = verbo / who = função de objeto

 I don‟t know which car is yours. (Eu não sei qual carro é o seu.)
Know = verbo / which = função de objeto

 The elephant, which died, is from South Africa. (O elefante que morreu é da África do Sul.)
Elephant = noun / which = função de sujeito

 The man that called is here to see her. (O homem que ligou está aqui para vê-la.)
Man = substantivo / that = função de sujeito

Ainda temos o pronome „whose‟, que tem a função de indicar posse, tanto para pessoas quanto para
coisas. Observe a seguir.

 This is her father, whose car I showed you yesterday. (Este é o pai dela, cujo carro eu te mostrei
ontem.)

 This is Jake, whose sister went to college with me. (Este é o Jake, cuja irmã foi à faculdade
comigo.)

Perceba que esses mesmos exemplos em que o pronome relativo „whose‟ é usado poderiam conter o
pronome „who‟ e não perder o sentido. Atualmente, tanto na escrita quanto na fala, o pronome „who‟ é
mais comumente utilizado do que „whose‟.

Além desses pronomes relativos, o inglês ainda conta com outros, porém com sentido e ocorrências
mais específicas. São eles:

 „where‟ (= onde): usado para referir-se a um lugar;

 „when‟ (= quando): para referir-se a tempo;

 „what‟ (= o que): utilizado para referir-se a algo que é sujeito ou objeto da frase.

Vejamos como eles funcionam dentro de frases.

 He didn‟t know where she came from. (Ele não sabia de onde ela veio.)

 The house where we live is three blocks from here. (A casa onde moramos fica a três quadras
daqui.)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 11
OBJECT PRONOUNS,SUBJECT PRONOUNS

 They will travel when she graduates. (Eles irão viajar quando ela se formar.)

 He is going to call when he arrives. (Ele vai ligar quando chegar.)

 I know what they are looking for. (Eu sei o que eles estão procurando.)

 She liked what happened to them yesterday. (Ela gostou do que aconteceu com eles ontem.)

Importante lembrar que há algumas ocasiões especiais para o uso do pronome relativo „that‟.
Acompanhe.

 Depois dos termos „first‟ e „last‟ e de adjetivos no superlativo:


The first thing that I remember is his smile. (A primeira coisa que eu lembro é do sorriso dele.)
The tallest person that I know is her brother. (A pessoa mais alta que eu conheço é o irmão dela.)
„tallest‟ = adjetivo no superlativo

 Depois dos termos „all‟, „some‟, „any‟, „no‟, „none‟, „only‟, „everything‟:
All that she knew was real. (Tudo que ela sabia era real.)
He knows everything that they like. (Ele conhece tudo que elas gostam.)

 Quando os substantivos que o antecedem são do tipo pessoa e coisas:


The writers and the books that she loves were there. (Os escritores e os livros que ela ama estavam
lá.)

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 12
COMPARATIVES AND SUPERLATIVES

Comparatives And Superlatives

Comparative X Superlative

Comparative x Superlative: Quais suas diferenças? Usamos a forma comparativa para


comparar duas coisas e a forma superlativa para dizer que algo/ alguém é superior em algo.

We use the adjectives and the adverbs to make the comparisons, let's check! / Usamos os
adjetivos e os advérbios para fazer as comparações, vamos conferir!

The comparative and superlative adjectives and adverbs: / Os adjetivos e advérbios de


comparativo e superlativo:

There are two forms for the adjectives in English: a comparative form (older, more beautiful)
and a superlative form (oldest, most beautiful). When the adjectives is short you take er/est and
when they are long you take more/most. The same as adjective, the adverbs can have two
forms: a comparative form (faster, more gently) and a superlative form (fastest, most gently).
/ Existem duas formas de adjetivos em inglês: forma comparativa (mais velha, mais bonita) e forma
superlativa (a mais velha, a mais bonita). Quando os adjetivos são curtos você coloca er/est e quando
são longos, mais/o mais. O mesmo acontece com os advérbios, que também possuem duas formas:
forma comparativa (mais rápido/mais gentilmente) e forma superlativa (o mais rápido, o mais
gentilmente).

Look at the examples: / Veja os exemplos:

Your love is so much sweeter than everything I tasted. / Seu amor é muito mais doce do que tudo
que já provei.

You make it easier to be. / Você faz isso ser mais fácil.

You are the smartest person I know. / Você é a pessoa mais inteligente que eu conheço.

I'm the youngest woman in my class. / Eu sou a mulher mais nova da minha sala de aula.

This work is much more difficult than I thought. / Este trabalho é bem mais difícil do que eu
pensava.

My city is the most beautiful city in the world. / Minha cidade é a mais bonita do mundo.

We can use the comparative in sentences to: / Podemos usar o comparativo em frases como:

Compare quantities: / Comparar quantidades:

There are more cats in her house. / Tem mais gatos na casa dela.

There's less traffic on weekends. / Tem menos tráfego nos finais de semana.

Make comparisons: / Fazer comparações:

She is more beautiful than you. / Ela é mais bonita do que você.

Yesterday was the most special day of my life. / Ontem foi o dia mais especial da minha vida.

Comparative and superlative / Comprativo e superlativo

How can we compare one thing to another? When we say that someone is smart we just know
that this person is smart, but when we say that someone is smarter, we know that she or he is
smarter than anyone else. We use the comparative form to make comparison between two
things or people. / Como podemos comparar uma coisa com outra? Quando nós dizemos que
alguém é inteligente apenas sabemos que essa pessoa é inteligente, porém quando dizemos que
essa pessoa é mais inteligente, passamos a saber que ela é mais inteligente do que outra pessoa.
Usamos a forma comparativa para fazer comparações entre duas coisas ou pessoas.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
COMPARATIVES AND SUPERLATIVES

This is what turns it different from the superlative form. When we say “she is the smallest”,
shows us that out of all the people she is the one, she is the winner, nobody is smaller than
her. Because of that we use the comparative form we making a comparison between two things
or people, as in the example: 'your book is bigger than mine'. And when we want to say that
something or someone is unique in that thing then we would have used the superlative form
and say: “He has the biggest feet of everybody here”. / Isto é o que a torna diferente da forma
superlativa. Quando dizemos “ela é a mais inteligente”, nos mostra que de todas as pessoas ela é
única, a vencedora, ninguém é mais inteligente do que ela. Por causa disso usamos a forma
comparativa para fazer comparações entre duas coisas ou pessoas, como no exemplo: 'seu livro é
maior do que o meu'. E quando queremos dizer que algo ou alguma pessoa é única naquela coisa,
em algo, então temos que usar a forma superlativa e dizer: “Ele tem o pé maior que o meu”.

Other examples: / Outros exemplos:

I like you today more than I did yesterday. / Eu gosto de você hoje mais do que eu gostava ontem.

Of all the songs, that one seems the least deserving of the award. / De todas as músicas, aquela
era a que menos merecia levar o prêmio.

She is the owner of the best cake ever. / Ela é a dona do melhor bolo de todos.

I can do it better than you. / Eu posso fazer isso melhor do que você.

He is the youngest man in his hometown. / Ele é o homem mais novo da sua cidade.

My mother is older than may father. / Minha mãe é mais velha que meu pai.

Another tips of constructions used in the comparisons are: not so...as and as...as. /Outros tipos
de contruções usadas na comparação são: não tão...como e tão...quanto.

Look at the examples: / Veja os exemplos:

I'm not so pretty as you./ Eu não sou tão linda como você.

She is not so shy as me./ Ela não é tão tímida quanto eu.

She is as happy as you are./ Ela está tão feliz quanto nós.

The weather this autumn in my city is as bad as in yours. / O tempo neste outono em minha
cidade está tão ruim quanto na sua.

Superlative

Usa-se o superlativo toda vez que queremos expressar a qualidade de um adjetivo no seu mais alto
grau. Não há comparações com outros seres, uma vez que a intenção é intensificar uma determinada
característica.

Para os adjetivos com três ou mais sílabas, deve-se seguir a forma:

The Most + Adjective

Mary is the most intelligent girl of our class. (Mary é a garota mais inteligente da nossa sala).
Gisele Bündchen is the most beautiful model of the world. (Gisele Bündchen é a modelo mais bonita
do mundo).

Para os adjetivos com uma ou duas sílabas, deve-se utilizar o “the + adjetivo com est”.

The Volga is the longest river in Europe. (O Volga é o maior (em extensão) rio da Europa).
This car is the cheapest of this store. (Este carro é o mais barato dessa loja).

Se o adjetivo com uma ou duas sílabas terminar em CVC (consoante + vogal + consoante), deve-se
dobrar a última letra e acrescentar “est”.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2
COMPARATIVES AND SUPERLATIVES

Cindy is the thinnest girl of our family. (Cindy é a garota mais magra da nossa família).
Mount Everest is the highest mountain in the world. (Monte Everest é a montanha mais alta do
mundo).

Se o adjetivo com uma ou duas sílabas terminar em “y” precedido de consoante, deve-se retirar o “y”
e acrescentar “iest” ao adjetivo.

Daniel is the funniest guy I‟ve ever seen. (Daniel é o cara mais engraçado que eu já vi).
Bob is the craziest boy of our classroom. (Bob é o garoto mais louco da nossa sala).

Obs.: Os adjetivos “good” (bom) e “bad” (ruim) possuem formas próprias para o superlativo. São elas:

Good (bom) → the best (o melhor)


Bad (ruim) → the worst (o pior)

Amanda is the best teacher of our school. (Amanda é a melhor professora da nossa escola).
This is the worst movie I‟ve ever seen. (Este é o pior filme que eu já vi).

Superlativo - Superlative

É a estrutura do advérbio utilizada para comparar três ou mais coisas (fatos, eventos, pessoas,
animais etc.). O Superlativo é usado para expressar a idéia de que algo dentro de um grupo se
destaca, isto é, alcança o grau máximo (seja de qualidade ou característica ruim) no aspecto em que
é comparado. Exemplos:

Among all the boys, Kevin behaves the most politely. (Dentre todos os garotos, Kevin se comporta
mais educadamente.)

He snores the loudest of all. (Ele ronca mais alto do que todos.)

Note que, apesar de esta oração estar na estrutura do superlativo de superiodade, o seu significado
apresenta uma má qualidade de uma pessoa entre determinado grupo.

a) Com advérbios terminados em -ly:


(advérbios com duas ou mais sílabas) the most + ADVÉRBIO mais (entre certo grupo)

Exemplos:

Beth dances the most gracefully. [A Beth (é a que) dança mais graciosamente.]

Linus was the guy who the most beautifully performed the piece of music. (O Linus foi o cara que
executou a música de forma mais bonita.)

b) Com advérbios não terminados em -ly:


(advérbios de uma sílaba e alguns de duas sílabas)* the + ADVÉRBIO + est mais (entre certo grupo)

* tratam-se dos advérbios com o mesmo formato do adjetivo correspondente.

Exemplos:
Susan drives the fastest of all. (Susan dirije o mais rápido de todos.)

He was the latest to arrive in the test among the candidates. (Ele foi o mais atrasado a chegar na
prova entre os candidatos.)

Observação:
A expressão of all pode ser omitida sem prejuízo do entendimento.

Compare:
They enjoy soccer best of all sports. (Eles gostam mais de futebol dentre todos os esportes.)
They enjoy soccer best. (Eles gostam mais de futebol.)

best = forma superlativa irregular. Veja mais em Irregular Comparative and Superlative Forms abaixo

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 3
COMPARATIVES AND SUPERLATIVES

2.2. Superlativo De Inferioridade

the least + ADVÉRBIO

menos (entre certo grupo)

Exemplo:

Amanda speaks the least clearly among the class. (A Amanda é a que fala menos claramente da
turma.)

3. Formas Comparativas E Superlativas Irregulares - Irregular Comparative And Superlative


Forms

Existem advérbios que não seguem as regras que apresentamos anteriormente. Eles estão entre os
mais comumente utilizados na língua inglesa. Portanto, é necessário que você memorize-os:

Adverb Comparative Superlative


well better best
badly worse worst
far farther / further farthest / furthest*
little less least
much more most

* Em geral não se faz distinção entre "farther / farthest e further / furthest", mas em inglês formal
"farther e farthest" são formas empregadas quando nos referimos à distância física:

I walked five blocks, my friend walked three blocks. I walked farther than my friend. (Caminhei cinco
quarteirões, meu amigo caminhou três quarteirões. Caminhei mais longe que meu amigo.)

- "Further e furthest" significam adicional, adicionais:

If you go any further with your type of behavior, you will be in trouble. (Se você prosseguir com esse
tipo de comportamento, você se meterá em confusão.)
I need further information. (Preciso de informações adicionais.)

Possessive Case

O Possessive Case é utilizado para demonstrar posse, ou seja, para declarar que um sujeito possui
algo. Para isso, faz-se necessário o acréscimo de apóstrofo + s („s) ao substantivo.

Ex.:
This is Mary‟s book. (Este é o livro da Mary).
That is Susan‟s car. (Aquele é o carro da Susan).
Those are Ted‟s boots. (Aquelas são as botas do Ted).

É importante notar que quando o substantivo termina em “s” não é necessário acrescentar „s,
acrescenta-se apenas o apóstrofo.

Ex.:
Chris‟ apartment is very huge. (O apartamento do Chris é imenso).
Charles‟ father is so strict. (O pai do Charles é tão severo).
The girls‟ backpacks are pink. (As mochilas das garotas são rosa).

Quando há dois ou mais possuidores de um mesmo objeto, deve-se acrescentar o apóstrofo + s („s)
apenas no último possuidor.

Ex.:
Mary and Tom‟s daughter, Susan, is really smart. (A filha da Mary e do Tom, Susan, é muito esperta).
Bob and Jack‟s bedroom is a mess. (O quarto do Bob e do Jack está uma bagunça). Obs.: Nesse
caso, o Bob e o Jack dividem o mesmo quarto.
Jack and Jill‟s video game is on the floor. (O jogo de videogame do Jack e do Jill está no chão). Obs.:
Nesse caso, só há um jogo no chão e ele tem dois donos, que são o Jack e o Jill.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 4
COMPARATIVES AND SUPERLATIVES

Quando houver dois possuidores e duas ou mais coisas possuídas, usa-se apóstrofo + s („s) para
todos os possuidores.

Ex.:
Carol‟s and Susan‟s daughters study at the same college. (As filhas da Carol e da Susan estudam na
mesma universidade). Obs.: Nesse caso, tanto Carol quanto Susan têm filhas.
Tom‟s and Sam‟s offices are on that building. (Os escritórios do Tom e do Sam são naquele prédio).
Obs.: Tom e Sam não dividem um escritório no prédio, cada um tem o seu.

Caso Possessivo (The Possessive Case)

O caso possessivo (the possessive case) é uma forma de indicar a relação de posse entre uma
palavra e outra (geralmente usada para animais e pessoas, mas também para coisas), ao invés de
usar a preposição –of, por meio do uso de apóstrofo seguido de S:

 The tail of the dog – The dog‟s tail. (O rabo do cachorro)

 The father of the bride – The bride‟s father. (O pai da noiva)

Importante notar que, dependendo do final da palavra, o uso do S pode variar:

 Em palavras no plural com S, usa-se apenas o apóstrofo: The boys‟ team is very good. The Silvas‟
house was sold. (O time dos meninos é muito bom. A casa dos Silva foi vendida, lembrando que em
Inglês os sobrenomes têm plural).

 Em palavras com plural irregular, o „S é usado: The children‟s room is a mess. (O quarto das
crianças está uma bagunça).

 Em nomes múltiplos que se referem a uma única pessoa ou coisa, adiciona-se „S apenas ao último
nome: Maria and Paulo‟s mother is young. (A mãe de Maria e Paulo é jovem).

 Em nomes múltiplos que se referem a mais pessoas ou coisas, você adiciona „S a cada
nome: Maria‟s and Paulo‟s mothers are friends. (As mães de Maria e Paulo são amigas).

 Em nomes próprios terminados em S, X ou Z, pode-se adicionar ou não o „S, mas é melhor evitar o
uso oral na hora de pronunciar a palavra para não causar cacofonia: Charles‟s wedding – Charles‟
wedding (O casamento de Charles); The Botox‟s uses. – The Botox‟ uses. (Os usos do Botox).

E aquele „S que você vê depois dos nomes de lojas em Inglês, especialmente em redes de fast food,
tipo MacBonnet‟s, Luly‟s, etc?

Pois bem, esse „S é a indicação de caso possessivo também, só que a palavra que viria depois do
nome, por exemplo, MacBonnet‟s hamburgers ou Luly‟s store acaba sendo suprimida e subentendida.
Seria como se você dissesse em Português: (Lanches) do Dino, (Loja) da Luiza.

Esse artifício também aparece em frases para evitar a repetição de palavras: Whose book is this? It‟s
Mary‟s. (De quem é esse livro? É da Mary).

O Possessive Case ou Genetive Case é formado pela adição do apóstrofo („) e s ao substantivo.
Usamos esta forma possessiva apenas para pessoas e animais.

Ex: The Book of John -> John‟s book.

Colocamos o possuidor como sujeito de sentença, em seguida um apóstrofo („) e S e o objeto


possuído.

– Quando houver dois ou mais possuidores e apenas uma coisa a ser possuída, usa-se
apóstrofo („) apenas no último dos possuidores.

Ex: The book of John and Mary. -> John and Mary‟s book.

– Se houver dois possuidores e mais de uma coisa a ser possuída, usa-se apóstrofo nos dois
possuidores.

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 5
COMPARATIVES AND SUPERLATIVES

Ex: The books of John and Mary-> John‟s and Mary‟s books.

– Quando o possuidor não for um nome próprio e estiver no plural terminado em s, usa-se
apenas o apóstrofo („), sem o s.

Ex: The books of boys. -> The boys‟ books.

– Quando o possuidor for um nome próprio terminado em s, usa-se apóstrofo („) e pode-se
usar o s ou não.

Ex: The book of Cris. -> Cris‟ book ou Cris‟s book.

– Quando o possuidor não for nem uma pessoa, nem um animal, não se usa „s , usa-se of.

Ex: The top of mountain.

Ou pode-se colocar o possuidor antes do possuído.

Ex: The mountain top.

Genitive Case

Em inglês, Genitive Case (ou Possessive Case) expressa posse entre dois substantivos. Ele indica
possessão de pessoas, animais, coisas, organização, lugar e tempo; e é registrado pelo uso do
apóstrofo + S („S) ou da preposição OF (de). Vejamos detalhes:

Pessoas, Animais e Coisas

Geralmente usamos ‟s (apóstrofo + s) quando o primeiro substantivo é uma pessoa ou animal.


The manager‟s pen (a caneta do gerente)
Mary‟s daughter (filha de Mary)
The horse‟s tail (o rabo do cavalo)

Quando o primeiro substantivo é uma coisa, usamos a preposição of para indicar a posse:
The door of the house (a porta da casa)
The end of the novel (o final do romance)

Algumas vezes você pode usar ‟s quando o primeiro substantivo é uma coisa. Você pode dizer, por
exemplo, the book‟s title ou the title of the book. Porém, é mais seguro e mais comum usar of.

Organização

Use o ‟s ou of quando o primeiro substantivo for uma organização (grupo de pessoas).


The government‟s decision (a decisão do governo)
The decision of the government (a decisão do governo)

The company‟s success (o sucesso da companhia)


The success of the company (o sucesso da companhia)

Lugares

Você também pode usar ‟s com lugares.


Brazil‟s system of government (O sistema de governo do Brasil)
Recife‟s new theater (O novo teatro de Recife)
The world‟s population (A população mundial)

Tempo

Com palavras que indicam tempo ou período de tempo, você também pode usar ‟s.
Tomorrow‟s meeting has been canceled (O encontro de amanhã foi cancelado)
Sunday‟s newspaper (o jornal de domingo)
I have a week‟s vacation. (Tenho férias de uma semana)
She needs eight hours‟ sleep at night. (Ela precisa de uma noite de sono de oito horas)

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 6
COMPARATIVES AND SUPERLATIVES

Genitive Case: Posicionamento do Apóstrofo

Para posicionar o apóstrofo no local correto, preste atenção a estas seis regras:

1 – Quando o primeiro substantivo estiver no singular, utilizaremos ‟s.


The boy‟s ball. (a bola do garoto)
The horse‟s teeth. (os dentes do cavalo)

2 – Quando o primeiro substantivo estiver no plural e terminar em S, usaremos somente o apóstrofo


por causa da pronúncia.
The boys‟ ball. (a bola dos garotos.)
The horses‟ teeth. (os dentes dos cavalos.)

3 – Quando o primeiro substantivo estiver no plural e não tiver S, empregue ‟s.


The children‟s toys. (Os brinquedos das crianças.)
The mice‟s food. (A comida dos camundongos.)

4 – Quando um único objeto ou ser pertencer a duas pessoas, apenas a última pessoa recebe ‟s.
John and Mary‟s house. (A casa de John e Mary.)
John and Mary‟s mother. (A mãe de John e Mary.)

5 – Você pode usar ‟s sem um substantivo após ele.


Fred ‟s car is bigger than Peter ‟s. (= Peter‟s car)
(O carro de Fred é maior do que o de Peter.)

6 – Quando temos duas pessoas e dois objetos/seres (um para cada pessoa), devemos colocar ‟s em
cada pessoa.
John‟s and Mary‟s houses. (A casa de John e a casa de Mary.)
John‟s and Mary‟s mothers. (A mãe de João e a mãe de Maria.)
Mary‟s and Dory‟s boyfriends. (O namorado de Mary e o namorado de Dory.)

Genitive Case, também conhecido como Possessive „S, é um recurso gramatical usado em inglês
para indicar que algo pertence a alguém ou a outro algo. É um assunto que gera dúvidas entre muitos
estudantes. Isso devido às regrinhas que devem ser seguidas. Portanto, para ajudar quem tem
dúvidas, esta dica é exclusiva sobre o assunto.

O nome – Genitive Case – pode parecer feito, estranho; mas, a ideia é bem simples e fácil entender.
Veja os exemplos abaixo:

 Denilso‟s books are really interesting.

 Carina‟s blog is awesome.

 Ellen‟s website is really cool.

Observe as partes em negrito nas sentenças. Após os nomes das pessoas há um apóstrofo [„]
acompanhado por um „s‟: Denilso„s books, Carina„s blog, Ellen„s brother. Isso aí o que chamamos
de Genitive Case. De modo geral, ele é usado assim mesmo. Ou seja, o dono do objeto + „s + o
objeto. Veja agora os exemplos dados (e outros) com as traduções:

 Denilso‟s books = Os livros do Denilso

 Carina‟s blog = O blog da Carina

 Ellen‟s website = O website da Ellen

 Rafaela‟s father = O pai da Rafaela

 Márcio‟s laptop = O laptop do Márcio

 Paulo‟s new car = O carro novo do Paulo

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 7