Você está na página 1de 14

Classificação dos Sistemas

de Informação II

Adriane Carvalho
Sistemas
de Processamento de Transações

- desenhados p/ registrar as transações e seus efeitos


- modulados de acordo com a organização da empresa
- estruturados para acompanhar o fluxo do trabalho
- prioridade para necessidades legais, fiscais e de controle
Sistemas
Integrados de Gestão

- ERP - Enterprise Resource Planning


- Em lugar de se concentrar em requisitos
de processamento de informações de
funções organizacionais, o software ERP
se concentra no apoio a processos
empresariais envolvidos nas operações de
uma empresa
Sistemas
Integrados de Gestão

•desenhados para suportar as transações e seus


efeitos;
•modulados por processos de negócios;
•estruturados de acordo com as “best practices”;
•pacotes comerciais de software;
•funcionalmente abrangentes;
•inseridos no processo de gestão do negócio;
•requerem procedimentos de ajuste para que
possam ser utilizados em determinada empresa.
Benefícios e Problemas dos
sistemas ERP
Características Benefícios Problemas
São pacotes • Redução de custos de • Dependência do
comerciais informática; fornecedor;
• foco na atividades • empresa não detêm o
principal da empresa; conhecimento do pacote.
• redução do backlog de
aplicações;
• atualização tecnológica
permanente, por conta do
fornecedor.

Fonte:ZWICKER; SOUZA. Sistemas ERP: conceituação, ciclo de vida e estudos de casos


comparados. In: SOUZA, C.A, SACCOL, A Z. (org) Sistemas ERP no Brasil: teoria e casos.
São Paulo: Atlas, 2003
Benefícios e Problemas dos
sistemas ERP
Características Benefícios Problemas
Usam modelos de • Difunde conhecimento • Necessidade de
processos sobre best practices; adequação do pacote à
• facilita a reengenharia de empresa;
processos; • necessidade de alterar
• impõe padrões. processos empresariais;
• alimenta a resistência à
mudança

Fonte:ZWICKER; SOUZA. 2003


Benefícios e Problemas dos
sistemas ERP
Características Benefícios Problemas
São sistemas • Redução do retrabalho e • Mudança cultural da visão
integrados inconsistências; departamental para a de
• redução da mão-de-obra processos;
relacionada a processos • maior complexidade de
de integração de dados; gestão da implementação;
• maior controle sobre a • maior dificuldade na
operação da empresa; atualização do sistema, pois
• eliminação de interfaces exige acordo entre vários
entre sistemas isolados; departamentos;
• melhoria na qualidade da • um módulo não disponível
informação pode interromper o
• otimização global dos funcionamento dos demais;
processos da empresa • alimenta a resistência a
mudanças
Fonte:ZWICKER; SOUZA. 2003
Benefícios e Problemas dos
sistemas ERP
Características Benefícios Problemas
Usam bancos de • Padronização de • Mudança cultura da
dados informações e conceitos; visão do “dono da
corporativos • eliminação de informação” para a de
discrepâncias entre “responsável pela
informações de diferentes informação”;
departamentos; • mudança cultural para
• melhoria na qualidade da uma visão de
informação disseminação de
• acesso a informações informações dos
para toda a empresa departamentos por toda
a empresa;
• alimenta resistência à
mudança.
Fonte:ZWICKER; SOUZA. 2003
Benefícios e Problemas dos
sistemas ERP
Características Benefícios Problemas
Possuem grande • Eliminação da • Dependência de um
abrangência manutenção da múltiplos único fornecedor;
funcional sistemas; • se o sistema falhar, toda
• padronização de a empresa pode parar.
procedimentos;
• redução de custos de
treinamento;
• interação com um único
fornecedor.

Fonte:ZWICKER; SOUZA. 2003


Ciclo de Vida de Sistemas
ERP
Novas necessidades, conhecimento acumulado
e parâmetros já estabelecidos

DECISÃO E IMPLEMEN Fase n UTILIZAÇÃO


Fase 2
SELEÇÃO TAÇÃO Fase 1
Pacote selecionado
Plano de Implementação
Módulos parametrizados, customizados
Dados migrados
Usuários treinados

Fonte:ZWICKER, R.; SOUZA, C.A. Sistemas ERP: conceituação, ciclo de vida e estudos de
casos comparados. In: SOUZA, C.A, SACCOL, A Z. (org) Sistemas ERP no Brasil: teoria e
casos. São Paulo: Atlas, 2003
O Projeto
Por que um Projeto de Implementação de um sistema
integrado é algo tão especial ?
- toda a empresa é envolvida
- forte integração entre as funções
- escopo abrangente
- complexidade técnica
- riscos associados
- expectativas - atividade política

ESPECIAL
O Projeto de ERP
 Analistas/ assessores
de negócio
 Mudança do Perfil
 Redução dos níveis “Chefe”para “Líder”
hierárquicos ESTRUTURA PESSOAS  Times Multi-
 Lay-out aberto E CULTURA Funcionais
 Orientação para  Remuneração com
projetos base em melhorias de
 Rodízio formal negócio e processos

PROCESSOS TECNOLOGIA  Uso de “workflow” e


EDI
Indicadores de
performance  Redes Corporativas
 Direcionadores de  Construção de
custos “Data Warehouse” /
Pontos únicos de entrada / EIS
arquivo  Sistemas integrados
 Redução dos lotes de
processamento
Atividades operacionais nas
pontas
O Projeto de ERP
Que fatores conspiram para levar um Projeto ao
Fracasso ?
Comunicação inadequada
Falta de comprometimento
Suporte Tecnológico insuficiente
Expectativas não realistas
Pouco envolvimento dos usuários
Falta de recursos qualificados
Recursos não dedicados ao
projeto
O Projeto de ERP
Que fatores conspiram para levar um Projeto ao
Fracasso ?

Falta de controle: dificuldade em


enxergar os problemas
Planejamento de horas mal feito
Dificuldade de obter decisões
Escopo mal definido
Política (ou politicagem ...)