Você está na página 1de 20

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 1

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Sumário

COMPORTAMENTOS RECORRENTES ...................................................................................... 4

EMARANHAMENTO ............................................................................................................... 4

TOMAR .................................................................................................................................. 5

AMOR À BEIRA DO PRECIPÍCIO .............................................................................................. 6

ACEITAÇÃO ............................................................................................................................ 6

HONRAR ................................................................................................................................ 6

PAPEIS E AGENTES EM UMA REPRESENTAÇÃO ...................................................................... 7

O QUE SÃO MANDATOS ........................................................................................................ 7

O MÉTODO FENOMENOLÓGICO E O CAMPO MÓRFICO.......................................................... 8

ANCESTRALIDADE .................................................................................................................. 9

NOSSOS PAIS ....................................................................................................................... 11

ADOÇÃO .............................................................................................................................. 12

............................................................................................................................................ 13

PERDA DO PAI OU DA MÃE NA INFÂNCIA ............................................................................ 13

ABORTO .............................................................................................................................. 13

RELACIONAMENTOS AMOROSOS ........................................................................................ 14

PROSPERIDADE FINANCEIRA E PROFISSIONAL ..................................................................... 16

LUTO ................................................................................................................................... 17

VÍCIOS ................................................................................................................................. 18
© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 2

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


DOENÇAS............................................................................................................................. 19

PERDÃO E RECONCILIAÇÃO.................................................................................................. 20

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 3

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Comportamentos recorrentes

De acordo com Hellinger, existem 5 comportamentos recorrentes que ocorrem nas


relações familiares e sempre aparecem reproduzidos em uma constelação.

São eles:

Emaranhamentos
Tomar
Amor a beira do precipício
Aceitação
honrar
O comportamento do constelador diante desses comportamentos:
Existem práticas constantes, que as pessoas repetem nas suas formas de compreender e
se relacionar;
O profissional constelador precisa compreender esses padrões, para conseguir interpretar
mais rapidamente os conflitos e ajudar no processamento de soluções;
Aceitar que existam padrões, não deve tirar a capacidade sensível do constelador, de
entender cada caso como um novo caso, e evitar julgamentos precoces e superficiais sobre
os constelados.

Emaranhamento

Quando algo acontece e não é completamente processado dentro de um sistema, há a


possibilidade de que outra pessoa dessa família reviva a situação de forma a trazer para
um movimento de solução.

Essa identificação geralmente ocorre de forma inconsciente, o que ocasiona dificuldades


para a pessoa que revive o problema e para todo o sistema.

Ou seja, o emaranhamento acontece quando alguém da família se identifica com o destino


de um familiar da geração anterior, revivendo inconscientemente o seu destino.
Alguns exemplos:
O sofrimento de um avô pode ser revivido por um neto. Isso pode não ser de forma direta:
o sofrimento pode ser de outro tipo, exatamente por ser inconsciente.

Por lealdade a sua mãe, a filha só escolhe homens difíceis.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 4

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Os pais só tinham olhos para seu irmão doente, então você escolhe ficar sempre doente
para ter o olhar de seus pais.

Por lealdade a sua avó que era constantemente traída, você só escolhe homens que te
traem e aceita suas traições.

Não tenho sucesso financeiro, pois todos os meus antepassados passaram dificuldades
com dinheiro.

“Eu faço como você”


Só conseguimos libertar um sistema, quando existir consciência do emaranhamento!
"Trazendo-se à luz os emaranhamentos, a pessoa consegue se libertar mais facilmente
deles." Bert Hellinger em Constelações familiares

Tomar

Se eu tomo eu integro a minha alma


A constelação traz a importância de se tomar o que flui da nossa rede familiar, como os
pais, por exemplo.

Tomar significa o movimento solidário de querer tomar para si os benefícios e as dores


de um sistema familiar. A ação de tomar é que estabelece a conexão entre os membros.

Tomar a vida, segundo Hellinger, significa aceitar com amor os pais como eles são, sem
julgamentos e a história da família que nascemos.

Sendo assim ocorre uma aceitação de si mesmo e muitas vezes com essa aceitação vem a
cura para uma doença ou sintoma.

Quando se é capaz de aceitar a família e os acontecimentos familiares, por mais difíceis


e dolorosos que sejam, mais força você̂ terá́ para avançar na vida e para as coisas darem
certo.

Dizer sim a família é dizer sim à sua vida!!!


"Aquele que não conhece a própria história, tende a repeti-la". - Bert Hellinger

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 5

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Amor à beira do precipício

Por amor ao nosso sistema, muitas vezes repetimos dificuldades e histórias de nossa
família.

Fazemos de forma inconsciente. O papel do constelador é interpretar essas relações e ver


os cenários em que o amor extremo está colocando os membros (especialmente aquele
que “ama”) a uma condição de beira do precipício, nas palavras de Hellinger.

Isso acontece em uma tentativa inconsciente de reviver e resolver o problema de outros


integrantes de nosso sistema. Esse amor infantil, que não percebe a diferença entre “eu”
e o “outro”, muitas vezes nos coloca em perigo pela simples identificação do amor.

Aceitação

A aceitação consiste em ver a realidade e lidar com ela.

A noção de respeitar a hierarquia é uma forma de aceitação.

A noção de evitar um amor à beira do precipício, também.

Muitas dores são superadas quando se compreendem suas origens e se identifica o que
pode e o que não pode ser feito para alterar o contexto.

Algumas vezes, a dor desaparece com o constelado assumindo para si a responsabilidade


de resolver um problema (ou, ao menos, vê̂-lo de outra forma); outras vezes, a dor
desaparece quando o constelado identifica que as causas dos problemas vão além de suas
forças.

Honrar

A honra a outras pessoas do sistema está em reconhecer o papel de cada um para que a
vida fosse passada adiante.

Respeitosamente nos curvamos, mostrando nosso tamanho menor e agradecimento ante


aquele que nos precedeu.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 6

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Papeis e agentes em uma representação

Campo
É um se realizam as constelações.
Muitas vezes é chamado também de campo de informação, pois o que é trabalhado na
Constelação provem desse lugar.

O campo respeita cada constelado e seu momento, é por isso que mesmo que o tema seja
igual, cada constelação tem manifestações diferentes.

Representantes
Em uma constelação em grupo tanto presencial como online, o constelado conta com a
ajuda dos representantes na constelação do seu tema, que são as pessoas que estão
assistindo a constelação.

Já em uma constelação individual (somente o terapeuta e o cliente) são utilizados figuras,


bonecos, desenhos em um papel ou na tela do computador, esses itens substituem os
representantes humanos.

Workshop de Constelação
É um dos nomes dados para sessões de Constelação em grupo sejam elas presenciais ou
online.

O que são mandatos

O termo “mandato” dentro das constelações é usado para nomear um padrão repetido por
várias gerações.

Padrões não necessariamente transmitidos verbalmente, mas de forma inconsciente, os


descendentes acabam assimilando e os repetem.

Algumas áreas relacionadas a psicologia também utilizam este termo.

Uma pessoa que tem um emaranhamento em sua vida está cumprindo um mandato,
prejudicando dessa forma sua própria vida e de seus familiares.

Mais uma vez aqui cabe dizer, que os mandatos podem ser quebrados, quando esses
padrões repetitivos são identificados, o que liberta todos dentro do sistema para seguir
seu próprio destino.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 7

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


O método fenomenológico e o campo mórfico

A visão da constelação familiar é fenomenológica, e para entender melhor do que se trata,


precisamos, ir além das bases de Bert Hellinger.

Edmund Husserl, filósofo alemão, defensor da filosofia humanista, estudou o nascimento


da psicologia como ciência, e esta tem o objetivo de abordar o estudo da sensação,
percepção, atenção, memória, pensamento, linguagem, motivação, emoção,
aprendizagem, etc.

Ou seja, a psicologia tem um objeto de estudo, segue o paradigma cartesiano, que divide
e estuda cada parte de forma separada.

Husserl passou a se opor a psicologia como ciência, e passou a defender a fenomenologia,


que estuda o ser humano como ele se apresenta, não busca interpretá-lo, não tenta
encontrar uma teoria de acordo com a história contada pelo paciente.

A fenomenologia espera o que surge do campo mórfico.

Agora chegou a hora de entendermos o que é um campo mórfico.

“Os campos perceptivos constituem uma espécie de campo mórfico. Estes campos
perceptivos têm sua raiz no cérebro e são afetados pelos padrões de atividade dentro do
dele, mas se projetam para fora de modo a nos ligar ao mundo que percebemos ao nosso
redor” - Rupert Sheldrake.

De acordo com a frase dita por Sheldrake (Parapsicólogo inglês), todos nós temos um
campo mórfico alojado na raiz do cérebro, é o campo energético do nosso sistema
familiar, ali estão contidas todas as informações do nosso sistema e não conseguimos
identificá-las de forma consciente.

Esse sistema pode ser o atual ou o de origem, ou seja, de nossos ancestrais.

E nas sessões de constelação, essas informações são trazidas à tona, não necessariamente
verbalmente, pode ser revelado através de um olhar, um gesto, uma única palavra, um
movimento.

O papel do terapeuta é estar atento ao que o campo do cliente revela. O constelador não
precisa de muitas informações sobre seu constelado, precisa apenas estar aberto as
revelações do campo mórfico de seu cliente.

Basta entrar em sintonia com seu campo, ficar atento a tudo que vai além das palavras, o
que não é dito, é tão ou mais importante do que é dito, o terapeuta deve deixar o campo
energético do cliente revelar tudo o que precisa vir à tona, e com as informações
reveladas, montar o quebra cabeças para encontrar a solução.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 8

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Devemos lembrar que a solução, nem sempre é a resolução de um determinado problema,
mas sim a compreensão dos fatos, sem julgamentos.

Não é incomum surgir dentro das constelações segredos familiares, como abortos,
adoções, filhos bastardos, traições, etc.

Nada pode ficar oculto, tudo precisa ser revelado para ser compreendido, tudo o que está
escondido, de certa forma, foi excluído, e um dos membros acabará pagando o preço por
isso.

Resumindo: Fenomenologia é tudo que se revela, o que estava oculto.

E campo mórfico, é o campo energético de um sistema, onde ficam armazenadas


informações em nosso cérebro.

Ancestralidade

Antes de nós vieram os nossos pais, que sucederam nossos avós, que sucederam nossos
bisavós e assim por diante.

Na constelação familiar consideramos 11 gerações, sendo:

2 pais
4 avós
8 bisavós
16 tataravós
32 tetravós
64 pentavós
128 hexavós
256 heptavós
512 octavós
1024 eneavós
2048 ectavós
Isso é um total de 4094 pessoas, e tudo começou a cerca de 300 anos antes de você chegar
ao mundo.

Nós só existimos graças a cada um deles. Tudo o que eles passaram é nossa herança.

Todas as doenças, lutas, guerras, fome, abortos, natimortos, perdas, e também todas as
alegrias, felicidades, vitórias, sua força, tudo isso a gente carrega em nosso campo
energético.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 9

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Nós somos nossos ancestrais, toda força deles é a nossa força, o instinto de sobrevivência
em situações difíceis também carregamos.

Da mesma forma que toda limitação, medos, traumas, etc., também carregamos.

Somos eles, porém somos além, porque também somos nós mesmos, dessa forma
podemos transcender toda limitação que carregamos deles.

Vou exemplificar, carregamos tudo de nossos ancestrais, sendo que alguns deles só teve
fracassos, mas muitos outros, obtiveram êxito em suas empreitadas.

Ou seja, da mesma forma que carregamos as fraquezas de uns, carregamos toda força de
outros.

Somos a junção de todos eles, e podemos transcender a limitação de cada um, não
herdamos apenas fracassos, mas todo sucesso também.

Se conseguirmos viver a nossa totalidade, conseguiremos nos libertar de tudo que nos faz
mal, dessa forma poderemos ter uma vida harmônica e feliz.

Se algo em nosso presente nos prende, sufoca e limita, nós estamos buscando algum
ancestral, independente de conhecê-lo ou não.

Quando falamos sobre emaranhamento, pudemos entender, que se alguém do nosso


sistema foi excluído, algum de seus descendentes irá repetir sua vida, causando esse
emaranhado.

Então buscamos por esse ancestral como uma forma de trazê-lo de volta para o sistema,
é aí que entram as situações que nos prendem ao passado.

Em uma sessão de constelação, isso que está em nosso campo mórfico, portanto, oculto,
irá se revelar, e poderemos olhar para este ancestral com amor, sem julgamentos,
entendendo que cada um tem o livre arbítrio de escolher seus caminhos.

Se ele passou por alguma situação ruim, não precisamos julgá-lo, apenas tomá-lo com
amor.

Tomar nossos ancestrais é a forma que temos de nos libertar dos emaranhados e viver
nossa vida em harmonia.

O nosso papel é olhar pra eles com amor, compreensão, carinho, sem julgamentos, e
deixar com eles a história de cada um, pois, de acordo com a hierarquia, eles são maiores
que nós, pois vieram antes, sendo assim, podem carregar um peso maior.

E quando carregamos o peso deles, vivemos em desarmonia, pois existe um desequilíbrio


dentro do sistema.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 10

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Quando olhamos pra eles com amor, sem julgamento, devolveremos todo peso para eles,
e nossa vida passa a fluir melhor.
O filho reverencia os pais e não ao contrário. Só́ faz uma reverência aos mais velhos.
Reverenciar os pais pela vida.

Reverenciar os antepassados que sofreram com perdas, doenças, fome, etc. Quando você̂
faz uma reverência, você̂ está dizendo que os honra e que sente muito pelo destino deles.
Quando dizemos “sinto muito” estamos nos liberando do que trazemos deles, com amor
e respeito.

Nossos pais

Bert Hellinger dizia que tudo está no pai e na mãe.

Nossa mãe representa o que nos nutre, a vida, a abundância, sendo assim, a sensação de
estar nutrido e se sentir abundante vem da nossa mãe.

Do nosso pai herdamos a sensação de paz e totalidade.

Dele vem o senso de direção, ele nos direciona para o mundo.

Fazendo uma junção dos dois, manifestamos o que nos nutre e a partir dai sabemos pra
onde ir.

Somos os nossos pais, tudo o que eles são ou foram, nós somos, lembrando que o mesmo
falamos de todos os nossos ancestrais.

Muitas vezes temos dificuldades em lidar com nossos pais, não os compreendemos, os
julgamos, sem saber que tudo o que eles são, nós também somos.

Todas as suas qualidades e defeitos carregamos.


Nossos pais receberam o que foi possível de seus pais. E fizeram o que sabiam, eles não
são perfeitos.
Quando os criticamos ou rejeitamos, estamos também nos criticando e nos rejeitando, e
nossa vida fica em desequilíbrio.
É preciso olhar os nossos pais com olhar de adulto que hoje somos, reconhecendo que
são humanos, que fazem ou fizeram o que sabem, o que sabiam, de acordo com o que
aprenderam de seus antepassados, do que trazem do sistema e de acordo com o nível de
consciência de cada um.
“Posso não concordar, mas não julgar”
Pode parecer sem lógica, mas entender isso é libertador. Pois se olharmos para nós sem
máscaras nem véus, iremos reconhecer nossos pais.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 11

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


E conseguiremos ter um olhar empático, pois iremos compreender o porquê de algumas
atitudes que eles tiveram sem o olhar de julgamento.

Mais adiante, saberemos como acabar com conflitos entre pais e filhos em uma sessão de
constelação.

Por hora, é importante entender esse movimento entre nós e nossos pais. E fazer um
exercício de libertação para nos curarmos para que assim possamos ajudar aos nossos
futuros constelados a encontrar também sua cura.

Adoção

Quando o constelado é adotado, devemos constelar os dois sistemas:

Famílias biológica
Família adotiva

É difícil olhar para os pais de sangue sem julgá-los, mas é necessário para se libertar dos
emaranhados.

Ser grato pela vida que lhe deram, sem julgá-los e dizer que sente muito ao que lhes
aconteceu, pois tomaram a difícil decisão de entregá-lo para adoção.

Como já vimos antes, dizer ˜sinto muito” é libertador. Dizer isso a eles dentro do campo
de constelação, será a sua liberação para viver uma vida plena sem amarras ao passado.
Quanto ao sistema adotivo, ser grato por lhe acolher e entender que fizeram de tudo o que
podiam e sabiam para te educar.

Após olhar para os dois sistemas, é importante olhar para a criança do constelado, pois
seu inconsciente pode carregar um sentimento de abandono e rejeição, e faremos isso da
mesma forma que resolvemos outros conflitos: Com frases de solução.
“Eu sinto muito por tudo o que aconteceu, pelas tristezas, pelas dificuldades. Agora eu
te acolho no meu coração, com muito amor e respeito. Eu vejo você. Eu te dou amor. E
agora você segue comigo no meu coração”

Esse é um exemplo de algumas palavras que podemos usar para formular frases de
solução para que o constelado acolha sua criança.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 12

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Perda do Pai ou da Mãe na infância

A perda de um dos pais na infância é um dos maiores traumas e a experiência mais


dolorosa que uma criança pode passar.

Em sua vida adulta esse trauma irá ressoar em medo de perder seu parceiro, tornando-a
uma pessoa ciumenta e possessiva, pois não suporta a ideia de separação, pensar nisso a
faz sentir-se desamparada e rejeitada.

Para se libertar desse peso que a persegue, além de acolher a sua criança, como já vimos
um exemplo anteriormente, podemos usar a seguinte frase de solução:

“Papai/mamãe, sinto muito pelo seu destino, mas eu ainda vou ficar mais um tempo por
aqui.”

Aborto

Como já vimos anteriormente, todos tem o direito de pertencer, com um aborto não é
diferente.

Ali existia uma vida, um filho ou uma filha. Dessa forma ele ou ela, também pertencem
ao sistema.

Não importa se o aborto foi espontâneo ou não, TODOS DEVEM FAZER PARTE!

A exclusão de um filho, abortado pode trazer um efeito desastroso para seus pais e irmãos
que o precederam e/ou sucederam.

Sabemos que nada acontece por acaso, nenhuma folha cai de uma árvore sem que tenha
sido planejado, tudo está certo como está, porém é importante reconhecer cada filho. Sua
inclusão ao sistema traz paz para alma de seus familiares, liberta, transforma a culpa por
ficarem em força e libera o fluxo natural da vida.

Incluir o filho abortado é obedecer a hierarquia, que pede que todos fiquem em seu devido
lugar.

A seguir, alguns exemplos do que pode acarretar a exclusão de um abortado:

Os irmãos não se permitem à felicidade, pois em um outro nível querem seguir na morte
o irmão que não está presente em vida.

O pai e a mãe carregam uma culpa e passam por processos de penitência intensos;
© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 13

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


A mãe e o pai podem afastar os filhos que permanecem;
Entre muitas outras coisas.

A resolução em uma constelação, além de frases de solução, é dar nome ao filho abortado.
Não é uma regra, a energia do campo irá decidir se é necessário ou não.

Relacionamentos amorosos

Existem inúmeras causas para um relacionamento amoroso fracassar. Mas todas estão
direta ou indiretamente ligadas as 3 leis da constelação.

Vamos dar alguns exemplos:


Quando um se sente maior que o outro.

Quando um dá mais que o outro (atenção, carinho, reconhecimento). Precisa ter a troca
entre dar e receber, caso contrário, o vínculo vai enfraquecendo e pode haver o
rompimento.

Quando algum não aceita seus pais de família de origem.

Quando um não aceita o sistema do outro como é.

Quando ocorre uma inversão de papeis entre pais e filhos (homens), não haverá́ respeito
com suas parceiras.

No caso de haver inversão entre mães e filhas, a esposa não respeitará seu companheiro,
sentindo-se auto suficiente.

Quando o homem não renuncia a primeira mulher de sua vida, que é a sua mãe. E a mulher
quando não renuncia o primeiro homem de sua vida, que é o seu pai. Neste caso mesmo
adultos permanecerão adolescentes em suas buscas. E não conseguirão ter uma relação
madura.

Portanto cada um precisa respeitar o seu pai e sua mãe como pai e mãe, cada um no seu
lugar. Sendo o filho menor que eles, porque veio depois.

Quando vai casar tem que ter a benção dos pais para seguir em frente. Se a união for
contrária a benção dos pais, tende a fracassar.

O que cada parceiro traz no seu casamento é o que foi vivenciado em sua família de
origem. Levamos as dificuldades dos nossos pais para nossos casamentos, onde buscamos
na repetição, a solução da história deles, queremos solucionar por amor.

Portanto inconscientemente buscamos um parceiro que nos possibilite essa repetição e


que eu possa ter um pouco dos meus pais nesse meu relacionamento.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 14

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


A melhor forma de solucionar problemas assim em relacionamentos, é pedir liberação
através de frases de solução, alguns exemplos:
“Eu honro a vida que vocês me deram e agora vou casar e viver minha vida.
Por favor me abençoem para que eu viva a minha vida, diferente da de vocês, diferente
das escolhas de vocês.

Deixo com vocês a história e escolhas de vocês”


Outro motivo de muitos relacionamentos fracassados é não reconhecer/aceitar/excluir
parceiros anteriores. Tanto os nossos, quanto de nossos atuais parceiros.

Os parceiros anteriores devem ser honrados e respeitados. Caso contrário algum filho
desse novo casal representará o parceiro anterior, deixando em conflito a relação atual
com seus pais. Esta criança mostrará os sentimentos do parceiro anterior e se comportará
como ele.

Uma das frases de solução mais usadas em constelações é:


“Eu vejo você”

No caso de relacionamentos anteriores, podemos adaptá-la dessa forma:


“Eu vejo todos e não excluo ninguém. Vocês fazem parte da história da minha vida.”

Outras frases que podem ser usadas nestes casos:


Assumo a minha parte da responsabilidade que o nosso relacionamento não deu certo e
deixo as suas responsabilidades com vocês.

Eu libero vocês e peço que vocês me liberem também, para que cada um siga a sua vida
amorosa do seu jeito.

Ao parceiro atual, pode-se dizer:


Eu reconheço que você̂ teve outras pessoas antes de mim. Mas essas histórias já́
finalizaram, agora somos só́ nós dois, podemos seguir em frente com o nosso amor.”

É importante entender também que o casal SEMPRE vem em primeiro lugar.


Quando o pai/mãe coloca seus filhos na frente de seu parceiro, traz desarmonia tanto para
o casal, quanto para os filhos.

Quando cada um está em seu devido lugar, tudo flui em harmonia, o casal se mantém
unido e os filhos crescem fortes.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 15

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Prosperidade Financeira e Profissional

Uma das leis que regem o dinheiro, é o equilíbrio.

E como sabemos em todas as nossas relações precisa haver um equilíbrio entre o dar e
receber. E no nosso relacionamento com o dinheiro, não é diferente.

A troca precisa ser justa, tanto para o que vende, quanto para o que compra.

Se eu cobro ou pago a mais do que o justo por algo, um desequilíbrio irá se instalar nesta
relação, e o dinheiro como energia, irá se “ofender”.

Tudo tem seu valor, e devemos nos valorizar e valorizar o trabalho alheio.

Esse é um dos grandes segredos da prosperidade financeira, saber o valor das coisas, nos
valorizar e jamais menosprezar o trabalho dos outros.

O dinheiro deve ser empregado a serviço da vida, porque o dinheiro é uma imagem da
vida e quem desrespeita o dinheiro, desrespeita a vida.

O dinheiro está relacionado com a mãe. Pois o dinheiro é fértil assim como nós mulheres.
O sucesso dos negócios e na profissão vem com a bênção da mãe. Sem isso só́ há
fracassos, pois o dinheiro tem a imagem da mãe; quem rejeita a mãe permanece pobre.
Onde começa nosso sucesso? Quando nossa mãe é bem vinda e quando a honramos como
mãe, o sucesso chega.

Então quando um cliente deseja constelar sua vida financeira, devemos fazer perguntas
direcionadas a sua mãe, e tentar identificar algum problema que pode ter ocorrido em sua
infância ligado à sua mãe.

Mas não é uma regra, como já mencionado antes, você como constelador, deve estar
atento e ficar aberto a energia do campo de cada constelado.

Geralmente, primeiro acolhemos a criança, e depois colocamos frente a frente mãe e


filho(a) e falamos frases de solução do tipo:

“Gratidão pela vida que me deu, sinto muito pelas dificuldades financeiras e em sua
carreira que passou. Sinto muito a todas as mulheres do nosso sistema, por todas as
dificuldades financeiras e lutas pela sobrevivência. Sinto muito pelas dependências que
muitas de vocês tinham com seus parceiros. Por favor mamãe, me abençoe, para que eu
possa seguir em frente do meu jeito, e que eu possa tomar as melhores decisões para ter
prosperidade financeira e sucesso profissional.”

Caso sinta necessidade, de acordo com sua sensibilidade de “sentir” o campo do


constelado, faça o mesmo com o pai, diga as mesmas frases de solução.
E quem tem compulsão por gastar?

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 16

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Geralmente é carência e vazio que algum ancestral teve e que foi trazido por um membro
de gerações seguintes.

É a forma que este membro achou para honrar este ancestral.

Então a melhor solução para estes casos, é reverenciar todos os membros do nosso sistema
com frases de solução do tipo:
“Eu vejo vocês, eu sinto muito pelo que passaram, sinto muito pela carência e vazio que
sentiram, eu reverencio a cada um de vocês, e devolvo o peso que lhes compete, e me
liberto para viver a minha história.”

Repito mais uma vez, as frases de solução, são a nossa libertação dos padrões de
comportamentos repetitivos dentro do nosso sistema.

Luto

Muitas vezes já citamos sobre exclusão, seja ela de alguém ou de alguma coisa, isso
também envolve exclusão de sentimentos.

Quando perdemos alguém, existe um período de luto, e o luto nada mais é do que a dor
lancinante da separação.

Se nos recusamos a sentir essa dor, estamos excluindo o luto. Se existe a dor ela precisa
ser vista, para que o luto possa ser vivido em toda sua plenitude.

Cada um tem seu tempo, ninguém pode se comparar aos outros com relação ao período
de dor pela perda de algo ou alguém.

Dessa forma, devemos viver essa dor seja pelo tempo que for.

Se nos submetemos à dor, permitindo que ela execute seu trabalho, o luto finalmente
encontra sua própria saciedade e nós ficamos livres para começar de novo.

O luto precisa ser vivenciado, se eu nego a dor e não vivo o luto (seja ele qual for), eu
não me libero para o novo e para a vida em sua amplitude harmônica.

Se há dor, há amor também. Se vivencio o luto, posso deixar cada coisa e cada um com
sua parte. E compreendendo a grandeza da vida, levo só o que é meu, cada um pode seguir
seu próprio caminho, mesmo que sejam caminhos diferentes, com suas escolhas,
consequências e destinos, há paz.

Dentro de uma constelação, se o campo nos mostrar que existe um luto não vivido,
devemos pedir ao constelado que escolha um representante para esta dor, pois os
representantes não precisam representar necessariamente uma pessoa.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 17

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Representantes podem ser de sentimentos, lugares, objetos, ou de qualquer outra coisa
que se mostre no campo.

Por isso que um constelador deve estar atento a energia do sistema do constelado, essa
energia “fala” com a gente, não verbalmente, mas de alguma forma sentimos que algo
precisa ser colocado dentro do campo, pois ainda existe uma situação inacabada.

E um luto não vivido é algo inacabado, é um sentimento que precisa ser colocado no
campo para ser olhado, ser visto, para assim ser liberado, libertando também ao
constelado e a todos de seu sistema.

Algumas frases de Bert Hellinger sobre o luto:

“Existe um luto que é arrogante. O luto longo, por exemplo, é arrogante. É um querer
segurar. O luto total, por outro lado, dói muito, mas libera e possibilita coisas novas. Esse
luto é humilde.” Bert Hellinger em "A Fonte Não Precisa Perguntar Pelo Caminho"

“Portanto, o luto é a condição prévia para que algo possa ficar no passado, é também a
condição prévia para a reconciliação — o luto conjunto.” Bert Hellinger em "Ordens da
Ajuda"

Vícios

Qualquer tipo de vício, como drogas, tanto lícitas quanto ilícitas, geralmente tem ligação
com a falta do pai.

Não é uma regra, mas são situações recorrentes nas sessões.

Mas não se esqueça que você como constelador, não pode tirar conclusões precipitadas,
devemos “sentir” a energia de cada sistema.

Mas de qualquer forma, quando um cliente lhe procurar para tratar de algum vício,
questione sobre seu pai, e se perceber essa carência, e falta do pai, primeiro acolha a sua
criança, independente do tipo de constelação, seja com representantes bonecos, humanos,
cartas, desenhos, etc.

A criança do constelado deve ser representada para ser acolhida, dizendo frases de
solução. Já vimos isso anteriormente.

Para acolher a criança do constelado, seja qual for o tema a ser constelado, geralmente
usa-se as mesmas frases. Mas claro, que com sua sensibilidade e intuição, peça ao
constelado que repita as frases que lhe vierem a sua mente no momento.

Após acolher a criança, deve-se pegar representantes para todos os membros do sistema
que tinham qualquer vício e peça ao cliente que repita:

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 18

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


“Eu sinto muito pelas dificuldades que vocês enfrentaram, sinto muito pela falta de amor,
sinto muito pela carência e falta paterna”.

Só pelo fato de dizer “Sinto muito” você já está liberando a todos do sistema, inclusive o
próprio constelado.

Doenças

Quando alguém desenvolve uma doença, seja ela qual for, física, mental ou emocional

• Câncer
• Tumor
• Nódulos
• Depressão
• Síndromes

Entre outras.

Esta pessoa está trazendo de forma inconsciente algo ou alguém que foi excluído do
sistema.
Abortos, natimortos, falecimentos precoces, situações mal resolvidas, suicidas, etc.

O querer pertencer a seu sistema, também é uma forma de desenvolver uma doença, por
exemplo, em uma família onde existem vários casos de câncer, um membro pode se sentir
culpado por não ter, e acaba desenvolvendo a doença pelo simples fato de querer honrar
seu sistema, de querer pertencer a ele.

Novamente em situações como esta, iremos olhar para todos os que tiveram doenças
dentro do sistema, e dizer que sente muito pelo que lhe aconteceu, que sente muito pelo
seu destino, mas que agora os liberta e liberta seu sistema daquela “sina” em forma de
doença.

Qualquer manifestação no nosso corpo, é sinal de que algo não está em ordem.

Geralmente doenças físicas tem relação com a mãe, e psicológicas com o pai.

Devemos relembrar que os movimentos não são fixos, e que o terapeuta deve sempre
estar aberto a energia de cada sistema.

Porém, quando alguém lhe procurar para constelar doenças, veja de que ordem que é e
procure a relação com um de seus pais, seguindo a lógica acima.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 19

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98


Perdão e Reconciliação

A reconciliação só é possível quando existe o perdão, e o perdão só é possível quando


conseguimos compreender que cada um tem sua parcela de responsabilidade em todas as
situações.

Ninguém nunca está 100% certo, nem 100% errado.

Se reconciliar e perdoar alguém não significa que deva mantê-lo em sua vida, isso nem
sempre é possível, nem necessário.

Mas quando perdoamos, liberamos a energia de culpa do sistema, pelo menos a culpa que
nos rondava.

Você pode perdoar alguém, e esse alguém pode não estar pronto ainda para te perdoar, e
está tudo bem assim. Cada um tem seu tempo, cada um evolui de acordo com seu nível
de maturidade.

Faça a sua parte, perdoe, para quebrar qualquer vínculo negativo que exista entre você e
a outra pessoa envolvida.

É importante transmitir isso a seus constelados.

Vimos que nas constelações existem comportamentos recorrentes, mesmo que cada
sessão traga uma energia diferente, mas na maioria dos casos, as soluções ocorrem de
maneiras parecidas.

As frases de solução sempre estarão presentes nas constelações, principalmente frases


com as palavras “Sinto muito”.

E em todas as constelações, a solução vem quando o constelado consegue reconhecer sua


parcela de responsabilidade, e aceita tudo do jeito que foi e do jeito que é.

Fica difícil definir esta terapia sem vivenciá-la, por isso é importante que você participe
sempre de sessões de constelação, seja como constelado, representante ou apenas plateia.

Você só conseguirá perceber o poder de uma constelação, quando participar de uma.

© TODOS DIREITOS RESERVADOS A VIVA_CONSCIENTEMENTE 20

RONDINELLE AGUIAR OLIVEIRA - cursosdigitais0010@gmail.com - CPF: 083.088.137-98

Você também pode gostar