Você está na página 1de 5

1º) Leia o poema a seguir:

não discuto
com o destino
o que pintar
eu assino.

Segundo Kleiman, "a inferência se dá em decorrência do conhecimento de mundo e que é motivado pelos itens lexicais
no texto". Sendo assim, a partir da leitura do poema de Paulo Leminsk, é possível inferir que:

I- No poema, o eu lírico demonstra estar inquieto com relação às surpresas do destino.


II- Nos últimos versos, a palavra pintar foi empregada no sentido conotativo, remetendo à ideia de aparecer.
III- A palavra assinar sugere concordância do eu lírico com os fatos inesperados.

Assinale a alternativa CORRETA:

FONTE: LEMINSKI, Paulo. Toda Poesia. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 2013.

KLEIMAN, Ângela. Texto e leitor: aspectos cognitivos da leitura. Campinas: Pontes, 2000, p. 25.

A) As sentenças II e III estão corretas.


B) Somente a sentença I está correta.
C) As sentenças I e III estão corretas.
D) As sentenças I e II estão corretas.

2º) Uma compreensão textual engloba desde a aplicação de estratégias do leitor até o acionamento de subsídios mentais
para que a leitura possa ser entendida e não apenas decodificada. Sistematizar e esquematizar são dois itens importantes
que compõem o rol de elementos da compreensão textual. Sobre a sistematização e a esquematização, analise as
sentenças a seguir:

I- Esquematizar e sistematizar são ações que reduzem a ideia do texto em partes.


II- Esquematizar não é sinônimo de resumir e/ou elaborar um esquema.
III- O hábito do planejamento é favorecido pelas estratégias da esquematização e da sistematização.

Assinale a alternativa CORRETA:

A) As sentenças I e III estão corretas.


B) As sentenças I e II estão corretas.
C) Somente a sentença I está correta.
D) Somente a sentença III está correta.

3º) Os textos literários diferem-se dos textos informativos, pois os primeiros oferecem ao leitor uma amplitude maior de
sentidos do que a rigidez dos sentidos ofertados nos segundos. Dessa maneira, o texto literário, geralmente, apresenta
três gêneros: lírico, dramático e épico. Sobre os gêneros do texto literário, analise as seguintes afirmativas:

I- O gênero lírico é subjetivo e apresenta-se, geralmente, em prosa e verso.


II- O gênero dramático apresenta-se em poesia ou prosa.
III- O gênero épico é objetivo e impessoal e apresenta-se em verso, prosa e poesia.

Assinale a alternativa CORRETA:

A) As afirmativas II e III estão corretas.


B) Somente a afirmativa III está correta.
C) Somente a afirmativa I está correta.
D) As afirmativas I e II estão corretas.
4º) Na leitura, há três níveis específicos: nível de estrutura superficial, o nível de estrutura intermediária e o nível de
estrutura profunda. Estes níveis classificam-se de acordo com o aprofundamento que o leitor faz ao ler, que pode ir da
superficialidade à análise mais aprofundada. Com base no exposto, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as
falsas:

( ) Na estrutura superficial surgem os significados diferentes e concretos, como os personagens, o cenário, as ações e o
tempo, por exemplo.
( ) Na estrutura intermediária ocorrem os significados mais abstratos da leitura, que se opõem entre si e criam a
integridade do texto.
( ) Na estrutura profunda definem-se os valores de acordo e desacordo entre os sujeitos.
( ) A leitura é uma atividade que, além de ser de interpretação de símbolos e gráficos, é também retirar informações e
ampliar os horizontes para a compreensão do mundo.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:

A) F - V - V - V.
B) V - V - V - F.
C) V - F - V - F.
D) V - F - F - V.

5º) Para a realização de fato do processo de leitura, é importante que se desencadeie um conjunto de habilidades
relacionadas à linguística e à psicologia com vistas à compreensão dos textos escritos, à reflexão acerca da significação do
texto lido, à extração de conclusões a partir dos textos abordados, ao julgamento do conteúdo, das estratégias adotadas.
Além disso, concorre para o estabelecimento do sentido textual a interação entre o leitor, o texto e o autor. O leitor,
ainda, toma por base o seu conhecimento de mundo, o que coloca em ação o conhecimento de mundo, a fim de
estabelecer comparações com o conteúdo textual, confrontando conteúdos, para o estabelecimento do intertexto. Disso
resulta o sentido textual, o que requer colocar em ação algumas habilidades, as quais são aplicadas em diferentes etapas,
as chamadas etapas de leitura. Acerca dessas etapas de leitura, associe os itens, utilizando o código a seguir:

I- Decodificação.

II- Compreensão.

III- Interpretação.

IV- Retenção.

( ) O leitor traça um paralelo entre o texto lido e o seu dia a dia.

( ) Etapa em que o leitor procura anotar as palavras desconhecidas.

( ) Nesta fase, o leitor busca uma interpretação das ideias, na sequência em que ocorrem no texto.

( ) O leitor identifica a tipologia e do que trata o texto.

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:

A) III - IV - II - I.

B) I - III - IV - II.

C) II - I - IV - III.

D) IV - I - III - II.
6º) O leitor desenvolve a criticidade quando interage efetivamente com textos que circulam nas diversas esferas sociais.
Assim, a ação pedagógica deve privilegiar práticas produtivas de leitura considerando, de maneira simultânea e
articulada, os processos de alfabetização e letramento, conforme salienta Magda Soares (2001). Sobre a alfabetização e o
letramento, analise as sentenças a seguir:

I- A alfabetização e o letramento são distintos, mas indissociáveis e interdependentes.

II- Entende-se a alfabetização como um processo de aquisição do código linguístico e o letramento como um exercício
efetivo e competente da escrita e da leitura nas práticas sociais.

III- O letramento pressupõe um processo que ultrapassa o domínio sistemático do código linguístico.

IV- A alfabetização implica o desenvolvimento da atividade de escrita e o letramento implica o desenvolvimento da


atividade de leitura.

Assinale a alternativa CORRETA:

FONTE: SOARES, Magda Becker. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

A) As sentenças I, II e III estão corretas.

B) Somente a sentença IV está correta.

C) Somente a sentença I está correta.

D) As sentenças II, III e IV estão corretas.

7º) A leitura recebe função de destaque no ambiente escolar, pois ela marca, além de tudo, o desenvolvimento da
coordenação da criança, a construção do processo de alfabetização e de escrita. Nessa atividade, é de grande valia a
seleção do livro, já que este deve, no que se refere à leitura, despertar prazer, divertir. É o ato de ler com base na fruição.
E o prazer de ler transita pela interação entre o texto e o leitor, o que requer, muitas vezes, a presença do professor como
mediador. Às vezes, para compreender um texto, é necessário recorrer a outros conhecimentos, a conhecimentos
adquiridos na escola, com a experiência de vida, com outras leituras. Uma das habilidades adquiridas e aplicadas, nesse
sentido, é a intertextualidade. Acerca dessa habilidade de leitura, assinale a alternativa CORRETA:

A) A correta sequenciação das ideias, parágrafos, frases, a dependência de um item de outro item imediatamente
anterior, dentro do texto, caracteriza a intertextualidade.

B) Quando a leitura de um texto depende, para o seu entendimento, da leitura de outros textos, tem-se a
intertextualidade.

C) A dosagem das informações, ou seja, a aplicação de novas e velhas informações, no texto, caracteriza a
intertextualidade.

D) Ao se adaptar o texto à situação e ao público leitor, tem-se a presença da intertextualidade.

8º) Muitos alunos possuem dificuldade de ler porque não estão de fato envolvidos na construção do sentido. De acordo
com Tovani (2004, p. 9), "o significado chega porque estamos engajados propositalmente em pensar enquanto lemos".
Esses alunos podem estar fazendo uma pseudoleitura. Com base no exposto, assinale a alternativa CORRETA que
apresenta uma estratégia de leitura para que o professor detecte quando o aluno está fazendo pseudoleitura:

FONTE: TOVANI, C. Do I really have to teach reading? Content comprehension, Grades 612. Portland, ME: Stenhouse
Publishers, 2004.

A) Quando o aluno lê concentrado, e mesmo que esteja procurando por respostas, compreende o que o texto quer dizer
de forma geral.

B) Quando o aluno está concentrado e lê várias vezes um mesmo parágrafo para compreender melhor o que está escrito.

C) Quando o aluno está com os olhos no texto, mas não está pensando no que está ali escrito. Isso é detectado quando o
aluno diz "eu li, mas não entendi nada".

D) Quando o aluno lê por vontade própria e aproveita o que está sendo lido, ou seja, compreende o texto para além do
que foi pedido.
9º) A atividade de leitura é algo muito complexo, e que vai além da mera interpretação de sinais gráficos, de signos
linguísticos. Essa habilidade requer, sim, da parte do leitor, que este seja capaz de estabelecer o sentido do texto,
valendo-se, para tal, de conhecimentos prévios, de experiências, além de extrair conhecimento e incorporá-lo à sua
bagagem cultural. Isto requer muita maturidade da parte do leitor, no sentido de que este seja capaz de compreender o
material. Para tal, vale-se o leitor de diferentes habilidades, a fim de efetuar a leitura do texto em diferentes níveis.
Acerca do primeiro nível de leitura, assinale a alternativa CORRETA:

A) A primeira habilidade é a que diz respeito ao ponto em que são percebidos diferentes valores, os quais podem
contrastar entre si.

B) A primeira habilidade é a que mostra os pontos que tentam efetuar a unidade do texto.

C) A primeira habilidade diz respeito ao ponto da leitura em que afloram significados concretos e diversificados presentes
no texto.

D) A primeira habilidade é a que apresenta os significados mais abstratos e mais simplificados.

10º) Nos estudos atuais, observa-se que a leitura não é concebida puramente como um processo de decodificação de
palavras escritas sobre um papel. Ele vai além deste, processando-se também na linguagem não verbal, já que é possível
decifrar códigos, sinais, imagens, gestos, sons; e efetuar, a partir destes, uma "leitura" do seu significado, ou o que eles
dizem para quem vê, ouve ou sente. Trata-se da impressão que estas linguagens podem suscitar no receptor. A partir
disto, pode-se entender a leitura como o significado que a linguagem traz a partir do processo interativo entre os diversos
conhecimentos do leitor com relação aos textos com os quais ele tem alguma experiência. A partir dessa e de outras
concepções de leitura, analise as sentenças a seguir:

I- A partir da concepção da leitura como um processo interativo, considera-se a experiência de vida do leitor como
importante.

II- No que se refere à leitura, Hans Robert Jauss concebe o texto literário como algo que nasce a partir das práticas sociais.

III- Segundo as ideias formalistas, os textos literários, para poderem receber significado, necessitam relacionar-se com
algo externo a eles.

IV- Na perspectiva da estética da recepção, o leitor tem de ser visto como parte que pode ser descartada do texto
literário.

V- Na perspectiva da estética da recepção, a vivência do leitor é importante no processo de leitura, pois esta contribui
para o seu conhecimento de mundo.

Assinale a alternativa CORRETA:

A) As sentenças I, II e V estão corretas.

B) As sentenças III, IV e V estão corretas.

C) As sentenças I, III e IV estão corretas.

D) As sentenças I, II e III estão corretas.

11º) (ENADE, 2011) Qual é a primeira coisa que você faz quando entra na internet? Checa seu e-mail, dá uma olhadinha
no Twitter, confere as atualizações dos seus contatos no Orkut ou no Facebook? Há diversos estudos comprovando que
interagir com outras pessoas, principalmente com amigos, é o que mais fazemos na internet. Só o Facebook já tem mais
de 500 milhões de usuários, que, juntos, passam 700 bilhões de minutos por mês conectados ao site - que chegou a
superar o Google em número de acessos diários. (...) e está transformando nossas relações: tornou muito mais fácil
manter contato com os amigos e conhecer gente nova. Mas será que as amizades on-line não fazem com que as pessoas
acabem se isolando e tenham menos amigos off-line, "de verdade"? Essa tese, geralmente citada nos debates sobre o
assunto, foi criada em 1995 pelo sociólogo americano Robert Putnam. E provavelmente está errada. Uma pesquisa feita
pela Universidade de Toronto constatou que a internet faz você ter mais amigos - dentro e fora da rede. Durante a
década passada, período de surgimento e ascensão dos sites de rede social, o número médio de amizades das pessoas
cresceu. E os chamados heavy users, que passam mais tempo na internet, foram os que ganharam mais amigos no mundo
real - 38% mais. Já quem não usava a internet ampliou suas amizades em apenas 4,6%.

Fonte: Como a internet está mudando a amizade. Superinteressante, n. 288, fev./ 2011 (com adaptações).

No texto, o trecho entre parênteses foi suprimido. Assinale a opção que contém uma frase que completa coerentemente
o período em que o trecho omitido estava inserido:

A) A internet é a ferramenta mais poderosa já inventada no que diz respeito à amizade.

B) A internet garante que as diferenças de caráter ou as dificuldades interpessoais sejam "obscurecidas" pelo anonimato
e pela cumplicidade recíproca.

C) A Internet faz com que você "consiga desacelerar o processo, mas não salva as relações", acredita o antropólogo Robin
Dunbar.

D) A internet raramente cria amizades do zero - na maior parte dos casos, ela funciona como potencializadora de
relações que já haviam se insinuado na vida real.

12º) (ENADE, 2011) Na tradição escolar brasileira, havia um evento denominado "dar lição", em que se pedia ao aluno
que se levantasse, lesse um texto indicado e, em seguida, criasse uma paráfrase do que havia lido, usando palavras
próprias. Segundo as atuais teorias e metodologias de ensino da língua,

A) o professor poderá, na oportunidade de ouvir a paráfrase construída pelo aluno leitor, fazer mediações, para facilitar a
compreensão da leitura.

B) o hábito de criar um texto parafrástico é nocivo porque favorece interpretações equivocadas.

C) a referida tradição deve ser abandonada porque o ato de levantar-se contribui fortemente para a insegurança
linguística do aluno.

D) a leitura silenciosa coletiva deve ceder lugar à leitura em voz alta.

Você também pode gostar